SlideShare uma empresa Scribd logo
[object Object],[object Object]
Tríplice aspecto da Doutrina Espírita Primeiramente, Kardec presenciou a existência de fenômenos como as mesas girantes. Para compreender as causas deste fenômeno e como ele se processava, Kardec utilizou o método científico. Ciência Explicação dos fenômenos Filosofia Questões: Que somos? Donde viemos? Para onde vamos? Religião/Moral Transformação: “Fora da caridade não há salvação” A partir do método científico, Kardec identificou a existência de uma inteligência independente do corpo humano (o espírito). Sendo assim, querendo utilizar esta inteligência de maneira útil, ele elaborou diversas questões sobre a existëncia humana (questões filosóficas). A partir das respostas obtidas, ele constatou que o objetivo do homem é a sua transformação moral, segundo o exemplo de Cristo. Doutrina Espírita ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Tríplice aspecto da Doutrina Espírita Ler o discurso de abertura da Sessão Anual Comemorativa dos Mortos, na Sociedade de Paris, publicado na Revista Espírita de dezembro de 1968. Neste discurso, Allan Kardec responde à pergunta “O Espiritismo é uma Religião”. ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Tríplice aspecto da Doutrina Espírita Na folha de rosto de O Livro dos Espiritos, Kardec afirma que “Falíssima ideia formaria do Espiritismo quem julgasse que a sua força  lhe vem da prática das manifestações materiais e que, portanto, obstando-se a tais manifetações, se lhe terá minado a base. Sua força está na sua filosofia, no apelo que dirige à razão, ao bom senso...” ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Tríplice aspecto da Doutrina Espírita Kardec afirma no item 55 de A Gênese que “O Espiritismo, pois, não estabelece como princípio absoluto senão o que se acha evidentemente demonstrado, ou o que ressalta logicamente pela observação. […] Caminhando de par com o progresso, o Espiritismo jamais será ultrapassado...” ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Tríplice aspecto da Doutrina Espírita Questões para refletir e discutir: 1) A existência deste tríplice aspecto é positiva ou negativa para a Doutrina Espírita? E para o Espiritismo? Explique, citando exemplos. 2) Qual aspecto da Doutrina Espírita é o mais importante? Se existir o mais importante, indique e explique. 3) Como podemos estudar/viver a Doutrina Espírita sem perder o equilíbrio entre os três aspectos? Caso este equilíbio não seja atingido, podemos nos dizer espíritas? 4) Você conhece alguma outra doutrina que possua esses 3 aspectos? Comente. ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

ESDE - Fundamental 1 - modulo 1 - roteiro 2 -
ESDE - Fundamental 1 - modulo 1 - roteiro 2 -ESDE - Fundamental 1 - modulo 1 - roteiro 2 -
Lançamento de o livro dos espíritos
Lançamento de o livro dos espíritosLançamento de o livro dos espíritos
Lançamento de o livro dos espíritos
Helio Cruz
 
Capítulo 4
Capítulo 4Capítulo 4
Capítulo 4
Leonardo Marques
 
Roteiro 2 espiritismo ou doutrina espírito - conceito e objeto
Roteiro 2   espiritismo ou doutrina espírito - conceito e objetoRoteiro 2   espiritismo ou doutrina espírito - conceito e objeto
Roteiro 2 espiritismo ou doutrina espírito - conceito e objeto
Bruno Cechinel Filho
 
Fundamental i modulo i - roteiro 2
Fundamental i   modulo i - roteiro 2 Fundamental i   modulo i - roteiro 2
Fundamental i modulo i - roteiro 2
Shantappa Jewur
 
2 estudo sis doutrina espu00 e-drita
2   estudo sis doutrina espu00 e-drita2   estudo sis doutrina espu00 e-drita
2 estudo sis doutrina espu00 e-drita
José Patrocinio
 
O que é o espiritismo
O que é o espiritismoO que é o espiritismo
O que é o espiritismo
André Gonçalves
 
