SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 2
Baixar para ler offline
AMEOPOEMA
Edição 089 - março de 2022 - Ouro Preto - MG
O projeto busca a ampliação do acesso cultural
e literário para a população residente em
áreas pouco assistidas por serviços públicos,
artísticos e culturais.
Dentre as propostas trazidas pelo AMEOPOEMA,
estão atividades de estímulo à leitura,
escrita, criação artística e geração de renda,
além de reforço escolar. PARTICIPE
PROJETO DE EXTENSÃO AMEOPOEMA
.
.
.
Jerusa Furbino
facebook.com/jerusa.furbino
Acordei sangrando mais que um
[javali abatido!
Nem foi por intenção escolher uma
[lingerie vermelha.
Conjunção sol e sol, é fogo, baby!
Nem de longe pareço a Kátia Flávia.
(Loiraça belzebu)
Penso se serei bloqueada por expor
[essa questão;
Também não sou Rita Lee.
"Todo mês sangra...'
Às vezes, todo dia.
Enfim.
A arte da faxina está em ouvir
[Santa Esmeralda; antes da
[varandinha, e depois da cozinha.
Samuel, me deu a honra de conceber
[alguns passos.
Mas a dor lombar, me tira o tesão.
Mastigo um biscoito, coloco molho
[de alho.
Desatino é meu segundo nome.
Imagine na Jamaica!
Valeria Duarte
facebook.com/valeria.duarte.712
Vejo os olhos tristes das crianças
[e adolescentes
sem contas pra pagar
Vejo os olhos sofridos das mulheres
[e homens
cheios de contas pra pagar
Dizem que o dinheiro move o mundo
Dizem que o sucesso é material
Os olhos das pessoas estão tristes
Morremos em massa
No fundo de cada olhar existe uma
[mancha de dor
Eu sou a que no mundo anda perdida,
Eu sou a que na vida não tem norte,
Sou a irmã do Sonho,e desta sorte
Sou a crucificada … a dolorida …
Sombra de névoa tênue e esvaecida,
E que o destino amargo, triste e forte,
Impele brutalmente para a morte!
Alma de luto sempre incompreendida!…
Sou aquela que passa e ninguém vê…
Sou a que chamam triste sem o ser…
Sou a que chora sem saber porquê…
Sou talvez a visão que Alguém sonhou,
Alguém que veio ao mundo pra me ver,
E que nunca na vida me encontrou!
Florbela Espanca
eu
fb.com/ameopoema || @ameopoemaeditora
$
BY ND
=
NC
cc _
Edição: Esitora AMEOPOEMA (@ameopoemaeditora
Coordenação: Editora AMEOPOEMA.
Circulação (impressa e E-book): Ouro Preto, Mariana (MG)
Conselho Editorial: (curadoria desta edição) Flávia Alves Santos
Exemplares na pRAÇA: 1000 (distribuídos gratuitamente).
Participação: Jerusa Furbino a
, Valeria Duarte, Florbela Espanc
Gabriella Casanova, Carolina Maria de Jesus, Proj. de Ext. AMEOPOEMA.
Publicação sem fins lucrativos, feita artesanalmente, com amor
e vontade de circular ideias e fomentar a produção literária em
Ouro Preto e região. PARTICIPE, ENVIE SEU MATERIAL
ameopoemaeditora@gmail.com || fb.com/ameopoema
AMEOPO MA
E
E AMEOPO MA
E
E AMEOPO MA
E
E AMEOPO MA
E
E
acesse: www.ameopoema.com.br
CAPA: Marcelo Negrão Artur
‘‘Demônios e poetas nunca tiram férias’’,
já dizia Rômulo Ferreira. Mulheres também não,
tem dito o mundo. Ser mulher, querer se tornar
uma ... A trajetória é longa, tal
vez infinita, em
todo caso se estende ainda hoje com um extenso
caminhar pela frente. Mês da mulher, dia da
mulher, dia de controvérsias. Muito já foi dito,
muito falta se fazer. Tornar menor a distância
entre o que pensamos, falamos e o que externamos
em atos. Apoiamos a maior visibilidade do
significado social e político do dia das
mulheres, e desejamos um caminhar e consciência
mais igualitários entre gêneros.
Mais voz, mais representatividade, mais
espaços, mais liberdade, e acima de tudo, muito
mais respeito às diferentes mulheres. Menos
flores e mais respeito, algumas dizem... Queremos
oferecer mais flores e mais respeito, e dedicamos
este fanzine AMEOPOEMA Edição 089 a todas
elas. Oferecemos flores e poesia -não como
sinônimo de fragilidade - como lembrança de
resistência, desabrochar, beleza, ciclos,
sensibilidade. A você que luta todos os dias
para ser, uma flor e muita poesia.
FAS
Eu sou a flor mais formosa
Disse a rosa
Vaidosa!
Sou a musa do poeta.
Por todos su contemplada
E adorada.
A rainha predileta.
Minhas pétalas aveludadas
São perfumadas
E acariciadas.
Que aroma rescendente:
Para que me serve esta essência,
Se a existência
Não me é concernente...
Quando surgem as rajadas
Sou desfolhada
Espalhada
Minha vida é um segundo.
Transitivo é meu viver
De ser...
A flor rainha do mundo.
A ROSA
Carolina Maria de Jesus, em Antologia
pessoal. (Organização José Carlos Sebe Bom
Meihy). Rio de Janeiro: Editora UFRJ, 1996.
[sobre existir violentamente:]
.ter submerso o corpo em névoa e nervos
profundo e subversivo toque de água
[rasa
.ser flor de pele costurada em sangue,
[sal e vermelho-sol
.sentir cada uma das fomes sutis em
[ventres partidos de muitas chegadas
.desejar alcançar a carne nua que
[repousa
e toda ânsia da alma pagã
.saber o vestir da pele em veludo e vozes
e vulvas violentadas entrelaçadas em
[necrópoles de sol negro
.emergir do caos no grito
.alcançar o outro por completo e em dobro
.burlar as herméticas leis do infinito
.atracar o mesmo barco em ancoradouros
[distintos...
e o poema vai sendo escrito a duas ou
[quatro
[seis, oito, mil!,
quantas mãos houverem tocado o corpo
[lírico
nasce jorrando feito gozo ou vômito,
rasgando o canal,
fazendo resplandecido ou enojado o
[receptor...
é música para meus ouvidos!
uma dor sustenida
sustentada na tempestuosa potência de
[uma clave sem sol.
Gabriella Casanova

