SlideShare uma empresa Scribd logo
Prof. Rafael Pinheiro – rpinheiro2@gmail.com
                                         SGBD: CARACTERÍSTICAS E VANTAGENS
CARACTERÍSTICAS      VANTAGENS




                  SGBD : CARACTERÍSTICAS E
                         VANTAGENS




FUNDAMENTOS DE BANCO DE DADOS
Prof. Rafael Pinheiro – rpinheiro2@gmail.com
                                                                              SGBD: CARACTERÍSTICAS E VANTAGENS
CARACTERÍSTICAS         VANTAGENS




        Processamento de Arquivos

        • Cada sistema define e implementa os arquivos necessários para seu
          contexto
                  o Os arquivos de dados se confundem com o próprio sistema, formando um bloco
                    único
                  o Qualquer alteração na estrutura dos arquivos gera uma grande alteração nos
                    programas


        • Existem programas distintos que necessitam dos mesmos dados
                  o Redundância de dados: os mesmo dados em lugares diferentes.


        • Essa Redundância gera:
                  o Espaço de armazenamento desperdiçado
                  o Replicação de esforços para manter os dados redundantes



FUNDAMENTOS DE BANCO DE DADOS
Prof. Rafael Pinheiro – rpinheiro2@gmail.com
                                                          SGBD: CARACTERÍSTICAS E VANTAGENS
CARACTERÍSTICAS      VANTAGENS




        Abordagem SGBD

        Na abordagem utilizando um SGBD, um único Banco de Dados é
        criado, mantido e acessado por todos os sistemas.

        Algumas características:
           • Natureza autodescritiva
           • Isolamento entre os programas e os dados, e a abstração de
           dados
           • Suporte para as múltiplas visões de dados
           • Compartilhamento de dados e processamento de transações de
           multiusuários




FUNDAMENTOS DE BANCO DE DADOS
Prof. Rafael Pinheiro – rpinheiro2@gmail.com
                                                                               SGBD: CARACTERÍSTICAS E VANTAGENS
CARACTERÍSTICAS         VANTAGENS




        Natureza autodescritiva

        • Descrição completa da estrutura do banco e suas restrições
                  o Estrutura de cada item, tipo e formato de cada dato, restrições


        • Existe um catálogo que armazena as informações chamado
          metadados
                  o O catálogo é utilizado pelo próprio SGBD e também pelos usuários que
                    precisam de informações sobre a estrutura do banco.

                  o Não se altera as informações de metadados, o uso de tais informações é apenas
                    para consulta, caso contrário, o banco poderá apresentar graves problemas.


        • O SGBD precisa trabalhar com uma diversidade muito grande de
          aplicações, o catálogo permite isso.


FUNDAMENTOS DE BANCO DE DADOS
Prof. Rafael Pinheiro – rpinheiro2@gmail.com
                                                           SGBD: CARACTERÍSTICAS E VANTAGENS
CARACTERÍSTICAS      VANTAGENS




        Isolamento entre os programas e dados

        • Diferente do processamento de arquivos, os programas não
          possuem informações sobre o armazenamento dos dados

        • A estrutura dos arquivos de dados é armazenada nos catálogos do
          SGBD

        • O Banco de Dados pode ter sua estrutura alterada sem precisar
          alterar os programas que o acessam

        • Essa característica é chamada independência programa-dados




FUNDAMENTOS DE BANCO DE DADOS
Prof. Rafael Pinheiro – rpinheiro2@gmail.com
                                                           SGBD: CARACTERÍSTICAS E VANTAGENS
CARACTERÍSTICAS      VANTAGENS




        Isolamento entre os programas e dados

        • O SGBD fornece aos programas uma representação conceitual de
          dados, que não inclui detalhes de armazenamento

        • Essa característica é chamada de abstração de dados




FUNDAMENTOS DE BANCO DE DADOS
Prof. Rafael Pinheiro – rpinheiro2@gmail.com
                                                                            SGBD: CARACTERÍSTICAS E VANTAGENS
CARACTERÍSTICAS         VANTAGENS




        Suporte para múltiplas visões de dados

        • Um banco de dados típico tem muitos usuários e cada usuários
          pode precisar de diferentes visões do banco de dados

        • Uma visão pode ser:

                  o Um subconjunto do banco de dados, que atendem critérios de necessidades do
                    usuário

                  o Uma visão virtual dos dados, derivada dos dados existentes, simulando
                    dados/informações que não estão explicitamente armazenados




FUNDAMENTOS DE BANCO DE DADOS
Prof. Rafael Pinheiro – rpinheiro2@gmail.com
                                                                   SGBD: CARACTERÍSTICAS E VANTAGENS
CARACTERÍSTICAS         VANTAGENS




        Compartilhamento de dados

        • Um SGBD deve permitir o acesso concorrente de diversos usuários

        • O controle de concorrência deve permitir que muitos usuários, ao
          tentar atualizar o mesmo dado, o façam de modo controlado, para
          assegurar que os resultados das atualizações sejam corretos
                  o Reserva de assento em companhias aéreas
                        Atendentes
                        Internet
                        Agentes de viagem




FUNDAMENTOS DE BANCO DE DADOS
Prof. Rafael Pinheiro – rpinheiro2@gmail.com
                                                                            SGBD: CARACTERÍSTICAS E VANTAGENS
CARACTERÍSTICAS         VANTAGENS




        Processamento de transações

        • Transação: é um processo que inclui um ou mais acessos no banco
          de dados, como leitura e gravação de registros
                  o Isolamento: garante que cada transação possa ser efetuada de forma isolada
                    de outras transações
                  o Atomicidade: garante que todas as operações da transação sejam realizadas
                    ou nenhum delas seja
                  o Exemplo clássico: Transferência bancária
                         Leitura de saldo
                         Validação de saldo
                         Débito da conta origem
                         Validação da conta de destino
                         Crédito da conta destino


        • O SGBD deve permitir que transações concorrentes operem
          corretamente
FUNDAMENTOS DE BANCO DE DADOS
Prof. Rafael Pinheiro – rpinheiro2@gmail.com
                                                              SGBD: CARACTERÍSTICAS E VANTAGENS
CARACTERÍSTICAS      VANTAGENS




        Vantagens da abordagem SGBD

        As vantagens da utilização de um SGBD vão além das principais
        características apresentadas.

        Vantagens:
           • Controle de redundância
           • Restrição de acesso não autorizado
           • Garantia de armazenamento persistente
           • Estruturas para o processamento eficiente de consultas
           • Garantia de backup e restauração
           • Restrição de integridade
           • Inferência e regras
           • Outras...
FUNDAMENTOS DE BANCO DE DADOS
Prof. Rafael Pinheiro – rpinheiro2@gmail.com
                                                                              SGBD: CARACTERÍSTICAS E VANTAGENS
CARACTERÍSTICAS          VANTAGENS




        Controle de redundância

        • Na abordagem usando banco de dados, os sistemas que precisam
        dos dados de uma entidade (por exemplo aluno, funcionários, etc)
        são integrados e utilizam o mesmo repositório.
                  o Eliminação de esforços: Atualizações feitas uma única vez
                  o Consistência do dados: Atualizações são realizadas em um único local
                  o Espaço para armazenamento: Problema sério para grandes bancos.


        • Entretanto, na prática, algumas vezes é necessário o uso de
        redundância controlada, para melhorar a performance de alguns
        processos.
                  o Uma consulta que é muito realizada em um banco de dados e que utiliza várias
                  tabelas.
                  o Transportar os dados de outras tabelas que possuem um custo alto de pesquisa
                  para a tabela que contém mais dados.

