SlideShare uma empresa Scribd logo
Edu Gonzaga
A industrialização mundial
Etapas da industrializaçãoEtapas da industrialização
• Primeira, segunda e terceiraterceira
revolução Industrial
• Original ou clássica
• Planificada
• Tardia ou retardatária
Quanto ao fator históricoQuanto ao fator histórico
Classificação das indústrias
Quanto ao destino do produtoQuanto ao destino do produto
Indústria pesada ou de base ou de bens
de produção. Ex: Siderurgia, metalurgia
Indústria de bens de capital ou bens
intermediários. Ex: Máquinas industriais,
bancos automotivos
Indústria de bens de consumo
Duráveis. Ex: carro
Não duráveis. Ex: bebidas
Sistemas de produção industrial
TAYLORISMO (±1911)
 Ênfase na eficiência operacional para alcançar
maior produtividade (reordenamento das tarefas)
 Rígido controle do tempo na execução das tarefas
Estabelecimento de metas e rígida hierarquia
 Eliminação dos desperdícios
FORDISMO (1913)
 Criação da linha de montagem
 Produção e consumo em massa
 Manutenção de grandes estoques de peças
 Extrema especialização do trabalhador
 Rígida padronização da produção
 “O cliente pode ter o carro da cor que quiser, desde que seja preto.” H. Ford
Sistemas de produção industrial
JUST IN TIME (Década de 1950)
Primeiro vende-se o produto, depois compra-se a
matéria prima e só depois ocorre a fabricação (produção
por demanda).
Reduzido estoque de peças, suficiente para poucas
horas de produção (entregas em pequenos lotes e na
frequência necessária).
TOYOTISMO (Pós anos 1970)
 Mão-de-obra educada, treinada, multifuncional e bem
qualificada, podendo atuar em várias áreas da empresa.
 Uso de controle visual em todas as etapas de produção
como forma de avaliar o processo produtivo.
 Implantação do sistema de qualidade total – 5S
 Seiri, seiton, seiso, seiketsu, shitsuke
 Senso de: utilização, ordenação, limpeza, saúde e auto disciplina
Industrias Professor Edu Gonzaga 2015.
Toyota: maior
indústria
automobilística
do mundo
Julho 2013
Principais tipos de agrupamentos econômicos
TRUSTE – Fusão de duas ou mais empresas para constituição de uma única,
com o objetivo de controlar o mercado. É proibido, pois impedem a livre
concorrência. No Brasil é analisado pelo CADE: Conselho Administrativo de
Defesa Econômica.
EX: Fusão entre Sadia e Perdigão = Brasil Foods e AMBEV (Brahma e Antártica)
Principais tipos de agrupamentos econômicos
CARTEL – Acordo comercial entre empresas do mesmo ramo, que se
organizam em formas de sindicato, mas mantendo a independência de cada
uma, para distribuir entre si as cotas de produção e os mercados e
determinar os preços, suprimindo a livre concorrência.
Ex.: OPEP, empresas de cimento, postos de gasolina e auto escola.
Principais tipos de agrupamentos econômicos
HOLDING – Empresa ou organização que controla outras mediante a
aquisição de suas ações. Sua função não é produzir e sim administrar as
outras empresas.
Ex.: Grupo Pão de Açúcar, UNILEVER, Rede Globo, Kroton (Educação)
Principais tipos de agrupamentos econômicos
JOINT-VENTURE – Associação econômica entre duas empresas de
um mesmo setor, mas de nacionalidades diferentes, com o
objetivo de expansão do mercado e aumento dos lucros.
Ex.: Multinacionais na China.
Principais tipos de agrupamentos econômicos
MONOPÓLIO – Controle da quase totalidade do mercado de
um determinado produto por uma grande empresa.
Ex.: Petrobrás, Correios (carta), Microsoft, COPASA, CEMIG.
Principais tipos de agrupamentos econômicos
OLIGOPÓLIO – Grande número de compradores e reduzido número de
grandes empresas dominando as vendas.
Ex.: Empresas aéreas no Brasil, Google = Android ou Apple = IOS e telefônicas no
Brasil.
Principais tipos de agrupamentos econômicos
CONGLOMERADOS – São grupos de empresas que atuam em
diferentes setores ou ramos da economia, sendo que
normalmente nenhuma delas fornece elementos à linha de
produção das demais.
Ex.: Hyundai, Mitsubishi, Grupo Votorantin.
Os fatores de localizaçãoOs fatores de localização
industrialindustrial
 Mão-de-obra, qualificada ou não
Disponibilidade de matéria-prima
Terreno, fontes de energia e água
 Proximidade do mercado consumidor
Vias de transportes e telecomunicações
Políticas de investimentos,
financiamentos e incentivos fiscais
Leis urbanas e ambientais flexíveis
Grandes regiões
industriais do mundo
Manufacturing Belt
Vale do Silício
↑ Tecnologia
Aeronáutica
Espacial, ↑ tecnologia e
petroquímica
Concentração tradicional
Concentração nova – SUN BELT
Rust Belt
Desconcentração
Desconcentração
Desconcentração
Desconcentração
Ocorreu uma saturação do
setor industrial, devido aos
altos custos de produção e
automação, promovendo uma
desconcentração industrial.
Crescimento acelerado dos setores
industriais ligados a eletrônica,
informática e biotecnologia.
Indústria de ferramentas
Vendida
Industrias Professor Edu Gonzaga 2015.
Eixo econômico
Londres - Itália
Origem da indústria mundial,
mas o setor vem perdendo
importância na economia do
país.
Várias indústrias tradicionais
foram vendidas ao capital
estrangeiro.
Os principais centros
industriais são Londres e
Manchester. Há grande
relação entre as regiões
carboníferas e industriais.
Abrigam algumas indústrias
como automobilística,
