SlideShare uma empresa Scribd logo
Grêmio estudantil
A incorporação dos jovens como
capazes de formular questões
relevantes e cientes de seu
protagonismo, de propor
ações e de contribuir para a
solução de problemas sociais, é
um passo importante para a
construção de um projeto mais
democrático.
GRÊMIO ESTUDANTIL
NAS ESCOLAS
Mas antes, se faz
necessário
falar um pouco a
respeito de
CIDADANIA
Afinal de contas,
o que significa
ser CIDADÃO?
• direitos fundamentais podem ser o
direito à vida, à liberdade, à segurança,
à educação, à saúde, à igualdade e à
propriedade, dentre outros.
• Já os deveres seriam os de respeitar as
leis, à soberania do Estado Nacional, e
respeitar os direitos garantidos aos
demais cidadãos, assim como estes
devem respeitar os seus.
Agora o importante é que
vocês saibam que dentro
da própria escola vocês
também têm o direito de
ter o seu próprio órgão
representativo, e esse
órgão é o GrêmIO
estuDAntIl.
• O Grêmio é órgão de
representação dos
estudantes dentro da escola.
Através dele, os alunos podem se
organizar corretamente, e exercer um
papel participativo nas decisões que
dizem respeito à comunidade escolar,
podendo opinar e contribuir para a
construção e para o bem estar da
escola e dos estudantes.
A formação do Grêmio
também é fruto de um
processo educativo e
pedagógico, mas que
envolve um aprendizado na
prática.
Grêmio estudantil
Acima de tudo, é necessário
que os alunos aprendam o
porquê da necessidade de um
Grêmio, e como esta entidade
deve funcionar de uma
maneira correta,
democrática, honesta
e responsável.
Grêmio que desejamos
- Que colabore na construção da
comunidade escolar, como elo
entre alunos, o corpo docente e
técnico-administrativo;
- Que, junto com a direção da
unidade de ensino e professores,
busque as mudanças necessárias
para a educação;
Grêmio que desejamos
- Que apresente propostas e sugestões
concretas para minimizar os problemas
da escola e da comunidade na qual
esteja inserido;
- Que desenvolva o espírito de
solidariedade e cooperação entre os
estudantes e a escola;
Grêmio que desejamos
- Que promova atividades recreativas,
culturais, desportivas, literárias e
educacionais, estimulando a união de toda a
classe estudantil;
- Que crie mecanismos que possibilitem
incentivar, desenvolver e estimular o
estudante em sua vida educacional, social e
profissional. Mas, sobretudo, que possa unir
a classe, tornando-a mais participativa e
consciente de seus direitos e deveres
É importante salientar que este é um
projeto árduo, que exige muito trabalho e
dedicação, também por parte da organização
escolar, porque se os alunos não possuem o
conhecimento necessário para a formação
deste grêmio desejado, cabe à direção escolar
fornecer este tipo de informação, incentivando
e ajudando de toda maneira que lhe for
requisitada, preservando, é claro, a autonomia
da entidade estudantil.
Como formar um grêmio
em sua escola?
• 1° Passo
O grupo interessado em formar o Grêmio
comunica a direção escolar, divulga a proposta
na escola e convida os alunos interessados e
os representantes de classe (se houver) para
formar a COMISSÃO PRÓ-GRÊMIO. Este grupo
elabora uma proposta de Estatuto que será
discutida e aprovada pela Assembléia Geral
• 2° Passo
A Comissão Pró-Grêmio convoca todos os
alunos da escola para participar da
ASSEMBLÉIA GERAL. Nesta reunião,
decidem-se o nome do Grêmio, o período de
campanhas das chapas, a data das eleições
e aprova-se o Estatuto do Grêmio. Nessa
reunião também se definem os membros da
COMISSÃO ELEITORAL.
• 3° Passo
Os alunos se reúnem e formam as
CHAPAS que concorrerão na
eleição. Eles devem apresentar
suas idéias e propostas para o
ano de gestão no Grêmio
Estudantil.
A Comissão Eleitoral promove
debates entre as chapas, abertos
a todos os alunos.
• 4° Passo
A Comissão Eleitoral organiza a ELEIÇÃO (o
voto é secreto). A contagem é feita pelos
representantes de classe, acompanhados de
2 representantes de cada chapa e,
eventualmente, dos coordenadores
pedagógicos da escola. No final da apuração,
a Comissão Pró-Grêmio deve fazer uma Ata
de Eleição para divulgar os resultados.
• 5° Passo
A Comissão Pró-Grêmio envia uma cópia da
Ata de Eleição e do Estatuto para a Direção
Escolar e organiza a cerimônia de POSSE DA
DIRETORIA do Grêmio (quem cuidará do que
no Grêmio Estudantil).
A cada ano, reinicia-se o processo eleitoral a
partir do 3º passo.
Vantagens de se ter um Grêmio em
sua Escola
• Em primeiro lugar, os jovens, logo no
momento em que começam a consolidar
sua identidade como cidadãos, podem dar
início à sua vida política como sujeitos de
um processo coletivo de escolha e
tomada de decisão. Em alguns casos
ainda têm a incumbência de gerir uma
associação representativa.
• Em segundo lugar, a participação no
grêmio estudantil é um intenso
processo pedagógico de negociação,
questionamento e empreendedorismo,
elementos centrais no amadurecimento
individual e profissional dos
estudantes, queiram eles optar pela
carreira pública ou não.
• Elaborar o estatuto e o regimento
interno, fazer as atas das reuniões,
controlar e preencher o livro-caixa,
responder cartas, buscar parceiros e
financiadores, escrever jornais, convocar e
organizar assembléias, fazer balanços,
negociar com a direção da escola, escrever e
viabilizar projetos e empreendimentos
diversos, debater publicamente etc. Tudo
isso desenvolve inúmeros conhecimentos e
capacidades essenciais na vida, tanto juvenil
como adulta, permitindo ao estudante um
desenho plausível de um futuro desejado e
exeqüível
• Como uma ação política gera outra,
necessariamente, no momento em que os
jovens optam pela participação nos grêmios,
naturalmente iniciam suas atividades
reivindicando por melhorias no espaço físico
da escola etc. Mas com o decorrer do tempo,
logo passam a discutir temas de grande
abrangência pública como projeto político-
pedagógico, programas de cultura e lazer às
juventudes presentes na unidade escolar,
políticas de emprego, política educacional
(com especial atenção ao acesso à
universidade), violência, entre outros.
Grêmio estudantil
Grêmio estudantil
Grêmio estudantil
Grêmio estudantil
Grêmio estudantil
FONTES:
• TOMAZI, Nelson Dacio, “Iniciação a
Sociologia”. Cap. “O que é movimento
social?”.São Paulo: Atual, 1993.
• Caderno Grêmio em Forma, Do Instituto Sou
da Paz, (citado no site Mundo Jovem) na
apresentação burocrática do Grêmio.
• Site: http://
www.pucrs.br/mj/subsidios-gremio_estudantil-12
• Site: http://www.pucrs.br/mj/subsidios-
gremio_estudantil-15.php

