SlideShare uma empresa Scribd logo
www.grupocorreiodosul.com.br
ANO XXVI EDIÇÃO Nº 5.002
TERÇA-FEIRA, 13 DE AGOSTO DE 2016
R$ 2,00
Grupo
31º 17º
Parcialmente Nublado - Sol entre poucas nuvens.
Previsão para hoje Extremo Sul Catarinense
Geral
LagoadoCaverácontinuasemesperança
Abandono
3Página
Assalto
Taxista trancado em
carro é jogado em rio
11Página
Das quase 200 candidatas que
disputam as Câmaras Municipais de
nossa região, apenas 50 estão efetiva-
mente em campanha por uma vaga
em um dos nossos 15 legislativos. O
desinteressedasmulheresnoprocesso
político eleitoral é algo espraiado por
toda região. O fato é que legislação, ao
obrigar a reserva de 30% das candida-
turas legislativas para as mulheres,
em nada mudou a realidade antes
da imposição legal. É muito provável
que o interesse só aumente quando a
lei garantir a ocupação de um espaço
mínimonasCâmarasMunicipaispara
as mulheres, como acontece no caso
das cotas universitárias. Se ao menos
10% das vagas nos legislativos fossem
reservados de forma compulsória às
mulheres, muito provavelmente o
interesse de participação no processo
eleitoral seria bem maior.
Maracajátemtrêspartidosnopáreo
Presidente do Deinfra, Wanderley
Agostini, assinou ontem ordem de
serviço para a revitalização da SC
447, no trecho entre Araranguá e
Meleiro.Aobra está orçada em R$ 5,7
milhões e visa recuperar totalmente a
rodovia em seus 18,8 quilômetros de
extensão, o que inclui recapeamento
da pista asfáltica, serviços de drena-
gem, sinalização e obras complemen-
tares. A Setep, empresa que ganhou
a concorrência para promover a revi-
talização, acredita que possa começar
os trabalhos nos próximos 15 dias. O
excesso de curvas da 447 neste trecho,
aliado as ondulações na pista, têm
sido motivo de constantes acidentes
com vítimas fatais. Expectativa agora
é que o Governo do Estado volte seus
olhos para a SC 449, no trecho entre
Sombrio e Jacinto Machado, cuja
pista está em condições lastimáveis.
Finalmente Minoria
IncréduloDiárias
ADVOCACIA EMPRESARIAL
FONE: (48) 3533-0145
“Dê poder a um homem e verás quem ele realmente é. Tire o poder que
ele tem e verás como de fato é seu caráter”.
Correio do Sul
Terça-feira,
13 de setembro de 2016
rolando_coelho@hotmail.com
(48) 9945.6787
Nicolau Maquiavel (1469/1527)
Filósofo italiano
Dando sequência a avaliação
político-eleitoral dos cenários majo-
ritários em nossa região, hoje é dia
de destacarmos Maracajá, município
que conta com três candidatos ao
executivo.
A candidatura de situação, que
representa o mandato do prefeito Wag-
ner da Rosa (PMDB), é encabeçada
por Valmir Carradore, o Boca, um dos
caciques do PMDB em nível local. Sua
candidata a vice é Maria Claudete Ro-
cha Brambilla, a Dete (PDS).Além de
PMDB e PSD, a coligação conta ainda
com PCdoB e Solidariedade.
Aoposição é representada por duas
candidaturas. Uma protagonizada
pelo atual vice-prefeito Everaldo João
Pereira, o Everaldinho (PT), e outra
pelo advogado Arlindo Rocha, o Lale
(PSDB). Everaldinho concorre com
Lauri Angelo Sottana, o Lolo (PPS),
como seu candidato a vice. Sua coliga-
ção conta ainda com o apoio do PDT
e do PRB. Já Lale tem como compa-
nheiro de chapa o progressistaAdemir
Antenor de Oliveira. PSDB e PP não
têm outros partidos aliados.
Pelas vias normais, tudo levava a
crer que Maracajá teria apenas duas
candidaturas. Uma protagonizada
pelo PMDB e outra pela oposição. O
PT de Everaldinho, no entanto, acabou
construindo um projeto próprio, num
primeiro momento, com a expectativa
de que o PMDB viesse lhe apoiar. Por
sua vez, o PMDB não acreditava que
o PT levaria seu projeto autônomo
adiante, em grande parte por conta
do desgaste que a sigla enfrenta em
nível nacional. Sem entendimento,
PMDB e PT acabaram rompendo ofi-
cialmente, com cada partido lançando
uma chapa majoritária, o que, num
primeiro momento, pode ser avaliado
como algo benéfico a dobradinha com-
posta por PSDB e PP. É que, ainda
que seja oposição no pleito de 2016,
a candidatura petista esteve ligada a
administração do PMDB ao longo dos
últimos anos, o que lhe tira potencial
ofensivo.
Por conta disto, o cenário político
de Maracajá, com vistas ao pleito deste
ano, acaba sendo mais preocupante
para o PMDB, que perdeu um aliado
de primeira instância, do que para a
oposição. Ainda que hajam duas can-
didaturas oposicionistas, o que, num
primeiro momento, poderia represen-
tar alguma vantagem a candidatura
peemedebista, o fato é que quem se
beneficiou com a candidatura do PT é a
oposição representada por PSDB e PP.
Há de se levar em conta ainda que
a eleição neste ano em Maracajá está
sendo caracterizada por uma série de
retorno às origens. Em 2009 o então
prefeito Antônio Carlos Oliveira, o
Cacaio (PP), foi cassado com base em
denúncias de compra de votos levan-
tadas pelo PMDB. Desde então uma
série de lideranças políticas acabaram
mudando de sigla, o que fez com que
o cenário político local ficasse pratica-
mente irreconhecível, se for tomado
como base a tradição política vigente
até então. No pleito deste ano o que
se tem percebido é uma reacomodação
destas lideranças em seus grupos de
origem.
Outro fato interessante de ser
abordado é a presença de Ademir
Oliveira, irmão do ex-prefeito Cacaio
Oliveira, na chapa encabeçada por
Lale Rocha. Este fato tem esquentado
em muito a disputa direta entre a
dobradinha PSDB/PP e PMDB/PSD.
Em princípio a tendência é de bipola-
rização entre estes dois grupos, mas
o PT tem dito que entrou na briga
municipal para ganhar ou ganhar.
Ex-prefeito de Ermo, Marcos Leo-
ne de Oliveira, o Marquinhos (PSDB),
diz não acreditar nos números apre-
sentados pelo Instituto Incope, no que
diz respeito a pesquisa publicada pelo
Correio do Sul na edição de ontem. De
acordo com o Incope, o atual prefeito
Zica Cadorin (PSD) tem 47,6% das
intenções de votos, contra 31,4% de
Marquinhos, no que diz respeito à
pesquisa estimulada. Dezessete por
cento dos eleitores entrevistados se
disseram indecisos. Já 4,1% disseram
quevãovotarembrancoouanularseu
voto. A pesquisa, que está registrada
no TRE/SC sob o número 09966/2016,
apresentou uma diferença favorável
a Zica, em relação a Marquinhos, de
16,2%. De acordo com o ex-prefeito, a
disputa municipal em Ermo é muito
equilibrada, e o resultado final pode
apontar o ganhador por uma questão
de detalhes, em grande parte, por
contadopequenocontingenteeleitoral.
Com apenas 2.700 eleitores, a disputa
em Ermo acaba se tornando uma in-
cógnita, mesmo diante de percentuais
mais elásticos. Basta dizer que cada
cem votos representam cerca de 4%
dos votos efetivamente válidos.
Em Araranguá, continua sendo
explorada, pela oposição ao PMDB,
o suposto excesso de gastos com
diárias na Câmara Municipal de
Vereadores. O fato é que o candidato
a vice de Anísio Prêmoli (PMDB) é
o presidente do legislativo, Rony da
Silva (DEM), que teria autorizado
ao longo do último um ano e meio a
utilização de mais diárias do que o
normal. Um inquérito civil público
para apurar denúncias neste sentido
já foi até mesmo arquivado, mas isto
não impediu que o assunto voltasse à
tona. Independente do arquivamen-
to, ou mesmo da suposta exploração
indevida do fato, a utilização das
tais diárias, em todas as Câmaras
da região, é algo que precisa ser
definitivamente normatizado. Tem
vereador que vai em Florianópolis só
para almoçar com deputado às custas
do contribuinte. Outros chegam a ir à
Brasília para solicitar emendas par-
lamentares, como se isto não pudesse
ser feito por telefone. Isto sem falar
nos famosos congressos e seminários
de aperfeiçoamento de vereadores e
assessores, geralmente realizados em
destinos turísticos do país.
Especial 3Correio do Sul
Terça-feira,
13 de setembro de 2016
Aline Bauer
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
panhou a agricultora
Maria Machado em
uma visita à lagoa.
Ela diz que não existia
qualquer planta em
determinados lugares
até cinco meses atrás,
última vez em que ela
tinha estado mais per-
to do rio.
Um canal de dre-
nagem foi aberto na
parte sul da lagoa, que
sempre correu para o
rio. O problema é que a
vazão de água aumen-
tou muito, fazendo com
que o manancial secasse
aos poucos. Onde antes
a profundidade chegava
a dois metros e meio,
hoje tem menos de 90
centímetros de água.
“Já deve fazer uns 15
anos que a lagoa não
enche bem mesmo. A
chuva até ameniza,
mas é só uns dois dias.
O fundo é de areia, e
a água está acabando
dia após dia. Hoje ela
é menos de um terço do
que era”, conta Maria.
> REGIÃO
Os passeios pela
Lagoa do Cave-
rá estão ficando inviá-
veis. Apesar de estar
sofrendo uma morte
lenta e dolorosa, o ma-
nancial de água doce
conserva belezas im-
pressionantes, que os
ribeirinhos gostam de
apreciar. Porém, com
o nível cada vez mais
raso, a vegetação tem
crescido abundante-
mente, impedindo o
acesso a certos locais.
Já em outros, há uma
correnteza capaz de
levar o barco sem que
se precise remar, isso
a cinco quilômetros do
rio. A passagem por
onde se podia ir até o
encontro da lagoa com
o rio, agora está cober-
ta de taboas e aguapés.
A reportagem do
Correio do Sul acom-
Crime Ambiental
O p r o b l e m a s e
agravou na década de
1980, até então o rio
tinha várias curvas,
mas foi aberto com
uma draga, e de lá para
cá corre em uma reta,
o que faz a água ga-
nhar mais velocidade
e escoar sem controle
algum. “Mudaram o
curso do rio. Ele tem,
agora, seis metros de
largura e até 20 de pro-
fundidade”, continua a
agricultora.
Durante o passeio
de barco, é possível ver
vários trechos com lâ-
minas de água, e muita
vegetação aquática. De
vez em quando, peixes
se mexem na super-
fície. No entanto, de
acordo com dona Ma-
ria, que mora às mar-
gena da lagoa, esse fe-
nômeno era bem mais
comum antigamente,
Descaso e morte
quando a lagoa estava
cheia e era berço de
um número imenso de
espécies. “Havia vários
tipos: cará, tainha,
jundiá, bagre, e hoje,
para se pegar uma tra-
íra é muito lutado”,
lamenta.
A escassez de água
mudou a configuração
do leito da lagoa, que
em determinado ponto
se dividiu em dois. Apa-
rentemente, os níveis de
água baixaram tanto,
que revelaram lugares
onde a profundidade
era diferente, forman-
do assim, duas lagoas.
Uma delas, porém, bem
menor do que a outra,
acabou sendo quase to-
talmente coberta pelas
taboas, um das poucas
coisas abundantes no
lugar.
A navegação quase
teve que ser interrompi-
da em um trecho da la-
goa em que a passagem
foi muito dificultada
pela vegetação que se
desenvolveu tanto que
criou barreiras naturais
para o barco. Parte do
trajeto teve de ser feito
por terra, já que ha-
via vegetação demais e
água de menos, e a em-
barcação não iria mais
adiante.
Para salvar todo o
ecossistema que existe
naquela região, vários
estudos já foram feitos,
inclusive para saber
quantos litros de água
correm por segundo e
quanto tempo demo-
raria para que a lagoa
se recuperasse. Após
essa fase, os morado-
res se mobilizaram e o
Deinfra(Departamento
Estadual de Infraes-
trutura) concluiu que a
solução para o problema
seria a construção de
um vertedouro, estru-
tura que poderia contro-
lar a saída de água da
lagoa, evitando assim,
que ela viesse a secar.
Há quatro anos a comu-
nidade aguarda o aval
da Fatma(Fundação do
Meio Ambiente) para
a obra que pode ser a
única chance da lagoa
não secar de vez. Para
Maria e outros agri-
cultores e pescadores
da região, o que resta
ao ver a lagoa nesta
situação, são as lem-
branças. “Dá para ima-
ginar o sentimento, a
tristeza que é ver algo
de inestimável valor
sentimental e histó-
rico se acabar e não
conseguir fazer nada”,
diz ela. Remando na
lagoa, a agricultora
recorda dos momentos
que passou se diver-
tindo e pescando na
Lagoa do Caverá com o
pai. Seus filhos já não
tiveram tanta chance
de ver a lagoa cheia e
seus netos só conhe-
cem o drama da seca
do grande manancial
de água doce que, por
descaso de quem deve-
ria protegê-lo, agoniza
até a morte.
Lagoavivemaisumanodeabandono
4 Correio do Sul
Terça-feira,
13 de setembro de 2016 Publicidade
JABSON MULLER
Correio do Sul
Terça-feira,
13 de setembro de 2016
jabsonmuller@grupocorreiodosul.com.br
(48) 9955.5313
O
candidato a pre-
feito de Sombrio
pelo Partido Pro-
gressista Carlos
Gilberto de Oliveira está fazen-
do uma verdadeira campanha
de oposição, sem perder nenhu-
ma oportunidade de criticar o
adversário. Gilberto tem como
compaheiro de chapa o verea-
dor Ademir Cardoso, o Dimi,
na coligação Sombrio Para as
Pessoas, formada pelos parti-
dos PP, PSD, PT, PPS, PROS
e SD. Gilberto enfrenta nas
urnas o prefeito Zênio Cardo-
so, candidato a reeleição, e faz
questão de apresentar propos-
tas que chama de ‘compromisso
principalmente com os bairros’,
dando a elas números e metas
definidas.
Na última sexta-feira, Gil-
berto e Dimi foram entrevis-
tados no programa Correio
Notícias, da Rádio 93 FM, do
Grupo Correio do Sul.
Acompanhe a entrevista:
- Quais os três setores que
mais o preocupam no municí-
pio e suas propostas para eles?
Gilberto: Inicio pelo desen-
volvimento econômico, setor
que tenho experiência como
secretário em dois manda-
tos, dos prefeitos Zé Milton e
Jusa. Acredito que o prefeito
tem a responsabilidade de de-
senvolver economicamente o
município.
Deixamos o parque in-
dustrial com 11 empresas e
hoje continuam as mesmas ou
menos; mais de 700 metros do
parque estão inaproveitados.
O modelo que existe ainda é o
que deixamos, com pequenas
facções funcionando nas casas
e nós tínhamos para elas o
programa Fundo de Quintal.
A indústria moveleira está
pedindo passagem e no nosso
governo vamos transformar
esse setor em novo polo, como
é com a confecção. Não adianta
prometer em março a vinda de
uma fábrica de calçados, que
até agora não apareceu.
Outro setor é a educação,
a chave de tudo. O que se viu
nestes últimos quatro anos foi
professor fazendo rifa para
manter escola e a falta de
material. Queremos construir
novas creches no Morro do
Sombrio Para as PessoasCipó e na Januária, resolver
de vez a questão do Catulo (o
prédio da escola está inter-
ditado), garantir transporte
aos universitários, e construir
novos ginásios de esporte é
fundamental. Tem muita coisa
pra se fazer e vamos ouvir os
profissionais de educação.
Na saúde, o índice que era
de 0,721 em 2012 caiu para
0.663 em 2014, uma queda de
8%, de acordo com a Fecam
(Federação Catarinense de
Municípios). O recurso da saú-
de caiu 34%, as consultas mé-
dicas diminuíram 47%, a saúde
no município é um desastre.
O hospital foi vendido por um
valor irrisório e a empresa que
aí está não sabe a que veio.
Nas nossas propostas, va-
mos fazer marcação de consul-
ta em cinco dias, e temos que
ter um pronto atendimento
24horas que realmente funcio-
ne. Esse é um compromisso do
meu governo e do Dimi.
- Quais as suas ideias para
a geração de emprego e renda?
Gilberto: Sou da opinião
que você tem que estar per-
manentente conversando com
as associações de empresários,
de lojistas, e com as pessoas.
Tem que ter alguém que faça
esse diálogo, que vá em busca
de financiamento, para criar
agroindústrias. A prefeitura
arrecadou R$ 270 milhões e o
que fizeram com este dinheiro?
Dizem que pagaram contas, o
discurso é sempre o mesmo.
Gastam o dinheiro da prefei-
tura com 90 cargos comissiona-
dos e não sobra para investir.
- Existe algum projeto ou
obra do período em que seu
partido (PP) administrou o
município e que o senhor quer
retomar, caso seja eleito?
Gilberto: Sem dúvida. O
esgotamento sanitário da
São José ficou com os canos
enterrados e R$ 1,6 milhão
na conta pra fazer a estação
de tratamento. Faltava só
comprar o terreno e nada foi
feito. Vamos fazer esgotamen-
to até na Januária, é nosso
compromisso. Tem que recu-
perar o Ceac, que foi vendido,
e o valor não foi
revertido nem
70% pro bairro.
- C o m o
será a partici-
pação dos par-
tidos da sua coligação e do seu
vice na sua administração, em
caso de vitória?
Gilberto: Me sinto a vonta-
de pra responder essa questão.
Os partidos aliados devem
participar do governo. O PSD
pertence ao governo e os depu-
tados já nos deram aval com
recursos. O PP tem os depu-
tados Jorge Boeira, Esperidião
Amin e Zé Milton. É possível
fazer um governo e trabalhar
com todos sem problema.
Quanto ao Dimi, é uma pessoa
íntegra, boa, que vai estar no
