SlideShare uma empresa Scribd logo
JB NEWS
Filiado à ABIM sob nr. 007/JV
Editoria: Ir Jeronimo Borges
Loja Templários da Nova Era nr. 91(Florianópolis) - Obreiro
Loja Alferes Tiradentes nr. 20 (Florianópolis) - Membro Honorário
Loja Harmonia nr. 26 (B. Horizonte) - Membro Honorário
Loja Fraternidade Brazileira de Estudos e Pesquisas (J. de Fora) -Correspondente
Loja Francisco Xavier Ferreira de Pesquisas Maçônicas (P. Alegre) - Correspondente
Academia Catarinense Maçônica de Letras
Academia Maçônica de Letras do Brasil – Arcádia de B. Horizonte
O JB News saúda os Irmãos leitores de Goiânia (GO) – A Capital do Cerrado
Saudações, Prezado Irmão!
Índice do JB News nr. 2.291 – Florianópolis (SC) – sábado , 7 de janeiro de 2017
Bloco 1-Almanaque
Bloco 2-IrBarbosa Nunes – Poetas Falando de Esperança – Artigo nr. 309
Bloco 3-IrMario López Rico – Las siete artes liberales (8 de 8) – Quadrivium IV - Música
Bloco 4-IrPaulo Roberto – Os Signos Zodiacais e a Maçonaria Simbólica
Bloco 5-IrWilliam Spangler – Nosso Irmão Luiz Gonzaga
Bloco 6-IrAdemar Valsechi – Coluna da Harmonia nr. 63
Bloco 7-Destaques JB – Breviário Maçônico p/o dia 6 de janeiro e versos do Irmão e Poeta
Adilson Zotovici (São Paulo – SP)
JB News – Informativo nr. 2.291 – Florianópolis (SC), sábado, 7 de janeiro de 2017 Pág. 2/27
7 de janeiro
1549: Tomé de Souza 1610: Galileo Galilei
 1325 — Afonso IV torna-se rei de Portugal.
 1549 — Criação de um governo central no Brasil, o chamado Governo-Geral, sendo Tomé de Sousa o
primeiro Governador-Geral.
 1558 — A França ocupa Calais, a última possessão inglesa em seu território
 1566 — Michele Ghisleri torna-se Papa, futuro São Pio V.
Nesta edição:
Pesquisas – Arquivos e artigos próprios e de colaboradores e da Internet
– Blogs - http:pt.wikipedia.org - Imagens: próprias, de colaboradores e
www.google.com.br
Os artigos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião deste
informativo, sendo plena a responsabilidade de seus autores.
1 – ALMANAQUE
Hoje é o 7º dia do Calendário Gregoriano.
Faltam 358 dias para terminar o ano de 2017
- Lua Quarto Crescente -
É o 128º ano da Proclamçaõ da República;
195º da Independência do Brasil e
517º ano do Descobrimento do Brasil
Hoje é o dia do Leitor
Colabore conosco. Se o Irmão não deseja receber mais o informativo ou alterou o seu endereço
eletrônico, POR FAVOR, comunique-nos pelo mesmo e-mail que recebe o JB News, para evitar
atropelos em nossas remesssas diárias por mala direta. Obrigado.
EVENTOS HISTÓRICOS
(Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki) Aprofunde seu conhecimento clicando nas palavras sublinhadas
JB News – Informativo nr. 2.291 – Florianópolis (SC), sábado, 7 de janeiro de 2017 Pág. 3/27
 1598 — Boris Godunov chega ao trono da Rússia.
 1610 — Galileo Galilei observa as quatro maiores luas de Júpiter pela primeira vez (as quais são conhecidas
como luas galileanas: Calisto, Europa, Ganímedes e Io)
 1785 — O francês Jean-Pierre Blanchard e o americano John Jeffries viajam de Dover, na Inglaterra, até
Calais, na França em um balão de gás, tornando-se os primeiros a cruzarem o Canal da Mancha pelo ar.
 1789
 Primeiro Voto Popular no Brasil.
 Primeiras eleições nacionais nos Estados Unidos.
 1835
 O HMS Beagle ancora no arquipélago Chonos, no sul do Chile.
 Começou no Pará a Guerra da Cabanagem, revolta popular com um governo revolucionário formado por
moradores pobres de regiões ribeirinhas, que anunciaram a autonomia de sua província diante da
Regência até que D. Pedro II atingisse a maioridade.
 1885 — Casamento dos pais de Adolf Hitler: Alois e Klara Hitler.
 1890 — Decretada a separação entre Igreja e Estado no Brasil.
 1910 — Dimitri Sensaud de Lavaud realiza o primeiro voo da América Latina, em Osasco, São Paulo.
 1911 — Primeiros testes com aviões bombardeiros que seriam utilizados na Primeira Guerra Mundial.
 1927 — Primeira ligação de telefone transatlântica, entre Nova Iorque e Londres.
 1928 — O poeta e jornalista Demócrito Rocha funda o jornal "O Povo" do Estado do Ceará
 1936 — Criação da área do Polígono das Secas, no Brasil.
 1942 — Segunda Guerra Mundial
 Fim da batalha de Moscovo, com a contra-ofensiva Soviética.
 Brasil rompe relações diplomáticas com os países do Eixo.
 1953 — O presidente Harry Truman declara que os Estados Unidos desenvolveram uma bomba de
hidrogênio
 1959 — Os Estados Unidos reconheceram o governo de Fidel Castro em Cuba, cinco dias após a tomada de
Havana por um grupo de revolucionários.
 1965 — Criação do Exército de Libertação Nacional da Colômbia.
 1968 — David Gilmour entra para o Pink Floyd.
 1975 — A OPEP concorda em elevar as taxas do petróleo em 10%.
 1978 — História da Antártica: Emilio Marcos de Palma, torna-se o primeiro humano nascido no continente.
 1979 — O Vietnã e os insurgentes Cambojanos anunciam a queda de Phnom Penh, a capital do Cambodja,
e o colapso do regime de Pol Pot.
 1980 — Indira Gandhi vence eleições legislativas na Índia.
 1982 — Fundação do Museu Afro-Brasileiro, em Salvador, Brasil.
 1989 — Akihito torna-se Imperador do Japão e termina o Período Showa.
 1990 — A Torre inclinada de Pisa é fechada para o público devido a preocupações com segurança.
 1998
 Programa Discovery: lançamento do Lunar Prospector.
 Acabou a guerra Civil da Argélia, que deixou 80 mil mortos. A luta entre o governo e terroristas islâmicos
havia começado em janeiro de 1992.
 Início do processo de impeachment do presidente americano Bill Clinton.
 2006 — Evo Morales, presidente da Bolívia reúne-se em Bruxelas com o Comissário para a Política Externa
e de Segurança Comum da União Europeia, Javier Solana, que pediu a Morales "segurança jurídica" para os
investimentos europeus no país sul-americano.
 2015 — Atentado em Paris ao jornal satírico Charlie Hebdo deixa 12 mortos e 5 gravemente feridos.
Culturais e de média/mídia[editar | editar código-fonte]
 1893 — Fundação do jornal O Estandarte, órgão oficial da Igreja Presbiteriana Independente do Brasil.
 1929 — Lançada nos Estados Unidos a primeira tira em quadrinhos de ficção científica: Buck Rogers 2429
A.D..
 1934 — O personagem de ficção científica Flash Gordon, de Alex Raymond, apareceu pela primeira vez nos
quadrinhos, em tiras de jornal.
 1983 — Estreia o telejornal local SPTV, da TV Globo
 1997 — Lançado um novo MMORPG: Tibia.
JB News – Informativo nr. 2.291 – Florianópolis (SC), sábado, 7 de janeiro de 2017 Pág. 4/27
 1988 — Teve início no Rio de Janeiro o primeiro festival de música Hollywood Rock. Participaram da
edição Lulu Santos e Marina Lima, além de seis bandas estrangeiras e quatro brasileiras.
 1998 — Iniciam-se as emissões regulares da RTP África.
1714 Oficia-se, nesta data, o primeiro casamento religioso registrado na freguesia de Nossa Senhora do
Desterro. Foi oficiante frei Agostinho da Trindade e, contratantes, Domingos Martins e Domingas
da Costa, esta filha de José Tinoco, um dos integrantes da expedição de Francisco Dias Velho.
1791 Assume o governo da capitania de Santa Catarina o tenente coronel Manoel Soares Coimbra,
substituindo ao major José Pereira Pinto.
1820 Carta Régia, desta data, dirigida ao governador de Santa Catarina, determinava a construção de 6
barcas canhoneiras para atuarem na defesa da Ilha.
1857 Inauguração, na capital catarinense, de um colégio feminino da Irmandade de Nosso Senhor dos
Passos e dirigido pelas Irmãs de Caridade.
1867 Inauguração da linha telegráfica entre Itajaí e Laguna.
1869 Instalado, nesta data, o primeiro Conselho Municipal de Joinville.
1890 Governo provisório da República promulga lei que separa Igreja do Estado no Brasil.
1941 Constituído o Comité dÁction Maçonique nos territórios franceses ocupados pelos nazistas, onde
mais de 200 Lojas trabalharam clandestinamente.
1978 Fundada a Grande Loja do Estado de Mato Grosso.
1977 Fundada a Loja “Professor Mâncio da Costa” nr. 1977 (GOB/SC) em Florianópolis.
Fatos históricos de santa Catarina
Fatos maçônicos do dia
Fonte: O Livro dos Dias 20ª edição (Ir João Guilherme) e acervo pessoal
JB News – Informativo nr. 2.291 – Florianópolis (SC), sábado, 7 de janeiro de 2017 Pág. 5/27
Venerável Mestre!
Desejas criar e manter um site
de qualidade da sua Loja?
Então atente para este anúncio
(Coisa de Irmão para Irmão)
Contatos: Ir Darci Rocco (Loja Templários da Nova Era) nos telefones acima
JB News – Informativo nr. 2.291 – Florianópolis (SC), sábado, 7 de janeiro de 2017 Pág. 6/27
Albergue Noturno Manoel Galdino Vieira
O “Albergue Noturno” é uma entidade administrada por alguns abnegados irmãos da
Maçonaria catarinense, que ampara todas as noites os necessitados e indigentes, ofertando-
lhes banho, cama limpa, refeições e alguns outros possíveis auxílios básicos.
Os Irmãos que coordenam essa instituição beneficente, que há 80 anos vem prestando esse
serviço fraterno, vêm encontrando sérias dificuldades financeiras para mantê-la. Não existe
qualquer auxílio do Poder Público.
Conclamamos o Irmão a ajudar com qualquer contribuição essa instituição benemérita, que
teve tantos maçons ilustres voluntários que participaram na sua coordenação e apoio,
mantendo-a por estes longos anos.
Faça a sua doação. Colabore. Qualquer contribuição pode não fazer falta para você, mas
fará muito bem aos necessitados de toda a espécie.
(transferências ou depósitos para o Banco SICOOB CREDISC/756 – Ag. 3258, conta
corrente nr. 11347-7 (com recibo de incentivo fiscal) em nome da Caixa de Esmolas aos
Indigentes de Florianópolis CNPJ/MF 83.901-041/0001-86)
Maçonaria também é caridade!
De Irmão para Irmão
As publicidades veiculadas no JB News
são cortesia deste informativo,
como apoio aos irmãos em suas atividades profissionais.
Valorize-os, preferindo o que está sendo anunciado.
JB News – Informativo nr. 2.291 – Florianópolis (SC), sábado, 7 de janeiro de 2017 Pág. 7/27
INFORMATIVO BARBOSA NUNES
Artigo nr. 309
POETAS FALANDO DE ESPERANÇA
Esperança requer perseverança em acreditar que algo é possível, mesmo quando há indicações
do contrário. O sentido de crença deste sentimento o aproxima muito dos significados atribuídos
à fé.
Esperança neste momento em que o país e o mundo passam, é algo embutido na fé. A
sociedade, através de sua ganância e materialismo, transformou seres humanos em monstros,
colocados em gaiolas que são as penitenciárias. Sociedade que destrói de forma selvagem seus
próprios entes mais próximos e queridos. Sociedade que luta pelo poder não levando em
consideração a natureza, o cidadão, idosos e crianças. Parece até que estamos caminhando
para o pó final. Neste quadro é que estamos vivendo, mas desejo ainda sublimar a esperança.
Ela está retratada na poesia de Carlos Drumond de Andrade.
Poeta, contista e cronista brasileiro, considerado por muitos o poeta mais influente do século XX,
e um dos principais da segunda geração do Modernismo Brasileiro. Nos versos à frente, Carlos
Drumond de Andrade diz que, devemos permanecer esperançosos por um mundo melhor e mais
justo. Este poema faz parte do livro “A Rosa do Povo”, de 1945. Obra preocupada com o
engajamento social, com a esperança de um mundo melhor, mas com o desalento das coisas
daquele tempo que se encaixa perfeitamente ao desalento com as coisas de hoje, deste
momento, sobre as quais pairam o medo e a destrutividade, clima de hoje igual e característico
daquela época de pós guerra. Cantemos então como Drumond cantou :
“Irmãos, cantai esse mundo que não verei, mas virá um dia, dentro em mil anos. Talvez mais...
não tenho pressa. Um mundo enfim ordenado, uma pátria sem fronteiras, sem leis e
regulamentos.
Uma terra sem bandeiras, sem igrejas nem quartéis. Sem dor, sem febre, sem ouro,um jeito só
de viver. Mas nesse jeito a variedade, a multiplicidade toda que há dentro de cada um. Uma
cidade sem portas, de casas sem armadilha.
2 –Poetas Falando de Esperança
- Barbosa Nunes - artigo nr. 309
JB News – Informativo nr. 2.291 – Florianópolis (SC), sábado, 7 de janeiro de 2017 Pág. 8/27
Um país de riso e glória como nunca houve nenhum. Este país não é meu nem vosso ainda,
poetas. Mas ele será um dia, o país de todo homem”.
Passo para outro poeta, romancista, ativista ambiental, crítico cultural e fazendeiro. Wendell
Berry, que no último mês de agosto completou 82 anos. Escreveu muitos romances. Defensor do
pacifismo cristão, e se descreve como “uma pessoa que leva o Evangelho a sério” .De sua
autoria, assinalizadora e espiritualizada frase : “Imagino que para lidar com as diferenças entre
nós e as outras pessoas, temos que aprender compaixão, autocontrole, piedade, perdão,
simpatia e amor – virtudes sem as quais nem nós, nem o mundo, podemos sobreviver”. Criticou
organizações cristãs por não desafiar a complacência cultural sobre a degradação ambiental.
Mostrou uma vontade de criticar o que ele percebe como arrogância de alguns cristãos. É dos
mais respeitados poetas contemporâneos dos Estados Unidos, autor de mais trinta livros.
Sua poesia, traduzida pelo jornalista Jorge Pontual, por ele declamada na Globo News : “Um
poema de esperança”
“É difícil ter esperança. É mais difícil como você envelhece,
Pois a esperança não deve depender de se sentir bem e há o sonho da solidão na meia-noite
absoluta. Você também tem a crença retirada na realidade presente do futuro, que certamente
nos surpreenderá.
E a esperança é mais difícil quando não pode vir por previsão mais do que por desejar. Mas pare
de hesitar. Os jovens pedem ao velho para esperar. O que você vai dizer a eles?
Diga-lhes pelo menos o que você diz para si mesmo.
Nossos lugares, as florestas estão arruinadas, os campos erodidos, os rios poluíram, as
montanhas viraram Esperança. Lugar que você pertence embora não é seu, pois foi desde o
início e será até o fim.
Pertencer a seu lugar por conhecimento dos outros que são seus vizinhos nele: o velho, doente e
pobre, este conhecimento não pode ser tirado de você pelo poder ou pela riqueza. Ele vai parar
seus ouvidos para o poderoso quando pedem sua fé, e para os ricos, quando eles pedem sua
terra e seu trabalho.
Faça o sentido que você precisa fazer. Por ele estar na dignidade do bom senso, o que quer que
possa seguir. Fale com seus semelhantes humanos como seu lugar te ensinou a falar, como te
falou. Fale seu dialeto enquanto seus compatriotas velhos o falaram antes de ouvir um rádio.
Falar publicamente o que não pode ser ensinado ou aprendido em público.
Ouça em silêncio, em silêncio, as vozes que se levantam das páginas dos livros e do seu próprio
coração. Fique quieto e ouça as vozes que pertencem para os rios, as árvores e os campos
abertos. Há canções e provérbios que pertencem a este lugar, por que ele fala por si mesmo e
nenhum outro.
Encontrou sua esperança, então, no chão sob seus pés. Sua esperança do Céu, deixe
descansar no chão sob os pés. Seja iluminado pela luz que cai livremente sobre ele depois da
escuridão das noites.
Nenhum lugar no último é melhor do que o mundo. O mundo não é melhor do que seus lugares.
Seus lugares finalmente não são melhores do que suas pessoas enquanto suas pessoas
continue neles.
Quando as pessoas fazem escuro a luz dentro deles, o mundo escurece.
Com esperança e fé, haveremos, meu amigos de todas as semanas, de passar estes tempos tão
tenebrosos.
Barbosa Nunes, advogado, ex-radialista, membro da AGI, delegado de polícia aposentado,
professor e maçom do Grande Oriente do Brasil - barbosanunes@terra.com.br
JB News – Informativo nr. 2.291 – Florianópolis (SC), sábado, 7 de janeiro de 2017 Pág. 9/27
O Irmão Mario López Rico
é de La Coruña – Espanha.
Escreve aos sábados.
Responsável pela publicação espanhola
Retales de Masononeria
mario.lopezrico@yahoo.es - retalesdemasoneria.blogspot.com.es
Las siete artes liberales (8de 8)
Quadrivium IV - Música
Nos toca hablar de la música, la ultima de
las siete Artes Liberales de acuerdo al
orden que hemos puesto. Sería discutible
decir si el orden propuesto es justo o no. La
Música es definida por algunos como el
arte más sútil y espiritual que el hombre ha
concebido – aunque al oir ciertos cantantes
y estilos musicales alguno tenga sus dudas
al respeto – y que contribuye en gran
medida a facilitar la elevación del espíritu.
Desde una punto de vista técnico la música puede definirse – según la famosa Wikipedia – como
el arte de organizar sensible y lógicamente una combinación coherente de sonidos y silencios
utilizando los principios fundamentales de la melodía, la armonía y el ritmo, mediante la
intervención de complejos procesos psico-anímicos.
En dicha definición aparecen términos como armonia y ritmo que no dejan de ser parámetros de
una onda. Es decir, la música es, en esencia, vibración y, de acuerdo con las más antiguas
creencias de las esculas iniciaticas y de misterios, todo el Universo es vibración.
Es a Pitágoras a quien se acusa de haber fijado las primeras correspondencias entre la música, las
matemáticas y el esoterismo.
La relación dela música con la vibración es muy interesante porque las vibraciones alcanza el Ser
humano en todo momento. Si partimos de la base de que cuando más espiritual es algo más altas
son las vibraciones – en termino de frecuencia – que emite; podemos llegar a la conclusión que
una música de alta frecuencia alcance nuestra alma. No parece ser esto una utopía pues conocida
es la frase que la “Música eleva el Alma”. Ya sin entrar en dichos temas, lo que si está claro es que
la música nos emociona y una buena elección musical en cualquier evento marca la diferencia
entre algo bueno y algo magnífico…por no comentar como ciertas vibraciones musicales parecen
entrar en el cuerpo y podemos, literalmente, sentir la música; sobre todo en los acordes más
graves.
