SlideShare uma empresa Scribd logo
8ª Ed. Encontros de Aprendizagem em
           GC&i: Conceitos, Práticas e Casos
Introdução a Gestão do Conhecimento
nas Organizações
             Nei Grando - 17 de Abril / 2012
Introdução
              "O amor, mais que o conhecimento,
 é necessário para conduzir a alma dos homens à
                                 sua perfeição.“
                                   Irineu de Lyon
Gestão do Conhecimento nas Organizações
       Introdução à GC nas Organizações
VIDEO: Productivity Future Vision (2011)
Gestão do Conhecimento nas Organizações


   “Sábio não é aquele que conhece muitas coisas, mas aquele
   que conhece coisas úteis.” – Ésquilo

   “Nós não vemos as coisas como elas são. Nós vemos as
   coisas como nós somos.“ - Anaïs Nin
Dados, Informações e Conhecimento


  Dados: são registros sem
  significado inerente, que se
  transformam em informações
  ao adquirirem significado. São
  constituídos por fatos, textos,
  gráficos, imagens, sons,
  registros ainda não
  processados, correlacionados,
  avaliados ou interpretados.



  Vide artigo: Introdução a Gestão do Conhecimento nas Organizações
Dados, Informações e Conhecimento


  Informações: são dados que tem
  relevância, propósito e causam
  impacto no julgamento ou
  comportamento do indivíduo. São
  dados que já receberam algum
  processamento e podem ser
  apresentados de modo inteligível
  por usuários que dependem da
  informação para tomar suas
  decisões.


  Vide artigo: Introdução a Gestão do Conhecimento nas Organizações
Dados, Informações , Conhecimento


  Conhecimento: pode ser visto como um
  conjunto de informações reconhecidas e
  integradas pela pessoa dentro de um
  esquema pré-existente. Isto significa que
  as informações são transformadas em
  conhecimento por meio da intervenção de
  pessoas, seja reconhecendo estas
  informações, seja integrando-as. Ele está
  mais próximo da ação e está relacionado
  ao uso inteligente da informação
  (Davenport e Prusak). O conhecimento é
  uma relação entre o sujeito e o objeto
  (Becker – 2001).
EXEMPLOS: Dados, Informações , Conhecimento

 016811
 pɐʇɐ' ɯɐsɔɐɹá ɯɯɐɐpp' uɐsɔıɯǝuʇo


 O que significa conhecer alguém?
 Nome, características físicas, relações familiares
 Formação, profissão, competências, experiências,
 perfil, ...


 Como aprender? Como ensinar?
 0 e 1, 01010101
 ɔdn' ɯǝɯóɹıɐ' ƃɐqıuǝʇǝ' pısdosıʇıʌos' so' dɹoƃɹɐɯɐ
EXEMPLOS: Conhecimento , simples e complexo
 As diferentes formas de “olhar” para uma flor:
 - Arte: fotografia, poesia, .. (beleza, simplicidade, sentimento, ...)
 - Biologia (vida, espécie, taxonomia, ...)
 - Física (peso, tamanho, cor, ...)
 - Química (extrato, perfume, ...), farmacêutica (remédios, ...)
 - Jardinagem
 - Comércio (negócio, vendas, ...)
 - Namorado presenteando, namorada recebendo (romance, ...)




As disciplinas, as Universidades (multidisciplinares) x Transdisciplinaridade (vide: flor)
Conhecimento Tácito e Conhecimento Explícito


  O conhecimento tácito é subjetivo, individual não articulado e
  não codificado. Representado a partir de modelos mentais,
  esquemas e roteiros, crenças, percepções, sentimentos. Ele é
  construído com a prática, na história do indivíduo, a partir do
  seu olhar cognitivo sobre a realidade na qual se insere. Dessa
  maneira, é único, pessoal, difícil de transmitir e compartilhar.

  O conhecimento explícito é objetivo. Resulta da representação
  externa a partir da explicitação formal, traduzidos em figuras e
  fotos, intranet, mapas de aprendizagem, textos e toda e
  qualquer produção de conhecimento fisicamente exteriorizada.

              Vide artigo: Introdução a Gestão do Conhecimento nas Organizações
Exemplos de Conhecimento Tácito




 Como domar um leão em 5 passos:
 1 – Pegue um banquinho
 2 – Pegue um chicote
 3 – Entre na jáula
 4 – Mostre quem manda
 5 – Se não der certo ...

  Como se transfere tal conhecimento, como se ensina?
Exemplos de Conhecimento Tácito
 Como se transfere tal conhecimento, como se ensina?
 Você não aprende andar de bicicleta:
 • Lendo um livro
 • Assistindo um filme
 • Andando na garupa de outra pessoa
 • Tendo apenas fé que vai conseguir
 Você aprende fazendo, devagar ...
Formas de Conversão do Conhecimento




          Fonte: Adaptado de Nonaka; Takeuchi (1997 p. 80)
Criação do conhecimento e o ambiente BA




             Fonte: Nonaka e Konno (1998, p. 46)
Ambiente Competitivo




                           Fonte: E. Carmello, Entheusiasmos.


Soc. Industrial   Mutação (tecnológica, Econômica e Social)     Soc. do Conhecimento
Gestão do Conhecimento – O que é?

