SlideShare uma empresa Scribd logo
FISIOLOGIA E DIGESTÃO HUMANA
ESCOLA ESTADUAL 19 DE DEZEMBRO
DISCIPLINA: BIOLOGIA
PROFESSOR: RONALDO ALVES
QUERÊNCIA - MT
FISIOLOGIA
A Fisiologia (do grego Physis = natureza,
função ou funcionamento; e logos = palavra
ou estudo),
É o ramo da Biologia que estuda o funcionamento
dos seres vivos multicelulares em sua totalidade.
Isso inclui as funções mecânicas, físicas e
bioquímicas dos organismos, pois todos os sistemas
de um corpo funcionam simultaneamente e em
conjunto.
FISIOLOGIA
METABOLISMO
É o conjunto de processos químicos e físicos que
ocorrem dentro do corpo dos seres vivos. No
processo metabólico, a ingestão de alimentos
propicia a aquisição de macromoléculas, que, para
serem utilizadas pelo organismo, são inicialmente
fragmentadas em moléculas menores.
EQUILÍBRIO DINÂMICO E HOMEOSTASE
A composição química interna, o pH, a pressão
osmótica (exercida pela água dentro do corpo),
a disponibilidade de água e a temperatura
corporal precisam se manter relativamente
estáveis para que as células executem
normalmente suas atividades,
Os animais são dotados de mecanismos de
proteção contra a entrada de substâncias ou de
microrganismos invasores capazes de se
alimentar de suas células, de envenená-los com
toxinas ou lesar seu material genético.
EQUILÍBRIO DINÂMICO E HOMEOSTASE
HOMEOSTASE
A homeostase depende de ações coordenadas
do organismo vivo em relação ao ambiente.
Assim, os animais contam com sistemas de
controle biológico, que comandam suas
atividades em busca do alimento adequado a
cada tipo de organismo,
A homeostase depende de vários mecanismos
regularizadores. Um dos principais é a
retroalimentação negativa ou feedback
negativo,
HOMEOSTASE
A retroalimentação negativa é um mecanismo de
regulação no qual o produto atua sobre o sistema,
de modo a inibir sua própria produção.
HOMEOSTASE
SISTEMA DIGESTÓRIO
DIGESTÃO
Todos os seres vivos gastam energia para
conservar sua estrutura altamente organizada e
complexa. Essa energia é de natureza química e
provém do ambiente externo, sendo liberada
por meio da transformação de compostos
complexos em compostos mais simples,
Os animais dependem da matéria orgânica de
origem vegetal ou de origem animal para o
crescimento, a reprodução e a manutenção das
espécies.
DIGESTÃO
Na digestão humana, ocorrem dois
processos:
• A digestão mecânica − subdivide-se em
mastigação, deglutição e movimentos
peristálticos;
• A digestão química − envolve a ação das
enzimas digestórias ao longo do tubo
digestório.
O sistema digestório é composto de um
conjunto de estruturas que formam um tubo
musculoso e longo, que se inicia na boca e
termina no ânus.
DIGESTÃO
O sistema digestório é formado pelos seguintes
órgãos e estruturas:
• Boca; Intestino grosso;
• Glândulas Salivares; Reto;
• Dentes; Ânus;
• Língua; Fígado;
• Faringe; Vesícula Biliar
• Esôfago; Pâncreas.
• Estômago;
• Intestino delgado (duodeno, jejuno, íleo)
• Pâncreas;
DIGESTÃO
Das substâncias ingeridas pelo organismo, as
que não passam pelo processo de digestão são
a água, as vitaminas e os sais minerais.
DIGESTÃO
O estudo da digestão está dividido didaticamente
em cada um dos seguintes órgãos e estruturas:
Boca,
Faringe,
Esôfago,
Estômago,
Intestino Delgado,
Intestino Grosso.
DIGESTÃO
BOCA
A boca é a abertura pela qual o alimento entra
no tubo digestório. Nela se encontram os
dentes, a língua e as glândulas salivares. Na
boca ocorrem a digestão mecânica e a digestão
química.
DIGESTÃO MECÂNICA
A digestão mecânica é a ação física dos dentes
e da língua durante a mastigação. Os dentes
iniciam o processo digestivo por meio da
quebra mecânica do alimento,
Cada grupo de dentes desempenha uma função
específica sobre o alimento: Cortar (incisivos),
Perfurar (caninos), Triturar ou Moer (pré-
molares e molares),
DIGESTÃO MECÂNICA
Na digestão, a língua participa da mastigação,
mantendo o alimento na linha de ação dos
dentes, movimentando-o e misturando-o com
a saliva, no processo denominado insalivação,
DIGESTÃO MECÂNICA
A língua também é responsável pela percepção
do gosto dos alimentos, graças à presença das
papilas gustativas. Além disso, a língua ajuda
no ato de engolir os alimentos, processo
denominado deglutição.
DIGESTÃO MECÂNICA
DIGESTÃO QUÍMICA
A digestão química ocorre pela atividade
enzimática da ptialina ou amilase salivar,
substância produzida pelas glândulas salivares,
Essa enzima atua sobre o amido, ocorrendo
então a reação química da quebra do amido
em moléculas menores, cujo resultado é a
maltose.
DIGESTÃO QUÍMICA
A amilase salivar está presente na saliva, que é
sintetizada pelas glândulas salivares. Na boca
existem três pares de glândulas produtoras de
saliva:
As Parótidas,
As submandibulares,
As sublinguais.
DIGESTÃO QUÍMICA
FARINGE
A mastigação e a digestão química realizada na boca