ESDE - Fundamental l – módulo l – roteiro 3 – Sergio Luiz Ribeiro
ESDE - Fundamental l – módulo l – roteiro 3 – Sergio Luiz RibeiroESDE - Fundamental l – módulo l – roteiro 3 – Sergio Luiz Ribeiro
ESDE - Fundamental l – módulo l – roteiro 3 – Sergio Luiz Ribeiro
Sergio Luiz , Palestrante Espírita - Professor, Cientista Social e Jornalista
 
O futuro do esde
O futuro do esdeO futuro do esde
O futuro do esde
USE Intermunicipal Bauru
 
02. [2011] fund i-mod i-rot 2-euzebio aula
02. [2011] fund i-mod i-rot 2-euzebio aula02. [2011] fund i-mod i-rot 2-euzebio aula
02. [2011] fund i-mod i-rot 2-euzebio aula
Euzebio Medrado
 
Triplice Aspecto da Doutrina Espirita
Triplice Aspecto da Doutrina EspiritaTriplice Aspecto da Doutrina Espirita
Triplice Aspecto da Doutrina Espirita
Angelo Baptista
 
O que é o Espiritismo? (o tríplice aspecto)-1,5h
O que é o Espiritismo? (o tríplice aspecto)-1,5hO que é o Espiritismo? (o tríplice aspecto)-1,5h
O que é o Espiritismo? (o tríplice aspecto)-1,5h
home
 
Roteiro 3 triplice aspecto da doutrina espírita
Roteiro 3   triplice aspecto da doutrina espíritaRoteiro 3   triplice aspecto da doutrina espírita
Roteiro 3 triplice aspecto da doutrina espírita
Bruno Cechinel Filho
 
História di ESDE
História di ESDEHistória di ESDE
História di ESDE
gianete
 
Introdução à Filosofia da Religião
Introdução à Filosofia da ReligiãoIntrodução à Filosofia da Religião
Introdução à Filosofia da Religião
CursoDeFerias
 
Filosofia e religião 31.07.14
Filosofia e religião   31.07.14Filosofia e religião   31.07.14
Filosofia e religião 31.07.14
Ev Lourival Santos
 
Esdei 01.02 conceito e objeto
Esdei 01.02 conceito e objetoEsdei 01.02 conceito e objeto
Esdei 01.02 conceito e objeto
Denise Aguiar
 
Fundamental i modulo i - roteiro 3
Fundamental i   modulo i - roteiro 3Fundamental i   modulo i - roteiro 3
Fundamental i modulo i - roteiro 3
Shantappa Jewur
 
O que é o espiritismo parte 5
O que é o espiritismo parte 5O que é o espiritismo parte 5
O que é o espiritismo parte 5
Graça Maciel
 
Módulo I - Aula III - Mansão Espírita
Módulo I - Aula III - Mansão EspíritaMódulo I - Aula III - Mansão Espírita
Módulo I - Aula III - Mansão Espírita
brunoquadros
 

Mais procurados (20)

ESDE - Fundamental 1 - modulo 1 - roteiro 2 -
ESDE - Fundamental 1 - modulo 1 - roteiro 2 -ESDE - Fundamental 1 - modulo 1 - roteiro 2 -
ESDE - Fundamental 1 - modulo 1 - roteiro 2 -
 
Lançamento de o livro dos espíritos
Lançamento de o livro dos espíritosLançamento de o livro dos espíritos
Lançamento de o livro dos espíritos
 
Capítulo 4
Capítulo 4Capítulo 4
Capítulo 4
 
Roteiro 2 espiritismo ou doutrina espírito - conceito e objeto
Roteiro 2   espiritismo ou doutrina espírito - conceito e objetoRoteiro 2   espiritismo ou doutrina espírito - conceito e objeto
Roteiro 2 espiritismo ou doutrina espírito - conceito e objeto
 
Fundamental i modulo i - roteiro 2
Fundamental i   modulo i - roteiro 2 Fundamental i   modulo i - roteiro 2
Fundamental i modulo i - roteiro 2
 
