SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 63
Baixar para ler offline
AlessandroAlmeida | www.alessandroalmeida.com
02/04/2014
1° Semestre de 2014
SIN-NA7
Quarta-feira, 16 de
abril
Se preparando para que tudo dê certo...
Execução
Monitoramento
Encerram
ento
Iniciação Planejamento
Execução
Monitoramento
Encerram
ento
Iniciação Planejamento
1. Detalhar o
mapeamento
dos
stakeholders
do projeto
2. Detalhar o
Escopo do
projeto
3. Detalhar a
EAP e o
Cronograma
4. Criar o
Plano de
Comunicação
5. Criar o
Plano de
Recursos
Humanos
6. Criar o
Plano de
Riscos
7.Validar e
divulgar os
planos do
projeto
Planejamento
1. Detalhar o
mapeamento
dos
stakeholders
do projeto
2. Detalhar o
Escopo do
projeto
3. Detalhar a
EAP e o
Cronograma
4. Criar o
Plano de
Comunicação
5. Criar o
Plano de
Recursos
Humanos
6. Criar o
Plano de
Riscos
7.Validar e
divulgar os
planos do
projeto
Planejamento
1. Detalhar o
mapeamento
dos
stakeholders
do projeto
2. Detalhar o
Escopo do
projeto
3. Detalhar a
EAP e o
Cronograma
4. Criar o
Plano de
Comunicação
5. Criar o
Plano de
Recursos
Humanos
6. Criar o
Plano de
Riscos
7.Validar e
divulgar os
planos do
projeto
Planejamento
 Engloba (também, mas não somente) os
seguintes tópicos...
 Quem fará parte da equipe?
 Como a equipe do projeto será estruturada?
(organograma)
 Engloba (também, mas não somente) os
seguintes tópicos...
 Quais são as habilidades e conhecimentos
necessários para realizar o projeto?
 Treinamentos serão necessários?
 É necessário contratar alguém?
 Engloba (também, mas não somente) os
seguintes tópicos...
 Quais são as habilidades e conhecimentos
necessários para realizar o projeto?
 Treinamentos serão necessários?
 É necessário contratar alguém?
Não deixe para pensar nos Recursos
Humanos somente quando o projeto
entrar na execução!
1. Detalhar o
mapeamento
dos
stakeholders
do projeto
2. Detalhar o
Escopo do
projeto
3. Detalhar a
EAP e o
Cronograma
4. Criar o
Plano de
Comunicação
5. Criar o
Plano de
Recursos
Humanos
6. Criar o
Plano de
Riscos
7.Validar e
divulgar os
planos do
projeto
Planejamento
1. Detalhar o
mapeamento
dos
stakeholders
do projeto
2. Detalhar o
Escopo do
projeto
3. Detalhar a
EAP e o
Cronograma
4. Criar o
Plano de
Comunicação
5. Criar o
Plano de
Recursos
Humanos
6. Criar o
Plano de
Riscos
7.Validar e
divulgar os
planos do
projeto
Planejamento
1. Detalhar o
mapeamento
dos
stakeholders
do projeto
2. Detalhar o
Escopo do
projeto
3. Detalhar a
EAP e o
Cronograma
4. Criar o
Plano de
Comunicação
5. Criar o
Plano de
Recursos
Humanos
6. Criar o
Plano de
Riscos
7.Validar e
divulgar os
planos do
projeto
Planejamento
 Primeiro, vamos entender a definição de
risco...
 Definição do PMBOK, 4ª edição:
 Um evento ou condição incerta que, se ocorrer,
provocará um efeito positivo ou negativo nos
objetivos de um projeto
 O risco envolve...
 Incerteza
 Impacto
 Probabilidade
 Oportunidades
 Ameaças
 Fonte da imagem “Risco de Afogamento”:
 http://www.flickr.com/photos/kiko_fernandes
/4148281427/
 Risco...
 de atraso
 de não atender o escopo
 de não cumprir o orçamento
 de não ser homologado
 de algum membro da equipe sair da empresa
 Risco...
 de entregar antes do prazo
 de surpreender o cliente com funcionalidades
adicionais
 de aproveitar uma nova tecnologia que facilitará a
implementação de funcionalidades
 de empreender com o ProjetoTCC
 Premissa
 São fatores que, para fins de planejamento, são
considerados verdadeiros, reais ou certos sem
prova ou demonstração
 Talvez o seu projeto dependa de alguma premissa
para dar certo
 Restrição
 Limitação ou imposição de limite
 Seu projeto precisa ser realizado dentro do limite
definido
 Premissa:Talvez o seu projeto dependa de
alguma premissa para dar certo...
▪ A Roberta, especialista em BI, vai participar do projeto.
▪ O cliente vai disponibilizar um analista de negócios em
tempo integral na fase de levantamento de requisitos.
 Restrição: Seu projeto precisa ser realizado
dentro do limite definido...
▪ O projeto precisa ser concluído antes de 31/12
▪ O custo não pode ultrapassar R$ 500.000
 Premissas e restrições são um bom ponto de
partida para identificação dos riscos a serem
monitorados...
 A Roberta, especialista em BI, vai participar do
projeto.
▪ Quais eventos podem tirar a Roberta do projeto?
▪ O que faremos se ela sair?
 O projeto precisa ser concluído antes de 31/12
▪ Quais eventos podem fazer com que o projeto atrase?
▪ O que faremos se o projeto atrasar?
 Benchmarking
 Entrevistas
 Check-lists
 Opinião especializada
 Consultoria
 Brainstorming
 Lições aprendidas
 Benchmarking
 Entrevistas
 Check-lists
 Opinião especializada
 Consultoria
 Brainstorming
 Lições aprendidas
 Tempestade de idéias ou “toró de parpite”
 Diferenças de pensamentos e experiências
geram novas ideias
 Compartilhar as ideias, sem filtros
 Julgamento pode “bloquear” o processo
 A avaliação das ideias é feita no final da sessão de
brainstorming
 Base histórica de riscos em outros projetos
 Reuniões entre equipes
 Aprendizado Inter-projetos (http://finito-
