SlideShare uma empresa Scribd logo
GERENCIAMENTO DE PROJETOS
AULA 03 – TERMO DE ABERTURA, EAP,
CRONOGRAMA E KICK-OFF
PROF. MAIGON NACIB PONTUSCHKA
maigonp@gmail.com
1 semestre 2016
Adaptado de apresentação do Prof. Alessandro Almeida - FIEO
CONTEÚDO
• Introdução
• Retomar trabalho de grupo da aula passada
• A fase de iniciação do projeto
• 1. Preencher o Termo de Abertura do projeto
• 2. Criar versão inicial da EAP
• 3. Criar versão inicial do Cronograma
• 4. Realizar Kick-off do Projeto
• Introdução à fase de planejamento
TRABALHO EM GRUPO: INICIANDO UM PROJETO
• Em grupos de até 4 alunos, definam para um projeto escolhido pelo
grupo...
• Escopo do projeto
• Premissas
• Restrições
• Riscos positivos e riscos negativos
• Stakeholders
• Sponsor
• Gerente do Projeto
ORGANIZAÇÃO DO PROJETO E STAKEHOLDERS
• Quem fará o trabalho?
• Quem é o Gerente de Projeto?
• Quem pagará pelo projeto?
• Quem consumirá o produto ou serviço?
• Quem são as pessoas que serão
afetadas pelo projeto (stakeholders)?
Iniciação
Identificar
Stakeholders
Juntar informações
Identificar a missão de cada
stakeholder
Determinar forças e
fraquezas
Predizer o comportamento
dos stakeholders
Implementar estratégia de
gerenciamento de
stakeholders
Ciclo de vida genérico de um projeto
Iniciação Planejamento Execução Encerramento
Definir escopo
Identificar tarefas,
dependências e
cronograma
Planejar recursos
Esclarecer
princípios de
tomada de decisão
Desenvolver um
plano de riscos
Estabelecer
organização
Definições dos
objetivos e
parâmetros de
sucesso: escopo,
prazo de
entrega,
orçamento
Monitorar
Comunicar e
relatar
Corrigir e
controlar
Finalizar
contratos
Conduzir um
“postmortem”
formal
Fonte: Grushka-Cockayne, Y. , 2015
AS FASES GENÉRICAS DE UM PROJETO
Iniciação Planejamento Execução Encerra-
mento
Monitoramento
Iniciação
Iniciação Planejamento Execução Encerra-
mento
Monitoramento
Iniciação
• Neste momento, normalmente é criado o Termo de
Abertura do Projeto (ou, Project Charter) e é também onde
acontece o Kick-off (evento para oficializar o início do
projeto)
Iniciação
Planejamento
Iniciação Planejamento Execução Encerra-
mento
Monitoramento
Planejamento
Planejar! “Quais atividades devem ser realizadas?” “Em
quais datas?” “Quem deve ser envolvido?” “Quanto vai
custar?” “Quais são os riscos?” Entre outras coisas... Aqui
pode ser gerado o cronograma, EAP, Plano de Riscos,
Plano de Recursos Humanos e diversos outros planos.
Fase que pode determinar o sucesso ou o fracasso do
projeto. Não realizar um projeto somente no
“olhômetro”, pois o risco de fracasso é alto
Planejamento
Execução
Iniciação Planejamento Execução Encerra-
mento
Monitoramento
Execução
Planos criados, equipe alocada e o cliente aguardando o
resultado. Chegou a hora de executar o que foi
planejado
Execução
Execução
Iniciação Planejamento Execução Encerra-
mento
Monitoramento
Os planos estão sendo executados conforme o previsto? Durante o monitoramento, além de
verificar se tudo está acontecendo conforme os planos, podem ser criados o Status Report e
o Diário de Bordo do projeto. Ocorreu algum desvio? Avalie se é necessário replanejar!
Encerramento
Iniciação Planejamento Execução Encerra-
mento
Monitoramento
Encerramento
Tudo foi entregue conforme o combinado? O
cliente aprovou todas as entregas? O Termo
de Encerramento do Projeto foi assinado? As
lições aprendidas foram registradas? A equipe
foi reconhecida?
Encerra-
mento
• Após o encerramento do projeto, é importante
avaliar se o retorno esperado foi obtido
• Por exemplo: O retorno do investimento feito no projeto
de implantação do sistema para CRM deve ocorrer após
12 meses de operação
• Raramente as empresas fazem a avaliação do
resultado do projeto...
• A implantação pode ter sido um sucesso, mas o retorno
do investimento pode demorar anos
Encerramento
Encerra-
mento
Importante
• Mesmo que sua empresa não possua uma metodologia
definida e institucionalizada para a gestão dos projetos, é
importante todos estarem alinhados sobre o ciclo de vida e
as entregas de cada fase
• Talvez nem todos tenham o mesmo entendimento sobre o que é, por
exemplo, a Iniciação, Planejamento ou Execução de um projeto
Atividades da fase de Iniciação
1. Preencher o
Termo de
Abertura do
projeto
2. Criar versão
inicial da EAP
3. Criar versão
inicial do
Cronograma
4. Realizar
Kick-off do
Projeto
Iniciação
Atividades da fase de Iniciação
1. Preencher o
Termo de
Abertura do
projeto
2. Criar versão
inicial da EAP
3. Criar versão
inicial do
Cronograma
4. Realizar
Kick-off do
Projeto
Iniciação
PREENCHER O TERMO DE ABERTURA DO PROJETO
• Termo de Abertura do Projeto – Também conhecido como Project
Charter – Documento que formaliza a existência do projeto, o seu
escopo e outras definições
ESCOPO
• “gama ou limite de operações” – Fonte: Dicionário
Houaiss
• Soma dos produtos, serviços e resultados a serem
fornecidos na forma de projeto – Fonte: PMBOK, 5ª
Edição
ESCOPO DO PROJETO
• O trabalho que deve ser realizado para entregar um
produtos, serviços ou resultados com as características e
funções especificadas – Fonte: PMBOK, 5ª Edição
• Não basta definir o que faz parte do escopo, mas,
principalmente, o que está fora do escopo.
ESCOPO DO PRODUTO X ESCOPO DO PROJETO
ESCOPO DO PRODUTO X ESCOPO DO PROJETO
• Escopo do produto: As características e funções que
descrevem um produto, serviço ou resultado Fonte:
PMBOK, 5ª edição
• Escopo do projeto: O trabalho que precisa ser realizado
para entregar um produto, serviço ou resultado com as
características e funções especificadas Fonte: PMBOK,
5ª edição
1. Preencher o Termo de Abertura do Projeto
• O Termo de Abertura fornece informações básicas sobre o projeto,
entre elas podemos citar:
• Objetivo do projeto
• Papéis e responsabilidades
• Stakeholders
• Cronograma macro
• Premissas e restrições
• Escopo e principais entregas
Atividades da fase de Iniciação
1. Preencher o
Termo de
Abertura do
projeto
2. Criar versão
inicial da EAP
3. Criar versão
inicial do
Cronograma
4. Realizar
Kick-off do
Projeto
Iniciação
Atividades da fase de Iniciação
1. Preencher o
Termo de
Abertura do
projeto
2. Criar versão
inicial da EAP
3. Criar versão
inicial do
Cronograma
4. Realizar
Kick-off do
Projeto
Iniciação
2. Criar a versão inicial do EAP (WBS)
• EAP...
• Estrutura Analítica do Projeto
• Também conhecida como WBS: Work Breakdown
Structure
• Decomposição das entregas que compõem o projeto
2. Criar a versão inicial da EAP (WBS)
Como seria a estrutura analítica de uma bicicleta?
2. Criar a versão inicial da EAP (WBS)
2. Criar a versão inicial da EAP (WBS)
2. Criar a versão inicial da EAP (WBS)
• Uma EAP bem estruturada ajuda a organizar e definir o
escopo do projeto!
• Também facilita a estruturação do cronograma
• É muito mais fácil gerenciar as “partes menores”!
(especialmente em grandes projetos)
2. Criar a versão inicial da EAP (WBS)
2. Criar a versão inicial da EAP (WBS)
Atividades da fase de Iniciação
1. Preencher o
Termo de
Abertura do
projeto
2. Criar versão
inicial da EAP
3. Criar versão
inicial do
Cronograma
4. Realizar
Kick-off do
Projeto
Iniciação
3. Criar versão inicial do cronograma
• Linha do tempo com as datas planejadas para
realização das atividades
• Atividades para realizar cada entrega prevista na
EAP
• É desta forma que os dois se complementam...
3. Criar versão inicial do cronograma
Por que começar a EAP e o cronograma na iniciação
do projeto?
• Mesmo sendo versões iniciais, ajudam a organizar os
próximos passos e identificar os pontos de atenção que
requerem atuação imediata...
Atividades da fase de Iniciação
1. Preencher o
Termo de
Abertura do
projeto
2. Criar versão
inicial da EAP
3. Criar versão
inicial do
Cronograma
4. Realizar
Kick-off do
Projeto
Iniciação
4. Realizar o Kick-off do Projeto
• “Ritual” para formalizar o início do projeto
• Reunião ou evento
• Todos os stakeholders podem participar
• Talvez seja necessário um kick-off específico para
cada público
CONTINUAÇÃO DA ATIVIDADE EM GRUPO:
Escrever o termo de abertura de projeto
• Uma estrutura básica para um termo de abertura.
O QUE É UMA ENTREGA?
 É qualquer produto, serviço ou resultado, ou suas partes, que devem ser
realizadas ou produzidas, obrigatoriamente, para conclusão do projeto ou de
parte dele.
 É tangível, verificável e está sujeita à aprovação.
Exemplos de entrega: Estudo de viabilidade, manual do sistema, projeto
básico, especificação do módulo web, obra da sala, reunião de partida, etc.
+ Entregas relativas ao GP (exemplos):
Planos, Relatórios, Reuniões, etc.
Entrega 3
Entrega N
Entrega 1
Entrega 2
Escopo do Projeto
1-A soma dos produtos, serviços e
resultados a serem fornecidos
(“entregas”) pelo projeto.
2- Descrição das características e funções
para cada entrega (“escopo do produto”).
O QUE É O ESCOPO DE PROJETO?
ENTREGA E CARACTERÍSTICAS (EXEMPLO)
Item Nome da
Entrega
Características
1.1 Relatório Mensal
• Relatório deve informar o valor
agregado, desvio de tempo, desvio
de custo, problemas e riscos.
• Apresentado em formato PDF, letra
helvética, tamanho 12.
 Documentar as motivações, os objetivos e a descrição do
produto, serviço ou solução que irá atender a esses
requisitos;
 Autorizar formalmente o início de um projeto (ou fase) e a
organização responsável;
 Constituir-se como o documento base para o planejamento
do projeto.
O Termo de Abertura:
Finalidades Básicas
Fluxo de “Nascimento” de um Projeto
(Exemplo de Projeto Interno)
PROPONENTE DECISORES
GERENTE do
PROJETO
Termo de
Abertura
1
Aprovado e
Priorizado
2
Alocado o Ger.
do Projeto
3
Plano de
Projeto
4
 Proposta de Projeto através de um Termo de Abertura: sinaliza e define uma
necessidade (projeto) e apresenta as condições que a norteiam.
 Termo de Abertura (Proposta) deve ser aprovado/autorizado (recursos
comprometidos).
 Plano de Projeto – GP/equipe refina (detalha) o projeto autorizado.
 Escopo: documentação das necessidades de negócio, objetivos e
requisitos.
 Custo/finanças: orçamento. Estudo de viabilidade técnica e econômica.
 Tempo: cronograma de marcos.
 Premissas e restrições.
 Recursos Humanos.
 Etc.
O conteúdo depende do contexto do projeto.
O Termo de Abertura
Exemplo de Conteúdo

