SlideShare uma empresa Scribd logo
Rildo Santos 2012 © Direitos Reservados | eTecnologia.com.br | Versão 1.0

Funcionário

Guia de Orientação para
Carreira de Analista de Negócio

{sua foto}
{seu nome}

Analista de
Negócio

Guia de Orientação para
Carreira de Analista de Negócio

Guia de Orientação para Carreira de Analista de Negócio descreve os
conhecimentos, guias, práticas, técnicas e competências necessárias para o
Analista de Negócio executar suas atividades.
Rildo Santos (@rildosan) | etecnologia.com.br | etecnologia.ning.com | rildosan.com
etecnologia.com.br | Consultoria | Treinamento | Mentoring
Guia de Orientação para
Carreira de Analista de Negócio
Quem somos e o que fazemos

eTecnologia® é uma
empresa especializada
em treinamento,
consultoria e mentoring
em Análise de Negócio

Consultoria

Treinamento
Mentoring

Atuamos a mais de 10
anos no mercado e já
desenvolvemos projetos
para empresas de diversos
segmentos de mercado.

rildo.santos@etecnologia.com.br
etecnologia@etecnologia.com.br
treinamento@etecnologia.com.br

Rildo Santos 2012 © Direitos Reservados | eTecnologia.com.br | Versão 1.0

Nossos valores: aprendizagem, troca de experiência, compartilhamento de conhecimento, debate de
ideias e colaboração.

Comunidade: etecnologia.ning.com
etecnologia.com.br | Consultoria | Treinamento | Mentoring

2
Guia de Orientação para
Carreira de Analista de Negócio
Índice

Índice

Rildo Santos 2012 © Direitos Reservados | eTecnologia.com.br | Versão 1.0

Introdução
Road Map da Carreira de Analista de Negócio
Definições e Competências
Conhecimentos Avançados
Técnicas
Guia BABok®
Certificações: CBAP® e CCBA®
Primeiros passos: Como conhecer o negócio
Pesquisa Salarial, Faixas de Salário do Analista de Negócio
Nossos Serviços: Consultoria, Treinamento e Mentoring em Análise de
Negócio
etecnologia.com.br | Consultoria | Treinamento | Mentoring

3
Guia de Orientação para
Carreira de Analista de Negócio

Rildo Santos 2012 © Direitos Reservados | eTecnologia.com.br | Versão 1.0

Introdução

O Guia
Este guia cobre uma lacuna, pois, não existe um Guia de Orientação para
Carreira de Analista de Negócio. Ele atende aos profissionais que já atuam como
Analista de Negócio e para novos profissionais que pretendem atuar .
O objetivo do guia é informar e orientar os profissionais que desejam
desenvolver uma carreira. É exibido um Road Map da Carreira de Analista de
Negócio.
Este guia apresenta definições, técnicas, práticas, competências fundamentais
que são necessárias para Analista de Negócio realize suas atividades com êxito.
Também é apresentado as certificações CBAP e CCBA.

etecnologia.com.br | Consultoria | Treinamento | Mentoring

4
Guia de Orientação para
Carreira de Analista de Negócio
Road Map
São duas modalidade de Formação de Analista de Negócio 3.0: Turma Aberta e
Turma Fechada. A turma fechada pode ter o conteúdo “customizado” para melhor
atender as necessidades da organização. A turma aberta tem um conteúdo padrão.

Ponto de Partida

Turma Aberta

Carreiras
Certificação
Preparatório

Fundamentos
Formação de Analista de
Negócio 3.0

Certificação CBAP
ou CCBA

Certificação
Realizar o exame de
certificação CBAP
ou CCBA

1º
Avançados

Workshop Avançado
de Técnicas de
Análise de Negócio

3º
Workshop Gestão de
Requisitos de
Negócio

4º
Workshop Como
elaborar um Business
Case

Customizados
Turma Fechadas

Rildo Santos 2012 © Direitos Reservados | eTecnologia.com.br | Versão 1.0

2º

Gestão Pública
Formação de
Analista de
Negócio 3.0
com foco em
gestão pública

Customizado
Formação de
Analista de
Negócio 3.0
com foco “no seu
negócio”

Avançado

Avançado

Estudo de Caso
focado no negócio
público

Estudo de Caso
focado “no seu
negócio”

etecnologia.com.br | Consultoria | Treinamento | Mentoring

5
Guia de Orientação para
Carreira de Analista de Negócio
Curso de Formação de Analista de Negócio 3.0

Curso de Formação de
Analista de Negócio 3.0

Rildo Santos 2012 © Direitos Reservados | eTecnologia.com.br | Versão 1.0

O objetivo deste curso é prover capacitação para os participantes atuarem como Análise de
Negócio, demonstrar práticas, técnicas e ferramentas que são necessárias para a Análise de Negócio.
Durante o curso será apresentado o Guia BABok® 2.0 (Corpo de Conhecimento de Análise de
Negócio), que é considerado como guia de referência de Análise de Negócio. Será mostrado as áreas
de conhecimentos, técnicas, tarefas e as competências fundamentais do Analista de Negócio.
Também será exibido uma visão prática e realista da Análise de Negócio nas organizações que vai
além do BABok 2.0
Será demonstrado através de Estudo de Caso como aplicar as práticas e técnicas de análise de
negócio para desenvolvimento de soluções que permitem à organização atingir seus objetivos.
Este curso também ajudará na preparação do exame de certificação CBAP.

Diferenciais

Curso focado em Análise de Negócio
Facilitador com muita experiência em Análise de Negócio
Estudos de Casos para exercitar as técnicas de Análise de Negócio
Análise de Negócio é abordada seguindo as práticas do
Guia do BABok, mas, não ficando só restrito a ele,
vamos muito além.
Ajuda na preparação para o exame de certificação CBAP®
Reconhecimento das pessoas que se destacaram durante o curso

Este curso poderá ser Customizado:
- Customizados para Gestão Pública
- Para empresas privadas de
qualquer
segmento de mercado

Nossa experiência:
Rildo Santos foi um dos pioneiros no desenvolvimento do curso de Formação de
Analise de Negócio no Brasil, já capacitou mais 1000 profissionais de diversas de
empresas privadas e empresas públicas.

Veja nossa agenda de treinamento para o Curso de Formação de Analista de Negócio

etecnologia.com.br | Consultoria | Treinamento | Mentoring

6
Guia de Orientação para
Carreira de Analista de Negócio
Definições
Segundo o BABok, o Analista Negócio é qualquer pessoa que exerça
atividades de Análise de Negócio, não importando qual seja seu cargo,
função ou papel.
A Análise de Negócio não incluem apenas as pessoas com o cargo
Analista de Negócio, ela também pode incluir outros profissionais, tais
como: Analista de Sistemas, Analista de Requisitos, Engenheiro de
Sistemas Corporativo, Analista de Processo, Analista de Produto, Gerente
de Produto, Product Owner (SCRUM), Arquiteto de Solução Corporativa,
Consultores de Gestão ou qualquer outra pessoa que execute as tarefas
descritas no Guia BABok® , incluindo aqueles que exercem também
disciplinas relacionadas, tais como Gerenciamento de Projeto,
Desenvolvimento de Software, Garantia de Qualidade e etc.

Analista de Negócio

Rildo Santos 2012 © Direitos Reservados | eTecnologia.com.br | Versão 1.0

Guia BABok 2.0

Cargo (função) ou Papel ?
Não existe uma regra definida. Cada empresa poderá estabelecer livremente se o Analista de
Negócio será um cargo* (função) e/ou um papel.
* Existe um código no CBO (Código Brasileiro de Ocupação) para Analista de Negócio, porém
a descrição não corresponde com definição atual de Analista de Negócio.
Formação Acadêmica:
Não existe um curso especifico de graduação ou de pós graduação para a formação de
Analista de Negócio. Contudo, O curso de graduação mais próximo é de Administração de
Empresas.
Sugestão:
Para que fez um curso técnico na graduação: Faça o curso de MBA de Gestão Empresarial,
pois, este curso vai dar uma visão sistêmica da organização, que é necessário para atuação
do Analista de Negócio.

etecnologia.com.br | Consultoria | Treinamento | Mentoring

7
Guia de Orientação para
Carreira de Analista de Negócio
Perfis de Analista de Negócio
Segundo Howard Podeswa (autor do livro UML for IT Business Analyst) existem dois
perfis de Analista de Negócio:
Existem dois tipos de perfis de Analista de Negócio:
- Analista de Negócio que trabalha no contexto de negócio. Ele
trabalha com as demandas de negócio e está envolvido com projetos
de melhoria de processos, redução de custos, conformidade,
mitigação de risco, novos produtos e etc
Exemplo de Analisa de Negócio para atuar no negócio:
A posição de analista de negócios tem como principal responsabilidade a
prospecção e análise de empresas de alto potencial de crescimento,
impacto social e alinhadas com o perfil de investimento da Empresa.

- Analista de Negócio de Tecnologia da Informação trabalha no
contexto da TI, ele atua com as demandas de TI, projetos de TI, é
facilitador do relacionamento entre TI e negócio e etc,

Rildo Santos 2012 © Direitos Reservados | eTecnologia.com.br | Versão 1.0

Exemplo de Analisa de Negócio para atuar no negócio:
Ser o representante da área de negócio dentro de TI para garantir que todas as
necessidades do cliente sejam atendidas. Assegurar comunicação entre
sistemas e negócio par que o cliente tenha toda a informação necessária dos
seus respectivos projetos.

Segundo um relatório do Forrester Research aponta uma descrição e menos precisa, o papel
de Analista de Negócio pode variar de acordo com a empresa. Uma coisa é clara: a maioria
dos analistas de negócio bem-sucedidos mescla o temperamento e a habilidade de
comunicação de um diplomata com o talento analítico de um oficial do serviço secreto. Por
isso que bons analistas de negócio, valem ouro.
A maioria das vagas disponíveis no mercado é para o Analista de Negócio de TI, ou seja, é
aquele profissional que vai atuar na gestão de demanda de negócio para TI.
Já para o Analista de Negócio que atuam diretamente nas demandas de negócio, a quantidade
é menor, mas, elas existem.

etecnologia.com.br | Consultoria | Treinamento | Mentoring

8
Guia de Orientação para
Carreira de Analista de Negócio
Definições e Competências
Competências Fundamentais do Analista de Negócio:
É uma Área de Conhecimento que fornece uma descrição das
características, dos comportamentos, conhecimentos e qualidades
pessoais para dar suporte as práticas de análise de negócios.
Competências Fundamentais
Capacidade
Analítica e
Solução de
Problemas
Pensament
o Criativo
Tomada de
Decisão
Aprendizagem

Conhecer
Aplicações
e Softwares

Comunicação
Oral

Negociação

Aplicativos
Genéricos

Saber
Ensinar

Facilitação

Aplicativos
Especialista

Conhecimento
do Negócio

Habilidades de
Comunicação

Ética

Princípios e
Práticas de
Negócio

Organização
Pessoal
Confiabilidade

Conhecimento
do Segmento
de Mercado

Solucionar
Problemas

Rildo Santos 2012 © Direitos Reservados | eTecnologia.com.br | Versão 1.0

Habilidades
de Interação
Humana

Características
Comportamentais

Conhecimento
da Organização

Pensamento
Sistêmico

Conhecimento
de Solução

Esta lista não é prescritiva, existem diversas outras competências
que podem ser necessárias para Analista de Negócio realizar suas
atividades, porém lista abrange a maioria das competências.

Comunicação
Escrita

Mediação de
Conflitos
Liderança
Trabalhar em
Equipe

Para os Analistas de Negócio que atuam
em TI, será necessário conhecer os
principais frameworks, guia, normas e
padrões, tais como:
- Cobit
- ITIL e ISO 20000
- CMMI e MPs.br
- ISO 27002
- SOA
- Plataformas .Net e Java
- BI (Business Intelligence)
- Gerenciamento de Dados
- UML
- Métodos Ágeis (Scrum, Kanban e XP )
- RUP
- Boas práticas de engenharia de
software
Contudo, o Analista de Negócio não precisa
ser um “expert” em nenhuma desta coisas.

etecnologia.com.br | Consultoria | Treinamento | Mentoring

9
Guia de Orientação para
Carreira de Analista de Negócio
Técnicas
A Lista de Técnicas, contêm 34 técnicas, elas são utilizadas pelo analista de negócio para
realizar a análise de negócio e demais atividades do dia-a-dia.

