SlideShare uma empresa Scribd logo
C A M I L A P A U L A D E A L M E I D A
L E O N A R D O M A R C O S D E M E N E Z E S
L U C A S N U N E S D E O L I V E I R A
M A R I A V A L D I R E N E S A N T O S S O U S A
S A M U E L M A T H E U S S I L V A D O N A S C I M E N T O
GOVERNO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE
UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE - UERN
FACULDADE DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS - FACEM
DOCENTE: SALETE GONÇALVES
DISCIPLINA: TURISMO E LAZER
CURSO: BACHARELADO EM TURISMO
TEMA: INTERESSES TURÍSTICOS
I. INTRODUÇÃO
 O seguinte trabalho baseia-se num estudo no âmbito da
agência de viagens “Melhor Viagens e Turismo” e
discorrerá sobre os interesses turísticos, que se conceitua
por fazerem parte das atividades de índole econômica,
cultural, ambiental e de animação que, pela sua
localização e características, complementem outras
atividades ou empreendimentos turísticos ou constituam
motivo de atração turística nas áreas em que se
encontram.
 Diante disso, a pesquisa tem intuito de avaliar os serviços
turísticos oferecidos pela agência justamente com o lazer.
II. METODOLOGIA
 O presente estudo baseia-se na pesquisa de campo na
agência de viagens “Melhor Viagens e Turismo” localizada
na cidade de Mossoró/RN, com a utilização de um
questionário socioeconômico sobre os serviços prestados
aos seus clientes.
 A internet foi utilizada como ferramenta fundamental para
anexar junto ao trabalho as fotos, os vídeos, as entrevistas,
etc.
III. AGÊNCIA DE VIAGENS
 Segundo Pelizzer (1989):
As agências de viagens são como entidades que prestam
assistência turística aos viajantes, mediante pagamento.
E afirma que as agências de turismo são também
empresas produtoras de serviços, considerando que,
além dos serviços comercializados por estas e produzidos
por outros operadores turísticos, existem serviços
específicos que são oferecidos pela própria agência de
turismo.
IV. O AGENTE DE VIAGENS
 É o profissional que planeja, organiza e vende serviços de
turismo, como excursões, pacotes e roteiros
personalizados, que incluem hotelaria e transporte.
Programa destinos, contrata empresas de transporte para
traslado, acomodação em hotéis, aluguel de carro e
programas de entretenimento, segundo o que deseja o
cliente.
V. DESCRIÇÃO DA “MELHOR VIAGENS E TURISMO”
 Inaugurada em 05 de abril de 2010, após ser cadastrada no
sistema de pessoas físicas e jurídicas, que atual no âmbito do
Turismo (CADASTUR), a agência de viagens “Melhor Viagens e
Turismo” foi realizada pelo proprietário Everton Holanda de
Freitas, que desde jovem gosta de viajar.
 A decisão não foi colocada rapidamente em prática, houve a
capacitação do fundador e proprietário com o curso técnico de
Turismo na Microlins e logo em seguida com o curso de
Bacharelado em Turismo na Universidade do Estado do Rio
Grande do Norte (UERN), já na contratação de funcionários é
necessário somente o ensino médio e experiência na área de
vendas, há esporadicamente reciclagem de conhecimentos na
área.
 No espaço visitado o principal conteúdo cultural do lazer é
conhecer e se interessar por outras culturais atrás do
deslocamento, tendo “a viagem” como principal fator de lazer
disponível pela agência.
VI. EQUIPAMENTOS DE LAZER E PRODUTOS/SERVIÇOS
OFERECIDOS PELA “MELHOR VIAGENS E TURISMO”
 A agência trabalha com a venda de destinos, sejam eles
nacionais e internacionais, que é o ponto chave do
Turismo como um todo, pois o mesmo se utiliza do
deslocamento para proporcionar a sua demanda
interesses sociais, culturais, ambientais e curiosidade por
lugares diversos. Utiliza todos os meios de equipamentos
turísticos disponíveis e para comodidade dos clientes,
aceitam diversas formas de pagamentos.
 A mídia é usada como ferramenta para possibilitar uma
dimensão maior dos destinos, seja ela através de fotos,
vídeos, revistas, jornais, internet, etc., despertando ainda
mais o interesse aqueles que já almejavam viajar.
VII. OBJETIVO PRINCIPAL DA “MELHOR
VIAGENS E TURISMO”
 Tem como principal objetivo de vender produtos e
serviços relacionados com essas viagens a um preço e
com determinadas condições especialmente atrativas
em relação com as que se poderia conseguir ao
dirigir-se diretamente a esses
provedores/fornecedores, assim, o cliente terá mais
comodidade em desfrutar do serviço prestado ao
chegar no núcleo receptor.
VIII. ANÁLISE DO PÚBLICO-ALVO DA “MELHOR
VIAGENS E TURISMO”.
 Ao fim da aplicação do questionário socioeconômico, foi
coletado ao fim da pesquisa que 75% do público-alvo são
homens e somente 25% são mulheres, sendo ambos os
sexos com faixa etária entre 19 a 35 anos. Tendo como a
maioria entre os dois sexos o estado civil de solteiro e
consequentemente não possuem filhos. O grau de instrução
é o mais considerável, pois dos 16 clientes entrevistados 12
possuem ensino superior completo, portanto contam com
uma profissão instável que obtêm entre 4 a 6 salários
mínimos, que resulta entre R$ 2.712,00 a R$ 4.068,00
mensais.
IX. ANÁLISE DOS DADOS
X. INTERAÇÃO DA SALA
 Você prefere viajar entre amigos ou família?
 Qual principal motivo da viagem?
 Pretende voltar ao local visitado?
 Qual a viagem dos seus sonhos?
 Qual foi sua melhor viagem?
 Aconteceu algo inesperado?
 O que você mais recorda?
 Compra suvenir?
XI. CONSIDERAÇÕES FINAIS
 Diante do trabalho explorando na agência de viagens
“Melhor Viagens e Turismo”, entende-se que o lazer é a
melhor forma das pessoas saírem do cotidiano e das
atividades repetitivas.
 O idealizador, Everton Holanda Freitas, trabalha com
serviço de dinamizar e criar ofertas de mercado para
diferenciar-se da concorrência. Além do dispor dos serviços
que um agente de viagens disponibiliza para os seus
clientes, o mesmo cria gincanas e promoções para
persuadir os clientes.
XII. REFERÊNCIAS
 Adoro Comer. Institucional. Disponível em:
http://adorocomer.com/sessao/institucional/>. Acessado em: 28 de julho de 2013.
 Melhor Viagens e Turismo. Melhor Viagens e Turismo. Disponível em:
<https://plus.google.com/115552487706956498548/posts>. Acessado em 18 de
julho de 2013.
 Melhor Viagens e Turismo. Melhor Viagens e Turismo. Disponível em: <
http://melhorviagenseturismo.blogspot.com.br/>. Acessado em: 28 de julho de
2013.
 Info Escola. Lazer. Disponível em:
<http://www.infoescola.com/sociologia/lazer/>. Acessado em 20 de jul. 2013.