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Gerenciamento de projetos - Iniciação
Gerenciamento de projetos - IniciaçãoGerenciamento de projetos - Iniciação
Gerenciamento de projetos - Iniciação
Paulo Junior
 
Gestão de projetos
Gestão de projetosGestão de projetos
Gestão de projetos
Clayton Oliveira
 
Gerenciamento do Escopo em Projetos
Gerenciamento do Escopo em ProjetosGerenciamento do Escopo em Projetos
Gerenciamento do Escopo em Projetos
Mauro Sotille, MBA, PMP
 
Gestão de Projetos e Ferramentas
Gestão de Projetos e FerramentasGestão de Projetos e Ferramentas
Gestão de Projetos e Ferramentas
Nei Grando
 
Exemplo De Plano De Gerenciamento De Projeto
Exemplo De Plano De Gerenciamento De ProjetoExemplo De Plano De Gerenciamento De Projeto
Exemplo De Plano De Gerenciamento De Projeto
lhencar
 
Aula01 Gerência de Projetos - Conceitos e áreas de conhecimento do PMBOK
Aula01 Gerência de Projetos - Conceitos e áreas de conhecimento do PMBOKAula01 Gerência de Projetos - Conceitos e áreas de conhecimento do PMBOK
Aula01 Gerência de Projetos - Conceitos e áreas de conhecimento do PMBOK
Daniela Brauner
 
Gerenciamento de escopo PMBOK
Gerenciamento de escopo PMBOKGerenciamento de escopo PMBOK
Gerenciamento de escopo PMBOK
Pedro Victor de Almeida Lopes
 
PMO - Project Management Office
PMO - Project Management OfficePMO - Project Management Office
PMO - Project Management Office
Aragon Vieira
 
Gestão de Projetos - Prof. João Frederico Gonzales
Gestão de Projetos - Prof. João Frederico GonzalesGestão de Projetos - Prof. João Frederico Gonzales
Gestão de Projetos - Prof. João Frederico Gonzales
Marcus Vinícius Godinho, MBA BPM
 
Gestão de projetos
Gestão de projetosGestão de projetos
Gestão de projetos
Paulo Sobrinho
 
