SlideShare uma empresa Scribd logo
Modelo Curricular High/Scope
Origem e Evolução
Década de 60: David Weikart inicia Perry Preschool Project

•Combate ao Insucesso Escolar
•Intervenção precoce                    Investigação
•Escolha do modelo curricular

Década de 70: Processo Planear-Fazer-Rever; Experiências
Chave; Papel do educador


Década de 80: Reflexão do educador; Avaliação, Instrumentos
PIP e COR
FUNDAMENTOS TEÓRICOS


• J. Piaget

• John Dewey

• Erick Erikson
 ...
•a criança tem um papel activo na construção do seu
conhecimento;

•a construção dos conhecimentos não é estática mas
efectua-se através de acções;

as acções da criança devem ser interpretadas como
desenvolvimento das estruturas mentais, através da
interacção social.
John Dewey

“Aprender Fazendo”
Filosofia de Educação Progressiva

 (aprendizagem -mudança activa nos
padrões de pensamento através da
vivência com os outros e com o meio
através da resolução de problemas)


                       Pedagogia da Descoberta
Construtivismo

Defende que o conhecimento tem de ser
apropriado por um esforço voluntário e
esforçado do aluno, que o saber é algo não
dado mas construído, que a imaginação, a
criatividade, a divergência, a autonomia, e
o desafio são ingredientes essenciais do
desenvolvimento pessoal
Construtivismo Social

Andaimar: situações apoiadas pelos adultos
 em que as crianças podem estender as
 suas competências e saberes presentes a
 níveis mais altos de competência e saber
 (Wood, Bruner e Ross, 1976)
Teoria Psicossocial do Desenvolvimento



      Erick Erikson
          (1902-1994)




Aprendizagem perspectivada como experiência social
que envolve interacções significativas para a
construção da identidade pessoal
PRINCÍPIOS BÁSICOS

   ESPAÇOS e MATERIAIS         ROTINA DIÁRIA
                                   Processo
                                    Planear
                                 Fazer/Rever
ENVOLVIMENTO
 COM FAMILIAS   Aprendizagem
                 pela Acção

TRABALHO EQUIPA                CLIMA DE APOIO
                                  POSITIVO


         EXPERIÊNCIAS CHAVE
APRENDIZAGEM PELA ACÇÃO


Viver experiências directas e imediatas e
retirar delas significado através da reflexão



Acção directa              Motivação
    sobre                  Intrínseca
 os objectos
                                    Invenção
            Reflexão                Produção
         sobre as acções           Resolução de
                                    problemas
Ingredientes da Aprendizagem Activa

• Escolha e tomada de decisão



• Linguagem e pensamento



• Educador “Scaffolding”
ORGANIZAÇÃO
         ESPAÇO/MATERIAIS
•   Prioridade ao planeamento da estrutura

•   Selecção de materiais adequados ao desenvolvimento
    e suficientes para todas as crianças (diversidade,
    flexibilidade, variedade)

•   Materiais que reflectem a diversidade da vida familiar

•   Organizados , rotulados (permitir escolher-usar-
    arrumar)

•   Espaço dividido em Áreas/Zonas de interesse
    específico
Áreas de Interesse

 Área dos Blocos              Área da Arte

                   Área da Matemática e da Ciência
 Área dos Jogos
                        Área da Leitura e da Escrita
 Área da Casa
                             Área do Computador
 Área da Areia e Água
                                Área da Carpintaria
Área do Movimento e da Música
                                   Área do Exterior
CLIMA DE INTERACÇÕES

         Clima de apoio positivo
Confiança nos outros, Autonomia, Iniciativa,
Empatia e Auto-confiança




  Centração      Relações      Apoiar as     Abordagem
  nos talentos   autenticas   Brincadeiras   Resolução
                                             Problemas
ROTINA DIÁRIA
Planeamento cuidado

Coerente e consistente

Inclui Tempos/ Espaços/Actividades
diversificadas na sala e no exterior para atender
ao desenvolvimento e necessidades das
crianças

