SlideShare uma empresa Scribd logo
Página 1
• Ao longo desta apresentação irá ser
  abordada a influência da poluição na
  biodiversidade (terrestre, aérea e
  aquática).

• Pretendemos assim contribuir para uma
  diminuição da poluição no nosso
  concelho através da sensibilização da
  população, para que estes animais
  possam continuar a usufruir do espaço
  que também é deles.
                                       Página 2
• A partir da Revolução Industrial,
 com o desenvolvimento do
 capitalismo, e consequente
 urbanização e industrialização, a
 natureza vai pouco a pouco
 deixando de existir para dar
 lugar a um meio ambiente
 produzido pela sociedade
 moderna.
                                Página 3
O homem deixa, assim, de viver em
harmonia com a Natureza e passa a
dominá-la, dando origem ao que se
chama segunda natureza: Natureza
modificada ou produzida pelo homem
como meio urbano ( rios canalizados e
solos cobertos por asfalto), que é
muito diferente da primeira natureza,
a paisagem natural sem intervenção
humana.


                                 Página 4
Página 5
Portanto temos que nos juntar
TODOS para impedir que este
problema chegue em força ao
       nosso concelho!
                                Página 6
consiste na introdução pelo homem, directa
ou indirectamente de substâncias no
ambiente, provocando um efeito negativo no
seu equilíbrio, causando assim danos na
saúde humana, nos seres vivos e no
ecossistema ali presente.




                                      Página 7
Vamos focar-nos só nos tipos de poluição que
afectam mais directamente a biodiversidade.




  Tipos de Poluição

  Atmosférica       Hídrica        Do Solo




                                               Página 8
Página 9
•Desde os tempos mais remotos o
homem costuma lançar os seus detritos
nos cursos de água. Até à Revolução
Industrial esse procedimento não
causava problemas, já que os rios,
lagos e oceanos têm um considerável
poder de auto limpeza.
• Com a industrialização, a situação
começou a sofrer profundas alterações.



                                     Página 10
•O volume de detritos despejados nas águas
tornou-se cada vez maior, superando a
capacidade de purificação dos rios e oceanos,
que é limitada. Além disso, passou a ser
despejada na água uma grande quantidade de
elementos que não são biodegradáveis, ou
seja, não são decompostos pela natureza.




                                           Página 11
Este tipo de poluição afecta em grande
número os peixes, os anfíbios e as plantas
aquáticas.




    Estes seres vivos são os mais prejudicados, pois
    estão em contacto directo com a água. Os peixes
    fazem desta o seu habitat, as plantas aquáticas, tal
    como o nome indica, “vivem” na hidrosfera.
    Os anfíbios também saem muito prejudicados na luta
    contra a contaminação da água, pois eles precisam
    de humidade para viver, sendo que a maior parte
    deles toma como habitat os locais mais próximos da
    água.

                                                    Página 12
Página 13
Caso de estudo:
  O impacto dos efluentes na Biodiversidade

O que são efluentes?
Efluentes são geralmente produtos líquidos ou
gasosos produzidos por indústrias ou resultante
dos esgotos domésticos urbanos, que são
lançados no meio ambiente.




Podem ser tratados ou não tratados.
Cabe aos órgãos ambientais, à determinação e à
fiscalização dos parâmetros e limites de emissão
de efluentes industriais, agrícolas e domésticos.


                                            Página 14
 Para isso, é necessária a implementação

de um sistema de monitoramento confiável.
As exigências da legislação ambiental
levaram as empresas a buscar soluções
para tornar os seus processos mais
eficazes.


 É cada vez mais frequente o uso de
sistemas de tratamento de efluentes
visando a reutilização de matérias (água,
óleo, metais, etc.), minimizando a emissão
de resíduos para o meio ambiente.

                                       Página 15
As emissões decorrem principalmente de
processos industriais, esgoto doméstico, veículos
automotores e actividade agrícola.
Os principais responsáveis pela emissão de
resíduos para o meio ambiente são:




                   Esgotos                   Veículos
    Processos                  Actividade   Automóveis
    Industriais   Domésticos    Agrícola




                                                Página 16
 Apesar de estes efluentes causarem um grande
impacto na atmosfera, são as paisagens e
principalmente os habitats aquáticos.