Aula Pronta - Gerenciamento de Projetos
Aula Pronta - Gerenciamento de ProjetosAula Pronta - Gerenciamento de Projetos
Aula Pronta - Gerenciamento de Projetos
AyslanAnholon
 
Gerenciamento De Qualidade Do Projeto
Gerenciamento De Qualidade Do ProjetoGerenciamento De Qualidade Do Projeto
Gerenciamento De Qualidade Do Projeto
Marco Rosner
 
Termo de Abertura do Projeto
Termo de Abertura do ProjetoTermo de Abertura do Projeto
Termo de Abertura do Projeto
Claudio Barbosa
 
Aula04 - EAP e Cronograma
Aula04 - EAP e CronogramaAula04 - EAP e Cronograma
Aula04 - EAP e Cronograma
Daniela Brauner
 
Gerenciamento de tempo em projetos
Gerenciamento de tempo em projetosGerenciamento de tempo em projetos
Gerenciamento de tempo em projetos
Sandro H. Oliveira, MBA
 
03 Planejamento E Controle
03 Planejamento E Controle03 Planejamento E Controle
03 Planejamento E Controle
martoncampos
 
Métodos Ágeis e Scrum - Introdução
Métodos Ágeis e Scrum - IntroduçãoMétodos Ágeis e Scrum - Introdução
Métodos Ágeis e Scrum - Introdução
Yuri Morais
 
Gerenciamento de-projetos-exercicios-resolvidos-estudo-de-casos-e-simulacoes
Gerenciamento de-projetos-exercicios-resolvidos-estudo-de-casos-e-simulacoesGerenciamento de-projetos-exercicios-resolvidos-estudo-de-casos-e-simulacoes
Gerenciamento de-projetos-exercicios-resolvidos-estudo-de-casos-e-simulacoes
Jucioliver
 
Design Thinking e Ferramentas de Inovação
Design Thinking e Ferramentas de InovaçãoDesign Thinking e Ferramentas de Inovação
Design Thinking e Ferramentas de Inovação
Maristela Meireles
 
Método para análise e melhoria de processos
Método para análise e melhoria de processosMétodo para análise e melhoria de processos
Método para análise e melhoria de processos
Jorge Covacs
 

Mais procurados (20)

Gerenciamento de projetos - Iniciação
Gerenciamento de projetos - IniciaçãoGerenciamento de projetos - Iniciação
Gerenciamento de projetos - Iniciação
 
Gestão de projetos
Gestão de projetosGestão de projetos
Gestão de projetos
 
Gerenciamento do Escopo em Projetos
Gerenciamento do Escopo em ProjetosGerenciamento do Escopo em Projetos
Gerenciamento do Escopo em Projetos
 
Gestão de Projetos e Ferramentas
Gestão de Projetos e FerramentasGestão de Projetos e Ferramentas
Gestão de Projetos e Ferramentas
 
Exemplo De Plano De Gerenciamento De Projeto
Exemplo De Plano De Gerenciamento De ProjetoExemplo De Plano De Gerenciamento De Projeto
Exemplo De Plano De Gerenciamento De Projeto
 
Aula01 Gerência de Projetos - Conceitos e áreas de conhecimento do PMBOK
Aula01 Gerência de Projetos - Conceitos e áreas de conhecimento do PMBOKAula01 Gerência de Projetos - Conceitos e áreas de conhecimento do PMBOK
Aula01 Gerência de Projetos - Conceitos e áreas de conhecimento do PMBOK
 
Gerenciamento de escopo PMBOK
Gerenciamento de escopo PMBOKGerenciamento de escopo PMBOK
Gerenciamento de escopo PMBOK
 
PMO - Project Management Office
PMO - Project Management OfficePMO - Project Management Office
PMO - Project Management Office
 
Gestão de Projetos - Prof. João Frederico Gonzales
Gestão de Projetos - Prof. João Frederico GonzalesGestão de Projetos - Prof. João Frederico Gonzales
Gestão de Projetos - Prof. João Frederico Gonzales
 
Gestão de projetos
Gestão de projetosGestão de projetos
Gestão de projetos
 
Aula Pronta - Gerenciamento de Projetos
Aula Pronta - Gerenciamento de ProjetosAula Pronta - Gerenciamento de Projetos
Aula Pronta - Gerenciamento de Projetos
 
Gerenciamento De Qualidade Do Projeto
Gerenciamento De Qualidade Do ProjetoGerenciamento De Qualidade Do Projeto
Gerenciamento De Qualidade Do Projeto
 
Termo de Abertura do Projeto
Termo de Abertura do ProjetoTermo de Abertura do Projeto
Termo de Abertura do Projeto
 
Aula04 - EAP e Cronograma
Aula04 - EAP e CronogramaAula04 - EAP e Cronograma
Aula04 - EAP e Cronograma
 
Gerenciamento de tempo em projetos
Gerenciamento de tempo em projetosGerenciamento de tempo em projetos
Gerenciamento de tempo em projetos
 
03 Planejamento E Controle
03 Planejamento E Controle03 Planejamento E Controle
03 Planejamento E Controle
 
Métodos Ágeis e Scrum - Introdução
Métodos Ágeis e Scrum - IntroduçãoMétodos Ágeis e Scrum - Introdução
Métodos Ágeis e Scrum - Introdução
 
Gerenciamento de-projetos-exercicios-resolvidos-estudo-de-casos-e-simulacoes
Gerenciamento de-projetos-exercicios-resolvidos-estudo-de-casos-e-simulacoesGerenciamento de-projetos-exercicios-resolvidos-estudo-de-casos-e-simulacoes
Gerenciamento de-projetos-exercicios-resolvidos-estudo-de-casos-e-simulacoes
 
Design Thinking e Ferramentas de Inovação
Design Thinking e Ferramentas de InovaçãoDesign Thinking e Ferramentas de Inovação
Design Thinking e Ferramentas de Inovação
 
Método para análise e melhoria de processos
Método para análise e melhoria de processosMétodo para análise e melhoria de processos
Método para análise e melhoria de processos
 

Destaque

Projeto Kasa
Projeto KasaProjeto Kasa
Projeto Kasa
Marco Coghi
 
Diagrama de Rede e Cronograma
Diagrama de Rede e CronogramaDiagrama de Rede e Cronograma
Diagrama de Rede e Cronograma
Marcelo Coutinho
 
Modelo de Dicionário da eap
Modelo de Dicionário da eapModelo de Dicionário da eap
Modelo de Dicionário da eap
Fernando Palma
 
Plano de Projeto de Implantação de Software ERP Vertical de Saúde integrado c...
Plano de Projeto de Implantação de Software ERP Vertical de Saúde integrado c...Plano de Projeto de Implantação de Software ERP Vertical de Saúde integrado c...
Plano de Projeto de Implantação de Software ERP Vertical de Saúde integrado c...
Marcelo Schumacher
 
DUPLICAÇÃO DA BR-135/MA
DUPLICAÇÃO DA BR-135/MADUPLICAÇÃO DA BR-135/MA
DUPLICAÇÃO DA BR-135/MA
Marco Coghi
 
Modelos eap
Modelos eapModelos eap
Modelos eap
ren543210
 

Destaque (6)

Projeto Kasa
Projeto KasaProjeto Kasa
Projeto Kasa
 
Diagrama de Rede e Cronograma
Diagrama de Rede e CronogramaDiagrama de Rede e Cronograma
Diagrama de Rede e Cronograma
 
Modelo de Dicionário da eap
Modelo de Dicionário da eapModelo de Dicionário da eap
Modelo de Dicionário da eap
 
Plano de Projeto de Implantação de Software ERP Vertical de Saúde integrado c...
Plano de Projeto de Implantação de Software ERP Vertical de Saúde integrado c...Plano de Projeto de Implantação de Software ERP Vertical de Saúde integrado c...
Plano de Projeto de Implantação de Software ERP Vertical de Saúde integrado c...
 
