SlideShare uma empresa Scribd logo
Dic recupera
motos desviadas
de pátio de
empresa de
guincho
Violentos:
Suspeitos de
assalto são presos
em operação da
Polícia Civil
Comissão se reúne
para discutir planos
e metas para novo
edital do HRA
CORREIO DO SULANO XXVI EDIÇÃO Nº 5.347 R$ 2,00TERÇA-FEIRA, 6 DE FEVEREIRO DE 2018
www.grupocorreiodosul.com.br
27º19º
Muitas nuvens com curtas
aberturas e pequena chance de
chuva a qualquer hora do dia.
Previsão para hoje
Extremo Sul Catarinense
guinchoguincho
Segurança – Pág 14
Dic recuperaDic recupera
Segurança – Pág 14
edital do HRAedital do HRA
Geral – Pág 3
Extremo Sul Catarinense
Especial – Pág 11
INCÊNDIOS EM CASAS
SOMAM 77 EM SEIS MESES E
BOMBEIROS CONSCIENTIZAM
Seráquesomosmesmocatarinenses?
Cerveja liberada
Ministério Público Estadual teve negado
concessãodeliminarparaquefosseimpedida
a venda de bebidas alcoólicas nos estádios de
futebol de Santa Catarina. O projeto de lei
que autoriza a venda é de autoria do deputado
estadual Manoel Mota (MDB), e foca, por
óbvio, na comercialização de cerveja nos
estádios. De acordo com o desembargador
doTribunal de Justiça de Santa Catarina, Rui
Fortes, os aludidos efeitos indesejados do
consumo de bebidas alcoólicas independem
do local onde o produto é consumido. Por
conta disto, de acordo com o magistrado,
não há sentido em se proibir a venda em um
localespecífico.OMP,agora,ficanoaguardo
do julgamento do mérito. De acordo com
Mota, a venda de cerveja “não traz qualquer
prejuízo a sociedade”. Conforme ele, “as
pessoas vão aos estádios para assistir futebol,
não para ficar bêbadas”. O parlamentar argu-
menta ainda que a comercialização aquece a
economia do Estado.
Em vantagem
Único prefeito da região que não possui um
candidato de ponta ao Governo do Estado,
chefe do executivo de Meleiro, Eder Matos,
que é filiado ao PSB, diz que “o momento é
apenasdeobservação”.Noquedizrespeitoaos
demais 14 prefeitos de nossa região, cinco são
filiados ao PSD, quatro ao MDB, três ao PP e
dois ao PSDB, siglas que estão ligadas direta-
mente à briga pela indicação de candidatos a
governador ou a vice-governador do Estado,
comvistasaopleitodeoutubro.“Denossaparte
estamos vendo se sobra pelo menos uma vaga
de candidatura ao Senado”, brinca Eder, que
acaba tendo uma posição privilegiada diante
do cenário estadual. É que em nível municipal
ele está conseguindo angariar a simpatia de
lideranças das mais diversas siglas partidárias.
Comonãoteráaobrigação,necessariamente,de
empunharbandeiradesteoudaquelecandidato
ao governo, tem tudo para ficar de bem com
todosospartidosemnívellocal,oquefacilitará
composições em 2020, quando da disputa pelo
executivo e legislativo municipais.
ADVOCACIA EMPRESARIAL
FONE: (48) 3533-0145
T
enho acompanhado
de perto os notici-
ários estaduais nos
últimos meses, liga-
dos especialmente
aos investimentos que o Governo do
Estado tem feito em obras e ações
de infraestrutura nas mais diversas
regiões de Santa Catarina. De fato é
de dar orgulho tudo o que vem sendo
feito por empresas como a SCGás,
Celesc, Casan, assim como pela Se-
cretaria de Estado da Infraestrutura.
Acapacidade que a gestão do gover-
nador Raimundo Colombo (PSD)
tem em atrair investimentos para
nosso Estado, então, é de dar inveja.
Com portos estruturados como o de
São Francisco, Itajaí e Imbituba,
aliados a BR 101 totalmente dupli-
cada de Norte a Sul, de fato, não há
empresário que não queira investir
em nosso Estado. Principalmente
porque temos energia e água de qua-
lidade, além de acesso franco ao gás
natural do gasoduto Brasil-Bolívia.
Não à toa, os índices de desem-
prego em Santa Catarina são baixís-
simos, já que toda empresa de porte,
por certo, quer se instalar em nosso
Estado, como a BMW, que depois de
mil ofertas de tudo quanto é parte do
país optou pelo Norte catarinense.
Um “pequeno” detalhe, no en-
tanto, me incomoda nessa história
toda. É que, em se tratando de inves-
timentos de infraestrutura, e também
de incentivos para que indústrias
se instalem em nossa região, tenho
a impressão de que não somos ca-
tarinenses aqui no Extremo Sul do
Estado. É que, simplesmente, estes
benefícios não chegam até nós. Não
se observa o menor esforço para que
possamos ser recepcionistas de uma
grande empresa nacional, até porque
nem energia de qualidade temos. Só
um grande empresário louco inves-
tiria por aqui. Isto sem falar na falta
de gás natural, e de uma malha viária
intermunicipal no mínimo respeitá-
vel. A que temos está servindo nos
últimos tempos, mal e porcamente,
para se andar de trator, e olhe lá.
Aimpressão que se tem é a de que
o Extremo Sul não existe para Santa
Catarina. Somos uma espécie de ó
do borogodó, e é muito provável que
sejamos os grandes responsáveis
por isto, já que só merece respeito
quem se faz respeitar. Nos últimos
anos foram raras as ocasiões em que
fomos respeitados enquanto uni-
dade integrante de Santa Catarina.
Na grande maioria das vezes o que
prevaleceu foi o escárnio, a puxada
de tapete, o completo subjugamen-
to de nossa região, exemplificado,
por exemplo, pela paralisação das
obras de pavimentação da Serra do
Faxinal. Neste sentido, só faltaram
nos dizer: Vocês são nada!
Nosso Estado de fato é excep-
cional. Todavia, parece faltar algo,
e este algo deve ser uma placa, na
divisa de Maracajá com Criciúma,
dizendo: Bem Vindo a Santa Cata-
rina.
Pela metade
Recursos que seriam destinados ao Fundam
2 podem ficar só pela metade. Inicialmente,
governador Raimundo Colombo (PSD) pre-
via conquistar cerca de R$ 1,5 bilhão junto ao
BNDES, via financiamento, para investimen-
tos em obras e ações. Intenção era destinar
cerca de R$ 700 milhões para as 295 prefei-
turas do Estado, e aplicar os outros R$ 800
milhões em obras gerenciadas pelo próprio
governo.Ao longo dos últimos seis meses de
negociaçõescomoGovernoFederal,opente-
ado mudou bastante. Em princípio o BNDES
está disposto a liberar apenas R$ 634 milhões
para o governo catarinense. Diante dos fatos,
Colombo tem três opções. Passar o dinheiro
integralmente para as prefeituras, ficar com
o dinheiro sob posse do governo estadual,
gerenciando a integralidade dos recursos,
ou dividir o que for conquistado junto ao
BNDES, que é o que provavelmente acabará
acontecendo. Por conta disto, é provável que
o Fundam 2 vire Fundam Meio.
Cordialidade
CâmarasdeVereadoresdenossaregiãoretoma-
ram suas atividades em grande maioria ontem,
depois do recesso parlamentar de verão.Afora
a já tradicional queda de braços que costuma
marcaroreiníciodasatividadesemAraranguá,
a grande novidade foi a abertura dos trabalhos
legislativos em Sombrio, sob o comando do
novo presidente, Fabiano Pinho (PSDB), que,
em sendo vereador de situação, se aliou a
oposição para chegar ao comando da Câmara,
em eleição realizada no final de dezembro. O
posicionamento de Fabiano, no entanto, tem
sido para lá de cordial com o prefeito Zênio
Cardoso (MDB), que participou da sessão
legislativa de ontem, apresentando o Plano
de Metas para 2018, expediente tradicional
em Sombrio. Em princípio, Fabiano tem dito
que a aliança com a situação foi pontual, e que
continua sendo vereador de situação. O PP, no
entanto,temseaproximadodele,vislumbrando
umadobradinhapara2020,ondeotucano,pos-
sivelmente,pudesseseencaixarcomocandidato
a vice-prefeito de um progressista.
Rolando Christian CoelhoRolando Christian Coelho
JORNAL CORREIO DO SUL
Terça-Feira, 6 de Fevereiro de 2018
rolando_coelho@hotmail.com (48) 99945.6787
POLÍTICA
“O ódio ao PT nasceu antes do PT. Está no DNA da classe
dominante brasileira, que historicamente derruba, pelas
armas se for preciso, toda a ameaça ao seu domínio, seja
está ameaça quem for”.
Luis Fernando Veríssimo (1936)
Escritor brasileiro
3Geral Jornal Correio do Sul
Terça-Feira, 6 de Fevereiro de 2018
Já há seis meses, a Casa
de Saúde Rio Maina, em Cri-
ciúma, não atende mais pelo
Sistema Único de Saúde. Os
pacientes internados no local
foram realocados e muitos
deles receberam alta após uma
reavaliação médica. Da cidade
de Sombrio, dois internos não
puderam ser liberados e agora,
tem seus destinos indefinidos.
Um deles é parente de Alori
Nichele Rabelo. O caminho-
neiro é tio de Jerri Adriano
Monteiro, internado a cerca de
15anosnoRioMaina.Quando
a notícia chegou à família,
o impacto foi grande. “Nos
preocupamos, procuramos a
assistente social e nos avisa-
ram da reavaliação para saber
quem ganharia alta. Estamos
aflitos. Foi de surpresa, o lugar
estava aberto há muitos anos,
e ali é perto para visitar, não
temos condições de arcar com
despesas particulares”, recla-
maAlori.Afamília, inclusive,
ajudava o hospital com cestas
básicas, roupas de cama e
outros objetos. No entanto, a
situação, agora, é bem mais
complicada. “Já levei colchão,
coberta, várias coisas. E duas
vezespormêsnósvisitávamos
ele. Não temos condição ne-
nhuma de pagar a diária, que
é bem alta”, conta. Os proble-
mas de Jerri são de nascença,
e ele é agressivo, ameaçando
a própria vida e a de outras
pessoas, por isso, não pode
ser reintegrado à sociedade.
Ele ainda faz uso de muitos
medicamentos e necessita de
cuidados especiais. “Às vezes
ele nos conhece, às vezes não.
Ele não dorme, tira a roupa,
acorda todo mundo. É bem
difícil”, diz. O problema en-
frentado por Alori e a família
Preparando
Pacientes sofrem incerteza no Rio Maina
Objetivo também é manter transparência durante processo para contratação
Alori(acima) e Maria, com o filho, sofrem com incerteza
se assemelha ao que enfren-
ta Maria Jacinta Rodrigues
Godoy. O filho dela, Samuel
Godoy Cardoso também tem
problemas psiquiátricos, e
costuma fugir de casa sem
roupas, perturbar vizinhos e
quase não articula palavras.
A mãe já não sabe mais o que
fazer. “Ele esteve internado há
um ano no hospital e precisa
de internação. O problema
dele não tem mais volta e eu
estou cansada. Sou eu que lido
com ele e não aguento mais,
pois já tenho meus próprios
problemas de saúde”, argu-
menta dona Maria, que mora
no bairro Boa Esperança, em
Sombrio, e esperava conse-
guir um lugar para o filho do
hospital Rio Maina. Porém,
a decisão é definitiva e não
há mais vagas gratuitas no
local, que só atende particu-
lar. “Já colocamos os nomes
dos pacientes em espera para
internação em um hospital em
Florianópolis, que é o local
mais próximo que tem esse
tipo de atendimento”, explica
Gislane Cunha, secretária de
assistência social de Sombrio.
Os pacientes que não rece-
beram alta, permanecem no
hospital, mas agora, têm suas
despesas custeadas pela pre-
feitura municipal. “São quase
R$9 mil por mês, uma conta
alta. A diária é cara, mas não
há outra alternativa. Estamos
em busca de vagas”, completa
Gislane. Por enquanto, não
há grandes novidades sobre o
caso, e a situação se complica
cada vez mais.
Araranguá
Sombrio/Criciúma
Comissão se reúne para
discutir novo edital do HRA
U
ma comissão
formada pelo
secretário exe-
cutivo daAgência de Desen-
volvimento Regional (ADR)
de Araranguá, Heriberto
Afonso Schmidt, a gerente
regional de Saúde, Patrí-
cia Gomes Jones Paladini,
a secretária de Saúde de
Araranguá, Evelyn Elias e a
coordenadora da Comissão
Intergestora Regional (CIR),
secretária de Saúde de Tur-
vo, Cleonice Lima Silvano,
realizou uma reunião nesta
segunda-feira, na sede da
ADR, com o objetivo de
discutir o edital de chama-
mento para o próximo gestor
do Hospital Regional de
Araranguá.
Durante a reunião, fo-
ram discutidas sugestões
para o novo edital que será
lançado pela Secretaria de
Estado da Saúde com vis-
tas à contratação do novo
administrador do HRA e da
Policlínica Regional Sul,
construída pelo Governo do
Estado ao lado do Hospital.
Esta Comissão debateu
metas/plano operativo, com
serviços a serem prestados,
como consultas com espe-
cialistas, cirurgias, exames,
entre outros, que serão dis-
cutidos com equipe técnica
da Secretaria de Estado da
Saúde em Florianópolis,
nesta quarta-feira. “Esta-
mos unindo esforços, para
e juntos contribuir para que
o novo edital contemple
todas as ações importantes e
necessárias ao bom funcio-
namento do nosso Hospital
Regional, tão importante
para toda população do Sul”,
disse o secretário executivo
da ADR. A gerente Regional
de Saúde, Patrícia Gomes
Jones Paladini, lembra ain-
da que outro objetivo é a
transparência durante todo
o processo, visando assim
maior credibilidade.
O contrato emergencial
firmado no início do ano
passado com o instituto Ide-
as, que está administrando
o hospital atualmente, deve
terminar em junho.
4 PublicidadeJornal Correio do Sul
Terça-Feira, 6 de Fevereiro de 2018
5Publicidade Jornal Correio do Sul
Terça-Feira, 6 de Fevereiro de 2018
6 GeralJornal Correio do Sul
Terça-Feira, 6 de Fevereiro de 2018
G.C.S LTDA - ME
Comercial:
l48l 3533.0870
comercial@grupocorreiodosul.com.br
Diretor Geral
diretor@grupocorreiodosul.com.br
Redação:
Aline Bauer
editor@grupocorreiodosul.com.br
Publicações legais:
tomaz@grupocorreiodosul.com.br
Financeiro
financeiro@grupocorreiodosul.com.br
Radio 93FM
radio93fm@grupocorreiodosul.com.br
Diagramação/Arte:
Erivaldo Ferreira (Aldo)
cristian@grupocorreiodosul.com.br
Sul Gráfica
sulgrafica@grupocorreiodosul.com.br
Circulação/Assinatura
l48l 3533.0870
assinaturas@grupocorreiodosul.com.br
Dreveck fala de sua gestão
O
presidente da Assembleia Legislativa, deputado Silvio Dreveck
(PP), reuniu a imprensa da Capital ontem à tarde para fazer
um balanço de sua gestão. Hoje, depois da mensagem de aber-
tura do ano legislativo pelo governador Raimundo Colombo, ele vai
renunciar à presidência da Casa, cumprindo o acordo feito ainda em
2016 de divisão do mandato com o MDB. Em seu lugar tomará posse
o deputado Aldo Schneider, emedebista que representa o Alto Vale
e o Vale do Itajaí no Legislativo estadual. Na apresentação sobre os
resultados de seu trabalho, Dreveck destacou a deliberação sobre 94
vetos, alguns parados havia alguns anos, e a análise e votação de 436
projetos de lei com origem no Executivo, outros poderes ou nos pró-
prios deputados estaduais. Ele falou ainda das ações para redução de
custeio que resultaram na devolução de R$ 85 milhões para o Esta-
do. Ainda assim, foi confrontado pela compra de um edifício de R$
83 milhões que vai comportar a parte administrativa do poder. Ab-
solutamente tranquilo, ele respondeu todas as questões, destacando,
principalmente, que enquanto o pagamento de aluguel - R$ 2 milhões
anuais com todos os imóveis locados atualmente para abrigar diferen-
tes setores da Assembleia - é dinheiro público que vai e não volta, a
compra do edifício se reverterá em aumento do patrimônio público.
“Em época de crise você corta custeio, mas não investimentos”, de-
fendeu, lamentando o uso político do episódio da aquisição. “Tudo foi
feito de forma transparente e todos sabiam da decisão de comprar um
prédio para substituir os locados”, afirmou.
Investimentos A Berneck, uma das
maiores fabricantes de painéis de madeira
do país, assinará hoje à noite, em Lages, o
protocolo de intenções com o governo do
Estado para a instalação de uma unida-
de no município. Será a segunda da em-
presa em Santa Catarina. A primeira está
em Curitibanos. “Este é um investimento
importante para a região, que vai gerar
aproximadamente mil empregos”, comen-
tou o governador Raimundo Colombo.
“A vinda da empresa para Lages foi um
trabalho em conjunto, que iniciou há três
anos”, revelou o secretário de Estado do
Desenvolvimento Econômico Sustentável
(SDS), Carlos Chiodini. O investimento
será de R$ 800 milhões.
A expansão A expansão da Berneck e
da GM no estado, bem como a vinda da
Parati, de produtos alimentícios, foram
citadas pelo governador na entrevista ex-
clusiva que concedeu à Coluna Pelo Esta-
do. Para ele, são resultados da política de
incentivos fiscais, por várias vezes critica-
da na Assembleia Legislativa. A primei-
ra parte da entrevista está na edição de
hoje dos diários da rede CNR-SC/ADI-SC/
Central de Diários e ainda no SCPortais.
Mais duas partes sairão nesta amanhã e
na quinta-feira (8).
Solução para MEIs Microempreen-
dedores individuais (MEIs) e pequenas
empresas já podem usar uma plataforma
online para gerenciar pagamentos, aceitar
cartões, emitir boletos e notas fiscais. É o
que propõe uma parceria entre o Sebra-
e-SC e a Asaas, de Joinville, que facilita o
acesso ao serviço para quem não tem con-
ta em banco. Quase 1 milhão de MEIs de-
vem ser beneficiados em Santa Catarina.
Missão PP
Em uma rápida conversa à parte com a reportagem
da Coluna Pelo Estado, Silvio Dreveck disse que seu
sucessor, Aldo Schneider não deverá conduzir muitas
votações polêmicas. A limpeza da pauta foi feita já
em 2017 e, além disso, sendo 2018 um ano eleitoral, o
calendário é mais restrito. Ele assumirá o cargo de vi-
ce-presidente da Assembleia, cargo ocupado até hoje
pelo emedebista. No entanto, já no dia 1º de fevereiro
assumiu a presidência do PP, depois do pedido de li-
cença do deputado federal Esperidião Amin, também
por acordo. “Já programamos para o dia 26 uma reunião com os membros do
Diretório estadual que deve confirmar o meu nome da presidência e o de Amin
na vice. Vamos intensificar o trabalho conjunto e intensificar o trabalho que
ele vinha fazendo e, evidentemente, por se tratar de um ano eleitoral, vamos
fortalecer a nossa nominata de deputados estaduais e federais”, disse Dreveck.
Internamente, no entanto, pode haver uma disputa. É que Amin ainda não
saiu da disputa ao governo do Estado, que já comandou por duas vezes. Ainda
que não fale abertamente, Dreveck mantém excelente relação política e pessoal
com o deputado Gelson Merisio, presidente estadual do PSD e também pré-
candidato ao governo. “Vamos consolidar o nosso projeto para as eleições 2018.
O nosso propósito, homologado na convenção do PP de 21 de agosto do ano
passado, é compor, tanto na chapa majoritária quanto na proporcional, com
o PSD, com o PSB e com outros partidos que poderão integrar este projeto.”
LuisGustavoDebiasi
Por Andréa Leonora
redacao@peloestado.com.br
06/Fev/2018
O
e m p r e -
sário e
contador
E l i a s
Va l d e -
mar Ribeiro voltou a fre-
quentar o Rotary de Sombrio
e logo assumiu a presidência
do clube de serviço. A notí-
cia seria corriqueira, se não
representasse tanto para ele.
Durante os últimos sete
anos, Elias enfrentou uma
grave depressão que o afas-
tou de várias atividades.
Agora, aos 59 anos, venceu
a doença e aos poucos está
retomando a vida. Saiu do
pesadelo mais sábio e expe-
riente sobre os verdadeiros
valores da vida, e disposto
a ajudar quem enfrenta o
mesmo problema. “Quero
dar palestras em clubes e
outros locais onde possa
auxiliar as pessoas. Muita
gente está me procurando
para falar sobre isso. Digo
a elas que é possível seguir
Sombrio
Vitória
Batalha vencida
contra a depressão
Elias chegou a se afastar das atividades que gostava, e hoje, retoma a vida, otimista
adiante, mesmo a depressão
não tendo cura”, conta.
A crise surgiu em 2010,
resultado de muito trabalho,
correria, decepções, pro-
blemas variados, que vão
se acumulando até fazer a
‘bolha’ do equilíbrio mental
estourar. Elias reconheceu
que não estava conseguindo
se reerguer sozinho, buscou
ajuda profissional e passou a
tomar vários medicamentos.
Esse, porém, era o menor
dos transtornos. “Eu passei
dois anos sem dirigir, e mi-
nha família não me deixava
nunca sozinho, porque eu
tinha pensamentos ruins, era
capaz de fazer qualquer coisa
pra não me sentir daquele
jeito”, revela.
O apoio da esposa Már-
cia e dos filhos foi funda-
mental na recuperação do
empresário, que com eles
foi aprendendo a mudar o
estilo de vida. Aprender a
dizer não foi uma das mu-
danças importantes, assim
como descobrir as situações
que lhe fazem mal e passar
a evitá-las. Aos poucos o
equilíbrio foi voltando e em
dezembro, num gesto simbó-
lico, Elias decidiu abandonar
a medicação. Desde então,
está indo a uma psicóloga,
conversa com outros depres-
sivos e investe em qualidade
de vida, com menos trabalho
e menor tempo dedicado a
tudo aquilo que considera
sem importância. “Os pri-
meiros quatro meses sem a
medicação foram terríveis,
mas melhorei e depois de
tudo aconselho as pessoas a
não deixar as mudanças na
vida para amanhã, e façam
coisas que as deixem bem,
seja cuidar de plantas ou algo
assim”, afirma.
Ainda em recuperação,
mas já de volta as suas ativi-
dades normais, o empresário
diz que deixou de ter muitas
certezas, e ganhou outra: “a
depressão é uma das coisas
mais terríveis que já enfren-
tei, não quero sentir isso
nunca mais”.
O
ConselhodeMinistrosePastoresdoExtremo
Sul Catarinense (Compesc) realizou neste
último fim de semana a Noite Gospel. O
evento aconteceu na Praça Central e contou
com o envolvimento de diversas igrejas
evangélicas que organizaram a noite com muitas apresentações
artísticas e musicais.
