SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 3
Ficha de Trabalho de História – 8º ano (REVISÃO)

         Nome:__________________Nº/Turma:______Data__________

        1. Lê atentamente o texto que se segue:

“Ao longo do século XV os europeus abriram novos horizontes à humanidade e puseram em contacto povos e
culturas, muitos deles desconhecidos entre si. Tentando ultrapassar a grave crise económica iniciada no
século XIV e, motivados pela curiosidade, partiram para uma extraordinária aventura: a Expansão
           1.1.       Identifica o país pioneiro na expansão marítima.
               O país pioneiro da expansão é Portugal
           1.2.       Explica os condicionalismos que levaram esse mesmo país a
               enverdar por tal aventura.
               A procura do ouro, a busca de um acesso direto às especearias e aos
               produtos de luxo do oriente.
        2. Observa atentamente o mapa que se segue:




            2.1.        A partir dos dados constantes no mapa, analisa a importância
                da conquista de Ceuta para os portugueses.
                Foi importante porque Ceuta era um ativo centro de comércio, sendo
                um dos pontos de chegada das rotas de caravanas que traziam o ouro
                da região sul do deserto do Saara. Ceuta era também uma zona rica
                em cereais e atraíam os portugueses, que viam na conquista de Ceuta
                a possibilidade de enfraquecer o poder dos militares e expandir a fé
                cristã.




                                                                                             1
3. Observa o mapa.




                           M
                                                               M




                                  R




   3.1.        Identifica o meridiano M e relaciona-o com o contexto de
       rivalidade luso-castelhana.
       O meridiano M significa a separação do mundo em 2 partes, ou seja,
       um meridiano que passava 370 léguas a ocidente das ilhas de Cabo
       Verde. A rivalidade era que, Espanha, patrocinou a viagem que teria
       como destino à Índia, mas como as tempestades eram muitas, as
       direções ficaram baralhadas e o barco mudou de sentido para Sudoeste
       e foi “encontrar” as Terras de Vera-Cruz (Brasil).
   3.2.        Mostra a importância da rota R para a economia portuguesa da
       primeira metade do século XVI e para a mundialização da economia.
       A importância de descobrir o caminho marítimo para a Índia, uma vez
       que era uma terra muito rica em especiarias.

4. Com a chegada de Vasco da Gama à Índia em 1498, estava finalmente
   traçada a Rota do Cabo. Iniciava-se assim um período de grande
   importância para o comércio português, que a Política de Sigilo e a cláusula
   do Mare Clausum, manteriam até meados do século XVI.
   4.1.      Indica os objetivos da viagem de Vasco da Gama.
       Os objetivos era descobrir o caminho marítimo para a Índia, uma vez
       que era uma terra cheia de especiarias e iria trazer muita “riqueza” a
       Portugal, porque as especiarias eram muito procuradas na Europa.




                                                                                  2
4.2.       Explica o sistema utilizado pelo Rei D. Manuel para garantir o
       controlo do comércio do Oriente.
       Portugal controlava as rotas comerciais desde o Mar Vermelho aos
       mares da China e do Japão. As mercadorias eram reunidas em Gôa,
       através da rota do Cabo, chegavam à casa da Índia, em Lisboa.

5. Perante a resistência dos indianos e a concorrência dos outros povos que
   até aí dominavam o comércio de especiarias, resolveu o Rei português
   D. Manuel, enviar para a Índia os primeiros Vice-Reis.
   5.1.        Descreve a política seguida por D.Francisco de Almeida e
        Afonso de Alburquerque para concretizar o domínio do comércio do
        Oriente.
   Criavam um Império Comercial, assente no domínio dos mares e Afonso de
   Alburquerque, governador seguinte, procurou garantir também o domínio
   de algumas cidades.
6. Como sabes, o Brasil foi descobetro em 1500. No entanto, até 1530 este
   território não representou grande valor para a economia nacional. A
   viragem para o outro lado do Atlântico só se efectuou a partir daquela data.
   6.1.        Explica as circunstâncias da descoberta do território brasileiro.
        Houve um grande desvio para sudoeste, devido às tempestades.
   6.2.        Descreve o tipo de exploração efectuada no Brasil até 1530.
        O Pau-Brasil tinha um grande valor comercial no mercado da Europa,
        pois a sua seiva, de cor avermelhada, era muito utilizada para tingir
        tecidos.
   6.3.        Relaciona a importância do Brasil e a exploração económica
        que se verifica a partir de 1530 com a decadência do comércio do
        Oriente.
        A importância do Brasil era o Pau-Brasil porque era muito conhecido na
        Europa e tinha um valor comercial muito alto, assim como a procura e
        se Portugal o comercializasse, ficaria um país muito rico.