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

POLITICAS PUBLICAS EDUCACIONAIS
POLITICAS PUBLICAS EDUCACIONAISPOLITICAS PUBLICAS EDUCACIONAIS
POLITICAS PUBLICAS EDUCACIONAIS
Jose Wilson Melo
 
DESAFIO COTIDIANO DA PRÁTICA PEDAGÓGICA
DESAFIO COTIDIANO DA PRÁTICA PEDAGÓGICADESAFIO COTIDIANO DA PRÁTICA PEDAGÓGICA
DESAFIO COTIDIANO DA PRÁTICA PEDAGÓGICA
carolnacari
 
Educação Infantil
Educação InfantilEducação Infantil
Educação Infantil
Adriana Mércia
 
Metodologias Ativas
Metodologias AtivasMetodologias Ativas
Psicologia do desenvolvimento e da aprendizagem
Psicologia do desenvolvimento e da aprendizagemPsicologia do desenvolvimento e da aprendizagem
Psicologia do desenvolvimento e da aprendizagem
Débora Silveira
 
Slide pronto
Slide prontoSlide pronto
Slide pronto
Bia Bernardino
 
Apresentação em slide para oficina de (In) disciplina e Mediação de Conflitos...
Apresentação em slide para oficina de (In) disciplina e Mediação de Conflitos...Apresentação em slide para oficina de (In) disciplina e Mediação de Conflitos...
Apresentação em slide para oficina de (In) disciplina e Mediação de Conflitos...
francisleide
 
