SlideShare uma empresa Scribd logo
Valores	
  e	
  Cultura:	
  a	
  Diversidade	
  e	
  o	
  Diálogo	
  entre	
  Culturas	
  
	
  
	
  
FICHA	
  TÉCNICA	
  
	
  
	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  	
  Professora	
  Joana	
  Inês	
  Pontes	
  
Título	
   Gran	
  Torino	
  
Data	
  	
   2008,	
  EUA/Austrália	
  
Realizador	
  	
   Clint	
  Eastwood	
  
Argumento	
   Nick	
  Schenk	
  
Intérpretes	
   Christhopher	
  Carley,	
  Clint	
  Eastwood,	
  Cory	
  Hardrict,	
  Geraldine	
  Hughes,	
  John	
  
Carroll	
  Lynch	
  
Duração	
   116	
  min.	
   	
   	
   	
   	
  
Site	
  oficial	
   http://www.thegrantorino.com/	
  
	
   As	
   pessoas	
   a	
   quem	
   Walt	
   chamava	
   vizinhos	
   faleceram	
   ou	
   mudaram-­‐se,	
   e	
  
foram	
  substituídas	
  pelos	
  Hmongs,	
  imigrantes	
  do	
  sudeste	
  asiático,	
  que	
  ele	
  
despreza.	
  Uma	
  noite,	
  alguém	
  tenta	
  roubar	
  o	
  seu	
  Gran	
  Torino	
  de	
  1972:	
  o	
  seu	
  
vizinho	
   adolescente	
   Thao,	
   pressionado	
   por	
   um	
   gang	
   de	
   Hmongs.	
   No	
  
entanto,	
   Walt	
   defende	
   o	
   rapaz,	
   o	
   que	
   o	
   torna	
   o	
   herói	
   do	
   bairro,	
  
especialmente	
  para	
  a	
  mãe	
  de	
  Thao	
  e	
  a	
  irmã	
  mais	
  velha,	
  Sue,	
  que	
  insistem	
  
que	
  Thao	
  trabalhe	
  para	
  Walt	
  como	
  forma	
  de	
  se	
  redimir.	
  Inicialmente,	
  Walt	
  
nada	
   quer	
   ter	
   a	
   ver	
   com	
   essas	
   pessoas,	
   mas	
   algum	
   tempo	
   depois	
   coloca	
  
Thao	
  a	
  trabalhar,	
  o	
  que	
  origina	
  uma	
  amizade	
  improvável	
  que	
  vai	
  mudar	
  as	
  
suas	
   vidas.	
   Através	
   da	
   bondade	
   da	
   família	
   de	
   Thao,	
   Walt	
   finalmente	
  
compreende	
  algumas	
  verdades	
  sobre	
  as	
  pessoas	
  que	
  ele	
  não	
  considerava	
  
vizinhos.	
  E	
  sobre	
  si	
  mesmo.	
  Essas	
  pessoas	
  têm	
  mais	
  em	
  comum	
  consigo,	
  do	
  
que	
  a	
  sua	
  própria	
  família...	
  
Roteiro	
  de	
  Análise	
  
1	
  .	
  Indique	
  a	
  problemática	
  inerente	
  ao	
  filme.	
  
2.	
   Refira	
   os	
   termos	
   que	
   Walt	
   Kowalsky	
   utiliza	
   para	
   se	
   referir	
   aos	
   grupos	
   étnicos	
  
diferentes,	
  sobretudo,	
  aos	
  Hmongs.	
  
3.	
   Walt	
   Kowalsky	
   e	
   Sue	
   manifestam	
   diferentes	
   atitudes	
   diante	
   da	
   diversidade	
   cultural.	
  
Concorda	
  com	
  a	
  afirmação?	
  Fundamente	
  a	
  resposta	
  recorrendo	
  aos	
  conteúdos	
  estudados.	
  	
  
4.	
   Exponha	
   os	
   motivos	
   que	
   levam	
   Walt	
   Kowalsky	
   a	
   aproximar-­‐se	
   do	
   Padre	
   Jake,	
  
acabando	
  por	
  se	
  confessar?	
  
5.	
  Embora	
  a	
  sua	
  família	
  seja	
  da	
  sua	
  etnia,	
  Walt	
  não	
  se	
  relaciona	
  bem	
  com	
  eles.	
  Quais	
  são,	
  
no	
  final	
  do	
  filme,	
  os	
  elementos	
  mais	
  importantes	
  para	
  Walt?	
  Justifique	
  a	
  sua	
  resposta.	
  
