SlideShare uma empresa Scribd logo
Fazer análises complexas é fácil, difícil é construir planilhas que
além de análises complexas tratem as informações de forma
atrativa e amigável para quem está fazendo a interpretação dos
resultados. Esse é um desafio para muitos estagiários.
A solução para isso é criar um Dashboard. Basicamente,
Dashboard é uma forma muito mais dinâmica de apresentar os
resultados, onde todas as informações se atualizam no clicar
de um botão.
E, por falar nisso, existe um erro muito comum que as pessoas
cometem quando fazem um dashboard e eu vou te contar logo
mais adiante qual é.
Mas, voltando ao assunto, normalmente as pessoas usam a
palavra Dashboard quase como um tabu, para fazer referência
à Excel Avançado, quando na verdade elas só querem as
informações de uma forma dinâmica.
E para começar, vamos descontruir essa ideia de que
Dashboards são ferramentas supercomplexas e difíceis de
construir. Na verdade, tudo de Dashboard que você precisa
saber se resume a 5 pontos, que vamos detalhar mais a frente:
E esse último ponto é exatamente o erro mais comum que falei
que as pessoas cometem. Um Dashboard realmente bonito é
muitas vezes tão importante quanto toda a análise feita por
trás dele. Basta você pensar se faria sentido alguma ferramenta
se tornar referência na sua empresa se ela fosse bagunçada e
difícil de entender. Pois é, eu acredito que não.
Vamos começar?
1 O Problema 2 As Bases 3 Botões
4 Fórmula SE 5 Gráfico de Coluna
Passo 1: O Problema
Imagina que esse é o histórico de vendas de uma loja nos anos
de 2012, 2013, 2014 e 2015. Seu objetivo é montar um
Dashboard que possibilite que uma pessoa escolha por um dos
anos e, em seguida, veja graficamente o resultado do ano que
escolheu.
2012 jan fev mar abr mai jun jul ago set out nov dez
Vendas 33 36 31 30 38 26 27 26 23 36 38 30
2013 jan fev mar abr mai jun jul ago set out nov dez
Vendas 26 27 21 23 40 21 38 38 22 39 22 31
2014 jan fev mar abr mai jun jul ago set out nov dez
Vendas 30 23 21 36 34 39 24 30 25 32 29 22
2015 jan fev mar abr mai jun jul ago set out nov dez
Vendas 23 36 37 38 27 36 35 36 32 28 32 32
A ideia então é colocar um botão (similar a esse que a seta na
figura acima está apontando) e possibilitar que o usuário
escolha, por meio desse botão qual ano deseja analisar.
Depois que o ano é escolhido o gráfico se altera para
representar as informações desse ano. A ideia geral é
basicamente diminuir a quantidade de gráficos (nesse caso um
ao invés de quatro) e fazer uma ferramenta dinâmica para
análise de resultados. Esses gráficos dinâmicos são os temidos
Dashboards. E é exatamente isso que vou te ensinar como se
faz a partir de agora.
Passo 2: As Bases
Para fazer o Dashboard funcionar você precisa inicialmente
colocar em algum lugar da planilha todo nosso histórico de
vendas. A partir desse histórico você irá começar a fazer os
links necessários para construção do Dashboard.
Não necessariamente essas informações devem estar na mesma
aba que você vai colocar o Dashboard (na maioria das vezes não
está, inclusive). A ideia quando fazemos esses gráficos dinâmicos
é permitir que o usuário veja menos informação bruta e mais
informação gerencial, por isso costuma-se colocar as bases em
abas diferentes da aba de construção do Dashboard.
No nosso caso, vamos a princípio colocar tudo na mesma aba
porque ainda estamos aprendendo. Mas se quiser, depois faça
um teste! Tente criar esse mesmo Dashboard com as
informações brutas em uma aba e o gráfico dinâmico em si em
outra aba.
Passo 3: Botões
Agora clica em OPÇÕES, em algumas versões do Excel aparece
“Opções do Excel” – é a mesma coisa!
O botão é uma parte fundamental do Dashboard. Ele faz com
que o usuário consiga interagir com a planilha. Como colocá-lo?
Antes de explicar com ele funciona vou te ensinar a configurar
o Excel para que ele fique habilitado. Isso porque inicialmente
o Excel costuma deixá-lo oculto e para usar botões é necessário
ativar uma ferramenta chamada Inserir Controles.
Clique em ARQUIVO, indicado no local onde aponta a seta
abaixo.
Passo 3: Botões
Vamos clicar em BARRA DE FERRAMENTAS DE ACESSO RÁPIDO.
Beleza?
Daí você clica aonde a seta está apontando - ESCOLHER
COMANDOS EM e, em seguida, procura a opção GUIA
DESENVOLVEDOR. Estamos quase lá!
Depois que você optou por GUIA DESENVOLVEDOR irão
aparecer várias opções no retângulo da esquerda, uma delas é
a que queremos ativar - INSERIR CONTROLES. Clica em
INSERIR CONTROLES e depois na setinha que tem bem do seu
lado direito ADICIONAR. Feito isso, só apertar em OK.
Passo 3: Botões
Repara que vai aparecer lá em cima uma maletinha (que é a
ferramenta INSERIR CONTROLES). Essa ferramenta vai nos
possibilitar inserir botões na nossa planilha.
Quando você clicar na maleta vai perceber que existem duas
opções: os Controles de Formulário e os Controles ActiveX. A
diferença entre essas duas opções é bem básica – os
Controles ActiveX são botões que podem ser vinculados a
macros (no VBA). Como ainda não vamos falar de macro
(pelo menos nesse Guia), o nosso foco vai ser na opção
Controles de Formulário.
Passo 3: Botões
O botão que vamos usar para montar Dashboards se chama
Caixa de Combinação. É esse ai na figura abaixo!
Clica nele uma vez (com o botão esquerdo mesmo). Depois
você vai abrir esse botão na sua planilha. Quando eu falo que
você vai “abrir” quero dizer que você deve basicamente
expandir ele (pressiona o botão esquerdo mais uma vez na
aba e puxa ele para diagonal).
Passo 3: Botões
Dessa forma você vai conseguir criar a Caixa de Combinação.
Agora eu vou te ensinar a formatar esse botão para fazer com
que nele apareçam as informações que eu quiser. Nesse caso,
devem aparecer os anos 2012, 2013, 2014 e 2015 quando eu
clicar na setinha para baixo. Faz sentido?
Agora você deve fazer o seguinte: escrever em algum lugar da
aba o que deve aparecer quando clicar na seta para baixo do
botão que foi criado.
Depois que essa lista estiver criada vamos começar a formatar
o botão! Para fazer isso, você deve clicar o botão direito do
mouse em cima da Caixa de Combinação e, em seguida, clicar
em Formatar Controle.
Depois que você clicar lá em Formatar Controle vai aparecer
esse retângulo para você preencher o Intervalo de Entrada e
o Vínculo da Célula.
Passo 3: Botões
O Intervalo de Entrada nada mais é que o que irá aparecer
quando você clicar na seta para baixo do botão criado (isto é,
as opções do botão). Então vamos selecionar as células que
contém os anos 2012, 2013, 2014 e 2015.
Ah, para fazer essa seleção é só clicar nessa setinha
vermelha que tem na mesma linha de “Intervalo de
entrada”. Ok?
Passo 3: Botões
O próximo passo é clicar na setinha vermelha de baixo, que
está na linha do “Vínculo da célula” e clicar em uma célula
qualquer da aba (eu recomendo que, por uma questão de
organização apenas, você clique na célula que está logo abaixo
do último ano que você colocou no Intervalo de Entrada, mas
não é uma obrigação).
Show, agora já definimos as entradas e esse tal de Vínculo da
Célula. Vamos então entender como funciona o Vínculo da
Célula.
Passo 3: Botões
Basicamente ele faz com que apareça em uma célula a posição
do valor escolhido pelo usuário, com relação a lista colocada no
