SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 4
Baixar para ler offline
Iniciação ao pressing no
                                  futsal
                             Autor: Francisco Jesús Guerrero Cáceres




                        c
                             •	 Técnico desportivo de Fútsal nível 1
                             •	 Técnico desportivo de Futebol nível 1
                             •	 Diplomado en magisterio, especialidad Educação física




                              ontinuando em linha com os artigos anteriores vou seguir
                           desenvolvendo as qualidades táticas.


                           Neste artigo vou aprofundar no pressing que é um gesto tático
                           defensivo. Este gesto tático vai
                           contextualizar teoricamente
                           e propor uns jogos
                           para sua iniciação
                           esportiva.

                           Minha proposta é
                           que a iniciação
                           aos gestos
                           táticos no futsal
                           seja sempre de
                           maneira mais
                           lúdica possível,
                           favorecendo em
                           todo momento a
                           aprendizagem do
                           jogador/a, e que se divirta e
                           passe bem nos treinamentos.

                                                                                                209
© Artigo publicado em   www.futbol-tactico.com                     Futsal               MARÇO
A continuação os apresento minha proposta lúdica para trabalhar o pressing:
 PRESSING                                                                                                    NOME: “Pega-pressing”	 			                     IDADE: 8 anos em diante.

O pressing é a pressão que se realiza sobre algum ou todos os jogadores/as adversários, com maior ou         AGRUPAÇÃO: Grande grupo.			                    MATERIAL: 3 bolas de futsal.
menor intensidade, com a intenção de evitar sua progressão ou recuperar a bola o antes possível.
                                                                                                             OBJETIVOS: Iniciar a tática defensiva.		       CONTEÚDOS: Pressing a bola.
 Para a execução deste gesto técnico com a maior eficácia possível há que ter em conta uma serie de
aspectos: a condição física e técnica da nossa equipe e do adversário, os aspectos táticos do adversário,    DESENVOLVIMENTO: Um jogador/a fica e tem que pegar ao resto de jogadores/a. Os jogadores/as que
o tempo que vai durar o pressing, resultado no momento da execução do pressing e o número de faltas
                                                                                                             não ficam têm uma bola e têm que passá-la entre eles.O jogador/a que fica só pode pegar ao jogador/a
acumuladas em cada equipe. Todos estes aspectos são muito importantes valorizá-los para decidir qual
é o momento adequado para executar o pressing.                                                               com bola, para isso realizará um pressing a bola até que quite a bola a alguém. O resto de jogadores/as

                                                                                                             passará a bola entre eles evitando que lhe roube a bola já que o jogador/a que a perda passa a ficar côa
Os tipos de pressing podem-se classificar tendo em conta vários aspectos: sua intensidade, o lugar e o
objetivo.                                                                                                    bola. Não vale sair do espaço delimitado.

Segundo a intensidade podemos distinguir pressing                                                            VARIANTES: Aumentar o número de jogadores/as que peguem, aumentar o número de bolas, limitar o
e pressão.
                                                                                                             número de toques por jogador/a...
No pressing se assume mais riscos para tentar
arrebatar a bola de maneira imediata ao
adversário e a pressão submete-se a uma
pressão constante à equipe adversária,
mas sem assumir nenhum risco, é dizer,
esperando o erro da equipe adversária
para arrebatar-lhe a bola.


Dependendo         do      lugar
que se queira realizar o
pressing podemos distinguir
fundamentalmente: em meio
campo, em ¾ de campo e em
9 metros (da trave rival).

Pelo objeto que queira determinar o treinador/a,
diferenciamos dois tipos principalmente de
pressing ou pressão: ao homem e a bola.

Ao homem quer dizer que nos centramos
em pressionar a cada um dos jogadores/as
adversários independentemente de onde esteja
a bola; e no pressing a bola, nos centramos em
pressionar ao jogador/a com bola esquecendo-
nos do resto de jogadores/as.


210                                                                                                                                                                                                               211
      MARÇO                              Futsal                                   © Artigo publicado em     www.futbol-tactico.com                          Futsal                                       MARÇO
NOME: “Pressing até apoderar-me da bola”	    	     IDADE: 8 anos em diante.                            A equipe defensora tem que pressionar ao homem em todo momento. Ganha a equipe que mais pontos
                                                                                                       consiga.
AGRUPAÇÃO: Sextetos.	 				                         MATERIAL: 3 bolas de futsal e 9 coletes.
                                                                                                       VARIANTES: Realizar pressing a bola, limitar o número de toques por jogador/a...
OBJETIVOS: Iniciar a tática defensiva.			          CONTEÚDOS: Pressing ao homem.

DESENVOLVIMENTO: Em grupos de 6, três jogadores/as passam a bola e os outros três têm que tentar
roubá-la. Para isso realizarão um pressing ao homem. Delimitar-se-á um espaço de 20x20. Quando a
equipe em possessão da bola a perda intercambiam os roles. A equipe defensora só ganha à possessão
da bola se o consegue através do pressing.

VARIANTES: Diminuir o numero de jogadores defensores, realizarem um pressing a bola, limitar o
numero de toques por jogador/a...




NOME: “Agüenta o pressing para conservar a bola”	 IDADE: 8 anos em diante.
AGRUPAÇÃO: Grande grupo.	       			                MATERIAL: 1 bola de futsal e 6 coletes.
OBJETIVOS: Iniciar a tática defensiva.			          CONTEÚDO: Pressing ao homem.
DESENVOLVIMENTO: Divide-se o terreno de jogo em três zonas. Disputa-se um três contra três nas
duas zonas exteriores deixando a zona do meio neutral. A equipe em possessão da bola tem que passar
a bola a sua equipe companheiro na outra zona. A equipe que conserve a bola trás um passe de zona a
zona obtém um ponto.