aeronáutica, química e de
transporte.
Nos últimos anos se destaca a
indústria petrolífera na
Escócia.
Reino Unido
Indústria farmacêutica
Vendida
Vendida
Vendida
Vendida
Vendida
Vendida
Segundo país europeu a se
industrializar, junto com a
Bélgica.
Possui um parque industrial
moderno e bastante
diversificado.
Muito concentrada em:
Paris = diversificada
(detentora do principal
tecnopolo da Europa, o Paris-
Sud, onde se encontra também
Universidade de Paris XI -
melhores cursos de
engenharia da França)
Lion = automobilística
Estrasburgo (Alsácia-Lorena)
= siderurgia
Lille (Triângulo da indústria
pesada europeia) = siderurgia
Atua na fabricação de
automóveis, aviões, navios,
produtos químicos e
alimentos.
França
Alsácia-Lorena
Triângulo da
indústria pesada
europeia
Indústria energética
indústria de materiais ferroviários
Indústria farmacêutica
Indústria aeroespacial
País mais industrializado da Europa,
tem suas indústrias muito
distribuídas pelo território.
O setor industrial é o pilar da
economia e corresponde a cerca de
25% do PIB do país, empregando
mais de 8 milhões de pessoas.
A maior concentração industrial
alemã se desenvolveu na
confluência dos rios RENO e RUHR.
Fatores favoráveis:
•Grandes reservas de carvão
•Facilidades de transportes por
ferrovias e hidrovias, espalhadas
por todo o país
•Proximidade do porto de Roterdã
na Holanda
•Mão de obra qualificada
As indústrias de bens de consumo
duráveis, metalúrgicas e químicas
têm um significante papel na
economia.
Alemanha
Indústria química
Software
Industrias Professor Edu Gonzaga 2015.
É responsável por
25% do PIB,
empregando
aproximadamente
5 milhões de
pessoas.
82% dos produtos
industrializados
são fabricados no
noroeste: triângulo
econômico
industrial: Milão,
Gênova e Turim.
Desde o final dos
anos 1950, tentam
estimular a
industrialização da
região sul
(Mezzogiorno),
com pouco
sucesso.
Itália
Mezzogiorno
Industrias Professor Edu Gonzaga 2015.
Qualidade, aperfeiçoamento
técnico e preço reduzido
Gera 24% do PIB e emprega 34%
da PEA.
Dependente de matérias-primas
importadas e destaca-se na
exportação de produtos
industrializados com alto valor
agregado.
A infraestrutura de transportes,
telecomunicações e energia é
muito desenvolvida e
fundamental para a prosperidade
do país.
Alto desenvolvimento
tecnológico na indústria de
eletrônicos, automotiva, fibra
ótica e optoeletrônica.
Japão
Industrias Professor Edu Gonzaga 2015.
Regiões com grandes taxas
de crescimento econômico e
rápida industrialização entre
as décadas de 1950 e 1970.
Hong Kong, Coreia do Sul,
Cingapura e Taiwan.
Industrialização baseada no
sistema plataforma de
exportações.
Possuíam até a década de
1960 péssimos indicadores
sociais.
Investiram na educação e
infraestrutura de transportes
e telecomunicações.
Tigres Asiáticos
Novos
Tigres
Asiáticos
Também utilizam
o sistema
plataforma de
exportações, se
industrializaram a
partir da década
de 1980 e 1990.
Filipinas
Celulares
Instrumentos musicais
Eletrônicos
Eletrônicos
China
- Manchúria
Agrícola tradicional
Tem a maior produção industrial do
mundo (EUA = últimos 110 anos).
Representa 33% do Produto Interno
Bruto (PIB).
As ZEEs foram criadas na década de
80 – economia de mercado.
Objetivos: abrigar a instalação de
multinacionais, absorver inovações
tecnológicas, ampliação de parceiros
comerciais e captar investimentos
estrangeiros.
Oferece: mão de obra barata,
abundante e não reivindicativa,
baixos impostos, flexibilização de
leis trabalhistas e ambientais,
facilidades para a remessa de lucros
ao exterior, boa infraestrutura
portuária, transportes,
telecomunicações e energética.
Facilita a entrada no país de
empresas que formem joint-ventures
com empresas chinesas, para
facilitar a transferência de
tecnologia.
As Principais ZEE’s são : Shenzhen ,
Zhuhai, Shantou e Xiamen.
Pirataria
chinesa
Industrias Professor Edu Gonzaga 2015.
Industrias Professor Edu Gonzaga 2015.
Industrias Professor Edu Gonzaga 2015.
Industrias Professor Edu Gonzaga 2015.
Industrias Professor Edu Gonzaga 2015.
Pirataria
chinesa
Industrias Professor Edu Gonzaga 2015.
Sichuan Yema
Pirataria
chinesa
Pirataria
chinesa
Chery QQ
GM Spark
Crash test do QQCrash test do QQ
Resultado: O Chery QQ apresentou severas falhas estruturais e o motorista
tem grandes chances de sofrer grandes traumas no crânio, pescoço e tórax.
Industrialização
brasileira
Vargas JK Regime Militar Democracia
Indústria
de base
Indústria de
bens de
consumo
Indústrias
estatais
Privatização e
dispersão
espacial
Industrias Professor Edu Gonzaga 2015.
Distribuição
espacial da
indústria
Sudeste
Distribuição Espacial da Indústria em Minas Gerais
Extrativa - Carvão
Vinícola
Automobilística
Indústria textil
Diversificada
Sul
CURITIBA
Mobiliário,
Automobilísticas
Produtos químicos e farmacêuticos,
Bebidas e artefatos de couros e peles
Nordeste
Desconcentração
industrial
496.519
180.478
Jóia!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Evolução, classificação e modelos de industrialização
Evolução, classificação e modelos de industrializaçãoEvolução, classificação e modelos de industrialização
Evolução, classificação e modelos de industrialização
João José Ferreira Tojal
 