log.blogspot.com/2004/08/o-aprendizado-inter-
projetos.html)
# Descrição Fonte
001 Entrega fora do prazo Falta de planejamento
002 Escopo não atendido
Mapeamento de requisitos
inexistente
003 Não aceitação do sistema pelos clientes Tecnologia nova
# Descrição FONTE
001 Entrega fora do prazo Falta de planejamento
002 Escopo não atendido
Mapeamento de requisitos
inexistente
003 Não aceitação do sistema pelos clientes Tecnologia nova
Importante: Uma única fonte pode
gerar diversos riscos
 Vários riscos serão identificados
 A análise permite priorizar o foco no
tratamento dos riscos!
 Probabilidade: Qual é a chance do risco ocorrer?
 Impacto: Qual é o “tamanho” dos danos ou
benefícios, caso o risco ocorra?
 Probabilidade x Impacto = Prioridade, Criticidade
ou Peso do risco
# Descrição Prob. Imp. Criticidade
001 Entrega fora do prazo 4 5 20
002 Escopo não atendido 3 4 12
003
Não aceitação do sistema
pelos clientes
2 3 6
Estratégia de Resposta e Plano de Ação
 Quando for um risco negativo...
 Eliminar: Remover totalmente a ameaça (pode
envolver mudanças radicais)
 Transferir: Repassar o risco para um terceiro, mas não
o elimina (por exemplo: Seguro)
 Mitigar: Reduzir o impacto ou a probabilidade
 Aceitar: Conheço o risco, sua probabilidade e seu
impacto, mas concluí que é melhor “deixar a vida me
levar” e atuar somente se o risco ocorrer
 Quando for um risco positivo...
 Explorar: Direciono recursos para garantir que a
oportunidade se concretize
 Compartilhar: Envolvo um terceiro na exploração da
oportunidade (por exemplo:Criação de uma joint
venture)
 Melhorar: Realizo ações para ampliar a probabilidade
ou impacto positivo da oportunidade
 Aceitar: Não tomarei ação, somente aproveitando os
resultados caso a oportunidade se concretize
 O plano de ação pode ser simples ou
complexo, contemplando desde uma única
ação até a participação de diversos
stakeholders e fornecedores
 O fundamental é que o Gerente de Projeto
avalie, considerando a criticidade do risco,
quais ações são necessárias para que a
estratégia de resposta seja executada
# Descrição Criticidade
Estratégia de
Resposta ao
Risco
Plano de Ação
001
Entrega fora do
prazo
20 Mitigar O que fazer?
Como fazer?
Quem fará?
Quanto vai custar?
Quem será
envolvido?
002 Escopo não atendido 12 Mitigar
003
Não aceitação do
sistema pelos
clientes
6 Aceitar
1. Detalhar o
mapeamento
dos
stakeholders
do projeto
2. Detalhar o
Escopo do
projeto
3. Detalhar a
EAP e o
Cronograma
4. Criar o
Plano de
Comunicação
5. Criar o
Plano de
Recursos
Humanos
6. Criar o
Plano de
Riscos
7.Validar e
divulgar os
planos do
projeto
Planejamento
1. Detalhar o
mapeamento
dos
stakeholders
do projeto
2. Detalhar o
Escopo do
projeto
3. Detalhar a
EAP e o
Cronograma
4. Criar o
Plano de
Comunicação
5. Criar o
Plano de
Recursos
Humanos
6. Criar o
Plano de
Riscos
7.Validar e
divulgar os
planos do
projeto
Planejamento
1. Detalhar o
mapeamento
dos
stakeholders
do projeto
2. Detalhar o
Escopo do
projeto
3. Detalhar a
EAP e o
Cronograma
4. Criar o
Plano de
Comunicação
5. Criar o
Plano de
Recursos
Humanos
6. Criar o
Plano de
Riscos
7.Validar e
divulgar os
planos do
projeto
Planejamento
 Fez tudo direitinho? Então a validação será
tranquila...
 Bom... O fato é que não depende somente de
você...
▪ Sponsor
▪ Estrutura Organizacional
▪ Mapa do poder
 Depois é só divulgar os planos para os
stakeholders e começar a Execução
Execução
Monitoramento
Encerram
ento
Iniciação Planejamento
 Etapa crítica do projeto...
 A forma como é realizada tem influência direta no
sucesso ou fracasso
 Deve ser objetiva...
 Foco nos documentos e ferramentas que
realmente agregam
 O Gerente de Projeto direciona...
 Mas não faz tudo sozinho
Documentação do Planejamento do Projeto
1. Mapeamento dos Stakeholders
 Identificar os stakeholders do Projeto TCC e a
influência que cada um pode exercer sobre o
projeto
2. Declaração de Escopo
 Não é necessário reescrever o escopo do produto,
basta anexar os documentos que o descrevem
(Descrição de Caso de Uso, Diagramas, etc.)
3. Estrutura Analítica do Projeto
4. Cronograma
 Não é necessário considerar as atividades já
realizadas
5. Plano de Comunicação
 Definam as ferramentas de comunicação que
serão utilizadas dentro do ProjetoTCC
 Como vocês irão se comunicar com os
professores?
▪ Orientadores (TCC e disciplinas específicas)
▪ Possíveis componentes da banca
 Como vocês irão se comunicar com o cliente e
com os demais stakeholders mapeados?
6. Plano de Recursos Humanos:
 Quais são os papéis e as responsabilidades de
cada membro da equipe
▪ Lembrem-se das informações iniciais, registradas no
Termo de Abertura
▪ É o momento de detalhar as responsabilidades
 Como a equipe será estruturada?
 Quais são as habilidades e conhecimentos
necessários para realizar o ProjetoTCC?
7. Plano de Riscos
Todos os arquivos estão disponíveis no
endereço
www.alessandroalmeida.com/SIN-
NA7_1oSem_2014.htm
(coluna Outros Documentos)
Data da Entrega:
09/04 (quarta-feira)
alessandro.almeida@uol.com.br
www.alessandroalmeida.com/unifieo.htm
www.slideshare.net/alessandroalmeida