transformam o alimento no bolo alimentar, que é
engolido, no processo denominado deglutição.
Portanto, na faringe não há digestão, sua função é
direcionar o bolo alimentar para o esôfago,
A faringe ainda faz parte do sistema respiratório,
pois também se comunica com a laringe – tubo
que conduz o ar em direção aos pulmões.
FARINGE
ESÔFAGO
O esôfago é um órgão em forma de tubo com cerca
de 25 centímetros de comprimento, localizado ao
longo da cavidade torácica e abdominal,
No esôfago, como na faringe, não ocorre
digestão, apenas secreção de muco. O bolo
alimentar é transportado do esôfago até o
estômago por movimentos peristálticos.
ESÔFAGO
OBSERVAÇÃO
Não é pela ação da gravidade que o alimento
“cai” no estômago. Se uma pessoa deglutir
alguma coisa mesmo estando deitada ou de
cabeça para baixo, o material deglutido ainda
assim será levado ao estômago.
OBSERVAÇÃO
O vômito ocorre por movimento antiperistáltico do
estômago e do esôfago, em obediência a um
comando do sistema nervoso autônomo.
ESTÔMAGO
O estômago é um órgão em forma de uma
grande bolsa, que se localiza no abdome logo
abaixo do diafragma,
É um órgão essencialmente destinado à
digestão inicial das proteínas, na maioria dos
vertebrados.
ESTÔMAGO
ANATOMIA DO ESTÔMAGO
A entrada do estômago recebe o nome de cárdia,
porque fica muito próxima ao coração, separada
dele apenas pelo diafragma,
O estômago tem uma pequena curvatura
(superior) e uma grande curvatura(inferior). A
parte mais dilatada desse órgão recebe o nome
de fundo.
ANATOMIA DO ESTÔMAGO
A saída do estômago corresponde a uma região
estreita, denominada piloro. Este é provido de
um esfíncter, músculo em forma de anel, que
permite abrir ou fechar o piloro.
ANATOMIA DO ESTÔMAGO
DIGESTÃO NO ESTÔMAGO
HUMANO
No estômago, o alimento recebe a ação do
suco gástrico, que apresenta em sua
composição o ácido clorídrico (HCl) e algumas
enzimas, entre elas a pepsina e a renina,
O ácido clorídrico é produzido por células da
parede do estômago e tem ação antisséptica. Por
apresentar o pH muito baixo (em torno de 2), o
ácido clorídrico tem importante função na
digestão, pois as enzimas que atuam no estômago
têm sua ação ótima em pH ácido.
DIGESTÃO NO ESTÔMAGO
HUMANO
INTESTINO DELGADO
HUMANO
O intestino delgado é a porção mais longa do
tubo digestório, podendo chegar a 6 metros de
comprimento. apresenta três regiões:
duodeno, jejuno e íleo,
O duodeno é a porção inicial do intestino delgado;
mede apenas 25 centímetros e tem forma de C. É
nele que são lançadas as secreções do fígado e do
pâncreas; a principal função dessas estruturas é
absorver os nutrientes.
INTESTINO DELGADO
HUMANO
NO INTESTINO DELGADO, PODEMOS
IDENTIFICAR DOIS PROCESSOS
DISTINTOS:
• Digestão química: ocorre graças à ação conjunta
dos sucos entéricos e pancreáticos e da bile,
• Absorção dos nutrientes: realizada pelas células
intestinais, ricas em microvilosidades.
ABSORÇÃO DE NUTRIENTES
No intestino delgado também ocorre a absorção
dos produtos finais da digestão. A função da
absorção é eficaz devido às inúmeras dobras
presentes na parede interna do intestino delgado,
denominadas vilosidades.
INTESTINO GROSSO HUMANO
É composto de três partes distintas:
• Parte Ascendente, formada pelo ceco e pelo
cólon ascendente;
• Parte Transversal, formada pelo cólon
transverso;
• Parte Descendente, composta do cólon
descendente e do cólon sigmoide, que
corresponde ao reto e ao canal anal.
A DIGESTÃO EM OUTROS ANIMAIS
SISTEMA DIGESTÓRIO
INCOMPLETO
O sistema digestório incompleto tem apenas
uma abertura de comunicação com o exterior.
Esse tipo de digestão ocorre nos cnidários e
platelmintos.
SISTEMA DIGESTÓRIO
COMPLETO
O sistema digestório completo caracteriza-se
pela presença de duas aberturas: a boca, por
onde o alimento entra, e o ânus ou cloaca, por
onde são eliminados os restos alimentares. o
sistema digestório completo está presente em
todos os animais desde o filo Nematoda.
DIGESTÃO EM RUMINANTES
Os animais ruminantes, como a vaca, o veado e
a ovelha, conquistaram um nível de adaptação
mais evoluído para essa dieta. Eles apresentam
um estômago com quatro câmaras:
• Rúmen,
• Retículo,
• Omaso,
• Abomaso.
O animal mastiga o alimento e este passa para o
rúmen e para o retículo, onde são encontrados
os microrganismos mutualísticos que vão digerir
a celulose,
DIGESTÃO EM RUMINANTES
Em certos momentos, o animal regurgita e
mastiga novamente o alimento proveniente do
retículo, decompondo as fibras e aumentando
a ação dos microrganismos,
DIGESTÃO EM RUMINANTES
Depois disso, o alimento passa para o omaso,
onde ocorre a absorção de água. Em seguida, o
abomaso recebe o alimento para que ele passe
por digestão com as enzimas do animal.
DIGESTÃO EM RUMINANTES
FISIOLOGIA E DIGESTÃO HUMANA .pptx
FISIOLOGIA E DIGESTÃO HUMANA .pptx