 Passou a ser despejada na água uma grande
quantidade de elementos que não são
biodegradáveis, ou seja, não são decompostos
pela natureza. Tais elementos - por exemplo, os
plásticos, a maioria dos detergentes e os
pesticidas - vão se acumulando nos rios, lagos e
oceanos, diminuindo a capacidade de retenção de
oxigénio das águas e, consequentemente,
prejudicando a vida aquática.




                                            Página 17
Essa água, que é lançada nos rios
ainda quente (proveniente da
actividade industrial) , faz aumentar
a temperatura da água do rio e
acaba por provocar a eliminação de
algumas espécies de peixes, a
proliferação excessiva de outras e,
em alguns casos, a destruição de
todas.


                                   Página 18
EFEITO DO SMOG
Antes
                         Depois




                          Página 19
As grandes cidades são alvo de uma intensiva
industrialização, e com o aumento da
população vão cada vez sê-lo mais.


Apesar de ser um benefício para conseguir
sustentar toda população, também pode ser
prejudicial, pois as fábricas emitem uma
enorme quantidade de gases para a atmosfera,
o que vai provocar uma grave POLUIÇÃO
PAISAGÍSTICA, tal como as estruturas
monstruosas que são feitas.



                                       Página 20
A poluição atmosférica vai provocar um aumento
do buraco da camada de ozono, o que vai
desencadear alguns fenómenos prejudiciais à
biodiversidade, como por exemplo:


• Aumento da temperatura, o que vai provocar
uma alteração nas rotas migratórias, tanto de
aves como de peixes. Também vai causar o
degelo, que irá provocar a desintegração dos
habitats, provocando a morte de muitos seres
vivos.


• A libertação de gases pelas chaminés das
fábricas, pode levar à morte de aves por
intoxicação.
                                               Página 21
O controle biológico consiste no combate
às pragas através dos seus inimigos
naturais, predadores ou parasitas, como
por exemplo, a criação de vírus
transgénicos, desenvolvidos para que, ao
serem fumigados(expostos a fumaça,
gases) sob culturas, ataquem
exclusivamente certas larvas ou insectos.
Os vírus, inofensivos para outras espécies,
auto destroem-se quando o seu trabalho
tóxico estiver terminado.


                                      Página 22
A utilização de pesticidas pode provocar danos à saúde
do Homem.
Insecticidas ( DDT e BHC ) - cancro, danos no fígado.
Herbicidas, incineração do lixo (Dioxina) - cancro, defeitos
congénitos , doenças de pele.
Plásticos ( cloro vinil ) - cancro do fígado e do pulmão;
atinge o Sistema Nervoso Central.
Solventes, produtos farmacêuticos e detergentes (
Benzina ) - dores de cabeça, náuseas, perda de
coordenação dos músculos, leucemia.




                                                     Página 23
As chuvas ácidas(precipitações de
água atmosférica carregada de ácido
sulfúrico e de ácido nítrico) corroem
rapidamente os automóveis, os
metais de pontes e outras
construções, além de afectarem as
plantas e ocasionarem doenças
respiratórias e da pele nas pessoas,
são formados pela emissão de dióxido
de enxofre e óxidos de nitrogénio por
parte de certas indústrias.
                                  Página 24
Página 25
Estas    chuvas      ácidas     vão
provocar a acidificação do solo,
provocando mal formações nos
alimentos      plantados,   e   que
consequentemente irá provocar
doenças ou a morte em todos os
seres vivos.



                                Página 26
Será que….

  Começamos com tudo…




                        Página 27
E acabamos assim?




                    Página 28

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Impactos ambientais causas e consequências
Impactos ambientais causas e consequênciasImpactos ambientais causas e consequências
Impactos ambientais causas e consequências
Charlles Moreira
 
CP NG6 DR3-proposta de trabalho -lina e lúcia
CP NG6 DR3-proposta de trabalho -lina e lúciaCP NG6 DR3-proposta de trabalho -lina e lúcia
CP NG6 DR3-proposta de trabalho -lina e lúcia
luciafreitas1
 
Sustentabilidade 2 E
Sustentabilidade 2 ESustentabilidade 2 E
Sustentabilidade 2 E
Maria Teresa Iannaco Grego
 
