SlideShare uma empresa Scribd logo
eu tenho
                       1                sonho
Sonho que o programa freemind se torne uma política
nacional, e quiçá internacional, para a ressocialização e a
educação da emoção do usuário de drogas. Sonhamos
que as mais de 2 mil casas de acolhimento do país
acrescentem este programa a suas práticas diárias a fim
de melhorar a eficiência do processo e desenvolver
algumas funções mais complexas da inteligência dos
participantes, tornando-os autores de suas próprias
histórias.

augusto cury
freemind
       como levar o debate para as escolas
  programa freemind da academia da Inteligência
educação da emoção, socialização e prevenção de transtornos psíquicos

                     por ricardo monteiro
                         rmonteiro@unifuturo.net
freemind
    na guerra às drogas
 um caso chamado portugal

   por ricardo monteiro
      rmonteiro@unifuturo.net
208mi
A NOSSA CULTURA
DE DROGAS
Estima–se que 208 milhões de
pessoas internacionalmente
consomem drogas ilegais. Nos
Estados Unidos, resultados da
Sondagem Nacional de 2007
sobre o Consumo de Drogas e
Saúde mostrou que 19.9 milhões
de Americanos (ou 8% da
população com idades de 12 ou
mais velha) tomou drogas ilegais
no mês anterior à sondagem.
freemind
     De acordo com as Nações Unidas, no Relatório sobre


1.
     Droga no Mundo, de 2008, cerca de 3,9% da população
     mundial entre 15 e 64 anos abusam da marijuana.




2.
     Em 2007, 45% dos estudantes do liceu em todo o mundo
     beberam álcool e 19,7% fumaram erva durante o período
     de um mês.




3.
     Na Europa, estudos recentes entre os jovens de 15 e 16
     anos sugerem que o uso da marijuana varia de abaixo
     de 10% a acima de 40%,



     Na Espanha e no Reino Unido, o uso da cocaína entre



4.
     os jovens de 15 e 16 anos é de 4% a 6%. O uso da
     cocaína entre os jovens tem aumentado na Dinamarca,
     Itália, Espanha, Reino Unido, Noruega e França.
As pessoas consomem drogas porque
querem mudar algo acerca da sua vida       .

Aqui estão algumas razões para os jovens
consumirem drogas:




1
Adequar–se
Escapar ou relaxar
Aliviar o aborrecimento
Parecer adulto
Revoltar–se
Experimentar
.
As pessoas consomem drogas porque
    querem mudar algo acerca da sua vida               .

    Eles pensam que as drogas são uma
    solução, porém as drogas tornam–se no
    problema.




2
    Por muito difícil que seja enfrentar os
    problemas, as consequências do consumo de
    droga são sempre piores do que o problema que
    alguém está a tentar resolver com elas. A
    verdadeira resposta é conhecer os factos reais e
    não consumir drogas em primeiro lugar.
As pessoas consomem drogas porque
    querem mudar algo acerca da sua vida               .

    As drogas destroem a Criatividade.




3
    Uma mentira sobre as drogas é que elas ajudam
    uma pessoa a se tornar mais criativa. A verdade
    é completamente diferente.

    Alguém que está triste poderia usar drogas a
    obter um sentimento de felicidade, mas não
    funciona. As drogas podem levantar uma
    pessoa a um engodo do tipo de contentamento,
    mas quando a droga se dissipa, ela cai mais
    profundamente que antes.
    E a cada momento, o mergulho emocional é
    mais baixo e mais baixo. No final, as drogas vão
    destroçar completamente a sua criatividade..
As pessoas consomem drogas porque
    querem mudar algo acerca da sua vida              .

    Um estudo apoiado pelo National Institute on
    Drug Abuse descobriu que os consumidores




4
    de Ritalina e drogas similares “exibiam a
    maior percentagem de consumo de cocaína.“

    Devido ao aumento da tolerância, o consumo de
    Ritalina pode levar a consumir drogas mais
    fortes para conseguir a mesma euforia.

