SlideShare uma empresa Scribd logo
 
I Mostra Cultural Africana da EMEF Dr. Nelson Paim Terra Cronograma I Mostra Cultural Africana da EJA Filme Palestra Janta Africana Preparação Exposição Pagode Capoeira Janta Africana Pintura  Das Máscaras Janta Africana Confecção das Máscaras por turma Labin Máscaras, Lendas, Pensamentos de Mandela Biblioteca Leitura Cultura Negra Sábado (19/11) Sexta-feira (18/11) Quinta-feira (17/11) Quarta-feira (16/11) Sexta-feira (11/11) Quinta-feira (10/11) Quarta-feira (09/11)
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Moqueca de frango, arroz hauçá, feijão, salada verde Arroz de hauçá, carne frita de porco, lentilha, e farofa de legumes Carne à Tanzânia, Arroz de hauçá, feijoada, couve refogada, salada de tomate Sexta-feira 18/11/11 Quinta-feira 17/11/11 Quarta-feira 16/11/11
ANEMIA FALCIFORME ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Úlcera (ferida) de Perna: ocorre mais freqüentemente próximo aos tornozelos, a partir da adolescência. As úlceras podem levar anos para a cicatrização completa, se não forem bem cuidadas no início do seu aparecimento. Para prevenir o aparecimento das úlceras, os pacientes devem usar meias grossas e sapatos; Seqüestro do Sangue no Baço: o baço é o órgão que filtra o sangue. Em crianças com anemia falciforme, o baço pode aumentar rapidamente por seqüestrar todo o sangue e isso pode levar rapidamente à morte por falta de sangue para os outros órgãos, como o cérebro e o coração. É uma complicação da doença que envolve risco de vida e exige tratamento emergencial. DIAGNÓSTICO A detecção é feita através do exame eletroforese de hemoglobina. O teste do pezinho, realizado gratuitamente antes do bebê receber alta da maternidade, proporciona a detecção precoce de hemoglobinopatias, como a anemia falciforme. TRATAMENTO Quando descoberta a doença, o bebê deve ter acompanhamento médico adequado baseado num programa de atenção integral. Nesse programa, os pacientes devem ser acompanhados por toda a vida por uma equipe com vários profissionais treinados no tratamento da anemia falciforme para orientar a família e o doente a descobrir rapidamente os sinais de gravidade da doença, a tratar adequadamente as crises e a praticar medidas para sua prevenção. A equipe é formada por médicos, enfermeiras, assistentes sociais, nutricionistas, psicólogos, dentistas, etc. Além disso, as crianças devem ter seu crescimento e desenvolvimento acompanhados, como normalmente é feito com todas as outras crianças que não têm a doença. *Manual da Anemia Falciforme - Ministério da Saúde 2011

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a I Mostra Cultura Africana - Apresentação

Alexandra Simeaao - Anemia Falciforme, DW Debate 2014/12/12
Alexandra Simeaao - Anemia Falciforme, DW Debate 2014/12/12Alexandra Simeaao - Anemia Falciforme, DW Debate 2014/12/12
Alexandra Simeaao - Anemia Falciforme, DW Debate 2014/12/12
Development Workshop Angola
 
Anemia na Infância
Anemia na InfânciaAnemia na Infância
Anemia na Infância
blogped1
 
Apres-a12.m12.d12-Neusa-Agafal-Anemia-Falciforme.ppt
Apres-a12.m12.d12-Neusa-Agafal-Anemia-Falciforme.pptApres-a12.m12.d12-Neusa-Agafal-Anemia-Falciforme.ppt
Apres-a12.m12.d12-Neusa-Agafal-Anemia-Falciforme.ppt
Paty Xavier
 
ANEMIA FALCIFORME
ANEMIA FALCIFORMEANEMIA FALCIFORME
ANEMIA FALCIFORME
Juliana Barbosa
 
Apres-a12.m12.d12-Neusa-Agafal-Anemia-Falciforme.ppt
Apres-a12.m12.d12-Neusa-Agafal-Anemia-Falciforme.pptApres-a12.m12.d12-Neusa-Agafal-Anemia-Falciforme.ppt
Apres-a12.m12.d12-Neusa-Agafal-Anemia-Falciforme.ppt
sergio_chumbinho
 
anemia falciforme
anemia falciformeanemia falciforme
anemia falciforme
Paula Saraiva
 
Anemia completo
Anemia completoAnemia completo
Anemia completo
MarryFts
 
Faciforme doença ilustrativo informativo
Faciforme doença ilustrativo informativoFaciforme doença ilustrativo informativo
Faciforme doença ilustrativo informativo
DressinhaAparecida1
 