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Enem e Língua Portuguesa
Enem e Língua PortuguesaEnem e Língua Portuguesa
Enem e Língua Portuguesa
Ladjane Pereira
 

Mais procurados (20)

Ameopoema 066 maio 2020
Ameopoema 066 maio 2020Ameopoema 066 maio 2020
Ameopoema 066 maio 2020
 
Ameopoema 068 junho 2020
Ameopoema 068 junho 2020Ameopoema 068 junho 2020
Ameopoema 068 junho 2020
 
Fanzine AMEOPOEMA Edição 063
Fanzine AMEOPOEMA Edição 063Fanzine AMEOPOEMA Edição 063
Fanzine AMEOPOEMA Edição 063
 
Ameopoema 070 Outubro de 2020
Ameopoema 070 Outubro de 2020Ameopoema 070 Outubro de 2020
Ameopoema 070 Outubro de 2020
 
Ameopoema 071 novembro 2020
Ameopoema 071 novembro 2020Ameopoema 071 novembro 2020
Ameopoema 071 novembro 2020
 
Ameopoema edição 061
Ameopoema edição 061Ameopoema edição 061
Ameopoema edição 061
 
Ameopoema 067 junho 2020
Ameopoema 067 junho 2020Ameopoema 067 junho 2020
Ameopoema 067 junho 2020
 
Ameopoema 069 setembro 2020
Ameopoema 069 setembro 2020Ameopoema 069 setembro 2020
Ameopoema 069 setembro 2020
 
FANZINE AMEOPOEMA # 079 Edição maio 2021
FANZINE AMEOPOEMA # 079   Edição maio 2021FANZINE AMEOPOEMA # 079   Edição maio 2021
FANZINE AMEOPOEMA # 079 Edição maio 2021
 
Ameopoema 072 dezembro 2020
Ameopoema 072 dezembro 2020Ameopoema 072 dezembro 2020
Ameopoema 072 dezembro 2020
 
Acre e-book nº 023 (outubro, novembro, dezembro 2021)
Acre e-book nº 023 (outubro, novembro, dezembro 2021)Acre e-book nº 023 (outubro, novembro, dezembro 2021)
Acre e-book nº 023 (outubro, novembro, dezembro 2021)
 