  Saber o que você sabe. Saber o que é
  estratégico.
  “É o processo pelo qual a organização gera
  riqueza, a partir do seu conhecimento ou
  capital intelectual.” - Bukowitz e Williams (2002)
  “É o processo pelo qual uma organização
  consciente e sistematicamente coleta,
  organiza, compartilha e analisa seu acervo
  de conhecimento para atingir os seus
  objetivos.” - Falcão e Bresciani (1999)
  “É a geração, representação, estoque,
  transferência, transformação, aplicação,
  incorporação e proteção do conhecimento.”
VÍDEO: An Introduction to Knowledge Management
Gestão do Conhecimento – Principais objetivos

  •   Compartilhar melhores práticas em gestão;
  •   Compartilhar melhores práticas em projeto;
  •   Acelerar a inovação (Processos, Produto, Modelos de Negócios);
  •   Reduzir silos de informação;
  •   Mapear o conhecimento;
  •   Valorizar o capital intelectual;
  •   Reter talentos;
  •   Mapear as competências individuais;
  •   Facilitar a contribuição individual;
  •   Organizar a informação;
  •   Alinhar a organização; e outros.
Gestão do Conhecimento – Objetivos da Empresa

  • Reter o conhecimento;
  • Garantir a sustentabilidade da empresa;
  • Acelerar a geração de novos conhecimentos;
  • Melhorar o processo decisório;
  • Reduzir custos e retrabalho;
  • Descobrir o capital intelectual já existente;
  • Gerar novas receitas com base na reutilização do
    capital intelectual existente na empresa;
  • Proteger o capital intelectual existente na empresa;
  • Servir melhor os clientes;
  • Acelerar o aprendizado e aumentar o conhecimento
    dos colaboradores.
Mapa Conceitual da Gestão do Conhecimento




      Fonte: Carvalho; Souza: Loureiro (2002)
      Objeto: Mapeamento da área de conhecimento “Gestão do conhecimento”

      Utilização do mapa:
      a) processo: mapeamento das áreas envolvidas na gestão do conhecimento;
      b) produto: suporte para o entendimento das correlações entre vários domínios de conhecimentos.
Dimensões da Gestão do Conhecimento
Abordagens sobre a GC nas Organizações

 Abordagem Fenomenológica                  Abordagem Objetivista

 Visão oriental (japonesa) que enfatiza as Visão ocidental (americana) que enfatiza
 pessoas e o conhecimento tácito.          as informações e o conhecimento
                                           explícito.
 Conhecimento está nas pessoas.            Conhecimento está nas informações.
 Líder do Projeto RH                       Líder do Projeto TI

 Conhecimento como processo                Conhecimento como objeto
 Foco nas pessoas                          Foco nas informações

 Disseminar conhecimento                   Armazenar conhecimento
 Construir redes de colaboração            Criar repositórios
Gestão do Conhecimento – Melhores Práticas

  • As iniciativas devem ter objetivos claros e métricas definidas.
  • A GC deve ter uma abrangência vertical e horizontal.
  Introdução via alta gerência para as camadas operacionais, e
  aplicada paulatinamente nos departamentos ou áreas.
  • A disseminação do conhecimento deve explorar os canais
  estabelecidos com complementaridade (virtual, mural, jornal,
  sala de café, redes sociais, etc.).
  • Ferramentas para Conhecimento Tácito: técnicas de narrativa
  (storytelling), páginas amarelas, comunidades de prática etc..
  • Ferramentas para Conhecimento Explícito: intranet, portal
  corporativo, mídia social, universidade corporativa.
  • Outras ferramentas de apoio: ERP, CRM, GED, BSC/BI, ...,
  Canvas BMGen (Modelos de Negócio), Design Thinking (Inovação)
Mudanças Necessárias




   “Mudar é difícil. Não, mudar é fatal.”
   Anônimo

   O mundo está mundando muito rápidamente.


   Mudanças Tecnológicas   Mudanças Econômicas   Mudanças Sociais e Políticas   ...
Citação Final

  “A mente que se
  abre a uma nova
  idéia jamais volta
  ao seu tamanho
  original.”

  Albert Einstein
Muito Obrigado!



                                www.sbgc.org.br
        Nei Grando
  http://neigrando.blog.br      @sbgcnacional
   nei.grando@gmail.com
         @neigrando
www.linkedin.com/in/neigrando




                                www.correios.com.br

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Gestão do Conhecimento e Tecnologia
Gestão do Conhecimento e TecnologiaGestão do Conhecimento e Tecnologia
Gestão do Conhecimento e Tecnologia
Marcelo Ramos
 
Aula 12 - Gestão do Conhecimento
Aula 12 - Gestão do ConhecimentoAula 12 - Gestão do Conhecimento
Aula 12 - Gestão do Conhecimento
Filipo Mór
 
Apresentação árvore do conhecimento - final 2
Apresentação   árvore do conhecimento - final 2Apresentação   árvore do conhecimento - final 2
Apresentação árvore do conhecimento - final 2
Sabrina Mariana
 
GESTÃO DO CONHECIMENTO
GESTÃO DO CONHECIMENTO GESTÃO DO CONHECIMENTO
GESTÃO DO CONHECIMENTO
Sabrina Mariana
 
Gestão do conhecimento e inovação - Belas artes
Gestão do conhecimento e inovação - Belas artesGestão do conhecimento e inovação - Belas artes
Gestão do conhecimento e inovação - Belas artes
Nei Grando
 
Gestão do Conhecimento
Gestão do ConhecimentoGestão do Conhecimento
Gestão do Conhecimento
Hudson Augusto
 
A Sociedade dos Trabalhadores do Conhecimento
A Sociedade dos Trabalhadores do ConhecimentoA Sociedade dos Trabalhadores do Conhecimento
A Sociedade dos Trabalhadores do Conhecimento
Antonio Mendes Ribeiro
 
Gestão do Conhecimento_ parte 1
Gestão do Conhecimento_ parte 1Gestão do Conhecimento_ parte 1
Gestão do Conhecimento_ parte 1
Leonardo Moraes
 
Gestão do conhecimento
Gestão do conhecimentoGestão do conhecimento
Gestão do conhecimento
João Geroldo
 
