SlideShare uma empresa Scribd logo
Com a minha família ____________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________
Com alguém que não conheço ______________________________________________________________
___________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________
Com o meu melhor amigo _________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________
Com a minha professora _________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________
Quando as pessoas não me ouvem, sinto-me ___________________________________________________
___________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________
Quando não consigo que entendam o que quero dizer, sinto-me _____________________________________
___________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________
Gosto de ouvir quando __________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________
As pessoas com quem mais gosto de falar são aquelas que ________________________________________
___________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________
Uma coisa que posso fazer para ouvir com mais atenção é _________________________________________
___________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________
Observa atentamente as três imagens e através da expressão facial de cada uma delas descreve a sua forma
de ser.
Felisberta Francisca Florentina
___________________
___________________
___________________
___________________
___________________
__________________
_
__________________
_
__________________
_
__________________
_
__________________
_
__________________
_
__________________
_
__________________
_
__________________
_
__________________
_
Agora imagina a seguinte situação: “ A Paula acusou a colega de lhe ter tirado um livro da pasta (o que
não era verdade) ”. Diz qual seria a reacção da Felisberta, da Francisca e da Florentina.
Felisberta Francisca Florentina
___________________
___________________
___________________
___________________
___________________
___________________
___________________
__________________
_
__________________
_
__________________
_
__________________
__________________
_
__________________
_
__________________
_
__________________
___________________
___________________
___________________
_
__________________
_
__________________
_
__________________
_
__________________
_
__________________
_
__________________
_
_
__________________
_
__________________
_
__________________
_
__________________
_
__________________
_
__________________
_
Presta atenção à seguinte situação:
Na aula de EVT a Joana pediu um marcador emprestado à Luísa. Esta disse-lhe que não os tinha
trazido de casa. A Joana não acreditou, ficou furiosa e começou com insultos a dizer que ela era
sempre a mesma, mentirosa e egoísta.
Perante os insultos da Joana, a Luísa poderia responder de diferentes formas. Lê cada uma das hipóteses e
escreve, para cada uma, o que poderia acontecer a seguir ou como se sentiria cada uma delas.
Situação Consequências
1- A Luísa levantou-se da cadeira e deu um
murro à Joana.
2- A Luísa baixou a cabeça e ficou calada o
resto da aula.
3- A Luísa mostrou à colega o estojo
dizendo com calma que não era
mentirosa.
1- Como ages habitualmente numa situação como está? _______________________________________
_____________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________
2- Em qual das três situações te parece que a Luísa teve o comportamento mais correcto? _____________
_____________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________
3- Que conclusões podemos tirar desta situação? ___________________________________________
_____________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________
Presta atenção à seguinte situação:
O João não encontrou a caneta que tinha deixado em cima da mesa antes do intervalo.
Quando estava à procura, viu o Manel a olhar e a rir-se (o Manel por acaso não tinha mexido na
caneta).
1- Perante uma mesma situação as pessoas podem reagir de maneiras diferentes. Cada reacção tem as suas
consequências. Reflecte sobre o que aconteceria nas duas situações seguintes e refere com as pessoas
se sentiriam …
… se o João se virasse para o Manel e lhe desse um murro.
… se o João tivesse perguntado ao Manel se tinha visto a caneta.
2- Discute agora com o teu colega qual teria sido a forma mais adequada de reagir e regista a vossa opinião.
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
3- Tenta agora encontrar exemplos do dia-a-dia da vossa vida em que tenham presenciado situações
semelhantes. Selecciona uma e regista-a. ____________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