                                                               Bom Trabalho! 

                            Ensino Virtual 3º Ciclo – Ficha feita e corrigida por:
                                               ensinovirtual3ciclo.blogspot.com.

                                                                                     3

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Uniao iberica
Uniao ibericaUniao iberica
Uniao ibericacattonia
 
Ficha trabalho coordenação
Ficha trabalho coordenaçãoFicha trabalho coordenação
Ficha trabalho coordenaçãoMargarida Gomes
 
ciencias-naturais-teste-sobre-minerais-e-rochas
ciencias-naturais-teste-sobre-minerais-e-rochasciencias-naturais-teste-sobre-minerais-e-rochas
ciencias-naturais-teste-sobre-minerais-e-rochasCatarina Pereira
 
A Crise do Séc. XIV
A Crise do Séc. XIVA Crise do Séc. XIV
A Crise do Séc. XIVCarlos Vieira
 
Unidade 1 o expansionismo europeu
Unidade 1 o expansionismo europeuUnidade 1 o expansionismo europeu
Unidade 1 o expansionismo europeuVítor Santos
 
Ficha de avaliaçao_-_relevo,_rios,_litoral,_catástrofes
Ficha de avaliaçao_-_relevo,_rios,_litoral,_catástrofesFicha de avaliaçao_-_relevo,_rios,_litoral,_catástrofes
Ficha de avaliaçao_-_relevo,_rios,_litoral,_catástrofesLinda Pereira
 
Correção do Teste de Avaliação As Civilizações dos Grandes Rios_O Egito
Correção do Teste de Avaliação As Civilizações dos Grandes Rios_O EgitoCorreção do Teste de Avaliação As Civilizações dos Grandes Rios_O Egito
Correção do Teste de Avaliação As Civilizações dos Grandes Rios_O EgitoPatrícia Morais
 
O comercio à escala mundial
O comercio à escala mundialO comercio à escala mundial
O comercio à escala mundialSusana Simões
 
Atividades económicas nos séculos XIII e XIV
Atividades económicas nos séculos XIII e XIVAtividades económicas nos séculos XIII e XIV
Atividades económicas nos séculos XIII e XIVCátia Botelho
 
Leandro rei da heliria caracterização das personagens2
Leandro rei da heliria   caracterização das personagens2Leandro rei da heliria   caracterização das personagens2
Leandro rei da heliria caracterização das personagens2Belmira Baptista
 
Ficha de avaliação estrutura etária, distribuição e migrações
Ficha de avaliação   estrutura etária, distribuição e migraçõesFicha de avaliação   estrutura etária, distribuição e migrações
Ficha de avaliação estrutura etária, distribuição e migraçõesLinda Pereira
 
Ficha 3 funções sintáticas
Ficha 3 funções sintáticasFicha 3 funções sintáticas
Ficha 3 funções sintáticasDelfinaDias2
 
Geografia 7º ano - teste de avaliação
Geografia 7º ano - teste de avaliaçãoGeografia 7º ano - teste de avaliação
Geografia 7º ano - teste de avaliaçãoMaria Da Guia Fonseca
 
Comércio à escala mundial
Comércio à escala mundialComércio à escala mundial
Comércio à escala mundialMaria Gomes
 
Formas relevo litoral
Formas relevo litoralFormas relevo litoral
Formas relevo litoralmanjosp
 