Gestão do conhecimento empresarial
Gestão do conhecimento empresarialGestão do conhecimento empresarial
Gestão do conhecimento empresarial
Rapport Assessoria
 
Gestão do conhecimento FIA - 2011
Gestão do conhecimento FIA - 2011Gestão do conhecimento FIA - 2011
Gestão do conhecimento FIA - 2011
Jose Claudio Terra
 
Gerenciamento Do Conhecimento
Gerenciamento Do ConhecimentoGerenciamento Do Conhecimento
Gerenciamento Do Conhecimento
Agência EG
 
Gestão de equipes para professores v final
Gestão de equipes para professores v finalGestão de equipes para professores v final
Gestão de equipes para professores v final
Paulo Santos
 
CKO - O Profissional de Gestão do Conhecimento (GC) e suas funções
CKO - O Profissional de Gestão do Conhecimento (GC) e suas funçõesCKO - O Profissional de Gestão do Conhecimento (GC) e suas funções
CKO - O Profissional de Gestão do Conhecimento (GC) e suas funções
Nei Grando
 
Gestao do Conhecimento 7 Dimensoes
Gestao do Conhecimento 7 DimensoesGestao do Conhecimento 7 Dimensoes
Gestao do Conhecimento 7 Dimensoes
Jose Claudio Terra
 
Danielle de rosa castro 10
Danielle de rosa castro 10Danielle de rosa castro 10
Danielle de rosa castro 10
Fernando Luiz Goldman
 
Apresentação do Gestão do Conhecimento e Capital Intelectual
Apresentação do Gestão do Conhecimento e Capital IntelectualApresentação do Gestão do Conhecimento e Capital Intelectual
Apresentação do Gestão do Conhecimento e Capital Intelectual
Levi Tancredo
 
Gestão do Conhecimento
Gestão do ConhecimentoGestão do Conhecimento
Gestão do Conhecimento
guest1ee0db8
 
Gestão do Conhecimento
Gestão do ConhecimentoGestão do Conhecimento
Novas abordagens para a Gestão do Conhecimento
Novas abordagens para a Gestão do ConhecimentoNovas abordagens para a Gestão do Conhecimento
Novas abordagens para a Gestão do Conhecimento
Luis Borges Gouveia
 

Mais procurados (20)

Gestão do Conhecimento e Tecnologia
Gestão do Conhecimento e TecnologiaGestão do Conhecimento e Tecnologia
Gestão do Conhecimento e Tecnologia
 
Aula 12 - Gestão do Conhecimento
Aula 12 - Gestão do ConhecimentoAula 12 - Gestão do Conhecimento
Aula 12 - Gestão do Conhecimento
 
Apresentação árvore do conhecimento - final 2
Apresentação   árvore do conhecimento - final 2Apresentação   árvore do conhecimento - final 2
Apresentação árvore do conhecimento - final 2
 
GESTÃO DO CONHECIMENTO
GESTÃO DO CONHECIMENTO GESTÃO DO CONHECIMENTO
GESTÃO DO CONHECIMENTO
 
Gestão do conhecimento e inovação - Belas artes
Gestão do conhecimento e inovação - Belas artesGestão do conhecimento e inovação - Belas artes
Gestão do conhecimento e inovação - Belas artes
 
Gestão do Conhecimento
Gestão do ConhecimentoGestão do Conhecimento
Gestão do Conhecimento
 
A Sociedade dos Trabalhadores do Conhecimento
A Sociedade dos Trabalhadores do ConhecimentoA Sociedade dos Trabalhadores do Conhecimento
A Sociedade dos Trabalhadores do Conhecimento
 
Gestão do Conhecimento_ parte 1
Gestão do Conhecimento_ parte 1Gestão do Conhecimento_ parte 1
Gestão do Conhecimento_ parte 1
 
Gestão do conhecimento
Gestão do conhecimentoGestão do conhecimento
Gestão do conhecimento
 
Gestão do conhecimento empresarial
Gestão do conhecimento empresarialGestão do conhecimento empresarial
Gestão do conhecimento empresarial
 
Gestão do conhecimento FIA - 2011
Gestão do conhecimento FIA - 2011Gestão do conhecimento FIA - 2011
Gestão do conhecimento FIA - 2011
 
Gerenciamento Do Conhecimento
Gerenciamento Do ConhecimentoGerenciamento Do Conhecimento
Gerenciamento Do Conhecimento
 
Gestão de equipes para professores v final
Gestão de equipes para professores v finalGestão de equipes para professores v final
Gestão de equipes para professores v final
 
CKO - O Profissional de Gestão do Conhecimento (GC) e suas funções
CKO - O Profissional de Gestão do Conhecimento (GC) e suas funçõesCKO - O Profissional de Gestão do Conhecimento (GC) e suas funções
CKO - O Profissional de Gestão do Conhecimento (GC) e suas funções
 
Gestao do Conhecimento 7 Dimensoes
Gestao do Conhecimento 7 DimensoesGestao do Conhecimento 7 Dimensoes
Gestao do Conhecimento 7 Dimensoes
 
Danielle de rosa castro 10
Danielle de rosa castro 10Danielle de rosa castro 10
Danielle de rosa castro 10
 
Apresentação do Gestão do Conhecimento e Capital Intelectual
Apresentação do Gestão do Conhecimento e Capital IntelectualApresentação do Gestão do Conhecimento e Capital Intelectual
Apresentação do Gestão do Conhecimento e Capital Intelectual
 
Gestão do Conhecimento
Gestão do ConhecimentoGestão do Conhecimento
Gestão do Conhecimento
 
Gestão do Conhecimento
Gestão do ConhecimentoGestão do Conhecimento
Gestão do Conhecimento
 