 Profissões Técnicas. Agentes de Viagens. Disponível em:
<http://www.brasilprofissoes.com.br/profissoes/tecnicas/hotelaria-turismo-e-
lazer/agente-de-viagens#.UfcH741QHfI>. Acessado em: 30 jul. 2013.
 Gil (2009)
“Um viajante sem conhecimento é um pássaro sem asas.”
(Musharrif Od-Dîn Sadi)

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

De La Hoz Advisor [Modo de Compatibilidade] (1)
De La Hoz Advisor [Modo de Compatibilidade] (1)De La Hoz Advisor [Modo de Compatibilidade] (1)
De La Hoz Advisor [Modo de Compatibilidade] (1)
Ignacio Amigó
 
FUNÇÕES E ATRIBUIÇÕES DO GUIA DE TURISMO
FUNÇÕES E ATRIBUIÇÕES DO GUIA DE TURISMO FUNÇÕES E ATRIBUIÇÕES DO GUIA DE TURISMO
FUNÇÕES E ATRIBUIÇÕES DO GUIA DE TURISMO
Karlla Costa
 
Slide conceitos
Slide conceitosSlide conceitos
Slide conceitos
Karlla Costa
 
Conhecendo o Turismo 2
Conhecendo o Turismo 2Conhecendo o Turismo 2
Conhecendo o Turismo 2
Marcelo Möass
 
Etica
EticaEtica
Viaje legal colunistas
Viaje legal colunistasViaje legal colunistas
Viaje legal colunistas
frankengelbert
 
Bem Atender Turismo Acessível
Bem Atender Turismo AcessívelBem Atender Turismo Acessível
Bem Atender Turismo Acessível
Scott Rains
 
Turismo de lazer - Breve história e conceitos
Turismo de lazer - Breve história e conceitosTurismo de lazer - Breve história e conceitos
Turismo de lazer - Breve história e conceitos
Farah Serra
 
Apostila fundamentos turismo
Apostila fundamentos turismoApostila fundamentos turismo
Apostila fundamentos turismo
Acrópole - História & Educação
 
Historia do Turismo
Historia do TurismoHistoria do Turismo
Historia do Turismo
Alexandre Fernandes
 
Turismo acessível slides
Turismo acessível   slidesTurismo acessível   slides
Turismo acessível slides
rosaband
 
Portefólios do 10 LH4
Portefólios do 10 LH4Portefólios do 10 LH4
Portefólios do 10 LH4
Maria Paredes
 
Slide aula didatica
Slide aula didaticaSlide aula didatica
Slide aula didatica
Ana Claudia Ramos da Silva
 
Turismo Acessível
Turismo AcessívelTurismo Acessível
Turismo Acessível
Scott Rains
 
Modulo 1 turismo 1
Modulo 1   turismo 1Modulo 1   turismo 1
Modulo 1 turismo 1Luis Cunha
 
Modelo de orçamento para agências de viagens
Modelo de orçamento para agências de viagensModelo de orçamento para agências de viagens
Modelo de orçamento para agências de viagens
JooceBox
 
Modulo 6 iat
Modulo 6 iatModulo 6 iat
Modulo 6 iat
Tania Morais Morais
 
Conhecendo o Turismo 1
Conhecendo o Turismo 1Conhecendo o Turismo 1
Conhecendo o Turismo 1
Marcelo Möass
 

Mais procurados (18)

De La Hoz Advisor [Modo de Compatibilidade] (1)
De La Hoz Advisor [Modo de Compatibilidade] (1)De La Hoz Advisor [Modo de Compatibilidade] (1)
De La Hoz Advisor [Modo de Compatibilidade] (1)
 
FUNÇÕES E ATRIBUIÇÕES DO GUIA DE TURISMO
FUNÇÕES E ATRIBUIÇÕES DO GUIA DE TURISMO FUNÇÕES E ATRIBUIÇÕES DO GUIA DE TURISMO
FUNÇÕES E ATRIBUIÇÕES DO GUIA DE TURISMO
 
Slide conceitos
Slide conceitosSlide conceitos
Slide conceitos
 
Conhecendo o Turismo 2
Conhecendo o Turismo 2Conhecendo o Turismo 2
Conhecendo o Turismo 2
 
