SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 30
Ms. Anaí Haeser Peña
Educação – Direito de Todos:
Desafios à educação inclusiva
OBJETIVOS
1. Refletir sobre a educação inclusiva como uma das estratégias
para a garantia do direito de todos à educação
2. Abordar alguns mitos e desafios relacionados à implementação
da educação inclusiva
3. Pensar sobre a interdependência entre teoria educacional e
prática docente como elemento fundamental à viabilização da
educação inclusiva
4. Apresentar alguns elementos indispensáveis à organização do
trabalho pedagógico para a educação inclusiva
EDUCAÇÃO:
PARA TODOS
EDUCAÇÃO:
INCLUSIVA
Ilustração de
Rutu Modan
para a crônica
“The Art of
Distraction”
(New York
Times)
Constituição Federal
Título I
Dos Princípios Fundamentais
Art. 3º Constituem objetivos fundamentais da
República Federativa do Brasil:
I - construir uma sociedade livre, justa e
solidária;
II - garantir o desenvolvimento nacional;
III - erradicar a pobreza e a marginalização e
reduzir as desigualdades sociais e regionais;
IV - promover o bem de todos, sem preconceitos
de origem, raça, sexo, cor, idade e quaisquer outras
formas de discriminação.
A Educação Como Direito de Todos
Dever do Estado
e da FamíliaColaboração
da sociedade
Pleno
desenvolvimento
da pessoa
Cidadania e
Trabalho
Igualdade de condições
de acesso e permanência
A questão do modelo/ ideal
IlustraçãodacapadolivroTeacherToolkit,
deRossMorrisonMcGill
Homem
Vitruviano,
de L. da Vinci
EDUCAÇÃO INCLUSIVA
MITOS E DESAFIOS
RELACIONADOS À
EDUCAÇÃO INCLUSIVA
Ambiente de ensino
gravidade zero
ROTULAÇÃO MEDICALIZAÇÃO
PSICOLOGIZAÇÃO
FATORES CONTEXTUAIS
E LIMITAÇÕES
O PODER E A IMPORTÂNCIA DA UNIÃO
Organização do Trabalho
Pedagógico para a
Educação Inclusiva
ATUAÇÃO DOCENTE E FUNDAMENTAÇÃO
TEÓRICO-METODOLÓGICA
“Sobre a vida: nós tendemos a ver apenas o que somos
preparados a compreender”, de Howard Hoffman
Reorganização do trabalho pedagógico
para a diversidade
IlustraçãodeRutuModanparaacronica“TheArtof
Distraction”(NewYorkTimes)
Cena da animação “Mudando Paradigmas na Educação”
Reorganização do trabalho pedagógico
para as mudanças sociais
- Saberes necessários à Educação
(E. Morin)
(A. Nóvoa)
- Disposições docentes necessárias à
Educação
(A. Nóvoa)
E. Morin A. Nóvoa
1. Cegueira do conhecimento:
erro e ilusão
Conhecer (a si, ao trabalho)
2. Conhecimento pertinente Refletir - Experimentar
3. Ensinar a condição humana Compreender (alteridade)
4. Condição terrena Interligar
5. Saber enfrentar as
incertezas
Criar-Produzir
6. Ensinar a compreensão Estar aberto
7. Ética do humano Compromissar-se
Retomando e ampliando a reflexão inicial
REFERÊNCIAS
Imagens obtidas por meio do Google Imagens.
DISTRITO FEREDERAL1. Currículo em Movimento da Educação Básica: Pressupostos Teóricos. Secretaria de
Estado de Educação - SEEDF, GDF: 2013.
DISTRITO FEREDERAL2. Currículo em Movimento da Educação Básica: Educação Especial. Secretaria de
Estado de Educação - SEEDF, GDF: 2013.
FEUERSTEIN, R., FEUERSTEIN, R. FALIK L. H. Além da Inteligência: Aprendizagem Mediada. Petrópolis (RJ):
Vozes, 2014.
KUREISHI, H. The Art of Distraction. The New York Times. Feb. 18, 2012.
http://www.nytimes.com/2012/02/19/opinion/sunday/the-art-of-distraction.html?_r=0
VYGOSTKY, L. S. Pensamento e Linguagem. São Paulo: Martins Fontes, 1987.
DECLARAÇÃO DE SALAMANCA. Necessidades Educativas Especiais – NEE In: Conferência Mundial sobre NEE:
Acesso em: Qualidade – UNESCO. Salamanca/Espanha: UNESCO 1994. Disponível em:
http://portal.mec.gov.br/seesp/arquivos/pdf/salamanca.pdf.
SÁ, Elizabet Dias de. Necessidades Educacionais Especiais. Disponível em: “Banco de Escola, Educação para
todos”, http://www.bancodeescola.com/verbete4.htm, visitado aos 14/05/2014.
WARNOCK, H.M. et al. SPECIAL EDUCATIONAL NEEDS: Report of the Committee of Enquiry into the Education
of Handicapped Children and Young People. Warnock Report. 1978. Disponível em:
http://www.educationengland.org.uk/documents/warnock/warnock1978.html.
Formação UNIEB -   Desafios a inclusão