3 – Las siete artes liberales (8 de 8) - Quadrivium IV – Música
- Mario López Rico
JB News – Informativo nr. 2.291 – Florianópolis (SC), sábado, 7 de janeiro de 2017 Pág. 10/27
La música y la espiritualidad tienen un origen difícil de disociar. Apenas si encontramos un
pueblo, una civilización, que no guarde en sus raíces un intenso contenido musical asociado a la
idea de transcendencia, mucho antes que religiosa. La mística, a veces incómoda con las palabras,
ha encontrado a menudo su mejor expresión a través de la música y de la invisibilidad del sonido.
Este es un tema amplio y que se puede tomar desde distintos puntos de vista. Hay muchas facetas
ya que el sonido y por ende la música es algo inherente al ser humano. Hay quien dice que cada
persona posee una nota musical y quien se atreve a decir que también una determinada melodía.
Como sea, en magia, en brujería y en distintas prácticas esotéricas la música juega un papel
importante. La música ha intervenido en la historia del esoterismo desde antiguos tiempos, al
mismo tiempo el esoterismo y las prácticas mágicas han intervenido en la música de diversas
formas.
Pero la música es mucho más que unas notas, al menos desde el punto de vista iniciático. Vamos
a dar una pinceladas de todo lo que la música abarca con permiso de los grandes compositores
como Mozart o Beethoven.
1. La música y los sonidos.
Si catalogamos como música solo lo que se compone poco más podemos decir, pero si
catalogamos como música todo sonido emitido la cosa cambia. Así podemos decir que el canto de
los pájaros es música, y hasta que el habla humana es música pues n o deja de ser una vibración
que posee una armonía y una frecuencia y, nos guste o no, hablamos con un ritmo que nos permite
pensar y sobre todo respirar mientras hablamos.
Sonidos como los mantras o sonidos específicos como el famoso OM podrían ser calificados
como música; pero hablaremos de esto más adelante.
2. El efecto de la música sobre los cuerpos energéticos
Desde el punto de vista iniciático, la música es vibración y toda vibración es energía. Dado que el
Ser Humano y, por extensión todo lo creado en el Universo, es energía moldeada por el Espíritu,
la música influye sobre los cuerpos y la creación.
Dicen los iniciados que esto es algo que todo el mundo siente de alguna manera pero de lo que las
personas no son conscientes. El efecto que produce la música en los humanos estaría relacionado
con un efecto vibratorio que se produce sobre los distintos cuerpos del hombre, sobretodo sobre el
cuerpo mental o emocional. Recuerde que el hombre posee cuerpo físico, astral, mental….
Esta influencia se produciría de modo natural y el compositor es el primero que siente es efecto.
La idea y el sentimiento que ese compositor necesita trasmitir se vinculada por medio de una
impresión que se da cuando el oyente escucha. El compositor sabe lo que quiere transmitir con su
música y compone, y recompone y vuelve a recomponer hasta que algo dentro de el mismo le dice
que esas son las notas adecuadas. Si lo consigue plenamente, la impresión que escuchar su obra
tiene en el oyente hace que este se sienta transportado como en un éxtasis. Es el momento en el
que decimos que una determinada música nos extasía , no sabemos por qué, pero al oírla todo
parece desaparecer, incluso cerramos los ojos para concentrarnos mejor, solo existe la música, el
resto del Universo ha desaparecido para nosotros en dicho instante.
JB News – Informativo nr. 2.291 – Florianópolis (SC), sábado, 7 de janeiro de 2017 Pág. 11/27
Estas impresiones que recibimos pueden ser positivas o negativas, la música, como todo puede
elevarnos o hundirnos. Lo ideal es escuchar buena música – y no por ello tiene que ser
necesariamente clásica - aunque es esta la mejor para recuperarnos y coincido con usted que si no
está habituado a oírla no le apetezca. Sin embargo el mundo actual esta lleno de ruidos y malas
vibraciones que nos rodean por todos lados e influyen negativamente en nuestros cuerpos
psíquicos y físicos. Está demostrado que la música clásica ayuda a relajarse y recuperarse del
gran estrés de la vida diaria.
Oír música es un hábito. Oír buena música también. Por lo tanto, sea cual sea su preferencia
musical, a partir de hoy, procure oír un poco de música clásica todos los días. Oír una buena
música, para educar su gusto musical, es importante, porque la música clásica se compone de
sonidos armoniosos que elevan la frecuencia vibratoria de quien la escucha. Nuestro organismo
bio-psíquico vibra siempre con los sonidos que escucha. Procure oír, principalmente, músicas
orquestadas, para órgano o coros. Sobre los compositores hay mucho donde elegir: Bach,
Beethoven, Schubert, Schumann, Chopin y tantos otros. En poco tiempo tendrá la sorpresa de ver
que su interior se eleva, que su mente se integra en planos sutiles de consciencia, que toda su salud
mejora sensiblemente, que la alegría llega a su alma en una intensidad maravillosa. Y Sobre todo,
que esos momentos de relax se convertirán en una manera de proteger todo su ser de los ruidos
inevitables que le invaden durante todo el día, bombardeándole con vibraciones nocivas,
perjudiciales.
3. Mantras y sonidos específicos
Así como la combinación de sonidos en una melodía bien conocida produce su efecto, mucho más
cuando esos sonidos son ejecutados en determinado orden y de determinada forma para producir
un efecto concreto.
En el caso de los mantras, que vienen de antiguas tradiciones, el efecto tiene un claro objetivo que
es el ayudar a la concentración y armonizarse con una determinada frecuencia. El conocido sonido
vocálico o mantra OM no es tan simple como decir OM sino decirlo con una frecuencia,
entonación y ritmo muy determinados que son apreciables si uno acude a un templo budista. El
sonido es grave y parece extenderse en el tiempo, no es un OM es más bien un
OOOOOOMMMMMM. Pero lo que uno siente cuando hasta cientos de monjes lo pronuncian
conjuntamente no se puede narrar, el sonido parece penetrarlo todo, te atraviesa y se genera una
atmosfera especial que facilita todo el resto del trabajo. Ustedes, que son masones, deberían ya
conocer esto, la famosa aclamación escocesa posee su manera y cadencia de pronunciarse y todos
los hermanos lo hacen al unísono.
Existen multitud de sonidos vocalicos y mantras, casi todos procedentes de la tradición hindú.
Asím el conocido sonido es uno de los mantras más sagrados de las religiones dhármicas (como el
hinduismo y el budismo) y simboliza el divino Brahman y el universo entero.
Sería largo explicar aquí todos los sonidos y mantras que existen y su significado, pero lo que ya
no debe tener usted duda es que son música, pues se entonan y pronuncian con cadencia, ritmo,
frecuencia.
4. La Armonía de las Esferas
JB News – Informativo nr. 2.291 – Florianópolis (SC), sábado, 7 de janeiro de 2017 Pág. 12/27
Vamos ahora a poner un ejemplo de como la música se une con la
otra ciencia liberal, la Astronomía. La teoría de la armonía de las
esferas es de origen pitagórico. Se basa en la idea de que el
universo está gobernado según proporciones numéricas
armoniosas y que el movimiento de los cuerpos celestes según la
representación geocéntrica del universo — el Sol, la Luna y los
planetas — se rige según proporciones musicales; las distancias
entre planetas corresponderían, según esta teoría, a los intervalos
musicales.
Todos sabemos que realmente vivimos en un Universo
heliocéntrico pero en tiempos de Pitágoras las cosas era diferentes. Sin embargo, su teoría de la
armonía de las esferas parece ser cierta, al menos hasta el planeta Neptuno. La conocida como
ley de Titius-Bode (1772) es una nueva clase de teoría de la armonía planetaria. Veamos
someramente como se fue desarrollando:
 En 1702, James Gregory describe la secuencia de números 4, 7, 10, 15, 52, 95, para
representar las distancias de los planetas en 1/10 del radio de la órbita terrestre (1.5
millones de kilómetros).
 En 1766, Titius enuncia una relación empírica entre los radios de las órbitas de los
planetas y de los planetas enanos del Sistema Solar, basado en una progresión
geométrica de razón 2.
 En 1772, Bode retoma la teoría: si se considera 4 como la distancia media entre
Mercurio y el Sol, y si se agrega la serie 3 x 1, 3 x 2, 3 x 4, 3 x 8, etc. se obtienen cifras
que se aproximan mucho a la distancia media real de los planetas con respecto al Sol,
calculada en unidades astronómicas (distancia media entre la Tierra y el Sol) y se
asocia con una nota musical en cuanto a la relación – los músicos entenderán esto
mejor que yo lo explico.
La tabla que se genera es la siguiente:
Planeta Distancia Nota
Mercurio 4 (0.387) Do
Venus 7 (0.723) Re
Tierra 10 (1.000) Sol
Marte 16 (1.524) Do
Ceres 28 (2.77) Re
Júpiter 52 (5.203 Si
bemol
Saturno 100
(9.539)
Mi
Urano 196
(19.182)
Mi+
Neptuno 388
(30.055)
La
JB News – Informativo nr. 2.291 – Florianópolis (SC), sábado, 7 de janeiro de 2017 Pág. 13/27
La conclusión a la que se llega de acuerdo con la teoría de la armonía de las esferas es que la
creación del Universo responde a una escala musical, lo que, en el fondo equivale a decir que todo
es vibración.
Voy a finalizar esta parte con un texto de Cyril Scott (1879-1970) donde se expresa la importancia
y el poder del sonido.
“A lo largo de los siglos, filósofos, teólogos y sabios han sido conscientes de la importancia de los
sonidos. Los Vedas […] pretenden que el Cosmos en su totalidad nació de la disposición de los
sonidos […] el Evangelio de San Juan expresa la misma verdad: “En el comienzo era el Verbo, y
el Verbo estaba en Dios; y el Verbo era Dios”[…]
[…] Habiendo descubierto el poder de los sonidos y de los mantras y habiendo comprendido que
podían ponerse ciertas fuerzas en acción y obtener unos resultados tangibles a base de repetir
ciertas notas, los sacerdotes se decidieron a usar esta forma de magia – pues para ellos era
magia – con fines constructivos y nobles”.
[La música – su influencia secreta a través de los siglos – Cyril Scott]
Sobre el autor
Mario López Rico es maestro masón y trabaja actualmente en su logia madre
Renacimiento 54 – La Coruña – España, bajo la Obediencia de la Gran Logia de España,
donde fue iniciado el 20 de Noviembre de 2007 y fue reconocido como maestro el 22 de
Abril de 2010.
A partir del año 2011 comienza a subir la escalera masónica filosófica del REAA siendo
también, en la actualidad, Maestro de la Marca – Nauta del Arco Real, Compañero del
Arco Real de Jerusalén y Super excelent master (grado cuarto y último de los Royal & Select Master – Rito york)
Miembro Fundador Capitulo Semper Fidelis nº 36 de Masones del Arco Real el 18 – Oct – 2014
Miembro Fundador Consejo Mesa de Salomón nº 324 de Maestros Reales y Selectos (Masonería Criptica) el 20 –
Feb - 2016
JB News – Informativo nr. 2.291 – Florianópolis (SC), sábado, 7 de janeiro de 2017 Pág. 14/27
Ir. Paulo Roberto -
MI da Loja Pitágoras nr. 15
Grande Secretário Adjunto Guarda-Selos da GLSC e
Membro da Academia Catarinense Maçônica de Letras
Escreve aos sábados neste espaço.
prp.ephraim58@gmail.com.br
Paulo Roberto
Os Signos Zodiacais e a Maçonaria Simbólica
É existencial o estreitamento das relações místicas dos signos da astrologia, com as
certezas proporcionadas pela morte e ressurreição da natureza, lembradas pode-se dizer, pelo
ciclo imutável dos vegetais (lenda de Dumuzi, dos sumerianos, e de Deméter, dos gregos) e pela
ave Fênix. A qual renasceu das próprias cinzas...
Graças a essa relação, os signos zodiacais simbolizam, na Maçonaria simbólica, todo o
caminho místico percorrido pelo iniciado, desde o seu ingresso na Confraria, como Apr.: M.: ,
até o pináculo de sua trajetória, quando é exaltado ao grau de M.: M.:; as colunas zodiacais,
encontradas nos templos maçônicos, e que possuem, em seu cume, os “pentaclos”
(representações dos signos, com seus elementos naturais e respectivos planetas), simbolizam
essa trajetória. Enfim, a relação mística entre os signos e a senda iniciática pode ser observada
da seguinte maneira:
4 – Os Signos Zodiacais e a Maçonaria Simbólica
Paulo Roberto
JB News – Informativo nr. 2.291 – Florianópolis (SC), sábado, 7 de janeiro de 2017 Pág. 15/27
ÁRIES – É caracterizado por “Marte” e pelo “fogo”. A história mitológica dessa constelação é a
seguinte: “Frixos, filho de Nepele, falsamente acusado de violar Biadice, foi condenado à morte,
sendo, entretanto, salvo por um carneiro de cor dourada, escapando no dorso do mesmo.
Alcançando determinada segurança, Frixos sacrificou o carneiro a Zeus, que por sua vez,
colocou a imagem do animal no céu”.
Áries relaciona-se com o fogo interior do homem, ou seja, a força que estimula seu crescimento
e desenvolvimento.
Ratificando o que acima está escrito, “Áries” é o simbolo do fogo interno, do ardor incontido do
candidato à procura da “Luz”. É o passo inicial da renovação da natureza pelo fogo, que é o
elemento de “Áries”. Não devemos esquecer-nos da máxima hermética rosacruz, utilizada na
Maçonaria, de que o fogo renova a natureza inteira: “Igne Natura Renovatur Integra – INRI”.
TOURO – Lembrado por “Vênus” e pelo elemento “terra”. Sua origem mitológica é a seguinte:
“Taurus era o touro branco, que cortejou Europa, colocando-a sobre seu dorso; contudo, o
formoso animal, verdadeiramente, era Zeus sob disfarce, e que, quando reassumiu sua forma
habitual, pôs o touro no céu”. “Touro” relaciona-se com a matéria, onde na qual, se efetua a
fecundação interior.
Por representar a natureza, voltada à fecundação, simboliza que o candidato, após ser
convenientemente preparado, será admitido às provas da Iniciação Maçônica.
GÊMEOS – Caracterizado por “Mercúrio” e pelo “ar”. Não existe até então, um mito de origem
particular associado a ele; em território egípcio era conhecido como “As Duas Estrelas”,
tomando o nome das estrelas “Castor” e “Pólux”, as mais brilhantes da constelação.
Representa os “filhos da terra, fecundada pelo ‘fogo’, e o ‘mercúrio’ dos alquimistas,
representado com duas cabeças”.
Relaciona-se com a versatilidade, com a engenhosidade e com a vitalidade criadora.
E, por representar a “terra” já fecundada pelo “fogo”, a vitalidade criadora, simboliza o
recebimento da Luz pelo candidato à Iniciação.
CÂNCER – Caracterizado pela “Lua” e pela “água”. Como caranguejo, “Câncer” é babilônico,
quanto a sua origem; todavia, no Egito, a constelação era representada por duas tartarugas, ora
conhecidas como as “Estrelas da Água”, ora como “Allul”, uma criatura aquática; assim, sua
associação com a “água” é muito antiga, embora não haja uma história mitológica a seu
respeito.
Intimamente representa a exploração vegetal da terra fecundada e se relaciona com a
tenacidade e a cautela.
Câncer, por representar o renascimento da vegetação, a seiva escaldante da vida, simboliza a
“instrução do Iniciado e a absorção pelo mesmo, dos conhecimentos iniciáticos da Maçonaria; é
a sabedoria representada na ressurreição da natureza, ou em última análise, o renascer do
espírito”.
LEÃO – Totalmente caracterizado pelo “Sol” e pelo “fogo”. O leão que é representado por essa
constelação é, tradicionalmente, o leão de Neméia, cuja pele era à prova de ferro, bronze e
pedra; Heracles (ou Hércules) o matou; contudo, perdeu um de seus dedos das mãos, entre
seus dentes. Em suma, simboliza a ação do fogo externo (contraposto ao fogo interior de
“Áries”), que amadurece os frutos; representa, também, o “emprego da razão a serviço da
crítica”.
Pode-se inclusive dizer, que o que acima está delineado, simboliza o juízo crítico e racional, que
o Iniciado faz de todos os conhecimentos adquiridos, aprendendo com determinada
metodologia, a selecionar todos aqueles que lhe forem de plena utilidade.
VIRGEM – Caracterizado por “Mercúrio” e pela “terra”. Em sua mitologia, de acordo com
Hesíodo, tem-se o seguinte: “Virgem” (também denominada Astréia) era filha de “Júpiter” e
JB News – Informativo nr. 2.291 – Florianópolis (SC), sábado, 7 de janeiro de 2017 Pág. 16/27
“Têmis”, sendo a deusa da justiça; quando terminou a idade áurica e o homem desafiou-lhe a
regência, ela, desgostosa, retornou ao céu. No íntimo ela simboliza a esposa virginal do fogo;
representando, também, a colheita dos frutos maduros, sendo sua característica fundamental o
‘espírito analítico’ ”.
Exatamente por representar a colheita dos frutos amadurecidos, simboliza o aperfeiçoamento
do Iniciado, ou seja: após ter julgado, racionalmente, os ensinamentos que até então adquiriu, o
Iniciado já pode se dedicar ao desbastamento da pedra bruta, que não deixa de ser, o seu
próprio aperfeiçoamento moral e espiritual.
LIBRA – É caracterizado pelo planeta “Vênus” e o “ar”. Não existe nenhum mito antigo a
respeito dessa constelação; entretanto, ela era associada, na Babilônia, com o julgamento dos
vivos e dos mortos, quando Zibanitu, a “Balança”, pesava as almas; já, no Egito, a colheita era
pesada quando a “Lua” estava cheia em “Libra”. Assim sendo, simboliza o equilíbrio entre as
forças construtivas e as destrutivas; representando de outra forma, o fruto em sua plena
maturidade.
Quando se fala na maturidade do fruto, deve-se pensar no equilíbrio existente entre o viço e sua
respectiva putrefação. Esse signo relaciona-se com a “Dualidade” do grau de C.: M.:, quando
este simboliza, sua plena maturidade em sua escalada evolutiva, prestes a desenvolver todo o
seu potencial de trabalho.
ESCORPIÃO – Este é caracterizado por “Plutão” (e, tradicionalmente, por “Marte”) e pela
“água”. Esse signo é possuidor de uma história mitológica, destacando-se o seguinte: “por
ordem de Juno (Hera), o “Escorpião” ergueu-se da terra, para atacar Orion; para esse ato, levou,