Etica
EticaEtica
Etica
 
Viaje legal colunistas
Viaje legal colunistasViaje legal colunistas
Viaje legal colunistas
 
Bem Atender Turismo Acessível
Bem Atender Turismo AcessívelBem Atender Turismo Acessível
Bem Atender Turismo Acessível
 
Turismo de lazer - Breve história e conceitos
Turismo de lazer - Breve história e conceitosTurismo de lazer - Breve história e conceitos
Turismo de lazer - Breve história e conceitos
 
Apostila fundamentos turismo
Apostila fundamentos turismoApostila fundamentos turismo
Apostila fundamentos turismo
 
Historia do Turismo
Historia do TurismoHistoria do Turismo
Historia do Turismo
 
Turismo acessível slides
Turismo acessível   slidesTurismo acessível   slides
Turismo acessível slides
 
Portefólios do 10 LH4
Portefólios do 10 LH4Portefólios do 10 LH4
Portefólios do 10 LH4
 
Slide aula didatica
Slide aula didaticaSlide aula didatica
Slide aula didatica
 
Turismo Acessível
Turismo AcessívelTurismo Acessível
Turismo Acessível
 
Modulo 1 turismo 1
Modulo 1   turismo 1Modulo 1   turismo 1
Modulo 1 turismo 1
 
Modelo de orçamento para agências de viagens
Modelo de orçamento para agências de viagensModelo de orçamento para agências de viagens
Modelo de orçamento para agências de viagens
 
Modulo 6 iat
Modulo 6 iatModulo 6 iat
Modulo 6 iat
 
Conhecendo o Turismo 1
Conhecendo o Turismo 1Conhecendo o Turismo 1
Conhecendo o Turismo 1
 

Destaque

5P - curso 8Ps - turma 29
5P - curso 8Ps - turma 295P - curso 8Ps - turma 29
5P - curso 8Ps - turma 29
Conrado Adolpho
 
organização do trabalho
organização do trabalhoorganização do trabalho
organização do trabalho
Sylvie Boas
 
CICLO DE VIDA DO DESTINO TURÍSTICO, TIPOS DE TURISTAS E RESIDENTES.
CICLO DE VIDA DO DESTINO TURÍSTICO, TIPOS DE TURISTAS E RESIDENTES.CICLO DE VIDA DO DESTINO TURÍSTICO, TIPOS DE TURISTAS E RESIDENTES.
CICLO DE VIDA DO DESTINO TURÍSTICO, TIPOS DE TURISTAS E RESIDENTES.
Caah Kowalczyk
 
Eventos turísticos
Eventos turísticosEventos turísticos
Eventos turísticos
Pedro Peixoto
 
Módulo+8 iat
Módulo+8   iatMódulo+8   iat
Módulo+8 iat
Tania Morais Morais
 
01 Conceitos Turismo
01    Conceitos  Turismo01    Conceitos  Turismo
01 Conceitos Turismo
cursotiat
 

Destaque (6)

5P - curso 8Ps - turma 29
5P - curso 8Ps - turma 295P - curso 8Ps - turma 29
5P - curso 8Ps - turma 29
 
organização do trabalho
organização do trabalhoorganização do trabalho
organização do trabalho
 
CICLO DE VIDA DO DESTINO TURÍSTICO, TIPOS DE TURISTAS E RESIDENTES.
CICLO DE VIDA DO DESTINO TURÍSTICO, TIPOS DE TURISTAS E RESIDENTES.CICLO DE VIDA DO DESTINO TURÍSTICO, TIPOS DE TURISTAS E RESIDENTES.
CICLO DE VIDA DO DESTINO TURÍSTICO, TIPOS DE TURISTAS E RESIDENTES.
 
Eventos turísticos
Eventos turísticosEventos turísticos
Eventos turísticos
 
Módulo+8 iat
Módulo+8   iatMódulo+8   iat
Módulo+8 iat
 
01 Conceitos Turismo
01    Conceitos  Turismo01    Conceitos  Turismo
01 Conceitos Turismo
 

Semelhante a Interesses Turísticos

Manual-Turismo-e-Empreendedorismo-Final.pdf
Manual-Turismo-e-Empreendedorismo-Final.pdfManual-Turismo-e-Empreendedorismo-Final.pdf
Manual-Turismo-e-Empreendedorismo-Final.pdf
ssuserd70dab
 
Palestra na ABAV - 2013 - Se você está atendendo o cliente, quem está fazendo...
Palestra na ABAV - 2013 - Se você está atendendo o cliente, quem está fazendo...Palestra na ABAV - 2013 - Se você está atendendo o cliente, quem está fazendo...
Palestra na ABAV - 2013 - Se você está atendendo o cliente, quem está fazendo...
Laura Umbelina Santi
 
Portifolio9.9
Portifolio9.9Portifolio9.9
Portifolio9.9
nemo116
 
Portifolio9.9
Portifolio9.9Portifolio9.9
Portifolio9.9
nemo116
 
FUNESO - Marketing turístico - 15.08 - Planejamento de aula
FUNESO - Marketing turístico - 15.08 - Planejamento de aulaFUNESO - Marketing turístico - 15.08 - Planejamento de aula
FUNESO - Marketing turístico - 15.08 - Planejamento de aula
Elton Rodrigues
 
Simpósio turismo responsável nos destinos brasil 2014
Simpósio turismo responsável nos destinos brasil 2014Simpósio turismo responsável nos destinos brasil 2014
Simpósio turismo responsável nos destinos brasil 2014
Carolina Palhares
 
Oficina Mkt Destinos Turísticos
Oficina Mkt Destinos TurísticosOficina Mkt Destinos Turísticos
Oficina Mkt Destinos Turísticos
Simone Scorsato
 