Lê a seguinte situação:
O João anda no 6º ano. Ontem na escola, nem ele sabe muito bem porquê, só armou confusões e o
dia acabou mal. Logo na primeira aula chegou atrasado porque houve um acidente. A professora de
História chamou-o à atenção e ele, que vinha furioso e não achava justo ter tido falta, respondeu-lhe:
Que é que quer, não tive culpa”. A professora, claro, não lhe tirou a falta. Entretanto saiu para o
intervalo e vieram dizer-lhe que o Pedro tinha dito mal dele. O João não esteve com meias medidas e
preparou-se para lhe dar um murro em cheio no nariz. O funcionário, que estava por perto, tratou de
os separar e fez uma participação ao Órgão de Gestão.
O pior foi quando a Directora de Turma lhe perguntou pela assinatura de um teste que o pai se
tinha esquecido de assinar e o João respondeu: “Hoje só me faltava que viesse implicar comigo”. Claro
que levou um recado para casa.
1- Em vários momentos do seu dia, o João podia ter dado outro tipo de resposta às situações em que se viu
envolvido e teria evitado problemas. Assinala no texto as respostas (por palavras ou actos) que ele deu e
que acabariam por lhe trazer grande desconforto.
2- Para cada uma das situações dá uma resposta alternativa que ajudasse o João a não chegar tão mal ao
fim do dia.
Situação 1 __________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
Situação 2 __________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
Situação 3 __________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
Lê a seguinte situação:
O Paulo anda no 6º ano. A escola para ele é uma tortura. Ontem, mal chegou, ao entrar na
sala tropeçou no pé do Luís, que de propósito lhe pregou uma rasteira. A professora ralhou-lhes e ele
assumiu a culpa porque não quis acusar o colega. Entretanto foi preciso pôr em cima da mesa o
material necessário, porque a professora ia confirmar quem tinha trazido tudo. O Rui, que está ao
lado do Paulo tirou-lhe o livro e este não lhe disse nada. Claro que teve falta de material. Para
terminar, já no recreio, chegou um colega doutra turma ao pé dele e disse-lhe: “Empresta-me o teu
telemóvel porque quero fazer um telefonema”. O Paulo, que andava a poupar o saldo, entregou-lhe o
telemóvel. No fim do dia estava farto da escola …
1- O Paulo, em vários momentos do seu dia, podia ter dado outro tipo de respostas às situações. Assinala no
texto as respostas (por palavras ou actos) que acabaram por fazer com que se sentisse mal.
2- Para cada uma das situações dá uma resposta alternativa que ajudasse o Paulo a não chegar ao fim do dia
tão infeliz (não deves, nessa resposta, usar um estilo agressivo).
Situação 1 __________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
Situação 2 __________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
Situação 3 __________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
Preenche os espaços, criando frases com sentido, com a ajuda da tabela de emoções (não podes repetir
nenhuma).
1- Correu-lhe bem o teste. Ele está _____________________ relativamente ao resultado que vai ter.
2- Soube que o irmão foi suspenso. O João ficou _____________________.
3- A Maria é muito _____________________ e não aceitou o convite.
4- Quando viu que não podia sentiu-se _____________________.
5- O Luís está sempre a querer ter mais que os outros. É muito _____________________.
6- Ao ver a nota fantástica que teve o Rui ficou _____________________.
7- O Luís está sempre a pensar que o pior lhe vai acontecer. É muito _____________________.
8- A Maria está sempre _____________________ nas aulas, não liga nada.
9- Foi acusada injustamente. Ela é _____________________.
10- Estudar muito e não conseguir tirar bons resultados é motivo para ficar _____________________.
11- Ontem no recreio fartaram-se de gozar o João. Ele sentiu-se profundamente _____________________.
12- Tem a mania que sabe tudo. É um _____________________.
13- A Luísa acha que ninguém gosta dela. Sente-se muito _____________________.
14- Acha sempre que tem razão. É uma pessoa muito _____________________.
15- Perante aquilo que viu, a Maria ficou _____________________ de não ter ido.
16- Ninguém consegue fazê-lo sair de casa. Ele está muito _____________________.
17- A nota é determinante para o Paulo transitar de ano. Está _____________________ por saber o que
tirou no teste.
18- O Pedro é _____________________. Pensa sempre que lhe vai acontecer o pior.
Tabela de Emoções1
1
Adaptado de Korb-Khalsa, K. et al. (1992)
Para cada uma destas emoções escreve uma frase que tenha sentido:
____________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