A importância do jogo no desenvolvimento da criança
A importância do jogo no desenvolvimento da criançaA importância do jogo no desenvolvimento da criança
A importância do jogo no desenvolvimento da criança
Simônica Salgado
 
Bullying na Escola
Bullying na EscolaBullying na Escola
01 reflexões sobre avaliação
01 reflexões sobre avaliação01 reflexões sobre avaliação
01 reflexões sobre avaliação
Joao Balbi
 
Slides Ludicidade - PNAIC
Slides Ludicidade - PNAICSlides Ludicidade - PNAIC
Slides Ludicidade - PNAIC
Vera Marlize Schröer
 
Plano gestão 2015 2018
Plano gestão 2015  2018Plano gestão 2015  2018
O que é gestão escolar césar tavares
O que é gestão  escolar césar tavaresO que é gestão  escolar césar tavares
O que é gestão escolar césar tavares
CÉSAR TAVARES
 
Ludicidade
LudicidadeLudicidade
Ludicidade
Heloiza Moura
 
Bullying
Bullying Bullying
Formação dos Conselhos Escolares!
Formação dos Conselhos Escolares!Formação dos Conselhos Escolares!
Formação dos Conselhos Escolares!
Cleiber De Meireles
 
Órgãos Colegiados: Conselho de Classe
Órgãos Colegiados:   Conselho de ClasseÓrgãos Colegiados:   Conselho de Classe
Órgãos Colegiados: Conselho de Classe
Adilson P Motta Motta
 
Celestin Freinet
Celestin FreinetCelestin Freinet
Celestin Freinet
Marcioveras
 
O lúdico jogos brinquedos e brincadeiras na construção do processo de aprend...
O lúdico  jogos brinquedos e brincadeiras na construção do processo de aprend...O lúdico  jogos brinquedos e brincadeiras na construção do processo de aprend...
O lúdico jogos brinquedos e brincadeiras na construção do processo de aprend...
SimoneHelenDrumond
 
Apresentação planejamento e avaliação
Apresentação   planejamento e avaliaçãoApresentação   planejamento e avaliação
Apresentação planejamento e avaliação
Ana Lúcia M. Benício
 

Mais procurados (20)

POLITICAS PUBLICAS EDUCACIONAIS
POLITICAS PUBLICAS EDUCACIONAISPOLITICAS PUBLICAS EDUCACIONAIS
POLITICAS PUBLICAS EDUCACIONAIS
 
DESAFIO COTIDIANO DA PRÁTICA PEDAGÓGICA
DESAFIO COTIDIANO DA PRÁTICA PEDAGÓGICADESAFIO COTIDIANO DA PRÁTICA PEDAGÓGICA
DESAFIO COTIDIANO DA PRÁTICA PEDAGÓGICA
 
Educação Infantil
Educação InfantilEducação Infantil
Educação Infantil
 
Metodologias Ativas
Metodologias AtivasMetodologias Ativas
Metodologias Ativas
 
Psicologia do desenvolvimento e da aprendizagem
Psicologia do desenvolvimento e da aprendizagemPsicologia do desenvolvimento e da aprendizagem
Psicologia do desenvolvimento e da aprendizagem
 
Slide pronto
Slide prontoSlide pronto
Slide pronto
 
Apresentação em slide para oficina de (In) disciplina e Mediação de Conflitos...
Apresentação em slide para oficina de (In) disciplina e Mediação de Conflitos...Apresentação em slide para oficina de (In) disciplina e Mediação de Conflitos...
Apresentação em slide para oficina de (In) disciplina e Mediação de Conflitos...
 
A importância do jogo no desenvolvimento da criança
A importância do jogo no desenvolvimento da criançaA importância do jogo no desenvolvimento da criança
A importância do jogo no desenvolvimento da criança
 
Bullying na Escola
Bullying na EscolaBullying na Escola
Bullying na Escola
 
01 reflexões sobre avaliação
01 reflexões sobre avaliação01 reflexões sobre avaliação
01 reflexões sobre avaliação
 
Slides Ludicidade - PNAIC
Slides Ludicidade - PNAICSlides Ludicidade - PNAIC
Slides Ludicidade - PNAIC
 
Plano gestão 2015 2018
Plano gestão 2015  2018Plano gestão 2015  2018
Plano gestão 2015 2018
 
O que é gestão escolar césar tavares
O que é gestão  escolar césar tavaresO que é gestão  escolar césar tavares
O que é gestão escolar césar tavares
 
Ludicidade
LudicidadeLudicidade
Ludicidade
 
Bullying
Bullying Bullying
Bullying
 
Formação dos Conselhos Escolares!
Formação dos Conselhos Escolares!Formação dos Conselhos Escolares!
Formação dos Conselhos Escolares!
 
