SlideShare uma empresa Scribd logo
Ferramentas para Modelagem da
Distribuição de Espécies (MDE)
Norton Polo Benito
Embrapa Recursos Genéticos e
Biotecnologia - Brasília
norton.benito@embrapa.br
0
50
100
150
200
250
300
350
JaneiroFevereiro
M
arço
Abril
M
aio
Junho
Julho
AgostoSetem
broO
utubroN
ovem
broD
ezem
bro
FlutuaçãoPopulacional
Conceitos
• Biogeografia;
• Distribuição das espécies. E ambientes com clima
parecido?
Conceitos
• Introdução = Entrada + Estabelecimento;
• Entrada: local de desembarque (porto, aeroporto,
rodovias)
66
Aeroportos
Conceitos
• Estabelecimento depende de condições favoráveis:
clima e hospedeiros;
• Dispersão: ativa ou passiva.
• Danos?;
• Condições climáticas;
• Temperaturas médias
até 25°C (Shi et al., 2010);
• Mudanças de nicho
(Broennimann et al., 2007).
Estabelecimento
Quais informações são necessárias?
• Biologia da espécie: graus-dia, oviposição, tempo de vida,
temperaturas ótimas para desenvolvimento, umidade,
luminosidade etc;
Quais informações são necessárias?
• Locais onde a espécie
foi coletada (dados
de presença) – site
GBIF ou busca em
publicações técnicas
(Georreferenciado);
Quais informações são necessárias?
• Dados climáticos do
Brasil – estações
meteorológicas no
Brasil, dados
interpolados no site
Bioclim (Tmax, Tmin,
Tmed, Prec, Alt e Bios
- Georreferenciados);
Quais informações são necessárias?
• Hospedeiros;
• Produção
Agrícola
Municipal – IBGE.
Modelos matemáticos
A
B
Baixa Média Alta
Probabilidade de ocorrência
C
(A) Favorabilidade climática
obtida usando algoritmo
Climex para Bactrocera
dorsalis;
(B) Modelagem de nicho
ecológico para Bactrocera
invadens, utilizando
algoritmo Maxent;
(C) Modelagem de nicho
ecológico para Bactrocera
carambolae, utilizando
algoritmo GARP.
Possibilidades de uso - Ceratitis capitata
- Quais as regiões favoráveis para o
estabelecimento?;
- As regiões favoráveis coincidem
com prováveis pontos de entrada
ou com áreas de produção?;
- Número de gerações da praga;
- Áreas de monitoramento;
- Rotas e velocidade de dispersão
da praga;
Possibilidades de uso - Ceratitis capitata
Possibilidades de uso
• Mapas de favorabilidade
mensais, número de gerações,
picos populacionais;
• Mapas da favorabilidade
climática diante dos cenários
de mudanças climáticas.
• Embrapa Meio Ambiente;
• Embrapa Monitoramento por Satélite;
• Embrapa Roraima;
• Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia.
Parceiros
Obrigado
norton.benito@embrapa.br

Mais conteúdo relacionado

Destaque

IV WSF, Vilhena - Luis Carlos Ribeiro - Ameaças Fitossanitárias para o Brasil...
IV WSF, Vilhena - Luis Carlos Ribeiro - Ameaças Fitossanitárias para o Brasil...IV WSF, Vilhena - Luis Carlos Ribeiro - Ameaças Fitossanitárias para o Brasil...
IV WSF, Vilhena - Luis Carlos Ribeiro - Ameaças Fitossanitárias para o Brasil...
Oxya Agro e Biociências
 
V WSF, Juazeiro – Beatriz jordão - Controle biológico de moscas-das-frutas
V WSF, Juazeiro –  Beatriz jordão - Controle biológico de moscas-das-frutasV WSF, Juazeiro –  Beatriz jordão - Controle biológico de moscas-das-frutas
V WSF, Juazeiro – Beatriz jordão - Controle biológico de moscas-das-frutas
Oxya Agro e Biociências
 