DUPLICAÇÃO DA BR-135/MA
DUPLICAÇÃO DA BR-135/MADUPLICAÇÃO DA BR-135/MA
DUPLICAÇÃO DA BR-135/MA
 
Modelos eap
Modelos eapModelos eap
Modelos eap
 

Semelhante a Gerenciamento de Projetos - Aula03 - Termo de abertura, EAP e cronograma

Gerenciamento de projetos - Aula04 - planejamento
Gerenciamento de projetos - Aula04 - planejamentoGerenciamento de projetos - Aula04 - planejamento
Gerenciamento de projetos - Aula04 - planejamento
CEULJI/ULBRA Centro Universitário Luterano de Ji-Paraná
 
Planejamento, Execução e Controle de Projetos: Aula 2
Planejamento, Execução e Controle de Projetos: Aula 2Planejamento, Execução e Controle de Projetos: Aula 2
Planejamento, Execução e Controle de Projetos: Aula 2
Alessandro Almeida
 
Planejamento, Execução e Controle de Projetos (24/02/2015)
Planejamento, Execução e Controle de Projetos (24/02/2015)Planejamento, Execução e Controle de Projetos (24/02/2015)
Planejamento, Execução e Controle de Projetos (24/02/2015)
Alessandro Almeida
 
Planejamento, Execução e Controle de Projetos (03/03/2015)
Planejamento, Execução e Controle de Projetos (03/03/2015)Planejamento, Execução e Controle de Projetos (03/03/2015)
Planejamento, Execução e Controle de Projetos (03/03/2015)
Alessandro Almeida
 
pag 31 - Curso-Gerenciamento-.pptx
pag 31 - Curso-Gerenciamento-.pptxpag 31 - Curso-Gerenciamento-.pptx
pag 31 - Curso-Gerenciamento-.pptx
PelotaMECXII
 
Gestão de Projetos (08/09/2014)
Gestão de Projetos (08/09/2014)Gestão de Projetos (08/09/2014)
Gestão de Projetos (08/09/2014)
Alessandro Almeida
 
Gestão de Projetos (07/04/2015)
Gestão de Projetos (07/04/2015)Gestão de Projetos (07/04/2015)
Gestão de Projetos (07/04/2015)
Alessandro Almeida
 
Gerenciamento do escopo - Ano 2013 - PMBOK 5 edição
Gerenciamento do escopo - Ano 2013 - PMBOK 5 ediçãoGerenciamento do escopo - Ano 2013 - PMBOK 5 edição
Gerenciamento do escopo - Ano 2013 - PMBOK 5 edição
Rodrigo Lopes - Eng. - MBA - PMP - SCRUM - ITIL - COBIT
 
Gestão de Projetos e Empreendedorismo (19/03/2014)
Gestão de Projetos e Empreendedorismo (19/03/2014)Gestão de Projetos e Empreendedorismo (19/03/2014)
Gestão de Projetos e Empreendedorismo (19/03/2014)
Alessandro Almeida
 
Planejamento, Execução e Controle de Projetos: Aula 4
Planejamento, Execução e Controle de Projetos: Aula 4Planejamento, Execução e Controle de Projetos: Aula 4
Planejamento, Execução e Controle de Projetos: Aula 4
Alessandro Almeida
 
GP4US - Gerenciamento do Escopo do Projeto
GP4US - Gerenciamento do Escopo do ProjetoGP4US - Gerenciamento do Escopo do Projeto
GP4US - Gerenciamento do Escopo do Projeto
Jefferson Affonso - PMP®, ITIL®, MCTS®, MBA
 
Fundamentos Gestão de Escopo e Qualidade
Fundamentos Gestão de Escopo e QualidadeFundamentos Gestão de Escopo e Qualidade
Fundamentos Gestão de Escopo e Qualidade
Kleitor Franklint Correa Araujo
 
Aula_02_Frameworks_de_Gestao_de_Projetos.pptx
Aula_02_Frameworks_de_Gestao_de_Projetos.pptxAula_02_Frameworks_de_Gestao_de_Projetos.pptx
Aula_02_Frameworks_de_Gestao_de_Projetos.pptx
GeorgeoNocera2
 
Gestão de projetos básico
Gestão de projetos básicoGestão de projetos básico
Gestão de projetos básico
Joyce Lopes Simões
 
Gestão de projetos básico
Gestão de projetos básicoGestão de projetos básico
Gestão de projetos básico
Joyce Lopes Simões
 
A agência Nuve e o processo de projetos
A agência Nuve e o processo de projetosA agência Nuve e o processo de projetos
A agência Nuve e o processo de projetos
Agência Nuve
 
Aula 2 - Gestão de Projetos.pptx
Aula 2 - Gestão de Projetos.pptxAula 2 - Gestão de Projetos.pptx
Aula 2 - Gestão de Projetos.pptx
Universidade Católica de Santos
 
Gerenciamento de projetos aula 4 (escopo)
Gerenciamento de projetos   aula 4 (escopo)Gerenciamento de projetos   aula 4 (escopo)
Gerenciamento de projetos aula 4 (escopo)
Paulo Junior
 
Gestão de Projetos e Empreendedorismo: TAD-NC4 (02/09/2013)
Gestão de Projetos e Empreendedorismo: TAD-NC4 (02/09/2013)Gestão de Projetos e Empreendedorismo: TAD-NC4 (02/09/2013)
Gestão de Projetos e Empreendedorismo: TAD-NC4 (02/09/2013)
Alessandro Almeida
 
Aula 2 - Gestão de Projetos
Aula 2 - Gestão de ProjetosAula 2 - Gestão de Projetos
Aula 2 - Gestão de Projetos
Fernando Dantas
 

Semelhante a Gerenciamento de Projetos - Aula03 - Termo de abertura, EAP e cronograma (20)

Gerenciamento de projetos - Aula04 - planejamento
Gerenciamento de projetos - Aula04 - planejamentoGerenciamento de projetos - Aula04 - planejamento
Gerenciamento de projetos - Aula04 - planejamento
 