A produção industrial
A produção industrialA produção industrial
A produção industrial
Rosária Zamith
 
Atividade industrial
Atividade industrialAtividade industrial
Atividade industrial
Marcio Cicchelli
 
5 alterações na industria
5  alterações na industria5  alterações na industria
5 alterações na industria
Mayjö .
 
Classificação dos tipos de indústrias
Classificação dos tipos de indústriasClassificação dos tipos de indústrias
Classificação dos tipos de indústrias
magdacostaa
 
Industrialização
IndustrializaçãoIndustrialização
Industrialização
Mozart Moisés
 
Industrialização mundial
Industrialização mundialIndustrialização mundial
Industrialização mundial
Portal do Vestibulando
 
Indústria
IndústriaIndústria
Indústria
Geografia .
 
Industrialização no mundo
Industrialização no mundoIndustrialização no mundo
Industrialização no mundo
williandadalto
 
Evolução, classificação e modelos de industrialização
Evolução, classificação e modelos de industrializaçãoEvolução, classificação e modelos de industrialização
Evolução, classificação e modelos de industrialização
João José Ferreira Tojal
 
A indústria
A indústriaA indústria
A indústria
lidia76
 
Geografia das indústrias
Geografia das indústriasGeografia das indústrias
Geografia das indústrias
estevaolima
 
Industrialização
IndustrializaçãoIndustrialização
Industrialização
karolpoa
 
Atividade industrial
Atividade industrialAtividade industrial
Atividade industrial
Professor
 
Geografia: Espaço Industrial
Geografia: Espaço IndustrialGeografia: Espaço Industrial
Geografia: Espaço Industrial
Irla Bonfim
 
11 industria
11  industria11  industria
11 industria
Mayjö .
 
Tipos de indústria
Tipos de indústriaTipos de indústria
Tipos de indústria
Henrique Pontes
 
A atividade industrial
A atividade industrialA atividade industrial
A atividade industrial
rillaryalvesj
 
Indústria 2
Indústria 2Indústria 2
Indústria 2
Nazaré Teixeira
 
Industrialização Mundial.
Industrialização Mundial.Industrialização Mundial.
Industrialização Mundial.
Camila Brito
 

Mais procurados (20)

Evolução, classificação e modelos de industrialização
Evolução, classificação e modelos de industrializaçãoEvolução, classificação e modelos de industrialização
Evolução, classificação e modelos de industrialização
 
A produção industrial
A produção industrialA produção industrial
A produção industrial
 
Atividade industrial
Atividade industrialAtividade industrial
Atividade industrial
 
5 alterações na industria
5  alterações na industria5  alterações na industria
5 alterações na industria
 
Classificação dos tipos de indústrias
Classificação dos tipos de indústriasClassificação dos tipos de indústrias
Classificação dos tipos de indústrias
 
Industrialização
IndustrializaçãoIndustrialização
Industrialização
 
Industrialização mundial
Industrialização mundialIndustrialização mundial
Industrialização mundial
 
Indústria
IndústriaIndústria
Indústria
 
Industrialização no mundo
Industrialização no mundoIndustrialização no mundo
Industrialização no mundo
 
Evolução, classificação e modelos de industrialização
Evolução, classificação e modelos de industrializaçãoEvolução, classificação e modelos de industrialização
Evolução, classificação e modelos de industrialização
 
A indústria
A indústriaA indústria
A indústria
 
Geografia das indústrias
Geografia das indústriasGeografia das indústrias
Geografia das indústrias
 
Industrialização
IndustrializaçãoIndustrialização
Industrialização
 
Atividade industrial
Atividade industrialAtividade industrial
Atividade industrial
 
Geografia: Espaço Industrial
Geografia: Espaço IndustrialGeografia: Espaço Industrial
Geografia: Espaço Industrial
 
11 industria
11  industria11  industria
11 industria
 
Tipos de indústria
Tipos de indústriaTipos de indústria
Tipos de indústria
 
A atividade industrial
A atividade industrialA atividade industrial
A atividade industrial
 
Indústria 2
Indústria 2Indústria 2
Indústria 2
 
Industrialização Mundial.
Industrialização Mundial.Industrialização Mundial.
Industrialização Mundial.
 

Destaque

A revolução industrial
A revolução industrialA revolução industrial
A revolução industrial
Jeferson Pereira
 
População brasileira e mundial Professor Edu Gonzaga 2015
População brasileira e mundial Professor Edu Gonzaga 2015População brasileira e mundial Professor Edu Gonzaga 2015
População brasileira e mundial Professor Edu Gonzaga 2015
Edu Gonzaga
 
Clima 2013 professor edu gonzaga
Clima 2013 professor edu gonzagaClima 2013 professor edu gonzaga
Clima 2013 professor edu gonzaga
Edu Gonzaga
 
O novo espaço industrial
O novo espaço industrialO novo espaço industrial
O novo espaço industrial
Rodrigo Costa
 
Industria automobilistica e a globalização
Industria automobilistica e a globalizaçãoIndustria automobilistica e a globalização
Industria automobilistica e a globalização
Gaudierre Palhotto
 
Industria automobilistica
Industria automobilisticaIndustria automobilistica
Industria automobilistica
Lemos2502
 
