SlideShare uma empresa Scribd logo
O imperialismO dO 
séculO XiX 
Prof. Bidu 
A Partilha da África
Revolução Industrial 
• A maior parte da Europa, os EUA e o 
Japão participaram da Segunda 
Revolução Industrial.
• A Primeira Revolução Industrial, 
iniciada em 1750, restringiu-se à 
Inglaterra e caracterizou-se pela 
utilização do carvão e do ferro. 
• Na Segunda Revolução Industrial, 
outros países se igualaram a seu 
potencial industrial, ao explorar o 
aço, a eletricidade e o petróleo.
• A concorrência tornou-se 
também cada vez mais 
acirrada, levando 
empresas a formarem 
grandes monopólios, que 
passaram a dominar os 
mercados.
• Como a América Latina já 
possuía Estados nacionais 
praticamente consolidados e a 
Inglaterra e os EUA exerciam 
influência sobre ela, as 
potências europeias dirigiram 
seu imperialismo para a África 
e a Ásia.
Darwinismo Social 
• Para dar legitimação ideológica a 
essa expansão imperialista, foi 
desenvolvido o chamado 
darwinismo social, que 
concebeu o mito da 
superioridade racial do homem 
branco. 
“Assumi o fardo do homem branco enviai 
os melhores dos vossos filhos condenai 
vossos filhos ao exílio para que sejam os 
servidores de seus cativos.” 
Rudyard Kipling, prêmio Nobel de 
Literatura em 1907
• Portanto, a civilização europeia tinha como “missão 
sagrada” o pesado “fardo do homem branco” de levar a 
civilização aos “bárbaros e selvagens”. Estes povos 
“inferiores” tinham necessidade de uma orientação que a 
“raça superior tão bondosamente” se dispunha a oferecer 
aos cativos. 
• Imbuídos de tais sentimentos que camuflavam as 
verdadeiras razões imperialistas, as empresas, a burguesia 
e os países passaram a disputar acirradamente áreas de 
influência e de exploração econômica na África e na Ásia.
A partilha da África
• A dominação imperialista do século XIX 
recebeu o nome de neocolonialista 
devido à formação de novos impérios 
coloniais. 
Duas potências 
praticamente dominaram o 
continente africano: a 
França e a Inglaterra.
A África francesa 
A França foi o primeiro país a possuir 
domínios naquele continente. A partir de 
1830, ela dominou a África Ocidental, a 
Argélia, a Tunísia, o Marrocos, o 
Madagascar e a Somália. 
A África inglesa 
A Inglaterra realizou o domínio vertical, 
controlando o continente desde o mar 
Mediterrâneo até o cabo da Boa 
Esperança. Os ingleses estabeleceram-se 
no Egito, na Costa do Ouro, na Nigéria, na 
Rodésia, em Serra Leoa, na África Oriental 
e na África do Sul.
A Conferência de Berlim 
Entre 1884 e 1885, catorze países 
europeus e os EUA se reuniram para 
organizar o espaço africano para as 
grandes potências, estabelecendo normas 
para a sua ocupação.
Mapa de África Colonial em 1913. 
Mapa de África Colonial 
em 1913. 
██ Bélgica 
██ França 
██ Alemanha 
██ Grã-Bretanha 
██ Itália 
██ Portugal 
██ Espanha 
██ Estados 
independentes
Consequências da ocupação
Os problemas atuais no continente 
africano são consequências do 
processo de colonização europeia, que 
dividiu o continente de acordo com 
seus interesses, destruindo as culturas 
locais, juntando tribos inimigas, 
desestruturando as formas de produção 
vigentes e impondo sistemas de 
produção com base no latifúndio 
monocultor exportador. Portanto, a 
colonização europeia contribuiu para 
que a instabilidade política, as 
divergências tribais e a fome 
constantemente ligadas à história atual 
dessas “várias Áfricas”.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

E.U.A no século XIX.
E.U.A no século XIX.E.U.A no século XIX.
E.U.A no século XIX.
Privada
 
Partilha da Africa
Partilha da AfricaPartilha da Africa
Partilha da Africa
Dênis Valério Martins
 
Crise de 1929
Crise de 1929Crise de 1929
Crise de 1929
Fabiana Tonsis
 
Formação e desenvolvimento dos EUA
Formação e desenvolvimento dos EUAFormação e desenvolvimento dos EUA
Formação e desenvolvimento dos EUA
Paulo Alexandre
 