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Mais procurados (20)

Gestão de Projetos e Empreendedorismo: TAD-NC4 (09/09/2013)
Gestão de Projetos e Empreendedorismo: TAD-NC4 (09/09/2013)Gestão de Projetos e Empreendedorismo: TAD-NC4 (09/09/2013)
Gestão de Projetos e Empreendedorismo: TAD-NC4 (09/09/2013)
 
Gestão de Projetos e Empreendedorismo: SIN-NA7 (11/09/2013)
Gestão de Projetos e Empreendedorismo: SIN-NA7 (11/09/2013) Gestão de Projetos e Empreendedorismo: SIN-NA7 (11/09/2013)
Gestão de Projetos e Empreendedorismo: SIN-NA7 (11/09/2013)
 
Gestão de Projetos (10/09/2014)
Gestão de Projetos (10/09/2014)Gestão de Projetos (10/09/2014)
Gestão de Projetos (10/09/2014)
 
Gestão de Projetos e Empreendedorismo (09/04/2013)
Gestão de Projetos e Empreendedorismo (09/04/2013)Gestão de Projetos e Empreendedorismo (09/04/2013)
Gestão de Projetos e Empreendedorismo (09/04/2013)
 
Gestão de Projetos e Empreendedorismo (15/05/2013)
Gestão de Projetos e Empreendedorismo (15/05/2013)Gestão de Projetos e Empreendedorismo (15/05/2013)
Gestão de Projetos e Empreendedorismo (15/05/2013)
 
Gestão de Projetos e Empreendedorismo: SIN-NA7 (20/08/2013)
Gestão de Projetos e Empreendedorismo: SIN-NA7 (20/08/2013) Gestão de Projetos e Empreendedorismo: SIN-NA7 (20/08/2013)
Gestão de Projetos e Empreendedorismo: SIN-NA7 (20/08/2013)
 
Gestão de Projetos e Empreendedorismo: TAD-NC4 (21/10/2013)
Gestão de Projetos e Empreendedorismo: TAD-NC4 (21/10/2013)Gestão de Projetos e Empreendedorismo: TAD-NC4 (21/10/2013)
Gestão de Projetos e Empreendedorismo: TAD-NC4 (21/10/2013)
 
GP4US - Gerenciamento de Riscos em Scrum
GP4US - Gerenciamento de Riscos em ScrumGP4US - Gerenciamento de Riscos em Scrum
GP4US - Gerenciamento de Riscos em Scrum
 
Apresentação Livro PMO Peso Pesado
Apresentação Livro PMO Peso PesadoApresentação Livro PMO Peso Pesado
Apresentação Livro PMO Peso Pesado
 
[slides] Empreendedorismo (2015: 2º semestre)
[slides] Empreendedorismo (2015: 2º semestre)[slides] Empreendedorismo (2015: 2º semestre)
[slides] Empreendedorismo (2015: 2º semestre)
 
Fm2 s curso completo gestão de projetos
Fm2 s  curso completo gestão de projetosFm2 s  curso completo gestão de projetos
Fm2 s curso completo gestão de projetos
 
[slides] Introdução à Gestão de Projetos (2015: 2º semestre)
[slides] Introdução à Gestão de Projetos (2015: 2º semestre)[slides] Introdução à Gestão de Projetos (2015: 2º semestre)
[slides] Introdução à Gestão de Projetos (2015: 2º semestre)
 