FUNDAMENTOS DE BANCO DE DADOS
Prof. Rafael Pinheiro – rpinheiro2@gmail.com
                                                                                  SGBD: CARACTERÍSTICAS E VANTAGENS
CARACTERÍSTICAS          VANTAGENS




        Restrição de acesso não autorizado
        • Como todas os dados vão estar em um único local, é possível que
        nem todas as pessoas tenham acesso à todos os dados.
                  o   Uma pessoa da secretaria pode não ter acesso aos dados financeiros
                  o   Uma pessoa do financeiro pode não ter acesso aos dados de salários


        • O SGBD deve ter um mecanismo de segurança e autenticação
                  o   Criação de usuários/grupos e autenticação por senhas


        • Atribuição de uma série de permissões/bloqueios
                  o   Mais comuns:
                          Apenas consultar
                          Consultar apenas alguns dados
                          Não deletar dados
                          Somente inserir dados
                  o   A granularidade das permissões depende do SGBD
FUNDAMENTOS DE BANCO DE DADOS
Prof. Rafael Pinheiro – rpinheiro2@gmail.com
                                                                            SGBD: CARACTERÍSTICAS E VANTAGENS
CARACTERÍSTICAS         VANTAGENS




        Garantia de armazenamento persistente
        • Quando um programa é executado, os dados que ficam em
          variáveis são descartadas quando o programa termina sua
          execução

        • Os bancos de dados fornecem estruturas compatíveis com as
          variáveis do programa.
                  o O programa então repassa tais informações a um banco de dados que persiste
                    as informações.

                  o Posteriormente é realizado um acesso a tais dados, podendo ser feito por
                    outros programas, inclusive.




FUNDAMENTOS DE BANCO DE DADOS
Prof. Rafael Pinheiro – rpinheiro2@gmail.com
                                           SGBD: CARACTERÍSTICAS E VANTAGENS
CARACTERÍSTICAS      VANTAGENS




        Estruturas para o processamento eficiente
          de consultas




FUNDAMENTOS DE BANCO DE DADOS
Prof. Rafael Pinheiro – rpinheiro2@gmail.com
                                                                                SGBD: CARACTERÍSTICAS E VANTAGENS
CARACTERÍSTICAS          VANTAGENS




        Estruturas para o processamento eficiente
          de consultas
        • Deve fornecer mecanismos para consultas e atualizações
          eficientes
                  o Dever oferecer formas de encontrar rapidamente um dado no disco


        • Para isso são usados:
                  o Indexes (índices)
                  o Buffering (armazenamento temporários)


        • O SGBD é responsável pela escolha eficiente do plano de execução
          da consulta baseado nas estruturas de armazenamento existentes

        • Tunning:
                  o A opção de qual index criar é de responsabilidade do projetista e o seu ajuste
                    (tunning) é responsabilidade do DBA.
FUNDAMENTOS DE BANCO DE DADOS
Prof. Rafael Pinheiro – rpinheiro2@gmail.com
                                                                              SGBD: CARACTERÍSTICAS E VANTAGENS
CARACTERÍSTICAS         VANTAGENS




        Estruturas para o processamento eficiente
          de consultas
        • Indexes (índices)
                  o Estruturas em forma de árvore (tree)
                  o Estruturas em hash
                  o Faz o mapeamento de unidades lógicas armazenadas com o endereço físico em
                    disco


        • Buffering (armazenamento temporários)
                  o Mantém partes do banco de dados na memória principal (ajustes deste tipo
                    dependem do sistema operacional)




FUNDAMENTOS DE BANCO DE DADOS
Prof. Rafael Pinheiro – rpinheiro2@gmail.com
                                           SGBD: CARACTERÍSTICAS E VANTAGENS
CARACTERÍSTICAS      VANTAGENS




        Estruturas para o processamento eficiente
          de consultas
        • hash




FUNDAMENTOS DE BANCO DE DADOS
Prof. Rafael Pinheiro – rpinheiro2@gmail.com
                                           SGBD: CARACTERÍSTICAS E VANTAGENS
CARACTERÍSTICAS      VANTAGENS




        Estruturas para o processamento eficiente
          de consultas
        • Índice em cluster




FUNDAMENTOS DE BANCO DE DADOS
Prof. Rafael Pinheiro – rpinheiro2@gmail.com
                                           SGBD: CARACTERÍSTICAS E VANTAGENS
CARACTERÍSTICAS      VANTAGENS




        Estruturas para o processamento eficiente
          de consultas
        • Índice sem cluster




FUNDAMENTOS DE BANCO DE DADOS
Prof. Rafael Pinheiro – rpinheiro2@gmail.com
                                                                              SGBD: CARACTERÍSTICAS E VANTAGENS
CARACTERÍSTICAS         VANTAGENS




        Garantia de backup e restauração
        • O SGBD deve prover facilidades para recuperação de falhas de
          hardware e software.

        • Funcionalidade que realiza uma cópia de segurança do banco de
          dados e permite que tal cópia seja restaurada caso ocorra uma
          falha.
                  o Na maioria das vezes, mais importante que a utilização da funcionalidade em
                    si, é a definição de uma política de backup escolhendo horários e períodos
                    adequados.




FUNDAMENTOS DE BANCO DE DADOS
Prof. Rafael Pinheiro – rpinheiro2@gmail.com
                                                          SGBD: CARACTERÍSTICAS E VANTAGENS
CARACTERÍSTICAS      VANTAGENS




        Garantia de backup e restauração

                                 Erro X Falha X Defeito




FUNDAMENTOS DE BANCO DE DADOS
Prof. Rafael Pinheiro – rpinheiro2@gmail.com
                                                                              SGBD: CARACTERÍSTICAS E VANTAGENS
CARACTERÍSTICAS         VANTAGENS




        Garantia de backup e restauração
        • Falha: Ocorre no nível mais baixo do hardware ou software.
                  o Uma fonte queimar
                  o Uma linha de código errada


        • Erro: Uma falha pode gerar um erro. Um erro é a representação da
          falha no universo da informação (dados).
                  o Por conseqüência de uma falha um dado foi corrompido


        • Defeito: O defeito é o que é percebido pelo usuário, é a
          representação de um erro no universo do usuário.
                  o O sistema já esta com erro e o dado já esta corrompido




FUNDAMENTOS DE BANCO DE DADOS
Prof. Rafael Pinheiro – rpinheiro2@gmail.com
                                                                               SGBD: CARACTERÍSTICAS E VANTAGENS
CARACTERÍSTICAS         VANTAGENS




        Restrição de integridade
        • São restrições identificadas no mini-mundo que o banco
          representa e garante

        • O responsável pela identificação é o projetista do banco de dados
                  o Exemplos simples:
                       Valor negativo para o dado altura de uma pessoa;
                       Nota 110 (maior que 100) em uma disciplina;


        • As restrições podem ser verificadas no instante que o dado é
          inserido ou a partir de um processo manual de teste




FUNDAMENTOS DE BANCO DE DADOS
Prof. Rafael Pinheiro – rpinheiro2@gmail.com
                                                                             SGBD: CARACTERÍSTICAS E VANTAGENS
CARACTERÍSTICAS         VANTAGENS




        Inferência e regras
        • A representação no banco de dados de alguma regra do mini-
          mundo.

        • Especifica-se uma regra e depois tal regra é acionada ocasionando
          na atualização ou geração de dados
                  o Exemplo:
                       Preencher o dado resultado para um conjunto de alunos é a utilização de
                       uma regra, onde, quando o dado nota for menor que 60 o resultado será
                       reprovado.