Urbanizacao professor edu gonzaga 2013.
Urbanizacao professor edu gonzaga 2013.Urbanizacao professor edu gonzaga 2013.
Urbanizacao professor edu gonzaga 2013.
Edu Gonzaga
 
Espaço industrial novo
Espaço industrial   novoEspaço industrial   novo
Espaço industrial novo
Péricles Penuel
 
as rês revoluções industrias
as rês revoluções industriasas rês revoluções industrias
as rês revoluções industrias
Kassiane Cristine
 
Industrialização mundial
Industrialização mundialIndustrialização mundial
Industrialização mundial
Evandro Santos
 
Industrializacao mundo
Industrializacao mundoIndustrializacao mundo
Industrializacao mundo
Ademir Aquino
 
Trabalho sobre Industrias e revolução industrial
Trabalho sobre Industrias e revolução industrialTrabalho sobre Industrias e revolução industrial
Trabalho sobre Industrias e revolução industrial
Vinicius Chab
 
Processo da industrialização no mundo
Processo da industrialização no mundoProcesso da industrialização no mundo
Processo da industrialização no mundo
Erika Renata
 
Engenharia civil e sustentabilidade nos empreendimentos imobiliarios
Engenharia civil e sustentabilidade nos empreendimentos imobiliariosEngenharia civil e sustentabilidade nos empreendimentos imobiliarios
Engenharia civil e sustentabilidade nos empreendimentos imobiliarios
Unichristus Centro Universitário
 
Caps. 11 e 12 - Indústrias e energia
Caps. 11 e 12 - Indústrias e energiaCaps. 11 e 12 - Indústrias e energia
Caps. 11 e 12 - Indústrias e energia
Acácio Netto
 
O espaço industrial
O espaço industrialO espaço industrial
O espaço industrial
Antonio Carlos da Silva
 
Guerra fria professor edu gonzaga 2012
Guerra fria professor edu gonzaga 2012Guerra fria professor edu gonzaga 2012
Guerra fria professor edu gonzaga 2012
Edu Gonzaga
 
Engenharia x Desenvolvimento Industrial
Engenharia x Desenvolvimento IndustrialEngenharia x Desenvolvimento Industrial
Engenharia x Desenvolvimento Industrial
Sistema FIEB
 
Expansão Industrial
Expansão IndustrialExpansão Industrial
Expansão Industrial
makuta94
 
Industrialização mundial
Industrialização mundialIndustrialização mundial
Industrialização mundial
Artur Lara
 

Destaque (20)

A revolução industrial
A revolução industrialA revolução industrial
A revolução industrial
 
População brasileira e mundial Professor Edu Gonzaga 2015
População brasileira e mundial Professor Edu Gonzaga 2015População brasileira e mundial Professor Edu Gonzaga 2015
População brasileira e mundial Professor Edu Gonzaga 2015
 
Clima 2013 professor edu gonzaga
Clima 2013 professor edu gonzagaClima 2013 professor edu gonzaga
Clima 2013 professor edu gonzaga
 
O novo espaço industrial
O novo espaço industrialO novo espaço industrial
O novo espaço industrial
 
Industria automobilistica e a globalização
Industria automobilistica e a globalizaçãoIndustria automobilistica e a globalização
Industria automobilistica e a globalização
 
Industria automobilistica
Industria automobilisticaIndustria automobilistica
Industria automobilistica
 
Urbanizacao professor edu gonzaga 2013.
Urbanizacao professor edu gonzaga 2013.Urbanizacao professor edu gonzaga 2013.
Urbanizacao professor edu gonzaga 2013.
 
Espaço industrial novo
Espaço industrial   novoEspaço industrial   novo
Espaço industrial novo
 
as rês revoluções industrias
as rês revoluções industriasas rês revoluções industrias
as rês revoluções industrias
 
Industrialização mundial
Industrialização mundialIndustrialização mundial
Industrialização mundial
 
Industrializacao mundo
Industrializacao mundoIndustrializacao mundo
Industrializacao mundo
 
Trabalho sobre Industrias e revolução industrial
Trabalho sobre Industrias e revolução industrialTrabalho sobre Industrias e revolução industrial
Trabalho sobre Industrias e revolução industrial
 
Processo da industrialização no mundo
Processo da industrialização no mundoProcesso da industrialização no mundo
Processo da industrialização no mundo
 
Engenharia civil e sustentabilidade nos empreendimentos imobiliarios
Engenharia civil e sustentabilidade nos empreendimentos imobiliariosEngenharia civil e sustentabilidade nos empreendimentos imobiliarios
Engenharia civil e sustentabilidade nos empreendimentos imobiliarios
 
Caps. 11 e 12 - Indústrias e energia
Caps. 11 e 12 - Indústrias e energiaCaps. 11 e 12 - Indústrias e energia
Caps. 11 e 12 - Indústrias e energia
 
O espaço industrial
O espaço industrialO espaço industrial
O espaço industrial
 
Guerra fria professor edu gonzaga 2012
Guerra fria professor edu gonzaga 2012Guerra fria professor edu gonzaga 2012
Guerra fria professor edu gonzaga 2012
 
Engenharia x Desenvolvimento Industrial
Engenharia x Desenvolvimento IndustrialEngenharia x Desenvolvimento Industrial
Engenharia x Desenvolvimento Industrial
 
Expansão Industrial
Expansão IndustrialExpansão Industrial
Expansão Industrial
 
Industrialização mundial
Industrialização mundialIndustrialização mundial
Industrialização mundial
 

Semelhante a Industrias Professor Edu Gonzaga 2015.