Novas abordagens para a Gestão do Conhecimento
Novas abordagens para a Gestão do ConhecimentoNovas abordagens para a Gestão do Conhecimento
Novas abordagens para a Gestão do Conhecimento
 

Destaque

Gestao De Conhecimento Em Bibliotecas Universitarias
Gestao De Conhecimento Em Bibliotecas UniversitariasGestao De Conhecimento Em Bibliotecas Universitarias
Gestao De Conhecimento Em Bibliotecas Universitarias
Elisabeth Dudziak
 
O Plano RelaçõEs PúBlicas Icp 17 Junho2010
O Plano RelaçõEs PúBlicas Icp 17 Junho2010O Plano RelaçõEs PúBlicas Icp 17 Junho2010
O Plano RelaçõEs PúBlicas Icp 17 Junho2010
pcmarques
 
A história e os caminhos da gestão escolar
A história e os caminhos da gestão escolarA história e os caminhos da gestão escolar
A história e os caminhos da gestão escolar
marliceci
 
Psicologia comunicação
Psicologia   comunicaçãoPsicologia   comunicação
Psicologia comunicação
Arlane
 
Plano de Comunicação & Plano de Marketing
Plano de Comunicação & Plano de MarketingPlano de Comunicação & Plano de Marketing
Plano de Comunicação & Plano de Marketing
Raissa Barros
 
Plano de comunicação
Plano de comunicaçãoPlano de comunicação
Plano de comunicação
Carlos Alves
 
Projeto de Implantação: Comunicação Interna
Projeto de Implantação: Comunicação InternaProjeto de Implantação: Comunicação Interna
Projeto de Implantação: Comunicação Interna
talitavallim
 
Barreiras a comunicação
Barreiras a comunicaçãoBarreiras a comunicação
Barreiras a comunicação
Martinha Vilaça
 
Plano de Comunicação Interna
Plano de Comunicação InternaPlano de Comunicação Interna
Plano de Comunicação Interna
Stéphani Oliveira
 
Plano de Comunicação Institucional
Plano de Comunicação InstitucionalPlano de Comunicação Institucional
Plano de Comunicação Institucional
carlosaugrib
 
Planejamento de comunicacao
Planejamento de comunicacaoPlanejamento de comunicacao
Planejamento de comunicacao
Bruno Mastrocolla
 

Destaque (11)

Gestao De Conhecimento Em Bibliotecas Universitarias
Gestao De Conhecimento Em Bibliotecas UniversitariasGestao De Conhecimento Em Bibliotecas Universitarias
Gestao De Conhecimento Em Bibliotecas Universitarias
 
O Plano RelaçõEs PúBlicas Icp 17 Junho2010
O Plano RelaçõEs PúBlicas Icp 17 Junho2010O Plano RelaçõEs PúBlicas Icp 17 Junho2010
O Plano RelaçõEs PúBlicas Icp 17 Junho2010
 
A história e os caminhos da gestão escolar
A história e os caminhos da gestão escolarA história e os caminhos da gestão escolar
A história e os caminhos da gestão escolar
 
Psicologia comunicação
Psicologia   comunicaçãoPsicologia   comunicação
Psicologia comunicação
 
Plano de Comunicação & Plano de Marketing
Plano de Comunicação & Plano de MarketingPlano de Comunicação & Plano de Marketing
Plano de Comunicação & Plano de Marketing
 
Plano de comunicação
Plano de comunicaçãoPlano de comunicação
Plano de comunicação
 
Projeto de Implantação: Comunicação Interna
Projeto de Implantação: Comunicação InternaProjeto de Implantação: Comunicação Interna
Projeto de Implantação: Comunicação Interna
 
Barreiras a comunicação
Barreiras a comunicaçãoBarreiras a comunicação
Barreiras a comunicação
 
Plano de Comunicação Interna
Plano de Comunicação InternaPlano de Comunicação Interna
Plano de Comunicação Interna
 
Plano de Comunicação Institucional
Plano de Comunicação InstitucionalPlano de Comunicação Institucional
Plano de Comunicação Institucional
 
Planejamento de comunicacao
Planejamento de comunicacaoPlanejamento de comunicacao
Planejamento de comunicacao
 

Semelhante a Gestão do conhecimento - SBGC e Correios

Gecon intro
Gecon introGecon intro
Gecon intro
Jose Sinotti
 
O Uso Da Informação E O Ciclo Da Informação Nas Organizações
O Uso Da Informação E O Ciclo Da Informação Nas OrganizaçõesO Uso Da Informação E O Ciclo Da Informação Nas Organizações
O Uso Da Informação E O Ciclo Da Informação Nas Organizações
Leonardo Moraes
 
Evento de GC no IPEA - Palestra de Abertura: Andre Saito
Evento de GC no IPEA - Palestra de Abertura: Andre SaitoEvento de GC no IPEA - Palestra de Abertura: Andre Saito
Evento de GC no IPEA - Palestra de Abertura: Andre Saito
inovaDay .
 