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a FISIOLOGIA E DIGESTÃO HUMANA .pptx

Sistema digestório.pdf aula para o oitavo ano
Sistema digestório.pdf aula para o oitavo anoSistema digestório.pdf aula para o oitavo ano
Sistema digestório.pdf aula para o oitavo ano
ThiagoAlmeida458596
 
Sistema digestivo[1]
Sistema digestivo[1]Sistema digestivo[1]
Sistema digestivo[1]
Eunice Palma
 
Objetivos Ciências Naturais - Teste nº5
Objetivos Ciências Naturais - Teste nº5Objetivos Ciências Naturais - Teste nº5
Objetivos Ciências Naturais - Teste nº5
Maria Freitas
 
nutrição parte 2.pdf
nutrição parte 2.pdfnutrição parte 2.pdf
nutrição parte 2.pdf
FabianaAlessandro2
 
07. sistema digestivo
07. sistema digestivo07. sistema digestivo
07. sistema digestivo
Deolinda Silva
 
Sistema digestório
Sistema digestórioSistema digestório
Sistema digestório
wagneripo
 
Sistema digestorio
Sistema digestorioSistema digestorio
Sistema digestorio
Colégios particulares
 
Sistema digestorio
Sistema digestorioSistema digestorio
Sistema digestorio
FERNANDA PAULA BONCOSKI
 
Fisiologia - Sistema Digestorio
Fisiologia - Sistema DigestorioFisiologia - Sistema Digestorio
Fisiologia - Sistema Digestorio
Pedro Miguel
 
Sistema Digestivo
Sistema DigestivoSistema Digestivo
Digestão
DigestãoDigestão
Digestão
margaridabt
 
Como Funciona o processo de digestão dos Alimentos
Como Funciona o processo de digestão dos AlimentosComo Funciona o processo de digestão dos Alimentos
Como Funciona o processo de digestão dos Alimentos
Tookmed
 
Sistema digestório prof Ivanise Meyer
Sistema digestório prof Ivanise MeyerSistema digestório prof Ivanise Meyer
Sistema digestório prof Ivanise Meyer
Ivanise Meyer
 
Sistema digestorio alessandra
Sistema digestorio alessandraSistema digestorio alessandra
Sistema digestorio alessandra
leilafermino
 
Fisiologia do sistema digestivo
Fisiologia do sistema digestivoFisiologia do sistema digestivo
Fisiologia do sistema digestivo
Dyandra Fernanda
 
Sistema digestivo e respiratório
Sistema digestivo e respiratórioSistema digestivo e respiratório
Sistema digestivo e respiratório
giovannimusetti
 
Sistema digestrio
Sistema digestrioSistema digestrio
Sistema digestrio
giovannimusetti
 
Sistema Digestivo
Sistema DigestivoSistema Digestivo
Sistema Digestivo
Pelo Siro
 
Sistema Digestivo
Sistema DigestivoSistema Digestivo
Sistema Digestivo
Domingos Oliveira
 
Aula TARDE - SISTEMA DIGESTÓRIO do corpo
Aula TARDE - SISTEMA DIGESTÓRIO do corpoAula TARDE - SISTEMA DIGESTÓRIO do corpo
Aula TARDE - SISTEMA DIGESTÓRIO do corpo
RodrigoSousa736857
 

Semelhante a FISIOLOGIA E DIGESTÃO HUMANA .pptx (20)

Sistema digestório.pdf aula para o oitavo ano
Sistema digestório.pdf aula para o oitavo anoSistema digestório.pdf aula para o oitavo ano
Sistema digestório.pdf aula para o oitavo ano
 
Sistema digestivo[1]
Sistema digestivo[1]Sistema digestivo[1]
Sistema digestivo[1]
 
Objetivos Ciências Naturais - Teste nº5
Objetivos Ciências Naturais - Teste nº5Objetivos Ciências Naturais - Teste nº5
Objetivos Ciências Naturais - Teste nº5
 
nutrição parte 2.pdf
nutrição parte 2.pdfnutrição parte 2.pdf
nutrição parte 2.pdf
 
07. sistema digestivo
07. sistema digestivo07. sistema digestivo
07. sistema digestivo
 