6.	
  Por	
  que	
  razão	
  Walt	
  finaliza	
  a	
  “situação”	
  daquela	
  forma?	
  
7.	
   É	
   importante	
   viver	
   e	
   conviver	
   em	
   sociedade,	
   mas	
   “sem	
   valores	
   comuns	
   muito	
  
simplesmente	
  não	
  há	
  sociedade”	
  (Nina	
  Rosenstand,	
  1993).	
  Comente	
  o	
  excerto	
  tendo	
  em	
  
consideração	
  o	
  filme	
  e	
  os	
  conteúdos	
  abordados.	
  	
  
	
  

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Principais problemas e soluções sociodemográficos
Principais problemas e soluções sociodemográficosPrincipais problemas e soluções sociodemográficos
Principais problemas e soluções sociodemográficos
Ilda Bicacro
 
Geografia A 10 ano - População
Geografia A 10 ano - PopulaçãoGeografia A 10 ano - População
Geografia A 10 ano - População
Raffaella Ergün
 
Provas da existência de Deus segundo Descartes
Provas da existência de Deus segundo DescartesProvas da existência de Deus segundo Descartes
Provas da existência de Deus segundo Descartes
Joana Filipa Rodrigues
 
Distribuição da população portuguesa
Distribuição da população portuguesaDistribuição da população portuguesa
Distribuição da população portuguesa
Ilda Bicacro
 
Produção agrícola nacional- Alentejo
Produção agrícola nacional- AlentejoProdução agrícola nacional- Alentejo
Produção agrícola nacional- Alentejo
Davide Ferreira
 
Frei Luís de Sousa - Quadro Síntese
Frei Luís de Sousa - Quadro SínteseFrei Luís de Sousa - Quadro Síntese
Frei Luís de Sousa - Quadro Síntese
JulianaOmendes
 
Regioes agrarias
Regioes agrariasRegioes agrarias
Regioes agrarias
Ilda Bicacro
 
O artigo de apreciação crítica
O artigo de apreciação críticaO artigo de apreciação crítica
O artigo de apreciação crítica
Fernanda Monteiro
 
Recursos energéticos
Recursos energéticosRecursos energéticos
Recursos energéticos
Ilda Bicacro
 
falácias informais
falácias informaisfalácias informais
falácias informais
Isabel Moura
 
Listas das falácias informais
Listas das falácias informaisListas das falácias informais
Listas das falácias informais
Isabel Moura
 
Psicologia criminal
Psicologia criminalPsicologia criminal
Psicologia criminal
pirolitas
 
Relativismo e Subjetivismo Moral
Relativismo e Subjetivismo MoralRelativismo e Subjetivismo Moral
Relativismo e Subjetivismo Moral
Jorge Lopes
 
22 - A crise do século XIV
22 - A crise do século XIV22 - A crise do século XIV
22 - A crise do século XIV
Carla Freitas
 
5 04 a implantação do liberalismo em portugal
5 04 a implantação do liberalismo em portugal5 04 a implantação do liberalismo em portugal
5 04 a implantação do liberalismo em portugal
Vítor Santos
 
Direito à Saúde
Direito à SaúdeDireito à Saúde
Direito à Saúde
ProfCidadania1
 
Cheias e inundações
Cheias e inundaçõesCheias e inundações
Cheias e inundações
Carlos Henrique Tavares
 
História 11ºano ( matéria do 1º período)
 História 11ºano ( matéria do 1º período) História 11ºano ( matéria do 1º período)
História 11ºano ( matéria do 1º período)
Andreia Pacheco
 
Luteranismo
LuteranismoLuteranismo
Luteranismo
nanasimao
 
4. O Modelo Romano - a progressiva extensão da cidadania; a afirmação imperia...
4. O Modelo Romano - a progressiva extensão da cidadania; a afirmação imperia...4. O Modelo Romano - a progressiva extensão da cidadania; a afirmação imperia...
4. O Modelo Romano - a progressiva extensão da cidadania; a afirmação imperia...
Núcleo de Estágio ESL 2014-2015
 

Mais procurados (20)

Principais problemas e soluções sociodemográficos
Principais problemas e soluções sociodemográficosPrincipais problemas e soluções sociodemográficos
Principais problemas e soluções sociodemográficos
 
Geografia A 10 ano - População
Geografia A 10 ano - PopulaçãoGeografia A 10 ano - População
Geografia A 10 ano - População
 