Lista de Técnicas*:

Rildo Santos 2012 © Direitos Reservados | eTecnologia.com.br | Versão 1.0

01 - Definição dos Critérios de Aceite e Avaliação
02 - Bechmarking
03 - Brainstorming
04 - Análise de Regras de Negócio
05 - Dicionário de dados e glossário
06 - Diagramas de Fluxos de dados
07 - Modelagem de Dados
08 - Análise de Decisão
09 - Análise de Documentos
10 - Estimativa
11 - Grupos Focais (Grupo de Foco)
12 - Decomposição Funcional
13 - Análise de Interface
14 - Entrevistas
15 - Processo de Lições Aprendidas
16 - Métricas e Indicadores-Chave de Desempenho
17 - Análise de Requisitos Não-Funcionais

18 - Observação (de Campo)
19 - Modelagem Organizacional
20 - Rastreamento de Problemas
21 - Modelagem de Processos
22 - Prototipagem
23 - Workshop de Requisitos
24 - Análise de Riscos
25 - Análise de Causa-Raiz
26 - Cenários e Casos de Uso
27 - Modelagem de Escopo
28 - Diagramas de Sequência
29 - Diagramas de Estados
30 - Revisão Estruturada
31 - Pesquisa / Questionário
32 - Análise SWOT
33 - Estória do Usuário
34 - Avaliação de Fornecedores

Legenda: Itens escritos em vermelho são específicos para TI

*Vá além desta lista, pois ela não é prescritiva, existem diversas outras técnicas e ferramentas, tais como
PDCA, 5W2H, BSC e etc, que não estão na lista e que podem ser necessárias para Analista de Negócio
realizar as atividades de Análise de Negócio.

etecnologia.com.br | Consultoria | Treinamento | Mentoring

10
Guia de Orientação para
Carreira de Analista de Negócio
Conhecimentos Avançados

Rildo Santos 2012 © Direitos Reservados | eTecnologia.com.br | Versão 1.0

Analista de Negócio Experientes ou Consultor de Negócio:
Os Analistas de Negócio experientes, devem ter um conjunto de conhecimentos mais abrangente e
avançados. Algumas empresas dão o titulo Consultor de Negócio, para estes Analistas.
Os conhecimentos são resultantes de aprendizagem (decorrentes treinamento e estudos), de
práticas, desenho de soluções de negócio e participação em projetos.
Conhecimentos Avançados do:
- Gestão por Processo (BPM) e Ferramentas BPMS
- Cadeia de Valor e/ou Rede de Valor
- Arquitetura Empresarial (TOGAF e Zachman)
- Gestão de Risco (COSO 2 e ISO 31000) e Controle Interno (COSO 1)
- Seis Sigma
- Lean
- Kaizen
-5S
- Gestão de Projetos com as práticas PMBok®
- Teoria das Restrições (TOC)
- Frameworks: SCOR (Suply Chain Operations Reference model) , VRM
(Value Reference Model), eTOM e etc
- Família ISO (de acordo com seguimento da empresa)
- Custeio Baseado em Atividades (Custeio ABC)
- Planejamento Estratégico e BSC
- Adaptive Case Management (ACM)
- Governança Corporativa
- Governança de TI
- Critérios de Excelência do PNQ (Prêmio Nacional da Qualidade)
- Change Management (Gestão de Mudança Organizacional)
- Framwork de Classificação de Processos (AQPC)
- Matemática Financeira (para calculo do taxa interna, taxa de atratividade,
ROI, Payback e etc)
- Análise do Valor Agregado
- Análise de 5 Forças de Porter
- Matriz de Ansoff e Matriz BGC
- Métodos Ágeis (Scrum, Kanban e XP)
Os Analistas de atuam em organização pública deve conhecer:
- Gespública
- Guia d Simplificação de Processos
- Lei 8666
- IN4 (Instrução Normativa 4)
- LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias)
- PPA (Plano Plurianual)
- Lei de Responsabilidade Fiscal

Analista de Negócio
Experiente, é aquele
profissional que já
atuou em vários
projetos e desenho
soluções.
Tem mais de
8.000 horas
de atuação em
Análise de Negócio,
conhece diversas
técnicas, práticas,
frameworks e
ferramentas.
Alerta:
Esta lista não é
prescritiva, existem
diversos outros
conhecimentos que
podem ser necessárias
para Analista de
Negócio realizar suas
atividades, porém
lista abrange a
maioria dos
conhecimentos
avançados.
Contudo, o Analista
de Negócio não
precisa ser um
“expert” em
nenhuma destes
conhecimentos.

etecnologia.com.br | Consultoria | Treinamento | Mentoring

11
Guia de Orientação para
Carreira de Analista de Negócio
Guia BABok® (Resumo)
O BABok® 2.0, é Corpo de Conhecimento de Análise de
Negócios, também conhecido como Guia de Práticas de Análise
de Negócio.
Este guia foi publicado e é mantido pelo IIBA.
O guia BABok descreve as áreas de conhecimentos, tarefas
competências fundamentais e técnicas de análise de negócio.
O guia está alinhado com as práticas descritas no PMBok®,
CMMI®, TOGAF (Arquitetura Corporativa), ITIL®, COBIT®,
BPM, Método Ágil (Scrum) e etc
O objetivo primário do Guia BABOK ® é definir a profissão de
Analista de Negócio.

O que é uma Área de Conhecimento?
É um grupo de tarefas relacionadas que apoiam uma função-chave da análise de negócios.

Áreas de Conhecimento

Rildo Santos 2012 © Direitos Reservados | eTecnologia.com.br | Versão 1.0

O que é Análise de Negócio ?
Segundo o Guia BABok: “Análise de negócio é o conjunto de tarefas e técnicas usadas
para funcionar como um elo de ligação entre as partes interessadas com objetivo de
compreender a estrutura, as políticas e operações de uma organização e recomendar
soluções que permitem à organização atingir seus objetivos”.

Planejamento
e Monitoramento
de Análise de
Negócio

Avaliação e
Validação
da Solução

Análise
Corporativa
Elicitação

Gerenciamento
e Comunicação
de Requisitos

Análise de
Requisitos

Competências
Fundamentais

etecnologia.com.br | Consultoria | Treinamento | Mentoring

12
Guia de Orientação para
Carreira de Analista de Negócio
Guia BABok® (Resumo)
Descrição das Áreas de Conhecimento:
Planejamento e Monitoramento da Análise de
Negócios descreve como os analistas de negócios
determinam quais atividades são necessárias para
que se execute uma iniciativa de analise de
negócios.
Ela cobre a identificação das partes interessadas,
seleção de técnicas de analise de negócios, o
processo que será utilizado para o gerenciamento
de requisitos e como avaliar o progresso do
trabalho. As técnicas nessa área de conhecimento
governam a execução de todas as outras tarefas de
analise de negócios.

Rildo Santos 2012 © Direitos Reservados | eTecnologia.com.br | Versão 1.0

Gerenciamento e Comunicação dos Requisitos
descreve como os analistas de negócios gerenciam
conflitos, questões e mudanças no intuito de
garantir que as partes interessadas e o time do
projeto permaneçam em acordo a respeito do
escopo da solução, como os requisitos são
comunicados as partes interessadas e como o
conhecimento obtido pelo analista de negócios e
mantido para o uso futuro.
Análise de Requisitos descreve como os analistas
de negócios priorizam e progressivamente elaboram
os requisitos das partes interessadas e da solução,
no intuito de permitir que a equipe do projeto
implemente a solução que ira atender as
necessidades da organização patrocinadora e das
partes interessadas. Ela envolve a analise das
necessidades das partes interessadas para definir
soluções que atendam essas necessidades,
avaliando o estado atual do negocio para identificar
e recomendar melhorias, e a verificação e validação
dos requisitos resultantes.

Elicitação descreve como analistas de negócios
trabalham junto as partes interessadas para
identificar e compreender suas necessidades e
preocupações, e compreender o ambientes no
qual trabalham. A elicitação visa garantir que as
reais necessidades das partes interessadas sejam
compreendidas e não somente seus desejos
explícitos ou superficiais
Análise Corporativa descreve como os analistas
de negócio identificam uma necessidade do
negocio, refinam e esclarecem a definição daquela
necessidade, e definem um escopo de solução
que pode ser implementado pelo negocio de forma
viável. Esta área de conhecimento descreve a
definição e analise do problema, desenvolvimento
do business case, estudos de viabilidade e a
definição do escopo da solução.
Avaliação e Validação da Solução descreve
como os analistas de negócios avaliam as
soluções propostas para definir qual solução se
encaixa melhor nas necessidades do negocio,
identificando gaps e falhas em soluções, e
determinando soluções provisórias ou mudanças
necessárias na solução.
Também descreve como os analistas de negócios
avaliam as soluções entregues para ver quão bem
elas atendem a necessidade para que a
organização possa avaliar o desempenho e
eficácia da solução.
Competências Fundamentais descrevem os
comportamentos, conhecimentos e características
que apoiam o desempenho efetivo da analise de
negócios.

Veja mais sobre o Guia BABok®: http://www.babokonline.org/ (em português)

O Guia BABok® é uma boa referência para não começar do “zero”. Entretanto, vá além do guia, pois, ele
cobre apenas uma parte da Análise de Negócio.

etecnologia.com.br | Consultoria | Treinamento | Mentoring

13
Guia de Orientação para
Carreira de Analista de Negócio
Certificações CBAP® e CCBA®
Existem duas certificações para os Analista de Negócio ambas do IIBA®
- CBAP (Certified Business Analysis Professional)
- CCBA (Certified Competency Business Analysis)
A certificação CBAP ® (Certified Business Analysis Professional) foi criada pelo IIBA em 2006
para reconhecer publicamente profissionais que comprovem seu conhecimento e experiência em
Análise de Negócios. Segundo o IIBA, profissionais que recebem essa certificação são “especialistas
em identificar as necessidades de uma organização e determinar qual a melhor solução” , seja ela a
implantação de um novo aplicativo de software, alterações ou melhorias em processos internos ou
modificações na estrutura organizacional.

Rildo Santos 2012 © Direitos Reservados | eTecnologia.com.br | Versão 1.0

A certificação é concedida ao candidato que:
1. Preencher um formulário no site do IIBA comprovando que preenche os requisitos abaixo;
2. Passar no exame de certificação;
Para passar no exame de certificação, é realmente necessário ter experiência de trabalho e conhecer
profundamente o guia BABok 2.0
Requisitos para a certificação :
Experiência de trabalho: 7500 horas de atividades de análise de negócios dentro dos últimos 10 anos;
Conhecimento das áreas de conhecimento do BABok 2.0
Formação necessária: ensino médio completo. Não é necessário ter formação superior para se
candidatar à certificação CBAP ®. O que conta é a experiência de trabalho do profissional;
Desenvolvimento profissional: 21 horas de treinamento nos últimos 4 anos em assuntos relacionados a
Análise de Negócios.
Referências: duas fontes de referência que comprovem sua atuação em atividades de análise de
negócios e validem sua candidatura ao exame; referências podem ser seu gerente funcional, um cliente
externo ou interno, ou um CBAP.
Os interessados devem consultar o CBAP Handbook, seguir os passos para submeter um application e,
após serem aprovados pelo IIBA, fazer a prova de certificação.
A certificação CCBA (Certificate of Competency in Business Analysis). Os requisitos são similares
aos do CBAP porém a diferença mais significane é que a exigência de comprovação de número de
horas de experiência em Análise de Negócios é de 3750, metade do total exigido para o CBAP. Desta
forma, analistas com cerca de dois anos e meio de experiência também poderão se certificar.
Locais e datas para se fazer o exame:
Os exames de certificação CBAP pode ser feito em São Paulo, Contudo existem centros de teste
também no Rio de Janeiro e em Brasília. Acesso aos locais exatos e datas das provas
só é concedido aos candidatos que tiverem seu application aprovado.

etecnologia.com.br | Consultoria | Treinamento | Mentoring

14
Guia de Orientação para
Carreira de Analista de Negócio
Certificações CBAP® e CCBA®
Existem duas certificações para os Analista de Negócio ambas do IIBA®
- CBAP (Certified Business Analysis Professional)
- CCBA (Certification of Competency in Business Analysis)
Passos para obter a certificação:
Preencher um Application Form (formulário) disponível no site do IIBA ® comprovando que atende os
requisitos para a certificação.
Leia antes o CBAP® Handbook (clique no link para fazer download do Handbook), pois ele ajuda no
preenchimento do Application Form(formulário). Para preencher oApplication Form (formulário) tem
uma taxa de 125,00 dólares, que não reembolsável
Passar no exame de certificação:
Dica: Para passar no exame de certificação, é realmente necessário ter experiência de trabalho e
conhecer profundamente o BABok® 2.0 (em inglês) e BABok® 2.0 (em português)

Rildo Santos 2012 © Direitos Reservados | eTecnologia.com.br | Versão 1.0

Sobre o Exame de Certificação:
- Duração do exame: 3h e 30m (três horas e 30 minutos)
- Valor 450,00 dólares para não membros do IIBA. Para membros 325,00 dólares
- Quantidade de questões: 150
- Tipo: Múltiplas escolha (para cada questão tem quatro alternativas)
- Idioma: Inglês *

O que cai no exame:
Áreas de Conhecimento
Planejamento e Monitoramenteo de Análise de Negócio
Elicitação
Gerenciamento de Requisitos e Comunicação
Análise Corporativa
Análise de Requisitos
Validação e Avaliação da Solução

Comparação: CBAP x CCBA

CBAP

Para profissionais que tem cargo de Analista de Negócio
ou que atuam em tempo integral

CCBA

Para profissionais que desempenho o papel de Analista
de Negócio ou atuam cooo NA parte do tempo

Percentual de Questões
20%
14%
16%
15.33%
19.33%
16%

Reputação no mercado*:
* A reputação do mercado: É um estudo que avalia a
exigência de da certificação em vagas de emprego ;
quantidade de licitações públicas que pedem profissionais
com tal certificação; e quantidade de profissionais
certificados em relação quantidade de profissionais que
atuam no mercado.

* Ponto de Vista: Uma certificação somente mostra que você estudou para “passar” no exame de certificação,
ela não serve para demonstrar conhecimento, experiência e desempenho profissional.

etecnologia.com.br | Consultoria | Treinamento | Mentoring

15
Guia de Orientação para
Carreira de Analista de Negócio
Primeiros Passos: Como conhecer o negócio
Conhecer o Guia BABok, é suficiente para fazer a Análise de Negócio ?
A resposta é não, o BABok 2.0, o Guia para o Corpo de Conhecimento de Análise de
Negócio, é considerado como um guia de referência para realização da Análise de
Negócio.
Contudo, existem três razões que demonstram que somente o guia BABok, não
é suficiente para fazer a Análise de Negócio:
1ª. O BABok 2.0, recomenda “o quê” e não o “como fazer” a Análise de Negócio.
2ª. A lista de técnicas do Guia BABok 2.0, não é prescritiva. Existem outras
técnicas/ferramentas que não são apresentadas na lista, mas são importantes,
exemplos: BSC, 5W2H, PDCA e etc.
3ª. A experiência e conhecimento do negócio, são elementos chaves para realização
da Análise de Negócio.