Povos pré colombianos
Povos pré colombianosPovos pré colombianos
Povos pré colombianos
Nila Michele Bastos Santos
 
Primeira guerra mundial
Primeira guerra mundialPrimeira guerra mundial
Primeira guerra mundial
Janaína Tavares
 
Imperialismo
ImperialismoImperialismo
Imperialismo
harlissoncarvalho
 
Expansão marítima européia
Expansão marítima européiaExpansão marítima européia
Expansão marítima européia
edna2
 
Imperialismo do século XIX
Imperialismo do século XIXImperialismo do século XIX
Imperialismo do século XIX
Rodrigo Luiz
 
Revolução industrial
Revolução industrialRevolução industrial
Revolução industrial
Edenilson Morais
 
Crise do sistema colonial
Crise do sistema colonialCrise do sistema colonial
Crise do sistema colonial
Edenilson Morais
 
Descolonização africana
Descolonização africanaDescolonização africana
Descolonização africana
Camila Brito
 
Neocolonialismo
NeocolonialismoNeocolonialismo
Neocolonialismo
Bruce Portes
 
Primeiro Reinado
Primeiro ReinadoPrimeiro Reinado
Primeiro Reinado
Claudenilson da Silva
 
Neocolonialismo geral2
Neocolonialismo geral2Neocolonialismo geral2
Neocolonialismo geral2
Kéliton Ferreira
 
Imperialismo- Era dos Impérios.
Imperialismo- Era dos Impérios.Imperialismo- Era dos Impérios.
Imperialismo- Era dos Impérios.
Diego Bian Filo Moreira
 
Descolonização da África
Descolonização da ÁfricaDescolonização da África
Descolonização da África
carlosbidu
 
3° ano - Guerra Fria
3° ano - Guerra Fria3° ano - Guerra Fria
3° ano - Guerra Fria
Daniel Alves Bronstrup
 
Grandes navegações
Grandes navegaçõesGrandes navegações
Grandes navegações
Fabiana Tonsis
 
Unificação italia e alemanha
Unificação italia e alemanhaUnificação italia e alemanha
Unificação italia e alemanha
Isabel Aguiar
 

Mais procurados (20)

E.U.A no século XIX.
E.U.A no século XIX.E.U.A no século XIX.
E.U.A no século XIX.
 
Partilha da Africa
Partilha da AfricaPartilha da Africa
Partilha da Africa
 
Crise de 1929
Crise de 1929Crise de 1929
Crise de 1929
 
Formação e desenvolvimento dos EUA
Formação e desenvolvimento dos EUAFormação e desenvolvimento dos EUA
Formação e desenvolvimento dos EUA
 
Povos pré colombianos
Povos pré colombianosPovos pré colombianos
Povos pré colombianos
 
Primeira guerra mundial
Primeira guerra mundialPrimeira guerra mundial
Primeira guerra mundial
 
Imperialismo
ImperialismoImperialismo
Imperialismo
 
Expansão marítima européia
Expansão marítima européiaExpansão marítima européia
Expansão marítima européia
 
Imperialismo do século XIX
Imperialismo do século XIXImperialismo do século XIX
Imperialismo do século XIX
 
Revolução industrial
Revolução industrialRevolução industrial
Revolução industrial
 
Crise do sistema colonial
Crise do sistema colonialCrise do sistema colonial
Crise do sistema colonial
 
Descolonização africana
Descolonização africanaDescolonização africana
Descolonização africana
 
Neocolonialismo
NeocolonialismoNeocolonialismo
Neocolonialismo
 
Primeiro Reinado
Primeiro ReinadoPrimeiro Reinado
Primeiro Reinado
 
Neocolonialismo geral2
Neocolonialismo geral2Neocolonialismo geral2
Neocolonialismo geral2
 
Imperialismo- Era dos Impérios.
Imperialismo- Era dos Impérios.Imperialismo- Era dos Impérios.
Imperialismo- Era dos Impérios.
 
