SlideShare uma empresa Scribd logo
Energia Hídrica
  Energia Hídrica

A energia hidráulica ou energia hídrica é a energia obtida a partir da energia
potencial de uma massa de água. A forma na qual ela se manifesta na natureza é
nos fluxos de água, como rios e lagos e pode ser aproveitada por meio de um
desnível ou queda d'água. Pode ser convertida na forma de energia mecânica
(rotação de um eixo) através de turbinas hidráulicas ou moinhos de água. As
turbinas por sua vez podem ser usadas como acionamento de um equipamento
industrial, como um compressor, ou de um gerador elétrico, com a finalidade de
prover energia elétrica para uma rede de energia.

No Brasil, devido a sua enorme quantidade de rios, a maior parte da energia
elétrica disponível é proveniente de grandes usinas hidrelétricas. A energia primária
de uma hidrelétrica é a energia potencial gravitacional da água contida numa
represa elevada. Antes de se tornar energia elétrica, a energia primária deve ser
convertida em energia cinética de rotação. O dispositivo que realiza essa
transformação é a turbina. Ela consiste basicamente em uma roda dotada de pás,
que é posta em rápida rotação ao receber a massa de água. O último elemento
dessa cadeia de transformações é o gerador, que converte o movimento rotatório
da turbina em energia .
A Potência

Quando a energia elétrica atravessa um condutor, transforma-se
parcialmente em calor. Essa perda é tanto maior quanto mais elevada for
a intensidade da corrente transportada e maior for a resistência do fio
condutor. Assim, seria conveniente efetuar a transmissão da energia
elétrica por meio de fios muito grossos, que apresentam menos
resistência. Porém, não se pode aumentar excessivamente o diâmetro do
condutor, pois isso traria graves problemas de construção e transporte,
além de encarecer muito a instalação. Assim, prefere-se usar altos valores
de tensão, que vão de 150 até 400 kV.
A energia elétrica produzida nas centrais não é dotada de tensão tão alta.
Nos geradores, originalmente, essa energia tem uma tensão de cerca de
10 kV. Valores mais altos são inadequadas, porque os geradores deveriam
ser construídos com dimensões enormes. Além disso, os geradores
possuem partes em movimento e não é possível aumentar
arbitrariamente suas dimensões.
A energia elétrica é, pois, produzida a uma tensão relativamente baixa,
que em seguida é elevada, para fins de transporte. Ao chegar às
vizinhanças dos locais de utilização, a tensão é rebaixada. Essas elevações
e abaixamentos são feitos por meio de transformadores. Potência =
ρ.g.h.Q.H Energia = Potência x Tempo.
 O Gerador

O gerador é um dispositivo que funciona com base nas
leis da indução eletromagnética. Em sua forma mais
simples, consiste numa espira em forma de um círculo.
Ela fica imersa num campo magnético e roda em torno
de um eixo perpendicular às linhas dessa área.
Quando fazemos a espira girar com movimento regular,
o fluxo magnético que atravessa sua superfície varia
continuamente. Surge assim, na espira, uma corrente
induzida periódica. A cada meia volta da espira o
sentido da corrente se inverte, por isso ela recebe o
nome de corrente alternada.
Hidrelétrica de Paracambi
•   Construída em dois anos e meio, a hidrelétrica Paracambi atenderá os
    municípios de Itaguaí, na Região Metropolitana, e Piraí no Médio Paraíba.
    A nova usina é a última a integrar o complexo de Lajes, que já contava
    com as hidrelétricas de Fontes Novas, Nilo Peçanha e Pereira Passos.

o O município de Paracambi, na
  Região Metropolitana do Rio de
  Janeiro, ganhou uma hidrelétrica
  com capacidade para produzir
  mais de 25 megawatts de energia
  limpa e renovável e abastecer 50
  mil residências. Com investimento
  de R$ 200 milhões, a usina da
  Light e da Cemig (Companhia
  Elétrica de Minas Gerais) atende
  também às cidades sul
  fluminenses de Itaguaí e Piraí,
  aumentando a autossuficiência
  energética do estado.
•  De acordo com o vice-governador e
   coordenador de Infraestrutura do Estado do Rio
   de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, que participou
   da inauguração da hidrelétrica, o
   empreendimento também assegura o
   desenvolvimento sócio econômico dos
   municípios fluminenses beneficiados.
• A usina de Paracambi é a última do complexo. A
   primeira foi construída em dezembro de
   1904. Essa energia hidrelétrica representa uma
   importante produção de energia no Rio de
   Janeiro, que cresce bem acima da média
   nacional .
Preservação do meio ambiente
• Centrais de abastecimento de energia como a
   nova hidrelétrica de Paracambi ajudam na
   preservação do meio ambiente, já que
   multiplicam as possibilidades da ampliação da
   geração de energia hídrica, uma fonte limpa e
   que constitui 75% da matriz energética do
   Brasil.
Integrantes:
Isabela Cardoso, Juliana Costa, Ana Carolina Mato