Os motivos que levaram à expansão portuguesa
Os motivos que levaram à expansão portuguesaOs motivos que levaram à expansão portuguesa
Os motivos que levaram à expansão portuguesaMaria Gomes
 
O cavaleiro da dinamarca categorias da narrativa
O cavaleiro da dinamarca  categorias da narrativaO cavaleiro da dinamarca  categorias da narrativa
O cavaleiro da dinamarca categorias da narrativafercariagomes
 

Mais procurados (20)

Uniao iberica
Uniao ibericaUniao iberica
Uniao iberica
 
Ficha trabalho coordenação
Ficha trabalho coordenaçãoFicha trabalho coordenação
Ficha trabalho coordenação
 
ciencias-naturais-teste-sobre-minerais-e-rochas
ciencias-naturais-teste-sobre-minerais-e-rochasciencias-naturais-teste-sobre-minerais-e-rochas
ciencias-naturais-teste-sobre-minerais-e-rochas
 
A Crise do Séc. XIV
A Crise do Séc. XIVA Crise do Séc. XIV
A Crise do Séc. XIV
 
Unidade 1 o expansionismo europeu
Unidade 1 o expansionismo europeuUnidade 1 o expansionismo europeu
Unidade 1 o expansionismo europeu
 
Ficha de avaliaçao_-_relevo,_rios,_litoral,_catástrofes
Ficha de avaliaçao_-_relevo,_rios,_litoral,_catástrofesFicha de avaliaçao_-_relevo,_rios,_litoral,_catástrofes
Ficha de avaliaçao_-_relevo,_rios,_litoral,_catástrofes
 
Romanos
RomanosRomanos
Romanos
 
Correção do Teste de Avaliação As Civilizações dos Grandes Rios_O Egito
Correção do Teste de Avaliação As Civilizações dos Grandes Rios_O EgitoCorreção do Teste de Avaliação As Civilizações dos Grandes Rios_O Egito
Correção do Teste de Avaliação As Civilizações dos Grandes Rios_O Egito
 
O comercio à escala mundial
O comercio à escala mundialO comercio à escala mundial
O comercio à escala mundial
 
Atividades económicas nos séculos XIII e XIV
Atividades económicas nos séculos XIII e XIVAtividades económicas nos séculos XIII e XIV
Atividades económicas nos séculos XIII e XIV
 
Leandro rei da heliria caracterização das personagens2
Leandro rei da heliria   caracterização das personagens2Leandro rei da heliria   caracterização das personagens2
Leandro rei da heliria caracterização das personagens2
 
Ficha de avaliação estrutura etária, distribuição e migrações
Ficha de avaliação   estrutura etária, distribuição e migraçõesFicha de avaliação   estrutura etária, distribuição e migrações
Ficha de avaliação estrutura etária, distribuição e migrações
 
Ficha 3 funções sintáticas
Ficha 3 funções sintáticasFicha 3 funções sintáticas
Ficha 3 funções sintáticas
 
Teste romanos
Teste romanosTeste romanos
Teste romanos
 
Geografia 7º ano - teste de avaliação
Geografia 7º ano - teste de avaliaçãoGeografia 7º ano - teste de avaliação
Geografia 7º ano - teste de avaliação
 
Comércio à escala mundial
Comércio à escala mundialComércio à escala mundial
Comércio à escala mundial
 
Teste Diagnóstico
Teste DiagnósticoTeste Diagnóstico
Teste Diagnóstico
 
Formas relevo litoral
Formas relevo litoralFormas relevo litoral
Formas relevo litoral
 
Os motivos que levaram à expansão portuguesa
Os motivos que levaram à expansão portuguesaOs motivos que levaram à expansão portuguesa
Os motivos que levaram à expansão portuguesa
 
O cavaleiro da dinamarca categorias da narrativa
O cavaleiro da dinamarca  categorias da narrativaO cavaleiro da dinamarca  categorias da narrativa
O cavaleiro da dinamarca categorias da narrativa
 

Destaque

Teste de história 8º ano
Teste de história 8º anoTeste de história 8º ano
Teste de história 8º anoAcima da Média
 