1º teste historia 7º ano neolitico
1º teste historia 7º ano neolitico1º teste historia 7º ano neolitico
1º teste historia 7º ano neolitico
Andreia Margarido
 
Consoantes caderno
Consoantes cadernoConsoantes caderno
Consoantes caderno
Leonor Ramos
 
Boi manso
Boi mansoBoi manso
Boi manso
ziquinha
 
A senhora do retrato ficha de trabalho
A senhora do retrato   ficha de trabalhoA senhora do retrato   ficha de trabalho
A senhora do retrato ficha de trabalho
Marta Silveiro Sousa
 
26 uma aventura_no_palacio_da_pena_1
26 uma aventura_no_palacio_da_pena_126 uma aventura_no_palacio_da_pena_1
26 uma aventura_no_palacio_da_pena_1
bibliotecap
 
Casos de leitura com imagens
Casos de leitura com imagensCasos de leitura com imagens
Casos de leitura com imagens
Paula Pão-Mole
 
Matemática – razão e proporção 01 – 2013
Matemática – razão e proporção 01 – 2013Matemática – razão e proporção 01 – 2013
Matemática – razão e proporção 01 – 2013
Jakson Raphael Pereira Barbosa
 
Atividade de escrita 1º e 2º anos
Atividade  de escrita 1º e 2º anosAtividade  de escrita 1º e 2º anos
Atividade de escrita 1º e 2º anos
aldreatrindade
 
Portefólio de competências funcionais 1
Portefólio de competências funcionais 1Portefólio de competências funcionais 1
Portefólio de competências funcionais 1
Ana Paula Santos
 
4566476 exercicios-de-sintaxe
4566476 exercicios-de-sintaxe4566476 exercicios-de-sintaxe
4566476 exercicios-de-sintaxe
Adria Taitai
 
Guião espantalho enamorado
Guião espantalho enamoradoGuião espantalho enamorado
Guião espantalho enamorado
Ana Luis
 
Portefólio 2010 2011
Portefólio 2010 2011Portefólio 2010 2011
Portefólio 2010 2011
Albertina Pereira
 
Como matar sua sogra
Como matar sua sograComo matar sua sogra
Como matar sua sogra
Else Emrich
 
A letra l
A letra lA letra l
A letra l
Maria João
 
Atividades de leitura 1º e 2º anos
Atividades  de leitura  1º e 2º anosAtividades  de leitura  1º e 2º anos
Atividades de leitura 1º e 2º anos
aldreatrindade
 
Ft26 ConsíLio Deuses
Ft26 ConsíLio DeusesFt26 ConsíLio Deuses
Ft26 ConsíLio Deuses
Fernanda Soares
 
Matematica slides amortizacao2
Matematica slides amortizacao2Matematica slides amortizacao2
Matematica slides amortizacao2
gabaritocontabil
 

Mais procurados (17)

1º teste historia 7º ano neolitico
1º teste historia 7º ano neolitico1º teste historia 7º ano neolitico
1º teste historia 7º ano neolitico
 
Consoantes caderno
Consoantes cadernoConsoantes caderno
Consoantes caderno
 
Boi manso
Boi mansoBoi manso
Boi manso
 
A senhora do retrato ficha de trabalho
A senhora do retrato   ficha de trabalhoA senhora do retrato   ficha de trabalho
A senhora do retrato ficha de trabalho
 
26 uma aventura_no_palacio_da_pena_1
26 uma aventura_no_palacio_da_pena_126 uma aventura_no_palacio_da_pena_1
26 uma aventura_no_palacio_da_pena_1
 
Casos de leitura com imagens
Casos de leitura com imagensCasos de leitura com imagens
Casos de leitura com imagens
 
Matemática – razão e proporção 01 – 2013
Matemática – razão e proporção 01 – 2013Matemática – razão e proporção 01 – 2013
Matemática – razão e proporção 01 – 2013
 
Atividade de escrita 1º e 2º anos
Atividade  de escrita 1º e 2º anosAtividade  de escrita 1º e 2º anos
Atividade de escrita 1º e 2º anos
 