Poluição da água
Poluição da águaPoluição da água
Poluição da água
Maria Paredes
 
Os Mass Media E A InformaçãO
Os Mass Media E A InformaçãOOs Mass Media E A InformaçãO
Os Mass Media E A InformaçãO
Cidadania e Profissionalidade
 
Lixo eletrônico
Lixo eletrônicoLixo eletrônico
Lixo eletrônico
ANDRÉA FERREIRA
 
Poluição ambiental
Poluição ambientalPoluição ambiental
Poluição ambiental
fefemrc
 
Educação ambiental
Educação ambientalEducação ambiental
Educação ambiental
Jane Mary Lima Castro
 
Aula 2 Impactos Ambientais
Aula 2 Impactos AmbientaisAula 2 Impactos Ambientais
Aula 2 Impactos Ambientais
Carlos Priante
 
Impactos ambientais intensivo
Impactos ambientais intensivoImpactos ambientais intensivo
Impactos ambientais intensivo
BIOLOGIA Associação Pré-FEDERAL
 
USO RACIONAL E REUSO ÁGUA
USO RACIONAL E REUSO ÁGUAUSO RACIONAL E REUSO ÁGUA
USO RACIONAL E REUSO ÁGUA
Paula Bianchi
 
Poluição ambiental
Poluição ambientalPoluição ambiental
Poluição ambiental
macielle123
 
Destinação de Residuos Solidos
Destinação de Residuos SolidosDestinação de Residuos Solidos
Destinação de Residuos Solidos
Matheus Pereira
 
Aula Biologia: Bases da Ecologia [1° Ano do Ensino Médio]
Aula Biologia: Bases da Ecologia [1° Ano do Ensino Médio]Aula Biologia: Bases da Ecologia [1° Ano do Ensino Médio]
Aula Biologia: Bases da Ecologia [1° Ano do Ensino Médio]
Ronaldo Santana
 
Os mass media géneros
Os mass media génerosOs mass media géneros
Os mass media géneros
Helena Coutinho
 
Saneamento básico
Saneamento básicoSaneamento básico
Saneamento básico
ThaisRocha05
 
Dicas para preservação do meio ambiente
Dicas para preservação do meio ambienteDicas para preservação do meio ambiente
Dicas para preservação do meio ambiente
Sistema de Bibliotecas da PUC-Rio
 
Ciclo do carbono
Ciclo do carbonoCiclo do carbono
Ciclo do carbono
Lauriane Carvalho
 
Fluxo de energia
Fluxo de energiaFluxo de energia
Fluxo de energia
Catir
 
Educação Ambiental..pptx
Educação Ambiental..pptxEducação Ambiental..pptx
Educação Ambiental..pptx
rickriordan
 

Mais procurados (20)

Impactos ambientais causas e consequências
Impactos ambientais causas e consequênciasImpactos ambientais causas e consequências
Impactos ambientais causas e consequências
 
CP NG6 DR3-proposta de trabalho -lina e lúcia
CP NG6 DR3-proposta de trabalho -lina e lúciaCP NG6 DR3-proposta de trabalho -lina e lúcia
CP NG6 DR3-proposta de trabalho -lina e lúcia
 
Sustentabilidade 2 E
Sustentabilidade 2 ESustentabilidade 2 E
Sustentabilidade 2 E
 
Poluição da água
Poluição da águaPoluição da água
Poluição da água
 
Os Mass Media E A InformaçãO
Os Mass Media E A InformaçãOOs Mass Media E A InformaçãO
Os Mass Media E A InformaçãO
 
Lixo eletrônico
Lixo eletrônicoLixo eletrônico
Lixo eletrônico
 
Poluição ambiental
Poluição ambientalPoluição ambiental
Poluição ambiental
 
Educação ambiental
Educação ambientalEducação ambiental
Educação ambiental
 
Aula 2 Impactos Ambientais
Aula 2 Impactos AmbientaisAula 2 Impactos Ambientais
Aula 2 Impactos Ambientais
 
Impactos ambientais intensivo
Impactos ambientais intensivoImpactos ambientais intensivo
Impactos ambientais intensivo
 