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Diretrizes curriculares nacionais
Diretrizes curriculares nacionaisDiretrizes curriculares nacionais
Diretrizes curriculares nacionais
marcaocampos
 
Política nacional de educação especial na perspectiva da educação inclusiva
Política nacional  de educação especial  na perspectiva da educação inclusivaPolítica nacional  de educação especial  na perspectiva da educação inclusiva
Política nacional de educação especial na perspectiva da educação inclusiva
ceciliaconserva
 
Slide 1 formação de professores princípios e estratégias formativas
Slide 1   formação de professores princípios e estratégias formativasSlide 1   formação de professores princípios e estratégias formativas
Slide 1 formação de professores princípios e estratégias formativas
Shirley Lauria
 
Senador Flavio - O NOVO FUNDEB - F1.pptx
Senador Flavio - O NOVO FUNDEB - F1.pptxSenador Flavio - O NOVO FUNDEB - F1.pptx
Senador Flavio - O NOVO FUNDEB - F1.pptx
GuilhermeDezani
 
Dcn educação escolar indígena
Dcn educação escolar indígenaDcn educação escolar indígena
Dcn educação escolar indígena
marcaocampos
 
A importância da afetividade para uma educação de qualidade.
A importância da afetividade para uma educação de qualidade.A importância da afetividade para uma educação de qualidade.
A importância da afetividade para uma educação de qualidade.
Alexsandro Prates
 

Mais procurados (20)

Diretrizes curriculares nacionais
Diretrizes curriculares nacionaisDiretrizes curriculares nacionais
Diretrizes curriculares nacionais
 
éTica na educação
éTica na educaçãoéTica na educação
éTica na educação
 
Política nacional de educação especial na perspectiva da educação inclusiva
Política nacional  de educação especial  na perspectiva da educação inclusivaPolítica nacional  de educação especial  na perspectiva da educação inclusiva
Política nacional de educação especial na perspectiva da educação inclusiva
 
Escola inclusiva: desafios e possibilidades
Escola inclusiva: desafios e possibilidadesEscola inclusiva: desafios e possibilidades
Escola inclusiva: desafios e possibilidades
 
Inclusão
InclusãoInclusão
Inclusão
 
Os sete saberes: Edgar Morin (síntese)
Os sete saberes: Edgar Morin (síntese) Os sete saberes: Edgar Morin (síntese)
Os sete saberes: Edgar Morin (síntese)
 
Diretrizes curriculares nacionais para a educação
Diretrizes curriculares nacionais para a educaçãoDiretrizes curriculares nacionais para a educação
Diretrizes curriculares nacionais para a educação
 
Slide introduçao a pedagogia
Slide introduçao a pedagogiaSlide introduçao a pedagogia
Slide introduçao a pedagogia
 
Gestão democrática na escola pública
Gestão democrática na escola públicaGestão democrática na escola pública
Gestão democrática na escola pública
 
A EDUCAÇÃO EM UMA PRÁTICA INCLUSIVA, ACOLHENDO AS DIFERENÇAS
A EDUCAÇÃO EM UMA PRÁTICA INCLUSIVA, ACOLHENDO AS DIFERENÇASA EDUCAÇÃO EM UMA PRÁTICA INCLUSIVA, ACOLHENDO AS DIFERENÇAS
A EDUCAÇÃO EM UMA PRÁTICA INCLUSIVA, ACOLHENDO AS DIFERENÇAS
 