Portefólio de competências funcionais 1
Portefólio de competências funcionais 1Portefólio de competências funcionais 1
Portefólio de competências funcionais 1
 
4566476 exercicios-de-sintaxe
4566476 exercicios-de-sintaxe4566476 exercicios-de-sintaxe
4566476 exercicios-de-sintaxe
 
Guião espantalho enamorado
Guião espantalho enamoradoGuião espantalho enamorado
Guião espantalho enamorado
 
Portefólio 2010 2011
Portefólio 2010 2011Portefólio 2010 2011
Portefólio 2010 2011
 
Como matar sua sogra
Como matar sua sograComo matar sua sogra
Como matar sua sogra
 
A letra l
A letra lA letra l
A letra l
 
Atividades de leitura 1º e 2º anos
Atividades  de leitura  1º e 2º anosAtividades  de leitura  1º e 2º anos
Atividades de leitura 1º e 2º anos
 
Ft26 ConsíLio Deuses
Ft26 ConsíLio DeusesFt26 ConsíLio Deuses
Ft26 ConsíLio Deuses
 
Matematica slides amortizacao2
Matematica slides amortizacao2Matematica slides amortizacao2
Matematica slides amortizacao2
 

Semelhante a Ficha de trabalho comunicar melhor

Avaliação sumativa l.port - páscoa[1][1] (2)
Avaliação sumativa l.port  - páscoa[1][1] (2)Avaliação sumativa l.port  - páscoa[1][1] (2)
Avaliação sumativa l.port - páscoa[1][1] (2)
Georgina Pinto
 
A fada oriana_guiao_leitura
A fada oriana_guiao_leituraA fada oriana_guiao_leitura
A fada oriana_guiao_leitura
Cláudia David
 
Estudos sobre o perdão
Estudos sobre o perdãoEstudos sobre o perdão
Teste de cn 5º ano 2 2º periodo
Teste de cn 5º ano 2 2º periodoTeste de cn 5º ano 2 2º periodo
Teste de cn 5º ano 2 2º periodo
Acima da Média
 
Prancha histórias
Prancha históriasPrancha histórias
Prancha histórias
Natalia Pina
 
Borboletario
BorboletarioBorboletario
Borboletario
Thais Eastwood Vaine
 
Matematica slides amortizacao2
Matematica slides amortizacao2Matematica slides amortizacao2
Matematica slides amortizacao2
educacao f
 
Doc2
Doc2Doc2
Evolução - 7o ano
Evolução - 7o anoEvolução - 7o ano
Evolução - 7o ano
Andrea Barreto
 
Questionário Luísa Ducla Soares
Questionário Luísa Ducla Soares Questionário Luísa Ducla Soares
Questionário Luísa Ducla Soares
Biblioteca Gil Vicente
 
A menina do mar
A menina do marA menina do mar
A menina do mar
bomjoaob2a
 
Atividade para nota recuperação paralela
Atividade para nota recuperação paralelaAtividade para nota recuperação paralela
Atividade para nota recuperação paralela
Alpha Colégio e Vestibulares
 
Aval. diag _port_2_ano_2014
Aval. diag _port_2_ano_2014Aval. diag _port_2_ano_2014
Aval. diag _port_2_ano_2014
Regiane Benevenuto
 
A Boneca da Bita.doc
A Boneca da Bita.docA Boneca da Bita.doc
A Boneca da Bita.doc
Isabel Aguiar
 
Ficha de trabalho nº1 susana
Ficha de trabalho nº1   susanaFicha de trabalho nº1   susana
Ficha de trabalho nº1 susana
Mina Covas
 
à Beira do lago dos encantos ficha de trabalho
à Beira do lago dos encantos  ficha de trabalhoà Beira do lago dos encantos  ficha de trabalho
à Beira do lago dos encantos ficha de trabalho
fatimamendonca64
 
à Beira do lago dos encantos ficha de trabalho
à Beira do lago dos encantos  ficha de trabalhoà Beira do lago dos encantos  ficha de trabalho
à Beira do lago dos encantos ficha de trabalho
fatimamendonca64
 