Intervalo de Entrada. Isto é, se o usuário escolher pelo ano 2014
– vai aparecer o número 3 no Vínculo da Célula (porque 2014 é
o 3°ano da lista que começa em 2012 e vai até 2015).
Se optar pelo ano 2012, aparecerá o número 1 na célula que
antes aparecia o número 3. Faz sentido, né?
Para finalizar essa parte de botões, vamos aprender um último
conhecimento necessário para nosso Dashboard funcionar. A
fórmula ÍNDICE. Ela faz com que o valor que aparece dentro do
botão fique escrita dentro uma célula.
Mais para frente vamos entender que ela é fundamental para
o sucesso do nosso Dashboard, mas por enquanto vamos só
aprender como ela funciona.
Passo 3: Botões
É bem simples, ela pede duas coisas: uma Matriz (que vai ser
nosso Intervalo de Entrada) e um Número de Linha (que vai ser
nosso Vínculo da Célula). O que essa fórmula faz? Ela lê as
entradas e retorna o valor que está na posição que eu colocar
no número de linha. Então, se coloquei que a matriz é o meu
Intervalo de Entrada e que o número de linha é o meu Vínculo
da Célula – partindo do princípio que o botão está com o ano
2012 selecionado – a fórmula índice irá buscar o 1°valor (já
que o Vínculo da Célula é igual a 1) da matriz (2012, 2013, 2014
e 2015), que é o ano 2012.
Se em algum momento mudar lá no botão o ano selecionado o
Vínculo da Célula automaticamente mudará também e,
consequentemente, o valor da célula onde está a fórmula
índice.
Dessa forma vou ter escrito em alguma célula da minha
planilha sempre exatamente o valor que aparece dentro do
botão. Veremos mais tarde que vamos vincular essa célula a
uma fórmula que ainda vamos aprender (a fórmula SE) para
conseguir fazer o Dashboard funcionar.
Passo 4: Fórmula SE
Antes de aplicarmos a fórmula SE, precisamos formatar a tabela
resumo que ficará ao lado do botão, exibindo as informações
de vendas do ano que estiver selecionado no meu botão.
Assim, vamos montar a tabela com os meses do ano, conforme
a imagem abaixo:
Abaixo de cada mês, você deverá exibir o valor de vendas desse
mês do respectivo ano selecionado no botão. Assim, se o botão
estiver com o ano selecionado em 2012, nosso objetivo é que
abaixo do mês de janeiro tenhamos o valor 33 (conforme a
quantidade vendida na base de dados). De forma semelhante,
se o botão estiver com o ano de 2014 selecionado, o valor
abaixo do mês de janeiro (valor de vendas de janeiro), deverá
ser 30.
A fórmula SE é o que usaremos para criar essa “inteligência por
trás do Dashboard”. De forma simples, é essa fórmula que
torna as minhas informações dinâmicas. Vamos entender como
ela funciona.
A fórmula SE pede 3 informações: teste lógico, valor se
verdadeiro e valor se falso.
Passo 4: Fórmula SE
O teste lógico nada mais é do que uma comparação que será
verdadeira ou falsa. Assim, se compararmos 1 < 2, teremos o
resultado do teste lógico VERDADEIRO, e se compararmos 3 >
4, teremos o resultado do teste lógico FALSO.
O valor se verdadeiro é o valor que você quer que a fórmula SE
retorne, ou seja, o valor que aparecerá na célula que estamos
colocando a fórmula SE, caso o teste lógico que fizemos seja
VERDADEIRO.
O valor se falso é justamente o contrário. É o valor que você
quer que apareça na célula que estamos colocando a fórmula
SE, caso o texto lógico seja FALSO.
Entendendo isso, vamos para o nosso exemplo. Inicialmente,
para simplificação, vamos considerar que temos apenas 2 anos:
2012 e 2013.
Nosso objetivo, para o mês de janeiro, vai ser descobrir em
qual ano estamos, para sabermos se o valor na célula marcada
na imagem abaixo (célula abaixo do mês de janeiro) deverá ser
33 (para 2012) ou 26 (para 2013).
Assim, utilizaremos a fórmula SE.
Passo 4: Fórmula SE
Como não conseguimos selecionar o valor de dentro do
botão para utiliza-lo em uma fórmula, utilizaremos aquela
célula em que colocamos a fórmula ÍNDICE (célula em
verde).
Assim, nosso teste lógico será: célula da fórmula ÍNDICE
(G2) = 2012.
Se essa comparação for verdadeira, significa que no botão
estamos selecionando o ano de 2012 e o valor de vendas do
mês de janeiro deverá ser 33. Só que, ao invés de
colocarmos o número 33 no valor se verdadeiro,
selecionaremos em nossa base de dados a célula onde está
escrito o valor 33. Isso facilitará bastante quando formos
colocar a fórmula para os outros meses.
Passo 4: Fórmula SE
Se a comparação for FALSA, significa que no botão estamos
selecionando o ano de 2013 e o valor de vendas do mês de
janeiro deverá ser 26. Portanto, nosso valor se falso será a
célula abaixo do mês de janeiro de 2013 em nossa base de
dados.
Assim, para dois anos, nossa fórmula está pronta. Como
acrescentar os anos de 2014 e 2015?
Passo 4: Fórmula SE
O Excel não permite que você faça mais de uma
comparação, assim deveremos utilizar a fórmula SE para
cada um dos casos. Então a ideia do que faremos será a
seguinte:
Primeiro, vemos se o valor do botão é o ano de 2012 (teste
lógico). Se for, o valor de vendas (valor se verdadeiro) será
33. Se não for, ainda devemos analisar se o ano selecionado
é 2013, 2014 ou 2015. Assim, ao invés de colocarmos no
valor se falso a quantidade de vendas de 2014, deveremos
fazer uma nova comparação. Como faremos isso? Simples,
colocamos uma outra fórmula SE no valor se falso
(chamamos isso de SE Composto).
Passo 4: Fórmula SE
Repare na mudança na fórmula SE na imagem abaixo.
Em seguida, vemos se o valor do botão é o ano de 2013 (2º
teste lógico). Se for, o valor de vendas (2º valor se
verdadeiro) será 26. Se não for, ainda devemos fazer uma
nova comparação, pois o ano selecionado pode ser 2014
ou 2015. E usaremos exatamente o que você está
pensando, uma 3ª fórmula SE. Bem avançado, não?
Passo 4: Fórmula SE
Agora, vemos se o valor do botão é o ano de 2014 (3º teste
lógico). Se for, o valor de vendas (3º valor se verdadeiro)
será 30 (lembrando que não escreveremos o número 30,
mas devemos selecionar a célula na base de dados com o
número 30 para o mês de janeiro). Se o ano não for 2014,
só teremos uma opção, será o ano de 2015, já que para
chegar nesse 3º SE, já passamos pela comparação com
2012, 2013 e 2014. Assim, o valor se falso será 23. Sua
fórmula deve ficar assim:
Estamos quase lá, falta apenas fazer o mesmo
procedimento para os outros meses. É lógico que não
vamos reescrever a fórmula inteira 12 vezes e é por isso
que ter selecionado as células na base de dados vão
acelerar esse processo.
Quando copiamos uma célula para o lado no Excel, todas as
referências também vão para o lado. Como assim?
Experimente fazer o seguinte: escreva na sua célula P2 a
fórmula =A1
Passo 4: Fórmula SE
Se colocarmos o valor 10 na fórmula A1, nossa célula P2
apresentará o mesmo valor 10.
Agora, se copiarmos a célula P2 e colarmos na célula Q2
(uma célula à direita), teremos o valor 0. Por que?
Se olharmos a fórmula da célula Q2 veremos =B1. Isso
ocorre porque ao copiarmos a célula P2 uma célula à
direita, sua referência (célula A1) também caminha uma
célula para a direita (tornando-se B1). Pensando no nosso
caso, isso será perfeito, porque a célula do mês de
fevereiro está ao lado da célula do mês de janeiro (tanto
no Dashboard quanto na base de dados), então bastaria
copiarmos e colarmos a fórmula para o lado.