Slide 1 formação de professores princípios e estratégias formativas
Slide 1   formação de professores princípios e estratégias formativasSlide 1   formação de professores princípios e estratégias formativas
Slide 1 formação de professores princípios e estratégias formativas
 
4. Políticas educacionais e gestão escolar - Prof. Dr. Paulo Gomes Lima
4. Políticas educacionais e gestão escolar - Prof. Dr. Paulo Gomes Lima4. Políticas educacionais e gestão escolar - Prof. Dr. Paulo Gomes Lima
4. Políticas educacionais e gestão escolar - Prof. Dr. Paulo Gomes Lima
 
Tipos de avaliacao
Tipos de avaliacaoTipos de avaliacao
Tipos de avaliacao
 
Ensino Especial
Ensino EspecialEnsino Especial
Ensino Especial
 
Senador Flavio - O NOVO FUNDEB - F1.pptx
Senador Flavio - O NOVO FUNDEB - F1.pptxSenador Flavio - O NOVO FUNDEB - F1.pptx
Senador Flavio - O NOVO FUNDEB - F1.pptx
 
Gestão escolar
Gestão escolarGestão escolar
Gestão escolar
 
Educação inclusiva
Educação inclusivaEducação inclusiva
Educação inclusiva
 
Dcn educação escolar indígena
Dcn educação escolar indígenaDcn educação escolar indígena
Dcn educação escolar indígena
 
A importância da afetividade para uma educação de qualidade.
A importância da afetividade para uma educação de qualidade.A importância da afetividade para uma educação de qualidade.
A importância da afetividade para uma educação de qualidade.
 
DEFICIÊNCIA MÚLTIPLA
DEFICIÊNCIA MÚLTIPLADEFICIÊNCIA MÚLTIPLA
DEFICIÊNCIA MÚLTIPLA
 

Destaque

Destaque (19)

Review of the survey
Review of the surveyReview of the survey
Review of the survey
 
Социальный проект Школьный музей "Народная кукла"
Социальный проект Школьный музей "Народная кукла"Социальный проект Школьный музей "Народная кукла"
Социальный проект Школьный музей "Народная кукла"
 
Sesiones para-soporte-socioemocional
Sesiones para-soporte-socioemocionalSesiones para-soporte-socioemocional
Sesiones para-soporte-socioemocional
 
Pa de religión del 2º grado
Pa de religión del 2º gradoPa de religión del 2º grado
Pa de religión del 2º grado
 
Procesosdidcticosypedaggicosdeunasesindematemtica 150104174716-conversion-gate01
Procesosdidcticosypedaggicosdeunasesindematemtica 150104174716-conversion-gate01Procesosdidcticosypedaggicosdeunasesindematemtica 150104174716-conversion-gate01
Procesosdidcticosypedaggicosdeunasesindematemtica 150104174716-conversion-gate01
 
Adequação curricular
Adequação curricularAdequação curricular
Adequação curricular
 
Apresentação da equipe de apoio da UNIEB
Apresentação da equipe de apoio da UNIEBApresentação da equipe de apoio da UNIEB
Apresentação da equipe de apoio da UNIEB
 
Artikel in City Journal: normen voor burgerparticipatie
Artikel in City Journal: normen voor burgerparticipatieArtikel in City Journal: normen voor burgerparticipatie
Artikel in City Journal: normen voor burgerparticipatie
 
Situación de salud del perú 2012
Situación de salud del perú 2012Situación de salud del perú 2012
Situación de salud del perú 2012
 
Pa de religión del 3º grado
Pa de religión del 3º gradoPa de religión del 3º grado
Pa de religión del 3º grado
 
Rationales
RationalesRationales
Rationales
 
DERAD110317P - S2
DERAD110317P - S2DERAD110317P - S2
DERAD110317P - S2
 
EL CINE Y LA GUERRA CIVIL EN BENIFAIRÓ DE LES VALLS - Mª Vicenta Pérez
EL CINE Y LA GUERRA CIVIL EN BENIFAIRÓ DE LES VALLS - Mª Vicenta PérezEL CINE Y LA GUERRA CIVIL EN BENIFAIRÓ DE LES VALLS - Mª Vicenta Pérez
EL CINE Y LA GUERRA CIVIL EN BENIFAIRÓ DE LES VALLS - Mª Vicenta Pérez
 
