SlideShare uma empresa Scribd logo
21/07/2015
1
HEMOGRAMA
Profª. Regina P. Reiniger
CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE
CURSO DE MEDICINA VETERINÁRIA
DISCIPLINA DE LABORATÓRIO CLÍNICO
Contagem de hemácias - Contagem de Leucócitos
Teor de Hemoglobina - Diferencial - Esfregaço
Volume Globular
VGM
CHGM
Proteínas Plasmáticas
Fibrinogênio Plasmático
HEMOGRAMA
ERITROGRAMA LEUCOGRAMA
Câmara de Neubawer
Pipeta de Thoma
Soma dos
quadrantes X 10.000
CONTAGEM DE LEUCÓCITOS
Soma dos quadrantes
X 50
Contador eletrônico
21/07/2015
2
Método para realização de esfregaço
sanguíneo
Fonte: GONZÁLEZ; DA SILVA, 2008.
Esfregaço sanguíneo
Coloração – Panótico Rápido
Fixador Ácido Básico
CONTAGEM DIFERENCIAL
21/07/2015
3
HEMATÓCRITO
ESPÉCIE HEMATÓCRITO
(%)
Canino 42 – 56
Felino 24 – 45
Bovino 30 – 39
Eqüino 32 - 55
Figura 1. Hematócrito
Hematócrito (VG%)
Interpretação
– Acima
Desidratação
Excitação /exercício / choque
Neoplasma Renal
Doença alveolar crônica
Altitude
– Abaixo
Processo hemolítico (coleta)
Excesso de EDTA
Coagulação da amostra
Gestação avançada
Tranquilizante e anestesia
Hemodiluição
Anemias
Proteína e Fibrinogênio
Interpretação
– Dentro dos limites fisiológicos para a espécie
NORMAL
– Acima
DESIDRATAÇÃO
– Abaixo
HIPOPROTEINEMIA
PPT – g%
21/07/2015
4
Importância–
Técnica
–Precipitação por aquecimento
1ª PPT – 2ª PPT = FIBRINOGÊNIO
FIBRINOGÊNIO
Valores fisiológicos
– Equinos 200 – 400mg/ dl
– Bovinos 200 – 600mg/ dl
– Caninos 100 – 300mg/ dl
– Felinos 100 – 300mg/ dl
Interpretação do Eritrograma
ESPÉCIE Nº de eritrócitos milhões/ µl Canino 5,5 – 8,5
Felino 5,0 – 10
Bovino 6 – 7,7
Suíno 5 - 9
Eqüino 7 - 13
Interpretação do Eritrograma
ANEMIA POLICITEMIA
Policitemia – nº hemácias
Hb
Vg
-Relativa
-Absoluta
Classificação das policitemias
Relativa
– Desidratação (PPT aumentada)
– Contração esplênica (PPT inalterada)
Absoluta
–Primária  doença primária do erítron
–Secundária doença em outro órgão
Anemia – nº hemácias
Hb
Vg
21/07/2015
5
Definição
Sinais clínicos
– Dispnéia / taquipnéia
– Palidez das mucosas / Cianose
- Taquicardia / Pulso acelerado
- Depressão e desmaios
– Anemia hemolítica aguda
- Icterícia
- Hemoglobinemia/hemoglobinúria
- Febre
Classificação das anemias
 Massa global dos eritrócitos
 Resposta medular
 Fisiopatológica
 Morfológica
Massa global de eritrócitos
Relativa Fluidoterapia
Gestação
Absoluta Redução da massa
eritrocitária
Resposta medular
Regenerativa ou responsiva
Pouco regenerativa ou pouco responsiva
Arregenerativa ou não responsiva
Resposta medular
Regenerativa ou responsiva
–Resposta satisfatória da medular (precursores eritróides)
-Hemolíticas *
-Perdas sangüíneas
.Parasitismo