Provas da existência de Deus segundo Descartes
Provas da existência de Deus segundo DescartesProvas da existência de Deus segundo Descartes
Provas da existência de Deus segundo Descartes
 
Distribuição da população portuguesa
Distribuição da população portuguesaDistribuição da população portuguesa
Distribuição da população portuguesa
 
Produção agrícola nacional- Alentejo
Produção agrícola nacional- AlentejoProdução agrícola nacional- Alentejo
Produção agrícola nacional- Alentejo
 
Frei Luís de Sousa - Quadro Síntese
Frei Luís de Sousa - Quadro SínteseFrei Luís de Sousa - Quadro Síntese
Frei Luís de Sousa - Quadro Síntese
 
Regioes agrarias
Regioes agrariasRegioes agrarias
Regioes agrarias
 
O artigo de apreciação crítica
O artigo de apreciação críticaO artigo de apreciação crítica
O artigo de apreciação crítica
 
Recursos energéticos
Recursos energéticosRecursos energéticos
Recursos energéticos
 
falácias informais
falácias informaisfalácias informais
falácias informais
 
Listas das falácias informais
Listas das falácias informaisListas das falácias informais
Listas das falácias informais
 
Psicologia criminal
Psicologia criminalPsicologia criminal
Psicologia criminal
 
Relativismo e Subjetivismo Moral
Relativismo e Subjetivismo MoralRelativismo e Subjetivismo Moral
Relativismo e Subjetivismo Moral
 
22 - A crise do século XIV
22 - A crise do século XIV22 - A crise do século XIV
22 - A crise do século XIV
 
5 04 a implantação do liberalismo em portugal
5 04 a implantação do liberalismo em portugal5 04 a implantação do liberalismo em portugal
5 04 a implantação do liberalismo em portugal
 
Direito à Saúde
Direito à SaúdeDireito à Saúde
Direito à Saúde
 
Cheias e inundações
Cheias e inundaçõesCheias e inundações
Cheias e inundações
 
História 11ºano ( matéria do 1º período)
 História 11ºano ( matéria do 1º período) História 11ºano ( matéria do 1º período)
História 11ºano ( matéria do 1º período)
 
Luteranismo
LuteranismoLuteranismo
Luteranismo
 
4. O Modelo Romano - a progressiva extensão da cidadania; a afirmação imperia...
4. O Modelo Romano - a progressiva extensão da cidadania; a afirmação imperia...4. O Modelo Romano - a progressiva extensão da cidadania; a afirmação imperia...
4. O Modelo Romano - a progressiva extensão da cidadania; a afirmação imperia...
 

Destaque

Trabalho "Gran Torino"
Trabalho "Gran Torino"Trabalho "Gran Torino"
Trabalho "Gran Torino"
carbgarcia
 
Gran torino
Gran torinoGran torino
Gran torino
LuizRazz
 
Gran torino
Gran torinoGran torino
Gran torino
LuizRazz
 
Apresentacao "Gran Torino"
Apresentacao "Gran Torino"Apresentacao "Gran Torino"
Apresentacao "Gran Torino"
carbgarcia
 
Gran torino
Gran torinoGran torino
Gran torino
Aniano Mata Doña
 
Gran Torino
Gran TorinoGran Torino
Gran Torino
Aniano Mata Doña
 
Gran torino
Gran torinoGran torino
Gran torino
labordetaingles1
 
Ficha de Trabalho Psicologia B
Ficha de Trabalho Psicologia BFicha de Trabalho Psicologia B
Ficha de Trabalho Psicologia B
Universidade Católica Portuguesa
 
Ética do Dever (Kant)
Ética do Dever (Kant)Ética do Dever (Kant)
Ética do Dever (Kant)
Universidade Católica Portuguesa
 
Utilitarismo - Stuart Mill (texto)
Utilitarismo - Stuart Mill (texto)Utilitarismo - Stuart Mill (texto)
Utilitarismo - Stuart Mill (texto)
Universidade Católica Portuguesa
 
Ensaio do filme, psicologia
Ensaio do filme, psicologiaEnsaio do filme, psicologia
Ensaio do filme, psicologia
Universidade Católica Portuguesa
 
Guião de filme
Guião de filmeGuião de filme
Guião de filme
Marquês de Pombal
 
Gran torino
Gran torinoGran torino
Gran torino
Maria Diaz Acillona
 
Guião visionamento de filme
Guião visionamento de filmeGuião visionamento de filme
Guião visionamento de filme
gracacruz
 