             Turma 3003

Colégio Estadual Dom Helder Câmara

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

G3 usinas hidrelétricas
G3   usinas hidrelétricasG3   usinas hidrelétricas
G3 usinas hidrelétricas
cristbarb
 
Usinas Hidreletricas
Usinas HidreletricasUsinas Hidreletricas
Usinas Hidreletricas
Igor Gabriel
 
Histórico das hidrelétricas no brasil e no mundo
Histórico das hidrelétricas no brasil e no mundoHistórico das hidrelétricas no brasil e no mundo
Histórico das hidrelétricas no brasil e no mundo
UNIVAG
 
Energia hídrica ou hidroelétrica
Energia hídrica ou hidroelétricaEnergia hídrica ou hidroelétrica
Energia hídrica ou hidroelétrica
Ana Beatriz Gonçalves
 
Energia hídrica
Energia hídricaEnergia hídrica
Energia hídrica
biamagalhaes
 
G3 trabalho de física sobre a usina hidrelétrica.
G3   trabalho de física sobre a usina hidrelétrica.G3   trabalho de física sobre a usina hidrelétrica.
G3 trabalho de física sobre a usina hidrelétrica.
cristbarb
 
Usinas hidrelétricas, termoelétricas e nucleares
Usinas hidrelétricas, termoelétricas e nuclearesUsinas hidrelétricas, termoelétricas e nucleares
Usinas hidrelétricas, termoelétricas e nucleares
Vanessa Armstrong
 
Usina hidrelétrica na amazônia
Usina hidrelétrica na amazôniaUsina hidrelétrica na amazônia
Usina hidrelétrica na amazônia
geografia do G.J.P
 
A energia Hidrelétrica-
A energia Hidrelétrica-A energia Hidrelétrica-
A energia Hidrelétrica-
nicollegouveia
 
Energia hidrica
Energia hidricaEnergia hidrica
Energia hidrica
Adriana Cardoso
 
Energia elétrica e hidrelétrica 2003
Energia elétrica e  hidrelétrica 2003Energia elétrica e  hidrelétrica 2003
Energia elétrica e hidrelétrica 2003
cristbarb
 
Usinas hidrelétricas
Usinas hidrelétricasUsinas hidrelétricas
Usinas hidrelétricas
Pedr457
 
Hidreletricas Brasil 3006
Hidreletricas Brasil 3006Hidreletricas Brasil 3006
Hidreletricas Brasil 3006
Salageo Cristina
 
2002 g1 usinas hidrelétricas
2002 g1 usinas hidrelétricas2002 g1 usinas hidrelétricas
2002 g1 usinas hidrelétricas
cristbarb
 
Energia HíDrica
Energia HíDricaEnergia HíDrica
Energia HíDrica
formandoeisnt
 
Hidrelétricas2
Hidrelétricas2Hidrelétricas2
Hidrelétricas2
danielcpacheco2
 
energia hídrica
 energia hídrica  energia hídrica
energia hídrica
Espa Cn 8
 
Origem da energia hidraulica
Origem da energia hidraulicaOrigem da energia hidraulica
Origem da energia hidraulica
Bruno Alvarenga
 
Energia hídrica
Energia hídricaEnergia hídrica
Energia hídrica
Melanie Moreira
 
Energia Hidréletrica
Energia HidréletricaEnergia Hidréletrica
Energia Hidréletrica
Paulino Lopes
 

Mais procurados (20)

G3 usinas hidrelétricas
G3   usinas hidrelétricasG3   usinas hidrelétricas
G3 usinas hidrelétricas
 
Usinas Hidreletricas
Usinas HidreletricasUsinas Hidreletricas
Usinas Hidreletricas
 
Histórico das hidrelétricas no brasil e no mundo
Histórico das hidrelétricas no brasil e no mundoHistórico das hidrelétricas no brasil e no mundo
Histórico das hidrelétricas no brasil e no mundo
 
Energia hídrica ou hidroelétrica
Energia hídrica ou hidroelétricaEnergia hídrica ou hidroelétrica
Energia hídrica ou hidroelétrica
 
Energia hídrica
Energia hídricaEnergia hídrica
Energia hídrica
 
G3 trabalho de física sobre a usina hidrelétrica.
G3   trabalho de física sobre a usina hidrelétrica.G3   trabalho de física sobre a usina hidrelétrica.
G3 trabalho de física sobre a usina hidrelétrica.
 