FUNDAMENTOS DE BANCO DE DADOS
Prof. Rafael Pinheiro – rpinheiro2@gmail.com
                                                                                SGBD: CARACTERÍSTICAS E VANTAGENS
CARACTERÍSTICAS         VANTAGENS




        Outras vantagens
        • Garantia de padrões
                  o Garantir o uso de padrões na organização, códigos, nomes, datas


        • Redução no tempo para desenvolvimento de aplicações
                  o Encapsulamento das regras de armazenamento e integrações


        • Flexibilidade
                  o Alteração da estrutura dos dados de forma simples


        • Disponibilidade para atualizar informações
                  o Assim que um dado é atualizado, ele está disponível para todos os usuários


        • Economias de escala
                  o Investimento pontual em profissionais e equipamentos
FUNDAMENTOS DE BANCO DE DADOS
Prof. Rafael Pinheiro – rpinheiro2@gmail.com
                                                         SGBD: CARACTERÍSTICAS E VANTAGENS
CARACTERÍSTICAS      VANTAGENS




        ¿Dúvidas?




                                 @_rpinheiro

                                 www.facebook.com/rpinheiro2

                                 www.linkedin.com/pub/rafael-pinheiro/24/31/b47

                                 rpinheiro2@gmail.com




FUNDAMENTOS DE BANCO DE DADOS

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Introdução a Bancos de Dados
Introdução a Bancos de DadosIntrodução a Bancos de Dados
Introdução a Bancos de Dados
Ricardo Flores Zago, PMP, MSc
 
Sistemas de Gestão de Bases de Dados
Sistemas de Gestão de Bases de DadosSistemas de Gestão de Bases de Dados
Sistemas de Gestão de Bases de Dados
Clara Ferreira
 
Aula 4 - Sistemas Gerenciadores de Banco de Dados
Aula 4 - Sistemas Gerenciadores de Banco de DadosAula 4 - Sistemas Gerenciadores de Banco de Dados
Aula 4 - Sistemas Gerenciadores de Banco de Dados
Vitor Hugo Melo Araújo
 
Banco aula 01
Banco aula 01Banco aula 01
Banco aula 01
Leclerc Victer
 
Aula1-Conceitos de SGBD
Aula1-Conceitos de SGBDAula1-Conceitos de SGBD
Aula1-Conceitos de SGBD
Cris Fidelix
 
Banco de Dados - Conceitos Básicos
Banco de Dados - Conceitos BásicosBanco de Dados - Conceitos Básicos
Banco de Dados - Conceitos Básicos
Adriano Leite da Silva
 
Banco de dados
Banco de dadosBanco de dados
Banco de dados
John Leno
 
Matéria de apoio (Base de dados)
Matéria de apoio  (Base de dados)Matéria de apoio  (Base de dados)
Matéria de apoio (Base de dados)
André Silva
 
Fundamentos de banco de dados 04 componentes sgbd
Fundamentos de banco de dados   04 componentes sgbdFundamentos de banco de dados   04 componentes sgbd
Fundamentos de banco de dados 04 componentes sgbd
Rafael Pinheiro
 
Banco de Dados
Banco de DadosBanco de Dados
Banco de Dados
Daniel Paz de Araújo
 
Módulo 12 - Introdução aos sistemas de informação
Módulo 12 - Introdução aos sistemas de informaçãoMódulo 12 - Introdução aos sistemas de informação
Módulo 12 - Introdução aos sistemas de informação
Luis Ferreira
 
Aula 2 arquitecturas de sgbd, utilizadores, perfis
Aula 2   arquitecturas de sgbd, utilizadores, perfisAula 2   arquitecturas de sgbd, utilizadores, perfis
Aula 2 arquitecturas de sgbd, utilizadores, perfis
Hélio Martins
 
Aula 1 introdução a base de dados
Aula 1   introdução a base de dadosAula 1   introdução a base de dados
Aula 1 introdução a base de dados
Hélio Martins
 
Introdução ao banco de dados
Introdução ao banco de dadosIntrodução ao banco de dados
Introdução ao banco de dados
Rudson Kiyoshi Souza Carvalho
 
Aula 3 banco de dados
Aula 3   banco de dadosAula 3   banco de dados
Aula 3 banco de dados
Jorge Ávila Miranda
 
12 objetivos de banco de dados distribuídos
12 objetivos de banco de dados distribuídos12 objetivos de banco de dados distribuídos
12 objetivos de banco de dados distribuídos
Bruno Felipe
 
Respostas exercício 1 bdi
Respostas exercício 1   bdiRespostas exercício 1   bdi
Respostas exercício 1 bdi
Patty Muniz
 
BANCO DE DADOS RELACIONAIS
BANCO DE DADOS RELACIONAIS BANCO DE DADOS RELACIONAIS
BANCO DE DADOS RELACIONAIS
Antonio Pedro
 
Introducao Base Dados I
Introducao  Base  Dados  IIntroducao  Base  Dados  I
Introducao Base Dados I
guest3118b2
 
Aula1 - Apresentação de Banco de Dados
Aula1 - Apresentação de Banco de DadosAula1 - Apresentação de Banco de Dados
Aula1 - Apresentação de Banco de Dados
Rafael Albani
 

Mais procurados (20)

Introdução a Bancos de Dados
Introdução a Bancos de DadosIntrodução a Bancos de Dados
Introdução a Bancos de Dados
 
Sistemas de Gestão de Bases de Dados
Sistemas de Gestão de Bases de DadosSistemas de Gestão de Bases de Dados
Sistemas de Gestão de Bases de Dados
 
Aula 4 - Sistemas Gerenciadores de Banco de Dados
Aula 4 - Sistemas Gerenciadores de Banco de DadosAula 4 - Sistemas Gerenciadores de Banco de Dados
Aula 4 - Sistemas Gerenciadores de Banco de Dados
 
Banco aula 01
Banco aula 01Banco aula 01
Banco aula 01
 
Aula1-Conceitos de SGBD
Aula1-Conceitos de SGBDAula1-Conceitos de SGBD
Aula1-Conceitos de SGBD
 
Banco de Dados - Conceitos Básicos
Banco de Dados - Conceitos BásicosBanco de Dados - Conceitos Básicos
Banco de Dados - Conceitos Básicos
 
Banco de dados
Banco de dadosBanco de dados
Banco de dados
 
Matéria de apoio (Base de dados)
Matéria de apoio  (Base de dados)Matéria de apoio  (Base de dados)
Matéria de apoio (Base de dados)
 
Fundamentos de banco de dados 04 componentes sgbd
Fundamentos de banco de dados   04 componentes sgbdFundamentos de banco de dados   04 componentes sgbd
Fundamentos de banco de dados 04 componentes sgbd
 
Banco de Dados
Banco de DadosBanco de Dados
Banco de Dados
 
Módulo 12 - Introdução aos sistemas de informação
Módulo 12 - Introdução aos sistemas de informaçãoMódulo 12 - Introdução aos sistemas de informação
Módulo 12 - Introdução aos sistemas de informação
 
Aula 2 arquitecturas de sgbd, utilizadores, perfis
Aula 2   arquitecturas de sgbd, utilizadores, perfisAula 2   arquitecturas de sgbd, utilizadores, perfis
Aula 2 arquitecturas de sgbd, utilizadores, perfis
 
Aula 1 introdução a base de dados
Aula 1   introdução a base de dadosAula 1   introdução a base de dados
Aula 1 introdução a base de dados
 
Introdução ao banco de dados
Introdução ao banco de dadosIntrodução ao banco de dados
Introdução ao banco de dados
 
Aula 3 banco de dados
Aula 3   banco de dadosAula 3   banco de dados
Aula 3 banco de dados
 
12 objetivos de banco de dados distribuídos
12 objetivos de banco de dados distribuídos12 objetivos de banco de dados distribuídos
12 objetivos de banco de dados distribuídos
 
Respostas exercício 1 bdi
Respostas exercício 1   bdiRespostas exercício 1   bdi
Respostas exercício 1 bdi
 
BANCO DE DADOS RELACIONAIS
BANCO DE DADOS RELACIONAIS BANCO DE DADOS RELACIONAIS
BANCO DE DADOS RELACIONAIS
 
Introducao Base Dados I
Introducao  Base  Dados  IIntroducao  Base  Dados  I
Introducao Base Dados I
 