Resumos de Psicologia
Resumos de PsicologiaResumos de Psicologia
Resumos de Psicologia
Sergio Cabral
 
Egoísmo Ético (texto)
Egoísmo Ético (texto)Egoísmo Ético (texto)
Egoísmo Ético (texto)
Universidade Católica Portuguesa
 
ensaio - sinestesia (Carlos)
ensaio - sinestesia (Carlos)ensaio - sinestesia (Carlos)
ensaio - sinestesia (Carlos)
Universidade Católica Portuguesa
 
Wunt.associacionismo
Wunt.associacionismoWunt.associacionismo
Wunt.associacionismo
Universidade Católica Portuguesa
 
Watson.conclusões
Watson.conclusõesWatson.conclusões
Ficha de trabalho
Ficha de trabalho Ficha de trabalho

Destaque (20)

Trabalho "Gran Torino"
Trabalho "Gran Torino"Trabalho "Gran Torino"
Trabalho "Gran Torino"
 
Gran torino
Gran torinoGran torino
Gran torino
 
Gran torino
Gran torinoGran torino
Gran torino
 
Apresentacao "Gran Torino"
Apresentacao "Gran Torino"Apresentacao "Gran Torino"
Apresentacao "Gran Torino"
 
Gran torino
Gran torinoGran torino
Gran torino
 
Gran Torino
Gran TorinoGran Torino
Gran Torino
 
Gran torino
Gran torinoGran torino
Gran torino
 
Ficha de Trabalho Psicologia B
Ficha de Trabalho Psicologia BFicha de Trabalho Psicologia B
Ficha de Trabalho Psicologia B
 
Ética do Dever (Kant)
Ética do Dever (Kant)Ética do Dever (Kant)
Ética do Dever (Kant)
 
Utilitarismo - Stuart Mill (texto)
Utilitarismo - Stuart Mill (texto)Utilitarismo - Stuart Mill (texto)
Utilitarismo - Stuart Mill (texto)
 
Ensaio do filme, psicologia
Ensaio do filme, psicologiaEnsaio do filme, psicologia
Ensaio do filme, psicologia
 
Guião de filme
Guião de filmeGuião de filme
Guião de filme
 
Gran torino
Gran torinoGran torino
Gran torino
 
Guião visionamento de filme
Guião visionamento de filmeGuião visionamento de filme
Guião visionamento de filme
 
Resumos de Psicologia
Resumos de PsicologiaResumos de Psicologia
Resumos de Psicologia
 
Egoísmo Ético (texto)
Egoísmo Ético (texto)Egoísmo Ético (texto)
Egoísmo Ético (texto)
 
ensaio - sinestesia (Carlos)
ensaio - sinestesia (Carlos)ensaio - sinestesia (Carlos)
ensaio - sinestesia (Carlos)
 
Wunt.associacionismo
Wunt.associacionismoWunt.associacionismo
Wunt.associacionismo
 
Watson.conclusões
Watson.conclusõesWatson.conclusões
Watson.conclusões
 
Ficha de trabalho
Ficha de trabalho Ficha de trabalho
Ficha de trabalho
 

Mais de Universidade Católica Portuguesa

Argumento teleológico - William Paley
Argumento teleológico - William PaleyArgumento teleológico - William Paley
Argumento teleológico - William Paley
Universidade Católica Portuguesa
 
Argumento a favor da Existência de Deus
Argumento a favor da Existência de DeusArgumento a favor da Existência de Deus
Argumento a favor da Existência de Deus
Universidade Católica Portuguesa
 
O que é a religião?
O que é a religião?O que é a religião?
O que é a religião?
Universidade Católica Portuguesa
 
Tolstoi - Confissão
Tolstoi - Confissão Tolstoi - Confissão
Tolstoi - Confissão
Universidade Católica Portuguesa
 
Kurt Baier - Sentido da vida
Kurt Baier - Sentido da vidaKurt Baier - Sentido da vida
Kurt Baier - Sentido da vida
Universidade Católica Portuguesa
 
Objectivos 10 C, H, E
Objectivos 10 C, H, E Objectivos 10 C, H, E
Objectivos 10 C, H, E
Universidade Católica Portuguesa
 
Piaget Desenvolvimento
Piaget DesenvolvimentoPiaget Desenvolvimento
Piaget Desenvolvimento
Universidade Católica Portuguesa
 
Piaget - construtivismo
Piaget - construtivismoPiaget - construtivismo
Piaget - construtivismo
Universidade Católica Portuguesa
 