O quê ajuda a Conhecer o Negócio:

Rildo Santos 2012 © Direitos Reservados | eTecnologia.com.br | Versão 1.0

1 - Ler documentos de Análise de Negócio, Business Case (Caso de Negócio),
relatórios e outros documentos de negócio, tais como:
- Modelo de Governança (Visão da Governança)
- Planejamento Estratégico (Visão da Estratégia)
- Cadeia de Valor ou Rede de Valor (Visão dos Processos de Negócio)
- Portfólio de Projetos (Visão dos Projetos)
- Portfólio de Serviços de TI (Visão dos Serviços)
Também recomendo ler documentos contábeis, financeiros e relatórios de relação
com investidores eles dão uma boa visão da saúde financeira.

2 - Participar de reuniões de diretoria:
Se possível participe de reuniões de diretorias, como ouvinte, isto ajudará a você
entender como pensa os que tomam as decisões de negócio e definem a estratégia
para o negócio.
3 - Conversar com pessoas mais experientes que trabalham na organização:
Geralmente as pessoas mais velhas tem muitas histórias para contar, pois, elas na
maioria das vezes acompanharam a transformação do negócio, participaram de
vários estilos de gestão e fizeram contato com diversos profissionais, esta
experiência, poderá auxiliar no entendimento das pessoas, dos processos e do
negócio.
4 - Fazer cursos de Formação de Analista de Negócio:
Para quem busca uma formação rápida o curso de formação de Analista de
Negócio é uma boa alternativa. Mas, para quem tem a formação técnica é
recomendável fazer o bom curso de MBA é fundamental, mas tem ser o de Gestão
Empresarial, isto dará uma visão das áreas da organização.

etecnologia.com.br | Consultoria | Treinamento | Mentoring

16
Guia de Orientação para
Carreira de Analista de Negócio
Primeiros Passos: Como conhecer o negócio
O quê ajuda a Conhecer o Negócio (continuação):
5 - Contratar serviços de Coach/ou Mentoring:
Acelera o aprendizado e o conhecimento sobre o negócio.

6 - Fazer pesquisas, leitura de livros e documentos especializados, também
ajuda no entendimento do negócio:
- Ler o Guia BABok e demais livros sobre Análise de Negócio (a lista é enorme).
7 -Ter acesso a uma base de conhecimento do negócio, caso a empresa
tenha este recurso.
Hoje no mercado já existem diversas empresas que possuem uma Base de
Conhecimento de Negócio. Também existe na internet diversos sites
especializados em determinados segmentos de mercado.

Rildo Santos 2012 © Direitos Reservados | eTecnologia.com.br | Versão 1.0

Exemplo: Veja o site da Teleco (www.teleco.com.br) é maior base de
conhecimento sobre o negócio Telecom.

Quando usar o Guia BABok ?
Quando a empresa que esta começando a implementar Análise de Negócio e
iniciando a contratação ou formação dos Analistas de Negócio, o guia é uma
grande referência que deve ser utilizado para não começar do zero.
Já para a empresa onde os Analistas de Negócio já atuam a um certo tempo e as
práticas de Análise de Negócio já estabelecidas, o BABok 2.0, pode ser usado
como um guia de referência para ajudar no trabalho do Analista de Negócio junto
com outras técnicas, ferramentas e métodos.

etecnologia.com.br | Consultoria | Treinamento | Mentoring

17
Guia de Orientação para
Carreira de Analista de Negócio
Pesquisa Salarial, Faixa de Salário

10000

Analista de Negócio experiente e que atuam no
negócio

Faixa 3

6801
6800
Analista de Negócio de TI

Faixa 2

Rildo Santos 2012 © Direitos Reservados | eTecnologia.com.br | Versão 1.0

4001
4000
Analista de Negócio no inicio de carreira

Faixa 1

2000
Considerações:
Os Analistas de Negócio com a maior faixa salarial são aqueles que atuam diretamente no negócio
e são os mais experientes, geralmente a faixa de salário destes analista é a 3.
Na faixa 2, podemos encontrar a maioria dos Analistas de Negócio que atuam na TI (Analista de
Negócio de TI.
Muitas empresas estão transformando seus cargos operacionais, tal como analista de
implementação em Analista de Negócio. Geralmente este é grupo de Analistas com a menor faixa
de salário. O salário fica entre a faixa 1 e a faixa 2.
Observação: Os salários podem variar de acordo com a região, experiência e perfil do Analista de Negócio

etecnologia.com.br | Consultoria | Treinamento | Mentoring

18
Guia de Orientação para
Carreira de Analista de Negócio
Nossos Serviços
Consultoria

Treinamento

Implementação de Comitê de
Negócio.

Formação Analista de Negócio

Implementação de BMO
(Business Management Ofice)

Workshop Avançado de
Técnicas de Análise de
Negócio

Implementação do Papel de
Analista de Negócio

Workshop Gestão de
Requisitos de Negócio

Implementação do processo e
do Ciclo de Vida de Análise de
Negócio

Mentoring

Workshop Como Elaborar um
Business Case

Desenvolvimento de
Metodologia de Gestão de
Demanda de Negócio

Transferência de
conhecimento para equipe
de Analista de Negócio
Apoio e ajuda no
desenvolvimento das
atividades de análise de
negócio

Formação de Analista de
Negócio com foco Gestão
Pública

Rildo Santos 2012 © Direitos Reservados | eTecnologia.com.br | Versão 1.0

Formação de Analista de
Negócio - Customizado

Fale conosco:
- rildo.santos@etecnologia.com.br
- etecnologia@etecnologia.com.br
etecnologia.com.br | Consultoria | Treinamento | Mentoring

19
Guia de Orientação para
Carreira de Analista de Negócio

Rildo Santos 2012 © Direitos Reservados | eTecnologia.com.br | Versão 1.0

Licença de Uso

Rildo Santos 2012 © Direitos Reservados | eTecnologia.com.br
Este documento está protegido pela Lei n.º 9.610, de 19 de fevereiro de
1998 - Lei do Direito Autoral.
Todos os direitos reservados, incluindo o de reprodução sob qualquer
meios, que não pode ser realizada sem autorização por escrito do autor.

etecnologia.com.br | Consultoria | Treinamento | Mentoring

20
Rildo Santos 2012 © Direitos Reservados | eTecnologia.com.br | Versão 1.0

Funcionário

Guia de Orientação para
Carreira de Analista de Negócio

{sua foto}
{seu nome}

Analista de
Negócio

Guia de Orientação para
Carreira de Analista de Negócio

Guia de Orientação para Carreira de Analista de Negócio descreve os
conhecimentos, guias, práticas, técnicas e competências necessárias para o
Analista de Negócio executar suas atividades.
Rildo Santos (@rildosan) | etecnologia.com.br | etecnologia.ning.com | rildosan.com
etecnologia.com.br | Consultoria | Treinamento | Mentoring

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Analista de Negócio 2.0
Analista de Negócio 2.0Analista de Negócio 2.0
Analista de Negócio 2.0
Rildo (@rildosan) Santos
 
Documentação de Processos de Negócio
Documentação de Processos de NegócioDocumentação de Processos de Negócio
Documentação de Processos de Negócio
Rildo (@rildosan) Santos
 
Business Analyst Online training in hyderabad, India, USA, UK, Australia, sa...
Business Analyst Online training in hyderabad,  India, USA, UK, Australia, sa...Business Analyst Online training in hyderabad,  India, USA, UK, Australia, sa...
Business Analyst Online training in hyderabad, India, USA, UK, Australia, sa...
United Global Soft
 
Resumo do Guia BABOK® 3
Resumo do Guia BABOK®  3 Resumo do Guia BABOK®  3
Resumo do Guia BABOK® 3
Rildo (@rildosan) Santos
 
Práticas Financeiras e Contábeis - :Aulas 9 e 10
Práticas Financeiras e Contábeis - :Aulas 9 e 10Práticas Financeiras e Contábeis - :Aulas 9 e 10
Práticas Financeiras e Contábeis - :Aulas 9 e 10
Wandick Rocha de Aquino
 
Guia BABOK 2ª edição (PDF português)
Guia BABOK 2ª edição (PDF português)Guia BABOK 2ª edição (PDF português)
Guia BABOK 2ª edição (PDF português)
Francilvio Roberto Alff
 
IT Portfolio Management Using Enterprise Architecture and ITIL® Service Strategy
IT Portfolio Management Using Enterprise Architecture and ITIL® Service StrategyIT Portfolio Management Using Enterprise Architecture and ITIL® Service Strategy
IT Portfolio Management Using Enterprise Architecture and ITIL® Service Strategy
NUS-ISS
 
[slides] Planejamento, Execução e Controle de Projetos (2015: 2º semestre)
[slides] Planejamento, Execução e Controle de Projetos (2015: 2º semestre)[slides] Planejamento, Execução e Controle de Projetos (2015: 2º semestre)
[slides] Planejamento, Execução e Controle de Projetos (2015: 2º semestre)
Alessandro Almeida
 
Como Analista de Negócio Entrega Valor
Como Analista de Negócio Entrega ValorComo Analista de Negócio Entrega Valor
Como Analista de Negócio Entrega Valor
Rildo (@rildosan) Santos
 
Governança de TI
Governança de TIGovernança de TI
Governança de TI
Rildo (@rildosan) Santos
 
Como Implementar Escritório de Processos
Como Implementar Escritório de Processos Como Implementar Escritório de Processos
Como Implementar Escritório de Processos
Rildo (@rildosan) Santos
 
Balanced Scorecard para TI
Balanced Scorecard para TIBalanced Scorecard para TI
Balanced Scorecard para TI
Ivan Luizio Magalhães
 
Modelagem de Processos com BPMN e Tibco Business Studio
Modelagem de Processos com BPMN e Tibco Business StudioModelagem de Processos com BPMN e Tibco Business Studio
Modelagem de Processos com BPMN e Tibco Business Studio
Rildo (@rildosan) Santos
 
Slides - Gestão de Projetos Atuliazação PMBoK 7 Edição.pdf
Slides - Gestão de Projetos Atuliazação PMBoK 7 Edição.pdfSlides - Gestão de Projetos Atuliazação PMBoK 7 Edição.pdf
Slides - Gestão de Projetos Atuliazação PMBoK 7 Edição.pdf
Jairo Garcia
 
ITIL V3
ITIL V3ITIL V3
Business Architecture Foundations
Business Architecture FoundationsBusiness Architecture Foundations
Business Architecture Foundations
Mohamed Zakarya Abdelgawad
 
Introductory session on business analyst training1
Introductory session on business analyst training1Introductory session on business analyst training1
Introductory session on business analyst training1
Suprriya Nair
 
8 essential business analysis steps
8 essential business analysis steps8 essential business analysis steps
8 essential business analysis steps
Abhinav Sabharwal- Business Analyst Mumbai
 
BABOK ou CBOK
BABOK ou CBOKBABOK ou CBOK
BABOK ou CBOK
CompanyWeb
 
Guia BABOK v3 principais mudanças parte 3
Guia BABOK v3 principais mudanças parte 3Guia BABOK v3 principais mudanças parte 3
Guia BABOK v3 principais mudanças parte 3
Rildo (@rildosan) Santos
 

Mais procurados (20)

Analista de Negócio 2.0
Analista de Negócio 2.0Analista de Negócio 2.0
Analista de Negócio 2.0
 
Documentação de Processos de Negócio
Documentação de Processos de NegócioDocumentação de Processos de Negócio
Documentação de Processos de Negócio
 
Business Analyst Online training in hyderabad, India, USA, UK, Australia, sa...
Business Analyst Online training in hyderabad,  India, USA, UK, Australia, sa...Business Analyst Online training in hyderabad,  India, USA, UK, Australia, sa...
Business Analyst Online training in hyderabad, India, USA, UK, Australia, sa...
 