Inclui o Processo de Planear-Fazer-Rever

Prevê actividades de Grande Grupo, Pequeno
Grupo e Individuais
Metodologia

• Pedagogia da Descoberta

• Pedagogia pela Resolução de Problemas

• Pedagogia pela Gestão Partilhada
CONTEÚDO CURRICULAR

O Curriculo é construído com actividades de iniciativa da criança e do
educador em 5 Áreas de Conteúdo


   Abordagens à Aprendizagem

   Linguagem,Literacia e Comunicação

   Desenvolvimento Social e Emocional

   Desenvolvimento Físico, Saúde e Bem-Estar

   Artes e Ciências (matemática, ciência e tecnologia; estudos sociais e
   artes).

  Dentro destas áreas existem 58 indicadores-chave de desenvolvimento
Planeamento e Avaliação

Do educador e das crianças –
tempo concretizado no processo de Planer/
  Fazer/ Rever

Em Equipa –
o tempo de planear é diário (20–40 minutos)
Porque é importante Planear com
           as Crianças?
• estimula as crianças a articularem as suas idéias,
  escolhas e decisões

• promove a auto-confiança das crianças e o seu
  sentido de controle

• leva ao envolvimento e concentração na brincadeira

• apoia o desenvolvimento de actividades lúdicas
  progressivamente mais complexas
AVALIAÇÃO DO EDUCADOR
• Assenta numa Observação cuidada

• Implica Trabalho de Equipa

• Exige planeamento de tempos para Observar e
  registar os dados

• Usa o registo de notas ilustrativas de modo
  sistemático

• Registo de Observação da Criança (COR)
  para avaliar o desenvolvimento de cada criança.
Avaliação do Educador

• A Fundação High/Scope publicou :


  – Perfil de Implementação do Programa (PIP) –
    para avaliar o ambiente;


  – Registo da Avaliação da Qualidade do
    Programa (PQA)
TRABALHO COM A FAMÍLIA
Perspectiva de compartilhar, conviver, respeitar


                   Estratégias

   Relações
   Abertas           Valorizar         Comunicar


Compreender a                        Dinamizar a
   cultura                           participação
                   Envolver e
                    Implicar
EFICÁCIA
Estudos longitudinais testaram a validade
do modelo e mostraram resultados superiores
quando comparados com outros modelos



Relações Interpessoais   Desenvolvimento Motor




Iniciativa    Des. Global      Des. Cognitivo

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Planificacao Janeiro
Planificacao JaneiroPlanificacao Janeiro
Planificacao Janeiro
SalaAmarela Enxara Do Bispo
 
Relatorio de Auto-avaliacao Docente
Relatorio de Auto-avaliacao DocenteRelatorio de Auto-avaliacao Docente
Relatorio de Auto-avaliacao Docente
Henrique Santos
 
Movimento da Escola Moderna
Movimento da Escola ModernaMovimento da Escola Moderna
Movimento da Escola Moderna
ermelinda mestre
 
Planificacao Março
Planificacao MarçoPlanificacao Março
Planificacao Março
SalaAmarela Enxara Do Bispo
 
Powerpoint a criança e o j i
Powerpoint a criança e o j iPowerpoint a criança e o j i
Powerpoint a criança e o j i
Bela Catarina
 
Mapa conceitual
Mapa conceitualMapa conceitual
Mapa conceitual
Alba Pasqualina Gravina
 
Planificação novembro
Planificação novembroPlanificação novembro
Planificação novembro
Diamantina Caeiro
 
Berçário simone helen drumond
Berçário simone helen  drumondBerçário simone helen  drumond
Berçário simone helen drumond
SimoneHelenDrumond
 
JI Pedrosas - Planificação: Alimentação
JI Pedrosas - Planificação: AlimentaçãoJI Pedrosas - Planificação: Alimentação
JI Pedrosas - Planificação: Alimentação
mvaznunes
 