Sistema de Fiscalização do Comércio de Agrotóxicos no Estado de Rondônia - SI...
Sistema de Fiscalização do Comércio de Agrotóxicos no Estado de Rondônia - SI...Sistema de Fiscalização do Comércio de Agrotóxicos no Estado de Rondônia - SI...
Sistema de Fiscalização do Comércio de Agrotóxicos no Estado de Rondônia - SI...
Oxya Agro e Biociências
 
Retencion en la fuente
Retencion en la fuenteRetencion en la fuente
Retencion en la fuente
Santiago Berrio
 
O intercâmbio e a quarentena de germoplasma vegetal no brasil
O intercâmbio e a quarentena de germoplasma vegetal no brasilO intercâmbio e a quarentena de germoplasma vegetal no brasil
O intercâmbio e a quarentena de germoplasma vegetal no brasil
Renato Ferraz de Arruda Veiga
 
Ciclo biologico nuevo
Ciclo biologico nuevoCiclo biologico nuevo
Ciclo biologico nuevo
roberjesu
 
WMS
WMSWMS

Destaque (7)

IV WSF, Vilhena - Luis Carlos Ribeiro - Ameaças Fitossanitárias para o Brasil...
IV WSF, Vilhena - Luis Carlos Ribeiro - Ameaças Fitossanitárias para o Brasil...IV WSF, Vilhena - Luis Carlos Ribeiro - Ameaças Fitossanitárias para o Brasil...
IV WSF, Vilhena - Luis Carlos Ribeiro - Ameaças Fitossanitárias para o Brasil...
 
V WSF, Juazeiro – Beatriz jordão - Controle biológico de moscas-das-frutas
V WSF, Juazeiro –  Beatriz jordão - Controle biológico de moscas-das-frutasV WSF, Juazeiro –  Beatriz jordão - Controle biológico de moscas-das-frutas
V WSF, Juazeiro – Beatriz jordão - Controle biológico de moscas-das-frutas
 
Sistema de Fiscalização do Comércio de Agrotóxicos no Estado de Rondônia - SI...
Sistema de Fiscalização do Comércio de Agrotóxicos no Estado de Rondônia - SI...Sistema de Fiscalização do Comércio de Agrotóxicos no Estado de Rondônia - SI...
Sistema de Fiscalização do Comércio de Agrotóxicos no Estado de Rondônia - SI...
 
Retencion en la fuente
Retencion en la fuenteRetencion en la fuente
Retencion en la fuente
 
O intercâmbio e a quarentena de germoplasma vegetal no brasil
O intercâmbio e a quarentena de germoplasma vegetal no brasilO intercâmbio e a quarentena de germoplasma vegetal no brasil
O intercâmbio e a quarentena de germoplasma vegetal no brasil
 
Ciclo biologico nuevo
Ciclo biologico nuevoCiclo biologico nuevo
Ciclo biologico nuevo
 
WMS
WMSWMS
WMS
 

Mais de PNMF

Viabilidade econômica de programas de combate a moscas-das-frutas no mundo
Viabilidade econômica de programas de combate a moscas-das-frutas no mundoViabilidade econômica de programas de combate a moscas-das-frutas no mundo
Viabilidade econômica de programas de combate a moscas-das-frutas no mundo
PNMF
 
Emprego da captura massal e iscas tóxicas para o manejo de moscas-das-frutas:...
Emprego da captura massal e iscas tóxicas para o manejo de moscas-das-frutas:...Emprego da captura massal e iscas tóxicas para o manejo de moscas-das-frutas:...
Emprego da captura massal e iscas tóxicas para o manejo de moscas-das-frutas:...
PNMF
 
Controle Biológico de Moscas-das-Frutas
Controle Biológico de Moscas-das-FrutasControle Biológico de Moscas-das-Frutas
Controle Biológico de Moscas-das-Frutas
PNMF
 