Sistema digestório
Sistema digestórioSistema digestório
Sistema digestório
 
Sistema digestorio
Sistema digestorioSistema digestorio
Sistema digestorio
 
Sistema digestorio
Sistema digestorioSistema digestorio
Sistema digestorio
 
Fisiologia - Sistema Digestorio
Fisiologia - Sistema DigestorioFisiologia - Sistema Digestorio
Fisiologia - Sistema Digestorio
 
Sistema Digestivo
Sistema DigestivoSistema Digestivo
Sistema Digestivo
 
Digestão
DigestãoDigestão
Digestão
 
Como Funciona o processo de digestão dos Alimentos
Como Funciona o processo de digestão dos AlimentosComo Funciona o processo de digestão dos Alimentos
Como Funciona o processo de digestão dos Alimentos
 
Sistema digestório prof Ivanise Meyer
Sistema digestório prof Ivanise MeyerSistema digestório prof Ivanise Meyer
Sistema digestório prof Ivanise Meyer
 
Sistema digestorio alessandra
Sistema digestorio alessandraSistema digestorio alessandra
Sistema digestorio alessandra
 
Fisiologia do sistema digestivo
Fisiologia do sistema digestivoFisiologia do sistema digestivo
Fisiologia do sistema digestivo
 
Sistema digestivo e respiratório
Sistema digestivo e respiratórioSistema digestivo e respiratório
Sistema digestivo e respiratório
 
Sistema digestrio
Sistema digestrioSistema digestrio
Sistema digestrio
 
Sistema Digestivo
Sistema DigestivoSistema Digestivo
Sistema Digestivo
 
Sistema Digestivo
Sistema DigestivoSistema Digestivo
Sistema Digestivo
 
Aula TARDE - SISTEMA DIGESTÓRIO do corpo
Aula TARDE - SISTEMA DIGESTÓRIO do corpoAula TARDE - SISTEMA DIGESTÓRIO do corpo
Aula TARDE - SISTEMA DIGESTÓRIO do corpo
 

Mais de RonaldoAlves313237

bomshowwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwslides1.pptx
bomshowwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwslides1.pptxbomshowwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwslides1.pptx
bomshowwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwslides1.pptx
RonaldoAlves313237
 
showwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwslides1.pptx
showwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwslides1.pptxshowwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwslides1.pptx
showwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwslides1.pptx
RonaldoAlves313237
 
dssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssss...
dssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssss...dssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssss...
dssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssss...
RonaldoAlves313237
 
sssssssssssssafgwgegegdgdddddddddlides12.pptx
sssssssssssssafgwgegegdgdddddddddlides12.pptxsssssssssssssafgwgegegdgdddddddddlides12.pptx
sssssssssssssafgwgegegdgdddddddddlides12.pptx
RonaldoAlves313237
 
slaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaide 2.pptx
slaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaide 2.pptxslaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaide 2.pptx
slaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaide 2.pptx
RonaldoAlves313237
 
SSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSLIDE 1.pptx
SSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSLIDE 1.pptxSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSLIDE 1.pptx
SSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSLIDE 1.pptx
RonaldoAlves313237
 
sfqwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwslide 1.pptx
sfqwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwslide 1.pptxsfqwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwslide 1.pptx
sfqwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwslide 1.pptx
RonaldoAlves313237
 
ssssssssssssssssssssssssssssssaula2.pptx
ssssssssssssssssssssssssssssssaula2.pptxssssssssssssssssssssssssssssssaula2.pptx
ssssssssssssssssssssssssssssssaula2.pptx
RonaldoAlves313237
 
Slides documentos interessantes e muito bom .pptx
Slides documentos interessantes e muito bom .pptxSlides documentos interessantes e muito bom .pptx
Slides documentos interessantes e muito bom .pptx
RonaldoAlves313237
 
Apresentação3.pptx
Apresentação3.pptxApresentação3.pptx
Apresentação3.pptx
RonaldoAlves313237
 
estado físico.pptx
estado físico.pptxestado físico.pptx
estado físico.pptx
RonaldoAlves313237
 
Estados físicos.pptx
Estados físicos.pptxEstados físicos.pptx
Estados físicos.pptx
RonaldoAlves313237
 
Apresentação1.pptx
Apresentação1.pptxApresentação1.pptx
Apresentação1.pptx
RonaldoAlves313237
 
Apresentação4.pptx
Apresentação4.pptxApresentação4.pptx
Apresentação4.pptx
RonaldoAlves313237
 
Estados físicos2.pptx
Estados físicos2.pptxEstados físicos2.pptx
Estados físicos2.pptx
RonaldoAlves313237
 
Estados físicos.pptx
Estados físicos.pptxEstados físicos.pptx
Estados físicos.pptx
RonaldoAlves313237
 
slide.pptx
slide.pptxslide.pptx
slide.pptx
RonaldoAlves313237
 
HISTOLOGIA HUMANA.pptx
HISTOLOGIA HUMANA.pptxHISTOLOGIA HUMANA.pptx
HISTOLOGIA HUMANA.pptx
RonaldoAlves313237
 