No sábado, quem subiu ao palco iniciando a noite de adora-
ção à Jesus Cristo foi a banda do Compesc. Na sequência teve
teatro e participação especial da cantora Loídi Lima, além de
bandas da região. Uma das atrações elogiadas foi o show com
André Teixeira que, com o ritmo gaúcho, louvou à Deus e en-
volveu o público no momento de adoração. Ministros e pastores
marcarampresença,alémdeautoridadesmunicipais.Houveuma
bênção especial à cidade que contou com a expressão da fé e
com a união de todos. Em nome do Compesc, o pastor Reinaldo
Domingos agradeceu a presença do público, inclusive das au-
toridades. O prefeito Juscelino da Silva Guimarães, o Mineiro,
o secretário de
administração e
finanças, Felipe
Keller, e o secre-
tário de turismo,
Beto Costa, e a
assessora de im-
prensa, Bianca
Goulart recebe-
ram uma peça artesanal representando a Arca da Aliança – que
representa a presença de Deus. Uma forma de agradecimento
feita pelo Compesc.
A Noite Gospel foi prestigiada por centenas de pessoas na
Praça Central. "Obrigado a todos os colaboradores, autoridades,
pastores e todos aqueles que se fizeram presentes neste grande
momento", enfatizou o pastor Reinaldo. Esta foi a primeira
edição do evento realizado pelo Compesc. A ideia é realizar
novas edições da Noite Gospel na cidade.
JORNAL CORREIO DO SUL
Terça-Feira, 6 de Fevereiro de 2018
Férias é tempo de diversão,
tomar banho de mangueira e
ser criança como ela realmente
deve ser: livre e feliz!Presidente da Associação de Moradores do Bairro Lagoa da
Serra, Carlson Simon Rovaris, solicitando lombada e trevo
para a localidade, na SC 447, em Araranguá
“Quase diariamente acontecem acidentes no local. Somente
este ano já foram 18, felizmente apenas com danos materiais.
O tráfego é intenso no local principalmente no verão”
Noite Gospel reúne
centenas de pessoas
O governador Raimundo Colombo enviou para a As-
sembleiaLegislativa,emregimedeurgência,oprojetodelei
complementarquereajustaopisoregionaldeSantaCatarina
em 2,95% nas quatro faixas salariais. O projeto prevê que
o reajuste seja aplicado retroativamente a 1º de janeiro de
2018. A tramitação deverá ter início nesta semana com o
retorno das sessões dos parlamentares estaduais.
Odocumentocomapropostadealteraçãodaleifoirece-
bidopelovice-governadorEduardoPinhoMoreiraem25de
janeiro, quando estava no exercício do cargo de governador,
das mãos dos presidentes da Federação das Indústrias do
Estado de Santa Catarina (Fiesc), Glauco José Côrte, e da
Federação dos Trabalhadores no Comércio do Estado de
Santa Catarina (Fecesc), Ivo Castanheira.
Saiba mais informações e os novos valores em nosso
site, www.grupocorreiodosul.com.br.
Aexperiência de substituir o titular na Prefeitura de Maracajá
não é novidade para o vice-prefeitoAdemir de Oliveira, que em
janeiro respondeu pelo cargo, enquanto o prefeitoArlindo Rocha
entrou em férias. Ele já tinha ocupado o posto nos oito anos em
que foi vice-prefeito deAntenor Rocha, mas neste ano, passado
umperíododemaisdeumadécada,notoudiferenças.Nãoapenas
nas rotinas administrativas e legais, mas sobretudo no modelo
de gestão implementado.
"Em primeiro lugar, efetivamente, foi um período de con-
tinuidade por dois motivos; a equipe de governo está afinada,
determinada, com projetos bem elaborados e em desenvolvi-
mento, além das rotinas administrativas estarem bem definidas
e, também, pela presença do prefeitoArlindo Rocha, que estava
em férias, mas se fez presente em momentos de necessidade de
debates para decisões coletivas", avalia Ademir de Oliveira, ao
devolver o cargo ao prefeito, na última quinta-feira, primeiro
dia de fevereiro.
Ademir, que neste período visitou obras, decidiu encaminha-
mentos políticos e administrativos necessários, ficou satisfeito
com a nova realidade do gestor municipal. "Como fizemos uma
campanha que serviu de compromissos assumidos com a trans-
parência, fim dos privilégios, discriminações e favorecimentos
políticos, foram eliminados vícios que estavam muito presentes
naculturapopular;ostempossãooutros",resumeovice-prefeito,
que teve mais um motivo para comemorar: em seu período de
gestão os cofres municipais tinham recursos para garantir as
necessidades do município, sem sobressaltos.
Vice avalia dias à
frente da prefeitura
Governo de SC encaminha projeto
de reajuste para piso regional
EntretenimentoEntretenimentoNovelas - Horóscopo - Diversão
Cruzadinha Novelas
M
aria Vitória e Vicente
não se preocupam
quando ficam saben-
do que Inácio está em Mor-
ros Verdes. Lucinda deixa
um envelope para José
Augusto no hotel. Celina não
conta a Alzira que assumiu
a dívida pelo desfalque no
caixa da sociedade. Tereza relata a Inácio e Izabel a con-
versa que ouviu entre Vasco e Delfina. Lucas passeia com
Angélica pela aldeia. Henriqueta questiona Inácio sobre a
volta de Maria Vitória. Tereza esconde de Delfina o papel
com o telefone da pensão de Nicota.
Tempo de Amar -18h
C
ássio recomenda que
Rodolfo use a quantia
dos impostos arreca-
dados para melhorias na
pastagem, mas o rei prefere
usá-la no seu casamento.
Afonso e Rodolfo se casam
no mesmo dia, em Monte-
mor eArtena respectivamen-
te. Lucrécia revela a Rodolfo que não gostou de Catarina.
Virgílio observa de longe a festa de casamento deAmália e
Afonso. Lucrécia flagra Rodolfo próximo a Catarina, pronto
para beijar a princesa.
G
ustavo desconside-
ra as alegações de
Patrick e concede a
guarda de Tomaz somente a
Sophia. Elizabeth/Duda afir-
ma a Clara que o acidente
de Raquel foi premeditado.
Gael discute com Sophia.
Lívia conta a Tomaz sobre
a decisão do juiz. Elizabeth/Duda procura Sophia e exige
visitar Tomaz. Gael vai falar com Clara. Rafael conversa
com Bruno depois da cirurgia de Raquel. Nádia comemora
a vitória de Sophia. Desirée leva seu cliente para enganar
Juvenal e se vangloria para as meninas do bordel.
OOutroLadodoParaíso-21h
Deus Salve o Rei -19h
Rapidinhas
Áries 21/03 a 20/04
21/04 a 20/05
21/05 a 20/06
21/06 a 20/07
21/07 a 20/08
21/08 a 20/09
21/09 a 20/10
21/10 a 20/11
21/11 a 20/12
21/12 a 20/01
21/01 a 20/02
21/02 a 20/03
Leão
HoróscopoHoróscopo
Sagitário
Gêmeos Libra Aquário
Touro
O seu dinamismo poderá estar comprometido
devido o envolvimento da sua constelação com
Vênus. Não obstante o aspecto agressivo pode
complicar o seu desenvolvimento profissional.
Busque em peixes essa compreensão.
Se entregará hoje a um propósito mais ligado ao
bem material. Será uma oscilação entre Mercúrio
e Marte.Aestética das coisas o deixará um pouco
inquieto. Pois irá aflorar o seu sentido mais artístico
e de padrão de beleza.
Não terá grandes problemas ligados a sua per-
sonalidade hoje. Estará em melhor sintonia com
Aquário. Sua constelação estará em equilíbrio com
Marte elevando um pouco mais essa aproximação.
Não esquecendo da relação com o Ar.
Seu estado emocional sofrerá oscilações durante
o dia. A medida que você vai estreitando laços
com Capricórnio, irá estabilizar. Se cuidadoso
naquilo que irá abordar com Capricórnio para
não voltar a tornar situação instável.
Tomará algumas atitudes de forma equivocada por
causa de seu orgulho. Se sentirá seguro, porém
sem enxergar o quadro todo. Mercúrio é principal
planeta que converge de forma negativa para
esta questão.
Será mais preciso em sua avaliação sobre
determinadas pessoas. Principalmente com as
pessoas de peixes. Que até por sinal terá uma
certa simbiose. Seu metodismo pode atrapalhar
um pouco a abertura de espaço.
Irá se relacionar tão bem com touro que estará
ainda mais em sentido de equilíbrio. Além disso
o seu poder de manipulação virá a calhar, pois
Saturno e o Sol estarão em crise. Porém Saturno
se mostrará mais eficiente.
Seu olhar penetrante causará impacto em outras
pessoas. Estará com instinto de conquista pro-
fundo. A Lua causará um certo stress devido ao
seu desejo de vingança. Lembre-se que cultuar a
amizade é algo bom e de longo prazo.
Um ato exagerado pode complicar o andamento
do seu dia. Seus quadris lhe trarão um pouco mais
de mobilidade. Não obstante Plutão pode te levar
para baixo devido a baixa atividade de Vênus em
sua constelação.
Deve apresentar ao longo do dia um sentimento
mais pessimista do que o habitual. Isso acontece
por causa da Lua.Arelação com o signo de câncer
pode ajudar a melhorar essa situação. Pois marte
para o signo de câncer será positiva.
Estará um pouco mais excêntrico apresentando
alguma indisposição em relação a algumas pes-
soas. Apesar disso as pessoas ainda tendem a
se aproximar de você, devido ao seu apega em
ajudar muito as pessoas amigas.
A melancolia será afastada durante todo o dia.
Áries lhe deixará um pouco estressado e descon-
fortável. Mas a Lua não deixará este importuno lhe
assolar tanto. Tende a valorizar as ações também
de sagitário.
Virgem Capricórnio
Câncer Escorpião Peixes
A segunda-feira começou com muitos ca-
dernos, lápis de cor e afins na família de Luana
Piovan e Pedro Scooby.Tudo porque é dia de
Dom (5) e seus irmãos gêmeos, Bem e Liz (2)
irem para a escola.Na legenda da imagem, a
mamãe, toda orgulhosa, escreveu:“Isso sim é um
dia inesquecível #guentacoracao #amordemae
#ubuntu #gratidao Nossas preciosidades indo pra
escola #bempaulnewman #meubolotatranscende
#meulaçodefita”.O post já ganhou mais de 13
mil curtidas e muitos comentários como “Família
linda”, “Adoro essa família”, “Nossa a princesa é
sua cópia”, falando da semelhança de Liz com
a mamãe.
Como uma das atrações de sua festa de 26
anos, que aconteceu, aliás, no último domingo
(4), em Paris, Neymar Jr. escolheu ninguém mais,
ninguém menos que um de seus amigos famosos
brasileiros, Alok. Com um setlist incrível, cheio
de sucesso como Hear Me Now e a atual Big Jet
Plane, o mundialmente renomado DJ comandou
a pista de dança e colocou famosos como Sasha,
Giovanna Ewbank, Bruna Marquezine, Maluma
e Luciano Huck para se divertir.
JORNAL CORREIO DO SUL
Terça-Feira, 6 de Fevereiro de 2018
TÂNIA DUARTE JORNAL CORREIO DO SUL
Terça-Feira, 6 de Fevereiro de 2018
48 3533.0762
Escolha das soberanas
da Arrancada de
Caminhões
A 28ª edição da Arrancada de
Caminhões em Balneário Arroio
do Silva acontece nos dias 22
a 25 de fevereiro. Enquanto a
organizaçãopreparaosdetalhesea
programação deste grande evento,
o município abre as inscrições para
o concurso que irá eleger a Rainha
e as Princesas da XXVIIIArrancada
de Caminhões.
Garotas com idades entre 18
a 35 anos podem se inscrever
para concorrer ao título de
soberana. Maiores informações
através dos telefones: (48)3526-
1445 (Prefeitura), (48) 3522-1602
ou 9.9985-3473 (Jucilene). As
inscrições encerram no dia 15 de
fevereiro.Aescolha das soberanas
acontece no dia 23 de fevereiro.
Carnarroio 2018
A Administração Municipal de
Balneário Arroio do Silva está
preparando mais uma grande
edição do tradicional Carnarroio – o
maior carnaval de rua da região sul.
Os dias de folia acontecem a partir
de sexta (9), com o grito de carnaval
e segue até terça (13).
As crianças terão programação
especial na quadra central nas
tardes de domingo (11), e terça
(13). O auge do Carnarroio é o
tradicional desfile da escola de
samba e dos blocos carnavalescos
que acontece na Avenida Getúlio
Vargas, no Centro. No domingo
de carnaval a Escola de Samba
Unidos do Arroio entra na avenida
homenageando Abrahao Paes
Filho e a cervejaria Saint Bier com
o tema: Viva a Saint Bier e o menino
sonhador.
O desfile conta também com a
alegria dos blocos independentes
e a participação de centenas de
foliões.
tania@grupocorreiodosul.com.br facebook.com/tania.duartecoelho
SocialSocial
Ivete Rodrigues
da Revista Sul
Fashion é a
aniversariante
de amanhã (7).
Parabéns!!!
Entre os dias 25 a 28 de janeiro, a Cooperja participou
da 10ª Festa Nacional do Abacaxi, na comunidade
de Balneário Santa Rita de Cássia, município de Terra
de Areia, Rio Grande do Sul. Com um stande onde
apresentou todo o portfólio da Loja Agropecuária
Cooperja instalada naquela cidade, recebeu
associados, clientes e visitantes da Festa.
Ivo Humberto Alfaiataria recebeu o troféu
Fama de melhor no ano de 2017. Parabéns!
Leandro Rodrigues da 93 FM, esteve de
aniversário ontem (5). Parabéns!!!
A Reabilitar Fisioterapia e sua equipe, a
fisioterapeuta Gizele Micheletto , Natalia Supp, nutricionista
Andreia Eberhardt e Daniel Micheletto receberam mais
uma vez o troféu Fama 2018 melhor clínica de fisioterapia
Sombrio e região do ano. Parabéns!!!
10 VerãoJornal Correio do Sul
Terça-Feira, 6 de Fevereiro de 2018
Musas da Estação
Beleza: Eleitas as musas
do Caverá Verão 2018
A
beleza estonteante de lindas meninas
vindas de várias cidades da região Sul
do estado, coloriu ainda mais o Caverá
Country Park na tarde de domingo. O
concurso de beleza Garota Caverá Ve-
rão 2018 atraiu bom público ao maior parque aquático
de Santa Catarina.
O evento organizado pela Performance Comuni-
cação contou com a participação de representantes
de nove cidades e os jurados tiveram a árdua tarefa de
eleger a representante da beleza da mulher catarinen-
se. Presidido pela Primeira Dama deAraranguá,Alice
Aguiar, o corpo de jurados teve ainda a participação
da jornalista Gislaine Fontoura, do Correio do Sul,
da apresentadora Jomara Dessuy, da estilista Maíra
Destro, da colunista social Margareth Silva, do empre-
sário Giovani Bartt e da Garota Caverá 2017 Daniella
Darós que se passou a faixa a sua sucessora após
o desfile de despedida sob os aplausos do público.
O evento de escolha foi realizado tendo o Caverá
como cenário e na beira da piscina. As torcidas vibra-
ram ao ver todas as candidatas na passarela. Foi
escolhida Garota Caverá Verão 2018, a meleirense
Aline Marcelino da Rocha, de 17 anos. Larissa Bristot
também de Meleiro é a 1ª Princesa e Wiliana Angelo,
de Araranguá foi escolhida 2ª Princesa.
A musa da estação
As garotas que agora são as musas da estação,
receberam como prêmio, além de faixa e flores,
brindes e prêmios. A Garota Caverá Verão 2018 terá
seu rosto estampado em revistas, jornais, outdoors
e folheteria.
Fotos: David Cardoso
Araranguá
77
Bombeiros falam sobre
incêndios em residências
S
etenta e sete. Este é o número de
incêndios em residências regis-
trados nos últimos seis meses na
região. Foram 77 casas total ou
parcialmente destruídas pela ação
do fogo que foram causadas, de acordo com o Sar-
gento Jonatas do SantosTrajano, sub-comandante
do Corpo de Bombeiros de Sombrio, e o Tenente
EricGomesVamerlati,comandantedamesmauni-
dade, uma única coisa. “Ação humana”, sentencia
o comandante. “Direta ou indiretamente. Quando
se deixa o ferro ligado, ou instalação irregular do
gás de cozinha, equipamentos elétricos antigos,
fiação elétrica inadequada que não passa por uma
revisão e se sobrecarrega no verão, essas são ações
indiretas. As diretas são incêndios criminosos”,
explica o sargento. E mesmo que os donos da
casa sejam bastante cuidadosos, as chances de
uma chama se acender ainda existe. Uma grande
causadora de incêndios está dentro da maioria das
casas. “Máquina de lavar automática.Apessoa sai
de casa e deixa a máquina trabalhando sozinha. Há
uma sobrecarga e ela aquece. Isso pode causar um
incêndio”, completao Sargento Jonatas.Apesar de
haverem tantos casos, os bombeiros dizem que os
incêndios acontecem o ano inteiro, aumentando
um pouco mais no verão. “Temos que levar em
consideração o aumento populacional, aumento
de consumo de energia elétrica e de gás, além
de mais pessoas na região. Isso faz diferença nas
estatísticas”, continua o sub-comandante. Sobre
os incêndios criminosos, o tenente Vamerlati diz
que os bombeiros não possuem índices sobre o
assunto. “Na nossa inspeção nós apenas alegamos
a causa.Ainvestigação fica por conta do Instituto
Geral de Perícias. Mas em casa abandonadas,
muitas pessoas se reúnem para usar drogas, e isso
pode gerar incêndios também”, alerta. As causas
que podem levar a pequenas faíscas e depois
à destruição, são inúmeras, mas há apenas um
modo de evitar não só as perdas materiais, mas a
possibilidade de uma tragédia. “É preciso passar
a responsabilidade para quem de fato compete,
chamando eletricistas, por exemplo para resolver
as situações de forma correta. A informação está
maisàmostra,maisacessível,eporissoaspessoas
conseguem ver mais o que é certo e errado. Nós
trabalhamos muito a prevenção, damos cursos,
palestras.Agente faz tudo o que pode, com o que
tem, mas o que é preciso é mais responsabilidade”,
conclui.
Aline Bauer - Região
11Especial JORNAL CORREIO DO SUL
Terça-Feira, 6 de Fevereiro de 2018
Superando
Márcia Silveira Martins foi uma das vítimas dos incêndios
em residências. Ela, o marido e dois filhos moram perto da
casa dos sogros, em Santa Fé, interior de Sombrio, onde é
agricultora. Em vinte minutos, a casa de madeira dos sonhos
de Márcia virou cinzas. Fotos, documentos, os ursos do filho,
o material escolar da filha, absolutamente tudo o que a família
tinha foi consumido pelas chamas, causadas, de acordo com
um perito, pela explosão da geladeira. Ela diz que não se
abateu muito, por que perdeu um sobrinho com câncer em
2017 e a família ainda sente o luto. “A gente aprende a valori-
zar o que tem valor”, diz. A aflição de Márcia também ocorreu
ao lembrar que, durante toda a tarde daquela quarta-feira,
os filhos brincaram na cozinha, bem ao lado da geladeira.
Acompanhe o depoimento dela sobre o incêndio.
22 de novembro
“Foi um dia normal, meu marido saiu de manhã, almoçou
em casa, entreguei amora à tarde, desbrotei maracujá. À noite
íamos jantar na minha sogra na praia e acabamos nos atra-
sando. Por pouco nós não saímos naquele dia. Mas como já
estavam com a janta pronta nos esperando, acabamos indo.
Chegamos às 9h40min da noite na minha sogra e jantamos.
Quando eram 22h10min, minha cunhada me ligou, pedindo
que eu fosse para casa. O meu pai tinha vindo atender a
uma vaca em trabalho de parto aqui em casa, e eu pensei
que talvez ela estivesse assustada com luzes acesas ali.
Depois de muito insistir, ela me disse ‘A casa de vocês está
pegando fogo’.Agente vinha vindo na aflição, pensando o que
eu tinha deixado na tomada. Era a jarra elétrica, geladeira,
ar condicionado e roteador. Coisas poucas, na verdade. Eu
tinha feito almoço no fogão a lenha na varanda, imaginei que
pudesse ser isso. Eu não me desesperei, acho que Deus
me deu um consolo muito grande. Pensei na minha sogra,
nas crianças, e no que aconteceu com o nosso sobrinho. Eu
dizia que a gente trabalhava e reconquistava todas as coisas.
Acho que nem assimila as coisas direito. Ao chegar ali, não
tinha nada. Nem meio metro de parede, nada. Eu não tinha
nada nem para ficar no paiol. Tinha que pensar onde ficar.
Como a minha sogra estava na praia, ficamos na casa dela
aqui. A gente nem sabe o que fazer no início. No outro dia
começaram a ajudar, a vir as coisas. Me surpreendeu muito a
quantidade de ajuda que recebemos, o carinho das pessoas.
Eu não canso de agradecer por tudo e a todos. Foi incrível a
quantidade de ajuda que recebemos. E logo vamos começar
a construir a casa nova. Não sobra nada, mas a gente não
abaixa a cabeça”.
Araranguá - 23 ocorrências
Baln. Arroio do Silva - 9 ocorrências
Baln. Gaivota - 8 ocorrências
Ermo - 3 ocorrências
Maracajá - 3 ocorrências
Passo de Torres - 4 ocorrências
77 ocorrências de 01/08/2017 a 31/01/2018
Praia Grande - 6 ocorrências
Santa Rosa do Sul - 4 ocorrências
São João do Sul - 2 ocorrências
Sombrio - 11 ocorrências
Timbé do Sul - 3 ocorrências
Turvo - 1 ocorrências
12 PublicidadeJORNAL CORREIO DO SUL
Terça-Feira, 6 de Fevereiro de 2018
13Publicações Legais Jornal Correio do Sul
Terça-Feira, 6 de Fevereiro de 2018
EDITAL DE INTIMAÇÃO
ARLINDO EDÍLIO DA ROSA, Titular do TABELIONATO DE NOTAS E PROTESTOS DE TÍTULOS desta Comarca de
Sombrio, situado naAv. Nereu Ramos, 1300 - Fone (48) 3533-0318 - CEP88960-000, atendimento das 08:00h - 12:00h
e 14:00h - 18:00h, faz saber na forma da Lei aos que o presente EDITAL virem, que se encontram nesse tabelionato
para serem protestados, decorrido o prazo legal de 03 (três) dias úteis, por não terem sido encontrados nos endereços
fornecidos, ou por se recusarem a tomar conhecimento, os títulos cujos responsáveis estão abaixo discriminados. Ficam
esclarecidos, também, de que nesse mesmo prazo poderão apresentar resposta escrita, que não impedirá a lavratura
do protesto.
PROT. ......................................................................APRESENTANTE / CNPJ DEVEDOR / CNPJ
Prot:165727;Devedor(es):ALEXANDREGOLDANI-775.906.780-15,End:RuaK,1233,BalnearioGaivota;Tip:Normal;
Mot: Falta de pagamento; Ced: NOVA GAIVOTA COBRANCAS E ZELADORIA LTDA - ME; Sac: NOVA GAIVOTA
COBRANCAS E ZELADORIA LTDA - ME; Tit: 826 ; Apr: FCDL; VEN: 11/06/2017; Esp: Duplicata Venda Mercantil
por Indicação; Val: R$ 2.350,00 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 106,00. Apontamento R$ 17,00 - Selo R$ 1,90 -
Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 52,20 - Condução R$ 36,80 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 106,00.
Prot:165729;Devedor(es):ALEXANDREGOLDANI-775.906.780-15,End:RuaK,1233,BalnearioGaivota;Tip:Normal;
Mot: Falta de pagamento; Ced: NOVA GAIVOTA COBRANCAS E ZELADORIA LTDA - ME; Sac: NOVA GAIVOTA
COBRANCAS E ZELADORIA LTDA - ME; Tit: 826 ; Apr: FCDL; VEN: 11/11/2017; Esp: Duplicata Venda Mercantil
por Indicação; Val: R$ 793,09 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 93,15. Apontamento R$ 17,00 - Selo R$ 1,90 -
Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 52,20 - Condução R$ 23,95 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 93,15.
Prot:165696;Devedor(es):SERGIORAMONMARTINEZ-005.690.509-28,End:AvenidaGetúlioVargas,327,Sombrio;
Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: UNIVERSITARIO TORRES; Sac: UNIVERSITARIO TORRES; Tit:
2017036/010 ;Apr: CAIXAECONÔMICAFEDERAL; VEN: 15/01/2018; Esp: Duplicata Venda Mercantil por Indicação;
Val: R$ 392,00 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 58,08. Apontamento R$ 17,00 - Selo R$ 1,90 - Distribuição R$
0,00 - Diligência R$ 34,00 - Condução R$ 7,08 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 58,08.
Certifico, para os devidos fins, que o presente edital foi afixado no mural da serventia em: 06/02/2018.
Sombrio - SC, 06/02/2018
ARLI ANTONIO SOUZA DA ROSA
Escrevente Substituto
ESTADO DE SANTA CATARINA
FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE DE MELEIRO
AVISO DE LICITAÇÃO
PREGÃO PRESENCIAL N.º 003/2018
O FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE DE MELEIRO torna público para conhecimento dos interessados que no dia
22/02/2018, às 14:00 horas estará realizando a reunião de recebimento das propostas do PREGÃO PRESENCIALN.º
003/2018,temporobjetivooCONTRATAÇÃODESERVIÇOSMÉDICODEPRONTOATENDIMENTOEMERGENCIAL
E URGENCIAL24 HORAS POR DIA, INCLUINDO DISPONIBILIZAÇÃO DE LOCALFÍSICOADEQUADO, VISANDO
O ATENDIMENTO A POPULAÇÃO DO MUNICÍPIO DE MELEIRO, CONFORME ESPECIFICAÇÕES NO ANEXO
I - TERMO DE REFERÊNCIA DO EDITAL.
A integra do Edital e maiores informações poderão ser obtidas na Prefeitura Municipal de Meleiro, sito a Rua Sete
de Setembro, nº 371 – Meleiro/SC, no horário das 7:00 às 13:00 horas, de Segunda a Sexta-Feira ou pelo fone 048-
3537-8400. A retirada do Edital poderá ser feita no endereço acima citado ou através do site HYPERLINK “http://
www.meleiro.sc.gov.br” www.meleiro.sc.gov.br .
Meleiro/SC, 05 de fevereiro de 2018.
EDER MATTOS
Prefeito Municipal
ESTADO DE SANTA CATARINA
MUNICÍPIO DE SÃO JOÃO DO SUL
DECRETO Nº. 012 DE 05 DE FEVEREIRO DE 2017
“Nomeia Leiloeiro Oficial para conduzir certame do leilão e, dá outras providências”.
MOACIR FRANCISCO TEIXEIRA, Prefeito Municipal de São João do Sul, Estado de Santa Catarina, no uso
de suas atribuições legais e de acordo com o Decreto nº 21.981 de 19 de outubro 1932, com a Lei Federal
nº. 8.666/93 e suas alteações,
Considerando a necessidade de alienar, através de leilão e de acordo com a legislação vigente, bens móveis
de propriedade do município e que se encontram em diferentes estados de conservação, anti-econômico,
inservíveis, irrecuperáveis, ou reaproveitáveis por terceiros, medida esta de relevante interesse público,
DECRETA:
Art. 1º - Fica nomeado o Sr. ULISSES DONIZETE RAMOS, brasileiro, casado, com escritório na Rua Nepal,
n.º 910, bairro Nações, na cidade de Balneário Camboriú/SC, matriculado na Junta Comercial do Estado
de Santa Catarina – JUCESC, sob o nº AARC/309 e FAESC - 041, como Leiloeiro convidado devido a sua
notória experiência, para proceder a Leilão Público de Bens do Patrimônio Público Municipal a ser realizado
no dia 27 de fevereiro de 2018.
Art. 2º - O leiloeiro está rigorosamente em dia com suas obrigações e nada receberá da Prefeitura pelos
serviços prestados.
Art. 3º - O Leiloeiro realizará o leilão com estrita observância da Lei das Licitações n.º 8.666/93 e, suas
alterações e de acordo com o próprio Edital do certame.
Art. 4º - Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação.
Gabinete do Prefeito Municipal de São João do Sul, em 05 de fevereiro de 2018.
MOACIR FRANCISCO TEIXEIRA
Prefeito Municipal
Publicado e registrado nesta Secretaria aos cinco dias do mês de fevereiro do ano de dois mil e dezoito.
TAISE DOS SANTOS ALVES
Secretária Municipal de Administração e Finanças
OFÍCIO DE REGISTRO DE IMÓVEIS DA COMARCA DE SOMBRIO/SC
EDITAL DE LOTEAMENTO
Raquel Lemos da Costa Amorim, Oficial Titular do Ofício de Registro de Imóveis da Comarca de Sombrio,
Estado de Santa Catarina, na forma da Lei,
FAZ PÚBLICO, para ciência dos interessados, em cumprimento ao disposto no artigo 19, § 3º da Lei 6.766 de
19/12/1979, que o proprietário, MUNICÍPIO DE SOMBRIO, inscrito no CNPJ 82.963.216/0001-17, com sede na
Avenida Nereu Ramos, número 61, Centro, Sombrio/SC, representado por seu Prefeito Municipal, Sr. Zênio Cardoso
inscrito no CPF 018.387.259-20, depositou, nesta serventia, o projeto e demais documentos exigidos por lei para
registro do “LOTEAMENTO VIDA NOVA”, referente ao imóvel situado no perímetro urbano do Município de
Sombrio, no Bairro Januária com a área de 15.521,00m², matriculado sob nº 58.256, do Livro 2-Registro Geral,
desta Serventia.
Conforme projeto aprovado sob número 488, em 24/11/2017, pela Prefeitura do Município de Sombrio, o
loteamento será composto por 37 (trinta e sete) lotes urbanos, 01 (uma) Área Verde localizada na quadra 116; 04
(quatro) Áreas de Utilidade Pública, localizadas na quadra 101; e 05 (cinco) vias públicas, conforme croqui abaixo
exposto.
O loteamento foi licenciado pelo órgão ambiental FATMA – Fundação do Meio Ambiente, conforme Licença
Ambiental de Operação - LAO número 8445/2016, datada de 07/11/2016, e examinado, com parecer favorável do
representante do Ministério Público do Estado de Santa Catarina/SC, em 08/01/2018.
Eventuais impugnações ao registro do loteamento deverão ser apresentadas no Ofício de Registro de Imóveis
da Comarca de Sombrio, localizado na Avenida Nereu Ramos, nº 418, Centro, 4º andar do Edifício Centro
Profissional de Santa Catarina, Sombrio/SC, durante o horário de expediente, dentro do prazo legal de 15 (quinze)
dias, a contar da data da última publicação deste edital, o qual será publicado em 3 (três) dias consecutivos. Não
havendo impugnações, será feito de imediato o registro do loteamento.
14 GeralJornal Correio do Sul
Terça-Feira, 6 de Fevereiro de 2018
Violentos
Assaltantes teriam batido nas vítimas, antes de furar os pneus dos carros e fugir
Suspeitos de assalto são presos
em operação da Polícia Civil
Na tarde desta se-
gunda-feira, agentes da
Divisão de Investigação
Criminal (DIC) de Ara-
ranguá, coordenados pelo
delegado Lucas Fernandes
da Rosa, recuperaram três
motocicletas, duas Honda
CG 125 FAN e uma Honda
CG Titan 150, que haviam
sido desviadas do pátio
de uma permissionária de
serviço de guincho, loca-
lizada no bairro Operária,
em Araranguá.
Segundo o delegado,
os policiais da DIC rece-
beram a informação de
que um funcionário da
empresa de guincho havia
desviado as motocicletas
para a casa de um compar-
sa e se deslocaram para o
local. “Em conversa com
o homem, o mesmo nos
relatou que o funcionário,
tinha uma dívida com ele
e, por isso, o entregou as
três motos, como forma de
pagamento ou como forma
de garantia que a dívida
seria paga. Já o funcio-
nário alegou o contrário,
disse que estava transpor-
tando as motos, quando
foi abordado pelo homem,
sendo forçado a entregá-
-las”, disse a autoridade
policial.
Diante dos fatos, um
procedimento foi instau-
rado pela DIC, para apurar
os fatos, sendo que o pro-
prietário da casa onde as
motos foram encontradas
será investigado, por re-
ceptação e o funcionário
Por volta das 22 horas
deste domingo, uma tentativa
de homicídio foi registrada,
na Cohab do bairro Arapon-
gas, em Araranguá. A Polí-
cia Militar recebeu ligações
informando o crime e várias
viaturas se deslocaram para o
local, no entanto a vítima, um
N
a madrugada do
domingo, dia 4,
por volta das 4
horas, na localidade de Passo
Magnos, em São João do Sul,
um casal de 24 e 25 anos e um
adolescente de 16 anos foram
rendidos por dois homens
armados e encapuzados, que
usaram de muita violência
para assaltar as vítimas.
Segundo as informações
relatadas pelas vítimas para a
Polícia Civil, foram momen-
tos de terror, onde os bandidos
colocavam arma na boca das
vítimas, dando coronhadas e
as agredindo verbal e fisica-
mente. Os bandidos roubaram
DIC recupera motos desviadas
de empresa de guincho
Homem é baleado e socorrido por amigos
da permissionária, por dis-
por de coisa alheia como
própria. As motos foram
jovem de 20 anos, já havia
sido socorrida por amigos.
Assim que a vítima deu en-
trada no Hospital Regional de
Araranguá (HRA), a PM foi
comunicada e uma guarnição
foi à unidade.
De acordo com infor-
mações da PM, ocorreu uma
briga, em frente a um bar da
comunidade, e o atirador fu-
giu a pé, após efetuar vários
vários televisores da casa,
além de pertences pessoais e
uma determinada quantia em
dinheiro não especificada.
Antes de fugir, os criminosos
furaram os pneus dos veículos
das vítimas.
A Polícia Civil de Som-
brio, ainda na noite do crime,
iniciou uma investigação re-
alizando várias diligências
em busca de informações
que levaram a informações
sobre os suspeitos. Ao tomar
conhecimento das informa-
ções, buscas foram iniciadas
pela Polícia na localidade de
Sanga da Madeira, em Pas-
so de Torres. Em uma ação
conjunta, unidades da Polícia
Civil da região foram até o
local, encontrando os homens
entregues ao proprietário
da empresa de guincho,
de onde foram desviadas.
disparos de arma de fogo. Os
militares montaram um cerco,
entretanto o suspeito de ter
efetuado os disparos não foi
localizado. Também, segundo
a PM, a vítima, em princípio
foi atingida por dois disparos
de arma de fogo, na região do
tórax. O jovem estava cons-
ciente e afirmou aos policiais,
não saber quem atentou contra
sua vida.
suspeitos e em revista na resi-
dência onde estavam, foram
encontrados os pertences das
vítimas de São João do Sul.
Os dois homens foram
presos e conduzidos pera
delegacia da Polícia Civil
de Passo de Torres, de onde
foram posteriormente condu-
zidos para o sistema prisional
de Santa Catarina. A ação
que levou à prisão dos dois
suspeitos teve a participação
de policiais civis de Sombrio,
Santa Rosa do Sul, São João
do Sul e Praia Grande. Ainda
segundo a Polícia, devido à
ação violenta dos bandidos,
as três vítimas ainda estão em
estado de choque.Ainvestiga-
ção ainda continua buscando
mais envolvidos.
Gislaine Fontoura
Araranguá
Gislaine Fontoura
Araranguá
São João do Sul
Passo de Torres
15Geral Jornal Correio do Sul
Terça-Feira, 6 de Fevereiro de 2018
Final Triste
Animal já tinha sido salvo por banhistas no fim de semana, mas acabou morrendo pouco tempo depois
Baleia encontrada no Morro
dos Conventos não sobrevive
RONDA POLICIAL
- Por volta das 16h de sexta-feira, uma guarnição da Polícia Militar deAraranguá foi acio-
nada para verificar um homem que estaria tentando vender um computador no centro do
município. Após rondas, os policiais realizaram a abordagem do homem e em sua posse
encontraram o computador envolto em lençóis.Ao ligarem o aparelho, restou constatado
que era de propriedade da unidade de saúde do bairro Coloninha, que havia sido alvo de
furto dias atrás. O homem recebeu voz de prisão e foi encaminhado à central de polícia
juntamente com o objeto recuperado. O homem já é conhecido do meio policial e possuía
diversas passagens por furto.
- Também na sexta-feira, por volta das 22h30min, uma guarnição da PM de Araranguá
foi chamada para verificar um homem que estaria empurrando uma bicicleta com a ronda
traseira erguida, dando a impressão de que a roda estava cadeada. Conforme a denúncia,
o homem ao ser percebido abandonou a bicicleta e tomou outra direção. Imediatamente,
as guarnições policiais iniciaram as rondas e localizaram o homem, sendo que este con-
fessou que havia furtado a bicicleta de um edifício localizado no centro do município. O
homem recebeu voz de prisão e foi encaminhado à central de polícia, juntamente com a
bicicleta recuperada.
Na tarde de sexta-feira,
por volta das 14h, guarnições
da Polícia Militar de Balne-
ário Arroio do Silva foram
chamadas, para verificar uma
ocorrência de abigeato no
bairro Capão do Jaques.
No local, os militares
conversaram com o proprietá-
rio e um funcionário da fazen-
da, sendo que o funcionário
relatou que viu, nos fundos
da propriedade, vinte animais
correndo em disparada, e
que por possuir experiência,
constatou que havia alguém
N
a tarde de sábado, uma
baleia Minke foi en-
contrada por banhistas,
próxima a faixa de areia e devolvida
ao mar. O animal estava bastante fe-
rido, e retornou por mais duas vezes,
sempre no Morro dos Conventos,
sendo que a primeira aparição se deu
em frente ao posto de guarda-vidas
central do balneário. Em todas as
três vezes, ela foi devolvida ao mar
por banhistas e Corpo de Bombeiros,
que lutaram por sua sobrevivência.
Na manhã desta segunda-feira,
a baleia foi novamente encontrada
no Morro dos Conventos, próximo
a barra do Rio Araranguá e infeliz-
mente ela já estava morta. Corpo de
Bombeiros e Prefeitura deAraranguá
foram acionados e o corpo do animal
ficou a cargo do Departamento de
Obras da Prefeitura, que o enca-
minhou para a Universidade do
Extremo Sul Catarinense (Unesc),
para estudos.
No final da tarde desta segunda-
-feira, profissionais da Prefeitura e
da Unesc transportaram o corpo da
baleia Minke para Criciúma.
Fotos: Divulgação
Preso suspeito de tentar roubar gado
no local tentando roubar ani-
mais. O empregado foi até
o local e encontrou a cerca
cortada, sendo que os animais
já haviam sido colocados para
fora da propriedade, mas que
conseguiu recuperar dezeno-
ve deles. Ainda no local, o
funcionário encontrou marcas
no chão de pegadas de bota de
borracha.
Ainda na fazenda, a
guarnição policial encon-
trou parado, em um matagal,
um automóvel Gol Plus, que
provavelmente pertence aos
autores do abigeato, sendo
que alguns minutos depois
apareceu em meio ao ma-
tagal, um senhor afirmando
ser o proprietário do veículo,
que estava usando botas de
borracha e relatou que estava
com um amigo pescando. Ao
ser indagado sobre o amigo,
relatou quesesepararamenão
conseguiumaisencontrá-lo.O
homem não estava portando
nenhum tipo de equipamento
de pescaria. O local é um
matagal de difícil acesso, e
o homem foi a única pessoa
encontrada ali.
Diante do fato, o homem
recebeu voz de prisão e foi
levado à central de polícia.
Arroio do Silva
Gislaine Fontoura
Araranguá
16 PublicidadeJornal Correio do Sul
Terça-Feira, 6 de Fevereiro de 2018
17Publicidade Jornal Correio do Sul
Terça-Feira, 6 de Fevereiro de 2018
Futevôlei é sucesso e
campeonato chama atenção
Futevôlei éFutevôlei é
Balneário Gaivota
02-03-04-06-08
09-10-13-14-18
19-21-22-23-24
CONCURSO
1.621
LOTO FÁCIL
05/02
23-27-31-36-59
CONCURSO
4.5199
QUINA
05/02
JORNAL CORREIO DO SUL
Terça-Feira, 6 de Fevereiro de 2018
Campeonato Gaúcho
Catarinense
B
a l n e á r i o
Gaivota re-
alizou neste
final de se-
mana mais
uma edição da taça de futevô-
lei Edmundo Coelho Luchina
naArena da TerceiraAvenida.
A competição que trou-
xe a novidade da categoria
iniciante para o ano de 2018.
também está projetando o
município para ser destaque
no esporte para o inverno e
próximas edições no Viva Ve-
rão. "Existe uma unanimidade
em fortalecer o esporte aqui
em nosso município já que
o número de participantes de
nossa praia aumentou e mui-
to, temos um ótimo espaço e
bons jogadores", comentou
Cleiton Rios Burin, diretor
do Departamento Municipal
de Esportes.
No sábado pela manhã
iniciaram os jogos da catego-
ria iniciante com 15 duplas,
divididos em 3 chaves de 5
duplas, classificando para as
quartas de finais os 2 primei-
ros e os 2 melhores 3º Lugar
das chaves.
Os jogos da semifinal
foram entre Cristian/Elian
x Marron/Bolota e na outra
semifinal, Cleiton/André x
Didico/Praguinha, passando
para a final Marron/Bolota
x Cleiton/André e na disputa
do 3º Lugar, Cristian/Elian x
Didico/Praguinha.
Para o 3º lugar, o troféu
ficou com a Dupla Didico/
Praguina e para o campeão da
categoria iniciante, Marron/
Bolota venceram por 2 sets
a 0 de Cleiton e André, dupla
vice campeã, sendo que, o
campeão assumia uma vaga
na categoria Livre que acon-
teceu no domingo (04).
Na categoria Livre, foram
16 duplas com atletas de
cidades vizinhas e do estado
do Rio Grande do Sul, joga-
dores que estão rankiados em
torneios bem fortes, ou seja,
um nível muito alto apresen-
tado nas areias de Balneário
Gaivota.
Para as semifinais, Felipe
Jr/Mito venceram da dupla
Ramon/Batoré passando a
disputar a final contra Fifo/
Lipe que venceram a dupla
Luan/Canoas.
O 3º Lugar ficou com
Luan e Canoas da cidade de
Osório e a dupla vencedora foi
Felpe Jr/Mito que venceram
a dupla Fifo/Lipe por 2 sets 1
de virada.
De acordo com a secreta-
ria de turismo, cultura e es-
portes de Balneário Gaivota, o
mês de fevereiro ainda será de
avaliação dos eventos do Viva
Verão Gaivota e que muito
provavelmente o Futevôlei
e o Vôlei de Praia ganharão
ainda mais forças e apoio para
os atletas participarem das
competições.
Fase mata-mata começa nesta
noite pelo Futsal Regional
Arroio do Silva
19Esporte Jornal Correio do Sul
Terça-Feira, 6 de Fevereiro de 2018
N
oite de co-
nhecer al-
guns clas-
sificados
já para as
semifinais da categoria livre
e finais das categorias de
base, além de ver quem é
quem pelo tradicional cam-
peonato de futsal regional na
quadra central do Balneário
Arroio do Silva.
Às 18h, pela categoria
sub-09, semifinal entre Grê-
mio Fronteira x Sementinhas,
em seguida às 18h30min pela
semifinal da categoria sub-
13 jogam Grêmio Fronteira
x Lagoão. Depois, às 19h
pela categoria sub-15, semi-
final, Atlético Catarinense x
Mercadão FC. Às 19h30min
pelo feminino, semifinal
jogam Sky Boards x Bendo
Transportes.
Livre
Já pela categoria livre,
dois bons jogos que irão
Arroio do Silva
Domingo de sol, calor,
mar e de muito futebol, do-
mingo de conhecer os quatro
times que ainda brigarão
por vaga na grande final do
campeonato praiano deste
ano, Taça Rafal Rodrigues,
o Rafa. A arena de jogos da
Praia da Caçamba, em frente
ao Bar do Gila, mais uma vez
ficou lotada para acompanhar
as partidas, desta vez as se-
mifinais.
Na primeira partida da
tarde, o Céu Azul precisando
de apenas um empate para
chegar as semifinais, jogou
diante do Unidos da Colona
que precisava vencer. A par-
tida foi bastante disputada, o
Céu Azul abriu o placar mas
o Unidos da Colona empatou.
O jogo acabou assim, 1 x 1,
e o Céu Azul atual campeão,
segue para as semifinais.
Na segunda partida da
tarde, o Sandrinos Mercearia/
UFC jogava pelo empate e
enfrentou o Paraíso do Sul/
Vimoendo, partida bastante
disputada, jogo bastante pe-
gado e o Sandrinos Merce-
aria/UFC ganhou de 4 x 1,
seguindo em frente passando
para as semifinais.
Na terceira partida da
tarde, a equipe da Colo-
na FC jogava pelo empate
diante do Família, outra boa
partida com bons jogadores,
o Colona não se achou em
campo como vinha jogando
na primeira fase, e a Família
se aproveitou e jogou muito
e ganhou de 3 x 1, seguindo
em frente para as semifinais.
Na quarta e última parti-
da da tarde, o Manos Esportes
era quem jogava pelo empate,
e o Areias precisava vencer,
as duas equipes buscaram os
gols, inclusive o Areias bus-
cava o gol a todo momento,
mas parava nas mãos do go-
leiro do Manos e na defesa, o
Manos também tentou o gol.
Semifinais
As semifinais estão mar-
cadas para o próximo domin-
go de Carnaval. Às 15h30min
jogam Sandrinos Mercearia/
UFC x Família e em seguida,
às 16h30min jogam CéuAzul
x Manos Esportes. Agora
nas semifinais, ninguém tem
vantagem de empate, se der
empate, a partida será decidi-
da nas penalidades máximas.
O campeonato mais uma
vez tem a coordenação do
Gila Borges, e tem o apoio
da Administração Municipal
do BalneárioArroio do Silva,
Big Bom, FVA, Bar do Gila,
Bar do Joelson, Panificadora
Paladar, Jazida RBS, Funerá-
ria Santa Terezinha, Amilton
Materiais de Construções e
Palácio das Cores.
Quatro equipes estão nas
semifinais do Praiano da Caçamba
apontar os outros dois semi-
finalistas que irão brigar por
vaga na decisão deste ano.
Às 20h45min jogam Turvo/
Água Santo Anjo x Sogima
BAS e em seguida se enfren-
tam Surreal Clarissas/Forqui-
nhinha x Atlético Canis.
Nas semifinais da catego-
ria livre, o Plantec Turvo joga
diante do vencedor de Turvo/
Água Santo Anjo e Sogima,
e o Ermo pega o vencedor de
Surreal Clarissas e Atlético
Canis. As semifinais serão
nesta quinta-feira.
TERÇA-FEIRA, 6 DE FEVEREIRO DE 2018

