SlideShare uma empresa Scribd logo
Aula de Química

       Profº: Rafilzes
Pensamento do dia


               “”
Bases

   Definição de acordo com a teoria de Arrhenius

       “Base é todo composto capaz de se dissociar na água
        liberando íons, dos quais o único ânion é o OH-
        (hidróxido, hidroxila)”.

       Ex: NaOH; KOH; Mg(OH)2; NH4OH; Al(OH)3; CuOH; etc.

                           H2O(l)
                  1NaOH(s) 1Na+(aq) + 1OH-(aq)
   Mas o que significa uma base ser capaz de
    dissociar-se???



       A Dissociação ocorre quando os íons que constituem
        uma substância entram em contato com a água e se
        separam em cátions e ânions.

       Diferentemente do que ocorre na ionização, na
        dissociação acontece apenas a separação dos íons.

       Ionização = ocorre a reação química com a água!
   Classificação das bases quanto ao número de
    hidroxilas

       Monobases: apenas 1 hidroxila (OH-)
           Ex: NaOH; CuOH; NH4OH; KOH; etc.


       Dibases: 2 hidroxilas (OH-)
           Ex: Mg(OH)2; Zn(OH)2; Cu(OH)2; etc.


       Tribases: 3 hidroxilas (OH-)
           Ex: Al(OH)3; Fe(OH)3


       Tetrabases: 4 hidroxilas (OH-)
           Ex: Pb(OH)4; Sn(OH)4
   Força das bases


       Grau de ionização: Esse conceito é análogo ao usado
        nos ácido.



       α = n° de moléculas que dissociaram
             n° de moléculas dissolvidas
   Bases fortes:

       Posssuem α > 5% podendo chegar até a ~100%

       São as bases derivadas de Metais alcalinos e Metais
        alcalinos terrosos.

       Ex: NaOH; KOH; Mg(OH)2; Ca(OH)2; etc.

    A 18°C
    Hidróxido de sódio (NaOH)  α = 95%  base forte
Metais alcalinos e alcalinos
terrosos
   Bases fracas

       Possuem α ≤ 5%.

       São as bases derivadas dos metais, inclusive dos metais
        das famílias 13, 14 e 15, mais o NH4OH.

       Ex: NH4OH; Fe(OH)3; Al(OH)3.

    A 18°C
    Hidróxido de amônio (NH4OH )  α = 1,5%
   Solubilidade em água

       Bases solúveis:
        Bases de metais alcalinos + NH4OH
        Ex: LiOH, NaOH, KOH, NH4OH


       Bases parcilamente solúveis:
        Bases de metais alcalinos terrosos
        Ex: Mg(OH)2, Ca(OH)2, Sr(OH)2


       Bases insolúveis:
           Todos os outros hidróxidos são praticamente insolúveis.
            Obs: A solubilidade está relacionada com o processo de
            dissociação, como toda base é pelo menos um pouco
            dissociável, não existem bases completamente insolúveis!!!
   Indicadores ácido-base.

       São substâncias que têm a propriedade de mudar de cor
        ao entrarem em contato com meio ácido ou meio básico.

       São utilizadas para determinar se a solução é ácida ou
        básica.
   Nomenclatura das bases

       1) Quando o elemento forma apenas uma base:

       Hidróxido de (nome do cátion)

    Ex:
    AgOH:
    hidróxido de prata

    NaOH:
    hidróxido de sódio

    Al(OH)3:
    hidróxido de alumínio
   2) Quando o elemento forma duas bases diferentes

   Hidróxido de (nome do elemento) + nox em n° romanos

Ex: Fe(OH)2
Hidróxido de ferro II

 Ou então:
Hidróxido (nome do elemento) + ICO / OSO

Ex: Fe(OH)2
Hidróxido ferroso
Fe(OH)2: hidróxido de ferro II, ou
         hidróxido ferroso

Fe(OH)3: hidróxido de ferro III, ou
         hidróxido férrico



CuOH: hidróxido de cobre I, ou
      hidróxido cuproso

Cu(OH)2: hidróxido de cobre II, ou
         hidróxido cúprico
Funções inorgânicas   bases