Problema.mal
Problema.malProblema.mal
Freud. psicanálise.parte.i ippt
Freud. psicanálise.parte.i ipptFreud. psicanálise.parte.i ippt
Freud. psicanálise.parte.i ippt
Universidade Católica Portuguesa
 
Freud.conceitos. doc
Freud.conceitos. docFreud.conceitos. doc
Freud.conceitos. doc
Universidade Católica Portuguesa
 
Problema do mal
Problema do malProblema do mal
Freud e a Psicanálise I
Freud e a Psicanálise IFreud e a Psicanálise I
Freud e a Psicanálise I
Universidade Católica Portuguesa
 
Ensaio "Inception"
Ensaio "Inception"Ensaio "Inception"
Ensaio "Cisne negro" - Catarina
Ensaio "Cisne negro" - CatarinaEnsaio "Cisne negro" - Catarina
Ensaio "Cisne negro" - Catarina
Universidade Católica Portuguesa
 
Psi b.ensaio.francisco
Psi b.ensaio.franciscoPsi b.ensaio.francisco
Psi b.ensaio.francisco
Universidade Católica Portuguesa
 
Ensaio Cisne Negro (Gonçalo)
Ensaio Cisne Negro (Gonçalo)Ensaio Cisne Negro (Gonçalo)
Ensaio Cisne Negro (Gonçalo)
Universidade Católica Portuguesa
 
Ensaio cisne
Ensaio cisneEnsaio cisne
Psicologia-b Serial Killer
Psicologia-b Serial KillerPsicologia-b Serial Killer
Psicologia-b Serial Killer
Universidade Católica Portuguesa
 
Ensaio
EnsaioEnsaio

Mais de Universidade Católica Portuguesa (20)

Argumento teleológico - William Paley
Argumento teleológico - William PaleyArgumento teleológico - William Paley
Argumento teleológico - William Paley
 
Argumento a favor da Existência de Deus
Argumento a favor da Existência de DeusArgumento a favor da Existência de Deus
Argumento a favor da Existência de Deus
 
O que é a religião?
O que é a religião?O que é a religião?
O que é a religião?
 
Tolstoi - Confissão
Tolstoi - Confissão Tolstoi - Confissão
Tolstoi - Confissão
 
Kurt Baier - Sentido da vida
Kurt Baier - Sentido da vidaKurt Baier - Sentido da vida
Kurt Baier - Sentido da vida
 
Objectivos 10 C, H, E
Objectivos 10 C, H, E Objectivos 10 C, H, E
Objectivos 10 C, H, E
 
Piaget Desenvolvimento
Piaget DesenvolvimentoPiaget Desenvolvimento
Piaget Desenvolvimento
 
Piaget - construtivismo
Piaget - construtivismoPiaget - construtivismo
Piaget - construtivismo
 
Problema.mal
Problema.malProblema.mal
Problema.mal
 
Freud. psicanálise.parte.i ippt
Freud. psicanálise.parte.i ipptFreud. psicanálise.parte.i ippt
Freud. psicanálise.parte.i ippt
 
Freud.conceitos. doc
Freud.conceitos. docFreud.conceitos. doc
Freud.conceitos. doc
 
Problema do mal
Problema do malProblema do mal
Problema do mal
 
Freud e a Psicanálise I
Freud e a Psicanálise IFreud e a Psicanálise I
Freud e a Psicanálise I
 
Ensaio "Inception"
Ensaio "Inception"Ensaio "Inception"
Ensaio "Inception"
 
Ensaio "Cisne negro" - Catarina
Ensaio "Cisne negro" - CatarinaEnsaio "Cisne negro" - Catarina
Ensaio "Cisne negro" - Catarina
 
Psi b.ensaio.francisco
Psi b.ensaio.franciscoPsi b.ensaio.francisco
Psi b.ensaio.francisco
 
Ensaio Cisne Negro (Gonçalo)
Ensaio Cisne Negro (Gonçalo)Ensaio Cisne Negro (Gonçalo)
Ensaio Cisne Negro (Gonçalo)
 
Ensaio cisne
Ensaio cisneEnsaio cisne
Ensaio cisne
 
Psicologia-b Serial Killer
Psicologia-b Serial KillerPsicologia-b Serial Killer
Psicologia-b Serial Killer
 
Ensaio
EnsaioEnsaio
Ensaio
 

Último

Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdfApostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
bmgrama
 
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
Pr Davi Passos - Estudos Bíblicos
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Zenir Carmen Bez Trombeta
 