Aula1 - Apresentação de Banco de Dados
Aula1 - Apresentação de Banco de DadosAula1 - Apresentação de Banco de Dados
Aula1 - Apresentação de Banco de Dados
 

Destaque

Integridade De Dados
Integridade De DadosIntegridade De Dados
Integridade De Dados
Rafael Pinheiro
 
Bancos de dados e usuários de banco de dados
Bancos de dados e usuários de banco de dadosBancos de dados e usuários de banco de dados
Bancos de dados e usuários de banco de dados
Elaine Cecília Gatto
 
Segurança em banco de dados
Segurança em banco de dadosSegurança em banco de dados
Segurança em banco de dados
Arthur Azevedo
 
Banco de Dados - Sistemas de Gerenciamento de Banco de Dados
Banco de Dados - Sistemas de Gerenciamento de Banco de DadosBanco de Dados - Sistemas de Gerenciamento de Banco de Dados
Banco de Dados - Sistemas de Gerenciamento de Banco de Dados
Natanael Simões
 
Bases De Dados
Bases De DadosBases De Dados
Bases De Dados
arturafonsosousa
 
O que é um Banco de Dados?
O que é um Banco de Dados?O que é um Banco de Dados?
O que é um Banco de Dados?
Joeldson Costa Damasceno
 
MODELOS DE DADOS - Parte 1 introdução
MODELOS DE DADOS - Parte 1 introduçãoMODELOS DE DADOS - Parte 1 introdução
MODELOS DE DADOS - Parte 1 introdução
Ulrich Schiel
 
Trabalho de sgbd
Trabalho de sgbdTrabalho de sgbd
Trabalho de sgbd
Junior Cesar
 
Fundamentos de banco de dados 03 arquitetura 3 esquemas e indep de dados
Fundamentos de banco de dados   03 arquitetura 3 esquemas e indep de dadosFundamentos de banco de dados   03 arquitetura 3 esquemas e indep de dados
Fundamentos de banco de dados 03 arquitetura 3 esquemas e indep de dados
Rafael Pinheiro
 
MODELOS DE DADOS - Parte 2 Sistemas de Informação
MODELOS DE DADOS - Parte 2 Sistemas de InformaçãoMODELOS DE DADOS - Parte 2 Sistemas de Informação
MODELOS DE DADOS - Parte 2 Sistemas de Informação
Ulrich Schiel
 
Aula 2 - Introdução a Banco de Dados
Aula 2 - Introdução a Banco de DadosAula 2 - Introdução a Banco de Dados
Aula 2 - Introdução a Banco de Dados
Vitor Hugo Melo Araújo
 
Banco de Dados - Transações e Controle de Concorrência
Banco de Dados - Transações e Controle de ConcorrênciaBanco de Dados - Transações e Controle de Concorrência
Banco de Dados - Transações e Controle de Concorrência
Juliano Padilha
 
Aula 3 - Sistemas e Modelos de Dados
Aula 3 - Sistemas e Modelos de DadosAula 3 - Sistemas e Modelos de Dados
Aula 3 - Sistemas e Modelos de Dados
Vitor Hugo Melo Araújo
 
Modelo Conceitual
Modelo ConceitualModelo Conceitual
Modelo Conceitual
kottrim
 
Aula 2 - Introdução aos conceitos básicos
Aula 2 - Introdução aos conceitos básicosAula 2 - Introdução aos conceitos básicos
Aula 2 - Introdução aos conceitos básicos
Vitor Hugo Melo Araújo
 
Banco de Dados Não Relacionais vs Banco de Dados Relacionais
Banco de Dados Não Relacionais vs Banco de Dados RelacionaisBanco de Dados Não Relacionais vs Banco de Dados Relacionais
Banco de Dados Não Relacionais vs Banco de Dados Relacionais
alexculpado
 
Aula 2 banco de dados
Aula 2   banco de dadosAula 2   banco de dados
Aula 2 banco de dados
Jorge Ávila Miranda
 
Aula 6 - Cardinalidade
Aula 6 - CardinalidadeAula 6 - Cardinalidade
Aula 6 - Cardinalidade
Vitor Hugo Melo Araújo
 
Banco de Dados - Introdução - Projeto de Banco de Dados - DER
Banco de Dados - Introdução - Projeto de Banco de Dados - DERBanco de Dados - Introdução - Projeto de Banco de Dados - DER
Banco de Dados - Introdução - Projeto de Banco de Dados - DER
Rangel Javier
 
Apostila Modelo ER (Entidade Relacionamento)
Apostila Modelo ER (Entidade Relacionamento)Apostila Modelo ER (Entidade Relacionamento)
Apostila Modelo ER (Entidade Relacionamento)
Ricardo Terra
 

Destaque (20)

Integridade De Dados
Integridade De DadosIntegridade De Dados
Integridade De Dados
 
Bancos de dados e usuários de banco de dados
Bancos de dados e usuários de banco de dadosBancos de dados e usuários de banco de dados
Bancos de dados e usuários de banco de dados
 
Segurança em banco de dados
Segurança em banco de dadosSegurança em banco de dados
Segurança em banco de dados
 
Banco de Dados - Sistemas de Gerenciamento de Banco de Dados
Banco de Dados - Sistemas de Gerenciamento de Banco de DadosBanco de Dados - Sistemas de Gerenciamento de Banco de Dados
Banco de Dados - Sistemas de Gerenciamento de Banco de Dados
 
Bases De Dados
Bases De DadosBases De Dados
Bases De Dados
 
O que é um Banco de Dados?
O que é um Banco de Dados?O que é um Banco de Dados?
O que é um Banco de Dados?
 
MODELOS DE DADOS - Parte 1 introdução
MODELOS DE DADOS - Parte 1 introduçãoMODELOS DE DADOS - Parte 1 introdução
MODELOS DE DADOS - Parte 1 introdução
 
Trabalho de sgbd
Trabalho de sgbdTrabalho de sgbd
Trabalho de sgbd
 
Fundamentos de banco de dados 03 arquitetura 3 esquemas e indep de dados
Fundamentos de banco de dados   03 arquitetura 3 esquemas e indep de dadosFundamentos de banco de dados   03 arquitetura 3 esquemas e indep de dados
Fundamentos de banco de dados 03 arquitetura 3 esquemas e indep de dados
 
MODELOS DE DADOS - Parte 2 Sistemas de Informação
MODELOS DE DADOS - Parte 2 Sistemas de InformaçãoMODELOS DE DADOS - Parte 2 Sistemas de Informação
MODELOS DE DADOS - Parte 2 Sistemas de Informação
 
Aula 2 - Introdução a Banco de Dados
Aula 2 - Introdução a Banco de DadosAula 2 - Introdução a Banco de Dados
Aula 2 - Introdução a Banco de Dados
 
Banco de Dados - Transações e Controle de Concorrência
Banco de Dados - Transações e Controle de ConcorrênciaBanco de Dados - Transações e Controle de Concorrência
Banco de Dados - Transações e Controle de Concorrência
 
Aula 3 - Sistemas e Modelos de Dados
Aula 3 - Sistemas e Modelos de DadosAula 3 - Sistemas e Modelos de Dados
Aula 3 - Sistemas e Modelos de Dados
 
Modelo Conceitual
Modelo ConceitualModelo Conceitual
Modelo Conceitual
 
Aula 2 - Introdução aos conceitos básicos
Aula 2 - Introdução aos conceitos básicosAula 2 - Introdução aos conceitos básicos
Aula 2 - Introdução aos conceitos básicos
 
Banco de Dados Não Relacionais vs Banco de Dados Relacionais
Banco de Dados Não Relacionais vs Banco de Dados RelacionaisBanco de Dados Não Relacionais vs Banco de Dados Relacionais
Banco de Dados Não Relacionais vs Banco de Dados Relacionais
 