Porém, se fizermos isso teremos sempre o valor de 2015
(erradamente). Por que?
Por que nossos testes lógicos estão comparando a célula
que possui a fórmula ÍNDICE, mas ao lado direito dessa
célula temos uma célula vazia, destruindo todos os testes
lógicos.
Passo 4: Fórmula SE
Para isso, existe o que chamamos de Trancamento Total.
Ele funciona para dizer ao Excel qual célula da nossa
fórmula não queremos mudar quando copiarmos e
colarmos a célula. Para fazer isso, basta colocarmos um $
na frente da letra e do número da célula na fórmula que
queremos travar (ou simplesmente clicar entre a letra e o
número e apertar F4).
Vamos fazer isso no nosso exemplo da célula P2 e ver o
que acontece agora. Entramos na fórmula da célula P2,
clicamos entre o A e o 1, apertamos F4 e voilá, nossa
célula está trancada.
Agora, se repetirmos o procedimento de copiar e colar ao
lado, a fórmula da célula Q2 será =$A$1 e exibirá o valor
10.
Passo 4: Fórmula SE
Assim, no nosso Dashboard, vamos olhar a fórmula do mês de
janeiro e vermos quem temos de trancar e quem vamos deixar
livre.
Deixaremos livre as células com os valores de vendas, já que
essas fazem referência ao valor do mês de janeiro e, quando
copiarmos e colarmos ao lado, iremos pegar o mês de fevereiro,
que é nosso objetivo. Porém, a célula da fórmula ÍNDICE deverá
ser trancada (em todas as vezes que ela aparece na nossa
fórmula), pois só temos esse valor do resultado do botão nessa
única célula. Assim, terminaremos nossa fórmula da seguinte
maneira. PS: tá ruim para enxergar, eu sei. Mas dá um zoom
que resolve!
Para finalizarmos a engrenagem do nosso Dashboard, basta
agora copiarmos a fórmula de janeiro e colarmos para os
outros meses.
Se experimentarmos mudar agora o botão, vemos que todos os
valores dos meses são atualizados automaticamente.
Incrível, é mágica!
Passo 5: Gráfico de Coluna
Essa é a hora de nos preocuparmos com o visual do nosso
Dashboard. Você não quer cometer o erro de 90% das pessoas,
seu Dashboard tem de ser perfeito e você está quase lá.
Primeiramente vamos agora exibir esse resultado em um
gráfico, porque eles são muito intuitivos e fáceis de entender.
Sempre que você bate o olho em um resultado, pode apostar
que o gráfico é o que mais chama a sua atenção. E você acha
que isso seria diferente com o seu gestor?
Eu acho que não. E é por isso que esse ponto final é essencial
para seus Dashboards arrasarem. Então vamos lá.
Nossos dados já estão organizados, então só precisamos inserir
o gráfico e adicionar as informações nele. Para fazer isso, você
deve clicar em uma célula vazia, ir na Guia Inserir.
Agora vamos selecionar o gráfico de colunas.
E vamos escolher a opção coluna 2D.
Passo 5: Gráfico de Coluna
Apareceu um retângulo branco no Excel e é nele que
vamos acrescentar as informações do gráfico. Basta agora
clicarmos com o botão direito no meio do retângulo e
escolhermos a opção Selecionar Dados.
Abrirá uma caixa com duas seções. A parte da esquerda é
onde colocaremos nossa série de dados, ou seja, as
informações que vamos exibir. Na parte da direita vamos
selecionar a legenda do eixo X do gráfico, que serão os
meses. Vamos fazer uma parte de cada vez.
Clicamos em Adicionar (na parte da esquerda).
Passo 5: Gráfico de Coluna
Teremos uma caixa que pede o nome da série (podemos
escrever ou selecionar uma célula com o nome que
queremos dar para essas informações) e os valores da série
(são os valores que queremos exibir).
Em nome da série, vamos escrever Vendas Mensais. Em
valores da série, vamos clicar no botão vermelho.
E agora selecionamos as informações de vendas, conforme
a imagem abaixo.
Passo 5: Gráfico de Coluna
Repare que o gráfico já está quase pronto. Já temos nossas
informações, falta apenas ajeitar os números que estão no
eixo horizontal e troca-los para o nome dos meses. Para
isso, vamos agora na parte da direita da caixa de Selecionar
Dados e clicar em Editar (se você tiver fechado todas as
caixas, basta clicar novamente com o botão direito no
gráfico e escolher a opção Selecionar Dados).
Agora clicamos no botão vermelho, selecionamos os meses
(jan – dez) e clicamos em ok.
Passo 5: Gráfico de Coluna
E pronto, nosso gráfico está 100% pronto. Nesse momento,
você pode estar se perguntando:
“Ué, mas o gráfico não era para ser dinâmico? Eu não
lembro de ter feito isso.”
Experimente trocar o ano no botão. É isso mesmo, o
gráfico ficou totalmente dinâmico e como isso aconteceu?
Simples, o gráfico em si não faz nada, ele sempre pega as
informações do mesmo lugar, mas quando mudamos o ano
no botão, a nossa fórmula SE muda os valores abaixo de
cada mês e o gráfico se adapta aos novos valores
automaticamente. Nosso Dashboard está pronto!
Para não deixarmos a desejar em nenhum detalhe e
cairmos no erro do tratamento visual, vamos fazer alguns
pequenos ajustes que fazem toda a diferença.
Precisamos da lista de anos e daquela célula amarela com a
posição do botão para mostrar algum resultado? Não, eles
são apenas auxiliares. A mesma coisa para a base de dados,
não precisamos de todos esses valores sendo exibidos. Eles
precisam existir, mas podem estar ocultos. Então vamos
ocultar todas essas linhas. Antes disso, não queremos
ocultar nosso botão, então vamos arrastá-lo para baixo.
Passo 5: Gráfico de Coluna
Agora vamos selecionar todas as linhas da base de dados e
da lista de anos, clicando no título das linhas (número das
linhas).
Clicamos com o botão direito no título da linha e
escolhemos a opção Ocultar.
Passo 5: Gráfico de Coluna
Agora, vamos arrastar o botão para o canto das nossas
informações, de forma que ele pareça que faz parte de
uma célula.
Em gráficos de coluna, para tornar os dados mais visuais, é
sempre recomendado acrescentarmos os rótulos de dados,
então basta clicarmos com o botão direito sobre uma
coluna azul e selecionar a opção adicionar rótulo de dados.
Se você estiver com as linhas de grade (aquelas bordas
cinzas no fundo da planilha), essa é a hora de tirar. Vá em
Exibição.
Passo 5: Gráfico de Coluna
E desmarque a caixa da opção Linhas de Grade.
Se você quiser, ainda pode ocultar os comandos do Excel e
nem vai parecer que você está em uma planilha!
Para fazer isso, ainda na guia Exibição clique na caixa dos
títulos também.
E em seguida, ao lado do botão de fechar, temos uma
opção que é uma pequena seta.
Agora clicamos a faixa de Opções Automaticamente
Passo 5: Gráfico de Coluna
Agora sim, nem parece que estamos no Excel. Logicamente,
se você quiser editar alguma coisa precisará habilitar de
novo, mas como apresentação de resultado essa é uma
ótima possibilidade no Excel.
Espero que você tenha curtido a explicação. Use e abuse
desse guia para qualquer dashboard que você precise criar.
Crie mais de um dashboard em uma única aba, use outras
fórmulas para fazer análises complexas e sempre que
precisar, retorne ao guia. Esse passo a passo serve para
qualquer apresentação de resultados.
Se surgir qualquer dúvida, fique à vontade para procurar um
de nossos experts. Você pode nos encontrar em:
https://www.facebook.com/hashtagtreinamentos/
https://www.youtube.com/channel/UCw0leRmeaX7R_9BDd3TvCzg
http://www.hashtagtreinamentos.com/
INSCREVA-SE NO MEU CANAL DO YOUTUBE
CURTA E ME SIGA NO FACEBOOK
CURSOS PRESENCIAIS