Apresentação pkm km brasil 2012
Apresentação pkm km brasil 2012Apresentação pkm km brasil 2012
Apresentação pkm km brasil 2012
Dobra Inova
 
Palestra gc ulbra
Palestra gc ulbraPalestra gc ulbra
Palestra gc ulbra
Bayardo Morales
 
Trabalhadores Do Conhecimento
Trabalhadores Do ConhecimentoTrabalhadores Do Conhecimento
Trabalhadores Do Conhecimento
Antonio Mendes Ribeiro
 
31 2320-1-pb
31 2320-1-pb31 2320-1-pb
31 2320-1-pb
Alecsandro Pontes
 
Gestão do Conhecimento
Gestão do Conhecimento Gestão do Conhecimento
Gestão do Conhecimento
Cleidiane Barbosa
 
Gestao do conhecimento
Gestao do conhecimentoGestao do conhecimento
Gestao do conhecimento
Charlley Luz
 
GC e Competitividade
GC e CompetitividadeGC e Competitividade
GC e Competitividade
Ana Maria Magni Coelho
 
Gestão do Conhecimento em Agências de Comunicação
Gestão do Conhecimento em Agências de ComunicaçãoGestão do Conhecimento em Agências de Comunicação
Gestão do Conhecimento em Agências de Comunicação
Cinara Moura
 
Gestão da informação – reconhecimento de área
Gestão da informação – reconhecimento de áreaGestão da informação – reconhecimento de área
Gestão da informação – reconhecimento de área
Luis Felipe
 
6 gestãodoconhecimento
6 gestãodoconhecimento6 gestãodoconhecimento
6 gestãodoconhecimento
Izabela Leite
 
Sistemas de Informação - Inteligencia coletiva parte 3
Sistemas de Informação - Inteligencia coletiva parte 3Sistemas de Informação - Inteligencia coletiva parte 3
Sistemas de Informação - Inteligencia coletiva parte 3
Paulo Sérgio Ramão
 
Gestao do conhecmiento e cultura organizacional
Gestao do conhecmiento e cultura organizacionalGestao do conhecmiento e cultura organizacional
Gestao do conhecmiento e cultura organizacional
pitanguinhass
 
Apresentação Maria Cecília Rizzi
Apresentação Maria Cecília RizziApresentação Maria Cecília Rizzi
Apresentação Maria Cecília Rizzi
bcoufscar
 
Gecon intro
Gecon introGecon intro
Gecon intro
Jose Sinotti
 
Engenharia do Conhecimento e Bibliotecas
Engenharia do Conhecimento e BibliotecasEngenharia do Conhecimento e Bibliotecas
Engenharia do Conhecimento e Bibliotecas
Roberto C. S. Pacheco
 
Gestão e sociedade do conhecimento: novos perfis profissionais
Gestão e sociedade do conhecimento: novos perfis profissionaisGestão e sociedade do conhecimento: novos perfis profissionais
Gestão e sociedade do conhecimento: novos perfis profissionais
Roberto C. S. Pacheco
 
Apresentação da monografia
Apresentação da monografiaApresentação da monografia
Apresentação da monografia
Jonathas Macêdo
 

Semelhante a Gestão do conhecimento - SBGC e Correios (20)

Gecon intro
Gecon introGecon intro
Gecon intro
 
O Uso Da Informação E O Ciclo Da Informação Nas Organizações
O Uso Da Informação E O Ciclo Da Informação Nas OrganizaçõesO Uso Da Informação E O Ciclo Da Informação Nas Organizações
O Uso Da Informação E O Ciclo Da Informação Nas Organizações
 
Evento de GC no IPEA - Palestra de Abertura: Andre Saito
Evento de GC no IPEA - Palestra de Abertura: Andre SaitoEvento de GC no IPEA - Palestra de Abertura: Andre Saito
Evento de GC no IPEA - Palestra de Abertura: Andre Saito
 
Apresentação pkm km brasil 2012
Apresentação pkm km brasil 2012Apresentação pkm km brasil 2012
Apresentação pkm km brasil 2012
 
Palestra gc ulbra
Palestra gc ulbraPalestra gc ulbra
Palestra gc ulbra
 
Trabalhadores Do Conhecimento
Trabalhadores Do ConhecimentoTrabalhadores Do Conhecimento
Trabalhadores Do Conhecimento
 
31 2320-1-pb
31 2320-1-pb31 2320-1-pb
31 2320-1-pb
 
Gestão do Conhecimento
Gestão do Conhecimento Gestão do Conhecimento
Gestão do Conhecimento
 
Gestao do conhecimento
Gestao do conhecimentoGestao do conhecimento
Gestao do conhecimento
 
GC e Competitividade
GC e CompetitividadeGC e Competitividade
GC e Competitividade
 
Gestão do Conhecimento em Agências de Comunicação
Gestão do Conhecimento em Agências de ComunicaçãoGestão do Conhecimento em Agências de Comunicação
Gestão do Conhecimento em Agências de Comunicação
 
Gestão da informação – reconhecimento de área
Gestão da informação – reconhecimento de áreaGestão da informação – reconhecimento de área
Gestão da informação – reconhecimento de área
 
6 gestãodoconhecimento
6 gestãodoconhecimento6 gestãodoconhecimento
6 gestãodoconhecimento
 
Sistemas de Informação - Inteligencia coletiva parte 3
Sistemas de Informação - Inteligencia coletiva parte 3Sistemas de Informação - Inteligencia coletiva parte 3
Sistemas de Informação - Inteligencia coletiva parte 3
 
Gestao do conhecmiento e cultura organizacional
Gestao do conhecmiento e cultura organizacionalGestao do conhecmiento e cultura organizacional
Gestao do conhecmiento e cultura organizacional
 
Apresentação Maria Cecília Rizzi
Apresentação Maria Cecília RizziApresentação Maria Cecília Rizzi
Apresentação Maria Cecília Rizzi
 
Gecon intro
Gecon introGecon intro
Gecon intro
 
Engenharia do Conhecimento e Bibliotecas
Engenharia do Conhecimento e BibliotecasEngenharia do Conhecimento e Bibliotecas
Engenharia do Conhecimento e Bibliotecas
 
Gestão e sociedade do conhecimento: novos perfis profissionais
Gestão e sociedade do conhecimento: novos perfis profissionaisGestão e sociedade do conhecimento: novos perfis profissionais
Gestão e sociedade do conhecimento: novos perfis profissionais
 
Apresentação da monografia
Apresentação da monografiaApresentação da monografia
Apresentação da monografia
 