212                                                                                                                                                                                                213
      MARÇO                           Futsal                                  © Artigo publicado em   www.futbol-tactico.com                         Futsal                                MARÇO
NOME: “Se roubo a bola antes somo mais pontos”	     IDADE: 8 anos em diante.
                                                                                                           AGRUPAÇÃO: Grande grupo.	        			                MATERIAL: 1 Bola de futsal e 5 coletes.
                                                                                                           OBJETIVOS: Iniciar a tática defensiva.			           CONTEÚDOS: Pressing segundo o lugar.
                                                                                                           DESENVOLVIMENTO: Disputa-se uma partida de futsal. A equipe defensora realizará um pressing ao
                                                                                                           homem desde a trave do adversário. Quando roube a bola em 9 metros somará três pontos, se é em
                                                                                                           ¾ de campo 2 pontos e se é em meio campo um ponto. Por cada gol conseguido também somará um
                                                                                                           ponto. Ganhará a equipe que mais pontos some.

NOME: “Ou pressiono ou perco”		               IDADE: 8 anos em diante.                                     VARIANTES: Realizar o pressing a bola, limitar o número de toques por jogador/a...

AGRUPAÇÃO: Grande grupo.			                   MATERIAL: 1 bola de futsal e 7 coletes.
OBJETIVOS: Iniciar a tática defensiva.		      CONTEÚDOS: Pressing a bola.
DESENVOLVIMENTO: Se divide o grupo em duas equipes de 7 jogadores/as. Uma equipe tentará
manter a possessão da bola durante 3´ e o outro tentará quitar-lho todas as vezes possíveis, utilizando
para isso como único recurso técnico o pressing a bola, não vale realizar uma entrada, interceptação,
nem nenhum outro recurso. Quando termine esse minuto intercambiaram os roles. Ganha a equipe que
mais vezes roube a bola através de um pressing a bola durante 3´.
VARIANTES: Realizar pressing ao homem, limitar o número de toques por jogador/a...




                                                                                                           BIBLIOGRAFÍA
                                                                                                                • Camerino, O. y Castaner M. (1995). 1001 ejercicios y juegos de recreación. Ed. Paidotribo.
                                                                                                                Barcelona.
                                                                                                                • Greeenaway, K. (1989). Libro de juegos. Ed. Libertarias. Madrid.
                                                                                                                • Guerrero Cáceres, F. J. (2010). Iniciación técnica del fútbol sala a través del juego. Ed.
                                                                                                                Wanceulen. Sevilla.
                                                                                                                • Moreno, M. (1997). Táctica, estrategia y sistemas de juego. Real Federación Española de
                                                                                                                Fútbol. Madrid.
                                                                                                                • Sampedro, J. (1993). Iniciación al fútbol sala. Ed. Gymnos. Madrid.
                                                                                                                • Sampredo, J. (1997). Fútbol sala, las acciones del juego. Ed Gymnos. Madrid.

                                                                                                                • Valdericeda, F. (2008). Fútbol sala: la táctica y sus ejercicios. Editorial Mape.
214                                                                                                                                                                                                           215
      MARÇO                             Futsal                                   © Artigo publicado em    www.futbol-tactico.com                         Futsal                                       MARÇO

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Táticas de defesa e ataque no basquetebol
Táticas de defesa e ataque no basquetebolTáticas de defesa e ataque no basquetebol
Táticas de defesa e ataque no basquetebolMarcos Dieison
 
Esquema Tatico
Esquema TaticoEsquema Tatico
Esquema Taticomarceloedf
 
Pressão e Pressing
Pressão e PressingPressão e Pressing
Pressão e PressingLeandro Zago
 
3º ano prova bimestral 4º bim.
3º ano prova bimestral 4º bim.3º ano prova bimestral 4º bim.
3º ano prova bimestral 4º bim.Tony
 
Aula pratica curso treinadores braga2007_nivel_i_joão carlos costa e joão bra...
Aula pratica curso treinadores braga2007_nivel_i_joão carlos costa e joão bra...Aula pratica curso treinadores braga2007_nivel_i_joão carlos costa e joão bra...
Aula pratica curso treinadores braga2007_nivel_i_joão carlos costa e joão bra...João Carlos Costa
 
Materia esportes coletivos_i__2014
Materia esportes coletivos_i__2014Materia esportes coletivos_i__2014
Materia esportes coletivos_i__2014williamwmo
 
Apostila de basquetebol
Apostila de basquetebolApostila de basquetebol
Apostila de basquetebolbbpn
 
Referências para a Ocupação do Espaço sem Bola
Referências para a Ocupação do Espaço sem BolaReferências para a Ocupação do Espaço sem Bola
Referências para a Ocupação do Espaço sem BolaLeandro Zago
 
Slide de futsal para aula de ed. física
Slide de futsal para aula de ed. físicaSlide de futsal para aula de ed. física
Slide de futsal para aula de ed. físicaLisleia Macedo
 
RELATÓRIO DE ANÁLISE E OBSERVAÇÃO PRÉ JOGO DO SPFC SUB 20 - COPA SP 2016
RELATÓRIO DE ANÁLISE E OBSERVAÇÃO PRÉ JOGO DO SPFC SUB 20 - COPA SP 2016RELATÓRIO DE ANÁLISE E OBSERVAÇÃO PRÉ JOGO DO SPFC SUB 20 - COPA SP 2016
RELATÓRIO DE ANÁLISE E OBSERVAÇÃO PRÉ JOGO DO SPFC SUB 20 - COPA SP 2016Carlos Eduardo Arissa Vargas
 