Resumo do Guia BABOK® 3
Resumo do Guia BABOK®  3 Resumo do Guia BABOK®  3
Resumo do Guia BABOK® 3
 
Práticas Financeiras e Contábeis - :Aulas 9 e 10
Práticas Financeiras e Contábeis - :Aulas 9 e 10Práticas Financeiras e Contábeis - :Aulas 9 e 10
Práticas Financeiras e Contábeis - :Aulas 9 e 10
 
Guia BABOK 2ª edição (PDF português)
Guia BABOK 2ª edição (PDF português)Guia BABOK 2ª edição (PDF português)
Guia BABOK 2ª edição (PDF português)
 
IT Portfolio Management Using Enterprise Architecture and ITIL® Service Strategy
IT Portfolio Management Using Enterprise Architecture and ITIL® Service StrategyIT Portfolio Management Using Enterprise Architecture and ITIL® Service Strategy
IT Portfolio Management Using Enterprise Architecture and ITIL® Service Strategy
 
[slides] Planejamento, Execução e Controle de Projetos (2015: 2º semestre)
[slides] Planejamento, Execução e Controle de Projetos (2015: 2º semestre)[slides] Planejamento, Execução e Controle de Projetos (2015: 2º semestre)
[slides] Planejamento, Execução e Controle de Projetos (2015: 2º semestre)
 
Como Analista de Negócio Entrega Valor
Como Analista de Negócio Entrega ValorComo Analista de Negócio Entrega Valor
Como Analista de Negócio Entrega Valor
 
Governança de TI
Governança de TIGovernança de TI
Governança de TI
 
Como Implementar Escritório de Processos
Como Implementar Escritório de Processos Como Implementar Escritório de Processos
Como Implementar Escritório de Processos
 
Balanced Scorecard para TI
Balanced Scorecard para TIBalanced Scorecard para TI
Balanced Scorecard para TI
 
Modelagem de Processos com BPMN e Tibco Business Studio
Modelagem de Processos com BPMN e Tibco Business StudioModelagem de Processos com BPMN e Tibco Business Studio
Modelagem de Processos com BPMN e Tibco Business Studio
 
Slides - Gestão de Projetos Atuliazação PMBoK 7 Edição.pdf
Slides - Gestão de Projetos Atuliazação PMBoK 7 Edição.pdfSlides - Gestão de Projetos Atuliazação PMBoK 7 Edição.pdf
Slides - Gestão de Projetos Atuliazação PMBoK 7 Edição.pdf
 
ITIL V3
ITIL V3ITIL V3
ITIL V3
 
Business Architecture Foundations
Business Architecture FoundationsBusiness Architecture Foundations
Business Architecture Foundations
 
Introductory session on business analyst training1
Introductory session on business analyst training1Introductory session on business analyst training1
Introductory session on business analyst training1
 
8 essential business analysis steps
8 essential business analysis steps8 essential business analysis steps
8 essential business analysis steps
 
BABOK ou CBOK
BABOK ou CBOKBABOK ou CBOK
BABOK ou CBOK
 
Guia BABOK v3 principais mudanças parte 3
Guia BABOK v3 principais mudanças parte 3Guia BABOK v3 principais mudanças parte 3
Guia BABOK v3 principais mudanças parte 3
 

Destaque

O analista de negócios e o gerente de projetos
O analista de negócios e o gerente de projetosO analista de negócios e o gerente de projetos
O analista de negócios e o gerente de projetos
Marcelo Neves
 
Pdf bpm para-todos-_julho_2013
Pdf bpm para-todos-_julho_2013Pdf bpm para-todos-_julho_2013
Pdf bpm para-todos-_julho_2013
Eder Mendes de Oliveira, MBA®,CSM,SFC,SSYB
 
Como Fazer a Integração entre BPM e SOA
Como Fazer a Integração entre BPM e SOAComo Fazer a Integração entre BPM e SOA
Como Fazer a Integração entre BPM e SOA
Rildo (@rildosan) Santos
 
Guia de Orientação para Carreira de Analista de Processos (compactada)
Guia de Orientação para Carreira de Analista de Processos (compactada)Guia de Orientação para Carreira de Analista de Processos (compactada)
Guia de Orientação para Carreira de Analista de Processos (compactada)
Rildo (@rildosan) Santos
 
Notação BPMN v. 1.2
Notação BPMN v. 1.2Notação BPMN v. 1.2
Notação BPMN v. 1.2
Rildo (@rildosan) Santos
 
BPMS - Do processo à execução do processo
BPMS -  Do processo à execução do processoBPMS -  Do processo à execução do processo
BPMS - Do processo à execução do processo
CompanyWeb
 
Gestão de Projeto Colaborativa
Gestão de Projeto ColaborativaGestão de Projeto Colaborativa
Gestão de Projeto Colaborativa
CompanyWeb
 
Melhoria de Processo de Negócio
Melhoria de Processo de NegócioMelhoria de Processo de Negócio
Melhoria de Processo de Negócio
Rildo (@rildosan) Santos
 
Como Melhorar a Qualidade dos Serviços de TI Com as Práticas da ITIL
Como Melhorar a Qualidade dos Serviços de TI Com as Práticas da ITILComo Melhorar a Qualidade dos Serviços de TI Com as Práticas da ITIL
Como Melhorar a Qualidade dos Serviços de TI Com as Práticas da ITIL
Rildo (@rildosan) Santos
 
Projetos em Assessoria de Comunicação - Aula 02
Projetos em Assessoria de Comunicação - Aula 02Projetos em Assessoria de Comunicação - Aula 02
Projetos em Assessoria de Comunicação - Aula 02
Fabricio Bazé
 
Macrosolutions Consultoria: Estruturação dos Processos de Comunicação em Proj...
Macrosolutions Consultoria: Estruturação dos Processos de Comunicação em Proj...Macrosolutions Consultoria: Estruturação dos Processos de Comunicação em Proj...
Macrosolutions Consultoria: Estruturação dos Processos de Comunicação em Proj...
Macrosolutions SA
 
Modelagem Ágil - UaiJug TechDays 2013 - Uberlândia MG
Modelagem Ágil - UaiJug TechDays 2013 - Uberlândia MGModelagem Ágil - UaiJug TechDays 2013 - Uberlândia MG
Modelagem Ágil - UaiJug TechDays 2013 - Uberlândia MG
Neubio Ferreira
 
Guia%20de%20 fi is%20xp_janeiro.2013
Guia%20de%20 fi is%20xp_janeiro.2013Guia%20de%20 fi is%20xp_janeiro.2013
Guia%20de%20 fi is%20xp_janeiro.2013
Lhx Agente de Investimento XP.
 
Artigo livia
Artigo liviaArtigo livia
Artigo livia
Gustavo Blank
 
Guia de sustentabilidade para o turismo, santander
Guia de sustentabilidade para o turismo, santanderGuia de sustentabilidade para o turismo, santander
Guia de sustentabilidade para o turismo, santander
EcoHospedagem
 
Fii apresentacao brasil-plural
Fii apresentacao brasil-pluralFii apresentacao brasil-plural
Fii apresentacao brasil-plural
Lhx Agente de Investimento XP.
 
Criterios para correção textual
Criterios para correção textualCriterios para correção textual
Criterios para correção textual
Cidinha Medina
 
Escrita Magnética
Escrita MagnéticaEscrita Magnética
Escrita Magnética
RENATO PORTO SANTOS
 
Diário Oficial: 26-11-2015
Diário Oficial: 26-11-2015Diário Oficial: 26-11-2015
Diário Oficial: 26-11-2015
Prefeitura Guarujá
 
Ufg2dia2014
Ufg2dia2014Ufg2dia2014
Ufg2dia2014
Waldman SD
 

Destaque (20)

O analista de negócios e o gerente de projetos
O analista de negócios e o gerente de projetosO analista de negócios e o gerente de projetos
O analista de negócios e o gerente de projetos
 
Pdf bpm para-todos-_julho_2013
Pdf bpm para-todos-_julho_2013Pdf bpm para-todos-_julho_2013
Pdf bpm para-todos-_julho_2013
 
Como Fazer a Integração entre BPM e SOA
Como Fazer a Integração entre BPM e SOAComo Fazer a Integração entre BPM e SOA
Como Fazer a Integração entre BPM e SOA
 
Guia de Orientação para Carreira de Analista de Processos (compactada)
Guia de Orientação para Carreira de Analista de Processos (compactada)Guia de Orientação para Carreira de Analista de Processos (compactada)
Guia de Orientação para Carreira de Analista de Processos (compactada)
 
Notação BPMN v. 1.2
Notação BPMN v. 1.2Notação BPMN v. 1.2
Notação BPMN v. 1.2
 
BPMS - Do processo à execução do processo
BPMS -  Do processo à execução do processoBPMS -  Do processo à execução do processo
BPMS - Do processo à execução do processo
 
Gestão de Projeto Colaborativa
Gestão de Projeto ColaborativaGestão de Projeto Colaborativa
Gestão de Projeto Colaborativa
 
Melhoria de Processo de Negócio
Melhoria de Processo de NegócioMelhoria de Processo de Negócio
Melhoria de Processo de Negócio
 
Como Melhorar a Qualidade dos Serviços de TI Com as Práticas da ITIL
Como Melhorar a Qualidade dos Serviços de TI Com as Práticas da ITILComo Melhorar a Qualidade dos Serviços de TI Com as Práticas da ITIL
Como Melhorar a Qualidade dos Serviços de TI Com as Práticas da ITIL
 
Projetos em Assessoria de Comunicação - Aula 02
Projetos em Assessoria de Comunicação - Aula 02Projetos em Assessoria de Comunicação - Aula 02
Projetos em Assessoria de Comunicação - Aula 02
 
Macrosolutions Consultoria: Estruturação dos Processos de Comunicação em Proj...
Macrosolutions Consultoria: Estruturação dos Processos de Comunicação em Proj...Macrosolutions Consultoria: Estruturação dos Processos de Comunicação em Proj...
Macrosolutions Consultoria: Estruturação dos Processos de Comunicação em Proj...
 
Modelagem Ágil - UaiJug TechDays 2013 - Uberlândia MG
Modelagem Ágil - UaiJug TechDays 2013 - Uberlândia MGModelagem Ágil - UaiJug TechDays 2013 - Uberlândia MG
Modelagem Ágil - UaiJug TechDays 2013 - Uberlândia MG
 
Guia%20de%20 fi is%20xp_janeiro.2013
Guia%20de%20 fi is%20xp_janeiro.2013Guia%20de%20 fi is%20xp_janeiro.2013
Guia%20de%20 fi is%20xp_janeiro.2013
 
Artigo livia
Artigo liviaArtigo livia
Artigo livia
 
Guia de sustentabilidade para o turismo, santander
Guia de sustentabilidade para o turismo, santanderGuia de sustentabilidade para o turismo, santander
Guia de sustentabilidade para o turismo, santander
 
Fii apresentacao brasil-plural
Fii apresentacao brasil-pluralFii apresentacao brasil-plural
Fii apresentacao brasil-plural
 
Criterios para correção textual
Criterios para correção textualCriterios para correção textual
Criterios para correção textual
 
Escrita Magnética
Escrita MagnéticaEscrita Magnética
Escrita Magnética
 
Diário Oficial: 26-11-2015
Diário Oficial: 26-11-2015Diário Oficial: 26-11-2015
Diário Oficial: 26-11-2015
 
Ufg2dia2014
Ufg2dia2014Ufg2dia2014
Ufg2dia2014
 

Semelhante a Guia de Orientação para Carreira de Analista de Negócio

Minicurso Fundamentos da Análise de Negócio 3.0
Minicurso Fundamentos da Análise de Negócio 3.0Minicurso Fundamentos da Análise de Negócio 3.0
Minicurso Fundamentos da Análise de Negócio 3.0
Rildo (@rildosan) Santos
 
Como o Analista de Negócio entrega valor para empresas de software?
Como o Analista de Negócio entrega valor para empresas de software?Como o Analista de Negócio entrega valor para empresas de software?
Como o Analista de Negócio entrega valor para empresas de software?
Rildo (@rildosan) Santos
 
Business Design Thinking
Business Design ThinkingBusiness Design Thinking
Business Design Thinking
Rildo (@rildosan) Santos
 
Guiade orientao para carreira de analista de processos
Guiade orientao para carreira de analista de processosGuiade orientao para carreira de analista de processos
Guiade orientao para carreira de analista de processos
Giovanni Oliveira
 
A Profissão de Análise de Negócios
A Profissão de Análise de NegóciosA Profissão de Análise de Negócios
A Profissão de Análise de Negócios
Cristiano Heringer
 
Business Analysis Canvas [Canvas para Análise de Negócio]
Business Analysis Canvas [Canvas para Análise de Negócio]Business Analysis Canvas [Canvas para Análise de Negócio]
Business Analysis Canvas [Canvas para Análise de Negócio]
Rildo (@rildosan) Santos
 
BABOK - Visão Geral
BABOK - Visão GeralBABOK - Visão Geral
BABOK - Visão Geral
Rodrigo Gomes da Silva
 
1o Congresso da America Latina sobre Análise Negócios E Gestão De Projetos - ...
1o Congresso da America Latina sobre Análise Negócios E Gestão De Projetos - ...1o Congresso da America Latina sobre Análise Negócios E Gestão De Projetos - ...
1o Congresso da America Latina sobre Análise Negócios E Gestão De Projetos - ...
Ernani Marques, MBA, PRINCE2, PgMP/PMP, CBAP
 
Jornada de Aprendizado Lean BPM
Jornada de Aprendizado Lean BPM Jornada de Aprendizado Lean BPM
Jornada de Aprendizado Lean BPM
Rildo (@rildosan) Santos
 
T@rget Trust - Formação: Análise de Negócios
T@rget Trust - Formação: Análise de NegóciosT@rget Trust - Formação: Análise de Negócios
T@rget Trust - Formação: Análise de Negócios
Targettrust
 
Uma abordagem geral da Análise de Negócios
Uma abordagem geral da Análise de NegóciosUma abordagem geral da Análise de Negócios
Uma abordagem geral da Análise de Negócios
José Vieira
 
Kick Off IIBA - Capítulo Porto Alegre
Kick Off IIBA - Capítulo Porto AlegreKick Off IIBA - Capítulo Porto Alegre
Kick Off IIBA - Capítulo Porto Alegre
John Azevedo, CSPO
 
Qual papel do analista de negócios
Qual papel do analista de negóciosQual papel do analista de negócios
Qual papel do analista de negócios
Fernanda Rabello
 
Análise de Negócio para Equipe Ágeis v8
Análise de Negócio para Equipe Ágeis v8Análise de Negócio para Equipe Ágeis v8
Análise de Negócio para Equipe Ágeis v8
Rildosan
 
A Análise de Negócios
A Análise de NegóciosA Análise de Negócios
A Análise de Negócios
Jaffer Veronezi
 
Introdução à Análise de Negócios
Introdução à Análise de NegóciosIntrodução à Análise de Negócios
Introdução à Análise de Negócios
IIBA Porto Alegre Chapter
 
Programa semi-presencial de formacao fundamental em Analise de Negocios
Programa semi-presencial de formacao fundamental em Analise de NegociosPrograma semi-presencial de formacao fundamental em Analise de Negocios
Programa semi-presencial de formacao fundamental em Analise de Negocios
Grupo Treinar
 
WorkShop Analise de Negocios - Visao Executiva
WorkShop Analise de Negocios - Visao Executiva WorkShop Analise de Negocios - Visao Executiva
WorkShop Analise de Negocios - Visao Executiva
Grupo Treinar
 
Tutorial BizAgi - Modelagem de Processos com BPMN e BizAgi
Tutorial BizAgi - Modelagem de Processos com BPMN e BizAgiTutorial BizAgi - Modelagem de Processos com BPMN e BizAgi
Tutorial BizAgi - Modelagem de Processos com BPMN e BizAgi
Rildo (@rildosan) Santos
 
Portfólio Completo AQL Consultoria
Portfólio Completo AQL ConsultoriaPortfólio Completo AQL Consultoria
Portfólio Completo AQL Consultoria
Prof Alexander Pinheiro
 

Semelhante a Guia de Orientação para Carreira de Analista de Negócio (20)

Minicurso Fundamentos da Análise de Negócio 3.0
Minicurso Fundamentos da Análise de Negócio 3.0Minicurso Fundamentos da Análise de Negócio 3.0
Minicurso Fundamentos da Análise de Negócio 3.0
 
Como o Analista de Negócio entrega valor para empresas de software?
Como o Analista de Negócio entrega valor para empresas de software?Como o Analista de Negócio entrega valor para empresas de software?
Como o Analista de Negócio entrega valor para empresas de software?
 