Descolonização da África
Descolonização da ÁfricaDescolonização da África
Descolonização da África
 
3° ano - Guerra Fria
3° ano - Guerra Fria3° ano - Guerra Fria
3° ano - Guerra Fria
 
Grandes navegações
Grandes navegaçõesGrandes navegações
Grandes navegações
 
Unificação italia e alemanha
Unificação italia e alemanhaUnificação italia e alemanha
Unificação italia e alemanha
 

Destaque

A partilha da africa trabalho geo
A partilha da africa trabalho geoA partilha da africa trabalho geo
A partilha da africa trabalho geo
baltazar
 
ISOLADAS DE HISTÓRIA> ÁFRICA (COLONIZAÇÃO E DESCOLONIZAÇÃO)
ISOLADAS DE HISTÓRIA> ÁFRICA (COLONIZAÇÃO E DESCOLONIZAÇÃO)ISOLADAS DE HISTÓRIA> ÁFRICA (COLONIZAÇÃO E DESCOLONIZAÇÃO)
ISOLADAS DE HISTÓRIA> ÁFRICA (COLONIZAÇÃO E DESCOLONIZAÇÃO)
Carlos Benjoino Bidu
 
Unificação Alemã
Unificação AlemãUnificação Alemã
Unificação Alemã
Carlos Benjoino Bidu
 
Iluminismo
Iluminismo Iluminismo
Iluminismo
carlosbidu
 
Partilha da áfrica 2008
Partilha da áfrica 2008Partilha da áfrica 2008
Partilha da áfrica 2008
Lucileida Castro
 
Art Nouveau
Art Nouveau Art Nouveau
Art Nouveau
carlosbidu
 
Barroco & Rococó
Barroco & Rococó Barroco & Rococó
Barroco & Rococó
carlosbidu
 
Sociologia: atividades
Sociologia: atividadesSociologia: atividades
Sociologia: atividades
Carlos Benjoino Bidu
 
Atividades de Sociologia: módulos 10, 11 e 12
Atividades de Sociologia: módulos 10, 11 e 12Atividades de Sociologia: módulos 10, 11 e 12
Atividades de Sociologia: módulos 10, 11 e 12
Carlos Benjoino Bidu
 
GLOBALIZAÇÃO E SOCIEDADE PÓS-MODERNA
GLOBALIZAÇÃO E SOCIEDADE PÓS-MODERNAGLOBALIZAÇÃO E SOCIEDADE PÓS-MODERNA
GLOBALIZAÇÃO E SOCIEDADE PÓS-MODERNA
Carlos Benjoino Bidu
 
Estrutura e Estratificação Social
Estrutura e Estratificação Social Estrutura e Estratificação Social
Estrutura e Estratificação Social
Carlos Benjoino Bidu
 
Revisão de História da Arte (01)
Revisão de História da Arte (01)Revisão de História da Arte (01)
Revisão de História da Arte (01)
Carlos Benjoino Bidu
 
Sociologia e Indivíduo
Sociologia e IndivíduoSociologia e Indivíduo
Sociologia e Indivíduo
Carlos Benjoino Bidu
 

Destaque (13)

A partilha da africa trabalho geo
A partilha da africa trabalho geoA partilha da africa trabalho geo
A partilha da africa trabalho geo
 
ISOLADAS DE HISTÓRIA> ÁFRICA (COLONIZAÇÃO E DESCOLONIZAÇÃO)
ISOLADAS DE HISTÓRIA> ÁFRICA (COLONIZAÇÃO E DESCOLONIZAÇÃO)ISOLADAS DE HISTÓRIA> ÁFRICA (COLONIZAÇÃO E DESCOLONIZAÇÃO)
ISOLADAS DE HISTÓRIA> ÁFRICA (COLONIZAÇÃO E DESCOLONIZAÇÃO)
 
Unificação Alemã
Unificação AlemãUnificação Alemã
Unificação Alemã
 
Iluminismo
Iluminismo Iluminismo
Iluminismo
 
Partilha da áfrica 2008
Partilha da áfrica 2008Partilha da áfrica 2008
Partilha da áfrica 2008
 
Art Nouveau
Art Nouveau Art Nouveau
Art Nouveau
 
Barroco & Rococó
Barroco & Rococó Barroco & Rococó
Barroco & Rococó
 
Sociologia: atividades
Sociologia: atividadesSociologia: atividades
Sociologia: atividades
 
Atividades de Sociologia: módulos 10, 11 e 12
Atividades de Sociologia: módulos 10, 11 e 12Atividades de Sociologia: módulos 10, 11 e 12
Atividades de Sociologia: módulos 10, 11 e 12
 