Planificação mês de setembro
Planificação   mês de setembroPlanificação   mês de setembro
Planificação mês de setembro
laruzinha
 
Apresentação mem
Apresentação memApresentação mem
Apresentação mem
João Soeiro
 
Planificação afetos 2013-2014
Planificação afetos  2013-2014Planificação afetos  2013-2014
Planificação afetos 2013-2014
mvaznunes
 
Relatório de Estágio de Prática Docente II - Séries Iniciais
Relatório de Estágio de Prática Docente II - Séries IniciaisRelatório de Estágio de Prática Docente II - Séries Iniciais
Relatório de Estágio de Prática Docente II - Séries Iniciais
pedagogianh
 
Plano de atividades - Jardim de infância
Plano de atividades - Jardim de infância Plano de atividades - Jardim de infância
Plano de atividades - Jardim de infância
Liliana Silva
 
Creche e ji, rotinas e espaço
Creche e ji, rotinas e espaçoCreche e ji, rotinas e espaço
Creche e ji, rotinas e espaço
Rita Brito
 
Relatorio 2º periodo
Relatorio 2º periodoRelatorio 2º periodo
Relatorio 2º periodo
SalaAmarela Enxara Do Bispo
 
Relatorio auto avaliacao_filipe pires
Relatorio auto avaliacao_filipe piresRelatorio auto avaliacao_filipe pires
Relatorio auto avaliacao_filipe pires
Escola Básica e Secundária Professor Reynaldo dos Santos
 
Planificacao Dezembro
Planificacao DezembroPlanificacao Dezembro
Planificacao Dezembro
SalaAmarela Enxara Do Bispo
 
Método Educacional Montessori
Método Educacional MontessoriMétodo Educacional Montessori
Método Educacional Montessori
Joselaine
 
Maria montessori
Maria montessoriMaria montessori
Maria montessori
jesuton
 

Mais procurados (20)

Planificacao Janeiro
Planificacao JaneiroPlanificacao Janeiro
Planificacao Janeiro
 
Relatorio de Auto-avaliacao Docente
Relatorio de Auto-avaliacao DocenteRelatorio de Auto-avaliacao Docente
Relatorio de Auto-avaliacao Docente
 
Movimento da Escola Moderna
Movimento da Escola ModernaMovimento da Escola Moderna
Movimento da Escola Moderna
 
Planificacao Março
Planificacao MarçoPlanificacao Março
Planificacao Março
 
Powerpoint a criança e o j i
Powerpoint a criança e o j iPowerpoint a criança e o j i
Powerpoint a criança e o j i
 
Mapa conceitual
Mapa conceitualMapa conceitual
Mapa conceitual
 
Planificação novembro
Planificação novembroPlanificação novembro
Planificação novembro
 
Berçário simone helen drumond
Berçário simone helen  drumondBerçário simone helen  drumond
Berçário simone helen drumond
 
JI Pedrosas - Planificação: Alimentação
JI Pedrosas - Planificação: AlimentaçãoJI Pedrosas - Planificação: Alimentação
JI Pedrosas - Planificação: Alimentação
 
Planificação mês de setembro
Planificação   mês de setembroPlanificação   mês de setembro
Planificação mês de setembro
 
Apresentação mem
Apresentação memApresentação mem
Apresentação mem
 
Planificação afetos 2013-2014
Planificação afetos  2013-2014Planificação afetos  2013-2014
Planificação afetos 2013-2014
 
Relatório de Estágio de Prática Docente II - Séries Iniciais
Relatório de Estágio de Prática Docente II - Séries IniciaisRelatório de Estágio de Prática Docente II - Séries Iniciais
Relatório de Estágio de Prática Docente II - Séries Iniciais
 
Plano de atividades - Jardim de infância
Plano de atividades - Jardim de infância Plano de atividades - Jardim de infância
Plano de atividades - Jardim de infância
 
Creche e ji, rotinas e espaço
Creche e ji, rotinas e espaçoCreche e ji, rotinas e espaço
Creche e ji, rotinas e espaço
 