Business Design Thinking
Business Design ThinkingBusiness Design Thinking
Business Design Thinking
 
Guiade orientao para carreira de analista de processos
Guiade orientao para carreira de analista de processosGuiade orientao para carreira de analista de processos
Guiade orientao para carreira de analista de processos
 
A Profissão de Análise de Negócios
A Profissão de Análise de NegóciosA Profissão de Análise de Negócios
A Profissão de Análise de Negócios
 
Business Analysis Canvas [Canvas para Análise de Negócio]
Business Analysis Canvas [Canvas para Análise de Negócio]Business Analysis Canvas [Canvas para Análise de Negócio]
Business Analysis Canvas [Canvas para Análise de Negócio]
 
BABOK - Visão Geral
BABOK - Visão GeralBABOK - Visão Geral
BABOK - Visão Geral
 
1o Congresso da America Latina sobre Análise Negócios E Gestão De Projetos - ...
1o Congresso da America Latina sobre Análise Negócios E Gestão De Projetos - ...1o Congresso da America Latina sobre Análise Negócios E Gestão De Projetos - ...
1o Congresso da America Latina sobre Análise Negócios E Gestão De Projetos - ...
 
Jornada de Aprendizado Lean BPM
Jornada de Aprendizado Lean BPM Jornada de Aprendizado Lean BPM
Jornada de Aprendizado Lean BPM
 
T@rget Trust - Formação: Análise de Negócios
T@rget Trust - Formação: Análise de NegóciosT@rget Trust - Formação: Análise de Negócios
T@rget Trust - Formação: Análise de Negócios
 
Uma abordagem geral da Análise de Negócios
Uma abordagem geral da Análise de NegóciosUma abordagem geral da Análise de Negócios
Uma abordagem geral da Análise de Negócios
 
Kick Off IIBA - Capítulo Porto Alegre
Kick Off IIBA - Capítulo Porto AlegreKick Off IIBA - Capítulo Porto Alegre
Kick Off IIBA - Capítulo Porto Alegre
 
Qual papel do analista de negócios
Qual papel do analista de negóciosQual papel do analista de negócios
Qual papel do analista de negócios
 
Análise de Negócio para Equipe Ágeis v8
Análise de Negócio para Equipe Ágeis v8Análise de Negócio para Equipe Ágeis v8
Análise de Negócio para Equipe Ágeis v8
 
A Análise de Negócios
A Análise de NegóciosA Análise de Negócios
A Análise de Negócios
 
Introdução à Análise de Negócios
Introdução à Análise de NegóciosIntrodução à Análise de Negócios
Introdução à Análise de Negócios
 
Programa semi-presencial de formacao fundamental em Analise de Negocios
Programa semi-presencial de formacao fundamental em Analise de NegociosPrograma semi-presencial de formacao fundamental em Analise de Negocios
Programa semi-presencial de formacao fundamental em Analise de Negocios
 
WorkShop Analise de Negocios - Visao Executiva
WorkShop Analise de Negocios - Visao Executiva WorkShop Analise de Negocios - Visao Executiva
WorkShop Analise de Negocios - Visao Executiva
 
Tutorial BizAgi - Modelagem de Processos com BPMN e BizAgi
Tutorial BizAgi - Modelagem de Processos com BPMN e BizAgiTutorial BizAgi - Modelagem de Processos com BPMN e BizAgi
Tutorial BizAgi - Modelagem de Processos com BPMN e BizAgi
 
Portfólio Completo AQL Consultoria
Portfólio Completo AQL ConsultoriaPortfólio Completo AQL Consultoria
Portfólio Completo AQL Consultoria
 

Mais de Rildo (@rildosan) Santos

Feedback. Arte de dar e receber feedback
Feedback. Arte de dar e receber feedbackFeedback. Arte de dar e receber feedback
Feedback. Arte de dar e receber feedback
Rildo (@rildosan) Santos
 
Minicurso Meça o que importa com OKR
Minicurso Meça o que importa com OKRMinicurso Meça o que importa com OKR
Minicurso Meça o que importa com OKR
Rildo (@rildosan) Santos
 
Meça o que importa com OKR
Meça o que importa com OKRMeça o que importa com OKR
Meça o que importa com OKR
Rildo (@rildosan) Santos
 
Scrum Experience
Scrum ExperienceScrum Experience
Scrum Experience
Rildo (@rildosan) Santos
 
Minicurso Gestão Ágil de Projetos com Abordagem Híbrida
Minicurso Gestão Ágil de Projetos com Abordagem HíbridaMinicurso Gestão Ágil de Projetos com Abordagem Híbrida
Minicurso Gestão Ágil de Projetos com Abordagem Híbrida
Rildo (@rildosan) Santos
 
Digital Business Design (Design de Negócios Digitais)
Digital Business Design (Design de Negócios Digitais)Digital Business Design (Design de Negócios Digitais)
Digital Business Design (Design de Negócios Digitais)
Rildo (@rildosan) Santos
 
Novidades da Sétima Edição do Guia PMBOK
Novidades da Sétima Edição do Guia PMBOKNovidades da Sétima Edição do Guia PMBOK
Novidades da Sétima Edição do Guia PMBOK
Rildo (@rildosan) Santos
 
Mapa Mental Scrum
Mapa Mental ScrumMapa Mental Scrum
Mapa Mental Scrum
Rildo (@rildosan) Santos
 
Tutorial Scrum Experience
Tutorial Scrum Experience Tutorial Scrum Experience
Tutorial Scrum Experience
Rildo (@rildosan) Santos
 
Guia BPM CBOK(R)
Guia BPM CBOK(R)Guia BPM CBOK(R)
Guia BPM CBOK(R)
Rildo (@rildosan) Santos
 
Gestão Ágil de Projetos
Gestão Ágil de ProjetosGestão Ágil de Projetos
Gestão Ágil de Projetos
Rildo (@rildosan) Santos
 
Scrum Master em ação
Scrum Master em açãoScrum Master em ação
Scrum Master em ação
Rildo (@rildosan) Santos
 
Transformação Ágil
Transformação ÁgilTransformação Ágil
Transformação Ágil
Rildo (@rildosan) Santos
 
Service Design Thinking
Service Design Thinking Service Design Thinking
Service Design Thinking
Rildo (@rildosan) Santos
 
Gestão de Projetos Ágeis
Gestão de Projetos ÁgeisGestão de Projetos Ágeis
Gestão de Projetos Ágeis
Rildo (@rildosan) Santos
 
Scrum, o tutorial definitivo
Scrum, o tutorial definitivo Scrum, o tutorial definitivo
Scrum, o tutorial definitivo
Rildo (@rildosan) Santos
 
Feedback Canvas
Feedback CanvasFeedback Canvas
Feedback Canvas
Rildo (@rildosan) Santos
 
Process Design Thinking
Process Design ThinkingProcess Design Thinking
Process Design Thinking
Rildo (@rildosan) Santos
 
Project Agile Canvas
Project Agile CanvasProject Agile Canvas
Project Agile Canvas
Rildo (@rildosan) Santos
 
Service Design Thinking
Service Design ThinkingService Design Thinking
Service Design Thinking
Rildo (@rildosan) Santos
 

Mais de Rildo (@rildosan) Santos (20)

Feedback. Arte de dar e receber feedback
Feedback. Arte de dar e receber feedbackFeedback. Arte de dar e receber feedback
Feedback. Arte de dar e receber feedback
 
Minicurso Meça o que importa com OKR
Minicurso Meça o que importa com OKRMinicurso Meça o que importa com OKR
Minicurso Meça o que importa com OKR
 
Meça o que importa com OKR
Meça o que importa com OKRMeça o que importa com OKR
Meça o que importa com OKR
 
Scrum Experience
Scrum ExperienceScrum Experience
Scrum Experience
 
Minicurso Gestão Ágil de Projetos com Abordagem Híbrida
Minicurso Gestão Ágil de Projetos com Abordagem HíbridaMinicurso Gestão Ágil de Projetos com Abordagem Híbrida
Minicurso Gestão Ágil de Projetos com Abordagem Híbrida
 
Digital Business Design (Design de Negócios Digitais)
Digital Business Design (Design de Negócios Digitais)Digital Business Design (Design de Negócios Digitais)
Digital Business Design (Design de Negócios Digitais)
 
Novidades da Sétima Edição do Guia PMBOK
Novidades da Sétima Edição do Guia PMBOKNovidades da Sétima Edição do Guia PMBOK
Novidades da Sétima Edição do Guia PMBOK
 
Mapa Mental Scrum
Mapa Mental ScrumMapa Mental Scrum
Mapa Mental Scrum
 
Tutorial Scrum Experience
Tutorial Scrum Experience Tutorial Scrum Experience
Tutorial Scrum Experience
 
Guia BPM CBOK(R)
Guia BPM CBOK(R)Guia BPM CBOK(R)
Guia BPM CBOK(R)
 
Gestão Ágil de Projetos
Gestão Ágil de ProjetosGestão Ágil de Projetos
Gestão Ágil de Projetos
 
Scrum Master em ação
Scrum Master em açãoScrum Master em ação
Scrum Master em ação
 
Transformação Ágil
Transformação ÁgilTransformação Ágil
Transformação Ágil
 
Service Design Thinking
Service Design Thinking Service Design Thinking
Service Design Thinking
 
Gestão de Projetos Ágeis
Gestão de Projetos ÁgeisGestão de Projetos Ágeis
Gestão de Projetos Ágeis
 
Scrum, o tutorial definitivo
Scrum, o tutorial definitivo Scrum, o tutorial definitivo
Scrum, o tutorial definitivo
 
Feedback Canvas
Feedback CanvasFeedback Canvas
Feedback Canvas
 
Process Design Thinking
Process Design ThinkingProcess Design Thinking
Process Design Thinking
 
Project Agile Canvas
Project Agile CanvasProject Agile Canvas
Project Agile Canvas
 
Service Design Thinking
Service Design ThinkingService Design Thinking
Service Design Thinking
 

Último

Conferência Goiás I Perspectivas do Pix 2024: novidades e impactos no varejo ...
Conferência Goiás I Perspectivas do Pix 2024: novidades e impactos no varejo ...Conferência Goiás I Perspectivas do Pix 2024: novidades e impactos no varejo ...
Conferência Goiás I Perspectivas do Pix 2024: novidades e impactos no varejo ...
E-Commerce Brasil
 
Conferência Goiás I Uma experiência excelente começa quando ela ainda nem seq...
Conferência Goiás I Uma experiência excelente começa quando ela ainda nem seq...Conferência Goiás I Uma experiência excelente começa quando ela ainda nem seq...
Conferência Goiás I Uma experiência excelente começa quando ela ainda nem seq...
E-Commerce Brasil
 
MANUAL DO REVENDEDOR TEGG TELECOM - O 5G QUE PAGA VOCÊ
MANUAL DO REVENDEDOR TEGG TELECOM - O 5G QUE PAGA VOCÊMANUAL DO REVENDEDOR TEGG TELECOM - O 5G QUE PAGA VOCÊ
MANUAL DO REVENDEDOR TEGG TELECOM - O 5G QUE PAGA VOCÊ
EMERSON BRITO
 
Conferência Goiás I Moda e E-commerce: transformando a experiência do consumi...
Conferência Goiás I Moda e E-commerce: transformando a experiência do consumi...Conferência Goiás I Moda e E-commerce: transformando a experiência do consumi...
Conferência Goiás I Moda e E-commerce: transformando a experiência do consumi...
E-Commerce Brasil
 
APRESENTAÇÃO PTA NR 18 trabalho - R2.pptx
APRESENTAÇÃO PTA NR 18 trabalho - R2.pptxAPRESENTAÇÃO PTA NR 18 trabalho - R2.pptx
APRESENTAÇÃO PTA NR 18 trabalho - R2.pptx
thiago718348
 