Gestão de Projetos e Empreendedorismo: TAD-NC4 (19/08/2013)
Gestão de Projetos e Empreendedorismo: TAD-NC4 (19/08/2013)Gestão de Projetos e Empreendedorismo: TAD-NC4 (19/08/2013)
Gestão de Projetos e Empreendedorismo: TAD-NC4 (19/08/2013)
 
Gestão de Projetos e Empreendedorismo (26/02/2014)
Gestão de Projetos e Empreendedorismo (26/02/2014)Gestão de Projetos e Empreendedorismo (26/02/2014)
Gestão de Projetos e Empreendedorismo (26/02/2014)
 
Curso Microsoft Project 2010 / 2013
Curso Microsoft Project 2010 / 2013Curso Microsoft Project 2010 / 2013
Curso Microsoft Project 2010 / 2013
 
[slides] Gestão da TI (2015: 2º semestre)
[slides] Gestão da TI (2015: 2º semestre)[slides] Gestão da TI (2015: 2º semestre)
[slides] Gestão da TI (2015: 2º semestre)
 
Treinamento Gestão de Projetos
Treinamento Gestão de ProjetosTreinamento Gestão de Projetos
Treinamento Gestão de Projetos
 
Como iniciar um projeto: Detalhes do que e preciso saber e fazer
Como iniciar um projeto: Detalhes do que e preciso saber e fazerComo iniciar um projeto: Detalhes do que e preciso saber e fazer
Como iniciar um projeto: Detalhes do que e preciso saber e fazer
 
Gestão de Projetos (18/08/2014)
Gestão de Projetos (18/08/2014)Gestão de Projetos (18/08/2014)
Gestão de Projetos (18/08/2014)
 
Gestão de projeto PMBOK 5 com um Toque Agil - praticas de fundamentos
Gestão de projeto PMBOK 5 com um Toque Agil -  praticas de fundamentosGestão de projeto PMBOK 5 com um Toque Agil -  praticas de fundamentos
Gestão de projeto PMBOK 5 com um Toque Agil - praticas de fundamentos
 

Semelhante a Gestão de Projetos e Empreendedorismo (02/04/2014)

Semelhante a Gestão de Projetos e Empreendedorismo (02/04/2014) (20)

Planejamento, Execução e Controle de Projetos: Aula 3
Planejamento, Execução e Controle de Projetos: Aula 3Planejamento, Execução e Controle de Projetos: Aula 3
Planejamento, Execução e Controle de Projetos: Aula 3
 
Gestão de Projetos (24/09/2014)
Gestão de Projetos (24/09/2014)Gestão de Projetos (24/09/2014)
Gestão de Projetos (24/09/2014)
 
Gestão de Projetos (18/03/2015)
Gestão de Projetos (18/03/2015)Gestão de Projetos (18/03/2015)
Gestão de Projetos (18/03/2015)
 
Gestão de Projetos e Empreendedorismo: TAD-NC4 (30/09/2013)
Gestão de Projetos e Empreendedorismo: TAD-NC4 (30/09/2013)Gestão de Projetos e Empreendedorismo: TAD-NC4 (30/09/2013)
Gestão de Projetos e Empreendedorismo: TAD-NC4 (30/09/2013)
 
Gestão de Projetos e Empreendedorismo: TAD-NC4 (12/09/2013)
Gestão de Projetos e Empreendedorismo: TAD-NC4 (12/09/2013)Gestão de Projetos e Empreendedorismo: TAD-NC4 (12/09/2013)
Gestão de Projetos e Empreendedorismo: TAD-NC4 (12/09/2013)
 
Gestão de Projetos e Empreendedorismo (17/02/2014)
Gestão de Projetos e Empreendedorismo (17/02/2014)Gestão de Projetos e Empreendedorismo (17/02/2014)
Gestão de Projetos e Empreendedorismo (17/02/2014)
 
Gestão de Projetos e Empreendedorismo: SIN-NA7 (08/10/2013)
Gestão de Projetos e Empreendedorismo: SIN-NA7 (08/10/2013)Gestão de Projetos e Empreendedorismo: SIN-NA7 (08/10/2013)
Gestão de Projetos e Empreendedorismo: SIN-NA7 (08/10/2013)
 
Gestão de Projetos e Empreendedorismo: SIN-NA7 (24/09/2013)
Gestão de Projetos e Empreendedorismo: SIN-NA7 (24/09/2013)Gestão de Projetos e Empreendedorismo: SIN-NA7 (24/09/2013)
Gestão de Projetos e Empreendedorismo: SIN-NA7 (24/09/2013)
 
Gestão de Projetos e Empreendedorismo (31/03/2014)
Gestão de Projetos e Empreendedorismo (31/03/2014)Gestão de Projetos e Empreendedorismo (31/03/2014)
Gestão de Projetos e Empreendedorismo (31/03/2014)
 
Gestão de Projetos (15/09/2014)
Gestão de Projetos (15/09/2014)Gestão de Projetos (15/09/2014)
Gestão de Projetos (15/09/2014)
 
Planejamento e Gerenciamento de projetos
Planejamento e Gerenciamento de projetos Planejamento e Gerenciamento de projetos
Planejamento e Gerenciamento de projetos
 
Gestão de Projetos (05/05/2015)
Gestão de Projetos (05/05/2015)Gestão de Projetos (05/05/2015)
Gestão de Projetos (05/05/2015)
 