Minuta de Projeto Executivo
Minuta de Projeto ExecutivoMinuta de Projeto Executivo
Minuta de Projeto Executivo
PNMF
 
Controle de moscas-das-frutas em área ampla
Controle de moscas-das-frutas em área amplaControle de moscas-das-frutas em área ampla
Controle de moscas-das-frutas em área ampla
PNMF
 
Programa Nacional de Moscas-das-Frutas
Programa Nacional de Moscas-das-FrutasPrograma Nacional de Moscas-das-Frutas
Programa Nacional de Moscas-das-Frutas
PNMF
 
Inovações tecnológicas para o manejo sustentável das moscas-das-frutas (INCT ...
Inovações tecnológicas para o manejo sustentável das moscas-das-frutas (INCT ...Inovações tecnológicas para o manejo sustentável das moscas-das-frutas (INCT ...
Inovações tecnológicas para o manejo sustentável das moscas-das-frutas (INCT ...
PNMF
 
Prevenção da entrada e manejo de pragas quarentenárias: Proposição de arranjo...
Prevenção da entrada e manejo de pragas quarentenárias: Proposição de arranjo...Prevenção da entrada e manejo de pragas quarentenárias: Proposição de arranjo...
Prevenção da entrada e manejo de pragas quarentenárias: Proposição de arranjo...
PNMF
 
Fruticultura Brasileira: patrimônio a preservar
Fruticultura Brasileira: patrimônio a preservarFruticultura Brasileira: patrimônio a preservar
Fruticultura Brasileira: patrimônio a preservar
PNMF
 
Área de Proteção Fitossanitária - a experiência argentina
Área de Proteção Fitossanitária - a experiência argentinaÁrea de Proteção Fitossanitária - a experiência argentina
Área de Proteção Fitossanitária - a experiência argentina
PNMF
 
Manejo Sustentável de Moscas-das-Frutas no Brasil
Manejo Sustentável de Moscas-das-Frutas no BrasilManejo Sustentável de Moscas-das-Frutas no Brasil
Manejo Sustentável de Moscas-das-Frutas no Brasil
PNMF
 

Mais de PNMF (11)

Viabilidade econômica de programas de combate a moscas-das-frutas no mundo
Viabilidade econômica de programas de combate a moscas-das-frutas no mundoViabilidade econômica de programas de combate a moscas-das-frutas no mundo
Viabilidade econômica de programas de combate a moscas-das-frutas no mundo
 
Emprego da captura massal e iscas tóxicas para o manejo de moscas-das-frutas:...
Emprego da captura massal e iscas tóxicas para o manejo de moscas-das-frutas:...Emprego da captura massal e iscas tóxicas para o manejo de moscas-das-frutas:...
Emprego da captura massal e iscas tóxicas para o manejo de moscas-das-frutas:...
 
Controle Biológico de Moscas-das-Frutas
Controle Biológico de Moscas-das-FrutasControle Biológico de Moscas-das-Frutas
Controle Biológico de Moscas-das-Frutas
 
Minuta de Projeto Executivo
Minuta de Projeto ExecutivoMinuta de Projeto Executivo
Minuta de Projeto Executivo
 
Controle de moscas-das-frutas em área ampla
Controle de moscas-das-frutas em área amplaControle de moscas-das-frutas em área ampla
Controle de moscas-das-frutas em área ampla
 
Programa Nacional de Moscas-das-Frutas
Programa Nacional de Moscas-das-FrutasPrograma Nacional de Moscas-das-Frutas
Programa Nacional de Moscas-das-Frutas
 
Inovações tecnológicas para o manejo sustentável das moscas-das-frutas (INCT ...
Inovações tecnológicas para o manejo sustentável das moscas-das-frutas (INCT ...Inovações tecnológicas para o manejo sustentável das moscas-das-frutas (INCT ...
Inovações tecnológicas para o manejo sustentável das moscas-das-frutas (INCT ...
 