Planejamento, Execução e Controle de Projetos: Aula 2
Planejamento, Execução e Controle de Projetos: Aula 2Planejamento, Execução e Controle de Projetos: Aula 2
Planejamento, Execução e Controle de Projetos: Aula 2
 
Planejamento, Execução e Controle de Projetos (24/02/2015)
Planejamento, Execução e Controle de Projetos (24/02/2015)Planejamento, Execução e Controle de Projetos (24/02/2015)
Planejamento, Execução e Controle de Projetos (24/02/2015)
 
Planejamento, Execução e Controle de Projetos (03/03/2015)
Planejamento, Execução e Controle de Projetos (03/03/2015)Planejamento, Execução e Controle de Projetos (03/03/2015)
Planejamento, Execução e Controle de Projetos (03/03/2015)
 
pag 31 - Curso-Gerenciamento-.pptx
pag 31 - Curso-Gerenciamento-.pptxpag 31 - Curso-Gerenciamento-.pptx
pag 31 - Curso-Gerenciamento-.pptx
 
Gestão de Projetos (08/09/2014)
Gestão de Projetos (08/09/2014)Gestão de Projetos (08/09/2014)
Gestão de Projetos (08/09/2014)
 
Gestão de Projetos (07/04/2015)
Gestão de Projetos (07/04/2015)Gestão de Projetos (07/04/2015)
Gestão de Projetos (07/04/2015)
 
Gerenciamento do escopo - Ano 2013 - PMBOK 5 edição
Gerenciamento do escopo - Ano 2013 - PMBOK 5 ediçãoGerenciamento do escopo - Ano 2013 - PMBOK 5 edição
Gerenciamento do escopo - Ano 2013 - PMBOK 5 edição
 
Gestão de Projetos e Empreendedorismo (19/03/2014)
Gestão de Projetos e Empreendedorismo (19/03/2014)Gestão de Projetos e Empreendedorismo (19/03/2014)
Gestão de Projetos e Empreendedorismo (19/03/2014)
 
Planejamento, Execução e Controle de Projetos: Aula 4
Planejamento, Execução e Controle de Projetos: Aula 4Planejamento, Execução e Controle de Projetos: Aula 4
Planejamento, Execução e Controle de Projetos: Aula 4
 
GP4US - Gerenciamento do Escopo do Projeto
GP4US - Gerenciamento do Escopo do ProjetoGP4US - Gerenciamento do Escopo do Projeto
GP4US - Gerenciamento do Escopo do Projeto
 
Fundamentos Gestão de Escopo e Qualidade
Fundamentos Gestão de Escopo e QualidadeFundamentos Gestão de Escopo e Qualidade
Fundamentos Gestão de Escopo e Qualidade
 
Aula_02_Frameworks_de_Gestao_de_Projetos.pptx
Aula_02_Frameworks_de_Gestao_de_Projetos.pptxAula_02_Frameworks_de_Gestao_de_Projetos.pptx
Aula_02_Frameworks_de_Gestao_de_Projetos.pptx
 
Gestão de projetos básico
Gestão de projetos básicoGestão de projetos básico
Gestão de projetos básico
 
Gestão de projetos básico
Gestão de projetos básicoGestão de projetos básico
Gestão de projetos básico
 
A agência Nuve e o processo de projetos
A agência Nuve e o processo de projetosA agência Nuve e o processo de projetos
A agência Nuve e o processo de projetos
 
Aula 2 - Gestão de Projetos.pptx
Aula 2 - Gestão de Projetos.pptxAula 2 - Gestão de Projetos.pptx
Aula 2 - Gestão de Projetos.pptx
 
Gerenciamento de projetos aula 4 (escopo)
Gerenciamento de projetos   aula 4 (escopo)Gerenciamento de projetos   aula 4 (escopo)
Gerenciamento de projetos aula 4 (escopo)
 
Gestão de Projetos e Empreendedorismo: TAD-NC4 (02/09/2013)
Gestão de Projetos e Empreendedorismo: TAD-NC4 (02/09/2013)Gestão de Projetos e Empreendedorismo: TAD-NC4 (02/09/2013)
Gestão de Projetos e Empreendedorismo: TAD-NC4 (02/09/2013)
 
Aula 2 - Gestão de Projetos
Aula 2 - Gestão de ProjetosAula 2 - Gestão de Projetos
Aula 2 - Gestão de Projetos
 

Mais de CEULJI/ULBRA Centro Universitário Luterano de Ji-Paraná

Sistemas de Informação 2 - Aula13 - psi cap10 sistemas de infomração gerencia...
Sistemas de Informação 2 - Aula13 - psi cap10 sistemas de infomração gerencia...Sistemas de Informação 2 - Aula13 - psi cap10 sistemas de infomração gerencia...
Sistemas de Informação 2 - Aula13 - psi cap10 sistemas de infomração gerencia...
CEULJI/ULBRA Centro Universitário Luterano de Ji-Paraná
 
Sistemas de Informação Aula12 -psi - cap9 Sistemas empresariais
Sistemas de Informação Aula12 -psi - cap9 Sistemas empresariaisSistemas de Informação Aula12 -psi - cap9 Sistemas empresariais
Sistemas de Informação Aula12 -psi - cap9 Sistemas empresariais
CEULJI/ULBRA Centro Universitário Luterano de Ji-Paraná
 
Internet, intranet e extranets
Internet, intranet e extranetsInternet, intranet e extranets
Meios de pagamento para e-commerce
Meios de pagamento para e-commerceMeios de pagamento para e-commerce
Gerenciamento de projetos Aula05 -exercício cpm-parte1
Gerenciamento de projetos Aula05 -exercício cpm-parte1Gerenciamento de projetos Aula05 -exercício cpm-parte1
Gerenciamento de projetos Aula05 -exercício cpm-parte1
CEULJI/ULBRA Centro Universitário Luterano de Ji-Paraná
 
Ameaças ao comércio eletrônico e móvel
Ameaças ao comércio eletrônico e móvelAmeaças ao comércio eletrônico e móvel
Ameaças ao comércio eletrônico e móvel
CEULJI/ULBRA Centro Universitário Luterano de Ji-Paraná
 
Seminário E-commerce e m-commerce
Seminário E-commerce e m-commerceSeminário E-commerce e m-commerce
SIistemas de Informação 2 - Aula09 - psi - cap8 ecommerce
SIistemas de Informação 2 - Aula09 - psi - cap8 ecommerceSIistemas de Informação 2 - Aula09 - psi - cap8 ecommerce
SIistemas de Informação 2 - Aula09 - psi - cap8 ecommerce
CEULJI/ULBRA Centro Universitário Luterano de Ji-Paraná
 
Governança de TI - Aula8 - introdução ao ITIL
Governança de TI - Aula8 - introdução ao  ITILGovernança de TI - Aula8 - introdução ao  ITIL
Governança de TI - Aula8 - introdução ao ITIL
CEULJI/ULBRA Centro Universitário Luterano de Ji-Paraná
 