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Apostila do excel 2007
Apostila do excel 2007 Apostila do excel 2007
Apostila do excel 2007
Alexandra Maria de Lima J
 
Photoshop cs6 basico
Photoshop cs6 basicoPhotoshop cs6 basico
Photoshop cs6 basico
Jamiles Andrade
 
Curso basico de excel
Curso basico de excelCurso basico de excel
Curso basico de excel
mgo26
 
Como construir uma grelha de avaliação
Como construir uma grelha de avaliaçãoComo construir uma grelha de avaliação
Como construir uma grelha de avaliação
AntonioGil66
 
Apresentação Excel
Apresentação ExcelApresentação Excel
Apresentação Excel
Tic Eslc
 
Versões Windows e Gerenciamento de Usuários
Versões Windows e Gerenciamento de UsuáriosVersões Windows e Gerenciamento de Usuários
Versões Windows e Gerenciamento de Usuários
Virgínia
 
Curso de Excel 2010 Básico
Curso de Excel 2010 BásicoCurso de Excel 2010 Básico
Curso de Excel 2010 Básico
Jorgina Cunha
 
Apostila Flash8
Apostila Flash8Apostila Flash8
Apostila Flash8
marcossonotec
 
Excel basico
Excel basicoExcel basico
Excel basico
Carlos Melo
 
Excel2010 basico
Excel2010 basicoExcel2010 basico
Excel2010 basico
kenzoquerrien
 
Apostila de corel draw
Apostila de corel drawApostila de corel draw
Apostila de corel draw
Tonismar Pereira
 
Apostila de-corel-draw
Apostila de-corel-drawApostila de-corel-draw
Apostila de-corel-draw
CharmosaCat
 
Apostila de corel draw
Apostila de corel drawApostila de corel draw
Apostila de corel draw
Alex YuJi
 
Microsoft outlook 2010
Microsoft outlook 2010Microsoft outlook 2010
Microsoft outlook 2010
hamilton anselmo .'.
 

Mais procurados (14)

Apostila do excel 2007
Apostila do excel 2007 Apostila do excel 2007
Apostila do excel 2007
 
Photoshop cs6 basico
Photoshop cs6 basicoPhotoshop cs6 basico
Photoshop cs6 basico
 
Curso basico de excel
Curso basico de excelCurso basico de excel
Curso basico de excel
 
Como construir uma grelha de avaliação
Como construir uma grelha de avaliaçãoComo construir uma grelha de avaliação
Como construir uma grelha de avaliação
 
Apresentação Excel
Apresentação ExcelApresentação Excel
Apresentação Excel
 
Versões Windows e Gerenciamento de Usuários
Versões Windows e Gerenciamento de UsuáriosVersões Windows e Gerenciamento de Usuários
Versões Windows e Gerenciamento de Usuários
 
Curso de Excel 2010 Básico
Curso de Excel 2010 BásicoCurso de Excel 2010 Básico
Curso de Excel 2010 Básico
 
Apostila Flash8
Apostila Flash8Apostila Flash8
Apostila Flash8
 
Excel basico
Excel basicoExcel basico
Excel basico
 
Excel2010 basico
Excel2010 basicoExcel2010 basico
Excel2010 basico
 
Apostila de corel draw
Apostila de corel drawApostila de corel draw
Apostila de corel draw
 
Apostila de-corel-draw
Apostila de-corel-drawApostila de-corel-draw
Apostila de-corel-draw
 
Apostila de corel draw
Apostila de corel drawApostila de corel draw
Apostila de corel draw
 
Microsoft outlook 2010
Microsoft outlook 2010Microsoft outlook 2010
Microsoft outlook 2010
 

Semelhante a Guia definitivo para dashboards perfeitos

Excel 2007 avancado
Excel 2007 avancadoExcel 2007 avancado
Excel 2007 avancado
Macilio Ramos
 
Apostila - Jornada do Excel aula 2.pdf
Apostila - Jornada do Excel aula 2.pdfApostila - Jornada do Excel aula 2.pdf
Apostila - Jornada do Excel aula 2.pdf
andre94454
 
Apostila de Power BI - Aula 1.pdf
Apostila de Power BI - Aula 1.pdfApostila de Power BI - Aula 1.pdf
Apostila de Power BI - Aula 1.pdf
JOARLEIJACOMECARVALH
 
Apostila - Aula 1.pdf
Apostila - Aula 1.pdfApostila - Aula 1.pdf
Apostila - Aula 1.pdf
MarceloAline1
 
Aprenda a trabalhar no Excel - Welington Carvalho
Aprenda a trabalhar no Excel  - Welington CarvalhoAprenda a trabalhar no Excel  - Welington Carvalho
Aprenda a trabalhar no Excel - Welington Carvalho
Welington Carvalho
 
Base de dados Acess 2013 para iniciantes
Base de dados Acess 2013 para iniciantesBase de dados Acess 2013 para iniciantes
Base de dados Acess 2013 para iniciantes
FMCEstudio
 
Ebook Lemon - 6 erros no design de dashboars
Ebook Lemon - 6 erros no design de dashboarsEbook Lemon - 6 erros no design de dashboars
Ebook Lemon - 6 erros no design de dashboars
Cassio Henrique. F. Ramos, CRISC
 
Excel avançado
Excel avançadoExcel avançado
Excel avançado
Agnaldo Jardel Trennepohl
 
Ead aula excel 2003-teste
Ead  aula excel 2003-testeEad  aula excel 2003-teste
Apostila Microsoft Office Excel 2016
Apostila Microsoft Office Excel 2016Apostila Microsoft Office Excel 2016
Apostila Microsoft Office Excel 2016
Cibele Kanegae
 
Curso de Excel 2007/2010 (Aula 01 e 02)
Curso de Excel 2007/2010 (Aula 01 e 02)Curso de Excel 2007/2010 (Aula 01 e 02)
Curso de Excel 2007/2010 (Aula 01 e 02)
Instituto Inovar
 
Treinamento Do Microsoft®Office
Treinamento Do Microsoft®OfficeTreinamento Do Microsoft®Office
Treinamento Do Microsoft®Office
Cristiana Pulquerio
 
Atividade dirigida unidade VIII
Atividade dirigida unidade VIIIAtividade dirigida unidade VIII
Atividade dirigida unidade VIII
Mery Salgueiro
 
Apostila-Access_2007_basico
Apostila-Access_2007_basicoApostila-Access_2007_basico
Apostila-Access_2007_basico
Geraldo Majella Guimarães
 
Módulo v - Planilha Eletrônica
Módulo v - Planilha EletrônicaMódulo v - Planilha Eletrônica
Módulo v - Planilha Eletrônica
Dirce Cristiane Camilotti
 
Atividade dirigida unidade 8
Atividade dirigida   unidade  8Atividade dirigida   unidade  8
Atividade dirigida unidade 8
joaobatistajoaobatista
 
Apostila Excel
Apostila ExcelApostila Excel
Apostila Excel
Claudinéia da Silva
 
Base de Dados -Tics_022744.docx
Base de Dados -Tics_022744.docxBase de Dados -Tics_022744.docx
Base de Dados -Tics_022744.docx
Viana Nacolonha
 
Apostila-do-microsoft-excel2010
 Apostila-do-microsoft-excel2010 Apostila-do-microsoft-excel2010
Apostila-do-microsoft-excel2010
Nome Sobrenome
 
Excel
ExcelExcel

Semelhante a Guia definitivo para dashboards perfeitos (20)

Excel 2007 avancado
Excel 2007 avancadoExcel 2007 avancado
Excel 2007 avancado
 
Apostila - Jornada do Excel aula 2.pdf
Apostila - Jornada do Excel aula 2.pdfApostila - Jornada do Excel aula 2.pdf
Apostila - Jornada do Excel aula 2.pdf
 
Apostila de Power BI - Aula 1.pdf
Apostila de Power BI - Aula 1.pdfApostila de Power BI - Aula 1.pdf
Apostila de Power BI - Aula 1.pdf
 
Apostila - Aula 1.pdf
Apostila - Aula 1.pdfApostila - Aula 1.pdf
Apostila - Aula 1.pdf
 
Aprenda a trabalhar no Excel - Welington Carvalho
Aprenda a trabalhar no Excel  - Welington CarvalhoAprenda a trabalhar no Excel  - Welington Carvalho
Aprenda a trabalhar no Excel - Welington Carvalho
 
Base de dados Acess 2013 para iniciantes
Base de dados Acess 2013 para iniciantesBase de dados Acess 2013 para iniciantes
Base de dados Acess 2013 para iniciantes
 
Ebook Lemon - 6 erros no design de dashboars
Ebook Lemon - 6 erros no design de dashboarsEbook Lemon - 6 erros no design de dashboars
Ebook Lemon - 6 erros no design de dashboars
 