CD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdf
CD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdfCD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdf
CD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdf
Manuais Formação
 
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
SidneySilva523387
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
beatrizsilva525654
 
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento EuropeuEurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Centro Jacques Delors
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
AlineOliveira625820
 
formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...
JakiraCosta
 
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica BasicaExercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
ElinarioCosta
 
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogiaAVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
KarollayneRodriguesV1
 
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptxDEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
ConservoConstrues
 
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdfMAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
GracinhaSantos6
 
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasnTabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
CarlosJean21
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
Eró Cunha
 
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdfRazonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Demetrio Ccesa Rayme
 
Atividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docxAtividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docx
MARCELARUBIAGAVA
 
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdfPrimeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Maurício Bratz
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Mauricio Alexandre Silva
 

Último (20)

Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdfApostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
 
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
 
CD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdf
CD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdfCD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdf
CD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdf
 
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
 
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento EuropeuEurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
 
formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...
 
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica BasicaExercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
 
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogiaAVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
 
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptxDEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
 
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdfMAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
 
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasnTabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
 
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdfRazonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
 
Atividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docxAtividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docx
 
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdfPrimeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
 

Guião de Visionamento Gran Torino

  • 1. Valores  e  Cultura:  a  Diversidade  e  o  Diálogo  entre  Culturas       FICHA  TÉCNICA                                                                                                                                                                                                                                                                                                  Professora  Joana  Inês  Pontes   Título   Gran  Torino   Data     2008,  EUA/Austrália   Realizador     Clint  Eastwood   Argumento   Nick  Schenk   Intérpretes   Christhopher  Carley,  Clint  Eastwood,  Cory  Hardrict,  Geraldine  Hughes,  John   Carroll  Lynch   Duração   116  min.           Site  oficial   http://www.thegrantorino.com/     As   pessoas   a   quem   Walt   chamava   vizinhos   faleceram   ou   mudaram-­‐se,   e   foram  substituídas  pelos  Hmongs,  imigrantes  do  sudeste  asiático,  que  ele   despreza.  Uma  noite,  alguém  tenta  roubar  o  seu  Gran  Torino  de  1972:  o  seu   vizinho   adolescente   Thao,   pressionado   por   um   gang   de   Hmongs.   No   entanto,   Walt   defende   o   rapaz,   o   que   o   torna   o   herói   do   bairro,   especialmente  para  a  mãe  de  Thao  e  a  irmã  mais  velha,  Sue,  que  insistem   que  Thao  trabalhe  para  Walt  como  forma  de  se  redimir.  Inicialmente,  Walt   nada   quer   ter   a   ver   com   essas   pessoas,   mas   algum   tempo   depois   coloca   Thao  a  trabalhar,  o  que  origina  uma  amizade  improvável  que  vai  mudar  as   suas   vidas.   Através   da   bondade   da   família   de   Thao,   Walt   finalmente   compreende  algumas  verdades  sobre  as  pessoas  que  ele  não  considerava   vizinhos.  E  sobre  si  mesmo.  Essas  pessoas  têm  mais  em  comum  consigo,  do   que  a  sua  própria  família...   Roteiro  de  Análise   1  .  Indique  a  problemática  inerente  ao  filme.   2.   Refira   os   termos   que   Walt   Kowalsky   utiliza   para   se   referir   aos   grupos   étnicos   diferentes,  sobretudo,  aos  Hmongs.   3.   Walt   Kowalsky   e   Sue   manifestam   diferentes   atitudes   diante   da   diversidade   cultural.   Concorda  com  a  afirmação?  Fundamente  a  resposta  recorrendo  aos  conteúdos  estudados.     4.   Exponha   os   motivos   que   levam   Walt   Kowalsky   a   aproximar-­‐se   do   Padre   Jake,   acabando  por  se  confessar?   5.  Embora  a  sua  família  seja  da  sua  etnia,  Walt  não  se  relaciona  bem  com  eles.  Quais  são,   no  final  do  filme,  os  elementos  mais  importantes  para  Walt?  Justifique  a  sua  resposta.   6.  Por  que  razão  Walt  finaliza  a  “situação”  daquela  forma?   7.   É   importante   viver   e   conviver   em   sociedade,   mas   “sem   valores   comuns   muito   simplesmente  não  há  sociedade”  (Nina  Rosenstand,  1993).  Comente  o  excerto  tendo  em   consideração  o  filme  e  os  conteúdos  abordados.