SlideShare uma empresa Scribd logo
RELATÓRIODE ACTIVIDADES
Fevereiro a Abril de 2017 | MANDATO 2016-2018
3
INFORMAÇÃO ESCRITA
Fevereiro a Abril de 2017 | MANDATO 2016-2018
RA-JSD | Abril 2017
A Comissão Política Distrital de Lisboa da JSD, eleita a 2 de Julho de 2016, está prestes a fazer 10
meses de atividade política. Fomos eleitos com um objetivo claro: trabalhar com dedicação para
elevar a Distrital de Lisboa a força liderante das organizações políticas juvenis do país.
Neste III Conselho Distrital de Lisboa, queria destacar que tudo temos feito para cumprir este obje-
tivo. Estabelecemos prioridades, definimos linhas de ação e procuramos diariamente implemen-
tar a estratégia definida e sufragada pelo Distrito. Percorrido este caminho, há hoje uma estabili-
dade e previsibilidade que apenas o trabalho constante permitem. A JSD Distrital de Lisboa é hoje
uma estrutura da qual todos os que acompanham as juventudes partidárias, interna e externa-
mente, sabem com o que podem contar.
Esta estabilidade e firmeza no caminho traçado tem permitido crescer em dinamismo, em ideias
e propostas, em tomadas de posição e em grandes eventos, próprios de um Distrito como o nosso.
Nada menos que isto se pode exigir à Distrital de Lisboa da JSD. Se não o fizermos, falhamos com
os militantes que nos elegeram e com o que representa ser da Distrital da capital de Portugal.
Na prática, o que então representa ser da JSD Distrital de Lisboa? Este último trimestre deu-nos um
excelente exemplo: o Fórum Jovem com o Presidente do PSD, Pedro Passos Coelho. Um formato
diferente, adaptado aos jovens, com um dos políticos mais importantes de Portugal das últimas
décadas, com cerca de 150 participantes a debater vários temas relevantes para nós, jovens:
acesso ao emprego, emprego, Europa, legislação laboral, Segurança Social, extremismos políti-
cos, mobilidade, etc. Este evento, que marcou o fim do Mês do Emprego, é o que se espera de uma
Distrital como a nossa. Receber o Presidente do PSD num evento organizado pela Distrital é
motivo de orgulho para todos os que, todos os dias, trabalham por uma Lisboa Forte.
O Mês do Emprego é o facto político mais relevante da nossa atividade desde o Conselho Distrital
de Janeiro. Depois da Educação e da Cidadania, a fasquia estava alta. Conseguimos fazer um mês,
Caro Conselheiro Distrital de Lisboa,
Decidi começar este 2º relatório de actividades do mandato com
uma citação de Winston Churchill que faz um bom retracto dos
desafios que se colocam a nós, dirigentes da JSD, neste início de
2017:
Informação Escrita | FEVEREIRO A ABRL DE 2017
2/17
RA-JSD | Abril 2017
no qual reunimos e discutimos com 10 organizações que importam para o Emprego: StartUp
Lisboa, Fábrica de Startups, ANJE, Portugal Ventures, UGT - Comissão de Juventude, AICEP, CIP e
ainda, 3 empresas, o Huawei, Cabify e Santander Totta.
Este Mês do Emprego permitiu também usar as redes sociais para partilhar 20 Pensamentos de
um Jovem, no qual todos os jovens se revêm, seja por experiência própria, seja em familiares,
amigos e conhecidos. A conquista da independência por parte de um jovem esteve presente em
todos os Pensamentos que partilhámos. Sendo um tema que nos preocupa e pelo qual lutamos,
avançamos com uma medida corajosa que visa aumentar o acesso ao emprego por parte dos
jovens, dando um claro incentivo às empresas para contratar, ao mesmo tempo que permite
maior rendimento disponível para a emancipação: TSU 0 para jovens até aos 30 anos.
E porque a JSD Distrital de Lisboa acredita firmemente que cabe ao sector empresarial a criação
de emprego, escrevemos uma carta aberta a todas as Associações Empresariais de Portugal para
apelamos às nossas empresas que promovam mais estágios de verão para estudantes. Todos
temos a ganhar com a generalização deste tipo de programas, tão procurados hoje em dia por
cada vez mais jovens.
Continuámos, neste trimestre, a demonstrar que a geringonça de António Costa consegue baixar
o défice à custa de um brutal aumento de impostos indiretos, como é caso do imposto sobre os
combustíveis, que faz hoje com que Portugal seja dos países do mundo com a gasolina mais cara.
Se tudo corre tão bem, como sugere a propaganda governamental, se ultrapassamos em larga
medida os objetivos acordados para a redução do défice público, não será já o tempo de o governo
do PS decidir aliviar a elevada carga fiscal sobre as famílias e empresas?
Por outro lado, se há tema que é comum a todo o Distrito é a mobilidade, na qual mais uma vez
não percebemos a estratégia do governo, apenas preocupado em acalmar os sindicatos, em vez
de reformar e melhorar o sistema de mobilidade na Área Metropolitana de Lisboa. Neste sentido,
depois da confusão no Metro de Lisboa com a falta de bilhetes, novo episódio que ilustra a
incapacidade deste governo nesta área: o passe trimodal entre a Rodoviária de Lisboa, Carris e
Metro acabou a 31 de Março de 2017. A Rodoviária de Lisboa transporta 200 mil pessoas por dia
nos concelhos de Lisboa, Loures, Odivelas e Vila Franca de Xira.
Com a ausência de esclarecimentos da tutela e da gestão de empresas públicas como a Carris e o
Metro de Lisboa, a JSD Distrital de Lisboa fez chegar à Autoridade Metropolitana de Transportes
um pedido de esclarecimentos sobre esta situação que afecta a mobilidade de milhares de
pessoas no Distrito de Lisboa. Imaginem o que diriam os sindicatos, o PCP e o Bloco de Esquerda
se isto acontecesse durante um governo PSD? É apenas mais um exemplo das prioridades deste
governo e dos seus aliados.
Mais recentemente, as notícias sobre o arrendamento de beliches em Lisboa mereceram também
uma resposta por parte da JSD Distrital de Lisboa. O que veio a pública ilustra uma geração sem
independência, condenada a viver em camaratas pagas a preço de hotel por uma política de habi-
tação ultrapassada. As alterações do governo do PS e da extrema-esquerda representam um
regresso ao passado, em que o Estado obriga os proprietários a substituírem-se à Segurança
Social, desresponsabilizando-se do seu papel social de garante do direito à habitação.
O congelamento de rendas injustificado, a falta de verbas para o Porta 65 e as reversões do PS às
reformas do arrendamento de 2012 geram menos casas, fuga de investimento para fins turísticos,
rendas mais caras e inacessíveis para os jovens se emanciparem e conseguirem a sua habitação. A
alternativa: beliches a 250€/cama em Lisboa. Este não é o futuro que os jovens portugueses
merecem.
Uma última palavra para as Autárquicas de 1 de Outubro deste ano. É com alegria que, enquanto
Presidente da JSD Distrital de Lisboa, vou assistindo e sentindo à mobilização por parte das várias
concelhias da JSD para os embates que iremos travar nos 10 concelhos do Distrito. São umas
eleições difíceis para o PSD no nosso Distrito, seja pelo contexto nacional onde o governo vai man-
tendo a ilusão de que o país está melhor hoje, seja porque somos apenas poder em 2 municípios
(Cascais e Mafra) e enfrentamos em vários municípios, Presidentes de Câmara do PS, PCP e inde-
pendentes, eleitos pela primeira vez em 2013.
Porém, estou certo que seriam mais difíceis para o PSD se não contasse, como contará, com uma
JSD mobilizada para as ruas e com ideias para fortalecer os nossos programas e estratégias. A JSD
Distrital de Lisboa continua o caminho de preparação, ao lado das concelhias, para ajudar a vencer
as próximas eleições autárquicas.
Juntos somos mais fortes. Sempre!
Alexandre Poço
Presidente da Comissão Política Distrital de Lisboa da JSD
RA-JSD | Abril 2017
Informação Escrita | FEVEREIRO A ABRL DE 2017
3/17
Reunião de Comissão Política
RELATÓRIO DE ACTIVIDADES
VI Reunião de CP
27 de Março
Sede do PSD Distrital de Lisboa,
Campo de Ourique
Fevereiro a Abril de 2017 | MANDATO 2016-2018
RA-JSD | Abril 2017
5/17
Dias Comemorativos
Dia Internacional da Mulher
8 de Março
Dia Nacional do Estudante
24 de Março
Páscoa
14 de Abril
3. º Relatório de Actividades | FEVEREIRO A ABRIL DE 2017
RA-JSD | Abril 2017