Excel avançado
Excel avançadoExcel avançado
Excel avançado
 
Ead aula excel 2003-teste
Ead  aula excel 2003-testeEad  aula excel 2003-teste
Ead aula excel 2003-teste
 
Apostila Microsoft Office Excel 2016
Apostila Microsoft Office Excel 2016Apostila Microsoft Office Excel 2016
Apostila Microsoft Office Excel 2016
 
Curso de Excel 2007/2010 (Aula 01 e 02)
Curso de Excel 2007/2010 (Aula 01 e 02)Curso de Excel 2007/2010 (Aula 01 e 02)
Curso de Excel 2007/2010 (Aula 01 e 02)
 
Treinamento Do Microsoft®Office
Treinamento Do Microsoft®OfficeTreinamento Do Microsoft®Office
Treinamento Do Microsoft®Office
 
Atividade dirigida unidade VIII
Atividade dirigida unidade VIIIAtividade dirigida unidade VIII
Atividade dirigida unidade VIII
 
Apostila-Access_2007_basico
Apostila-Access_2007_basicoApostila-Access_2007_basico
Apostila-Access_2007_basico
 
Módulo v - Planilha Eletrônica
Módulo v - Planilha EletrônicaMódulo v - Planilha Eletrônica
Módulo v - Planilha Eletrônica
 
Atividade dirigida unidade 8
Atividade dirigida   unidade  8Atividade dirigida   unidade  8
Atividade dirigida unidade 8
 
Apostila Excel
Apostila ExcelApostila Excel
Apostila Excel
 
Base de Dados -Tics_022744.docx
Base de Dados -Tics_022744.docxBase de Dados -Tics_022744.docx
Base de Dados -Tics_022744.docx
 
Apostila-do-microsoft-excel2010
 Apostila-do-microsoft-excel2010 Apostila-do-microsoft-excel2010
Apostila-do-microsoft-excel2010
 
Excel
ExcelExcel
Excel
 

Mais de Karlla Costa

Certificado deconclusao como aproveitar ao maximo o linkedin
Certificado deconclusao como aproveitar ao maximo o linkedinCertificado deconclusao como aproveitar ao maximo o linkedin
Certificado deconclusao como aproveitar ao maximo o linkedin
Karlla Costa
 
Trabalho Remoto
Trabalho RemotoTrabalho Remoto
Trabalho Remoto
Karlla Costa
 
FACILITADORES DA APRENDIZAGEM
FACILITADORES DA APRENDIZAGEMFACILITADORES DA APRENDIZAGEM
FACILITADORES DA APRENDIZAGEM
Karlla Costa
 
DA VITIMIZAÇÃO A AÇÃO
DA VITIMIZAÇÃO A AÇÃO  DA VITIMIZAÇÃO A AÇÃO
DA VITIMIZAÇÃO A AÇÃO
Karlla Costa
 
PAA
PAAPAA
MROC
MROCMROC
FORMAÇÃO DE CONTEUDISTAS PARA CURSOS VIRTUAIS
FORMAÇÃO DE CONTEUDISTAS PARA CURSOS VIRTUAISFORMAÇÃO DE CONTEUDISTAS PARA CURSOS VIRTUAIS
FORMAÇÃO DE CONTEUDISTAS PARA CURSOS VIRTUAIS
Karlla Costa
 
Certificadoempreendedorismonaep
CertificadoempreendedorismonaepCertificadoempreendedorismonaep
Certificadoempreendedorismonaep
Karlla Costa
 
Turismo e-hotelaria
Turismo e-hotelariaTurismo e-hotelaria
Turismo e-hotelaria
Karlla Costa
 
Agroturismo
AgroturismoAgroturismo
Agroturismo
Karlla Costa
 
ASSOCATIVISMO 5
ASSOCATIVISMO 5ASSOCATIVISMO 5
ASSOCATIVISMO 5
Karlla Costa
 
ASSOCIATIVISMO 5
ASSOCIATIVISMO 5ASSOCIATIVISMO 5
ASSOCIATIVISMO 5
Karlla Costa
 
ASSCIATIVISMO 4
ASSCIATIVISMO 4ASSCIATIVISMO 4
ASSCIATIVISMO 4
Karlla Costa
 
ASSOCIATIVISMO 3
ASSOCIATIVISMO 3ASSOCIATIVISMO 3
ASSOCIATIVISMO 3
Karlla Costa
 
CURSO ASSOCIATIVISMO 2
CURSO ASSOCIATIVISMO 2CURSO ASSOCIATIVISMO 2
CURSO ASSOCIATIVISMO 2
Karlla Costa
 
CURSO ASSOCIATIVISMO 1
CURSO ASSOCIATIVISMO 1CURSO ASSOCIATIVISMO 1
CURSO ASSOCIATIVISMO 1
Karlla Costa
 
Agricultura de precisao modulo 6
Agricultura de precisao modulo 6Agricultura de precisao modulo 6
Agricultura de precisao modulo 6
Karlla Costa
 
Agricultura de precisao modulo 5
Agricultura de precisao modulo 5Agricultura de precisao modulo 5
Agricultura de precisao modulo 5
Karlla Costa
 
Agricultura de precisao modulo 4
Agricultura de precisao modulo 4Agricultura de precisao modulo 4
Agricultura de precisao modulo 4
Karlla Costa
 
Agricultura de precisao modulo 3
Agricultura de precisao modulo 3Agricultura de precisao modulo 3
Agricultura de precisao modulo 3
Karlla Costa
 

Mais de Karlla Costa (20)

Certificado deconclusao como aproveitar ao maximo o linkedin
Certificado deconclusao como aproveitar ao maximo o linkedinCertificado deconclusao como aproveitar ao maximo o linkedin
Certificado deconclusao como aproveitar ao maximo o linkedin
 
Trabalho Remoto
Trabalho RemotoTrabalho Remoto
Trabalho Remoto
 
FACILITADORES DA APRENDIZAGEM
FACILITADORES DA APRENDIZAGEMFACILITADORES DA APRENDIZAGEM
FACILITADORES DA APRENDIZAGEM
 
DA VITIMIZAÇÃO A AÇÃO
DA VITIMIZAÇÃO A AÇÃO  DA VITIMIZAÇÃO A AÇÃO
DA VITIMIZAÇÃO A AÇÃO
 
PAA
PAAPAA
PAA
 
MROC
MROCMROC
MROC
 
FORMAÇÃO DE CONTEUDISTAS PARA CURSOS VIRTUAIS
FORMAÇÃO DE CONTEUDISTAS PARA CURSOS VIRTUAISFORMAÇÃO DE CONTEUDISTAS PARA CURSOS VIRTUAIS
FORMAÇÃO DE CONTEUDISTAS PARA CURSOS VIRTUAIS
 
Certificadoempreendedorismonaep
CertificadoempreendedorismonaepCertificadoempreendedorismonaep
Certificadoempreendedorismonaep
 
Turismo e-hotelaria
Turismo e-hotelariaTurismo e-hotelaria
Turismo e-hotelaria
 
Agroturismo
AgroturismoAgroturismo
Agroturismo
 
ASSOCATIVISMO 5
ASSOCATIVISMO 5ASSOCATIVISMO 5
ASSOCATIVISMO 5
 
ASSOCIATIVISMO 5
ASSOCIATIVISMO 5ASSOCIATIVISMO 5
ASSOCIATIVISMO 5
 
ASSCIATIVISMO 4
ASSCIATIVISMO 4ASSCIATIVISMO 4
ASSCIATIVISMO 4
 
ASSOCIATIVISMO 3
ASSOCIATIVISMO 3ASSOCIATIVISMO 3
ASSOCIATIVISMO 3
 
CURSO ASSOCIATIVISMO 2
CURSO ASSOCIATIVISMO 2CURSO ASSOCIATIVISMO 2
CURSO ASSOCIATIVISMO 2
 
CURSO ASSOCIATIVISMO 1
CURSO ASSOCIATIVISMO 1CURSO ASSOCIATIVISMO 1
CURSO ASSOCIATIVISMO 1
 
Agricultura de precisao modulo 6
Agricultura de precisao modulo 6Agricultura de precisao modulo 6
Agricultura de precisao modulo 6
 
Agricultura de precisao modulo 5
Agricultura de precisao modulo 5Agricultura de precisao modulo 5
Agricultura de precisao modulo 5
 