USO RACIONAL E REUSO ÁGUA
USO RACIONAL E REUSO ÁGUAUSO RACIONAL E REUSO ÁGUA
USO RACIONAL E REUSO ÁGUA
 
Poluição ambiental
Poluição ambientalPoluição ambiental
Poluição ambiental
 
Destinação de Residuos Solidos
Destinação de Residuos SolidosDestinação de Residuos Solidos
Destinação de Residuos Solidos
 
Aula Biologia: Bases da Ecologia [1° Ano do Ensino Médio]
Aula Biologia: Bases da Ecologia [1° Ano do Ensino Médio]Aula Biologia: Bases da Ecologia [1° Ano do Ensino Médio]
Aula Biologia: Bases da Ecologia [1° Ano do Ensino Médio]
 
Os mass media géneros
Os mass media génerosOs mass media géneros
Os mass media géneros
 
Saneamento básico
Saneamento básicoSaneamento básico
Saneamento básico
 
Dicas para preservação do meio ambiente
Dicas para preservação do meio ambienteDicas para preservação do meio ambiente
Dicas para preservação do meio ambiente
 
Ciclo do carbono
Ciclo do carbonoCiclo do carbono
Ciclo do carbono
 
Fluxo de energia
Fluxo de energiaFluxo de energia
Fluxo de energia
 
Educação Ambiental..pptx
Educação Ambiental..pptxEducação Ambiental..pptx
Educação Ambiental..pptx
 

Destaque

Cap.7 - A atmosfera
Cap.7 - A atmosferaCap.7 - A atmosfera
Cap.7 - A atmosfera
profacacio
 
O ozono
O ozonoO ozono
O ozono
joajjoaj
 
Agricultura
AgriculturaAgricultura
Agricultura
Pelo Siro
 
Poluição do solo causada por agrotóxicos
Poluição do solo causada por agrotóxicosPoluição do solo causada por agrotóxicos
Poluição do solo causada por agrotóxicos
Flavio Santos
 
Degradação do Solo devido ao Uso de Agrotoxicos
Degradação do Solo devido ao Uso de AgrotoxicosDegradação do Solo devido ao Uso de Agrotoxicos
Degradação do Solo devido ao Uso de Agrotoxicos
Lucash Martins
 
Agrotóxicos
AgrotóxicosAgrotóxicos
Agrotóxicos
Centro Paula Souza
 
Agrotoxicos nrfacil
Agrotoxicos nrfacilAgrotoxicos nrfacil
Agrotoxicos nrfacil
NRFACIL www.nrfacil.com.br
 

Destaque (7)

Cap.7 - A atmosfera
Cap.7 - A atmosferaCap.7 - A atmosfera
Cap.7 - A atmosfera
 
O ozono
O ozonoO ozono
O ozono
 
Agricultura
AgriculturaAgricultura
Agricultura
 
Poluição do solo causada por agrotóxicos
Poluição do solo causada por agrotóxicosPoluição do solo causada por agrotóxicos
Poluição do solo causada por agrotóxicos
 
Degradação do Solo devido ao Uso de Agrotoxicos
Degradação do Solo devido ao Uso de AgrotoxicosDegradação do Solo devido ao Uso de Agrotoxicos
Degradação do Solo devido ao Uso de Agrotoxicos
 
Agrotóxicos
AgrotóxicosAgrotóxicos
Agrotóxicos
 
Agrotoxicos nrfacil
Agrotoxicos nrfacilAgrotoxicos nrfacil
Agrotoxicos nrfacil
 

Semelhante a Impacto da contaminação no solo, na água e na atmosfera

Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
jheymer
 
PoluiçãO
PoluiçãOPoluiçãO
PoluiçãO
sioly
 
PoluiçãO Da áGua
PoluiçãO Da áGuaPoluiçãO Da áGua
PoluiçãO Da áGua
Carla Florbela
 
Mares e oceanos
Mares e oceanosMares e oceanos
Mares e oceanos
Mayjö .
 