Gestão de Projetos e Empreendedorismo: TAD-NC4 (19/09/2013)
Gestão de Projetos e Empreendedorismo: TAD-NC4 (19/09/2013)Gestão de Projetos e Empreendedorismo: TAD-NC4 (19/09/2013)
Gestão de Projetos e Empreendedorismo: TAD-NC4 (19/09/2013)
 
PMO Implementation in CDTL (Training)
PMO Implementation in CDTL (Training)PMO Implementation in CDTL (Training)
PMO Implementation in CDTL (Training)
 
Planejamento, Execução e Controle de Projetos (07/04/2015)
Planejamento, Execução e Controle de Projetos (07/04/2015)Planejamento, Execução e Controle de Projetos (07/04/2015)
Planejamento, Execução e Controle de Projetos (07/04/2015)
 
Gestão de Projetos e Empreendedorismo: SIN-NA7 (22/10/2013)
Gestão de Projetos e Empreendedorismo: SIN-NA7 (22/10/2013)Gestão de Projetos e Empreendedorismo: SIN-NA7 (22/10/2013)
Gestão de Projetos e Empreendedorismo: SIN-NA7 (22/10/2013)
 
Gestão de Projetos (01/10/2014)
Gestão de Projetos (01/10/2014)Gestão de Projetos (01/10/2014)
Gestão de Projetos (01/10/2014)
 
PM Canvas - Um Resumo para Estudo
PM Canvas - Um Resumo para EstudoPM Canvas - Um Resumo para Estudo
PM Canvas - Um Resumo para Estudo
 
Marco-Logico-de-Projetos.ppt
Marco-Logico-de-Projetos.pptMarco-Logico-de-Projetos.ppt
Marco-Logico-de-Projetos.ppt
 
Marco-Logico-de-Projetos.ppt
Marco-Logico-de-Projetos.pptMarco-Logico-de-Projetos.ppt
Marco-Logico-de-Projetos.ppt
 

Mais de Alessandro Almeida

Mais de Alessandro Almeida (20)

[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)
[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)
[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)
 
[ServiceNow] Visão geral da plataforma
[ServiceNow] Visão geral da plataforma[ServiceNow] Visão geral da plataforma
[ServiceNow] Visão geral da plataforma
 
[ServiceNow] Visão geral da plataforma
[ServiceNow] Visão geral da plataforma[ServiceNow] Visão geral da plataforma
[ServiceNow] Visão geral da plataforma
 
[ServiceNow] Now Create
[ServiceNow] Now Create[ServiceNow] Now Create
[ServiceNow] Now Create
 
Comunicação Não Violenta: Roda de Conversa
Comunicação Não Violenta: Roda de ConversaComunicação Não Violenta: Roda de Conversa
Comunicação Não Violenta: Roda de Conversa
 
Uma visão prática (e parcial) sobre o Gerenciamento de Projetos, 2ª edição
Uma visão prática (e parcial) sobre o Gerenciamento de Projetos, 2ª ediçãoUma visão prática (e parcial) sobre o Gerenciamento de Projetos, 2ª edição
Uma visão prática (e parcial) sobre o Gerenciamento de Projetos, 2ª edição
 
[ServiceNow] Now Create
[ServiceNow] Now Create[ServiceNow] Now Create
[ServiceNow] Now Create
 
[ServiceNow] Governança da Plataforma (5ª edição)
[ServiceNow] Governança da Plataforma (5ª edição)[ServiceNow] Governança da Plataforma (5ª edição)
[ServiceNow] Governança da Plataforma (5ª edição)
 
[Projeto de Pesquisa] Psicanálise no processo de elaboração do luto
[Projeto de Pesquisa] Psicanálise no processo de elaboração do luto[Projeto de Pesquisa] Psicanálise no processo de elaboração do luto
[Projeto de Pesquisa] Psicanálise no processo de elaboração do luto
 
Obediência e conformidade no mundo corporativo: XX ENABRAPSO
Obediência e conformidade no mundo corporativo: XX ENABRAPSOObediência e conformidade no mundo corporativo: XX ENABRAPSO
Obediência e conformidade no mundo corporativo: XX ENABRAPSO
 
[ServiceNow] Governança das Instâncias (4ª edição)
[ServiceNow] Governança das Instâncias (4ª edição)[ServiceNow] Governança das Instâncias (4ª edição)
[ServiceNow] Governança das Instâncias (4ª edição)
 
[ServiceNow] Governança das Instâncias - 3ª versão
[ServiceNow] Governança das Instâncias - 3ª versão[ServiceNow] Governança das Instâncias - 3ª versão
[ServiceNow] Governança das Instâncias - 3ª versão
 
Design Thinking: Do Conceito ao Mundo Real [3ª edição]
Design Thinking: Do Conceito ao Mundo Real [3ª edição]Design Thinking: Do Conceito ao Mundo Real [3ª edição]
Design Thinking: Do Conceito ao Mundo Real [3ª edição]
 
[ServiceNow] Dicas para upgrade de Versão
[ServiceNow] Dicas para upgrade de Versão[ServiceNow] Dicas para upgrade de Versão
[ServiceNow] Dicas para upgrade de Versão
 