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Teoria Acido-base inorganica
Teoria Acido-base inorganicaTeoria Acido-base inorganica
Teoria Acido-base inorganica
Ana Dias
 
Número de oxidação (Nox)
Número de oxidação (Nox)Número de oxidação (Nox)
Número de oxidação (Nox)
Fábio Garcia Ferreira
 
Funções inorgânicas ácidos
Funções inorgânicas   ácidosFunções inorgânicas   ácidos
Funções inorgânicas ácidos
Rafael Nishikawa
 
PH e pOH
  PH  e pOH  PH  e pOH
Equilibrio Químico - Conteúdo completo
Equilibrio Químico - Conteúdo completoEquilibrio Químico - Conteúdo completo
Equilibrio Químico - Conteúdo completo
Rosbergue Lúcio
 
Reações de Adição e Eliminação
Reações de Adição e EliminaçãoReações de Adição e Eliminação
Reações de Adição e Eliminação
Kaires Braga
 
Àcidos e bases
Àcidos e basesÀcidos e bases
Àcidos e bases
Anabel Aguiar
 
Acidos e bases (1)
Acidos e bases (1)Acidos e bases (1)
Balanceamento de equações químicas
Balanceamento de equações químicasBalanceamento de equações químicas
Balanceamento de equações químicas
Rafael Nishikawa
 
Aula Funções Inorgânicas
Aula Funções InorgânicasAula Funções Inorgânicas
Aula Funções Inorgânicas
Nai Mariano
 
Ácidos e Bases
Ácidos e BasesÁcidos e Bases
Ácidos e Bases
José Nunes da Silva Jr.
 
Capítulo 19 e 20 funções químicas ácidos, bases, sais e óxidos
Capítulo 19 e 20   funções químicas ácidos, bases, sais e óxidosCapítulo 19 e 20   funções químicas ácidos, bases, sais e óxidos
Capítulo 19 e 20 funções químicas ácidos, bases, sais e óxidos
Igor Brant
 
Estequiometria
EstequiometriaEstequiometria
Estequiometria
José Nunes da Silva Jr.
 
Solução tampão
Solução tampãoSolução tampão
Solução tampão
Adrianne Mendonça
 
Acidos bases sais
Acidos bases saisAcidos bases sais
Acidos bases sais
sabinosilva
 
Forca e Nomenclatura dos Ácidos
Forca e Nomenclatura dos ÁcidosForca e Nomenclatura dos Ácidos
Forca e Nomenclatura dos Ácidos
Hebertty Dantas
 
Reações Químicas
Reações QuímicasReações Químicas
Reações Químicas
Polo UAB de Alagoinhas
 
Funções orgânicas slide
Funções orgânicas slideFunções orgânicas slide
Funções orgânicas slide
Joelson Barral
 
Aula 7 acidos e bases
Aula 7   acidos e basesAula 7   acidos e bases
Aula 7 acidos e bases
José Vitor Alves
 
Aula funções oxigenadas
Aula  funções oxigenadasAula  funções oxigenadas
Aula funções oxigenadas
Profª Alda Ernestina
 

Mais procurados (20)

Teoria Acido-base inorganica
Teoria Acido-base inorganicaTeoria Acido-base inorganica
Teoria Acido-base inorganica
 
Número de oxidação (Nox)
Número de oxidação (Nox)Número de oxidação (Nox)
Número de oxidação (Nox)
 
Funções inorgânicas ácidos
Funções inorgânicas   ácidosFunções inorgânicas   ácidos
Funções inorgânicas ácidos
 
PH e pOH
  PH  e pOH  PH  e pOH
PH e pOH
 
Equilibrio Químico - Conteúdo completo
Equilibrio Químico - Conteúdo completoEquilibrio Químico - Conteúdo completo
Equilibrio Químico - Conteúdo completo
 
Reações de Adição e Eliminação
Reações de Adição e EliminaçãoReações de Adição e Eliminação
Reações de Adição e Eliminação
 
Àcidos e bases
Àcidos e basesÀcidos e bases
Àcidos e bases
 
Acidos e bases (1)
Acidos e bases (1)Acidos e bases (1)
Acidos e bases (1)
 
Balanceamento de equações químicas
Balanceamento de equações químicasBalanceamento de equações químicas
Balanceamento de equações químicas
 