Daniel sánchez ospina
Daniel sánchez ospinaDaniel sánchez ospina
Daniel sánchez ospina
 
ISOBAGS-About It
ISOBAGS-About ItISOBAGS-About It
ISOBAGS-About It
 
3Com 3C900B-TPO I I
3Com 3C900B-TPO I I3Com 3C900B-TPO I I
3Com 3C900B-TPO I I
 
3Com 3C7102
3Com 3C71023Com 3C7102
3Com 3C7102
 
3Com DUAL T1 DS-1
3Com DUAL T1 DS-13Com DUAL T1 DS-1
3Com DUAL T1 DS-1
 
3Com 3C8021-3B
3Com 3C8021-3B3Com 3C8021-3B
3Com 3C8021-3B
 

Semelhante a Formação UNIEB - Desafios a inclusão

Perfil da educao especial e do atendimento educacional
Perfil da educao especial e do atendimento educacionalPerfil da educao especial e do atendimento educacional
Perfil da educao especial e do atendimento educacional
♥Marcinhatinelli♥
 
1 questes selecionadas para o concurso dos professores 2013. jeannette
1   questes selecionadas para o concurso dos professores 2013. jeannette1   questes selecionadas para o concurso dos professores 2013. jeannette
1 questes selecionadas para o concurso dos professores 2013. jeannette
Adriana Sousa Lima
 
PreparatóRio 23 05
PreparatóRio 23 05PreparatóRio 23 05
PreparatóRio 23 05
NICACIO DIAS
 
As propostas de herbart, dewey e freire
As propostas de herbart, dewey e freireAs propostas de herbart, dewey e freire
As propostas de herbart, dewey e freire
Kaio Maluf
 
Aula01 org.e metodologia-ed.inf-2013-2
Aula01 org.e metodologia-ed.inf-2013-2Aula01 org.e metodologia-ed.inf-2013-2
Aula01 org.e metodologia-ed.inf-2013-2
Elisa Maria Gomide
 
Pnfem 3º caderno fev 2015
Pnfem 3º caderno fev 2015Pnfem 3º caderno fev 2015
Pnfem 3º caderno fev 2015
Jorci Ponce
 

Semelhante a Formação UNIEB - Desafios a inclusão (20)

O Professor e a Inclusão: A Formação e os desafios à prática docente
O Professor e a Inclusão: A Formação e os desafios à prática docente O Professor e a Inclusão: A Formação e os desafios à prática docente
O Professor e a Inclusão: A Formação e os desafios à prática docente
 
Historia Edu. Era vargas.pptx
Historia Edu. Era vargas.pptxHistoria Edu. Era vargas.pptx
Historia Edu. Era vargas.pptx
 
Keila01 projeto
Keila01 projetoKeila01 projeto
Keila01 projeto
 
POLÍTICAS PÚBLICAS PARA A QUALIDADE DA EDUCAÇÃO BRASILEIRA: ENTRE O UTILITARI...
POLÍTICAS PÚBLICAS PARA A QUALIDADE DA EDUCAÇÃO BRASILEIRA: ENTRE O UTILITARI...POLÍTICAS PÚBLICAS PARA A QUALIDADE DA EDUCAÇÃO BRASILEIRA: ENTRE O UTILITARI...
POLÍTICAS PÚBLICAS PARA A QUALIDADE DA EDUCAÇÃO BRASILEIRA: ENTRE O UTILITARI...
 
Perfil da educao especial e do atendimento educacional
Perfil da educao especial e do atendimento educacionalPerfil da educao especial e do atendimento educacional
Perfil da educao especial e do atendimento educacional
 
1 questes selecionadas para o concurso dos professores 2013. jeannette
1   questes selecionadas para o concurso dos professores 2013. jeannette1   questes selecionadas para o concurso dos professores 2013. jeannette
1 questes selecionadas para o concurso dos professores 2013. jeannette
 
Ad1 didatica
Ad1  didaticaAd1  didatica
Ad1 didatica
 
PreparatóRio 23 05
PreparatóRio 23 05PreparatóRio 23 05
PreparatóRio 23 05
 
Apresentação - Seminário
Apresentação - SeminárioApresentação - Seminário
Apresentação - Seminário
 