    Quando os efeitos começam a desaparecer, a
    pessoa pode procurar drogas mais potentes
    para se libertar das condições indesejadas que
    a levaram a consumir a droga em primeiro lugar.
ATIVIDADES DE
     PREVENÇÃO
    ALCANÇAR A JUVENTUDE
     ANTES DAS DROGAS
Ninguém, especialmente um adolescente, gosta de 
receber uma lição sobre o que ele ou ela não pode 
fazer. Assim, oferecemos os factos que permitem a 
uma  pessoa  tomar  uma  decisão  informada  de 
permanecerem afastados das drogas. A chave para 
o  sucesso  deste  programa  educacional  é  a 
participação do estudante. Para isso, os jovens são 
convidados  a  juntarem–se  a  actividades  que 
promovem uma vida livre de drogas — actividades 
que provaram ser populares e que podem envolver 
estudantes  e  membros  das  comunidades  de  todas 
as idades
manual do professor

Visão geral sobre as drogas


Questionários


Planos de Licoes


Projetos e atividades
Política da Droga em Portugal

 Portugal provou que a descriminalização não leva
 a um aumento do consumo de drogas. Pelo
 contrário, demonstrou que uma estratégia
 pragmática e humana pode, de facto, reduzir o
 consumo de drogas, a dependência, as recaídas e
 a infecção por VIH.

 Portugal deu-nos a esperança de que podemos
 superar a propaganda, baseada no medo da
 “guerra as drogas”, que paralisa as sociedades e
 dificulta as reformas.

 Portugal provou que uma estratégia baseada no
 respeito pela dignidade humana e no direito á
 saúde pode aumentar a segurança pública.
obrigado
freemind
     com ricardo monteiro
          rmonteiro@unifuturo.net
 www.unifuturo.net – www.brightminds.net.br
FREEMIND - RICARDO MONTEIRO

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Dependência química na infância e adolescência
Dependência química na infância e adolescênciaDependência química na infância e adolescência
Dependência química na infância e adolescência
vidamentalforense
 
A toxicodependência
A toxicodependênciaA toxicodependência
A toxicodependência
Msaude
 
Cartilha drogas - cartilha para educadores
Cartilha   drogas - cartilha para educadoresCartilha   drogas - cartilha para educadores
Cartilha drogas - cartilha para educadores
karol_ribeiro
 
Drogas
DrogasDrogas
Oswald de Andrade novembro 2014
Oswald de Andrade novembro 2014Oswald de Andrade novembro 2014
Oswald de Andrade novembro 2014
Cesar Pazinatto
 
Drogas palestras
Drogas palestrasDrogas palestras
Drogas palestras
luzinetefranco
 
Cartilha para educadores
Cartilha para educadoresCartilha para educadores
Cartilha para educadores
Robson Peixoto
 
Apresentação
ApresentaçãoApresentação
Apresentação
José Monteiro
 
Tecnologia na escola
Tecnologia na escolaTecnologia na escola
Tecnologia na escola
Marineide Ribeiro
 
Consumo substâncias
Consumo substânciasConsumo substâncias
Consumo substâncias
José Monteiro
 
U. 24 Toxicodependência - Folheto
U. 24 Toxicodependência - FolhetoU. 24 Toxicodependência - Folheto
U. 24 Toxicodependência - Folheto
I.Braz Slideshares
 
22 fumo zero-tratamento_do_tabagismo (1)
22 fumo zero-tratamento_do_tabagismo (1)22 fumo zero-tratamento_do_tabagismo (1)
22 fumo zero-tratamento_do_tabagismo (1)
Daniella Canato
 
Drogas
DrogasDrogas
Dinâmicas para palestras sobre drogas
Dinâmicas para palestras sobre drogasDinâmicas para palestras sobre drogas
Dinâmicas para palestras sobre drogas
Valdenice Barreto
 
Slidedrogas 121106113024-phpapp01
Slidedrogas 121106113024-phpapp01Slidedrogas 121106113024-phpapp01
Slidedrogas 121106113024-phpapp01
luizasalto
 
A prevencao de_drogas
A prevencao de_drogasA prevencao de_drogas
A prevencao de_drogas
Mariana Alves
 