Industrial
IndustrialIndustrial
Industrial
edsonluz
 
Geografia das Ihhhhhhhhhhhhhhhn.........jfddústrias.pptx
Geografia das Ihhhhhhhhhhhhhhhn.........jfddústrias.pptxGeografia das Ihhhhhhhhhhhhhhhn.........jfddústrias.pptx
Geografia das Ihhhhhhhhhhhhhhhn.........jfddústrias.pptx
MariaCristinaSouzaLe1
 
01 industria
01 industria01 industria
01 industria
edsonluz
 
Geografia 2ano 4bim1
Geografia 2ano 4bim1Geografia 2ano 4bim1
Geografia 2ano 4bim1
Junior Oliveira
 
indústria_21.pptx
indústria_21.pptxindústria_21.pptx
indústria_21.pptx
SlviaRodrigues25
 
Aula geografia sobre a Industrialização no mundo
Aula geografia sobre a Industrialização no mundoAula geografia sobre a Industrialização no mundo
Aula geografia sobre a Industrialização no mundo
AlessandraRibas7
 
Industrialização - 9º ano.ppt para pesquisas básicas
Industrialização - 9º ano.ppt para pesquisas básicasIndustrialização - 9º ano.ppt para pesquisas básicas
Industrialização - 9º ano.ppt para pesquisas básicas
MariazinhaGideoni
 
Aula 16 indústria brasileira
Aula 16   indústria brasileiraAula 16   indústria brasileira
Aula 16 indústria brasileira
Jonatas Carlos
 
Industrialização geografia. o que é indústria setores da economia setor prim...
Industrialização geografia. o que é indústria  setores da economia setor prim...Industrialização geografia. o que é indústria  setores da economia setor prim...
Industrialização geografia. o que é indústria setores da economia setor prim...
UNESA - RJ
 
39859_3c52df8f6e0242171c51a6c15a39db47 (1).pptx
39859_3c52df8f6e0242171c51a6c15a39db47 (1).pptx39859_3c52df8f6e0242171c51a6c15a39db47 (1).pptx
39859_3c52df8f6e0242171c51a6c15a39db47 (1).pptx
Janaina Diniz
 
3 ano (tipos de industria).pptx economia
3 ano (tipos de industria).pptx economia3 ano (tipos de industria).pptx economia
3 ano (tipos de industria).pptx economia
CarladeOliveira25
 
Industrialização
IndustrializaçãoIndustrialização
Industrialização
Anderson Cardozo
 
Aula2 ii revolucao_industrial_01
Aula2 ii revolucao_industrial_01Aula2 ii revolucao_industrial_01
Aula2 ii revolucao_industrial_01
Fernando Palma
 
A revolução técnico científica
A revolução técnico científicaA revolução técnico científica
A revolução técnico científica
Charlles Moreira
 
Indústria Brasileira
Indústria BrasileiraIndústria Brasileira
Indústria Brasileira
Italo Malta
 
Geografia - Indústria Brasileira
Geografia - Indústria BrasileiraGeografia - Indústria Brasileira
Geografia - Indústria Brasileira
Carson Souza
 
Material complementar atividade industrial
Material complementar   atividade industrialMaterial complementar   atividade industrial
Material complementar atividade industrial
flaviocosac
 
Industria 2° ano
Industria 2° anoIndustria 2° ano
Industria 2° ano
Débora Sales
 
Indústria, Capitalismo e Socialismo
Indústria, Capitalismo e SocialismoIndústria, Capitalismo e Socialismo
Indústria, Capitalismo e Socialismo
aroudus
 
Espaco industrial brasileiro 2011 prof edu gonzaga
Espaco industrial brasileiro 2011 prof edu gonzagaEspaco industrial brasileiro 2011 prof edu gonzaga
Espaco industrial brasileiro 2011 prof edu gonzaga
Edu Gonzaga
 

Semelhante a Industrias Professor Edu Gonzaga 2015. (20)

Industrial
IndustrialIndustrial
Industrial
 
Geografia das Ihhhhhhhhhhhhhhhn.........jfddústrias.pptx
Geografia das Ihhhhhhhhhhhhhhhn.........jfddústrias.pptxGeografia das Ihhhhhhhhhhhhhhhn.........jfddústrias.pptx
Geografia das Ihhhhhhhhhhhhhhhn.........jfddústrias.pptx
 
01 industria
01 industria01 industria
01 industria
 
Geografia 2ano 4bim1
Geografia 2ano 4bim1Geografia 2ano 4bim1
Geografia 2ano 4bim1
 
indústria_21.pptx
indústria_21.pptxindústria_21.pptx
indústria_21.pptx
 
Aula geografia sobre a Industrialização no mundo
Aula geografia sobre a Industrialização no mundoAula geografia sobre a Industrialização no mundo
Aula geografia sobre a Industrialização no mundo
 
Industrialização - 9º ano.ppt para pesquisas básicas
Industrialização - 9º ano.ppt para pesquisas básicasIndustrialização - 9º ano.ppt para pesquisas básicas
Industrialização - 9º ano.ppt para pesquisas básicas
 
Aula 16 indústria brasileira
Aula 16   indústria brasileiraAula 16   indústria brasileira
Aula 16 indústria brasileira
 
Industrialização geografia. o que é indústria setores da economia setor prim...
Industrialização geografia. o que é indústria  setores da economia setor prim...Industrialização geografia. o que é indústria  setores da economia setor prim...
Industrialização geografia. o que é indústria setores da economia setor prim...
 
