SlideShare uma empresa Scribd logo
Utilização de indicadores ácido-base


Material necessário:

        Tubos de ensaio

        Suporte

        Conta-gotas;



Reagentes

        fenolftaleína

        Azul de Bromotimol

        Alaranjado de metilo

        Vermelho de metilo

        Refrigerante “ Coca-Cola”

        Líxivia comercial

         Água da torneira

        Pasta dentífrica



Indicadores a utilizar:
Indicador 1 - Alaranjado de metilo




Características:

        Zona de viragem: 3,1 – 4,4

        Cor da forma ácida : vermelho

        Cor da forma básica : amarelo alaranjado



Indicador 2 - Azul de Bromotimol




Características:

        Zona de viragem: 6,0 – 7,6

        Cor da forma ácida : amarelo

        Cor da forma básica : azul



Indicador 3 - Fenolftaleína




Características:

        Zona de viragem: 8,0 – 9,8

        Cor da forma ácida: incolor

        Cor da forma básica: violeta avermelhado



Indicador 4 - Vermelho de metilo
Características:



        Zona de viragem: 4,4 – 6,2

        Cor da forma ácida : vermelha

        Cor da forma básica : amarela



   Analisando a gradação de cores de cada indicador, regista   na tabela

   seguinte, os intervalos de pH para cada solução.
Registo dos resultados:



                                                                   Soluções com indicadores
                       pH
                    (medido          Ind. 1                 Ind. 2             Ind. 3              Ind. 4
     Solução                  Alaranjado de metilo    Azul de bromotimol    Fenolftaleína     Vermelho de metilo
                      com                                                                                           Intervalo de pH
                    sensor)               Intervalo             Intervalo         Intervalo
                                 Cor                    Cor                 Cor                Cor   Intervalo pH
                                             pH                    pH                pH
 Pasta dentífrica



     Líxivia

     Vinagre

Água da torneira
Para cada uma das soluções, compara os valores de pH, com os respectivos intervalos. O que podes concluir?

_____________________________________________________________________________________________

_____________________________________________________________________________________________

_____________________________________________________________________________________________

_____________________



  Através dos resultados obtidos o que podes concluir acerca da utilização e indicadores.

  ___________________________________________________________________________________________

  ___________________________________________________________________________________________

  ___________________________________________________________________________________________

  ___________________________________________________________________________________________

  _

Mais conteúdo relacionado

Mais de eufisica

FisAstEE - Açores 2022.pptx
FisAstEE - Açores 2022.pptxFisAstEE - Açores 2022.pptx
FisAstEE - Açores 2022.pptx
eufisica
 
FisAstEE project presentation
FisAstEE   project presentationFisAstEE   project presentation
FisAstEE project presentation
eufisica
 
ODS Summer School - Project Scenario by José Gonçalves
ODS Summer School - Project Scenario by José GonçalvesODS Summer School - Project Scenario by José Gonçalves
ODS Summer School - Project Scenario by José Gonçalves
eufisica
 
Palestra sobre Poluição Luminosa
Palestra sobre Poluição LuminosaPalestra sobre Poluição Luminosa
Palestra sobre Poluição Luminosa
eufisica
 
Distância percorrida e deslocamento
Distância percorrida e deslocamentoDistância percorrida e deslocamento
Distância percorrida e deslocamento
eufisica
 
Poluição Luminosa
Poluição LuminosaPoluição Luminosa
Poluição Luminosa
eufisica
 
Light pollution
Light pollutionLight pollution
Light pollution
eufisica
 
NASA Spinoff 2012
NASA Spinoff 2012NASA Spinoff 2012
NASA Spinoff 2012
eufisica
 
NASA Spinoff 2012 (PT)
NASA Spinoff 2012 (PT)NASA Spinoff 2012 (PT)
NASA Spinoff 2012 (PT)
eufisica
 
CERN uma experiência universal
CERN uma experiência universalCERN uma experiência universal
CERN uma experiência universal
eufisica
 
Jogo central nuclear
Jogo central nuclearJogo central nuclear
Jogo central nuclear
eufisica
 
Robôs, Astronautas e Tu (08-2008)
Robôs, Astronautas e Tu (08-2008)Robôs, Astronautas e Tu (08-2008)
Robôs, Astronautas e Tu (08-2008)
eufisica
 
Movimento
MovimentoMovimento
Movimento
eufisica
 
Transformações físicas e transformações químicas
Transformações físicas e transformações químicasTransformações físicas e transformações químicas
Transformações físicas e transformações químicas
eufisica
 
Concentração de soluções
Concentração de soluçõesConcentração de soluções
Concentração de soluções
eufisica
 
Gases
GasesGases
Gases
eufisica
 
Coordenadas Celestes
Coordenadas CelestesCoordenadas Celestes
Coordenadas Celestes
eufisica
 
Grandeza Física e Medições
Grandeza Física e MediçõesGrandeza Física e Medições
Grandeza Física e Medições
eufisica
 
ActivExp-Densidade
ActivExp-DensidadeActivExp-Densidade
ActivExp-Densidade
eufisica
 
pH
pHpH

Mais de eufisica (20)