governo efetivamente. Dife-
rente do que está aí, que pegou
o Daminelli (Valmir) pra vice,
abandonou, pegou uma nova
vice pra ganhar a eleição. O
Dimi vai ser parceiro, eu tenho
moral pra falar isso, outros
não têm.
- Como a prefeitura pode
colaborar na solução de dois
problemas que têm assustado
a população: segurança públi-
ca e o consumo de droga pelos
jovens?
Gilberto: A prefeitura pode
ajudar muito. Não adianta
só câmera de segurança no
centro, é preciso expandir
para os bairros e precisamos
de uma delegacia da mulher.
Quanto as drogas, sabemos o
quanto as famílias sofrem com
os jovens que entram neste ca-
minho. Vamos fazer um centro
de recuperação semelhante a
Fazenda São Jorge (em Ara-
ranguá). Há recursos pra isso
e está em nosso programa de
governo.
- O senhor conhece o déficit
habitacional do município, e
como resolvê-lo?
Gilberto: Pra ter uma
ideia, entre 2002 e 2012,
conseguimos 410 casas po-
pulares. E nós achamos que
ficamos devendo. De 2013 até
hoje foi zero. Isso caracteriza
desinteresse, falta de visão
social. Sombrio é uma cidade
que tem salários baixos, das
cerâmicas, do comércio, nosso
povo precisa de ajuda. Tem
que ter uma pessoa com visão
social, setor que foi totalmente
abandonado, assim como os
bairros foram abandonados.
Vamos construir 155 casas
populares, é o que posso pro-
meter, mas o déficit é maior,
passa de 400 casas.
- O senhor deve manter a
atual estrutura administrati-
va da prefeitura ou pretende
mudar, caso seja eleito?
Gilberto: Qualquer cida-
dão de bom senso sabe que
está se gastando mais do que
a lei permite, que é 52%, com
a folha de pagamento. Hoje
existe um funcionário pra dois
diretores, isso tem que ser mu-
dado. A prefeitura vai voltar
a ter 42 cargos comissionados
como era.
- Por que o eleitor deve vo-
tar na oposição nesta eleição?
Gilberto: Hoje estou em
defesa dos bairros. Pergunto
aos moradores o que aconte-
ceu de bom nos bairros nestes
quatro anos, o que foi constru-
ído, e a resposta é unânime:
nada. Temos um governo que
fez duas avenidas no centro e
20 pedaços de pequenas ruas
de 50 metros pra dar uma
enganação. Estou falando com
o nosso povo que precisa de
creche, de saúde…é preciso
mudar.
Geral6 Correio do Sul
Terça-feira,
13 de setembro de 2016
Publicações legais:
tomaz@grupocorreiodosul.com.br
Financeiro
financeiro@grupocorreiodosul.com.br
Comercial:
l48l 3533.0870
comercial@grupocorreiodosul.com.br
Diretor Geral
Jabson Muller
l48l 9955.5313
diretor@grupocorreiodosul.com.br
Diagramação/Arte:
correiodosul@grupocorreiodosul.com.br
Sul Gráfica
sulgrafica@grupocorreiodosul.com.br
Redação:
editor@grupocorreiodosul.com.br
Radio 93FM
radio93fm@grupocorreiodosul.com.br
Circulação/Assinatura
l48l 3533.0870
assinaturas@grupocorreiodosul.com.br
Av. Santa Catarina, n° 504, Loja 2 - Baln. Gaivota - SC
- Sombrio - SC
“Pau que bate em Chico...”
D
os 16 deputados federais de Santa Catarina, cinco são também presi-
dentes de seus partidos no estado. Eles foram procurados pela Coluna
Pelo Estado que buscou saber suas posições sobre o processo de cassação
do deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), acusado de manter contas secretas
no exterior e que também teve o nome citado nas delações da Operação Lava
Jato. O presidente do PMDB-SC, deputado Mauro Mariani, é favorável à perda
de mandato de Cunha. “Pau que bate em Chico bate em Francisco!”, resumiu
ao relacionar a cassação de Cunha com o impeachment da ex-presidente Dilma
Rousseff. “Inegavelmente ele fez um trabalho relevante quando presidente da Câ-
mara. Fez a Câmara produzir, teve coragem, é um homem inteligentíssimo e todo
mundo reconhece isso. Mas tem os pecados para pagar e vai pagar. Não podemos
ser seletivos na punição.” A expectativa de Mariani era que a decisão saísse ainda
ontem. “Quanto antes terminar melhor. Não podemos ficar nessa pauta a vida
inteira.” A deputada Angela Albino, presidente do PCdoB-SC, também quer o
fim antecipado do mandato de Eduardo Cunha com perda de direitos políticos.
Ela acredita que o período dele na presidência da Câmara trouxe retrocesso para
o país, especialmente nos direitos das mulheres e da população LGBT. “A atuação
dele está à margem de qualquer ética.” Angela revelou que há articulações nos
bastidores da Câmara para adiar o julgamento, deixando para depois das eleições
municipais, e também para redução da pena. O presidente do PR-SC, deputado
Jorginho Mello, também tem voto a favor da cassação de Cunha. “Estamos vi-
rando uma página triste da história do parlamento brasileiro, um entulho que
muito envergonhou o Congresso Nacional”, afirmou. Para Mello, o peemedebista
é o grande beneficiário dos recursos geridos pelas trustes. “Eduardo Cunha vivia
mexendo os pauzinhos para continuar no poder e até meu mandato sofreu inter-
ferência no processo”, disse ao lembrar que Cunha trocou nomes do Conselho de
Ética para tentar se livrar do processo, incluindo o do próprio Jorginho Mello.
A deputada Carmen Zanotto, presidente do PPS-SC, e o deputado Esperidião
Amin, presidente do PP-SC, foram procurados, mas estavam em agendas e não
puderam atender a nossa reportagem.
ADR na Berlinda O deputado esta-
dual Rodrigo Minotto (PDT) espera que
chegue logo na Assembleia Legislativa o
projeto do governo do Estado para extin-
ção de alguns órgãos públicos. Minotto
vem defendendo desde o início do man-
dato a redução da máquina pública, mas
acredita que ela precisa ser profunda. “A
exclusão de Bescor, Codesc e Cohab ame-
niza, mas é preciso voltarmos a discutir a
situação das ADRs”, pontua.
Cooperativas Começa hoje, em Chape-
có, a 11ª edição da Feira Internacional
de Negócios, Processamento e Indus-
trialização da Carne (Mercoagro). Com
expectativa de US$ 160 milhões em ne-
gócios e presença de 15 mil compradores,
o evento já começa com boas notícias. É
que o BRDE anunciou ontem a assinatu-
ra de quatro contratos, no valor total de
R$ 72,5 milhões, que vão beneficiar três
cooperativas agrícolas e uma cooperativa
médica.
Filantrópicas Na sexta-feira (16), acon-
tece em Florianópolis o Seminário sobre
o Papel das Entidades Filantrópicas e
de Assistência Social, Isenções e Imu-
nidades dessas Organizações. Estão
confirmadas as presenças do Ministro do
Desenvolvimento Social e Agrário, Osmar
Terra, e do presidente do Conselho Diretor
do CIEE Nacional, Luiz Gonzaga Bertelli.
Com o Sebrae
todo mundo pode.
Por Andréa Leonora
redacao@peloestado.com.br
13/Set/2016
Residência Médica
A Secretaria de Estado da Saúde lança
hoje a segunda edição do Programa
de Residência Médica em Medici-
na de Família em Comunidade. O
programa oferece 64 vagas aprovadas
pela Comissão Nacional de Residência
Médica para colocação de residentes em
30 municípios. As inscrições podem ser
feitas a partir desta semana por meio
dos sites da secretaria (www.saude.sc.
gov.br) e da Associação Catarinense de
Medicina (ACM), instituição parceira que elabora e aplica as provas, em www.
acm.org.br. O salário inicial é superior a R$ 5 mil e algumas prefeituras ain-
da oferecem adicional como moradia e alimentação. A residência começa em
janeiro de 2017, com carga horária de 60 horas semanais. Configurado como
pós-graduação, o curso está sob a responsabilidade da Diretoria de Educação
Permanente em Saúde em parceria com a Escola de Saúde Pública do Estado
e com os municípios que compõem a Rede de Integração de Ensino e Serviço.
www.ebc.com.br
cou durante o final de
semana para a Tailân-
dia. É lá que a menina
que sofre de síndrome
de Moursier vai fazer
um tratamento com
célula tronco na ex-
pectativa de voltar a
7Correio do Sul
Terça-feira,
13 de setembro de 2016Geral
Tamararecebeajudaparacirurgia
IFSCtemvagasatéamanhã
> BALN GAIVOTA
Na edição do dia
30 de agosto o Correio
do Sul publicou uma
reportagem com a en-
fermeira Tamara Fer-
reira Schutze, de 35
anos, moradora de Bal-
neário Gaivota. Ela é
portadora de Esclerose
Lateral Amiotrófica e
solicitou ajuda para re-
alizar uma cirurgia de
emergência, agora em
setembro. Para pagar o
procedimento, Tamara
precisava de R$ 12 mil.
No dia seguinte a ajuda
já estava chegando e
neste final de semana
um grupo de amigos
entregou os R$ 7 mil
restantes. Em princípio
> ARARANGUÁ
O câmpus Ara-
ranguá do Instituto
Federal Santa Cata-
rina (IFSC) está com
inscrições abertas
em cursos de quali-
ficação profissional.
As inscrições vão até
esta quarta-feira.
Todos os cursos são
gratuitos e não têm
exame de seleção.
Há vagas disponíveis
eles promoveram um Pa-
gonejo (pagode sertanejo)
Solidário para arrecadar
recursos para a menina
Victória Constante. Po-
rém, a família de Victória
conseguiu todo o dinheiro
que precisava e o dinheiro
conseguido com o evento
foi então destinado a Ta-
mara.
Integrantes do grupo
comentaram a ação bene-
ficente: “Assim foi, com
alegria, trabalho, choro
e muito prazer em estar
fazendo o Bem... Quando
decidimos fazer o pago-
nejo ainda faltava esse
valor, mas outras pessoas
que também abraçaram
a ideia e arrecadaram o
valor. Então, foi decidido
ajudar outra princesa, a
para Modelagem Plana
e Costura Industrial
e Teorias, Conceitos e
Temas no Ensino de
Filosofia e Sociologia.
As inscrições devem
ser feitas no Portal de
Inscrições do IFSC.
As aulas de filoso-
fia e sociologia serão
vespertinas e quin-
zenais, entre 29 de
setembro de 2016 e 21
de março de 2017. São
voltadas a estudantes
> SOMBRIO
Depois de cerca
de dois meses
de intensa mobilização
para arrecadar recur-
sos, a família de Victó-
ria Constante embar-
Victória começa tratamento
Esperança
enxergar.
Os pais, Robson e
Catiele, e a filha, che-
garam a Tailândia às 23
horas de domingo (8h30
no horário de Brasília).
A família enviou para os
parentes no Brasil fotos
no avião e na chegada,
bem como a imagem da
pequena guerreira já
recebendo vitaminas
para começar o trata-
mento. Celulas-tronco
serão implantadas na
veia e na coluna de Vic-
tória para na sequência
começarem os procedi-
mentos no globo ocular.
O Correio do Sul vai
continuar acompanhan-
do a família até a sua
volta, na esperança de
que Victória seja anda
mais vitoriosa. Acom-
panhe também pelas
redes sociais do Grupo
Correio do Sul.
#VictorianaTailândia
³Casal viaja para o exterior pela saúde da filha
³No final de semana, grupo foi até a casa de Tamara entregar os recursos
Tamara, que também
precisa passar por uma
cirurgia e faltava 7 mil
reais para completar,
então juntos com a Vic-
tória fomos entregar...
Emoção tomou conta,
foi lindo, ver que mesmo
diante das dificuldades
a Fé move as duas famí-
lias…!!!! O grupo agrade-
ceaosparceirosdoevento
que arrecadou os recur-
sos:TratamentoVip,Gui-
lherme Dias, DJ André
Fernandes, Correio Do
Sul, Pinguim/@livre, Vi-
daariSonorização/Daniel
SunsetPraia/Nando,Ivo,
Lucas e Bruno,Mancha
Estamparia e Designer
Flyer Diogo,MDJ Segu-
ranças, BrigadistasAles-
sandro Tavares.
de graduação, gra-
duados e professores
de filosofia, história,
geografia, sociologia
e pedagogia.
Já o curso Modela-
gem Plana e Costura
Industrial terá duas
turmas, a tarde e a
noite. As aulas ocor-
rerão às segundas,
quartas e sextas, entre
26 de setembro e 3 de
fevereiro de 2017, na
escola da Coloninha.
Limpeza de pele
Maquiagens em geral
Designer de sobrancelhas
e henna Tel.: (48) 9810.2913
Facebook.com/julianasantos
E-mail: julianaclemes@hotmail.com
Atendimento
a domicílio
Entretenimento Novelas - Horóscopo - Diversão
Novelas
Sol Nascente -18h
Haja Coração -19h
Velho Chico -21h
C
hica pede que Mario traga Alice a seu encontro. Gaetano
vê Vittorio e Lenita conversando e fica entusiasmado. Ta-
naka aprova o comportamento de César. Lenita critica o
jeito de Ralf. Mario se preocupa ao ver Alice com César. Tanaka
aconselha a filha a se casar com César. Hirô implica com Yumi
ao ouvi-la falar deTiago.
B
runaavisaaCamilaquelutaráporGiovanni.Dinaldadeduzque
Aparício está enganando Rebeca. Adônis despreza Carmela.
JéssicaesuasamigastentamhumilharShirlei.Tancinhacomenta
com Shirlei que fica sensibilizada quando se encontra com Apolo.
Fedora orienta Leozinho sobre como convencer Safira a assinar o
documentodetransferênciadesuasaçõesdoGrandBazzar.Tamara
seduzApolo.
Rapidinhas
Correio do Sul Terça-feira, 13 de setembro de 2016
Áries 21/03 a 20/04
Vai se sentir mais tranquilo e agirá com mais virtude. O astro
reiSolirálheauxiliarnestesentido.Serácolocadoemsituação
de teste muitas vezes, pense antes de agir.
Leão 21/07 a 20/08
Sagitário 21/11 a 20/12
Aociosidadenãolheérecomendada,devebuscarnovas
desafios.ÉJúpiterquefarácomqueajacombaixaestima.
Seja mais verdadeiro com aquilo que você realmente
pensa,nãoforceabarra.
Gêmeos 21/05 a 20/06
É necessário que simplifique aquilo que parece laborioso.
Ajaduranteodiacomhumildade.Osentimentodesolidão
irárecairsobrevocê,Júpiteréquemseráorespectivovilão.
Libra 21/09 a 20/10
Eventos emanados de Saturno serão auspiciosos. Serão
emanadasenergiasextremamentepositivasparavocê.Deve
explorarnovasoportunidadesqueestarãoporvir.
Aquário 21/01 a 18/02
Touro 21/04 a 20/05
Seus planejamentos podem sofrer com mudanças inespe-
radas. O planeta Júpiter irá intervir de forma negativa. Lute
firmecontraessasintempéries.Vênuséquemmostraráaluz
que tanto precisa.
Virgem 21/08a20/09
O choque entre Urano e a Lua fará com que você sofra
mudanças. A mutação será de grande valia e estará
presente neste seu dia. Aja de forma prática naquilo
que você acredita.
Capricórnio 21/12 a 20/01
Tende agir de forma muito conservadora e irá lhe atra-
palhar aceitar coisas novas. Marte irá bloquear a sua
qualidade realista e lhe deixará um pouco pessimista. È
bomtentarsermaisprático,agindocomtranquilidade.
Câncer 21/06 a 20/07
Passaráumdiarecheadodeboasnovidadesparaseucoração.
O planeta deVênus pode lhe deixar fatigado. A melosidade
vaiafastaralgumaspessoasdoseucírculo.Mantenhaalguns
dos seus sentimentos reguardados.
Escorpião 21/10 a 20/11
Os fatores da paixão irão mexer muito com seu coração.
Urano favorecerá um relacionamento mais apaixonante.
Embora a lua tente tirar isso de você e deixa-lo mais des-
confiado,tendesemantermaiscarinhosoetransformador.
Peixes 19/02 a 20/03
Oamorestánoarnesteperíodo,expandaparatodososseus
meios. Fique longe de espíritos deprimidos, essas pessoas
te colocaram para baixo. As aspectos melancólicos que o
circundam podem aparecer.
Sua posição enfática em demasia deixará algumas pes-
soas constrangidas. É pela interferência de Mercúrio que
deve permanecer alerta, pois este te puxará para baixo,
tentandosubvertê-lo.
Irá se incomodar fatos ocorridos por pessoas que você
gosta. O elemento ar contribuirá para você estabilizar as
emoções. Não bloqueie os bons pensamentos, deixe eles
fluíremcomnaturalidade.
Gracyanne Barbosa arrasou na escolha
do look para participar de uma feira de beleza
que acontece em São Paulo. A modelo exi-
biu seu colo malhado e turbinado no evento
desta segunda-feira, 12. Na mesma feira que
começou este fim de semana, famosos como
Deborah Secco, Henri Castelli e Viviane Araújo
também estiveram presentes. A participação
deles, inclusive, causou comoção. Henri
Castelli chegou a ser atacado por fãs que o
agarraram para selfies. Uma loucura!
Mileide Mihaile está curtindo alguns dias
de folga em viagem à Bahia. Em seu perfil no
Instagram, a ex-mulher de Wesley Safadão
arrasou em clique de biquíni com o visual de
praia de Morro de São Paulo ao fundo: “Ousadia
e alegria! Meu look pra um domingo despreten-
cioso e de muito paz!”, escreveu na legenda
do registro em que aparece toda sorridente e
esbanjando boa forma.
Q
ueirozeRaimundocontamparaCarlosqueBeatrizsecan-
didatará à prefeitura com o apoio de Bento. Encarnação
exigequeAfrâniocoloqueapartequelhecabenaherança
da família em seu nome. Afrânio declara guerra contra a família
Dos Anjos. Martim fotografa a empresa que aparece no dossiê
entregue a Bento. Miguel e Olívia orientam os funcionários da
fazenda na plantação.
TÂNIA DUARTE
Correio do Sul
Terça-feira,
13 de setembro de 2016
tania@grupocorreiodosul.com.br
facebook.com/tania.duartecoelho
³ Equipe do Dom Restaurante e Hamburgueria Artesanal. A nova opção na noite de
Sombrio chegou cheia de deliciosas surpresas. Imperdível!!!
³ O Sombrio Tênis Clube abriu as portas na noite de sábado para o pré baile das debu-