Órgãos Colegiados: Conselho de Classe
Órgãos Colegiados:   Conselho de ClasseÓrgãos Colegiados:   Conselho de Classe
Órgãos Colegiados: Conselho de Classe
 
Celestin Freinet
Celestin FreinetCelestin Freinet
Celestin Freinet
 
O lúdico jogos brinquedos e brincadeiras na construção do processo de aprend...
O lúdico  jogos brinquedos e brincadeiras na construção do processo de aprend...O lúdico  jogos brinquedos e brincadeiras na construção do processo de aprend...
O lúdico jogos brinquedos e brincadeiras na construção do processo de aprend...
 
Apresentação planejamento e avaliação
Apresentação   planejamento e avaliaçãoApresentação   planejamento e avaliação
Apresentação planejamento e avaliação
 

Destaque

Cartilha sobre formação de Grêmio Estudantil
Cartilha sobre formação de Grêmio EstudantilCartilha sobre formação de Grêmio Estudantil
Cartilha sobre formação de Grêmio Estudantil
IEE Wilcam
 
Como Organizar um Grêmio estudantil
Como Organizar um Grêmio estudantil Como Organizar um Grêmio estudantil
Grêmio Estudantil
Grêmio EstudantilGrêmio Estudantil
Grêmio Estudantil
Edilenesoares
 
Caderno grêmio em forma
Caderno grêmio em formaCaderno grêmio em forma
Caderno grêmio em forma
Leila Schimith
 
Grêmio estudantil mirim
Grêmio estudantil mirimGrêmio estudantil mirim
Grêmio estudantil mirim
Silmara Oliveira
 
Grêmio Estudantil
Grêmio EstudantilGrêmio Estudantil
Grêmio Estudantil
mendessergio
 
Grêmio Estudantil 2011
Grêmio Estudantil 2011Grêmio Estudantil 2011
Grêmio Estudantil 2011
paulotmo
 
Tudo que precisa para sua chapa do Grêmio Estudantil DJB teens - eu vou a lut...
Tudo que precisa para sua chapa do Grêmio Estudantil DJB teens - eu vou a lut...Tudo que precisa para sua chapa do Grêmio Estudantil DJB teens - eu vou a lut...
Tudo que precisa para sua chapa do Grêmio Estudantil DJB teens - eu vou a lut...
Sabrina Rizzon
 

Destaque (8)

Cartilha sobre formação de Grêmio Estudantil
Cartilha sobre formação de Grêmio EstudantilCartilha sobre formação de Grêmio Estudantil
Cartilha sobre formação de Grêmio Estudantil
 
Como Organizar um Grêmio estudantil
Como Organizar um Grêmio estudantil Como Organizar um Grêmio estudantil
Como Organizar um Grêmio estudantil
 
Grêmio Estudantil
Grêmio EstudantilGrêmio Estudantil
Grêmio Estudantil
 
Caderno grêmio em forma
Caderno grêmio em formaCaderno grêmio em forma
Caderno grêmio em forma
 
Grêmio estudantil mirim
Grêmio estudantil mirimGrêmio estudantil mirim
Grêmio estudantil mirim
 
Grêmio Estudantil
Grêmio EstudantilGrêmio Estudantil
Grêmio Estudantil
 
Grêmio Estudantil 2011
Grêmio Estudantil 2011Grêmio Estudantil 2011
Grêmio Estudantil 2011
 
Tudo que precisa para sua chapa do Grêmio Estudantil DJB teens - eu vou a lut...
Tudo que precisa para sua chapa do Grêmio Estudantil DJB teens - eu vou a lut...Tudo que precisa para sua chapa do Grêmio Estudantil DJB teens - eu vou a lut...
Tudo que precisa para sua chapa do Grêmio Estudantil DJB teens - eu vou a lut...
 