Relatorio 2º periodo
Relatorio 2º periodoRelatorio 2º periodo
Relatorio 2º periodo
 
Relatorio auto avaliacao_filipe pires
Relatorio auto avaliacao_filipe piresRelatorio auto avaliacao_filipe pires
Relatorio auto avaliacao_filipe pires
 
Planificacao Dezembro
Planificacao DezembroPlanificacao Dezembro
Planificacao Dezembro
 
Método Educacional Montessori
Método Educacional MontessoriMétodo Educacional Montessori
Método Educacional Montessori
 
Maria montessori
Maria montessoriMaria montessori
Maria montessori
 

Semelhante a Jornadas high scope elisaleandro

Jornadas trabalho de projecto elisaleandro
Jornadas  trabalho de projecto elisaleandroJornadas  trabalho de projecto elisaleandro
Jornadas trabalho de projecto elisaleandro
ermelinda mestre
 
Educação 5.0 e as Metodologias Ativas e Inovadoras: encantando e engajando o ...
Educação 5.0 e as Metodologias Ativas e Inovadoras: encantando e engajando o ...Educação 5.0 e as Metodologias Ativas e Inovadoras: encantando e engajando o ...
Educação 5.0 e as Metodologias Ativas e Inovadoras: encantando e engajando o ...
Universidade Federal de Pernambuco
 
Trabalho de projecto1
Trabalho de projecto1Trabalho de projecto1
Trabalho de projecto1
Ana Rosa Gonçalves
 
Trabalho
TrabalhoTrabalho
Trabalho
thaispb
 
Inovações Pedagógicas no Ensino de Biologia
Inovações Pedagógicas no Ensino de BiologiaInovações Pedagógicas no Ensino de Biologia
Inovações Pedagógicas no Ensino de Biologia
Universidade Federal de Pernambuco
 
PPT session 5 22042013
PPT session 5 22042013PPT session 5 22042013
PPT session 5 22042013
PPT session 5 22042013PPT session 5 22042013
PPT session 5 22/04/2013
PPT session 5 22/04/2013PPT session 5 22/04/2013
PPT session 5 22/04/2013
Ministry of Education
 
Orientações para elaboração de projetos na rede municipal de ensino de Piratuba
Orientações para elaboração de projetos na rede municipal de ensino de PiratubaOrientações para elaboração de projetos na rede municipal de ensino de Piratuba
Orientações para elaboração de projetos na rede municipal de ensino de Piratuba
Claudia Jung
 
Orientações para projetos na rede municipal de ensino de Piratuba
Orientações para projetos na rede municipal de ensino de PiratubaOrientações para projetos na rede municipal de ensino de Piratuba
Orientações para projetos na rede municipal de ensino de Piratuba
Claudia Jung
 
Metodologias Ativas, Imersivas e Inovadoras
Metodologias Ativas, Imersivas e InovadorasMetodologias Ativas, Imersivas e Inovadoras
Metodologias Ativas, Imersivas e Inovadoras
Universidade Federal de Pernambuco
 
Tendêcias Pedagógicas para 2018
Tendêcias Pedagógicas para 2018Tendêcias Pedagógicas para 2018
Tendêcias Pedagógicas para 2018
Universidade Federal de Pernambuco
 
ufcd_9637_-_principais_modelos_pedagogicos.pdf
ufcd_9637_-_principais_modelos_pedagogicos.pdfufcd_9637_-_principais_modelos_pedagogicos.pdf
ufcd_9637_-_principais_modelos_pedagogicos.pdf
evapinto19
 
Jornadas remilia
Jornadas remiliaJornadas remilia
Jornadas remilia
manuelsilva309
 
Educação 5.0 e Metodologias Ativas e Inovadoras
Educação 5.0 e Metodologias Ativas e InovadorasEducação 5.0 e Metodologias Ativas e Inovadoras
Educação 5.0 e Metodologias Ativas e Inovadoras
Universidade Federal de Pernambuco
 