Dia da Liberdade: 25 de Abril de 1974
Dias Comemorativos
As operações militares começam.
Uma das senhas, a canção "E depois
do Adeus", cantada por Paulo de
Carvalho, é emitida pelos Emissores
Associados de Lisboa.
É transmitida a canção "Grândola, Vila
Morena", de José Afonso, no
programa Limite, da Rádio
Renascença. Foi a senha escolhida
pelos militares do MFA para confirmar
que as operações militares estão em
marcha e são irreversíveis.
Primeiro comunicado do MFA
difundido pelo Rádio Clube Portu-
guês.
Forças da Escola Prática de Cavalaria
de Santarém, comandadas pelo
capitão Salgueiro Maia, estacionam
no Terreiro do Paço, em Lisboa.
Fragata "Gago Coutinho" toma
posição no Tejo, em frente ao Terreiro
do Paço.
As tropas de Salgueiro Maia cercam o
Largo do Carmo e recebem ordens
para abrir fogo sobre o Quartel da
GNR para obter a rendição de
Marcello Caetano. Além do presiden-
te do Conselho, no quartel estão mais
dois ministros do seu Governo.
Vivem-se momentos de tensão no
largo, onde centenas de pessoas
acompanham os acontecimentos.
24 de Abril 25 de Abril
RA-JSD | Abril 2017
6/17
3. º Relatório de Actividades | FEVEREIRO A ABRIL DE 2017
Dias Comemorativos
25 de Abril de 1974
Depois de expirar o prazo inicial para
a rendição anunciado por megafone
pelo capitão Salgueiro Maia e de
negociações, Marcello Caetano
anuncia rendição e pede que um
oficial do MFA de patente não inferior
a coronel se apresente no quartel.
O general António de Spínola,
mandatado pelo MFA, vai negociar a
rendição do Governo no quartel do
Carmo. É hasteada a bandeira branca.
A chaimite "Bula" entra no quartel e
retira Marcello Caetano e mais dois
ministros, Rui Patrício e Moreira
Baptista. São transportados para o
Posto de Comando do MFA, no
Quartel da Pontinha.
É lida, através dos emissores do RCP,
a Proclamação do Movimento das
Forças Armadas.
É finalmente apresentada a Junta de Salvação Nacional, que inclui o
capitão-de-fragata Rosa Coutinho, coronel Galvão de Melo, general Costa Gomes,
brigadeiro Jaime Silvério Marques, capitão-de-mar-e-guerra Pinheiro de Azevedo
e o general Manuel Diogo Neto. Todos, excepto Diogo Neto, são filmados pelas
câmaras da RTP. Spínola lidera.
Rendição da PIDE/DGS. Começa a libertação dos presos
políticos de Caxias e Peniche.
26 de Abril
RA-JSD | Abril 2017
7/17
3. º Relatório de Actividades | FEVEREIRO A ABRIL DE 2017
Debates Juvenis
“Legalização das Drogas Leves?” pelo NES Camões
2 de Fevereiro
Escola Secundária de Camões
“Trump e Le Pen: será a ascenção da extrema direita?” pelo NES Camões
28 de Março
Escola Secundária de Camões
RA-JSD | Abril 2017
8/17
3. º Relatório de Actividades | FEVEREIRO A ABRIL DE 2017
200 mil pessoas sem mobilidade
em Lisboa
8 de Fevereiro
Intervenção
RA-JSD | Abril 2017
9/17
3. º Relatório de Actividades | FEVEREIRO A ABRIL DE 2017
Pedido de Informação Esclarecimento
- Rodoviária de Lisboa
16 de Fevereiro
Combustíveis a Preço de Ouro
20 de Abril
Uma Geração sem Independência
21 de Abril
Futurália 2017
Futurália - A vida é tua
29 de Março a 1 de Abril
Feira Internacional de Lisboa
RA-JSD | Abril 2017
10/17
3. º Relatório de Actividades | FEVEREIRO A ABRIL DE 2017
Missão 2017
Volta às Concelhias: Vila Franca de Xira
28 de Fevereiro
Volta às Concelhias: Sintra
4 de Abril
RA-JSD | Abril 2017
11/17
3. º Relatório de Actividades | FEVEREIRO A ABRIL DE 2017
Mês do Emprego: Pensamentos de um Jovem
Pensamentos de um Jovem
8 de Fevereiro a 12 de Março
RA-JSD | Abril 2017
12/17
3. º Relatório de Actividades | FEVEREIRO A ABRIL DE 2017
Mês do Emprego: Reuniões
StartUp Lisboa
15 de Fevereiro
Fábrica de Startups
17 de Fevereiro
UGT - Comissão de Juventude
8 de Março
CIP - Confederação Empresarial
de Portugal
13 de Março
ANJE - Associação Nacional de
Jovens Empresários
24 de Fevereiro
Portugal Ventures
7 de Março
Nota:
A Comissão Política Distrital de lisboa reuniu
com a aicep Portugal Global no dia 6 de
Março de 2017 às 16h.
RA-JSD | Abril 2017
13/17
3. º Relatório de Actividades | FEVEREIRO A ABRIL DE 2017
Mês do Emprego: TSU 0
TSU 0 para Jovens até aos 30 anos
3 de Março
RA-JSD | Abril 2017
14/17
3. º Relatório de Actividades | FEVEREIRO A ABRIL DE 2017
Mês do Emprego: Conferências
“Emprego Jovem: o que temos, o que
queremos” com Hugo Carvalho,
Rui Neto Pereira e Aberto Ferreira
6 de Fevereiro
“Tecnologia, Emprego e Futuro”
com Cabify, Huawei e
Santander Totta
23 de Fevereiro
Fórum Jovem com Pedro Passos Coelho
14 de Março
RA-JSD | Abril 2017
15/17
3. º Relatório de Actividades | FEVEREIRO A ABRIL DE 2017
Estágios de Verão
Carta aberta às Associações Empresariais de Portugal
24 de Abril
Carta aberta às
Associações Empresariais de Portugal
O Emprego é um dos pilares da vida de um jovem quando inicia a sua transição para a vida
adulta. Todos queremos uma sociedade onde o emprego e o potencial empreendedor de um
jovem são o passaporte para a realização pessoal e para uma carreira de sucesso. Para
cumprir este desiderato, é necessário construir um mercado justo e competitivo, que
potencia a atração de investimento e criação de emprego para os jovens.
A taxa de desemprego jovem média dos países da OCDE registou, em novembro de 2016,
pelo segundo mês consecutivo, os 12,8%. Em Portugal, a taxa de desemprego entre os
jovens situou-se nos 27,2% em novembro de 2016 e em 26,4% em dezembro de 2016. A
nível europeu, apenas Espanha, Grécia e Itália apresentam taxas de desemprego jovem mais
elevadas que Portugal.
Os jovens enfrentam inúmeros desafios inerentes à sua emancipação, sendo a conquista do
primeiro emprego um dos mais importantes. A capacidade de adquirir experiências
profissionais ao longo da formação educativa, nomeadamente durante o Ensino Superior, é
relevante para potenciar uma mais rápida inserção no mercado de trabalho. Acreditamos
que, a par da formação académica de qualidade, a possibilidade de realizar estágios de verão
é altamente enriquecedora para os jovens, que podem assim perceber a aplicação dos
conceitos da sala de aula ao dia-a-dia da economia, das empresas e da sociedade.
Uma economia e um tecido empresarial que potenciem estas experiências contribuem
positivamente para o futuro dos nossos jovens. As economias mais avançadas da OCDE e da
União Europeia, onde o desemprego jovem é mais baixo (Alemanha, Holanda, Dinamarca,
Reino Unido), incentivam os estudantes, desde cedo, a procurarem estágios e experiências
profissionais.
A JSD Distrital de Lisboa acredita firmemente que cabe ao sector empresarial a
criação de emprego, pelo que apelamos às empresas portuguesas que promovam
mais estágios de verão para estudantes. Todos temos a ganhar com a generalização deste
tipo de programas, tão procurados hoje em dia por cada vez mais jovens. Os benefícios são
para os jovens, mas também, para as nossas empresas.
O jovem adquirirá experiência de uma atividade que lhe interesse, o que permitirá não só o
desenvolvimento pessoal, mas também um aumento de conhecimento para a escolha
futura da profissão ou atividade, potenciando as suas hipóteses de conquistar o 1º emprego
ou até, de descobrir uma área na qual pretender abrir o seu próprio negócio. O empregador
terá, na sua equipa, um jovem com conhecimento académico atual, que traz novas ideias e
inovação à organização, ao mesmo tempo que a empresa poderá também descobrir talento
e garantir futuros grandes quadros.
JSD | ABR. 2017
Um movimento destes não necessita de legislação específica. Necessita de um movimento
generalizado das nossas empresas, de forma a consagrar esta possibilidade na vida dos
estudantes, tornando-a prática comum em todos os sectores da economia. Acreditamos
que, desta forma, poderemos fortalecer o tecido empresarial de Portugal e o
desenvolvimento pessoal e profissional dos jovens – construtores do presente e do
futuro do nosso país.
JSD Distrital de Lisboa
Carta aberta às Associações Empresariais de Portugal
JSD | ABR. 2017
RA-JSD | Abril 2017
16/17
3. º Relatório de Actividades | FEVEREIRO A ABRIL DE 2017
GABINETE DE COMUNICAÇÃO - ABR.17