tantes. A grande noite acontece nesta sexta (16), a partir das 23 horas. Mesas podem ser
adquiridas com a diretoria do clube. Informações pelo fone (48) 3533.0129
³ A 2ª edição do Dia + Fashion de Araranguá teve desfile com a participação de 11 lojas. A
passarela foi montada no calçadão e atraiu o público.
³ A Loja Tutti-Frutti de Praia Grande comemorou seu primei-
ro aniversário no último sábado (10) com coquetel para seu
clientes. Na foto a proprietária Luciléia Mello.
³ O gatinho Arthur come-
morou seus 2 anos no último
domingo (11) em Sombrio.
Na foto com os pais Lenilda
e Mateus. Parabéns!!!
48 3533.0762
³ A maquiadora
Juliana Santos que
arrasa no make da mu-
lherada... é o espelho
do seu talento... linda!
Marque seu horário no
fone (48) 9810.2913.
Publicidade10 Correio do Sul
Terça-feira,
13 de setembro de 2016
Polícia 11Correio do Sul
Terça-feira,
13 de setembro de 2016
celulares e o colocaram
no porta-malas do ve-
ículo. Os assaltantes
seguiram pela beira do
rio Araranguá em dire-
ção a localidade de Vol-
ta do Silveira, quando
acharam uma abertura,
próximo a comporta e
entre a mata jogaram o
veículo modelo Cobalt,
de cor prata, na água.
O taxista tinha um
terceiro aparelho celu-
lar, que não foi levado
pelos bandidos, e man-
tendo a calma ele ligou
para um amigo, infor-
mando a situação e a
sua possível localização,
pois, de dentro do porta-
-malas, ouviu os ban-
didos falarem na Volta
do Silveira. O colega
informou a Polícia Mili-
tar, que imediatamente
começou as buscas. A
viatura em que estava
o sargento Anderson
conseguiu, por telefone,
auxiliar o taxista a sair
do porta-malas. Em
Gislaine Fontoura
Gislaine Fontoura
³Automóvel jogado na água pelos assaltantes foi retirado na tarde de ontem
Taxistafaladenoitedepavor
Jogado na Água
> ARARANGUÁ
Po r v o l t a d a s
22h30min de do-
mingo, um taxista foi
alvo de um crime bárba-
ro e por pouco não teve
sua vida ceifada pelos
bandidos. O homem,
de 59 anos, estava em
seu ponto de trabalho,
localizado no Centro
de Araranguá, quando
foi acionado para fazer
uma corrida por dois
sujeitos que estavam no
bairro Mato Alto.
De acordo com o de-
legado Jorge Giraldi, os
marginais solicitaram a
corrida até a Barranca
e no trajeto, próximo a
ponte da BR-101, tra-
çado antigo,armados
com faca, renderam o
motorista, roubaram
R$ 200,00 em dinheiro
e mais dois aparelhos
seguida o sargento viu
a vítima dentro do rio
Araranguá, segurando
em um bambu, pois não
sabia nadar.
O sargento pediu
auxílio aos colegas e
mais uma viatura che-
gou, trazendo o solda-
do Alexandre, que se
jogou na água. Usando
um cipó os policiais
retiraram o taxista do
rio, puxando-o para
a margem. O Corpo
de Bombeiros foi cha-
mado, porém a vítima
passava bem e recusou
atendimento.
O taxista tem 40
anos de profissão e
nunca tinha sido as-
saltado. Ele conver-
sou com o Correio do
Sul e pediu para não
ser identificado. Con-
tou que sentiu muito
medo de morrer, mas
que manteve a calma
e conseguiu ligar para
o amigo por três vezes.
O veículo afundou
DICrecebeduascarabinas
> ARARANGUÁ
Durante o sábado
e o domingo, o dele-
gado Jorge Giraldi e
três agentes da Polícia
Civil, da Divisão de
Investigação Criminal
(DIC) de Araranguá,
participaram em Crici-
úma de uma instrução
de tiro para carabinas
556.
As armas vieram
da chefia da Polícia
Civil de Florianópo-
lis, por reivindicação
do delegado, que há
mais de um ano pedia
armas mais eficazes
e modernas. Conforme
Giraldi a arma, de origem
americana, é potente e de
precisão. “Durante este
curso vimos que é uma
arma fácil de manusear
e portar, ela não é incô-
moda, com uma arma
deste calibre a gente pode
enfrentar bandidos à al-
tura”, afirma.
A DIC de Araranguá
recebeu duas carabinas e
a de Criciúma três. “Como
estamos em uma área de
fronteira com o Rio Gran-
de do Sul, sujeitos a ata-
ques de marginais vindos
daquele estado, que an-
dam bem armados, temos
que responder à altura.
Agora fomos agraciados
com estas duas carabi-
nas, que realmente dá
para fazer um combate
eficaz a estas quadri-
lhas, a estes marginais
de alta periculosidade”,
pondera Giraldi.
O delegado contou
que durante a instru-
ção, aproximadamente
1.500 tiros foram dispa-
rados e o equipamento,
que é semi-automático,
não falhou em momento
algum. “Tanto nós de
Araranguá, quanto os
agentes de Criciúma
saímos contentes do
curso. É uma arma fácil
de portar em qualquer
viatura descaracteriza-
da”, comemora.
nas águas do Araran-
guá e no final da tarde
de ontem foi retirado
por um guincho, com
auxílio de mergulhado-
res do Corpo de Bom-
beiros de Araranguá.
O taxista, sua família
e colegas de profissão
acompanharam o res-
gate. O pai da vítima
contou que soube do
acontecido com o seu
filho na manhã desta
segunda-feira, por meio
da imprensa e que ficou
desesperado. Ele cor-
reu até o ponto de táxi
onde o filho trabalha
e só sossegou quando
o viu bem. A mãe do
taxista, a esposa, dois
filhos e um neto tam-
bém acompanharam o
resgate do carro.
A Polícia Civil já
está investigando o cri-
me, além dos R$ 200,00
levados pelos crimi-
nosos, mais R$ 800,00
podem ter ficado no
interior do automóvel.
O delegado Giraldi
lembrou que este é o se-
gundo caso de violência
contra taxista emAraran-
guá este ano. O primeiro
aconteceu em fevereiro,
quando o trabalhador foi
morto a golpes de faca
e pauladas e seu corpo
abandonado no bairro Po-
lícia Rodoviária. O crime
foi esclarecido pela Polícia
Civil e os três menores
acusados de terem mata-
do o taxista encontram-se
apreendidos.
Sangue frio
“Eles me calçaram na faca, eu entreguei o dinheiro e eles me jogaram
no porta-malas do carro. Eu fiquei com um celular no bolso, entreguei
dois celulares, daí eu consegui falar com meu colega, que ligou para
a polícia. Passou um tempo e senti que eles jogaram o carro para
dentro da água, só então eu fiquei desesperado. Não consegui abrir o
porta-malas, voltei a telefonar para o meu colega, que perguntou para
o sargento como eu abria o carro por dentro, daí ele falou que tinha
uma trava. Eu só destravei o porta-malas e não levou dois minutos vi
o carro entrar todo para o fundo do rio. Pulei fora, o rio é muito fundo
e não dava pé, quase me afoguei e fiquei grudado em um caniço que
tinha ali, eu fiquei uns 20 minutos ainda dentro da água, até os policiais
me tirarem”.
Geral12 Correio do Sul
Terça-feira,
13 de setembro de 2016
Segurança 13Correio do Sul
Terça-feira,
13 de setembro de 2016
amigo e funcionário que
socorreu o casal. A casa
de Eloir é a mais próxi-
ma das vítimas, fica a
aproximadamente 500
metros em uma estrada
de terra escura que Ade-
mir e Jurema tiveram
que percorrer feridos,
depois de conseguir se
desamarrar.
O primeiro a sair
em busca de ajuda foi
Ademir, acreditando que
a esposa tinha morrido
com o tiro. Ele caminhou
no breu da noite a passo
lentos, subiu a lomba
até a casa de Eloir, caiu
em um valo, se levan-
tou e chegou a porta
dos fundo da casa do
empregado. Foi o filho
de Eloir que o atendeu.
“Eu estava arrumando
uns pneus e assim que
o seu Ademir chegou
lá em casa eu também
estava chegando. Meu
filho comentou que o seu
Ademir estava atirado e
³Eloir socorreu seu Ademir, que tinha levado um tiro durante o assalto em casa
CS volta ao cenário do assalto
Casal Baleado
> TIMBÉ DO SUL
O Jornal Correio do
Sul noticiou no primeiro
dia do mês um assalto
covarde a um casal mo-
rador de Molha Coco,
no interior de Timbé
do Sul.
A residência de Ade-
mir Germano Batista
de 63 anos e Jurema
Maganim Batista, 60,
fica a mais de 10 quilô-
metros de distância do
Centro da cidade. Isso
não impediu que na noi-
te de 31 de agosto os dois
tenham sido agredidos
por bandidos que que-
riam dinheiro e armas.
Na ação eles atiraram
na cabeça de Ademir e
na boca de Jurema.
A reportagem do
Correio do Sul voltou ao
local do crime na sema-
na passada e conversou
com Eloir Patrício, 58,
eu não entendi”, conta
o agricultor, que então
ele viu o senhor caído no
chão. “Ele me olhou e fa-
lou: minha mulher está
morta e preciso que me
leve correndo pro hospi-
tal para eu não morrer”.
Eloir estranhou, mesmo
assim colocou o senhor
no carro e dirigiu até
o hospital de Timbé do
Sul.
Cerca de meia hora
depois, dona Jurema
também chegou a casa
do empregado buscando
ajuda. O filho de Eloir a
levou até um segundo
vizinho que a conduziu
ao hospital. Segundo
Eloir, ela estava mais
orientada e conseguiu
dar informações a polí-
cia. Mais tarde o casal
foi transferido para o
Hospital Regional de
Araranguá e depois para
Criciúma.
Segundo os fami-
liares, eles estão se re-
RondaPolicial
cuperando, o susto e
a indignação, porém,
permanecem. A bruta-
lidade e covardia dos
assaltantes assustou
toda a comunidade.
Eloir defende o uso
de armas por pessoas
que moram em regiões
afastadas como eles,
onde a comunicação por
telefone continua difícil,
mas os ladrões estão
cada vez mais comuns.
Ele diz que poucas noi-
tes depois do assalto,
ouviu os cachorros latin-
do e percebeu que uma
cabrita desapareceu.
Moradores de Timbé
do Sul se dizem assusta-
dos com a violência e co-
meçam a mudar hábitos,
como o de deixar o carro
aberto. “O pessoal está
assustado, não estamos
acostumados com uma
barbaridade desse tipo.
Agora todo mundo anda
chaveando carro, casa,
moto”, comenta Sidnei
Manente, morador da
comunidade de Gurita.
- Um acidente na BR 101 causou um grande susto aos passageiros de um automóvel
Corsa Classic de cor verde e placas CML6051 de Santa Rosa do Sul. Eles se envolveram
em uma colisão traseira próximo a passarela do cemitério, no bairro Raizeira, em
Sombrio.
A batida atingiu o Focus de cor prata e placas MAV 0557 de Sombrio. Segundo
informações, o motorista do Corsa foi conduzido para o hospital em um veículo particular
e os passageiros do Focus não tiveram ferimento.
- Uma guarnição da Polícia Militar de Balneário Arroio do Silva abordou um jovem
em atitude suspeita, no bairro Jardim Atlântico. Após revista pessoal e consulta da
documentação,foi constatado que o adolescente de 15 anos possuía um mandado
de apreensão. Ele foi apreendido e encaminhado à delegacia.
- Mais uma vez mulher é pivô de briga. Agora a confusão aconteceu no centro de
Sombrio,em frente a Igreja Matriz, na noite de quarta-feira. Três jovens atacaram outro
que supostamente teria se metido com a namorada de um deles.
Segundo relato de populares, um do trio bateu no quarto rapaz enquanto segurava algo
semelhante a uma arma de fogo. As testemunhas também foram ameaçadas pelos
três brigões, que após perceber que estavam chamando a atenção saíram em fuga.
A Polícia Militar foi acionada e foi até o local, mas o bando já tinha desaparecido. O
jovem que apanhou registrou um boletim de ocorrência na Polícia Civil.
-Na madrugada de quarta-feira, por volta das 3h45min, uma guarnição da Polícia Militar
de Maracajá em rondas visualizou um veículo abandonado no centro da cidade. O
Nissan March estava aberto e com as chaves na ignição, sendo que após consulta,
foi constatado que havia sido tomado de assalto minutos antes em Siderópolis, onde
quatro homens armados assaltaram uma família. No episódio, teriam também levado
utensílios eletrônicos da residência. No veículo não havia qualquer objeto, sendo
utilizado somente para a fuga do grupo.
- A Polícia Militar de Meleiro foi acionada para atender uma ocorrência na comunidade de
Alto Rio Jundiá, onde um indivíduo estava em atitude suspeita. Os policiais abordaram
o homem e em seguida um morador avisou sobre a tentativa de furto de um veículo
da garagem da sua residência.
O homem então recebeu voz de prisão e foi conduzido a delegacia.
Geral14 Correio do Sul
Terça-feira,
13 de setembro de 2016
AVISO DE LICITAÇÃO
PROCESSO LICITATÓRIO Nº 103/2016
PREGÃO PRESENCIAL Nº 103/2016
REGISTRO DE PREÇOS
REPUBLICAÇÃO
Objeto: O presente procedimento licitatório tem por objetivo registrar preços para selecionar a
melhor proposta para eventual e futura contratação de empresa especializada para prestação
de serviços de castração com procedimentos pré-operatórios, transoperatório e pós-operatório,
com colocação de microchip, em cães e gatos de rua no Município de Sombrio/SC, conforme
descritivos, quantitativos e demais condições constantes no Termo de Referência - Anexo I e
demais condições constantes nos anexos e no edital.
Base Legal: Lei Federal 10.520/2002 de 17 julho de 2002, Decreto Municipal n° 011 de 02 de
fevereiro de 2015, Lei complementar n° 123 de 14 de dezembro de 2016, Lei 8078 de 11 de
novembro de 1990 e subsidiariamente Lei 8666 de 21 de junho de 1993.
Os envelopes deverão ser entregues até as 09h00min do dia 21 de setembro de 2016, com ini-
cio do credenciamento e abertura marcada para as 09h15min do dia 21 de setembro de 2016.
Edital e maiores informações na Prefeitura Municipal de Sombrio, sito à Av. Nereu Ramos, 861,
Centro de Sombrio-SC. No Horário das 08h00min as 11h30min e das 13h30min as 17h30min de
segunda a sexta ou pelo tel. (48) 3533-6633.
Sombrio-SC, 31 de agosto de 2016.
Zênio Cardoso
Prefeito Municipal
ESTADO DE SANTACATARINA
PREFEITURA MUNICIPAL DE SOMBRIO
AVISO DE LICITAÇÃO
EDITAL Nº 25/2016
MODALIDADE: PREGÃO PRESENCIAL
TIPO: MENOR PREÇO UNITÁRIO
OBJETO: A presente licitação tem por objeto à
“AQUISIÇÃO DE TANQUE CILÍNDRICO
HORIZONTAL FABRICADO EM PRFV (Poliéster
reforçado com fibra de vidro) PELO PROCESSO
filament winding (fibras enroladas) CONFORME
NORMA ASME RTP-1, PARA A ETA - ESTAÇÃO
DE TRATAMENTO DE ÁGUA DE MORRO DOS
CONVENTOS”. ENTREGA DE ENVELOPES: até as
16h00min do dia 22 de setembro de 2016, no Setor
de Compras do SAMAE DE ARARANGUÁ, com
sede na Rua Expedicionário Iracy Luchina, nº 711,
Urussanguinha. ABERTURA DE ENVELOPES: Às
16h00min do dia 22 de setembro de 2016, na sala de
reuniões do Setor de Compras do SAMAE de
ARARANGUÁ/SC. EDITAL COMPLETO: está à
disposição dos interessados no Setor de Compras
da Autarquia, durante o horário de expediente, e
através do endereço eletrônico:
www.samaeararangua.com.br. Maiores informações
poderão ser obtidas pelo telefone (48) 3524-0837
ramal 226 e através do e-mail:
compras.samae@contato.net. Base Legal: Leis
Federais nº 10.520/2002 e 8.666/93, LC nº
123/2006, Decreto Municipal nº 2.676/2005 e demais
legislações aplicáveis.
Araranguá, SC, 06 de setembro de 2016.
Everson Casagrande
Diretor Geral do SAMAE
Alex Sandro Pereira Bianchin
Diretor Administrativo
DocumentoAssinadoDigitalmenteporTANISEMACHADOMARCON:99930722904.CPF:99930722904
DocumentoAssinadoDigitalmenteporTANISEMACHADOMARCON:99930722904.CPF:99930722904
R E P Ú B L I C A F E D E R A T I V A D O B R A S I L
E S T A D O D E S A N T A C A T A R I N A
COMARCA DE TURVO
Ofício de Registro de Imóveis
Tanise Machado Marcon - Oficial Designada
Ofício nº 28/2016
INTIMAÇÃO
A Ofícial Designada do 1° Ofício de Registro de Imóveis da Comarca de Turvo/SC, nos
termos do art. 26 da Lei nº 9.514/97, INTIMA o Sr. Ivando Sartor, CPF 045.504.759-60,
RG 4.945.164 SSP/SC, a comparecer no 1° Ofício de Registro de Imóveis – Rua Antônio
Bez Batti 522, Turvo/SC, das 08 às 12 ou das 14 às 18 horas de segunda a sexta-feira, e no
prazo improrrogável de 15 (quinze) dias, a contar deste Edital, para pagamento (purgação da
mora) dos valores devidos em atraso, bem como os que vencerem até a data do pagamento,
acrescidos das despesas legais, no total de R$ 25.341,98 (vinte e cinco mil, trezentos e
quarenta e um reais, noventa e oito centavos), referentes ao contrato de financiamento com
garantia fiduciária nº 8.4444.0233505-9, firmado em 07.01.2013, registrado sob R.2, na
matrícula nº 24.830, daquele Ofício de Registro de Imóveis. Fica Vossa Senhoria
cientificada de que o não cumprimento das obrigações no prazo ora estipulado garante o
direito de consolidação da propriedade do imóvel em favor da credora – CAIXA
ECONÔMICA FEDERAL – nos termos do Art. 26 § 7º da Lei 9.514/97.
Turvo, 19 de agosto de 2016.
Tanise Machado Marcon – Oficial Designada.
Ilmo Sr.
Ivando Sartor – CPF 045.504.759-60
Rua Luiz Pezente, s/n°, Loteamento São Luiz, Lote 04, Quadra 03, Setor 04
Timbé do Sul – SC CEP 88940-000
Publicidade 49Correio do Sul
Terça-feira,
13 de setembro de 2016
Publicidade50 Correio do Sul
Terça-feira,
13 de setembro de 2016
Publicidade 51Correio do Sul
Terça-feira,
13 de setembro de 2016
TERÇA-FEIRA, 13 DE AGOSTO DE 2016