Aula Funções Inorgânicas
Aula Funções InorgânicasAula Funções Inorgânicas
Aula Funções Inorgânicas
 
Ácidos e Bases
Ácidos e BasesÁcidos e Bases
Ácidos e Bases
 
Capítulo 19 e 20 funções químicas ácidos, bases, sais e óxidos
Capítulo 19 e 20   funções químicas ácidos, bases, sais e óxidosCapítulo 19 e 20   funções químicas ácidos, bases, sais e óxidos
Capítulo 19 e 20 funções químicas ácidos, bases, sais e óxidos
 
Estequiometria
EstequiometriaEstequiometria
Estequiometria
 
Solução tampão
Solução tampãoSolução tampão
Solução tampão
 
Acidos bases sais
Acidos bases saisAcidos bases sais
Acidos bases sais
 
Forca e Nomenclatura dos Ácidos
Forca e Nomenclatura dos ÁcidosForca e Nomenclatura dos Ácidos
Forca e Nomenclatura dos Ácidos
 
Reações Químicas
Reações QuímicasReações Químicas
Reações Químicas
 
Funções orgânicas slide
Funções orgânicas slideFunções orgânicas slide
Funções orgânicas slide
 
Aula 7 acidos e bases
Aula 7   acidos e basesAula 7   acidos e bases
Aula 7 acidos e bases
 
Aula funções oxigenadas
Aula  funções oxigenadasAula  funções oxigenadas
Aula funções oxigenadas
 

Destaque

Funções inorgânicas bases
Funções inorgânicas basesFunções inorgânicas bases
Funções inorgânicas bases
dianalove15
 
áCidos, bases, sais e óxidos aula 06
áCidos, bases, sais e  óxidos aula 06áCidos, bases, sais e  óxidos aula 06
áCidos, bases, sais e óxidos aula 06
Cleiton Visoli
 
Ácidos, Bases, Sais e Óxidos
Ácidos, Bases, Sais e ÓxidosÁcidos, Bases, Sais e Óxidos
Ácidos, Bases, Sais e Óxidos
xanxe
 
Funções Inorganicas[1] (1)
Funções Inorganicas[1] (1)Funções Inorganicas[1] (1)
Funções Inorganicas[1] (1)
Saulo Luis Capim
 
Aula de química Sais
 Aula de química Sais   Aula de química Sais
Aula de química Sais
berg927
 
Sais
SaisSais
Sais
SaisSais
Funções inorgânicas ( slide ácidos )
Funções inorgânicas ( slide ácidos )Funções inorgânicas ( slide ácidos )
Funções inorgânicas ( slide ácidos )
lais229
 
Aula 8 sais e oxidos
Aula 8   sais e oxidosAula 8   sais e oxidos
Aula 8 sais e oxidos
José Vitor Alves
 

Destaque (9)

Funções inorgânicas bases
Funções inorgânicas basesFunções inorgânicas bases
Funções inorgânicas bases
 
áCidos, bases, sais e óxidos aula 06
áCidos, bases, sais e  óxidos aula 06áCidos, bases, sais e  óxidos aula 06
áCidos, bases, sais e óxidos aula 06
 
Ácidos, Bases, Sais e Óxidos
Ácidos, Bases, Sais e ÓxidosÁcidos, Bases, Sais e Óxidos
Ácidos, Bases, Sais e Óxidos
 
Funções Inorganicas[1] (1)
Funções Inorganicas[1] (1)Funções Inorganicas[1] (1)
Funções Inorganicas[1] (1)
 
Aula de química Sais
 Aula de química Sais   Aula de química Sais
Aula de química Sais
 
Sais
SaisSais
Sais
 
Sais
SaisSais
Sais
 
Funções inorgânicas ( slide ácidos )
Funções inorgânicas ( slide ácidos )Funções inorgânicas ( slide ácidos )
Funções inorgânicas ( slide ácidos )
 
Aula 8 sais e oxidos
Aula 8   sais e oxidosAula 8   sais e oxidos
Aula 8 sais e oxidos
 