Mais de Nei Grando

EduTech - Introdução à Smart Cities com ênfase em Educação - Nei Grando
EduTech - Introdução à Smart Cities com ênfase em Educação - Nei GrandoEduTech - Introdução à Smart Cities com ênfase em Educação - Nei Grando
EduTech - Introdução à Smart Cities com ênfase em Educação - Nei Grando
Nei Grando
 
Organize se por Decisões
Organize se por Decisões Organize se por Decisões
Organize se por Decisões
Nei Grando
 
Intodução ao StartupRadar
Intodução ao StartupRadarIntodução ao StartupRadar
Intodução ao StartupRadar
Nei Grando
 
Oito formas de conexao com startups
Oito formas de conexao com startupsOito formas de conexao com startups
Oito formas de conexao com startups
Nei Grando
 
Brasil rumo a industria 4.0
Brasil rumo a industria 4.0Brasil rumo a industria 4.0
Brasil rumo a industria 4.0
Nei Grando
 
Pixel Show - Inovação na Economia Criativa
Pixel Show - Inovação na Economia CriativaPixel Show - Inovação na Economia Criativa
Pixel Show - Inovação na Economia Criativa
Nei Grando
 
Papo de Mentor ABMEN em Taubaté-SP - Por que muitas startups falham? Dicas ...
Papo de Mentor ABMEN em Taubaté-SP  -  Por que muitas startups falham? Dicas ...Papo de Mentor ABMEN em Taubaté-SP  -  Por que muitas startups falham? Dicas ...
Papo de Mentor ABMEN em Taubaté-SP - Por que muitas startups falham? Dicas ...
Nei Grando
 
Exploration and Exploitation in Organizational Learning
Exploration and Exploitation in Organizational LearningExploration and Exploitation in Organizational Learning
Exploration and Exploitation in Organizational Learning
Nei Grando
 
Organize-se por decisões
Organize-se por decisõesOrganize-se por decisões
Organize-se por decisões
Nei Grando
 
Plano de Negócios, Pitch e MVP
Plano de Negócios, Pitch e MVPPlano de Negócios, Pitch e MVP
Plano de Negócios, Pitch e MVP
Nei Grando
 
Porque tantas Startups falham?
Porque tantas Startups falham?Porque tantas Startups falham?
Porque tantas Startups falham?
Nei Grando
 
Transformação digital
Transformação digitalTransformação digital
Transformação digital
Nei Grando
 
Iniciativa Mentores do Brasil - Indicação de livros para empreendedores
Iniciativa Mentores do Brasil - Indicação de livros para empreendedoresIniciativa Mentores do Brasil - Indicação de livros para empreendedores
Iniciativa Mentores do Brasil - Indicação de livros para empreendedores
Nei Grando
 
Casos práticos de Empreendedorismo e Novos Negócios
Casos práticos de Empreendedorismo e Novos NegóciosCasos práticos de Empreendedorismo e Novos Negócios
Casos práticos de Empreendedorismo e Novos Negócios
Nei Grando
 
Innovation by Chinese EMNEs
Innovation by Chinese EMNEsInnovation by Chinese EMNEs
Innovation by Chinese EMNEs
Nei Grando
 
Negócios Digitais - Startups e Cases
Negócios Digitais - Startups e CasesNegócios Digitais - Startups e Cases
Negócios Digitais - Startups e Cases
Nei Grando
 
A Eco-inovação no desenvolvimento de produtos das organizações
A Eco-inovação no desenvolvimento de produtos das organizaçõesA Eco-inovação no desenvolvimento de produtos das organizações
A Eco-inovação no desenvolvimento de produtos das organizações
Nei Grando
 
What is disruptive innovation?
What is disruptive innovation?What is disruptive innovation?
What is disruptive innovation?
Nei Grando
 
Modelos para concepção de negócios inovadores
Modelos para concepção de negócios inovadoresModelos para concepção de negócios inovadores
Modelos para concepção de negócios inovadores
Nei Grando
 
Workshop sobre modelos de negocio (canvas) Empreenda-2015 no Insper
Workshop sobre modelos de negocio (canvas) Empreenda-2015 no InsperWorkshop sobre modelos de negocio (canvas) Empreenda-2015 no Insper
Workshop sobre modelos de negocio (canvas) Empreenda-2015 no Insper
Nei Grando
 

Mais de Nei Grando (20)

EduTech - Introdução à Smart Cities com ênfase em Educação - Nei Grando
EduTech - Introdução à Smart Cities com ênfase em Educação - Nei GrandoEduTech - Introdução à Smart Cities com ênfase em Educação - Nei Grando
EduTech - Introdução à Smart Cities com ênfase em Educação - Nei Grando
 
Organize se por Decisões
Organize se por Decisões Organize se por Decisões
Organize se por Decisões
 
Intodução ao StartupRadar
Intodução ao StartupRadarIntodução ao StartupRadar
Intodução ao StartupRadar
 
Oito formas de conexao com startups
Oito formas de conexao com startupsOito formas de conexao com startups
Oito formas de conexao com startups
 
Brasil rumo a industria 4.0
Brasil rumo a industria 4.0Brasil rumo a industria 4.0
Brasil rumo a industria 4.0
 
Pixel Show - Inovação na Economia Criativa
Pixel Show - Inovação na Economia CriativaPixel Show - Inovação na Economia Criativa
Pixel Show - Inovação na Economia Criativa
 
Papo de Mentor ABMEN em Taubaté-SP - Por que muitas startups falham? Dicas ...
Papo de Mentor ABMEN em Taubaté-SP  -  Por que muitas startups falham? Dicas ...Papo de Mentor ABMEN em Taubaté-SP  -  Por que muitas startups falham? Dicas ...
Papo de Mentor ABMEN em Taubaté-SP - Por que muitas startups falham? Dicas ...
 