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Moção de Estratégia Global: Estamos Juntos - Alexandre Poço
Moção de Estratégia Global: Estamos Juntos - Alexandre PoçoMoção de Estratégia Global: Estamos Juntos - Alexandre Poço
Moção de Estratégia Global: Estamos Juntos - Alexandre Poço
Alexandre Poço
 
6º Relatório de Atividades: Novembro de 2019 a Janeiro de 2020
6º Relatório de Atividades: Novembro de 2019 a Janeiro de 20206º Relatório de Atividades: Novembro de 2019 a Janeiro de 2020
6º Relatório de Atividades: Novembro de 2019 a Janeiro de 2020
JSD Distrital de Lisboa
 
Moção de Estratégia Global 2020-2022
Moção de Estratégia Global 2020-2022Moção de Estratégia Global 2020-2022
Moção de Estratégia Global 2020-2022
JSD Distrital de Lisboa
 
Mobilidade: uma visão metropolitana
Mobilidade: uma visão metropolitanaMobilidade: uma visão metropolitana
Mobilidade: uma visão metropolitana
JSD Distrital de Lisboa
 
Caderno Autárquico 2017-2021
Caderno Autárquico 2017-2021Caderno Autárquico 2017-2021
Caderno Autárquico 2017-2021
JSD Distrital de Lisboa
 
VI Relatório de Actividades: Dezembro de 2017 - Janeiro de 2018
VI Relatório de Actividades: Dezembro de 2017 - Janeiro de 2018VI Relatório de Actividades: Dezembro de 2017 - Janeiro de 2018
VI Relatório de Actividades: Dezembro de 2017 - Janeiro de 2018
JSD Distrital de Lisboa
 
Mais Cidadania, Melhor Sociedade
Mais Cidadania, Melhor SociedadeMais Cidadania, Melhor Sociedade
Mais Cidadania, Melhor Sociedade
JSD Distrital de Lisboa
 
4º Relatório de Atividades: Maio a Junho de 2019
4º Relatório de Atividades: Maio a Junho de 20194º Relatório de Atividades: Maio a Junho de 2019
4º Relatório de Atividades: Maio a Junho de 2019
JSD Distrital de Lisboa
 
Nota informativa 9_reuniãoautarcas_ptv_ps2012
Nota informativa 9_reuniãoautarcas_ptv_ps2012Nota informativa 9_reuniãoautarcas_ptv_ps2012
Nota informativa 9_reuniãoautarcas_ptv_ps2012
Vasco Casimiro
 
Cartaxo Socialista - Boletim informativo do PS Cartaxo
Cartaxo Socialista - Boletim informativo do PS CartaxoCartaxo Socialista - Boletim informativo do PS Cartaxo
Cartaxo Socialista - Boletim informativo do PS Cartaxo
Vasco Casimiro
 
Moção Global de Orientação Estratégica Coimbra é o Nosso Compromisso
Moção Global de Orientação Estratégica Coimbra é o Nosso CompromissoMoção Global de Orientação Estratégica Coimbra é o Nosso Compromisso
Moção Global de Orientação Estratégica Coimbra é o Nosso Compromisso
coimbraonossocompromisso
 
Mensagem de Paulo Câmara à Alepe 2016
Mensagem de Paulo Câmara à Alepe 2016Mensagem de Paulo Câmara à Alepe 2016
Mensagem de Paulo Câmara à Alepe 2016
Paulo Veras
 
Alckmin
AlckminAlckmin
Mensagem do prefeito geraldo julio ao legislatvo 2016
Mensagem do prefeito geraldo julio ao legislatvo 2016Mensagem do prefeito geraldo julio ao legislatvo 2016
Mensagem do prefeito geraldo julio ao legislatvo 2016
Anna Tiago
 
Escola s facundo politica de verdade
Escola s facundo politica de verdadeEscola s facundo politica de verdade
Escola s facundo politica de verdade
manuelaruivo
 
Ribatejo 2.0 Julho 2011
Ribatejo 2.0 Julho 2011Ribatejo 2.0 Julho 2011
Ribatejo 2.0 Julho 2011
Vasco Casimiro
 
Resumo Prog. Governo Jorge Alexandre PSDB Camaragibe
Resumo Prog. Governo Jorge Alexandre PSDB CamaragibeResumo Prog. Governo Jorge Alexandre PSDB Camaragibe
Resumo Prog. Governo Jorge Alexandre PSDB Camaragibe
Vinícius Sobreira
 
APOSTAR NO TURISMO Oportunidades Regionais
APOSTAR NO TURISMO Oportunidades Regionais APOSTAR NO TURISMO Oportunidades Regionais
APOSTAR NO TURISMO Oportunidades Regionais
Nuno Antão
 
Paulo matos gaviao 2
Paulo matos gaviao 2Paulo matos gaviao 2
Paulo matos gaviao 2
Paulo Matos
 
Carta aberta a juventude cruzalmense
Carta aberta a juventude cruzalmenseCarta aberta a juventude cruzalmense
Carta aberta a juventude cruzalmense
jptcruzdasalmas
 

Mais procurados (20)

Moção de Estratégia Global: Estamos Juntos - Alexandre Poço
Moção de Estratégia Global: Estamos Juntos - Alexandre PoçoMoção de Estratégia Global: Estamos Juntos - Alexandre Poço
Moção de Estratégia Global: Estamos Juntos - Alexandre Poço
 