Guia Definitivo do Feedback 2.0 como vc ter maturidade de relacionamento
Guia Definitivo do Feedback 2.0 como vc ter maturidade de relacionamentoGuia Definitivo do Feedback 2.0 como vc ter maturidade de relacionamento
Guia Definitivo do Feedback 2.0 como vc ter maturidade de relacionamento
Leonardo Espírito Santo
 
Conferência Goiás I Como uma boa experiência na logística reversa pode impact...
Conferência Goiás I Como uma boa experiência na logística reversa pode impact...Conferência Goiás I Como uma boa experiência na logística reversa pode impact...
Conferência Goiás I Como uma boa experiência na logística reversa pode impact...
E-Commerce Brasil
 
Conferência Goiás I Prevenção à fraude em negócios B2B e B2C: boas práticas e...
Conferência Goiás I Prevenção à fraude em negócios B2B e B2C: boas práticas e...Conferência Goiás I Prevenção à fraude em negócios B2B e B2C: boas práticas e...
Conferência Goiás I Prevenção à fraude em negócios B2B e B2C: boas práticas e...
E-Commerce Brasil
 
Conferência Goiás I Os impactos da digitalização do Atacarejo no Brasil.
Conferência Goiás I Os impactos da digitalização do Atacarejo no Brasil.Conferência Goiás I Os impactos da digitalização do Atacarejo no Brasil.
Conferência Goiás I Os impactos da digitalização do Atacarejo no Brasil.
E-Commerce Brasil
 
Conferência Goiás I Conteúdo que vende: Estratégias para o aumento de convers...
Conferência Goiás I Conteúdo que vende: Estratégias para o aumento de convers...Conferência Goiás I Conteúdo que vende: Estratégias para o aumento de convers...
Conferência Goiás I Conteúdo que vende: Estratégias para o aumento de convers...
E-Commerce Brasil
 
Conferência Goiás I Estratégias de aquisição e fidelização de clientes e opor...
Conferência Goiás I Estratégias de aquisição e fidelização de clientes e opor...Conferência Goiás I Estratégias de aquisição e fidelização de clientes e opor...
Conferência Goiás I Estratégias de aquisição e fidelização de clientes e opor...
E-Commerce Brasil
 
Conferência Goiás I E-commerce Inteligente: o papel crucial da maturidade dig...
Conferência Goiás I E-commerce Inteligente: o papel crucial da maturidade dig...Conferência Goiás I E-commerce Inteligente: o papel crucial da maturidade dig...
Conferência Goiás I E-commerce Inteligente: o papel crucial da maturidade dig...
E-Commerce Brasil
 
Conferência Goiás I Fraudes no centro-oeste em 2023
Conferência Goiás I Fraudes no centro-oeste em 2023Conferência Goiás I Fraudes no centro-oeste em 2023
Conferência Goiás I Fraudes no centro-oeste em 2023
E-Commerce Brasil
 
Conferência Goiás I As tendências para logística em 2024 e o impacto positivo...
Conferência Goiás I As tendências para logística em 2024 e o impacto positivo...Conferência Goiás I As tendências para logística em 2024 e o impacto positivo...
Conferência Goiás I As tendências para logística em 2024 e o impacto positivo...
E-Commerce Brasil
 

Último (14)

Conferência Goiás I Perspectivas do Pix 2024: novidades e impactos no varejo ...
Conferência Goiás I Perspectivas do Pix 2024: novidades e impactos no varejo ...Conferência Goiás I Perspectivas do Pix 2024: novidades e impactos no varejo ...
Conferência Goiás I Perspectivas do Pix 2024: novidades e impactos no varejo ...
 
Conferência Goiás I Uma experiência excelente começa quando ela ainda nem seq...
Conferência Goiás I Uma experiência excelente começa quando ela ainda nem seq...Conferência Goiás I Uma experiência excelente começa quando ela ainda nem seq...
Conferência Goiás I Uma experiência excelente começa quando ela ainda nem seq...
 
MANUAL DO REVENDEDOR TEGG TELECOM - O 5G QUE PAGA VOCÊ
MANUAL DO REVENDEDOR TEGG TELECOM - O 5G QUE PAGA VOCÊMANUAL DO REVENDEDOR TEGG TELECOM - O 5G QUE PAGA VOCÊ
MANUAL DO REVENDEDOR TEGG TELECOM - O 5G QUE PAGA VOCÊ
 
Conferência Goiás I Moda e E-commerce: transformando a experiência do consumi...
Conferência Goiás I Moda e E-commerce: transformando a experiência do consumi...Conferência Goiás I Moda e E-commerce: transformando a experiência do consumi...
Conferência Goiás I Moda e E-commerce: transformando a experiência do consumi...
 
APRESENTAÇÃO PTA NR 18 trabalho - R2.pptx
APRESENTAÇÃO PTA NR 18 trabalho - R2.pptxAPRESENTAÇÃO PTA NR 18 trabalho - R2.pptx
APRESENTAÇÃO PTA NR 18 trabalho - R2.pptx
 
Guia Definitivo do Feedback 2.0 como vc ter maturidade de relacionamento
Guia Definitivo do Feedback 2.0 como vc ter maturidade de relacionamentoGuia Definitivo do Feedback 2.0 como vc ter maturidade de relacionamento
Guia Definitivo do Feedback 2.0 como vc ter maturidade de relacionamento
 
Conferência Goiás I Como uma boa experiência na logística reversa pode impact...
Conferência Goiás I Como uma boa experiência na logística reversa pode impact...Conferência Goiás I Como uma boa experiência na logística reversa pode impact...
Conferência Goiás I Como uma boa experiência na logística reversa pode impact...
 
Conferência Goiás I Prevenção à fraude em negócios B2B e B2C: boas práticas e...
Conferência Goiás I Prevenção à fraude em negócios B2B e B2C: boas práticas e...Conferência Goiás I Prevenção à fraude em negócios B2B e B2C: boas práticas e...
Conferência Goiás I Prevenção à fraude em negócios B2B e B2C: boas práticas e...
 
Conferência Goiás I Os impactos da digitalização do Atacarejo no Brasil.
Conferência Goiás I Os impactos da digitalização do Atacarejo no Brasil.Conferência Goiás I Os impactos da digitalização do Atacarejo no Brasil.
Conferência Goiás I Os impactos da digitalização do Atacarejo no Brasil.
 
Conferência Goiás I Conteúdo que vende: Estratégias para o aumento de convers...
Conferência Goiás I Conteúdo que vende: Estratégias para o aumento de convers...Conferência Goiás I Conteúdo que vende: Estratégias para o aumento de convers...
Conferência Goiás I Conteúdo que vende: Estratégias para o aumento de convers...
 
Conferência Goiás I Estratégias de aquisição e fidelização de clientes e opor...
Conferência Goiás I Estratégias de aquisição e fidelização de clientes e opor...Conferência Goiás I Estratégias de aquisição e fidelização de clientes e opor...
Conferência Goiás I Estratégias de aquisição e fidelização de clientes e opor...
 
Conferência Goiás I E-commerce Inteligente: o papel crucial da maturidade dig...
Conferência Goiás I E-commerce Inteligente: o papel crucial da maturidade dig...Conferência Goiás I E-commerce Inteligente: o papel crucial da maturidade dig...
Conferência Goiás I E-commerce Inteligente: o papel crucial da maturidade dig...
 
Conferência Goiás I Fraudes no centro-oeste em 2023
Conferência Goiás I Fraudes no centro-oeste em 2023Conferência Goiás I Fraudes no centro-oeste em 2023
Conferência Goiás I Fraudes no centro-oeste em 2023
 
Conferência Goiás I As tendências para logística em 2024 e o impacto positivo...
Conferência Goiás I As tendências para logística em 2024 e o impacto positivo...Conferência Goiás I As tendências para logística em 2024 e o impacto positivo...
Conferência Goiás I As tendências para logística em 2024 e o impacto positivo...
 