Exploration and Exploitation in Organizational Learning
Exploration and Exploitation in Organizational LearningExploration and Exploitation in Organizational Learning
Exploration and Exploitation in Organizational Learning
 
Organize-se por decisões
Organize-se por decisõesOrganize-se por decisões
Organize-se por decisões
 
Plano de Negócios, Pitch e MVP
Plano de Negócios, Pitch e MVPPlano de Negócios, Pitch e MVP
Plano de Negócios, Pitch e MVP
 
Porque tantas Startups falham?
Porque tantas Startups falham?Porque tantas Startups falham?
Porque tantas Startups falham?
 
Transformação digital
Transformação digitalTransformação digital
Transformação digital
 
Iniciativa Mentores do Brasil - Indicação de livros para empreendedores
Iniciativa Mentores do Brasil - Indicação de livros para empreendedoresIniciativa Mentores do Brasil - Indicação de livros para empreendedores
Iniciativa Mentores do Brasil - Indicação de livros para empreendedores
 
Casos práticos de Empreendedorismo e Novos Negócios
Casos práticos de Empreendedorismo e Novos NegóciosCasos práticos de Empreendedorismo e Novos Negócios
Casos práticos de Empreendedorismo e Novos Negócios
 
Innovation by Chinese EMNEs
Innovation by Chinese EMNEsInnovation by Chinese EMNEs
Innovation by Chinese EMNEs
 
Negócios Digitais - Startups e Cases
Negócios Digitais - Startups e CasesNegócios Digitais - Startups e Cases
Negócios Digitais - Startups e Cases
 
A Eco-inovação no desenvolvimento de produtos das organizações
A Eco-inovação no desenvolvimento de produtos das organizaçõesA Eco-inovação no desenvolvimento de produtos das organizações
A Eco-inovação no desenvolvimento de produtos das organizações
 
What is disruptive innovation?
What is disruptive innovation?What is disruptive innovation?
What is disruptive innovation?
 
Modelos para concepção de negócios inovadores
Modelos para concepção de negócios inovadoresModelos para concepção de negócios inovadores
Modelos para concepção de negócios inovadores
 
Workshop sobre modelos de negocio (canvas) Empreenda-2015 no Insper
Workshop sobre modelos de negocio (canvas) Empreenda-2015 no InsperWorkshop sobre modelos de negocio (canvas) Empreenda-2015 no Insper
Workshop sobre modelos de negocio (canvas) Empreenda-2015 no Insper
 