As propostas de herbart, dewey e freire
As propostas de herbart, dewey e freireAs propostas de herbart, dewey e freire
As propostas de herbart, dewey e freire
 
Aula01 org.e metodologia-ed.inf-2013-2
Aula01 org.e metodologia-ed.inf-2013-2Aula01 org.e metodologia-ed.inf-2013-2
Aula01 org.e metodologia-ed.inf-2013-2
 
Apresentação Professor Carlos Sebastião Andriani
Apresentação Professor Carlos Sebastião Andriani Apresentação Professor Carlos Sebastião Andriani
Apresentação Professor Carlos Sebastião Andriani
 
Educação Permanente
Educação Permanente Educação Permanente
Educação Permanente
 
ARTIGO – PIBID E PROFESSOR: INTERSECÇÕES NA FORMAÇÃO DE UM NOVO PROFISSIONAL.
ARTIGO – PIBID E PROFESSOR: INTERSECÇÕES NA FORMAÇÃO DE UM NOVO PROFISSIONAL.ARTIGO – PIBID E PROFESSOR: INTERSECÇÕES NA FORMAÇÃO DE UM NOVO PROFISSIONAL.
ARTIGO – PIBID E PROFESSOR: INTERSECÇÕES NA FORMAÇÃO DE UM NOVO PROFISSIONAL.
 
Tv escola volume 5
Tv escola volume 5Tv escola volume 5
Tv escola volume 5
 
Prática curricular dimensão educacional
Prática curricular dimensão educacionalPrática curricular dimensão educacional
Prática curricular dimensão educacional
 
Educação Integral.pptx
Educação Integral.pptxEducação Integral.pptx
Educação Integral.pptx
 
Dimensões das Liberdade de Educação
Dimensões das Liberdade de EducaçãoDimensões das Liberdade de Educação
Dimensões das Liberdade de Educação
 
Pnfem 3º caderno fev 2015
Pnfem 3º caderno fev 2015Pnfem 3º caderno fev 2015
Pnfem 3º caderno fev 2015
 
Função social da escola
Função social da escolaFunção social da escola
Função social da escola
 

Mais de Anaí Peña

Workshop emoções e afetos na educação
Workshop emoções e afetos na educaçãoWorkshop emoções e afetos na educação
Workshop emoções e afetos na educação
Anaí Peña
 

Mais de Anaí Peña (20)

Workshop emoções e afetos na educação
Workshop emoções e afetos na educaçãoWorkshop emoções e afetos na educação
Workshop emoções e afetos na educação
 
Encontro SEEDF - CRE TAG - Anos Finais & Ensino Médio
Encontro SEEDF - CRE TAG - Anos Finais & Ensino MédioEncontro SEEDF - CRE TAG - Anos Finais & Ensino Médio
Encontro SEEDF - CRE TAG - Anos Finais & Ensino Médio
 
Os desafios do tdah nos processos de ensino aprendizagem sopee
Os desafios do tdah nos processos de ensino aprendizagem sopeeOs desafios do tdah nos processos de ensino aprendizagem sopee
Os desafios do tdah nos processos de ensino aprendizagem sopee
 
Tdah e seus desafios na escola do século xxi sopee
Tdah e seus desafios na escola do século xxi   sopeeTdah e seus desafios na escola do século xxi   sopee
Tdah e seus desafios na escola do século xxi sopee
 
Apresentação da nova psicóloga
Apresentação da nova psicólogaApresentação da nova psicóloga
Apresentação da nova psicóloga
 
Material de apoio do seaa
Material de apoio do seaaMaterial de apoio do seaa
Material de apoio do seaa
 
Necessidades educacionais especiais no ensino fundamental anos finais cef vil...
Necessidades educacionais especiais no ensino fundamental anos finais cef vil...Necessidades educacionais especiais no ensino fundamental anos finais cef vil...
Necessidades educacionais especiais no ensino fundamental anos finais cef vil...
 