AfroPoemas 10 anos, nov 2021
AfroPoemas 10 anos, nov 2021AfroPoemas 10 anos, nov 2021
AfroPoemas 10 anos, nov 2021
 
Acre 019 outubro, novembro dezembro 2020 ebook
Acre 019   outubro, novembro dezembro 2020 ebookAcre 019   outubro, novembro dezembro 2020 ebook
Acre 019 outubro, novembro dezembro 2020 ebook
 
QUESTÕES ENEM
QUESTÕES ENEM QUESTÕES ENEM
QUESTÕES ENEM
 
Espetáculos de parcerias
Espetáculos de parceriasEspetáculos de parcerias
Espetáculos de parcerias
 
Enem e Língua Portuguesa
Enem e Língua PortuguesaEnem e Língua Portuguesa
Enem e Língua Portuguesa
 
Acre 016+1 e book - abril, maio e junho 2020
Acre 016+1 e book - abril, maio e junho 2020Acre 016+1 e book - abril, maio e junho 2020
Acre 016+1 e book - abril, maio e junho 2020
 
Acre 018 julho, agosto, setembro de 2020 ebook
Acre 018 julho, agosto, setembro de 2020 ebookAcre 018 julho, agosto, setembro de 2020 ebook
Acre 018 julho, agosto, setembro de 2020 ebook
 
Fanzine sacb bh finalizado
Fanzine sacb bh finalizadoFanzine sacb bh finalizado
Fanzine sacb bh finalizado
 
Gabarito Comentado - Questões do ENEM - Linguagens
Gabarito Comentado - Questões do ENEM - LinguagensGabarito Comentado - Questões do ENEM - Linguagens
Gabarito Comentado - Questões do ENEM - Linguagens
 

Semelhante a FANZINE AMEOPOEMA #089 - Março 2022

Passageiros do Tempo
Passageiros do TempoPassageiros do Tempo
Passageiros do Tempo
poetadorock
 

Semelhante a FANZINE AMEOPOEMA #089 - Março 2022 (20)

FANZINE AMEOPOEMA #093 - Agosto 2022
FANZINE AMEOPOEMA #093 - Agosto 2022FANZINE AMEOPOEMA #093 - Agosto 2022
FANZINE AMEOPOEMA #093 - Agosto 2022
 
Livro Itinerância Poética
Livro Itinerância PoéticaLivro Itinerância Poética
Livro Itinerância Poética
 
Fanzine AMEOPOEMA + Sarau invasor edição 57
Fanzine AMEOPOEMA + Sarau  invasor edição 57Fanzine AMEOPOEMA + Sarau  invasor edição 57
Fanzine AMEOPOEMA + Sarau invasor edição 57
 
Suplemento Acre 028 - Maio, junho e Julho 2023
Suplemento Acre 028 - Maio, junho e Julho 2023Suplemento Acre 028 - Maio, junho e Julho 2023
Suplemento Acre 028 - Maio, junho e Julho 2023
 
Passageiros do Tempo
Passageiros do TempoPassageiros do Tempo
Passageiros do Tempo
 
FANZINE AMEOPOEMA #100 - abril 2023
FANZINE AMEOPOEMA #100 - abril 2023FANZINE AMEOPOEMA #100 - abril 2023
FANZINE AMEOPOEMA #100 - abril 2023
 
AfroPoemas, nov 2022
AfroPoemas, nov 2022AfroPoemas, nov 2022
AfroPoemas, nov 2022
 
Proet@sias, livrozine de Odé Amorim
Proet@sias, livrozine de Odé AmorimProet@sias, livrozine de Odé Amorim
Proet@sias, livrozine de Odé Amorim
 
Fernando Pessoa Heterónimos
Fernando Pessoa   HeterónimosFernando Pessoa   Heterónimos
Fernando Pessoa Heterónimos
 
FPessoa Heterónimos
FPessoa HeterónimosFPessoa Heterónimos
FPessoa Heterónimos
 
Fernando Pessoa - Heterónimos
Fernando Pessoa - HeterónimosFernando Pessoa - Heterónimos
Fernando Pessoa - Heterónimos
 