Guia de Orientação para Carreira de Analista de Negócio

  • 1. Rildo Santos 2012 © Direitos Reservados | eTecnologia.com.br | Versão 1.0 Funcionário Guia de Orientação para Carreira de Analista de Negócio {sua foto} {seu nome} Analista de Negócio Guia de Orientação para Carreira de Analista de Negócio Guia de Orientação para Carreira de Analista de Negócio descreve os conhecimentos, guias, práticas, técnicas e competências necessárias para o Analista de Negócio executar suas atividades. Rildo Santos (@rildosan) | etecnologia.com.br | etecnologia.ning.com | rildosan.com etecnologia.com.br | Consultoria | Treinamento | Mentoring
  • 2. Guia de Orientação para Carreira de Analista de Negócio Quem somos e o que fazemos eTecnologia® é uma empresa especializada em treinamento, consultoria e mentoring em Análise de Negócio Consultoria Treinamento Mentoring Atuamos a mais de 10 anos no mercado e já desenvolvemos projetos para empresas de diversos segmentos de mercado. rildo.santos@etecnologia.com.br etecnologia@etecnologia.com.br treinamento@etecnologia.com.br Rildo Santos 2012 © Direitos Reservados | eTecnologia.com.br | Versão 1.0 Nossos valores: aprendizagem, troca de experiência, compartilhamento de conhecimento, debate de ideias e colaboração. Comunidade: etecnologia.ning.com etecnologia.com.br | Consultoria | Treinamento | Mentoring 2
  • 3. Guia de Orientação para Carreira de Analista de Negócio Índice Índice Rildo Santos 2012 © Direitos Reservados | eTecnologia.com.br | Versão 1.0 Introdução Road Map da Carreira de Analista de Negócio Definições e Competências Conhecimentos Avançados Técnicas Guia BABok® Certificações: CBAP® e CCBA® Primeiros passos: Como conhecer o negócio Pesquisa Salarial, Faixas de Salário do Analista de Negócio Nossos Serviços: Consultoria, Treinamento e Mentoring em Análise de Negócio etecnologia.com.br | Consultoria | Treinamento | Mentoring 3
  • 4. Guia de Orientação para Carreira de Analista de Negócio Rildo Santos 2012 © Direitos Reservados | eTecnologia.com.br | Versão 1.0 Introdução O Guia Este guia cobre uma lacuna, pois, não existe um Guia de Orientação para Carreira de Analista de Negócio. Ele atende aos profissionais que já atuam como Analista de Negócio e para novos profissionais que pretendem atuar . O objetivo do guia é informar e orientar os profissionais que desejam desenvolver uma carreira. É exibido um Road Map da Carreira de Analista de Negócio. Este guia apresenta definições, técnicas, práticas, competências fundamentais que são necessárias para Analista de Negócio realize suas atividades com êxito. Também é apresentado as certificações CBAP e CCBA. etecnologia.com.br | Consultoria | Treinamento | Mentoring 4
  • 5. Guia de Orientação para Carreira de Analista de Negócio Road Map São duas modalidade de Formação de Analista de Negócio 3.0: Turma Aberta e Turma Fechada. A turma fechada pode ter o conteúdo “customizado” para melhor atender as necessidades da organização. A turma aberta tem um conteúdo padrão. Ponto de Partida Turma Aberta Carreiras Certificação Preparatório Fundamentos Formação de Analista de Negócio 3.0 Certificação CBAP ou CCBA Certificação Realizar o exame de certificação CBAP ou CCBA 1º Avançados Workshop Avançado de Técnicas de Análise de Negócio 3º Workshop Gestão de Requisitos de Negócio 4º Workshop Como elaborar um Business Case Customizados Turma Fechadas Rildo Santos 2012 © Direitos Reservados | eTecnologia.com.br | Versão 1.0 2º Gestão Pública Formação de Analista de Negócio 3.0 com foco em gestão pública Customizado Formação de Analista de Negócio 3.0 com foco “no seu negócio” Avançado Avançado Estudo de Caso focado no negócio público Estudo de Caso focado “no seu negócio” etecnologia.com.br | Consultoria | Treinamento | Mentoring 5
  • 6. Guia de Orientação para Carreira de Analista de Negócio Curso de Formação de Analista de Negócio 3.0 Curso de Formação de Analista de Negócio 3.0 Rildo Santos 2012 © Direitos Reservados | eTecnologia.com.br | Versão 1.0 O objetivo deste curso é prover capacitação para os participantes atuarem como Análise de Negócio, demonstrar práticas, técnicas e ferramentas que são necessárias para a Análise de Negócio. Durante o curso será apresentado o Guia BABok® 2.0 (Corpo de Conhecimento de Análise de Negócio), que é considerado como guia de referência de Análise de Negócio. Será mostrado as áreas de conhecimentos, técnicas, tarefas e as competências fundamentais do Analista de Negócio. Também será exibido uma visão prática e realista da Análise de Negócio nas organizações que vai além do BABok 2.0 Será demonstrado através de Estudo de Caso como aplicar as práticas e técnicas de análise de negócio para desenvolvimento de soluções que permitem à organização atingir seus objetivos. Este curso também ajudará na preparação do exame de certificação CBAP. Diferenciais Curso focado em Análise de Negócio Facilitador com muita experiência em Análise de Negócio Estudos de Casos para exercitar as técnicas de Análise de Negócio Análise de Negócio é abordada seguindo as práticas do Guia do BABok, mas, não ficando só restrito a ele, vamos muito além. Ajuda na preparação para o exame de certificação CBAP® Reconhecimento das pessoas que se destacaram durante o curso Este curso poderá ser Customizado: - Customizados para Gestão Pública - Para empresas privadas de qualquer segmento de mercado Nossa experiência: Rildo Santos foi um dos pioneiros no desenvolvimento do curso de Formação de Analise de Negócio no Brasil, já capacitou mais 1000 profissionais de diversas de empresas privadas e empresas públicas. Veja nossa agenda de treinamento para o Curso de Formação de Analista de Negócio etecnologia.com.br | Consultoria | Treinamento | Mentoring 6
  • 7. Guia de Orientação para Carreira de Analista de Negócio Definições Segundo o BABok, o Analista Negócio é qualquer pessoa que exerça atividades de Análise de Negócio, não importando qual seja seu cargo, função ou papel. A Análise de Negócio não incluem apenas as pessoas com o cargo Analista de Negócio, ela também pode incluir outros profissionais, tais como: Analista de Sistemas, Analista de Requisitos, Engenheiro de Sistemas Corporativo, Analista de Processo, Analista de Produto, Gerente de Produto, Product Owner (SCRUM), Arquiteto de Solução Corporativa, Consultores de Gestão ou qualquer outra pessoa que execute as tarefas descritas no Guia BABok® , incluindo aqueles que exercem também disciplinas relacionadas, tais como Gerenciamento de Projeto, Desenvolvimento de Software, Garantia de Qualidade e etc. Analista de Negócio Rildo Santos 2012 © Direitos Reservados | eTecnologia.com.br | Versão 1.0 Guia BABok 2.0 Cargo (função) ou Papel ? Não existe uma regra definida. Cada empresa poderá estabelecer livremente se o Analista de Negócio será um cargo* (função) e/ou um papel. * Existe um código no CBO (Código Brasileiro de Ocupação) para Analista de Negócio, porém a descrição não corresponde com definição atual de Analista de Negócio. Formação Acadêmica: Não existe um curso especifico de graduação ou de pós graduação para a formação de Analista de Negócio. Contudo, O curso de graduação mais próximo é de Administração de Empresas. Sugestão: Para que fez um curso técnico na graduação: Faça o curso de MBA de Gestão Empresarial, pois, este curso vai dar uma visão sistêmica da organização, que é necessário para atuação do Analista de Negócio. etecnologia.com.br | Consultoria | Treinamento | Mentoring 7
  • 8. Guia de Orientação para Carreira de Analista de Negócio Perfis de Analista de Negócio Segundo Howard Podeswa (autor do livro UML for IT Business Analyst) existem dois perfis de Analista de Negócio: Existem dois tipos de perfis de Analista de Negócio: - Analista de Negócio que trabalha no contexto de negócio. Ele trabalha com as demandas de negócio e está envolvido com projetos de melhoria de processos, redução de custos, conformidade, mitigação de risco, novos produtos e etc Exemplo de Analisa de Negócio para atuar no negócio: A posição de analista de negócios tem como principal responsabilidade a prospecção e análise de empresas de alto potencial de crescimento, impacto social e alinhadas com o perfil de investimento da Empresa. - Analista de Negócio de Tecnologia da Informação trabalha no contexto da TI, ele atua com as demandas de TI, projetos de TI, é facilitador do relacionamento entre TI e negócio e etc, Rildo Santos 2012 © Direitos Reservados | eTecnologia.com.br | Versão 1.0 Exemplo de Analisa de Negócio para atuar no negócio: Ser o representante da área de negócio dentro de TI para garantir que todas as necessidades do cliente sejam atendidas. Assegurar comunicação entre sistemas e negócio par que o cliente tenha toda a informação necessária dos seus respectivos projetos. Segundo um relatório do Forrester Research aponta uma descrição e menos precisa, o papel de Analista de Negócio pode variar de acordo com a empresa. Uma coisa é clara: a maioria dos analistas de negócio bem-sucedidos mescla o temperamento e a habilidade de comunicação de um diplomata com o talento analítico de um oficial do serviço secreto. Por isso que bons analistas de negócio, valem ouro. A maioria das vagas disponíveis no mercado é para o Analista de Negócio de TI, ou seja, é aquele profissional que vai atuar na gestão de demanda de negócio para TI. Já para o Analista de Negócio que atuam diretamente nas demandas de negócio, a quantidade é menor, mas, elas existem. etecnologia.com.br | Consultoria | Treinamento | Mentoring 8
  • 9. Guia de Orientação para Carreira de Analista de Negócio Definições e Competências Competências Fundamentais do Analista de Negócio: É uma Área de Conhecimento que fornece uma descrição das características, dos comportamentos, conhecimentos e qualidades pessoais para dar suporte as práticas de análise de negócios. Competências Fundamentais Capacidade Analítica e Solução de Problemas Pensament o Criativo Tomada de Decisão Aprendizagem Conhecer Aplicações e Softwares Comunicação Oral Negociação Aplicativos Genéricos Saber Ensinar Facilitação Aplicativos Especialista Conhecimento do Negócio Habilidades de Comunicação Ética Princípios e Práticas de Negócio Organização Pessoal Confiabilidade Conhecimento do Segmento de Mercado Solucionar Problemas Rildo Santos 2012 © Direitos Reservados | eTecnologia.com.br | Versão 1.0 Habilidades de Interação Humana Características Comportamentais Conhecimento da Organização Pensamento Sistêmico Conhecimento de Solução Esta lista não é prescritiva, existem diversas outras competências que podem ser necessárias para Analista de Negócio realizar suas atividades, porém lista abrange a maioria das competências. Comunicação Escrita Mediação de Conflitos Liderança Trabalhar em Equipe Para os Analistas de Negócio que atuam em TI, será necessário conhecer os principais frameworks, guia, normas e padrões, tais como: - Cobit - ITIL e ISO 20000 - CMMI e MPs.br - ISO 27002 - SOA - Plataformas .Net e Java - BI (Business Intelligence) - Gerenciamento de Dados - UML - Métodos Ágeis (Scrum, Kanban e XP ) - RUP - Boas práticas de engenharia de software Contudo, o Analista de Negócio não precisa ser um “expert” em nenhuma desta coisas. etecnologia.com.br | Consultoria | Treinamento | Mentoring 9
  • 10. Guia de Orientação para Carreira de Analista de Negócio Técnicas A Lista de Técnicas, contêm 34 técnicas, elas são utilizadas pelo analista de negócio para realizar a análise de negócio e demais atividades do dia-a-dia. Lista de Técnicas*: Rildo Santos 2012 © Direitos Reservados | eTecnologia.com.br | Versão 1.0 01 - Definição dos Critérios de Aceite e Avaliação 02 - Bechmarking 03 - Brainstorming 04 - Análise de Regras de Negócio 05 - Dicionário de dados e glossário 06 - Diagramas de Fluxos de dados 07 - Modelagem de Dados 08 - Análise de Decisão 09 - Análise de Documentos 10 - Estimativa 11 - Grupos Focais (Grupo de Foco) 12 - Decomposição Funcional 13 - Análise de Interface 14 - Entrevistas 15 - Processo de Lições Aprendidas 16 - Métricas e Indicadores-Chave de Desempenho 17 - Análise de Requisitos Não-Funcionais 18 - Observação (de Campo) 19 - Modelagem Organizacional 20 - Rastreamento de Problemas 21 - Modelagem de Processos 22 - Prototipagem 23 - Workshop de Requisitos 24 - Análise de Riscos 25 - Análise de Causa-Raiz 26 - Cenários e Casos de Uso 27 - Modelagem de Escopo 28 - Diagramas de Sequência 29 - Diagramas de Estados 30 - Revisão Estruturada 31 - Pesquisa / Questionário 32 - Análise SWOT 33 - Estória do Usuário 34 - Avaliação de Fornecedores Legenda: Itens escritos em vermelho são específicos para TI *Vá além desta lista, pois ela não é prescritiva, existem diversas outras técnicas e ferramentas, tais como PDCA, 5W2H, BSC e etc, que não estão na lista e que podem ser necessárias para Analista de Negócio realizar as atividades de Análise de Negócio. etecnologia.com.br | Consultoria | Treinamento | Mentoring 10
  • 11. Guia de Orientação para Carreira de Analista de Negócio Conhecimentos Avançados Rildo Santos 2012 © Direitos Reservados | eTecnologia.com.br | Versão 1.0 Analista de Negócio Experientes ou Consultor de Negócio: Os Analistas de Negócio experientes, devem ter um conjunto de conhecimentos mais abrangente e avançados. Algumas empresas dão o titulo Consultor de Negócio, para estes Analistas. Os conhecimentos são resultantes de aprendizagem (decorrentes treinamento e estudos), de práticas, desenho de soluções de negócio e participação em projetos. Conhecimentos Avançados do: - Gestão por Processo (BPM) e Ferramentas BPMS - Cadeia de Valor e/ou Rede de Valor - Arquitetura Empresarial (TOGAF e Zachman) - Gestão de Risco (COSO 2 e ISO 31000) e Controle Interno (COSO 1) - Seis Sigma - Lean - Kaizen -5S - Gestão de Projetos com as práticas PMBok® - Teoria das Restrições (TOC) - Frameworks: SCOR (Suply Chain Operations Reference model) , VRM (Value Reference Model), eTOM e etc - Família ISO (de acordo com seguimento da empresa) - Custeio Baseado em Atividades (Custeio ABC) - Planejamento Estratégico e BSC - Adaptive Case Management (ACM) - Governança Corporativa - Governança de TI - Critérios de Excelência do PNQ (Prêmio Nacional da Qualidade) - Change Management (Gestão de Mudança Organizacional) - Framwork de Classificação de Processos (AQPC) - Matemática Financeira (para calculo do taxa interna, taxa de atratividade, ROI, Payback e etc) - Análise do Valor Agregado - Análise de 5 Forças de Porter - Matriz de Ansoff e Matriz BGC - Métodos Ágeis (Scrum, Kanban e XP) Os Analistas de atuam em organização pública deve conhecer: - Gespública - Guia d Simplificação de Processos - Lei 8666 - IN4 (Instrução Normativa 4) - LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) - PPA (Plano Plurianual) - Lei de Responsabilidade Fiscal Analista de Negócio Experiente, é aquele profissional que já atuou em vários projetos e desenho soluções. Tem mais de 8.000 horas de atuação em Análise de Negócio, conhece diversas técnicas, práticas, frameworks e ferramentas. Alerta: Esta lista não é prescritiva, existem diversos outros conhecimentos que podem ser necessárias para Analista de Negócio realizar suas atividades, porém lista abrange a maioria dos conhecimentos avançados. Contudo, o Analista de Negócio não precisa ser um “expert” em nenhuma destes conhecimentos. etecnologia.com.br | Consultoria | Treinamento | Mentoring 11
  • 12. Guia de Orientação para Carreira de Analista de Negócio Guia BABok® (Resumo) O BABok® 2.0, é Corpo de Conhecimento de Análise de Negócios, também conhecido como Guia de Práticas de Análise de Negócio. Este guia foi publicado e é mantido pelo IIBA. O guia BABok descreve as áreas de conhecimentos, tarefas competências fundamentais e técnicas de análise de negócio. O guia está alinhado com as práticas descritas no PMBok®, CMMI®, TOGAF (Arquitetura Corporativa), ITIL®, COBIT®, BPM, Método Ágil (Scrum) e etc O objetivo primário do Guia BABOK ® é definir a profissão de Analista de Negócio. O que é uma Área de Conhecimento? É um grupo de tarefas relacionadas que apoiam uma função-chave da análise de negócios. Áreas de Conhecimento Rildo Santos 2012 © Direitos Reservados | eTecnologia.com.br | Versão 1.0 O que é Análise de Negócio ? Segundo o Guia BABok: “Análise de negócio é o conjunto de tarefas e técnicas usadas para funcionar como um elo de ligação entre as partes interessadas com objetivo de compreender a estrutura, as políticas e operações de uma organização e recomendar soluções que permitem à organização atingir seus objetivos”. Planejamento e Monitoramento de Análise de Negócio Avaliação e Validação da Solução Análise Corporativa Elicitação Gerenciamento e Comunicação de Requisitos Análise de Requisitos Competências Fundamentais etecnologia.com.br | Consultoria | Treinamento | Mentoring 12