GLOBALIZAÇÃO E SOCIEDADE PÓS-MODERNA
GLOBALIZAÇÃO E SOCIEDADE PÓS-MODERNAGLOBALIZAÇÃO E SOCIEDADE PÓS-MODERNA
GLOBALIZAÇÃO E SOCIEDADE PÓS-MODERNA
 
Estrutura e Estratificação Social
Estrutura e Estratificação Social Estrutura e Estratificação Social
Estrutura e Estratificação Social
 
Revisão de História da Arte (01)
Revisão de História da Arte (01)Revisão de História da Arte (01)
Revisão de História da Arte (01)
 
Sociologia e Indivíduo
Sociologia e IndivíduoSociologia e Indivíduo
Sociologia e Indivíduo
 

Semelhante a Imperialismo: A Partilha da África

Partilha da africa
Partilha da africaPartilha da africa
Partilha da africa
Paulo Alexandre
 
Imperialismo: Aula 01> África
Imperialismo:  Aula 01> ÁfricaImperialismo:  Aula 01> África
Imperialismo: Aula 01> África
carlosbidu
 
Era dos Impérios.pptx
Era dos Impérios.pptxEra dos Impérios.pptx
Era dos Impérios.pptx
WirlanPaje2
 
O imperialismo na áfrica
O imperialismo na áfricaO imperialismo na áfrica
O imperialismo na áfrica
Nelia Salles Nantes
 
O Imperialismo
O ImperialismoO Imperialismo
O Imperialismo
Bruno E Geyse Ornelas
 
1.1- O imperialismo do século XIX - Resumo geral.pdf
1.1- O imperialismo do século XIX - Resumo geral.pdf1.1- O imperialismo do século XIX - Resumo geral.pdf
1.1- O imperialismo do século XIX - Resumo geral.pdf
SanineSantos
 
Neocolonialismo
NeocolonialismoNeocolonialismo
Neocolonialismo
Edenilson Morais
 
Imperialismo e Primeira Guerra
Imperialismo e Primeira GuerraImperialismo e Primeira Guerra
Imperialismo e Primeira Guerra
Alan
 
Neocolonialismo e primeira guerra mundial
Neocolonialismo e primeira guerra mundialNeocolonialismo e primeira guerra mundial
Neocolonialismo e primeira guerra mundial
Alan
 
O imperialismo na áfrica
O imperialismo na áfricaO imperialismo na áfrica
O imperialismo na áfrica
historiando
 
O imperialismo na áfrica
O imperialismo na áfricaO imperialismo na áfrica
O imperialismo na áfrica
historiando
 
Colonialismo e imperialismo
Colonialismo e imperialismoColonialismo e imperialismo
Colonialismo e imperialismo
Ovelha Ranhosa
 
Imperialismo
ImperialismoImperialismo
Imperialismo
Josué Ramos
 
O imperialismo na áfrica
O imperialismo na áfricaO imperialismo na áfrica
O imperialismo na áfrica
Nelia Salles Nantes
 
O imperialismo na áfrica
O imperialismo na áfricaO imperialismo na áfrica
O imperialismo na áfrica
Nelia Salles Nantes
 
O imperialismo na áfrica
O imperialismo na áfricaO imperialismo na áfrica
O imperialismo na áfrica
Nelia Salles Nantes
 
Colonialismo e imperialismo
Colonialismo e imperialismoColonialismo e imperialismo
Colonialismo e imperialismo
borgia
 
O imperialismo na áfrica
O imperialismo na áfricaO imperialismo na áfrica
O imperialismo na áfrica
Nelia Salles Nantes
 
Colonização da África e da Ásia. 9a ano para aulas de história
Colonização da África e da Ásia. 9a ano para aulas de históriaColonização da África e da Ásia. 9a ano para aulas de história
Colonização da África e da Ásia. 9a ano para aulas de história
CntiaSilva43
 
Imperialismo
ImperialismoImperialismo
Imperialismo
José Gomes
 

Semelhante a Imperialismo: A Partilha da África (20)

Partilha da africa
Partilha da africaPartilha da africa
Partilha da africa
 
Imperialismo: Aula 01> África
Imperialismo:  Aula 01> ÁfricaImperialismo:  Aula 01> África
Imperialismo: Aula 01> África
 