Governança de TI - Aula7 - COBIT 4.1 X COBIT 5
Governança de TI - Aula7 - COBIT 4.1 X COBIT 5Governança de TI - Aula7 - COBIT 4.1 X COBIT 5
Governança de TI - Aula7 - COBIT 4.1 X COBIT 5
CEULJI/ULBRA Centro Universitário Luterano de Ji-Paraná
 
Sistemas de Informação - Aula06 - cap6 telecomunicações
Sistemas de Informação - Aula06 - cap6 telecomunicaçõesSistemas de Informação - Aula06 - cap6 telecomunicações
Sistemas de Informação - Aula06 - cap6 telecomunicações
CEULJI/ULBRA Centro Universitário Luterano de Ji-Paraná
 
Governança de TI - Aula05 - compliance, PETI e PDTI
Governança de TI - Aula05 - compliance, PETI e PDTIGovernança de TI - Aula05 - compliance, PETI e PDTI
Governança de TI - Aula05 - compliance, PETI e PDTI
CEULJI/ULBRA Centro Universitário Luterano de Ji-Paraná
 
Interface homem computador - Aula06 - logo design e arquitetura da informação
Interface homem computador - Aula06 - logo design e arquitetura da informaçãoInterface homem computador - Aula06 - logo design e arquitetura da informação
Interface homem computador - Aula06 - logo design e arquitetura da informação
CEULJI/ULBRA Centro Universitário Luterano de Ji-Paraná
 
Governança de TI - Aula 6 - intro cobit
Governança de TI - Aula 6 - intro cobitGovernança de TI - Aula 6 - intro cobit
Governança de TI - Aula 6 - intro cobit
CEULJI/ULBRA Centro Universitário Luterano de Ji-Paraná
 
Sistemas de Informação - Aula05 - cap5 bd e business intelligence
Sistemas de Informação - Aula05 - cap5 bd e business intelligenceSistemas de Informação - Aula05 - cap5 bd e business intelligence
Sistemas de Informação - Aula05 - cap5 bd e business intelligence
CEULJI/ULBRA Centro Universitário Luterano de Ji-Paraná
 
Interface Homem Computador - Aula04 - Principios da Gestalt
Interface Homem Computador - Aula04 - Principios da GestaltInterface Homem Computador - Aula04 - Principios da Gestalt
Interface Homem Computador - Aula04 - Principios da Gestalt
CEULJI/ULBRA Centro Universitário Luterano de Ji-Paraná
 
Sistemas de Informação 2 - Aula04 - Sistemas de informação nas organizações p...
Sistemas de Informação 2 - Aula04 - Sistemas de informação nas organizações p...Sistemas de Informação 2 - Aula04 - Sistemas de informação nas organizações p...
Sistemas de Informação 2 - Aula04 - Sistemas de informação nas organizações p...
CEULJI/ULBRA Centro Universitário Luterano de Ji-Paraná
 
Governança de TI - Aula04 - Planejamento Estratégico, Governança de TI e alin...
Governança de TI - Aula04 - Planejamento Estratégico, Governança de TI e alin...Governança de TI - Aula04 - Planejamento Estratégico, Governança de TI e alin...
Governança de TI - Aula04 - Planejamento Estratégico, Governança de TI e alin...
CEULJI/ULBRA Centro Universitário Luterano de Ji-Paraná
 
Sistemas de Informação 2 - Aula03 - cap2 parte1
Sistemas de Informação 2 - Aula03 - cap2 parte1Sistemas de Informação 2 - Aula03 - cap2 parte1
Sistemas de Informação 2 - Aula03 - cap2 parte1
CEULJI/ULBRA Centro Universitário Luterano de Ji-Paraná
 
Interface Humano Computador - Aula03 - design de experiência de usuário e aná...
Interface Humano Computador - Aula03 - design de experiência de usuário e aná...Interface Humano Computador - Aula03 - design de experiência de usuário e aná...
Interface Humano Computador - Aula03 - design de experiência de usuário e aná...
CEULJI/ULBRA Centro Universitário Luterano de Ji-Paraná
 

Mais de CEULJI/ULBRA Centro Universitário Luterano de Ji-Paraná (20)

Sistemas de Informação 2 - Aula13 - psi cap10 sistemas de infomração gerencia...
Sistemas de Informação 2 - Aula13 - psi cap10 sistemas de infomração gerencia...Sistemas de Informação 2 - Aula13 - psi cap10 sistemas de infomração gerencia...
Sistemas de Informação 2 - Aula13 - psi cap10 sistemas de infomração gerencia...
 
Sistemas de Informação Aula12 -psi - cap9 Sistemas empresariais
Sistemas de Informação Aula12 -psi - cap9 Sistemas empresariaisSistemas de Informação Aula12 -psi - cap9 Sistemas empresariais
Sistemas de Informação Aula12 -psi - cap9 Sistemas empresariais
 
Internet, intranet e extranets
Internet, intranet e extranetsInternet, intranet e extranets
Internet, intranet e extranets
 
Meios de pagamento para e-commerce
Meios de pagamento para e-commerceMeios de pagamento para e-commerce
Meios de pagamento para e-commerce
 
Gerenciamento de projetos Aula05 -exercício cpm-parte1
Gerenciamento de projetos Aula05 -exercício cpm-parte1Gerenciamento de projetos Aula05 -exercício cpm-parte1
Gerenciamento de projetos Aula05 -exercício cpm-parte1
 
Ameaças ao comércio eletrônico e móvel
Ameaças ao comércio eletrônico e móvelAmeaças ao comércio eletrônico e móvel
Ameaças ao comércio eletrônico e móvel
 
Seminário E-commerce e m-commerce
Seminário E-commerce e m-commerceSeminário E-commerce e m-commerce
Seminário E-commerce e m-commerce
 
SIistemas de Informação 2 - Aula09 - psi - cap8 ecommerce
SIistemas de Informação 2 - Aula09 - psi - cap8 ecommerceSIistemas de Informação 2 - Aula09 - psi - cap8 ecommerce
SIistemas de Informação 2 - Aula09 - psi - cap8 ecommerce
 
Governança de TI - Aula8 - introdução ao ITIL
Governança de TI - Aula8 - introdução ao  ITILGovernança de TI - Aula8 - introdução ao  ITIL
Governança de TI - Aula8 - introdução ao ITIL
 
Governança de TI - Aula7 - COBIT 4.1 X COBIT 5
Governança de TI - Aula7 - COBIT 4.1 X COBIT 5Governança de TI - Aula7 - COBIT 4.1 X COBIT 5
Governança de TI - Aula7 - COBIT 4.1 X COBIT 5
 
Sistemas de Informação - Aula06 - cap6 telecomunicações
Sistemas de Informação - Aula06 - cap6 telecomunicaçõesSistemas de Informação - Aula06 - cap6 telecomunicações
Sistemas de Informação - Aula06 - cap6 telecomunicações
 
Governança de TI - Aula05 - compliance, PETI e PDTI
Governança de TI - Aula05 - compliance, PETI e PDTIGovernança de TI - Aula05 - compliance, PETI e PDTI
Governança de TI - Aula05 - compliance, PETI e PDTI
 