Semelhante a Grêmio estudantil

Fasciculo gremios-estudantis
Fasciculo gremios-estudantisFasciculo gremios-estudantis
Fasciculo gremios-estudantis
Magno Rodrigues
 
Grêmio em-forma-ricardo-mello-instituto-sou-da-paz1
Grêmio em-forma-ricardo-mello-instituto-sou-da-paz1Grêmio em-forma-ricardo-mello-instituto-sou-da-paz1
Grêmio em-forma-ricardo-mello-instituto-sou-da-paz1
Leila Schimith
 
template Reunião Diretores Grêmio.pptx
template Reunião Diretores Grêmio.pptxtemplate Reunião Diretores Grêmio.pptx
template Reunião Diretores Grêmio.pptx
AntonioFigueiredo52
 
Grêmio Estudantil
Grêmio EstudantilGrêmio Estudantil
Grêmio Estudantil
Adilson P Motta Motta
 
Gestão Democrática e Culturas
Gestão Democrática e CulturasGestão Democrática e Culturas
Gestão Democrática e Culturas
Jornalsaomateus
 
Orientações para composição do grêmio
Orientações para composição do grêmioOrientações para composição do grêmio
Orientações para composição do grêmio
edsonfgodoy
 
Gremio 2015 tokuzo terazaki
Gremio 2015 tokuzo terazakiGremio 2015 tokuzo terazaki
Gremio 2015 tokuzo terazaki
Leila Schimith
 
Resumo da caderno 5 etapa I- Organização e gestão democrática da escola cade...
Resumo da caderno 5 etapa I- Organização e gestão democrática da escola  cade...Resumo da caderno 5 etapa I- Organização e gestão democrática da escola  cade...
Resumo da caderno 5 etapa I- Organização e gestão democrática da escola cade...
KATIA CAVALCANTI
 
apresentac3a7c3a3o-caderno-v-2.ppt
apresentac3a7c3a3o-caderno-v-2.pptapresentac3a7c3a3o-caderno-v-2.ppt
apresentac3a7c3a3o-caderno-v-2.ppt
Zoraide6
 
1. CE e sua organização na UE
1. CE e sua organização na UE1. CE e sua organização na UE
1. CE e sua organização na UE
Sandra Luccas
 
16787-Texto do artigo-41333-1-10-20131002.pdf
16787-Texto do artigo-41333-1-10-20131002.pdf16787-Texto do artigo-41333-1-10-20131002.pdf
16787-Texto do artigo-41333-1-10-20131002.pdf
ssuser183624
 
Guia Grêmio Estudantil
Guia Grêmio EstudantilGuia Grêmio Estudantil
Guia Grêmio Estudantil
luciamaral
 
Slides 1º encontro Fortalecimento Conselho Escolar - EM Profª. Rosa Maria Ma...
Slides 1º encontro Fortalecimento Conselho Escolar -  EM Profª. Rosa Maria Ma...Slides 1º encontro Fortalecimento Conselho Escolar -  EM Profª. Rosa Maria Ma...
Slides 1º encontro Fortalecimento Conselho Escolar - EM Profª. Rosa Maria Ma...
Rosana Maciel
 
Slaid rosam maura gestão escolar
Slaid rosam maura gestão escolarSlaid rosam maura gestão escolar
Slaid rosam maura gestão escolar
Gessica Francimaira
 
Gestão escolar .pptx
Gestão escolar .pptxGestão escolar .pptx
Gestão escolar .pptx
GilmarBrezolini
 
Apresentacao Amigos da Escola
Apresentacao Amigos da EscolaApresentacao Amigos da Escola
Apresentacao Amigos da Escola
Instituto Faça Parte
 
Apresentação Amigos da Escola
Apresentação Amigos da EscolaApresentação Amigos da Escola
Apresentação Amigos da Escola
Instituto Faça Parte
 
Voluntariado educativo
Voluntariado educativoVoluntariado educativo
Voluntariado educativo
Instituto Faça Parte
 
Apresentação Amigos da Escola
Apresentação Amigos da EscolaApresentação Amigos da Escola
Apresentação Amigos da Escola
Instituto Faça Parte
 
Apresentação Amigos da Escola
Apresentação Amigos da EscolaApresentação Amigos da Escola
Apresentação Amigos da Escola
Instituto Faça Parte
 

Semelhante a Grêmio estudantil (20)

Fasciculo gremios-estudantis
Fasciculo gremios-estudantisFasciculo gremios-estudantis
Fasciculo gremios-estudantis
 
