SlideShare uma empresa Scribd logo
Como se alteram os hábitos no
ocidente?
2º Desafio “Como na Vida”
1
8ºD
Inês Tavares nº13
Ana Margarida nº3
2
Portugal foi a primeira potência europeia a satisfazer as
suas carências de mão de obra através da importação
de escravos.
O exemplo de Portugal foi seguido pela Espanha.
A Inglaterra aderiu a este tráfico na segunda metade do
século XVI.
A França, a Holanda, a Dinamarca e as próprias colónias
americanas entraram neste comércio como
competidores.
3
Na América do Norte, o primeiro carregamento de
escravos africanos chegou em 1619.
Os escravos na América do Norte não tinham direitos,
mas a tradição conferia-lhes algumas regalias, que a
grande maioria dos donos não tinha obrigação, porém,
de cumprir.
4
5
Na Idade Média, estes produtos tinham já uma larga
difusão, apesar de serem raros e por isso muito
dispendiosos. Aliás, a preciosidade e raridade das
especiarias fazia aumentar a procura por parte dos
mercadores, uma vez que o seu comércio lhes trazia
avultados lucros.
6
7
Na África, os mercadores encontravam a pimenta
vermelha, também chamada malagueta, na Gâmbia e no
Golfo da Guiné.
Nesta última região havia igualmente uma variedade da
pimenta preta indiana.
8
Na Ásia havia, sobretudo, seis tipos de especiarias: a
pimenta, o gengibre, a canela, o cravo, as maçãs e a noz
moscada.
Curiosamente, todos estes lugares foram "descobertos" e
controlados pelos portugueses durante o período da sua
expansão marítima, proporcionando uma das suas maiores
riquezas.
9
É originária da América do Sul, sendo subespontânea e
cultivada na Europa.
Trazida dos Andes peruanos depois da conquista de
Pizarro, a batateira foi introduzida em Espanha em
1580.
10
11
A sua cultura espalhou-se rapidamente em Espanha,
Itália e Alemanha para alimentação dos animais.
Em 1763, um prisioneiro alemão de nome Parmentier
provou a batata passando, então, a fazer a propaganda
da sua cultura.
Existem cerca de duas mil variedades de batata em todo
o mundo.
12
A cana-de-açúcar foi o produto de maior sucesso
comercial do Brasil.
Teve início em 1532, quando o governador-geral,
Martim Afonso instalou o primeiro engenho na
capitania de São Vicente.
Entre 1570 e 1670, o Brasil tornou-se no maior
produtor de açúcar mundial.
13
14
A generalização do consumo do açúcar na Europa, que
incentivava o aumento da produção, fez cair
drasticamente os preços.
O Marquês de Pombal cria entre 1755 e 1777, as
Companhias de Comércio do Grão-Pará e Maranhão e a
de Pernambuco e Paraíba relativamente, que foram
responsáveis pelo incremento do tráfego negreiro entre
Angola e o Brasil.
15
Bibliografia:
http://pt.wikipedia.org
http://www.infopedia.pt/
16

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Brasil colônia final
Brasil colônia  finalBrasil colônia  final
Brasil colônia final
Kerol Brombal
 
A economia na América portuguesa e o Brasil holandês.
A economia na América portuguesa e o Brasil holandês.A economia na América portuguesa e o Brasil holandês.
A economia na América portuguesa e o Brasil holandês.
euricomarkes
 
Colonizações inglesa, francesa e holandesa
Colonizações inglesa, francesa e holandesaColonizações inglesa, francesa e holandesa
Colonizações inglesa, francesa e holandesa
Lú Carvalho
 
Brasil: Economia Colonial
Brasil: Economia ColonialBrasil: Economia Colonial
Brasil: Economia Colonial
Portal do Vestibulando
 
Atividades econômicas na América Portuguesa
Atividades econômicas na América PortuguesaAtividades econômicas na América Portuguesa
Atividades econômicas na América Portuguesa
João Marcelo
 
As colonizações inglesa, francesa e holandesa
As colonizações inglesa, francesa e holandesaAs colonizações inglesa, francesa e holandesa
As colonizações inglesa, francesa e holandesa
Alê Maldonado
 