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Jornal digital 30 08-17
Jornal digital 30 08-17Jornal digital 30 08-17
Jornal digital 30 08-17
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 19 07-18
Jornal digital 19 07-18Jornal digital 19 07-18
Jornal digital 19 07-18
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 23 10-2018
Jornal digital 23 10-2018Jornal digital 23 10-2018
Jornal digital 23 10-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 22 08-17
Jornal digital 22 08-17Jornal digital 22 08-17
Jornal digital 22 08-17
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 11 06-18
Jornal digital 11 06-18Jornal digital 11 06-18
Jornal digital 11 06-18
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 24 10-2018
Jornal digital 24 10-2018Jornal digital 24 10-2018
Jornal digital 24 10-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 08 05-18
Jornal digital 08 05-18Jornal digital 08 05-18
Jornal digital 08 05-18
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 27 02-18
Jornal digital 27 02-18Jornal digital 27 02-18
Jornal digital 27 02-18
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 15-02-17
Jornal digital 15-02-17Jornal digital 15-02-17
Jornal digital 15-02-17
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 4897_qui_14042016
Jornal digital 4897_qui_14042016Jornal digital 4897_qui_14042016
Jornal digital 4897_qui_14042016
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 20 06-17
Jornal digital 20 06-17Jornal digital 20 06-17
Jornal digital 20 06-17
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 07 03-17
Jornal digital 07 03-17Jornal digital 07 03-17
Jornal digital 07 03-17
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 20 07-18
Jornal digital 20 07-18Jornal digital 20 07-18
Jornal digital 20 07-18
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 12 09-2018
Jornal digital 12 09-2018Jornal digital 12 09-2018
Jornal digital 12 09-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 4939_qua_15062016
Jornal digital 4939_qua_15062016Jornal digital 4939_qua_15062016
Jornal digital 4939_qua_15062016
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 22 08-18
Jornal digital 22 08-18Jornal digital 22 08-18
Jornal digital 22 08-18
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 09 08-18
Jornal digital 09 08-18Jornal digital 09 08-18
Jornal digital 09 08-18
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 16 08-17
Jornal digital 16 08-17Jornal digital 16 08-17
Jornal digital 16 08-17
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 01 03-18
Jornal digital 01 03-18Jornal digital 01 03-18
Jornal digital 01 03-18
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 18 05-18
Jornal digital 18 05-18Jornal digital 18 05-18
Jornal digital 18 05-18
Jornal Correio do Sul
 