-Infestaçções por ecto(carrapato, pulga) ou endoparasitos (Haemonchus spp)
.Traumas (atropelamento com ruptura de órgãos ou
grandes vasos)
Pouco regenerativa ou pouco responsiva
Arregenerativa ou não responsiva
Anemia regenerativa – Doenças hemolíticas
 AHIM – as hemácias tornam-se cobertas por Ac
 Hemobartonelose
 Babesiose
 Anaplasmose
 Hemólise mecânica
21/07/2015
6
Hemólise mecânica: esquistócito
- Hemácias normais são forçadas a atravessar leitos capilares
anormalmente tortuosos =
hemólise microangiopática
Glomerulonefrite, CID, Hemangiossarcomas
-Hemácias normais são expostas a um fluxo sanguíneo
turbulento dentro de grandes vasos:
- Dirofilariose, doenças cardíacas
Pouco regenerativa ou pouco responsiva
– Diminuição dos percussores eritróides
Def. vit. B12 e vit B6
Def.ácido fólico e ferro
Arregenerativa ou não responsiva
– Sem percussores eritróides
• Anemias aplásticas
• Insuficiência renal crônica(cão)
• Eritropoese ineficaz = neoplasmas
• Medicamentos (quimioterápicos / fenilbutasona)
Classificação Morfológica
....Índices hematimétricos
–Volume corpuscular médio (VCM)
VCM= Vg x 10
nºeritrócitos
Normocítica
Macrocítica
Microcítica
Classificação Morfológica
Índices hematimétricos– Concentração de
hemoglobina corpuscular média (CHCM)
CHGM = Hb x 100
Vg
Normocrômica
Hipocrômica
Hipercrômica
Classificação Fisiopatológica
Perdas sangüíneas ou hemorrágicas
Hemolíticas
Por má síntese de hemoglobina
Megaloblásticas
Por insuficiência medular
21/07/2015
7
CLASSIFICAÇÃO MORFOLÓGICA
Exemplos:
1.CGV-2.900.000(6-8x106) 2. 4.000.000 3. 3.600.000
Hb – 4,8 (12-18) 10,7 7,3
Vg – 16% (36-55) 32 22
VCM -..............(60-77) ................. .................
CHCM- ............(31-36) ................. .................
VCM= Vg x 10
nºeritrócitos
CHGM = Hb x 100
Vg
VCM CHCM INTERPRETAÇÃO (Anemias)
Sempre regenerativa –Hemorragia ou hemólise
Distúrbio na fase de multiplicação – deficiência de B12, ácido
fólico e cobalto
Inicio das anemias microcíticas / hipocrômicas - Intoxicação
por chumbo e drogas
Falta de eritropoetina (doenças crônicas –I.R.C)
Má síntese de hemoglobina (deficiência de Fe e doenças
crônicas)
Evolução de anemias microcíticas/hipocrômicas
Nefrite com Uremia
N
N N
N
Ht % PPT Interpretação
Desidratação
Contração Esplênica, Policitemia 1ª e 2ª, Desidratação
mascarada por hipoproteiniemia
Hipoproteinemia com contração esplênica
N
Anemia mascarada por desidratação, aumento de globulinas
Fisiológico
Elevada perda proteíca,Baixa produção proteíca
Anemia associada a desidratação
Elevada destruição de eritrócitos,diminuição da eritropoiese,
Perda crônica de sangue(deficiência de ferro)
Fluidoterapia, Perda de sangue externa
N
N
N