Drogas: numa visão espírita
Drogas: numa visão espíritaDrogas: numa visão espírita
Drogas: numa visão espírita
Marcelo Suster
 
Toxicodependente e reinserção
Toxicodependente e reinserçãoToxicodependente e reinserção
Toxicodependente e reinserção
Vera Silva
 
Drogas cortando o problema pela raiz
Drogas cortando o problema pela raizDrogas cortando o problema pela raiz
Drogas cortando o problema pela raiz
Instituto Teológico Gamaliel
 
Drogas nas Escolas
Drogas nas EscolasDrogas nas Escolas
Drogas nas Escolas
AP6Dmundao
 

Mais procurados (20)

Dependência química na infância e adolescência
Dependência química na infância e adolescênciaDependência química na infância e adolescência
Dependência química na infância e adolescência
 
A toxicodependência
A toxicodependênciaA toxicodependência
A toxicodependência
 
Cartilha drogas - cartilha para educadores
Cartilha   drogas - cartilha para educadoresCartilha   drogas - cartilha para educadores
Cartilha drogas - cartilha para educadores
 
Drogas
DrogasDrogas
Drogas
 
Oswald de Andrade novembro 2014
Oswald de Andrade novembro 2014Oswald de Andrade novembro 2014
Oswald de Andrade novembro 2014
 
Drogas palestras
Drogas palestrasDrogas palestras
Drogas palestras
 
Cartilha para educadores
Cartilha para educadoresCartilha para educadores
Cartilha para educadores
 
Apresentação
ApresentaçãoApresentação
Apresentação
 
Tecnologia na escola
Tecnologia na escolaTecnologia na escola
Tecnologia na escola
 
Consumo substâncias
Consumo substânciasConsumo substâncias
Consumo substâncias
 
U. 24 Toxicodependência - Folheto
U. 24 Toxicodependência - FolhetoU. 24 Toxicodependência - Folheto
U. 24 Toxicodependência - Folheto
 
22 fumo zero-tratamento_do_tabagismo (1)
22 fumo zero-tratamento_do_tabagismo (1)22 fumo zero-tratamento_do_tabagismo (1)
22 fumo zero-tratamento_do_tabagismo (1)
 
Drogas
DrogasDrogas
Drogas
 
Dinâmicas para palestras sobre drogas
Dinâmicas para palestras sobre drogasDinâmicas para palestras sobre drogas
Dinâmicas para palestras sobre drogas
 
Slidedrogas 121106113024-phpapp01
Slidedrogas 121106113024-phpapp01Slidedrogas 121106113024-phpapp01
Slidedrogas 121106113024-phpapp01
 
A prevencao de_drogas
A prevencao de_drogasA prevencao de_drogas
A prevencao de_drogas
 
Drogas: numa visão espírita
Drogas: numa visão espíritaDrogas: numa visão espírita
Drogas: numa visão espírita
 
Toxicodependente e reinserção
Toxicodependente e reinserçãoToxicodependente e reinserção
Toxicodependente e reinserção
 
Drogas cortando o problema pela raiz
Drogas cortando o problema pela raizDrogas cortando o problema pela raiz
Drogas cortando o problema pela raiz
 
Drogas nas Escolas
Drogas nas EscolasDrogas nas Escolas
Drogas nas Escolas
 

Semelhante a FREEMIND - RICARDO MONTEIRO

Drogas 1
Drogas 1Drogas 1
Drogas 1
tocha_turma9b
 
Cartilha sobre drogas
Cartilha sobre drogasCartilha sobre drogas
Cartilha sobre drogas
Alinebrauna Brauna
 
Drogas cartilha sobre maconha, cocaina e inalantes
Drogas   cartilha sobre maconha, cocaina e inalantesDrogas   cartilha sobre maconha, cocaina e inalantes
Drogas cartilha sobre maconha, cocaina e inalantes
José Ripardo
 