também, os cavalos do “Sol” a disparar, ao serem conduzidos, certo dia, pelo garoto Faetonte;
“Júpiter” (ou Zeus) puniu-o severamente, atingindo-o com um raio”. Em si, simboliza a
desagregação dos elementos da construção vital e a queda do “Sol” para outro hemisfério;
representam, também, emoções e sentimentos poderosos, assim como, rancor e obstinação.
Falando-se em desagregação dos elementos, devemos lembrar sobre a perda da luz do “Sol”,
suscitando o findar da natureza, enfim, simboliza a morte do artífice Hiram, assassinado pelos
três maus CC.: MM.:, de acordo com a lenda do grau de M.: M.: (decalcada na lenda da morte do
“Sol”, ou “Lenda de Osíris”).
SAGITÁRIO – Caracterizado por “Júpiter” e pelo “fogo”. Sua história mitológica é a seguinte: “
“Sagitário”, com duas faces, animal e humana, era o centauro Quíron, educador de Jasão,
Aquiles e Enéias; famoso como médico, profeta e estudioso, era filho de Filira e de Cronos (pai
de Zeus); Cronos, surpreendido durante um ato gerador, transformou-se em um garanhão e saiu
a galope, abandonando Filira; esta, deveras desgostosa com o filho metade homem e metade
cavalo, transformou-se em uma tília”.
No fundo, simboliza o espírito que se desprende do corpo e se equilibra no ar, enquanto a
natureza, pela desagregação dos elementos, sucumbe, lentamente; “Sagitário” representa,
também, a mente aberta e o julgamento crítico.
Esse signo por representar a natureza morta e o espírito animador que se destaca do corpo,
simboliza a procura do corpo de Hiram Abiff que fora assassinado e, o lamento pelo mesmo, por
parte de todos os obreiros, pela perda incalculável do verdadeiro “Mestre da Palavra”.
CAPRICÓRNIO – Totalmente lembrado por “Saturno” em consonância com a “terra”. Suas
associações mitológicas são incertas, embora exista uma leve referência ao deus Pã, cuja
genitora saiu correndo ao mirar-lhe a feiura, mas cujo sucesso com as ninfas era-lhe
indiscutível; o antigo deus sumeriano Ea, rei do oceano, era conhecido como o “antílope do
oceano subterrâneo”, o bode com cauda de peixe, denominado “kusarikku”, o bode-peixe. De
fato simboliza a morte de toda a natureza, quando toda a massa da terra permanecer passiva e
inerte, contudo fecundável; representa, também, a determinação e a perseverança.
JB News – Informativo nr. 2.291 – Florianópolis (SC), sábado, 7 de janeiro de 2017 Pág. 17/27
Por representar a terra inerte, entretanto, fecundável, ou seja, a esperança de uma nova
ressurreição simboliza a descoberta do local em que o Mestre Hiram Abiff foi sepultado pelos
três CC.: MM.: que o assassinaram.
AQUÁRIO – Este signo é caracterizado por “Urano” (e, tradicionalmente por “Saturno”) e pelo
“ar”. Não existem mitos de evidência relacionados ao signo “Aquário”; o deus Hapi, vertendo
água de dois cântaros, era um símbolo antigo do Rio Nilo, enquanto que o deus sumeriano Ea,
às vezes, era chamado “o deus com jatos de água”; o nome babilônico de “Aquário”, Gula, era,
inicialmente, associado com a deusa do parto e da cura. Simboliza, também, a reconstituição
dos elementos construtivos, impregnando a terra com a seiva revitalizadora, representando o
sentido humanitário e prestativo.
Pode-se dizer que por representar o que está no parágrafo acima registrado, simboliza
inexoravelmente a cadeia, que todos os obreiros fazem no sentido de que o corpo de Hiram
Abiff, retirado de seu túmulo, possa ressurgir ressuscitar em um plano mais elevado (uma vez
que Hiram Abiff, tal como Osíris, simboliza a “Luz” do “Sol”, essa cerimônia em si, lembra o
culto mitraico feito pela volta da luz solar: o “Natalis Invieti Solis” – “Aniversário do Sol
Invencível”).
PEIXES – Caracterizado por “Netuno” (e, tradicionalmente, por “Júpiter”) e pela “água”. Tem
como história mitológica o que se segue: “Apavorados com o gigante Tifão, “Vênus” e “Cupido”
(Afrodite e Eros) jogaram-se no Rio Eufrates e transformaram-se em peixes; Minerva (Atená),
comemorando a ocasião, colocou os peixes no céu.”
O signo em evidência simboliza a ressurreição da terra vitalizada, com o novo advento da “Luz”;
diz-se que representa, também, o desprendimento das coisas ligadas á matéria.
Em si, “Peixes”, representa o renascimento de Hiram Abiff e o reencontro da Palavra Perdida;
realmente, em conformidade com o ponto de vista místico, como na Lenda de Osíris, esse
renascimento não é, evidentemente, no plano material, mas sim, no espiritual. De fato é o
retorno do “Sol” e da vida, prontos para mais um ciclo.
“Ubi tu Gaius, ego Gaia”
“Onde tu Gaius estiveres, aí estarei eu Gaia”
(provérbio romano de confiança)
JB News – Informativo nr. 2.291 – Florianópolis (SC), sábado, 7 de janeiro de 2017 Pág. 18/27
Ir William Spangler M.M
Loja União Diamantinense
Diamantina MG
Nosso Irmão Luiz Gonzaga e o Pernambuco.
O homem só tem uma vida, mas sua historia pode torná-lo eterno.
A Capitania de Pernambuco quase se tornou holandesa: a expedição da Companhia das
Índias Ocidentais em 1630 tomou posse de suas terras e riquezas e em 1637 Mauricio de
Nassau desembarcou na Nova Holanda com seus arquitetos e engenheiros que tornariam
Recife um modelo de cidade com pontes, canais. ruas e edifícios como o Palácio de Friburgo,
Observatório Astronômico, Farol e Jardim Botânico. A Nova Holanda florescia como uma
citadela moderna com cultura europeia e florins batavos. Depois da Batalha dos Guararapes
em 1654 os holandeses foram expulsos, não antes de receberem vastos quintos de ouro para
deixarem a Capitania pagos pela Coroa Portuguesa . A Mauristisstad se tornou Recife e com
sua beleza arquitetônica hoje é um dos mais visitados lugares icônicos do Brasil.
Em 13 de Dezembro de 1912 nascia na cidade de Exu-PE o menino Luiz Gonzaga do
Nascimento, filho do sanfoneiro Januário e de Dona Ana Batista, lavradores por profissão e
destino. Desde pequeno ouvia o pai tocar sua sanfona de oito baixos e o ajudava tocando
zabumba e cantando nas festas das feiras, forrós e quermesses do lugar. Como todo Luiz se
tornou “Lula” no aprecio do pai pelo apelido carinhoso da tradição nordestina. Descontente com
a vida miserável do sertão fugiu para Fortaleza-CE e entrou para o exército como corneteiro,
quando deu baixa foi morar no Rio de Janeiro-RJ e participou do programa de Ary Barroso na
Rádio Nacional iniciando sua carreira como cantor e sanfoneiro divulgando a dança e a musica
nordestina, antes restrita somente aos rincões dos sertões, tornando-se o “Rei do Baião” com
suas magnificas composições de” Baião”, “Meu pé de Serra”, “Baião de Dois”, “Cintura Fina”,
“Triste Partida”, “Dezessete e Setecentos”, “Penerô Xerem”, ”Acácia Amarela” etc e a
inesquecível “Asa Branca” um dos ícones da musicografia brasileira e hino do nordeste. Luiz
5 – Nosso Irmão Luiz Gonzaga
William Spangler
JB News – Informativo nr. 2.291 – Florianópolis (SC), sábado, 7 de janeiro de 2017 Pág. 19/27
“lula” Gonzaga gravou 56 discos e compôs cerca de 500 canções. Seu filho Gonzaguinha
seguiu seus passos e se tornou um ídolo para os jovens nos anos 1970.
Luiz Gonzaga foi iniciado na Maçonaria na ARLS “ Paranapuan nº 1477-GOB Oriente de
Ilha do Governador –RJ em 03 de Abril de 1971; elevado em 14 de Dezembro de 1972 e
exaltado em 05 de Dezembro de 1973. Foi iniciado no Grau 4 em 29 de Agosto de
1984.Passou ao Oriente Eterno em 02 de Agosto de 1989 aos 76 anos.
Luiz Gonzaga saiu em busca da glória por caminhos difíceis vindo do interior do grande
Pernambuco, mas sempre honrou a sua terra e fez a sua historia com orgulho e a tenacidade
do nordestino e como na canção “A Vida de Viajante”, trilhou os recantos e os horizontes deste
Brasil levando a cultura e cantando a alegria e a beleza de nosso povo.
“Minha vida é andar por este país, Pra se um dia descanso feliz, Guardando as
recordações, Das terras onde passei, Andando pelos sertões e dos amigos que lá deixei,
Chuva e sol, Poeira e carvão, Longe de casa sigo o roteiro mais uma estação, E alegria no
coração.”
ACÁCIA AMARELA
“Ela é tão linda é tão bela
Aquela acácia amarela
Que a minha casa tem
Aquela casa direita
Que é tão justa e perfeita
Onde eu me sinto tão bem
Sou um feliz operário
Onde aumento de salário
Não tem luta nem discórdia
Ali o mal é submerso
E o Grande Arquiteto do Universo
É harmonia, é concórdia
É harmonia, é concórdia”.
E viva o Pernambuco!
William Spangler
Ouça a música no link abaixo, acompanhando a letra da “Acácia Amarela”
https://www.youtube.com/watch?v=NYB15Et175o
JB News – Informativo nr. 2.291 – Florianópolis (SC), sábado, 7 de janeiro de 2017 Pág. 20/27
Coluna da Harmonia
O Irmão Ademar Valsechi escreve aos sábados.
É MI da Loja Templários da Nova Era – 33º. REAA – membro da Academia
Catarinense Maçônica de Letras, ex-Grande Mestre de Harmonia, atual Grande
Secretário de Cultura da GLSC e autor do Livro “A Arte da Música Através do
Tempo e na Maçonaria” além da Coletânea em MP3 de Músicas para Ocasiões
Maçônicas. - valsechibr@gmail.com
Coluna da Harmonia – Nr. 63
Música Barroca
Alessandro Scarlatti (1.659 – 1.725) - 1ª parte
Foi criador em Nápoles, de um modelo de ópera até hoje chamado “lírico” ou
arte lírica no teatro. O seu “Stabat Mater” revela toda beleza lírica de sua obra, em
forma de óperas de enredo bíblico, já que nos países católicos não se permitia
representações de óperas profanas.
Inventou a “abertura italiana” das óperas, que foi o germe para o nascimento da
sinfonia.
Harmonizando o texto da 63ª Coluna da Harmonia, vamos ouvir no link, a
belíssima melodia de A. Scarlatti: “Concerto Grosso nº1 in F minor”.
 111 - A Scarlatti - Concerto Grosso No 1 in F Minor.mp3
6 – Coluna da Harmonia nr. 63
Ademar Valsechi
JB News – Informativo nr. 2.291 – Florianópolis (SC), sábado, 7 de janeiro de 2017 Pág. 21/27
(as letras em vermelho significam que a Loja completou
ou está completando aniversário)
GLSC -
http://www.mrglsc.org.br
GOSC
https://www.gosc.org.br
Data Nome Oriente
01/01/2003 Fraternidade Joinvillense Joinville
26/01/1983 Humânitas Joinville
31/01/1998 Loja Maçônica Especial União e
Fraternidade do Mercosul Ir
Hamilton Savi nr. 70
Florianópolis (trabalha no recesso
maçônico)
11/02/1980 Toneza Cascaes Orleans
13/02/2011 Entalhadores de Maçaranduba Massaranduba
17/02/2000 Samuel Fonseca Florianópolis
21/02/1983 Lédio Martins São José
21/02/2006 Pedra Áurea do Vale Taió
22/02/1953 Justiça e Trabalho Blumenau
Data Nome da Loja Oriente
11.01.1957 Pedro Cunha nr. 11 Araranguá
18.01.2006 Obreiros de Salomão nr. 39 Blumenau
15.02.2001 Pedreiros da Liberdade nr. 79 Florianópolis
21.02.1903 Fraternidade Lagunense nr. 10 Laguna
25.02.1997 Acácia Blumenauense nr. 67 Blumenau
25.02.2009 Caminho da Luz nr. 99 Brusque
7 – Destaques (Resenha Final)
Lojas Aniversariantes de Santa Catarina
Mêses de janeiro e fevereiro
JB News – Informativo nr. 2.291 – Florianópolis (SC), sábado, 7 de janeiro de 2017 Pág. 22/27
GOB/SC –
http://www.gob-sc.org.br/gobsc
Data Nome Oriente
07.01.77 Prof. Mâncio da Costa - 1977 Florianópolis
14.01.06 Osmar Romão da Silva - 3765 Florianópolis
25.01.95 Gideões da Paz - 2831 Itapema
06.02.06 Ordem e Progresso - 3797 Navegantes
11.02.98 Energia e Luz -3130 Tubarão
29.02.04 Luz das Águas - 3563 Corupá
Presente
"Muitas pessoas tem o hábito de viver no passado ou viver no
futuro. Mas o passado e o futuro não estão nas mãos delas. Elas
acabam não apreciando nem o passado nem o futuro. Elas
vivem num mundo de sonhos, imaginações e ilusões.
Precisamos estar conscientes do presente. Precisamos tornar o
momento presente o melhor momento. Este momento é
resultado do momento que recém passou. Da mesma forma, o
próximo momento será consequência do momento presente.
Precisamos nos lembrar de estar presente no presente e
apreciar a vida presente."
G. Surendran, Positive Life, Sapna book House, Bangalore
Brahma Kumaris
Meditações, Palestras e Artigos clique aqui
Conheça também: Editora BK | Outras mensagens
Para indicar o recebimento dessas mensagens a um colega, favor sugerir que acesse
www.bkumaris.org.br/cadastro
A Organização Brahma Kumaris respeita sua privacidade.
Caso você não deseje mais receber as mensagens, clique na expressão “remova aqui”, abaixo.
Elas podem estar sendo enviadas diretamente por nós (remetente mensagens@bkumaris.org.br)
ou reenviada por terceiros; no nosso caso, garantimos a descontinuidade no recebimento.
José Aparecido dos Santos
TIM: 044-9846-3552
E-mail: aparecido14@gmail.com
Visite nosso site: www.ourolux.com.br
"Tudo o que somos é o resultado dos nossos pensamentos".
JB News – Informativo nr. 2.291 – Florianópolis (SC), sábado, 7 de janeiro de 2017 Pág. 23/27
LOJA MAÇÔNICA ESPECIAL
União e Fraternidade do Mercosul
Ir∴ Hamilton Savi nº 70
RITO ESCOCÊS ANTIGO E ACEITO – GOSC/COMAB
FUNDADA EM 31/01/1998
À GDGADU
Orde Florianópolis, aos 20 dias do mês de dezembro do ano de 2016 E∴V∴
Ofic. 003/2016
A Todos os Homens Livres e de Bons Costumes
Programação – Loja União e Fraternidade do Mercosul - Hamilton Savi nº 70 - Mês de Janeiro de 2017
Dia 09/01/2017:
Abertura dos trabalhos com leitura do ato do GM nomeando a Administração da Loja para o ano
2017.
Palavra do Grande Oriente de Santa Catarina – GOSC
Palestra do eminente Ir. Kennyo Ismail –
Editor-chefe da revista “Ciência & Maçonaria”, a primeira revista acadêmico-científica dedicada
ao estudo da Maçonaria na América do Sul, vinculada ao NP3/CEAM/UnB; professor do curso de
pós-graduação em História da Maçonaria pela UnyLeya; e membro da Academia Maçônica de
Letras do Distrito Federal, ocupando a cadeira No.33.
Palestrante conhecido no meio maçônico é autor de diversos artigos publicados em várias revistas
e sites maçônicos no Brasil e em outros países. Foi revisor técnico e prefaciou a edição brasileira
do best-seller internacional Freemasons for Dummies (Maçonaria para Leigos), publicado pela
AltaBooks (2015); traduziu e comentou a obra “Ahiman Rezon – A Constituição dos Maçons
Antigos”, publicado pela A Trolha (2016); e é autor dos livros: “Desmistificando a Maçonaria”
(2012), “O Líder Maçom” (2014), e “Debatendo Tabus Maçônicos” (2016).
Dia 23/01/2017:
Palestra do eminente Ir.: Gean Marques Loureiro, Prefeito eleito da Capital de Santa Catarina.
Mestre instalado da ARLS Samuel Fonseca nº 79 - GOSC
Informamos que as sessões da Loja Mercosul Hamilton Savi nº 70 serão realizadas no
Templo da Loja Ordem e Trabalho nº 3, Or. de Florianópolis, Situado próximo à UFSC –
Serrinha. AV. DESEMBARGADOR VITOR LIMA. 550, com inicio às 20:00hs
Grande Abraço
Ir.: EMÍLIO CÉSAR ESPÍNDOLA V.: M.:
(048)32445761 - (048)999824363
emilioespindola@yahoo.com.br
JB News – Informativo nr. 2.291 – Florianópolis (SC), sábado, 7 de janeiro de 2017 Pág. 24/27
Ir Marcelo Angelo de Macedo, 33∴
MI da Loja Razão e Lealdade nº 21
Or de Cuiabá/MT, GOEMT-COMAB-CMI
Tel: (65) 3052-6721 divulga diariamente no
JB News o Breviário Maçônico, Obra de autoria do saudoso IrRIZZARDO DA CAMINO,
cuja referência bibliográfica é: Camino, Rizzardo da, 1918-2007 - Breviário Maçônico /
Rizzardo da Camino, - 6. Ed. – São Paulo. Madras, 2014 - ISBN 978-85.370.0292-6)
Dia 7 de janeiro:
A Acácia
Entre nós, existem para mais de 300 espécies de acácias que se encontram nos
bosques e nas cidades, nos jardins e nas floriculturas.
Trata-se de uma espécie facilmente identificável pelo formato de suas folhas,
pequenas que preenchem um ramo, como se fosse uma espinha de peixe, ora mais
delicadas, ora mais robustas, variando também a coloração, apresentando uma gama
de verdes.
Toda acácia floresce e suas flores perfumadas são consideradas melíferas, atraindo as
abelhas.
Quando notamos alguma árvore e a identificamos como acácia, de imediato o maçom
terá sua mente atraída para sua Loja, para seus Irmãos, pois a acácia é um símbolo
poético dos mais expressivos.
O maçom que possuir uma espécie de acácia em seu terreno terá motivação
permanente para identificar-se com sua Loja.
Para os antigos, a acácia era um emblema solar, porque as folhas acompanham a
evolução do Sol e param, retraindo-se quando inicia o ocaso; a flor imita o disco
solar, com a sua "plumagem".
Lendariamente, é imputrescível, dando ideia de eternidade. Em junho, quando
floresce, o maçom sempre traz um ramo para ornamentar seu lar, colocando-o em um
vaso onde dura várias semanas.
Breviário Maçônico / Rizzardo da Camino, - 6. Ed. – São Paulo. Madras, 2014, p. 26.
JB News – Informativo nr. 2.291 – Florianópolis (SC), sábado, 7 de janeiro de 2017 Pág. 25/27
(pesquisa e arquivo JB News, vídeos da internet e colaboração de irmãos - fontes: Google)
1 –
Teste: Quais destes filmes são de
Steven Spielberg?
2 –
Faça esses exercícios e elimine a
papada no pescoço!
3 –
Conheça curiosidades da História
que vão te surpreender!
4 – Belas imagens:
Belas imagens.pps
5 – Trem Checo-Húngaro:
Trem Checo-Hungaro - Vonatok-luxussal.pps
6 - Aveiro a Veneza portuguesa:
Aveiro - a Veneza portuguesa.pps
7 - Filme do dia: “A Perseguição” – dublado
https://www.youtube.com/watch?v=XZ3Sl_bUd2w
JB News – Informativo nr. 2.291 – Florianópolis (SC), sábado, 7 de janeiro de 2017 Pág. 26/27
O Irmão Adilson Zotovici,
Loja Chequer Nassif-169
de São Bernardo do Campo – GLESP
escreve aos sábados e
esporadicamente em dias alternados
adilsonzotovici@gmail.com
SEM RECESSO
A oficina está em recesso
A obra não para porém
Vibrar até o regresso
O maço no cinzel convém !
Muito empenho no processo
Ainda que em vai e vem
Pois contrário é retrocesso
E chega a ser mesmo desdém !
De seu trabalho confesso
Bom obreiro não se abstém
E até peca pelo excesso
E o livre pedreiro obtém
Seu salário, que, sucesso
Do Grande Arquiteto...Amém !
Adilson Zotovici
ARLS Chequer Nassif-169
JB News – Informativo nr. 2.291 – Florianópolis (SC), sábado, 7 de janeiro de 2017 Pág. 27/27