Design Thinking: Do Conceito ao Mundo Real [2ª edição]
Design Thinking: Do Conceito ao Mundo Real [2ª edição]Design Thinking: Do Conceito ao Mundo Real [2ª edição]
Design Thinking: Do Conceito ao Mundo Real [2ª edição]
 
[ServiceNow] Upgrade de Versão: "Boas" Práticas
[ServiceNow] Upgrade de Versão: "Boas" Práticas[ServiceNow] Upgrade de Versão: "Boas" Práticas
[ServiceNow] Upgrade de Versão: "Boas" Práticas
 
[Projeto Integrador] Psicologia Clínica
[Projeto Integrador] Psicologia Clínica[Projeto Integrador] Psicologia Clínica
[Projeto Integrador] Psicologia Clínica
 
[ServiceNow] Governança das Instâncias
[ServiceNow] Governança das Instâncias[ServiceNow] Governança das Instâncias
[ServiceNow] Governança das Instâncias
 
Templates: Mapa da Empatia, Canvas da Proposta de Valor, Canvas do Modelo de ...
Templates: Mapa da Empatia, Canvas da Proposta de Valor, Canvas do Modelo de ...Templates: Mapa da Empatia, Canvas da Proposta de Valor, Canvas do Modelo de ...
Templates: Mapa da Empatia, Canvas da Proposta de Valor, Canvas do Modelo de ...
 
Minicurso - Aplicando o Design Thinking para definir a proposta de valor e o ...
Minicurso - Aplicando o Design Thinking para definir a proposta de valor e o ...Minicurso - Aplicando o Design Thinking para definir a proposta de valor e o ...
Minicurso - Aplicando o Design Thinking para definir a proposta de valor e o ...
 

Último

Último (8)

Digitalização do varejo| Clienting no varejo: dados e tendências sobre relaci...
Digitalização do varejo| Clienting no varejo: dados e tendências sobre relaci...Digitalização do varejo| Clienting no varejo: dados e tendências sobre relaci...
Digitalização do varejo| Clienting no varejo: dados e tendências sobre relaci...
 
Opções estratégicas de competitividade.pdf
Opções estratégicas de competitividade.pdfOpções estratégicas de competitividade.pdf
Opções estratégicas de competitividade.pdf
 
Digitalização de varejo | Importe ou morra.
Digitalização de varejo | Importe ou morra.Digitalização de varejo | Importe ou morra.
Digitalização de varejo | Importe ou morra.
 
Digitalização do varejo | Como a logística pode ajudar na melhor experiência ...
Digitalização do varejo | Como a logística pode ajudar na melhor experiência ...Digitalização do varejo | Como a logística pode ajudar na melhor experiência ...
Digitalização do varejo | Como a logística pode ajudar na melhor experiência ...
 
Cavaleiros do Futebol: Equipamentos e Moda para Campeões.pptx
Cavaleiros do Futebol: Equipamentos e Moda para Campeões.pptxCavaleiros do Futebol: Equipamentos e Moda para Campeões.pptx
Cavaleiros do Futebol: Equipamentos e Moda para Campeões.pptx
 
Digitalização do varejo | Tecnologia na gestão do negócio: como alavancar a e...
Digitalização do varejo | Tecnologia na gestão do negócio: como alavancar a e...Digitalização do varejo | Tecnologia na gestão do negócio: como alavancar a e...
Digitalização do varejo | Tecnologia na gestão do negócio: como alavancar a e...
 
Digitalização do varejo | A importância do engajamento e fidelização de clien...
Digitalização do varejo | A importância do engajamento e fidelização de clien...Digitalização do varejo | A importância do engajamento e fidelização de clien...
Digitalização do varejo | A importância do engajamento e fidelização de clien...
 
Imóvel do Banco, Apartamento T5 com Sótão; Bank Property, Apartment near Cent...
Imóvel do Banco, Apartamento T5 com Sótão; Bank Property, Apartment near Cent...Imóvel do Banco, Apartamento T5 com Sótão; Bank Property, Apartment near Cent...
Imóvel do Banco, Apartamento T5 com Sótão; Bank Property, Apartment near Cent...
 

Gestão de Projetos e Empreendedorismo (02/04/2014)