Mais procurados (20)

Jornal digital 30 08-17
Jornal digital 30 08-17Jornal digital 30 08-17
Jornal digital 30 08-17
 
Jornal digital 19 07-18
Jornal digital 19 07-18Jornal digital 19 07-18
Jornal digital 19 07-18
 
Jornal digital 23 10-2018
Jornal digital 23 10-2018Jornal digital 23 10-2018
Jornal digital 23 10-2018
 
Jornal digital 22 08-17
Jornal digital 22 08-17Jornal digital 22 08-17
Jornal digital 22 08-17
 
Jornal digital 11 06-18
Jornal digital 11 06-18Jornal digital 11 06-18
Jornal digital 11 06-18
 
Jornal digital 24 10-2018
Jornal digital 24 10-2018Jornal digital 24 10-2018
Jornal digital 24 10-2018
 
Jornal digital 08 05-18
Jornal digital 08 05-18Jornal digital 08 05-18
Jornal digital 08 05-18
 
Jornal digital 27 02-18
Jornal digital 27 02-18Jornal digital 27 02-18
Jornal digital 27 02-18
 
Jornal digital 15-02-17
Jornal digital 15-02-17Jornal digital 15-02-17
Jornal digital 15-02-17
 
Jornal digital 4897_qui_14042016
Jornal digital 4897_qui_14042016Jornal digital 4897_qui_14042016
Jornal digital 4897_qui_14042016
 
Jornal digital 20 06-17
Jornal digital 20 06-17Jornal digital 20 06-17
Jornal digital 20 06-17
 
Jornal digital 07 03-17
Jornal digital 07 03-17Jornal digital 07 03-17
Jornal digital 07 03-17
 
Jornal digital 20 07-18
Jornal digital 20 07-18Jornal digital 20 07-18
Jornal digital 20 07-18
 
Jornal digital 12 09-2018
Jornal digital 12 09-2018Jornal digital 12 09-2018
Jornal digital 12 09-2018
 
Jornal digital 4939_qua_15062016
Jornal digital 4939_qua_15062016Jornal digital 4939_qua_15062016
Jornal digital 4939_qua_15062016
 
Jornal digital 22 08-18
Jornal digital 22 08-18Jornal digital 22 08-18
Jornal digital 22 08-18
 
Jornal digital 09 08-18
Jornal digital 09 08-18Jornal digital 09 08-18
Jornal digital 09 08-18
 
Jornal digital 16 08-17
Jornal digital 16 08-17Jornal digital 16 08-17
Jornal digital 16 08-17
 
Jornal digital 01 03-18
Jornal digital 01 03-18Jornal digital 01 03-18
Jornal digital 01 03-18
 
Jornal digital 18 05-18
Jornal digital 18 05-18Jornal digital 18 05-18
Jornal digital 18 05-18
 