6º Relatório de Atividades: Novembro de 2019 a Janeiro de 2020
6º Relatório de Atividades: Novembro de 2019 a Janeiro de 20206º Relatório de Atividades: Novembro de 2019 a Janeiro de 2020
6º Relatório de Atividades: Novembro de 2019 a Janeiro de 2020
 
Moção de Estratégia Global 2020-2022
Moção de Estratégia Global 2020-2022Moção de Estratégia Global 2020-2022
Moção de Estratégia Global 2020-2022
 
Mobilidade: uma visão metropolitana
Mobilidade: uma visão metropolitanaMobilidade: uma visão metropolitana
Mobilidade: uma visão metropolitana
 
Caderno Autárquico 2017-2021
Caderno Autárquico 2017-2021Caderno Autárquico 2017-2021
Caderno Autárquico 2017-2021
 
VI Relatório de Actividades: Dezembro de 2017 - Janeiro de 2018
VI Relatório de Actividades: Dezembro de 2017 - Janeiro de 2018VI Relatório de Actividades: Dezembro de 2017 - Janeiro de 2018
VI Relatório de Actividades: Dezembro de 2017 - Janeiro de 2018
 
Mais Cidadania, Melhor Sociedade
Mais Cidadania, Melhor SociedadeMais Cidadania, Melhor Sociedade
Mais Cidadania, Melhor Sociedade
 
4º Relatório de Atividades: Maio a Junho de 2019
4º Relatório de Atividades: Maio a Junho de 20194º Relatório de Atividades: Maio a Junho de 2019
4º Relatório de Atividades: Maio a Junho de 2019
 
Nota informativa 9_reuniãoautarcas_ptv_ps2012
Nota informativa 9_reuniãoautarcas_ptv_ps2012Nota informativa 9_reuniãoautarcas_ptv_ps2012
Nota informativa 9_reuniãoautarcas_ptv_ps2012
 
Cartaxo Socialista - Boletim informativo do PS Cartaxo
Cartaxo Socialista - Boletim informativo do PS CartaxoCartaxo Socialista - Boletim informativo do PS Cartaxo
Cartaxo Socialista - Boletim informativo do PS Cartaxo
 
Moção Global de Orientação Estratégica Coimbra é o Nosso Compromisso
Moção Global de Orientação Estratégica Coimbra é o Nosso CompromissoMoção Global de Orientação Estratégica Coimbra é o Nosso Compromisso
Moção Global de Orientação Estratégica Coimbra é o Nosso Compromisso
 
Mensagem de Paulo Câmara à Alepe 2016
Mensagem de Paulo Câmara à Alepe 2016Mensagem de Paulo Câmara à Alepe 2016
Mensagem de Paulo Câmara à Alepe 2016
 
Alckmin
AlckminAlckmin
Alckmin
 
Mensagem do prefeito geraldo julio ao legislatvo 2016
Mensagem do prefeito geraldo julio ao legislatvo 2016Mensagem do prefeito geraldo julio ao legislatvo 2016
Mensagem do prefeito geraldo julio ao legislatvo 2016
 
Escola s facundo politica de verdade
Escola s facundo politica de verdadeEscola s facundo politica de verdade
Escola s facundo politica de verdade
 
Ribatejo 2.0 Julho 2011
Ribatejo 2.0 Julho 2011Ribatejo 2.0 Julho 2011
Ribatejo 2.0 Julho 2011
 
Resumo Prog. Governo Jorge Alexandre PSDB Camaragibe
Resumo Prog. Governo Jorge Alexandre PSDB CamaragibeResumo Prog. Governo Jorge Alexandre PSDB Camaragibe
Resumo Prog. Governo Jorge Alexandre PSDB Camaragibe
 
APOSTAR NO TURISMO Oportunidades Regionais
APOSTAR NO TURISMO Oportunidades Regionais APOSTAR NO TURISMO Oportunidades Regionais
APOSTAR NO TURISMO Oportunidades Regionais
 
Paulo matos gaviao 2
Paulo matos gaviao 2Paulo matos gaviao 2
Paulo matos gaviao 2
 
Carta aberta a juventude cruzalmense
Carta aberta a juventude cruzalmenseCarta aberta a juventude cruzalmense
Carta aberta a juventude cruzalmense
 

Semelhante a III Relatório de Actividades: Fevereiro - Abril de 2017

Ribatejo 2.0 - Outubro 2012
Ribatejo 2.0 - Outubro 2012Ribatejo 2.0 - Outubro 2012
Ribatejo 2.0 - Outubro 2012
jsribatejo
 
5º Relatório de Atividades: Julho a Outubro de 2019
5º Relatório de Atividades: Julho a Outubro de 20195º Relatório de Atividades: Julho a Outubro de 2019
5º Relatório de Atividades: Julho a Outubro de 2019
JSD Distrital de Lisboa
 
Juntos para ganhar 2013
Juntos para ganhar 2013Juntos para ganhar 2013
Juntos para ganhar 2013
Vasco Casimiro
 
Juntos para Ganhar 2013
Juntos para Ganhar 2013Juntos para Ganhar 2013
Juntos para Ganhar 2013
Nuno Antão
 
3º Relatório de Atividades: Fevereiro a Abril de 2019
3º Relatório de Atividades: Fevereiro a Abril de 20193º Relatório de Atividades: Fevereiro a Abril de 2019
3º Relatório de Atividades: Fevereiro a Abril de 2019
JSD Distrital de Lisboa
 
Moção Pedro Coimbra: PELO PS-SEMPRE E COM TODOS!
Moção Pedro Coimbra: PELO PS-SEMPRE E COM TODOS!Moção Pedro Coimbra: PELO PS-SEMPRE E COM TODOS!
Moção Pedro Coimbra: PELO PS-SEMPRE E COM TODOS!
coimbrapedro2014
 
Notícias das Gerais nº 86 - Edição Especial
Notícias das Gerais nº 86 - Edição Especial Notícias das Gerais nº 86 - Edição Especial
Notícias das Gerais nº 86 - Edição Especial
Associação Mineira de Municípios
 
Notícias das Gerais nº80
Notícias das Gerais nº80 Notícias das Gerais nº80
Notícias das Gerais nº80
Associação Mineira de Municípios
 
Newsletter Outubro 2013
Newsletter Outubro 2013Newsletter Outubro 2013
Newsletter Outubro 2013
Filipe Brígida
 
Acta am 220213
Acta am 220213Acta am 220213
Acta am 220213
Rafael Costa
 
Newsletter nº1 balanço 2012
Newsletter nº1 balanço 2012Newsletter nº1 balanço 2012
Newsletter nº1 balanço 2012
Alexandra Domingos
 
Notícias das Gerais nº 87
Notícias das Gerais nº 87Notícias das Gerais nº 87
Notícias das Gerais nº 87
Associação Mineira de Municípios
 
Nº 1 Jornal de Campanha da Candidatura Sempre Pela Maia
Nº 1 Jornal de Campanha da Candidatura Sempre Pela MaiaNº 1 Jornal de Campanha da Candidatura Sempre Pela Maia
Nº 1 Jornal de Campanha da Candidatura Sempre Pela Maia
SemprePelaMaia
 
Discurso paulo matos gaviao camara vereador PSD
Discurso paulo matos gaviao camara vereador PSDDiscurso paulo matos gaviao camara vereador PSD
Discurso paulo matos gaviao camara vereador PSD
Paulo Matos
 
Ds 2017 01_20
Ds 2017 01_20Ds 2017 01_20
Ds 2017 01_20
florinda almeida
 
Comissão Política PSD Cartaxo FUNDAMENTAL
Comissão Política PSD Cartaxo FUNDAMENTALComissão Política PSD Cartaxo FUNDAMENTAL
Comissão Política PSD Cartaxo FUNDAMENTAL
Psd Cartaxo
 