Futsal jogadores e sistemas táticos
Futsal  jogadores e sistemas táticosFutsal  jogadores e sistemas táticos
Futsal jogadores e sistemas táticosAna Carolina
 
Fundamentos de futsal forum pronto
Fundamentos de futsal forum prontoFundamentos de futsal forum pronto
Fundamentos de futsal forum prontoferveronezi09
 
Apontamentos
ApontamentosApontamentos
ApontamentosRMOTA3
 
Desportos coletivos passar pc - trabalho desporto
Desportos coletivos   passar pc - trabalho desportoDesportos coletivos   passar pc - trabalho desporto
Desportos coletivos passar pc - trabalho desportoSérgio Santos
 

Mais procurados (20)

Táticas de defesa e ataque no basquetebol
Táticas de defesa e ataque no basquetebolTáticas de defesa e ataque no basquetebol
Táticas de defesa e ataque no basquetebol
 
Apostila futsal
Apostila futsalApostila futsal
Apostila futsal
 
Esquema Tatico
Esquema TaticoEsquema Tatico
Esquema Tatico
 
Sistema 4 em linha
Sistema 4 em linhaSistema 4 em linha
Sistema 4 em linha
 
Pressão e Pressing
Pressão e PressingPressão e Pressing
Pressão e Pressing
 
Plano de aula ed. física
Plano de aula ed. físicaPlano de aula ed. física
Plano de aula ed. física
 
3º ano prova bimestral 4º bim.
3º ano prova bimestral 4º bim.3º ano prova bimestral 4º bim.
3º ano prova bimestral 4º bim.
 
Aula pratica curso treinadores braga2007_nivel_i_joão carlos costa e joão bra...
Aula pratica curso treinadores braga2007_nivel_i_joão carlos costa e joão bra...Aula pratica curso treinadores braga2007_nivel_i_joão carlos costa e joão bra...
Aula pratica curso treinadores braga2007_nivel_i_joão carlos costa e joão bra...
 
Materia esportes coletivos_i__2014
Materia esportes coletivos_i__2014Materia esportes coletivos_i__2014
Materia esportes coletivos_i__2014
 
Apostila de basquetebol
Apostila de basquetebolApostila de basquetebol
Apostila de basquetebol
 
Referências para a Ocupação do Espaço sem Bola
Referências para a Ocupação do Espaço sem BolaReferências para a Ocupação do Espaço sem Bola
Referências para a Ocupação do Espaço sem Bola
 
Apostila de handebol
Apostila de handebolApostila de handebol
Apostila de handebol
 
Futsal
FutsalFutsal
Futsal
 
Slide de futsal para aula de ed. física
Slide de futsal para aula de ed. físicaSlide de futsal para aula de ed. física
Slide de futsal para aula de ed. física
 
Futebol 7
Futebol 7Futebol 7
Futebol 7
 
RELATÓRIO DE ANÁLISE E OBSERVAÇÃO PRÉ JOGO DO SPFC SUB 20 - COPA SP 2016
RELATÓRIO DE ANÁLISE E OBSERVAÇÃO PRÉ JOGO DO SPFC SUB 20 - COPA SP 2016RELATÓRIO DE ANÁLISE E OBSERVAÇÃO PRÉ JOGO DO SPFC SUB 20 - COPA SP 2016
RELATÓRIO DE ANÁLISE E OBSERVAÇÃO PRÉ JOGO DO SPFC SUB 20 - COPA SP 2016
 
Futsal jogadores e sistemas táticos
Futsal  jogadores e sistemas táticosFutsal  jogadores e sistemas táticos
Futsal jogadores e sistemas táticos
 
Fundamentos de futsal forum pronto
Fundamentos de futsal forum prontoFundamentos de futsal forum pronto
Fundamentos de futsal forum pronto
 
Apontamentos
ApontamentosApontamentos
Apontamentos
 
Desportos coletivos passar pc - trabalho desporto
Desportos coletivos   passar pc - trabalho desportoDesportos coletivos   passar pc - trabalho desporto
Desportos coletivos passar pc - trabalho desporto
 

Destaque

Como ganhar e conseguir o que te propões (2ª parte)
Como ganhar e conseguir o que te propões (2ª parte)Como ganhar e conseguir o que te propões (2ª parte)
Como ganhar e conseguir o que te propões (2ª parte)Futbol Tactico Brasil
 
Práticas de jogo de prioridade tática defensiva II. Tática defensiva grupal 3.
Práticas de jogo de prioridade tática defensiva II. Tática defensiva grupal 3. Práticas de jogo de prioridade tática defensiva II. Tática defensiva grupal 3.
Práticas de jogo de prioridade tática defensiva II. Tática defensiva grupal 3. Futbol Tactico Brasil
 
metodos e planos para o ensino
metodos e planos para o ensinometodos e planos para o ensino
metodos e planos para o ensinoRosane Moura
 
O Papel do Profissional de Educação Física na iniciação ao Futsal
O Papel do Profissional de Educação Física na iniciação ao FutsalO Papel do Profissional de Educação Física na iniciação ao Futsal
O Papel do Profissional de Educação Física na iniciação ao FutsalCristiano Xavier
 
Futsal Sistema de jogo e noção de marcação
Futsal Sistema de jogo e noção de marcaçãoFutsal Sistema de jogo e noção de marcação
Futsal Sistema de jogo e noção de marcaçãoIvo Volmir Ribas
 
Treinamento musculação métodos e sistemas
Treinamento   musculação métodos e sistemasTreinamento   musculação métodos e sistemas
Treinamento musculação métodos e sistemasFernando Valentim
 