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Jornal digital 4947_seg_27062016
Jornal digital 4947_seg_27062016Jornal digital 4947_seg_27062016
Jornal digital 4947_seg_27062016
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 4856 ter 16022016
Jornal digital 4856 ter 16022016Jornal digital 4856 ter 16022016
Jornal digital 4856 ter 16022016
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 21 12-16
Jornal digital 21 12-16Jornal digital 21 12-16
Jornal digital 21 12-16
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 27 09-17
Jornal digital 27 09-17Jornal digital 27 09-17
Jornal digital 27 09-17
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 4978_ter_09082016
Jornal digital 4978_ter_09082016Jornal digital 4978_ter_09082016
Jornal digital 4978_ter_09082016
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 08 01-18
Jornal digital 08 01-18Jornal digital 08 01-18
Jornal digital 08 01-18
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 5007 ter_20092016
Jornal digital 5007 ter_20092016Jornal digital 5007 ter_20092016
Jornal digital 5007 ter_20092016
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 09 06-17
Jornal digital 09 06-17Jornal digital 09 06-17
Jornal digital 09 06-17
Jornal Correio do Sul
 
Edição 89 do Jornal Tribuna do Araripe
Edição 89 do Jornal Tribuna do AraripeEdição 89 do Jornal Tribuna do Araripe
Edição 89 do Jornal Tribuna do Araripe
Tribuna do Araripe
 