FUNESO - Marketing turistico - 15.08.14 - Apresentação
FUNESO - Marketing turistico  - 15.08.14 - ApresentaçãoFUNESO - Marketing turistico  - 15.08.14 - Apresentação
FUNESO - Marketing turistico - 15.08.14 - Apresentação
Elton Rodrigues
 
Manual da Marca Turística de Avaré
Manual da Marca Turística de AvaréManual da Marca Turística de Avaré
Manual da Marca Turística de Avaré
Jaqueline Leal
 
Pesquisa Turismo
Pesquisa TurismoPesquisa Turismo
Pesquisa Turismo
Sergio Luis dos Santos Lima
 
Symposium turismo responsável nos destinos responsible tourism in destination...
Symposium turismo responsável nos destinos responsible tourism in destination...Symposium turismo responsável nos destinos responsible tourism in destination...
Symposium turismo responsável nos destinos responsible tourism in destination...
Carolina Palhares
 
otet-manual.pdfsemprecomvidna`csiksimsjxkskkaksasx
otet-manual.pdfsemprecomvidna`csiksimsjxkskkaksasxotet-manual.pdfsemprecomvidna`csiksimsjxkskkaksasx
otet-manual.pdfsemprecomvidna`csiksimsjxkskkaksasx
AczaSantiago
 
Teoria e técnica profissional 3
Teoria e técnica profissional 3Teoria e técnica profissional 3
Teoria e técnica profissional 3
Vinicius Raszl
 
Mtur (IMB) marketing de destinos parte 001
Mtur (IMB) marketing de destinos parte 001Mtur (IMB) marketing de destinos parte 001
Mtur (IMB) marketing de destinos parte 001
Ernesto São Thiago
 
Agenda Propositiva do Turismo | Baixada Santista - Apresentação de resultados...
Agenda Propositiva do Turismo | Baixada Santista - Apresentação de resultados...Agenda Propositiva do Turismo | Baixada Santista - Apresentação de resultados...
Agenda Propositiva do Turismo | Baixada Santista - Apresentação de resultados...
Aristides Faria
 
Agenda Propositiva do Turismo | Baixada Santista - Workshop ACAI, Itanhaém (SP)
Agenda Propositiva do Turismo | Baixada Santista - Workshop ACAI, Itanhaém (SP)Agenda Propositiva do Turismo | Baixada Santista - Workshop ACAI, Itanhaém (SP)
Agenda Propositiva do Turismo | Baixada Santista - Workshop ACAI, Itanhaém (SP)
Aristides Faria
 
Turismo Vera Cruz - Ilha de Itaparica - Bahia - Brasil
Turismo Vera Cruz - Ilha de Itaparica - Bahia - BrasilTurismo Vera Cruz - Ilha de Itaparica - Bahia - Brasil
Turismo Vera Cruz - Ilha de Itaparica - Bahia - Brasil
Ilha de Itaparica
 
Revista Estação - Edição 27 - Junho
Revista Estação - Edição 27 - JunhoRevista Estação - Edição 27 - Junho
Revista Estação - Edição 27 - Junho
Michael Yoo
 
Turismo Sustentável: Apresentação Guiada
Turismo Sustentável: Apresentação Guiada Turismo Sustentável: Apresentação Guiada
Turismo Sustentável: Apresentação Guiada
praticas_sustentabilidade
 
Pílulas do turismo contemporâneo
Pílulas do turismo contemporâneoPílulas do turismo contemporâneo
Pílulas do turismo contemporâneo
Farah Serra
 

Semelhante a Interesses Turísticos (20)

Manual-Turismo-e-Empreendedorismo-Final.pdf
Manual-Turismo-e-Empreendedorismo-Final.pdfManual-Turismo-e-Empreendedorismo-Final.pdf
Manual-Turismo-e-Empreendedorismo-Final.pdf
 
Palestra na ABAV - 2013 - Se você está atendendo o cliente, quem está fazendo...
Palestra na ABAV - 2013 - Se você está atendendo o cliente, quem está fazendo...Palestra na ABAV - 2013 - Se você está atendendo o cliente, quem está fazendo...
Palestra na ABAV - 2013 - Se você está atendendo o cliente, quem está fazendo...
 
Portifolio9.9
Portifolio9.9Portifolio9.9
Portifolio9.9
 
Portifolio9.9
Portifolio9.9Portifolio9.9
Portifolio9.9
 
FUNESO - Marketing turístico - 15.08 - Planejamento de aula
FUNESO - Marketing turístico - 15.08 - Planejamento de aulaFUNESO - Marketing turístico - 15.08 - Planejamento de aula
FUNESO - Marketing turístico - 15.08 - Planejamento de aula
 
Simpósio turismo responsável nos destinos brasil 2014
Simpósio turismo responsável nos destinos brasil 2014Simpósio turismo responsável nos destinos brasil 2014
Simpósio turismo responsável nos destinos brasil 2014
 
Oficina Mkt Destinos Turísticos
Oficina Mkt Destinos TurísticosOficina Mkt Destinos Turísticos
Oficina Mkt Destinos Turísticos
 
FUNESO - Marketing turistico - 15.08.14 - Apresentação
FUNESO - Marketing turistico  - 15.08.14 - ApresentaçãoFUNESO - Marketing turistico  - 15.08.14 - Apresentação
FUNESO - Marketing turistico - 15.08.14 - Apresentação
 
Manual da Marca Turística de Avaré
Manual da Marca Turística de AvaréManual da Marca Turística de Avaré
Manual da Marca Turística de Avaré
 
Pesquisa Turismo
Pesquisa TurismoPesquisa Turismo
Pesquisa Turismo
 
Symposium turismo responsável nos destinos responsible tourism in destination...
Symposium turismo responsável nos destinos responsible tourism in destination...Symposium turismo responsável nos destinos responsible tourism in destination...
Symposium turismo responsável nos destinos responsible tourism in destination...
 