Expansionismo Europeu
Expansionismo EuropeuExpansionismo Europeu
Expansionismo EuropeuCarlos Vieira
 
Exercícios de História - 8º Ano
Exercícios de História - 8º AnoExercícios de História - 8º Ano
Exercícios de História - 8º AnoVera Sezões
 
Correção da Ficha de avaliação 2
Correção da Ficha de avaliação 2   Correção da Ficha de avaliação 2
Correção da Ficha de avaliação 2 sofiasimao
 
E2 renascimento e reforma blogue
E2 renascimento e reforma blogueE2 renascimento e reforma blogue
E2 renascimento e reforma blogueVítor Santos
 
Ficha de Trabalho de História - A EXPANSÃO PORTUGUESA
Ficha de Trabalho de História - A EXPANSÃO PORTUGUESAFicha de Trabalho de História - A EXPANSÃO PORTUGUESA
Ficha de Trabalho de História - A EXPANSÃO PORTUGUESAensinovirtual3ciclo
 
Portugal no século xiv
Portugal no século xivPortugal no século xiv
Portugal no século xivborgia
 
Ficha de revisões 1ª prova global
Ficha de revisões 1ª prova globalFicha de revisões 1ª prova global
Ficha de revisões 1ª prova globalCarla Teixeira
 
Ficha de avaliação 4.doc correção
Ficha de avaliação 4.doc   correçãoFicha de avaliação 4.doc   correção
Ficha de avaliação 4.doc correçãosofiasimao
 
Crises e revolução no século XIV e expansionismo europeu
Crises e revolução no século XIV e expansionismo europeu Crises e revolução no século XIV e expansionismo europeu
Crises e revolução no século XIV e expansionismo europeu inessalgado
 
D3 crises e revoluções no século xiv
D3 crises e revoluções no século xivD3 crises e revoluções no século xiv
D3 crises e revoluções no século xivVítor Santos
 
Os imperios peninsulares
Os imperios peninsularesOs imperios peninsulares
Os imperios peninsularesSusana Simões
 
Ensino virtual 3º ciclo - HISTÓRIA 8º ANO
Ensino virtual 3º ciclo - HISTÓRIA 8º ANOEnsino virtual 3º ciclo - HISTÓRIA 8º ANO
Ensino virtual 3º ciclo - HISTÓRIA 8º ANOensinovirtual3ciclo
 

Destaque (15)

Teste de história 8º ano
Teste de história 8º anoTeste de história 8º ano
Teste de história 8º ano
 
Expansionismo Europeu
Expansionismo EuropeuExpansionismo Europeu
Expansionismo Europeu
 
Exercícios de História - 8º Ano
Exercícios de História - 8º AnoExercícios de História - 8º Ano
Exercícios de História - 8º Ano
 
Correção da Ficha de avaliação 2
Correção da Ficha de avaliação 2   Correção da Ficha de avaliação 2
Correção da Ficha de avaliação 2
 
E2 renascimento e reforma blogue
E2 renascimento e reforma blogueE2 renascimento e reforma blogue
E2 renascimento e reforma blogue
 
Ficha de Trabalho de História - A EXPANSÃO PORTUGUESA
Ficha de Trabalho de História - A EXPANSÃO PORTUGUESAFicha de Trabalho de História - A EXPANSÃO PORTUGUESA
Ficha de Trabalho de História - A EXPANSÃO PORTUGUESA
 
Portugal no século xiv
Portugal no século xivPortugal no século xiv
Portugal no século xiv
 
Ficha de revisões 1ª prova global
Ficha de revisões 1ª prova globalFicha de revisões 1ª prova global
Ficha de revisões 1ª prova global
 
Ficha de avaliação 4.doc correção
Ficha de avaliação 4.doc   correçãoFicha de avaliação 4.doc   correção
Ficha de avaliação 4.doc correção
 
Crises e revolução no século XIV e expansionismo europeu
Crises e revolução no século XIV e expansionismo europeu Crises e revolução no século XIV e expansionismo europeu
Crises e revolução no século XIV e expansionismo europeu
 