Usinas hidrelétricas, termoelétricas e nucleares
Usinas hidrelétricas, termoelétricas e nuclearesUsinas hidrelétricas, termoelétricas e nucleares
Usinas hidrelétricas, termoelétricas e nucleares
 
Usina hidrelétrica na amazônia
Usina hidrelétrica na amazôniaUsina hidrelétrica na amazônia
Usina hidrelétrica na amazônia
 
A energia Hidrelétrica-
A energia Hidrelétrica-A energia Hidrelétrica-
A energia Hidrelétrica-
 
Energia hidrica
Energia hidricaEnergia hidrica
Energia hidrica
 
Energia elétrica e hidrelétrica 2003
Energia elétrica e  hidrelétrica 2003Energia elétrica e  hidrelétrica 2003
Energia elétrica e hidrelétrica 2003
 
Usinas hidrelétricas
Usinas hidrelétricasUsinas hidrelétricas
Usinas hidrelétricas
 
Hidreletricas Brasil 3006
Hidreletricas Brasil 3006Hidreletricas Brasil 3006
Hidreletricas Brasil 3006
 
2002 g1 usinas hidrelétricas
2002 g1 usinas hidrelétricas2002 g1 usinas hidrelétricas
2002 g1 usinas hidrelétricas
 
Energia HíDrica
Energia HíDricaEnergia HíDrica
Energia HíDrica
 
Hidrelétricas2
Hidrelétricas2Hidrelétricas2
Hidrelétricas2
 
energia hídrica
 energia hídrica  energia hídrica
energia hídrica
 
Origem da energia hidraulica
Origem da energia hidraulicaOrigem da energia hidraulica
Origem da energia hidraulica
 
Energia hídrica
Energia hídricaEnergia hídrica
Energia hídrica
 
Energia Hidréletrica
Energia HidréletricaEnergia Hidréletrica
Energia Hidréletrica
 

Semelhante a G4 trabalho de física

Aula-9°-ano-semana-26-Usina-hidrelétrica-1.pdf
Aula-9°-ano-semana-26-Usina-hidrelétrica-1.pdfAula-9°-ano-semana-26-Usina-hidrelétrica-1.pdf
Aula-9°-ano-semana-26-Usina-hidrelétrica-1.pdf
ElizaneGoncalvesSant
 
Usina hidroelétrica 2 c
Usina hidroelétrica 2 cUsina hidroelétrica 2 c
Usina hidroelétrica 2 c
Maria Teresa Iannaco Grego
 
Eletrica usinas
Eletrica usinasEletrica usinas
Eletrica usinas
Bruna Farias
 
Fisica
FisicaFisica
Fisica
Pedro Torres
 
Funcionamento da energia hidrica e barragens hidroelectricas
Funcionamento da energia hidrica e barragens hidroelectricasFuncionamento da energia hidrica e barragens hidroelectricas
Funcionamento da energia hidrica e barragens hidroelectricas
manuadao
 
2009 09 11_13_53_8844
2009 09 11_13_53_88442009 09 11_13_53_8844
2009 09 11_13_53_8844
jvcdias
 
Energia
EnergiaEnergia
Energia
sr jr
 
Plano de atividadae.docx
Plano de atividadae.docxPlano de atividadae.docx
Plano de atividadae.docx
Agnaldovideos
 
Geradores e receptores
Geradores e receptoresGeradores e receptores
Geradores e receptores
fisicaatual
 
Geracao, Transmissao e Distribuicao de Energia Eletrica
Geracao, Transmissao e Distribuicao de Energia EletricaGeracao, Transmissao e Distribuicao de Energia Eletrica
Geracao, Transmissao e Distribuicao de Energia Eletrica
thiago oda
 
Gestão Ambiental - Maremotriz
Gestão Ambiental - Maremotriz   Gestão Ambiental - Maremotriz
Gestão Ambiental - Maremotriz
Adriana Andrade
 