Aula 2 banco de dados
Aula 2   banco de dadosAula 2   banco de dados
Aula 2 banco de dados
 
Aula 6 - Cardinalidade
Aula 6 - CardinalidadeAula 6 - Cardinalidade
Aula 6 - Cardinalidade
 
Banco de Dados - Introdução - Projeto de Banco de Dados - DER
Banco de Dados - Introdução - Projeto de Banco de Dados - DERBanco de Dados - Introdução - Projeto de Banco de Dados - DER
Banco de Dados - Introdução - Projeto de Banco de Dados - DER
 
Apostila Modelo ER (Entidade Relacionamento)
Apostila Modelo ER (Entidade Relacionamento)Apostila Modelo ER (Entidade Relacionamento)
Apostila Modelo ER (Entidade Relacionamento)
 

Semelhante a Fundamentos de banco de dados 02 caracteristicas e vantagens sgbd

Elmasri_cap1.pptx
Elmasri_cap1.pptxElmasri_cap1.pptx
Elmasri_cap1.pptx
ssuser3c98a1
 
Banco de Dados - Conceitos
Banco de Dados - ConceitosBanco de Dados - Conceitos
Banco de Dados - Conceitos
ssuser69006f
 
BDI_1_conceitos
BDI_1_conceitosBDI_1_conceitos
BDI_1_conceitos
Cleiane Oliveira
 
Programação em Banco de Dados - Aula 16/08/2018
Programação em Banco de Dados - Aula 16/08/2018Programação em Banco de Dados - Aula 16/08/2018
Programação em Banco de Dados - Aula 16/08/2018
Elaine Cecília Gatto
 
Aula 01
Aula 01Aula 01
Aula2 caracteristicas da_tecnologia_de_banco_de_dados
Aula2 caracteristicas da_tecnologia_de_banco_de_dadosAula2 caracteristicas da_tecnologia_de_banco_de_dados
Aula2 caracteristicas da_tecnologia_de_banco_de_dados
Antony Barbosa
 
Introdução à Banco de Dados
Introdução à Banco de DadosIntrodução à Banco de Dados
Introdução à Banco de Dados
Bruno Siqueira
 
Banco dedados aula001
Banco dedados aula001Banco dedados aula001
Banco dedados aula001
Cláudio Amaral
 
Banco aula 01
Banco aula 01Banco aula 01
Banco aula 01
Aché Laboratórios
 
2019-2 - BD I - Aula 01 C - Introdução a Banco de Dados
2019-2 - BD I - Aula 01 C - Introdução a Banco de Dados2019-2 - BD I - Aula 01 C - Introdução a Banco de Dados
2019-2 - BD I - Aula 01 C - Introdução a Banco de Dados
Rodrigo Kiyoshi Saito
 
Fit Bd 01
Fit Bd 01Fit Bd 01
Fit Bd 01
Spolidorio
 
Banco de Dados - conceitos, usuários, características
Banco de Dados - conceitos, usuários, característicasBanco de Dados - conceitos, usuários, características
Banco de Dados - conceitos, usuários, características
FernandaNascimento276697
 
Sistemas de Informação - Aula05 - cap5 bd e business intelligence
Sistemas de Informação - Aula05 - cap5 bd e business intelligenceSistemas de Informação - Aula05 - cap5 bd e business intelligence
Sistemas de Informação - Aula05 - cap5 bd e business intelligence
CEULJI/ULBRA Centro Universitário Luterano de Ji-Paraná
 
TA1 - Slides Acessibilidade.pdf
TA1 - Slides Acessibilidade.pdfTA1 - Slides Acessibilidade.pdf
TA1 - Slides Acessibilidade.pdf
SandroPolizelLaurent
 
Introducao banco de dados
Introducao banco de dadosIntroducao banco de dados
Introducao banco de dados
vaniakenob
 
AULA 01.pptx
AULA 01.pptxAULA 01.pptx
AULA 01.pptx
EizoKato
 
Banco de dadosBanco de dadosBanco de dados
Banco de dadosBanco de dadosBanco de dadosBanco de dadosBanco de dadosBanco de dados
Banco de dadosBanco de dadosBanco de dados
DanielRibeiro136663
 
Slide da aula 04
Slide da aula 04Slide da aula 04
Slide da aula 04
AndrezaRaquel1
 
Visão geral sobre Bancos de Dados Univesp
Visão geral sobre Bancos de Dados UnivespVisão geral sobre Bancos de Dados Univesp
Visão geral sobre Bancos de Dados Univesp
inominavell
 
B Ds Clouds
B Ds CloudsB Ds Clouds
B Ds Clouds
elliando dias
 

Semelhante a Fundamentos de banco de dados 02 caracteristicas e vantagens sgbd (20)

Elmasri_cap1.pptx
Elmasri_cap1.pptxElmasri_cap1.pptx
Elmasri_cap1.pptx
 
Banco de Dados - Conceitos
Banco de Dados - ConceitosBanco de Dados - Conceitos
Banco de Dados - Conceitos
 
BDI_1_conceitos
BDI_1_conceitosBDI_1_conceitos
BDI_1_conceitos
 
Programação em Banco de Dados - Aula 16/08/2018
Programação em Banco de Dados - Aula 16/08/2018Programação em Banco de Dados - Aula 16/08/2018
Programação em Banco de Dados - Aula 16/08/2018
 
Aula 01
Aula 01Aula 01
Aula 01
 
Aula2 caracteristicas da_tecnologia_de_banco_de_dados
Aula2 caracteristicas da_tecnologia_de_banco_de_dadosAula2 caracteristicas da_tecnologia_de_banco_de_dados
Aula2 caracteristicas da_tecnologia_de_banco_de_dados
 
Introdução à Banco de Dados
Introdução à Banco de DadosIntrodução à Banco de Dados
Introdução à Banco de Dados
 
Banco dedados aula001
Banco dedados aula001Banco dedados aula001
Banco dedados aula001
 
Banco aula 01
Banco aula 01Banco aula 01
Banco aula 01
 
2019-2 - BD I - Aula 01 C - Introdução a Banco de Dados
2019-2 - BD I - Aula 01 C - Introdução a Banco de Dados2019-2 - BD I - Aula 01 C - Introdução a Banco de Dados
2019-2 - BD I - Aula 01 C - Introdução a Banco de Dados
 
Fit Bd 01
Fit Bd 01Fit Bd 01
Fit Bd 01
 
Banco de Dados - conceitos, usuários, características
Banco de Dados - conceitos, usuários, característicasBanco de Dados - conceitos, usuários, características
Banco de Dados - conceitos, usuários, características
 
Sistemas de Informação - Aula05 - cap5 bd e business intelligence
Sistemas de Informação - Aula05 - cap5 bd e business intelligenceSistemas de Informação - Aula05 - cap5 bd e business intelligence
Sistemas de Informação - Aula05 - cap5 bd e business intelligence
 
TA1 - Slides Acessibilidade.pdf
TA1 - Slides Acessibilidade.pdfTA1 - Slides Acessibilidade.pdf
TA1 - Slides Acessibilidade.pdf
 
Introducao banco de dados
Introducao banco de dadosIntroducao banco de dados
Introducao banco de dados
 
AULA 01.pptx
AULA 01.pptxAULA 01.pptx
AULA 01.pptx
 
Banco de dadosBanco de dadosBanco de dados
Banco de dadosBanco de dadosBanco de dadosBanco de dadosBanco de dadosBanco de dados
Banco de dadosBanco de dadosBanco de dados
 
Slide da aula 04
Slide da aula 04Slide da aula 04
Slide da aula 04
 
Visão geral sobre Bancos de Dados Univesp
Visão geral sobre Bancos de Dados UnivespVisão geral sobre Bancos de Dados Univesp
Visão geral sobre Bancos de Dados Univesp
 