Poliferos e Cnidários.pptx
Poliferos e Cnidários.pptxPoliferos e Cnidários.pptx
Poliferos e Cnidários.pptx
RonaldoAlves313237
 
evoluobiolgica-120326181433-phpapp02.pptx
evoluobiolgica-120326181433-phpapp02.pptxevoluobiolgica-120326181433-phpapp02.pptx
evoluobiolgica-120326181433-phpapp02.pptx
RonaldoAlves313237
 

Mais de RonaldoAlves313237 (20)

bomshowwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwslides1.pptx
bomshowwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwslides1.pptxbomshowwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwslides1.pptx
bomshowwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwslides1.pptx
 
showwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwslides1.pptx
showwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwslides1.pptxshowwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwslides1.pptx
showwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwslides1.pptx
 
dssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssss...
dssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssss...dssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssss...
dssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssss...
 
sssssssssssssafgwgegegdgdddddddddlides12.pptx
sssssssssssssafgwgegegdgdddddddddlides12.pptxsssssssssssssafgwgegegdgdddddddddlides12.pptx
sssssssssssssafgwgegegdgdddddddddlides12.pptx
 
slaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaide 2.pptx
slaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaide 2.pptxslaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaide 2.pptx
slaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaide 2.pptx
 
SSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSLIDE 1.pptx
SSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSLIDE 1.pptxSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSLIDE 1.pptx
SSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSLIDE 1.pptx
 
sfqwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwslide 1.pptx
sfqwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwslide 1.pptxsfqwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwslide 1.pptx
sfqwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwslide 1.pptx
 
ssssssssssssssssssssssssssssssaula2.pptx
ssssssssssssssssssssssssssssssaula2.pptxssssssssssssssssssssssssssssssaula2.pptx
ssssssssssssssssssssssssssssssaula2.pptx
 
Slides documentos interessantes e muito bom .pptx
Slides documentos interessantes e muito bom .pptxSlides documentos interessantes e muito bom .pptx
Slides documentos interessantes e muito bom .pptx
 
Apresentação3.pptx
Apresentação3.pptxApresentação3.pptx
Apresentação3.pptx
 
estado físico.pptx
estado físico.pptxestado físico.pptx
estado físico.pptx
 
Estados físicos.pptx
Estados físicos.pptxEstados físicos.pptx
Estados físicos.pptx
 
Apresentação1.pptx
Apresentação1.pptxApresentação1.pptx
Apresentação1.pptx
 
Apresentação4.pptx
Apresentação4.pptxApresentação4.pptx
Apresentação4.pptx
 
Estados físicos2.pptx
Estados físicos2.pptxEstados físicos2.pptx
Estados físicos2.pptx
 
Estados físicos.pptx
Estados físicos.pptxEstados físicos.pptx
Estados físicos.pptx
 
slide.pptx
slide.pptxslide.pptx
slide.pptx
 
HISTOLOGIA HUMANA.pptx
HISTOLOGIA HUMANA.pptxHISTOLOGIA HUMANA.pptx
HISTOLOGIA HUMANA.pptx
 
Poliferos e Cnidários.pptx
Poliferos e Cnidários.pptxPoliferos e Cnidários.pptx
Poliferos e Cnidários.pptx
 
evoluobiolgica-120326181433-phpapp02.pptx
evoluobiolgica-120326181433-phpapp02.pptxevoluobiolgica-120326181433-phpapp02.pptx
evoluobiolgica-120326181433-phpapp02.pptx
 

Último

Biologia - Jogos da memória genetico.pdf
Biologia - Jogos da memória genetico.pdfBiologia - Jogos da memória genetico.pdf
Biologia - Jogos da memória genetico.pdf
Ana Da Silva Ponce
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
Mary Alvarenga
 
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptxApresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
JulianeMelo17
 
LIÇÃO 9 - ORDENANÇAS PARA UMA VIDA DE SANTIFICAÇÃO.pptx
LIÇÃO 9 - ORDENANÇAS PARA UMA VIDA DE SANTIFICAÇÃO.pptxLIÇÃO 9 - ORDENANÇAS PARA UMA VIDA DE SANTIFICAÇÃO.pptx
LIÇÃO 9 - ORDENANÇAS PARA UMA VIDA DE SANTIFICAÇÃO.pptx
WelidaFreitas1
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
MateusTavares54
 
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdfEspecialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
DanielCastro80471
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
LucianaCristina58
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Biblioteca UCS
 
Acróstico - Reciclar é preciso
Acróstico   -  Reciclar é preciso Acróstico   -  Reciclar é preciso
Acróstico - Reciclar é preciso
Mary Alvarenga
 
Química orgânica e as funções organicas.pptx
Química orgânica e as funções organicas.pptxQuímica orgânica e as funções organicas.pptx
Química orgânica e as funções organicas.pptx
KeilianeOliveira3
 
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdfCaderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
carlaslr1
 
Aula 3- 6º HIS - As origens da humanidade, seus deslocamentos e os processos ...
Aula 3- 6º HIS - As origens da humanidade, seus deslocamentos e os processos ...Aula 3- 6º HIS - As origens da humanidade, seus deslocamentos e os processos ...
Aula 3- 6º HIS - As origens da humanidade, seus deslocamentos e os processos ...
Luana Neres
 