Drogas caic
Drogas   caicDrogas   caic
Drogas caic
sfmartinha2011
 
Deputado
Deputado Deputado
Deputado
Polibio Braga
 
Deputado osmar terra e médico ronaldo laranjeira lideram manifesto contra a l...
Deputado osmar terra e médico ronaldo laranjeira lideram manifesto contra a l...Deputado osmar terra e médico ronaldo laranjeira lideram manifesto contra a l...
Deputado osmar terra e médico ronaldo laranjeira lideram manifesto contra a l...
Polibio Braga
 
Europa sem drogas
Europa sem drogasEuropa sem drogas
Europa sem drogas
Mario Mariorui
 
DEPENDENCIA QUIMICA: ACAO PEDAGOGICA
DEPENDENCIA QUIMICA: ACAO PEDAGOGICADEPENDENCIA QUIMICA: ACAO PEDAGOGICA
DEPENDENCIA QUIMICA: ACAO PEDAGOGICA
Prisca85
 
disney
disneydisney
disney
eldermarins
 
Europa sem drogas
Europa sem drogasEuropa sem drogas
Europa sem drogas
Mario Mariorui
 
Cartilha sobre maconha cocaina inalantes
Cartilha sobre maconha cocaina inalantesCartilha sobre maconha cocaina inalantes
Cartilha sobre maconha cocaina inalantes
Luana Gomes
 
Cartilha sobremaconhacocainainalantes
Cartilha sobremaconhacocainainalantesCartilha sobremaconhacocainainalantes
Cartilha sobremaconhacocainainalantes
Geraldo Souza
 
A prevenção de_drogas
A prevenção de_drogasA prevenção de_drogas
O QUE SÃO DROGAS? Prof. Noe Assunção
O QUE SÃO DROGAS? Prof. Noe AssunçãoO QUE SÃO DROGAS? Prof. Noe Assunção
O QUE SÃO DROGAS? Prof. Noe Assunção
Prof. Noe Assunção
 
Campanha Droga
Campanha DrogaCampanha Droga
Campanha Droga
Felisbella
 
Drogas palestras
Drogas palestrasDrogas palestras
Drogas palestras
lindavick876
 
Toxicodependencia11 fr
Toxicodependencia11 frToxicodependencia11 fr
Toxicodependencia11 fr
paulo cunha
 
Drogas
DrogasDrogas
Drogas
Marina Sousa
 
Fatores de Riscos
Fatores de RiscosFatores de Riscos
Fatores de Riscos
Net Viva
 
Abead_cannabis_descrmini
Abead_cannabis_descrminiAbead_cannabis_descrmini
Abead_cannabis_descrmini
Vinícius Sobreira
 

Semelhante a FREEMIND - RICARDO MONTEIRO (20)

Drogas 1
Drogas 1Drogas 1
Drogas 1
 
Cartilha sobre drogas
Cartilha sobre drogasCartilha sobre drogas
Cartilha sobre drogas
 
Drogas cartilha sobre maconha, cocaina e inalantes
Drogas   cartilha sobre maconha, cocaina e inalantesDrogas   cartilha sobre maconha, cocaina e inalantes
Drogas cartilha sobre maconha, cocaina e inalantes
 
Drogas caic
Drogas   caicDrogas   caic
Drogas caic
 
Deputado
Deputado Deputado
Deputado
 
Deputado osmar terra e médico ronaldo laranjeira lideram manifesto contra a l...
Deputado osmar terra e médico ronaldo laranjeira lideram manifesto contra a l...Deputado osmar terra e médico ronaldo laranjeira lideram manifesto contra a l...
Deputado osmar terra e médico ronaldo laranjeira lideram manifesto contra a l...
 