2 estudo sis doutrina espu00 e-drita
2   estudo sis doutrina espu00 e-drita2   estudo sis doutrina espu00 e-drita
2 estudo sis doutrina espu00 e-drita
 
O que é o espiritismo
O que é o espiritismoO que é o espiritismo
O que é o espiritismo
 
ESDE - Fundamental l – módulo l – roteiro 3 – Sergio Luiz Ribeiro
ESDE - Fundamental l – módulo l – roteiro 3 – Sergio Luiz RibeiroESDE - Fundamental l – módulo l – roteiro 3 – Sergio Luiz Ribeiro
ESDE - Fundamental l – módulo l – roteiro 3 – Sergio Luiz Ribeiro
 
O futuro do esde
O futuro do esdeO futuro do esde
O futuro do esde
 
02. [2011] fund i-mod i-rot 2-euzebio aula
02. [2011] fund i-mod i-rot 2-euzebio aula02. [2011] fund i-mod i-rot 2-euzebio aula
02. [2011] fund i-mod i-rot 2-euzebio aula
 
Triplice Aspecto da Doutrina Espirita
Triplice Aspecto da Doutrina EspiritaTriplice Aspecto da Doutrina Espirita
Triplice Aspecto da Doutrina Espirita
 
O que é o Espiritismo? (o tríplice aspecto)-1,5h
O que é o Espiritismo? (o tríplice aspecto)-1,5hO que é o Espiritismo? (o tríplice aspecto)-1,5h
O que é o Espiritismo? (o tríplice aspecto)-1,5h
 
Roteiro 3 triplice aspecto da doutrina espírita
Roteiro 3   triplice aspecto da doutrina espíritaRoteiro 3   triplice aspecto da doutrina espírita
Roteiro 3 triplice aspecto da doutrina espírita
 
História di ESDE
História di ESDEHistória di ESDE
História di ESDE
 
Introdução à Filosofia da Religião
Introdução à Filosofia da ReligiãoIntrodução à Filosofia da Religião
Introdução à Filosofia da Religião
 
Filosofia e religião 31.07.14
Filosofia e religião   31.07.14Filosofia e religião   31.07.14
Filosofia e religião 31.07.14
 
Esdei 01.02 conceito e objeto
Esdei 01.02 conceito e objetoEsdei 01.02 conceito e objeto
Esdei 01.02 conceito e objeto
 
Fundamental i modulo i - roteiro 3
Fundamental i   modulo i - roteiro 3Fundamental i   modulo i - roteiro 3
Fundamental i modulo i - roteiro 3
 
O que é o espiritismo parte 5
O que é o espiritismo parte 5O que é o espiritismo parte 5
O que é o espiritismo parte 5
 
Módulo I - Aula III - Mansão Espírita
Módulo I - Aula III - Mansão EspíritaMódulo I - Aula III - Mansão Espírita
Módulo I - Aula III - Mansão Espírita
 

Semelhante a Geead 01/06/2011 - Tríplice Aspecto da Doutrina Espírita.

AULA COMPLEMENTAR.ppt
AULA COMPLEMENTAR.pptAULA COMPLEMENTAR.ppt
AULA COMPLEMENTAR.ppt
FilipeDuartedeBem
 
Aula 05 Curso Básico de Espiritismo
Aula 05 Curso Básico de EspiritismoAula 05 Curso Básico de Espiritismo
Aula 05 Curso Básico de Espiritismo
liliancostadias
 
Espiritismo e mediunidade 03
Espiritismo e mediunidade 03Espiritismo e mediunidade 03
Espiritismo e mediunidade 03
Leonardo Pereira
 
Geead - Excelência Pedagógica do Espiritismo
Geead - Excelência Pedagógica do EspiritismoGeead - Excelência Pedagógica do Espiritismo
Geead - Excelência Pedagógica do Espiritismo
Geead Abu Dhabi
 