Semelhante a Funções inorgânicas bases

Ácidos e Bases
Ácidos e BasesÁcidos e Bases
Ácidos e Bases
Marcos Júnior
 
Funcoes inorganicas
Funcoes inorganicasFuncoes inorganicas
Funcoes inorganicas
estead2011
 
Funcoes inorganicas
Funcoes inorganicasFuncoes inorganicas
Funcoes inorganicas
estead2011
 
Lista de exercicios hidróxidos
Lista de exercicios    hidróxidosLista de exercicios    hidróxidos
Lista de exercicios hidróxidos
Profª Alda Ernestina
 
1- aula 1 - funções inorgânicas compl.pptx
1- aula 1 - funções inorgânicas compl.pptx1- aula 1 - funções inorgânicas compl.pptx
1- aula 1 - funções inorgânicas compl.pptx
edneigoncalves74
 
Aulainterativarevisaoquimica
AulainterativarevisaoquimicaAulainterativarevisaoquimica
Aulainterativarevisaoquimica
Leticia Ferraz
 
Apresentação Funções Inorgânicas
Apresentação Funções InorgânicasApresentação Funções Inorgânicas
Apresentação Funções Inorgânicas
RenanKiev
 
Apresentação funções inorgânicas
Apresentação funções inorgânicasApresentação funções inorgânicas
Apresentação funções inorgânicas
RenanKiev
 
Funções inorgânicas
Funções inorgânicasFunções inorgânicas
Funções inorgânicas
ISJ
 
Funcoes inorganicas completo
Funcoes inorganicas completoFuncoes inorganicas completo
Funcoes inorganicas completo
Everson Carabolante
 
Acidos bases sais
Acidos bases saisAcidos bases sais
Acidos bases sais
Sabino2020
 
Funções inorgânicas
Funções inorgânicasFunções inorgânicas
Funções inorgânicas
Maria Naves Ribeiro Lopes
 
Aula sobre Funções Inorgânicas - química .ppt
Aula sobre Funções Inorgânicas - química .pptAula sobre Funções Inorgânicas - química .ppt
Aula sobre Funções Inorgânicas - química .ppt
ssuser46216d
 
Apostila funcao inorganica
Apostila funcao inorganicaApostila funcao inorganica
Apostila funcao inorganica
Otoazevedo Otoazevedo
 
Oxidos
OxidosOxidos
Aula Digital de Química - Óxidos
Aula Digital de Química - ÓxidosAula Digital de Química - Óxidos
Aula Digital de Química - Óxidos
Nelson Virgilio Carvalho Filho
 
Acidos bases sais
Acidos bases saisAcidos bases sais
Acidos bases sais
sabinosilva
 
A5 i funcoes_inorganicas
A5 i funcoes_inorganicasA5 i funcoes_inorganicas
A5 i funcoes_inorganicas
Marcos Júnior
 
APOSTILA - COMPOSTOS INORGÂNICOS
APOSTILA - COMPOSTOS INORGÂNICOSAPOSTILA - COMPOSTOS INORGÂNICOS
APOSTILA - COMPOSTOS INORGÂNICOS
Helena Aragão De Sá Martins
 
Aulas 16 e 17 funções inorgânicas - bases - 1º ano
Aulas 16 e 17   funções inorgânicas - bases - 1º anoAulas 16 e 17   funções inorgânicas - bases - 1º ano
Aulas 16 e 17 funções inorgânicas - bases - 1º ano
Alpha Colégio e Vestibulares
 

Semelhante a Funções inorgânicas bases (20)

Ácidos e Bases
Ácidos e BasesÁcidos e Bases
Ácidos e Bases
 
Funcoes inorganicas
Funcoes inorganicasFuncoes inorganicas
Funcoes inorganicas
 
Funcoes inorganicas
Funcoes inorganicasFuncoes inorganicas
Funcoes inorganicas
 
Lista de exercicios hidróxidos
Lista de exercicios    hidróxidosLista de exercicios    hidróxidos
Lista de exercicios hidróxidos
 
1- aula 1 - funções inorgânicas compl.pptx
1- aula 1 - funções inorgânicas compl.pptx1- aula 1 - funções inorgânicas compl.pptx
1- aula 1 - funções inorgânicas compl.pptx
 