L e l 1º ano
L e l 1º anoL e l 1º ano
L e l 1º ano
mariamclsilva
 
Método de estudo da bíblia
Método de estudo da bíbliaMétodo de estudo da bíblia
Método de estudo da bíblia
Igreja Unasp Ec
 
Worksheet 1
Worksheet 1Worksheet 1
Worksheet 1
Susana Sousa V
 

Semelhante a Ficha de trabalho comunicar melhor (20)

Avaliação sumativa l.port - páscoa[1][1] (2)
Avaliação sumativa l.port  - páscoa[1][1] (2)Avaliação sumativa l.port  - páscoa[1][1] (2)
Avaliação sumativa l.port - páscoa[1][1] (2)
 
A fada oriana_guiao_leitura
A fada oriana_guiao_leituraA fada oriana_guiao_leitura
A fada oriana_guiao_leitura
 
Estudos sobre o perdão
Estudos sobre o perdãoEstudos sobre o perdão
Estudos sobre o perdão
 
Teste de cn 5º ano 2 2º periodo
Teste de cn 5º ano 2 2º periodoTeste de cn 5º ano 2 2º periodo
Teste de cn 5º ano 2 2º periodo
 
Prancha histórias
Prancha históriasPrancha histórias
Prancha histórias
 
Borboletario
BorboletarioBorboletario
Borboletario
 
Matematica slides amortizacao2
Matematica slides amortizacao2Matematica slides amortizacao2
Matematica slides amortizacao2
 
Doc2
Doc2Doc2
Doc2
 
Evolução - 7o ano
Evolução - 7o anoEvolução - 7o ano
Evolução - 7o ano
 
Questionário Luísa Ducla Soares
Questionário Luísa Ducla Soares Questionário Luísa Ducla Soares
Questionário Luísa Ducla Soares
 
A menina do mar
A menina do marA menina do mar
A menina do mar
 
Atividade para nota recuperação paralela
Atividade para nota recuperação paralelaAtividade para nota recuperação paralela
Atividade para nota recuperação paralela
 
Aval. diag _port_2_ano_2014
Aval. diag _port_2_ano_2014Aval. diag _port_2_ano_2014
Aval. diag _port_2_ano_2014
 
A Boneca da Bita.doc
A Boneca da Bita.docA Boneca da Bita.doc
A Boneca da Bita.doc
 
Ficha de trabalho nº1 susana
Ficha de trabalho nº1   susanaFicha de trabalho nº1   susana
Ficha de trabalho nº1 susana
 
à Beira do lago dos encantos ficha de trabalho
à Beira do lago dos encantos  ficha de trabalhoà Beira do lago dos encantos  ficha de trabalho
à Beira do lago dos encantos ficha de trabalho
 
à Beira do lago dos encantos ficha de trabalho
à Beira do lago dos encantos  ficha de trabalhoà Beira do lago dos encantos  ficha de trabalho
à Beira do lago dos encantos ficha de trabalho
 
L e l 1º ano
L e l 1º anoL e l 1º ano
L e l 1º ano
 
Método de estudo da bíblia
Método de estudo da bíbliaMétodo de estudo da bíblia
Método de estudo da bíblia
 
Worksheet 1
Worksheet 1Worksheet 1
Worksheet 1
 

Último

A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
HisrelBlog
 
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdfAula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Pedro Luis Moraes
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
Manuais Formação
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
Eró Cunha
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Professor Belinaso
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
joseanesouza36
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
lveiga112
 
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
vinibolado86
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
beatrizsilva525654
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Zenir Carmen Bez Trombeta
 
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
JoanaFigueira11
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
fagnerlopes11
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
AmiltonAparecido1
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
fran0410
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 

Último (20)

A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
 
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdfAula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
 