Jornal digital 4927_seg_30052016
Jornal digital 4927_seg_30052016Jornal digital 4927_seg_30052016
Jornal digital 4927_seg_30052016
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 5012 ter_27092016
Jornal digital 5012 ter_27092016Jornal digital 5012 ter_27092016
Jornal digital 5012 ter_27092016
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 5019_qui_06102016
Jornal digital 5019_qui_06102016Jornal digital 5019_qui_06102016
Jornal digital 5019_qui_06102016
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 15-02-17
Jornal digital 15-02-17Jornal digital 15-02-17
Jornal digital 15-02-17
Jornal Correio do Sul
 
BARÃO DE INOHAN 130 - 18 de agosto de 2016
BARÃO DE INOHAN 130 - 18 de agosto de 2016BARÃO DE INOHAN 130 - 18 de agosto de 2016
BARÃO DE INOHAN 130 - 18 de agosto de 2016
Pery Salgado
 
Jornal digital 02 02-18
Jornal digital 02 02-18Jornal digital 02 02-18
Jornal digital 02 02-18
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 27 12-16
Jornal digital 27 12-16Jornal digital 27 12-16
Jornal digital 27 12-16
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 24-02-17
Jornal digital 24-02-17Jornal digital 24-02-17
Jornal digital 24-02-17
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 4623_ter_10032015
Jornal digital 4623_ter_10032015Jornal digital 4623_ter_10032015
Jornal digital 4623_ter_10032015
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 06 02-17
Jornal digital 06 02-17Jornal digital 06 02-17
Jornal digital 06 02-17
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 4950_qui_30062016
Jornal digital 4950_qui_30062016Jornal digital 4950_qui_30062016
Jornal digital 4950_qui_30062016
Jornal Correio do Sul
 

Mais procurados (20)

Jornal digital 4947_seg_27062016
Jornal digital 4947_seg_27062016Jornal digital 4947_seg_27062016
Jornal digital 4947_seg_27062016
 
Jornal digital 4856 ter 16022016
Jornal digital 4856 ter 16022016Jornal digital 4856 ter 16022016
Jornal digital 4856 ter 16022016
 
Jornal digital 21 12-16
Jornal digital 21 12-16Jornal digital 21 12-16
Jornal digital 21 12-16
 
Jornal digital 27 09-17
Jornal digital 27 09-17Jornal digital 27 09-17
Jornal digital 27 09-17
 
Jornal digital 4978_ter_09082016
Jornal digital 4978_ter_09082016Jornal digital 4978_ter_09082016
Jornal digital 4978_ter_09082016
 
Jornal digital 08 01-18
Jornal digital 08 01-18Jornal digital 08 01-18
Jornal digital 08 01-18
 
Jornal digital 5007 ter_20092016
Jornal digital 5007 ter_20092016Jornal digital 5007 ter_20092016
Jornal digital 5007 ter_20092016
 
Jornal digital 09 06-17
Jornal digital 09 06-17Jornal digital 09 06-17
Jornal digital 09 06-17
 
Edição 89 do Jornal Tribuna do Araripe
Edição 89 do Jornal Tribuna do AraripeEdição 89 do Jornal Tribuna do Araripe
Edição 89 do Jornal Tribuna do Araripe
 
Jornal digital 4927_seg_30052016
Jornal digital 4927_seg_30052016Jornal digital 4927_seg_30052016
Jornal digital 4927_seg_30052016
 
Jornal digital 5012 ter_27092016
Jornal digital 5012 ter_27092016Jornal digital 5012 ter_27092016
Jornal digital 5012 ter_27092016
 
Jornal digital 5019_qui_06102016
Jornal digital 5019_qui_06102016Jornal digital 5019_qui_06102016
Jornal digital 5019_qui_06102016
 
Jornal digital 15-02-17
Jornal digital 15-02-17Jornal digital 15-02-17
Jornal digital 15-02-17
 
BARÃO DE INOHAN 130 - 18 de agosto de 2016
BARÃO DE INOHAN 130 - 18 de agosto de 2016BARÃO DE INOHAN 130 - 18 de agosto de 2016
BARÃO DE INOHAN 130 - 18 de agosto de 2016
 
Jornal digital 02 02-18
Jornal digital 02 02-18Jornal digital 02 02-18
Jornal digital 02 02-18
 
Jornal digital 27 12-16
Jornal digital 27 12-16Jornal digital 27 12-16
Jornal digital 27 12-16
 
Jornal digital 24-02-17
Jornal digital 24-02-17Jornal digital 24-02-17
Jornal digital 24-02-17
 
Jornal digital 4623_ter_10032015
Jornal digital 4623_ter_10032015Jornal digital 4623_ter_10032015
Jornal digital 4623_ter_10032015
 
Jornal digital 06 02-17
Jornal digital 06 02-17Jornal digital 06 02-17
Jornal digital 06 02-17
 
Jornal digital 4950_qui_30062016
Jornal digital 4950_qui_30062016Jornal digital 4950_qui_30062016
Jornal digital 4950_qui_30062016
 

Destaque

Jornal digital 5006 seg_19092016
Jornal digital 5006 seg_19092016Jornal digital 5006 seg_19092016
Jornal digital 5006 seg_19092016
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 5015 sex_30092016
Jornal digital 5015 sex_30092016Jornal digital 5015 sex_30092016
Jornal digital 5015 sex_30092016
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 4881_ter_22032016
Jornal digital 4881_ter_22032016Jornal digital 4881_ter_22032016
Jornal digital 4881_ter_22032016
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 5008 qua_21092016
Jornal digital 5008 qua_21092016Jornal digital 5008 qua_21092016
Jornal digital 5008 qua_21092016
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 5014 qui_29092016
Jornal digital 5014 qui_29092016Jornal digital 5014 qui_29092016
Jornal digital 5014 qui_29092016
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 4883_qui_24032016
Jornal digital 4883_qui_24032016Jornal digital 4883_qui_24032016
Jornal digital 4883_qui_24032016
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 5003 qua_14092016
Jornal digital 5003 qua_14092016Jornal digital 5003 qua_14092016
Jornal digital 5003 qua_14092016
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 5004 qua_15092016
Jornal digital 5004 qua_15092016Jornal digital 5004 qua_15092016
Jornal digital 5004 qua_15092016
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 5021 qua_28092016
Jornal digital 5021 qua_28092016Jornal digital 5021 qua_28092016
Jornal digital 5021 qua_28092016
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 5011 seg_26092016
Jornal digital 5011 seg_26092016Jornal digital 5011 seg_26092016
Jornal digital 5011 seg_26092016
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 5049_qua_23112016
Jornal digital 5049_qua_23112016Jornal digital 5049_qua_23112016
Jornal digital 5049_qua_23112016
Jornal Correio do Sul
 

Destaque (11)

Jornal digital 5006 seg_19092016
Jornal digital 5006 seg_19092016Jornal digital 5006 seg_19092016
Jornal digital 5006 seg_19092016
 
Jornal digital 5015 sex_30092016
Jornal digital 5015 sex_30092016Jornal digital 5015 sex_30092016
Jornal digital 5015 sex_30092016
 
Jornal digital 4881_ter_22032016
Jornal digital 4881_ter_22032016Jornal digital 4881_ter_22032016
Jornal digital 4881_ter_22032016
 
Jornal digital 5008 qua_21092016
Jornal digital 5008 qua_21092016Jornal digital 5008 qua_21092016
Jornal digital 5008 qua_21092016
 
Jornal digital 5014 qui_29092016
Jornal digital 5014 qui_29092016Jornal digital 5014 qui_29092016
Jornal digital 5014 qui_29092016
 