Semelhante a Jornal digital 06 02-18

Jornal digital 08 02-18
Jornal digital 08 02-18Jornal digital 08 02-18
Jornal digital 08 02-18
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 30 11-2018
Jornal digital 30 11-2018Jornal digital 30 11-2018
Jornal digital 30 11-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 26 de janeiro de 2017
Jornal digital 26 de janeiro de 2017Jornal digital 26 de janeiro de 2017
Jornal digital 26 de janeiro de 2017
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 13 04-18
Jornal digital 13 04-18Jornal digital 13 04-18
Jornal digital 13 04-18
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 21 11-17
Jornal digital 21 11-17Jornal digital 21 11-17
Jornal digital 21 11-17
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 10 09-2018
Jornal digital 10 09-2018Jornal digital 10 09-2018
Jornal digital 10 09-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 5060 qui_08122016
Jornal digital 5060 qui_08122016Jornal digital 5060 qui_08122016
Jornal digital 5060 qui_08122016
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 05 12-2018
Jornal digital 05 12-2018Jornal digital 05 12-2018
Jornal digital 05 12-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 09 11-17
Jornal digital 09 11-17Jornal digital 09 11-17
Jornal digital 09 11-17
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 24 08-17
Jornal digital 24 08-17Jornal digital 24 08-17
Jornal digital 24 08-17
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 27 03-18
Jornal digital 27 03-18Jornal digital 27 03-18
Jornal digital 27 03-18
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 20 09-2018
Jornal digital 20 09-2018Jornal digital 20 09-2018
Jornal digital 20 09-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 14 06-18
Jornal digital 14 06-18Jornal digital 14 06-18
Jornal digital 14 06-18
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 22-12-16
Jornal digital 22-12-16Jornal digital 22-12-16
Jornal digital 22-12-16
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 18-04-17
Jornal digital 18-04-17Jornal digital 18-04-17
Jornal digital 18-04-17
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 02 02-17
Jornal digital 02 02-17Jornal digital 02 02-17
Jornal digital 02 02-17
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 30 06-17
Jornal digital 30 06-17Jornal digital 30 06-17
Jornal digital 30 06-17
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 05 10-17
Jornal digital 05 10-17Jornal digital 05 10-17
Jornal digital 05 10-17
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 09 04-18
Jornal digital 09 04-18Jornal digital 09 04-18
Jornal digital 09 04-18
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 10 04-18
Jornal digital 10 04-18Jornal digital 10 04-18
Jornal digital 10 04-18
Jornal Correio do Sul
 

Semelhante a Jornal digital 06 02-18 (20)

Jornal digital 08 02-18
Jornal digital 08 02-18Jornal digital 08 02-18
Jornal digital 08 02-18
 
Jornal digital 30 11-2018
Jornal digital 30 11-2018Jornal digital 30 11-2018
Jornal digital 30 11-2018
 
Jornal digital 26 de janeiro de 2017
Jornal digital 26 de janeiro de 2017Jornal digital 26 de janeiro de 2017
Jornal digital 26 de janeiro de 2017
 
Jornal digital 13 04-18
Jornal digital 13 04-18Jornal digital 13 04-18
Jornal digital 13 04-18
 
Jornal digital 21 11-17
Jornal digital 21 11-17Jornal digital 21 11-17
Jornal digital 21 11-17
 
Jornal digital 10 09-2018
Jornal digital 10 09-2018Jornal digital 10 09-2018
Jornal digital 10 09-2018
 
Jornal digital 5060 qui_08122016
Jornal digital 5060 qui_08122016Jornal digital 5060 qui_08122016
Jornal digital 5060 qui_08122016
 
Jornal digital 05 12-2018
Jornal digital 05 12-2018Jornal digital 05 12-2018
Jornal digital 05 12-2018
 
Jornal digital 09 11-17
Jornal digital 09 11-17Jornal digital 09 11-17
Jornal digital 09 11-17
 
Jornal digital 24 08-17
Jornal digital 24 08-17Jornal digital 24 08-17
Jornal digital 24 08-17
 
Jornal digital 27 03-18
Jornal digital 27 03-18Jornal digital 27 03-18
Jornal digital 27 03-18
 
Jornal digital 20 09-2018
Jornal digital 20 09-2018Jornal digital 20 09-2018
Jornal digital 20 09-2018
 
Jornal digital 14 06-18
Jornal digital 14 06-18Jornal digital 14 06-18
Jornal digital 14 06-18
 
Jornal digital 22-12-16
Jornal digital 22-12-16Jornal digital 22-12-16
Jornal digital 22-12-16
 
Jornal digital 18-04-17
Jornal digital 18-04-17Jornal digital 18-04-17
Jornal digital 18-04-17
 
Jornal digital 02 02-17
Jornal digital 02 02-17Jornal digital 02 02-17
Jornal digital 02 02-17
 
Jornal digital 30 06-17
Jornal digital 30 06-17Jornal digital 30 06-17
Jornal digital 30 06-17
 
Jornal digital 05 10-17
Jornal digital 05 10-17Jornal digital 05 10-17
Jornal digital 05 10-17
 
Jornal digital 09 04-18
Jornal digital 09 04-18Jornal digital 09 04-18
Jornal digital 09 04-18
 
Jornal digital 10 04-18
Jornal digital 10 04-18Jornal digital 10 04-18
Jornal digital 10 04-18
 

Mais de Jornal Correio do Sul

Jornal digital 20 12-2018
Jornal digital 20 12-2018Jornal digital 20 12-2018
Jornal digital 20 12-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 19 12-2018
Jornal digital 19 12-2018Jornal digital 19 12-2018
Jornal digital 19 12-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 18 12-2018
Jornal digital 18 12-2018Jornal digital 18 12-2018
Jornal digital 18 12-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 17 12-2018
Jornal digital 17 12-2018Jornal digital 17 12-2018
Jornal digital 17 12-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 14 12-2018
Jornal digital 14 12-2018Jornal digital 14 12-2018
Jornal digital 14 12-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 13 12-2018
Jornal digital 13 12-2018Jornal digital 13 12-2018
Jornal digital 13 12-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 12 12-2018
Jornal digital 12 12-2018Jornal digital 12 12-2018
Jornal digital 12 12-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 11 12-2018
Jornal digital 11 12-2018Jornal digital 11 12-2018
Jornal digital 11 12-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 10 12-2018
Jornal digital 10 12-2018Jornal digital 10 12-2018
Jornal digital 10 12-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 06 12-2018
Jornal digital 06 12-2018Jornal digital 06 12-2018
Jornal digital 06 12-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 04 12-2018
Jornal digital 04 12-2018Jornal digital 04 12-2018
Jornal digital 04 12-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 03 12-2018
Jornal digital 03 12-2018Jornal digital 03 12-2018
Jornal digital 03 12-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 29 11-2018
Jornal digital 29 11-2018Jornal digital 29 11-2018
Jornal digital 29 11-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 28 11-2018
Jornal digital 28 11-2018Jornal digital 28 11-2018
Jornal digital 28 11-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 27 11-2018
Jornal digital 27 11-2018Jornal digital 27 11-2018
Jornal digital 27 11-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 24 11-2018
Jornal digital 24 11-2018Jornal digital 24 11-2018
Jornal digital 24 11-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 22 11-2018
Jornal digital 22 11-2018Jornal digital 22 11-2018
Jornal digital 22 11-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 21 11-2018
Jornal digital 21 11-2018Jornal digital 21 11-2018
Jornal digital 21 11-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 19 11-2018
Jornal digital 19 11-2018Jornal digital 19 11-2018
Jornal digital 19 11-2018
Jornal Correio do Sul
 
Jornal digital 14 11-2018
Jornal digital 14 11-2018Jornal digital 14 11-2018
Jornal digital 14 11-2018
Jornal Correio do Sul
 

Mais de Jornal Correio do Sul (20)

Jornal digital 20 12-2018
Jornal digital 20 12-2018Jornal digital 20 12-2018
Jornal digital 20 12-2018
 
Jornal digital 19 12-2018
Jornal digital 19 12-2018Jornal digital 19 12-2018
Jornal digital 19 12-2018
 
Jornal digital 18 12-2018
Jornal digital 18 12-2018Jornal digital 18 12-2018
Jornal digital 18 12-2018
 
Jornal digital 17 12-2018
Jornal digital 17 12-2018Jornal digital 17 12-2018
Jornal digital 17 12-2018
 
Jornal digital 14 12-2018
Jornal digital 14 12-2018Jornal digital 14 12-2018
Jornal digital 14 12-2018
 
Jornal digital 13 12-2018
Jornal digital 13 12-2018Jornal digital 13 12-2018
Jornal digital 13 12-2018
 
Jornal digital 12 12-2018
Jornal digital 12 12-2018Jornal digital 12 12-2018
Jornal digital 12 12-2018
 
Jornal digital 11 12-2018
Jornal digital 11 12-2018Jornal digital 11 12-2018
Jornal digital 11 12-2018
 
Jornal digital 10 12-2018
Jornal digital 10 12-2018Jornal digital 10 12-2018
Jornal digital 10 12-2018
 
Jornal digital 06 12-2018
Jornal digital 06 12-2018Jornal digital 06 12-2018
Jornal digital 06 12-2018
 
Jornal digital 04 12-2018
Jornal digital 04 12-2018Jornal digital 04 12-2018
Jornal digital 04 12-2018
 
Jornal digital 03 12-2018
Jornal digital 03 12-2018Jornal digital 03 12-2018
Jornal digital 03 12-2018
 
Jornal digital 29 11-2018
Jornal digital 29 11-2018Jornal digital 29 11-2018
Jornal digital 29 11-2018
 
Jornal digital 28 11-2018
Jornal digital 28 11-2018Jornal digital 28 11-2018
Jornal digital 28 11-2018
 
Jornal digital 27 11-2018
Jornal digital 27 11-2018Jornal digital 27 11-2018
Jornal digital 27 11-2018
 
Jornal digital 24 11-2018
Jornal digital 24 11-2018Jornal digital 24 11-2018
Jornal digital 24 11-2018
 
Jornal digital 22 11-2018
Jornal digital 22 11-2018Jornal digital 22 11-2018
Jornal digital 22 11-2018
 
Jornal digital 21 11-2018
Jornal digital 21 11-2018Jornal digital 21 11-2018
Jornal digital 21 11-2018
 
Jornal digital 19 11-2018
Jornal digital 19 11-2018Jornal digital 19 11-2018
Jornal digital 19 11-2018
 
Jornal digital 14 11-2018
Jornal digital 14 11-2018Jornal digital 14 11-2018
Jornal digital 14 11-2018
 