Era dos Impérios.pptx
Era dos Impérios.pptxEra dos Impérios.pptx
Era dos Impérios.pptx
 
O imperialismo na áfrica
O imperialismo na áfricaO imperialismo na áfrica
O imperialismo na áfrica
 
O Imperialismo
O ImperialismoO Imperialismo
O Imperialismo
 
1.1- O imperialismo do século XIX - Resumo geral.pdf
1.1- O imperialismo do século XIX - Resumo geral.pdf1.1- O imperialismo do século XIX - Resumo geral.pdf
1.1- O imperialismo do século XIX - Resumo geral.pdf
 
Neocolonialismo
NeocolonialismoNeocolonialismo
Neocolonialismo
 
Imperialismo e Primeira Guerra
Imperialismo e Primeira GuerraImperialismo e Primeira Guerra
Imperialismo e Primeira Guerra
 
Neocolonialismo e primeira guerra mundial
Neocolonialismo e primeira guerra mundialNeocolonialismo e primeira guerra mundial
Neocolonialismo e primeira guerra mundial
 
O imperialismo na áfrica
O imperialismo na áfricaO imperialismo na áfrica
O imperialismo na áfrica
 
O imperialismo na áfrica
O imperialismo na áfricaO imperialismo na áfrica
O imperialismo na áfrica
 
Colonialismo e imperialismo
Colonialismo e imperialismoColonialismo e imperialismo
Colonialismo e imperialismo
 
Imperialismo
ImperialismoImperialismo
Imperialismo
 
O imperialismo na áfrica
O imperialismo na áfricaO imperialismo na áfrica
O imperialismo na áfrica
 
O imperialismo na áfrica
O imperialismo na áfricaO imperialismo na áfrica
O imperialismo na áfrica
 
O imperialismo na áfrica
O imperialismo na áfricaO imperialismo na áfrica
O imperialismo na áfrica
 
Colonialismo e imperialismo
Colonialismo e imperialismoColonialismo e imperialismo
Colonialismo e imperialismo
 
O imperialismo na áfrica
O imperialismo na áfricaO imperialismo na áfrica
O imperialismo na áfrica
 
Colonização da África e da Ásia. 9a ano para aulas de história
Colonização da África e da Ásia. 9a ano para aulas de históriaColonização da África e da Ásia. 9a ano para aulas de história
Colonização da África e da Ásia. 9a ano para aulas de história
 
Imperialismo
ImperialismoImperialismo
Imperialismo
 

Mais de Carlos Benjoino Bidu

Revisão HISTÓRIA DA ARTE - 04
Revisão HISTÓRIA DA ARTE - 04Revisão HISTÓRIA DA ARTE - 04
Revisão HISTÓRIA DA ARTE - 04
Carlos Benjoino Bidu
 
Revisão HISTÓRIA DA ARTE - 03
Revisão HISTÓRIA DA ARTE - 03Revisão HISTÓRIA DA ARTE - 03
Revisão HISTÓRIA DA ARTE - 03
Carlos Benjoino Bidu
 
Revisão HISTÓRIA DA ARTE - 02
Revisão HISTÓRIA DA ARTE - 02Revisão HISTÓRIA DA ARTE - 02
Revisão HISTÓRIA DA ARTE - 02
Carlos Benjoino Bidu
 
Revisão HISTÓRIA DA ARTE - 01
Revisão HISTÓRIA DA ARTE - 01Revisão HISTÓRIA DA ARTE - 01
Revisão HISTÓRIA DA ARTE - 01
Carlos Benjoino Bidu
 
“Resumão” da Filosofia para o Vestibular
“Resumão” da Filosofia para o Vestibular“Resumão” da Filosofia para o Vestibular
“Resumão” da Filosofia para o Vestibular
Carlos Benjoino Bidu
 
Revisão Conceitual de SOCIOLOGIA
Revisão Conceitual de SOCIOLOGIARevisão Conceitual de SOCIOLOGIA
Revisão Conceitual de SOCIOLOGIA
Carlos Benjoino Bidu
 
Revisão temporal do século XX e aplicação da linha do tempo
Revisão temporal do século XX e aplicação da linha do tempoRevisão temporal do século XX e aplicação da linha do tempo
Revisão temporal do século XX e aplicação da linha do tempo
Carlos Benjoino Bidu
 