Agricultura de precisao modulo 4
Agricultura de precisao modulo 4Agricultura de precisao modulo 4
Agricultura de precisao modulo 4
 
Agricultura de precisao modulo 3
Agricultura de precisao modulo 3Agricultura de precisao modulo 3
Agricultura de precisao modulo 3
 

Último

Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Zenir Carmen Bez Trombeta
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
Manuais Formação
 
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTALPlanejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
katbrochier1
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
joseanesouza36
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
fagnerlopes11
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
fran0410
 
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
AntonioLobosco3
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
pamellaaraujo10
 
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdfUFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
Manuais Formação
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
ANDRÉA FERREIRA
 
Tudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptx
Tudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptxTudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptx
Tudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptx
IACEMCASA
 
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdfAula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Pedro Luis Moraes
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Simone399395
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
joaresmonte3
 
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
Gênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9ºGênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9º
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
sjcelsorocha
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
Manuais Formação
 

Último (20)

Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
 
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTALPlanejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
 
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
 
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdfUFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
 
Tudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptx
Tudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptxTudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptx
Tudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptx
 
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdfAula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
 
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
Gênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9ºGênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9º
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
 

Guia definitivo para dashboards perfeitos

  • 1.
  • 2. Fazer análises complexas é fácil, difícil é construir planilhas que além de análises complexas tratem as informações de forma atrativa e amigável para quem está fazendo a interpretação dos resultados. Esse é um desafio para muitos estagiários. A solução para isso é criar um Dashboard. Basicamente, Dashboard é uma forma muito mais dinâmica de apresentar os resultados, onde todas as informações se atualizam no clicar de um botão. E, por falar nisso, existe um erro muito comum que as pessoas cometem quando fazem um dashboard e eu vou te contar logo mais adiante qual é. Mas, voltando ao assunto, normalmente as pessoas usam a palavra Dashboard quase como um tabu, para fazer referência à Excel Avançado, quando na verdade elas só querem as informações de uma forma dinâmica. E para começar, vamos descontruir essa ideia de que Dashboards são ferramentas supercomplexas e difíceis de construir. Na verdade, tudo de Dashboard que você precisa saber se resume a 5 pontos, que vamos detalhar mais a frente: E esse último ponto é exatamente o erro mais comum que falei que as pessoas cometem. Um Dashboard realmente bonito é muitas vezes tão importante quanto toda a análise feita por trás dele. Basta você pensar se faria sentido alguma ferramenta se tornar referência na sua empresa se ela fosse bagunçada e difícil de entender. Pois é, eu acredito que não. Vamos começar? 1 O Problema 2 As Bases 3 Botões 4 Fórmula SE 5 Gráfico de Coluna
  • 3. Passo 1: O Problema Imagina que esse é o histórico de vendas de uma loja nos anos de 2012, 2013, 2014 e 2015. Seu objetivo é montar um Dashboard que possibilite que uma pessoa escolha por um dos anos e, em seguida, veja graficamente o resultado do ano que escolheu. 2012 jan fev mar abr mai jun jul ago set out nov dez Vendas 33 36 31 30 38 26 27 26 23 36 38 30 2013 jan fev mar abr mai jun jul ago set out nov dez Vendas 26 27 21 23 40 21 38 38 22 39 22 31 2014 jan fev mar abr mai jun jul ago set out nov dez Vendas 30 23 21 36 34 39 24 30 25 32 29 22 2015 jan fev mar abr mai jun jul ago set out nov dez Vendas 23 36 37 38 27 36 35 36 32 28 32 32 A ideia então é colocar um botão (similar a esse que a seta na figura acima está apontando) e possibilitar que o usuário escolha, por meio desse botão qual ano deseja analisar. Depois que o ano é escolhido o gráfico se altera para representar as informações desse ano. A ideia geral é basicamente diminuir a quantidade de gráficos (nesse caso um ao invés de quatro) e fazer uma ferramenta dinâmica para análise de resultados. Esses gráficos dinâmicos são os temidos Dashboards. E é exatamente isso que vou te ensinar como se faz a partir de agora.
  • 4. Passo 2: As Bases Para fazer o Dashboard funcionar você precisa inicialmente colocar em algum lugar da planilha todo nosso histórico de vendas. A partir desse histórico você irá começar a fazer os links necessários para construção do Dashboard. Não necessariamente essas informações devem estar na mesma aba que você vai colocar o Dashboard (na maioria das vezes não está, inclusive). A ideia quando fazemos esses gráficos dinâmicos é permitir que o usuário veja menos informação bruta e mais informação gerencial, por isso costuma-se colocar as bases em abas diferentes da aba de construção do Dashboard. No nosso caso, vamos a princípio colocar tudo na mesma aba porque ainda estamos aprendendo. Mas se quiser, depois faça um teste! Tente criar esse mesmo Dashboard com as informações brutas em uma aba e o gráfico dinâmico em si em outra aba.
  • 5. Passo 3: Botões Agora clica em OPÇÕES, em algumas versões do Excel aparece “Opções do Excel” – é a mesma coisa! O botão é uma parte fundamental do Dashboard. Ele faz com que o usuário consiga interagir com a planilha. Como colocá-lo? Antes de explicar com ele funciona vou te ensinar a configurar o Excel para que ele fique habilitado. Isso porque inicialmente o Excel costuma deixá-lo oculto e para usar botões é necessário ativar uma ferramenta chamada Inserir Controles. Clique em ARQUIVO, indicado no local onde aponta a seta abaixo.
  • 6. Passo 3: Botões Vamos clicar em BARRA DE FERRAMENTAS DE ACESSO RÁPIDO. Beleza? Daí você clica aonde a seta está apontando - ESCOLHER COMANDOS EM e, em seguida, procura a opção GUIA DESENVOLVEDOR. Estamos quase lá! Depois que você optou por GUIA DESENVOLVEDOR irão aparecer várias opções no retângulo da esquerda, uma delas é a que queremos ativar - INSERIR CONTROLES. Clica em INSERIR CONTROLES e depois na setinha que tem bem do seu lado direito ADICIONAR. Feito isso, só apertar em OK.
  • 7. Passo 3: Botões Repara que vai aparecer lá em cima uma maletinha (que é a ferramenta INSERIR CONTROLES). Essa ferramenta vai nos possibilitar inserir botões na nossa planilha. Quando você clicar na maleta vai perceber que existem duas opções: os Controles de Formulário e os Controles ActiveX. A diferença entre essas duas opções é bem básica – os Controles ActiveX são botões que podem ser vinculados a macros (no VBA). Como ainda não vamos falar de macro (pelo menos nesse Guia), o nosso foco vai ser na opção Controles de Formulário.
  • 8. Passo 3: Botões O botão que vamos usar para montar Dashboards se chama Caixa de Combinação. É esse ai na figura abaixo! Clica nele uma vez (com o botão esquerdo mesmo). Depois você vai abrir esse botão na sua planilha. Quando eu falo que você vai “abrir” quero dizer que você deve basicamente expandir ele (pressiona o botão esquerdo mais uma vez na aba e puxa ele para diagonal).