Jornal
Jornal Jornal
Jornal
Maicon Borges
 
Discurso psd xxxi aniversário município da amadora
Discurso psd xxxi aniversário município da amadoraDiscurso psd xxxi aniversário município da amadora
Discurso psd xxxi aniversário município da amadora
aamadoratemfuturo
 
Jornal sintracom abril
Jornal sintracom abrilJornal sintracom abril
Jornal sintracom abril
Aluane
 
Elza Vitório Apresentação Candidaturas 28 agosto 2013
Elza Vitório Apresentação Candidaturas 28 agosto 2013Elza Vitório Apresentação Candidaturas 28 agosto 2013
Elza Vitório Apresentação Candidaturas 28 agosto 2013
Manuela Ruivo
 

Semelhante a III Relatório de Actividades: Fevereiro - Abril de 2017 (20)

Ribatejo 2.0 - Outubro 2012
Ribatejo 2.0 - Outubro 2012Ribatejo 2.0 - Outubro 2012
Ribatejo 2.0 - Outubro 2012
 
5º Relatório de Atividades: Julho a Outubro de 2019
5º Relatório de Atividades: Julho a Outubro de 20195º Relatório de Atividades: Julho a Outubro de 2019
5º Relatório de Atividades: Julho a Outubro de 2019
 
Juntos para ganhar 2013
Juntos para ganhar 2013Juntos para ganhar 2013
Juntos para ganhar 2013
 
Juntos para Ganhar 2013
Juntos para Ganhar 2013Juntos para Ganhar 2013
Juntos para Ganhar 2013
 
3º Relatório de Atividades: Fevereiro a Abril de 2019
3º Relatório de Atividades: Fevereiro a Abril de 20193º Relatório de Atividades: Fevereiro a Abril de 2019
3º Relatório de Atividades: Fevereiro a Abril de 2019
 
Moção Pedro Coimbra: PELO PS-SEMPRE E COM TODOS!
Moção Pedro Coimbra: PELO PS-SEMPRE E COM TODOS!Moção Pedro Coimbra: PELO PS-SEMPRE E COM TODOS!
Moção Pedro Coimbra: PELO PS-SEMPRE E COM TODOS!
 
Notícias das Gerais nº 86 - Edição Especial
Notícias das Gerais nº 86 - Edição Especial Notícias das Gerais nº 86 - Edição Especial
Notícias das Gerais nº 86 - Edição Especial
 
Notícias das Gerais nº80
Notícias das Gerais nº80 Notícias das Gerais nº80
Notícias das Gerais nº80
 
Newsletter Outubro 2013
Newsletter Outubro 2013Newsletter Outubro 2013
Newsletter Outubro 2013
 
Acta am 220213
Acta am 220213Acta am 220213
Acta am 220213
 
Newsletter nº1 balanço 2012
Newsletter nº1 balanço 2012Newsletter nº1 balanço 2012
Newsletter nº1 balanço 2012
 
Notícias das Gerais nº 87
Notícias das Gerais nº 87Notícias das Gerais nº 87
Notícias das Gerais nº 87
 
Nº 1 Jornal de Campanha da Candidatura Sempre Pela Maia
Nº 1 Jornal de Campanha da Candidatura Sempre Pela MaiaNº 1 Jornal de Campanha da Candidatura Sempre Pela Maia
Nº 1 Jornal de Campanha da Candidatura Sempre Pela Maia
 
Discurso paulo matos gaviao camara vereador PSD
Discurso paulo matos gaviao camara vereador PSDDiscurso paulo matos gaviao camara vereador PSD
Discurso paulo matos gaviao camara vereador PSD
 
Ds 2017 01_20
Ds 2017 01_20Ds 2017 01_20
Ds 2017 01_20
 
Comissão Política PSD Cartaxo FUNDAMENTAL
Comissão Política PSD Cartaxo FUNDAMENTALComissão Política PSD Cartaxo FUNDAMENTAL
Comissão Política PSD Cartaxo FUNDAMENTAL
 
Jornal
Jornal Jornal
Jornal
 
Discurso psd xxxi aniversário município da amadora
Discurso psd xxxi aniversário município da amadoraDiscurso psd xxxi aniversário município da amadora
Discurso psd xxxi aniversário município da amadora
 
Jornal sintracom abril
Jornal sintracom abrilJornal sintracom abril
Jornal sintracom abril
 
Elza Vitório Apresentação Candidaturas 28 agosto 2013
Elza Vitório Apresentação Candidaturas 28 agosto 2013Elza Vitório Apresentação Candidaturas 28 agosto 2013
Elza Vitório Apresentação Candidaturas 28 agosto 2013
 

Mais de JSD Distrital de Lisboa

Segurança Social: Reformar pelo Futuro
Segurança Social: Reformar pelo FuturoSegurança Social: Reformar pelo Futuro
Segurança Social: Reformar pelo Futuro
JSD Distrital de Lisboa
 
Guia Polis XXI
Guia Polis XXIGuia Polis XXI
Guia Polis XXI
JSD Distrital de Lisboa
 
3ª Edição do Concurso Robert Schuman da JSD Distrital de Lisboa
3ª Edição do Concurso Robert Schuman da JSD Distrital de Lisboa3ª Edição do Concurso Robert Schuman da JSD Distrital de Lisboa
3ª Edição do Concurso Robert Schuman da JSD Distrital de Lisboa
JSD Distrital de Lisboa
 
Comunidade Vida e Paz: um exemplo de cidadania ativa
Comunidade Vida e Paz: um exemplo de cidadania ativaComunidade Vida e Paz: um exemplo de cidadania ativa
Comunidade Vida e Paz: um exemplo de cidadania ativa
JSD Distrital de Lisboa
 
Recomenda ao Governo o ensino de SBV nas escolas
Recomenda ao Governo o ensino de SBV nas escolasRecomenda ao Governo o ensino de SBV nas escolas
Recomenda ao Governo o ensino de SBV nas escolas
JSD Distrital de Lisboa
 
Habitação: novas respostas para um direito de todos
Habitação: novas respostas para  um direito de todosHabitação: novas respostas para  um direito de todos
Habitação: novas respostas para um direito de todos
JSD Distrital de Lisboa
 
2º Relatório de Atividades: Outubro de 2018 a Janeiro de 2019
2º Relatório de Atividades: Outubro de 2018 a Janeiro de 20192º Relatório de Atividades: Outubro de 2018 a Janeiro de 2019
2º Relatório de Atividades: Outubro de 2018 a Janeiro de 2019
JSD Distrital de Lisboa
 
Proteger Quem Cuida - Regulamentação do Estatuto de Cuidador Informal
Proteger Quem Cuida - Regulamentação do Estatuto de Cuidador InformalProteger Quem Cuida - Regulamentação do Estatuto de Cuidador Informal
Proteger Quem Cuida - Regulamentação do Estatuto de Cuidador Informal
JSD Distrital de Lisboa
 
Análise do Orçamento do Estado 2019
Análise do Orçamento do Estado 2019Análise do Orçamento do Estado 2019
Análise do Orçamento do Estado 2019
JSD Distrital de Lisboa
 
2ª Edição do Concurso Robert Schuman da JSD Distrital de Lisboa
2ª Edição do Concurso Robert Schuman da JSD Distrital de Lisboa2ª Edição do Concurso Robert Schuman da JSD Distrital de Lisboa
2ª Edição do Concurso Robert Schuman da JSD Distrital de Lisboa
JSD Distrital de Lisboa
 
Jovens e a Europa
Jovens e a EuropaJovens e a Europa
Jovens e a Europa
JSD Distrital de Lisboa
 