D3 crises e revoluções no século xiv
D3 crises e revoluções no século xivD3 crises e revoluções no século xiv
D3 crises e revoluções no século xiv
 
O Expansionismo Europeu
O Expansionismo EuropeuO Expansionismo Europeu
O Expansionismo Europeu
 
Os imperios peninsulares
Os imperios peninsularesOs imperios peninsulares
Os imperios peninsulares
 
Ensino virtual 3º ciclo - HISTÓRIA 8º ANO
Ensino virtual 3º ciclo - HISTÓRIA 8º ANOEnsino virtual 3º ciclo - HISTÓRIA 8º ANO
Ensino virtual 3º ciclo - HISTÓRIA 8º ANO
 
História o expansionismo europeu
História o expansionismo europeuHistória o expansionismo europeu
História o expansionismo europeu
 

Semelhante a Ficha de Trabalho sobre a expansão portuguesa - 8º ANO - SOLUÇÕES

286811943-A-Expansao-Maritima-Portuguesa.pdf
286811943-A-Expansao-Maritima-Portuguesa.pdf286811943-A-Expansao-Maritima-Portuguesa.pdf
286811943-A-Expansao-Maritima-Portuguesa.pdfDanielaPereira423586
 
Atividade Mestrado _ Joanildo Burity
Atividade Mestrado _ Joanildo BurityAtividade Mestrado _ Joanildo Burity
Atividade Mestrado _ Joanildo BurityIsaquel Silva
 
Lista de exercícios expansão marítima ibérica e período pré-colonial
Lista de exercícios   expansão marítima ibérica e período pré-colonialLista de exercícios   expansão marítima ibérica e período pré-colonial
Lista de exercícios expansão marítima ibérica e período pré-colonialFelipe Vaitsman
 
4 bim ativ interventiva - gabarito
4 bim ativ interventiva - gabarito4 bim ativ interventiva - gabarito
4 bim ativ interventiva - gabaritoCarlos Zaranza
 
Expansão a partir de D. João II
Expansão a partir de D. João IIExpansão a partir de D. João II
Expansão a partir de D. João IILucilia Fonseca
 
Expansão a partir de D. João II
Expansão a partir de D. João IIExpansão a partir de D. João II
Expansão a partir de D. João IILucilia Fonseca
 
re82121_euvez5_pp_expansao.pptx
re82121_euvez5_pp_expansao.pptxre82121_euvez5_pp_expansao.pptx
re82121_euvez5_pp_expansao.pptxngelaMendes10
 
Século XIV até século XVI
Século XIV até século XVISéculo XIV até século XVI
Século XIV até século XVICatarina Sequeira
 
Expansão marítima.ativ.slide
Expansão marítima.ativ.slideExpansão marítima.ativ.slide
Expansão marítima.ativ.slideedna2
 
Expansão marítima
Expansão marítimaExpansão marítima
Expansão marítimaNilton Sá
 
Descobrimento do brasil tmp
Descobrimento do brasil tmpDescobrimento do brasil tmp
Descobrimento do brasil tmpPéricles Penuel
 
Portugal nos séculos XV e XVI
Portugal nos séculos XV e XVIPortugal nos séculos XV e XVI
Portugal nos séculos XV e XVIcruchinho
 
As navegações portuguesas
As navegações portuguesasAs navegações portuguesas
As navegações portuguesasNaira Oliveira
 
7 ano ativ Absolutismo Grandes Navegacoes.docx
7 ano ativ Absolutismo Grandes Navegacoes.docx7 ano ativ Absolutismo Grandes Navegacoes.docx
7 ano ativ Absolutismo Grandes Navegacoes.docxPaola Oniesko
 
Revisões para teste 8º
Revisões para teste 8ºRevisões para teste 8º
Revisões para teste 8ºNuno Faustino
 
O expansionismo europeu.pptx
O expansionismo europeu.pptxO expansionismo europeu.pptx
O expansionismo europeu.pptxssusera01edc
 