otet-manual.pdfsemprecomvidna`csiksimsjxkskkaksasx
otet-manual.pdfsemprecomvidna`csiksimsjxkskkaksasxotet-manual.pdfsemprecomvidna`csiksimsjxkskkaksasx
otet-manual.pdfsemprecomvidna`csiksimsjxkskkaksasx
 
Teoria e técnica profissional 3
Teoria e técnica profissional 3Teoria e técnica profissional 3
Teoria e técnica profissional 3
 
Mtur (IMB) marketing de destinos parte 001
Mtur (IMB) marketing de destinos parte 001Mtur (IMB) marketing de destinos parte 001
Mtur (IMB) marketing de destinos parte 001
 
Agenda Propositiva do Turismo | Baixada Santista - Apresentação de resultados...
Agenda Propositiva do Turismo | Baixada Santista - Apresentação de resultados...Agenda Propositiva do Turismo | Baixada Santista - Apresentação de resultados...
Agenda Propositiva do Turismo | Baixada Santista - Apresentação de resultados...
 
Agenda Propositiva do Turismo | Baixada Santista - Workshop ACAI, Itanhaém (SP)
Agenda Propositiva do Turismo | Baixada Santista - Workshop ACAI, Itanhaém (SP)Agenda Propositiva do Turismo | Baixada Santista - Workshop ACAI, Itanhaém (SP)
Agenda Propositiva do Turismo | Baixada Santista - Workshop ACAI, Itanhaém (SP)
 
Turismo Vera Cruz - Ilha de Itaparica - Bahia - Brasil
Turismo Vera Cruz - Ilha de Itaparica - Bahia - BrasilTurismo Vera Cruz - Ilha de Itaparica - Bahia - Brasil
Turismo Vera Cruz - Ilha de Itaparica - Bahia - Brasil
 
Revista Estação - Edição 27 - Junho
Revista Estação - Edição 27 - JunhoRevista Estação - Edição 27 - Junho
Revista Estação - Edição 27 - Junho
 
Turismo Sustentável: Apresentação Guiada
Turismo Sustentável: Apresentação Guiada Turismo Sustentável: Apresentação Guiada
Turismo Sustentável: Apresentação Guiada
 
Pílulas do turismo contemporâneo
Pílulas do turismo contemporâneoPílulas do turismo contemporâneo
Pílulas do turismo contemporâneo
 

Mais de Caah Kowalczyk

Plano de Turismo Sustentável - Barra de Camaratuba/PB
Plano de Turismo Sustentável - Barra de Camaratuba/PBPlano de Turismo Sustentável - Barra de Camaratuba/PB
Plano de Turismo Sustentável - Barra de Camaratuba/PB
Caah Kowalczyk
 
Bebidas alcóolicas
Bebidas alcóolicasBebidas alcóolicas
Bebidas alcóolicas
Caah Kowalczyk
 
PROSPOSTA DE INTERVENÇÃO - CASARÃO HISTÓRICO DE CARAÚBAS/RN
PROSPOSTA DE INTERVENÇÃO - CASARÃO HISTÓRICO DE CARAÚBAS/RNPROSPOSTA DE INTERVENÇÃO - CASARÃO HISTÓRICO DE CARAÚBAS/RN
PROSPOSTA DE INTERVENÇÃO - CASARÃO HISTÓRICO DE CARAÚBAS/RN
Caah Kowalczyk
 
ALAGOAS: UM ESTUDO DE CASO.
ALAGOAS: UM ESTUDO DE CASO.ALAGOAS: UM ESTUDO DE CASO.
ALAGOAS: UM ESTUDO DE CASO.
Caah Kowalczyk
 
MOSSORÓ MIX: TURISMO DE EVENTOS.
MOSSORÓ MIX: TURISMO DE EVENTOS.MOSSORÓ MIX: TURISMO DE EVENTOS.
MOSSORÓ MIX: TURISMO DE EVENTOS.
Caah Kowalczyk
 
TEORIA GERAL DO TURISMO I - TERMOS UTILIZADOS EM TURISMO.
TEORIA GERAL DO TURISMO I - TERMOS UTILIZADOS EM TURISMO.TEORIA GERAL DO TURISMO I - TERMOS UTILIZADOS EM TURISMO.
TEORIA GERAL DO TURISMO I - TERMOS UTILIZADOS EM TURISMO.
Caah Kowalczyk
 
O TURISMO E O FOLCLORE BRASILEIRO
O TURISMO E O FOLCLORE BRASILEIROO TURISMO E O FOLCLORE BRASILEIRO
O TURISMO E O FOLCLORE BRASILEIRO
Caah Kowalczyk
 
EVENTOS COMO VITRINES EMPRESARIAIS
EVENTOS COMO VITRINES EMPRESARIAISEVENTOS COMO VITRINES EMPRESARIAIS
EVENTOS COMO VITRINES EMPRESARIAIS
Caah Kowalczyk
 
CULTURA CIENTÍFICA.
CULTURA CIENTÍFICA.CULTURA CIENTÍFICA.
CULTURA CIENTÍFICA.
Caah Kowalczyk
 
SISTUR - CONJUNTO DE RELAÇÕES AMBIENTAIS
SISTUR - CONJUNTO DE RELAÇÕES AMBIENTAISSISTUR - CONJUNTO DE RELAÇÕES AMBIENTAIS
SISTUR - CONJUNTO DE RELAÇÕES AMBIENTAIS
Caah Kowalczyk
 

Mais de Caah Kowalczyk (10)