Jornal digital 06 02-18

  • 1. Dic recupera motos desviadas de pátio de empresa de guincho Violentos: Suspeitos de assalto são presos em operação da Polícia Civil Comissão se reúne para discutir planos e metas para novo edital do HRA CORREIO DO SULANO XXVI EDIÇÃO Nº 5.347 R$ 2,00TERÇA-FEIRA, 6 DE FEVEREIRO DE 2018 www.grupocorreiodosul.com.br 27º19º Muitas nuvens com curtas aberturas e pequena chance de chuva a qualquer hora do dia. Previsão para hoje Extremo Sul Catarinense guinchoguincho Segurança – Pág 14 Dic recuperaDic recupera Segurança – Pág 14 edital do HRAedital do HRA Geral – Pág 3 Extremo Sul Catarinense Especial – Pág 11 INCÊNDIOS EM CASAS SOMAM 77 EM SEIS MESES E BOMBEIROS CONSCIENTIZAM
  • 2. Seráquesomosmesmocatarinenses? Cerveja liberada Ministério Público Estadual teve negado concessãodeliminarparaquefosseimpedida a venda de bebidas alcoólicas nos estádios de futebol de Santa Catarina. O projeto de lei que autoriza a venda é de autoria do deputado estadual Manoel Mota (MDB), e foca, por óbvio, na comercialização de cerveja nos estádios. De acordo com o desembargador doTribunal de Justiça de Santa Catarina, Rui Fortes, os aludidos efeitos indesejados do consumo de bebidas alcoólicas independem do local onde o produto é consumido. Por conta disto, de acordo com o magistrado, não há sentido em se proibir a venda em um localespecífico.OMP,agora,ficanoaguardo do julgamento do mérito. De acordo com Mota, a venda de cerveja “não traz qualquer prejuízo a sociedade”. Conforme ele, “as pessoas vão aos estádios para assistir futebol, não para ficar bêbadas”. O parlamentar argu- menta ainda que a comercialização aquece a economia do Estado. Em vantagem Único prefeito da região que não possui um candidato de ponta ao Governo do Estado, chefe do executivo de Meleiro, Eder Matos, que é filiado ao PSB, diz que “o momento é apenasdeobservação”.Noquedizrespeitoaos demais 14 prefeitos de nossa região, cinco são filiados ao PSD, quatro ao MDB, três ao PP e dois ao PSDB, siglas que estão ligadas direta- mente à briga pela indicação de candidatos a governador ou a vice-governador do Estado, comvistasaopleitodeoutubro.“Denossaparte estamos vendo se sobra pelo menos uma vaga de candidatura ao Senado”, brinca Eder, que acaba tendo uma posição privilegiada diante do cenário estadual. É que em nível municipal ele está conseguindo angariar a simpatia de lideranças das mais diversas siglas partidárias. Comonãoteráaobrigação,necessariamente,de empunharbandeiradesteoudaquelecandidato ao governo, tem tudo para ficar de bem com todosospartidosemnívellocal,oquefacilitará composições em 2020, quando da disputa pelo executivo e legislativo municipais. ADVOCACIA EMPRESARIAL FONE: (48) 3533-0145 T enho acompanhado de perto os notici- ários estaduais nos últimos meses, liga- dos especialmente aos investimentos que o Governo do Estado tem feito em obras e ações de infraestrutura nas mais diversas regiões de Santa Catarina. De fato é de dar orgulho tudo o que vem sendo feito por empresas como a SCGás, Celesc, Casan, assim como pela Se- cretaria de Estado da Infraestrutura. Acapacidade que a gestão do gover- nador Raimundo Colombo (PSD) tem em atrair investimentos para nosso Estado, então, é de dar inveja. Com portos estruturados como o de São Francisco, Itajaí e Imbituba, aliados a BR 101 totalmente dupli- cada de Norte a Sul, de fato, não há empresário que não queira investir em nosso Estado. Principalmente porque temos energia e água de qua- lidade, além de acesso franco ao gás natural do gasoduto Brasil-Bolívia. Não à toa, os índices de desem- prego em Santa Catarina são baixís- simos, já que toda empresa de porte, por certo, quer se instalar em nosso Estado, como a BMW, que depois de mil ofertas de tudo quanto é parte do país optou pelo Norte catarinense. Um “pequeno” detalhe, no en- tanto, me incomoda nessa história toda. É que, em se tratando de inves- timentos de infraestrutura, e também de incentivos para que indústrias se instalem em nossa região, tenho a impressão de que não somos ca- tarinenses aqui no Extremo Sul do Estado. É que, simplesmente, estes benefícios não chegam até nós. Não se observa o menor esforço para que possamos ser recepcionistas de uma grande empresa nacional, até porque nem energia de qualidade temos. Só um grande empresário louco inves- tiria por aqui. Isto sem falar na falta de gás natural, e de uma malha viária intermunicipal no mínimo respeitá- vel. A que temos está servindo nos últimos tempos, mal e porcamente, para se andar de trator, e olhe lá. Aimpressão que se tem é a de que o Extremo Sul não existe para Santa Catarina. Somos uma espécie de ó do borogodó, e é muito provável que sejamos os grandes responsáveis por isto, já que só merece respeito quem se faz respeitar. Nos últimos anos foram raras as ocasiões em que fomos respeitados enquanto uni- dade integrante de Santa Catarina. Na grande maioria das vezes o que prevaleceu foi o escárnio, a puxada de tapete, o completo subjugamen- to de nossa região, exemplificado, por exemplo, pela paralisação das obras de pavimentação da Serra do Faxinal. Neste sentido, só faltaram nos dizer: Vocês são nada! Nosso Estado de fato é excep- cional. Todavia, parece faltar algo, e este algo deve ser uma placa, na divisa de Maracajá com Criciúma, dizendo: Bem Vindo a Santa Cata- rina. Pela metade Recursos que seriam destinados ao Fundam 2 podem ficar só pela metade. Inicialmente, governador Raimundo Colombo (PSD) pre- via conquistar cerca de R$ 1,5 bilhão junto ao BNDES, via financiamento, para investimen- tos em obras e ações. Intenção era destinar cerca de R$ 700 milhões para as 295 prefei- turas do Estado, e aplicar os outros R$ 800 milhões em obras gerenciadas pelo próprio governo.Ao longo dos últimos seis meses de negociaçõescomoGovernoFederal,opente- ado mudou bastante. Em princípio o BNDES está disposto a liberar apenas R$ 634 milhões para o governo catarinense. Diante dos fatos, Colombo tem três opções. Passar o dinheiro integralmente para as prefeituras, ficar com o dinheiro sob posse do governo estadual, gerenciando a integralidade dos recursos, ou dividir o que for conquistado junto ao BNDES, que é o que provavelmente acabará acontecendo. Por conta disto, é provável que o Fundam 2 vire Fundam Meio. Cordialidade CâmarasdeVereadoresdenossaregiãoretoma- ram suas atividades em grande maioria ontem, depois do recesso parlamentar de verão.Afora a já tradicional queda de braços que costuma marcaroreiníciodasatividadesemAraranguá, a grande novidade foi a abertura dos trabalhos legislativos em Sombrio, sob o comando do novo presidente, Fabiano Pinho (PSDB), que, em sendo vereador de situação, se aliou a oposição para chegar ao comando da Câmara, em eleição realizada no final de dezembro. O posicionamento de Fabiano, no entanto, tem sido para lá de cordial com o prefeito Zênio Cardoso (MDB), que participou da sessão legislativa de ontem, apresentando o Plano de Metas para 2018, expediente tradicional em Sombrio. Em princípio, Fabiano tem dito que a aliança com a situação foi pontual, e que continua sendo vereador de situação. O PP, no entanto,temseaproximadodele,vislumbrando umadobradinhapara2020,ondeotucano,pos- sivelmente,pudesseseencaixarcomocandidato a vice-prefeito de um progressista. Rolando Christian CoelhoRolando Christian Coelho JORNAL CORREIO DO SUL Terça-Feira, 6 de Fevereiro de 2018 rolando_coelho@hotmail.com (48) 99945.6787 POLÍTICA “O ódio ao PT nasceu antes do PT. Está no DNA da classe dominante brasileira, que historicamente derruba, pelas armas se for preciso, toda a ameaça ao seu domínio, seja está ameaça quem for”. Luis Fernando Veríssimo (1936) Escritor brasileiro
  • 3. 3Geral Jornal Correio do Sul Terça-Feira, 6 de Fevereiro de 2018 Já há seis meses, a Casa de Saúde Rio Maina, em Cri- ciúma, não atende mais pelo Sistema Único de Saúde. Os pacientes internados no local foram realocados e muitos deles receberam alta após uma reavaliação médica. Da cidade de Sombrio, dois internos não puderam ser liberados e agora, tem seus destinos indefinidos. Um deles é parente de Alori Nichele Rabelo. O caminho- neiro é tio de Jerri Adriano Monteiro, internado a cerca de 15anosnoRioMaina.Quando a notícia chegou à família, o impacto foi grande. “Nos preocupamos, procuramos a assistente social e nos avisa- ram da reavaliação para saber quem ganharia alta. Estamos aflitos. Foi de surpresa, o lugar estava aberto há muitos anos, e ali é perto para visitar, não temos condições de arcar com despesas particulares”, recla- maAlori.Afamília, inclusive, ajudava o hospital com cestas básicas, roupas de cama e outros objetos. No entanto, a situação, agora, é bem mais complicada. “Já levei colchão, coberta, várias coisas. E duas vezespormêsnósvisitávamos ele. Não temos condição ne- nhuma de pagar a diária, que é bem alta”, conta. Os proble- mas de Jerri são de nascença, e ele é agressivo, ameaçando a própria vida e a de outras pessoas, por isso, não pode ser reintegrado à sociedade. Ele ainda faz uso de muitos medicamentos e necessita de cuidados especiais. “Às vezes ele nos conhece, às vezes não. Ele não dorme, tira a roupa, acorda todo mundo. É bem difícil”, diz. O problema en- frentado por Alori e a família Preparando Pacientes sofrem incerteza no Rio Maina Objetivo também é manter transparência durante processo para contratação Alori(acima) e Maria, com o filho, sofrem com incerteza se assemelha ao que enfren- ta Maria Jacinta Rodrigues Godoy. O filho dela, Samuel Godoy Cardoso também tem problemas psiquiátricos, e costuma fugir de casa sem roupas, perturbar vizinhos e quase não articula palavras. A mãe já não sabe mais o que fazer. “Ele esteve internado há um ano no hospital e precisa de internação. O problema dele não tem mais volta e eu estou cansada. Sou eu que lido com ele e não aguento mais, pois já tenho meus próprios problemas de saúde”, argu- menta dona Maria, que mora no bairro Boa Esperança, em Sombrio, e esperava conse- guir um lugar para o filho do hospital Rio Maina. Porém, a decisão é definitiva e não há mais vagas gratuitas no local, que só atende particu- lar. “Já colocamos os nomes dos pacientes em espera para internação em um hospital em Florianópolis, que é o local mais próximo que tem esse tipo de atendimento”, explica Gislane Cunha, secretária de assistência social de Sombrio. Os pacientes que não rece- beram alta, permanecem no hospital, mas agora, têm suas despesas custeadas pela pre- feitura municipal. “São quase R$9 mil por mês, uma conta alta. A diária é cara, mas não há outra alternativa. Estamos em busca de vagas”, completa Gislane. Por enquanto, não há grandes novidades sobre o caso, e a situação se complica cada vez mais. Araranguá Sombrio/Criciúma Comissão se reúne para discutir novo edital do HRA U ma comissão formada pelo secretário exe- cutivo daAgência de Desen- volvimento Regional (ADR) de Araranguá, Heriberto Afonso Schmidt, a gerente regional de Saúde, Patrí- cia Gomes Jones Paladini, a secretária de Saúde de Araranguá, Evelyn Elias e a coordenadora da Comissão Intergestora Regional (CIR), secretária de Saúde de Tur- vo, Cleonice Lima Silvano, realizou uma reunião nesta segunda-feira, na sede da ADR, com o objetivo de discutir o edital de chama- mento para o próximo gestor do Hospital Regional de Araranguá. Durante a reunião, fo- ram discutidas sugestões para o novo edital que será lançado pela Secretaria de Estado da Saúde com vis- tas à contratação do novo administrador do HRA e da Policlínica Regional Sul, construída pelo Governo do Estado ao lado do Hospital. Esta Comissão debateu metas/plano operativo, com serviços a serem prestados, como consultas com espe- cialistas, cirurgias, exames, entre outros, que serão dis- cutidos com equipe técnica da Secretaria de Estado da Saúde em Florianópolis, nesta quarta-feira. “Esta- mos unindo esforços, para e juntos contribuir para que o novo edital contemple todas as ações importantes e necessárias ao bom funcio- namento do nosso Hospital Regional, tão importante para toda população do Sul”, disse o secretário executivo da ADR. A gerente Regional de Saúde, Patrícia Gomes Jones Paladini, lembra ain- da que outro objetivo é a transparência durante todo o processo, visando assim maior credibilidade. O contrato emergencial firmado no início do ano passado com o instituto Ide- as, que está administrando o hospital atualmente, deve terminar em junho.
  • 4. 4 PublicidadeJornal Correio do Sul Terça-Feira, 6 de Fevereiro de 2018
  • 5. 5Publicidade Jornal Correio do Sul Terça-Feira, 6 de Fevereiro de 2018
  • 6. 6 GeralJornal Correio do Sul Terça-Feira, 6 de Fevereiro de 2018 G.C.S LTDA - ME Comercial: l48l 3533.0870 comercial@grupocorreiodosul.com.br Diretor Geral diretor@grupocorreiodosul.com.br Redação: Aline Bauer editor@grupocorreiodosul.com.br Publicações legais: tomaz@grupocorreiodosul.com.br Financeiro financeiro@grupocorreiodosul.com.br Radio 93FM radio93fm@grupocorreiodosul.com.br Diagramação/Arte: Erivaldo Ferreira (Aldo) cristian@grupocorreiodosul.com.br Sul Gráfica sulgrafica@grupocorreiodosul.com.br Circulação/Assinatura l48l 3533.0870 assinaturas@grupocorreiodosul.com.br Dreveck fala de sua gestão O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Silvio Dreveck (PP), reuniu a imprensa da Capital ontem à tarde para fazer um balanço de sua gestão. Hoje, depois da mensagem de aber- tura do ano legislativo pelo governador Raimundo Colombo, ele vai renunciar à presidência da Casa, cumprindo o acordo feito ainda em 2016 de divisão do mandato com o MDB. Em seu lugar tomará posse o deputado Aldo Schneider, emedebista que representa o Alto Vale e o Vale do Itajaí no Legislativo estadual. Na apresentação sobre os resultados de seu trabalho, Dreveck destacou a deliberação sobre 94 vetos, alguns parados havia alguns anos, e a análise e votação de 436 projetos de lei com origem no Executivo, outros poderes ou nos pró- prios deputados estaduais. Ele falou ainda das ações para redução de custeio que resultaram na devolução de R$ 85 milhões para o Esta- do. Ainda assim, foi confrontado pela compra de um edifício de R$ 83 milhões que vai comportar a parte administrativa do poder. Ab- solutamente tranquilo, ele respondeu todas as questões, destacando, principalmente, que enquanto o pagamento de aluguel - R$ 2 milhões anuais com todos os imóveis locados atualmente para abrigar diferen- tes setores da Assembleia - é dinheiro público que vai e não volta, a compra do edifício se reverterá em aumento do patrimônio público. “Em época de crise você corta custeio, mas não investimentos”, de- fendeu, lamentando o uso político do episódio da aquisição. “Tudo foi feito de forma transparente e todos sabiam da decisão de comprar um prédio para substituir os locados”, afirmou. Investimentos A Berneck, uma das maiores fabricantes de painéis de madeira do país, assinará hoje à noite, em Lages, o protocolo de intenções com o governo do Estado para a instalação de uma unida- de no município. Será a segunda da em- presa em Santa Catarina. A primeira está em Curitibanos. “Este é um investimento importante para a região, que vai gerar aproximadamente mil empregos”, comen- tou o governador Raimundo Colombo. “A vinda da empresa para Lages foi um trabalho em conjunto, que iniciou há três anos”, revelou o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDS), Carlos Chiodini. O investimento será de R$ 800 milhões. A expansão A expansão da Berneck e da GM no estado, bem como a vinda da Parati, de produtos alimentícios, foram citadas pelo governador na entrevista ex- clusiva que concedeu à Coluna Pelo Esta- do. Para ele, são resultados da política de incentivos fiscais, por várias vezes critica- da na Assembleia Legislativa. A primei- ra parte da entrevista está na edição de hoje dos diários da rede CNR-SC/ADI-SC/ Central de Diários e ainda no SCPortais. Mais duas partes sairão nesta amanhã e na quinta-feira (8). Solução para MEIs Microempreen- dedores individuais (MEIs) e pequenas empresas já podem usar uma plataforma online para gerenciar pagamentos, aceitar cartões, emitir boletos e notas fiscais. É o que propõe uma parceria entre o Sebra- e-SC e a Asaas, de Joinville, que facilita o acesso ao serviço para quem não tem con- ta em banco. Quase 1 milhão de MEIs de- vem ser beneficiados em Santa Catarina. Missão PP Em uma rápida conversa à parte com a reportagem da Coluna Pelo Estado, Silvio Dreveck disse que seu sucessor, Aldo Schneider não deverá conduzir muitas votações polêmicas. A limpeza da pauta foi feita já em 2017 e, além disso, sendo 2018 um ano eleitoral, o calendário é mais restrito. Ele assumirá o cargo de vi- ce-presidente da Assembleia, cargo ocupado até hoje pelo emedebista. No entanto, já no dia 1º de fevereiro assumiu a presidência do PP, depois do pedido de li- cença do deputado federal Esperidião Amin, também por acordo. “Já programamos para o dia 26 uma reunião com os membros do Diretório estadual que deve confirmar o meu nome da presidência e o de Amin na vice. Vamos intensificar o trabalho conjunto e intensificar o trabalho que ele vinha fazendo e, evidentemente, por se tratar de um ano eleitoral, vamos fortalecer a nossa nominata de deputados estaduais e federais”, disse Dreveck. Internamente, no entanto, pode haver uma disputa. É que Amin ainda não saiu da disputa ao governo do Estado, que já comandou por duas vezes. Ainda que não fale abertamente, Dreveck mantém excelente relação política e pessoal com o deputado Gelson Merisio, presidente estadual do PSD e também pré- candidato ao governo. “Vamos consolidar o nosso projeto para as eleições 2018. O nosso propósito, homologado na convenção do PP de 21 de agosto do ano passado, é compor, tanto na chapa majoritária quanto na proporcional, com o PSD, com o PSB e com outros partidos que poderão integrar este projeto.” LuisGustavoDebiasi Por Andréa Leonora redacao@peloestado.com.br 06/Fev/2018 O e m p r e - sário e contador E l i a s Va l d e - mar Ribeiro voltou a fre- quentar o Rotary de Sombrio e logo assumiu a presidência do clube de serviço. A notí- cia seria corriqueira, se não representasse tanto para ele. Durante os últimos sete anos, Elias enfrentou uma grave depressão que o afas- tou de várias atividades. Agora, aos 59 anos, venceu a doença e aos poucos está retomando a vida. Saiu do pesadelo mais sábio e expe- riente sobre os verdadeiros valores da vida, e disposto a ajudar quem enfrenta o mesmo problema. “Quero dar palestras em clubes e outros locais onde possa auxiliar as pessoas. Muita gente está me procurando para falar sobre isso. Digo a elas que é possível seguir Sombrio Vitória Batalha vencida contra a depressão Elias chegou a se afastar das atividades que gostava, e hoje, retoma a vida, otimista adiante, mesmo a depressão não tendo cura”, conta. A crise surgiu em 2010, resultado de muito trabalho, correria, decepções, pro- blemas variados, que vão se acumulando até fazer a ‘bolha’ do equilíbrio mental estourar. Elias reconheceu que não estava conseguindo se reerguer sozinho, buscou ajuda profissional e passou a tomar vários medicamentos. Esse, porém, era o menor dos transtornos. “Eu passei dois anos sem dirigir, e mi- nha família não me deixava nunca sozinho, porque eu tinha pensamentos ruins, era capaz de fazer qualquer coisa pra não me sentir daquele jeito”, revela. O apoio da esposa Már- cia e dos filhos foi funda- mental na recuperação do empresário, que com eles foi aprendendo a mudar o estilo de vida. Aprender a dizer não foi uma das mu- danças importantes, assim como descobrir as situações que lhe fazem mal e passar a evitá-las. Aos poucos o equilíbrio foi voltando e em dezembro, num gesto simbó- lico, Elias decidiu abandonar a medicação. Desde então, está indo a uma psicóloga, conversa com outros depres- sivos e investe em qualidade de vida, com menos trabalho e menor tempo dedicado a tudo aquilo que considera sem importância. “Os pri- meiros quatro meses sem a medicação foram terríveis, mas melhorei e depois de tudo aconselho as pessoas a não deixar as mudanças na vida para amanhã, e façam coisas que as deixem bem, seja cuidar de plantas ou algo assim”, afirma. Ainda em recuperação, mas já de volta as suas ativi- dades normais, o empresário diz que deixou de ter muitas certezas, e ganhou outra: “a depressão é uma das coisas mais terríveis que já enfren- tei, não quero sentir isso nunca mais”.
  • 7. O ConselhodeMinistrosePastoresdoExtremo Sul Catarinense (Compesc) realizou neste último fim de semana a Noite Gospel. O evento aconteceu na Praça Central e contou com o envolvimento de diversas igrejas evangélicas que organizaram a noite com muitas apresentações artísticas e musicais. No sábado, quem subiu ao palco iniciando a noite de adora- ção à Jesus Cristo foi a banda do Compesc. Na sequência teve teatro e participação especial da cantora Loídi Lima, além de bandas da região. Uma das atrações elogiadas foi o show com André Teixeira que, com o ritmo gaúcho, louvou à Deus e en- volveu o público no momento de adoração. Ministros e pastores marcarampresença,alémdeautoridadesmunicipais.Houveuma bênção especial à cidade que contou com a expressão da fé e com a união de todos. Em nome do Compesc, o pastor Reinaldo Domingos agradeceu a presença do público, inclusive das au- toridades. O prefeito Juscelino da Silva Guimarães, o Mineiro, o secretário de administração e finanças, Felipe Keller, e o secre- tário de turismo, Beto Costa, e a assessora de im- prensa, Bianca Goulart recebe- ram uma peça artesanal representando a Arca da Aliança – que representa a presença de Deus. Uma forma de agradecimento feita pelo Compesc. A Noite Gospel foi prestigiada por centenas de pessoas na Praça Central. "Obrigado a todos os colaboradores, autoridades, pastores e todos aqueles que se fizeram presentes neste grande momento", enfatizou o pastor Reinaldo. Esta foi a primeira edição do evento realizado pelo Compesc. A ideia é realizar novas edições da Noite Gospel na cidade. JORNAL CORREIO DO SUL Terça-Feira, 6 de Fevereiro de 2018 Férias é tempo de diversão, tomar banho de mangueira e ser criança como ela realmente deve ser: livre e feliz!Presidente da Associação de Moradores do Bairro Lagoa da Serra, Carlson Simon Rovaris, solicitando lombada e trevo para a localidade, na SC 447, em Araranguá “Quase diariamente acontecem acidentes no local. Somente este ano já foram 18, felizmente apenas com danos materiais. O tráfego é intenso no local principalmente no verão” Noite Gospel reúne centenas de pessoas O governador Raimundo Colombo enviou para a As- sembleiaLegislativa,emregimedeurgência,oprojetodelei complementarquereajustaopisoregionaldeSantaCatarina em 2,95% nas quatro faixas salariais. O projeto prevê que o reajuste seja aplicado retroativamente a 1º de janeiro de 2018. A tramitação deverá ter início nesta semana com o retorno das sessões dos parlamentares estaduais. Odocumentocomapropostadealteraçãodaleifoirece- bidopelovice-governadorEduardoPinhoMoreiraem25de janeiro, quando estava no exercício do cargo de governador, das mãos dos presidentes da Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (Fiesc), Glauco José Côrte, e da Federação dos Trabalhadores no Comércio do Estado de Santa Catarina (Fecesc), Ivo Castanheira. Saiba mais informações e os novos valores em nosso site, www.grupocorreiodosul.com.br. Aexperiência de substituir o titular na Prefeitura de Maracajá não é novidade para o vice-prefeitoAdemir de Oliveira, que em janeiro respondeu pelo cargo, enquanto o prefeitoArlindo Rocha entrou em férias. Ele já tinha ocupado o posto nos oito anos em que foi vice-prefeito deAntenor Rocha, mas neste ano, passado umperíododemaisdeumadécada,notoudiferenças.Nãoapenas nas rotinas administrativas e legais, mas sobretudo no modelo de gestão implementado. "Em primeiro lugar, efetivamente, foi um período de con- tinuidade por dois motivos; a equipe de governo está afinada, determinada, com projetos bem elaborados e em desenvolvi- mento, além das rotinas administrativas estarem bem definidas e, também, pela presença do prefeitoArlindo Rocha, que estava em férias, mas se fez presente em momentos de necessidade de debates para decisões coletivas", avalia Ademir de Oliveira, ao devolver o cargo ao prefeito, na última quinta-feira, primeiro dia de fevereiro. Ademir, que neste período visitou obras, decidiu encaminha- mentos políticos e administrativos necessários, ficou satisfeito com a nova realidade do gestor municipal. "Como fizemos uma campanha que serviu de compromissos assumidos com a trans- parência, fim dos privilégios, discriminações e favorecimentos políticos, foram eliminados vícios que estavam muito presentes naculturapopular;ostempossãooutros",resumeovice-prefeito, que teve mais um motivo para comemorar: em seu período de gestão os cofres municipais tinham recursos para garantir as necessidades do município, sem sobressaltos. Vice avalia dias à frente da prefeitura Governo de SC encaminha projeto de reajuste para piso regional
  • 8. EntretenimentoEntretenimentoNovelas - Horóscopo - Diversão Cruzadinha Novelas M aria Vitória e Vicente não se preocupam quando ficam saben- do que Inácio está em Mor- ros Verdes. Lucinda deixa um envelope para José Augusto no hotel. Celina não conta a Alzira que assumiu a dívida pelo desfalque no caixa da sociedade. Tereza relata a Inácio e Izabel a con- versa que ouviu entre Vasco e Delfina. Lucas passeia com Angélica pela aldeia. Henriqueta questiona Inácio sobre a volta de Maria Vitória. Tereza esconde de Delfina o papel com o telefone da pensão de Nicota. Tempo de Amar -18h C ássio recomenda que Rodolfo use a quantia dos impostos arreca- dados para melhorias na pastagem, mas o rei prefere usá-la no seu casamento. Afonso e Rodolfo se casam no mesmo dia, em Monte- mor eArtena respectivamen- te. Lucrécia revela a Rodolfo que não gostou de Catarina. Virgílio observa de longe a festa de casamento deAmália e Afonso. Lucrécia flagra Rodolfo próximo a Catarina, pronto para beijar a princesa. G ustavo desconside- ra as alegações de Patrick e concede a guarda de Tomaz somente a Sophia. Elizabeth/Duda afir- ma a Clara que o acidente de Raquel foi premeditado. Gael discute com Sophia. Lívia conta a Tomaz sobre a decisão do juiz. Elizabeth/Duda procura Sophia e exige visitar Tomaz. Gael vai falar com Clara. Rafael conversa com Bruno depois da cirurgia de Raquel. Nádia comemora a vitória de Sophia. Desirée leva seu cliente para enganar Juvenal e se vangloria para as meninas do bordel. OOutroLadodoParaíso-21h Deus Salve o Rei -19h Rapidinhas Áries 21/03 a 20/04 21/04 a 20/05 21/05 a 20/06 21/06 a 20/07 21/07 a 20/08 21/08 a 20/09 21/09 a 20/10 21/10 a 20/11 21/11 a 20/12 21/12 a 20/01 21/01 a 20/02 21/02 a 20/03 Leão HoróscopoHoróscopo Sagitário Gêmeos Libra Aquário Touro O seu dinamismo poderá estar comprometido devido o envolvimento da sua constelação com Vênus. Não obstante o aspecto agressivo pode complicar o seu desenvolvimento profissional. Busque em peixes essa compreensão. Se entregará hoje a um propósito mais ligado ao bem material. Será uma oscilação entre Mercúrio e Marte.Aestética das coisas o deixará um pouco inquieto. Pois irá aflorar o seu sentido mais artístico e de padrão de beleza. Não terá grandes problemas ligados a sua per- sonalidade hoje. Estará em melhor sintonia com Aquário. Sua constelação estará em equilíbrio com Marte elevando um pouco mais essa aproximação. Não esquecendo da relação com o Ar. Seu estado emocional sofrerá oscilações durante o dia. A medida que você vai estreitando laços com Capricórnio, irá estabilizar. Se cuidadoso naquilo que irá abordar com Capricórnio para não voltar a tornar situação instável. Tomará algumas atitudes de forma equivocada por causa de seu orgulho. Se sentirá seguro, porém sem enxergar o quadro todo. Mercúrio é principal planeta que converge de forma negativa para esta questão. Será mais preciso em sua avaliação sobre determinadas pessoas. Principalmente com as pessoas de peixes. Que até por sinal terá uma certa simbiose. Seu metodismo pode atrapalhar um pouco a abertura de espaço. Irá se relacionar tão bem com touro que estará ainda mais em sentido de equilíbrio. Além disso o seu poder de manipulação virá a calhar, pois Saturno e o Sol estarão em crise. Porém Saturno se mostrará mais eficiente. Seu olhar penetrante causará impacto em outras pessoas. Estará com instinto de conquista pro- fundo. A Lua causará um certo stress devido ao seu desejo de vingança. Lembre-se que cultuar a amizade é algo bom e de longo prazo. Um ato exagerado pode complicar o andamento do seu dia. Seus quadris lhe trarão um pouco mais de mobilidade. Não obstante Plutão pode te levar para baixo devido a baixa atividade de Vênus em sua constelação. Deve apresentar ao longo do dia um sentimento mais pessimista do que o habitual. Isso acontece por causa da Lua.Arelação com o signo de câncer pode ajudar a melhorar essa situação. Pois marte para o signo de câncer será positiva. Estará um pouco mais excêntrico apresentando alguma indisposição em relação a algumas pes- soas. Apesar disso as pessoas ainda tendem a se aproximar de você, devido ao seu apega em ajudar muito as pessoas amigas. A melancolia será afastada durante todo o dia. Áries lhe deixará um pouco estressado e descon- fortável. Mas a Lua não deixará este importuno lhe assolar tanto. Tende a valorizar as ações também de sagitário. Virgem Capricórnio Câncer Escorpião Peixes A segunda-feira começou com muitos ca- dernos, lápis de cor e afins na família de Luana Piovan e Pedro Scooby.Tudo porque é dia de Dom (5) e seus irmãos gêmeos, Bem e Liz (2) irem para a escola.Na legenda da imagem, a mamãe, toda orgulhosa, escreveu:“Isso sim é um dia inesquecível #guentacoracao #amordemae #ubuntu #gratidao Nossas preciosidades indo pra escola #bempaulnewman #meubolotatranscende #meulaçodefita”.O post já ganhou mais de 13 mil curtidas e muitos comentários como “Família linda”, “Adoro essa família”, “Nossa a princesa é sua cópia”, falando da semelhança de Liz com a mamãe. Como uma das atrações de sua festa de 26 anos, que aconteceu, aliás, no último domingo (4), em Paris, Neymar Jr. escolheu ninguém mais, ninguém menos que um de seus amigos famosos brasileiros, Alok. Com um setlist incrível, cheio de sucesso como Hear Me Now e a atual Big Jet Plane, o mundialmente renomado DJ comandou a pista de dança e colocou famosos como Sasha, Giovanna Ewbank, Bruna Marquezine, Maluma e Luciano Huck para se divertir. JORNAL CORREIO DO SUL Terça-Feira, 6 de Fevereiro de 2018