Invasões Holandesas
   Invasões Holandesas   Invasões Holandesas
Invasões Holandesas
diego8101995
 
Brasil colonial
Brasil colonial Brasil colonial
Brasil colonial
Isabel Aguiar
 
Colonização inglesa francesa holandesa
Colonização  inglesa francesa holandesaColonização  inglesa francesa holandesa
Colonização inglesa francesa holandesa
Celso Firmino História, Filosofia, Sociologia
 
A colonização da américa
A colonização da américaA colonização da américa
A colonização da américa
Marcela Marangon Ribeiro
 
A Formação do Território Brasileiro - 7º Ano (2018)
A Formação do Território Brasileiro - 7º Ano (2018)A Formação do Território Brasileiro - 7º Ano (2018)
A Formação do Território Brasileiro - 7º Ano (2018)
Nefer19
 
Capítulo 5 Organização político-administrativa na América Portuguesa
Capítulo 5 Organização político-administrativa na América PortuguesaCapítulo 5 Organização político-administrativa na América Portuguesa
Capítulo 5 Organização político-administrativa na América Portuguesa
Vitor Ferreira
 
Brasil Colônia : Economia
 Brasil Colônia : Economia Brasil Colônia : Economia
Brasil Colônia : Economia
Lyzaa Martha
 
Colonização portuguesa na américa
Colonização portuguesa na américaColonização portuguesa na américa
Colonização portuguesa na américa
Carolina Medeiros
 
Sistema colonial portugues aula 1
Sistema colonial portugues aula 1Sistema colonial portugues aula 1
Sistema colonial portugues aula 1
Marcelo Ferreira Boia
 
Módulos 45 e 46 Expansão e colonização francesa e holandesa
Módulos 45 e 46  Expansão e colonização francesa e holandesaMódulos 45 e 46  Expansão e colonização francesa e holandesa
Módulos 45 e 46 Expansão e colonização francesa e holandesa
Lú Carvalho
 
I retrospectivahistricadobrasilcolnia-090423141328-phpapp01
I retrospectivahistricadobrasilcolnia-090423141328-phpapp01I retrospectivahistricadobrasilcolnia-090423141328-phpapp01
I retrospectivahistricadobrasilcolnia-090423141328-phpapp01
Sidnea Marinho
 
Trabalho de história 4BIMESTRE
Trabalho de história 4BIMESTRETrabalho de história 4BIMESTRE
Trabalho de história 4BIMESTRE
Jefferson Barroso
 

Mais procurados (18)

Brasil colônia final
Brasil colônia  finalBrasil colônia  final
Brasil colônia final
 
A economia na América portuguesa e o Brasil holandês.
A economia na América portuguesa e o Brasil holandês.A economia na América portuguesa e o Brasil holandês.
A economia na América portuguesa e o Brasil holandês.
 
Colonizações inglesa, francesa e holandesa
Colonizações inglesa, francesa e holandesaColonizações inglesa, francesa e holandesa
Colonizações inglesa, francesa e holandesa
 
Brasil: Economia Colonial
Brasil: Economia ColonialBrasil: Economia Colonial
Brasil: Economia Colonial
 
Atividades econômicas na América Portuguesa
Atividades econômicas na América PortuguesaAtividades econômicas na América Portuguesa
Atividades econômicas na América Portuguesa
 
As colonizações inglesa, francesa e holandesa
As colonizações inglesa, francesa e holandesaAs colonizações inglesa, francesa e holandesa
As colonizações inglesa, francesa e holandesa
 
Invasões Holandesas
   Invasões Holandesas   Invasões Holandesas
Invasões Holandesas
 
Brasil colonial
Brasil colonial Brasil colonial
Brasil colonial
 
Colonização inglesa francesa holandesa
Colonização  inglesa francesa holandesaColonização  inglesa francesa holandesa
Colonização inglesa francesa holandesa
 
A colonização da américa
A colonização da américaA colonização da américa
A colonização da américa
 
A Formação do Território Brasileiro - 7º Ano (2018)
A Formação do Território Brasileiro - 7º Ano (2018)A Formação do Território Brasileiro - 7º Ano (2018)
A Formação do Território Brasileiro - 7º Ano (2018)
 