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Jb news informativo nr. 2252
Jb news   informativo nr. 2252Jb news   informativo nr. 2252
Jb news informativo nr. 2252
JB News
 
Jb news informativo nr. 2125
Jb news   informativo nr. 2125Jb news   informativo nr. 2125
Jb news informativo nr. 2125
JB News
 
Jb news informativo nr. 1.063
Jb news   informativo nr. 1.063Jb news   informativo nr. 1.063
Jb news informativo nr. 1.063
Informativojbnews
 
Jb news informativo nr. 1.067
Jb news   informativo nr. 1.067Jb news   informativo nr. 1.067
Jb news informativo nr. 1.067
Informativojbnews
 
Jb news informativo nr. 2223
Jb news   informativo nr. 2223Jb news   informativo nr. 2223
Jb news informativo nr. 2223
JB News
 
Jb news informativo nr. 1.069
Jb news   informativo nr. 1.069Jb news   informativo nr. 1.069
Jb news informativo nr. 1.069
Informativojbnews
 
Jb news informativo nr. 1995
Jb news   informativo nr. 1995Jb news   informativo nr. 1995
Jb news informativo nr. 1995
JB News
 
Jb news informativo nr. 2250
Jb news   informativo nr. 2250Jb news   informativo nr. 2250
Jb news informativo nr. 2250
JB News
 
Jb news informativo nr. 1.065
Jb news   informativo nr. 1.065Jb news   informativo nr. 1.065
Jb news informativo nr. 1.065
Informativojbnews
 
Jb news informativo nr. 1.062
Jb news   informativo nr. 1.062Jb news   informativo nr. 1.062
Jb news informativo nr. 1.062
Informativojbnews
 
Jb news informativo nr. 1.076
Jb news   informativo nr. 1.076Jb news   informativo nr. 1.076
Jb news informativo nr. 1.076
Informativojbnews
 
Jb news informativo nr. 2282
Jb news   informativo nr. 2282Jb news   informativo nr. 2282
Jb news informativo nr. 2282
JB News
 
Jb news informativo nr. 1167
Jb news   informativo nr. 1167Jb news   informativo nr. 1167
Jb news informativo nr. 1167
Informativojbnews
 
Jb news informativo nr. 2335
Jb news   informativo nr. 2335Jb news   informativo nr. 2335
Jb news informativo nr. 2335
JB News
 
Jb news informativo nr. 2160
Jb news   informativo nr. 2160Jb news   informativo nr. 2160
Jb news informativo nr. 2160
JB News
 
Jb news informativo nr. 2333
Jb news   informativo nr. 2333Jb news   informativo nr. 2333
Jb news informativo nr. 2333
JB News
 
Jb news informativo nr. 2259
Jb news   informativo nr. 2259Jb news   informativo nr. 2259
Jb news informativo nr. 2259
JB News
 
Jb news informativo nr. 1175
Jb news   informativo nr. 1175Jb news   informativo nr. 1175
Jb news informativo nr. 1175
JBNews
 

Mais procurados (18)

Jb news informativo nr. 2252
Jb news   informativo nr. 2252Jb news   informativo nr. 2252
Jb news informativo nr. 2252
 
Jb news informativo nr. 2125
Jb news   informativo nr. 2125Jb news   informativo nr. 2125
Jb news informativo nr. 2125
 
Jb news informativo nr. 1.063
Jb news   informativo nr. 1.063Jb news   informativo nr. 1.063
Jb news informativo nr. 1.063
 
Jb news informativo nr. 1.067
Jb news   informativo nr. 1.067Jb news   informativo nr. 1.067
Jb news informativo nr. 1.067
 
Jb news informativo nr. 2223
Jb news   informativo nr. 2223Jb news   informativo nr. 2223
Jb news informativo nr. 2223
 
Jb news informativo nr. 1.069
Jb news   informativo nr. 1.069Jb news   informativo nr. 1.069
Jb news informativo nr. 1.069
 
Jb news informativo nr. 1995
Jb news   informativo nr. 1995Jb news   informativo nr. 1995
Jb news informativo nr. 1995
 
Jb news informativo nr. 2250
Jb news   informativo nr. 2250Jb news   informativo nr. 2250
Jb news informativo nr. 2250
 
Jb news informativo nr. 1.065
Jb news   informativo nr. 1.065Jb news   informativo nr. 1.065
Jb news informativo nr. 1.065
 
Jb news informativo nr. 1.062
Jb news   informativo nr. 1.062Jb news   informativo nr. 1.062
Jb news informativo nr. 1.062
 
Jb news informativo nr. 1.076
Jb news   informativo nr. 1.076Jb news   informativo nr. 1.076
Jb news informativo nr. 1.076
 
Jb news informativo nr. 2282
Jb news   informativo nr. 2282Jb news   informativo nr. 2282
Jb news informativo nr. 2282
 
Jb news informativo nr. 1167
Jb news   informativo nr. 1167Jb news   informativo nr. 1167
Jb news informativo nr. 1167
 
Jb news informativo nr. 2335
Jb news   informativo nr. 2335Jb news   informativo nr. 2335
Jb news informativo nr. 2335
 
Jb news informativo nr. 2160
Jb news   informativo nr. 2160Jb news   informativo nr. 2160
Jb news informativo nr. 2160
 
Jb news informativo nr. 2333
Jb news   informativo nr. 2333Jb news   informativo nr. 2333
Jb news informativo nr. 2333
 
Jb news informativo nr. 2259
Jb news   informativo nr. 2259Jb news   informativo nr. 2259
Jb news informativo nr. 2259
 
Jb news informativo nr. 1175
Jb news   informativo nr. 1175Jb news   informativo nr. 1175
Jb news informativo nr. 1175
 

Semelhante a Jb news informativo nr. 2291

Jb news informativo nr. 2288
Jb news   informativo nr. 2288Jb news   informativo nr. 2288
Jb news informativo nr. 2288
JB News
 
Jb news informativo nr. 2302
Jb news   informativo nr. 2302Jb news   informativo nr. 2302
Jb news informativo nr. 2302
JB News
 
Jb news informativo nr. 2298
Jb news   informativo nr. 2298Jb news   informativo nr. 2298
Jb news informativo nr. 2298
JB News
 
Jb news informativo nr. 2298
Jb news   informativo nr. 2298Jb news   informativo nr. 2298
Jb news informativo nr. 2298
JB News
 
Jb news informativo nr. 2329
Jb news   informativo nr. 2329Jb news   informativo nr. 2329
Jb news informativo nr. 2329
JB News
 
Jb news informativo nr. 1073
Jb news   informativo nr. 1073Jb news   informativo nr. 1073
Jb news informativo nr. 1073
JBNews
 
Jb news informativo nr. 1.073
Jb news   informativo nr. 1.073Jb news   informativo nr. 1.073
Jb news informativo nr. 1.073
Informativojbnews
 
Jb news informativo nr. 2326
Jb news   informativo nr. 2326Jb news   informativo nr. 2326
Jb news informativo nr. 2326
JB News
 
Jb news informativo nr. 2197
Jb news   informativo nr. 2197Jb news   informativo nr. 2197
Jb news informativo nr. 2197
JB News
 
Jb news informativo nr. 2293
Jb news   informativo nr. 2293Jb news   informativo nr. 2293
Jb news informativo nr. 2293
JB News
 
Jb news informativo nr. 2272
Jb news   informativo nr. 2272Jb news   informativo nr. 2272
Jb news informativo nr. 2272
JB News
 
Jb news informativo nr. 2232
Jb news   informativo nr. 2232Jb news   informativo nr. 2232
Jb news informativo nr. 2232
JB News
 
Jb news informativo nr. 2286
Jb news   informativo nr. 2286Jb news   informativo nr. 2286
Jb news informativo nr. 2286
JB News
 
Jb news informativo nr. 2294
Jb news   informativo nr. 2294Jb news   informativo nr. 2294
Jb news informativo nr. 2294
JB News
 
Jb news informativo nr. 2319
Jb news   informativo nr. 2319Jb news   informativo nr. 2319
Jb news informativo nr. 2319
JB News
 
Jb news informativo nr. 2309
Jb news   informativo nr. 2309Jb news   informativo nr. 2309
Jb news informativo nr. 2309
JB News
 
