SlideShare uma empresa Scribd logo
OS ÍNDIOS BRASILEIROS: DISTRIBUIÇÃO POPULACIONAL




Os povos indígenas que hoje vivem na América do Sul são originários de povos
caçadores que aqui se instalaram, vindo da América do Norte através do istmo do
Panamá, e que ocuparam virtualmente toda a extensão do continente há milhares de
anos.
De lá para cá, estas populações desenvolveram diferentes modos de uso e manejo dos
recursos naturais e formas de organização social distintas entre si.

No Brasil, a presença humana está documentada no período situado entre 11 e 12 mil
anos atrás. Mas novas evidências têm sido encontradas na Bahia e no Piauí que
comprovariam ser mais antiga esta ocupação, com o que muitos arqueólogos não
concordam.
Assim, há uma tendência cada vez maior de os pesquisadores reverem essas datas, já
que pesquisas recentes vêm indicando datações muito mais antigas.
HÁ 500 ANOS

Há cinco séculos, os portugueses chegaram ao litoral brasileiro, dando início a um
processo de migração que se estenderia até o início do século XX, e paulatinamente
foram estabelecendo-se nas terras que eram ocupadas pelos povos indígenas.
O processo de colonização levou à extinção muitas sociedades indígenas que viviam no
território dominado, seja pela ação das armas, seja em decorrência do contágio por
doenças trazidas dos países distantes, ou, ainda, pela aplicação de políticas visando à
"assimilação" dos índios à nova sociedade implantada, com forte influência européia.
Embora não se saiba exatamente quantas sociedades indígenas existiam no Brasil à
época da chegada dos europeus, há estimativas sobre o número de habitantes nativos
naquele tempo, que variam de 1 a 10 milhões de indivíduos.
Números que servem para dar uma ideia da imensa quantidade de pessoas e sociedades
indígenas inteiras exterminadas ao longo desses 500 anos, como resultado de um
processo de colonização baseado no uso da força, por meio das guerras e da política de
assimilação.
A CHEGADA DO EUROPEU

O impacto da conquista européia sobre as populações nativas das Américas foi imenso e
não existem números precisos sobre a população existente à época da chegada dos
europeus, apenas estimativas. As referentes à população indígena do território brasileiro
em 1500 variam entre 1 e 10 milhões de habitantes.
Estima-se que só na bacia amazônica existissem 5.600.000 habitantes. Também em
termos estimativos, os lingüistas têm aceito que cerca de 1.300 línguas diferentes eram
faladas pelas muitas sociedades indígenas então existentes no território que corresponde
aos atuais limites do Brasil.
Dezenas de milhares de pessoas morreram em conseqüência do contato direto e indireto
com os europeus e as doenças por eles trazidas.
Doenças hoje banais, como gripe, sarampo e coqueluche, e outras mais graves, como
tuberculose e varíola, vitimaram, muitas vezes, sociedades indígenas inteiras, por não
terem os índios imunidade natural a estes males.
O ÍNDIO HOJE


Hoje, no Brasil, vivem cerca de 460 mil índios, distribuídos entre 225 sociedades
indígenas, que perfazem cerca de 0,25% da população brasileira.
Cabe esclarecer que este dado populacional considera tão-somente aqueles indígenas
que vivem em aldeias, havendo estimativas de que, além destes, há entre 100 e 190 mil
vivendo fora das terras indígenas, inclusive em áreas urbanas.
Há também 63 referências de índios ainda não-contatados, além de existirem grupos que
estão requerendo o reconhecimento de sua condição indígena junto ao órgão federal
indigenista.
O QUE É SER ÍNDIO


Os habitantes das Américas foram chamados de índios pelos europeus que aqui
chegaram. Uma denominação genérica, provocada pela primeira impressão que eles
tiveram de haverem chegado às Índias.
Mesmo depois de descobrir que não estavam na Ásia, e sim em um continente até então
desconhecido, os europeus continuaram a chamá-los assim, ignorando propositalmente
as diferenças lingüístico-culturais.
Era mais fácil tornar os nativos todos iguais, tratá-los de forma homogênea, já que o
objetivo era um só: o domínio político, econômico e religioso.
Se no Período Colonial era assim, ao longo dos tempos, definir quem era índio ou não
constituiu sempre uma questão legal.
Em 1949, para assim definir, no texto "Culturas e línguas indígenas do Brasil", o indígena
como: "(...) aquela parcela da população brasileira que apresenta problemas de
inadaptação à sociedade brasileira, motivados pela conservação de costumes, hábitos ou
meras lealdades que a vinculam a uma tradição pré-colombiana.
Ou, ainda mais amplamente: índio é todo o indivíduo reconhecido como membro por uma
comunidade pré-colombiana que se identifica etnicamente diversa da nacional e é
considerada indígena pela população brasileira com quem está em contato".
IDENTIDADE E DIVERSIDADE