Contaminação do solo e recursos hídricos
Contaminação do solo e recursos hídricosContaminação do solo e recursos hídricos
Contaminação do solo e recursos hídricos
vanderli cunha
 
Tipos de Poluição
Tipos de PoluiçãoTipos de Poluição
Tipos de Poluição
StephanyChaiben
 
Tipos de Poluição
Tipos de PoluiçãoTipos de Poluição
Tipos de Poluição
StephanyChaiben
 
Educação Ambiental 7º ano
Educação Ambiental 7º anoEducação Ambiental 7º ano
Educação Ambiental 7º ano
Ana Nunes
 
Impacto industrial , amanda , carla, eliane e noemi
Impacto industrial , amanda , carla, eliane e noemiImpacto industrial , amanda , carla, eliane e noemi
Impacto industrial , amanda , carla, eliane e noemi
rosimeiresorano
 
Modulo 08 - Problemas Ambientais Urbanos
Modulo 08 - Problemas Ambientais UrbanosModulo 08 - Problemas Ambientais Urbanos
Modulo 08 - Problemas Ambientais Urbanos
Claudio Henrique Ramos Sales
 
Poluicao Da Agua 1
Poluicao Da Agua 1Poluicao Da Agua 1
Poluicao Da Agua 1
Tomás Cunha
 
Poluição da água
Poluição da águaPoluição da água
Poluição da água
Tomás Cunha
 
mundoatual_homemeambiente - Slides sobre ambiente
mundoatual_homemeambiente - Slides sobre ambientemundoatual_homemeambiente - Slides sobre ambiente
mundoatual_homemeambiente - Slides sobre ambiente
sw4kfysgx7
 
Poluiçao
PoluiçaoPoluiçao
Poluiçao
elsamariana
 
Perturbações no equilíbrio dos ecossistemas 8 ano
Perturbações no equilíbrio dos ecossistemas 8 anoPerturbações no equilíbrio dos ecossistemas 8 ano
Perturbações no equilíbrio dos ecossistemas 8 ano
Ana Tapadinhas
 
Problemas ambientais 4º bimestre
Problemas ambientais 4º bimestreProblemas ambientais 4º bimestre
Problemas ambientais 4º bimestre
Débora Sales
 
Meio ambiente
Meio ambienteMeio ambiente
Meio ambiente
coldplay
 
A questão ambiental - principais efeitos
A questão ambiental - principais efeitosA questão ambiental - principais efeitos
A questão ambiental - principais efeitos
Artur Lara
 
Trabalho do enzo 123 (1) sustentabilidade
Trabalho do enzo 123 (1) sustentabilidadeTrabalho do enzo 123 (1) sustentabilidade
Trabalho do enzo 123 (1) sustentabilidade
norivalfp
 

Semelhante a Impacto da contaminação no solo, na água e na atmosfera (20)

Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
 
PoluiçãO
PoluiçãOPoluiçãO
PoluiçãO
 
PoluiçãO Da áGua
PoluiçãO Da áGuaPoluiçãO Da áGua
PoluiçãO Da áGua
 
Mares e oceanos
Mares e oceanosMares e oceanos
Mares e oceanos
 
Contaminação do solo e recursos hídricos
Contaminação do solo e recursos hídricosContaminação do solo e recursos hídricos
Contaminação do solo e recursos hídricos
 
Tipos de Poluição
Tipos de PoluiçãoTipos de Poluição
Tipos de Poluição
 
Tipos de Poluição
Tipos de PoluiçãoTipos de Poluição
Tipos de Poluição
 
Palestra sobre impactos ambientais urbanos
Palestra sobre impactos ambientais urbanosPalestra sobre impactos ambientais urbanos
Palestra sobre impactos ambientais urbanos
 
Educação Ambiental 7º ano
Educação Ambiental 7º anoEducação Ambiental 7º ano
Educação Ambiental 7º ano
 
Impacto industrial , amanda , carla, eliane e noemi
Impacto industrial , amanda , carla, eliane e noemiImpacto industrial , amanda , carla, eliane e noemi
Impacto industrial , amanda , carla, eliane e noemi
 
Modulo 08 - Problemas Ambientais Urbanos
Modulo 08 - Problemas Ambientais UrbanosModulo 08 - Problemas Ambientais Urbanos
Modulo 08 - Problemas Ambientais Urbanos
 
Poluicao Da Agua 1
Poluicao Da Agua 1Poluicao Da Agua 1
Poluicao Da Agua 1
 
Poluição da água
Poluição da águaPoluição da água
Poluição da água
 
mundoatual_homemeambiente - Slides sobre ambiente
mundoatual_homemeambiente - Slides sobre ambientemundoatual_homemeambiente - Slides sobre ambiente
mundoatual_homemeambiente - Slides sobre ambiente
 