Jb news informativo nr. 2309
Jb news   informativo nr. 2309Jb news   informativo nr. 2309
Jb news informativo nr. 2309
JB News
 
Jb news informativo nr. 2134
Jb news   informativo nr. 2134Jb news   informativo nr. 2134
Jb news informativo nr. 2134
JB News
 
Jb news informativo nr. 2322
Jb news   informativo nr. 2322Jb news   informativo nr. 2322
Jb news informativo nr. 2322
JB News
 
Jb news informativo nr. 2071
Jb news   informativo nr. 2071Jb news   informativo nr. 2071
Jb news informativo nr. 2071
JB News
 

Semelhante a Jb news informativo nr. 2291 (20)

Jb news informativo nr. 2288
Jb news   informativo nr. 2288Jb news   informativo nr. 2288
Jb news informativo nr. 2288
 
Jb news informativo nr. 2302
Jb news   informativo nr. 2302Jb news   informativo nr. 2302
Jb news informativo nr. 2302
 
Jb news informativo nr. 2298
Jb news   informativo nr. 2298Jb news   informativo nr. 2298
Jb news informativo nr. 2298
 
Jb news informativo nr. 2298
Jb news   informativo nr. 2298Jb news   informativo nr. 2298
Jb news informativo nr. 2298
 
Jb news informativo nr. 2329
Jb news   informativo nr. 2329Jb news   informativo nr. 2329
Jb news informativo nr. 2329
 
Jb news informativo nr. 1073
Jb news   informativo nr. 1073Jb news   informativo nr. 1073
Jb news informativo nr. 1073
 
Jb news informativo nr. 1.073
Jb news   informativo nr. 1.073Jb news   informativo nr. 1.073
Jb news informativo nr. 1.073
 
Jb news informativo nr. 2326
Jb news   informativo nr. 2326Jb news   informativo nr. 2326
Jb news informativo nr. 2326
 
Jb news informativo nr. 2197
Jb news   informativo nr. 2197Jb news   informativo nr. 2197
Jb news informativo nr. 2197
 
Jb news informativo nr. 2293
Jb news   informativo nr. 2293Jb news   informativo nr. 2293
Jb news informativo nr. 2293
 
Jb news informativo nr. 2272
Jb news   informativo nr. 2272Jb news   informativo nr. 2272
Jb news informativo nr. 2272
 
Jb news informativo nr. 2232
Jb news   informativo nr. 2232Jb news   informativo nr. 2232
Jb news informativo nr. 2232
 
Jb news informativo nr. 2286
Jb news   informativo nr. 2286Jb news   informativo nr. 2286
Jb news informativo nr. 2286
 
Jb news informativo nr. 2294
Jb news   informativo nr. 2294Jb news   informativo nr. 2294
Jb news informativo nr. 2294
 
Jb news informativo nr. 2319
Jb news   informativo nr. 2319Jb news   informativo nr. 2319
Jb news informativo nr. 2319
 
Jb news informativo nr. 2309
Jb news   informativo nr. 2309Jb news   informativo nr. 2309
Jb news informativo nr. 2309
 
Jb news informativo nr. 2309
Jb news   informativo nr. 2309Jb news   informativo nr. 2309
Jb news informativo nr. 2309
 
Jb news informativo nr. 2134
Jb news   informativo nr. 2134Jb news   informativo nr. 2134
Jb news informativo nr. 2134
 
Jb news informativo nr. 2322
Jb news   informativo nr. 2322Jb news   informativo nr. 2322
Jb news informativo nr. 2322
 
Jb news informativo nr. 2071
Jb news   informativo nr. 2071Jb news   informativo nr. 2071
Jb news informativo nr. 2071
 

Mais de JB News

Jb news informativo nr. 2016
Jb news   informativo nr. 2016Jb news   informativo nr. 2016
Jb news informativo nr. 2016
JB News
 
Jb news informativo nr. 2015
Jb news   informativo nr. 2015Jb news   informativo nr. 2015
Jb news informativo nr. 2015
JB News
 
Jb news informativo nr. 2014
Jb news   informativo nr. 2014Jb news   informativo nr. 2014
Jb news informativo nr. 2014
JB News
 
Jb news informativo nr. 2013
Jb news   informativo nr. 2013Jb news   informativo nr. 2013
Jb news informativo nr. 2013
JB News
 
Jb news informativo nr. 2012
Jb news   informativo nr. 2012Jb news   informativo nr. 2012
Jb news informativo nr. 2012
JB News
 
Jb news informativo nr. 2011
Jb news   informativo nr. 2011Jb news   informativo nr. 2011
Jb news informativo nr. 2011
JB News
 
Jb news informativo nr. 2010
Jb news   informativo nr. 2010Jb news   informativo nr. 2010
Jb news informativo nr. 2010
JB News
 
Jb news informativo nr. 2009
Jb news   informativo nr. 2009Jb news   informativo nr. 2009
Jb news informativo nr. 2009
JB News
 
Jb news informativo nr. 2008
Jb news   informativo nr. 2008Jb news   informativo nr. 2008
Jb news informativo nr. 2008
JB News
 
Jb news informativo nr. 2007
Jb news   informativo nr. 2007Jb news   informativo nr. 2007
Jb news informativo nr. 2007
JB News
 
Jb news informativo nr. 2006
Jb news   informativo nr. 2006Jb news   informativo nr. 2006
Jb news informativo nr. 2006
JB News
 
Jb news informativo nr. 2005
Jb news   informativo nr. 2005Jb news   informativo nr. 2005
Jb news informativo nr. 2005
JB News
 
Jb news informativo nr. 2004
Jb news   informativo nr. 2004Jb news   informativo nr. 2004
Jb news informativo nr. 2004
JB News
 
Jb news informativo nr. 2003
Jb news   informativo nr. 2003Jb news   informativo nr. 2003
Jb news informativo nr. 2003
JB News
 
Jb news informativo nr. 2002
Jb news   informativo nr. 2002Jb news   informativo nr. 2002
Jb news informativo nr. 2002
JB News
 
Jb news informativo nr. 2001
Jb news   informativo nr. 2001Jb news   informativo nr. 2001
Jb news informativo nr. 2001
JB News
 
Jb news informativo nr. 2000
Jb news   informativo nr. 2000Jb news   informativo nr. 2000
Jb news informativo nr. 2000
JB News
 
Jb news informativo nr. 1999
Jb news   informativo nr. 1999Jb news   informativo nr. 1999
Jb news informativo nr. 1999
JB News
 
Jb news informativo nr. 1998
Jb news   informativo nr. 1998Jb news   informativo nr. 1998
Jb news informativo nr. 1998
JB News
 
Jb news informativo nr. 1996
Jb news   informativo nr. 1996Jb news   informativo nr. 1996
Jb news informativo nr. 1996
JB News
 

Mais de JB News (20)

Jb news informativo nr. 2016
Jb news   informativo nr. 2016Jb news   informativo nr. 2016
Jb news informativo nr. 2016
 
Jb news informativo nr. 2015
Jb news   informativo nr. 2015Jb news   informativo nr. 2015
Jb news informativo nr. 2015
 
Jb news informativo nr. 2014
Jb news   informativo nr. 2014Jb news   informativo nr. 2014
Jb news informativo nr. 2014
 
Jb news informativo nr. 2013
Jb news   informativo nr. 2013Jb news   informativo nr. 2013
Jb news informativo nr. 2013
 
Jb news informativo nr. 2012
Jb news   informativo nr. 2012Jb news   informativo nr. 2012
Jb news informativo nr. 2012
 
Jb news informativo nr. 2011
Jb news   informativo nr. 2011Jb news   informativo nr. 2011
Jb news informativo nr. 2011
 
Jb news informativo nr. 2010
Jb news   informativo nr. 2010Jb news   informativo nr. 2010
Jb news informativo nr. 2010
 
Jb news informativo nr. 2009
Jb news   informativo nr. 2009Jb news   informativo nr. 2009
Jb news informativo nr. 2009
 
Jb news informativo nr. 2008
Jb news   informativo nr. 2008Jb news   informativo nr. 2008
Jb news informativo nr. 2008
 
Jb news informativo nr. 2007
Jb news   informativo nr. 2007Jb news   informativo nr. 2007
Jb news informativo nr. 2007
 
Jb news informativo nr. 2006
Jb news   informativo nr. 2006Jb news   informativo nr. 2006
Jb news informativo nr. 2006
 
Jb news informativo nr. 2005
Jb news   informativo nr. 2005Jb news   informativo nr. 2005
Jb news informativo nr. 2005
 
Jb news informativo nr. 2004
Jb news   informativo nr. 2004Jb news   informativo nr. 2004
Jb news informativo nr. 2004
 
Jb news informativo nr. 2003
Jb news   informativo nr. 2003Jb news   informativo nr. 2003
Jb news informativo nr. 2003
 
Jb news informativo nr. 2002
Jb news   informativo nr. 2002Jb news   informativo nr. 2002
Jb news informativo nr. 2002
 
Jb news informativo nr. 2001
Jb news   informativo nr. 2001Jb news   informativo nr. 2001
Jb news informativo nr. 2001
 
Jb news informativo nr. 2000
Jb news   informativo nr. 2000Jb news   informativo nr. 2000
Jb news informativo nr. 2000
 
Jb news informativo nr. 1999
Jb news   informativo nr. 1999Jb news   informativo nr. 1999
Jb news informativo nr. 1999
 
Jb news informativo nr. 1998
Jb news   informativo nr. 1998Jb news   informativo nr. 1998
Jb news informativo nr. 1998
 
Jb news informativo nr. 1996
Jb news   informativo nr. 1996Jb news   informativo nr. 1996
Jb news informativo nr. 1996
 