As populações indígenas são vistas pela sociedade brasileira ora de forma
preconceituosa, ora de forma idealizada.
O preconceito parte, muito mais, daqueles que convivem diretamente com os índios: as
populações rurais.
Dominadas política, ideológica e economicamente por elites municipais com fortes
interesses nas terras dos índios e em seus recursos ambientais, tais como madeira e
minérios, muitas vezes as populações rurais necessitam disputar as escassas
oportunidades de sobrevivência em sua região com membros de sociedades indígenas
que aí vivem.
Só recentemente os diferentes segmentos da sociedade brasileira estão se
conscientizando de que os índios são seus contemporâneos.
Eles vivem no mesmo país, participam da elaboração de leis, elegem candidatos e
compartilham problemas semelhantes, como as consequências da poluição ambiental e
das diretrizes e ações do governo nas áreas da política, economia, saúde, educação e
administração pública em geral.
Hoje, há um movimento de busca de informações atualizadas e confiáveis sobre os
índios, um interesse em saber, afinal, quem são eles.
Qualquer grupo social humano elabora e constitui um universo completo de
conhecimentos integrados, com fortes ligações com o meio em que vive e se desenvolve.
Entendendo cultura como o conjunto de respostas que uma determinada sociedade
humana dá às experiências por ela vividas e aos desafios que encontra ao longo do
tempo, percebe-se o quanto as diferentes culturas são dinâmicas e estão em contínuo
processo de transformação.
São 215 sociedades indígenas, mais cerca de 55 grupos de índios isolados, sobre os
quais ainda não há informações objetivas.
180 línguas, pelo menos, são faladas pelos membros destas sociedades, as quais
pertencem a mais de 30 famílias linguísticas diferentes.
É necessário reconhecer e valorizar a identidade étnica específica de cada uma das
sociedades indígenas em particular, compreender suas línguas e suas formas tradicionais
de organização social, de ocupação da terra e de uso dos recursos naturais.
AS SOCIEDADES


Os índios sobrevivem. Não apenas biologicamente, mas também do ponto de vista das
tradições culturais, segundo comprovam estudos recentes, os quais demonstram que a
população indígena vem aumentando rapidamente nas últimas décadas. Hoje, as 215
diferentes sociedades somam cerca de 358 mil pessoas, que falam 180 línguas distintas.
Os índios vivem nos mais diversos pontos do território brasileiro e representam, em
termos demográficos, um pequeno percentual da população de 150 milhões de habitantes
do Brasil.

Fonte: www.funai.gov.br

RESPONDA DE ACORDO COM AS SUAS OBSERVAÇÕES A PARTIR DOS VÍDEOS E O
TEXTO ACIMA.
  1. De que região se origina os índios brasileiros? Qual é a data mais provável da
     presença dos índios no Brasil?

       América Do Sul.
       No Brasil, a presença humana está documentada no período situado
       entre 11 e 12 mil anos atrás.




      2- Quais os efeitos da colonização portuguesa para os povos indígenas?
O processo de colonização levou à extinção muitas sociedades indígenas
          que viviam no território dominado, seja pela ação das armas, seja em
          decorrência do contágio por doenças trazidas dos países distantes, ou,
          ainda, pela aplicação de políticas



   2. Qual é o número da população indígena no Brasil?

          Hoje, no Brasil, vivem cerca de 460 mil índios, distribuídos entre 225
          sociedades indígenas, que perfazem cerca de 0,25%



   3. De acordo com o texto o que é ser índio?

         índio é todo o indivíduo reconhecido como membro por uma comunidade
         pré-colombiana que se identifica etnicamente.



      4- Como a sociedade brasileira vê as populações indígena?


         Pelas tradições culturais, segundo comprovam estudos recentes, os
         quais demonstram que a população indígena vem aumentando
         rapidamente nas últimas décadas. Hoje, as 215 diferentes sociedades
         somam cerca de 358 mil pessoas, que falam 180 línguas distintas.




      5- Escreva os aspectos que mais chamou a sua atenção, e que você considera
      importante sobre os índios brasileiros.

            O que mais chamou atenção de nos foi como o índios armavam as
            cordas na perna para engrossá-la.