Grêmio em-forma-ricardo-mello-instituto-sou-da-paz1
Grêmio em-forma-ricardo-mello-instituto-sou-da-paz1Grêmio em-forma-ricardo-mello-instituto-sou-da-paz1
Grêmio em-forma-ricardo-mello-instituto-sou-da-paz1
 
template Reunião Diretores Grêmio.pptx
template Reunião Diretores Grêmio.pptxtemplate Reunião Diretores Grêmio.pptx
template Reunião Diretores Grêmio.pptx
 
Grêmio Estudantil
Grêmio EstudantilGrêmio Estudantil
Grêmio Estudantil
 
Gestão Democrática e Culturas
Gestão Democrática e CulturasGestão Democrática e Culturas
Gestão Democrática e Culturas
 
Orientações para composição do grêmio
Orientações para composição do grêmioOrientações para composição do grêmio
Orientações para composição do grêmio
 
Gremio 2015 tokuzo terazaki
Gremio 2015 tokuzo terazakiGremio 2015 tokuzo terazaki
Gremio 2015 tokuzo terazaki
 
Resumo da caderno 5 etapa I- Organização e gestão democrática da escola cade...
Resumo da caderno 5 etapa I- Organização e gestão democrática da escola  cade...Resumo da caderno 5 etapa I- Organização e gestão democrática da escola  cade...
Resumo da caderno 5 etapa I- Organização e gestão democrática da escola cade...
 
apresentac3a7c3a3o-caderno-v-2.ppt
apresentac3a7c3a3o-caderno-v-2.pptapresentac3a7c3a3o-caderno-v-2.ppt
apresentac3a7c3a3o-caderno-v-2.ppt
 
1. CE e sua organização na UE
1. CE e sua organização na UE1. CE e sua organização na UE
1. CE e sua organização na UE
 
16787-Texto do artigo-41333-1-10-20131002.pdf
16787-Texto do artigo-41333-1-10-20131002.pdf16787-Texto do artigo-41333-1-10-20131002.pdf
16787-Texto do artigo-41333-1-10-20131002.pdf
 
Guia Grêmio Estudantil
Guia Grêmio EstudantilGuia Grêmio Estudantil
Guia Grêmio Estudantil
 
Slides 1º encontro Fortalecimento Conselho Escolar - EM Profª. Rosa Maria Ma...
Slides 1º encontro Fortalecimento Conselho Escolar -  EM Profª. Rosa Maria Ma...Slides 1º encontro Fortalecimento Conselho Escolar -  EM Profª. Rosa Maria Ma...
Slides 1º encontro Fortalecimento Conselho Escolar - EM Profª. Rosa Maria Ma...
 
Slaid rosam maura gestão escolar
Slaid rosam maura gestão escolarSlaid rosam maura gestão escolar
Slaid rosam maura gestão escolar
 
Gestão escolar .pptx
Gestão escolar .pptxGestão escolar .pptx
Gestão escolar .pptx
 
Apresentacao Amigos da Escola
Apresentacao Amigos da EscolaApresentacao Amigos da Escola
Apresentacao Amigos da Escola
 
Apresentação Amigos da Escola
Apresentação Amigos da EscolaApresentação Amigos da Escola
Apresentação Amigos da Escola
 
Voluntariado educativo
Voluntariado educativoVoluntariado educativo
Voluntariado educativo
 
Apresentação Amigos da Escola
Apresentação Amigos da EscolaApresentação Amigos da Escola
Apresentação Amigos da Escola
 
Apresentação Amigos da Escola
Apresentação Amigos da EscolaApresentação Amigos da Escola
Apresentação Amigos da Escola
 

Mais de Jessica Ferrarese

Indice de desenvolvimento
Indice de desenvolvimentoIndice de desenvolvimento
Indice de desenvolvimento
Jessica Ferrarese
 
Verdade conhecimento e cidadania: o pensar e o agir no mundo
Verdade conhecimento e cidadania: o pensar e o agir no mundoVerdade conhecimento e cidadania: o pensar e o agir no mundo
Verdade conhecimento e cidadania: o pensar e o agir no mundo
Jessica Ferrarese
 
Religião e Política nas eleições de 2010
Religião e Política nas eleições de 2010Religião e Política nas eleições de 2010
Religião e Política nas eleições de 2010
Jessica Ferrarese
 