Jb news informativo nr. 2291

  • 1. JB NEWS Filiado à ABIM sob nr. 007/JV Editoria: Ir Jeronimo Borges Loja Templários da Nova Era nr. 91(Florianópolis) - Obreiro Loja Alferes Tiradentes nr. 20 (Florianópolis) - Membro Honorário Loja Harmonia nr. 26 (B. Horizonte) - Membro Honorário Loja Fraternidade Brazileira de Estudos e Pesquisas (J. de Fora) -Correspondente Loja Francisco Xavier Ferreira de Pesquisas Maçônicas (P. Alegre) - Correspondente Academia Catarinense Maçônica de Letras Academia Maçônica de Letras do Brasil – Arcádia de B. Horizonte O JB News saúda os Irmãos leitores de Goiânia (GO) – A Capital do Cerrado Saudações, Prezado Irmão! Índice do JB News nr. 2.291 – Florianópolis (SC) – sábado , 7 de janeiro de 2017 Bloco 1-Almanaque Bloco 2-IrBarbosa Nunes – Poetas Falando de Esperança – Artigo nr. 309 Bloco 3-IrMario López Rico – Las siete artes liberales (8 de 8) – Quadrivium IV - Música Bloco 4-IrPaulo Roberto – Os Signos Zodiacais e a Maçonaria Simbólica Bloco 5-IrWilliam Spangler – Nosso Irmão Luiz Gonzaga Bloco 6-IrAdemar Valsechi – Coluna da Harmonia nr. 63 Bloco 7-Destaques JB – Breviário Maçônico p/o dia 6 de janeiro e versos do Irmão e Poeta Adilson Zotovici (São Paulo – SP)
  • 2. JB News – Informativo nr. 2.291 – Florianópolis (SC), sábado, 7 de janeiro de 2017 Pág. 2/27 7 de janeiro 1549: Tomé de Souza 1610: Galileo Galilei  1325 — Afonso IV torna-se rei de Portugal.  1549 — Criação de um governo central no Brasil, o chamado Governo-Geral, sendo Tomé de Sousa o primeiro Governador-Geral.  1558 — A França ocupa Calais, a última possessão inglesa em seu território  1566 — Michele Ghisleri torna-se Papa, futuro São Pio V. Nesta edição: Pesquisas – Arquivos e artigos próprios e de colaboradores e da Internet – Blogs - http:pt.wikipedia.org - Imagens: próprias, de colaboradores e www.google.com.br Os artigos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião deste informativo, sendo plena a responsabilidade de seus autores. 1 – ALMANAQUE Hoje é o 7º dia do Calendário Gregoriano. Faltam 358 dias para terminar o ano de 2017 - Lua Quarto Crescente - É o 128º ano da Proclamçaõ da República; 195º da Independência do Brasil e 517º ano do Descobrimento do Brasil Hoje é o dia do Leitor Colabore conosco. Se o Irmão não deseja receber mais o informativo ou alterou o seu endereço eletrônico, POR FAVOR, comunique-nos pelo mesmo e-mail que recebe o JB News, para evitar atropelos em nossas remesssas diárias por mala direta. Obrigado. EVENTOS HISTÓRICOS (Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki) Aprofunde seu conhecimento clicando nas palavras sublinhadas
  • 3. JB News – Informativo nr. 2.291 – Florianópolis (SC), sábado, 7 de janeiro de 2017 Pág. 3/27  1598 — Boris Godunov chega ao trono da Rússia.  1610 — Galileo Galilei observa as quatro maiores luas de Júpiter pela primeira vez (as quais são conhecidas como luas galileanas: Calisto, Europa, Ganímedes e Io)  1785 — O francês Jean-Pierre Blanchard e o americano John Jeffries viajam de Dover, na Inglaterra, até Calais, na França em um balão de gás, tornando-se os primeiros a cruzarem o Canal da Mancha pelo ar.  1789  Primeiro Voto Popular no Brasil.  Primeiras eleições nacionais nos Estados Unidos.  1835  O HMS Beagle ancora no arquipélago Chonos, no sul do Chile.  Começou no Pará a Guerra da Cabanagem, revolta popular com um governo revolucionário formado por moradores pobres de regiões ribeirinhas, que anunciaram a autonomia de sua província diante da Regência até que D. Pedro II atingisse a maioridade.  1885 — Casamento dos pais de Adolf Hitler: Alois e Klara Hitler.  1890 — Decretada a separação entre Igreja e Estado no Brasil.  1910 — Dimitri Sensaud de Lavaud realiza o primeiro voo da América Latina, em Osasco, São Paulo.  1911 — Primeiros testes com aviões bombardeiros que seriam utilizados na Primeira Guerra Mundial.  1927 — Primeira ligação de telefone transatlântica, entre Nova Iorque e Londres.  1928 — O poeta e jornalista Demócrito Rocha funda o jornal "O Povo" do Estado do Ceará  1936 — Criação da área do Polígono das Secas, no Brasil.  1942 — Segunda Guerra Mundial  Fim da batalha de Moscovo, com a contra-ofensiva Soviética.  Brasil rompe relações diplomáticas com os países do Eixo.  1953 — O presidente Harry Truman declara que os Estados Unidos desenvolveram uma bomba de hidrogênio  1959 — Os Estados Unidos reconheceram o governo de Fidel Castro em Cuba, cinco dias após a tomada de Havana por um grupo de revolucionários.  1965 — Criação do Exército de Libertação Nacional da Colômbia.  1968 — David Gilmour entra para o Pink Floyd.  1975 — A OPEP concorda em elevar as taxas do petróleo em 10%.  1978 — História da Antártica: Emilio Marcos de Palma, torna-se o primeiro humano nascido no continente.  1979 — O Vietnã e os insurgentes Cambojanos anunciam a queda de Phnom Penh, a capital do Cambodja, e o colapso do regime de Pol Pot.  1980 — Indira Gandhi vence eleições legislativas na Índia.  1982 — Fundação do Museu Afro-Brasileiro, em Salvador, Brasil.  1989 — Akihito torna-se Imperador do Japão e termina o Período Showa.  1990 — A Torre inclinada de Pisa é fechada para o público devido a preocupações com segurança.  1998  Programa Discovery: lançamento do Lunar Prospector.  Acabou a guerra Civil da Argélia, que deixou 80 mil mortos. A luta entre o governo e terroristas islâmicos havia começado em janeiro de 1992.  Início do processo de impeachment do presidente americano Bill Clinton.  2006 — Evo Morales, presidente da Bolívia reúne-se em Bruxelas com o Comissário para a Política Externa e de Segurança Comum da União Europeia, Javier Solana, que pediu a Morales "segurança jurídica" para os investimentos europeus no país sul-americano.  2015 — Atentado em Paris ao jornal satírico Charlie Hebdo deixa 12 mortos e 5 gravemente feridos. Culturais e de média/mídia[editar | editar código-fonte]  1893 — Fundação do jornal O Estandarte, órgão oficial da Igreja Presbiteriana Independente do Brasil.  1929 — Lançada nos Estados Unidos a primeira tira em quadrinhos de ficção científica: Buck Rogers 2429 A.D..  1934 — O personagem de ficção científica Flash Gordon, de Alex Raymond, apareceu pela primeira vez nos quadrinhos, em tiras de jornal.  1983 — Estreia o telejornal local SPTV, da TV Globo  1997 — Lançado um novo MMORPG: Tibia.
  • 4. JB News – Informativo nr. 2.291 – Florianópolis (SC), sábado, 7 de janeiro de 2017 Pág. 4/27  1988 — Teve início no Rio de Janeiro o primeiro festival de música Hollywood Rock. Participaram da edição Lulu Santos e Marina Lima, além de seis bandas estrangeiras e quatro brasileiras.  1998 — Iniciam-se as emissões regulares da RTP África. 1714 Oficia-se, nesta data, o primeiro casamento religioso registrado na freguesia de Nossa Senhora do Desterro. Foi oficiante frei Agostinho da Trindade e, contratantes, Domingos Martins e Domingas da Costa, esta filha de José Tinoco, um dos integrantes da expedição de Francisco Dias Velho. 1791 Assume o governo da capitania de Santa Catarina o tenente coronel Manoel Soares Coimbra, substituindo ao major José Pereira Pinto. 1820 Carta Régia, desta data, dirigida ao governador de Santa Catarina, determinava a construção de 6 barcas canhoneiras para atuarem na defesa da Ilha. 1857 Inauguração, na capital catarinense, de um colégio feminino da Irmandade de Nosso Senhor dos Passos e dirigido pelas Irmãs de Caridade. 1867 Inauguração da linha telegráfica entre Itajaí e Laguna. 1869 Instalado, nesta data, o primeiro Conselho Municipal de Joinville. 1890 Governo provisório da República promulga lei que separa Igreja do Estado no Brasil. 1941 Constituído o Comité dÁction Maçonique nos territórios franceses ocupados pelos nazistas, onde mais de 200 Lojas trabalharam clandestinamente. 1978 Fundada a Grande Loja do Estado de Mato Grosso. 1977 Fundada a Loja “Professor Mâncio da Costa” nr. 1977 (GOB/SC) em Florianópolis. Fatos históricos de santa Catarina Fatos maçônicos do dia Fonte: O Livro dos Dias 20ª edição (Ir João Guilherme) e acervo pessoal
  • 5. JB News – Informativo nr. 2.291 – Florianópolis (SC), sábado, 7 de janeiro de 2017 Pág. 5/27 Venerável Mestre! Desejas criar e manter um site de qualidade da sua Loja? Então atente para este anúncio (Coisa de Irmão para Irmão) Contatos: Ir Darci Rocco (Loja Templários da Nova Era) nos telefones acima
  • 6. JB News – Informativo nr. 2.291 – Florianópolis (SC), sábado, 7 de janeiro de 2017 Pág. 6/27 Albergue Noturno Manoel Galdino Vieira O “Albergue Noturno” é uma entidade administrada por alguns abnegados irmãos da Maçonaria catarinense, que ampara todas as noites os necessitados e indigentes, ofertando- lhes banho, cama limpa, refeições e alguns outros possíveis auxílios básicos. Os Irmãos que coordenam essa instituição beneficente, que há 80 anos vem prestando esse serviço fraterno, vêm encontrando sérias dificuldades financeiras para mantê-la. Não existe qualquer auxílio do Poder Público. Conclamamos o Irmão a ajudar com qualquer contribuição essa instituição benemérita, que teve tantos maçons ilustres voluntários que participaram na sua coordenação e apoio, mantendo-a por estes longos anos. Faça a sua doação. Colabore. Qualquer contribuição pode não fazer falta para você, mas fará muito bem aos necessitados de toda a espécie. (transferências ou depósitos para o Banco SICOOB CREDISC/756 – Ag. 3258, conta corrente nr. 11347-7 (com recibo de incentivo fiscal) em nome da Caixa de Esmolas aos Indigentes de Florianópolis CNPJ/MF 83.901-041/0001-86) Maçonaria também é caridade! De Irmão para Irmão As publicidades veiculadas no JB News são cortesia deste informativo, como apoio aos irmãos em suas atividades profissionais. Valorize-os, preferindo o que está sendo anunciado.
  • 7. JB News – Informativo nr. 2.291 – Florianópolis (SC), sábado, 7 de janeiro de 2017 Pág. 7/27 INFORMATIVO BARBOSA NUNES Artigo nr. 309 POETAS FALANDO DE ESPERANÇA Esperança requer perseverança em acreditar que algo é possível, mesmo quando há indicações do contrário. O sentido de crença deste sentimento o aproxima muito dos significados atribuídos à fé. Esperança neste momento em que o país e o mundo passam, é algo embutido na fé. A sociedade, através de sua ganância e materialismo, transformou seres humanos em monstros, colocados em gaiolas que são as penitenciárias. Sociedade que destrói de forma selvagem seus próprios entes mais próximos e queridos. Sociedade que luta pelo poder não levando em consideração a natureza, o cidadão, idosos e crianças. Parece até que estamos caminhando para o pó final. Neste quadro é que estamos vivendo, mas desejo ainda sublimar a esperança. Ela está retratada na poesia de Carlos Drumond de Andrade. Poeta, contista e cronista brasileiro, considerado por muitos o poeta mais influente do século XX, e um dos principais da segunda geração do Modernismo Brasileiro. Nos versos à frente, Carlos Drumond de Andrade diz que, devemos permanecer esperançosos por um mundo melhor e mais justo. Este poema faz parte do livro “A Rosa do Povo”, de 1945. Obra preocupada com o engajamento social, com a esperança de um mundo melhor, mas com o desalento das coisas daquele tempo que se encaixa perfeitamente ao desalento com as coisas de hoje, deste momento, sobre as quais pairam o medo e a destrutividade, clima de hoje igual e característico daquela época de pós guerra. Cantemos então como Drumond cantou : “Irmãos, cantai esse mundo que não verei, mas virá um dia, dentro em mil anos. Talvez mais... não tenho pressa. Um mundo enfim ordenado, uma pátria sem fronteiras, sem leis e regulamentos. Uma terra sem bandeiras, sem igrejas nem quartéis. Sem dor, sem febre, sem ouro,um jeito só de viver. Mas nesse jeito a variedade, a multiplicidade toda que há dentro de cada um. Uma cidade sem portas, de casas sem armadilha. 2 –Poetas Falando de Esperança - Barbosa Nunes - artigo nr. 309
  • 8. JB News – Informativo nr. 2.291 – Florianópolis (SC), sábado, 7 de janeiro de 2017 Pág. 8/27 Um país de riso e glória como nunca houve nenhum. Este país não é meu nem vosso ainda, poetas. Mas ele será um dia, o país de todo homem”. Passo para outro poeta, romancista, ativista ambiental, crítico cultural e fazendeiro. Wendell Berry, que no último mês de agosto completou 82 anos. Escreveu muitos romances. Defensor do pacifismo cristão, e se descreve como “uma pessoa que leva o Evangelho a sério” .De sua autoria, assinalizadora e espiritualizada frase : “Imagino que para lidar com as diferenças entre nós e as outras pessoas, temos que aprender compaixão, autocontrole, piedade, perdão, simpatia e amor – virtudes sem as quais nem nós, nem o mundo, podemos sobreviver”. Criticou organizações cristãs por não desafiar a complacência cultural sobre a degradação ambiental. Mostrou uma vontade de criticar o que ele percebe como arrogância de alguns cristãos. É dos mais respeitados poetas contemporâneos dos Estados Unidos, autor de mais trinta livros. Sua poesia, traduzida pelo jornalista Jorge Pontual, por ele declamada na Globo News : “Um poema de esperança” “É difícil ter esperança. É mais difícil como você envelhece, Pois a esperança não deve depender de se sentir bem e há o sonho da solidão na meia-noite absoluta. Você também tem a crença retirada na realidade presente do futuro, que certamente nos surpreenderá. E a esperança é mais difícil quando não pode vir por previsão mais do que por desejar. Mas pare de hesitar. Os jovens pedem ao velho para esperar. O que você vai dizer a eles? Diga-lhes pelo menos o que você diz para si mesmo. Nossos lugares, as florestas estão arruinadas, os campos erodidos, os rios poluíram, as montanhas viraram Esperança. Lugar que você pertence embora não é seu, pois foi desde o início e será até o fim. Pertencer a seu lugar por conhecimento dos outros que são seus vizinhos nele: o velho, doente e pobre, este conhecimento não pode ser tirado de você pelo poder ou pela riqueza. Ele vai parar seus ouvidos para o poderoso quando pedem sua fé, e para os ricos, quando eles pedem sua terra e seu trabalho. Faça o sentido que você precisa fazer. Por ele estar na dignidade do bom senso, o que quer que possa seguir. Fale com seus semelhantes humanos como seu lugar te ensinou a falar, como te falou. Fale seu dialeto enquanto seus compatriotas velhos o falaram antes de ouvir um rádio. Falar publicamente o que não pode ser ensinado ou aprendido em público. Ouça em silêncio, em silêncio, as vozes que se levantam das páginas dos livros e do seu próprio coração. Fique quieto e ouça as vozes que pertencem para os rios, as árvores e os campos abertos. Há canções e provérbios que pertencem a este lugar, por que ele fala por si mesmo e nenhum outro. Encontrou sua esperança, então, no chão sob seus pés. Sua esperança do Céu, deixe descansar no chão sob os pés. Seja iluminado pela luz que cai livremente sobre ele depois da escuridão das noites. Nenhum lugar no último é melhor do que o mundo. O mundo não é melhor do que seus lugares. Seus lugares finalmente não são melhores do que suas pessoas enquanto suas pessoas continue neles. Quando as pessoas fazem escuro a luz dentro deles, o mundo escurece. Com esperança e fé, haveremos, meu amigos de todas as semanas, de passar estes tempos tão tenebrosos. Barbosa Nunes, advogado, ex-radialista, membro da AGI, delegado de polícia aposentado, professor e maçom do Grande Oriente do Brasil - barbosanunes@terra.com.br
  • 9. JB News – Informativo nr. 2.291 – Florianópolis (SC), sábado, 7 de janeiro de 2017 Pág. 9/27 O Irmão Mario López Rico é de La Coruña – Espanha. Escreve aos sábados. Responsável pela publicação espanhola Retales de Masononeria mario.lopezrico@yahoo.es - retalesdemasoneria.blogspot.com.es Las siete artes liberales (8de 8) Quadrivium IV - Música Nos toca hablar de la música, la ultima de las siete Artes Liberales de acuerdo al orden que hemos puesto. Sería discutible decir si el orden propuesto es justo o no. La Música es definida por algunos como el arte más sútil y espiritual que el hombre ha concebido – aunque al oir ciertos cantantes y estilos musicales alguno tenga sus dudas al respeto – y que contribuye en gran medida a facilitar la elevación del espíritu. Desde una punto de vista técnico la música puede definirse – según la famosa Wikipedia – como el arte de organizar sensible y lógicamente una combinación coherente de sonidos y silencios utilizando los principios fundamentales de la melodía, la armonía y el ritmo, mediante la intervención de complejos procesos psico-anímicos. En dicha definición aparecen términos como armonia y ritmo que no dejan de ser parámetros de una onda. Es decir, la música es, en esencia, vibración y, de acuerdo con las más antiguas creencias de las esculas iniciaticas y de misterios, todo el Universo es vibración. Es a Pitágoras a quien se acusa de haber fijado las primeras correspondencias entre la música, las matemáticas y el esoterismo. La relación dela música con la vibración es muy interesante porque las vibraciones alcanza el Ser humano en todo momento. Si partimos de la base de que cuando más espiritual es algo más altas son las vibraciones – en termino de frecuencia – que emite; podemos llegar a la conclusión que una música de alta frecuencia alcance nuestra alma. No parece ser esto una utopía pues conocida es la frase que la “Música eleva el Alma”. Ya sin entrar en dichos temas, lo que si está claro es que la música nos emociona y una buena elección musical en cualquier evento marca la diferencia entre algo bueno y algo magnífico…por no comentar como ciertas vibraciones musicales parecen entrar en el cuerpo y podemos, literalmente, sentir la música; sobre todo en los acordes más graves. 3 – Las siete artes liberales (8 de 8) - Quadrivium IV – Música - Mario López Rico