Plano de Turismo Sustentável - Barra de Camaratuba/PB
Plano de Turismo Sustentável - Barra de Camaratuba/PBPlano de Turismo Sustentável - Barra de Camaratuba/PB
Plano de Turismo Sustentável - Barra de Camaratuba/PB
 
Bebidas alcóolicas
Bebidas alcóolicasBebidas alcóolicas
Bebidas alcóolicas
 
PROSPOSTA DE INTERVENÇÃO - CASARÃO HISTÓRICO DE CARAÚBAS/RN
PROSPOSTA DE INTERVENÇÃO - CASARÃO HISTÓRICO DE CARAÚBAS/RNPROSPOSTA DE INTERVENÇÃO - CASARÃO HISTÓRICO DE CARAÚBAS/RN
PROSPOSTA DE INTERVENÇÃO - CASARÃO HISTÓRICO DE CARAÚBAS/RN
 
ALAGOAS: UM ESTUDO DE CASO.
ALAGOAS: UM ESTUDO DE CASO.ALAGOAS: UM ESTUDO DE CASO.
ALAGOAS: UM ESTUDO DE CASO.
 
MOSSORÓ MIX: TURISMO DE EVENTOS.
MOSSORÓ MIX: TURISMO DE EVENTOS.MOSSORÓ MIX: TURISMO DE EVENTOS.
MOSSORÓ MIX: TURISMO DE EVENTOS.
 
TEORIA GERAL DO TURISMO I - TERMOS UTILIZADOS EM TURISMO.
TEORIA GERAL DO TURISMO I - TERMOS UTILIZADOS EM TURISMO.TEORIA GERAL DO TURISMO I - TERMOS UTILIZADOS EM TURISMO.
TEORIA GERAL DO TURISMO I - TERMOS UTILIZADOS EM TURISMO.
 
O TURISMO E O FOLCLORE BRASILEIRO
O TURISMO E O FOLCLORE BRASILEIROO TURISMO E O FOLCLORE BRASILEIRO
O TURISMO E O FOLCLORE BRASILEIRO
 
EVENTOS COMO VITRINES EMPRESARIAIS
EVENTOS COMO VITRINES EMPRESARIAISEVENTOS COMO VITRINES EMPRESARIAIS
EVENTOS COMO VITRINES EMPRESARIAIS
 
CULTURA CIENTÍFICA.
CULTURA CIENTÍFICA.CULTURA CIENTÍFICA.
CULTURA CIENTÍFICA.
 
SISTUR - CONJUNTO DE RELAÇÕES AMBIENTAIS
SISTUR - CONJUNTO DE RELAÇÕES AMBIENTAISSISTUR - CONJUNTO DE RELAÇÕES AMBIENTAIS
SISTUR - CONJUNTO DE RELAÇÕES AMBIENTAIS
 

Último

Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
MateusTavares54
 
Aula 3- 6º HIS - As origens da humanidade, seus deslocamentos e os processos ...
Aula 3- 6º HIS - As origens da humanidade, seus deslocamentos e os processos ...Aula 3- 6º HIS - As origens da humanidade, seus deslocamentos e os processos ...
Aula 3- 6º HIS - As origens da humanidade, seus deslocamentos e os processos ...
Luana Neres
 
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdfthe_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
CarinaSoto12
 
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdfEgito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
sthefanydesr
 
Atividade - Letra da música "Tem Que Sorrir" - Jorge e Mateus
Atividade - Letra da música "Tem Que Sorrir"  - Jorge e MateusAtividade - Letra da música "Tem Que Sorrir"  - Jorge e Mateus
Atividade - Letra da música "Tem Que Sorrir" - Jorge e Mateus
Mary Alvarenga
 
PROPOSTA CURRICULAR EDUCACAO FISICA.docx
PROPOSTA CURRICULAR  EDUCACAO FISICA.docxPROPOSTA CURRICULAR  EDUCACAO FISICA.docx
PROPOSTA CURRICULAR EDUCACAO FISICA.docx
Escola Municipal Jesus Cristo
 
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdfCaderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
enpfilosofiaufu
 
Caça-palavras ortografia M antes de P e B.
Caça-palavras    ortografia M antes de P e B.Caça-palavras    ortografia M antes de P e B.
Caça-palavras ortografia M antes de P e B.
Mary Alvarenga
 
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdfCADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
NatySousa3
 
livro da EJA - 2a ETAPA - 4o e 5o ano. para análise do professorpdf
livro da EJA - 2a ETAPA - 4o e 5o ano. para análise do professorpdflivro da EJA - 2a ETAPA - 4o e 5o ano. para análise do professorpdf
livro da EJA - 2a ETAPA - 4o e 5o ano. para análise do professorpdf
Escola Municipal Jesus Cristo
 
Sócrates e os sofistas - apresentação de slides
Sócrates e os sofistas - apresentação de slidesSócrates e os sofistas - apresentação de slides
Sócrates e os sofistas - apresentação de slides
jbellas2
 
iNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdf
iNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdfiNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdf
iNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdf
andressacastro36
 
Arundhati Roy - O Deus das Pequenas Coisas - ÍNDIA.pdf
Arundhati Roy - O Deus das Pequenas Coisas - ÍNDIA.pdfArundhati Roy - O Deus das Pequenas Coisas - ÍNDIA.pdf
Arundhati Roy - O Deus das Pequenas Coisas - ÍNDIA.pdf
Ana Da Silva Ponce
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Unificação da Itália e a formação da Alemanha
Unificação da Itália e a formação da AlemanhaUnificação da Itália e a formação da Alemanha
Unificação da Itália e a formação da Alemanha
Acrópole - História & Educação
 