Curso Básico de Espiritismo - Capítulo 02
Curso Básico de Espiritismo - Capítulo 02Curso Básico de Espiritismo - Capítulo 02
Curso Básico de Espiritismo - Capítulo 02
ADEP Portugal
 
Aspecto TríPlice Da Doutrina EspíRita
Aspecto TríPlice Da Doutrina EspíRitaAspecto TríPlice Da Doutrina EspíRita
Aspecto TríPlice Da Doutrina EspíRita
Sergio Menezes
 
Espiritismo, científico, filosófico e religioso (nertan jucá)
Espiritismo, científico, filosófico e religioso (nertan jucá)Espiritismo, científico, filosófico e religioso (nertan jucá)
Espiritismo, científico, filosófico e religioso (nertan jucá)
Nertan Jucá
 
Tríplice Aspecto da Doutrina Espírita.pptx
Tríplice Aspecto da Doutrina Espírita.pptxTríplice Aspecto da Doutrina Espírita.pptx
Tríplice Aspecto da Doutrina Espírita.pptx
LuizHenriqueTDias
 
Genese cap 01 de 1 a 29
Genese cap 01  de 1 a 29Genese cap 01  de 1 a 29
Genese cap 01 de 1 a 29
Fernando A. O. Pinto
 
Genese CAP 01 de 1 a 29
Genese CAP 01  de 1 a 29Genese CAP 01  de 1 a 29
Genese CAP 01 de 1 a 29
Fernando Pinto
 
O triplice aspecto do espiritismo
O triplice aspecto do espiritismoO triplice aspecto do espiritismo
O triplice aspecto do espiritismo
Graça Maciel
 
O que é espiritismo
O que é espiritismoO que é espiritismo
O que é espiritismo
Melita Andrade
 
Como proceder no estudo do espiritismo
Como proceder no estudo do espiritismoComo proceder no estudo do espiritismo
Como proceder no estudo do espiritismo
Helio Cruz
 
metafisica-e-espiritismo apresentacao PPT
metafisica-e-espiritismo apresentacao PPTmetafisica-e-espiritismo apresentacao PPT
metafisica-e-espiritismo apresentacao PPT
ssusere2b29c
 
( Espiritismo) # - andre h siqueira - a forca esta na filosofia
( Espiritismo)   # - andre h siqueira - a forca esta na filosofia( Espiritismo)   # - andre h siqueira - a forca esta na filosofia
( Espiritismo) # - andre h siqueira - a forca esta na filosofia
Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 
( Espiritismo) # - andre h siqueira - a forca esta na filosofia(1)
( Espiritismo)   # - andre h siqueira - a forca esta na filosofia(1)( Espiritismo)   # - andre h siqueira - a forca esta na filosofia(1)
( Espiritismo) # - andre h siqueira - a forca esta na filosofia(1)
Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 
1 O que é Espiritismo
1   O que é Espiritismo1   O que é Espiritismo
1 O que é Espiritismo
CEJG
 
Para Que Filosofia
Para Que FilosofiaPara Que Filosofia
Para Que Filosofia
guestfb5e9b7
 
Apostila de filosofia 6o ef - 1o bimestre
Apostila de filosofia   6o ef - 1o bimestreApostila de filosofia   6o ef - 1o bimestre
Apostila de filosofia 6o ef - 1o bimestre
Andrea Parlen
 
principios basicos do espiritismo
principios basicos do espiritismoprincipios basicos do espiritismo
principios basicos do espiritismo
cleomarjunior
 

Semelhante a Geead 01/06/2011 - Tríplice Aspecto da Doutrina Espírita. (20)

AULA COMPLEMENTAR.ppt
AULA COMPLEMENTAR.pptAULA COMPLEMENTAR.ppt
AULA COMPLEMENTAR.ppt
 
Aula 05 Curso Básico de Espiritismo
Aula 05 Curso Básico de EspiritismoAula 05 Curso Básico de Espiritismo
Aula 05 Curso Básico de Espiritismo
 
Espiritismo e mediunidade 03
Espiritismo e mediunidade 03Espiritismo e mediunidade 03
Espiritismo e mediunidade 03
 