148203083 musculacao-biomecanica-e-treinamento
148203083 musculacao-biomecanica-e-treinamento148203083 musculacao-biomecanica-e-treinamento
148203083 musculacao-biomecanica-e-treinamentoEdivaldo Santos Lima
 
Modelo Planejamento EstratéGico 2009 Ppt
Modelo   Planejamento EstratéGico 2009   PptModelo   Planejamento EstratéGico 2009   Ppt
Modelo Planejamento EstratéGico 2009 PptDawison Calheiros
 

Destaque (15)

Como ganhar e conseguir o que te propões (2ª parte)
Como ganhar e conseguir o que te propões (2ª parte)Como ganhar e conseguir o que te propões (2ª parte)
Como ganhar e conseguir o que te propões (2ª parte)
 
Práticas de jogo de prioridade tática defensiva II. Tática defensiva grupal 3.
Práticas de jogo de prioridade tática defensiva II. Tática defensiva grupal 3. Práticas de jogo de prioridade tática defensiva II. Tática defensiva grupal 3.
Práticas de jogo de prioridade tática defensiva II. Tática defensiva grupal 3.
 
Mais Educção
Mais EducçãoMais Educção
Mais Educção
 
Tatica individual ofensiva 2
Tatica individual ofensiva 2Tatica individual ofensiva 2
Tatica individual ofensiva 2
 
Tarefa sistematica
Tarefa sistematicaTarefa sistematica
Tarefa sistematica
 
Futsal 2013
Futsal 2013Futsal 2013
Futsal 2013
 
Futsal
FutsalFutsal
Futsal
 
Ofensivo 4x0
Ofensivo 4x0Ofensivo 4x0
Ofensivo 4x0
 
metodos e planos para o ensino
metodos e planos para o ensinometodos e planos para o ensino
metodos e planos para o ensino
 
O Papel do Profissional de Educação Física na iniciação ao Futsal
O Papel do Profissional de Educação Física na iniciação ao FutsalO Papel do Profissional de Educação Física na iniciação ao Futsal
O Papel do Profissional de Educação Física na iniciação ao Futsal
 
Futsal Sistema de jogo e noção de marcação
Futsal Sistema de jogo e noção de marcaçãoFutsal Sistema de jogo e noção de marcação
Futsal Sistema de jogo e noção de marcação
 
Musculação conceitos e aplicações
Musculação   conceitos e aplicaçõesMusculação   conceitos e aplicações
Musculação conceitos e aplicações
 
Treinamento musculação métodos e sistemas
Treinamento   musculação métodos e sistemasTreinamento   musculação métodos e sistemas
Treinamento musculação métodos e sistemas
 
148203083 musculacao-biomecanica-e-treinamento
148203083 musculacao-biomecanica-e-treinamento148203083 musculacao-biomecanica-e-treinamento
148203083 musculacao-biomecanica-e-treinamento
 
Modelo Planejamento EstratéGico 2009 Ppt
Modelo   Planejamento EstratéGico 2009   PptModelo   Planejamento EstratéGico 2009   Ppt
Modelo Planejamento EstratéGico 2009 Ppt
 

Semelhante a Iniciação ao pressing no futsal.

Slide de futsal para aula de ed. física
Slide de futsal para aula de ed. físicaSlide de futsal para aula de ed. física
Slide de futsal para aula de ed. físicaadnete
 
HISTÓRIA DO FUTSAL COMO FOI CRIADO E REGRAS BÁSICAS
HISTÓRIA DO FUTSAL COMO FOI CRIADO E REGRAS BÁSICASHISTÓRIA DO FUTSAL COMO FOI CRIADO E REGRAS BÁSICAS
HISTÓRIA DO FUTSAL COMO FOI CRIADO E REGRAS BÁSICASromanenghiitalo
 
Introdução ao Futebol de Campo.pptx
Introdução ao Futebol de Campo.pptxIntrodução ao Futebol de Campo.pptx
Introdução ao Futebol de Campo.pptxFlavioJussi1
 
introdução ao futebol no mundo e seus fundamentos.pptx
introdução ao futebol no mundo e seus fundamentos.pptxintrodução ao futebol no mundo e seus fundamentos.pptx
introdução ao futebol no mundo e seus fundamentos.pptxTavaresJana
 
TÁTICA NO FUTEBOL (2).pptx fundamentos importantes técnicos da modalidade
TÁTICA NO FUTEBOL (2).pptx fundamentos importantes técnicos da modalidadeTÁTICA NO FUTEBOL (2).pptx fundamentos importantes técnicos da modalidade
TÁTICA NO FUTEBOL (2).pptx fundamentos importantes técnicos da modalidadeTavaresJana
 
Planificacaotaticadapretemporadaemequipesprofissionais 121015090808-phpapp01
Planificacaotaticadapretemporadaemequipesprofissionais 121015090808-phpapp01Planificacaotaticadapretemporadaemequipesprofissionais 121015090808-phpapp01
Planificacaotaticadapretemporadaemequipesprofissionais 121015090808-phpapp01Bruno Comelli
 
Escola estadual de ensino fundamental chico mendes
Escola estadual de ensino fundamental chico mendesEscola estadual de ensino fundamental chico mendes
Escola estadual de ensino fundamental chico mendesGilmar Wiercinski
 
Apostila educação física escolar
Apostila educação física escolar Apostila educação física escolar
Apostila educação física escolar Paulo MF
 