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Leishmaniose visceral
Leishmaniose visceralLeishmaniose visceral
Leishmaniose visceral
HIAGO SANTOS
 
Apostila-calculos-1-pdf
Apostila-calculos-1-pdfApostila-calculos-1-pdf
Apostila-calculos-1-pdf
Fernanda Camargo
 
Plasmodium e malária
Plasmodium e  malária Plasmodium e  malária
Plasmodium e malária
Viviane Vasconcelos
 
Semiologia Geral
Semiologia GeralSemiologia Geral
Semiologia Geral
Ricardo Duarte
 
Doenca de Carbúnculo Hemático e Sintomático de Animal.
Doenca de Carbúnculo Hemático e Sintomático de Animal.Doenca de Carbúnculo Hemático e Sintomático de Animal.
Doenca de Carbúnculo Hemático e Sintomático de Animal.
Alarindo Salvador Dos Santos
 
Exame fisico geral
Exame fisico geralExame fisico geral
Exame fisico geral
Jamile Vitória
 
Exames laboratoriais
Exames laboratoriaisExames laboratoriais
Exames laboratoriais
resenfe2013
 
Aula Diabetes
Aula  DiabetesAula  Diabetes
Aula Diabetes
Professor Robson
 
Choque
Choque Choque
Choque
resenfe2013
 
Aula de Microbiologia Clínica sobre Meios de cultura bacteriana
Aula de Microbiologia Clínica sobre Meios de cultura bacterianaAula de Microbiologia Clínica sobre Meios de cultura bacteriana
Aula de Microbiologia Clínica sobre Meios de cultura bacteriana
Jaqueline Almeida
 
Apresentação malária
Apresentação maláriaApresentação malária
Apresentação malária
Jakelyne Bezerra
 
Introdução à farmacologia
Introdução à farmacologiaIntrodução à farmacologia
Introdução à farmacologia
Mauro Cunha Xavier Pinto
 
9 fundamentos-de-terapeutica-veterinaria
9 fundamentos-de-terapeutica-veterinaria9 fundamentos-de-terapeutica-veterinaria
9 fundamentos-de-terapeutica-veterinaria
JesusCo1908
 
Toxoplasmose
ToxoplasmoseToxoplasmose
Toxoplasmose
Fêe Oliveira
 
Simpósio de Cardiologia
Simpósio de CardiologiaSimpósio de Cardiologia
Simpósio de Cardiologia
Instituto Qualittas de Pós Graduação
 
Dermatopatias Crônicas em Cães
Dermatopatias Crônicas em CãesDermatopatias Crônicas em Cães
Dermatopatias Crônicas em Cães
Instituto Qualittas de Pós Graduação
 
Radiologia medicina veterinária
Radiologia medicina veterináriaRadiologia medicina veterinária
Radiologia medicina veterinária
Priscila Silva
 
Aula Hanseníase
Aula Hanseníase Aula Hanseníase
Aula Hanseníase
Alinebrauna Brauna
 
Caso clínico
Caso clínicoCaso clínico
Caso clínico
Marília Gomes
 
Aula 2
Aula 2   Aula 2

Mais procurados (20)

Leishmaniose visceral
Leishmaniose visceralLeishmaniose visceral
Leishmaniose visceral
 
Apostila-calculos-1-pdf
Apostila-calculos-1-pdfApostila-calculos-1-pdf
Apostila-calculos-1-pdf
 
Plasmodium e malária
Plasmodium e  malária Plasmodium e  malária
Plasmodium e malária
 
Semiologia Geral
Semiologia GeralSemiologia Geral
Semiologia Geral
 
Doenca de Carbúnculo Hemático e Sintomático de Animal.
Doenca de Carbúnculo Hemático e Sintomático de Animal.Doenca de Carbúnculo Hemático e Sintomático de Animal.
Doenca de Carbúnculo Hemático e Sintomático de Animal.
 
Exame fisico geral
Exame fisico geralExame fisico geral
Exame fisico geral
 
Exames laboratoriais
Exames laboratoriaisExames laboratoriais
Exames laboratoriais
 
Aula Diabetes
Aula  DiabetesAula  Diabetes
Aula Diabetes
 
Choque
Choque Choque
Choque
 
Aula de Microbiologia Clínica sobre Meios de cultura bacteriana
Aula de Microbiologia Clínica sobre Meios de cultura bacterianaAula de Microbiologia Clínica sobre Meios de cultura bacteriana
Aula de Microbiologia Clínica sobre Meios de cultura bacteriana
 
Apresentação malária
Apresentação maláriaApresentação malária
Apresentação malária
 
Introdução à farmacologia
Introdução à farmacologiaIntrodução à farmacologia
Introdução à farmacologia
 
9 fundamentos-de-terapeutica-veterinaria
9 fundamentos-de-terapeutica-veterinaria9 fundamentos-de-terapeutica-veterinaria
9 fundamentos-de-terapeutica-veterinaria
 