Geead - Excelência Pedagógica do Espiritismo
Geead - Excelência Pedagógica do EspiritismoGeead - Excelência Pedagógica do Espiritismo
Geead - Excelência Pedagógica do Espiritismo
 
Curso Básico de Espiritismo - Capítulo 02
Curso Básico de Espiritismo - Capítulo 02Curso Básico de Espiritismo - Capítulo 02
Curso Básico de Espiritismo - Capítulo 02
 
Aspecto TríPlice Da Doutrina EspíRita
Aspecto TríPlice Da Doutrina EspíRitaAspecto TríPlice Da Doutrina EspíRita
Aspecto TríPlice Da Doutrina EspíRita
 
Espiritismo, científico, filosófico e religioso (nertan jucá)
Espiritismo, científico, filosófico e religioso (nertan jucá)Espiritismo, científico, filosófico e religioso (nertan jucá)
Espiritismo, científico, filosófico e religioso (nertan jucá)
 
Tríplice Aspecto da Doutrina Espírita.pptx
Tríplice Aspecto da Doutrina Espírita.pptxTríplice Aspecto da Doutrina Espírita.pptx
Tríplice Aspecto da Doutrina Espírita.pptx
 
Genese cap 01 de 1 a 29
Genese cap 01  de 1 a 29Genese cap 01  de 1 a 29
Genese cap 01 de 1 a 29
 
Genese CAP 01 de 1 a 29
Genese CAP 01  de 1 a 29Genese CAP 01  de 1 a 29
Genese CAP 01 de 1 a 29
 
O triplice aspecto do espiritismo
O triplice aspecto do espiritismoO triplice aspecto do espiritismo
O triplice aspecto do espiritismo
 
O que é espiritismo
O que é espiritismoO que é espiritismo
O que é espiritismo
 
Como proceder no estudo do espiritismo
Como proceder no estudo do espiritismoComo proceder no estudo do espiritismo
Como proceder no estudo do espiritismo
 
metafisica-e-espiritismo apresentacao PPT
metafisica-e-espiritismo apresentacao PPTmetafisica-e-espiritismo apresentacao PPT
metafisica-e-espiritismo apresentacao PPT
 
( Espiritismo) # - andre h siqueira - a forca esta na filosofia
( Espiritismo)   # - andre h siqueira - a forca esta na filosofia( Espiritismo)   # - andre h siqueira - a forca esta na filosofia
( Espiritismo) # - andre h siqueira - a forca esta na filosofia
 
( Espiritismo) # - andre h siqueira - a forca esta na filosofia(1)
( Espiritismo)   # - andre h siqueira - a forca esta na filosofia(1)( Espiritismo)   # - andre h siqueira - a forca esta na filosofia(1)
( Espiritismo) # - andre h siqueira - a forca esta na filosofia(1)
 
1 O que é Espiritismo
1   O que é Espiritismo1   O que é Espiritismo
1 O que é Espiritismo
 
Para Que Filosofia
Para Que FilosofiaPara Que Filosofia
Para Que Filosofia
 
Apostila de filosofia 6o ef - 1o bimestre
Apostila de filosofia   6o ef - 1o bimestreApostila de filosofia   6o ef - 1o bimestre
Apostila de filosofia 6o ef - 1o bimestre
 
principios basicos do espiritismo
principios basicos do espiritismoprincipios basicos do espiritismo
principios basicos do espiritismo
 

Mais de Geead Abu Dhabi

GEEAD_2012_02_08
GEEAD_2012_02_08GEEAD_2012_02_08
GEEAD_2012_02_08
Geead Abu Dhabi
 
GEEAD_2012_02_01
GEEAD_2012_02_01GEEAD_2012_02_01
GEEAD_2012_02_01
Geead Abu Dhabi
 
GEEAD_2012_01_18
GEEAD_2012_01_18GEEAD_2012_01_18
GEEAD_2012_01_18
Geead Abu Dhabi
 