Aula Novos Rumos Da EducaçãO 20091
Aula Novos Rumos Da EducaçãO 20091Aula Novos Rumos Da EducaçãO 20091
Aula Novos Rumos Da EducaçãO 20091
Difusão Editora
 
Medal mer
Medal merMedal mer
Medal mer
Medal merMedal mer
Trabalho aderbal
Trabalho aderbalTrabalho aderbal
Trabalho aderbal
aderbal12345
 
ALTAS HABILIDADES - SUPERDOTAÇÃO
  ALTAS HABILIDADES - SUPERDOTAÇÃO  ALTAS HABILIDADES - SUPERDOTAÇÃO
ALTAS HABILIDADES - SUPERDOTAÇÃO
marciarejane
 

Semelhante a Jornadas high scope elisaleandro (20)

Jornadas trabalho de projecto elisaleandro
Jornadas  trabalho de projecto elisaleandroJornadas  trabalho de projecto elisaleandro
Jornadas trabalho de projecto elisaleandro
 
Educação 5.0 e as Metodologias Ativas e Inovadoras: encantando e engajando o ...
Educação 5.0 e as Metodologias Ativas e Inovadoras: encantando e engajando o ...Educação 5.0 e as Metodologias Ativas e Inovadoras: encantando e engajando o ...
Educação 5.0 e as Metodologias Ativas e Inovadoras: encantando e engajando o ...
 
Trabalho de projecto1
Trabalho de projecto1Trabalho de projecto1
Trabalho de projecto1
 
Trabalho
TrabalhoTrabalho
Trabalho
 
Inovações Pedagógicas no Ensino de Biologia
Inovações Pedagógicas no Ensino de BiologiaInovações Pedagógicas no Ensino de Biologia
Inovações Pedagógicas no Ensino de Biologia
 
PPT session 5 22042013
PPT session 5 22042013PPT session 5 22042013
PPT session 5 22042013
 
PPT session 5 22042013
PPT session 5 22042013PPT session 5 22042013
PPT session 5 22042013
 
PPT session 5 22/04/2013
PPT session 5 22/04/2013PPT session 5 22/04/2013
PPT session 5 22/04/2013
 
Orientações para elaboração de projetos na rede municipal de ensino de Piratuba
Orientações para elaboração de projetos na rede municipal de ensino de PiratubaOrientações para elaboração de projetos na rede municipal de ensino de Piratuba
Orientações para elaboração de projetos na rede municipal de ensino de Piratuba
 
Orientações para projetos na rede municipal de ensino de Piratuba
Orientações para projetos na rede municipal de ensino de PiratubaOrientações para projetos na rede municipal de ensino de Piratuba
Orientações para projetos na rede municipal de ensino de Piratuba
 
Metodologias Ativas, Imersivas e Inovadoras
Metodologias Ativas, Imersivas e InovadorasMetodologias Ativas, Imersivas e Inovadoras
Metodologias Ativas, Imersivas e Inovadoras
 
Tendêcias Pedagógicas para 2018
Tendêcias Pedagógicas para 2018Tendêcias Pedagógicas para 2018
Tendêcias Pedagógicas para 2018
 
ufcd_9637_-_principais_modelos_pedagogicos.pdf
ufcd_9637_-_principais_modelos_pedagogicos.pdfufcd_9637_-_principais_modelos_pedagogicos.pdf
ufcd_9637_-_principais_modelos_pedagogicos.pdf
 
Jornadas remilia
Jornadas remiliaJornadas remilia
Jornadas remilia
 
Educação 5.0 e Metodologias Ativas e Inovadoras
Educação 5.0 e Metodologias Ativas e InovadorasEducação 5.0 e Metodologias Ativas e Inovadoras
Educação 5.0 e Metodologias Ativas e Inovadoras
 
Aula Novos Rumos Da EducaçãO 20091
Aula Novos Rumos Da EducaçãO 20091Aula Novos Rumos Da EducaçãO 20091
Aula Novos Rumos Da EducaçãO 20091
 