Henrique Brito e Júlio César 603 - 14/06/2012

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Os filhos da terra os ìndios do brasil
Os filhos da terra os ìndios do brasilOs filhos da terra os ìndios do brasil
Os filhos da terra os ìndios do brasil
Odairdesouza
 
Revisão capitulo 05 7º ano
Revisão capitulo 05 7º anoRevisão capitulo 05 7º ano
Revisão capitulo 05 7º ano
professoraivani
 
Indios do brasil
Indios do brasilIndios do brasil
Indios do brasil
samonois
 
História dos povos indigenas- 7º ano B- Profº Jader
História dos povos indigenas- 7º ano B- Profº JaderHistória dos povos indigenas- 7º ano B- Profº Jader
História dos povos indigenas- 7º ano B- Profº Jader
Alziro Lopes
 
íNdios do brasil aula 1º ano
íNdios do brasil   aula 1º anoíNdios do brasil   aula 1º ano
íNdios do brasil aula 1º ano
seixasmarianas
 
Povos indígenas.
Povos indígenas.Povos indígenas.
Povos indígenas.
Carlos Gabriel Sa Ramos
 
Modulo 17 - População brasileira - os indígenas (Apostila Anglo)
Modulo 17 - População brasileira - os indígenas (Apostila Anglo)Modulo 17 - População brasileira - os indígenas (Apostila Anglo)
Modulo 17 - População brasileira - os indígenas (Apostila Anglo)
Claudio Henrique Ramos Sales
 
Cultura indígena - Por Kívia Caroline
Cultura indígena - Por Kívia CarolineCultura indígena - Por Kívia Caroline
Cultura indígena - Por Kívia Caroline
Kivia Caroline
 
Matrizes culturais – 2ª parte
Matrizes culturais – 2ª parteMatrizes culturais – 2ª parte
Matrizes culturais – 2ª parte
felipedacarpereira
 
A Formação do Povo Brasileiro
A Formação do Povo BrasileiroA Formação do Povo Brasileiro
A Formação do Povo Brasileiro
karla cristina marano
 
Quem sou eu - a formação do povo brasileiro
Quem sou eu - a formação do povo brasileiroQuem sou eu - a formação do povo brasileiro
Quem sou eu - a formação do povo brasileiro
André Luiz Marques
 
Sociedade e Estado
Sociedade e EstadoSociedade e Estado
Sociedade e Estado
Ellin Cristina Neves
 
Capítulo 3 - Povos indígenas no Brasil
Capítulo 3 - Povos indígenas no BrasilCapítulo 3 - Povos indígenas no Brasil
Capítulo 3 - Povos indígenas no Brasil
Marcos Antonio Grigorio de Figueiredo
 
Cultura indígena
Cultura indígenaCultura indígena
Cultura indígena
Paula Naranjo
 
Historia dos indios
Historia dos indiosHistoria dos indios
Historia dos indios
Fer Nanda
 
Indios
IndiosIndios
História do índio no brasil
História do índio no brasilHistória do índio no brasil
História do índio no brasil
Gilmaro Nogueira
 
Povos indigenas brasil 2
Povos indigenas brasil 2Povos indigenas brasil 2
Povos indigenas brasil 2
Profgalao
 
íNdios
íNdiosíNdios
íNdios
guest991a823b
 
Cultura indígena
Cultura indígenaCultura indígena
Cultura indígena
Vania Marinho Nana
 

Mais procurados (20)

Os filhos da terra os ìndios do brasil
Os filhos da terra os ìndios do brasilOs filhos da terra os ìndios do brasil
Os filhos da terra os ìndios do brasil
 
Revisão capitulo 05 7º ano
Revisão capitulo 05 7º anoRevisão capitulo 05 7º ano
Revisão capitulo 05 7º ano
 
Indios do brasil
Indios do brasilIndios do brasil
Indios do brasil
 
História dos povos indigenas- 7º ano B- Profº Jader
História dos povos indigenas- 7º ano B- Profº JaderHistória dos povos indigenas- 7º ano B- Profº Jader
História dos povos indigenas- 7º ano B- Profº Jader
 
íNdios do brasil aula 1º ano
íNdios do brasil   aula 1º anoíNdios do brasil   aula 1º ano
íNdios do brasil aula 1º ano
 
Povos indígenas.
Povos indígenas.Povos indígenas.
Povos indígenas.
 
Modulo 17 - População brasileira - os indígenas (Apostila Anglo)
Modulo 17 - População brasileira - os indígenas (Apostila Anglo)Modulo 17 - População brasileira - os indígenas (Apostila Anglo)
Modulo 17 - População brasileira - os indígenas (Apostila Anglo)
 
Cultura indígena - Por Kívia Caroline
Cultura indígena - Por Kívia CarolineCultura indígena - Por Kívia Caroline
Cultura indígena - Por Kívia Caroline
 
Matrizes culturais – 2ª parte
Matrizes culturais – 2ª parteMatrizes culturais – 2ª parte
Matrizes culturais – 2ª parte
 
A Formação do Povo Brasileiro
A Formação do Povo BrasileiroA Formação do Povo Brasileiro
A Formação do Povo Brasileiro
 
Quem sou eu - a formação do povo brasileiro
Quem sou eu - a formação do povo brasileiroQuem sou eu - a formação do povo brasileiro
Quem sou eu - a formação do povo brasileiro
 