Apostila educacao fisica 2017 professor paulo menezes
Apostila educacao fisica 2017 professor paulo menezes  Apostila educacao fisica 2017 professor paulo menezes
Apostila educacao fisica 2017 professor paulo menezes Andrea Ferreira
 
O Jogo Coletivo e a Integração das Referências
O Jogo Coletivo e a Integração das ReferênciasO Jogo Coletivo e a Integração das Referências
O Jogo Coletivo e a Integração das ReferênciasLeandro Zago
 
Táticas básicas de basquetebol
Táticas básicas de basquetebolTáticas básicas de basquetebol
Táticas básicas de basquetebolElaine Lima
 
Futsal apostila escola amelia poletto hepp
Futsal apostila escola amelia poletto heppFutsal apostila escola amelia poletto hepp
Futsal apostila escola amelia poletto heppdalilahack
 
FUTSAL - Metodologia do Treinamento.ppt
FUTSAL - Metodologia do Treinamento.pptFUTSAL - Metodologia do Treinamento.ppt
FUTSAL - Metodologia do Treinamento.pptProfessoraLourranyli
 
Futsal teórica
Futsal   teóricaFutsal   teórica
Futsal teóricaNetKids
 

Semelhante a Iniciação ao pressing no futsal. (20)

Slide de futsal para aula de ed. física
Slide de futsal para aula de ed. físicaSlide de futsal para aula de ed. física
Slide de futsal para aula de ed. física
 
HISTÓRIA DO FUTSAL COMO FOI CRIADO E REGRAS BÁSICAS
HISTÓRIA DO FUTSAL COMO FOI CRIADO E REGRAS BÁSICASHISTÓRIA DO FUTSAL COMO FOI CRIADO E REGRAS BÁSICAS
HISTÓRIA DO FUTSAL COMO FOI CRIADO E REGRAS BÁSICAS
 
Introdução ao Futebol de Campo.pptx
Introdução ao Futebol de Campo.pptxIntrodução ao Futebol de Campo.pptx
Introdução ao Futebol de Campo.pptx
 
introdução ao futebol no mundo e seus fundamentos.pptx
introdução ao futebol no mundo e seus fundamentos.pptxintrodução ao futebol no mundo e seus fundamentos.pptx
introdução ao futebol no mundo e seus fundamentos.pptx
 
TÁTICA NO FUTEBOL (2).pptx fundamentos importantes técnicos da modalidade
TÁTICA NO FUTEBOL (2).pptx fundamentos importantes técnicos da modalidadeTÁTICA NO FUTEBOL (2).pptx fundamentos importantes técnicos da modalidade
TÁTICA NO FUTEBOL (2).pptx fundamentos importantes técnicos da modalidade
 
Plano de aula
Plano de aulaPlano de aula
Plano de aula
 
Planificacaotaticadapretemporadaemequipesprofissionais 121015090808-phpapp01
Planificacaotaticadapretemporadaemequipesprofissionais 121015090808-phpapp01Planificacaotaticadapretemporadaemequipesprofissionais 121015090808-phpapp01
Planificacaotaticadapretemporadaemequipesprofissionais 121015090808-phpapp01
 
Escola estadual de ensino fundamental chico mendes
Escola estadual de ensino fundamental chico mendesEscola estadual de ensino fundamental chico mendes
Escola estadual de ensino fundamental chico mendes
 
Transicao defesa ataque no Futebol
Transicao defesa ataque no FutebolTransicao defesa ataque no Futebol
Transicao defesa ataque no Futebol
 
Transicao defesa ataque
Transicao defesa ataqueTransicao defesa ataque
Transicao defesa ataque
 
Apostila educação física escolar
Apostila educação física escolar Apostila educação física escolar
Apostila educação física escolar
 
Apostila educacao fisica 2017 professor paulo menezes
Apostila educacao fisica 2017 professor paulo menezes  Apostila educacao fisica 2017 professor paulo menezes
Apostila educacao fisica 2017 professor paulo menezes
 
O Jogo Coletivo e a Integração das Referências
O Jogo Coletivo e a Integração das ReferênciasO Jogo Coletivo e a Integração das Referências
O Jogo Coletivo e a Integração das Referências
 
Táticas básicas de basquetebol
Táticas básicas de basquetebolTáticas básicas de basquetebol
Táticas básicas de basquetebol
 
Futsal
Futsal Futsal
Futsal
 
Futsal apostila escola amelia poletto hepp
Futsal apostila escola amelia poletto heppFutsal apostila escola amelia poletto hepp
Futsal apostila escola amelia poletto hepp
 
Basquete 1
Basquete 1Basquete 1
Basquete 1
 
Basquetebol
BasquetebolBasquetebol
Basquetebol
 
FUTSAL - Metodologia do Treinamento.ppt
FUTSAL - Metodologia do Treinamento.pptFUTSAL - Metodologia do Treinamento.ppt
FUTSAL - Metodologia do Treinamento.ppt
 
Futsal teórica
Futsal   teóricaFutsal   teórica
Futsal teórica
 

Mais de Futbol Tactico Brasil

Tarefas tecnico taticas para o desenvolvimento da velocidade atraves de situa...
Tarefas tecnico taticas para o desenvolvimento da velocidade atraves de situa...Tarefas tecnico taticas para o desenvolvimento da velocidade atraves de situa...
Tarefas tecnico taticas para o desenvolvimento da velocidade atraves de situa...Futbol Tactico Brasil
 
Praticas de jogo para a melhora da força de luta
Praticas de jogo para a melhora da força de lutaPraticas de jogo para a melhora da força de luta
Praticas de jogo para a melhora da força de lutaFutbol Tactico Brasil
 