Medal mer
Medal merMedal mer
Medal mer
 
Medal mer
Medal merMedal mer
Medal mer
 
Trabalho aderbal
Trabalho aderbalTrabalho aderbal
Trabalho aderbal
 
ALTAS HABILIDADES - SUPERDOTAÇÃO
  ALTAS HABILIDADES - SUPERDOTAÇÃO  ALTAS HABILIDADES - SUPERDOTAÇÃO
ALTAS HABILIDADES - SUPERDOTAÇÃO
 

Mais de ermelinda mestre

Planetas2
Planetas2Planetas2
Planetas2
ermelinda mestre
 
Ementa diferida novembro 2014
Ementa diferida novembro 2014Ementa diferida novembro 2014
Ementa diferida novembro 2014
ermelinda mestre
 
Ementa diferida outubro 2014
Ementa diferida outubro 2014Ementa diferida outubro 2014
Ementa diferida outubro 2014
ermelinda mestre
 
Condicoes de sucesso_no_final_da_epe (1)
Condicoes de sucesso_no_final_da_epe (1)Condicoes de sucesso_no_final_da_epe (1)
Condicoes de sucesso_no_final_da_epe (1)
ermelinda mestre
 
4. Sessão Escola Pais
4. Sessão Escola Pais4. Sessão Escola Pais
4. Sessão Escola Pais
ermelinda mestre
 
Regimento interno dos Jardins de Infância
Regimento interno dos Jardins de InfânciaRegimento interno dos Jardins de Infância
Regimento interno dos Jardins de Infância
ermelinda mestre
 
Metas pré escolar
Metas pré escolarMetas pré escolar
Metas pré escolar
ermelinda mestre
 
Metas pré escolar (1)
Metas pré escolar (1)Metas pré escolar (1)
Metas pré escolar (1)
ermelinda mestre
 
Portefólio digital 2013
Portefólio digital 2013Portefólio digital 2013
Portefólio digital 2013
ermelinda mestre
 
Sindrome
SindromeSindrome
Portefólio digital 2012
Portefólio digital 2012Portefólio digital 2012
Portefólio digital 2012
ermelinda mestre
 
Portefólio ,mafra
Portefólio ,mafraPortefólio ,mafra
Portefólio ,mafra
ermelinda mestre
 
1 planificação setembro convertido
1 planificação setembro convertido1 planificação setembro convertido
1 planificação setembro convertido
ermelinda mestre
 
As flores do meu jardim
As flores do meu jardimAs flores do meu jardim
As flores do meu jardim
ermelinda mestre
 
Filhos do coração
Filhos do coraçãoFilhos do coração
Filhos do coração
ermelinda mestre
 
Sementinha
Sementinha   Sementinha
Sementinha
ermelinda mestre
 

Mais de ermelinda mestre (20)

Planetas2
Planetas2Planetas2
Planetas2
 
Ementa diferida novembro 2014
Ementa diferida novembro 2014Ementa diferida novembro 2014
Ementa diferida novembro 2014
 
Ementa diferida outubro 2014
Ementa diferida outubro 2014Ementa diferida outubro 2014
Ementa diferida outubro 2014
 
Condicoes de sucesso_no_final_da_epe (1)
Condicoes de sucesso_no_final_da_epe (1)Condicoes de sucesso_no_final_da_epe (1)
Condicoes de sucesso_no_final_da_epe (1)
 
4. Sessão Escola Pais
4. Sessão Escola Pais4. Sessão Escola Pais
4. Sessão Escola Pais
 
Mapa da história
Mapa da históriaMapa da história
Mapa da história
 
Livro informativo
Livro informativoLivro informativo
Livro informativo
 
Regimento interno dos Jardins de Infância
Regimento interno dos Jardins de InfânciaRegimento interno dos Jardins de Infância
Regimento interno dos Jardins de Infância
 