Banco Central Europeu
Banco Central EuropeuBanco Central Europeu
Banco Central Europeu
JSD Distrital de Lisboa
 
Tribunal de Justiça da União Europeia
Tribunal de Justiça da União EuropeiaTribunal de Justiça da União Europeia
Tribunal de Justiça da União Europeia
JSD Distrital de Lisboa
 
Comissão Europeia & Parlamento Europeu
Comissão Europeia & Parlamento EuropeuComissão Europeia & Parlamento Europeu
Comissão Europeia & Parlamento Europeu
JSD Distrital de Lisboa
 
Conselho Europeu & Conselho da União Europeia
Conselho Europeu & Conselho da União EuropeiaConselho Europeu & Conselho da União Europeia
Conselho Europeu & Conselho da União Europeia
JSD Distrital de Lisboa
 
O que implica estar na Eunião Europeia e na Zona Euro?
O que implica estar na Eunião Europeia e na Zona Euro?O que implica estar na Eunião Europeia e na Zona Euro?
O que implica estar na Eunião Europeia e na Zona Euro?
JSD Distrital de Lisboa
 
A História da União Europeia
A História da União EuropeiaA História da União Europeia
A História da União Europeia
JSD Distrital de Lisboa
 
O que é a União Europeia?
O que é a União Europeia?O que é a União Europeia?
O que é a União Europeia?
JSD Distrital de Lisboa
 
I Relatório de Comunicação: Julho - Outubro de 2016
I Relatório de Comunicação: Julho - Outubro de 2016I Relatório de Comunicação: Julho - Outubro de 2016
I Relatório de Comunicação: Julho - Outubro de 2016
JSD Distrital de Lisboa
 

Mais de JSD Distrital de Lisboa (19)

Segurança Social: Reformar pelo Futuro
Segurança Social: Reformar pelo FuturoSegurança Social: Reformar pelo Futuro
Segurança Social: Reformar pelo Futuro
 
Guia Polis XXI
Guia Polis XXIGuia Polis XXI
Guia Polis XXI
 
3ª Edição do Concurso Robert Schuman da JSD Distrital de Lisboa
3ª Edição do Concurso Robert Schuman da JSD Distrital de Lisboa3ª Edição do Concurso Robert Schuman da JSD Distrital de Lisboa
3ª Edição do Concurso Robert Schuman da JSD Distrital de Lisboa
 
Comunidade Vida e Paz: um exemplo de cidadania ativa
Comunidade Vida e Paz: um exemplo de cidadania ativaComunidade Vida e Paz: um exemplo de cidadania ativa
Comunidade Vida e Paz: um exemplo de cidadania ativa
 
Recomenda ao Governo o ensino de SBV nas escolas
Recomenda ao Governo o ensino de SBV nas escolasRecomenda ao Governo o ensino de SBV nas escolas
Recomenda ao Governo o ensino de SBV nas escolas
 
Habitação: novas respostas para um direito de todos
Habitação: novas respostas para  um direito de todosHabitação: novas respostas para  um direito de todos
Habitação: novas respostas para um direito de todos
 
2º Relatório de Atividades: Outubro de 2018 a Janeiro de 2019
2º Relatório de Atividades: Outubro de 2018 a Janeiro de 20192º Relatório de Atividades: Outubro de 2018 a Janeiro de 2019
2º Relatório de Atividades: Outubro de 2018 a Janeiro de 2019
 
Proteger Quem Cuida - Regulamentação do Estatuto de Cuidador Informal
Proteger Quem Cuida - Regulamentação do Estatuto de Cuidador InformalProteger Quem Cuida - Regulamentação do Estatuto de Cuidador Informal
Proteger Quem Cuida - Regulamentação do Estatuto de Cuidador Informal
 
Análise do Orçamento do Estado 2019
Análise do Orçamento do Estado 2019Análise do Orçamento do Estado 2019
Análise do Orçamento do Estado 2019
 
2ª Edição do Concurso Robert Schuman da JSD Distrital de Lisboa
2ª Edição do Concurso Robert Schuman da JSD Distrital de Lisboa2ª Edição do Concurso Robert Schuman da JSD Distrital de Lisboa
2ª Edição do Concurso Robert Schuman da JSD Distrital de Lisboa
 
Jovens e a Europa
Jovens e a EuropaJovens e a Europa
Jovens e a Europa
 
Banco Central Europeu
Banco Central EuropeuBanco Central Europeu
Banco Central Europeu
 
Tribunal de Justiça da União Europeia
Tribunal de Justiça da União EuropeiaTribunal de Justiça da União Europeia
Tribunal de Justiça da União Europeia
 
Comissão Europeia & Parlamento Europeu
Comissão Europeia & Parlamento EuropeuComissão Europeia & Parlamento Europeu
Comissão Europeia & Parlamento Europeu
 
Conselho Europeu & Conselho da União Europeia
Conselho Europeu & Conselho da União EuropeiaConselho Europeu & Conselho da União Europeia
Conselho Europeu & Conselho da União Europeia
 
O que implica estar na Eunião Europeia e na Zona Euro?
O que implica estar na Eunião Europeia e na Zona Euro?O que implica estar na Eunião Europeia e na Zona Euro?
O que implica estar na Eunião Europeia e na Zona Euro?
 
A História da União Europeia
A História da União EuropeiaA História da União Europeia
A História da União Europeia
 
O que é a União Europeia?
O que é a União Europeia?O que é a União Europeia?
O que é a União Europeia?
 
I Relatório de Comunicação: Julho - Outubro de 2016
I Relatório de Comunicação: Julho - Outubro de 2016I Relatório de Comunicação: Julho - Outubro de 2016
I Relatório de Comunicação: Julho - Outubro de 2016
 