Treinamento da força explosiva e lateralidade do goleiro.
Treinamento da força explosiva e lateralidade do goleiro.Treinamento da força explosiva e lateralidade do goleiro.
Treinamento da força explosiva e lateralidade do goleiro.Futbol Tactico Brasil
 
Iniciação ao sistema de jogo 2-2 no futsal
Iniciação ao sistema de jogo 2-2 no futsalIniciação ao sistema de jogo 2-2 no futsal
Iniciação ao sistema de jogo 2-2 no futsalFutbol Tactico Brasil
 
Tarefas para o trabalho de finalizações sobre ataque previsto.
Tarefas para o trabalho de finalizações sobre ataque previsto.Tarefas para o trabalho de finalizações sobre ataque previsto.
Tarefas para o trabalho de finalizações sobre ataque previsto.Futbol Tactico Brasil
 
Práticas de jogo de prioridade tática defensiva III. Tática defensiva coletiv...
Práticas de jogo de prioridade tática defensiva III. Tática defensiva coletiv...Práticas de jogo de prioridade tática defensiva III. Tática defensiva coletiv...
Práticas de jogo de prioridade tática defensiva III. Tática defensiva coletiv...Futbol Tactico Brasil
 
Tarefas jogadas para a melhora da finalização e sua defesa (2ª Parte)
Tarefas jogadas para a melhora da finalização e sua defesa (2ª Parte)Tarefas jogadas para a melhora da finalização e sua defesa (2ª Parte)
Tarefas jogadas para a melhora da finalização e sua defesa (2ª Parte)Futbol Tactico Brasil
 
Treinamento do goleiro de futebol base: Justificação de nosso modelo de trein...
Treinamento do goleiro de futebol base: Justificação de nosso modelo de trein...Treinamento do goleiro de futebol base: Justificação de nosso modelo de trein...
Treinamento do goleiro de futebol base: Justificação de nosso modelo de trein...Futbol Tactico Brasil
 
Reportagem: Copa Libertadores 2012: Corinthians, um campeão imbatível.
Reportagem: Copa Libertadores 2012: Corinthians, um campeão imbatível.Reportagem: Copa Libertadores 2012: Corinthians, um campeão imbatível.
Reportagem: Copa Libertadores 2012: Corinthians, um campeão imbatível.Futbol Tactico Brasil
 
Protocolo de recuperação da osteopatia dinâmica do púbis.
Protocolo de recuperação da osteopatia dinâmica do púbis.Protocolo de recuperação da osteopatia dinâmica do púbis.
Protocolo de recuperação da osteopatia dinâmica do púbis.Futbol Tactico Brasil
 
Treinamento da agilidade com os pés dogoleiro de futsal
Treinamento da agilidade com os pés dogoleiro de futsalTreinamento da agilidade com os pés dogoleiro de futsal
Treinamento da agilidade com os pés dogoleiro de futsalFutbol Tactico Brasil
 
Como um treinador de futebol pode liderar a sua equipe (Parte 1)
Como um treinador de futebol pode liderar a sua equipe (Parte 1)Como um treinador de futebol pode liderar a sua equipe (Parte 1)
Como um treinador de futebol pode liderar a sua equipe (Parte 1)Futbol Tactico Brasil
 
Gestão e organização do Treinamento do Goleiro.
Gestão e organização do Treinamento do Goleiro.Gestão e organização do Treinamento do Goleiro.
Gestão e organização do Treinamento do Goleiro.Futbol Tactico Brasil
 
Éxito ou Fracaso, 5 inimigos da mente de um Jogador de Futebol profissional.
Éxito ou Fracaso, 5 inimigos da mente de um Jogador de Futebol profissional.Éxito ou Fracaso, 5 inimigos da mente de um Jogador de Futebol profissional.
Éxito ou Fracaso, 5 inimigos da mente de um Jogador de Futebol profissional.Futbol Tactico Brasil
 
Planificacao tática da pre temporada em equipes profissionais
Planificacao tática da pre temporada em equipes profissionaisPlanificacao tática da pre temporada em equipes profissionais
Planificacao tática da pre temporada em equipes profissionaisFutbol Tactico Brasil
 

Mais de Futbol Tactico Brasil (19)

Tarefas tecnico taticas para o desenvolvimento da velocidade atraves de situa...
Tarefas tecnico taticas para o desenvolvimento da velocidade atraves de situa...Tarefas tecnico taticas para o desenvolvimento da velocidade atraves de situa...
Tarefas tecnico taticas para o desenvolvimento da velocidade atraves de situa...
 
Praticas de jogo para a melhora da força de luta
Praticas de jogo para a melhora da força de lutaPraticas de jogo para a melhora da força de luta
Praticas de jogo para a melhora da força de luta
 
Treinamento da força explosiva e lateralidade do goleiro.
Treinamento da força explosiva e lateralidade do goleiro.Treinamento da força explosiva e lateralidade do goleiro.
Treinamento da força explosiva e lateralidade do goleiro.
 
Iniciação ao sistema de jogo 2-2 no futsal
Iniciação ao sistema de jogo 2-2 no futsalIniciação ao sistema de jogo 2-2 no futsal
Iniciação ao sistema de jogo 2-2 no futsal
 
Tarefas para o trabalho de finalizações sobre ataque previsto.
Tarefas para o trabalho de finalizações sobre ataque previsto.Tarefas para o trabalho de finalizações sobre ataque previsto.
Tarefas para o trabalho de finalizações sobre ataque previsto.
 
Microciclo Tático ofensivo.
Microciclo Tático ofensivo.Microciclo Tático ofensivo.
Microciclo Tático ofensivo.
 