Doença Falciforme - Manual do Agente
Doença Falciforme - Manual do AgenteDoença Falciforme - Manual do Agente
Doença Falciforme - Manual do Agente
cipasap
 
Doenças prevalentes em crianças menores de 5 anos
Doenças prevalentes em crianças menores de 5 anosDoenças prevalentes em crianças menores de 5 anos
Doenças prevalentes em crianças menores de 5 anos
KarineRibeiro57
 
Trabalho anemia
Trabalho anemiaTrabalho anemia
Trabalho anemia
Allison Azevedo
 
Herança autossômica recessiva (1)
Herança autossômica recessiva (1)Herança autossômica recessiva (1)
Herança autossômica recessiva (1)
Kelvia Dias
 
Herança autossômica recessiva
Herança autossômica recessiva Herança autossômica recessiva
Herança autossômica recessiva
Kelvia Dias
 
Helmintíases
HelmintíasesHelmintíases
Helmintíases
letyap
 
1227028202277 dengue capacitação enfermagem novembro 2008
1227028202277 dengue capacitação enfermagem novembro 20081227028202277 dengue capacitação enfermagem novembro 2008
1227028202277 dengue capacitação enfermagem novembro 2008
Pierre Wagner Santos Silva
 
anemiafalciforme-150911070504-lva1-app6891.pdf
anemiafalciforme-150911070504-lva1-app6891.pdfanemiafalciforme-150911070504-lva1-app6891.pdf
anemiafalciforme-150911070504-lva1-app6891.pdf
sergio_chumbinho
 
Anemia Falciforme
Anemia FalciformeAnemia Falciforme
Anemia Falciforme
Samuel Cevidanes
 
Doença Falciforme - Manual do Professor
Doença Falciforme - Manual do ProfessorDoença Falciforme - Manual do Professor
Doença Falciforme - Manual do Professor
cipasap
 
Estudo de caso anemia falciforme
Estudo de caso anemia falciforme Estudo de caso anemia falciforme
Estudo de caso anemia falciforme
luzienne moraes
 
FenilcetonúRia
FenilcetonúRiaFenilcetonúRia
FenilcetonúRia
tiafer96
 

Semelhante a I Mostra Cultura Africana - Apresentação (20)

Alexandra Simeaao - Anemia Falciforme, DW Debate 2014/12/12
Alexandra Simeaao - Anemia Falciforme, DW Debate 2014/12/12Alexandra Simeaao - Anemia Falciforme, DW Debate 2014/12/12
Alexandra Simeaao - Anemia Falciforme, DW Debate 2014/12/12
 
Anemia na Infância
Anemia na InfânciaAnemia na Infância
Anemia na Infância
 
Apres-a12.m12.d12-Neusa-Agafal-Anemia-Falciforme.ppt
Apres-a12.m12.d12-Neusa-Agafal-Anemia-Falciforme.pptApres-a12.m12.d12-Neusa-Agafal-Anemia-Falciforme.ppt
Apres-a12.m12.d12-Neusa-Agafal-Anemia-Falciforme.ppt
 
ANEMIA FALCIFORME
ANEMIA FALCIFORMEANEMIA FALCIFORME
ANEMIA FALCIFORME
 
Apres-a12.m12.d12-Neusa-Agafal-Anemia-Falciforme.ppt
Apres-a12.m12.d12-Neusa-Agafal-Anemia-Falciforme.pptApres-a12.m12.d12-Neusa-Agafal-Anemia-Falciforme.ppt
Apres-a12.m12.d12-Neusa-Agafal-Anemia-Falciforme.ppt
 
anemia falciforme
anemia falciformeanemia falciforme
anemia falciforme
 
Anemia completo
Anemia completoAnemia completo
Anemia completo
 
Faciforme doença ilustrativo informativo
Faciforme doença ilustrativo informativoFaciforme doença ilustrativo informativo
Faciforme doença ilustrativo informativo
 
Doença Falciforme - Manual do Agente
Doença Falciforme - Manual do AgenteDoença Falciforme - Manual do Agente
Doença Falciforme - Manual do Agente
 
Doenças prevalentes em crianças menores de 5 anos
Doenças prevalentes em crianças menores de 5 anosDoenças prevalentes em crianças menores de 5 anos
Doenças prevalentes em crianças menores de 5 anos
 
Trabalho anemia
Trabalho anemiaTrabalho anemia
Trabalho anemia
 
Herança autossômica recessiva (1)
Herança autossômica recessiva (1)Herança autossômica recessiva (1)
Herança autossômica recessiva (1)
 