Estratégias didático pedagógicas para a inclusão tdah
Estratégias didático pedagógicas para a inclusão tdahEstratégias didático pedagógicas para a inclusão tdah
Estratégias didático pedagógicas para a inclusão tdah
 
Estratégias didático pedagógicas para a qualidade da relação prof aluno tdah
Estratégias didático pedagógicas para a qualidade da relação prof aluno tdahEstratégias didático pedagógicas para a qualidade da relação prof aluno tdah
Estratégias didático pedagógicas para a qualidade da relação prof aluno tdah
 
Avaliação da aprendizagem na educação infantil e 1o ano do ensino fundamental
Avaliação da aprendizagem na educação infantil e 1o ano do ensino fundamentalAvaliação da aprendizagem na educação infantil e 1o ano do ensino fundamental
Avaliação da aprendizagem na educação infantil e 1o ano do ensino fundamental
 
Projeto cei 1 abordagem à problemas de comportamento na educação infantil
Projeto cei 1   abordagem à problemas de comportamento na educação infantilProjeto cei 1   abordagem à problemas de comportamento na educação infantil
Projeto cei 1 abordagem à problemas de comportamento na educação infantil
 
Mapeamento institucional devolutiva
Mapeamento institucional   devolutivaMapeamento institucional   devolutiva
Mapeamento institucional devolutiva
 
Discalculia
DiscalculiaDiscalculia
Discalculia
 
Estudo Coletivo sobre Transtornos do Espectro Autista - Abordagem Pedagógica ...
Estudo Coletivo sobre Transtornos do Espectro Autista - Abordagem Pedagógica ...Estudo Coletivo sobre Transtornos do Espectro Autista - Abordagem Pedagógica ...
Estudo Coletivo sobre Transtornos do Espectro Autista - Abordagem Pedagógica ...
 
Relato de uma experiência de trabalho em equipe na EEAA
Relato de uma experiência de trabalho em equipe na EEAARelato de uma experiência de trabalho em equipe na EEAA
Relato de uma experiência de trabalho em equipe na EEAA
 
Mapeamento institucional concepções docentes
Mapeamento institucional   concepções docentesMapeamento institucional   concepções docentes
Mapeamento institucional concepções docentes
 
EEAA Apresentação CEI 01-2015
EEAA Apresentação CEI 01-2015EEAA Apresentação CEI 01-2015
EEAA Apresentação CEI 01-2015
 
Bases psicomotoras retomando conceitos
Bases psicomotoras retomando conceitosBases psicomotoras retomando conceitos
Bases psicomotoras retomando conceitos
 
Unidade 01 parte03-metodologia de pesquisa em desenvolvimento humano
Unidade 01 parte03-metodologia de pesquisa em desenvolvimento humanoUnidade 01 parte03-metodologia de pesquisa em desenvolvimento humano
Unidade 01 parte03-metodologia de pesquisa em desenvolvimento humano
 
Unidade 01 parte02-princípios norteadores do desenvolvimento humano
Unidade 01 parte02-princípios norteadores do desenvolvimento humanoUnidade 01 parte02-princípios norteadores do desenvolvimento humano
Unidade 01 parte02-princípios norteadores do desenvolvimento humano
 

Último

AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdfAS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
ssuserbb4ac2
 
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalPPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
carlaOliveira438
 
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importânciaclubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
LuanaAlves940822
 

Último (20)

Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-NovaNós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
 
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdfAtividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativos
 
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaO que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
 
Slide - HIV (1) edit.pptx hiv em crianças
Slide - HIV (1) edit.pptx hiv em criançasSlide - HIV (1) edit.pptx hiv em crianças
Slide - HIV (1) edit.pptx hiv em crianças
 
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
 
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdfprova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
 
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdfAS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
 
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco LeiteOs Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
 
Trabalho sobre as diferenças demograficas entre EUA e Senegal
Trabalho sobre as diferenças demograficas entre EUA e SenegalTrabalho sobre as diferenças demograficas entre EUA e Senegal
Trabalho sobre as diferenças demograficas entre EUA e Senegal
 
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdfExercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
 
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantilApresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
 
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalPPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número
 
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroMeu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
 
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importânciaclubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
 