Caça-palavras - ortografia S, SS, X, C e Z
Caça-palavras - ortografia  S, SS, X, C e ZCaça-palavras - ortografia  S, SS, X, C e Z
Caça-palavras - ortografia S, SS, X, C e Z
Mary Alvarenga
 
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
Escola Municipal Jesus Cristo
 
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdfPowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
1000a
 
PROPOSTA CURRICULAR EDUCACAO FISICA.docx
PROPOSTA CURRICULAR  EDUCACAO FISICA.docxPROPOSTA CURRICULAR  EDUCACAO FISICA.docx
PROPOSTA CURRICULAR EDUCACAO FISICA.docx
Escola Municipal Jesus Cristo
 
Aula01 - ensino médio - (Filosofia).pptx
Aula01 - ensino médio - (Filosofia).pptxAula01 - ensino médio - (Filosofia).pptx
Aula01 - ensino médio - (Filosofia).pptx
kdn15710
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
ValdineyRodriguesBez1
 
Fato X Opinião (Língua Portuguesa 9º Ano).pptx
Fato X Opinião (Língua Portuguesa 9º Ano).pptxFato X Opinião (Língua Portuguesa 9º Ano).pptx
Fato X Opinião (Língua Portuguesa 9º Ano).pptx
MariaFatima425285
 

Último (20)

Biologia - Jogos da memória genetico.pdf
Biologia - Jogos da memória genetico.pdfBiologia - Jogos da memória genetico.pdf
Biologia - Jogos da memória genetico.pdf
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
 
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptxApresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
 
LIÇÃO 9 - ORDENANÇAS PARA UMA VIDA DE SANTIFICAÇÃO.pptx
LIÇÃO 9 - ORDENANÇAS PARA UMA VIDA DE SANTIFICAÇÃO.pptxLIÇÃO 9 - ORDENANÇAS PARA UMA VIDA DE SANTIFICAÇÃO.pptx
LIÇÃO 9 - ORDENANÇAS PARA UMA VIDA DE SANTIFICAÇÃO.pptx
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
 
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdfEspecialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
 
Acróstico - Reciclar é preciso
Acróstico   -  Reciclar é preciso Acróstico   -  Reciclar é preciso
Acróstico - Reciclar é preciso
 
Química orgânica e as funções organicas.pptx
Química orgânica e as funções organicas.pptxQuímica orgânica e as funções organicas.pptx
Química orgânica e as funções organicas.pptx
 
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdfCaderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
 
Aula 3- 6º HIS - As origens da humanidade, seus deslocamentos e os processos ...
Aula 3- 6º HIS - As origens da humanidade, seus deslocamentos e os processos ...Aula 3- 6º HIS - As origens da humanidade, seus deslocamentos e os processos ...
Aula 3- 6º HIS - As origens da humanidade, seus deslocamentos e os processos ...
 
Caça-palavras - ortografia S, SS, X, C e Z
Caça-palavras - ortografia  S, SS, X, C e ZCaça-palavras - ortografia  S, SS, X, C e Z
Caça-palavras - ortografia S, SS, X, C e Z
 
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
 
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdfPowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
 
PROPOSTA CURRICULAR EDUCACAO FISICA.docx
PROPOSTA CURRICULAR  EDUCACAO FISICA.docxPROPOSTA CURRICULAR  EDUCACAO FISICA.docx
PROPOSTA CURRICULAR EDUCACAO FISICA.docx
 
Aula01 - ensino médio - (Filosofia).pptx
Aula01 - ensino médio - (Filosofia).pptxAula01 - ensino médio - (Filosofia).pptx
Aula01 - ensino médio - (Filosofia).pptx
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
 
Fato X Opinião (Língua Portuguesa 9º Ano).pptx
Fato X Opinião (Língua Portuguesa 9º Ano).pptxFato X Opinião (Língua Portuguesa 9º Ano).pptx
Fato X Opinião (Língua Portuguesa 9º Ano).pptx
 