GEEAD_2012_01_11
GEEAD_2012_01_11GEEAD_2012_01_11
GEEAD_2012_01_11
Geead Abu Dhabi
 
GEEAD_2012_01_04
GEEAD_2012_01_04GEEAD_2012_01_04
GEEAD_2012_01_04
Geead Abu Dhabi
 
GEEAD_2011_12_14
GEEAD_2011_12_14GEEAD_2011_12_14
GEEAD_2011_12_14
Geead Abu Dhabi
 
GEEAD_2011_12_14
GEEAD_2011_12_14GEEAD_2011_12_14
GEEAD_2011_12_14
Geead Abu Dhabi
 
GEEAD_2011_11_30
GEEAD_2011_11_30GEEAD_2011_11_30
GEEAD_2011_11_30
Geead Abu Dhabi
 
GEEAD_2011_11_16
GEEAD_2011_11_16GEEAD_2011_11_16
GEEAD_2011_11_16
Geead Abu Dhabi
 
GEEAD_2011_11_02
GEEAD_2011_11_02GEEAD_2011_11_02
GEEAD_2011_11_02
Geead Abu Dhabi
 
OqueFazesDeEspecial
OqueFazesDeEspecialOqueFazesDeEspecial
OqueFazesDeEspecial
Geead Abu Dhabi
 
GEEAD_2011_11_23
GEEAD_2011_11_23GEEAD_2011_11_23
GEEAD_2011_11_23
Geead Abu Dhabi
 
GEEAD_2011_10_26
GEEAD_2011_10_26GEEAD_2011_10_26
GEEAD_2011_10_26
Geead Abu Dhabi
 
GEEAD_2011_12_07: A etapa da infancia no processo reencarnatorio
GEEAD_2011_12_07: A etapa da infancia no processo reencarnatorioGEEAD_2011_12_07: A etapa da infancia no processo reencarnatorio
GEEAD_2011_12_07: A etapa da infancia no processo reencarnatorio
Geead Abu Dhabi
 
Geead 2011 10_19
Geead 2011 10_19Geead 2011 10_19
Geead 2011 10_19
Geead Abu Dhabi
 
Geead 26-10-2011: Fundamentos e utilidade da reencarnação
Geead 26-10-2011: Fundamentos e utilidade da reencarnaçãoGeead 26-10-2011: Fundamentos e utilidade da reencarnação
Geead 26-10-2011: Fundamentos e utilidade da reencarnação
Geead Abu Dhabi
 
Geead 19-10-2011: A mediunidade com Jesus
Geead 19-10-2011: A mediunidade com JesusGeead 19-10-2011: A mediunidade com Jesus
Geead 19-10-2011: A mediunidade com Jesus
Geead Abu Dhabi
 
Geead 21-09-2011: Provas da existência e sobrevivência do espírito
Geead 21-09-2011: Provas da existência e sobrevivência do espíritoGeead 21-09-2011: Provas da existência e sobrevivência do espírito
Geead 21-09-2011: Provas da existência e sobrevivência do espírito
Geead Abu Dhabi
 
Geead 21-09-2011: Provas da existência e sobrevivência do espírito
Geead 21-09-2011: Provas da existência e sobrevivência do espíritoGeead 21-09-2011: Provas da existência e sobrevivência do espírito
Geead 21-09-2011: Provas da existência e sobrevivência do espírito
Geead Abu Dhabi
 
Geead 05-10-2011: Influência dos espíritosem nossos pensamentos e atos
Geead 05-10-2011: Influência dos espíritosem nossos pensamentos e atosGeead 05-10-2011: Influência dos espíritosem nossos pensamentos e atos
Geead 05-10-2011: Influência dos espíritosem nossos pensamentos e atos
Geead Abu Dhabi
 

Mais de Geead Abu Dhabi (20)