Aulainterativarevisaoquimica
AulainterativarevisaoquimicaAulainterativarevisaoquimica
Aulainterativarevisaoquimica
 
Apresentação Funções Inorgânicas
Apresentação Funções InorgânicasApresentação Funções Inorgânicas
Apresentação Funções Inorgânicas
 
Apresentação funções inorgânicas
Apresentação funções inorgânicasApresentação funções inorgânicas
Apresentação funções inorgânicas
 
Funções inorgânicas
Funções inorgânicasFunções inorgânicas
Funções inorgânicas
 
Funcoes inorganicas completo
Funcoes inorganicas completoFuncoes inorganicas completo
Funcoes inorganicas completo
 
Acidos bases sais
Acidos bases saisAcidos bases sais
Acidos bases sais
 
Funções inorgânicas
Funções inorgânicasFunções inorgânicas
Funções inorgânicas
 
Aula sobre Funções Inorgânicas - química .ppt
Aula sobre Funções Inorgânicas - química .pptAula sobre Funções Inorgânicas - química .ppt
Aula sobre Funções Inorgânicas - química .ppt
 
Apostila funcao inorganica
Apostila funcao inorganicaApostila funcao inorganica
Apostila funcao inorganica
 
Oxidos
OxidosOxidos
Oxidos
 
Aula Digital de Química - Óxidos
Aula Digital de Química - ÓxidosAula Digital de Química - Óxidos
Aula Digital de Química - Óxidos
 
Acidos bases sais
Acidos bases saisAcidos bases sais
Acidos bases sais
 
A5 i funcoes_inorganicas
A5 i funcoes_inorganicasA5 i funcoes_inorganicas
A5 i funcoes_inorganicas
 
APOSTILA - COMPOSTOS INORGÂNICOS
APOSTILA - COMPOSTOS INORGÂNICOSAPOSTILA - COMPOSTOS INORGÂNICOS
APOSTILA - COMPOSTOS INORGÂNICOS
 
Aulas 16 e 17 funções inorgânicas - bases - 1º ano
Aulas 16 e 17   funções inorgânicas - bases - 1º anoAulas 16 e 17   funções inorgânicas - bases - 1º ano
Aulas 16 e 17 funções inorgânicas - bases - 1º ano
 

Mais de Rafael Nishikawa

Lipídios e proteínas
Lipídios e proteínasLipídios e proteínas
Lipídios e proteínas
Rafael Nishikawa
 
Polímeros e o plástico
Polímeros e o plásticoPolímeros e o plástico
Polímeros e o plástico
Rafael Nishikawa
 
Petróleo
PetróleoPetróleo
Petróleo
Rafael Nishikawa
 
Reações de esterificação e saponificação
Reações de esterificação e saponificaçãoReações de esterificação e saponificação
Reações de esterificação e saponificação
Rafael Nishikawa
 
Reações orgânicas reação de substituição
Reações orgânicas   reação de substituiçãoReações orgânicas   reação de substituição
Reações orgânicas reação de substituição
Rafael Nishikawa
 
Reações orgânicas reação de adição
Reações orgânicas   reação de adiçãoReações orgânicas   reação de adição
Reações orgânicas reação de adição
Rafael Nishikawa
 

Mais de Rafael Nishikawa (6)

Lipídios e proteínas
Lipídios e proteínasLipídios e proteínas
Lipídios e proteínas
 
Polímeros e o plástico
Polímeros e o plásticoPolímeros e o plástico
Polímeros e o plástico
 
Petróleo
PetróleoPetróleo
Petróleo
 
Reações de esterificação e saponificação
Reações de esterificação e saponificaçãoReações de esterificação e saponificação
Reações de esterificação e saponificação
 
Reações orgânicas reação de substituição
Reações orgânicas   reação de substituiçãoReações orgânicas   reação de substituição
Reações orgânicas reação de substituição
 
Reações orgânicas reação de adição
Reações orgânicas   reação de adiçãoReações orgânicas   reação de adição
Reações orgânicas reação de adição
 

Último

karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
KleginaldoPaz2
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Professor Belinaso
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
AntnioManuelAgdoma
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
silvamelosilva300
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
lveiga112
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
YeniferGarcia36
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
wagnermorais28
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
LILIANPRESTESSCUDELE
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
AmiltonAparecido1
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
TomasSousa7
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
eaiprofpolly
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
MarcosPaulo777883
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
HisrelBlog
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
Eró Cunha
 