Europa sem drogas
Europa sem drogasEuropa sem drogas
Europa sem drogas
 
DEPENDENCIA QUIMICA: ACAO PEDAGOGICA
DEPENDENCIA QUIMICA: ACAO PEDAGOGICADEPENDENCIA QUIMICA: ACAO PEDAGOGICA
DEPENDENCIA QUIMICA: ACAO PEDAGOGICA
 
disney
disneydisney
disney
 
Europa sem drogas
Europa sem drogasEuropa sem drogas
Europa sem drogas
 
Cartilha sobre maconha cocaina inalantes
Cartilha sobre maconha cocaina inalantesCartilha sobre maconha cocaina inalantes
Cartilha sobre maconha cocaina inalantes
 
Cartilha sobremaconhacocainainalantes
Cartilha sobremaconhacocainainalantesCartilha sobremaconhacocainainalantes
Cartilha sobremaconhacocainainalantes
 
A prevenção de_drogas
A prevenção de_drogasA prevenção de_drogas
A prevenção de_drogas
 
O QUE SÃO DROGAS? Prof. Noe Assunção
O QUE SÃO DROGAS? Prof. Noe AssunçãoO QUE SÃO DROGAS? Prof. Noe Assunção
O QUE SÃO DROGAS? Prof. Noe Assunção
 
Campanha Droga
Campanha DrogaCampanha Droga
Campanha Droga
 
Drogas palestras
Drogas palestrasDrogas palestras
Drogas palestras
 
Toxicodependencia11 fr
Toxicodependencia11 frToxicodependencia11 fr
Toxicodependencia11 fr
 
Drogas
DrogasDrogas
Drogas
 
Fatores de Riscos
Fatores de RiscosFatores de Riscos
Fatores de Riscos
 
Abead_cannabis_descrmini
Abead_cannabis_descrminiAbead_cannabis_descrmini
Abead_cannabis_descrmini
 

Mais de Congresso Freemind

FREEMIND - THOM BROWNE
FREEMIND - THOM BROWNEFREEMIND - THOM BROWNE
FREEMIND - THOM BROWNE
Congresso Freemind
 
FREEMIND - SEBRAE - RUY
FREEMIND - SEBRAE - RUYFREEMIND - SEBRAE - RUY
FREEMIND - SEBRAE - RUY
Congresso Freemind
 
FREEMIND - RONALDO LARANJEIRA
FREEMIND - RONALDO LARANJEIRAFREEMIND - RONALDO LARANJEIRA
FREEMIND - RONALDO LARANJEIRA
Congresso Freemind
 
FREEMIND - LIANE CASTRILLON
 FREEMIND - LIANE CASTRILLON FREEMIND - LIANE CASTRILLON
FREEMIND - LIANE CASTRILLON
Congresso Freemind
 
FREEMIND - LAURA FRACASSO
FREEMIND - LAURA FRACASSOFREEMIND - LAURA FRACASSO
FREEMIND - LAURA FRACASSO
Congresso Freemind
 
FREEMIND - HIRAM RAVACHE
FREEMIND - HIRAM RAVACHEFREEMIND - HIRAM RAVACHE
FREEMIND - HIRAM RAVACHE
Congresso Freemind
 
FREEMIND - GERALDO ROSSI
FREEMIND - GERALDO ROSSIFREEMIND - GERALDO ROSSI
FREEMIND - GERALDO ROSSI
Congresso Freemind
 
FREEMIND - EVILAZIO VIEIRA
FREEMIND - EVILAZIO VIEIRAFREEMIND - EVILAZIO VIEIRA
FREEMIND - EVILAZIO VIEIRA
Congresso Freemind
 
FREEMIND - EMBAIXADORES
FREEMIND - EMBAIXADORESFREEMIND - EMBAIXADORES
FREEMIND - EMBAIXADORES
Congresso Freemind
 
FREEMIND - DRA. PAULINA DUARTE
FREEMIND - DRA. PAULINA DUARTEFREEMIND - DRA. PAULINA DUARTE
FREEMIND - DRA. PAULINA DUARTE
Congresso Freemind
 
FREEMIND - DR. LACO
FREEMIND - DR. LACOFREEMIND - DR. LACO
FREEMIND - DR. LACO
Congresso Freemind
 
FREEMIND - DR. JOÃO PAULO B. LUTUFO
FREEMIND - DR. JOÃO PAULO B. LUTUFOFREEMIND - DR. JOÃO PAULO B. LUTUFO
FREEMIND - DR. JOÃO PAULO B. LUTUFO
Congresso Freemind
 