Capítulo 5 Organização político-administrativa na América Portuguesa
Capítulo 5 Organização político-administrativa na América PortuguesaCapítulo 5 Organização político-administrativa na América Portuguesa
Capítulo 5 Organização político-administrativa na América Portuguesa
 
Brasil Colônia : Economia
 Brasil Colônia : Economia Brasil Colônia : Economia
Brasil Colônia : Economia
 
Colonização portuguesa na américa
Colonização portuguesa na américaColonização portuguesa na américa
Colonização portuguesa na américa
 
Sistema colonial portugues aula 1
Sistema colonial portugues aula 1Sistema colonial portugues aula 1
Sistema colonial portugues aula 1
 
Módulos 45 e 46 Expansão e colonização francesa e holandesa
Módulos 45 e 46  Expansão e colonização francesa e holandesaMódulos 45 e 46  Expansão e colonização francesa e holandesa
Módulos 45 e 46 Expansão e colonização francesa e holandesa
 
I retrospectivahistricadobrasilcolnia-090423141328-phpapp01
I retrospectivahistricadobrasilcolnia-090423141328-phpapp01I retrospectivahistricadobrasilcolnia-090423141328-phpapp01
I retrospectivahistricadobrasilcolnia-090423141328-phpapp01
 
Trabalho de história 4BIMESTRE
Trabalho de história 4BIMESTRETrabalho de história 4BIMESTRE
Trabalho de história 4BIMESTRE
 

Semelhante a Habitos do oriente corrigido

Brasil Colônia - História.
Brasil Colônia - História.Brasil Colônia - História.
Brasil Colônia - História.
Julia Maldonado Garcia
 
Brasil colônia
Brasil colôniaBrasil colônia
Brasil colônia
Rose Vital
 
áFrica negra
áFrica negraáFrica negra
áFrica negra
Ana Sêco
 
aula_11_de_historia_-_7º_ano_8º_quinzena_-_conquista_e_colonizacao_da_america...
aula_11_de_historia_-_7º_ano_8º_quinzena_-_conquista_e_colonizacao_da_america...aula_11_de_historia_-_7º_ano_8º_quinzena_-_conquista_e_colonizacao_da_america...
aula_11_de_historia_-_7º_ano_8º_quinzena_-_conquista_e_colonizacao_da_america...
Elizeu filho
 
Civilizacao Do Acucar Arielly E Naara E Ju
Civilizacao Do Acucar Arielly E Naara E JuCivilizacao Do Acucar Arielly E Naara E Ju
Civilizacao Do Acucar Arielly E Naara E Ju
valdeniDinamizador
 
01 colônia - expansão da colonização
01   colônia - expansão da colonização01   colônia - expansão da colonização
01 colônia - expansão da colonização
Portal do Vestibulando
 
História dos negros
História dos negrosHistória dos negros
História dos negros
joaobundao
 
O ciclo do acúçar e o ciclo do ouro
O ciclo do acúçar e o ciclo do ouroO ciclo do acúçar e o ciclo do ouro
O ciclo do acúçar e o ciclo do ouro
anabelasilvasobral
 
Hist doc 8.1
Hist doc 8.1Hist doc 8.1
Hist doc 8.1
bleckmouth
 
Colonizacao inglesa e francesa
Colonizacao inglesa e francesaColonizacao inglesa e francesa
Colonizacao inglesa e francesa
Carlos Zaranza
 
A afirmação do expansionismo europeu
A afirmação do expansionismo europeuA afirmação do expansionismo europeu
A afirmação do expansionismo europeu
helenacompleto
 
Conquista e coloniza__o_da_am_rica
Conquista e coloniza__o_da_am_ricaConquista e coloniza__o_da_am_rica
Conquista e coloniza__o_da_am_rica
Paaula Aguiar
 
Ciclo do açúcar no brasil colonial by Ernandez Oliveira
Ciclo do açúcar no brasil colonial by Ernandez OliveiraCiclo do açúcar no brasil colonial by Ernandez Oliveira
Ciclo do açúcar no brasil colonial by Ernandez Oliveira
Ernandez Oliveira
 