Arte: Vanguardas Europeias
Arte: Vanguardas EuropeiasArte: Vanguardas Europeias
Arte: Vanguardas Europeias
Carlos Benjoino Bidu
 
O que é Arte?
O que é Arte?O que é Arte?
O que é Arte?
Carlos Benjoino Bidu
 
Revisão SOCIOLOGIA
Revisão SOCIOLOGIARevisão SOCIOLOGIA
Revisão SOCIOLOGIA
Carlos Benjoino Bidu
 
Uma Breve linha do Tempo: Século XX
Uma Breve linha do Tempo: Século XXUma Breve linha do Tempo: Século XX
Uma Breve linha do Tempo: Século XX
Carlos Benjoino Bidu
 
Movimentos Sociais
Movimentos SociaisMovimentos Sociais
Movimentos Sociais
Carlos Benjoino Bidu
 
Cultura de Massa e Indústria Cultural
Cultura de Massa e Indústria CulturalCultura de Massa e Indústria Cultural
Cultura de Massa e Indústria Cultural
Carlos Benjoino Bidu
 
Partidos políticos, eleições e voto
Partidos políticos, eleições e votoPartidos políticos, eleições e voto
Partidos políticos, eleições e voto
Carlos Benjoino Bidu
 
Esferas culturais: O Popular, o Erudito e o Patrimônio
Esferas culturais:  O Popular, o Erudito e o Patrimônio Esferas culturais:  O Popular, o Erudito e o Patrimônio
Esferas culturais: O Popular, o Erudito e o Patrimônio
Carlos Benjoino Bidu
 
Os 03 Poderes da Federação
Os 03 Poderes da FederaçãoOs 03 Poderes da Federação
Os 03 Poderes da Federação
Carlos Benjoino Bidu
 
Cultura: definição antropológica
Cultura: definição antropológicaCultura: definição antropológica
Cultura: definição antropológica
Carlos Benjoino Bidu
 
Da Vinci, anatomia e a arte que transforma
Da Vinci, anatomia e a arte que transforma Da Vinci, anatomia e a arte que transforma
Da Vinci, anatomia e a arte que transforma
Carlos Benjoino Bidu
 
Cuidar de você
Cuidar de vocêCuidar de você
Cuidar de você
Carlos Benjoino Bidu
 
Clássicos da Sociologia Brasileira
Clássicos da Sociologia BrasileiraClássicos da Sociologia Brasileira
Clássicos da Sociologia Brasileira
Carlos Benjoino Bidu
 

Mais de Carlos Benjoino Bidu (20)

Revisão HISTÓRIA DA ARTE - 04
Revisão HISTÓRIA DA ARTE - 04Revisão HISTÓRIA DA ARTE - 04
Revisão HISTÓRIA DA ARTE - 04
 
Revisão HISTÓRIA DA ARTE - 03
Revisão HISTÓRIA DA ARTE - 03Revisão HISTÓRIA DA ARTE - 03
Revisão HISTÓRIA DA ARTE - 03
 
Revisão HISTÓRIA DA ARTE - 02
Revisão HISTÓRIA DA ARTE - 02Revisão HISTÓRIA DA ARTE - 02
Revisão HISTÓRIA DA ARTE - 02
 
Revisão HISTÓRIA DA ARTE - 01
Revisão HISTÓRIA DA ARTE - 01Revisão HISTÓRIA DA ARTE - 01
Revisão HISTÓRIA DA ARTE - 01
 
“Resumão” da Filosofia para o Vestibular
“Resumão” da Filosofia para o Vestibular“Resumão” da Filosofia para o Vestibular
“Resumão” da Filosofia para o Vestibular
 
Revisão Conceitual de SOCIOLOGIA
Revisão Conceitual de SOCIOLOGIARevisão Conceitual de SOCIOLOGIA
Revisão Conceitual de SOCIOLOGIA
 
Revisão temporal do século XX e aplicação da linha do tempo
Revisão temporal do século XX e aplicação da linha do tempoRevisão temporal do século XX e aplicação da linha do tempo
Revisão temporal do século XX e aplicação da linha do tempo
 
Arte: Vanguardas Europeias
Arte: Vanguardas EuropeiasArte: Vanguardas Europeias
Arte: Vanguardas Europeias
 
O que é Arte?
O que é Arte?O que é Arte?
O que é Arte?
 