B Ds Clouds
B Ds CloudsB Ds Clouds
B Ds Clouds
 

Mais de Rafael Pinheiro

TOTVS eduCONNECT
TOTVS eduCONNECTTOTVS eduCONNECT
TOTVS eduCONNECT
Rafael Pinheiro
 
TOTVS Educacional - Oferta SaaS para Pequenas Escolas
TOTVS Educacional - Oferta SaaS para Pequenas EscolasTOTVS Educacional - Oferta SaaS para Pequenas Escolas
TOTVS Educacional - Oferta SaaS para Pequenas Escolas
Rafael Pinheiro
 
TOTVS Educacional - gestão bibliotecaria
TOTVS Educacional - gestão bibliotecariaTOTVS Educacional - gestão bibliotecaria
TOTVS Educacional - gestão bibliotecaria
Rafael Pinheiro
 
TOTVS Educacional - processo seletivo
TOTVS Educacional - processo seletivoTOTVS Educacional - processo seletivo
TOTVS Educacional - processo seletivo
Rafael Pinheiro
 
TOTVS Educacional - gestão educacional
TOTVS Educacional - gestão educacionalTOTVS Educacional - gestão educacional
TOTVS Educacional - gestão educacional
Rafael Pinheiro
 
TOTVS Educacional - estratégia totvs no segmento educacional
TOTVS Educacional - estratégia totvs no segmento educacionalTOTVS Educacional - estratégia totvs no segmento educacional
TOTVS Educacional - estratégia totvs no segmento educacional
Rafael Pinheiro
 
TOTVS Educacional - guia de bolso visão executiva
TOTVS Educacional - guia de bolso visão executivaTOTVS Educacional - guia de bolso visão executiva
TOTVS Educacional - guia de bolso visão executiva
Rafael Pinheiro
 
TOTVS V12 Linha RM - Novidades
TOTVS V12 Linha RM - NovidadesTOTVS V12 Linha RM - Novidades
TOTVS V12 Linha RM - Novidades
Rafael Pinheiro
 
Lançamento TOTVS V12 Linha RM - RH
Lançamento TOTVS V12 Linha RM - RHLançamento TOTVS V12 Linha RM - RH
Lançamento TOTVS V12 Linha RM - RH
Rafael Pinheiro
 
Lançamento TOTVS V12 Linha RM - Educacional
Lançamento TOTVS V12 Linha RM - EducacionalLançamento TOTVS V12 Linha RM - Educacional
Lançamento TOTVS V12 Linha RM - Educacional
Rafael Pinheiro
 
Lançamento TOTVS V12 Linha RM - Construção & Projetos
Lançamento TOTVS V12 Linha RM - Construção & ProjetosLançamento TOTVS V12 Linha RM - Construção & Projetos
Lançamento TOTVS V12 Linha RM - Construção & Projetos
Rafael Pinheiro
 
Lançamento TOTVS V12 Linha RM - Framework
Lançamento TOTVS V12 Linha RM - FrameworkLançamento TOTVS V12 Linha RM - Framework
Lançamento TOTVS V12 Linha RM - Framework
Rafael Pinheiro
 
TOTVS Educa Mobile: Uso de mobilidade para engajar a comunidade acadêmica
TOTVS Educa Mobile: Uso de mobilidade para engajar a comunidade acadêmicaTOTVS Educa Mobile: Uso de mobilidade para engajar a comunidade acadêmica
TOTVS Educa Mobile: Uso de mobilidade para engajar a comunidade acadêmica
Rafael Pinheiro
 
Proposta TOTVS para Controle de Evasão
Proposta TOTVS para Controle de EvasãoProposta TOTVS para Controle de Evasão
Proposta TOTVS para Controle de Evasão
Rafael Pinheiro
 
TOTVS Educacional - Visão Geral Executiva
TOTVS Educacional - Visão Geral ExecutivaTOTVS Educacional - Visão Geral Executiva
TOTVS Educacional - Visão Geral Executiva
Rafael Pinheiro
 
TOTVS Educacional - Institucional
TOTVS Educacional - InstitucionalTOTVS Educacional - Institucional
TOTVS Educacional - Institucional
Rafael Pinheiro
 
TOTVS Educacional - Conheça o produto e sabia como migrar para ele
TOTVS Educacional - Conheça o produto e sabia como migrar para eleTOTVS Educacional - Conheça o produto e sabia como migrar para ele
TOTVS Educacional - Conheça o produto e sabia como migrar para ele
Rafael Pinheiro
 
Data warehouse 01 introdução
Data warehouse   01 introduçãoData warehouse   01 introdução
Data warehouse 01 introdução
Rafael Pinheiro
 

Mais de Rafael Pinheiro (18)

TOTVS eduCONNECT
TOTVS eduCONNECTTOTVS eduCONNECT
TOTVS eduCONNECT
 
TOTVS Educacional - Oferta SaaS para Pequenas Escolas
TOTVS Educacional - Oferta SaaS para Pequenas EscolasTOTVS Educacional - Oferta SaaS para Pequenas Escolas
TOTVS Educacional - Oferta SaaS para Pequenas Escolas
 
TOTVS Educacional - gestão bibliotecaria
TOTVS Educacional - gestão bibliotecariaTOTVS Educacional - gestão bibliotecaria
TOTVS Educacional - gestão bibliotecaria
 
TOTVS Educacional - processo seletivo
TOTVS Educacional - processo seletivoTOTVS Educacional - processo seletivo
TOTVS Educacional - processo seletivo
 
TOTVS Educacional - gestão educacional
TOTVS Educacional - gestão educacionalTOTVS Educacional - gestão educacional
TOTVS Educacional - gestão educacional
 
TOTVS Educacional - estratégia totvs no segmento educacional
TOTVS Educacional - estratégia totvs no segmento educacionalTOTVS Educacional - estratégia totvs no segmento educacional
TOTVS Educacional - estratégia totvs no segmento educacional
 
TOTVS Educacional - guia de bolso visão executiva
TOTVS Educacional - guia de bolso visão executivaTOTVS Educacional - guia de bolso visão executiva
TOTVS Educacional - guia de bolso visão executiva
 
TOTVS V12 Linha RM - Novidades
TOTVS V12 Linha RM - NovidadesTOTVS V12 Linha RM - Novidades
TOTVS V12 Linha RM - Novidades
 
Lançamento TOTVS V12 Linha RM - RH
Lançamento TOTVS V12 Linha RM - RHLançamento TOTVS V12 Linha RM - RH
Lançamento TOTVS V12 Linha RM - RH
 
Lançamento TOTVS V12 Linha RM - Educacional
Lançamento TOTVS V12 Linha RM - EducacionalLançamento TOTVS V12 Linha RM - Educacional
Lançamento TOTVS V12 Linha RM - Educacional
 
Lançamento TOTVS V12 Linha RM - Construção & Projetos
Lançamento TOTVS V12 Linha RM - Construção & ProjetosLançamento TOTVS V12 Linha RM - Construção & Projetos
Lançamento TOTVS V12 Linha RM - Construção & Projetos
 
Lançamento TOTVS V12 Linha RM - Framework
Lançamento TOTVS V12 Linha RM - FrameworkLançamento TOTVS V12 Linha RM - Framework
Lançamento TOTVS V12 Linha RM - Framework
 
TOTVS Educa Mobile: Uso de mobilidade para engajar a comunidade acadêmica
TOTVS Educa Mobile: Uso de mobilidade para engajar a comunidade acadêmicaTOTVS Educa Mobile: Uso de mobilidade para engajar a comunidade acadêmica
TOTVS Educa Mobile: Uso de mobilidade para engajar a comunidade acadêmica
 
Proposta TOTVS para Controle de Evasão
Proposta TOTVS para Controle de EvasãoProposta TOTVS para Controle de Evasão
Proposta TOTVS para Controle de Evasão
 