  • 9. Passo 3: Botões Dessa forma você vai conseguir criar a Caixa de Combinação. Agora eu vou te ensinar a formatar esse botão para fazer com que nele apareçam as informações que eu quiser. Nesse caso, devem aparecer os anos 2012, 2013, 2014 e 2015 quando eu clicar na setinha para baixo. Faz sentido? Agora você deve fazer o seguinte: escrever em algum lugar da aba o que deve aparecer quando clicar na seta para baixo do botão que foi criado. Depois que essa lista estiver criada vamos começar a formatar o botão! Para fazer isso, você deve clicar o botão direito do mouse em cima da Caixa de Combinação e, em seguida, clicar em Formatar Controle. Depois que você clicar lá em Formatar Controle vai aparecer esse retângulo para você preencher o Intervalo de Entrada e o Vínculo da Célula.
  • 10. Passo 3: Botões O Intervalo de Entrada nada mais é que o que irá aparecer quando você clicar na seta para baixo do botão criado (isto é, as opções do botão). Então vamos selecionar as células que contém os anos 2012, 2013, 2014 e 2015. Ah, para fazer essa seleção é só clicar nessa setinha vermelha que tem na mesma linha de “Intervalo de entrada”. Ok?
  • 11. Passo 3: Botões O próximo passo é clicar na setinha vermelha de baixo, que está na linha do “Vínculo da célula” e clicar em uma célula qualquer da aba (eu recomendo que, por uma questão de organização apenas, você clique na célula que está logo abaixo do último ano que você colocou no Intervalo de Entrada, mas não é uma obrigação). Show, agora já definimos as entradas e esse tal de Vínculo da Célula. Vamos então entender como funciona o Vínculo da Célula.
  • 12. Passo 3: Botões Basicamente ele faz com que apareça em uma célula a posição do valor escolhido pelo usuário, com relação a lista colocada no Intervalo de Entrada. Isto é, se o usuário escolher pelo ano 2014 – vai aparecer o número 3 no Vínculo da Célula (porque 2014 é o 3°ano da lista que começa em 2012 e vai até 2015). Se optar pelo ano 2012, aparecerá o número 1 na célula que antes aparecia o número 3. Faz sentido, né? Para finalizar essa parte de botões, vamos aprender um último conhecimento necessário para nosso Dashboard funcionar. A fórmula ÍNDICE. Ela faz com que o valor que aparece dentro do botão fique escrita dentro uma célula. Mais para frente vamos entender que ela é fundamental para o sucesso do nosso Dashboard, mas por enquanto vamos só aprender como ela funciona.
  • 13. Passo 3: Botões É bem simples, ela pede duas coisas: uma Matriz (que vai ser nosso Intervalo de Entrada) e um Número de Linha (que vai ser nosso Vínculo da Célula). O que essa fórmula faz? Ela lê as entradas e retorna o valor que está na posição que eu colocar no número de linha. Então, se coloquei que a matriz é o meu Intervalo de Entrada e que o número de linha é o meu Vínculo da Célula – partindo do princípio que o botão está com o ano 2012 selecionado – a fórmula índice irá buscar o 1°valor (já que o Vínculo da Célula é igual a 1) da matriz (2012, 2013, 2014 e 2015), que é o ano 2012. Se em algum momento mudar lá no botão o ano selecionado o Vínculo da Célula automaticamente mudará também e, consequentemente, o valor da célula onde está a fórmula índice. Dessa forma vou ter escrito em alguma célula da minha planilha sempre exatamente o valor que aparece dentro do botão. Veremos mais tarde que vamos vincular essa célula a uma fórmula que ainda vamos aprender (a fórmula SE) para conseguir fazer o Dashboard funcionar.
  • 14. Passo 4: Fórmula SE Antes de aplicarmos a fórmula SE, precisamos formatar a tabela resumo que ficará ao lado do botão, exibindo as informações de vendas do ano que estiver selecionado no meu botão. Assim, vamos montar a tabela com os meses do ano, conforme a imagem abaixo: Abaixo de cada mês, você deverá exibir o valor de vendas desse mês do respectivo ano selecionado no botão. Assim, se o botão estiver com o ano selecionado em 2012, nosso objetivo é que abaixo do mês de janeiro tenhamos o valor 33 (conforme a quantidade vendida na base de dados). De forma semelhante, se o botão estiver com o ano de 2014 selecionado, o valor abaixo do mês de janeiro (valor de vendas de janeiro), deverá ser 30. A fórmula SE é o que usaremos para criar essa “inteligência por trás do Dashboard”. De forma simples, é essa fórmula que torna as minhas informações dinâmicas. Vamos entender como ela funciona. A fórmula SE pede 3 informações: teste lógico, valor se verdadeiro e valor se falso.
  • 15. Passo 4: Fórmula SE O teste lógico nada mais é do que uma comparação que será verdadeira ou falsa. Assim, se compararmos 1 < 2, teremos o resultado do teste lógico VERDADEIRO, e se compararmos 3 > 4, teremos o resultado do teste lógico FALSO. O valor se verdadeiro é o valor que você quer que a fórmula SE retorne, ou seja, o valor que aparecerá na célula que estamos colocando a fórmula SE, caso o teste lógico que fizemos seja VERDADEIRO. O valor se falso é justamente o contrário. É o valor que você quer que apareça na célula que estamos colocando a fórmula SE, caso o texto lógico seja FALSO. Entendendo isso, vamos para o nosso exemplo. Inicialmente, para simplificação, vamos considerar que temos apenas 2 anos: 2012 e 2013. Nosso objetivo, para o mês de janeiro, vai ser descobrir em qual ano estamos, para sabermos se o valor na célula marcada na imagem abaixo (célula abaixo do mês de janeiro) deverá ser 33 (para 2012) ou 26 (para 2013). Assim, utilizaremos a fórmula SE.
  • 16. Passo 4: Fórmula SE Como não conseguimos selecionar o valor de dentro do botão para utiliza-lo em uma fórmula, utilizaremos aquela célula em que colocamos a fórmula ÍNDICE (célula em verde). Assim, nosso teste lógico será: célula da fórmula ÍNDICE (G2) = 2012. Se essa comparação for verdadeira, significa que no botão estamos selecionando o ano de 2012 e o valor de vendas do mês de janeiro deverá ser 33. Só que, ao invés de colocarmos o número 33 no valor se verdadeiro, selecionaremos em nossa base de dados a célula onde está escrito o valor 33. Isso facilitará bastante quando formos colocar a fórmula para os outros meses.
  • 17. Passo 4: Fórmula SE Se a comparação for FALSA, significa que no botão estamos selecionando o ano de 2013 e o valor de vendas do mês de janeiro deverá ser 26. Portanto, nosso valor se falso será a célula abaixo do mês de janeiro de 2013 em nossa base de dados. Assim, para dois anos, nossa fórmula está pronta. Como acrescentar os anos de 2014 e 2015?
  • 18. Passo 4: Fórmula SE O Excel não permite que você faça mais de uma comparação, assim deveremos utilizar a fórmula SE para cada um dos casos. Então a ideia do que faremos será a seguinte: Primeiro, vemos se o valor do botão é o ano de 2012 (teste lógico). Se for, o valor de vendas (valor se verdadeiro) será 33. Se não for, ainda devemos analisar se o ano selecionado é 2013, 2014 ou 2015. Assim, ao invés de colocarmos no valor se falso a quantidade de vendas de 2014, deveremos fazer uma nova comparação. Como faremos isso? Simples, colocamos uma outra fórmula SE no valor se falso (chamamos isso de SE Composto).
  • 19. Passo 4: Fórmula SE Repare na mudança na fórmula SE na imagem abaixo. Em seguida, vemos se o valor do botão é o ano de 2013 (2º teste lógico). Se for, o valor de vendas (2º valor se verdadeiro) será 26. Se não for, ainda devemos fazer uma nova comparação, pois o ano selecionado pode ser 2014 ou 2015. E usaremos exatamente o que você está pensando, uma 3ª fórmula SE. Bem avançado, não?
  • 20. Passo 4: Fórmula SE Agora, vemos se o valor do botão é o ano de 2014 (3º teste lógico). Se for, o valor de vendas (3º valor se verdadeiro) será 30 (lembrando que não escreveremos o número 30, mas devemos selecionar a célula na base de dados com o número 30 para o mês de janeiro). Se o ano não for 2014, só teremos uma opção, será o ano de 2015, já que para chegar nesse 3º SE, já passamos pela comparação com 2012, 2013 e 2014. Assim, o valor se falso será 23. Sua fórmula deve ficar assim: Estamos quase lá, falta apenas fazer o mesmo procedimento para os outros meses. É lógico que não vamos reescrever a fórmula inteira 12 vezes e é por isso que ter selecionado as células na base de dados vão acelerar esse processo. Quando copiamos uma célula para o lado no Excel, todas as referências também vão para o lado. Como assim? Experimente fazer o seguinte: escreva na sua célula P2 a fórmula =A1