  • 10. JB News – Informativo nr. 2.291 – Florianópolis (SC), sábado, 7 de janeiro de 2017 Pág. 10/27 La música y la espiritualidad tienen un origen difícil de disociar. Apenas si encontramos un pueblo, una civilización, que no guarde en sus raíces un intenso contenido musical asociado a la idea de transcendencia, mucho antes que religiosa. La mística, a veces incómoda con las palabras, ha encontrado a menudo su mejor expresión a través de la música y de la invisibilidad del sonido. Este es un tema amplio y que se puede tomar desde distintos puntos de vista. Hay muchas facetas ya que el sonido y por ende la música es algo inherente al ser humano. Hay quien dice que cada persona posee una nota musical y quien se atreve a decir que también una determinada melodía. Como sea, en magia, en brujería y en distintas prácticas esotéricas la música juega un papel importante. La música ha intervenido en la historia del esoterismo desde antiguos tiempos, al mismo tiempo el esoterismo y las prácticas mágicas han intervenido en la música de diversas formas. Pero la música es mucho más que unas notas, al menos desde el punto de vista iniciático. Vamos a dar una pinceladas de todo lo que la música abarca con permiso de los grandes compositores como Mozart o Beethoven. 1. La música y los sonidos. Si catalogamos como música solo lo que se compone poco más podemos decir, pero si catalogamos como música todo sonido emitido la cosa cambia. Así podemos decir que el canto de los pájaros es música, y hasta que el habla humana es música pues n o deja de ser una vibración que posee una armonía y una frecuencia y, nos guste o no, hablamos con un ritmo que nos permite pensar y sobre todo respirar mientras hablamos. Sonidos como los mantras o sonidos específicos como el famoso OM podrían ser calificados como música; pero hablaremos de esto más adelante. 2. El efecto de la música sobre los cuerpos energéticos Desde el punto de vista iniciático, la música es vibración y toda vibración es energía. Dado que el Ser Humano y, por extensión todo lo creado en el Universo, es energía moldeada por el Espíritu, la música influye sobre los cuerpos y la creación. Dicen los iniciados que esto es algo que todo el mundo siente de alguna manera pero de lo que las personas no son conscientes. El efecto que produce la música en los humanos estaría relacionado con un efecto vibratorio que se produce sobre los distintos cuerpos del hombre, sobretodo sobre el cuerpo mental o emocional. Recuerde que el hombre posee cuerpo físico, astral, mental…. Esta influencia se produciría de modo natural y el compositor es el primero que siente es efecto. La idea y el sentimiento que ese compositor necesita trasmitir se vinculada por medio de una impresión que se da cuando el oyente escucha. El compositor sabe lo que quiere transmitir con su música y compone, y recompone y vuelve a recomponer hasta que algo dentro de el mismo le dice que esas son las notas adecuadas. Si lo consigue plenamente, la impresión que escuchar su obra tiene en el oyente hace que este se sienta transportado como en un éxtasis. Es el momento en el que decimos que una determinada música nos extasía , no sabemos por qué, pero al oírla todo parece desaparecer, incluso cerramos los ojos para concentrarnos mejor, solo existe la música, el resto del Universo ha desaparecido para nosotros en dicho instante.
  • 11. JB News – Informativo nr. 2.291 – Florianópolis (SC), sábado, 7 de janeiro de 2017 Pág. 11/27 Estas impresiones que recibimos pueden ser positivas o negativas, la música, como todo puede elevarnos o hundirnos. Lo ideal es escuchar buena música – y no por ello tiene que ser necesariamente clásica - aunque es esta la mejor para recuperarnos y coincido con usted que si no está habituado a oírla no le apetezca. Sin embargo el mundo actual esta lleno de ruidos y malas vibraciones que nos rodean por todos lados e influyen negativamente en nuestros cuerpos psíquicos y físicos. Está demostrado que la música clásica ayuda a relajarse y recuperarse del gran estrés de la vida diaria. Oír música es un hábito. Oír buena música también. Por lo tanto, sea cual sea su preferencia musical, a partir de hoy, procure oír un poco de música clásica todos los días. Oír una buena música, para educar su gusto musical, es importante, porque la música clásica se compone de sonidos armoniosos que elevan la frecuencia vibratoria de quien la escucha. Nuestro organismo bio-psíquico vibra siempre con los sonidos que escucha. Procure oír, principalmente, músicas orquestadas, para órgano o coros. Sobre los compositores hay mucho donde elegir: Bach, Beethoven, Schubert, Schumann, Chopin y tantos otros. En poco tiempo tendrá la sorpresa de ver que su interior se eleva, que su mente se integra en planos sutiles de consciencia, que toda su salud mejora sensiblemente, que la alegría llega a su alma en una intensidad maravillosa. Y Sobre todo, que esos momentos de relax se convertirán en una manera de proteger todo su ser de los ruidos inevitables que le invaden durante todo el día, bombardeándole con vibraciones nocivas, perjudiciales. 3. Mantras y sonidos específicos Así como la combinación de sonidos en una melodía bien conocida produce su efecto, mucho más cuando esos sonidos son ejecutados en determinado orden y de determinada forma para producir un efecto concreto. En el caso de los mantras, que vienen de antiguas tradiciones, el efecto tiene un claro objetivo que es el ayudar a la concentración y armonizarse con una determinada frecuencia. El conocido sonido vocálico o mantra OM no es tan simple como decir OM sino decirlo con una frecuencia, entonación y ritmo muy determinados que son apreciables si uno acude a un templo budista. El sonido es grave y parece extenderse en el tiempo, no es un OM es más bien un OOOOOOMMMMMM. Pero lo que uno siente cuando hasta cientos de monjes lo pronuncian conjuntamente no se puede narrar, el sonido parece penetrarlo todo, te atraviesa y se genera una atmosfera especial que facilita todo el resto del trabajo. Ustedes, que son masones, deberían ya conocer esto, la famosa aclamación escocesa posee su manera y cadencia de pronunciarse y todos los hermanos lo hacen al unísono. Existen multitud de sonidos vocalicos y mantras, casi todos procedentes de la tradición hindú. Asím el conocido sonido es uno de los mantras más sagrados de las religiones dhármicas (como el hinduismo y el budismo) y simboliza el divino Brahman y el universo entero. Sería largo explicar aquí todos los sonidos y mantras que existen y su significado, pero lo que ya no debe tener usted duda es que son música, pues se entonan y pronuncian con cadencia, ritmo, frecuencia. 4. La Armonía de las Esferas
  • 12. JB News – Informativo nr. 2.291 – Florianópolis (SC), sábado, 7 de janeiro de 2017 Pág. 12/27 Vamos ahora a poner un ejemplo de como la música se une con la otra ciencia liberal, la Astronomía. La teoría de la armonía de las esferas es de origen pitagórico. Se basa en la idea de que el universo está gobernado según proporciones numéricas armoniosas y que el movimiento de los cuerpos celestes según la representación geocéntrica del universo — el Sol, la Luna y los planetas — se rige según proporciones musicales; las distancias entre planetas corresponderían, según esta teoría, a los intervalos musicales. Todos sabemos que realmente vivimos en un Universo heliocéntrico pero en tiempos de Pitágoras las cosas era diferentes. Sin embargo, su teoría de la armonía de las esferas parece ser cierta, al menos hasta el planeta Neptuno. La conocida como ley de Titius-Bode (1772) es una nueva clase de teoría de la armonía planetaria. Veamos someramente como se fue desarrollando:  En 1702, James Gregory describe la secuencia de números 4, 7, 10, 15, 52, 95, para representar las distancias de los planetas en 1/10 del radio de la órbita terrestre (1.5 millones de kilómetros).  En 1766, Titius enuncia una relación empírica entre los radios de las órbitas de los planetas y de los planetas enanos del Sistema Solar, basado en una progresión geométrica de razón 2.  En 1772, Bode retoma la teoría: si se considera 4 como la distancia media entre Mercurio y el Sol, y si se agrega la serie 3 x 1, 3 x 2, 3 x 4, 3 x 8, etc. se obtienen cifras que se aproximan mucho a la distancia media real de los planetas con respecto al Sol, calculada en unidades astronómicas (distancia media entre la Tierra y el Sol) y se asocia con una nota musical en cuanto a la relación – los músicos entenderán esto mejor que yo lo explico. La tabla que se genera es la siguiente: Planeta Distancia Nota Mercurio 4 (0.387) Do Venus 7 (0.723) Re Tierra 10 (1.000) Sol Marte 16 (1.524) Do Ceres 28 (2.77) Re Júpiter 52 (5.203 Si bemol Saturno 100 (9.539) Mi Urano 196 (19.182) Mi+ Neptuno 388 (30.055) La
  • 13. JB News – Informativo nr. 2.291 – Florianópolis (SC), sábado, 7 de janeiro de 2017 Pág. 13/27 La conclusión a la que se llega de acuerdo con la teoría de la armonía de las esferas es que la creación del Universo responde a una escala musical, lo que, en el fondo equivale a decir que todo es vibración. Voy a finalizar esta parte con un texto de Cyril Scott (1879-1970) donde se expresa la importancia y el poder del sonido. “A lo largo de los siglos, filósofos, teólogos y sabios han sido conscientes de la importancia de los sonidos. Los Vedas […] pretenden que el Cosmos en su totalidad nació de la disposición de los sonidos […] el Evangelio de San Juan expresa la misma verdad: “En el comienzo era el Verbo, y el Verbo estaba en Dios; y el Verbo era Dios”[…] […] Habiendo descubierto el poder de los sonidos y de los mantras y habiendo comprendido que podían ponerse ciertas fuerzas en acción y obtener unos resultados tangibles a base de repetir ciertas notas, los sacerdotes se decidieron a usar esta forma de magia – pues para ellos era magia – con fines constructivos y nobles”. [La música – su influencia secreta a través de los siglos – Cyril Scott] Sobre el autor Mario López Rico es maestro masón y trabaja actualmente en su logia madre Renacimiento 54 – La Coruña – España, bajo la Obediencia de la Gran Logia de España, donde fue iniciado el 20 de Noviembre de 2007 y fue reconocido como maestro el 22 de Abril de 2010. A partir del año 2011 comienza a subir la escalera masónica filosófica del REAA siendo también, en la actualidad, Maestro de la Marca – Nauta del Arco Real, Compañero del Arco Real de Jerusalén y Super excelent master (grado cuarto y último de los Royal & Select Master – Rito york) Miembro Fundador Capitulo Semper Fidelis nº 36 de Masones del Arco Real el 18 – Oct – 2014 Miembro Fundador Consejo Mesa de Salomón nº 324 de Maestros Reales y Selectos (Masonería Criptica) el 20 – Feb - 2016
  • 14. JB News – Informativo nr. 2.291 – Florianópolis (SC), sábado, 7 de janeiro de 2017 Pág. 14/27 Ir. Paulo Roberto - MI da Loja Pitágoras nr. 15 Grande Secretário Adjunto Guarda-Selos da GLSC e Membro da Academia Catarinense Maçônica de Letras Escreve aos sábados neste espaço. prp.ephraim58@gmail.com.br Paulo Roberto Os Signos Zodiacais e a Maçonaria Simbólica É existencial o estreitamento das relações místicas dos signos da astrologia, com as certezas proporcionadas pela morte e ressurreição da natureza, lembradas pode-se dizer, pelo ciclo imutável dos vegetais (lenda de Dumuzi, dos sumerianos, e de Deméter, dos gregos) e pela ave Fênix. A qual renasceu das próprias cinzas... Graças a essa relação, os signos zodiacais simbolizam, na Maçonaria simbólica, todo o caminho místico percorrido pelo iniciado, desde o seu ingresso na Confraria, como Apr.: M.: , até o pináculo de sua trajetória, quando é exaltado ao grau de M.: M.:; as colunas zodiacais, encontradas nos templos maçônicos, e que possuem, em seu cume, os “pentaclos” (representações dos signos, com seus elementos naturais e respectivos planetas), simbolizam essa trajetória. Enfim, a relação mística entre os signos e a senda iniciática pode ser observada da seguinte maneira: 4 – Os Signos Zodiacais e a Maçonaria Simbólica Paulo Roberto
  • 15. JB News – Informativo nr. 2.291 – Florianópolis (SC), sábado, 7 de janeiro de 2017 Pág. 15/27 ÁRIES – É caracterizado por “Marte” e pelo “fogo”. A história mitológica dessa constelação é a seguinte: “Frixos, filho de Nepele, falsamente acusado de violar Biadice, foi condenado à morte, sendo, entretanto, salvo por um carneiro de cor dourada, escapando no dorso do mesmo. Alcançando determinada segurança, Frixos sacrificou o carneiro a Zeus, que por sua vez, colocou a imagem do animal no céu”. Áries relaciona-se com o fogo interior do homem, ou seja, a força que estimula seu crescimento e desenvolvimento. Ratificando o que acima está escrito, “Áries” é o simbolo do fogo interno, do ardor incontido do candidato à procura da “Luz”. É o passo inicial da renovação da natureza pelo fogo, que é o elemento de “Áries”. Não devemos esquecer-nos da máxima hermética rosacruz, utilizada na Maçonaria, de que o fogo renova a natureza inteira: “Igne Natura Renovatur Integra – INRI”. TOURO – Lembrado por “Vênus” e pelo elemento “terra”. Sua origem mitológica é a seguinte: “Taurus era o touro branco, que cortejou Europa, colocando-a sobre seu dorso; contudo, o formoso animal, verdadeiramente, era Zeus sob disfarce, e que, quando reassumiu sua forma habitual, pôs o touro no céu”. “Touro” relaciona-se com a matéria, onde na qual, se efetua a fecundação interior. Por representar a natureza, voltada à fecundação, simboliza que o candidato, após ser convenientemente preparado, será admitido às provas da Iniciação Maçônica. GÊMEOS – Caracterizado por “Mercúrio” e pelo “ar”. Não existe até então, um mito de origem particular associado a ele; em território egípcio era conhecido como “As Duas Estrelas”, tomando o nome das estrelas “Castor” e “Pólux”, as mais brilhantes da constelação. Representa os “filhos da terra, fecundada pelo ‘fogo’, e o ‘mercúrio’ dos alquimistas, representado com duas cabeças”. Relaciona-se com a versatilidade, com a engenhosidade e com a vitalidade criadora. E, por representar a “terra” já fecundada pelo “fogo”, a vitalidade criadora, simboliza o recebimento da Luz pelo candidato à Iniciação. CÂNCER – Caracterizado pela “Lua” e pela “água”. Como caranguejo, “Câncer” é babilônico, quanto a sua origem; todavia, no Egito, a constelação era representada por duas tartarugas, ora conhecidas como as “Estrelas da Água”, ora como “Allul”, uma criatura aquática; assim, sua associação com a “água” é muito antiga, embora não haja uma história mitológica a seu respeito. Intimamente representa a exploração vegetal da terra fecundada e se relaciona com a tenacidade e a cautela. Câncer, por representar o renascimento da vegetação, a seiva escaldante da vida, simboliza a “instrução do Iniciado e a absorção pelo mesmo, dos conhecimentos iniciáticos da Maçonaria; é a sabedoria representada na ressurreição da natureza, ou em última análise, o renascer do espírito”. LEÃO – Totalmente caracterizado pelo “Sol” e pelo “fogo”. O leão que é representado por essa constelação é, tradicionalmente, o leão de Neméia, cuja pele era à prova de ferro, bronze e pedra; Heracles (ou Hércules) o matou; contudo, perdeu um de seus dedos das mãos, entre seus dentes. Em suma, simboliza a ação do fogo externo (contraposto ao fogo interior de “Áries”), que amadurece os frutos; representa, também, o “emprego da razão a serviço da crítica”. Pode-se inclusive dizer, que o que acima está delineado, simboliza o juízo crítico e racional, que o Iniciado faz de todos os conhecimentos adquiridos, aprendendo com determinada metodologia, a selecionar todos aqueles que lhe forem de plena utilidade. VIRGEM – Caracterizado por “Mercúrio” e pela “terra”. Em sua mitologia, de acordo com Hesíodo, tem-se o seguinte: “Virgem” (também denominada Astréia) era filha de “Júpiter” e