Jornal digital 4883_qui_24032016
Jornal digital 4883_qui_24032016Jornal digital 4883_qui_24032016
Jornal digital 4883_qui_24032016
 
Jornal digital 5003 qua_14092016
Jornal digital 5003 qua_14092016Jornal digital 5003 qua_14092016
Jornal digital 5003 qua_14092016
 
Jornal digital 5004 qua_15092016
Jornal digital 5004 qua_15092016Jornal digital 5004 qua_15092016
Jornal digital 5004 qua_15092016
 
Jornal digital 5021 qua_28092016
Jornal digital 5021 qua_28092016Jornal digital 5021 qua_28092016
Jornal digital 5021 qua_28092016
 
Jornal digital 5011 seg_26092016
Jornal digital 5011 seg_26092016Jornal digital 5011 seg_26092016
Jornal digital 5011 seg_26092016
 
Jornal digital 5049_qua_23112016
Jornal digital 5049_qua_23112016Jornal digital 5049_qua_23112016
Jornal digital 5049_qua_23112016
 

Semelhante a Jornal digital 4988 ter_13092016

Jornal digital 25 10-2018
Jornal digital 25 10-2018Jornal digital 25 10-2018
Jornal digital 25 10-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 16 08-17
Jornal digital 16 08-17Jornal digital 16 08-17
Jornal digital 16 08-17
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 18 09-2018
Jornal digital 18 09-2018Jornal digital 18 09-2018
Jornal digital 18 09-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 13 de janeiro de 2017
Jornal digital   13 de janeiro de 2017Jornal digital   13 de janeiro de 2017
Jornal digital 13 de janeiro de 2017
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 4968_ter_26072016
Jornal digital 4968_ter_26072016Jornal digital 4968_ter_26072016
Jornal digital 4968_ter_26072016
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 4871_ter_07032016
Jornal digital 4871_ter_07032016Jornal digital 4871_ter_07032016
Jornal digital 4871_ter_07032016
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 4870_seg_07032016
Jornal digital 4870_seg_07032016Jornal digital 4870_seg_07032016
Jornal digital 4870_seg_07032016
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 31 10-17
Jornal digital 31 10-17Jornal digital 31 10-17
Jornal digital 31 10-17
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 20 12-16
Jornal digital 20 12-16Jornal digital 20 12-16
Jornal digital 20 12-16
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 4910_quar_04052016
Jornal digital 4910_quar_04052016Jornal digital 4910_quar_04052016
Jornal digital 4910_quar_04052016
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 4875_seg_14032016
Jornal digital 4875_seg_14032016Jornal digital 4875_seg_14032016
Jornal digital 4875_seg_14032016
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 19 09-17
Jornal digital 19 09-17Jornal digital 19 09-17
Jornal digital 19 09-17
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 5039_seg_07112016
Jornal digital 5039_seg_07112016Jornal digital 5039_seg_07112016
Jornal digital 5039_seg_07112016
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 4986 sex_19082016
Jornal digital 4986 sex_19082016Jornal digital 4986 sex_19082016
Jornal digital 4986 sex_19082016
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 26 06-17
Jornal digital 26 06-17Jornal digital 26 06-17
Jornal digital 26 06-17
Jornal Correio do Sul
 
JORNAL DO MUNICÍPIO janeiro 2016
JORNAL DO MUNICÍPIO janeiro 2016JORNAL DO MUNICÍPIO janeiro 2016
JORNAL DO MUNICÍPIO janeiro 2016
josé pery salgado
 
Jornal digital 25 07-17
Jornal digital 25 07-17Jornal digital 25 07-17
Jornal digital 25 07-17
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 17 08-17
Jornal digital 17 08-17Jornal digital 17 08-17
Jornal digital 17 08-17
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 23 de janeiro de 2017
Jornal digital   23 de janeiro de 2017Jornal digital   23 de janeiro de 2017
Jornal digital 23 de janeiro de 2017
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 6 de janeiro de 2017
Jornal digital   6 de janeiro de 2017Jornal digital   6 de janeiro de 2017
Jornal digital 6 de janeiro de 2017
Jornal Correio do Sul
 

Semelhante a Jornal digital 4988 ter_13092016 (20)

Jornal digital 25 10-2018
Jornal digital 25 10-2018Jornal digital 25 10-2018
Jornal digital 25 10-2018
 
Jornal digital 16 08-17
Jornal digital 16 08-17Jornal digital 16 08-17
Jornal digital 16 08-17
 
Jornal digital 18 09-2018
Jornal digital 18 09-2018Jornal digital 18 09-2018
Jornal digital 18 09-2018
 
Jornal digital 13 de janeiro de 2017
Jornal digital   13 de janeiro de 2017Jornal digital   13 de janeiro de 2017
Jornal digital 13 de janeiro de 2017
 
Jornal digital 4968_ter_26072016
Jornal digital 4968_ter_26072016Jornal digital 4968_ter_26072016
Jornal digital 4968_ter_26072016
 
Jornal digital 4871_ter_07032016
Jornal digital 4871_ter_07032016Jornal digital 4871_ter_07032016
Jornal digital 4871_ter_07032016
 
Jornal digital 4870_seg_07032016
Jornal digital 4870_seg_07032016Jornal digital 4870_seg_07032016
Jornal digital 4870_seg_07032016
 
Jornal digital 31 10-17
Jornal digital 31 10-17Jornal digital 31 10-17
Jornal digital 31 10-17
 
Jornal digital 20 12-16
Jornal digital 20 12-16Jornal digital 20 12-16
Jornal digital 20 12-16
 
Jornal digital 4910_quar_04052016
Jornal digital 4910_quar_04052016Jornal digital 4910_quar_04052016
Jornal digital 4910_quar_04052016
 
Jornal digital 4875_seg_14032016
Jornal digital 4875_seg_14032016Jornal digital 4875_seg_14032016
Jornal digital 4875_seg_14032016
 
Jornal digital 19 09-17
Jornal digital 19 09-17Jornal digital 19 09-17
Jornal digital 19 09-17
 
Jornal digital 5039_seg_07112016
Jornal digital 5039_seg_07112016Jornal digital 5039_seg_07112016
Jornal digital 5039_seg_07112016
 
Jornal digital 4986 sex_19082016
Jornal digital 4986 sex_19082016Jornal digital 4986 sex_19082016
Jornal digital 4986 sex_19082016
 
Jornal digital 26 06-17
Jornal digital 26 06-17Jornal digital 26 06-17
Jornal digital 26 06-17
 
JORNAL DO MUNICÍPIO janeiro 2016
JORNAL DO MUNICÍPIO janeiro 2016JORNAL DO MUNICÍPIO janeiro 2016
JORNAL DO MUNICÍPIO janeiro 2016
 
Jornal digital 25 07-17
Jornal digital 25 07-17Jornal digital 25 07-17
Jornal digital 25 07-17
 
Jornal digital 17 08-17
Jornal digital 17 08-17Jornal digital 17 08-17
Jornal digital 17 08-17
 
Jornal digital 23 de janeiro de 2017
Jornal digital   23 de janeiro de 2017Jornal digital   23 de janeiro de 2017
Jornal digital 23 de janeiro de 2017
 
Jornal digital 6 de janeiro de 2017
Jornal digital   6 de janeiro de 2017Jornal digital   6 de janeiro de 2017
Jornal digital 6 de janeiro de 2017
 

Mais de Jornal Correio do Sul

Jornal digital 20 12-2018
Jornal digital 20 12-2018Jornal digital 20 12-2018
Jornal digital 20 12-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 19 12-2018
Jornal digital 19 12-2018Jornal digital 19 12-2018
Jornal digital 19 12-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 18 12-2018
Jornal digital 18 12-2018Jornal digital 18 12-2018
Jornal digital 18 12-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 17 12-2018
Jornal digital 17 12-2018Jornal digital 17 12-2018
Jornal digital 17 12-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 14 12-2018
Jornal digital 14 12-2018Jornal digital 14 12-2018
Jornal digital 14 12-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 13 12-2018
Jornal digital 13 12-2018Jornal digital 13 12-2018
Jornal digital 13 12-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 12 12-2018
Jornal digital 12 12-2018Jornal digital 12 12-2018
Jornal digital 12 12-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 11 12-2018
Jornal digital 11 12-2018Jornal digital 11 12-2018
Jornal digital 11 12-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 10 12-2018
Jornal digital 10 12-2018Jornal digital 10 12-2018
Jornal digital 10 12-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 06 12-2018
Jornal digital 06 12-2018Jornal digital 06 12-2018
Jornal digital 06 12-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 05 12-2018
Jornal digital 05 12-2018Jornal digital 05 12-2018
Jornal digital 05 12-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 04 12-2018
Jornal digital 04 12-2018Jornal digital 04 12-2018
Jornal digital 04 12-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 03 12-2018
Jornal digital 03 12-2018Jornal digital 03 12-2018
Jornal digital 03 12-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 30 11-2018
Jornal digital 30 11-2018Jornal digital 30 11-2018
Jornal digital 30 11-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 29 11-2018
Jornal digital 29 11-2018Jornal digital 29 11-2018
Jornal digital 29 11-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 28 11-2018
Jornal digital 28 11-2018Jornal digital 28 11-2018
Jornal digital 28 11-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 27 11-2018
Jornal digital 27 11-2018Jornal digital 27 11-2018
Jornal digital 27 11-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 24 11-2018
Jornal digital 24 11-2018Jornal digital 24 11-2018
Jornal digital 24 11-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 22 11-2018
Jornal digital 22 11-2018Jornal digital 22 11-2018
Jornal digital 22 11-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 21 11-2018
Jornal digital 21 11-2018Jornal digital 21 11-2018
Jornal digital 21 11-2018
Jornal Correio do Sul
 

Mais de Jornal Correio do Sul (20)

Jornal digital 20 12-2018
Jornal digital 20 12-2018Jornal digital 20 12-2018
Jornal digital 20 12-2018
 
Jornal digital 19 12-2018
Jornal digital 19 12-2018Jornal digital 19 12-2018
Jornal digital 19 12-2018
 
Jornal digital 18 12-2018
Jornal digital 18 12-2018Jornal digital 18 12-2018
Jornal digital 18 12-2018
 
Jornal digital 17 12-2018
Jornal digital 17 12-2018Jornal digital 17 12-2018
Jornal digital 17 12-2018
 
Jornal digital 14 12-2018
Jornal digital 14 12-2018Jornal digital 14 12-2018
Jornal digital 14 12-2018
 
Jornal digital 13 12-2018
Jornal digital 13 12-2018Jornal digital 13 12-2018
Jornal digital 13 12-2018
 
Jornal digital 12 12-2018
Jornal digital 12 12-2018Jornal digital 12 12-2018
Jornal digital 12 12-2018
 
Jornal digital 11 12-2018
Jornal digital 11 12-2018Jornal digital 11 12-2018
Jornal digital 11 12-2018
 
Jornal digital 10 12-2018
Jornal digital 10 12-2018Jornal digital 10 12-2018
Jornal digital 10 12-2018
 
Jornal digital 06 12-2018
Jornal digital 06 12-2018Jornal digital 06 12-2018
Jornal digital 06 12-2018
 
Jornal digital 05 12-2018
Jornal digital 05 12-2018Jornal digital 05 12-2018
Jornal digital 05 12-2018
 
Jornal digital 04 12-2018
Jornal digital 04 12-2018Jornal digital 04 12-2018
Jornal digital 04 12-2018
 
Jornal digital 03 12-2018
Jornal digital 03 12-2018Jornal digital 03 12-2018
Jornal digital 03 12-2018
 
Jornal digital 30 11-2018
Jornal digital 30 11-2018Jornal digital 30 11-2018
Jornal digital 30 11-2018
 
Jornal digital 29 11-2018
Jornal digital 29 11-2018Jornal digital 29 11-2018
Jornal digital 29 11-2018
 
Jornal digital 28 11-2018
Jornal digital 28 11-2018Jornal digital 28 11-2018
Jornal digital 28 11-2018
 
Jornal digital 27 11-2018
Jornal digital 27 11-2018Jornal digital 27 11-2018
Jornal digital 27 11-2018
 
Jornal digital 24 11-2018
Jornal digital 24 11-2018Jornal digital 24 11-2018
Jornal digital 24 11-2018
 
Jornal digital 22 11-2018
Jornal digital 22 11-2018Jornal digital 22 11-2018
Jornal digital 22 11-2018
 
Jornal digital 21 11-2018
Jornal digital 21 11-2018Jornal digital 21 11-2018
Jornal digital 21 11-2018
 