FANZINE AMEOPOEMA 076 Especial "Nós, as poetas!" (parte 01)
FANZINE AMEOPOEMA 076  Especial  "Nós, as poetas!" (parte 01)FANZINE AMEOPOEMA 076  Especial  "Nós, as poetas!" (parte 01)
FANZINE AMEOPOEMA 076 Especial "Nós, as poetas!" (parte 01)
 
FANZINE AMEOPOEMA 076 Especial "Nós, as poetas!" (parte 02)
FANZINE AMEOPOEMA 076 Especial "Nós, as poetas!" (parte 02)FANZINE AMEOPOEMA 076 Especial "Nós, as poetas!" (parte 02)
FANZINE AMEOPOEMA 076 Especial "Nós, as poetas!" (parte 02)
 
Ameopoema 0033 janeiro 2015
Ameopoema 0033 janeiro 2015Ameopoema 0033 janeiro 2015
Ameopoema 0033 janeiro 2015
 
Ameopoema 0029 julho 2014
Ameopoema 0029 julho 2014Ameopoema 0029 julho 2014
Ameopoema 0029 julho 2014
 
Ameopoema 0029 julho 2014
Ameopoema 0029 julho 2014Ameopoema 0029 julho 2014
Ameopoema 0029 julho 2014
 
AfroPoemas expocupacão AfroEscola em Palavras, jun 2018
AfroPoemas expocupacão AfroEscola em Palavras, jun 2018AfroPoemas expocupacão AfroEscola em Palavras, jun 2018
AfroPoemas expocupacão AfroEscola em Palavras, jun 2018
 
AfroPoemas, Biblioteca CEU 3 Pontes, nov 2011
AfroPoemas, Biblioteca CEU 3 Pontes, nov 2011AfroPoemas, Biblioteca CEU 3 Pontes, nov 2011
AfroPoemas, Biblioteca CEU 3 Pontes, nov 2011
 
Manuel antonio pina 18-11-2013
Manuel antonio pina 18-11-2013Manuel antonio pina 18-11-2013
Manuel antonio pina 18-11-2013
 
AfroPoemas
AfroPoemasAfroPoemas
AfroPoemas
 

Mais de AMEOPOEMA Editora

Mais de AMEOPOEMA Editora (20)

FANZINE AMEOPOEMA #107 - edição de abril 2024
FANZINE AMEOPOEMA #107 - edição de abril 2024FANZINE AMEOPOEMA #107 - edição de abril 2024
FANZINE AMEOPOEMA #107 - edição de abril 2024
 
FANZINE AMEOPOEMA #106 - circulação: março de 2024
FANZINE AMEOPOEMA #106 - circulação: março de 2024FANZINE AMEOPOEMA #106 - circulação: março de 2024
FANZINE AMEOPOEMA #106 - circulação: março de 2024
 
Suplemento Acre 031 - fevereiro e março 2024
Suplemento Acre 031 - fevereiro e março 2024Suplemento Acre 031 - fevereiro e março 2024
Suplemento Acre 031 - fevereiro e março 2024
 
FANZINE AMEOPOEMA #105 -fevereiro 2024
FANZINE AMEOPOEMA #105 -fevereiro 2024FANZINE AMEOPOEMA #105 -fevereiro 2024
FANZINE AMEOPOEMA #105 -fevereiro 2024
 
Sem Trégua Zine #3 2024
Sem Trégua Zine #3 2024Sem Trégua Zine #3 2024
Sem Trégua Zine #3 2024
 
FANZINE AMEOPOEMA #103 - dezembro 2023
FANZINE AMEOPOEMA #103 - dezembro 2023FANZINE AMEOPOEMA #103 - dezembro 2023
FANZINE AMEOPOEMA #103 - dezembro 2023
 
Suplemento Acre 030 - novembro e dezembro 2023
Suplemento Acre 030 - novembro e dezembro 2023Suplemento Acre 030 - novembro e dezembro 2023
Suplemento Acre 030 - novembro e dezembro 2023
 
Fanzine Sinfonia do Kaos #3 (2023)
Fanzine Sinfonia do Kaos #3 (2023)Fanzine Sinfonia do Kaos #3 (2023)
Fanzine Sinfonia do Kaos #3 (2023)
 