Revisão SOCIOLOGIA
Revisão SOCIOLOGIARevisão SOCIOLOGIA
Revisão SOCIOLOGIA
 
Uma Breve linha do Tempo: Século XX
Uma Breve linha do Tempo: Século XXUma Breve linha do Tempo: Século XX
Uma Breve linha do Tempo: Século XX
 
Movimentos Sociais
Movimentos SociaisMovimentos Sociais
Movimentos Sociais
 
Cultura de Massa e Indústria Cultural
Cultura de Massa e Indústria CulturalCultura de Massa e Indústria Cultural
Cultura de Massa e Indústria Cultural
 
Partidos políticos, eleições e voto
Partidos políticos, eleições e votoPartidos políticos, eleições e voto
Partidos políticos, eleições e voto
 
Esferas culturais: O Popular, o Erudito e o Patrimônio
Esferas culturais:  O Popular, o Erudito e o Patrimônio Esferas culturais:  O Popular, o Erudito e o Patrimônio
Esferas culturais: O Popular, o Erudito e o Patrimônio
 
Os 03 Poderes da Federação
Os 03 Poderes da FederaçãoOs 03 Poderes da Federação
Os 03 Poderes da Federação
 
Cultura: definição antropológica
Cultura: definição antropológicaCultura: definição antropológica
Cultura: definição antropológica
 
Da Vinci, anatomia e a arte que transforma
Da Vinci, anatomia e a arte que transforma Da Vinci, anatomia e a arte que transforma
Da Vinci, anatomia e a arte que transforma
 
Cuidar de você
Cuidar de vocêCuidar de você
Cuidar de você
 
Clássicos da Sociologia Brasileira
Clássicos da Sociologia BrasileiraClássicos da Sociologia Brasileira
Clássicos da Sociologia Brasileira
 

Último

Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsxQue Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Luzia Gabriele
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
Manuais Formação
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
principeandregalli
 
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdfO Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
Falcão Brasil
 
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptxSlides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
gestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdf
gestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdfgestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdf
gestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdf
Maria das Graças Machado Rodrigues
 
Construção Aeronáutica no Brasil. Embraer.pdf
Construção Aeronáutica no Brasil. Embraer.pdfConstrução Aeronáutica no Brasil. Embraer.pdf
Construção Aeronáutica no Brasil. Embraer.pdf
Falcão Brasil
 
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdfAPRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
portaladministradores
 
ESCOLAS LITERÁRIAS OU ESTILOS DE ÉPOCA- resumo
ESCOLAS LITERÁRIAS OU ESTILOS  DE ÉPOCA- resumoESCOLAS LITERÁRIAS OU ESTILOS  DE ÉPOCA- resumo
ESCOLAS LITERÁRIAS OU ESTILOS DE ÉPOCA- resumo
SolangeWaltre
 
Desafios Contemporâneos para o Exército Brasileiro (EB).pdf
Desafios Contemporâneos para o Exército Brasileiro (EB).pdfDesafios Contemporâneos para o Exército Brasileiro (EB).pdf
Desafios Contemporâneos para o Exército Brasileiro (EB).pdf
Falcão Brasil
 
reforma trabalhista - direto e deveresss
reforma trabalhista - direto e deveresssreforma trabalhista - direto e deveresss
reforma trabalhista - direto e deveresss
adequacaocontabil
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Luiz C. da Silva
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
Falcão Brasil
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Falcão Brasil
 
O que é o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
O que é  o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?O que é  o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
O que é o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
Marcelo Botura
 
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.pptAnálise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Falcão Brasil
 
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdfEscola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Falcão Brasil
 
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIALA GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
ArapiracaNoticiasFat
 
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdfPortfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Falcão Brasil
 
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Bibliotecas Escolares AEIDH
 

Último (20)

Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsxQue Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
 
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdfO Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
 
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptxSlides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
 
gestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdf
gestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdfgestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdf
gestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdf
 
Construção Aeronáutica no Brasil. Embraer.pdf
Construção Aeronáutica no Brasil. Embraer.pdfConstrução Aeronáutica no Brasil. Embraer.pdf
Construção Aeronáutica no Brasil. Embraer.pdf
 
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdfAPRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
 
ESCOLAS LITERÁRIAS OU ESTILOS DE ÉPOCA- resumo
ESCOLAS LITERÁRIAS OU ESTILOS  DE ÉPOCA- resumoESCOLAS LITERÁRIAS OU ESTILOS  DE ÉPOCA- resumo
ESCOLAS LITERÁRIAS OU ESTILOS DE ÉPOCA- resumo
 