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
 
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 

Ficha de trabalho comunicar melhor

  • 1. Com a minha família ____________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________________ Com alguém que não conheço ______________________________________________________________ ___________________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________________ Com o meu melhor amigo _________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________________ Com a minha professora _________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________________ Quando as pessoas não me ouvem, sinto-me ___________________________________________________ ___________________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________________ Quando não consigo que entendam o que quero dizer, sinto-me _____________________________________ ___________________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________________ Gosto de ouvir quando __________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________________ As pessoas com quem mais gosto de falar são aquelas que ________________________________________ ___________________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________________ Uma coisa que posso fazer para ouvir com mais atenção é _________________________________________ ___________________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________________
  • 2. Observa atentamente as três imagens e através da expressão facial de cada uma delas descreve a sua forma de ser. Felisberta Francisca Florentina ___________________ ___________________ ___________________ ___________________ ___________________ __________________ _ __________________ _ __________________ _ __________________ _ __________________ _ __________________ _ __________________ _ __________________ _ __________________ _ __________________ _ Agora imagina a seguinte situação: “ A Paula acusou a colega de lhe ter tirado um livro da pasta (o que não era verdade) ”. Diz qual seria a reacção da Felisberta, da Francisca e da Florentina. Felisberta Francisca Florentina ___________________ ___________________ ___________________ ___________________ ___________________ ___________________ ___________________ __________________ _ __________________ _ __________________ _ __________________ __________________ _ __________________ _ __________________ _ __________________
  • 3. ___________________ ___________________ ___________________ _ __________________ _ __________________ _ __________________ _ __________________ _ __________________ _ __________________ _ _ __________________ _ __________________ _ __________________ _ __________________ _ __________________ _ __________________ _ Presta atenção à seguinte situação: Na aula de EVT a Joana pediu um marcador emprestado à Luísa. Esta disse-lhe que não os tinha trazido de casa. A Joana não acreditou, ficou furiosa e começou com insultos a dizer que ela era sempre a mesma, mentirosa e egoísta. Perante os insultos da Joana, a Luísa poderia responder de diferentes formas. Lê cada uma das hipóteses e escreve, para cada uma, o que poderia acontecer a seguir ou como se sentiria cada uma delas. Situação Consequências 1- A Luísa levantou-se da cadeira e deu um murro à Joana. 2- A Luísa baixou a cabeça e ficou calada o resto da aula. 3- A Luísa mostrou à colega o estojo dizendo com calma que não era mentirosa. 1- Como ages habitualmente numa situação como está? _______________________________________ _____________________________________________________________________________ _____________________________________________________________________________ _____________________________________________________________________________
  • 4. 2- Em qual das três situações te parece que a Luísa teve o comportamento mais correcto? _____________ _____________________________________________________________________________ _____________________________________________________________________________ _____________________________________________________________________________ 3- Que conclusões podemos tirar desta situação? ___________________________________________ _____________________________________________________________________________ _____________________________________________________________________________ _____________________________________________________________________________ Presta atenção à seguinte situação: O João não encontrou a caneta que tinha deixado em cima da mesa antes do intervalo. Quando estava à procura, viu o Manel a olhar e a rir-se (o Manel por acaso não tinha mexido na caneta). 1- Perante uma mesma situação as pessoas podem reagir de maneiras diferentes. Cada reacção tem as suas consequências. Reflecte sobre o que aconteceria nas duas situações seguintes e refere com as pessoas se sentiriam … … se o João se virasse para o Manel e lhe desse um murro. … se o João tivesse perguntado ao Manel se tinha visto a caneta.