Toxoplasmose
ToxoplasmoseToxoplasmose
Toxoplasmose
 
Simpósio de Cardiologia
Simpósio de CardiologiaSimpósio de Cardiologia
Simpósio de Cardiologia
 
Dermatopatias Crônicas em Cães
Dermatopatias Crônicas em CãesDermatopatias Crônicas em Cães
Dermatopatias Crônicas em Cães
 
Radiologia medicina veterinária
Radiologia medicina veterináriaRadiologia medicina veterinária
Radiologia medicina veterinária
 
Aula Hanseníase
Aula Hanseníase Aula Hanseníase
Aula Hanseníase
 
Caso clínico
Caso clínicoCaso clínico
Caso clínico
 
Aula 2
Aula 2   Aula 2
Aula 2
 

Semelhante a Hematologia interpretação eritrograma

01.hemograma med
01.hemograma med01.hemograma med
01.hemograma med
Carlo Chacaltana
 
2 Anemias - Visão Geral
2  Anemias - Visão Geral2  Anemias - Visão Geral
2 Anemias - Visão Geral
Francismar Prestes Leal
 
01.-Interpretação-do-Hemograma.pdf
01.-Interpretação-do-Hemograma.pdf01.-Interpretação-do-Hemograma.pdf
01.-Interpretação-do-Hemograma.pdf
AnaOrtiz731600
 
2 anemias - visão geral
2  anemias - visão geral2  anemias - visão geral
2 anemias - visão geral
Francismar Prestes Leal
 
Questionário de hemogramas - arquivo de revisão.pptx
Questionário de hemogramas - arquivo de revisão.pptxQuestionário de hemogramas - arquivo de revisão.pptx
Questionário de hemogramas - arquivo de revisão.pptx
ssuserf1aeac2
 
4 anemias policitemias
4 anemias policitemias4 anemias policitemias
4 anemias policitemias
Cristiane Medeiros
 
Cirurgia Odontológica - apostila
Cirurgia Odontológica - apostilaCirurgia Odontológica - apostila
Cirurgia Odontológica - apostila
Jonathan Cardoso Gomes Rodrigues
 
Exames complementares
Exames complementaresExames complementares
Exames complementares
Ramon Mendes
 
Aula Sangue
Aula SangueAula Sangue
Aula Sangue
MaianaTeixeira1
 
Aneurisma Cerebral
Aneurisma CerebralAneurisma Cerebral
null.ppt
null.ppt null.ppt
null.ppt
Basilio4
 
Insufici%e ancia vascular
Insufici%e ancia vascularInsufici%e ancia vascular
Insufici%e ancia vascular
Almeida Almeida
 
Esclerodermia
Esclerodermia Esclerodermia
Esclerodermia
pauloalambert
 
Hemograma2
Hemograma2Hemograma2
Hemograma2
Eduardo Alves
 
Hemograma2
Hemograma2Hemograma2
Hemograma2
Eduardo Alves
 
Hemograma2
Hemograma2Hemograma2
Hemograma2
Eduardo Alves
 
Hemograma2
Hemograma2Hemograma2
Hemograma2
Eduardo Alves
 
Lucas
LucasLucas
Exames laboratoriais uma visão geral - maxwell castro.
Exames laboratoriais   uma visão geral - maxwell castro.Exames laboratoriais   uma visão geral - maxwell castro.
Exames laboratoriais uma visão geral - maxwell castro.
Maxwell Castro
 
Exames laboratoriais uma visão geral - maxwell castro.
Exames laboratoriais   uma visão geral - maxwell castro.Exames laboratoriais   uma visão geral - maxwell castro.
Exames laboratoriais uma visão geral - maxwell castro.
Maxwell Castro
 

Semelhante a Hematologia interpretação eritrograma (20)

01.hemograma med
01.hemograma med01.hemograma med
01.hemograma med
 
2 Anemias - Visão Geral
2  Anemias - Visão Geral2  Anemias - Visão Geral
2 Anemias - Visão Geral
 
01.-Interpretação-do-Hemograma.pdf
01.-Interpretação-do-Hemograma.pdf01.-Interpretação-do-Hemograma.pdf
01.-Interpretação-do-Hemograma.pdf
 