Práticas de jogo de prioridade tática defensiva III. Tática defensiva coletiv...
Práticas de jogo de prioridade tática defensiva III. Tática defensiva coletiv...Práticas de jogo de prioridade tática defensiva III. Tática defensiva coletiv...
Práticas de jogo de prioridade tática defensiva III. Tática defensiva coletiv...
 
Tarefas jogadas para a melhora da finalização e sua defesa (2ª Parte)
Tarefas jogadas para a melhora da finalização e sua defesa (2ª Parte)Tarefas jogadas para a melhora da finalização e sua defesa (2ª Parte)
Tarefas jogadas para a melhora da finalização e sua defesa (2ª Parte)
 
Treinamento do goleiro de futebol base: Justificação de nosso modelo de trein...
Treinamento do goleiro de futebol base: Justificação de nosso modelo de trein...Treinamento do goleiro de futebol base: Justificação de nosso modelo de trein...
Treinamento do goleiro de futebol base: Justificação de nosso modelo de trein...
 
O sistema de jogo 1_4_2_2_2
O sistema de jogo 1_4_2_2_2O sistema de jogo 1_4_2_2_2
O sistema de jogo 1_4_2_2_2
 
Reportagem: Copa Libertadores 2012: Corinthians, um campeão imbatível.
Reportagem: Copa Libertadores 2012: Corinthians, um campeão imbatível.Reportagem: Copa Libertadores 2012: Corinthians, um campeão imbatível.
Reportagem: Copa Libertadores 2012: Corinthians, um campeão imbatível.
 
Protocolo de recuperação da osteopatia dinâmica do púbis.
Protocolo de recuperação da osteopatia dinâmica do púbis.Protocolo de recuperação da osteopatia dinâmica do púbis.
Protocolo de recuperação da osteopatia dinâmica do púbis.
 
Corinthians e Boca Juniors
Corinthians e Boca JuniorsCorinthians e Boca Juniors
Corinthians e Boca Juniors
 
Treinamento da agilidade com os pés dogoleiro de futsal
Treinamento da agilidade com os pés dogoleiro de futsalTreinamento da agilidade com os pés dogoleiro de futsal
Treinamento da agilidade com os pés dogoleiro de futsal
 
Como um treinador de futebol pode liderar a sua equipe (Parte 1)
Como um treinador de futebol pode liderar a sua equipe (Parte 1)Como um treinador de futebol pode liderar a sua equipe (Parte 1)
Como um treinador de futebol pode liderar a sua equipe (Parte 1)
 
Gestão e organização do Treinamento do Goleiro.
Gestão e organização do Treinamento do Goleiro.Gestão e organização do Treinamento do Goleiro.
Gestão e organização do Treinamento do Goleiro.
 
O ataque direto como modelo de jogo
O ataque direto como modelo de jogoO ataque direto como modelo de jogo
O ataque direto como modelo de jogo
 
Éxito ou Fracaso, 5 inimigos da mente de um Jogador de Futebol profissional.
Éxito ou Fracaso, 5 inimigos da mente de um Jogador de Futebol profissional.Éxito ou Fracaso, 5 inimigos da mente de um Jogador de Futebol profissional.
Éxito ou Fracaso, 5 inimigos da mente de um Jogador de Futebol profissional.
 
Planificacao tática da pre temporada em equipes profissionais
Planificacao tática da pre temporada em equipes profissionaisPlanificacao tática da pre temporada em equipes profissionais
Planificacao tática da pre temporada em equipes profissionais
 

Iniciação ao pressing no futsal.