A Disputa dos Mares e a Afirmação do Capitalismo Comercial
A Disputa dos Mares e a Afirmação do Capitalismo ComercialA Disputa dos Mares e a Afirmação do Capitalismo Comercial
A Disputa dos Mares e a Afirmação do Capitalismo Comercial
Nelson Faustino
 
4 colonizacao da-america
4 colonizacao da-america4 colonizacao da-america
4 colonizacao da-america
Lucas Cechinel
 
Expansão Marítima
Expansão MarítimaExpansão Marítima
Expansão Marítima
samuelbaiano
 
SA_HIS_HIS_V01_U00_C00_04_APR.pptx
SA_HIS_HIS_V01_U00_C00_04_APR.pptxSA_HIS_HIS_V01_U00_C00_04_APR.pptx
SA_HIS_HIS_V01_U00_C00_04_APR.pptx
VarleiCouto1
 
Aula 1 aula 2 brasil colonial
Aula 1 aula 2 brasil colonialAula 1 aula 2 brasil colonial
Aula 1 aula 2 brasil colonial
daviprofessor
 
F1 o império português e a concorrência internacional
F1 o império português e a concorrência internacionalF1 o império português e a concorrência internacional
F1 o império português e a concorrência internacional
Vítor Santos
 
Aula brasil-colonial-ac3a7ucar-holandeses
Aula brasil-colonial-ac3a7ucar-holandesesAula brasil-colonial-ac3a7ucar-holandeses
Aula brasil-colonial-ac3a7ucar-holandeses
Lucir Antonio de Souza
 

Semelhante a Habitos do oriente corrigido (20)

Brasil Colônia - História.
Brasil Colônia - História.Brasil Colônia - História.
Brasil Colônia - História.
 
Brasil colônia
Brasil colôniaBrasil colônia
Brasil colônia
 
áFrica negra
áFrica negraáFrica negra
áFrica negra
 
aula_11_de_historia_-_7º_ano_8º_quinzena_-_conquista_e_colonizacao_da_america...
aula_11_de_historia_-_7º_ano_8º_quinzena_-_conquista_e_colonizacao_da_america...aula_11_de_historia_-_7º_ano_8º_quinzena_-_conquista_e_colonizacao_da_america...
aula_11_de_historia_-_7º_ano_8º_quinzena_-_conquista_e_colonizacao_da_america...
 
Civilizacao Do Acucar Arielly E Naara E Ju
Civilizacao Do Acucar Arielly E Naara E JuCivilizacao Do Acucar Arielly E Naara E Ju
Civilizacao Do Acucar Arielly E Naara E Ju
 
01 colônia - expansão da colonização
01   colônia - expansão da colonização01   colônia - expansão da colonização
01 colônia - expansão da colonização
 
História dos negros
História dos negrosHistória dos negros
História dos negros
 
O ciclo do acúçar e o ciclo do ouro
O ciclo do acúçar e o ciclo do ouroO ciclo do acúçar e o ciclo do ouro
O ciclo do acúçar e o ciclo do ouro
 
Hist doc 8.1
Hist doc 8.1Hist doc 8.1
Hist doc 8.1
 
Colonizacao inglesa e francesa
Colonizacao inglesa e francesaColonizacao inglesa e francesa
Colonizacao inglesa e francesa
 
A afirmação do expansionismo europeu
A afirmação do expansionismo europeuA afirmação do expansionismo europeu
A afirmação do expansionismo europeu
 
Conquista e coloniza__o_da_am_rica
Conquista e coloniza__o_da_am_ricaConquista e coloniza__o_da_am_rica
Conquista e coloniza__o_da_am_rica
 
Ciclo do açúcar no brasil colonial by Ernandez Oliveira
Ciclo do açúcar no brasil colonial by Ernandez OliveiraCiclo do açúcar no brasil colonial by Ernandez Oliveira
Ciclo do açúcar no brasil colonial by Ernandez Oliveira
 
A Disputa dos Mares e a Afirmação do Capitalismo Comercial
A Disputa dos Mares e a Afirmação do Capitalismo ComercialA Disputa dos Mares e a Afirmação do Capitalismo Comercial
A Disputa dos Mares e a Afirmação do Capitalismo Comercial
 