2 anemias - visão geral
2  anemias - visão geral2  anemias - visão geral
2 anemias - visão geral
 
Questionário de hemogramas - arquivo de revisão.pptx
Questionário de hemogramas - arquivo de revisão.pptxQuestionário de hemogramas - arquivo de revisão.pptx
Questionário de hemogramas - arquivo de revisão.pptx
 
4 anemias policitemias
4 anemias policitemias4 anemias policitemias
4 anemias policitemias
 
Cirurgia Odontológica - apostila
Cirurgia Odontológica - apostilaCirurgia Odontológica - apostila
Cirurgia Odontológica - apostila
 
Exames complementares
Exames complementaresExames complementares
Exames complementares
 
Aula Sangue
Aula SangueAula Sangue
Aula Sangue
 
Aneurisma Cerebral
Aneurisma CerebralAneurisma Cerebral
Aneurisma Cerebral
 
null.ppt
null.ppt null.ppt
null.ppt
 
Insufici%e ancia vascular
Insufici%e ancia vascularInsufici%e ancia vascular
Insufici%e ancia vascular
 
Esclerodermia
Esclerodermia Esclerodermia
Esclerodermia
 
Hemograma2
Hemograma2Hemograma2
Hemograma2
 
Hemograma2
Hemograma2Hemograma2
Hemograma2
 
Hemograma2
Hemograma2Hemograma2
Hemograma2
 
Hemograma2
Hemograma2Hemograma2
Hemograma2
 
Lucas
LucasLucas
Lucas
 
Exames laboratoriais uma visão geral - maxwell castro.
Exames laboratoriais   uma visão geral - maxwell castro.Exames laboratoriais   uma visão geral - maxwell castro.
Exames laboratoriais uma visão geral - maxwell castro.
 
Exames laboratoriais uma visão geral - maxwell castro.
Exames laboratoriais   uma visão geral - maxwell castro.Exames laboratoriais   uma visão geral - maxwell castro.
Exames laboratoriais uma visão geral - maxwell castro.
 

Mais de ReginaReiniger

Aula 1 organizacao didatica da disciplina e tecido muscular
Aula 1 organizacao didatica da disciplina e tecido muscularAula 1 organizacao didatica da disciplina e tecido muscular
Aula 1 organizacao didatica da disciplina e tecido muscular
ReginaReiniger
 
Aula 1 organizacao didatica da disciplina e tecido muscular
Aula 1 organizacao didatica da disciplina e tecido muscularAula 1 organizacao didatica da disciplina e tecido muscular
Aula 1 organizacao didatica da disciplina e tecido muscular
ReginaReiniger
 
Principais endocrinopatias em pequenos animais
Principais endocrinopatias em pequenos animaisPrincipais endocrinopatias em pequenos animais
Principais endocrinopatias em pequenos animais
ReginaReiniger
 
Principais diisturbios do sistema urinario 2015
Principais diisturbios do sistema urinario 2015Principais diisturbios do sistema urinario 2015
Principais diisturbios do sistema urinario 2015
ReginaReiniger
 
Disturbio do sistema digestorio parte 2
Disturbio do sistema digestorio parte 2Disturbio do sistema digestorio parte 2
Disturbio do sistema digestorio parte 2
ReginaReiniger
 
Disturbio do sistema digestorio parte 1
Disturbio do sistema digestorio parte 1Disturbio do sistema digestorio parte 1
Disturbio do sistema digestorio parte 1
ReginaReiniger
 
Cardiopatias
CardiopatiasCardiopatias
Cardiopatias
ReginaReiniger
 
Aula 4 dermato parte 2
Aula 4 dermato parte 2Aula 4 dermato parte 2
Aula 4 dermato parte 2
ReginaReiniger
 
Aula 3 dermatologia i 2015
Aula 3 dermatologia i  2015Aula 3 dermatologia i  2015
Aula 3 dermatologia i 2015
ReginaReiniger
 