Memorial do convento slides- português 2023
Memorial do convento slides- português 2023Memorial do convento slides- português 2023
Memorial do convento slides- português 2023
MatildeBrites
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
Mary Alvarenga
 
os-lusiadas-resumo-os-lusiadas-10-ano.pdf
os-lusiadas-resumo-os-lusiadas-10-ano.pdfos-lusiadas-resumo-os-lusiadas-10-ano.pdf
os-lusiadas-resumo-os-lusiadas-10-ano.pdf
GiselaAlves15
 
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
Escola Municipal Jesus Cristo
 
Aula 2 - 6º HIS - Formas de registro da história e da produção do conheciment...
Aula 2 - 6º HIS - Formas de registro da história e da produção do conheciment...Aula 2 - 6º HIS - Formas de registro da história e da produção do conheciment...
Aula 2 - 6º HIS - Formas de registro da história e da produção do conheciment...
Luana Neres
 

Último (20)

Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
 
Aula 3- 6º HIS - As origens da humanidade, seus deslocamentos e os processos ...
Aula 3- 6º HIS - As origens da humanidade, seus deslocamentos e os processos ...Aula 3- 6º HIS - As origens da humanidade, seus deslocamentos e os processos ...
Aula 3- 6º HIS - As origens da humanidade, seus deslocamentos e os processos ...
 
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdfthe_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
 
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdfEgito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
 
Atividade - Letra da música "Tem Que Sorrir" - Jorge e Mateus
Atividade - Letra da música "Tem Que Sorrir"  - Jorge e MateusAtividade - Letra da música "Tem Que Sorrir"  - Jorge e Mateus
Atividade - Letra da música "Tem Que Sorrir" - Jorge e Mateus
 
PROPOSTA CURRICULAR EDUCACAO FISICA.docx
PROPOSTA CURRICULAR  EDUCACAO FISICA.docxPROPOSTA CURRICULAR  EDUCACAO FISICA.docx
PROPOSTA CURRICULAR EDUCACAO FISICA.docx
 
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdfCaderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
 
Caça-palavras ortografia M antes de P e B.
Caça-palavras    ortografia M antes de P e B.Caça-palavras    ortografia M antes de P e B.
Caça-palavras ortografia M antes de P e B.
 
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdfCADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
 
livro da EJA - 2a ETAPA - 4o e 5o ano. para análise do professorpdf
livro da EJA - 2a ETAPA - 4o e 5o ano. para análise do professorpdflivro da EJA - 2a ETAPA - 4o e 5o ano. para análise do professorpdf
livro da EJA - 2a ETAPA - 4o e 5o ano. para análise do professorpdf
 
Sócrates e os sofistas - apresentação de slides
Sócrates e os sofistas - apresentação de slidesSócrates e os sofistas - apresentação de slides
Sócrates e os sofistas - apresentação de slides
 
iNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdf
iNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdfiNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdf
iNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdf
 
Arundhati Roy - O Deus das Pequenas Coisas - ÍNDIA.pdf
Arundhati Roy - O Deus das Pequenas Coisas - ÍNDIA.pdfArundhati Roy - O Deus das Pequenas Coisas - ÍNDIA.pdf
Arundhati Roy - O Deus das Pequenas Coisas - ÍNDIA.pdf
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
 
Unificação da Itália e a formação da Alemanha
Unificação da Itália e a formação da AlemanhaUnificação da Itália e a formação da Alemanha
Unificação da Itália e a formação da Alemanha
 
Memorial do convento slides- português 2023
Memorial do convento slides- português 2023Memorial do convento slides- português 2023
Memorial do convento slides- português 2023
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
 
os-lusiadas-resumo-os-lusiadas-10-ano.pdf
os-lusiadas-resumo-os-lusiadas-10-ano.pdfos-lusiadas-resumo-os-lusiadas-10-ano.pdf
os-lusiadas-resumo-os-lusiadas-10-ano.pdf
 
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
 
Aula 2 - 6º HIS - Formas de registro da história e da produção do conheciment...
Aula 2 - 6º HIS - Formas de registro da história e da produção do conheciment...Aula 2 - 6º HIS - Formas de registro da história e da produção do conheciment...
Aula 2 - 6º HIS - Formas de registro da história e da produção do conheciment...
 