FISIOLOGIA E DIGESTÃO HUMANA .pptx

  • 1. FISIOLOGIA E DIGESTÃO HUMANA ESCOLA ESTADUAL 19 DE DEZEMBRO DISCIPLINA: BIOLOGIA PROFESSOR: RONALDO ALVES QUERÊNCIA - MT
  • 2. FISIOLOGIA A Fisiologia (do grego Physis = natureza, função ou funcionamento; e logos = palavra ou estudo),
  • 3. É o ramo da Biologia que estuda o funcionamento dos seres vivos multicelulares em sua totalidade. Isso inclui as funções mecânicas, físicas e bioquímicas dos organismos, pois todos os sistemas de um corpo funcionam simultaneamente e em conjunto. FISIOLOGIA
  • 4. METABOLISMO É o conjunto de processos químicos e físicos que ocorrem dentro do corpo dos seres vivos. No processo metabólico, a ingestão de alimentos propicia a aquisição de macromoléculas, que, para serem utilizadas pelo organismo, são inicialmente fragmentadas em moléculas menores.
  • 5. EQUILÍBRIO DINÂMICO E HOMEOSTASE A composição química interna, o pH, a pressão osmótica (exercida pela água dentro do corpo), a disponibilidade de água e a temperatura corporal precisam se manter relativamente estáveis para que as células executem normalmente suas atividades,
  • 6. Os animais são dotados de mecanismos de proteção contra a entrada de substâncias ou de microrganismos invasores capazes de se alimentar de suas células, de envenená-los com toxinas ou lesar seu material genético. EQUILÍBRIO DINÂMICO E HOMEOSTASE
  • 7. HOMEOSTASE A homeostase depende de ações coordenadas do organismo vivo em relação ao ambiente. Assim, os animais contam com sistemas de controle biológico, que comandam suas atividades em busca do alimento adequado a cada tipo de organismo,
  • 8. A homeostase depende de vários mecanismos regularizadores. Um dos principais é a retroalimentação negativa ou feedback negativo, HOMEOSTASE
  • 9. A retroalimentação negativa é um mecanismo de regulação no qual o produto atua sobre o sistema, de modo a inibir sua própria produção. HOMEOSTASE
  • 11. DIGESTÃO Todos os seres vivos gastam energia para conservar sua estrutura altamente organizada e complexa. Essa energia é de natureza química e provém do ambiente externo, sendo liberada por meio da transformação de compostos complexos em compostos mais simples,
  • 12. Os animais dependem da matéria orgânica de origem vegetal ou de origem animal para o crescimento, a reprodução e a manutenção das espécies. DIGESTÃO
  • 13. Na digestão humana, ocorrem dois processos: • A digestão mecânica − subdivide-se em mastigação, deglutição e movimentos peristálticos; • A digestão química − envolve a ação das enzimas digestórias ao longo do tubo digestório.
  • 14. O sistema digestório é composto de um conjunto de estruturas que formam um tubo musculoso e longo, que se inicia na boca e termina no ânus. DIGESTÃO
  • 15.
  • 16. O sistema digestório é formado pelos seguintes órgãos e estruturas: • Boca; Intestino grosso; • Glândulas Salivares; Reto; • Dentes; Ânus; • Língua; Fígado; • Faringe; Vesícula Biliar • Esôfago; Pâncreas. • Estômago; • Intestino delgado (duodeno, jejuno, íleo) • Pâncreas; DIGESTÃO
  • 17. Das substâncias ingeridas pelo organismo, as que não passam pelo processo de digestão são a água, as vitaminas e os sais minerais. DIGESTÃO
  • 18. O estudo da digestão está dividido didaticamente em cada um dos seguintes órgãos e estruturas: Boca, Faringe, Esôfago, Estômago, Intestino Delgado, Intestino Grosso. DIGESTÃO
  • 19. BOCA A boca é a abertura pela qual o alimento entra no tubo digestório. Nela se encontram os dentes, a língua e as glândulas salivares. Na boca ocorrem a digestão mecânica e a digestão química.
  • 20. DIGESTÃO MECÂNICA A digestão mecânica é a ação física dos dentes e da língua durante a mastigação. Os dentes iniciam o processo digestivo por meio da quebra mecânica do alimento,
  • 21. Cada grupo de dentes desempenha uma função específica sobre o alimento: Cortar (incisivos), Perfurar (caninos), Triturar ou Moer (pré- molares e molares), DIGESTÃO MECÂNICA
  • 22.
  • 23. Na digestão, a língua participa da mastigação, mantendo o alimento na linha de ação dos dentes, movimentando-o e misturando-o com a saliva, no processo denominado insalivação, DIGESTÃO MECÂNICA
  • 24. A língua também é responsável pela percepção do gosto dos alimentos, graças à presença das papilas gustativas. Além disso, a língua ajuda no ato de engolir os alimentos, processo denominado deglutição. DIGESTÃO MECÂNICA
  • 25. DIGESTÃO QUÍMICA A digestão química ocorre pela atividade enzimática da ptialina ou amilase salivar, substância produzida pelas glândulas salivares,
  • 26. Essa enzima atua sobre o amido, ocorrendo então a reação química da quebra do amido em moléculas menores, cujo resultado é a maltose. DIGESTÃO QUÍMICA
  • 27. A amilase salivar está presente na saliva, que é sintetizada pelas glândulas salivares. Na boca existem três pares de glândulas produtoras de saliva: As Parótidas, As submandibulares, As sublinguais. DIGESTÃO QUÍMICA
  • 28.