Aula 2 neonatologia pediatria e geriatria
Aula 2 neonatologia pediatria e geriatriaAula 2 neonatologia pediatria e geriatria
Aula 2 neonatologia pediatria e geriatria
ReginaReiniger
 
Aula 1 clinica de pequenos 2 2015
Aula 1 clinica de pequenos 2 2015Aula 1 clinica de pequenos 2 2015
Aula 1 clinica de pequenos 2 2015
ReginaReiniger
 
Poligrafo laboratorio 2014
Poligrafo laboratorio  2014Poligrafo laboratorio  2014
Poligrafo laboratorio 2014
ReginaReiniger
 
Interpretacao leucograma
Interpretacao leucogramaInterpretacao leucograma
Interpretacao leucograma
ReginaReiniger
 
Bioquimica clinica 2015
Bioquimica clinica 2015Bioquimica clinica 2015
Bioquimica clinica 2015
ReginaReiniger
 
Aula urinalise 2015
Aula urinalise 2015Aula urinalise 2015
Aula urinalise 2015
ReginaReiniger
 
Aula inicial de laboratorio clínico
Aula inicial de laboratorio clínicoAula inicial de laboratorio clínico
Aula inicial de laboratorio clínico
ReginaReiniger
 
Aula hemoterapia
Aula hemoterapiaAula hemoterapia
Aula hemoterapia
ReginaReiniger
 
Apresentação exame dos liquidos cavitarios 2015
Apresentação exame dos liquidos cavitarios 2015Apresentação exame dos liquidos cavitarios 2015
Apresentação exame dos liquidos cavitarios 2015
ReginaReiniger
 
Sistema circulatório aula 1
Sistema circulatório   aula 1Sistema circulatório   aula 1
Sistema circulatório aula 1
ReginaReiniger
 
Poligrafo histologia animal ii 2015
Poligrafo histologia animal ii 2015Poligrafo histologia animal ii 2015
Poligrafo histologia animal ii 2015
ReginaReiniger
 

Mais de ReginaReiniger (20)

Aula 1 organizacao didatica da disciplina e tecido muscular
Aula 1 organizacao didatica da disciplina e tecido muscularAula 1 organizacao didatica da disciplina e tecido muscular
Aula 1 organizacao didatica da disciplina e tecido muscular
 
Aula 1 organizacao didatica da disciplina e tecido muscular
Aula 1 organizacao didatica da disciplina e tecido muscularAula 1 organizacao didatica da disciplina e tecido muscular
Aula 1 organizacao didatica da disciplina e tecido muscular
 
Principais endocrinopatias em pequenos animais
Principais endocrinopatias em pequenos animaisPrincipais endocrinopatias em pequenos animais
Principais endocrinopatias em pequenos animais
 
Principais diisturbios do sistema urinario 2015
Principais diisturbios do sistema urinario 2015Principais diisturbios do sistema urinario 2015
Principais diisturbios do sistema urinario 2015
 
Disturbio do sistema digestorio parte 2
Disturbio do sistema digestorio parte 2Disturbio do sistema digestorio parte 2
Disturbio do sistema digestorio parte 2
 
Disturbio do sistema digestorio parte 1
Disturbio do sistema digestorio parte 1Disturbio do sistema digestorio parte 1
Disturbio do sistema digestorio parte 1
 
Cardiopatias
CardiopatiasCardiopatias
Cardiopatias
 
Aula 4 dermato parte 2
Aula 4 dermato parte 2Aula 4 dermato parte 2
Aula 4 dermato parte 2
 
Aula 3 dermatologia i 2015
Aula 3 dermatologia i  2015Aula 3 dermatologia i  2015
Aula 3 dermatologia i 2015
 
Aula 2 neonatologia pediatria e geriatria
Aula 2 neonatologia pediatria e geriatriaAula 2 neonatologia pediatria e geriatria
Aula 2 neonatologia pediatria e geriatria
 
Aula 1 clinica de pequenos 2 2015
Aula 1 clinica de pequenos 2 2015Aula 1 clinica de pequenos 2 2015
Aula 1 clinica de pequenos 2 2015
 