  • 5. 2- Discute agora com o teu colega qual teria sido a forma mais adequada de reagir e regista a vossa opinião. ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ 3- Tenta agora encontrar exemplos do dia-a-dia da vossa vida em que tenham presenciado situações semelhantes. Selecciona uma e regista-a. ____________________________________________ ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ Lê a seguinte situação: O João anda no 6º ano. Ontem na escola, nem ele sabe muito bem porquê, só armou confusões e o dia acabou mal. Logo na primeira aula chegou atrasado porque houve um acidente. A professora de História chamou-o à atenção e ele, que vinha furioso e não achava justo ter tido falta, respondeu-lhe: Que é que quer, não tive culpa”. A professora, claro, não lhe tirou a falta. Entretanto saiu para o intervalo e vieram dizer-lhe que o Pedro tinha dito mal dele. O João não esteve com meias medidas e preparou-se para lhe dar um murro em cheio no nariz. O funcionário, que estava por perto, tratou de os separar e fez uma participação ao Órgão de Gestão. O pior foi quando a Directora de Turma lhe perguntou pela assinatura de um teste que o pai se tinha esquecido de assinar e o João respondeu: “Hoje só me faltava que viesse implicar comigo”. Claro que levou um recado para casa.
  • 6. 1- Em vários momentos do seu dia, o João podia ter dado outro tipo de resposta às situações em que se viu envolvido e teria evitado problemas. Assinala no texto as respostas (por palavras ou actos) que ele deu e que acabariam por lhe trazer grande desconforto. 2- Para cada uma das situações dá uma resposta alternativa que ajudasse o João a não chegar tão mal ao fim do dia. Situação 1 __________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ Situação 2 __________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ Situação 3 __________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ Lê a seguinte situação: O Paulo anda no 6º ano. A escola para ele é uma tortura. Ontem, mal chegou, ao entrar na sala tropeçou no pé do Luís, que de propósito lhe pregou uma rasteira. A professora ralhou-lhes e ele assumiu a culpa porque não quis acusar o colega. Entretanto foi preciso pôr em cima da mesa o material necessário, porque a professora ia confirmar quem tinha trazido tudo. O Rui, que está ao lado do Paulo tirou-lhe o livro e este não lhe disse nada. Claro que teve falta de material. Para terminar, já no recreio, chegou um colega doutra turma ao pé dele e disse-lhe: “Empresta-me o teu telemóvel porque quero fazer um telefonema”. O Paulo, que andava a poupar o saldo, entregou-lhe o telemóvel. No fim do dia estava farto da escola …
  • 7. 1- O Paulo, em vários momentos do seu dia, podia ter dado outro tipo de respostas às situações. Assinala no texto as respostas (por palavras ou actos) que acabaram por fazer com que se sentisse mal. 2- Para cada uma das situações dá uma resposta alternativa que ajudasse o Paulo a não chegar ao fim do dia tão infeliz (não deves, nessa resposta, usar um estilo agressivo). Situação 1 __________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ Situação 2 __________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ Situação 3 __________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ Preenche os espaços, criando frases com sentido, com a ajuda da tabela de emoções (não podes repetir nenhuma). 1- Correu-lhe bem o teste. Ele está _____________________ relativamente ao resultado que vai ter. 2- Soube que o irmão foi suspenso. O João ficou _____________________. 3- A Maria é muito _____________________ e não aceitou o convite. 4- Quando viu que não podia sentiu-se _____________________. 5- O Luís está sempre a querer ter mais que os outros. É muito _____________________.
  • 8. 6- Ao ver a nota fantástica que teve o Rui ficou _____________________. 7- O Luís está sempre a pensar que o pior lhe vai acontecer. É muito _____________________. 8- A Maria está sempre _____________________ nas aulas, não liga nada. 9- Foi acusada injustamente. Ela é _____________________. 10- Estudar muito e não conseguir tirar bons resultados é motivo para ficar _____________________. 11- Ontem no recreio fartaram-se de gozar o João. Ele sentiu-se profundamente _____________________. 12- Tem a mania que sabe tudo. É um _____________________. 13- A Luísa acha que ninguém gosta dela. Sente-se muito _____________________. 14- Acha sempre que tem razão. É uma pessoa muito _____________________. 15- Perante aquilo que viu, a Maria ficou _____________________ de não ter ido. 16- Ninguém consegue fazê-lo sair de casa. Ele está muito _____________________. 17- A nota é determinante para o Paulo transitar de ano. Está _____________________ por saber o que tirou no teste. 18- O Pedro é _____________________. Pensa sempre que lhe vai acontecer o pior. Tabela de Emoções1
  • 9. 1 Adaptado de Korb-Khalsa, K. et al. (1992) Para cada uma destas emoções escreve uma frase que tenha sentido:
  • 10. ____________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________