III Relatório de Actividades: Fevereiro - Abril de 2017

  • 1. RELATÓRIODE ACTIVIDADES Fevereiro a Abril de 2017 | MANDATO 2016-2018 3
  • 2. INFORMAÇÃO ESCRITA Fevereiro a Abril de 2017 | MANDATO 2016-2018 RA-JSD | Abril 2017 A Comissão Política Distrital de Lisboa da JSD, eleita a 2 de Julho de 2016, está prestes a fazer 10 meses de atividade política. Fomos eleitos com um objetivo claro: trabalhar com dedicação para elevar a Distrital de Lisboa a força liderante das organizações políticas juvenis do país. Neste III Conselho Distrital de Lisboa, queria destacar que tudo temos feito para cumprir este obje- tivo. Estabelecemos prioridades, definimos linhas de ação e procuramos diariamente implemen- tar a estratégia definida e sufragada pelo Distrito. Percorrido este caminho, há hoje uma estabili- dade e previsibilidade que apenas o trabalho constante permitem. A JSD Distrital de Lisboa é hoje uma estrutura da qual todos os que acompanham as juventudes partidárias, interna e externa- mente, sabem com o que podem contar. Esta estabilidade e firmeza no caminho traçado tem permitido crescer em dinamismo, em ideias e propostas, em tomadas de posição e em grandes eventos, próprios de um Distrito como o nosso. Nada menos que isto se pode exigir à Distrital de Lisboa da JSD. Se não o fizermos, falhamos com os militantes que nos elegeram e com o que representa ser da Distrital da capital de Portugal. Na prática, o que então representa ser da JSD Distrital de Lisboa? Este último trimestre deu-nos um excelente exemplo: o Fórum Jovem com o Presidente do PSD, Pedro Passos Coelho. Um formato diferente, adaptado aos jovens, com um dos políticos mais importantes de Portugal das últimas décadas, com cerca de 150 participantes a debater vários temas relevantes para nós, jovens: acesso ao emprego, emprego, Europa, legislação laboral, Segurança Social, extremismos políti- cos, mobilidade, etc. Este evento, que marcou o fim do Mês do Emprego, é o que se espera de uma Distrital como a nossa. Receber o Presidente do PSD num evento organizado pela Distrital é motivo de orgulho para todos os que, todos os dias, trabalham por uma Lisboa Forte. O Mês do Emprego é o facto político mais relevante da nossa atividade desde o Conselho Distrital de Janeiro. Depois da Educação e da Cidadania, a fasquia estava alta. Conseguimos fazer um mês, Caro Conselheiro Distrital de Lisboa, Decidi começar este 2º relatório de actividades do mandato com uma citação de Winston Churchill que faz um bom retracto dos desafios que se colocam a nós, dirigentes da JSD, neste início de 2017:
  • 3. Informação Escrita | FEVEREIRO A ABRL DE 2017 2/17 RA-JSD | Abril 2017 no qual reunimos e discutimos com 10 organizações que importam para o Emprego: StartUp Lisboa, Fábrica de Startups, ANJE, Portugal Ventures, UGT - Comissão de Juventude, AICEP, CIP e ainda, 3 empresas, o Huawei, Cabify e Santander Totta. Este Mês do Emprego permitiu também usar as redes sociais para partilhar 20 Pensamentos de um Jovem, no qual todos os jovens se revêm, seja por experiência própria, seja em familiares, amigos e conhecidos. A conquista da independência por parte de um jovem esteve presente em todos os Pensamentos que partilhámos. Sendo um tema que nos preocupa e pelo qual lutamos, avançamos com uma medida corajosa que visa aumentar o acesso ao emprego por parte dos jovens, dando um claro incentivo às empresas para contratar, ao mesmo tempo que permite maior rendimento disponível para a emancipação: TSU 0 para jovens até aos 30 anos. E porque a JSD Distrital de Lisboa acredita firmemente que cabe ao sector empresarial a criação de emprego, escrevemos uma carta aberta a todas as Associações Empresariais de Portugal para apelamos às nossas empresas que promovam mais estágios de verão para estudantes. Todos temos a ganhar com a generalização deste tipo de programas, tão procurados hoje em dia por cada vez mais jovens. Continuámos, neste trimestre, a demonstrar que a geringonça de António Costa consegue baixar o défice à custa de um brutal aumento de impostos indiretos, como é caso do imposto sobre os combustíveis, que faz hoje com que Portugal seja dos países do mundo com a gasolina mais cara. Se tudo corre tão bem, como sugere a propaganda governamental, se ultrapassamos em larga medida os objetivos acordados para a redução do défice público, não será já o tempo de o governo do PS decidir aliviar a elevada carga fiscal sobre as famílias e empresas? Por outro lado, se há tema que é comum a todo o Distrito é a mobilidade, na qual mais uma vez não percebemos a estratégia do governo, apenas preocupado em acalmar os sindicatos, em vez de reformar e melhorar o sistema de mobilidade na Área Metropolitana de Lisboa. Neste sentido, depois da confusão no Metro de Lisboa com a falta de bilhetes, novo episódio que ilustra a incapacidade deste governo nesta área: o passe trimodal entre a Rodoviária de Lisboa, Carris e Metro acabou a 31 de Março de 2017. A Rodoviária de Lisboa transporta 200 mil pessoas por dia nos concelhos de Lisboa, Loures, Odivelas e Vila Franca de Xira. Com a ausência de esclarecimentos da tutela e da gestão de empresas públicas como a Carris e o Metro de Lisboa, a JSD Distrital de Lisboa fez chegar à Autoridade Metropolitana de Transportes
  • 4. um pedido de esclarecimentos sobre esta situação que afecta a mobilidade de milhares de pessoas no Distrito de Lisboa. Imaginem o que diriam os sindicatos, o PCP e o Bloco de Esquerda se isto acontecesse durante um governo PSD? É apenas mais um exemplo das prioridades deste governo e dos seus aliados. Mais recentemente, as notícias sobre o arrendamento de beliches em Lisboa mereceram também uma resposta por parte da JSD Distrital de Lisboa. O que veio a pública ilustra uma geração sem independência, condenada a viver em camaratas pagas a preço de hotel por uma política de habi- tação ultrapassada. As alterações do governo do PS e da extrema-esquerda representam um regresso ao passado, em que o Estado obriga os proprietários a substituírem-se à Segurança Social, desresponsabilizando-se do seu papel social de garante do direito à habitação. O congelamento de rendas injustificado, a falta de verbas para o Porta 65 e as reversões do PS às reformas do arrendamento de 2012 geram menos casas, fuga de investimento para fins turísticos, rendas mais caras e inacessíveis para os jovens se emanciparem e conseguirem a sua habitação. A alternativa: beliches a 250€/cama em Lisboa. Este não é o futuro que os jovens portugueses merecem. Uma última palavra para as Autárquicas de 1 de Outubro deste ano. É com alegria que, enquanto Presidente da JSD Distrital de Lisboa, vou assistindo e sentindo à mobilização por parte das várias concelhias da JSD para os embates que iremos travar nos 10 concelhos do Distrito. São umas eleições difíceis para o PSD no nosso Distrito, seja pelo contexto nacional onde o governo vai man- tendo a ilusão de que o país está melhor hoje, seja porque somos apenas poder em 2 municípios (Cascais e Mafra) e enfrentamos em vários municípios, Presidentes de Câmara do PS, PCP e inde- pendentes, eleitos pela primeira vez em 2013. Porém, estou certo que seriam mais difíceis para o PSD se não contasse, como contará, com uma JSD mobilizada para as ruas e com ideias para fortalecer os nossos programas e estratégias. A JSD Distrital de Lisboa continua o caminho de preparação, ao lado das concelhias, para ajudar a vencer as próximas eleições autárquicas. Juntos somos mais fortes. Sempre! Alexandre Poço Presidente da Comissão Política Distrital de Lisboa da JSD RA-JSD | Abril 2017 Informação Escrita | FEVEREIRO A ABRL DE 2017 3/17
  • 5. Reunião de Comissão Política RELATÓRIO DE ACTIVIDADES VI Reunião de CP 27 de Março Sede do PSD Distrital de Lisboa, Campo de Ourique Fevereiro a Abril de 2017 | MANDATO 2016-2018 RA-JSD | Abril 2017
  • 6. 5/17 Dias Comemorativos Dia Internacional da Mulher 8 de Março Dia Nacional do Estudante 24 de Março Páscoa 14 de Abril 3. º Relatório de Actividades | FEVEREIRO A ABRIL DE 2017 RA-JSD | Abril 2017