FREEMIND - DR. AUGUSTO CURY
FREEMIND - DR. AUGUSTO CURYFREEMIND - DR. AUGUSTO CURY
FREEMIND - DR. AUGUSTO CURY
Congresso Freemind
 
FREEMIND - CESAR ROSOLEN
FREEMIND - CESAR ROSOLENFREEMIND - CESAR ROSOLEN
FREEMIND - CESAR ROSOLEN
Congresso Freemind
 
FREEMIND - CÉLIO - CONFENACT
 FREEMIND - CÉLIO - CONFENACT FREEMIND - CÉLIO - CONFENACT
FREEMIND - CÉLIO - CONFENACT
Congresso Freemind
 
FREEMIND - SEBRAE - CAMILA
FREEMIND - SEBRAE - CAMILAFREEMIND - SEBRAE - CAMILA
FREEMIND - SEBRAE - CAMILA
Congresso Freemind
 
Freemind - Dr. João Paulo B. Lutufo
Freemind - Dr. João Paulo B. LutufoFreemind - Dr. João Paulo B. Lutufo
Freemind - Dr. João Paulo B. Lutufo
Congresso Freemind
 
Freemind - DR. Augusto Cury
Freemind - DR. Augusto CuryFreemind - DR. Augusto Cury
Freemind - DR. Augusto Cury
Congresso Freemind
 
Freemind - Célio - Confenact
Freemind - Célio - ConfenactFreemind - Célio - Confenact
Freemind - Célio - Confenact
Congresso Freemind
 
Freemind - Cesar Rosolen
Freemind - Cesar RosolenFreemind - Cesar Rosolen
Freemind - Cesar Rosolen
Congresso Freemind
 

Mais de Congresso Freemind (20)

FREEMIND - THOM BROWNE
FREEMIND - THOM BROWNEFREEMIND - THOM BROWNE
FREEMIND - THOM BROWNE
 
FREEMIND - SEBRAE - RUY
FREEMIND - SEBRAE - RUYFREEMIND - SEBRAE - RUY
FREEMIND - SEBRAE - RUY
 
FREEMIND - RONALDO LARANJEIRA
FREEMIND - RONALDO LARANJEIRAFREEMIND - RONALDO LARANJEIRA
FREEMIND - RONALDO LARANJEIRA
 
FREEMIND - LIANE CASTRILLON
 FREEMIND - LIANE CASTRILLON FREEMIND - LIANE CASTRILLON
FREEMIND - LIANE CASTRILLON
 
FREEMIND - LAURA FRACASSO
FREEMIND - LAURA FRACASSOFREEMIND - LAURA FRACASSO
FREEMIND - LAURA FRACASSO
 
FREEMIND - HIRAM RAVACHE
FREEMIND - HIRAM RAVACHEFREEMIND - HIRAM RAVACHE
FREEMIND - HIRAM RAVACHE
 
FREEMIND - GERALDO ROSSI
FREEMIND - GERALDO ROSSIFREEMIND - GERALDO ROSSI
FREEMIND - GERALDO ROSSI
 
FREEMIND - EVILAZIO VIEIRA
FREEMIND - EVILAZIO VIEIRAFREEMIND - EVILAZIO VIEIRA
FREEMIND - EVILAZIO VIEIRA
 
FREEMIND - EMBAIXADORES
FREEMIND - EMBAIXADORESFREEMIND - EMBAIXADORES
FREEMIND - EMBAIXADORES
 
FREEMIND - DRA. PAULINA DUARTE
FREEMIND - DRA. PAULINA DUARTEFREEMIND - DRA. PAULINA DUARTE
FREEMIND - DRA. PAULINA DUARTE
 
FREEMIND - DR. LACO
FREEMIND - DR. LACOFREEMIND - DR. LACO
FREEMIND - DR. LACO
 
FREEMIND - DR. JOÃO PAULO B. LUTUFO
FREEMIND - DR. JOÃO PAULO B. LUTUFOFREEMIND - DR. JOÃO PAULO B. LUTUFO
FREEMIND - DR. JOÃO PAULO B. LUTUFO
 