  • 1. Iniciação ao pressing no futsal Autor: Francisco Jesús Guerrero Cáceres c • Técnico desportivo de Fútsal nível 1 • Técnico desportivo de Futebol nível 1 • Diplomado en magisterio, especialidad Educação física ontinuando em linha com os artigos anteriores vou seguir desenvolvendo as qualidades táticas. Neste artigo vou aprofundar no pressing que é um gesto tático defensivo. Este gesto tático vai contextualizar teoricamente e propor uns jogos para sua iniciação esportiva. Minha proposta é que a iniciação aos gestos táticos no futsal seja sempre de maneira mais lúdica possível, favorecendo em todo momento a aprendizagem do jogador/a, e que se divirta e passe bem nos treinamentos. 209 © Artigo publicado em www.futbol-tactico.com Futsal MARÇO
  • 2. A continuação os apresento minha proposta lúdica para trabalhar o pressing: PRESSING NOME: “Pega-pressing” IDADE: 8 anos em diante. O pressing é a pressão que se realiza sobre algum ou todos os jogadores/as adversários, com maior ou AGRUPAÇÃO: Grande grupo. MATERIAL: 3 bolas de futsal. menor intensidade, com a intenção de evitar sua progressão ou recuperar a bola o antes possível. OBJETIVOS: Iniciar a tática defensiva. CONTEÚDOS: Pressing a bola. Para a execução deste gesto técnico com a maior eficácia possível há que ter em conta uma serie de aspectos: a condição física e técnica da nossa equipe e do adversário, os aspectos táticos do adversário, DESENVOLVIMENTO: Um jogador/a fica e tem que pegar ao resto de jogadores/a. Os jogadores/as que o tempo que vai durar o pressing, resultado no momento da execução do pressing e o número de faltas não ficam têm uma bola e têm que passá-la entre eles.O jogador/a que fica só pode pegar ao jogador/a acumuladas em cada equipe. Todos estes aspectos são muito importantes valorizá-los para decidir qual é o momento adequado para executar o pressing. com bola, para isso realizará um pressing a bola até que quite a bola a alguém. O resto de jogadores/as passará a bola entre eles evitando que lhe roube a bola já que o jogador/a que a perda passa a ficar côa Os tipos de pressing podem-se classificar tendo em conta vários aspectos: sua intensidade, o lugar e o objetivo. bola. Não vale sair do espaço delimitado. Segundo a intensidade podemos distinguir pressing VARIANTES: Aumentar o número de jogadores/as que peguem, aumentar o número de bolas, limitar o e pressão. número de toques por jogador/a... No pressing se assume mais riscos para tentar arrebatar a bola de maneira imediata ao adversário e a pressão submete-se a uma pressão constante à equipe adversária, mas sem assumir nenhum risco, é dizer, esperando o erro da equipe adversária para arrebatar-lhe a bola. Dependendo do lugar que se queira realizar o pressing podemos distinguir fundamentalmente: em meio campo, em ¾ de campo e em 9 metros (da trave rival). Pelo objeto que queira determinar o treinador/a, diferenciamos dois tipos principalmente de pressing ou pressão: ao homem e a bola. Ao homem quer dizer que nos centramos em pressionar a cada um dos jogadores/as adversários independentemente de onde esteja a bola; e no pressing a bola, nos centramos em pressionar ao jogador/a com bola esquecendo- nos do resto de jogadores/as. 210 211 MARÇO Futsal © Artigo publicado em www.futbol-tactico.com Futsal MARÇO
  • 3. NOME: “Pressing até apoderar-me da bola” IDADE: 8 anos em diante. A equipe defensora tem que pressionar ao homem em todo momento. Ganha a equipe que mais pontos consiga. AGRUPAÇÃO: Sextetos. MATERIAL: 3 bolas de futsal e 9 coletes. VARIANTES: Realizar pressing a bola, limitar o número de toques por jogador/a... OBJETIVOS: Iniciar a tática defensiva. CONTEÚDOS: Pressing ao homem. DESENVOLVIMENTO: Em grupos de 6, três jogadores/as passam a bola e os outros três têm que tentar roubá-la. Para isso realizarão um pressing ao homem. Delimitar-se-á um espaço de 20x20. Quando a equipe em possessão da bola a perda intercambiam os roles. A equipe defensora só ganha à possessão da bola se o consegue através do pressing. VARIANTES: Diminuir o numero de jogadores defensores, realizarem um pressing a bola, limitar o numero de toques por jogador/a... NOME: “Agüenta o pressing para conservar a bola” IDADE: 8 anos em diante. AGRUPAÇÃO: Grande grupo. MATERIAL: 1 bola de futsal e 6 coletes. OBJETIVOS: Iniciar a tática defensiva. CONTEÚDO: Pressing ao homem. DESENVOLVIMENTO: Divide-se o terreno de jogo em três zonas. Disputa-se um três contra três nas duas zonas exteriores deixando a zona do meio neutral. A equipe em possessão da bola tem que passar a bola a sua equipe companheiro na outra zona. A equipe que conserve a bola trás um passe de zona a zona obtém um ponto. 212 213 MARÇO Futsal © Artigo publicado em www.futbol-tactico.com Futsal MARÇO
  • 4. NOME: “Se roubo a bola antes somo mais pontos” IDADE: 8 anos em diante. AGRUPAÇÃO: Grande grupo. MATERIAL: 1 Bola de futsal e 5 coletes. OBJETIVOS: Iniciar a tática defensiva. CONTEÚDOS: Pressing segundo o lugar. DESENVOLVIMENTO: Disputa-se uma partida de futsal. A equipe defensora realizará um pressing ao homem desde a trave do adversário. Quando roube a bola em 9 metros somará três pontos, se é em ¾ de campo 2 pontos e se é em meio campo um ponto. Por cada gol conseguido também somará um ponto. Ganhará a equipe que mais pontos some. NOME: “Ou pressiono ou perco” IDADE: 8 anos em diante. VARIANTES: Realizar o pressing a bola, limitar o número de toques por jogador/a... AGRUPAÇÃO: Grande grupo. MATERIAL: 1 bola de futsal e 7 coletes. OBJETIVOS: Iniciar a tática defensiva. CONTEÚDOS: Pressing a bola. DESENVOLVIMENTO: Se divide o grupo em duas equipes de 7 jogadores/as. Uma equipe tentará manter a possessão da bola durante 3´ e o outro tentará quitar-lho todas as vezes possíveis, utilizando para isso como único recurso técnico o pressing a bola, não vale realizar uma entrada, interceptação, nem nenhum outro recurso. Quando termine esse minuto intercambiaram os roles. Ganha a equipe que mais vezes roube a bola através de um pressing a bola durante 3´. VARIANTES: Realizar pressing ao homem, limitar o número de toques por jogador/a... BIBLIOGRAFÍA • Camerino, O. y Castaner M. (1995). 1001 ejercicios y juegos de recreación. Ed. Paidotribo. Barcelona. • Greeenaway, K. (1989). Libro de juegos. Ed. Libertarias. Madrid. • Guerrero Cáceres, F. J. (2010). Iniciación técnica del fútbol sala a través del juego. Ed. Wanceulen. Sevilla. • Moreno, M. (1997). Táctica, estrategia y sistemas de juego. Real Federación Española de Fútbol. Madrid. • Sampedro, J. (1993). Iniciación al fútbol sala. Ed. Gymnos. Madrid. • Sampredo, J. (1997). Fútbol sala, las acciones del juego. Ed Gymnos. Madrid. • Valdericeda, F. (2008). Fútbol sala: la táctica y sus ejercicios. Editorial Mape. 214 215 MARÇO Futsal © Artigo publicado em www.futbol-tactico.com Futsal MARÇO