TOTVS Educacional - Visão Geral Executiva
TOTVS Educacional - Visão Geral ExecutivaTOTVS Educacional - Visão Geral Executiva
TOTVS Educacional - Visão Geral Executiva
 
TOTVS Educacional - Institucional
TOTVS Educacional - InstitucionalTOTVS Educacional - Institucional
TOTVS Educacional - Institucional
 
TOTVS Educacional - Conheça o produto e sabia como migrar para ele
TOTVS Educacional - Conheça o produto e sabia como migrar para eleTOTVS Educacional - Conheça o produto e sabia como migrar para ele
TOTVS Educacional - Conheça o produto e sabia como migrar para ele
 
Data warehouse 01 introdução
Data warehouse   01 introduçãoData warehouse   01 introdução
Data warehouse 01 introdução
 

Fundamentos de banco de dados 02 caracteristicas e vantagens sgbd

  • 1. Prof. Rafael Pinheiro – rpinheiro2@gmail.com SGBD: CARACTERÍSTICAS E VANTAGENS CARACTERÍSTICAS VANTAGENS SGBD : CARACTERÍSTICAS E VANTAGENS FUNDAMENTOS DE BANCO DE DADOS
  • 2. Prof. Rafael Pinheiro – rpinheiro2@gmail.com SGBD: CARACTERÍSTICAS E VANTAGENS CARACTERÍSTICAS VANTAGENS Processamento de Arquivos • Cada sistema define e implementa os arquivos necessários para seu contexto o Os arquivos de dados se confundem com o próprio sistema, formando um bloco único o Qualquer alteração na estrutura dos arquivos gera uma grande alteração nos programas • Existem programas distintos que necessitam dos mesmos dados o Redundância de dados: os mesmo dados em lugares diferentes. • Essa Redundância gera: o Espaço de armazenamento desperdiçado o Replicação de esforços para manter os dados redundantes FUNDAMENTOS DE BANCO DE DADOS
  • 3. Prof. Rafael Pinheiro – rpinheiro2@gmail.com SGBD: CARACTERÍSTICAS E VANTAGENS CARACTERÍSTICAS VANTAGENS Abordagem SGBD Na abordagem utilizando um SGBD, um único Banco de Dados é criado, mantido e acessado por todos os sistemas. Algumas características: • Natureza autodescritiva • Isolamento entre os programas e os dados, e a abstração de dados • Suporte para as múltiplas visões de dados • Compartilhamento de dados e processamento de transações de multiusuários FUNDAMENTOS DE BANCO DE DADOS
  • 4. Prof. Rafael Pinheiro – rpinheiro2@gmail.com SGBD: CARACTERÍSTICAS E VANTAGENS CARACTERÍSTICAS VANTAGENS Natureza autodescritiva • Descrição completa da estrutura do banco e suas restrições o Estrutura de cada item, tipo e formato de cada dato, restrições • Existe um catálogo que armazena as informações chamado metadados o O catálogo é utilizado pelo próprio SGBD e também pelos usuários que precisam de informações sobre a estrutura do banco. o Não se altera as informações de metadados, o uso de tais informações é apenas para consulta, caso contrário, o banco poderá apresentar graves problemas. • O SGBD precisa trabalhar com uma diversidade muito grande de aplicações, o catálogo permite isso. FUNDAMENTOS DE BANCO DE DADOS
  • 5. Prof. Rafael Pinheiro – rpinheiro2@gmail.com SGBD: CARACTERÍSTICAS E VANTAGENS CARACTERÍSTICAS VANTAGENS Isolamento entre os programas e dados • Diferente do processamento de arquivos, os programas não possuem informações sobre o armazenamento dos dados • A estrutura dos arquivos de dados é armazenada nos catálogos do SGBD • O Banco de Dados pode ter sua estrutura alterada sem precisar alterar os programas que o acessam • Essa característica é chamada independência programa-dados FUNDAMENTOS DE BANCO DE DADOS
  • 6. Prof. Rafael Pinheiro – rpinheiro2@gmail.com SGBD: CARACTERÍSTICAS E VANTAGENS CARACTERÍSTICAS VANTAGENS Isolamento entre os programas e dados • O SGBD fornece aos programas uma representação conceitual de dados, que não inclui detalhes de armazenamento • Essa característica é chamada de abstração de dados FUNDAMENTOS DE BANCO DE DADOS
  • 7. Prof. Rafael Pinheiro – rpinheiro2@gmail.com SGBD: CARACTERÍSTICAS E VANTAGENS CARACTERÍSTICAS VANTAGENS Suporte para múltiplas visões de dados • Um banco de dados típico tem muitos usuários e cada usuários pode precisar de diferentes visões do banco de dados • Uma visão pode ser: o Um subconjunto do banco de dados, que atendem critérios de necessidades do usuário o Uma visão virtual dos dados, derivada dos dados existentes, simulando dados/informações que não estão explicitamente armazenados FUNDAMENTOS DE BANCO DE DADOS
  • 8. Prof. Rafael Pinheiro – rpinheiro2@gmail.com SGBD: CARACTERÍSTICAS E VANTAGENS CARACTERÍSTICAS VANTAGENS Compartilhamento de dados • Um SGBD deve permitir o acesso concorrente de diversos usuários • O controle de concorrência deve permitir que muitos usuários, ao tentar atualizar o mesmo dado, o façam de modo controlado, para assegurar que os resultados das atualizações sejam corretos o Reserva de assento em companhias aéreas Atendentes Internet Agentes de viagem FUNDAMENTOS DE BANCO DE DADOS
  • 9. Prof. Rafael Pinheiro – rpinheiro2@gmail.com SGBD: CARACTERÍSTICAS E VANTAGENS CARACTERÍSTICAS VANTAGENS Processamento de transações • Transação: é um processo que inclui um ou mais acessos no banco de dados, como leitura e gravação de registros o Isolamento: garante que cada transação possa ser efetuada de forma isolada de outras transações o Atomicidade: garante que todas as operações da transação sejam realizadas ou nenhum delas seja o Exemplo clássico: Transferência bancária Leitura de saldo Validação de saldo Débito da conta origem Validação da conta de destino Crédito da conta destino • O SGBD deve permitir que transações concorrentes operem corretamente FUNDAMENTOS DE BANCO DE DADOS
  • 10. Prof. Rafael Pinheiro – rpinheiro2@gmail.com SGBD: CARACTERÍSTICAS E VANTAGENS CARACTERÍSTICAS VANTAGENS Vantagens da abordagem SGBD As vantagens da utilização de um SGBD vão além das principais características apresentadas. Vantagens: • Controle de redundância • Restrição de acesso não autorizado • Garantia de armazenamento persistente • Estruturas para o processamento eficiente de consultas • Garantia de backup e restauração • Restrição de integridade • Inferência e regras • Outras... FUNDAMENTOS DE BANCO DE DADOS
  • 11. Prof. Rafael Pinheiro – rpinheiro2@gmail.com SGBD: CARACTERÍSTICAS E VANTAGENS CARACTERÍSTICAS VANTAGENS Controle de redundância • Na abordagem usando banco de dados, os sistemas que precisam dos dados de uma entidade (por exemplo aluno, funcionários, etc) são integrados e utilizam o mesmo repositório. o Eliminação de esforços: Atualizações feitas uma única vez o Consistência do dados: Atualizações são realizadas em um único local o Espaço para armazenamento: Problema sério para grandes bancos. • Entretanto, na prática, algumas vezes é necessário o uso de redundância controlada, para melhorar a performance de alguns processos. o Uma consulta que é muito realizada em um banco de dados e que utiliza várias tabelas. o Transportar os dados de outras tabelas que possuem um custo alto de pesquisa para a tabela que contém mais dados. FUNDAMENTOS DE BANCO DE DADOS