GEEAD_2012_02_08
GEEAD_2012_02_08GEEAD_2012_02_08
GEEAD_2012_02_08
 
GEEAD_2012_02_01
GEEAD_2012_02_01GEEAD_2012_02_01
GEEAD_2012_02_01
 
GEEAD_2012_01_18
GEEAD_2012_01_18GEEAD_2012_01_18
GEEAD_2012_01_18
 
GEEAD_2012_01_11
GEEAD_2012_01_11GEEAD_2012_01_11
GEEAD_2012_01_11
 
GEEAD_2012_01_04
GEEAD_2012_01_04GEEAD_2012_01_04
GEEAD_2012_01_04
 
GEEAD_2011_12_14
GEEAD_2011_12_14GEEAD_2011_12_14
GEEAD_2011_12_14
 
GEEAD_2011_12_14
GEEAD_2011_12_14GEEAD_2011_12_14
GEEAD_2011_12_14
 
GEEAD_2011_11_30
GEEAD_2011_11_30GEEAD_2011_11_30
GEEAD_2011_11_30
 
GEEAD_2011_11_16
GEEAD_2011_11_16GEEAD_2011_11_16
GEEAD_2011_11_16
 
GEEAD_2011_11_02
GEEAD_2011_11_02GEEAD_2011_11_02
GEEAD_2011_11_02
 
OqueFazesDeEspecial
OqueFazesDeEspecialOqueFazesDeEspecial
OqueFazesDeEspecial
 
GEEAD_2011_11_23
GEEAD_2011_11_23GEEAD_2011_11_23
GEEAD_2011_11_23
 
GEEAD_2011_10_26
GEEAD_2011_10_26GEEAD_2011_10_26
GEEAD_2011_10_26
 
GEEAD_2011_12_07: A etapa da infancia no processo reencarnatorio
GEEAD_2011_12_07: A etapa da infancia no processo reencarnatorioGEEAD_2011_12_07: A etapa da infancia no processo reencarnatorio
GEEAD_2011_12_07: A etapa da infancia no processo reencarnatorio
 
Geead 2011 10_19
Geead 2011 10_19Geead 2011 10_19
Geead 2011 10_19
 
Geead 26-10-2011: Fundamentos e utilidade da reencarnação
Geead 26-10-2011: Fundamentos e utilidade da reencarnaçãoGeead 26-10-2011: Fundamentos e utilidade da reencarnação
Geead 26-10-2011: Fundamentos e utilidade da reencarnação
 
Geead 19-10-2011: A mediunidade com Jesus
Geead 19-10-2011: A mediunidade com JesusGeead 19-10-2011: A mediunidade com Jesus
Geead 19-10-2011: A mediunidade com Jesus
 
Geead 21-09-2011: Provas da existência e sobrevivência do espírito
Geead 21-09-2011: Provas da existência e sobrevivência do espíritoGeead 21-09-2011: Provas da existência e sobrevivência do espírito
Geead 21-09-2011: Provas da existência e sobrevivência do espírito
 
Geead 21-09-2011: Provas da existência e sobrevivência do espírito
Geead 21-09-2011: Provas da existência e sobrevivência do espíritoGeead 21-09-2011: Provas da existência e sobrevivência do espírito
Geead 21-09-2011: Provas da existência e sobrevivência do espírito
 
Geead 05-10-2011: Influência dos espíritosem nossos pensamentos e atos
Geead 05-10-2011: Influência dos espíritosem nossos pensamentos e atosGeead 05-10-2011: Influência dos espíritosem nossos pensamentos e atos
Geead 05-10-2011: Influência dos espíritosem nossos pensamentos e atos
 

Último

Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Elton Zanoni
 
Salmo 91
Salmo 91Salmo 91
Salmo 91
Nilson Almeida
 
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdfJesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
REFORMADOR PROTESTANTE
 
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livroA VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
GABRIELADIASDUTRA1
 
SEGREDOS DO APOCALIPSE - o apocalipse através de olhos hebraicos
SEGREDOS DO APOCALIPSE - o apocalipse através de olhos hebraicosSEGREDOS DO APOCALIPSE - o apocalipse através de olhos hebraicos
SEGREDOS DO APOCALIPSE - o apocalipse através de olhos hebraicos
REFORMADOR PROTESTANTE
 