Poluiçao
PoluiçaoPoluiçao
Poluiçao
 
Perturbações no equilíbrio dos ecossistemas 8 ano
Perturbações no equilíbrio dos ecossistemas 8 anoPerturbações no equilíbrio dos ecossistemas 8 ano
Perturbações no equilíbrio dos ecossistemas 8 ano
 
Problemas ambientais 4º bimestre
Problemas ambientais 4º bimestreProblemas ambientais 4º bimestre
Problemas ambientais 4º bimestre
 
Meio ambiente
Meio ambienteMeio ambiente
Meio ambiente
 
A questão ambiental - principais efeitos
A questão ambiental - principais efeitosA questão ambiental - principais efeitos
A questão ambiental - principais efeitos
 
Trabalho do enzo 123 (1) sustentabilidade
Trabalho do enzo 123 (1) sustentabilidadeTrabalho do enzo 123 (1) sustentabilidade
Trabalho do enzo 123 (1) sustentabilidade
 

Impacto da contaminação no solo, na água e na atmosfera

  • 2. • Ao longo desta apresentação irá ser abordada a influência da poluição na biodiversidade (terrestre, aérea e aquática). • Pretendemos assim contribuir para uma diminuição da poluição no nosso concelho através da sensibilização da população, para que estes animais possam continuar a usufruir do espaço que também é deles. Página 2
  • 3. • A partir da Revolução Industrial, com o desenvolvimento do capitalismo, e consequente urbanização e industrialização, a natureza vai pouco a pouco deixando de existir para dar lugar a um meio ambiente produzido pela sociedade moderna. Página 3
  • 4. O homem deixa, assim, de viver em harmonia com a Natureza e passa a dominá-la, dando origem ao que se chama segunda natureza: Natureza modificada ou produzida pelo homem como meio urbano ( rios canalizados e solos cobertos por asfalto), que é muito diferente da primeira natureza, a paisagem natural sem intervenção humana. Página 4
  • 6. Portanto temos que nos juntar TODOS para impedir que este problema chegue em força ao nosso concelho! Página 6
  • 7. consiste na introdução pelo homem, directa ou indirectamente de substâncias no ambiente, provocando um efeito negativo no seu equilíbrio, causando assim danos na saúde humana, nos seres vivos e no ecossistema ali presente. Página 7
  • 8. Vamos focar-nos só nos tipos de poluição que afectam mais directamente a biodiversidade. Tipos de Poluição Atmosférica Hídrica Do Solo Página 8
  • 10. •Desde os tempos mais remotos o homem costuma lançar os seus detritos nos cursos de água. Até à Revolução Industrial esse procedimento não causava problemas, já que os rios, lagos e oceanos têm um considerável poder de auto limpeza. • Com a industrialização, a situação começou a sofrer profundas alterações. Página 10
  • 11. •O volume de detritos despejados nas águas tornou-se cada vez maior, superando a capacidade de purificação dos rios e oceanos, que é limitada. Além disso, passou a ser despejada na água uma grande quantidade de elementos que não são biodegradáveis, ou seja, não são decompostos pela natureza. Página 11
  • 12. Este tipo de poluição afecta em grande número os peixes, os anfíbios e as plantas aquáticas. Estes seres vivos são os mais prejudicados, pois estão em contacto directo com a água. Os peixes fazem desta o seu habitat, as plantas aquáticas, tal como o nome indica, “vivem” na hidrosfera. Os anfíbios também saem muito prejudicados na luta contra a contaminação da água, pois eles precisam de humidade para viver, sendo que a maior parte deles toma como habitat os locais mais próximos da água. Página 12
  • 14. Caso de estudo: O impacto dos efluentes na Biodiversidade O que são efluentes? Efluentes são geralmente produtos líquidos ou gasosos produzidos por indústrias ou resultante dos esgotos domésticos urbanos, que são lançados no meio ambiente. Podem ser tratados ou não tratados. Cabe aos órgãos ambientais, à determinação e à fiscalização dos parâmetros e limites de emissão de efluentes industriais, agrícolas e domésticos. Página 14