Herança autossômica recessiva
Herança autossômica recessiva Herança autossômica recessiva
Herança autossômica recessiva
 
Helmintíases
HelmintíasesHelmintíases
Helmintíases
 
1227028202277 dengue capacitação enfermagem novembro 2008
1227028202277 dengue capacitação enfermagem novembro 20081227028202277 dengue capacitação enfermagem novembro 2008
1227028202277 dengue capacitação enfermagem novembro 2008
 
anemiafalciforme-150911070504-lva1-app6891.pdf
anemiafalciforme-150911070504-lva1-app6891.pdfanemiafalciforme-150911070504-lva1-app6891.pdf
anemiafalciforme-150911070504-lva1-app6891.pdf
 
Anemia Falciforme
Anemia FalciformeAnemia Falciforme
Anemia Falciforme
 
Doença Falciforme - Manual do Professor
Doença Falciforme - Manual do ProfessorDoença Falciforme - Manual do Professor
Doença Falciforme - Manual do Professor
 
Estudo de caso anemia falciforme
Estudo de caso anemia falciforme Estudo de caso anemia falciforme
Estudo de caso anemia falciforme
 
FenilcetonúRia
FenilcetonúRiaFenilcetonúRia
FenilcetonúRia
 

Mais de alexrrosaueja

Platão
PlatãoPlatão
Platão
alexrrosaueja
 
Projeto Conhecendo Nossas Origens - EMEF Rio Grande do Sul
Projeto Conhecendo Nossas Origens - EMEF Rio Grande do SulProjeto Conhecendo Nossas Origens - EMEF Rio Grande do Sul
Projeto Conhecendo Nossas Origens - EMEF Rio Grande do Sul
alexrrosaueja
 
Projeto Educação Física para a EJA
Projeto Educação Física para a EJAProjeto Educação Física para a EJA
Projeto Educação Física para a EJA
alexrrosaueja
 
Regimento da EJA - 2012 - Recortes - Prof. Elisângela Trentin
Regimento da EJA - 2012 - Recortes - Prof. Elisângela TrentinRegimento da EJA - 2012 - Recortes - Prof. Elisângela Trentin
Regimento da EJA - 2012 - Recortes - Prof. Elisângela Trentin
alexrrosaueja
 
Prof. Danilo - Curso da Diversidade - Indígenas - Mapas
Prof. Danilo - Curso da Diversidade - Indígenas - MapasProf. Danilo - Curso da Diversidade - Indígenas - Mapas
Prof. Danilo - Curso da Diversidade - Indígenas - Mapasalexrrosaueja
 
Prof. Christiane Oliveira - EMEF Santos Dumont
Prof. Christiane Oliveira - EMEF Santos DumontProf. Christiane Oliveira - EMEF Santos Dumont
Prof. Christiane Oliveira - EMEF Santos Dumont
alexrrosaueja
 
Prof. Viviane Furtado - EMEF Nelson P. Terra - Projeto Educação Ambiental
Prof. Viviane Furtado - EMEF Nelson P. Terra - Projeto Educação AmbientalProf. Viviane Furtado - EMEF Nelson P. Terra - Projeto Educação Ambiental
Prof. Viviane Furtado - EMEF Nelson P. Terra - Projeto Educação Ambiental
alexrrosaueja
 
Jorge Floriano - MP/RS - Direitos Humanos
Jorge Floriano - MP/RS - Direitos HumanosJorge Floriano - MP/RS - Direitos Humanos
Jorge Floriano - MP/RS - Direitos Humanos
alexrrosaueja
 
Joiran M. da Silva - MEC - Educação Inclusiva
Joiran M. da Silva - MEC - Educação InclusivaJoiran M. da Silva - MEC - Educação Inclusiva
Joiran M. da Silva - MEC - Educação Inclusiva
alexrrosaueja
 
Gládis Kaercher - UFRGS - Diversidade
Gládis Kaercher - UFRGS - DiversidadeGládis Kaercher - UFRGS - Diversidade
Gládis Kaercher - UFRGS - Diversidade
alexrrosaueja
 
Carmen Gatto - MEC - EJA
Carmen Gatto - MEC - EJACarmen Gatto - MEC - EJA
Carmen Gatto - MEC - EJA
alexrrosaueja
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
alexrrosaueja
 