  • 7. Dia da Liberdade: 25 de Abril de 1974 Dias Comemorativos As operações militares começam. Uma das senhas, a canção "E depois do Adeus", cantada por Paulo de Carvalho, é emitida pelos Emissores Associados de Lisboa. É transmitida a canção "Grândola, Vila Morena", de José Afonso, no programa Limite, da Rádio Renascença. Foi a senha escolhida pelos militares do MFA para confirmar que as operações militares estão em marcha e são irreversíveis. Primeiro comunicado do MFA difundido pelo Rádio Clube Portu- guês. Forças da Escola Prática de Cavalaria de Santarém, comandadas pelo capitão Salgueiro Maia, estacionam no Terreiro do Paço, em Lisboa. Fragata "Gago Coutinho" toma posição no Tejo, em frente ao Terreiro do Paço. As tropas de Salgueiro Maia cercam o Largo do Carmo e recebem ordens para abrir fogo sobre o Quartel da GNR para obter a rendição de Marcello Caetano. Além do presiden- te do Conselho, no quartel estão mais dois ministros do seu Governo. Vivem-se momentos de tensão no largo, onde centenas de pessoas acompanham os acontecimentos. 24 de Abril 25 de Abril RA-JSD | Abril 2017 6/17 3. º Relatório de Actividades | FEVEREIRO A ABRIL DE 2017
  • 8. Dias Comemorativos 25 de Abril de 1974 Depois de expirar o prazo inicial para a rendição anunciado por megafone pelo capitão Salgueiro Maia e de negociações, Marcello Caetano anuncia rendição e pede que um oficial do MFA de patente não inferior a coronel se apresente no quartel. O general António de Spínola, mandatado pelo MFA, vai negociar a rendição do Governo no quartel do Carmo. É hasteada a bandeira branca. A chaimite "Bula" entra no quartel e retira Marcello Caetano e mais dois ministros, Rui Patrício e Moreira Baptista. São transportados para o Posto de Comando do MFA, no Quartel da Pontinha. É lida, através dos emissores do RCP, a Proclamação do Movimento das Forças Armadas. É finalmente apresentada a Junta de Salvação Nacional, que inclui o capitão-de-fragata Rosa Coutinho, coronel Galvão de Melo, general Costa Gomes, brigadeiro Jaime Silvério Marques, capitão-de-mar-e-guerra Pinheiro de Azevedo e o general Manuel Diogo Neto. Todos, excepto Diogo Neto, são filmados pelas câmaras da RTP. Spínola lidera. Rendição da PIDE/DGS. Começa a libertação dos presos políticos de Caxias e Peniche. 26 de Abril RA-JSD | Abril 2017 7/17 3. º Relatório de Actividades | FEVEREIRO A ABRIL DE 2017
  • 9. Debates Juvenis “Legalização das Drogas Leves?” pelo NES Camões 2 de Fevereiro Escola Secundária de Camões “Trump e Le Pen: será a ascenção da extrema direita?” pelo NES Camões 28 de Março Escola Secundária de Camões RA-JSD | Abril 2017 8/17 3. º Relatório de Actividades | FEVEREIRO A ABRIL DE 2017
  • 10. 200 mil pessoas sem mobilidade em Lisboa 8 de Fevereiro Intervenção RA-JSD | Abril 2017 9/17 3. º Relatório de Actividades | FEVEREIRO A ABRIL DE 2017 Pedido de Informação Esclarecimento - Rodoviária de Lisboa 16 de Fevereiro Combustíveis a Preço de Ouro 20 de Abril Uma Geração sem Independência 21 de Abril
  • 11. Futurália 2017 Futurália - A vida é tua 29 de Março a 1 de Abril Feira Internacional de Lisboa RA-JSD | Abril 2017 10/17 3. º Relatório de Actividades | FEVEREIRO A ABRIL DE 2017
  • 12. Missão 2017 Volta às Concelhias: Vila Franca de Xira 28 de Fevereiro Volta às Concelhias: Sintra 4 de Abril RA-JSD | Abril 2017 11/17 3. º Relatório de Actividades | FEVEREIRO A ABRIL DE 2017
  • 13. Mês do Emprego: Pensamentos de um Jovem Pensamentos de um Jovem 8 de Fevereiro a 12 de Março RA-JSD | Abril 2017 12/17 3. º Relatório de Actividades | FEVEREIRO A ABRIL DE 2017
  • 14. Mês do Emprego: Reuniões StartUp Lisboa 15 de Fevereiro Fábrica de Startups 17 de Fevereiro UGT - Comissão de Juventude 8 de Março CIP - Confederação Empresarial de Portugal 13 de Março ANJE - Associação Nacional de Jovens Empresários 24 de Fevereiro Portugal Ventures 7 de Março Nota: A Comissão Política Distrital de lisboa reuniu com a aicep Portugal Global no dia 6 de Março de 2017 às 16h. RA-JSD | Abril 2017 13/17 3. º Relatório de Actividades | FEVEREIRO A ABRIL DE 2017
  • 15. Mês do Emprego: TSU 0 TSU 0 para Jovens até aos 30 anos 3 de Março RA-JSD | Abril 2017 14/17 3. º Relatório de Actividades | FEVEREIRO A ABRIL DE 2017
  • 16. Mês do Emprego: Conferências “Emprego Jovem: o que temos, o que queremos” com Hugo Carvalho, Rui Neto Pereira e Aberto Ferreira 6 de Fevereiro “Tecnologia, Emprego e Futuro” com Cabify, Huawei e Santander Totta 23 de Fevereiro Fórum Jovem com Pedro Passos Coelho 14 de Março RA-JSD | Abril 2017 15/17 3. º Relatório de Actividades | FEVEREIRO A ABRIL DE 2017
  • 17. Estágios de Verão Carta aberta às Associações Empresariais de Portugal 24 de Abril Carta aberta às Associações Empresariais de Portugal O Emprego é um dos pilares da vida de um jovem quando inicia a sua transição para a vida adulta. Todos queremos uma sociedade onde o emprego e o potencial empreendedor de um jovem são o passaporte para a realização pessoal e para uma carreira de sucesso. Para cumprir este desiderato, é necessário construir um mercado justo e competitivo, que potencia a atração de investimento e criação de emprego para os jovens. A taxa de desemprego jovem média dos países da OCDE registou, em novembro de 2016, pelo segundo mês consecutivo, os 12,8%. Em Portugal, a taxa de desemprego entre os jovens situou-se nos 27,2% em novembro de 2016 e em 26,4% em dezembro de 2016. A nível europeu, apenas Espanha, Grécia e Itália apresentam taxas de desemprego jovem mais elevadas que Portugal. Os jovens enfrentam inúmeros desafios inerentes à sua emancipação, sendo a conquista do primeiro emprego um dos mais importantes. A capacidade de adquirir experiências profissionais ao longo da formação educativa, nomeadamente durante o Ensino Superior, é relevante para potenciar uma mais rápida inserção no mercado de trabalho. Acreditamos que, a par da formação académica de qualidade, a possibilidade de realizar estágios de verão é altamente enriquecedora para os jovens, que podem assim perceber a aplicação dos conceitos da sala de aula ao dia-a-dia da economia, das empresas e da sociedade. Uma economia e um tecido empresarial que potenciem estas experiências contribuem positivamente para o futuro dos nossos jovens. As economias mais avançadas da OCDE e da União Europeia, onde o desemprego jovem é mais baixo (Alemanha, Holanda, Dinamarca, Reino Unido), incentivam os estudantes, desde cedo, a procurarem estágios e experiências profissionais. A JSD Distrital de Lisboa acredita firmemente que cabe ao sector empresarial a criação de emprego, pelo que apelamos às empresas portuguesas que promovam mais estágios de verão para estudantes. Todos temos a ganhar com a generalização deste tipo de programas, tão procurados hoje em dia por cada vez mais jovens. Os benefícios são para os jovens, mas também, para as nossas empresas. O jovem adquirirá experiência de uma atividade que lhe interesse, o que permitirá não só o desenvolvimento pessoal, mas também um aumento de conhecimento para a escolha futura da profissão ou atividade, potenciando as suas hipóteses de conquistar o 1º emprego ou até, de descobrir uma área na qual pretender abrir o seu próprio negócio. O empregador terá, na sua equipa, um jovem com conhecimento académico atual, que traz novas ideias e inovação à organização, ao mesmo tempo que a empresa poderá também descobrir talento e garantir futuros grandes quadros. JSD | ABR. 2017 Um movimento destes não necessita de legislação específica. Necessita de um movimento generalizado das nossas empresas, de forma a consagrar esta possibilidade na vida dos estudantes, tornando-a prática comum em todos os sectores da economia. Acreditamos que, desta forma, poderemos fortalecer o tecido empresarial de Portugal e o desenvolvimento pessoal e profissional dos jovens – construtores do presente e do futuro do nosso país. JSD Distrital de Lisboa Carta aberta às Associações Empresariais de Portugal JSD | ABR. 2017 RA-JSD | Abril 2017 16/17 3. º Relatório de Actividades | FEVEREIRO A ABRIL DE 2017