39859_3c52df8f6e0242171c51a6c15a39db47 (1).pptx
39859_3c52df8f6e0242171c51a6c15a39db47 (1).pptx39859_3c52df8f6e0242171c51a6c15a39db47 (1).pptx
39859_3c52df8f6e0242171c51a6c15a39db47 (1).pptx
 
3 ano (tipos de industria).pptx economia
3 ano (tipos de industria).pptx economia3 ano (tipos de industria).pptx economia
3 ano (tipos de industria).pptx economia
 
Industrialização
IndustrializaçãoIndustrialização
Industrialização
 
Aula2 ii revolucao_industrial_01
Aula2 ii revolucao_industrial_01Aula2 ii revolucao_industrial_01
Aula2 ii revolucao_industrial_01
 
A revolução técnico científica
A revolução técnico científicaA revolução técnico científica
A revolução técnico científica
 
Indústria Brasileira
Indústria BrasileiraIndústria Brasileira
Indústria Brasileira
 
Geografia - Indústria Brasileira
Geografia - Indústria BrasileiraGeografia - Indústria Brasileira
Geografia - Indústria Brasileira
 
Material complementar atividade industrial
Material complementar   atividade industrialMaterial complementar   atividade industrial
Material complementar atividade industrial
 
Industria 2° ano
Industria 2° anoIndustria 2° ano
Industria 2° ano
 
Indústria, Capitalismo e Socialismo
Indústria, Capitalismo e SocialismoIndústria, Capitalismo e Socialismo
Indústria, Capitalismo e Socialismo
 
Espaco industrial brasileiro 2011 prof edu gonzaga
Espaco industrial brasileiro 2011 prof edu gonzagaEspaco industrial brasileiro 2011 prof edu gonzaga
Espaco industrial brasileiro 2011 prof edu gonzaga
 

Mais de Edu Gonzaga

Contorno da europa
Contorno da europaContorno da europa
Contorno da europa
Edu Gonzaga
 
Pedologia / solo - Professor Edu Gonzaga 2013
Pedologia / solo - Professor Edu Gonzaga 2013Pedologia / solo - Professor Edu Gonzaga 2013
Pedologia / solo - Professor Edu Gonzaga 2013
Edu Gonzaga
 
Blocos economicos e outros grupos Professor Edu Gonzaga
Blocos economicos e outros grupos Professor Edu GonzagaBlocos economicos e outros grupos Professor Edu Gonzaga
Blocos economicos e outros grupos Professor Edu Gonzaga
Edu Gonzaga
 
Deriva Continental e tectônica de placas - Professor edu gonzaga 2013
Deriva Continental e tectônica de placas - Professor edu gonzaga 2013Deriva Continental e tectônica de placas - Professor edu gonzaga 2013
Deriva Continental e tectônica de placas - Professor edu gonzaga 2013
Edu Gonzaga
 
Recursos energeticos
Recursos energeticosRecursos energeticos
Recursos energeticos
Edu Gonzaga
 
Transporte e logistica edu gonzaga 2012
Transporte e logistica edu gonzaga 2012Transporte e logistica edu gonzaga 2012
Transporte e logistica edu gonzaga 2012
Edu Gonzaga
 
Espaço agrícola
Espaço agrícolaEspaço agrícola
Espaço agrícola
Edu Gonzaga
 
America latina geral professor edu gonzaga 2011
America latina geral professor edu gonzaga 2011America latina geral professor edu gonzaga 2011
America latina geral professor edu gonzaga 2011
Edu Gonzaga
 
África geral 2011 Professor Edu Gonzaga
África geral 2011 Professor Edu GonzagaÁfrica geral 2011 Professor Edu Gonzaga
África geral 2011 Professor Edu Gonzaga
Edu Gonzaga
 
Vegetacao geral mundo e brasil prof edu gonzaga 2011
Vegetacao geral mundo e brasil prof edu gonzaga 2011 Vegetacao geral mundo e brasil prof edu gonzaga 2011
Vegetacao geral mundo e brasil prof edu gonzaga 2011
Edu Gonzaga
 
Agricultura Prof Edu Gonzaga 2011
Agricultura Prof Edu Gonzaga 2011Agricultura Prof Edu Gonzaga 2011
Agricultura Prof Edu Gonzaga 2011
Edu Gonzaga
 

Mais de Edu Gonzaga (11)

Contorno da europa
Contorno da europaContorno da europa
Contorno da europa
 
Pedologia / solo - Professor Edu Gonzaga 2013
Pedologia / solo - Professor Edu Gonzaga 2013Pedologia / solo - Professor Edu Gonzaga 2013
Pedologia / solo - Professor Edu Gonzaga 2013
 
Blocos economicos e outros grupos Professor Edu Gonzaga
Blocos economicos e outros grupos Professor Edu GonzagaBlocos economicos e outros grupos Professor Edu Gonzaga
Blocos economicos e outros grupos Professor Edu Gonzaga
 
Deriva Continental e tectônica de placas - Professor edu gonzaga 2013
Deriva Continental e tectônica de placas - Professor edu gonzaga 2013Deriva Continental e tectônica de placas - Professor edu gonzaga 2013
Deriva Continental e tectônica de placas - Professor edu gonzaga 2013
 
Recursos energeticos
Recursos energeticosRecursos energeticos
Recursos energeticos
 
Transporte e logistica edu gonzaga 2012
Transporte e logistica edu gonzaga 2012Transporte e logistica edu gonzaga 2012
Transporte e logistica edu gonzaga 2012
 
Espaço agrícola
Espaço agrícolaEspaço agrícola
Espaço agrícola
 
America latina geral professor edu gonzaga 2011
America latina geral professor edu gonzaga 2011America latina geral professor edu gonzaga 2011
America latina geral professor edu gonzaga 2011
 
África geral 2011 Professor Edu Gonzaga
África geral 2011 Professor Edu GonzagaÁfrica geral 2011 Professor Edu Gonzaga
África geral 2011 Professor Edu Gonzaga
 