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptxLição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Celso Napoleon
 
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
REFORMADOR PROTESTANTE
 
Estudo Biblico deuteronomio PowerPoint.pdf
Estudo Biblico deuteronomio PowerPoint.pdfEstudo Biblico deuteronomio PowerPoint.pdf
Estudo Biblico deuteronomio PowerPoint.pdf
JaquelineSantosBasto
 
Festa das Primícias - Igreja Adventista do Sétimo Dia
Festa das Primícias - Igreja Adventista do Sétimo DiaFesta das Primícias - Igreja Adventista do Sétimo Dia
Festa das Primícias - Igreja Adventista do Sétimo Dia
André Luiz Marques
 
a futura religião da nova ordem mundial.
a  futura religião da nova ordem mundial.a  futura religião da nova ordem mundial.
a futura religião da nova ordem mundial.
REFORMADOR PROTESTANTE
 
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptxLição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Celso Napoleon
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Nilson Almeida
 
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptxLição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
JaquelineSantosBasto
 
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdfA Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
claudiovieira83
 
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.docORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
Oziete SS
 

Último (15)

Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
 
Salmo 91
Salmo 91Salmo 91
Salmo 91
 
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdfJesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
 
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livroA VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
 
SEGREDOS DO APOCALIPSE - o apocalipse através de olhos hebraicos
SEGREDOS DO APOCALIPSE - o apocalipse através de olhos hebraicosSEGREDOS DO APOCALIPSE - o apocalipse através de olhos hebraicos
SEGREDOS DO APOCALIPSE - o apocalipse através de olhos hebraicos
 
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptxLição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
 
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
 
Estudo Biblico deuteronomio PowerPoint.pdf
Estudo Biblico deuteronomio PowerPoint.pdfEstudo Biblico deuteronomio PowerPoint.pdf
Estudo Biblico deuteronomio PowerPoint.pdf
 
Festa das Primícias - Igreja Adventista do Sétimo Dia
Festa das Primícias - Igreja Adventista do Sétimo DiaFesta das Primícias - Igreja Adventista do Sétimo Dia
Festa das Primícias - Igreja Adventista do Sétimo Dia
 
a futura religião da nova ordem mundial.
a  futura religião da nova ordem mundial.a  futura religião da nova ordem mundial.
a futura religião da nova ordem mundial.
 
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptxLição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
 
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptxLição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
 
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdfA Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
 
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.docORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
 

Geead 01/06/2011 - Tríplice Aspecto da Doutrina Espírita.

  • 1.
  • 2.
  • 3.
  • 4.
  • 5.
  • 6.

Notas do Editor

  1. Inicialmente, Kardec lançou mão da sonda da investigação para poder comprovar a veracidade dos fatos ( ciência ); em seguida, percebendo que poderia extrair conteúdo mais nobre daqueles fenômenos, formulou questões de elevado teor filosófico ( filosofia ); na seqüência, retomando as pesquisas científicas constatou que aquelas verdades, trazidas sob a coordenação dos espíritos superiores estavam entrelaçadas a conseqüências morais-religiosas para o Homem ( religião ).
  2. Sabe-se que a filosofia nasce quando o homem pergunta, interroga, cogita, deseja saber o "como" e o "porquê" das coisas, dos fatos, dos acontecimentos. O caráter filosófico do Espiritismo está, portanto, no estudo que ele faz do homem, de seus problemas, de sua origem e de sua destinação. Que somos? Donde viemos? Para onde vamos? - eis as clássicas perguntas que a filosofia espírita responde com notável clareza.
  3. O Espiritismo passa da filosofia à ciência quando confirma, pela experimentação, os conhecimentos filosóficos que prega e dissemina. Se, como filosofia, trata do conhecimento ante a razão, indaga dos princípios e perscruta o Espírito, como Ciência ele os prova.