  • 3. Se preparando para que tudo dê certo...
  • 6. 1. Detalhar o mapeamento dos stakeholders do projeto 2. Detalhar o Escopo do projeto 3. Detalhar a EAP e o Cronograma 4. Criar o Plano de Comunicação 5. Criar o Plano de Recursos Humanos 6. Criar o Plano de Riscos 7.Validar e divulgar os planos do projeto Planejamento
  • 7. 1. Detalhar o mapeamento dos stakeholders do projeto 2. Detalhar o Escopo do projeto 3. Detalhar a EAP e o Cronograma 4. Criar o Plano de Comunicação 5. Criar o Plano de Recursos Humanos 6. Criar o Plano de Riscos 7.Validar e divulgar os planos do projeto Planejamento
  • 8. 1. Detalhar o mapeamento dos stakeholders do projeto 2. Detalhar o Escopo do projeto 3. Detalhar a EAP e o Cronograma 4. Criar o Plano de Comunicação 5. Criar o Plano de Recursos Humanos 6. Criar o Plano de Riscos 7.Validar e divulgar os planos do projeto Planejamento
  • 9.  Engloba (também, mas não somente) os seguintes tópicos...  Quem fará parte da equipe?  Como a equipe do projeto será estruturada? (organograma)
  • 10.  Engloba (também, mas não somente) os seguintes tópicos...  Quais são as habilidades e conhecimentos necessários para realizar o projeto?  Treinamentos serão necessários?  É necessário contratar alguém?
  • 11.  Engloba (também, mas não somente) os seguintes tópicos...  Quais são as habilidades e conhecimentos necessários para realizar o projeto?  Treinamentos serão necessários?  É necessário contratar alguém? Não deixe para pensar nos Recursos Humanos somente quando o projeto entrar na execução!
  • 12. 1. Detalhar o mapeamento dos stakeholders do projeto 2. Detalhar o Escopo do projeto 3. Detalhar a EAP e o Cronograma 4. Criar o Plano de Comunicação 5. Criar o Plano de Recursos Humanos 6. Criar o Plano de Riscos 7.Validar e divulgar os planos do projeto Planejamento
  • 13. 1. Detalhar o mapeamento dos stakeholders do projeto 2. Detalhar o Escopo do projeto 3. Detalhar a EAP e o Cronograma 4. Criar o Plano de Comunicação 5. Criar o Plano de Recursos Humanos 6. Criar o Plano de Riscos 7.Validar e divulgar os planos do projeto Planejamento
  • 14. 1. Detalhar o mapeamento dos stakeholders do projeto 2. Detalhar o Escopo do projeto 3. Detalhar a EAP e o Cronograma 4. Criar o Plano de Comunicação 5. Criar o Plano de Recursos Humanos 6. Criar o Plano de Riscos 7.Validar e divulgar os planos do projeto Planejamento
  • 15.  Primeiro, vamos entender a definição de risco...
  • 16.  Definição do PMBOK, 4ª edição:  Um evento ou condição incerta que, se ocorrer, provocará um efeito positivo ou negativo nos objetivos de um projeto
  • 17.  O risco envolve...  Incerteza  Impacto  Probabilidade  Oportunidades  Ameaças
  • 18.
  • 19.  Fonte da imagem “Risco de Afogamento”:  http://www.flickr.com/photos/kiko_fernandes /4148281427/
  • 20.  Risco...  de atraso  de não atender o escopo  de não cumprir o orçamento  de não ser homologado  de algum membro da equipe sair da empresa
  • 21.  Risco...  de entregar antes do prazo  de surpreender o cliente com funcionalidades adicionais  de aproveitar uma nova tecnologia que facilitará a implementação de funcionalidades  de empreender com o ProjetoTCC
  • 22.  Premissa  São fatores que, para fins de planejamento, são considerados verdadeiros, reais ou certos sem prova ou demonstração  Talvez o seu projeto dependa de alguma premissa para dar certo  Restrição  Limitação ou imposição de limite  Seu projeto precisa ser realizado dentro do limite definido
  • 23.  Premissa:Talvez o seu projeto dependa de alguma premissa para dar certo... ▪ A Roberta, especialista em BI, vai participar do projeto. ▪ O cliente vai disponibilizar um analista de negócios em tempo integral na fase de levantamento de requisitos.  Restrição: Seu projeto precisa ser realizado dentro do limite definido... ▪ O projeto precisa ser concluído antes de 31/12 ▪ O custo não pode ultrapassar R$ 500.000
  • 24.  Premissas e restrições são um bom ponto de partida para identificação dos riscos a serem monitorados...  A Roberta, especialista em BI, vai participar do projeto. ▪ Quais eventos podem tirar a Roberta do projeto? ▪ O que faremos se ela sair?  O projeto precisa ser concluído antes de 31/12 ▪ Quais eventos podem fazer com que o projeto atrase? ▪ O que faremos se o projeto atrasar?
  • 25.
  • 26.  Benchmarking  Entrevistas  Check-lists  Opinião especializada  Consultoria  Brainstorming  Lições aprendidas
  • 27.  Benchmarking  Entrevistas  Check-lists  Opinião especializada  Consultoria  Brainstorming  Lições aprendidas
  • 28.  Tempestade de idéias ou “toró de parpite”  Diferenças de pensamentos e experiências geram novas ideias  Compartilhar as ideias, sem filtros  Julgamento pode “bloquear” o processo  A avaliação das ideias é feita no final da sessão de brainstorming
  • 29.
  • 30.
  • 31.  Base histórica de riscos em outros projetos  Reuniões entre equipes  Aprendizado Inter-projetos (http://finito- log.blogspot.com/2004/08/o-aprendizado-inter- projetos.html)