Teste 6 descobrimentos correção
Teste 6 descobrimentos  correçãoTeste 6 descobrimentos  correção
Teste 6 descobrimentos correçãoAna Pereira
 

Semelhante a Ficha de Trabalho sobre a expansão portuguesa - 8º ANO - SOLUÇÕES (20)

286811943-A-Expansao-Maritima-Portuguesa.pdf
286811943-A-Expansao-Maritima-Portuguesa.pdf286811943-A-Expansao-Maritima-Portuguesa.pdf
286811943-A-Expansao-Maritima-Portuguesa.pdf
 
Atividade Mestrado _ Joanildo Burity
Atividade Mestrado _ Joanildo BurityAtividade Mestrado _ Joanildo Burity
Atividade Mestrado _ Joanildo Burity
 
Lista de exercícios expansão marítima ibérica e período pré-colonial
Lista de exercícios   expansão marítima ibérica e período pré-colonialLista de exercícios   expansão marítima ibérica e período pré-colonial
Lista de exercícios expansão marítima ibérica e período pré-colonial
 
4 bim ativ interventiva - gabarito
4 bim ativ interventiva - gabarito4 bim ativ interventiva - gabarito
4 bim ativ interventiva - gabarito
 
Expansão a partir de D. João II
Expansão a partir de D. João IIExpansão a partir de D. João II
Expansão a partir de D. João II
 
Expansão a partir de D. João II
Expansão a partir de D. João IIExpansão a partir de D. João II
Expansão a partir de D. João II
 
re82121_euvez5_pp_expansao.pptx
re82121_euvez5_pp_expansao.pptxre82121_euvez5_pp_expansao.pptx
re82121_euvez5_pp_expansao.pptx
 
Século XIV até século XVI
Século XIV até século XVISéculo XIV até século XVI
Século XIV até século XVI
 
Expansão marítima.ativ.slide
Expansão marítima.ativ.slideExpansão marítima.ativ.slide
Expansão marítima.ativ.slide
 
Colonização
ColonizaçãoColonização
Colonização
 
Império Português do Oriente
Império Português do OrienteImpério Português do Oriente
Império Português do Oriente
 
Grandes navegações
Grandes navegaçõesGrandes navegações
Grandes navegações
 
Expansão marítima
Expansão marítimaExpansão marítima
Expansão marítima
 
Descobrimento do brasil tmp
Descobrimento do brasil tmpDescobrimento do brasil tmp
Descobrimento do brasil tmp
 
Portugal nos séculos XV e XVI
Portugal nos séculos XV e XVIPortugal nos séculos XV e XVI
Portugal nos séculos XV e XVI
 
As navegações portuguesas
As navegações portuguesasAs navegações portuguesas
As navegações portuguesas
 
7 ano ativ Absolutismo Grandes Navegacoes.docx
7 ano ativ Absolutismo Grandes Navegacoes.docx7 ano ativ Absolutismo Grandes Navegacoes.docx
7 ano ativ Absolutismo Grandes Navegacoes.docx
 
Revisões para teste 8º
Revisões para teste 8ºRevisões para teste 8º
Revisões para teste 8º
 
O expansionismo europeu.pptx
O expansionismo europeu.pptxO expansionismo europeu.pptx
O expansionismo europeu.pptx
 
Teste 6 descobrimentos correção
Teste 6 descobrimentos  correçãoTeste 6 descobrimentos  correção
Teste 6 descobrimentos correção
 