Prevenção da entrada e manejo de pragas quarentenárias: Proposição de arranjo...
Prevenção da entrada e manejo de pragas quarentenárias: Proposição de arranjo...Prevenção da entrada e manejo de pragas quarentenárias: Proposição de arranjo...
Prevenção da entrada e manejo de pragas quarentenárias: Proposição de arranjo...
 
Fruticultura Brasileira: patrimônio a preservar
Fruticultura Brasileira: patrimônio a preservarFruticultura Brasileira: patrimônio a preservar
Fruticultura Brasileira: patrimônio a preservar
 
Área de Proteção Fitossanitária - a experiência argentina
Área de Proteção Fitossanitária - a experiência argentinaÁrea de Proteção Fitossanitária - a experiência argentina
Área de Proteção Fitossanitária - a experiência argentina
 
Manejo Sustentável de Moscas-das-Frutas no Brasil
Manejo Sustentável de Moscas-das-Frutas no BrasilManejo Sustentável de Moscas-das-Frutas no Brasil
Manejo Sustentável de Moscas-das-Frutas no Brasil
 

Ferramentas para Modelagem da Distribuição de Espécies (MDE)

  • 1. Ferramentas para Modelagem da Distribuição de Espécies (MDE) Norton Polo Benito Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia - Brasília norton.benito@embrapa.br 0 50 100 150 200 250 300 350 JaneiroFevereiro M arço Abril M aio Junho Julho AgostoSetem broO utubroN ovem broD ezem bro FlutuaçãoPopulacional
  • 2. Conceitos • Biogeografia; • Distribuição das espécies. E ambientes com clima parecido?
  • 3. Conceitos • Introdução = Entrada + Estabelecimento; • Entrada: local de desembarque (porto, aeroporto, rodovias) 66 Aeroportos
  • 4. Conceitos • Estabelecimento depende de condições favoráveis: clima e hospedeiros; • Dispersão: ativa ou passiva.
  • 5. • Danos?; • Condições climáticas; • Temperaturas médias até 25°C (Shi et al., 2010); • Mudanças de nicho (Broennimann et al., 2007). Estabelecimento
  • 6. Quais informações são necessárias? • Biologia da espécie: graus-dia, oviposição, tempo de vida, temperaturas ótimas para desenvolvimento, umidade, luminosidade etc;
  • 7. Quais informações são necessárias? • Locais onde a espécie foi coletada (dados de presença) – site GBIF ou busca em publicações técnicas (Georreferenciado);
  • 8. Quais informações são necessárias? • Dados climáticos do Brasil – estações meteorológicas no Brasil, dados interpolados no site Bioclim (Tmax, Tmin, Tmed, Prec, Alt e Bios - Georreferenciados);
  • 9. Quais informações são necessárias? • Hospedeiros; • Produção Agrícola Municipal – IBGE.
  • 10. Modelos matemáticos A B Baixa Média Alta Probabilidade de ocorrência C (A) Favorabilidade climática obtida usando algoritmo Climex para Bactrocera dorsalis; (B) Modelagem de nicho ecológico para Bactrocera invadens, utilizando algoritmo Maxent; (C) Modelagem de nicho ecológico para Bactrocera carambolae, utilizando algoritmo GARP.
  • 11. Possibilidades de uso - Ceratitis capitata
  • 12. - Quais as regiões favoráveis para o estabelecimento?; - As regiões favoráveis coincidem com prováveis pontos de entrada ou com áreas de produção?; - Número de gerações da praga; - Áreas de monitoramento; - Rotas e velocidade de dispersão da praga; Possibilidades de uso - Ceratitis capitata
  • 13. Possibilidades de uso • Mapas de favorabilidade mensais, número de gerações, picos populacionais; • Mapas da favorabilidade climática diante dos cenários de mudanças climáticas.
  • 14.
  • 15. • Embrapa Meio Ambiente; • Embrapa Monitoramento por Satélite; • Embrapa Roraima; • Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia. Parceiros