Usinas hidrelétricas
Usinas hidrelétricasUsinas hidrelétricas
Usinas hidrelétricas
Natália Gonçalves
 
HidreléTricas E Meio Ambiente 2
HidreléTricas E Meio Ambiente 2HidreléTricas E Meio Ambiente 2
HidreléTricas E Meio Ambiente 2
guest10c94f
 
"Somos Físicos" Usinas Hidrelétricas
"Somos Físicos" Usinas Hidrelétricas"Somos Físicos" Usinas Hidrelétricas
"Somos Físicos" Usinas Hidrelétricas
Vania Lima "Somos Físicos"
 
CIE1_V8.pptx
CIE1_V8.pptxCIE1_V8.pptx
CIE1_V8.pptx
Ires Costa
 
Geradores 2
Geradores 2Geradores 2
Geradores 2
Luciano Costa
 
impactos ambientais causados na produçao de energia
impactos ambientais causados na produçao de energiaimpactos ambientais causados na produçao de energia
impactos ambientais causados na produçao de energia
eyshilla
 
Água - 10º B
Água - 10º BÁgua - 10º B
Água - 10º B
Física Química A
 
Ap8bgrp3
Ap8bgrp3Ap8bgrp3
Ap8bgrp3
ap8bgrp3
 
Fontes renováveis parte ii
Fontes renováveis parte iiFontes renováveis parte ii
Fontes renováveis parte ii
Alessandra Chacon
 

Semelhante a G4 trabalho de física (20)

Aula-9°-ano-semana-26-Usina-hidrelétrica-1.pdf
Aula-9°-ano-semana-26-Usina-hidrelétrica-1.pdfAula-9°-ano-semana-26-Usina-hidrelétrica-1.pdf
Aula-9°-ano-semana-26-Usina-hidrelétrica-1.pdf
 
Usina hidroelétrica 2 c
Usina hidroelétrica 2 cUsina hidroelétrica 2 c
Usina hidroelétrica 2 c
 
Eletrica usinas
Eletrica usinasEletrica usinas
Eletrica usinas
 
Fisica
FisicaFisica
Fisica
 
Funcionamento da energia hidrica e barragens hidroelectricas
Funcionamento da energia hidrica e barragens hidroelectricasFuncionamento da energia hidrica e barragens hidroelectricas
Funcionamento da energia hidrica e barragens hidroelectricas
 
2009 09 11_13_53_8844
2009 09 11_13_53_88442009 09 11_13_53_8844
2009 09 11_13_53_8844
 
Energia
EnergiaEnergia
Energia
 
Plano de atividadae.docx
Plano de atividadae.docxPlano de atividadae.docx
Plano de atividadae.docx
 
Geradores e receptores
Geradores e receptoresGeradores e receptores
Geradores e receptores
 
Geracao, Transmissao e Distribuicao de Energia Eletrica
Geracao, Transmissao e Distribuicao de Energia EletricaGeracao, Transmissao e Distribuicao de Energia Eletrica
Geracao, Transmissao e Distribuicao de Energia Eletrica
 
Gestão Ambiental - Maremotriz
Gestão Ambiental - Maremotriz   Gestão Ambiental - Maremotriz
Gestão Ambiental - Maremotriz
 
Usinas hidrelétricas
Usinas hidrelétricasUsinas hidrelétricas
Usinas hidrelétricas
 
HidreléTricas E Meio Ambiente 2
HidreléTricas E Meio Ambiente 2HidreléTricas E Meio Ambiente 2
HidreléTricas E Meio Ambiente 2
 
"Somos Físicos" Usinas Hidrelétricas
"Somos Físicos" Usinas Hidrelétricas"Somos Físicos" Usinas Hidrelétricas
"Somos Físicos" Usinas Hidrelétricas
 
CIE1_V8.pptx
CIE1_V8.pptxCIE1_V8.pptx
CIE1_V8.pptx
 
Geradores 2
Geradores 2Geradores 2
Geradores 2
 
impactos ambientais causados na produçao de energia
impactos ambientais causados na produçao de energiaimpactos ambientais causados na produçao de energia
impactos ambientais causados na produçao de energia
 
Água - 10º B
Água - 10º BÁgua - 10º B
Água - 10º B
 
Ap8bgrp3
Ap8bgrp3Ap8bgrp3
Ap8bgrp3
 
Fontes renováveis parte ii
Fontes renováveis parte iiFontes renováveis parte ii
Fontes renováveis parte ii
 