Poligrafo laboratorio 2014
Poligrafo laboratorio  2014Poligrafo laboratorio  2014
Poligrafo laboratorio 2014
 
Interpretacao leucograma
Interpretacao leucogramaInterpretacao leucograma
Interpretacao leucograma
 
Bioquimica clinica 2015
Bioquimica clinica 2015Bioquimica clinica 2015
Bioquimica clinica 2015
 
Aula urinalise 2015
Aula urinalise 2015Aula urinalise 2015
Aula urinalise 2015
 
Aula inicial de laboratorio clínico
Aula inicial de laboratorio clínicoAula inicial de laboratorio clínico
Aula inicial de laboratorio clínico
 
Aula hemoterapia
Aula hemoterapiaAula hemoterapia
Aula hemoterapia
 
Apresentação exame dos liquidos cavitarios 2015
Apresentação exame dos liquidos cavitarios 2015Apresentação exame dos liquidos cavitarios 2015
Apresentação exame dos liquidos cavitarios 2015
 
Sistema circulatório aula 1
Sistema circulatório   aula 1Sistema circulatório   aula 1
Sistema circulatório aula 1
 
Poligrafo histologia animal ii 2015
Poligrafo histologia animal ii 2015Poligrafo histologia animal ii 2015
Poligrafo histologia animal ii 2015
 