  • 9. TÂNIA DUARTE JORNAL CORREIO DO SUL Terça-Feira, 6 de Fevereiro de 2018 48 3533.0762 Escolha das soberanas da Arrancada de Caminhões A 28ª edição da Arrancada de Caminhões em Balneário Arroio do Silva acontece nos dias 22 a 25 de fevereiro. Enquanto a organizaçãopreparaosdetalhesea programação deste grande evento, o município abre as inscrições para o concurso que irá eleger a Rainha e as Princesas da XXVIIIArrancada de Caminhões. Garotas com idades entre 18 a 35 anos podem se inscrever para concorrer ao título de soberana. Maiores informações através dos telefones: (48)3526- 1445 (Prefeitura), (48) 3522-1602 ou 9.9985-3473 (Jucilene). As inscrições encerram no dia 15 de fevereiro.Aescolha das soberanas acontece no dia 23 de fevereiro. Carnarroio 2018 A Administração Municipal de Balneário Arroio do Silva está preparando mais uma grande edição do tradicional Carnarroio – o maior carnaval de rua da região sul. Os dias de folia acontecem a partir de sexta (9), com o grito de carnaval e segue até terça (13). As crianças terão programação especial na quadra central nas tardes de domingo (11), e terça (13). O auge do Carnarroio é o tradicional desfile da escola de samba e dos blocos carnavalescos que acontece na Avenida Getúlio Vargas, no Centro. No domingo de carnaval a Escola de Samba Unidos do Arroio entra na avenida homenageando Abrahao Paes Filho e a cervejaria Saint Bier com o tema: Viva a Saint Bier e o menino sonhador. O desfile conta também com a alegria dos blocos independentes e a participação de centenas de foliões. tania@grupocorreiodosul.com.br facebook.com/tania.duartecoelho SocialSocial Ivete Rodrigues da Revista Sul Fashion é a aniversariante de amanhã (7). Parabéns!!! Entre os dias 25 a 28 de janeiro, a Cooperja participou da 10ª Festa Nacional do Abacaxi, na comunidade de Balneário Santa Rita de Cássia, município de Terra de Areia, Rio Grande do Sul. Com um stande onde apresentou todo o portfólio da Loja Agropecuária Cooperja instalada naquela cidade, recebeu associados, clientes e visitantes da Festa. Ivo Humberto Alfaiataria recebeu o troféu Fama de melhor no ano de 2017. Parabéns! Leandro Rodrigues da 93 FM, esteve de aniversário ontem (5). Parabéns!!! A Reabilitar Fisioterapia e sua equipe, a fisioterapeuta Gizele Micheletto , Natalia Supp, nutricionista Andreia Eberhardt e Daniel Micheletto receberam mais uma vez o troféu Fama 2018 melhor clínica de fisioterapia Sombrio e região do ano. Parabéns!!!
  • 10. 10 VerãoJornal Correio do Sul Terça-Feira, 6 de Fevereiro de 2018 Musas da Estação Beleza: Eleitas as musas do Caverá Verão 2018 A beleza estonteante de lindas meninas vindas de várias cidades da região Sul do estado, coloriu ainda mais o Caverá Country Park na tarde de domingo. O concurso de beleza Garota Caverá Ve- rão 2018 atraiu bom público ao maior parque aquático de Santa Catarina. O evento organizado pela Performance Comuni- cação contou com a participação de representantes de nove cidades e os jurados tiveram a árdua tarefa de eleger a representante da beleza da mulher catarinen- se. Presidido pela Primeira Dama deAraranguá,Alice Aguiar, o corpo de jurados teve ainda a participação da jornalista Gislaine Fontoura, do Correio do Sul, da apresentadora Jomara Dessuy, da estilista Maíra Destro, da colunista social Margareth Silva, do empre- sário Giovani Bartt e da Garota Caverá 2017 Daniella Darós que se passou a faixa a sua sucessora após o desfile de despedida sob os aplausos do público. O evento de escolha foi realizado tendo o Caverá como cenário e na beira da piscina. As torcidas vibra- ram ao ver todas as candidatas na passarela. Foi escolhida Garota Caverá Verão 2018, a meleirense Aline Marcelino da Rocha, de 17 anos. Larissa Bristot também de Meleiro é a 1ª Princesa e Wiliana Angelo, de Araranguá foi escolhida 2ª Princesa. A musa da estação As garotas que agora são as musas da estação, receberam como prêmio, além de faixa e flores, brindes e prêmios. A Garota Caverá Verão 2018 terá seu rosto estampado em revistas, jornais, outdoors e folheteria. Fotos: David Cardoso Araranguá
  • 11. 77 Bombeiros falam sobre incêndios em residências S etenta e sete. Este é o número de incêndios em residências regis- trados nos últimos seis meses na região. Foram 77 casas total ou parcialmente destruídas pela ação do fogo que foram causadas, de acordo com o Sar- gento Jonatas do SantosTrajano, sub-comandante do Corpo de Bombeiros de Sombrio, e o Tenente EricGomesVamerlati,comandantedamesmauni- dade, uma única coisa. “Ação humana”, sentencia o comandante. “Direta ou indiretamente. Quando se deixa o ferro ligado, ou instalação irregular do gás de cozinha, equipamentos elétricos antigos, fiação elétrica inadequada que não passa por uma revisão e se sobrecarrega no verão, essas são ações indiretas. As diretas são incêndios criminosos”, explica o sargento. E mesmo que os donos da casa sejam bastante cuidadosos, as chances de uma chama se acender ainda existe. Uma grande causadora de incêndios está dentro da maioria das casas. “Máquina de lavar automática.Apessoa sai de casa e deixa a máquina trabalhando sozinha. Há uma sobrecarga e ela aquece. Isso pode causar um incêndio”, completao Sargento Jonatas.Apesar de haverem tantos casos, os bombeiros dizem que os incêndios acontecem o ano inteiro, aumentando um pouco mais no verão. “Temos que levar em consideração o aumento populacional, aumento de consumo de energia elétrica e de gás, além de mais pessoas na região. Isso faz diferença nas estatísticas”, continua o sub-comandante. Sobre os incêndios criminosos, o tenente Vamerlati diz que os bombeiros não possuem índices sobre o assunto. “Na nossa inspeção nós apenas alegamos a causa.Ainvestigação fica por conta do Instituto Geral de Perícias. Mas em casa abandonadas, muitas pessoas se reúnem para usar drogas, e isso pode gerar incêndios também”, alerta. As causas que podem levar a pequenas faíscas e depois à destruição, são inúmeras, mas há apenas um modo de evitar não só as perdas materiais, mas a possibilidade de uma tragédia. “É preciso passar a responsabilidade para quem de fato compete, chamando eletricistas, por exemplo para resolver as situações de forma correta. A informação está maisàmostra,maisacessível,eporissoaspessoas conseguem ver mais o que é certo e errado. Nós trabalhamos muito a prevenção, damos cursos, palestras.Agente faz tudo o que pode, com o que tem, mas o que é preciso é mais responsabilidade”, conclui. Aline Bauer - Região 11Especial JORNAL CORREIO DO SUL Terça-Feira, 6 de Fevereiro de 2018 Superando Márcia Silveira Martins foi uma das vítimas dos incêndios em residências. Ela, o marido e dois filhos moram perto da casa dos sogros, em Santa Fé, interior de Sombrio, onde é agricultora. Em vinte minutos, a casa de madeira dos sonhos de Márcia virou cinzas. Fotos, documentos, os ursos do filho, o material escolar da filha, absolutamente tudo o que a família tinha foi consumido pelas chamas, causadas, de acordo com um perito, pela explosão da geladeira. Ela diz que não se abateu muito, por que perdeu um sobrinho com câncer em 2017 e a família ainda sente o luto. “A gente aprende a valori- zar o que tem valor”, diz. A aflição de Márcia também ocorreu ao lembrar que, durante toda a tarde daquela quarta-feira, os filhos brincaram na cozinha, bem ao lado da geladeira. Acompanhe o depoimento dela sobre o incêndio. 22 de novembro “Foi um dia normal, meu marido saiu de manhã, almoçou em casa, entreguei amora à tarde, desbrotei maracujá. À noite íamos jantar na minha sogra na praia e acabamos nos atra- sando. Por pouco nós não saímos naquele dia. Mas como já estavam com a janta pronta nos esperando, acabamos indo. Chegamos às 9h40min da noite na minha sogra e jantamos. Quando eram 22h10min, minha cunhada me ligou, pedindo que eu fosse para casa. O meu pai tinha vindo atender a uma vaca em trabalho de parto aqui em casa, e eu pensei que talvez ela estivesse assustada com luzes acesas ali. Depois de muito insistir, ela me disse ‘A casa de vocês está pegando fogo’.Agente vinha vindo na aflição, pensando o que eu tinha deixado na tomada. Era a jarra elétrica, geladeira, ar condicionado e roteador. Coisas poucas, na verdade. Eu tinha feito almoço no fogão a lenha na varanda, imaginei que pudesse ser isso. Eu não me desesperei, acho que Deus me deu um consolo muito grande. Pensei na minha sogra, nas crianças, e no que aconteceu com o nosso sobrinho. Eu dizia que a gente trabalhava e reconquistava todas as coisas. Acho que nem assimila as coisas direito. Ao chegar ali, não tinha nada. Nem meio metro de parede, nada. Eu não tinha nada nem para ficar no paiol. Tinha que pensar onde ficar. Como a minha sogra estava na praia, ficamos na casa dela aqui. A gente nem sabe o que fazer no início. No outro dia começaram a ajudar, a vir as coisas. Me surpreendeu muito a quantidade de ajuda que recebemos, o carinho das pessoas. Eu não canso de agradecer por tudo e a todos. Foi incrível a quantidade de ajuda que recebemos. E logo vamos começar a construir a casa nova. Não sobra nada, mas a gente não abaixa a cabeça”. Araranguá - 23 ocorrências Baln. Arroio do Silva - 9 ocorrências Baln. Gaivota - 8 ocorrências Ermo - 3 ocorrências Maracajá - 3 ocorrências Passo de Torres - 4 ocorrências 77 ocorrências de 01/08/2017 a 31/01/2018 Praia Grande - 6 ocorrências Santa Rosa do Sul - 4 ocorrências São João do Sul - 2 ocorrências Sombrio - 11 ocorrências Timbé do Sul - 3 ocorrências Turvo - 1 ocorrências
  • 12. 12 PublicidadeJORNAL CORREIO DO SUL Terça-Feira, 6 de Fevereiro de 2018
  • 13. 13Publicações Legais Jornal Correio do Sul Terça-Feira, 6 de Fevereiro de 2018 EDITAL DE INTIMAÇÃO ARLINDO EDÍLIO DA ROSA, Titular do TABELIONATO DE NOTAS E PROTESTOS DE TÍTULOS desta Comarca de Sombrio, situado naAv. Nereu Ramos, 1300 - Fone (48) 3533-0318 - CEP88960-000, atendimento das 08:00h - 12:00h e 14:00h - 18:00h, faz saber na forma da Lei aos que o presente EDITAL virem, que se encontram nesse tabelionato para serem protestados, decorrido o prazo legal de 03 (três) dias úteis, por não terem sido encontrados nos endereços fornecidos, ou por se recusarem a tomar conhecimento, os títulos cujos responsáveis estão abaixo discriminados. Ficam esclarecidos, também, de que nesse mesmo prazo poderão apresentar resposta escrita, que não impedirá a lavratura do protesto. PROT. ......................................................................APRESENTANTE / CNPJ DEVEDOR / CNPJ Prot:165727;Devedor(es):ALEXANDREGOLDANI-775.906.780-15,End:RuaK,1233,BalnearioGaivota;Tip:Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: NOVA GAIVOTA COBRANCAS E ZELADORIA LTDA - ME; Sac: NOVA GAIVOTA COBRANCAS E ZELADORIA LTDA - ME; Tit: 826 ; Apr: FCDL; VEN: 11/06/2017; Esp: Duplicata Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 2.350,00 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 106,00. Apontamento R$ 17,00 - Selo R$ 1,90 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 52,20 - Condução R$ 36,80 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 106,00. Prot:165729;Devedor(es):ALEXANDREGOLDANI-775.906.780-15,End:RuaK,1233,BalnearioGaivota;Tip:Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: NOVA GAIVOTA COBRANCAS E ZELADORIA LTDA - ME; Sac: NOVA GAIVOTA COBRANCAS E ZELADORIA LTDA - ME; Tit: 826 ; Apr: FCDL; VEN: 11/11/2017; Esp: Duplicata Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 793,09 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 93,15. Apontamento R$ 17,00 - Selo R$ 1,90 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 52,20 - Condução R$ 23,95 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 93,15. Prot:165696;Devedor(es):SERGIORAMONMARTINEZ-005.690.509-28,End:AvenidaGetúlioVargas,327,Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: UNIVERSITARIO TORRES; Sac: UNIVERSITARIO TORRES; Tit: 2017036/010 ;Apr: CAIXAECONÔMICAFEDERAL; VEN: 15/01/2018; Esp: Duplicata Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 392,00 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 58,08. Apontamento R$ 17,00 - Selo R$ 1,90 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 34,00 - Condução R$ 7,08 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 58,08. Certifico, para os devidos fins, que o presente edital foi afixado no mural da serventia em: 06/02/2018. Sombrio - SC, 06/02/2018 ARLI ANTONIO SOUZA DA ROSA Escrevente Substituto ESTADO DE SANTA CATARINA FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE DE MELEIRO AVISO DE LICITAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL N.º 003/2018 O FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE DE MELEIRO torna público para conhecimento dos interessados que no dia 22/02/2018, às 14:00 horas estará realizando a reunião de recebimento das propostas do PREGÃO PRESENCIALN.º 003/2018,temporobjetivooCONTRATAÇÃODESERVIÇOSMÉDICODEPRONTOATENDIMENTOEMERGENCIAL E URGENCIAL24 HORAS POR DIA, INCLUINDO DISPONIBILIZAÇÃO DE LOCALFÍSICOADEQUADO, VISANDO O ATENDIMENTO A POPULAÇÃO DO MUNICÍPIO DE MELEIRO, CONFORME ESPECIFICAÇÕES NO ANEXO I - TERMO DE REFERÊNCIA DO EDITAL. A integra do Edital e maiores informações poderão ser obtidas na Prefeitura Municipal de Meleiro, sito a Rua Sete de Setembro, nº 371 – Meleiro/SC, no horário das 7:00 às 13:00 horas, de Segunda a Sexta-Feira ou pelo fone 048- 3537-8400. A retirada do Edital poderá ser feita no endereço acima citado ou através do site HYPERLINK “http:// www.meleiro.sc.gov.br” www.meleiro.sc.gov.br . Meleiro/SC, 05 de fevereiro de 2018. EDER MATTOS Prefeito Municipal ESTADO DE SANTA CATARINA MUNICÍPIO DE SÃO JOÃO DO SUL DECRETO Nº. 012 DE 05 DE FEVEREIRO DE 2017 “Nomeia Leiloeiro Oficial para conduzir certame do leilão e, dá outras providências”. MOACIR FRANCISCO TEIXEIRA, Prefeito Municipal de São João do Sul, Estado de Santa Catarina, no uso de suas atribuições legais e de acordo com o Decreto nº 21.981 de 19 de outubro 1932, com a Lei Federal nº. 8.666/93 e suas alteações, Considerando a necessidade de alienar, através de leilão e de acordo com a legislação vigente, bens móveis de propriedade do município e que se encontram em diferentes estados de conservação, anti-econômico, inservíveis, irrecuperáveis, ou reaproveitáveis por terceiros, medida esta de relevante interesse público, DECRETA: Art. 1º - Fica nomeado o Sr. ULISSES DONIZETE RAMOS, brasileiro, casado, com escritório na Rua Nepal, n.º 910, bairro Nações, na cidade de Balneário Camboriú/SC, matriculado na Junta Comercial do Estado de Santa Catarina – JUCESC, sob o nº AARC/309 e FAESC - 041, como Leiloeiro convidado devido a sua notória experiência, para proceder a Leilão Público de Bens do Patrimônio Público Municipal a ser realizado no dia 27 de fevereiro de 2018. Art. 2º - O leiloeiro está rigorosamente em dia com suas obrigações e nada receberá da Prefeitura pelos serviços prestados. Art. 3º - O Leiloeiro realizará o leilão com estrita observância da Lei das Licitações n.º 8.666/93 e, suas alterações e de acordo com o próprio Edital do certame. Art. 4º - Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação. Gabinete do Prefeito Municipal de São João do Sul, em 05 de fevereiro de 2018. MOACIR FRANCISCO TEIXEIRA Prefeito Municipal Publicado e registrado nesta Secretaria aos cinco dias do mês de fevereiro do ano de dois mil e dezoito. TAISE DOS SANTOS ALVES Secretária Municipal de Administração e Finanças OFÍCIO DE REGISTRO DE IMÓVEIS DA COMARCA DE SOMBRIO/SC EDITAL DE LOTEAMENTO Raquel Lemos da Costa Amorim, Oficial Titular do Ofício de Registro de Imóveis da Comarca de Sombrio, Estado de Santa Catarina, na forma da Lei, FAZ PÚBLICO, para ciência dos interessados, em cumprimento ao disposto no artigo 19, § 3º da Lei 6.766 de 19/12/1979, que o proprietário, MUNICÍPIO DE SOMBRIO, inscrito no CNPJ 82.963.216/0001-17, com sede na Avenida Nereu Ramos, número 61, Centro, Sombrio/SC, representado por seu Prefeito Municipal, Sr. Zênio Cardoso inscrito no CPF 018.387.259-20, depositou, nesta serventia, o projeto e demais documentos exigidos por lei para registro do “LOTEAMENTO VIDA NOVA”, referente ao imóvel situado no perímetro urbano do Município de Sombrio, no Bairro Januária com a área de 15.521,00m², matriculado sob nº 58.256, do Livro 2-Registro Geral, desta Serventia. Conforme projeto aprovado sob número 488, em 24/11/2017, pela Prefeitura do Município de Sombrio, o loteamento será composto por 37 (trinta e sete) lotes urbanos, 01 (uma) Área Verde localizada na quadra 116; 04 (quatro) Áreas de Utilidade Pública, localizadas na quadra 101; e 05 (cinco) vias públicas, conforme croqui abaixo exposto. O loteamento foi licenciado pelo órgão ambiental FATMA – Fundação do Meio Ambiente, conforme Licença Ambiental de Operação - LAO número 8445/2016, datada de 07/11/2016, e examinado, com parecer favorável do representante do Ministério Público do Estado de Santa Catarina/SC, em 08/01/2018. Eventuais impugnações ao registro do loteamento deverão ser apresentadas no Ofício de Registro de Imóveis da Comarca de Sombrio, localizado na Avenida Nereu Ramos, nº 418, Centro, 4º andar do Edifício Centro Profissional de Santa Catarina, Sombrio/SC, durante o horário de expediente, dentro do prazo legal de 15 (quinze) dias, a contar da data da última publicação deste edital, o qual será publicado em 3 (três) dias consecutivos. Não havendo impugnações, será feito de imediato o registro do loteamento.
  • 14. 14 GeralJornal Correio do Sul Terça-Feira, 6 de Fevereiro de 2018 Violentos Assaltantes teriam batido nas vítimas, antes de furar os pneus dos carros e fugir Suspeitos de assalto são presos em operação da Polícia Civil Na tarde desta se- gunda-feira, agentes da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Ara- ranguá, coordenados pelo delegado Lucas Fernandes da Rosa, recuperaram três motocicletas, duas Honda CG 125 FAN e uma Honda CG Titan 150, que haviam sido desviadas do pátio de uma permissionária de serviço de guincho, loca- lizada no bairro Operária, em Araranguá. Segundo o delegado, os policiais da DIC rece- beram a informação de que um funcionário da empresa de guincho havia desviado as motocicletas para a casa de um compar- sa e se deslocaram para o local. “Em conversa com o homem, o mesmo nos relatou que o funcionário, tinha uma dívida com ele e, por isso, o entregou as três motos, como forma de pagamento ou como forma de garantia que a dívida seria paga. Já o funcio- nário alegou o contrário, disse que estava transpor- tando as motos, quando foi abordado pelo homem, sendo forçado a entregá- -las”, disse a autoridade policial. Diante dos fatos, um procedimento foi instau- rado pela DIC, para apurar os fatos, sendo que o pro- prietário da casa onde as motos foram encontradas será investigado, por re- ceptação e o funcionário Por volta das 22 horas deste domingo, uma tentativa de homicídio foi registrada, na Cohab do bairro Arapon- gas, em Araranguá. A Polí- cia Militar recebeu ligações informando o crime e várias viaturas se deslocaram para o local, no entanto a vítima, um N a madrugada do domingo, dia 4, por volta das 4 horas, na localidade de Passo Magnos, em São João do Sul, um casal de 24 e 25 anos e um adolescente de 16 anos foram rendidos por dois homens armados e encapuzados, que usaram de muita violência para assaltar as vítimas. Segundo as informações relatadas pelas vítimas para a Polícia Civil, foram momen- tos de terror, onde os bandidos colocavam arma na boca das vítimas, dando coronhadas e as agredindo verbal e fisica- mente. Os bandidos roubaram DIC recupera motos desviadas de empresa de guincho Homem é baleado e socorrido por amigos da permissionária, por dis- por de coisa alheia como própria. As motos foram jovem de 20 anos, já havia sido socorrida por amigos. Assim que a vítima deu en- trada no Hospital Regional de Araranguá (HRA), a PM foi comunicada e uma guarnição foi à unidade. De acordo com infor- mações da PM, ocorreu uma briga, em frente a um bar da comunidade, e o atirador fu- giu a pé, após efetuar vários vários televisores da casa, além de pertences pessoais e uma determinada quantia em dinheiro não especificada. Antes de fugir, os criminosos furaram os pneus dos veículos das vítimas. A Polícia Civil de Som- brio, ainda na noite do crime, iniciou uma investigação re- alizando várias diligências em busca de informações que levaram a informações sobre os suspeitos. Ao tomar conhecimento das informa- ções, buscas foram iniciadas pela Polícia na localidade de Sanga da Madeira, em Pas- so de Torres. Em uma ação conjunta, unidades da Polícia Civil da região foram até o local, encontrando os homens entregues ao proprietário da empresa de guincho, de onde foram desviadas. disparos de arma de fogo. Os militares montaram um cerco, entretanto o suspeito de ter efetuado os disparos não foi localizado. Também, segundo a PM, a vítima, em princípio foi atingida por dois disparos de arma de fogo, na região do tórax. O jovem estava cons- ciente e afirmou aos policiais, não saber quem atentou contra sua vida. suspeitos e em revista na resi- dência onde estavam, foram encontrados os pertences das vítimas de São João do Sul. Os dois homens foram presos e conduzidos pera delegacia da Polícia Civil de Passo de Torres, de onde foram posteriormente condu- zidos para o sistema prisional de Santa Catarina. A ação que levou à prisão dos dois suspeitos teve a participação de policiais civis de Sombrio, Santa Rosa do Sul, São João do Sul e Praia Grande. Ainda segundo a Polícia, devido à ação violenta dos bandidos, as três vítimas ainda estão em estado de choque.Ainvestiga- ção ainda continua buscando mais envolvidos. Gislaine Fontoura Araranguá Gislaine Fontoura Araranguá São João do Sul Passo de Torres
  • 15. 15Geral Jornal Correio do Sul Terça-Feira, 6 de Fevereiro de 2018 Final Triste Animal já tinha sido salvo por banhistas no fim de semana, mas acabou morrendo pouco tempo depois Baleia encontrada no Morro dos Conventos não sobrevive RONDA POLICIAL - Por volta das 16h de sexta-feira, uma guarnição da Polícia Militar deAraranguá foi acio- nada para verificar um homem que estaria tentando vender um computador no centro do município. Após rondas, os policiais realizaram a abordagem do homem e em sua posse encontraram o computador envolto em lençóis.Ao ligarem o aparelho, restou constatado que era de propriedade da unidade de saúde do bairro Coloninha, que havia sido alvo de furto dias atrás. O homem recebeu voz de prisão e foi encaminhado à central de polícia juntamente com o objeto recuperado. O homem já é conhecido do meio policial e possuía diversas passagens por furto. - Também na sexta-feira, por volta das 22h30min, uma guarnição da PM de Araranguá foi chamada para verificar um homem que estaria empurrando uma bicicleta com a ronda traseira erguida, dando a impressão de que a roda estava cadeada. Conforme a denúncia, o homem ao ser percebido abandonou a bicicleta e tomou outra direção. Imediatamente, as guarnições policiais iniciaram as rondas e localizaram o homem, sendo que este con- fessou que havia furtado a bicicleta de um edifício localizado no centro do município. O homem recebeu voz de prisão e foi encaminhado à central de polícia, juntamente com a bicicleta recuperada. Na tarde de sexta-feira, por volta das 14h, guarnições da Polícia Militar de Balne- ário Arroio do Silva foram chamadas, para verificar uma ocorrência de abigeato no bairro Capão do Jaques. No local, os militares conversaram com o proprietá- rio e um funcionário da fazen- da, sendo que o funcionário relatou que viu, nos fundos da propriedade, vinte animais correndo em disparada, e que por possuir experiência, constatou que havia alguém N a tarde de sábado, uma baleia Minke foi en- contrada por banhistas, próxima a faixa de areia e devolvida ao mar. O animal estava bastante fe- rido, e retornou por mais duas vezes, sempre no Morro dos Conventos, sendo que a primeira aparição se deu em frente ao posto de guarda-vidas central do balneário. Em todas as três vezes, ela foi devolvida ao mar por banhistas e Corpo de Bombeiros, que lutaram por sua sobrevivência. Na manhã desta segunda-feira, a baleia foi novamente encontrada no Morro dos Conventos, próximo a barra do Rio Araranguá e infeliz- mente ela já estava morta. Corpo de Bombeiros e Prefeitura deAraranguá foram acionados e o corpo do animal ficou a cargo do Departamento de Obras da Prefeitura, que o enca- minhou para a Universidade do Extremo Sul Catarinense (Unesc), para estudos. No final da tarde desta segunda- -feira, profissionais da Prefeitura e da Unesc transportaram o corpo da baleia Minke para Criciúma. Fotos: Divulgação Preso suspeito de tentar roubar gado no local tentando roubar ani- mais. O empregado foi até o local e encontrou a cerca cortada, sendo que os animais já haviam sido colocados para fora da propriedade, mas que conseguiu recuperar dezeno- ve deles. Ainda no local, o funcionário encontrou marcas no chão de pegadas de bota de borracha. Ainda na fazenda, a guarnição policial encon- trou parado, em um matagal, um automóvel Gol Plus, que provavelmente pertence aos autores do abigeato, sendo que alguns minutos depois apareceu em meio ao ma- tagal, um senhor afirmando ser o proprietário do veículo, que estava usando botas de borracha e relatou que estava com um amigo pescando. Ao ser indagado sobre o amigo, relatou quesesepararamenão conseguiumaisencontrá-lo.O homem não estava portando nenhum tipo de equipamento de pescaria. O local é um matagal de difícil acesso, e o homem foi a única pessoa encontrada ali. Diante do fato, o homem recebeu voz de prisão e foi levado à central de polícia. Arroio do Silva Gislaine Fontoura Araranguá
  • 16. 16 PublicidadeJornal Correio do Sul Terça-Feira, 6 de Fevereiro de 2018
  • 17. 17Publicidade Jornal Correio do Sul Terça-Feira, 6 de Fevereiro de 2018
  • 18. Futevôlei é sucesso e campeonato chama atenção Futevôlei éFutevôlei é Balneário Gaivota 02-03-04-06-08 09-10-13-14-18 19-21-22-23-24 CONCURSO 1.621 LOTO FÁCIL 05/02 23-27-31-36-59 CONCURSO 4.5199 QUINA 05/02 JORNAL CORREIO DO SUL Terça-Feira, 6 de Fevereiro de 2018 Campeonato Gaúcho Catarinense B a l n e á r i o Gaivota re- alizou neste final de se- mana mais uma edição da taça de futevô- lei Edmundo Coelho Luchina naArena da TerceiraAvenida. A competição que trou- xe a novidade da categoria iniciante para o ano de 2018. também está projetando o município para ser destaque no esporte para o inverno e próximas edições no Viva Ve- rão. "Existe uma unanimidade em fortalecer o esporte aqui em nosso município já que o número de participantes de nossa praia aumentou e mui- to, temos um ótimo espaço e bons jogadores", comentou Cleiton Rios Burin, diretor do Departamento Municipal de Esportes. No sábado pela manhã iniciaram os jogos da catego- ria iniciante com 15 duplas, divididos em 3 chaves de 5 duplas, classificando para as quartas de finais os 2 primei- ros e os 2 melhores 3º Lugar das chaves. Os jogos da semifinal foram entre Cristian/Elian x Marron/Bolota e na outra semifinal, Cleiton/André x Didico/Praguinha, passando para a final Marron/Bolota x Cleiton/André e na disputa do 3º Lugar, Cristian/Elian x Didico/Praguinha. Para o 3º lugar, o troféu ficou com a Dupla Didico/ Praguina e para o campeão da categoria iniciante, Marron/ Bolota venceram por 2 sets a 0 de Cleiton e André, dupla vice campeã, sendo que, o campeão assumia uma vaga na categoria Livre que acon- teceu no domingo (04). Na categoria Livre, foram 16 duplas com atletas de cidades vizinhas e do estado do Rio Grande do Sul, joga- dores que estão rankiados em torneios bem fortes, ou seja, um nível muito alto apresen- tado nas areias de Balneário Gaivota. Para as semifinais, Felipe Jr/Mito venceram da dupla Ramon/Batoré passando a disputar a final contra Fifo/ Lipe que venceram a dupla Luan/Canoas. O 3º Lugar ficou com Luan e Canoas da cidade de Osório e a dupla vencedora foi Felpe Jr/Mito que venceram a dupla Fifo/Lipe por 2 sets 1 de virada. De acordo com a secreta- ria de turismo, cultura e es- portes de Balneário Gaivota, o mês de fevereiro ainda será de avaliação dos eventos do Viva Verão Gaivota e que muito provavelmente o Futevôlei e o Vôlei de Praia ganharão ainda mais forças e apoio para os atletas participarem das competições.
  • 19. Fase mata-mata começa nesta noite pelo Futsal Regional Arroio do Silva 19Esporte Jornal Correio do Sul Terça-Feira, 6 de Fevereiro de 2018 N oite de co- nhecer al- guns clas- sificados já para as semifinais da categoria livre e finais das categorias de base, além de ver quem é quem pelo tradicional cam- peonato de futsal regional na quadra central do Balneário Arroio do Silva. Às 18h, pela categoria sub-09, semifinal entre Grê- mio Fronteira x Sementinhas, em seguida às 18h30min pela semifinal da categoria sub- 13 jogam Grêmio Fronteira x Lagoão. Depois, às 19h pela categoria sub-15, semi- final, Atlético Catarinense x Mercadão FC. Às 19h30min pelo feminino, semifinal jogam Sky Boards x Bendo Transportes. Livre Já pela categoria livre, dois bons jogos que irão Arroio do Silva Domingo de sol, calor, mar e de muito futebol, do- mingo de conhecer os quatro times que ainda brigarão por vaga na grande final do campeonato praiano deste ano, Taça Rafal Rodrigues, o Rafa. A arena de jogos da Praia da Caçamba, em frente ao Bar do Gila, mais uma vez ficou lotada para acompanhar as partidas, desta vez as se- mifinais. Na primeira partida da tarde, o Céu Azul precisando de apenas um empate para chegar as semifinais, jogou diante do Unidos da Colona que precisava vencer. A par- tida foi bastante disputada, o Céu Azul abriu o placar mas o Unidos da Colona empatou. O jogo acabou assim, 1 x 1, e o Céu Azul atual campeão, segue para as semifinais. Na segunda partida da tarde, o Sandrinos Mercearia/ UFC jogava pelo empate e enfrentou o Paraíso do Sul/ Vimoendo, partida bastante disputada, jogo bastante pe- gado e o Sandrinos Merce- aria/UFC ganhou de 4 x 1, seguindo em frente passando para as semifinais. Na terceira partida da tarde, a equipe da Colo- na FC jogava pelo empate diante do Família, outra boa partida com bons jogadores, o Colona não se achou em campo como vinha jogando na primeira fase, e a Família se aproveitou e jogou muito e ganhou de 3 x 1, seguindo em frente para as semifinais. Na quarta e última parti- da da tarde, o Manos Esportes era quem jogava pelo empate, e o Areias precisava vencer, as duas equipes buscaram os gols, inclusive o Areias bus- cava o gol a todo momento, mas parava nas mãos do go- leiro do Manos e na defesa, o Manos também tentou o gol. Semifinais As semifinais estão mar- cadas para o próximo domin- go de Carnaval. Às 15h30min jogam Sandrinos Mercearia/ UFC x Família e em seguida, às 16h30min jogam CéuAzul x Manos Esportes. Agora nas semifinais, ninguém tem vantagem de empate, se der empate, a partida será decidi- da nas penalidades máximas. O campeonato mais uma vez tem a coordenação do Gila Borges, e tem o apoio da Administração Municipal do BalneárioArroio do Silva, Big Bom, FVA, Bar do Gila, Bar do Joelson, Panificadora Paladar, Jazida RBS, Funerá- ria Santa Terezinha, Amilton Materiais de Construções e Palácio das Cores. Quatro equipes estão nas semifinais do Praiano da Caçamba apontar os outros dois semi- finalistas que irão brigar por vaga na decisão deste ano. Às 20h45min jogam Turvo/ Água Santo Anjo x Sogima BAS e em seguida se enfren- tam Surreal Clarissas/Forqui- nhinha x Atlético Canis. Nas semifinais da catego- ria livre, o Plantec Turvo joga diante do vencedor de Turvo/ Água Santo Anjo e Sogima, e o Ermo pega o vencedor de Surreal Clarissas e Atlético Canis. As semifinais serão nesta quinta-feira.
  • 20. TERÇA-FEIRA, 6 DE FEVEREIRO DE 2018