Jornal digital 4988 ter_13092016

  • 1. www.grupocorreiodosul.com.br ANO XXVI EDIÇÃO Nº 5.002 TERÇA-FEIRA, 13 DE AGOSTO DE 2016 R$ 2,00 Grupo 31º 17º Parcialmente Nublado - Sol entre poucas nuvens. Previsão para hoje Extremo Sul Catarinense Geral LagoadoCaverácontinuasemesperança Abandono 3Página Assalto Taxista trancado em carro é jogado em rio 11Página
  • 2. Das quase 200 candidatas que disputam as Câmaras Municipais de nossa região, apenas 50 estão efetiva- mente em campanha por uma vaga em um dos nossos 15 legislativos. O desinteressedasmulheresnoprocesso político eleitoral é algo espraiado por toda região. O fato é que legislação, ao obrigar a reserva de 30% das candida- turas legislativas para as mulheres, em nada mudou a realidade antes da imposição legal. É muito provável que o interesse só aumente quando a lei garantir a ocupação de um espaço mínimonasCâmarasMunicipaispara as mulheres, como acontece no caso das cotas universitárias. Se ao menos 10% das vagas nos legislativos fossem reservados de forma compulsória às mulheres, muito provavelmente o interesse de participação no processo eleitoral seria bem maior. Maracajátemtrêspartidosnopáreo Presidente do Deinfra, Wanderley Agostini, assinou ontem ordem de serviço para a revitalização da SC 447, no trecho entre Araranguá e Meleiro.Aobra está orçada em R$ 5,7 milhões e visa recuperar totalmente a rodovia em seus 18,8 quilômetros de extensão, o que inclui recapeamento da pista asfáltica, serviços de drena- gem, sinalização e obras complemen- tares. A Setep, empresa que ganhou a concorrência para promover a revi- talização, acredita que possa começar os trabalhos nos próximos 15 dias. O excesso de curvas da 447 neste trecho, aliado as ondulações na pista, têm sido motivo de constantes acidentes com vítimas fatais. Expectativa agora é que o Governo do Estado volte seus olhos para a SC 449, no trecho entre Sombrio e Jacinto Machado, cuja pista está em condições lastimáveis. Finalmente Minoria IncréduloDiárias ADVOCACIA EMPRESARIAL FONE: (48) 3533-0145 “Dê poder a um homem e verás quem ele realmente é. Tire o poder que ele tem e verás como de fato é seu caráter”. Correio do Sul Terça-feira, 13 de setembro de 2016 rolando_coelho@hotmail.com (48) 9945.6787 Nicolau Maquiavel (1469/1527) Filósofo italiano Dando sequência a avaliação político-eleitoral dos cenários majo- ritários em nossa região, hoje é dia de destacarmos Maracajá, município que conta com três candidatos ao executivo. A candidatura de situação, que representa o mandato do prefeito Wag- ner da Rosa (PMDB), é encabeçada por Valmir Carradore, o Boca, um dos caciques do PMDB em nível local. Sua candidata a vice é Maria Claudete Ro- cha Brambilla, a Dete (PDS).Além de PMDB e PSD, a coligação conta ainda com PCdoB e Solidariedade. Aoposição é representada por duas candidaturas. Uma protagonizada pelo atual vice-prefeito Everaldo João Pereira, o Everaldinho (PT), e outra pelo advogado Arlindo Rocha, o Lale (PSDB). Everaldinho concorre com Lauri Angelo Sottana, o Lolo (PPS), como seu candidato a vice. Sua coliga- ção conta ainda com o apoio do PDT e do PRB. Já Lale tem como compa- nheiro de chapa o progressistaAdemir Antenor de Oliveira. PSDB e PP não têm outros partidos aliados. Pelas vias normais, tudo levava a crer que Maracajá teria apenas duas candidaturas. Uma protagonizada pelo PMDB e outra pela oposição. O PT de Everaldinho, no entanto, acabou construindo um projeto próprio, num primeiro momento, com a expectativa de que o PMDB viesse lhe apoiar. Por sua vez, o PMDB não acreditava que o PT levaria seu projeto autônomo adiante, em grande parte por conta do desgaste que a sigla enfrenta em nível nacional. Sem entendimento, PMDB e PT acabaram rompendo ofi- cialmente, com cada partido lançando uma chapa majoritária, o que, num primeiro momento, pode ser avaliado como algo benéfico a dobradinha com- posta por PSDB e PP. É que, ainda que seja oposição no pleito de 2016, a candidatura petista esteve ligada a administração do PMDB ao longo dos últimos anos, o que lhe tira potencial ofensivo. Por conta disto, o cenário político de Maracajá, com vistas ao pleito deste ano, acaba sendo mais preocupante para o PMDB, que perdeu um aliado de primeira instância, do que para a oposição. Ainda que hajam duas can- didaturas oposicionistas, o que, num primeiro momento, poderia represen- tar alguma vantagem a candidatura peemedebista, o fato é que quem se beneficiou com a candidatura do PT é a oposição representada por PSDB e PP. Há de se levar em conta ainda que a eleição neste ano em Maracajá está sendo caracterizada por uma série de retorno às origens. Em 2009 o então prefeito Antônio Carlos Oliveira, o Cacaio (PP), foi cassado com base em denúncias de compra de votos levan- tadas pelo PMDB. Desde então uma série de lideranças políticas acabaram mudando de sigla, o que fez com que o cenário político local ficasse pratica- mente irreconhecível, se for tomado como base a tradição política vigente até então. No pleito deste ano o que se tem percebido é uma reacomodação destas lideranças em seus grupos de origem. Outro fato interessante de ser abordado é a presença de Ademir Oliveira, irmão do ex-prefeito Cacaio Oliveira, na chapa encabeçada por Lale Rocha. Este fato tem esquentado em muito a disputa direta entre a dobradinha PSDB/PP e PMDB/PSD. Em princípio a tendência é de bipola- rização entre estes dois grupos, mas o PT tem dito que entrou na briga municipal para ganhar ou ganhar. Ex-prefeito de Ermo, Marcos Leo- ne de Oliveira, o Marquinhos (PSDB), diz não acreditar nos números apre- sentados pelo Instituto Incope, no que diz respeito a pesquisa publicada pelo Correio do Sul na edição de ontem. De acordo com o Incope, o atual prefeito Zica Cadorin (PSD) tem 47,6% das intenções de votos, contra 31,4% de Marquinhos, no que diz respeito à pesquisa estimulada. Dezessete por cento dos eleitores entrevistados se disseram indecisos. Já 4,1% disseram quevãovotarembrancoouanularseu voto. A pesquisa, que está registrada no TRE/SC sob o número 09966/2016, apresentou uma diferença favorável a Zica, em relação a Marquinhos, de 16,2%. De acordo com o ex-prefeito, a disputa municipal em Ermo é muito equilibrada, e o resultado final pode apontar o ganhador por uma questão de detalhes, em grande parte, por contadopequenocontingenteeleitoral. Com apenas 2.700 eleitores, a disputa em Ermo acaba se tornando uma in- cógnita, mesmo diante de percentuais mais elásticos. Basta dizer que cada cem votos representam cerca de 4% dos votos efetivamente válidos. Em Araranguá, continua sendo explorada, pela oposição ao PMDB, o suposto excesso de gastos com diárias na Câmara Municipal de Vereadores. O fato é que o candidato a vice de Anísio Prêmoli (PMDB) é o presidente do legislativo, Rony da Silva (DEM), que teria autorizado ao longo do último um ano e meio a utilização de mais diárias do que o normal. Um inquérito civil público para apurar denúncias neste sentido já foi até mesmo arquivado, mas isto não impediu que o assunto voltasse à tona. Independente do arquivamen- to, ou mesmo da suposta exploração indevida do fato, a utilização das tais diárias, em todas as Câmaras da região, é algo que precisa ser definitivamente normatizado. Tem vereador que vai em Florianópolis só para almoçar com deputado às custas do contribuinte. Outros chegam a ir à Brasília para solicitar emendas par- lamentares, como se isto não pudesse ser feito por telefone. Isto sem falar nos famosos congressos e seminários de aperfeiçoamento de vereadores e assessores, geralmente realizados em destinos turísticos do país.
  • 3. Especial 3Correio do Sul Terça-feira, 13 de setembro de 2016 Aline Bauer xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx panhou a agricultora Maria Machado em uma visita à lagoa. Ela diz que não existia qualquer planta em determinados lugares até cinco meses atrás, última vez em que ela tinha estado mais per- to do rio. Um canal de dre- nagem foi aberto na parte sul da lagoa, que sempre correu para o rio. O problema é que a vazão de água aumen- tou muito, fazendo com que o manancial secasse aos poucos. Onde antes a profundidade chegava a dois metros e meio, hoje tem menos de 90 centímetros de água. “Já deve fazer uns 15 anos que a lagoa não enche bem mesmo. A chuva até ameniza, mas é só uns dois dias. O fundo é de areia, e a água está acabando dia após dia. Hoje ela é menos de um terço do que era”, conta Maria. > REGIÃO Os passeios pela Lagoa do Cave- rá estão ficando inviá- veis. Apesar de estar sofrendo uma morte lenta e dolorosa, o ma- nancial de água doce conserva belezas im- pressionantes, que os ribeirinhos gostam de apreciar. Porém, com o nível cada vez mais raso, a vegetação tem crescido abundante- mente, impedindo o acesso a certos locais. Já em outros, há uma correnteza capaz de levar o barco sem que se precise remar, isso a cinco quilômetros do rio. A passagem por onde se podia ir até o encontro da lagoa com o rio, agora está cober- ta de taboas e aguapés. A reportagem do Correio do Sul acom- Crime Ambiental O p r o b l e m a s e agravou na década de 1980, até então o rio tinha várias curvas, mas foi aberto com uma draga, e de lá para cá corre em uma reta, o que faz a água ga- nhar mais velocidade e escoar sem controle algum. “Mudaram o curso do rio. Ele tem, agora, seis metros de largura e até 20 de pro- fundidade”, continua a agricultora. Durante o passeio de barco, é possível ver vários trechos com lâ- minas de água, e muita vegetação aquática. De vez em quando, peixes se mexem na super- fície. No entanto, de acordo com dona Ma- ria, que mora às mar- gena da lagoa, esse fe- nômeno era bem mais comum antigamente, Descaso e morte quando a lagoa estava cheia e era berço de um número imenso de espécies. “Havia vários tipos: cará, tainha, jundiá, bagre, e hoje, para se pegar uma tra- íra é muito lutado”, lamenta. A escassez de água mudou a configuração do leito da lagoa, que em determinado ponto se dividiu em dois. Apa- rentemente, os níveis de água baixaram tanto, que revelaram lugares onde a profundidade era diferente, forman- do assim, duas lagoas. Uma delas, porém, bem menor do que a outra, acabou sendo quase to- talmente coberta pelas taboas, um das poucas coisas abundantes no lugar. A navegação quase teve que ser interrompi- da em um trecho da la- goa em que a passagem foi muito dificultada pela vegetação que se desenvolveu tanto que criou barreiras naturais para o barco. Parte do trajeto teve de ser feito por terra, já que ha- via vegetação demais e água de menos, e a em- barcação não iria mais adiante. Para salvar todo o ecossistema que existe naquela região, vários estudos já foram feitos, inclusive para saber quantos litros de água correm por segundo e quanto tempo demo- raria para que a lagoa se recuperasse. Após essa fase, os morado- res se mobilizaram e o Deinfra(Departamento Estadual de Infraes- trutura) concluiu que a solução para o problema seria a construção de um vertedouro, estru- tura que poderia contro- lar a saída de água da lagoa, evitando assim, que ela viesse a secar. Há quatro anos a comu- nidade aguarda o aval da Fatma(Fundação do Meio Ambiente) para a obra que pode ser a única chance da lagoa não secar de vez. Para Maria e outros agri- cultores e pescadores da região, o que resta ao ver a lagoa nesta situação, são as lem- branças. “Dá para ima- ginar o sentimento, a tristeza que é ver algo de inestimável valor sentimental e histó- rico se acabar e não conseguir fazer nada”, diz ela. Remando na lagoa, a agricultora recorda dos momentos que passou se diver- tindo e pescando na Lagoa do Caverá com o pai. Seus filhos já não tiveram tanta chance de ver a lagoa cheia e seus netos só conhe- cem o drama da seca do grande manancial de água doce que, por descaso de quem deve- ria protegê-lo, agoniza até a morte. Lagoavivemaisumanodeabandono
  • 4. 4 Correio do Sul Terça-feira, 13 de setembro de 2016 Publicidade
  • 5. JABSON MULLER Correio do Sul Terça-feira, 13 de setembro de 2016 jabsonmuller@grupocorreiodosul.com.br (48) 9955.5313 O candidato a pre- feito de Sombrio pelo Partido Pro- gressista Carlos Gilberto de Oliveira está fazen- do uma verdadeira campanha de oposição, sem perder nenhu- ma oportunidade de criticar o adversário. Gilberto tem como compaheiro de chapa o verea- dor Ademir Cardoso, o Dimi, na coligação Sombrio Para as Pessoas, formada pelos parti- dos PP, PSD, PT, PPS, PROS e SD. Gilberto enfrenta nas urnas o prefeito Zênio Cardo- so, candidato a reeleição, e faz questão de apresentar propos- tas que chama de ‘compromisso principalmente com os bairros’, dando a elas números e metas definidas. Na última sexta-feira, Gil- berto e Dimi foram entrevis- tados no programa Correio Notícias, da Rádio 93 FM, do Grupo Correio do Sul. Acompanhe a entrevista: - Quais os três setores que mais o preocupam no municí- pio e suas propostas para eles? Gilberto: Inicio pelo desen- volvimento econômico, setor que tenho experiência como secretário em dois manda- tos, dos prefeitos Zé Milton e Jusa. Acredito que o prefeito tem a responsabilidade de de- senvolver economicamente o município. Deixamos o parque in- dustrial com 11 empresas e hoje continuam as mesmas ou menos; mais de 700 metros do parque estão inaproveitados. O modelo que existe ainda é o que deixamos, com pequenas facções funcionando nas casas e nós tínhamos para elas o programa Fundo de Quintal. A indústria moveleira está pedindo passagem e no nosso governo vamos transformar esse setor em novo polo, como é com a confecção. Não adianta prometer em março a vinda de uma fábrica de calçados, que até agora não apareceu. Outro setor é a educação, a chave de tudo. O que se viu nestes últimos quatro anos foi professor fazendo rifa para manter escola e a falta de material. Queremos construir novas creches no Morro do Sombrio Para as PessoasCipó e na Januária, resolver de vez a questão do Catulo (o prédio da escola está inter- ditado), garantir transporte aos universitários, e construir novos ginásios de esporte é fundamental. Tem muita coisa pra se fazer e vamos ouvir os profissionais de educação. Na saúde, o índice que era de 0,721 em 2012 caiu para 0.663 em 2014, uma queda de 8%, de acordo com a Fecam (Federação Catarinense de Municípios). O recurso da saú- de caiu 34%, as consultas mé- dicas diminuíram 47%, a saúde no município é um desastre. O hospital foi vendido por um valor irrisório e a empresa que aí está não sabe a que veio. Nas nossas propostas, va- mos fazer marcação de consul- ta em cinco dias, e temos que ter um pronto atendimento 24horas que realmente funcio- ne. Esse é um compromisso do meu governo e do Dimi. - Quais as suas ideias para a geração de emprego e renda? Gilberto: Sou da opinião que você tem que estar per- manentente conversando com as associações de empresários, de lojistas, e com as pessoas. Tem que ter alguém que faça esse diálogo, que vá em busca de financiamento, para criar agroindústrias. A prefeitura arrecadou R$ 270 milhões e o que fizeram com este dinheiro? Dizem que pagaram contas, o discurso é sempre o mesmo. Gastam o dinheiro da prefei- tura com 90 cargos comissiona- dos e não sobra para investir. - Existe algum projeto ou obra do período em que seu partido (PP) administrou o município e que o senhor quer retomar, caso seja eleito? Gilberto: Sem dúvida. O esgotamento sanitário da São José ficou com os canos enterrados e R$ 1,6 milhão na conta pra fazer a estação de tratamento. Faltava só comprar o terreno e nada foi feito. Vamos fazer esgotamen- to até na Januária, é nosso compromisso. Tem que recu- perar o Ceac, que foi vendido, e o valor não foi revertido nem 70% pro bairro. - C o m o será a partici- pação dos par- tidos da sua coligação e do seu vice na sua administração, em caso de vitória? Gilberto: Me sinto a vonta- de pra responder essa questão. Os partidos aliados devem participar do governo. O PSD pertence ao governo e os depu- tados já nos deram aval com recursos. O PP tem os depu- tados Jorge Boeira, Esperidião Amin e Zé Milton. É possível fazer um governo e trabalhar com todos sem problema. Quanto ao Dimi, é uma pessoa íntegra, boa, que vai estar no governo efetivamente. Dife- rente do que está aí, que pegou o Daminelli (Valmir) pra vice, abandonou, pegou uma nova vice pra ganhar a eleição. O Dimi vai ser parceiro, eu tenho moral pra falar isso, outros não têm. - Como a prefeitura pode colaborar na solução de dois problemas que têm assustado a população: segurança públi- ca e o consumo de droga pelos jovens? Gilberto: A prefeitura pode ajudar muito. Não adianta só câmera de segurança no centro, é preciso expandir para os bairros e precisamos de uma delegacia da mulher. Quanto as drogas, sabemos o quanto as famílias sofrem com os jovens que entram neste ca- minho. Vamos fazer um centro de recuperação semelhante a Fazenda São Jorge (em Ara- ranguá). Há recursos pra isso e está em nosso programa de governo. - O senhor conhece o déficit habitacional do município, e como resolvê-lo? Gilberto: Pra ter uma ideia, entre 2002 e 2012, conseguimos 410 casas po- pulares. E nós achamos que ficamos devendo. De 2013 até hoje foi zero. Isso caracteriza desinteresse, falta de visão social. Sombrio é uma cidade que tem salários baixos, das cerâmicas, do comércio, nosso povo precisa de ajuda. Tem que ter uma pessoa com visão social, setor que foi totalmente abandonado, assim como os bairros foram abandonados. Vamos construir 155 casas populares, é o que posso pro- meter, mas o déficit é maior, passa de 400 casas. - O senhor deve manter a atual estrutura administrati- va da prefeitura ou pretende mudar, caso seja eleito? Gilberto: Qualquer cida- dão de bom senso sabe que está se gastando mais do que a lei permite, que é 52%, com a folha de pagamento. Hoje existe um funcionário pra dois diretores, isso tem que ser mu- dado. A prefeitura vai voltar a ter 42 cargos comissionados como era. - Por que o eleitor deve vo- tar na oposição nesta eleição? Gilberto: Hoje estou em defesa dos bairros. Pergunto aos moradores o que aconte- ceu de bom nos bairros nestes quatro anos, o que foi constru- ído, e a resposta é unânime: nada. Temos um governo que fez duas avenidas no centro e 20 pedaços de pequenas ruas de 50 metros pra dar uma enganação. Estou falando com o nosso povo que precisa de creche, de saúde…é preciso mudar.
  • 6. Geral6 Correio do Sul Terça-feira, 13 de setembro de 2016 Publicações legais: tomaz@grupocorreiodosul.com.br Financeiro financeiro@grupocorreiodosul.com.br Comercial: l48l 3533.0870 comercial@grupocorreiodosul.com.br Diretor Geral Jabson Muller l48l 9955.5313 diretor@grupocorreiodosul.com.br Diagramação/Arte: correiodosul@grupocorreiodosul.com.br Sul Gráfica sulgrafica@grupocorreiodosul.com.br Redação: editor@grupocorreiodosul.com.br Radio 93FM radio93fm@grupocorreiodosul.com.br Circulação/Assinatura l48l 3533.0870 assinaturas@grupocorreiodosul.com.br Av. Santa Catarina, n° 504, Loja 2 - Baln. Gaivota - SC - Sombrio - SC “Pau que bate em Chico...” D os 16 deputados federais de Santa Catarina, cinco são também presi- dentes de seus partidos no estado. Eles foram procurados pela Coluna Pelo Estado que buscou saber suas posições sobre o processo de cassação do deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), acusado de manter contas secretas no exterior e que também teve o nome citado nas delações da Operação Lava Jato. O presidente do PMDB-SC, deputado Mauro Mariani, é favorável à perda de mandato de Cunha. “Pau que bate em Chico bate em Francisco!”, resumiu ao relacionar a cassação de Cunha com o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff. “Inegavelmente ele fez um trabalho relevante quando presidente da Câ- mara. Fez a Câmara produzir, teve coragem, é um homem inteligentíssimo e todo mundo reconhece isso. Mas tem os pecados para pagar e vai pagar. Não podemos ser seletivos na punição.” A expectativa de Mariani era que a decisão saísse ainda ontem. “Quanto antes terminar melhor. Não podemos ficar nessa pauta a vida inteira.” A deputada Angela Albino, presidente do PCdoB-SC, também quer o fim antecipado do mandato de Eduardo Cunha com perda de direitos políticos. Ela acredita que o período dele na presidência da Câmara trouxe retrocesso para o país, especialmente nos direitos das mulheres e da população LGBT. “A atuação dele está à margem de qualquer ética.” Angela revelou que há articulações nos bastidores da Câmara para adiar o julgamento, deixando para depois das eleições municipais, e também para redução da pena. O presidente do PR-SC, deputado Jorginho Mello, também tem voto a favor da cassação de Cunha. “Estamos vi- rando uma página triste da história do parlamento brasileiro, um entulho que muito envergonhou o Congresso Nacional”, afirmou. Para Mello, o peemedebista é o grande beneficiário dos recursos geridos pelas trustes. “Eduardo Cunha vivia mexendo os pauzinhos para continuar no poder e até meu mandato sofreu inter- ferência no processo”, disse ao lembrar que Cunha trocou nomes do Conselho de Ética para tentar se livrar do processo, incluindo o do próprio Jorginho Mello. A deputada Carmen Zanotto, presidente do PPS-SC, e o deputado Esperidião Amin, presidente do PP-SC, foram procurados, mas estavam em agendas e não puderam atender a nossa reportagem. ADR na Berlinda O deputado esta- dual Rodrigo Minotto (PDT) espera que chegue logo na Assembleia Legislativa o projeto do governo do Estado para extin- ção de alguns órgãos públicos. Minotto vem defendendo desde o início do man- dato a redução da máquina pública, mas acredita que ela precisa ser profunda. “A exclusão de Bescor, Codesc e Cohab ame- niza, mas é preciso voltarmos a discutir a situação das ADRs”, pontua. Cooperativas Começa hoje, em Chape- có, a 11ª edição da Feira Internacional de Negócios, Processamento e Indus- trialização da Carne (Mercoagro). Com expectativa de US$ 160 milhões em ne- gócios e presença de 15 mil compradores, o evento já começa com boas notícias. É que o BRDE anunciou ontem a assinatu- ra de quatro contratos, no valor total de R$ 72,5 milhões, que vão beneficiar três cooperativas agrícolas e uma cooperativa médica. Filantrópicas Na sexta-feira (16), acon- tece em Florianópolis o Seminário sobre o Papel das Entidades Filantrópicas e de Assistência Social, Isenções e Imu- nidades dessas Organizações. Estão confirmadas as presenças do Ministro do Desenvolvimento Social e Agrário, Osmar Terra, e do presidente do Conselho Diretor do CIEE Nacional, Luiz Gonzaga Bertelli. Com o Sebrae todo mundo pode. Por Andréa Leonora redacao@peloestado.com.br 13/Set/2016 Residência Médica A Secretaria de Estado da Saúde lança hoje a segunda edição do Programa de Residência Médica em Medici- na de Família em Comunidade. O programa oferece 64 vagas aprovadas pela Comissão Nacional de Residência Médica para colocação de residentes em 30 municípios. As inscrições podem ser feitas a partir desta semana por meio dos sites da secretaria (www.saude.sc. gov.br) e da Associação Catarinense de Medicina (ACM), instituição parceira que elabora e aplica as provas, em www. acm.org.br. O salário inicial é superior a R$ 5 mil e algumas prefeituras ain- da oferecem adicional como moradia e alimentação. A residência começa em janeiro de 2017, com carga horária de 60 horas semanais. Configurado como pós-graduação, o curso está sob a responsabilidade da Diretoria de Educação Permanente em Saúde em parceria com a Escola de Saúde Pública do Estado e com os municípios que compõem a Rede de Integração de Ensino e Serviço. www.ebc.com.br