Interface homem computador - Aula06 - logo design e arquitetura da informação
Interface homem computador - Aula06 - logo design e arquitetura da informaçãoInterface homem computador - Aula06 - logo design e arquitetura da informação
Interface homem computador - Aula06 - logo design e arquitetura da informação
 
Governança de TI - Aula 6 - intro cobit
Governança de TI - Aula 6 - intro cobitGovernança de TI - Aula 6 - intro cobit
Governança de TI - Aula 6 - intro cobit
 
Sistemas de Informação - Aula05 - cap5 bd e business intelligence
Sistemas de Informação - Aula05 - cap5 bd e business intelligenceSistemas de Informação - Aula05 - cap5 bd e business intelligence
Sistemas de Informação - Aula05 - cap5 bd e business intelligence
 
Interface Homem Computador - Aula04 - Principios da Gestalt
Interface Homem Computador - Aula04 - Principios da GestaltInterface Homem Computador - Aula04 - Principios da Gestalt
Interface Homem Computador - Aula04 - Principios da Gestalt
 
Sistemas de Informação 2 - Aula04 - Sistemas de informação nas organizações p...
Sistemas de Informação 2 - Aula04 - Sistemas de informação nas organizações p...Sistemas de Informação 2 - Aula04 - Sistemas de informação nas organizações p...
Sistemas de Informação 2 - Aula04 - Sistemas de informação nas organizações p...
 
Governança de TI - Aula04 - Planejamento Estratégico, Governança de TI e alin...
Governança de TI - Aula04 - Planejamento Estratégico, Governança de TI e alin...Governança de TI - Aula04 - Planejamento Estratégico, Governança de TI e alin...
Governança de TI - Aula04 - Planejamento Estratégico, Governança de TI e alin...
 
Sistemas de Informação 2 - Aula03 - cap2 parte1
Sistemas de Informação 2 - Aula03 - cap2 parte1Sistemas de Informação 2 - Aula03 - cap2 parte1
Sistemas de Informação 2 - Aula03 - cap2 parte1
 
Interface Humano Computador - Aula03 - design de experiência de usuário e aná...
Interface Humano Computador - Aula03 - design de experiência de usuário e aná...Interface Humano Computador - Aula03 - design de experiência de usuário e aná...
Interface Humano Computador - Aula03 - design de experiência de usuário e aná...
 