Cidadania
CidadaniaCidadania
Cidadania
alexrrosaueja
 
Quilombo Chácara das Rosas - Prof. Dra. Elsa Avancini
Quilombo Chácara das Rosas - Prof. Dra. Elsa AvanciniQuilombo Chácara das Rosas - Prof. Dra. Elsa Avancini
Quilombo Chácara das Rosas - Prof. Dra. Elsa Avancini
alexrrosaueja
 
Aula Quilombos no Brasil - Prof. Elsa Avancini
Aula Quilombos no Brasil - Prof. Elsa AvanciniAula Quilombos no Brasil - Prof. Elsa Avancini
Aula Quilombos no Brasil - Prof. Elsa Avancini
alexrrosaueja
 
XII ENEJA - Apresentação SECADI-MEC - Mauro José da Silva
XII ENEJA - Apresentação SECADI-MEC - Mauro José da SilvaXII ENEJA - Apresentação SECADI-MEC - Mauro José da Silva
XII ENEJA - Apresentação SECADI-MEC - Mauro José da Silva
alexrrosaueja
 
Xii eneja cátedra unesco - prof. timothy ireland
Xii eneja   cátedra unesco - prof. timothy irelandXii eneja   cátedra unesco - prof. timothy ireland
Xii eneja cátedra unesco - prof. timothy ireland
alexrrosaueja
 
Xii eneja daniel cara
Xii eneja   daniel caraXii eneja   daniel cara
Xii eneja daniel cara
alexrrosaueja
 
Xii eneja maria luiza
Xii eneja   maria luizaXii eneja   maria luiza
Xii eneja maria luiza
alexrrosaueja
 
Xii eneja prof. maria margarida machado
Xii eneja   prof. maria margarida machadoXii eneja   prof. maria margarida machado
Xii eneja prof. maria margarida machado
alexrrosaueja
 

Mais de alexrrosaueja (20)

Platão
PlatãoPlatão
Platão
 
Projeto Conhecendo Nossas Origens - EMEF Rio Grande do Sul
Projeto Conhecendo Nossas Origens - EMEF Rio Grande do SulProjeto Conhecendo Nossas Origens - EMEF Rio Grande do Sul
Projeto Conhecendo Nossas Origens - EMEF Rio Grande do Sul
 
Projeto Educação Física para a EJA
Projeto Educação Física para a EJAProjeto Educação Física para a EJA
Projeto Educação Física para a EJA
 
Regimento da EJA - 2012 - Recortes - Prof. Elisângela Trentin
Regimento da EJA - 2012 - Recortes - Prof. Elisângela TrentinRegimento da EJA - 2012 - Recortes - Prof. Elisângela Trentin
Regimento da EJA - 2012 - Recortes - Prof. Elisângela Trentin
 
Prof. Danilo - Curso da Diversidade - Indígenas - Mapas
Prof. Danilo - Curso da Diversidade - Indígenas - MapasProf. Danilo - Curso da Diversidade - Indígenas - Mapas
Prof. Danilo - Curso da Diversidade - Indígenas - Mapas
 
Prof. Christiane Oliveira - EMEF Santos Dumont
Prof. Christiane Oliveira - EMEF Santos DumontProf. Christiane Oliveira - EMEF Santos Dumont
Prof. Christiane Oliveira - EMEF Santos Dumont
 
Prof. Viviane Furtado - EMEF Nelson P. Terra - Projeto Educação Ambiental
Prof. Viviane Furtado - EMEF Nelson P. Terra - Projeto Educação AmbientalProf. Viviane Furtado - EMEF Nelson P. Terra - Projeto Educação Ambiental
Prof. Viviane Furtado - EMEF Nelson P. Terra - Projeto Educação Ambiental
 
Jorge Floriano - MP/RS - Direitos Humanos
Jorge Floriano - MP/RS - Direitos HumanosJorge Floriano - MP/RS - Direitos Humanos
Jorge Floriano - MP/RS - Direitos Humanos
 
Joiran M. da Silva - MEC - Educação Inclusiva
Joiran M. da Silva - MEC - Educação InclusivaJoiran M. da Silva - MEC - Educação Inclusiva
Joiran M. da Silva - MEC - Educação Inclusiva
 
Gládis Kaercher - UFRGS - Diversidade
Gládis Kaercher - UFRGS - DiversidadeGládis Kaercher - UFRGS - Diversidade
Gládis Kaercher - UFRGS - Diversidade
 
Carmen Gatto - MEC - EJA
Carmen Gatto - MEC - EJACarmen Gatto - MEC - EJA
Carmen Gatto - MEC - EJA
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
 