FREEMIND - DR. AUGUSTO CURY
FREEMIND - DR. AUGUSTO CURYFREEMIND - DR. AUGUSTO CURY
FREEMIND - DR. AUGUSTO CURY
 
FREEMIND - CESAR ROSOLEN
FREEMIND - CESAR ROSOLENFREEMIND - CESAR ROSOLEN
FREEMIND - CESAR ROSOLEN
 
FREEMIND - CÉLIO - CONFENACT
 FREEMIND - CÉLIO - CONFENACT FREEMIND - CÉLIO - CONFENACT
FREEMIND - CÉLIO - CONFENACT
 
FREEMIND - SEBRAE - CAMILA
FREEMIND - SEBRAE - CAMILAFREEMIND - SEBRAE - CAMILA
FREEMIND - SEBRAE - CAMILA
 
Freemind - Dr. João Paulo B. Lutufo
Freemind - Dr. João Paulo B. LutufoFreemind - Dr. João Paulo B. Lutufo
Freemind - Dr. João Paulo B. Lutufo
 
Freemind - DR. Augusto Cury
Freemind - DR. Augusto CuryFreemind - DR. Augusto Cury
Freemind - DR. Augusto Cury
 
Freemind - Célio - Confenact
Freemind - Célio - ConfenactFreemind - Célio - Confenact
Freemind - Célio - Confenact
 
Freemind - Cesar Rosolen
Freemind - Cesar RosolenFreemind - Cesar Rosolen
Freemind - Cesar Rosolen
 

Último

PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Mauricio Alexandre Silva
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
ARIADNEMARTINSDACRUZ
 
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptxPsicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
TiagoLouro8
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
Manuais Formação
 
Atividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docxAtividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docx
MARCELARUBIAGAVA
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
beatrizsilva525654
 
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidadeAula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
AlessandraRibas7
 
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdfAula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
AntonioAngeloNeves
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
Eró Cunha
 
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento EuropeuEurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Centro Jacques Delors
 
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdfConcurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
TathyLopes1
 
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdfApostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
bmgrama
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Mary Alvarenga
 
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf eplanejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
HelenStefany
 
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
MatheusSousa716350
 
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdfRazonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Demetrio Ccesa Rayme
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
Manuais Formação
 
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdfsaid edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
ThiagoRORISDASILVA1
 

Último (20)

PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
 
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptxPsicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
 
Atividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docxAtividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docx
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
 
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidadeAula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
 
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdfAula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
 
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento EuropeuEurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
 
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdfConcurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
 
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdfApostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
 
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf eplanejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
 
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
 
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdfRazonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
 
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
 
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdfsaid edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
 