Sociedade e Estado
Sociedade e EstadoSociedade e Estado
Sociedade e Estado
 
Capítulo 3 - Povos indígenas no Brasil
Capítulo 3 - Povos indígenas no BrasilCapítulo 3 - Povos indígenas no Brasil
Capítulo 3 - Povos indígenas no Brasil
 
Cultura indígena
Cultura indígenaCultura indígena
Cultura indígena
 
Historia dos indios
Historia dos indiosHistoria dos indios
Historia dos indios
 
Indios
IndiosIndios
Indios
 
História do índio no brasil
História do índio no brasilHistória do índio no brasil
História do índio no brasil
 
Povos indigenas brasil 2
Povos indigenas brasil 2Povos indigenas brasil 2
Povos indigenas brasil 2
 
íNdios
íNdiosíNdios
íNdios
 
Cultura indígena
Cultura indígenaCultura indígena
Cultura indígena
 

Semelhante a Henrique e Julio 603 Aula Roma

Artigo1
Artigo1Artigo1
DE PERI A MUNDURUKU: A INSERÇÃO DO INDÍGENA NO CONTEXTO LITERÁRIO BRASILEIRO
DE PERI A MUNDURUKU: A INSERÇÃO DO INDÍGENA NO CONTEXTO LITERÁRIO BRASILEIRODE PERI A MUNDURUKU: A INSERÇÃO DO INDÍGENA NO CONTEXTO LITERÁRIO BRASILEIRO
DE PERI A MUNDURUKU: A INSERÇÃO DO INDÍGENA NO CONTEXTO LITERÁRIO BRASILEIRO
Instituto Uka
 
Geografia a
Geografia  aGeografia  a
As Causas Para O Declínio Populacional Indígena
As Causas Para O Declínio Populacional IndígenaAs Causas Para O Declínio Populacional Indígena
As Causas Para O Declínio Populacional Indígena
bloghist
 
Indígenas na américa
Indígenas na américaIndígenas na américa
Indígenas na américa
harlissoncarvalho
 
8o ano cultura indigena
8o ano cultura indigena8o ano cultura indigena
8o ano cultura indigena
Júlio César Anjos
 
Web aula 1éder
Web aula 1éderWeb aula 1éder
Web aula 1éder
Dudu1980
 
Web aula 1éder
Web aula 1éderWeb aula 1éder
Web aula 1éder
Dudu1980
 
Seminário Tópicos Especiais em Brasil V.pptx
Seminário  Tópicos Especiais em Brasil V.pptxSeminário  Tópicos Especiais em Brasil V.pptx
Seminário Tópicos Especiais em Brasil V.pptx
Caelen1
 
índio brasileiro ana carolina da silva e eva yara
índio brasileiro   ana carolina da silva e eva yaraíndio brasileiro   ana carolina da silva e eva yara
índio brasileiro ana carolina da silva e eva yara
leopalasjh
 
HISTÓRIA, POVOS INDÍGENAS E EDUCAÇÃO: (RE) CONHECENDO E DISCUTINDO A DIVERSID...
HISTÓRIA, POVOS INDÍGENAS E EDUCAÇÃO: (RE) CONHECENDO E DISCUTINDO A DIVERSID...HISTÓRIA, POVOS INDÍGENAS E EDUCAÇÃO: (RE) CONHECENDO E DISCUTINDO A DIVERSID...
HISTÓRIA, POVOS INDÍGENAS E EDUCAÇÃO: (RE) CONHECENDO E DISCUTINDO A DIVERSID...
Fábio Fernandes
 
Aula 3ano
Aula 3anoAula 3ano
Aula 3ano
felipeimh
 
Identidades Brasileiras
Identidades BrasileirasIdentidades Brasileiras
Identidades Brasileiras
Helio Fagundes
 
Princípios que balizam a inclusão da temática indígena
Princípios que balizam a inclusão da temática indígenaPrincípios que balizam a inclusão da temática indígena
Princípios que balizam a inclusão da temática indígena
natielemesquita
 
Lei 11.645
Lei 11.645Lei 11.645
Lei 11.645
natielemesquita
 
Os Indígenas no Brasil.ppt
Os Indígenas no Brasil.pptOs Indígenas no Brasil.ppt
Os Indígenas no Brasil.ppt
carloshistoriador
 
Povos indigenas no Brasil.
Povos indigenas no Brasil.Povos indigenas no Brasil.
Povos indigenas no Brasil.
Jose Ribamar Santos
 
Povos indigenas brasil
Povos indigenas brasilPovos indigenas brasil
Povos indigenas brasil
Profgalao
 
Uhul
UhulUhul
INDÍGENAS- povos brasileiros, ameríndios
INDÍGENAS- povos brasileiros, ameríndiosINDÍGENAS- povos brasileiros, ameríndios
INDÍGENAS- povos brasileiros, ameríndios
ADRIANIGOMES1
 

Semelhante a Henrique e Julio 603 Aula Roma (20)