Indice de Desenvolvimento Humano (idh)
Indice de Desenvolvimento Humano (idh)Indice de Desenvolvimento Humano (idh)
Indice de Desenvolvimento Humano (idh)
Jessica Ferrarese
 
Grêmio estudantil maestro andrea nuzzi
Grêmio estudantil   maestro andrea nuzziGrêmio estudantil   maestro andrea nuzzi
Grêmio estudantil maestro andrea nuzzi
Jessica Ferrarese
 
Grêmio estudantil maestro andrea nuzzi
Grêmio estudantil   maestro andrea nuzziGrêmio estudantil   maestro andrea nuzzi
Grêmio estudantil maestro andrea nuzzi
Jessica Ferrarese
 
Estética
EstéticaEstética

Mais de Jessica Ferrarese (7)

Indice de desenvolvimento
Indice de desenvolvimentoIndice de desenvolvimento
Indice de desenvolvimento
 
Verdade conhecimento e cidadania: o pensar e o agir no mundo
Verdade conhecimento e cidadania: o pensar e o agir no mundoVerdade conhecimento e cidadania: o pensar e o agir no mundo
Verdade conhecimento e cidadania: o pensar e o agir no mundo
 
Religião e Política nas eleições de 2010
Religião e Política nas eleições de 2010Religião e Política nas eleições de 2010
Religião e Política nas eleições de 2010
 
Indice de Desenvolvimento Humano (idh)
Indice de Desenvolvimento Humano (idh)Indice de Desenvolvimento Humano (idh)
Indice de Desenvolvimento Humano (idh)
 
Grêmio estudantil maestro andrea nuzzi
Grêmio estudantil   maestro andrea nuzziGrêmio estudantil   maestro andrea nuzzi
Grêmio estudantil maestro andrea nuzzi
 
Grêmio estudantil maestro andrea nuzzi
Grêmio estudantil   maestro andrea nuzziGrêmio estudantil   maestro andrea nuzzi
Grêmio estudantil maestro andrea nuzzi
 