Desafios Contemporâneos para o Exército Brasileiro (EB).pdf
Desafios Contemporâneos para o Exército Brasileiro (EB).pdfDesafios Contemporâneos para o Exército Brasileiro (EB).pdf
Desafios Contemporâneos para o Exército Brasileiro (EB).pdf
 
reforma trabalhista - direto e deveresss
reforma trabalhista - direto e deveresssreforma trabalhista - direto e deveresss
reforma trabalhista - direto e deveresss
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
 
O que é o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
O que é  o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?O que é  o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
O que é o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
 
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.pptAnálise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
 
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdfEscola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
 
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIALA GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
 
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdfPortfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
 
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
 

Imperialismo: A Partilha da África

  • 1. O imperialismO dO séculO XiX Prof. Bidu A Partilha da África
  • 2. Revolução Industrial • A maior parte da Europa, os EUA e o Japão participaram da Segunda Revolução Industrial.
  • 3. • A Primeira Revolução Industrial, iniciada em 1750, restringiu-se à Inglaterra e caracterizou-se pela utilização do carvão e do ferro. • Na Segunda Revolução Industrial, outros países se igualaram a seu potencial industrial, ao explorar o aço, a eletricidade e o petróleo.
  • 4. • A concorrência tornou-se também cada vez mais acirrada, levando empresas a formarem grandes monopólios, que passaram a dominar os mercados.
  • 5. • Como a América Latina já possuía Estados nacionais praticamente consolidados e a Inglaterra e os EUA exerciam influência sobre ela, as potências europeias dirigiram seu imperialismo para a África e a Ásia.
  • 6. Darwinismo Social • Para dar legitimação ideológica a essa expansão imperialista, foi desenvolvido o chamado darwinismo social, que concebeu o mito da superioridade racial do homem branco. “Assumi o fardo do homem branco enviai os melhores dos vossos filhos condenai vossos filhos ao exílio para que sejam os servidores de seus cativos.” Rudyard Kipling, prêmio Nobel de Literatura em 1907
  • 7. • Portanto, a civilização europeia tinha como “missão sagrada” o pesado “fardo do homem branco” de levar a civilização aos “bárbaros e selvagens”. Estes povos “inferiores” tinham necessidade de uma orientação que a “raça superior tão bondosamente” se dispunha a oferecer aos cativos. • Imbuídos de tais sentimentos que camuflavam as verdadeiras razões imperialistas, as empresas, a burguesia e os países passaram a disputar acirradamente áreas de influência e de exploração econômica na África e na Ásia.
  • 8. A partilha da África
  • 9. • A dominação imperialista do século XIX recebeu o nome de neocolonialista devido à formação de novos impérios coloniais. Duas potências praticamente dominaram o continente africano: a França e a Inglaterra.
  • 10. A África francesa A França foi o primeiro país a possuir domínios naquele continente. A partir de 1830, ela dominou a África Ocidental, a Argélia, a Tunísia, o Marrocos, o Madagascar e a Somália. A África inglesa A Inglaterra realizou o domínio vertical, controlando o continente desde o mar Mediterrâneo até o cabo da Boa Esperança. Os ingleses estabeleceram-se no Egito, na Costa do Ouro, na Nigéria, na Rodésia, em Serra Leoa, na África Oriental e na África do Sul.
  • 11. A Conferência de Berlim Entre 1884 e 1885, catorze países europeus e os EUA se reuniram para organizar o espaço africano para as grandes potências, estabelecendo normas para a sua ocupação.
  • 12. Mapa de África Colonial em 1913. Mapa de África Colonial em 1913. ██ Bélgica ██ França ██ Alemanha ██ Grã-Bretanha ██ Itália ██ Portugal ██ Espanha ██ Estados independentes
  • 14. Os problemas atuais no continente africano são consequências do processo de colonização europeia, que dividiu o continente de acordo com seus interesses, destruindo as culturas locais, juntando tribos inimigas, desestruturando as formas de produção vigentes e impondo sistemas de produção com base no latifúndio monocultor exportador. Portanto, a colonização europeia contribuiu para que a instabilidade política, as divergências tribais e a fome constantemente ligadas à história atual dessas “várias Áfricas”.