Cidadania
CidadaniaCidadania
Cidadania
 
Quilombo Chácara das Rosas - Prof. Dra. Elsa Avancini
Quilombo Chácara das Rosas - Prof. Dra. Elsa AvanciniQuilombo Chácara das Rosas - Prof. Dra. Elsa Avancini
Quilombo Chácara das Rosas - Prof. Dra. Elsa Avancini
 
Aula Quilombos no Brasil - Prof. Elsa Avancini
Aula Quilombos no Brasil - Prof. Elsa AvanciniAula Quilombos no Brasil - Prof. Elsa Avancini
Aula Quilombos no Brasil - Prof. Elsa Avancini
 
XII ENEJA - Apresentação SECADI-MEC - Mauro José da Silva
XII ENEJA - Apresentação SECADI-MEC - Mauro José da SilvaXII ENEJA - Apresentação SECADI-MEC - Mauro José da Silva
XII ENEJA - Apresentação SECADI-MEC - Mauro José da Silva
 
Xii eneja cátedra unesco - prof. timothy ireland
Xii eneja   cátedra unesco - prof. timothy irelandXii eneja   cátedra unesco - prof. timothy ireland
Xii eneja cátedra unesco - prof. timothy ireland
 
Xii eneja daniel cara
Xii eneja   daniel caraXii eneja   daniel cara
Xii eneja daniel cara
 
Xii eneja maria luiza
Xii eneja   maria luizaXii eneja   maria luiza
Xii eneja maria luiza
 
Xii eneja prof. maria margarida machado
Xii eneja   prof. maria margarida machadoXii eneja   prof. maria margarida machado
Xii eneja prof. maria margarida machado
 

Último

Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
Funções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prismaFunções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prisma
djincognito
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Professor Belinaso
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
fernandacosta37763
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
profesfrancleite
 
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.pptLeis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
PatriciaZanoli
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
Manuais Formação
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Érika Rufo
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
AntnioManuelAgdoma
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
cmeioctaciliabetesch
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
WelberMerlinCardoso
 
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
YeniferGarcia36
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
lveiga112
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
edivirgesribeiro1
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
MateusTavares54
 

Último (20)

Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
Funções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prismaFunções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prisma
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
 
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.pptLeis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
 
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
 

I Mostra Cultura Africana - Apresentação

  • 1.  
  • 2. I Mostra Cultural Africana da EMEF Dr. Nelson Paim Terra Cronograma I Mostra Cultural Africana da EJA Filme Palestra Janta Africana Preparação Exposição Pagode Capoeira Janta Africana Pintura Das Máscaras Janta Africana Confecção das Máscaras por turma Labin Máscaras, Lendas, Pensamentos de Mandela Biblioteca Leitura Cultura Negra Sábado (19/11) Sexta-feira (18/11) Quinta-feira (17/11) Quarta-feira (16/11) Sexta-feira (11/11) Quinta-feira (10/11) Quarta-feira (09/11)
  • 3.
  • 4.
  • 5.
  • 6. Úlcera (ferida) de Perna: ocorre mais freqüentemente próximo aos tornozelos, a partir da adolescência. As úlceras podem levar anos para a cicatrização completa, se não forem bem cuidadas no início do seu aparecimento. Para prevenir o aparecimento das úlceras, os pacientes devem usar meias grossas e sapatos; Seqüestro do Sangue no Baço: o baço é o órgão que filtra o sangue. Em crianças com anemia falciforme, o baço pode aumentar rapidamente por seqüestrar todo o sangue e isso pode levar rapidamente à morte por falta de sangue para os outros órgãos, como o cérebro e o coração. É uma complicação da doença que envolve risco de vida e exige tratamento emergencial. DIAGNÓSTICO A detecção é feita através do exame eletroforese de hemoglobina. O teste do pezinho, realizado gratuitamente antes do bebê receber alta da maternidade, proporciona a detecção precoce de hemoglobinopatias, como a anemia falciforme. TRATAMENTO Quando descoberta a doença, o bebê deve ter acompanhamento médico adequado baseado num programa de atenção integral. Nesse programa, os pacientes devem ser acompanhados por toda a vida por uma equipe com vários profissionais treinados no tratamento da anemia falciforme para orientar a família e o doente a descobrir rapidamente os sinais de gravidade da doença, a tratar adequadamente as crises e a praticar medidas para sua prevenção. A equipe é formada por médicos, enfermeiras, assistentes sociais, nutricionistas, psicólogos, dentistas, etc. Além disso, as crianças devem ter seu crescimento e desenvolvimento acompanhados, como normalmente é feito com todas as outras crianças que não têm a doença. *Manual da Anemia Falciforme - Ministério da Saúde 2011