FREEMIND - RICARDO MONTEIRO

  • 1.
  • 2. eu tenho 1 sonho Sonho que o programa freemind se torne uma política nacional, e quiçá internacional, para a ressocialização e a educação da emoção do usuário de drogas. Sonhamos que as mais de 2 mil casas de acolhimento do país acrescentem este programa a suas práticas diárias a fim de melhorar a eficiência do processo e desenvolver algumas funções mais complexas da inteligência dos participantes, tornando-os autores de suas próprias histórias. augusto cury
  • 3. freemind como levar o debate para as escolas programa freemind da academia da Inteligência educação da emoção, socialização e prevenção de transtornos psíquicos por ricardo monteiro rmonteiro@unifuturo.net
  • 4. freemind na guerra às drogas um caso chamado portugal por ricardo monteiro rmonteiro@unifuturo.net
  • 5. 208mi A NOSSA CULTURA DE DROGAS Estima–se que 208 milhões de pessoas internacionalmente consomem drogas ilegais. Nos Estados Unidos, resultados da Sondagem Nacional de 2007 sobre o Consumo de Drogas e Saúde mostrou que 19.9 milhões de Americanos (ou 8% da população com idades de 12 ou mais velha) tomou drogas ilegais no mês anterior à sondagem.
  • 6. freemind De acordo com as Nações Unidas, no Relatório sobre 1. Droga no Mundo, de 2008, cerca de 3,9% da população mundial entre 15 e 64 anos abusam da marijuana. 2. Em 2007, 45% dos estudantes do liceu em todo o mundo beberam álcool e 19,7% fumaram erva durante o período de um mês. 3. Na Europa, estudos recentes entre os jovens de 15 e 16 anos sugerem que o uso da marijuana varia de abaixo de 10% a acima de 40%, Na Espanha e no Reino Unido, o uso da cocaína entre 4. os jovens de 15 e 16 anos é de 4% a 6%. O uso da cocaína entre os jovens tem aumentado na Dinamarca, Itália, Espanha, Reino Unido, Noruega e França.
  • 7. As pessoas consomem drogas porque querem mudar algo acerca da sua vida . Aqui estão algumas razões para os jovens consumirem drogas: 1 Adequar–se Escapar ou relaxar Aliviar o aborrecimento Parecer adulto Revoltar–se Experimentar .
  • 8. As pessoas consomem drogas porque querem mudar algo acerca da sua vida . Eles pensam que as drogas são uma solução, porém as drogas tornam–se no problema. 2 Por muito difícil que seja enfrentar os problemas, as consequências do consumo de droga são sempre piores do que o problema que alguém está a tentar resolver com elas. A verdadeira resposta é conhecer os factos reais e não consumir drogas em primeiro lugar.
  • 9. As pessoas consomem drogas porque querem mudar algo acerca da sua vida . As drogas destroem a Criatividade. 3 Uma mentira sobre as drogas é que elas ajudam uma pessoa a se tornar mais criativa. A verdade é completamente diferente. Alguém que está triste poderia usar drogas a obter um sentimento de felicidade, mas não funciona. As drogas podem levantar uma pessoa a um engodo do tipo de contentamento, mas quando a droga se dissipa, ela cai mais profundamente que antes. E a cada momento, o mergulho emocional é mais baixo e mais baixo. No final, as drogas vão destroçar completamente a sua criatividade..
  • 10. As pessoas consomem drogas porque querem mudar algo acerca da sua vida . Um estudo apoiado pelo National Institute on Drug Abuse descobriu que os consumidores 4 de Ritalina e drogas similares “exibiam a maior percentagem de consumo de cocaína.“ Devido ao aumento da tolerância, o consumo de Ritalina pode levar a consumir drogas mais fortes para conseguir a mesma euforia. Quando os efeitos começam a desaparecer, a pessoa pode procurar drogas mais potentes para se libertar das condições indesejadas que a levaram a consumir a droga em primeiro lugar.
  • 11. ATIVIDADES DE   PREVENÇÃO ALCANÇAR A JUVENTUDE ANTES DAS DROGAS
  • 12. Ninguém, especialmente um adolescente, gosta de  receber uma lição sobre o que ele ou ela não pode  fazer. Assim, oferecemos os factos que permitem a  uma  pessoa  tomar  uma  decisão  informada  de  permanecerem afastados das drogas. A chave para  o  sucesso  deste  programa  educacional  é  a  participação do estudante. Para isso, os jovens são  convidados  a  juntarem–se  a  actividades  que  promovem uma vida livre de drogas — actividades  que provaram ser populares e que podem envolver  estudantes  e  membros  das  comunidades  de  todas  as idades
  • 14. Política da Droga em Portugal Portugal provou que a descriminalização não leva a um aumento do consumo de drogas. Pelo contrário, demonstrou que uma estratégia pragmática e humana pode, de facto, reduzir o consumo de drogas, a dependência, as recaídas e a infecção por VIH. Portugal deu-nos a esperança de que podemos superar a propaganda, baseada no medo da “guerra as drogas”, que paralisa as sociedades e dificulta as reformas. Portugal provou que uma estratégia baseada no respeito pela dignidade humana e no direito á saúde pode aumentar a segurança pública.
  • 16. freemind com ricardo monteiro rmonteiro@unifuturo.net www.unifuturo.net – www.brightminds.net.br