Artigo1
Artigo1Artigo1
Artigo1
 
DE PERI A MUNDURUKU: A INSERÇÃO DO INDÍGENA NO CONTEXTO LITERÁRIO BRASILEIRO
DE PERI A MUNDURUKU: A INSERÇÃO DO INDÍGENA NO CONTEXTO LITERÁRIO BRASILEIRODE PERI A MUNDURUKU: A INSERÇÃO DO INDÍGENA NO CONTEXTO LITERÁRIO BRASILEIRO
DE PERI A MUNDURUKU: A INSERÇÃO DO INDÍGENA NO CONTEXTO LITERÁRIO BRASILEIRO
 
Geografia a
Geografia  aGeografia  a
Geografia a
 
As Causas Para O Declínio Populacional Indígena
As Causas Para O Declínio Populacional IndígenaAs Causas Para O Declínio Populacional Indígena
As Causas Para O Declínio Populacional Indígena
 
Indígenas na américa
Indígenas na américaIndígenas na américa
Indígenas na américa
 
8o ano cultura indigena
8o ano cultura indigena8o ano cultura indigena
8o ano cultura indigena
 
Web aula 1éder
Web aula 1éderWeb aula 1éder
Web aula 1éder
 
Web aula 1éder
Web aula 1éderWeb aula 1éder
Web aula 1éder
 
Seminário Tópicos Especiais em Brasil V.pptx
Seminário  Tópicos Especiais em Brasil V.pptxSeminário  Tópicos Especiais em Brasil V.pptx
Seminário Tópicos Especiais em Brasil V.pptx
 
índio brasileiro ana carolina da silva e eva yara
índio brasileiro   ana carolina da silva e eva yaraíndio brasileiro   ana carolina da silva e eva yara
índio brasileiro ana carolina da silva e eva yara
 
HISTÓRIA, POVOS INDÍGENAS E EDUCAÇÃO: (RE) CONHECENDO E DISCUTINDO A DIVERSID...
HISTÓRIA, POVOS INDÍGENAS E EDUCAÇÃO: (RE) CONHECENDO E DISCUTINDO A DIVERSID...HISTÓRIA, POVOS INDÍGENAS E EDUCAÇÃO: (RE) CONHECENDO E DISCUTINDO A DIVERSID...
HISTÓRIA, POVOS INDÍGENAS E EDUCAÇÃO: (RE) CONHECENDO E DISCUTINDO A DIVERSID...
 
Aula 3ano
Aula 3anoAula 3ano
Aula 3ano
 
Identidades Brasileiras
Identidades BrasileirasIdentidades Brasileiras
Identidades Brasileiras
 
Princípios que balizam a inclusão da temática indígena
Princípios que balizam a inclusão da temática indígenaPrincípios que balizam a inclusão da temática indígena
Princípios que balizam a inclusão da temática indígena
 
Lei 11.645
Lei 11.645Lei 11.645
Lei 11.645
 
Os Indígenas no Brasil.ppt
Os Indígenas no Brasil.pptOs Indígenas no Brasil.ppt
Os Indígenas no Brasil.ppt
 
Povos indigenas no Brasil.
Povos indigenas no Brasil.Povos indigenas no Brasil.
Povos indigenas no Brasil.
 
Povos indigenas brasil
Povos indigenas brasilPovos indigenas brasil
Povos indigenas brasil
 
Uhul
UhulUhul
Uhul
 
INDÍGENAS- povos brasileiros, ameríndios
INDÍGENAS- povos brasileiros, ameríndiosINDÍGENAS- povos brasileiros, ameríndios
INDÍGENAS- povos brasileiros, ameríndios
 

Mais de Vera Mln Silva

Educação no Trânsito: acidentes - parte 2
Educação no Trânsito: acidentes - parte 2Educação no Trânsito: acidentes - parte 2
Educação no Trânsito: acidentes - parte 2
Vera Mln Silva
 
Educação no Trânsito
Educação no TrânsitoEducação no Trânsito
Educação no Trânsito
Vera Mln Silva
 
Juiz de fora 164 anos
Juiz de fora 164 anosJuiz de fora 164 anos
Juiz de fora 164 anos
Vera Mln Silva
 
Hino Nacional Brasileiro
Hino Nacional BrasileiroHino Nacional Brasileiro
Hino Nacional Brasileiro
Vera Mln Silva
 
Textos sobre bullying dos alunos do 6º ano
Textos sobre bullying  dos alunos do 6º anoTextos sobre bullying  dos alunos do 6º ano
Textos sobre bullying dos alunos do 6º ano
Vera Mln Silva
 
Bullying, um tema em discussão
Bullying, um tema em discussãoBullying, um tema em discussão
Bullying, um tema em discussão
Vera Mln Silva
 
O relógio: poesia de Vinicius de Moraes
O relógio: poesia de Vinicius de MoraesO relógio: poesia de Vinicius de Moraes
O relógio: poesia de Vinicius de Moraes
Vera Mln Silva
 