Ficha de Trabalho sobre a expansão portuguesa - 8º ANO - SOLUÇÕES

  • 1. Ficha de Trabalho de História – 8º ano (REVISÃO) Nome:__________________Nº/Turma:______Data__________ 1. Lê atentamente o texto que se segue: “Ao longo do século XV os europeus abriram novos horizontes à humanidade e puseram em contacto povos e culturas, muitos deles desconhecidos entre si. Tentando ultrapassar a grave crise económica iniciada no século XIV e, motivados pela curiosidade, partiram para uma extraordinária aventura: a Expansão 1.1. Identifica o país pioneiro na expansão marítima. O país pioneiro da expansão é Portugal 1.2. Explica os condicionalismos que levaram esse mesmo país a enverdar por tal aventura. A procura do ouro, a busca de um acesso direto às especearias e aos produtos de luxo do oriente. 2. Observa atentamente o mapa que se segue: 2.1. A partir dos dados constantes no mapa, analisa a importância da conquista de Ceuta para os portugueses. Foi importante porque Ceuta era um ativo centro de comércio, sendo um dos pontos de chegada das rotas de caravanas que traziam o ouro da região sul do deserto do Saara. Ceuta era também uma zona rica em cereais e atraíam os portugueses, que viam na conquista de Ceuta a possibilidade de enfraquecer o poder dos militares e expandir a fé cristã. 1
  • 2. 3. Observa o mapa. M M R 3.1. Identifica o meridiano M e relaciona-o com o contexto de rivalidade luso-castelhana. O meridiano M significa a separação do mundo em 2 partes, ou seja, um meridiano que passava 370 léguas a ocidente das ilhas de Cabo Verde. A rivalidade era que, Espanha, patrocinou a viagem que teria como destino à Índia, mas como as tempestades eram muitas, as direções ficaram baralhadas e o barco mudou de sentido para Sudoeste e foi “encontrar” as Terras de Vera-Cruz (Brasil). 3.2. Mostra a importância da rota R para a economia portuguesa da primeira metade do século XVI e para a mundialização da economia. A importância de descobrir o caminho marítimo para a Índia, uma vez que era uma terra muito rica em especiarias. 4. Com a chegada de Vasco da Gama à Índia em 1498, estava finalmente traçada a Rota do Cabo. Iniciava-se assim um período de grande importância para o comércio português, que a Política de Sigilo e a cláusula do Mare Clausum, manteriam até meados do século XVI. 4.1. Indica os objetivos da viagem de Vasco da Gama. Os objetivos era descobrir o caminho marítimo para a Índia, uma vez que era uma terra cheia de especiarias e iria trazer muita “riqueza” a Portugal, porque as especiarias eram muito procuradas na Europa. 2
  • 3. 4.2. Explica o sistema utilizado pelo Rei D. Manuel para garantir o controlo do comércio do Oriente. Portugal controlava as rotas comerciais desde o Mar Vermelho aos mares da China e do Japão. As mercadorias eram reunidas em Gôa, através da rota do Cabo, chegavam à casa da Índia, em Lisboa. 5. Perante a resistência dos indianos e a concorrência dos outros povos que até aí dominavam o comércio de especiarias, resolveu o Rei português D. Manuel, enviar para a Índia os primeiros Vice-Reis. 5.1. Descreve a política seguida por D.Francisco de Almeida e Afonso de Alburquerque para concretizar o domínio do comércio do Oriente. Criavam um Império Comercial, assente no domínio dos mares e Afonso de Alburquerque, governador seguinte, procurou garantir também o domínio de algumas cidades. 6. Como sabes, o Brasil foi descobetro em 1500. No entanto, até 1530 este território não representou grande valor para a economia nacional. A viragem para o outro lado do Atlântico só se efectuou a partir daquela data. 6.1. Explica as circunstâncias da descoberta do território brasileiro. Houve um grande desvio para sudoeste, devido às tempestades. 6.2. Descreve o tipo de exploração efectuada no Brasil até 1530. O Pau-Brasil tinha um grande valor comercial no mercado da Europa, pois a sua seiva, de cor avermelhada, era muito utilizada para tingir tecidos. 6.3. Relaciona a importância do Brasil e a exploração económica que se verifica a partir de 1530 com a decadência do comércio do Oriente. A importância do Brasil era o Pau-Brasil porque era muito conhecido na Europa e tinha um valor comercial muito alto, assim como a procura e se Portugal o comercializasse, ficaria um país muito rico. Bom Trabalho!  Ensino Virtual 3º Ciclo – Ficha feita e corrigida por: ensinovirtual3ciclo.blogspot.com. 3