  • 15.  Para isso, é necessária a implementação de um sistema de monitoramento confiável. As exigências da legislação ambiental levaram as empresas a buscar soluções para tornar os seus processos mais eficazes.  É cada vez mais frequente o uso de sistemas de tratamento de efluentes visando a reutilização de matérias (água, óleo, metais, etc.), minimizando a emissão de resíduos para o meio ambiente. Página 15
  • 16. As emissões decorrem principalmente de processos industriais, esgoto doméstico, veículos automotores e actividade agrícola. Os principais responsáveis pela emissão de resíduos para o meio ambiente são: Esgotos Veículos Processos Actividade Automóveis Industriais Domésticos Agrícola Página 16
  • 17.  Apesar de estes efluentes causarem um grande impacto na atmosfera, são as paisagens e principalmente os habitats aquáticos.  Passou a ser despejada na água uma grande quantidade de elementos que não são biodegradáveis, ou seja, não são decompostos pela natureza. Tais elementos - por exemplo, os plásticos, a maioria dos detergentes e os pesticidas - vão se acumulando nos rios, lagos e oceanos, diminuindo a capacidade de retenção de oxigénio das águas e, consequentemente, prejudicando a vida aquática. Página 17
  • 18. Essa água, que é lançada nos rios ainda quente (proveniente da actividade industrial) , faz aumentar a temperatura da água do rio e acaba por provocar a eliminação de algumas espécies de peixes, a proliferação excessiva de outras e, em alguns casos, a destruição de todas. Página 18
  • 19. EFEITO DO SMOG Antes Depois Página 19
  • 20. As grandes cidades são alvo de uma intensiva industrialização, e com o aumento da população vão cada vez sê-lo mais. Apesar de ser um benefício para conseguir sustentar toda população, também pode ser prejudicial, pois as fábricas emitem uma enorme quantidade de gases para a atmosfera, o que vai provocar uma grave POLUIÇÃO PAISAGÍSTICA, tal como as estruturas monstruosas que são feitas. Página 20
  • 21. A poluição atmosférica vai provocar um aumento do buraco da camada de ozono, o que vai desencadear alguns fenómenos prejudiciais à biodiversidade, como por exemplo: • Aumento da temperatura, o que vai provocar uma alteração nas rotas migratórias, tanto de aves como de peixes. Também vai causar o degelo, que irá provocar a desintegração dos habitats, provocando a morte de muitos seres vivos. • A libertação de gases pelas chaminés das fábricas, pode levar à morte de aves por intoxicação. Página 21
  • 22. O controle biológico consiste no combate às pragas através dos seus inimigos naturais, predadores ou parasitas, como por exemplo, a criação de vírus transgénicos, desenvolvidos para que, ao serem fumigados(expostos a fumaça, gases) sob culturas, ataquem exclusivamente certas larvas ou insectos. Os vírus, inofensivos para outras espécies, auto destroem-se quando o seu trabalho tóxico estiver terminado. Página 22
  • 23. A utilização de pesticidas pode provocar danos à saúde do Homem. Insecticidas ( DDT e BHC ) - cancro, danos no fígado. Herbicidas, incineração do lixo (Dioxina) - cancro, defeitos congénitos , doenças de pele. Plásticos ( cloro vinil ) - cancro do fígado e do pulmão; atinge o Sistema Nervoso Central. Solventes, produtos farmacêuticos e detergentes ( Benzina ) - dores de cabeça, náuseas, perda de coordenação dos músculos, leucemia. Página 23
  • 24. As chuvas ácidas(precipitações de água atmosférica carregada de ácido sulfúrico e de ácido nítrico) corroem rapidamente os automóveis, os metais de pontes e outras construções, além de afectarem as plantas e ocasionarem doenças respiratórias e da pele nas pessoas, são formados pela emissão de dióxido de enxofre e óxidos de nitrogénio por parte de certas indústrias. Página 24
  • 26. Estas chuvas ácidas vão provocar a acidificação do solo, provocando mal formações nos alimentos plantados, e que consequentemente irá provocar doenças ou a morte em todos os seres vivos. Página 26
  • 27. Será que…. Começamos com tudo… Página 27
  • 28. E acabamos assim? Página 28