  • 16. JB News – Informativo nr. 2.291 – Florianópolis (SC), sábado, 7 de janeiro de 2017 Pág. 16/27 “Têmis”, sendo a deusa da justiça; quando terminou a idade áurica e o homem desafiou-lhe a regência, ela, desgostosa, retornou ao céu. No íntimo ela simboliza a esposa virginal do fogo; representando, também, a colheita dos frutos maduros, sendo sua característica fundamental o ‘espírito analítico’ ”. Exatamente por representar a colheita dos frutos amadurecidos, simboliza o aperfeiçoamento do Iniciado, ou seja: após ter julgado, racionalmente, os ensinamentos que até então adquiriu, o Iniciado já pode se dedicar ao desbastamento da pedra bruta, que não deixa de ser, o seu próprio aperfeiçoamento moral e espiritual. LIBRA – É caracterizado pelo planeta “Vênus” e o “ar”. Não existe nenhum mito antigo a respeito dessa constelação; entretanto, ela era associada, na Babilônia, com o julgamento dos vivos e dos mortos, quando Zibanitu, a “Balança”, pesava as almas; já, no Egito, a colheita era pesada quando a “Lua” estava cheia em “Libra”. Assim sendo, simboliza o equilíbrio entre as forças construtivas e as destrutivas; representando de outra forma, o fruto em sua plena maturidade. Quando se fala na maturidade do fruto, deve-se pensar no equilíbrio existente entre o viço e sua respectiva putrefação. Esse signo relaciona-se com a “Dualidade” do grau de C.: M.:, quando este simboliza, sua plena maturidade em sua escalada evolutiva, prestes a desenvolver todo o seu potencial de trabalho. ESCORPIÃO – Este é caracterizado por “Plutão” (e, tradicionalmente, por “Marte”) e pela “água”. Esse signo é possuidor de uma história mitológica, destacando-se o seguinte: “por ordem de Juno (Hera), o “Escorpião” ergueu-se da terra, para atacar Orion; para esse ato, levou, também, os cavalos do “Sol” a disparar, ao serem conduzidos, certo dia, pelo garoto Faetonte; “Júpiter” (ou Zeus) puniu-o severamente, atingindo-o com um raio”. Em si, simboliza a desagregação dos elementos da construção vital e a queda do “Sol” para outro hemisfério; representam, também, emoções e sentimentos poderosos, assim como, rancor e obstinação. Falando-se em desagregação dos elementos, devemos lembrar sobre a perda da luz do “Sol”, suscitando o findar da natureza, enfim, simboliza a morte do artífice Hiram, assassinado pelos três maus CC.: MM.:, de acordo com a lenda do grau de M.: M.: (decalcada na lenda da morte do “Sol”, ou “Lenda de Osíris”). SAGITÁRIO – Caracterizado por “Júpiter” e pelo “fogo”. Sua história mitológica é a seguinte: “ “Sagitário”, com duas faces, animal e humana, era o centauro Quíron, educador de Jasão, Aquiles e Enéias; famoso como médico, profeta e estudioso, era filho de Filira e de Cronos (pai de Zeus); Cronos, surpreendido durante um ato gerador, transformou-se em um garanhão e saiu a galope, abandonando Filira; esta, deveras desgostosa com o filho metade homem e metade cavalo, transformou-se em uma tília”. No fundo, simboliza o espírito que se desprende do corpo e se equilibra no ar, enquanto a natureza, pela desagregação dos elementos, sucumbe, lentamente; “Sagitário” representa, também, a mente aberta e o julgamento crítico. Esse signo por representar a natureza morta e o espírito animador que se destaca do corpo, simboliza a procura do corpo de Hiram Abiff que fora assassinado e, o lamento pelo mesmo, por parte de todos os obreiros, pela perda incalculável do verdadeiro “Mestre da Palavra”. CAPRICÓRNIO – Totalmente lembrado por “Saturno” em consonância com a “terra”. Suas associações mitológicas são incertas, embora exista uma leve referência ao deus Pã, cuja genitora saiu correndo ao mirar-lhe a feiura, mas cujo sucesso com as ninfas era-lhe indiscutível; o antigo deus sumeriano Ea, rei do oceano, era conhecido como o “antílope do oceano subterrâneo”, o bode com cauda de peixe, denominado “kusarikku”, o bode-peixe. De fato simboliza a morte de toda a natureza, quando toda a massa da terra permanecer passiva e inerte, contudo fecundável; representa, também, a determinação e a perseverança.
  • 17. JB News – Informativo nr. 2.291 – Florianópolis (SC), sábado, 7 de janeiro de 2017 Pág. 17/27 Por representar a terra inerte, entretanto, fecundável, ou seja, a esperança de uma nova ressurreição simboliza a descoberta do local em que o Mestre Hiram Abiff foi sepultado pelos três CC.: MM.: que o assassinaram. AQUÁRIO – Este signo é caracterizado por “Urano” (e, tradicionalmente por “Saturno”) e pelo “ar”. Não existem mitos de evidência relacionados ao signo “Aquário”; o deus Hapi, vertendo água de dois cântaros, era um símbolo antigo do Rio Nilo, enquanto que o deus sumeriano Ea, às vezes, era chamado “o deus com jatos de água”; o nome babilônico de “Aquário”, Gula, era, inicialmente, associado com a deusa do parto e da cura. Simboliza, também, a reconstituição dos elementos construtivos, impregnando a terra com a seiva revitalizadora, representando o sentido humanitário e prestativo. Pode-se dizer que por representar o que está no parágrafo acima registrado, simboliza inexoravelmente a cadeia, que todos os obreiros fazem no sentido de que o corpo de Hiram Abiff, retirado de seu túmulo, possa ressurgir ressuscitar em um plano mais elevado (uma vez que Hiram Abiff, tal como Osíris, simboliza a “Luz” do “Sol”, essa cerimônia em si, lembra o culto mitraico feito pela volta da luz solar: o “Natalis Invieti Solis” – “Aniversário do Sol Invencível”). PEIXES – Caracterizado por “Netuno” (e, tradicionalmente, por “Júpiter”) e pela “água”. Tem como história mitológica o que se segue: “Apavorados com o gigante Tifão, “Vênus” e “Cupido” (Afrodite e Eros) jogaram-se no Rio Eufrates e transformaram-se em peixes; Minerva (Atená), comemorando a ocasião, colocou os peixes no céu.” O signo em evidência simboliza a ressurreição da terra vitalizada, com o novo advento da “Luz”; diz-se que representa, também, o desprendimento das coisas ligadas á matéria. Em si, “Peixes”, representa o renascimento de Hiram Abiff e o reencontro da Palavra Perdida; realmente, em conformidade com o ponto de vista místico, como na Lenda de Osíris, esse renascimento não é, evidentemente, no plano material, mas sim, no espiritual. De fato é o retorno do “Sol” e da vida, prontos para mais um ciclo. “Ubi tu Gaius, ego Gaia” “Onde tu Gaius estiveres, aí estarei eu Gaia” (provérbio romano de confiança)
  • 18. JB News – Informativo nr. 2.291 – Florianópolis (SC), sábado, 7 de janeiro de 2017 Pág. 18/27 Ir William Spangler M.M Loja União Diamantinense Diamantina MG Nosso Irmão Luiz Gonzaga e o Pernambuco. O homem só tem uma vida, mas sua historia pode torná-lo eterno. A Capitania de Pernambuco quase se tornou holandesa: a expedição da Companhia das Índias Ocidentais em 1630 tomou posse de suas terras e riquezas e em 1637 Mauricio de Nassau desembarcou na Nova Holanda com seus arquitetos e engenheiros que tornariam Recife um modelo de cidade com pontes, canais. ruas e edifícios como o Palácio de Friburgo, Observatório Astronômico, Farol e Jardim Botânico. A Nova Holanda florescia como uma citadela moderna com cultura europeia e florins batavos. Depois da Batalha dos Guararapes em 1654 os holandeses foram expulsos, não antes de receberem vastos quintos de ouro para deixarem a Capitania pagos pela Coroa Portuguesa . A Mauristisstad se tornou Recife e com sua beleza arquitetônica hoje é um dos mais visitados lugares icônicos do Brasil. Em 13 de Dezembro de 1912 nascia na cidade de Exu-PE o menino Luiz Gonzaga do Nascimento, filho do sanfoneiro Januário e de Dona Ana Batista, lavradores por profissão e destino. Desde pequeno ouvia o pai tocar sua sanfona de oito baixos e o ajudava tocando zabumba e cantando nas festas das feiras, forrós e quermesses do lugar. Como todo Luiz se tornou “Lula” no aprecio do pai pelo apelido carinhoso da tradição nordestina. Descontente com a vida miserável do sertão fugiu para Fortaleza-CE e entrou para o exército como corneteiro, quando deu baixa foi morar no Rio de Janeiro-RJ e participou do programa de Ary Barroso na Rádio Nacional iniciando sua carreira como cantor e sanfoneiro divulgando a dança e a musica nordestina, antes restrita somente aos rincões dos sertões, tornando-se o “Rei do Baião” com suas magnificas composições de” Baião”, “Meu pé de Serra”, “Baião de Dois”, “Cintura Fina”, “Triste Partida”, “Dezessete e Setecentos”, “Penerô Xerem”, ”Acácia Amarela” etc e a inesquecível “Asa Branca” um dos ícones da musicografia brasileira e hino do nordeste. Luiz 5 – Nosso Irmão Luiz Gonzaga William Spangler
  • 19. JB News – Informativo nr. 2.291 – Florianópolis (SC), sábado, 7 de janeiro de 2017 Pág. 19/27 “lula” Gonzaga gravou 56 discos e compôs cerca de 500 canções. Seu filho Gonzaguinha seguiu seus passos e se tornou um ídolo para os jovens nos anos 1970. Luiz Gonzaga foi iniciado na Maçonaria na ARLS “ Paranapuan nº 1477-GOB Oriente de Ilha do Governador –RJ em 03 de Abril de 1971; elevado em 14 de Dezembro de 1972 e exaltado em 05 de Dezembro de 1973. Foi iniciado no Grau 4 em 29 de Agosto de 1984.Passou ao Oriente Eterno em 02 de Agosto de 1989 aos 76 anos. Luiz Gonzaga saiu em busca da glória por caminhos difíceis vindo do interior do grande Pernambuco, mas sempre honrou a sua terra e fez a sua historia com orgulho e a tenacidade do nordestino e como na canção “A Vida de Viajante”, trilhou os recantos e os horizontes deste Brasil levando a cultura e cantando a alegria e a beleza de nosso povo. “Minha vida é andar por este país, Pra se um dia descanso feliz, Guardando as recordações, Das terras onde passei, Andando pelos sertões e dos amigos que lá deixei, Chuva e sol, Poeira e carvão, Longe de casa sigo o roteiro mais uma estação, E alegria no coração.” ACÁCIA AMARELA “Ela é tão linda é tão bela Aquela acácia amarela Que a minha casa tem Aquela casa direita Que é tão justa e perfeita Onde eu me sinto tão bem Sou um feliz operário Onde aumento de salário Não tem luta nem discórdia Ali o mal é submerso E o Grande Arquiteto do Universo É harmonia, é concórdia É harmonia, é concórdia”. E viva o Pernambuco! William Spangler Ouça a música no link abaixo, acompanhando a letra da “Acácia Amarela” https://www.youtube.com/watch?v=NYB15Et175o
  • 20. JB News – Informativo nr. 2.291 – Florianópolis (SC), sábado, 7 de janeiro de 2017 Pág. 20/27 Coluna da Harmonia O Irmão Ademar Valsechi escreve aos sábados. É MI da Loja Templários da Nova Era – 33º. REAA – membro da Academia Catarinense Maçônica de Letras, ex-Grande Mestre de Harmonia, atual Grande Secretário de Cultura da GLSC e autor do Livro “A Arte da Música Através do Tempo e na Maçonaria” além da Coletânea em MP3 de Músicas para Ocasiões Maçônicas. - valsechibr@gmail.com Coluna da Harmonia – Nr. 63 Música Barroca Alessandro Scarlatti (1.659 – 1.725) - 1ª parte Foi criador em Nápoles, de um modelo de ópera até hoje chamado “lírico” ou arte lírica no teatro. O seu “Stabat Mater” revela toda beleza lírica de sua obra, em forma de óperas de enredo bíblico, já que nos países católicos não se permitia representações de óperas profanas. Inventou a “abertura italiana” das óperas, que foi o germe para o nascimento da sinfonia. Harmonizando o texto da 63ª Coluna da Harmonia, vamos ouvir no link, a belíssima melodia de A. Scarlatti: “Concerto Grosso nº1 in F minor”.  111 - A Scarlatti - Concerto Grosso No 1 in F Minor.mp3 6 – Coluna da Harmonia nr. 63 Ademar Valsechi
  • 21. JB News – Informativo nr. 2.291 – Florianópolis (SC), sábado, 7 de janeiro de 2017 Pág. 21/27 (as letras em vermelho significam que a Loja completou ou está completando aniversário) GLSC - http://www.mrglsc.org.br GOSC https://www.gosc.org.br Data Nome Oriente 01/01/2003 Fraternidade Joinvillense Joinville 26/01/1983 Humânitas Joinville 31/01/1998 Loja Maçônica Especial União e Fraternidade do Mercosul Ir Hamilton Savi nr. 70 Florianópolis (trabalha no recesso maçônico) 11/02/1980 Toneza Cascaes Orleans 13/02/2011 Entalhadores de Maçaranduba Massaranduba 17/02/2000 Samuel Fonseca Florianópolis 21/02/1983 Lédio Martins São José 21/02/2006 Pedra Áurea do Vale Taió 22/02/1953 Justiça e Trabalho Blumenau Data Nome da Loja Oriente 11.01.1957 Pedro Cunha nr. 11 Araranguá 18.01.2006 Obreiros de Salomão nr. 39 Blumenau 15.02.2001 Pedreiros da Liberdade nr. 79 Florianópolis 21.02.1903 Fraternidade Lagunense nr. 10 Laguna 25.02.1997 Acácia Blumenauense nr. 67 Blumenau 25.02.2009 Caminho da Luz nr. 99 Brusque 7 – Destaques (Resenha Final) Lojas Aniversariantes de Santa Catarina Mêses de janeiro e fevereiro
  • 22. JB News – Informativo nr. 2.291 – Florianópolis (SC), sábado, 7 de janeiro de 2017 Pág. 22/27 GOB/SC – http://www.gob-sc.org.br/gobsc Data Nome Oriente 07.01.77 Prof. Mâncio da Costa - 1977 Florianópolis 14.01.06 Osmar Romão da Silva - 3765 Florianópolis 25.01.95 Gideões da Paz - 2831 Itapema 06.02.06 Ordem e Progresso - 3797 Navegantes 11.02.98 Energia e Luz -3130 Tubarão 29.02.04 Luz das Águas - 3563 Corupá Presente "Muitas pessoas tem o hábito de viver no passado ou viver no futuro. Mas o passado e o futuro não estão nas mãos delas. Elas acabam não apreciando nem o passado nem o futuro. Elas vivem num mundo de sonhos, imaginações e ilusões. Precisamos estar conscientes do presente. Precisamos tornar o momento presente o melhor momento. Este momento é resultado do momento que recém passou. Da mesma forma, o próximo momento será consequência do momento presente. Precisamos nos lembrar de estar presente no presente e apreciar a vida presente." G. Surendran, Positive Life, Sapna book House, Bangalore Brahma Kumaris Meditações, Palestras e Artigos clique aqui Conheça também: Editora BK | Outras mensagens Para indicar o recebimento dessas mensagens a um colega, favor sugerir que acesse www.bkumaris.org.br/cadastro A Organização Brahma Kumaris respeita sua privacidade. Caso você não deseje mais receber as mensagens, clique na expressão “remova aqui”, abaixo. Elas podem estar sendo enviadas diretamente por nós (remetente mensagens@bkumaris.org.br) ou reenviada por terceiros; no nosso caso, garantimos a descontinuidade no recebimento. José Aparecido dos Santos TIM: 044-9846-3552 E-mail: aparecido14@gmail.com Visite nosso site: www.ourolux.com.br "Tudo o que somos é o resultado dos nossos pensamentos".
  • 23. JB News – Informativo nr. 2.291 – Florianópolis (SC), sábado, 7 de janeiro de 2017 Pág. 23/27 LOJA MAÇÔNICA ESPECIAL União e Fraternidade do Mercosul Ir∴ Hamilton Savi nº 70 RITO ESCOCÊS ANTIGO E ACEITO – GOSC/COMAB FUNDADA EM 31/01/1998 À GDGADU Orde Florianópolis, aos 20 dias do mês de dezembro do ano de 2016 E∴V∴ Ofic. 003/2016 A Todos os Homens Livres e de Bons Costumes Programação – Loja União e Fraternidade do Mercosul - Hamilton Savi nº 70 - Mês de Janeiro de 2017 Dia 09/01/2017: Abertura dos trabalhos com leitura do ato do GM nomeando a Administração da Loja para o ano 2017. Palavra do Grande Oriente de Santa Catarina – GOSC Palestra do eminente Ir. Kennyo Ismail – Editor-chefe da revista “Ciência & Maçonaria”, a primeira revista acadêmico-científica dedicada ao estudo da Maçonaria na América do Sul, vinculada ao NP3/CEAM/UnB; professor do curso de pós-graduação em História da Maçonaria pela UnyLeya; e membro da Academia Maçônica de Letras do Distrito Federal, ocupando a cadeira No.33. Palestrante conhecido no meio maçônico é autor de diversos artigos publicados em várias revistas e sites maçônicos no Brasil e em outros países. Foi revisor técnico e prefaciou a edição brasileira do best-seller internacional Freemasons for Dummies (Maçonaria para Leigos), publicado pela AltaBooks (2015); traduziu e comentou a obra “Ahiman Rezon – A Constituição dos Maçons Antigos”, publicado pela A Trolha (2016); e é autor dos livros: “Desmistificando a Maçonaria” (2012), “O Líder Maçom” (2014), e “Debatendo Tabus Maçônicos” (2016). Dia 23/01/2017: Palestra do eminente Ir.: Gean Marques Loureiro, Prefeito eleito da Capital de Santa Catarina. Mestre instalado da ARLS Samuel Fonseca nº 79 - GOSC Informamos que as sessões da Loja Mercosul Hamilton Savi nº 70 serão realizadas no Templo da Loja Ordem e Trabalho nº 3, Or. de Florianópolis, Situado próximo à UFSC – Serrinha. AV. DESEMBARGADOR VITOR LIMA. 550, com inicio às 20:00hs Grande Abraço Ir.: EMÍLIO CÉSAR ESPÍNDOLA V.: M.: (048)32445761 - (048)999824363 emilioespindola@yahoo.com.br
  • 24. JB News – Informativo nr. 2.291 – Florianópolis (SC), sábado, 7 de janeiro de 2017 Pág. 24/27 Ir Marcelo Angelo de Macedo, 33∴ MI da Loja Razão e Lealdade nº 21 Or de Cuiabá/MT, GOEMT-COMAB-CMI Tel: (65) 3052-6721 divulga diariamente no JB News o Breviário Maçônico, Obra de autoria do saudoso IrRIZZARDO DA CAMINO, cuja referência bibliográfica é: Camino, Rizzardo da, 1918-2007 - Breviário Maçônico / Rizzardo da Camino, - 6. Ed. – São Paulo. Madras, 2014 - ISBN 978-85.370.0292-6) Dia 7 de janeiro: A Acácia Entre nós, existem para mais de 300 espécies de acácias que se encontram nos bosques e nas cidades, nos jardins e nas floriculturas. Trata-se de uma espécie facilmente identificável pelo formato de suas folhas, pequenas que preenchem um ramo, como se fosse uma espinha de peixe, ora mais delicadas, ora mais robustas, variando também a coloração, apresentando uma gama de verdes. Toda acácia floresce e suas flores perfumadas são consideradas melíferas, atraindo as abelhas. Quando notamos alguma árvore e a identificamos como acácia, de imediato o maçom terá sua mente atraída para sua Loja, para seus Irmãos, pois a acácia é um símbolo poético dos mais expressivos. O maçom que possuir uma espécie de acácia em seu terreno terá motivação permanente para identificar-se com sua Loja. Para os antigos, a acácia era um emblema solar, porque as folhas acompanham a evolução do Sol e param, retraindo-se quando inicia o ocaso; a flor imita o disco solar, com a sua "plumagem". Lendariamente, é imputrescível, dando ideia de eternidade. Em junho, quando floresce, o maçom sempre traz um ramo para ornamentar seu lar, colocando-o em um vaso onde dura várias semanas. Breviário Maçônico / Rizzardo da Camino, - 6. Ed. – São Paulo. Madras, 2014, p. 26.
  • 25. JB News – Informativo nr. 2.291 – Florianópolis (SC), sábado, 7 de janeiro de 2017 Pág. 25/27 (pesquisa e arquivo JB News, vídeos da internet e colaboração de irmãos - fontes: Google) 1 – Teste: Quais destes filmes são de Steven Spielberg? 2 – Faça esses exercícios e elimine a papada no pescoço! 3 – Conheça curiosidades da História que vão te surpreender! 4 – Belas imagens: Belas imagens.pps 5 – Trem Checo-Húngaro: Trem Checo-Hungaro - Vonatok-luxussal.pps 6 - Aveiro a Veneza portuguesa: Aveiro - a Veneza portuguesa.pps 7 - Filme do dia: “A Perseguição” – dublado https://www.youtube.com/watch?v=XZ3Sl_bUd2w
  • 26. JB News – Informativo nr. 2.291 – Florianópolis (SC), sábado, 7 de janeiro de 2017 Pág. 26/27 O Irmão Adilson Zotovici, Loja Chequer Nassif-169 de São Bernardo do Campo – GLESP escreve aos sábados e esporadicamente em dias alternados adilsonzotovici@gmail.com SEM RECESSO A oficina está em recesso A obra não para porém Vibrar até o regresso O maço no cinzel convém ! Muito empenho no processo Ainda que em vai e vem Pois contrário é retrocesso E chega a ser mesmo desdém ! De seu trabalho confesso Bom obreiro não se abstém E até peca pelo excesso E o livre pedreiro obtém Seu salário, que, sucesso Do Grande Arquiteto...Amém ! Adilson Zotovici ARLS Chequer Nassif-169
  • 27. JB News – Informativo nr. 2.291 – Florianópolis (SC), sábado, 7 de janeiro de 2017 Pág. 27/27