Hematologia interpretação eritrograma

  • 1. 21/07/2015 1 HEMOGRAMA Profª. Regina P. Reiniger CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE CURSO DE MEDICINA VETERINÁRIA DISCIPLINA DE LABORATÓRIO CLÍNICO Contagem de hemácias - Contagem de Leucócitos Teor de Hemoglobina - Diferencial - Esfregaço Volume Globular VGM CHGM Proteínas Plasmáticas Fibrinogênio Plasmático HEMOGRAMA ERITROGRAMA LEUCOGRAMA Câmara de Neubawer Pipeta de Thoma Soma dos quadrantes X 10.000 CONTAGEM DE LEUCÓCITOS Soma dos quadrantes X 50 Contador eletrônico
  • 2. 21/07/2015 2 Método para realização de esfregaço sanguíneo Fonte: GONZÁLEZ; DA SILVA, 2008. Esfregaço sanguíneo Coloração – Panótico Rápido Fixador Ácido Básico CONTAGEM DIFERENCIAL
  • 3. 21/07/2015 3 HEMATÓCRITO ESPÉCIE HEMATÓCRITO (%) Canino 42 – 56 Felino 24 – 45 Bovino 30 – 39 Eqüino 32 - 55 Figura 1. Hematócrito Hematócrito (VG%) Interpretação – Acima Desidratação Excitação /exercício / choque Neoplasma Renal Doença alveolar crônica Altitude – Abaixo Processo hemolítico (coleta) Excesso de EDTA Coagulação da amostra Gestação avançada Tranquilizante e anestesia Hemodiluição Anemias Proteína e Fibrinogênio Interpretação – Dentro dos limites fisiológicos para a espécie NORMAL – Acima DESIDRATAÇÃO – Abaixo HIPOPROTEINEMIA PPT – g%
  • 4. 21/07/2015 4 Importância– Técnica –Precipitação por aquecimento 1ª PPT – 2ª PPT = FIBRINOGÊNIO FIBRINOGÊNIO Valores fisiológicos – Equinos 200 – 400mg/ dl – Bovinos 200 – 600mg/ dl – Caninos 100 – 300mg/ dl – Felinos 100 – 300mg/ dl Interpretação do Eritrograma ESPÉCIE Nº de eritrócitos milhões/ µl Canino 5,5 – 8,5 Felino 5,0 – 10 Bovino 6 – 7,7 Suíno 5 - 9 Eqüino 7 - 13 Interpretação do Eritrograma ANEMIA POLICITEMIA Policitemia – nº hemácias Hb Vg -Relativa -Absoluta Classificação das policitemias Relativa – Desidratação (PPT aumentada) – Contração esplênica (PPT inalterada) Absoluta –Primária  doença primária do erítron –Secundária doença em outro órgão Anemia – nº hemácias Hb Vg
  • 5. 21/07/2015 5 Definição Sinais clínicos – Dispnéia / taquipnéia – Palidez das mucosas / Cianose - Taquicardia / Pulso acelerado - Depressão e desmaios – Anemia hemolítica aguda - Icterícia - Hemoglobinemia/hemoglobinúria - Febre Classificação das anemias  Massa global dos eritrócitos  Resposta medular  Fisiopatológica  Morfológica Massa global de eritrócitos Relativa Fluidoterapia Gestação Absoluta Redução da massa eritrocitária Resposta medular Regenerativa ou responsiva Pouco regenerativa ou pouco responsiva Arregenerativa ou não responsiva Resposta medular Regenerativa ou responsiva –Resposta satisfatória da medular (precursores eritróides) -Hemolíticas * -Perdas sangüíneas .Parasitismo -Infestaçções por ecto(carrapato, pulga) ou endoparasitos (Haemonchus spp) .Traumas (atropelamento com ruptura de órgãos ou grandes vasos) Pouco regenerativa ou pouco responsiva Arregenerativa ou não responsiva Anemia regenerativa – Doenças hemolíticas  AHIM – as hemácias tornam-se cobertas por Ac  Hemobartonelose  Babesiose  Anaplasmose  Hemólise mecânica
  • 6. 21/07/2015 6 Hemólise mecânica: esquistócito - Hemácias normais são forçadas a atravessar leitos capilares anormalmente tortuosos = hemólise microangiopática Glomerulonefrite, CID, Hemangiossarcomas -Hemácias normais são expostas a um fluxo sanguíneo turbulento dentro de grandes vasos: - Dirofilariose, doenças cardíacas Pouco regenerativa ou pouco responsiva – Diminuição dos percussores eritróides Def. vit. B12 e vit B6 Def.ácido fólico e ferro Arregenerativa ou não responsiva – Sem percussores eritróides • Anemias aplásticas • Insuficiência renal crônica(cão) • Eritropoese ineficaz = neoplasmas • Medicamentos (quimioterápicos / fenilbutasona) Classificação Morfológica ....Índices hematimétricos –Volume corpuscular médio (VCM) VCM= Vg x 10 nºeritrócitos Normocítica Macrocítica Microcítica Classificação Morfológica Índices hematimétricos– Concentração de hemoglobina corpuscular média (CHCM) CHGM = Hb x 100 Vg Normocrômica Hipocrômica Hipercrômica Classificação Fisiopatológica Perdas sangüíneas ou hemorrágicas Hemolíticas Por má síntese de hemoglobina Megaloblásticas Por insuficiência medular
  • 7. 21/07/2015 7 CLASSIFICAÇÃO MORFOLÓGICA Exemplos: 1.CGV-2.900.000(6-8x106) 2. 4.000.000 3. 3.600.000 Hb – 4,8 (12-18) 10,7 7,3 Vg – 16% (36-55) 32 22 VCM -..............(60-77) ................. ................. CHCM- ............(31-36) ................. ................. VCM= Vg x 10 nºeritrócitos CHGM = Hb x 100 Vg VCM CHCM INTERPRETAÇÃO (Anemias) Sempre regenerativa –Hemorragia ou hemólise Distúrbio na fase de multiplicação – deficiência de B12, ácido fólico e cobalto Inicio das anemias microcíticas / hipocrômicas - Intoxicação por chumbo e drogas Falta de eritropoetina (doenças crônicas –I.R.C) Má síntese de hemoglobina (deficiência de Fe e doenças crônicas) Evolução de anemias microcíticas/hipocrômicas Nefrite com Uremia N N N N Ht % PPT Interpretação Desidratação Contração Esplênica, Policitemia 1ª e 2ª, Desidratação mascarada por hipoproteiniemia Hipoproteinemia com contração esplênica N Anemia mascarada por desidratação, aumento de globulinas Fisiológico Elevada perda proteíca,Baixa produção proteíca Anemia associada a desidratação Elevada destruição de eritrócitos,diminuição da eritropoiese, Perda crônica de sangue(deficiência de ferro) Fluidoterapia, Perda de sangue externa N N N