Gestão do conhecimento - SBGC e Correios

  • 1. 8ª Ed. Encontros de Aprendizagem em GC&i: Conceitos, Práticas e Casos Introdução a Gestão do Conhecimento nas Organizações Nei Grando - 17 de Abril / 2012
  • 2. Introdução "O amor, mais que o conhecimento, é necessário para conduzir a alma dos homens à sua perfeição.“ Irineu de Lyon
  • 3. Gestão do Conhecimento nas Organizações Introdução à GC nas Organizações
  • 5. Gestão do Conhecimento nas Organizações “Sábio não é aquele que conhece muitas coisas, mas aquele que conhece coisas úteis.” – Ésquilo “Nós não vemos as coisas como elas são. Nós vemos as coisas como nós somos.“ - Anaïs Nin
  • 6. Dados, Informações e Conhecimento Dados: são registros sem significado inerente, que se transformam em informações ao adquirirem significado. São constituídos por fatos, textos, gráficos, imagens, sons, registros ainda não processados, correlacionados, avaliados ou interpretados. Vide artigo: Introdução a Gestão do Conhecimento nas Organizações
  • 7. Dados, Informações e Conhecimento Informações: são dados que tem relevância, propósito e causam impacto no julgamento ou comportamento do indivíduo. São dados que já receberam algum processamento e podem ser apresentados de modo inteligível por usuários que dependem da informação para tomar suas decisões. Vide artigo: Introdução a Gestão do Conhecimento nas Organizações
  • 8. Dados, Informações , Conhecimento Conhecimento: pode ser visto como um conjunto de informações reconhecidas e integradas pela pessoa dentro de um esquema pré-existente. Isto significa que as informações são transformadas em conhecimento por meio da intervenção de pessoas, seja reconhecendo estas informações, seja integrando-as. Ele está mais próximo da ação e está relacionado ao uso inteligente da informação (Davenport e Prusak). O conhecimento é uma relação entre o sujeito e o objeto (Becker – 2001).
  • 9. EXEMPLOS: Dados, Informações , Conhecimento 016811 pɐʇɐ' ɯɐsɔɐɹá ɯɯɐɐpp' uɐsɔıɯǝuʇo O que significa conhecer alguém? Nome, características físicas, relações familiares Formação, profissão, competências, experiências, perfil, ... Como aprender? Como ensinar? 0 e 1, 01010101 ɔdn' ɯǝɯóɹıɐ' ƃɐqıuǝʇǝ' pısdosıʇıʌos' so' dɹoƃɹɐɯɐ
  • 10. EXEMPLOS: Conhecimento , simples e complexo As diferentes formas de “olhar” para uma flor: - Arte: fotografia, poesia, .. (beleza, simplicidade, sentimento, ...) - Biologia (vida, espécie, taxonomia, ...) - Física (peso, tamanho, cor, ...) - Química (extrato, perfume, ...), farmacêutica (remédios, ...) - Jardinagem - Comércio (negócio, vendas, ...) - Namorado presenteando, namorada recebendo (romance, ...) As disciplinas, as Universidades (multidisciplinares) x Transdisciplinaridade (vide: flor)
  • 11. Conhecimento Tácito e Conhecimento Explícito O conhecimento tácito é subjetivo, individual não articulado e não codificado. Representado a partir de modelos mentais, esquemas e roteiros, crenças, percepções, sentimentos. Ele é construído com a prática, na história do indivíduo, a partir do seu olhar cognitivo sobre a realidade na qual se insere. Dessa maneira, é único, pessoal, difícil de transmitir e compartilhar. O conhecimento explícito é objetivo. Resulta da representação externa a partir da explicitação formal, traduzidos em figuras e fotos, intranet, mapas de aprendizagem, textos e toda e qualquer produção de conhecimento fisicamente exteriorizada. Vide artigo: Introdução a Gestão do Conhecimento nas Organizações
  • 12. Exemplos de Conhecimento Tácito Como domar um leão em 5 passos: 1 – Pegue um banquinho 2 – Pegue um chicote 3 – Entre na jáula 4 – Mostre quem manda 5 – Se não der certo ... Como se transfere tal conhecimento, como se ensina?
  • 13. Exemplos de Conhecimento Tácito Como se transfere tal conhecimento, como se ensina? Você não aprende andar de bicicleta: • Lendo um livro • Assistindo um filme • Andando na garupa de outra pessoa • Tendo apenas fé que vai conseguir Você aprende fazendo, devagar ...
  • 14. Formas de Conversão do Conhecimento Fonte: Adaptado de Nonaka; Takeuchi (1997 p. 80)
  • 15. Criação do conhecimento e o ambiente BA Fonte: Nonaka e Konno (1998, p. 46)
  • 16. Ambiente Competitivo Fonte: E. Carmello, Entheusiasmos. Soc. Industrial Mutação (tecnológica, Econômica e Social) Soc. do Conhecimento
  • 17. Gestão do Conhecimento – O que é? Saber o que você sabe. Saber o que é estratégico. “É o processo pelo qual a organização gera riqueza, a partir do seu conhecimento ou capital intelectual.” - Bukowitz e Williams (2002) “É o processo pelo qual uma organização consciente e sistematicamente coleta, organiza, compartilha e analisa seu acervo de conhecimento para atingir os seus objetivos.” - Falcão e Bresciani (1999) “É a geração, representação, estoque, transferência, transformação, aplicação, incorporação e proteção do conhecimento.”
  • 18. VÍDEO: An Introduction to Knowledge Management
  • 19. Gestão do Conhecimento – Principais objetivos • Compartilhar melhores práticas em gestão; • Compartilhar melhores práticas em projeto; • Acelerar a inovação (Processos, Produto, Modelos de Negócios); • Reduzir silos de informação; • Mapear o conhecimento; • Valorizar o capital intelectual; • Reter talentos; • Mapear as competências individuais; • Facilitar a contribuição individual; • Organizar a informação; • Alinhar a organização; e outros.
  • 20. Gestão do Conhecimento – Objetivos da Empresa • Reter o conhecimento; • Garantir a sustentabilidade da empresa; • Acelerar a geração de novos conhecimentos; • Melhorar o processo decisório; • Reduzir custos e retrabalho; • Descobrir o capital intelectual já existente; • Gerar novas receitas com base na reutilização do capital intelectual existente na empresa; • Proteger o capital intelectual existente na empresa; • Servir melhor os clientes; • Acelerar o aprendizado e aumentar o conhecimento dos colaboradores.
  • 21. Mapa Conceitual da Gestão do Conhecimento Fonte: Carvalho; Souza: Loureiro (2002) Objeto: Mapeamento da área de conhecimento “Gestão do conhecimento” Utilização do mapa: a) processo: mapeamento das áreas envolvidas na gestão do conhecimento; b) produto: suporte para o entendimento das correlações entre vários domínios de conhecimentos.
  • 22. Dimensões da Gestão do Conhecimento
  • 23. Abordagens sobre a GC nas Organizações Abordagem Fenomenológica Abordagem Objetivista Visão oriental (japonesa) que enfatiza as Visão ocidental (americana) que enfatiza pessoas e o conhecimento tácito. as informações e o conhecimento explícito. Conhecimento está nas pessoas. Conhecimento está nas informações. Líder do Projeto RH Líder do Projeto TI Conhecimento como processo Conhecimento como objeto Foco nas pessoas Foco nas informações Disseminar conhecimento Armazenar conhecimento Construir redes de colaboração Criar repositórios
  • 24. Gestão do Conhecimento – Melhores Práticas • As iniciativas devem ter objetivos claros e métricas definidas. • A GC deve ter uma abrangência vertical e horizontal. Introdução via alta gerência para as camadas operacionais, e aplicada paulatinamente nos departamentos ou áreas. • A disseminação do conhecimento deve explorar os canais estabelecidos com complementaridade (virtual, mural, jornal, sala de café, redes sociais, etc.). • Ferramentas para Conhecimento Tácito: técnicas de narrativa (storytelling), páginas amarelas, comunidades de prática etc.. • Ferramentas para Conhecimento Explícito: intranet, portal corporativo, mídia social, universidade corporativa. • Outras ferramentas de apoio: ERP, CRM, GED, BSC/BI, ..., Canvas BMGen (Modelos de Negócio), Design Thinking (Inovação)
  • 25. Mudanças Necessárias “Mudar é difícil. Não, mudar é fatal.” Anônimo O mundo está mundando muito rápidamente. Mudanças Tecnológicas Mudanças Econômicas Mudanças Sociais e Políticas ...
  • 26. Citação Final “A mente que se abre a uma nova idéia jamais volta ao seu tamanho original.” Albert Einstein
  • 27. Muito Obrigado! www.sbgc.org.br Nei Grando http://neigrando.blog.br @sbgcnacional nei.grando@gmail.com @neigrando www.linkedin.com/in/neigrando www.correios.com.br