4 colonizacao da-america
4 colonizacao da-america4 colonizacao da-america
4 colonizacao da-america
 
Expansão Marítima
Expansão MarítimaExpansão Marítima
Expansão Marítima
 
SA_HIS_HIS_V01_U00_C00_04_APR.pptx
SA_HIS_HIS_V01_U00_C00_04_APR.pptxSA_HIS_HIS_V01_U00_C00_04_APR.pptx
SA_HIS_HIS_V01_U00_C00_04_APR.pptx
 
Aula 1 aula 2 brasil colonial
Aula 1 aula 2 brasil colonialAula 1 aula 2 brasil colonial
Aula 1 aula 2 brasil colonial
 
F1 o império português e a concorrência internacional
F1 o império português e a concorrência internacionalF1 o império português e a concorrência internacional
F1 o império português e a concorrência internacional
 
Aula brasil-colonial-ac3a7ucar-holandeses
Aula brasil-colonial-ac3a7ucar-holandesesAula brasil-colonial-ac3a7ucar-holandeses
Aula brasil-colonial-ac3a7ucar-holandeses
 

Habitos do oriente corrigido

  • 1. Como se alteram os hábitos no ocidente? 2º Desafio “Como na Vida” 1 8ºD Inês Tavares nº13 Ana Margarida nº3
  • 2. 2
  • 3. Portugal foi a primeira potência europeia a satisfazer as suas carências de mão de obra através da importação de escravos. O exemplo de Portugal foi seguido pela Espanha. A Inglaterra aderiu a este tráfico na segunda metade do século XVI. A França, a Holanda, a Dinamarca e as próprias colónias americanas entraram neste comércio como competidores. 3
  • 4. Na América do Norte, o primeiro carregamento de escravos africanos chegou em 1619. Os escravos na América do Norte não tinham direitos, mas a tradição conferia-lhes algumas regalias, que a grande maioria dos donos não tinha obrigação, porém, de cumprir. 4
  • 5. 5
  • 6. Na Idade Média, estes produtos tinham já uma larga difusão, apesar de serem raros e por isso muito dispendiosos. Aliás, a preciosidade e raridade das especiarias fazia aumentar a procura por parte dos mercadores, uma vez que o seu comércio lhes trazia avultados lucros. 6
  • 7. 7 Na África, os mercadores encontravam a pimenta vermelha, também chamada malagueta, na Gâmbia e no Golfo da Guiné. Nesta última região havia igualmente uma variedade da pimenta preta indiana.
  • 8. 8 Na Ásia havia, sobretudo, seis tipos de especiarias: a pimenta, o gengibre, a canela, o cravo, as maçãs e a noz moscada. Curiosamente, todos estes lugares foram "descobertos" e controlados pelos portugueses durante o período da sua expansão marítima, proporcionando uma das suas maiores riquezas.
  • 9. 9
  • 10. É originária da América do Sul, sendo subespontânea e cultivada na Europa. Trazida dos Andes peruanos depois da conquista de Pizarro, a batateira foi introduzida em Espanha em 1580. 10
  • 11. 11 A sua cultura espalhou-se rapidamente em Espanha, Itália e Alemanha para alimentação dos animais. Em 1763, um prisioneiro alemão de nome Parmentier provou a batata passando, então, a fazer a propaganda da sua cultura. Existem cerca de duas mil variedades de batata em todo o mundo.
  • 12. 12
  • 13. A cana-de-açúcar foi o produto de maior sucesso comercial do Brasil. Teve início em 1532, quando o governador-geral, Martim Afonso instalou o primeiro engenho na capitania de São Vicente. Entre 1570 e 1670, o Brasil tornou-se no maior produtor de açúcar mundial. 13
  • 14. 14 A generalização do consumo do açúcar na Europa, que incentivava o aumento da produção, fez cair drasticamente os preços. O Marquês de Pombal cria entre 1755 e 1777, as Companhias de Comércio do Grão-Pará e Maranhão e a de Pernambuco e Paraíba relativamente, que foram responsáveis pelo incremento do tráfego negreiro entre Angola e o Brasil.
  • 16. 16