  • 21. Passo 4: Fórmula SE Se colocarmos o valor 10 na fórmula A1, nossa célula P2 apresentará o mesmo valor 10. Agora, se copiarmos a célula P2 e colarmos na célula Q2 (uma célula à direita), teremos o valor 0. Por que? Se olharmos a fórmula da célula Q2 veremos =B1. Isso ocorre porque ao copiarmos a célula P2 uma célula à direita, sua referência (célula A1) também caminha uma célula para a direita (tornando-se B1). Pensando no nosso caso, isso será perfeito, porque a célula do mês de fevereiro está ao lado da célula do mês de janeiro (tanto no Dashboard quanto na base de dados), então bastaria copiarmos e colarmos a fórmula para o lado. Porém, se fizermos isso teremos sempre o valor de 2015 (erradamente). Por que? Por que nossos testes lógicos estão comparando a célula que possui a fórmula ÍNDICE, mas ao lado direito dessa célula temos uma célula vazia, destruindo todos os testes lógicos.
  • 22. Passo 4: Fórmula SE Para isso, existe o que chamamos de Trancamento Total. Ele funciona para dizer ao Excel qual célula da nossa fórmula não queremos mudar quando copiarmos e colarmos a célula. Para fazer isso, basta colocarmos um $ na frente da letra e do número da célula na fórmula que queremos travar (ou simplesmente clicar entre a letra e o número e apertar F4). Vamos fazer isso no nosso exemplo da célula P2 e ver o que acontece agora. Entramos na fórmula da célula P2, clicamos entre o A e o 1, apertamos F4 e voilá, nossa célula está trancada. Agora, se repetirmos o procedimento de copiar e colar ao lado, a fórmula da célula Q2 será =$A$1 e exibirá o valor 10.
  • 23. Passo 4: Fórmula SE Assim, no nosso Dashboard, vamos olhar a fórmula do mês de janeiro e vermos quem temos de trancar e quem vamos deixar livre. Deixaremos livre as células com os valores de vendas, já que essas fazem referência ao valor do mês de janeiro e, quando copiarmos e colarmos ao lado, iremos pegar o mês de fevereiro, que é nosso objetivo. Porém, a célula da fórmula ÍNDICE deverá ser trancada (em todas as vezes que ela aparece na nossa fórmula), pois só temos esse valor do resultado do botão nessa única célula. Assim, terminaremos nossa fórmula da seguinte maneira. PS: tá ruim para enxergar, eu sei. Mas dá um zoom que resolve! Para finalizarmos a engrenagem do nosso Dashboard, basta agora copiarmos a fórmula de janeiro e colarmos para os outros meses. Se experimentarmos mudar agora o botão, vemos que todos os valores dos meses são atualizados automaticamente. Incrível, é mágica!
  • 24. Passo 5: Gráfico de Coluna Essa é a hora de nos preocuparmos com o visual do nosso Dashboard. Você não quer cometer o erro de 90% das pessoas, seu Dashboard tem de ser perfeito e você está quase lá. Primeiramente vamos agora exibir esse resultado em um gráfico, porque eles são muito intuitivos e fáceis de entender. Sempre que você bate o olho em um resultado, pode apostar que o gráfico é o que mais chama a sua atenção. E você acha que isso seria diferente com o seu gestor? Eu acho que não. E é por isso que esse ponto final é essencial para seus Dashboards arrasarem. Então vamos lá. Nossos dados já estão organizados, então só precisamos inserir o gráfico e adicionar as informações nele. Para fazer isso, você deve clicar em uma célula vazia, ir na Guia Inserir. Agora vamos selecionar o gráfico de colunas. E vamos escolher a opção coluna 2D.
  • 25. Passo 5: Gráfico de Coluna Apareceu um retângulo branco no Excel e é nele que vamos acrescentar as informações do gráfico. Basta agora clicarmos com o botão direito no meio do retângulo e escolhermos a opção Selecionar Dados. Abrirá uma caixa com duas seções. A parte da esquerda é onde colocaremos nossa série de dados, ou seja, as informações que vamos exibir. Na parte da direita vamos selecionar a legenda do eixo X do gráfico, que serão os meses. Vamos fazer uma parte de cada vez. Clicamos em Adicionar (na parte da esquerda).
  • 26. Passo 5: Gráfico de Coluna Teremos uma caixa que pede o nome da série (podemos escrever ou selecionar uma célula com o nome que queremos dar para essas informações) e os valores da série (são os valores que queremos exibir). Em nome da série, vamos escrever Vendas Mensais. Em valores da série, vamos clicar no botão vermelho. E agora selecionamos as informações de vendas, conforme a imagem abaixo.
  • 27. Passo 5: Gráfico de Coluna Repare que o gráfico já está quase pronto. Já temos nossas informações, falta apenas ajeitar os números que estão no eixo horizontal e troca-los para o nome dos meses. Para isso, vamos agora na parte da direita da caixa de Selecionar Dados e clicar em Editar (se você tiver fechado todas as caixas, basta clicar novamente com o botão direito no gráfico e escolher a opção Selecionar Dados). Agora clicamos no botão vermelho, selecionamos os meses (jan – dez) e clicamos em ok.
  • 28. Passo 5: Gráfico de Coluna E pronto, nosso gráfico está 100% pronto. Nesse momento, você pode estar se perguntando: “Ué, mas o gráfico não era para ser dinâmico? Eu não lembro de ter feito isso.” Experimente trocar o ano no botão. É isso mesmo, o gráfico ficou totalmente dinâmico e como isso aconteceu? Simples, o gráfico em si não faz nada, ele sempre pega as informações do mesmo lugar, mas quando mudamos o ano no botão, a nossa fórmula SE muda os valores abaixo de cada mês e o gráfico se adapta aos novos valores automaticamente. Nosso Dashboard está pronto! Para não deixarmos a desejar em nenhum detalhe e cairmos no erro do tratamento visual, vamos fazer alguns pequenos ajustes que fazem toda a diferença. Precisamos da lista de anos e daquela célula amarela com a posição do botão para mostrar algum resultado? Não, eles são apenas auxiliares. A mesma coisa para a base de dados, não precisamos de todos esses valores sendo exibidos. Eles precisam existir, mas podem estar ocultos. Então vamos ocultar todas essas linhas. Antes disso, não queremos ocultar nosso botão, então vamos arrastá-lo para baixo.
  • 29. Passo 5: Gráfico de Coluna Agora vamos selecionar todas as linhas da base de dados e da lista de anos, clicando no título das linhas (número das linhas). Clicamos com o botão direito no título da linha e escolhemos a opção Ocultar.
  • 30. Passo 5: Gráfico de Coluna Agora, vamos arrastar o botão para o canto das nossas informações, de forma que ele pareça que faz parte de uma célula. Em gráficos de coluna, para tornar os dados mais visuais, é sempre recomendado acrescentarmos os rótulos de dados, então basta clicarmos com o botão direito sobre uma coluna azul e selecionar a opção adicionar rótulo de dados. Se você estiver com as linhas de grade (aquelas bordas cinzas no fundo da planilha), essa é a hora de tirar. Vá em Exibição.
  • 31. Passo 5: Gráfico de Coluna E desmarque a caixa da opção Linhas de Grade. Se você quiser, ainda pode ocultar os comandos do Excel e nem vai parecer que você está em uma planilha! Para fazer isso, ainda na guia Exibição clique na caixa dos títulos também. E em seguida, ao lado do botão de fechar, temos uma opção que é uma pequena seta. Agora clicamos a faixa de Opções Automaticamente
  • 32. Passo 5: Gráfico de Coluna Agora sim, nem parece que estamos no Excel. Logicamente, se você quiser editar alguma coisa precisará habilitar de novo, mas como apresentação de resultado essa é uma ótima possibilidade no Excel. Espero que você tenha curtido a explicação. Use e abuse desse guia para qualquer dashboard que você precise criar. Crie mais de um dashboard em uma única aba, use outras fórmulas para fazer análises complexas e sempre que precisar, retorne ao guia. Esse passo a passo serve para qualquer apresentação de resultados.
  • 33. Se surgir qualquer dúvida, fique à vontade para procurar um de nossos experts. Você pode nos encontrar em: https://www.facebook.com/hashtagtreinamentos/ https://www.youtube.com/channel/UCw0leRmeaX7R_9BDd3TvCzg http://www.hashtagtreinamentos.com/ INSCREVA-SE NO MEU CANAL DO YOUTUBE CURTA E ME SIGA NO FACEBOOK CURSOS PRESENCIAIS