O bairro Bandeirantes em Juiz de Fora - MG
O bairro Bandeirantes em Juiz de Fora - MGO bairro Bandeirantes em Juiz de Fora - MG
O bairro Bandeirantes em Juiz de Fora - MG
Vera Mln Silva
 
Revert Klumb, fotógrafo alemão no Brasil - século XIX
Revert Klumb, fotógrafo alemão no Brasil - século XIXRevert Klumb, fotógrafo alemão no Brasil - século XIX
Revert Klumb, fotógrafo alemão no Brasil - século XIX
Vera Mln Silva
 
Ciencias 9 ano
Ciencias 9 anoCiencias 9 ano
Ciencias 9 ano
Vera Mln Silva
 
Projeto Político Pedagógico 2013
Projeto Político Pedagógico 2013 Projeto Político Pedagógico 2013
Projeto Político Pedagógico 2013
Vera Mln Silva
 
A dança na alfabetização
A dança na alfabetizaçãoA dança na alfabetização
A dança na alfabetização
Vera Mln Silva
 
Tutorial multimídia
Tutorial multimídiaTutorial multimídia
Tutorial multimídia
Vera Mln Silva
 
Ativ Impress Mariléia de Paula
Ativ Impress Mariléia de PaulaAtiv Impress Mariléia de Paula
Ativ Impress Mariléia de Paula
Vera Mln Silva
 
Tarefa WQ_Sonia Maria
Tarefa WQ_Sonia MariaTarefa WQ_Sonia Maria
Tarefa WQ_Sonia Maria
Vera Mln Silva
 
Tarefa WQ_Rogerio
Tarefa WQ_RogerioTarefa WQ_Rogerio
Tarefa WQ_Rogerio
Vera Mln Silva
 
Redes sociais
Redes sociaisRedes sociais
Redes sociais
Vera Mln Silva
 
WQ_ TIC na educação
WQ_ TIC na educaçãoWQ_ TIC na educação
WQ_ TIC na educação
Vera Mln Silva
 
Blog curso TIC na Educação
Blog curso TIC na EducaçãoBlog curso TIC na Educação
Blog curso TIC na Educação
Vera Mln Silva
 
Atividade compartilhada 3 _Vera _apresentação
Atividade compartilhada 3 _Vera _apresentaçãoAtividade compartilhada 3 _Vera _apresentação
Atividade compartilhada 3 _Vera _apresentação
Vera Mln Silva
 

Mais de Vera Mln Silva (20)

Educação no Trânsito: acidentes - parte 2
Educação no Trânsito: acidentes - parte 2Educação no Trânsito: acidentes - parte 2
Educação no Trânsito: acidentes - parte 2
 
Educação no Trânsito
Educação no TrânsitoEducação no Trânsito
Educação no Trânsito
 
Juiz de fora 164 anos
Juiz de fora 164 anosJuiz de fora 164 anos
Juiz de fora 164 anos
 
Hino Nacional Brasileiro
Hino Nacional BrasileiroHino Nacional Brasileiro
Hino Nacional Brasileiro
 
Textos sobre bullying dos alunos do 6º ano
Textos sobre bullying  dos alunos do 6º anoTextos sobre bullying  dos alunos do 6º ano
Textos sobre bullying dos alunos do 6º ano
 
Bullying, um tema em discussão
Bullying, um tema em discussãoBullying, um tema em discussão
Bullying, um tema em discussão
 
O relógio: poesia de Vinicius de Moraes
O relógio: poesia de Vinicius de MoraesO relógio: poesia de Vinicius de Moraes
O relógio: poesia de Vinicius de Moraes
 
O bairro Bandeirantes em Juiz de Fora - MG
O bairro Bandeirantes em Juiz de Fora - MGO bairro Bandeirantes em Juiz de Fora - MG
O bairro Bandeirantes em Juiz de Fora - MG
 
Revert Klumb, fotógrafo alemão no Brasil - século XIX
Revert Klumb, fotógrafo alemão no Brasil - século XIXRevert Klumb, fotógrafo alemão no Brasil - século XIX
Revert Klumb, fotógrafo alemão no Brasil - século XIX
 
Ciencias 9 ano
Ciencias 9 anoCiencias 9 ano
Ciencias 9 ano
 
Projeto Político Pedagógico 2013
Projeto Político Pedagógico 2013 Projeto Político Pedagógico 2013
Projeto Político Pedagógico 2013
 
A dança na alfabetização
A dança na alfabetizaçãoA dança na alfabetização
A dança na alfabetização
 
Tutorial multimídia
Tutorial multimídiaTutorial multimídia
Tutorial multimídia
 
Ativ Impress Mariléia de Paula
Ativ Impress Mariléia de PaulaAtiv Impress Mariléia de Paula
Ativ Impress Mariléia de Paula
 