Gerenciamento de Projetos - Aula03 - Termo de abertura, EAP e cronograma

  • 1. GERENCIAMENTO DE PROJETOS AULA 03 – TERMO DE ABERTURA, EAP, CRONOGRAMA E KICK-OFF PROF. MAIGON NACIB PONTUSCHKA maigonp@gmail.com 1 semestre 2016 Adaptado de apresentação do Prof. Alessandro Almeida - FIEO
  • 2. CONTEÚDO • Introdução • Retomar trabalho de grupo da aula passada • A fase de iniciação do projeto • 1. Preencher o Termo de Abertura do projeto • 2. Criar versão inicial da EAP • 3. Criar versão inicial do Cronograma • 4. Realizar Kick-off do Projeto • Introdução à fase de planejamento
  • 3. TRABALHO EM GRUPO: INICIANDO UM PROJETO • Em grupos de até 4 alunos, definam para um projeto escolhido pelo grupo... • Escopo do projeto • Premissas • Restrições • Riscos positivos e riscos negativos • Stakeholders • Sponsor • Gerente do Projeto
  • 4. ORGANIZAÇÃO DO PROJETO E STAKEHOLDERS • Quem fará o trabalho? • Quem é o Gerente de Projeto? • Quem pagará pelo projeto? • Quem consumirá o produto ou serviço? • Quem são as pessoas que serão afetadas pelo projeto (stakeholders)? Iniciação Identificar Stakeholders Juntar informações Identificar a missão de cada stakeholder Determinar forças e fraquezas Predizer o comportamento dos stakeholders Implementar estratégia de gerenciamento de stakeholders
  • 5. Ciclo de vida genérico de um projeto Iniciação Planejamento Execução Encerramento Definir escopo Identificar tarefas, dependências e cronograma Planejar recursos Esclarecer princípios de tomada de decisão Desenvolver um plano de riscos Estabelecer organização Definições dos objetivos e parâmetros de sucesso: escopo, prazo de entrega, orçamento Monitorar Comunicar e relatar Corrigir e controlar Finalizar contratos Conduzir um “postmortem” formal Fonte: Grushka-Cockayne, Y. , 2015
  • 6. AS FASES GENÉRICAS DE UM PROJETO Iniciação Planejamento Execução Encerra- mento Monitoramento
  • 7. Iniciação Iniciação Planejamento Execução Encerra- mento Monitoramento
  • 8. Iniciação • Neste momento, normalmente é criado o Termo de Abertura do Projeto (ou, Project Charter) e é também onde acontece o Kick-off (evento para oficializar o início do projeto) Iniciação
  • 10. Planejamento Planejar! “Quais atividades devem ser realizadas?” “Em quais datas?” “Quem deve ser envolvido?” “Quanto vai custar?” “Quais são os riscos?” Entre outras coisas... Aqui pode ser gerado o cronograma, EAP, Plano de Riscos, Plano de Recursos Humanos e diversos outros planos. Fase que pode determinar o sucesso ou o fracasso do projeto. Não realizar um projeto somente no “olhômetro”, pois o risco de fracasso é alto Planejamento
  • 11. Execução Iniciação Planejamento Execução Encerra- mento Monitoramento
  • 12. Execução Planos criados, equipe alocada e o cliente aguardando o resultado. Chegou a hora de executar o que foi planejado Execução
  • 13. Execução Iniciação Planejamento Execução Encerra- mento Monitoramento Os planos estão sendo executados conforme o previsto? Durante o monitoramento, além de verificar se tudo está acontecendo conforme os planos, podem ser criados o Status Report e o Diário de Bordo do projeto. Ocorreu algum desvio? Avalie se é necessário replanejar!
  • 14. Encerramento Iniciação Planejamento Execução Encerra- mento Monitoramento
  • 15. Encerramento Tudo foi entregue conforme o combinado? O cliente aprovou todas as entregas? O Termo de Encerramento do Projeto foi assinado? As lições aprendidas foram registradas? A equipe foi reconhecida? Encerra- mento
  • 16. • Após o encerramento do projeto, é importante avaliar se o retorno esperado foi obtido • Por exemplo: O retorno do investimento feito no projeto de implantação do sistema para CRM deve ocorrer após 12 meses de operação • Raramente as empresas fazem a avaliação do resultado do projeto... • A implantação pode ter sido um sucesso, mas o retorno do investimento pode demorar anos Encerramento Encerra- mento
  • 17. Importante • Mesmo que sua empresa não possua uma metodologia definida e institucionalizada para a gestão dos projetos, é importante todos estarem alinhados sobre o ciclo de vida e as entregas de cada fase • Talvez nem todos tenham o mesmo entendimento sobre o que é, por exemplo, a Iniciação, Planejamento ou Execução de um projeto
  • 18. Atividades da fase de Iniciação 1. Preencher o Termo de Abertura do projeto 2. Criar versão inicial da EAP 3. Criar versão inicial do Cronograma 4. Realizar Kick-off do Projeto Iniciação
  • 19. Atividades da fase de Iniciação 1. Preencher o Termo de Abertura do projeto 2. Criar versão inicial da EAP 3. Criar versão inicial do Cronograma 4. Realizar Kick-off do Projeto Iniciação
  • 20. PREENCHER O TERMO DE ABERTURA DO PROJETO • Termo de Abertura do Projeto – Também conhecido como Project Charter – Documento que formaliza a existência do projeto, o seu escopo e outras definições
  • 21. ESCOPO • “gama ou limite de operações” – Fonte: Dicionário Houaiss • Soma dos produtos, serviços e resultados a serem fornecidos na forma de projeto – Fonte: PMBOK, 5ª Edição
  • 22. ESCOPO DO PROJETO • O trabalho que deve ser realizado para entregar um produtos, serviços ou resultados com as características e funções especificadas – Fonte: PMBOK, 5ª Edição • Não basta definir o que faz parte do escopo, mas, principalmente, o que está fora do escopo.
  • 23. ESCOPO DO PRODUTO X ESCOPO DO PROJETO
  • 24. ESCOPO DO PRODUTO X ESCOPO DO PROJETO • Escopo do produto: As características e funções que descrevem um produto, serviço ou resultado Fonte: PMBOK, 5ª edição • Escopo do projeto: O trabalho que precisa ser realizado para entregar um produto, serviço ou resultado com as características e funções especificadas Fonte: PMBOK, 5ª edição
  • 25. 1. Preencher o Termo de Abertura do Projeto • O Termo de Abertura fornece informações básicas sobre o projeto, entre elas podemos citar: • Objetivo do projeto • Papéis e responsabilidades • Stakeholders • Cronograma macro • Premissas e restrições • Escopo e principais entregas
  • 26. Atividades da fase de Iniciação 1. Preencher o Termo de Abertura do projeto 2. Criar versão inicial da EAP 3. Criar versão inicial do Cronograma 4. Realizar Kick-off do Projeto Iniciação
  • 27. Atividades da fase de Iniciação 1. Preencher o Termo de Abertura do projeto 2. Criar versão inicial da EAP 3. Criar versão inicial do Cronograma 4. Realizar Kick-off do Projeto Iniciação
  • 28. 2. Criar a versão inicial do EAP (WBS) • EAP... • Estrutura Analítica do Projeto • Também conhecida como WBS: Work Breakdown Structure • Decomposição das entregas que compõem o projeto
  • 29. 2. Criar a versão inicial da EAP (WBS) Como seria a estrutura analítica de uma bicicleta?
  • 30. 2. Criar a versão inicial da EAP (WBS)
  • 31. 2. Criar a versão inicial da EAP (WBS)
  • 32. 2. Criar a versão inicial da EAP (WBS) • Uma EAP bem estruturada ajuda a organizar e definir o escopo do projeto! • Também facilita a estruturação do cronograma • É muito mais fácil gerenciar as “partes menores”! (especialmente em grandes projetos)
  • 33. 2. Criar a versão inicial da EAP (WBS)
  • 34. 2. Criar a versão inicial da EAP (WBS)
  • 35. Atividades da fase de Iniciação 1. Preencher o Termo de Abertura do projeto 2. Criar versão inicial da EAP 3. Criar versão inicial do Cronograma 4. Realizar Kick-off do Projeto Iniciação
  • 36. 3. Criar versão inicial do cronograma • Linha do tempo com as datas planejadas para realização das atividades • Atividades para realizar cada entrega prevista na EAP • É desta forma que os dois se complementam...
  • 37. 3. Criar versão inicial do cronograma
  • 38. Por que começar a EAP e o cronograma na iniciação do projeto? • Mesmo sendo versões iniciais, ajudam a organizar os próximos passos e identificar os pontos de atenção que requerem atuação imediata...
  • 39. Atividades da fase de Iniciação 1. Preencher o Termo de Abertura do projeto 2. Criar versão inicial da EAP 3. Criar versão inicial do Cronograma 4. Realizar Kick-off do Projeto Iniciação
  • 40. 4. Realizar o Kick-off do Projeto • “Ritual” para formalizar o início do projeto • Reunião ou evento • Todos os stakeholders podem participar • Talvez seja necessário um kick-off específico para cada público
  • 41. CONTINUAÇÃO DA ATIVIDADE EM GRUPO: Escrever o termo de abertura de projeto • Uma estrutura básica para um termo de abertura.
  • 42. O QUE É UMA ENTREGA?  É qualquer produto, serviço ou resultado, ou suas partes, que devem ser realizadas ou produzidas, obrigatoriamente, para conclusão do projeto ou de parte dele.  É tangível, verificável e está sujeita à aprovação. Exemplos de entrega: Estudo de viabilidade, manual do sistema, projeto básico, especificação do módulo web, obra da sala, reunião de partida, etc.
  • 43. + Entregas relativas ao GP (exemplos): Planos, Relatórios, Reuniões, etc. Entrega 3 Entrega N Entrega 1 Entrega 2 Escopo do Projeto 1-A soma dos produtos, serviços e resultados a serem fornecidos (“entregas”) pelo projeto. 2- Descrição das características e funções para cada entrega (“escopo do produto”). O QUE É O ESCOPO DE PROJETO?
  • 44. ENTREGA E CARACTERÍSTICAS (EXEMPLO) Item Nome da Entrega Características 1.1 Relatório Mensal • Relatório deve informar o valor agregado, desvio de tempo, desvio de custo, problemas e riscos. • Apresentado em formato PDF, letra helvética, tamanho 12.
  • 45.  Documentar as motivações, os objetivos e a descrição do produto, serviço ou solução que irá atender a esses requisitos;  Autorizar formalmente o início de um projeto (ou fase) e a organização responsável;  Constituir-se como o documento base para o planejamento do projeto. O Termo de Abertura: Finalidades Básicas
  • 46. Fluxo de “Nascimento” de um Projeto (Exemplo de Projeto Interno) PROPONENTE DECISORES GERENTE do PROJETO Termo de Abertura 1 Aprovado e Priorizado 2 Alocado o Ger. do Projeto 3 Plano de Projeto 4  Proposta de Projeto através de um Termo de Abertura: sinaliza e define uma necessidade (projeto) e apresenta as condições que a norteiam.  Termo de Abertura (Proposta) deve ser aprovado/autorizado (recursos comprometidos).  Plano de Projeto – GP/equipe refina (detalha) o projeto autorizado.
  • 47.  Escopo: documentação das necessidades de negócio, objetivos e requisitos.  Custo/finanças: orçamento. Estudo de viabilidade técnica e econômica.  Tempo: cronograma de marcos.  Premissas e restrições.  Recursos Humanos.  Etc. O conteúdo depende do contexto do projeto. O Termo de Abertura Exemplo de Conteúdo