Mais de cristbarb

Aula 01 - Física - Energia Energia Mecânica.pptx
Aula 01 - Física - Energia Energia Mecânica.pptxAula 01 - Física - Energia Energia Mecânica.pptx
Aula 01 - Física - Energia Energia Mecânica.pptx
cristbarb
 
Aula02 eletrostatica
Aula02 eletrostaticaAula02 eletrostatica
Aula02 eletrostatica
cristbarb
 
2001 g8 energia nuclear
2001 g8 energia nuclear2001 g8 energia nuclear
2001 g8 energia nuclear
cristbarb
 
2001 g7 biomassa 01
2001 g7 biomassa 012001 g7 biomassa 01
2001 g7 biomassa 01
cristbarb
 
Mares
MaresMares
Mares
cristbarb
 
Geotermica
GeotermicaGeotermica
Geotermica
cristbarb
 
Binder1
Binder1Binder1
Binder1
cristbarb
 
2002 g4
2002 g42002 g4
2002 g4
cristbarb
 
Binder1
Binder1Binder1
Binder1
cristbarb
 
2003 g8 nuclear
2003 g8 nuclear2003 g8 nuclear
2003 g8 nuclear
cristbarb
 
Biomassa
BiomassaBiomassa
Biomassa
cristbarb
 
Binder1
Binder1Binder1
Binder1
cristbarb
 
Energia Geotérmica
Energia GeotérmicaEnergia Geotérmica
Energia Geotérmica
cristbarb
 
Binder1
Binder1Binder1
Binder1
cristbarb
 
2003 g3
2003 g32003 g3
2003 g3
cristbarb
 
Usinas Termoelétricas
Usinas TermoelétricasUsinas Termoelétricas
Usinas Termoelétricas
cristbarb
 
2003 g1
2003 g12003 g1
2003 g1
cristbarb
 
2002 g6 energia maremotriz-1
2002 g6 energia maremotriz-12002 g6 energia maremotriz-1
2002 g6 energia maremotriz-1
cristbarb
 
2002 g4
2002 g42002 g4
2002 g4
cristbarb
 
2001 g3
2001 g32001 g3
2001 g3
cristbarb
 

Mais de cristbarb (20)

Aula 01 - Física - Energia Energia Mecânica.pptx
Aula 01 - Física - Energia Energia Mecânica.pptxAula 01 - Física - Energia Energia Mecânica.pptx
Aula 01 - Física - Energia Energia Mecânica.pptx
 
Aula02 eletrostatica
Aula02 eletrostaticaAula02 eletrostatica
Aula02 eletrostatica
 
2001 g8 energia nuclear
2001 g8 energia nuclear2001 g8 energia nuclear
2001 g8 energia nuclear
 
2001 g7 biomassa 01
2001 g7 biomassa 012001 g7 biomassa 01
2001 g7 biomassa 01
 
Mares
MaresMares
Mares
 
Geotermica
GeotermicaGeotermica
Geotermica
 
Binder1
Binder1Binder1
Binder1
 
2002 g4
2002 g42002 g4
2002 g4
 
Binder1
Binder1Binder1
Binder1
 
2003 g8 nuclear
2003 g8 nuclear2003 g8 nuclear
2003 g8 nuclear
 
Biomassa
BiomassaBiomassa
Biomassa
 
Binder1
Binder1Binder1
Binder1
 
Energia Geotérmica
Energia GeotérmicaEnergia Geotérmica
Energia Geotérmica
 
Binder1
Binder1Binder1
Binder1
 
2003 g3
2003 g32003 g3
2003 g3
 
Usinas Termoelétricas
Usinas TermoelétricasUsinas Termoelétricas
Usinas Termoelétricas
 
2003 g1
2003 g12003 g1
2003 g1
 
2002 g6 energia maremotriz-1
2002 g6 energia maremotriz-12002 g6 energia maremotriz-1
2002 g6 energia maremotriz-1
 