Tarefa WQ_Sonia Maria
Tarefa WQ_Sonia MariaTarefa WQ_Sonia Maria
Tarefa WQ_Sonia Maria
 
Tarefa WQ_Rogerio
Tarefa WQ_RogerioTarefa WQ_Rogerio
Tarefa WQ_Rogerio
 
Redes sociais
Redes sociaisRedes sociais
Redes sociais
 
WQ_ TIC na educação
WQ_ TIC na educaçãoWQ_ TIC na educação
WQ_ TIC na educação
 
Blog curso TIC na Educação
Blog curso TIC na EducaçãoBlog curso TIC na Educação
Blog curso TIC na Educação
 
Atividade compartilhada 3 _Vera _apresentação
Atividade compartilhada 3 _Vera _apresentaçãoAtividade compartilhada 3 _Vera _apresentação
Atividade compartilhada 3 _Vera _apresentação
 

Henrique e Julio 603 Aula Roma

  • 1. OS ÍNDIOS BRASILEIROS: DISTRIBUIÇÃO POPULACIONAL Os povos indígenas que hoje vivem na América do Sul são originários de povos caçadores que aqui se instalaram, vindo da América do Norte através do istmo do Panamá, e que ocuparam virtualmente toda a extensão do continente há milhares de anos. De lá para cá, estas populações desenvolveram diferentes modos de uso e manejo dos recursos naturais e formas de organização social distintas entre si. No Brasil, a presença humana está documentada no período situado entre 11 e 12 mil anos atrás. Mas novas evidências têm sido encontradas na Bahia e no Piauí que comprovariam ser mais antiga esta ocupação, com o que muitos arqueólogos não concordam. Assim, há uma tendência cada vez maior de os pesquisadores reverem essas datas, já que pesquisas recentes vêm indicando datações muito mais antigas. HÁ 500 ANOS Há cinco séculos, os portugueses chegaram ao litoral brasileiro, dando início a um processo de migração que se estenderia até o início do século XX, e paulatinamente foram estabelecendo-se nas terras que eram ocupadas pelos povos indígenas. O processo de colonização levou à extinção muitas sociedades indígenas que viviam no território dominado, seja pela ação das armas, seja em decorrência do contágio por doenças trazidas dos países distantes, ou, ainda, pela aplicação de políticas visando à "assimilação" dos índios à nova sociedade implantada, com forte influência européia. Embora não se saiba exatamente quantas sociedades indígenas existiam no Brasil à época da chegada dos europeus, há estimativas sobre o número de habitantes nativos naquele tempo, que variam de 1 a 10 milhões de indivíduos. Números que servem para dar uma ideia da imensa quantidade de pessoas e sociedades indígenas inteiras exterminadas ao longo desses 500 anos, como resultado de um processo de colonização baseado no uso da força, por meio das guerras e da política de assimilação. A CHEGADA DO EUROPEU O impacto da conquista européia sobre as populações nativas das Américas foi imenso e não existem números precisos sobre a população existente à época da chegada dos
  • 2. europeus, apenas estimativas. As referentes à população indígena do território brasileiro em 1500 variam entre 1 e 10 milhões de habitantes. Estima-se que só na bacia amazônica existissem 5.600.000 habitantes. Também em termos estimativos, os lingüistas têm aceito que cerca de 1.300 línguas diferentes eram faladas pelas muitas sociedades indígenas então existentes no território que corresponde aos atuais limites do Brasil. Dezenas de milhares de pessoas morreram em conseqüência do contato direto e indireto com os europeus e as doenças por eles trazidas. Doenças hoje banais, como gripe, sarampo e coqueluche, e outras mais graves, como tuberculose e varíola, vitimaram, muitas vezes, sociedades indígenas inteiras, por não terem os índios imunidade natural a estes males. O ÍNDIO HOJE Hoje, no Brasil, vivem cerca de 460 mil índios, distribuídos entre 225 sociedades indígenas, que perfazem cerca de 0,25% da população brasileira. Cabe esclarecer que este dado populacional considera tão-somente aqueles indígenas que vivem em aldeias, havendo estimativas de que, além destes, há entre 100 e 190 mil vivendo fora das terras indígenas, inclusive em áreas urbanas. Há também 63 referências de índios ainda não-contatados, além de existirem grupos que estão requerendo o reconhecimento de sua condição indígena junto ao órgão federal indigenista. O QUE É SER ÍNDIO Os habitantes das Américas foram chamados de índios pelos europeus que aqui chegaram. Uma denominação genérica, provocada pela primeira impressão que eles tiveram de haverem chegado às Índias. Mesmo depois de descobrir que não estavam na Ásia, e sim em um continente até então desconhecido, os europeus continuaram a chamá-los assim, ignorando propositalmente as diferenças lingüístico-culturais. Era mais fácil tornar os nativos todos iguais, tratá-los de forma homogênea, já que o objetivo era um só: o domínio político, econômico e religioso. Se no Período Colonial era assim, ao longo dos tempos, definir quem era índio ou