FisAstEE - Açores 2022.pptx
FisAstEE - Açores 2022.pptxFisAstEE - Açores 2022.pptx
FisAstEE - Açores 2022.pptx
 
FisAstEE project presentation
FisAstEE   project presentationFisAstEE   project presentation
FisAstEE project presentation
 
ODS Summer School - Project Scenario by José Gonçalves
ODS Summer School - Project Scenario by José GonçalvesODS Summer School - Project Scenario by José Gonçalves
ODS Summer School - Project Scenario by José Gonçalves
 
Palestra sobre Poluição Luminosa
Palestra sobre Poluição LuminosaPalestra sobre Poluição Luminosa
Palestra sobre Poluição Luminosa
 
Distância percorrida e deslocamento
Distância percorrida e deslocamentoDistância percorrida e deslocamento
Distância percorrida e deslocamento
 
Poluição Luminosa
Poluição LuminosaPoluição Luminosa
Poluição Luminosa
 
Light pollution
Light pollutionLight pollution
Light pollution
 
NASA Spinoff 2012
NASA Spinoff 2012NASA Spinoff 2012
NASA Spinoff 2012
 
NASA Spinoff 2012 (PT)
NASA Spinoff 2012 (PT)NASA Spinoff 2012 (PT)
NASA Spinoff 2012 (PT)
 
CERN uma experiência universal
CERN uma experiência universalCERN uma experiência universal
CERN uma experiência universal
 
Jogo central nuclear
Jogo central nuclearJogo central nuclear
Jogo central nuclear
 
Robôs, Astronautas e Tu (08-2008)
Robôs, Astronautas e Tu (08-2008)Robôs, Astronautas e Tu (08-2008)
Robôs, Astronautas e Tu (08-2008)
 
Movimento
MovimentoMovimento
Movimento
 
Transformações físicas e transformações químicas
Transformações físicas e transformações químicasTransformações físicas e transformações químicas
Transformações físicas e transformações químicas
 
Concentração de soluções
Concentração de soluçõesConcentração de soluções
Concentração de soluções
 
Gases
GasesGases
Gases
 
Coordenadas Celestes
Coordenadas CelestesCoordenadas Celestes
Coordenadas Celestes
 
Grandeza Física e Medições
Grandeza Física e MediçõesGrandeza Física e Medições
Grandeza Física e Medições
 
ActivExp-Densidade
ActivExp-DensidadeActivExp-Densidade
ActivExp-Densidade
 
pH
pHpH
pH
 

Último

Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
jetroescola
 
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsxSe A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Luzia Gabriele
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdfOficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
beathrizalves131
 
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da químicaTEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
VictorEmanoel37
 
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Falcão Brasil
 
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptxSlides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdfIdeais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Anesio2
 
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdfPainel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
marcos oliveira
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
LeilaVilasboas
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
marcos oliveira
 
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
C4io99
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
DirceuSilva26
 
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdfGuia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
FLAVIOROBERTOGOUVEA
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
shirleisousa9166
 

Último (20)

FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
 
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
 
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsxSe A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
 
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdfOficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
 
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da químicaTEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
 
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
 
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptxSlides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
 
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdfIdeais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
 
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdfPainel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
 
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
 
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdfGuia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 

Indicadores

  • 1. Utilização de indicadores ácido-base Material necessário: Tubos de ensaio Suporte Conta-gotas; Reagentes fenolftaleína Azul de Bromotimol Alaranjado de metilo Vermelho de metilo Refrigerante “ Coca-Cola” Líxivia comercial Água da torneira Pasta dentífrica Indicadores a utilizar:
  • 2. Indicador 1 - Alaranjado de metilo Características: Zona de viragem: 3,1 – 4,4 Cor da forma ácida : vermelho Cor da forma básica : amarelo alaranjado Indicador 2 - Azul de Bromotimol Características: Zona de viragem: 6,0 – 7,6 Cor da forma ácida : amarelo Cor da forma básica : azul Indicador 3 - Fenolftaleína Características: Zona de viragem: 8,0 – 9,8 Cor da forma ácida: incolor Cor da forma básica: violeta avermelhado Indicador 4 - Vermelho de metilo
  • 3. Características: Zona de viragem: 4,4 – 6,2 Cor da forma ácida : vermelha Cor da forma básica : amarela Analisando a gradação de cores de cada indicador, regista na tabela seguinte, os intervalos de pH para cada solução.
  • 4. Registo dos resultados: Soluções com indicadores pH (medido Ind. 1 Ind. 2 Ind. 3 Ind. 4 Solução Alaranjado de metilo Azul de bromotimol Fenolftaleína Vermelho de metilo com Intervalo de pH sensor) Intervalo Intervalo Intervalo Cor Cor Cor Cor Intervalo pH pH pH pH Pasta dentífrica Líxivia Vinagre Água da torneira
  • 5. Para cada uma das soluções, compara os valores de pH, com os respectivos intervalos. O que podes concluir? _____________________________________________________________________________________________ _____________________________________________________________________________________________ _____________________________________________________________________________________________ _____________________ Através dos resultados obtidos o que podes concluir acerca da utilização e indicadores. ___________________________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________________________ _