Metas pré escolar
Metas pré escolarMetas pré escolar
Metas pré escolar
 
Metas pré escolar (1)
Metas pré escolar (1)Metas pré escolar (1)
Metas pré escolar (1)
 
Portefólio digital 2013
Portefólio digital 2013Portefólio digital 2013
Portefólio digital 2013
 
Sindrome
SindromeSindrome
Sindrome
 
Portefólio digital 2012
Portefólio digital 2012Portefólio digital 2012
Portefólio digital 2012
 
Portefólio ,mafra
Portefólio ,mafraPortefólio ,mafra
Portefólio ,mafra
 
1 planificação setembro convertido
1 planificação setembro convertido1 planificação setembro convertido
1 planificação setembro convertido
 
As flores do meu jardim
As flores do meu jardimAs flores do meu jardim
As flores do meu jardim
 
Filhos do coração
Filhos do coraçãoFilhos do coração
Filhos do coração
 
Livro da mae pdf
Livro da mae pdfLivro da mae pdf
Livro da mae pdf
 
Mãe, querida Mãe
Mãe, querida MãeMãe, querida Mãe
Mãe, querida Mãe
 
Sementinha
Sementinha   Sementinha
Sementinha
 

Último

1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
antonio carlos
 
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdfCALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CristviaFerreira
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
arodatos81
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Luzia Gabriele
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Falcão Brasil
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Mary Alvarenga
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
felipescherner
 
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Mary Alvarenga
 
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
C4io99
 
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdfGuia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
FLAVIOROBERTOGOUVEA
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 
NR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.ppt
NR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.pptNR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.ppt
NR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.ppt
Vanessa F. Rezende
 
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
jetroescola
 
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Mary Alvarenga
 
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
pattyhsilva271204
 
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptxSlides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 

Último (20)

1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
 
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdfCALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
 
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
 
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
 
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
 
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdfGuia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 
NR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.ppt
NR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.pptNR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.ppt
NR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.ppt
 
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
 
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
 
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
 
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptxSlides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
 