Interesses Turísticos

  • 1. C A M I L A P A U L A D E A L M E I D A L E O N A R D O M A R C O S D E M E N E Z E S L U C A S N U N E S D E O L I V E I R A M A R I A V A L D I R E N E S A N T O S S O U S A S A M U E L M A T H E U S S I L V A D O N A S C I M E N T O GOVERNO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE - UERN FACULDADE DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS - FACEM DOCENTE: SALETE GONÇALVES DISCIPLINA: TURISMO E LAZER CURSO: BACHARELADO EM TURISMO TEMA: INTERESSES TURÍSTICOS
  • 2. I. INTRODUÇÃO  O seguinte trabalho baseia-se num estudo no âmbito da agência de viagens “Melhor Viagens e Turismo” e discorrerá sobre os interesses turísticos, que se conceitua por fazerem parte das atividades de índole econômica, cultural, ambiental e de animação que, pela sua localização e características, complementem outras atividades ou empreendimentos turísticos ou constituam motivo de atração turística nas áreas em que se encontram.  Diante disso, a pesquisa tem intuito de avaliar os serviços turísticos oferecidos pela agência justamente com o lazer.
  • 3. II. METODOLOGIA  O presente estudo baseia-se na pesquisa de campo na agência de viagens “Melhor Viagens e Turismo” localizada na cidade de Mossoró/RN, com a utilização de um questionário socioeconômico sobre os serviços prestados aos seus clientes.  A internet foi utilizada como ferramenta fundamental para anexar junto ao trabalho as fotos, os vídeos, as entrevistas, etc.
  • 4. III. AGÊNCIA DE VIAGENS  Segundo Pelizzer (1989): As agências de viagens são como entidades que prestam assistência turística aos viajantes, mediante pagamento. E afirma que as agências de turismo são também empresas produtoras de serviços, considerando que, além dos serviços comercializados por estas e produzidos por outros operadores turísticos, existem serviços específicos que são oferecidos pela própria agência de turismo.
  • 5. IV. O AGENTE DE VIAGENS  É o profissional que planeja, organiza e vende serviços de turismo, como excursões, pacotes e roteiros personalizados, que incluem hotelaria e transporte. Programa destinos, contrata empresas de transporte para traslado, acomodação em hotéis, aluguel de carro e programas de entretenimento, segundo o que deseja o cliente.
  • 6. V. DESCRIÇÃO DA “MELHOR VIAGENS E TURISMO”  Inaugurada em 05 de abril de 2010, após ser cadastrada no sistema de pessoas físicas e jurídicas, que atual no âmbito do Turismo (CADASTUR), a agência de viagens “Melhor Viagens e Turismo” foi realizada pelo proprietário Everton Holanda de Freitas, que desde jovem gosta de viajar.  A decisão não foi colocada rapidamente em prática, houve a capacitação do fundador e proprietário com o curso técnico de Turismo na Microlins e logo em seguida com o curso de Bacharelado em Turismo na Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), já na contratação de funcionários é necessário somente o ensino médio e experiência na área de vendas, há esporadicamente reciclagem de conhecimentos na área.  No espaço visitado o principal conteúdo cultural do lazer é conhecer e se interessar por outras culturais atrás do deslocamento, tendo “a viagem” como principal fator de lazer disponível pela agência.
  • 7. VI. EQUIPAMENTOS DE LAZER E PRODUTOS/SERVIÇOS OFERECIDOS PELA “MELHOR VIAGENS E TURISMO”  A agência trabalha com a venda de destinos, sejam eles nacionais e internacionais, que é o ponto chave do Turismo como um todo, pois o mesmo se utiliza do deslocamento para proporcionar a sua demanda interesses sociais, culturais, ambientais e curiosidade por lugares diversos. Utiliza todos os meios de equipamentos turísticos disponíveis e para comodidade dos clientes, aceitam diversas formas de pagamentos.  A mídia é usada como ferramenta para possibilitar uma dimensão maior dos destinos, seja ela através de fotos, vídeos, revistas, jornais, internet, etc., despertando ainda mais o interesse aqueles que já almejavam viajar.
  • 8. VII. OBJETIVO PRINCIPAL DA “MELHOR VIAGENS E TURISMO”  Tem como principal objetivo de vender produtos e serviços relacionados com essas viagens a um preço e com determinadas condições especialmente atrativas em relação com as que se poderia conseguir ao dirigir-se diretamente a esses provedores/fornecedores, assim, o cliente terá mais comodidade em desfrutar do serviço prestado ao chegar no núcleo receptor.
  • 9. VIII. ANÁLISE DO PÚBLICO-ALVO DA “MELHOR VIAGENS E TURISMO”.  Ao fim da aplicação do questionário socioeconômico, foi coletado ao fim da pesquisa que 75% do público-alvo são homens e somente 25% são mulheres, sendo ambos os sexos com faixa etária entre 19 a 35 anos. Tendo como a maioria entre os dois sexos o estado civil de solteiro e consequentemente não possuem filhos. O grau de instrução é o mais considerável, pois dos 16 clientes entrevistados 12 possuem ensino superior completo, portanto contam com uma profissão instável que obtêm entre 4 a 6 salários mínimos, que resulta entre R$ 2.712,00 a R$ 4.068,00 mensais.
  • 11. X. INTERAÇÃO DA SALA  Você prefere viajar entre amigos ou família?  Qual principal motivo da viagem?  Pretende voltar ao local visitado?  Qual a viagem dos seus sonhos?  Qual foi sua melhor viagem?  Aconteceu algo inesperado?  O que você mais recorda?  Compra suvenir?
  • 12. XI. CONSIDERAÇÕES FINAIS  Diante do trabalho explorando na agência de viagens “Melhor Viagens e Turismo”, entende-se que o lazer é a melhor forma das pessoas saírem do cotidiano e das atividades repetitivas.  O idealizador, Everton Holanda Freitas, trabalha com serviço de dinamizar e criar ofertas de mercado para diferenciar-se da concorrência. Além do dispor dos serviços que um agente de viagens disponibiliza para os seus clientes, o mesmo cria gincanas e promoções para persuadir os clientes.
  • 13. XII. REFERÊNCIAS  Adoro Comer. Institucional. Disponível em: http://adorocomer.com/sessao/institucional/>. Acessado em: 28 de julho de 2013.  Melhor Viagens e Turismo. Melhor Viagens e Turismo. Disponível em: <https://plus.google.com/115552487706956498548/posts>. Acessado em 18 de julho de 2013.  Melhor Viagens e Turismo. Melhor Viagens e Turismo. Disponível em: < http://melhorviagenseturismo.blogspot.com.br/>. Acessado em: 28 de julho de 2013.  Info Escola. Lazer. Disponível em: <http://www.infoescola.com/sociologia/lazer/>. Acessado em 20 de jul. 2013.   Profissões Técnicas. Agentes de Viagens. Disponível em: <http://www.brasilprofissoes.com.br/profissoes/tecnicas/hotelaria-turismo-e- lazer/agente-de-viagens#.UfcH741QHfI>. Acessado em: 30 jul. 2013.  Gil (2009)
  • 14. “Um viajante sem conhecimento é um pássaro sem asas.” (Musharrif Od-Dîn Sadi)