  • 29. FARINGE A mastigação e a digestão química realizada na boca transformam o alimento no bolo alimentar, que é engolido, no processo denominado deglutição. Portanto, na faringe não há digestão, sua função é direcionar o bolo alimentar para o esôfago,
  • 30. A faringe ainda faz parte do sistema respiratório, pois também se comunica com a laringe – tubo que conduz o ar em direção aos pulmões. FARINGE
  • 31.
  • 32. ESÔFAGO O esôfago é um órgão em forma de tubo com cerca de 25 centímetros de comprimento, localizado ao longo da cavidade torácica e abdominal,
  • 33. No esôfago, como na faringe, não ocorre digestão, apenas secreção de muco. O bolo alimentar é transportado do esôfago até o estômago por movimentos peristálticos. ESÔFAGO
  • 34. OBSERVAÇÃO Não é pela ação da gravidade que o alimento “cai” no estômago. Se uma pessoa deglutir alguma coisa mesmo estando deitada ou de cabeça para baixo, o material deglutido ainda assim será levado ao estômago.
  • 35.
  • 36. OBSERVAÇÃO O vômito ocorre por movimento antiperistáltico do estômago e do esôfago, em obediência a um comando do sistema nervoso autônomo.
  • 37. ESTÔMAGO O estômago é um órgão em forma de uma grande bolsa, que se localiza no abdome logo abaixo do diafragma,
  • 38. É um órgão essencialmente destinado à digestão inicial das proteínas, na maioria dos vertebrados. ESTÔMAGO
  • 39. ANATOMIA DO ESTÔMAGO A entrada do estômago recebe o nome de cárdia, porque fica muito próxima ao coração, separada dele apenas pelo diafragma,
  • 40. O estômago tem uma pequena curvatura (superior) e uma grande curvatura(inferior). A parte mais dilatada desse órgão recebe o nome de fundo. ANATOMIA DO ESTÔMAGO
  • 41. A saída do estômago corresponde a uma região estreita, denominada piloro. Este é provido de um esfíncter, músculo em forma de anel, que permite abrir ou fechar o piloro. ANATOMIA DO ESTÔMAGO
  • 42.
  • 43. DIGESTÃO NO ESTÔMAGO HUMANO No estômago, o alimento recebe a ação do suco gástrico, que apresenta em sua composição o ácido clorídrico (HCl) e algumas enzimas, entre elas a pepsina e a renina,
  • 44. O ácido clorídrico é produzido por células da parede do estômago e tem ação antisséptica. Por apresentar o pH muito baixo (em torno de 2), o ácido clorídrico tem importante função na digestão, pois as enzimas que atuam no estômago têm sua ação ótima em pH ácido. DIGESTÃO NO ESTÔMAGO HUMANO
  • 45.
  • 46. INTESTINO DELGADO HUMANO O intestino delgado é a porção mais longa do tubo digestório, podendo chegar a 6 metros de comprimento. apresenta três regiões: duodeno, jejuno e íleo,
  • 47. O duodeno é a porção inicial do intestino delgado; mede apenas 25 centímetros e tem forma de C. É nele que são lançadas as secreções do fígado e do pâncreas; a principal função dessas estruturas é absorver os nutrientes. INTESTINO DELGADO HUMANO
  • 48.
  • 49. NO INTESTINO DELGADO, PODEMOS IDENTIFICAR DOIS PROCESSOS DISTINTOS: • Digestão química: ocorre graças à ação conjunta dos sucos entéricos e pancreáticos e da bile, • Absorção dos nutrientes: realizada pelas células intestinais, ricas em microvilosidades.
  • 50. ABSORÇÃO DE NUTRIENTES No intestino delgado também ocorre a absorção dos produtos finais da digestão. A função da absorção é eficaz devido às inúmeras dobras presentes na parede interna do intestino delgado, denominadas vilosidades.
  • 51.
  • 52. INTESTINO GROSSO HUMANO É composto de três partes distintas: • Parte Ascendente, formada pelo ceco e pelo cólon ascendente; • Parte Transversal, formada pelo cólon transverso; • Parte Descendente, composta do cólon descendente e do cólon sigmoide, que corresponde ao reto e ao canal anal.
  • 53.
  • 54. A DIGESTÃO EM OUTROS ANIMAIS
  • 55. SISTEMA DIGESTÓRIO INCOMPLETO O sistema digestório incompleto tem apenas uma abertura de comunicação com o exterior. Esse tipo de digestão ocorre nos cnidários e platelmintos.
  • 56.
  • 57. SISTEMA DIGESTÓRIO COMPLETO O sistema digestório completo caracteriza-se pela presença de duas aberturas: a boca, por onde o alimento entra, e o ânus ou cloaca, por onde são eliminados os restos alimentares. o sistema digestório completo está presente em todos os animais desde o filo Nematoda.
  • 58.
  • 59. DIGESTÃO EM RUMINANTES Os animais ruminantes, como a vaca, o veado e a ovelha, conquistaram um nível de adaptação mais evoluído para essa dieta. Eles apresentam um estômago com quatro câmaras: • Rúmen, • Retículo, • Omaso, • Abomaso.
  • 60. O animal mastiga o alimento e este passa para o rúmen e para o retículo, onde são encontrados os microrganismos mutualísticos que vão digerir a celulose, DIGESTÃO EM RUMINANTES
  • 61. Em certos momentos, o animal regurgita e mastiga novamente o alimento proveniente do retículo, decompondo as fibras e aumentando a ação dos microrganismos, DIGESTÃO EM RUMINANTES
  • 62. Depois disso, o alimento passa para o omaso, onde ocorre a absorção de água. Em seguida, o abomaso recebe o alimento para que ele passe por digestão com as enzimas do animal. DIGESTÃO EM RUMINANTES