Estética
EstéticaEstética
Estética
 

Grêmio estudantil

  • 2. A incorporação dos jovens como capazes de formular questões relevantes e cientes de seu protagonismo, de propor ações e de contribuir para a solução de problemas sociais, é um passo importante para a construção de um projeto mais democrático.
  • 4. Mas antes, se faz necessário falar um pouco a respeito de CIDADANIA
  • 5. Afinal de contas, o que significa ser CIDADÃO?
  • 6. • direitos fundamentais podem ser o direito à vida, à liberdade, à segurança, à educação, à saúde, à igualdade e à propriedade, dentre outros. • Já os deveres seriam os de respeitar as leis, à soberania do Estado Nacional, e respeitar os direitos garantidos aos demais cidadãos, assim como estes devem respeitar os seus.
  • 7. Agora o importante é que vocês saibam que dentro da própria escola vocês também têm o direito de ter o seu próprio órgão representativo, e esse órgão é o GrêmIO estuDAntIl.
  • 8. • O Grêmio é órgão de representação dos estudantes dentro da escola. Através dele, os alunos podem se organizar corretamente, e exercer um papel participativo nas decisões que dizem respeito à comunidade escolar, podendo opinar e contribuir para a construção e para o bem estar da escola e dos estudantes.
  • 9. A formação do Grêmio também é fruto de um processo educativo e pedagógico, mas que envolve um aprendizado na prática.
  • 11. Acima de tudo, é necessário que os alunos aprendam o porquê da necessidade de um Grêmio, e como esta entidade deve funcionar de uma maneira correta, democrática, honesta e responsável.
  • 12. Grêmio que desejamos - Que colabore na construção da comunidade escolar, como elo entre alunos, o corpo docente e técnico-administrativo; - Que, junto com a direção da unidade de ensino e professores, busque as mudanças necessárias para a educação;
  • 13. Grêmio que desejamos - Que apresente propostas e sugestões concretas para minimizar os problemas da escola e da comunidade na qual esteja inserido; - Que desenvolva o espírito de solidariedade e cooperação entre os estudantes e a escola;
  • 14. Grêmio que desejamos - Que promova atividades recreativas, culturais, desportivas, literárias e educacionais, estimulando a união de toda a classe estudantil; - Que crie mecanismos que possibilitem incentivar, desenvolver e estimular o estudante em sua vida educacional, social e profissional. Mas, sobretudo, que possa unir a classe, tornando-a mais participativa e consciente de seus direitos e deveres
  • 15. É importante salientar que este é um projeto árduo, que exige muito trabalho e dedicação, também por parte da organização escolar, porque se os alunos não possuem o conhecimento necessário para a formação deste grêmio desejado, cabe à direção escolar fornecer este tipo de informação, incentivando e ajudando de toda maneira que lhe for requisitada, preservando, é claro, a autonomia da entidade estudantil.
  • 16. Como formar um grêmio em sua escola? • 1° Passo O grupo interessado em formar o Grêmio comunica a direção escolar, divulga a proposta na escola e convida os alunos interessados e os representantes de classe (se houver) para formar a COMISSÃO PRÓ-GRÊMIO. Este grupo elabora uma proposta de Estatuto que será discutida e aprovada pela Assembléia Geral
  • 17. • 2° Passo A Comissão Pró-Grêmio convoca todos os alunos da escola para participar da ASSEMBLÉIA GERAL. Nesta reunião, decidem-se o nome do Grêmio, o período de campanhas das chapas, a data das eleições e aprova-se o Estatuto do Grêmio. Nessa reunião também se definem os membros da COMISSÃO ELEITORAL.
  • 18. • 3° Passo Os alunos se reúnem e formam as CHAPAS que concorrerão na eleição. Eles devem apresentar suas idéias e propostas para o ano de gestão no Grêmio Estudantil. A Comissão Eleitoral promove debates entre as chapas, abertos a todos os alunos.
  • 19. • 4° Passo A Comissão Eleitoral organiza a ELEIÇÃO (o voto é secreto). A contagem é feita pelos representantes de classe, acompanhados de 2 representantes de cada chapa e, eventualmente, dos coordenadores pedagógicos da escola. No final da apuração, a Comissão Pró-Grêmio deve fazer uma Ata de Eleição para divulgar os resultados.
  • 20. • 5° Passo A Comissão Pró-Grêmio envia uma cópia da Ata de Eleição e do Estatuto para a Direção Escolar e organiza a cerimônia de POSSE DA DIRETORIA do Grêmio (quem cuidará do que no Grêmio Estudantil). A cada ano, reinicia-se o processo eleitoral a partir do 3º passo.
  • 21. Vantagens de se ter um Grêmio em sua Escola • Em primeiro lugar, os jovens, logo no momento em que começam a consolidar sua identidade como cidadãos, podem dar início à sua vida política como sujeitos de um processo coletivo de escolha e tomada de decisão. Em alguns casos ainda têm a incumbência de gerir uma associação representativa.
  • 22. • Em segundo lugar, a participação no grêmio estudantil é um intenso processo pedagógico de negociação, questionamento e empreendedorismo, elementos centrais no amadurecimento individual e profissional dos estudantes, queiram eles optar pela carreira pública ou não.
  • 23. • Elaborar o estatuto e o regimento interno, fazer as atas das reuniões, controlar e preencher o livro-caixa, responder cartas, buscar parceiros e financiadores, escrever jornais, convocar e organizar assembléias, fazer balanços, negociar com a direção da escola, escrever e viabilizar projetos e empreendimentos diversos, debater publicamente etc. Tudo isso desenvolve inúmeros conhecimentos e capacidades essenciais na vida, tanto juvenil como adulta, permitindo ao estudante um desenho plausível de um futuro desejado e exeqüível
  • 24. • Como uma ação política gera outra, necessariamente, no momento em que os jovens optam pela participação nos grêmios, naturalmente iniciam suas atividades reivindicando por melhorias no espaço físico da escola etc. Mas com o decorrer do tempo, logo passam a discutir temas de grande abrangência pública como projeto político- pedagógico, programas de cultura e lazer às juventudes presentes na unidade escolar, políticas de emprego, política educacional (com especial atenção ao acesso à universidade), violência, entre outros.
  • 30. FONTES: • TOMAZI, Nelson Dacio, “Iniciação a Sociologia”. Cap. “O que é movimento social?”.São Paulo: Atual, 1993. • Caderno Grêmio em Forma, Do Instituto Sou da Paz, (citado no site Mundo Jovem) na apresentação burocrática do Grêmio. • Site: http:// www.pucrs.br/mj/subsidios-gremio_estudantil-12 • Site: http://www.pucrs.br/mj/subsidios- gremio_estudantil-15.php