Formação UNIEB - Desafios a inclusão

  • 1. Ms. Anaí Haeser Peña Educação – Direito de Todos: Desafios à educação inclusiva
  • 2. OBJETIVOS 1. Refletir sobre a educação inclusiva como uma das estratégias para a garantia do direito de todos à educação 2. Abordar alguns mitos e desafios relacionados à implementação da educação inclusiva 3. Pensar sobre a interdependência entre teoria educacional e prática docente como elemento fundamental à viabilização da educação inclusiva 4. Apresentar alguns elementos indispensáveis à organização do trabalho pedagógico para a educação inclusiva
  • 4. Ilustração de Rutu Modan para a crônica “The Art of Distraction” (New York Times)
  • 5.
  • 6. Constituição Federal Título I Dos Princípios Fundamentais Art. 3º Constituem objetivos fundamentais da República Federativa do Brasil: I - construir uma sociedade livre, justa e solidária; II - garantir o desenvolvimento nacional; III - erradicar a pobreza e a marginalização e reduzir as desigualdades sociais e regionais; IV - promover o bem de todos, sem preconceitos de origem, raça, sexo, cor, idade e quaisquer outras formas de discriminação.
  • 7. A Educação Como Direito de Todos Dever do Estado e da FamíliaColaboração da sociedade Pleno desenvolvimento da pessoa Cidadania e Trabalho Igualdade de condições de acesso e permanência
  • 8. A questão do modelo/ ideal IlustraçãodacapadolivroTeacherToolkit, deRossMorrisonMcGill Homem Vitruviano, de L. da Vinci
  • 10. MITOS E DESAFIOS RELACIONADOS À EDUCAÇÃO INCLUSIVA
  • 14.
  • 15.
  • 16. O PODER E A IMPORTÂNCIA DA UNIÃO
  • 17.
  • 18. Organização do Trabalho Pedagógico para a Educação Inclusiva
  • 19. ATUAÇÃO DOCENTE E FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICO-METODOLÓGICA “Sobre a vida: nós tendemos a ver apenas o que somos preparados a compreender”, de Howard Hoffman
  • 20.
  • 21.
  • 22.
  • 23. Reorganização do trabalho pedagógico para a diversidade IlustraçãodeRutuModanparaacronica“TheArtof Distraction”(NewYorkTimes)
  • 24. Cena da animação “Mudando Paradigmas na Educação” Reorganização do trabalho pedagógico para as mudanças sociais
  • 25. - Saberes necessários à Educação (E. Morin) (A. Nóvoa) - Disposições docentes necessárias à Educação (A. Nóvoa)
  • 26. E. Morin A. Nóvoa 1. Cegueira do conhecimento: erro e ilusão Conhecer (a si, ao trabalho) 2. Conhecimento pertinente Refletir - Experimentar 3. Ensinar a condição humana Compreender (alteridade) 4. Condição terrena Interligar 5. Saber enfrentar as incertezas Criar-Produzir 6. Ensinar a compreensão Estar aberto 7. Ética do humano Compromissar-se
  • 27.
  • 28. Retomando e ampliando a reflexão inicial
  • 29. REFERÊNCIAS Imagens obtidas por meio do Google Imagens. DISTRITO FEREDERAL1. Currículo em Movimento da Educação Básica: Pressupostos Teóricos. Secretaria de Estado de Educação - SEEDF, GDF: 2013. DISTRITO FEREDERAL2. Currículo em Movimento da Educação Básica: Educação Especial. Secretaria de Estado de Educação - SEEDF, GDF: 2013. FEUERSTEIN, R., FEUERSTEIN, R. FALIK L. H. Além da Inteligência: Aprendizagem Mediada. Petrópolis (RJ): Vozes, 2014. KUREISHI, H. The Art of Distraction. The New York Times. Feb. 18, 2012. http://www.nytimes.com/2012/02/19/opinion/sunday/the-art-of-distraction.html?_r=0 VYGOSTKY, L. S. Pensamento e Linguagem. São Paulo: Martins Fontes, 1987. DECLARAÇÃO DE SALAMANCA. Necessidades Educativas Especiais – NEE In: Conferência Mundial sobre NEE: Acesso em: Qualidade – UNESCO. Salamanca/Espanha: UNESCO 1994. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/seesp/arquivos/pdf/salamanca.pdf. SÁ, Elizabet Dias de. Necessidades Educacionais Especiais. Disponível em: “Banco de Escola, Educação para todos”, http://www.bancodeescola.com/verbete4.htm, visitado aos 14/05/2014. WARNOCK, H.M. et al. SPECIAL EDUCATIONAL NEEDS: Report of the Committee of Enquiry into the Education of Handicapped Children and Young People. Warnock Report. 1978. Disponível em: http://www.educationengland.org.uk/documents/warnock/warnock1978.html.