Suplemento Acre 029 - Agosto, setembro e outubro 2023
Suplemento Acre 029 - Agosto, setembro e outubro 2023Suplemento Acre 029 - Agosto, setembro e outubro 2023
Suplemento Acre 029 - Agosto, setembro e outubro 2023
 
FANZINE AMEOPOEMA #102 - agosto 2023
FANZINE AMEOPOEMA #102 - agosto 2023FANZINE AMEOPOEMA #102 - agosto 2023
FANZINE AMEOPOEMA #102 - agosto 2023
 
FANZINE AMEOPOEMA #101 - julho 2023
FANZINE AMEOPOEMA #101 - julho 2023FANZINE AMEOPOEMA #101 - julho 2023
FANZINE AMEOPOEMA #101 - julho 2023
 
FANZINE AMEOPOEMA #099 - fevereiro 2023
FANZINE AMEOPOEMA #099 - fevereiro 2023FANZINE AMEOPOEMA #099 - fevereiro 2023
FANZINE AMEOPOEMA #099 - fevereiro 2023
 
Suplemento Acre 027 - Fevereiro + março 2023
Suplemento Acre 027 - Fevereiro + março 2023Suplemento Acre 027 - Fevereiro + março 2023
Suplemento Acre 027 - Fevereiro + março 2023
 
FANZINE AMEOPOEMA #098 - janeiro 2023
FANZINE AMEOPOEMA #098 - janeiro 2023FANZINE AMEOPOEMA #098 - janeiro 2023
FANZINE AMEOPOEMA #098 - janeiro 2023
 
FANZINE AMEOPOEMA #097 - Dezembro 2022
FANZINE AMEOPOEMA #097 - Dezembro 2022FANZINE AMEOPOEMA #097 - Dezembro 2022
FANZINE AMEOPOEMA #097 - Dezembro 2022
 
FANZINE AMEOPOEMA #096 - Novembro 2022
FANZINE AMEOPOEMA #096 - Novembro 2022FANZINE AMEOPOEMA #096 - Novembro 2022
FANZINE AMEOPOEMA #096 - Novembro 2022
 
Acre e-book nº 026 (outubro, novembro e dezembro 2022)
Acre e-book nº 026 (outubro, novembro e dezembro 2022)Acre e-book nº 026 (outubro, novembro e dezembro 2022)
Acre e-book nº 026 (outubro, novembro e dezembro 2022)
 
FANZINE AMEOPOEMA #095 - Outubro 2022
FANZINE AMEOPOEMA #095 - Outubro 2022FANZINE AMEOPOEMA #095 - Outubro 2022
FANZINE AMEOPOEMA #095 - Outubro 2022
 
FANZINE AMEOPOEMA #094 - Setembro 2022
FANZINE AMEOPOEMA #094 - Setembro 2022FANZINE AMEOPOEMA #094 - Setembro 2022
FANZINE AMEOPOEMA #094 - Setembro 2022
 
FANZINE AMEOPOEMA #092 - Julho 2022
FANZINE AMEOPOEMA #092 - Julho 2022FANZINE AMEOPOEMA #092 - Julho 2022
FANZINE AMEOPOEMA #092 - Julho 2022
 