Vegetacao geral mundo e brasil prof edu gonzaga 2011
Vegetacao geral mundo e brasil prof edu gonzaga 2011 Vegetacao geral mundo e brasil prof edu gonzaga 2011
Vegetacao geral mundo e brasil prof edu gonzaga 2011
 
Agricultura Prof Edu Gonzaga 2011
Agricultura Prof Edu Gonzaga 2011Agricultura Prof Edu Gonzaga 2011
Agricultura Prof Edu Gonzaga 2011
 

Último

Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
Mary Alvarenga
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
Sandra Pratas
 
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
SupervisoEMAC
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Mary Alvarenga
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Falcão Brasil
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
shirleisousa9166
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
Sandra Pratas
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Falcão Brasil
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Luiz C. da Silva
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Falcão Brasil
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mary Alvarenga
 
Atividade Análise literária O GUARANI.pdf
Atividade Análise literária O GUARANI.pdfAtividade Análise literária O GUARANI.pdf
Atividade Análise literária O GUARANI.pdf
sesiomzezao
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
Falcão Brasil
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
Falcão Brasil
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
principeandregalli
 
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
AntHropológicas Visual PPGA-UFPE
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
deboracorrea21
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
felipescherner
 

Último (20)

Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
 
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
 
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
 
Atividade Análise literária O GUARANI.pdf
Atividade Análise literária O GUARANI.pdfAtividade Análise literária O GUARANI.pdf
Atividade Análise literária O GUARANI.pdf
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
 
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
 

Industrias Professor Edu Gonzaga 2015.