não constituiu sempre uma questão legal. Em 1949, para assim definir, no texto "Culturas e línguas indígenas do Brasil", o indígena como: "(...) aquela parcela da população brasileira que apresenta problemas de inadaptação à sociedade brasileira, motivados pela conservação de costumes, hábitos ou meras lealdades que a vinculam a uma tradição pré-colombiana. Ou, ainda mais amplamente: índio é todo o indivíduo reconhecido como membro por uma comunidade pré-colombiana que se identifica etnicamente diversa da nacional e é considerada indígena pela população brasileira com quem está em contato". IDENTIDADE E DIVERSIDADE As populações indígenas são vistas pela sociedade brasileira ora de forma preconceituosa, ora de forma idealizada. O preconceito parte, muito mais, daqueles que convivem diretamente com os índios: as populações rurais. Dominadas política, ideológica e economicamente por elites municipais com fortes interesses nas terras dos índios e em seus recursos ambientais, tais como madeira e
  • 3. minérios, muitas vezes as populações rurais necessitam disputar as escassas oportunidades de sobrevivência em sua região com membros de sociedades indígenas que aí vivem. Só recentemente os diferentes segmentos da sociedade brasileira estão se conscientizando de que os índios são seus contemporâneos. Eles vivem no mesmo país, participam da elaboração de leis, elegem candidatos e compartilham problemas semelhantes, como as consequências da poluição ambiental e das diretrizes e ações do governo nas áreas da política, economia, saúde, educação e administração pública em geral. Hoje, há um movimento de busca de informações atualizadas e confiáveis sobre os índios, um interesse em saber, afinal, quem são eles. Qualquer grupo social humano elabora e constitui um universo completo de conhecimentos integrados, com fortes ligações com o meio em que vive e se desenvolve. Entendendo cultura como o conjunto de respostas que uma determinada sociedade humana dá às experiências por ela vividas e aos desafios que encontra ao longo do tempo, percebe-se o quanto as diferentes culturas são dinâmicas e estão em contínuo processo de transformação. São 215 sociedades indígenas, mais cerca de 55 grupos de índios isolados, sobre os quais ainda não há informações objetivas. 180 línguas, pelo menos, são faladas pelos membros destas sociedades, as quais pertencem a mais de 30 famílias linguísticas diferentes. É necessário reconhecer e valorizar a identidade étnica específica de cada uma das sociedades indígenas em particular, compreender suas línguas e suas formas tradicionais de organização social, de ocupação da terra e de uso dos recursos naturais. AS SOCIEDADES Os índios sobrevivem. Não apenas biologicamente, mas também do ponto de vista das tradições culturais, segundo comprovam estudos recentes, os quais demonstram que a população indígena vem aumentando rapidamente nas últimas décadas. Hoje, as 215 diferentes sociedades somam cerca de 358 mil pessoas, que falam 180 línguas distintas. Os índios vivem nos mais diversos pontos do território brasileiro e representam, em termos demográficos, um pequeno percentual da população de 150 milhões de habitantes do Brasil. Fonte: www.funai.gov.br RESPONDA DE ACORDO COM AS SUAS OBSERVAÇÕES A PARTIR DOS VÍDEOS E O TEXTO ACIMA. 1. De que região se origina os índios brasileiros? Qual é a data mais provável da presença dos índios no Brasil? América Do Sul. No Brasil, a presença humana está documentada no período situado entre 11 e 12 mil anos atrás. 2- Quais os efeitos da colonização portuguesa para os povos indígenas?
  • 4. O processo de colonização levou à extinção muitas sociedades indígenas que viviam no território dominado, seja pela ação das armas, seja em decorrência do contágio por doenças trazidas dos países distantes, ou, ainda, pela aplicação de políticas 2. Qual é o número da população indígena no Brasil? Hoje, no Brasil, vivem cerca de 460 mil índios, distribuídos entre 225 sociedades indígenas, que perfazem cerca de 0,25% 3. De acordo com o texto o que é ser índio? índio é todo o indivíduo reconhecido como membro por uma comunidade pré-colombiana que se identifica etnicamente. 4- Como a sociedade brasileira vê as populações indígena? Pelas tradições culturais, segundo comprovam estudos recentes, os quais demonstram que a população indígena vem aumentando rapidamente nas últimas décadas. Hoje, as 215 diferentes sociedades somam cerca de 358 mil pessoas, que falam 180 línguas distintas. 5- Escreva os aspectos que mais chamou a sua atenção, e que você considera importante sobre os índios brasileiros. O que mais chamou atenção de nos foi como o índios armavam as cordas na perna para engrossá-la. Henrique Brito e Júlio César 603 - 14/06/2012