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
 

Jornadas high scope elisaleandro

  • 2. Origem e Evolução Década de 60: David Weikart inicia Perry Preschool Project •Combate ao Insucesso Escolar •Intervenção precoce Investigação •Escolha do modelo curricular Década de 70: Processo Planear-Fazer-Rever; Experiências Chave; Papel do educador Década de 80: Reflexão do educador; Avaliação, Instrumentos PIP e COR
  • 3. FUNDAMENTOS TEÓRICOS • J. Piaget • John Dewey • Erick Erikson ...
  • 4. •a criança tem um papel activo na construção do seu conhecimento; •a construção dos conhecimentos não é estática mas efectua-se através de acções; as acções da criança devem ser interpretadas como desenvolvimento das estruturas mentais, através da interacção social.
  • 5. John Dewey “Aprender Fazendo” Filosofia de Educação Progressiva (aprendizagem -mudança activa nos padrões de pensamento através da vivência com os outros e com o meio através da resolução de problemas) Pedagogia da Descoberta
  • 6. Construtivismo Defende que o conhecimento tem de ser apropriado por um esforço voluntário e esforçado do aluno, que o saber é algo não dado mas construído, que a imaginação, a criatividade, a divergência, a autonomia, e o desafio são ingredientes essenciais do desenvolvimento pessoal
  • 7. Construtivismo Social Andaimar: situações apoiadas pelos adultos em que as crianças podem estender as suas competências e saberes presentes a níveis mais altos de competência e saber (Wood, Bruner e Ross, 1976)
  • 8. Teoria Psicossocial do Desenvolvimento Erick Erikson (1902-1994) Aprendizagem perspectivada como experiência social que envolve interacções significativas para a construção da identidade pessoal
  • 9. PRINCÍPIOS BÁSICOS ESPAÇOS e MATERIAIS ROTINA DIÁRIA Processo Planear Fazer/Rever ENVOLVIMENTO COM FAMILIAS Aprendizagem pela Acção TRABALHO EQUIPA CLIMA DE APOIO POSITIVO EXPERIÊNCIAS CHAVE
  • 10. APRENDIZAGEM PELA ACÇÃO Viver experiências directas e imediatas e retirar delas significado através da reflexão Acção directa Motivação sobre Intrínseca os objectos Invenção Reflexão Produção sobre as acções Resolução de problemas
  • 11. Ingredientes da Aprendizagem Activa • Escolha e tomada de decisão • Linguagem e pensamento • Educador “Scaffolding”
  • 12. ORGANIZAÇÃO ESPAÇO/MATERIAIS • Prioridade ao planeamento da estrutura • Selecção de materiais adequados ao desenvolvimento e suficientes para todas as crianças (diversidade, flexibilidade, variedade) • Materiais que reflectem a diversidade da vida familiar • Organizados , rotulados (permitir escolher-usar- arrumar) • Espaço dividido em Áreas/Zonas de interesse específico
  • 13. Áreas de Interesse Área dos Blocos Área da Arte Área da Matemática e da Ciência Área dos Jogos Área da Leitura e da Escrita Área da Casa Área do Computador Área da Areia e Água Área da Carpintaria Área do Movimento e da Música Área do Exterior
  • 14. CLIMA DE INTERACÇÕES Clima de apoio positivo Confiança nos outros, Autonomia, Iniciativa, Empatia e Auto-confiança Centração Relações Apoiar as Abordagem nos talentos autenticas Brincadeiras Resolução Problemas
  • 15. ROTINA DIÁRIA Planeamento cuidado Coerente e consistente Inclui Tempos/ Espaços/Actividades diversificadas na sala e no exterior para atender ao desenvolvimento e necessidades das crianças Inclui o Processo de Planear-Fazer-Rever Prevê actividades de Grande Grupo, Pequeno Grupo e Individuais
  • 16. Metodologia • Pedagogia da Descoberta • Pedagogia pela Resolução de Problemas • Pedagogia pela Gestão Partilhada
  • 17. CONTEÚDO CURRICULAR O Curriculo é construído com actividades de iniciativa da criança e do educador em 5 Áreas de Conteúdo Abordagens à Aprendizagem Linguagem,Literacia e Comunicação Desenvolvimento Social e Emocional Desenvolvimento Físico, Saúde e Bem-Estar Artes e Ciências (matemática, ciência e tecnologia; estudos sociais e artes). Dentro destas áreas existem 58 indicadores-chave de desenvolvimento
  • 18. Planeamento e Avaliação Do educador e das crianças – tempo concretizado no processo de Planer/ Fazer/ Rever Em Equipa – o tempo de planear é diário (20–40 minutos)
  • 19. Porque é importante Planear com as Crianças? • estimula as crianças a articularem as suas idéias, escolhas e decisões • promove a auto-confiança das crianças e o seu sentido de controle • leva ao envolvimento e concentração na brincadeira • apoia o desenvolvimento de actividades lúdicas progressivamente mais complexas
  • 20. AVALIAÇÃO DO EDUCADOR • Assenta numa Observação cuidada • Implica Trabalho de Equipa • Exige planeamento de tempos para Observar e registar os dados • Usa o registo de notas ilustrativas de modo sistemático • Registo de Observação da Criança (COR) para avaliar o desenvolvimento de cada criança.
  • 21. Avaliação do Educador • A Fundação High/Scope publicou : – Perfil de Implementação do Programa (PIP) – para avaliar o ambiente; – Registo da Avaliação da Qualidade do Programa (PQA)
  • 22. TRABALHO COM A FAMÍLIA Perspectiva de compartilhar, conviver, respeitar Estratégias Relações Abertas Valorizar Comunicar Compreender a Dinamizar a cultura participação Envolver e Implicar
  • 23. EFICÁCIA Estudos longitudinais testaram a validade do modelo e mostraram resultados superiores quando comparados com outros modelos Relações Interpessoais Desenvolvimento Motor Iniciativa Des. Global Des. Cognitivo