  • 32. # Descrição Fonte 001 Entrega fora do prazo Falta de planejamento 002 Escopo não atendido Mapeamento de requisitos inexistente 003 Não aceitação do sistema pelos clientes Tecnologia nova
  • 33. # Descrição FONTE 001 Entrega fora do prazo Falta de planejamento 002 Escopo não atendido Mapeamento de requisitos inexistente 003 Não aceitação do sistema pelos clientes Tecnologia nova Importante: Uma única fonte pode gerar diversos riscos
  • 34.
  • 35.  Vários riscos serão identificados  A análise permite priorizar o foco no tratamento dos riscos!  Probabilidade: Qual é a chance do risco ocorrer?  Impacto: Qual é o “tamanho” dos danos ou benefícios, caso o risco ocorra?  Probabilidade x Impacto = Prioridade, Criticidade ou Peso do risco
  • 36. # Descrição Prob. Imp. Criticidade 001 Entrega fora do prazo 4 5 20 002 Escopo não atendido 3 4 12 003 Não aceitação do sistema pelos clientes 2 3 6
  • 37. Estratégia de Resposta e Plano de Ação
  • 38.  Quando for um risco negativo...  Eliminar: Remover totalmente a ameaça (pode envolver mudanças radicais)  Transferir: Repassar o risco para um terceiro, mas não o elimina (por exemplo: Seguro)  Mitigar: Reduzir o impacto ou a probabilidade  Aceitar: Conheço o risco, sua probabilidade e seu impacto, mas concluí que é melhor “deixar a vida me levar” e atuar somente se o risco ocorrer
  • 39.  Quando for um risco positivo...  Explorar: Direciono recursos para garantir que a oportunidade se concretize  Compartilhar: Envolvo um terceiro na exploração da oportunidade (por exemplo:Criação de uma joint venture)  Melhorar: Realizo ações para ampliar a probabilidade ou impacto positivo da oportunidade  Aceitar: Não tomarei ação, somente aproveitando os resultados caso a oportunidade se concretize
  • 40.  O plano de ação pode ser simples ou complexo, contemplando desde uma única ação até a participação de diversos stakeholders e fornecedores
  • 41.  O fundamental é que o Gerente de Projeto avalie, considerando a criticidade do risco, quais ações são necessárias para que a estratégia de resposta seja executada
  • 42. # Descrição Criticidade Estratégia de Resposta ao Risco Plano de Ação 001 Entrega fora do prazo 20 Mitigar O que fazer? Como fazer? Quem fará? Quanto vai custar? Quem será envolvido? 002 Escopo não atendido 12 Mitigar 003 Não aceitação do sistema pelos clientes 6 Aceitar
  • 43.
  • 44.
  • 45.
  • 46.
  • 47. 1. Detalhar o mapeamento dos stakeholders do projeto 2. Detalhar o Escopo do projeto 3. Detalhar a EAP e o Cronograma 4. Criar o Plano de Comunicação 5. Criar o Plano de Recursos Humanos 6. Criar o Plano de Riscos 7.Validar e divulgar os planos do projeto Planejamento
  • 48. 1. Detalhar o mapeamento dos stakeholders do projeto 2. Detalhar o Escopo do projeto 3. Detalhar a EAP e o Cronograma 4. Criar o Plano de Comunicação 5. Criar o Plano de Recursos Humanos 6. Criar o Plano de Riscos 7.Validar e divulgar os planos do projeto Planejamento
  • 49. 1. Detalhar o mapeamento dos stakeholders do projeto 2. Detalhar o Escopo do projeto 3. Detalhar a EAP e o Cronograma 4. Criar o Plano de Comunicação 5. Criar o Plano de Recursos Humanos 6. Criar o Plano de Riscos 7.Validar e divulgar os planos do projeto Planejamento
  • 50.  Fez tudo direitinho? Então a validação será tranquila...  Bom... O fato é que não depende somente de você... ▪ Sponsor ▪ Estrutura Organizacional ▪ Mapa do poder  Depois é só divulgar os planos para os stakeholders e começar a Execução
  • 51.
  • 53.  Etapa crítica do projeto...  A forma como é realizada tem influência direta no sucesso ou fracasso  Deve ser objetiva...  Foco nos documentos e ferramentas que realmente agregam  O Gerente de Projeto direciona...  Mas não faz tudo sozinho
  • 55. 1. Mapeamento dos Stakeholders  Identificar os stakeholders do Projeto TCC e a influência que cada um pode exercer sobre o projeto 2. Declaração de Escopo  Não é necessário reescrever o escopo do produto, basta anexar os documentos que o descrevem (Descrição de Caso de Uso, Diagramas, etc.)
  • 56. 3. Estrutura Analítica do Projeto 4. Cronograma  Não é necessário considerar as atividades já realizadas
  • 57. 5. Plano de Comunicação  Definam as ferramentas de comunicação que serão utilizadas dentro do ProjetoTCC  Como vocês irão se comunicar com os professores? ▪ Orientadores (TCC e disciplinas específicas) ▪ Possíveis componentes da banca  Como vocês irão se comunicar com o cliente e com os demais stakeholders mapeados?
  • 58. 6. Plano de Recursos Humanos:  Quais são os papéis e as responsabilidades de cada membro da equipe ▪ Lembrem-se das informações iniciais, registradas no Termo de Abertura ▪ É o momento de detalhar as responsabilidades  Como a equipe será estruturada?  Quais são as habilidades e conhecimentos necessários para realizar o ProjetoTCC?
  • 59. 7. Plano de Riscos
  • 60. Todos os arquivos estão disponíveis no endereço www.alessandroalmeida.com/SIN- NA7_1oSem_2014.htm (coluna Outros Documentos)
  • 61. Data da Entrega: 09/04 (quarta-feira)
  • 62.