  • 13. Guia de Orientação para Carreira de Analista de Negócio Guia BABok® (Resumo) Descrição das Áreas de Conhecimento: Planejamento e Monitoramento da Análise de Negócios descreve como os analistas de negócios determinam quais atividades são necessárias para que se execute uma iniciativa de analise de negócios. Ela cobre a identificação das partes interessadas, seleção de técnicas de analise de negócios, o processo que será utilizado para o gerenciamento de requisitos e como avaliar o progresso do trabalho. As técnicas nessa área de conhecimento governam a execução de todas as outras tarefas de analise de negócios. Rildo Santos 2012 © Direitos Reservados | eTecnologia.com.br | Versão 1.0 Gerenciamento e Comunicação dos Requisitos descreve como os analistas de negócios gerenciam conflitos, questões e mudanças no intuito de garantir que as partes interessadas e o time do projeto permaneçam em acordo a respeito do escopo da solução, como os requisitos são comunicados as partes interessadas e como o conhecimento obtido pelo analista de negócios e mantido para o uso futuro. Análise de Requisitos descreve como os analistas de negócios priorizam e progressivamente elaboram os requisitos das partes interessadas e da solução, no intuito de permitir que a equipe do projeto implemente a solução que ira atender as necessidades da organização patrocinadora e das partes interessadas. Ela envolve a analise das necessidades das partes interessadas para definir soluções que atendam essas necessidades, avaliando o estado atual do negocio para identificar e recomendar melhorias, e a verificação e validação dos requisitos resultantes. Elicitação descreve como analistas de negócios trabalham junto as partes interessadas para identificar e compreender suas necessidades e preocupações, e compreender o ambientes no qual trabalham. A elicitação visa garantir que as reais necessidades das partes interessadas sejam compreendidas e não somente seus desejos explícitos ou superficiais Análise Corporativa descreve como os analistas de negócio identificam uma necessidade do negocio, refinam e esclarecem a definição daquela necessidade, e definem um escopo de solução que pode ser implementado pelo negocio de forma viável. Esta área de conhecimento descreve a definição e analise do problema, desenvolvimento do business case, estudos de viabilidade e a definição do escopo da solução. Avaliação e Validação da Solução descreve como os analistas de negócios avaliam as soluções propostas para definir qual solução se encaixa melhor nas necessidades do negocio, identificando gaps e falhas em soluções, e determinando soluções provisórias ou mudanças necessárias na solução. Também descreve como os analistas de negócios avaliam as soluções entregues para ver quão bem elas atendem a necessidade para que a organização possa avaliar o desempenho e eficácia da solução. Competências Fundamentais descrevem os comportamentos, conhecimentos e características que apoiam o desempenho efetivo da analise de negócios. Veja mais sobre o Guia BABok®: http://www.babokonline.org/ (em português) O Guia BABok® é uma boa referência para não começar do “zero”. Entretanto, vá além do guia, pois, ele cobre apenas uma parte da Análise de Negócio. etecnologia.com.br | Consultoria | Treinamento | Mentoring 13
  • 14. Guia de Orientação para Carreira de Analista de Negócio Certificações CBAP® e CCBA® Existem duas certificações para os Analista de Negócio ambas do IIBA® - CBAP (Certified Business Analysis Professional) - CCBA (Certified Competency Business Analysis) A certificação CBAP ® (Certified Business Analysis Professional) foi criada pelo IIBA em 2006 para reconhecer publicamente profissionais que comprovem seu conhecimento e experiência em Análise de Negócios. Segundo o IIBA, profissionais que recebem essa certificação são “especialistas em identificar as necessidades de uma organização e determinar qual a melhor solução” , seja ela a implantação de um novo aplicativo de software, alterações ou melhorias em processos internos ou modificações na estrutura organizacional. Rildo Santos 2012 © Direitos Reservados | eTecnologia.com.br | Versão 1.0 A certificação é concedida ao candidato que: 1. Preencher um formulário no site do IIBA comprovando que preenche os requisitos abaixo; 2. Passar no exame de certificação; Para passar no exame de certificação, é realmente necessário ter experiência de trabalho e conhecer profundamente o guia BABok 2.0 Requisitos para a certificação : Experiência de trabalho: 7500 horas de atividades de análise de negócios dentro dos últimos 10 anos; Conhecimento das áreas de conhecimento do BABok 2.0 Formação necessária: ensino médio completo. Não é necessário ter formação superior para se candidatar à certificação CBAP ®. O que conta é a experiência de trabalho do profissional; Desenvolvimento profissional: 21 horas de treinamento nos últimos 4 anos em assuntos relacionados a Análise de Negócios. Referências: duas fontes de referência que comprovem sua atuação em atividades de análise de negócios e validem sua candidatura ao exame; referências podem ser seu gerente funcional, um cliente externo ou interno, ou um CBAP. Os interessados devem consultar o CBAP Handbook, seguir os passos para submeter um application e, após serem aprovados pelo IIBA, fazer a prova de certificação. A certificação CCBA (Certificate of Competency in Business Analysis). Os requisitos são similares aos do CBAP porém a diferença mais significane é que a exigência de comprovação de número de horas de experiência em Análise de Negócios é de 3750, metade do total exigido para o CBAP. Desta forma, analistas com cerca de dois anos e meio de experiência também poderão se certificar. Locais e datas para se fazer o exame: Os exames de certificação CBAP pode ser feito em São Paulo, Contudo existem centros de teste também no Rio de Janeiro e em Brasília. Acesso aos locais exatos e datas das provas só é concedido aos candidatos que tiverem seu application aprovado. etecnologia.com.br | Consultoria | Treinamento | Mentoring 14
  • 15. Guia de Orientação para Carreira de Analista de Negócio Certificações CBAP® e CCBA® Existem duas certificações para os Analista de Negócio ambas do IIBA® - CBAP (Certified Business Analysis Professional) - CCBA (Certification of Competency in Business Analysis) Passos para obter a certificação: Preencher um Application Form (formulário) disponível no site do IIBA ® comprovando que atende os requisitos para a certificação. Leia antes o CBAP® Handbook (clique no link para fazer download do Handbook), pois ele ajuda no preenchimento do Application Form(formulário). Para preencher oApplication Form (formulário) tem uma taxa de 125,00 dólares, que não reembolsável Passar no exame de certificação: Dica: Para passar no exame de certificação, é realmente necessário ter experiência de trabalho e conhecer profundamente o BABok® 2.0 (em inglês) e BABok® 2.0 (em português) Rildo Santos 2012 © Direitos Reservados | eTecnologia.com.br | Versão 1.0 Sobre o Exame de Certificação: - Duração do exame: 3h e 30m (três horas e 30 minutos) - Valor 450,00 dólares para não membros do IIBA. Para membros 325,00 dólares - Quantidade de questões: 150 - Tipo: Múltiplas escolha (para cada questão tem quatro alternativas) - Idioma: Inglês * O que cai no exame: Áreas de Conhecimento Planejamento e Monitoramenteo de Análise de Negócio Elicitação Gerenciamento de Requisitos e Comunicação Análise Corporativa Análise de Requisitos Validação e Avaliação da Solução Comparação: CBAP x CCBA CBAP Para profissionais que tem cargo de Analista de Negócio ou que atuam em tempo integral CCBA Para profissionais que desempenho o papel de Analista de Negócio ou atuam cooo NA parte do tempo Percentual de Questões 20% 14% 16% 15.33% 19.33% 16% Reputação no mercado*: * A reputação do mercado: É um estudo que avalia a exigência de da certificação em vagas de emprego ; quantidade de licitações públicas que pedem profissionais com tal certificação; e quantidade de profissionais certificados em relação quantidade de profissionais que atuam no mercado. * Ponto de Vista: Uma certificação somente mostra que você estudou para “passar” no exame de certificação, ela não serve para demonstrar conhecimento, experiência e desempenho profissional. etecnologia.com.br | Consultoria | Treinamento | Mentoring 15
  • 16. Guia de Orientação para Carreira de Analista de Negócio Primeiros Passos: Como conhecer o negócio Conhecer o Guia BABok, é suficiente para fazer a Análise de Negócio ? A resposta é não, o BABok 2.0, o Guia para o Corpo de Conhecimento de Análise de Negócio, é considerado como um guia de referência para realização da Análise de Negócio. Contudo, existem três razões que demonstram que somente o guia BABok, não é suficiente para fazer a Análise de Negócio: 1ª. O BABok 2.0, recomenda “o quê” e não o “como fazer” a Análise de Negócio. 2ª. A lista de técnicas do Guia BABok 2.0, não é prescritiva. Existem outras técnicas/ferramentas que não são apresentadas na lista, mas são importantes, exemplos: BSC, 5W2H, PDCA e etc. 3ª. A experiência e conhecimento do negócio, são elementos chaves para realização da Análise de Negócio. O quê ajuda a Conhecer o Negócio: Rildo Santos 2012 © Direitos Reservados | eTecnologia.com.br | Versão 1.0 1 - Ler documentos de Análise de Negócio, Business Case (Caso de Negócio), relatórios e outros documentos de negócio, tais como: - Modelo de Governança (Visão da Governança) - Planejamento Estratégico (Visão da Estratégia) - Cadeia de Valor ou Rede de Valor (Visão dos Processos de Negócio) - Portfólio de Projetos (Visão dos Projetos) - Portfólio de Serviços de TI (Visão dos Serviços) Também recomendo ler documentos contábeis, financeiros e relatórios de relação com investidores eles dão uma boa visão da saúde financeira. 2 - Participar de reuniões de diretoria: Se possível participe de reuniões de diretorias, como ouvinte, isto ajudará a você entender como pensa os que tomam as decisões de negócio e definem a estratégia para o negócio. 3 - Conversar com pessoas mais experientes que trabalham na organização: Geralmente as pessoas mais velhas tem muitas histórias para contar, pois, elas na maioria das vezes acompanharam a transformação do negócio, participaram de vários estilos de gestão e fizeram contato com diversos profissionais, esta experiência, poderá auxiliar no entendimento das pessoas, dos processos e do negócio. 4 - Fazer cursos de Formação de Analista de Negócio: Para quem busca uma formação rápida o curso de formação de Analista de Negócio é uma boa alternativa. Mas, para quem tem a formação técnica é recomendável fazer o bom curso de MBA é fundamental, mas tem ser o de Gestão Empresarial, isto dará uma visão das áreas da organização. etecnologia.com.br | Consultoria | Treinamento | Mentoring 16
  • 17. Guia de Orientação para Carreira de Analista de Negócio Primeiros Passos: Como conhecer o negócio O quê ajuda a Conhecer o Negócio (continuação): 5 - Contratar serviços de Coach/ou Mentoring: Acelera o aprendizado e o conhecimento sobre o negócio. 6 - Fazer pesquisas, leitura de livros e documentos especializados, também ajuda no entendimento do negócio: - Ler o Guia BABok e demais livros sobre Análise de Negócio (a lista é enorme). 7 -Ter acesso a uma base de conhecimento do negócio, caso a empresa tenha este recurso. Hoje no mercado já existem diversas empresas que possuem uma Base de Conhecimento de Negócio. Também existe na internet diversos sites especializados em determinados segmentos de mercado. Rildo Santos 2012 © Direitos Reservados | eTecnologia.com.br | Versão 1.0 Exemplo: Veja o site da Teleco (www.teleco.com.br) é maior base de conhecimento sobre o negócio Telecom. Quando usar o Guia BABok ? Quando a empresa que esta começando a implementar Análise de Negócio e iniciando a contratação ou formação dos Analistas de Negócio, o guia é uma grande referência que deve ser utilizado para não começar do zero. Já para a empresa onde os Analistas de Negócio já atuam a um certo tempo e as práticas de Análise de Negócio já estabelecidas, o BABok 2.0, pode ser usado como um guia de referência para ajudar no trabalho do Analista de Negócio junto com outras técnicas, ferramentas e métodos. etecnologia.com.br | Consultoria | Treinamento | Mentoring 17
  • 18. Guia de Orientação para Carreira de Analista de Negócio Pesquisa Salarial, Faixa de Salário 10000 Analista de Negócio experiente e que atuam no negócio Faixa 3 6801 6800 Analista de Negócio de TI Faixa 2 Rildo Santos 2012 © Direitos Reservados | eTecnologia.com.br | Versão 1.0 4001 4000 Analista de Negócio no inicio de carreira Faixa 1 2000 Considerações: Os Analistas de Negócio com a maior faixa salarial são aqueles que atuam diretamente no negócio e são os mais experientes, geralmente a faixa de salário destes analista é a 3. Na faixa 2, podemos encontrar a maioria dos Analistas de Negócio que atuam na TI (Analista de Negócio de TI. Muitas empresas estão transformando seus cargos operacionais, tal como analista de implementação em Analista de Negócio. Geralmente este é grupo de Analistas com a menor faixa de salário. O salário fica entre a faixa 1 e a faixa 2. Observação: Os salários podem variar de acordo com a região, experiência e perfil do Analista de Negócio etecnologia.com.br | Consultoria | Treinamento | Mentoring 18
  • 19. Guia de Orientação para Carreira de Analista de Negócio Nossos Serviços Consultoria Treinamento Implementação de Comitê de Negócio. Formação Analista de Negócio Implementação de BMO (Business Management Ofice) Workshop Avançado de Técnicas de Análise de Negócio Implementação do Papel de Analista de Negócio Workshop Gestão de Requisitos de Negócio Implementação do processo e do Ciclo de Vida de Análise de Negócio Mentoring Workshop Como Elaborar um Business Case Desenvolvimento de Metodologia de Gestão de Demanda de Negócio Transferência de conhecimento para equipe de Analista de Negócio Apoio e ajuda no desenvolvimento das atividades de análise de negócio Formação de Analista de Negócio com foco Gestão Pública Rildo Santos 2012 © Direitos Reservados | eTecnologia.com.br | Versão 1.0 Formação de Analista de Negócio - Customizado Fale conosco: - rildo.santos@etecnologia.com.br - etecnologia@etecnologia.com.br etecnologia.com.br | Consultoria | Treinamento | Mentoring 19
  • 20. Guia de Orientação para Carreira de Analista de Negócio Rildo Santos 2012 © Direitos Reservados | eTecnologia.com.br | Versão 1.0 Licença de Uso Rildo Santos 2012 © Direitos Reservados | eTecnologia.com.br Este documento está protegido pela Lei n.º 9.610, de 19 de fevereiro de 1998 - Lei do Direito Autoral. Todos os direitos reservados, incluindo o de reprodução sob qualquer meios, que não pode ser realizada sem autorização por escrito do autor. etecnologia.com.br | Consultoria | Treinamento | Mentoring 20
  • 21. Rildo Santos 2012 © Direitos Reservados | eTecnologia.com.br | Versão 1.0 Funcionário Guia de Orientação para Carreira de Analista de Negócio {sua foto} {seu nome} Analista de Negócio Guia de Orientação para Carreira de Analista de Negócio Guia de Orientação para Carreira de Analista de Negócio descreve os conhecimentos, guias, práticas, técnicas e competências necessárias para o Analista de Negócio executar suas atividades. Rildo Santos (@rildosan) | etecnologia.com.br | etecnologia.ning.com | rildosan.com etecnologia.com.br | Consultoria | Treinamento | Mentoring