  • 2. Etapas da industrializaçãoEtapas da industrialização • Primeira, segunda e terceiraterceira revolução Industrial • Original ou clássica • Planificada • Tardia ou retardatária Quanto ao fator históricoQuanto ao fator histórico
  • 3. Classificação das indústrias Quanto ao destino do produtoQuanto ao destino do produto Indústria pesada ou de base ou de bens de produção. Ex: Siderurgia, metalurgia Indústria de bens de capital ou bens intermediários. Ex: Máquinas industriais, bancos automotivos Indústria de bens de consumo Duráveis. Ex: carro Não duráveis. Ex: bebidas
  • 4. Sistemas de produção industrial TAYLORISMO (±1911)  Ênfase na eficiência operacional para alcançar maior produtividade (reordenamento das tarefas)  Rígido controle do tempo na execução das tarefas Estabelecimento de metas e rígida hierarquia  Eliminação dos desperdícios FORDISMO (1913)  Criação da linha de montagem  Produção e consumo em massa  Manutenção de grandes estoques de peças  Extrema especialização do trabalhador  Rígida padronização da produção  “O cliente pode ter o carro da cor que quiser, desde que seja preto.” H. Ford
  • 5. Sistemas de produção industrial JUST IN TIME (Década de 1950) Primeiro vende-se o produto, depois compra-se a matéria prima e só depois ocorre a fabricação (produção por demanda). Reduzido estoque de peças, suficiente para poucas horas de produção (entregas em pequenos lotes e na frequência necessária). TOYOTISMO (Pós anos 1970)  Mão-de-obra educada, treinada, multifuncional e bem qualificada, podendo atuar em várias áreas da empresa.  Uso de controle visual em todas as etapas de produção como forma de avaliar o processo produtivo.  Implantação do sistema de qualidade total – 5S  Seiri, seiton, seiso, seiketsu, shitsuke  Senso de: utilização, ordenação, limpeza, saúde e auto disciplina
  • 8. Principais tipos de agrupamentos econômicos TRUSTE – Fusão de duas ou mais empresas para constituição de uma única, com o objetivo de controlar o mercado. É proibido, pois impedem a livre concorrência. No Brasil é analisado pelo CADE: Conselho Administrativo de Defesa Econômica. EX: Fusão entre Sadia e Perdigão = Brasil Foods e AMBEV (Brahma e Antártica)
  • 9. Principais tipos de agrupamentos econômicos CARTEL – Acordo comercial entre empresas do mesmo ramo, que se organizam em formas de sindicato, mas mantendo a independência de cada uma, para distribuir entre si as cotas de produção e os mercados e determinar os preços, suprimindo a livre concorrência. Ex.: OPEP, empresas de cimento, postos de gasolina e auto escola.
  • 10. Principais tipos de agrupamentos econômicos HOLDING – Empresa ou organização que controla outras mediante a aquisição de suas ações. Sua função não é produzir e sim administrar as outras empresas. Ex.: Grupo Pão de Açúcar, UNILEVER, Rede Globo, Kroton (Educação)
  • 11. Principais tipos de agrupamentos econômicos JOINT-VENTURE – Associação econômica entre duas empresas de um mesmo setor, mas de nacionalidades diferentes, com o objetivo de expansão do mercado e aumento dos lucros. Ex.: Multinacionais na China.
  • 12. Principais tipos de agrupamentos econômicos MONOPÓLIO – Controle da quase totalidade do mercado de um determinado produto por uma grande empresa. Ex.: Petrobrás, Correios (carta), Microsoft, COPASA, CEMIG.
  • 13. Principais tipos de agrupamentos econômicos OLIGOPÓLIO – Grande número de compradores e reduzido número de grandes empresas dominando as vendas. Ex.: Empresas aéreas no Brasil, Google = Android ou Apple = IOS e telefônicas no Brasil.
  • 14. Principais tipos de agrupamentos econômicos CONGLOMERADOS – São grupos de empresas que atuam em diferentes setores ou ramos da economia, sendo que normalmente nenhuma delas fornece elementos à linha de produção das demais. Ex.: Hyundai, Mitsubishi, Grupo Votorantin.
  • 15. Os fatores de localizaçãoOs fatores de localização industrialindustrial  Mão-de-obra, qualificada ou não Disponibilidade de matéria-prima Terreno, fontes de energia e água  Proximidade do mercado consumidor Vias de transportes e telecomunicações Políticas de investimentos, financiamentos e incentivos fiscais Leis urbanas e ambientais flexíveis
  • 17. Manufacturing Belt Vale do Silício ↑ Tecnologia Aeronáutica Espacial, ↑ tecnologia e petroquímica Concentração tradicional Concentração nova – SUN BELT Rust Belt Desconcentração Desconcentração Desconcentração Desconcentração Ocorreu uma saturação do setor industrial, devido aos altos custos de produção e automação, promovendo uma desconcentração industrial. Crescimento acelerado dos setores industriais ligados a eletrônica, informática e biotecnologia.
  • 21. Origem da indústria mundial, mas o setor vem perdendo importância na economia do país. Várias indústrias tradicionais foram vendidas ao capital estrangeiro. Os principais centros industriais são Londres e Manchester. Há grande relação entre as regiões carboníferas e industriais. Abrigam algumas indústrias como automobilística, aeronáutica, química e de transporte. Nos últimos anos se destaca a indústria petrolífera na Escócia. Reino Unido
  • 23. Segundo país europeu a se industrializar, junto com a Bélgica. Possui um parque industrial moderno e bastante diversificado. Muito concentrada em: Paris = diversificada (detentora do principal tecnopolo da Europa, o Paris- Sud, onde se encontra também Universidade de Paris XI - melhores cursos de engenharia da França) Lion = automobilística Estrasburgo (Alsácia-Lorena) = siderurgia Lille (Triângulo da indústria pesada europeia) = siderurgia Atua na fabricação de automóveis, aviões, navios, produtos químicos e alimentos. França Alsácia-Lorena Triângulo da indústria pesada europeia
  • 24. Indústria energética indústria de materiais ferroviários Indústria farmacêutica Indústria aeroespacial
  • 25. País mais industrializado da Europa, tem suas indústrias muito distribuídas pelo território. O setor industrial é o pilar da economia e corresponde a cerca de 25% do PIB do país, empregando mais de 8 milhões de pessoas. A maior concentração industrial alemã se desenvolveu na confluência dos rios RENO e RUHR. Fatores favoráveis: •Grandes reservas de carvão •Facilidades de transportes por ferrovias e hidrovias, espalhadas por todo o país •Proximidade do porto de Roterdã na Holanda •Mão de obra qualificada As indústrias de bens de consumo duráveis, metalúrgicas e químicas têm um significante papel na economia. Alemanha
  • 28. É responsável por 25% do PIB, empregando aproximadamente 5 milhões de pessoas. 82% dos produtos industrializados são fabricados no noroeste: triângulo econômico industrial: Milão, Gênova e Turim. Desde o final dos anos 1950, tentam estimular a industrialização da região sul (Mezzogiorno), com pouco sucesso. Itália Mezzogiorno
  • 30. Qualidade, aperfeiçoamento técnico e preço reduzido Gera 24% do PIB e emprega 34% da PEA. Dependente de matérias-primas importadas e destaca-se na exportação de produtos industrializados com alto valor agregado. A infraestrutura de transportes, telecomunicações e energia é muito desenvolvida e fundamental para a prosperidade do país. Alto desenvolvimento tecnológico na indústria de eletrônicos, automotiva, fibra ótica e optoeletrônica. Japão
  • 32. Regiões com grandes taxas de crescimento econômico e rápida industrialização entre as décadas de 1950 e 1970. Hong Kong, Coreia do Sul, Cingapura e Taiwan. Industrialização baseada no sistema plataforma de exportações. Possuíam até a década de 1960 péssimos indicadores sociais. Investiram na educação e infraestrutura de transportes e telecomunicações. Tigres Asiáticos
  • 33. Novos Tigres Asiáticos Também utilizam o sistema plataforma de exportações, se industrializaram a partir da década de 1980 e 1990. Filipinas
  • 35. China - Manchúria Agrícola tradicional Tem a maior produção industrial do mundo (EUA = últimos 110 anos). Representa 33% do Produto Interno Bruto (PIB). As ZEEs foram criadas na década de 80 – economia de mercado. Objetivos: abrigar a instalação de multinacionais, absorver inovações tecnológicas, ampliação de parceiros comerciais e captar investimentos estrangeiros. Oferece: mão de obra barata, abundante e não reivindicativa, baixos impostos, flexibilização de leis trabalhistas e ambientais, facilidades para a remessa de lucros ao exterior, boa infraestrutura portuária, transportes, telecomunicações e energética. Facilita a entrada no país de empresas que formem joint-ventures com empresas chinesas, para facilitar a transferência de tecnologia. As Principais ZEE’s são : Shenzhen , Zhuhai, Shantou e Xiamen.
  • 46. Crash test do QQCrash test do QQ Resultado: O Chery QQ apresentou severas falhas estruturais e o motorista tem grandes chances de sofrer grandes traumas no crânio, pescoço e tórax.
  • 48. Vargas JK Regime Militar Democracia Indústria de base Indústria de bens de consumo Indústrias estatais Privatização e dispersão espacial
  • 52. Distribuição Espacial da Indústria em Minas Gerais
  • 53. Extrativa - Carvão Vinícola Automobilística Indústria textil Diversificada Sul CURITIBA Mobiliário, Automobilísticas Produtos químicos e farmacêuticos, Bebidas e artefatos de couros e peles