  • 12. Prof. Rafael Pinheiro – rpinheiro2@gmail.com SGBD: CARACTERÍSTICAS E VANTAGENS CARACTERÍSTICAS VANTAGENS Restrição de acesso não autorizado • Como todas os dados vão estar em um único local, é possível que nem todas as pessoas tenham acesso à todos os dados. o Uma pessoa da secretaria pode não ter acesso aos dados financeiros o Uma pessoa do financeiro pode não ter acesso aos dados de salários • O SGBD deve ter um mecanismo de segurança e autenticação o Criação de usuários/grupos e autenticação por senhas • Atribuição de uma série de permissões/bloqueios o Mais comuns: Apenas consultar Consultar apenas alguns dados Não deletar dados Somente inserir dados o A granularidade das permissões depende do SGBD FUNDAMENTOS DE BANCO DE DADOS
  • 13. Prof. Rafael Pinheiro – rpinheiro2@gmail.com SGBD: CARACTERÍSTICAS E VANTAGENS CARACTERÍSTICAS VANTAGENS Garantia de armazenamento persistente • Quando um programa é executado, os dados que ficam em variáveis são descartadas quando o programa termina sua execução • Os bancos de dados fornecem estruturas compatíveis com as variáveis do programa. o O programa então repassa tais informações a um banco de dados que persiste as informações. o Posteriormente é realizado um acesso a tais dados, podendo ser feito por outros programas, inclusive. FUNDAMENTOS DE BANCO DE DADOS
  • 14. Prof. Rafael Pinheiro – rpinheiro2@gmail.com SGBD: CARACTERÍSTICAS E VANTAGENS CARACTERÍSTICAS VANTAGENS Estruturas para o processamento eficiente de consultas FUNDAMENTOS DE BANCO DE DADOS
  • 15. Prof. Rafael Pinheiro – rpinheiro2@gmail.com SGBD: CARACTERÍSTICAS E VANTAGENS CARACTERÍSTICAS VANTAGENS Estruturas para o processamento eficiente de consultas • Deve fornecer mecanismos para consultas e atualizações eficientes o Dever oferecer formas de encontrar rapidamente um dado no disco • Para isso são usados: o Indexes (índices) o Buffering (armazenamento temporários) • O SGBD é responsável pela escolha eficiente do plano de execução da consulta baseado nas estruturas de armazenamento existentes • Tunning: o A opção de qual index criar é de responsabilidade do projetista e o seu ajuste (tunning) é responsabilidade do DBA. FUNDAMENTOS DE BANCO DE DADOS
  • 16. Prof. Rafael Pinheiro – rpinheiro2@gmail.com SGBD: CARACTERÍSTICAS E VANTAGENS CARACTERÍSTICAS VANTAGENS Estruturas para o processamento eficiente de consultas • Indexes (índices) o Estruturas em forma de árvore (tree) o Estruturas em hash o Faz o mapeamento de unidades lógicas armazenadas com o endereço físico em disco • Buffering (armazenamento temporários) o Mantém partes do banco de dados na memória principal (ajustes deste tipo dependem do sistema operacional) FUNDAMENTOS DE BANCO DE DADOS
  • 17. Prof. Rafael Pinheiro – rpinheiro2@gmail.com SGBD: CARACTERÍSTICAS E VANTAGENS CARACTERÍSTICAS VANTAGENS Estruturas para o processamento eficiente de consultas • hash FUNDAMENTOS DE BANCO DE DADOS
  • 18. Prof. Rafael Pinheiro – rpinheiro2@gmail.com SGBD: CARACTERÍSTICAS E VANTAGENS CARACTERÍSTICAS VANTAGENS Estruturas para o processamento eficiente de consultas • Índice em cluster FUNDAMENTOS DE BANCO DE DADOS
  • 19. Prof. Rafael Pinheiro – rpinheiro2@gmail.com SGBD: CARACTERÍSTICAS E VANTAGENS CARACTERÍSTICAS VANTAGENS Estruturas para o processamento eficiente de consultas • Índice sem cluster FUNDAMENTOS DE BANCO DE DADOS
  • 20. Prof. Rafael Pinheiro – rpinheiro2@gmail.com SGBD: CARACTERÍSTICAS E VANTAGENS CARACTERÍSTICAS VANTAGENS Garantia de backup e restauração • O SGBD deve prover facilidades para recuperação de falhas de hardware e software. • Funcionalidade que realiza uma cópia de segurança do banco de dados e permite que tal cópia seja restaurada caso ocorra uma falha. o Na maioria das vezes, mais importante que a utilização da funcionalidade em si, é a definição de uma política de backup escolhendo horários e períodos adequados. FUNDAMENTOS DE BANCO DE DADOS
  • 21. Prof. Rafael Pinheiro – rpinheiro2@gmail.com SGBD: CARACTERÍSTICAS E VANTAGENS CARACTERÍSTICAS VANTAGENS Garantia de backup e restauração Erro X Falha X Defeito FUNDAMENTOS DE BANCO DE DADOS
  • 22. Prof. Rafael Pinheiro – rpinheiro2@gmail.com SGBD: CARACTERÍSTICAS E VANTAGENS CARACTERÍSTICAS VANTAGENS Garantia de backup e restauração • Falha: Ocorre no nível mais baixo do hardware ou software. o Uma fonte queimar o Uma linha de código errada • Erro: Uma falha pode gerar um erro. Um erro é a representação da falha no universo da informação (dados). o Por conseqüência de uma falha um dado foi corrompido • Defeito: O defeito é o que é percebido pelo usuário, é a representação de um erro no universo do usuário. o O sistema já esta com erro e o dado já esta corrompido FUNDAMENTOS DE BANCO DE DADOS
  • 23. Prof. Rafael Pinheiro – rpinheiro2@gmail.com SGBD: CARACTERÍSTICAS E VANTAGENS CARACTERÍSTICAS VANTAGENS Restrição de integridade • São restrições identificadas no mini-mundo que o banco representa e garante • O responsável pela identificação é o projetista do banco de dados o Exemplos simples: Valor negativo para o dado altura de uma pessoa; Nota 110 (maior que 100) em uma disciplina; • As restrições podem ser verificadas no instante que o dado é inserido ou a partir de um processo manual de teste FUNDAMENTOS DE BANCO DE DADOS
  • 24. Prof. Rafael Pinheiro – rpinheiro2@gmail.com SGBD: CARACTERÍSTICAS E VANTAGENS CARACTERÍSTICAS VANTAGENS Inferência e regras • A representação no banco de dados de alguma regra do mini- mundo. • Especifica-se uma regra e depois tal regra é acionada ocasionando na atualização ou geração de dados o Exemplo: Preencher o dado resultado para um conjunto de alunos é a utilização de uma regra, onde, quando o dado nota for menor que 60 o resultado será reprovado. FUNDAMENTOS DE BANCO DE DADOS
  • 25. Prof. Rafael Pinheiro – rpinheiro2@gmail.com SGBD: CARACTERÍSTICAS E VANTAGENS CARACTERÍSTICAS VANTAGENS Outras vantagens • Garantia de padrões o Garantir o uso de padrões na organização, códigos, nomes, datas • Redução no tempo para desenvolvimento de aplicações o Encapsulamento das regras de armazenamento e integrações • Flexibilidade o Alteração da estrutura dos dados de forma simples • Disponibilidade para atualizar informações o Assim que um dado é atualizado, ele está disponível para todos os usuários • Economias de escala o Investimento pontual em profissionais e equipamentos FUNDAMENTOS DE BANCO DE DADOS
  • 26. Prof. Rafael Pinheiro – rpinheiro2@gmail.com SGBD: CARACTERÍSTICAS E VANTAGENS CARACTERÍSTICAS VANTAGENS ¿Dúvidas? @_rpinheiro www.facebook.com/rpinheiro2 www.linkedin.com/pub/rafael-pinheiro/24/31/b47 rpinheiro2@gmail.com FUNDAMENTOS DE BANCO DE DADOS