2002 g4
2002 g42002 g4
2002 g4
 
2001 g3
2001 g32001 g3
2001 g3
 

G4 trabalho de física

  • 2.   Energia Hídrica A energia hidráulica ou energia hídrica é a energia obtida a partir da energia potencial de uma massa de água. A forma na qual ela se manifesta na natureza é nos fluxos de água, como rios e lagos e pode ser aproveitada por meio de um desnível ou queda d'água. Pode ser convertida na forma de energia mecânica (rotação de um eixo) através de turbinas hidráulicas ou moinhos de água. As turbinas por sua vez podem ser usadas como acionamento de um equipamento industrial, como um compressor, ou de um gerador elétrico, com a finalidade de prover energia elétrica para uma rede de energia. No Brasil, devido a sua enorme quantidade de rios, a maior parte da energia elétrica disponível é proveniente de grandes usinas hidrelétricas. A energia primária de uma hidrelétrica é a energia potencial gravitacional da água contida numa represa elevada. Antes de se tornar energia elétrica, a energia primária deve ser convertida em energia cinética de rotação. O dispositivo que realiza essa transformação é a turbina. Ela consiste basicamente em uma roda dotada de pás, que é posta em rápida rotação ao receber a massa de água. O último elemento dessa cadeia de transformações é o gerador, que converte o movimento rotatório da turbina em energia .
  • 3.
  • 4. A Potência Quando a energia elétrica atravessa um condutor, transforma-se parcialmente em calor. Essa perda é tanto maior quanto mais elevada for a intensidade da corrente transportada e maior for a resistência do fio condutor. Assim, seria conveniente efetuar a transmissão da energia elétrica por meio de fios muito grossos, que apresentam menos resistência. Porém, não se pode aumentar excessivamente o diâmetro do condutor, pois isso traria graves problemas de construção e transporte, além de encarecer muito a instalação. Assim, prefere-se usar altos valores de tensão, que vão de 150 até 400 kV. A energia elétrica produzida nas centrais não é dotada de tensão tão alta. Nos geradores, originalmente, essa energia tem uma tensão de cerca de 10 kV. Valores mais altos são inadequadas, porque os geradores deveriam ser construídos com dimensões enormes. Além disso, os geradores possuem partes em movimento e não é possível aumentar arbitrariamente suas dimensões. A energia elétrica é, pois, produzida a uma tensão relativamente baixa, que em seguida é elevada, para fins de transporte. Ao chegar às vizinhanças dos locais de utilização, a tensão é rebaixada. Essas elevações e abaixamentos são feitos por meio de transformadores. Potência = ρ.g.h.Q.H Energia = Potência x Tempo.
  • 5.
  • 6.  O Gerador O gerador é um dispositivo que funciona com base nas leis da indução eletromagnética. Em sua forma mais simples, consiste numa espira em forma de um círculo. Ela fica imersa num campo magnético e roda em torno de um eixo perpendicular às linhas dessa área. Quando fazemos a espira girar com movimento regular, o fluxo magnético que atravessa sua superfície varia continuamente. Surge assim, na espira, uma corrente induzida periódica. A cada meia volta da espira o sentido da corrente se inverte, por isso ela recebe o nome de corrente alternada.
  • 7.
  • 8. Hidrelétrica de Paracambi • Construída em dois anos e meio, a hidrelétrica Paracambi atenderá os municípios de Itaguaí, na Região Metropolitana, e Piraí no Médio Paraíba. A nova usina é a última a integrar o complexo de Lajes, que já contava com as hidrelétricas de Fontes Novas, Nilo Peçanha e Pereira Passos. o O município de Paracambi, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro, ganhou uma hidrelétrica com capacidade para produzir mais de 25 megawatts de energia limpa e renovável e abastecer 50 mil residências. Com investimento de R$ 200 milhões, a usina da Light e da Cemig (Companhia Elétrica de Minas Gerais) atende também às cidades sul fluminenses de Itaguaí e Piraí, aumentando a autossuficiência energética do estado.
  • 9. • De acordo com o vice-governador e coordenador de Infraestrutura do Estado do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, que participou da inauguração da hidrelétrica, o empreendimento também assegura o desenvolvimento sócio econômico dos municípios fluminenses beneficiados. • A usina de Paracambi é a última do complexo. A primeira foi construída em dezembro de 1904. Essa energia hidrelétrica representa uma importante produção de energia no Rio de Janeiro, que cresce bem acima da média nacional . Preservação do meio ambiente • Centrais de abastecimento de energia como a nova hidrelétrica de Paracambi ajudam na preservação do meio ambiente, já que multiplicam as possibilidades da ampliação da geração de energia hídrica, uma fonte limpa e que constitui 75% da matriz energética do Brasil.
  • 10. Integrantes: Isabela Cardoso, Juliana Costa, Ana Carolina Mato Turma 3003 Colégio Estadual Dom Helder Câmara