  • 7. cou durante o final de semana para a Tailân- dia. É lá que a menina que sofre de síndrome de Moursier vai fazer um tratamento com célula tronco na ex- pectativa de voltar a 7Correio do Sul Terça-feira, 13 de setembro de 2016Geral Tamararecebeajudaparacirurgia IFSCtemvagasatéamanhã > BALN GAIVOTA Na edição do dia 30 de agosto o Correio do Sul publicou uma reportagem com a en- fermeira Tamara Fer- reira Schutze, de 35 anos, moradora de Bal- neário Gaivota. Ela é portadora de Esclerose Lateral Amiotrófica e solicitou ajuda para re- alizar uma cirurgia de emergência, agora em setembro. Para pagar o procedimento, Tamara precisava de R$ 12 mil. No dia seguinte a ajuda já estava chegando e neste final de semana um grupo de amigos entregou os R$ 7 mil restantes. Em princípio > ARARANGUÁ O câmpus Ara- ranguá do Instituto Federal Santa Cata- rina (IFSC) está com inscrições abertas em cursos de quali- ficação profissional. As inscrições vão até esta quarta-feira. Todos os cursos são gratuitos e não têm exame de seleção. Há vagas disponíveis eles promoveram um Pa- gonejo (pagode sertanejo) Solidário para arrecadar recursos para a menina Victória Constante. Po- rém, a família de Victória conseguiu todo o dinheiro que precisava e o dinheiro conseguido com o evento foi então destinado a Ta- mara. Integrantes do grupo comentaram a ação bene- ficente: “Assim foi, com alegria, trabalho, choro e muito prazer em estar fazendo o Bem... Quando decidimos fazer o pago- nejo ainda faltava esse valor, mas outras pessoas que também abraçaram a ideia e arrecadaram o valor. Então, foi decidido ajudar outra princesa, a para Modelagem Plana e Costura Industrial e Teorias, Conceitos e Temas no Ensino de Filosofia e Sociologia. As inscrições devem ser feitas no Portal de Inscrições do IFSC. As aulas de filoso- fia e sociologia serão vespertinas e quin- zenais, entre 29 de setembro de 2016 e 21 de março de 2017. São voltadas a estudantes > SOMBRIO Depois de cerca de dois meses de intensa mobilização para arrecadar recur- sos, a família de Victó- ria Constante embar- Victória começa tratamento Esperança enxergar. Os pais, Robson e Catiele, e a filha, che- garam a Tailândia às 23 horas de domingo (8h30 no horário de Brasília). A família enviou para os parentes no Brasil fotos no avião e na chegada, bem como a imagem da pequena guerreira já recebendo vitaminas para começar o trata- mento. Celulas-tronco serão implantadas na veia e na coluna de Vic- tória para na sequência começarem os procedi- mentos no globo ocular. O Correio do Sul vai continuar acompanhan- do a família até a sua volta, na esperança de que Victória seja anda mais vitoriosa. Acom- panhe também pelas redes sociais do Grupo Correio do Sul. #VictorianaTailândia ³Casal viaja para o exterior pela saúde da filha ³No final de semana, grupo foi até a casa de Tamara entregar os recursos Tamara, que também precisa passar por uma cirurgia e faltava 7 mil reais para completar, então juntos com a Vic- tória fomos entregar... Emoção tomou conta, foi lindo, ver que mesmo diante das dificuldades a Fé move as duas famí- lias…!!!! O grupo agrade- ceaosparceirosdoevento que arrecadou os recur- sos:TratamentoVip,Gui- lherme Dias, DJ André Fernandes, Correio Do Sul, Pinguim/@livre, Vi- daariSonorização/Daniel SunsetPraia/Nando,Ivo, Lucas e Bruno,Mancha Estamparia e Designer Flyer Diogo,MDJ Segu- ranças, BrigadistasAles- sandro Tavares. de graduação, gra- duados e professores de filosofia, história, geografia, sociologia e pedagogia. Já o curso Modela- gem Plana e Costura Industrial terá duas turmas, a tarde e a noite. As aulas ocor- rerão às segundas, quartas e sextas, entre 26 de setembro e 3 de fevereiro de 2017, na escola da Coloninha. Limpeza de pele Maquiagens em geral Designer de sobrancelhas e henna Tel.: (48) 9810.2913 Facebook.com/julianasantos E-mail: julianaclemes@hotmail.com Atendimento a domicílio
  • 8. Entretenimento Novelas - Horóscopo - Diversão Novelas Sol Nascente -18h Haja Coração -19h Velho Chico -21h C hica pede que Mario traga Alice a seu encontro. Gaetano vê Vittorio e Lenita conversando e fica entusiasmado. Ta- naka aprova o comportamento de César. Lenita critica o jeito de Ralf. Mario se preocupa ao ver Alice com César. Tanaka aconselha a filha a se casar com César. Hirô implica com Yumi ao ouvi-la falar deTiago. B runaavisaaCamilaquelutaráporGiovanni.Dinaldadeduzque Aparício está enganando Rebeca. Adônis despreza Carmela. JéssicaesuasamigastentamhumilharShirlei.Tancinhacomenta com Shirlei que fica sensibilizada quando se encontra com Apolo. Fedora orienta Leozinho sobre como convencer Safira a assinar o documentodetransferênciadesuasaçõesdoGrandBazzar.Tamara seduzApolo. Rapidinhas Correio do Sul Terça-feira, 13 de setembro de 2016 Áries 21/03 a 20/04 Vai se sentir mais tranquilo e agirá com mais virtude. O astro reiSolirálheauxiliarnestesentido.Serácolocadoemsituação de teste muitas vezes, pense antes de agir. Leão 21/07 a 20/08 Sagitário 21/11 a 20/12 Aociosidadenãolheérecomendada,devebuscarnovas desafios.ÉJúpiterquefarácomqueajacombaixaestima. Seja mais verdadeiro com aquilo que você realmente pensa,nãoforceabarra. Gêmeos 21/05 a 20/06 É necessário que simplifique aquilo que parece laborioso. Ajaduranteodiacomhumildade.Osentimentodesolidão irárecairsobrevocê,Júpiteréquemseráorespectivovilão. Libra 21/09 a 20/10 Eventos emanados de Saturno serão auspiciosos. Serão emanadasenergiasextremamentepositivasparavocê.Deve explorarnovasoportunidadesqueestarãoporvir. Aquário 21/01 a 18/02 Touro 21/04 a 20/05 Seus planejamentos podem sofrer com mudanças inespe- radas. O planeta Júpiter irá intervir de forma negativa. Lute firmecontraessasintempéries.Vênuséquemmostraráaluz que tanto precisa. Virgem 21/08a20/09 O choque entre Urano e a Lua fará com que você sofra mudanças. A mutação será de grande valia e estará presente neste seu dia. Aja de forma prática naquilo que você acredita. Capricórnio 21/12 a 20/01 Tende agir de forma muito conservadora e irá lhe atra- palhar aceitar coisas novas. Marte irá bloquear a sua qualidade realista e lhe deixará um pouco pessimista. È bomtentarsermaisprático,agindocomtranquilidade. Câncer 21/06 a 20/07 Passaráumdiarecheadodeboasnovidadesparaseucoração. O planeta deVênus pode lhe deixar fatigado. A melosidade vaiafastaralgumaspessoasdoseucírculo.Mantenhaalguns dos seus sentimentos reguardados. Escorpião 21/10 a 20/11 Os fatores da paixão irão mexer muito com seu coração. Urano favorecerá um relacionamento mais apaixonante. Embora a lua tente tirar isso de você e deixa-lo mais des- confiado,tendesemantermaiscarinhosoetransformador. Peixes 19/02 a 20/03 Oamorestánoarnesteperíodo,expandaparatodososseus meios. Fique longe de espíritos deprimidos, essas pessoas te colocaram para baixo. As aspectos melancólicos que o circundam podem aparecer. Sua posição enfática em demasia deixará algumas pes- soas constrangidas. É pela interferência de Mercúrio que deve permanecer alerta, pois este te puxará para baixo, tentandosubvertê-lo. Irá se incomodar fatos ocorridos por pessoas que você gosta. O elemento ar contribuirá para você estabilizar as emoções. Não bloqueie os bons pensamentos, deixe eles fluíremcomnaturalidade. Gracyanne Barbosa arrasou na escolha do look para participar de uma feira de beleza que acontece em São Paulo. A modelo exi- biu seu colo malhado e turbinado no evento desta segunda-feira, 12. Na mesma feira que começou este fim de semana, famosos como Deborah Secco, Henri Castelli e Viviane Araújo também estiveram presentes. A participação deles, inclusive, causou comoção. Henri Castelli chegou a ser atacado por fãs que o agarraram para selfies. Uma loucura! Mileide Mihaile está curtindo alguns dias de folga em viagem à Bahia. Em seu perfil no Instagram, a ex-mulher de Wesley Safadão arrasou em clique de biquíni com o visual de praia de Morro de São Paulo ao fundo: “Ousadia e alegria! Meu look pra um domingo despreten- cioso e de muito paz!”, escreveu na legenda do registro em que aparece toda sorridente e esbanjando boa forma. Q ueirozeRaimundocontamparaCarlosqueBeatrizsecan- didatará à prefeitura com o apoio de Bento. Encarnação exigequeAfrâniocoloqueapartequelhecabenaherança da família em seu nome. Afrânio declara guerra contra a família Dos Anjos. Martim fotografa a empresa que aparece no dossiê entregue a Bento. Miguel e Olívia orientam os funcionários da fazenda na plantação.
  • 9. TÂNIA DUARTE Correio do Sul Terça-feira, 13 de setembro de 2016 tania@grupocorreiodosul.com.br facebook.com/tania.duartecoelho ³ Equipe do Dom Restaurante e Hamburgueria Artesanal. A nova opção na noite de Sombrio chegou cheia de deliciosas surpresas. Imperdível!!! ³ O Sombrio Tênis Clube abriu as portas na noite de sábado para o pré baile das debu- tantes. A grande noite acontece nesta sexta (16), a partir das 23 horas. Mesas podem ser adquiridas com a diretoria do clube. Informações pelo fone (48) 3533.0129 ³ A 2ª edição do Dia + Fashion de Araranguá teve desfile com a participação de 11 lojas. A passarela foi montada no calçadão e atraiu o público. ³ A Loja Tutti-Frutti de Praia Grande comemorou seu primei- ro aniversário no último sábado (10) com coquetel para seu clientes. Na foto a proprietária Luciléia Mello. ³ O gatinho Arthur come- morou seus 2 anos no último domingo (11) em Sombrio. Na foto com os pais Lenilda e Mateus. Parabéns!!! 48 3533.0762 ³ A maquiadora Juliana Santos que arrasa no make da mu- lherada... é o espelho do seu talento... linda! Marque seu horário no fone (48) 9810.2913.
  • 10. Publicidade10 Correio do Sul Terça-feira, 13 de setembro de 2016
  • 11. Polícia 11Correio do Sul Terça-feira, 13 de setembro de 2016 celulares e o colocaram no porta-malas do ve- ículo. Os assaltantes seguiram pela beira do rio Araranguá em dire- ção a localidade de Vol- ta do Silveira, quando acharam uma abertura, próximo a comporta e entre a mata jogaram o veículo modelo Cobalt, de cor prata, na água. O taxista tinha um terceiro aparelho celu- lar, que não foi levado pelos bandidos, e man- tendo a calma ele ligou para um amigo, infor- mando a situação e a sua possível localização, pois, de dentro do porta- -malas, ouviu os ban- didos falarem na Volta do Silveira. O colega informou a Polícia Mili- tar, que imediatamente começou as buscas. A viatura em que estava o sargento Anderson conseguiu, por telefone, auxiliar o taxista a sair do porta-malas. Em Gislaine Fontoura Gislaine Fontoura ³Automóvel jogado na água pelos assaltantes foi retirado na tarde de ontem Taxistafaladenoitedepavor Jogado na Água > ARARANGUÁ Po r v o l t a d a s 22h30min de do- mingo, um taxista foi alvo de um crime bárba- ro e por pouco não teve sua vida ceifada pelos bandidos. O homem, de 59 anos, estava em seu ponto de trabalho, localizado no Centro de Araranguá, quando foi acionado para fazer uma corrida por dois sujeitos que estavam no bairro Mato Alto. De acordo com o de- legado Jorge Giraldi, os marginais solicitaram a corrida até a Barranca e no trajeto, próximo a ponte da BR-101, tra- çado antigo,armados com faca, renderam o motorista, roubaram R$ 200,00 em dinheiro e mais dois aparelhos seguida o sargento viu a vítima dentro do rio Araranguá, segurando em um bambu, pois não sabia nadar. O sargento pediu auxílio aos colegas e mais uma viatura che- gou, trazendo o solda- do Alexandre, que se jogou na água. Usando um cipó os policiais retiraram o taxista do rio, puxando-o para a margem. O Corpo de Bombeiros foi cha- mado, porém a vítima passava bem e recusou atendimento. O taxista tem 40 anos de profissão e nunca tinha sido as- saltado. Ele conver- sou com o Correio do Sul e pediu para não ser identificado. Con- tou que sentiu muito medo de morrer, mas que manteve a calma e conseguiu ligar para o amigo por três vezes. O veículo afundou DICrecebeduascarabinas > ARARANGUÁ Durante o sábado e o domingo, o dele- gado Jorge Giraldi e três agentes da Polícia Civil, da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Araranguá, participaram em Crici- úma de uma instrução de tiro para carabinas 556. As armas vieram da chefia da Polícia Civil de Florianópo- lis, por reivindicação do delegado, que há mais de um ano pedia armas mais eficazes e modernas. Conforme Giraldi a arma, de origem americana, é potente e de precisão. “Durante este curso vimos que é uma arma fácil de manusear e portar, ela não é incô- moda, com uma arma deste calibre a gente pode enfrentar bandidos à al- tura”, afirma. A DIC de Araranguá recebeu duas carabinas e a de Criciúma três. “Como estamos em uma área de fronteira com o Rio Gran- de do Sul, sujeitos a ata- ques de marginais vindos daquele estado, que an- dam bem armados, temos que responder à altura. Agora fomos agraciados com estas duas carabi- nas, que realmente dá para fazer um combate eficaz a estas quadri- lhas, a estes marginais de alta periculosidade”, pondera Giraldi. O delegado contou que durante a instru- ção, aproximadamente 1.500 tiros foram dispa- rados e o equipamento, que é semi-automático, não falhou em momento algum. “Tanto nós de Araranguá, quanto os agentes de Criciúma saímos contentes do curso. É uma arma fácil de portar em qualquer viatura descaracteriza- da”, comemora. nas águas do Araran- guá e no final da tarde de ontem foi retirado por um guincho, com auxílio de mergulhado- res do Corpo de Bom- beiros de Araranguá. O taxista, sua família e colegas de profissão acompanharam o res- gate. O pai da vítima contou que soube do acontecido com o seu filho na manhã desta segunda-feira, por meio da imprensa e que ficou desesperado. Ele cor- reu até o ponto de táxi onde o filho trabalha e só sossegou quando o viu bem. A mãe do taxista, a esposa, dois filhos e um neto tam- bém acompanharam o resgate do carro. A Polícia Civil já está investigando o cri- me, além dos R$ 200,00 levados pelos crimi- nosos, mais R$ 800,00 podem ter ficado no interior do automóvel. O delegado Giraldi lembrou que este é o se- gundo caso de violência contra taxista emAraran- guá este ano. O primeiro aconteceu em fevereiro, quando o trabalhador foi morto a golpes de faca e pauladas e seu corpo abandonado no bairro Po- lícia Rodoviária. O crime foi esclarecido pela Polícia Civil e os três menores acusados de terem mata- do o taxista encontram-se apreendidos. Sangue frio “Eles me calçaram na faca, eu entreguei o dinheiro e eles me jogaram no porta-malas do carro. Eu fiquei com um celular no bolso, entreguei dois celulares, daí eu consegui falar com meu colega, que ligou para a polícia. Passou um tempo e senti que eles jogaram o carro para dentro da água, só então eu fiquei desesperado. Não consegui abrir o porta-malas, voltei a telefonar para o meu colega, que perguntou para o sargento como eu abria o carro por dentro, daí ele falou que tinha uma trava. Eu só destravei o porta-malas e não levou dois minutos vi o carro entrar todo para o fundo do rio. Pulei fora, o rio é muito fundo e não dava pé, quase me afoguei e fiquei grudado em um caniço que tinha ali, eu fiquei uns 20 minutos ainda dentro da água, até os policiais me tirarem”.
  • 12. Geral12 Correio do Sul Terça-feira, 13 de setembro de 2016
  • 13. Segurança 13Correio do Sul Terça-feira, 13 de setembro de 2016 amigo e funcionário que socorreu o casal. A casa de Eloir é a mais próxi- ma das vítimas, fica a aproximadamente 500 metros em uma estrada de terra escura que Ade- mir e Jurema tiveram que percorrer feridos, depois de conseguir se desamarrar. O primeiro a sair em busca de ajuda foi Ademir, acreditando que a esposa tinha morrido com o tiro. Ele caminhou no breu da noite a passo lentos, subiu a lomba até a casa de Eloir, caiu em um valo, se levan- tou e chegou a porta dos fundo da casa do empregado. Foi o filho de Eloir que o atendeu. “Eu estava arrumando uns pneus e assim que o seu Ademir chegou lá em casa eu também estava chegando. Meu filho comentou que o seu Ademir estava atirado e ³Eloir socorreu seu Ademir, que tinha levado um tiro durante o assalto em casa CS volta ao cenário do assalto Casal Baleado > TIMBÉ DO SUL O Jornal Correio do Sul noticiou no primeiro dia do mês um assalto covarde a um casal mo- rador de Molha Coco, no interior de Timbé do Sul. A residência de Ade- mir Germano Batista de 63 anos e Jurema Maganim Batista, 60, fica a mais de 10 quilô- metros de distância do Centro da cidade. Isso não impediu que na noi- te de 31 de agosto os dois tenham sido agredidos por bandidos que que- riam dinheiro e armas. Na ação eles atiraram na cabeça de Ademir e na boca de Jurema. A reportagem do Correio do Sul voltou ao local do crime na sema- na passada e conversou com Eloir Patrício, 58, eu não entendi”, conta o agricultor, que então ele viu o senhor caído no chão. “Ele me olhou e fa- lou: minha mulher está morta e preciso que me leve correndo pro hospi- tal para eu não morrer”. Eloir estranhou, mesmo assim colocou o senhor no carro e dirigiu até o hospital de Timbé do Sul. Cerca de meia hora depois, dona Jurema também chegou a casa do empregado buscando ajuda. O filho de Eloir a levou até um segundo vizinho que a conduziu ao hospital. Segundo Eloir, ela estava mais orientada e conseguiu dar informações a polí- cia. Mais tarde o casal foi transferido para o Hospital Regional de Araranguá e depois para Criciúma. Segundo os fami- liares, eles estão se re- RondaPolicial cuperando, o susto e a indignação, porém, permanecem. A bruta- lidade e covardia dos assaltantes assustou toda a comunidade. Eloir defende o uso de armas por pessoas que moram em regiões afastadas como eles, onde a comunicação por telefone continua difícil, mas os ladrões estão cada vez mais comuns. Ele diz que poucas noi- tes depois do assalto, ouviu os cachorros latin- do e percebeu que uma cabrita desapareceu. Moradores de Timbé do Sul se dizem assusta- dos com a violência e co- meçam a mudar hábitos, como o de deixar o carro aberto. “O pessoal está assustado, não estamos acostumados com uma barbaridade desse tipo. Agora todo mundo anda chaveando carro, casa, moto”, comenta Sidnei Manente, morador da comunidade de Gurita. - Um acidente na BR 101 causou um grande susto aos passageiros de um automóvel Corsa Classic de cor verde e placas CML6051 de Santa Rosa do Sul. Eles se envolveram em uma colisão traseira próximo a passarela do cemitério, no bairro Raizeira, em Sombrio. A batida atingiu o Focus de cor prata e placas MAV 0557 de Sombrio. Segundo informações, o motorista do Corsa foi conduzido para o hospital em um veículo particular e os passageiros do Focus não tiveram ferimento. - Uma guarnição da Polícia Militar de Balneário Arroio do Silva abordou um jovem em atitude suspeita, no bairro Jardim Atlântico. Após revista pessoal e consulta da documentação,foi constatado que o adolescente de 15 anos possuía um mandado de apreensão. Ele foi apreendido e encaminhado à delegacia. - Mais uma vez mulher é pivô de briga. Agora a confusão aconteceu no centro de Sombrio,em frente a Igreja Matriz, na noite de quarta-feira. Três jovens atacaram outro que supostamente teria se metido com a namorada de um deles. Segundo relato de populares, um do trio bateu no quarto rapaz enquanto segurava algo semelhante a uma arma de fogo. As testemunhas também foram ameaçadas pelos três brigões, que após perceber que estavam chamando a atenção saíram em fuga. A Polícia Militar foi acionada e foi até o local, mas o bando já tinha desaparecido. O jovem que apanhou registrou um boletim de ocorrência na Polícia Civil. -Na madrugada de quarta-feira, por volta das 3h45min, uma guarnição da Polícia Militar de Maracajá em rondas visualizou um veículo abandonado no centro da cidade. O Nissan March estava aberto e com as chaves na ignição, sendo que após consulta, foi constatado que havia sido tomado de assalto minutos antes em Siderópolis, onde quatro homens armados assaltaram uma família. No episódio, teriam também levado utensílios eletrônicos da residência. No veículo não havia qualquer objeto, sendo utilizado somente para a fuga do grupo. - A Polícia Militar de Meleiro foi acionada para atender uma ocorrência na comunidade de Alto Rio Jundiá, onde um indivíduo estava em atitude suspeita. Os policiais abordaram o homem e em seguida um morador avisou sobre a tentativa de furto de um veículo da garagem da sua residência. O homem então recebeu voz de prisão e foi conduzido a delegacia.
  • 14. Geral14 Correio do Sul Terça-feira, 13 de setembro de 2016 AVISO DE LICITAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO Nº 103/2016 PREGÃO PRESENCIAL Nº 103/2016 REGISTRO DE PREÇOS REPUBLICAÇÃO Objeto: O presente procedimento licitatório tem por objetivo registrar preços para selecionar a melhor proposta para eventual e futura contratação de empresa especializada para prestação de serviços de castração com procedimentos pré-operatórios, transoperatório e pós-operatório, com colocação de microchip, em cães e gatos de rua no Município de Sombrio/SC, conforme descritivos, quantitativos e demais condições constantes no Termo de Referência - Anexo I e demais condições constantes nos anexos e no edital. Base Legal: Lei Federal 10.520/2002 de 17 julho de 2002, Decreto Municipal n° 011 de 02 de fevereiro de 2015, Lei complementar n° 123 de 14 de dezembro de 2016, Lei 8078 de 11 de novembro de 1990 e subsidiariamente Lei 8666 de 21 de junho de 1993. Os envelopes deverão ser entregues até as 09h00min do dia 21 de setembro de 2016, com ini- cio do credenciamento e abertura marcada para as 09h15min do dia 21 de setembro de 2016. Edital e maiores informações na Prefeitura Municipal de Sombrio, sito à Av. Nereu Ramos, 861, Centro de Sombrio-SC. No Horário das 08h00min as 11h30min e das 13h30min as 17h30min de segunda a sexta ou pelo tel. (48) 3533-6633. Sombrio-SC, 31 de agosto de 2016. Zênio Cardoso Prefeito Municipal ESTADO DE SANTACATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE SOMBRIO AVISO DE LICITAÇÃO EDITAL Nº 25/2016 MODALIDADE: PREGÃO PRESENCIAL TIPO: MENOR PREÇO UNITÁRIO OBJETO: A presente licitação tem por objeto à “AQUISIÇÃO DE TANQUE CILÍNDRICO HORIZONTAL FABRICADO EM PRFV (Poliéster reforçado com fibra de vidro) PELO PROCESSO filament winding (fibras enroladas) CONFORME NORMA ASME RTP-1, PARA A ETA - ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE ÁGUA DE MORRO DOS CONVENTOS”. ENTREGA DE ENVELOPES: até as 16h00min do dia 22 de setembro de 2016, no Setor de Compras do SAMAE DE ARARANGUÁ, com sede na Rua Expedicionário Iracy Luchina, nº 711, Urussanguinha. ABERTURA DE ENVELOPES: Às 16h00min do dia 22 de setembro de 2016, na sala de reuniões do Setor de Compras do SAMAE de ARARANGUÁ/SC. EDITAL COMPLETO: está à disposição dos interessados no Setor de Compras da Autarquia, durante o horário de expediente, e através do endereço eletrônico: www.samaeararangua.com.br. Maiores informações poderão ser obtidas pelo telefone (48) 3524-0837 ramal 226 e através do e-mail: compras.samae@contato.net. Base Legal: Leis Federais nº 10.520/2002 e 8.666/93, LC nº 123/2006, Decreto Municipal nº 2.676/2005 e demais legislações aplicáveis. Araranguá, SC, 06 de setembro de 2016. Everson Casagrande Diretor Geral do SAMAE Alex Sandro Pereira Bianchin Diretor Administrativo DocumentoAssinadoDigitalmenteporTANISEMACHADOMARCON:99930722904.CPF:99930722904 DocumentoAssinadoDigitalmenteporTANISEMACHADOMARCON:99930722904.CPF:99930722904 R E P Ú B L I C A F E D E R A T I V A D O B R A S I L E S T A D O D E S A N T A C A T A R I N A COMARCA DE TURVO Ofício de Registro de Imóveis Tanise Machado Marcon - Oficial Designada Ofício nº 28/2016 INTIMAÇÃO A Ofícial Designada do 1° Ofício de Registro de Imóveis da Comarca de Turvo/SC, nos termos do art. 26 da Lei nº 9.514/97, INTIMA o Sr. Ivando Sartor, CPF 045.504.759-60, RG 4.945.164 SSP/SC, a comparecer no 1° Ofício de Registro de Imóveis – Rua Antônio Bez Batti 522, Turvo/SC, das 08 às 12 ou das 14 às 18 horas de segunda a sexta-feira, e no prazo improrrogável de 15 (quinze) dias, a contar deste Edital, para pagamento (purgação da mora) dos valores devidos em atraso, bem como os que vencerem até a data do pagamento, acrescidos das despesas legais, no total de R$ 25.341,98 (vinte e cinco mil, trezentos e quarenta e um reais, noventa e oito centavos), referentes ao contrato de financiamento com garantia fiduciária nº 8.4444.0233505-9, firmado em 07.01.2013, registrado sob R.2, na matrícula nº 24.830, daquele Ofício de Registro de Imóveis. Fica Vossa Senhoria cientificada de que o não cumprimento das obrigações no prazo ora estipulado garante o direito de consolidação da propriedade do imóvel em favor da credora – CAIXA ECONÔMICA FEDERAL – nos termos do Art. 26 § 7º da Lei 9.514/97. Turvo, 19 de agosto de 2016. Tanise Machado Marcon – Oficial Designada. Ilmo Sr. Ivando Sartor – CPF 045.504.759-60 Rua Luiz Pezente, s/n°, Loteamento São Luiz, Lote 04, Quadra 03, Setor 04 Timbé do Sul – SC CEP 88940-000
  • 15. Publicidade 49Correio do Sul Terça-feira, 13 de setembro de 2016
  • 16. Publicidade50 Correio do Sul Terça-feira, 13 de setembro de 2016
  • 17. Publicidade 51Correio do Sul Terça-feira, 13 de setembro de 2016
  • 18. TERÇA-FEIRA, 13 DE AGOSTO DE 2016