Último (20)

karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
 

Funções inorgânicas bases

  • 1. Aula de Química Profº: Rafilzes
  • 3. Bases  Definição de acordo com a teoria de Arrhenius  “Base é todo composto capaz de se dissociar na água liberando íons, dos quais o único ânion é o OH- (hidróxido, hidroxila)”.  Ex: NaOH; KOH; Mg(OH)2; NH4OH; Al(OH)3; CuOH; etc. H2O(l) 1NaOH(s) 1Na+(aq) + 1OH-(aq)
  • 4. Mas o que significa uma base ser capaz de dissociar-se???  A Dissociação ocorre quando os íons que constituem uma substância entram em contato com a água e se separam em cátions e ânions.  Diferentemente do que ocorre na ionização, na dissociação acontece apenas a separação dos íons.  Ionização = ocorre a reação química com a água!
  • 5.
  • 6. Classificação das bases quanto ao número de hidroxilas  Monobases: apenas 1 hidroxila (OH-)  Ex: NaOH; CuOH; NH4OH; KOH; etc.  Dibases: 2 hidroxilas (OH-)  Ex: Mg(OH)2; Zn(OH)2; Cu(OH)2; etc.  Tribases: 3 hidroxilas (OH-)  Ex: Al(OH)3; Fe(OH)3  Tetrabases: 4 hidroxilas (OH-)  Ex: Pb(OH)4; Sn(OH)4
  • 7. Força das bases  Grau de ionização: Esse conceito é análogo ao usado nos ácido.  α = n° de moléculas que dissociaram n° de moléculas dissolvidas
  • 8. Bases fortes:  Posssuem α > 5% podendo chegar até a ~100%  São as bases derivadas de Metais alcalinos e Metais alcalinos terrosos.  Ex: NaOH; KOH; Mg(OH)2; Ca(OH)2; etc. A 18°C Hidróxido de sódio (NaOH)  α = 95%  base forte
  • 9. Metais alcalinos e alcalinos terrosos
  • 10. Bases fracas  Possuem α ≤ 5%.  São as bases derivadas dos metais, inclusive dos metais das famílias 13, 14 e 15, mais o NH4OH.  Ex: NH4OH; Fe(OH)3; Al(OH)3. A 18°C Hidróxido de amônio (NH4OH )  α = 1,5%
  • 11.
  • 12.
  • 13.
  • 14. Solubilidade em água  Bases solúveis: Bases de metais alcalinos + NH4OH Ex: LiOH, NaOH, KOH, NH4OH  Bases parcilamente solúveis: Bases de metais alcalinos terrosos Ex: Mg(OH)2, Ca(OH)2, Sr(OH)2  Bases insolúveis:  Todos os outros hidróxidos são praticamente insolúveis. Obs: A solubilidade está relacionada com o processo de dissociação, como toda base é pelo menos um pouco dissociável, não existem bases completamente insolúveis!!!
  • 15. Indicadores ácido-base.  São substâncias que têm a propriedade de mudar de cor ao entrarem em contato com meio ácido ou meio básico.  São utilizadas para determinar se a solução é ácida ou básica.
  • 16.
  • 17. Nomenclatura das bases  1) Quando o elemento forma apenas uma base:  Hidróxido de (nome do cátion) Ex: AgOH: hidróxido de prata NaOH: hidróxido de sódio Al(OH)3: hidróxido de alumínio
  • 18. 2) Quando o elemento forma duas bases diferentes  Hidróxido de (nome do elemento) + nox em n° romanos Ex: Fe(OH)2 Hidróxido de ferro II  Ou então: Hidróxido (nome do elemento) + ICO / OSO Ex: Fe(OH)2 Hidróxido ferroso
  • 19. Fe(OH)2: hidróxido de ferro II, ou hidróxido ferroso Fe(OH)3: hidróxido de ferro III, ou hidróxido férrico CuOH: hidróxido de cobre I, ou hidróxido cuproso Cu(OH)2: hidróxido de cobre II, ou hidróxido cúprico