FANZINE AMEOPOEMA #089 - Março 2022

  • 1. AMEOPOEMA Edição 089 - março de 2022 - Ouro Preto - MG O projeto busca a ampliação do acesso cultural e literário para a população residente em áreas pouco assistidas por serviços públicos, artísticos e culturais. Dentre as propostas trazidas pelo AMEOPOEMA, estão atividades de estímulo à leitura, escrita, criação artística e geração de renda, além de reforço escolar. PARTICIPE PROJETO DE EXTENSÃO AMEOPOEMA . . . Jerusa Furbino facebook.com/jerusa.furbino Acordei sangrando mais que um [javali abatido! Nem foi por intenção escolher uma [lingerie vermelha. Conjunção sol e sol, é fogo, baby! Nem de longe pareço a Kátia Flávia. (Loiraça belzebu) Penso se serei bloqueada por expor [essa questão; Também não sou Rita Lee. "Todo mês sangra...' Às vezes, todo dia. Enfim. A arte da faxina está em ouvir [Santa Esmeralda; antes da [varandinha, e depois da cozinha. Samuel, me deu a honra de conceber [alguns passos. Mas a dor lombar, me tira o tesão. Mastigo um biscoito, coloco molho [de alho. Desatino é meu segundo nome. Imagine na Jamaica! Valeria Duarte facebook.com/valeria.duarte.712 Vejo os olhos tristes das crianças [e adolescentes sem contas pra pagar Vejo os olhos sofridos das mulheres [e homens cheios de contas pra pagar Dizem que o dinheiro move o mundo Dizem que o sucesso é material Os olhos das pessoas estão tristes Morremos em massa No fundo de cada olhar existe uma [mancha de dor Eu sou a que no mundo anda perdida, Eu sou a que na vida não tem norte, Sou a irmã do Sonho,e desta sorte Sou a crucificada … a dolorida … Sombra de névoa tênue e esvaecida, E que o destino amargo, triste e forte, Impele brutalmente para a morte! Alma de luto sempre incompreendida!… Sou aquela que passa e ninguém vê… Sou a que chamam triste sem o ser… Sou a que chora sem saber porquê… Sou talvez a visão que Alguém sonhou, Alguém que veio ao mundo pra me ver, E que nunca na vida me encontrou! Florbela Espanca eu fb.com/ameopoema || @ameopoemaeditora
  • 2. $ BY ND = NC cc _ Edição: Esitora AMEOPOEMA (@ameopoemaeditora Coordenação: Editora AMEOPOEMA. Circulação (impressa e E-book): Ouro Preto, Mariana (MG) Conselho Editorial: (curadoria desta edição) Flávia Alves Santos Exemplares na pRAÇA: 1000 (distribuídos gratuitamente). Participação: Jerusa Furbino a , Valeria Duarte, Florbela Espanc Gabriella Casanova, Carolina Maria de Jesus, Proj. de Ext. AMEOPOEMA. Publicação sem fins lucrativos, feita artesanalmente, com amor e vontade de circular ideias e fomentar a produção literária em Ouro Preto e região. PARTICIPE, ENVIE SEU MATERIAL ameopoemaeditora@gmail.com || fb.com/ameopoema AMEOPO MA E E AMEOPO MA E E AMEOPO MA E E AMEOPO MA E E acesse: www.ameopoema.com.br CAPA: Marcelo Negrão Artur ‘‘Demônios e poetas nunca tiram férias’’, já dizia Rômulo Ferreira. Mulheres também não, tem dito o mundo. Ser mulher, querer se tornar uma ... A trajetória é longa, tal vez infinita, em todo caso se estende ainda hoje com um extenso caminhar pela frente. Mês da mulher, dia da mulher, dia de controvérsias. Muito já foi dito, muito falta se fazer. Tornar menor a distância entre o que pensamos, falamos e o que externamos em atos. Apoiamos a maior visibilidade do significado social e político do dia das mulheres, e desejamos um caminhar e consciência mais igualitários entre gêneros. Mais voz, mais representatividade, mais espaços, mais liberdade, e acima de tudo, muito mais respeito às diferentes mulheres. Menos flores e mais respeito, algumas dizem... Queremos oferecer mais flores e mais respeito, e dedicamos este fanzine AMEOPOEMA Edição 089 a todas elas. Oferecemos flores e poesia -não como sinônimo de fragilidade - como lembrança de resistência, desabrochar, beleza, ciclos, sensibilidade. A você que luta todos os dias para ser, uma flor e muita poesia. FAS Eu sou a flor mais formosa Disse a rosa Vaidosa! Sou a musa do poeta. Por todos su contemplada E adorada. A rainha predileta. Minhas pétalas aveludadas São perfumadas E acariciadas. Que aroma rescendente: Para que me serve esta essência, Se a existência Não me é concernente... Quando surgem as rajadas Sou desfolhada Espalhada Minha vida é um segundo. Transitivo é meu viver De ser... A flor rainha do mundo. A ROSA Carolina Maria de Jesus, em Antologia pessoal. (Organização José Carlos Sebe Bom Meihy). Rio de Janeiro: Editora UFRJ, 1996. [sobre existir violentamente:] .ter submerso o corpo em névoa e nervos profundo e subversivo toque de água [rasa .ser flor de pele costurada em sangue, [sal e vermelho-sol .sentir cada uma das fomes sutis em [ventres partidos de muitas chegadas .desejar alcançar a carne nua que [repousa e toda ânsia da alma pagã .saber o vestir da pele em veludo e vozes e vulvas violentadas entrelaçadas em [necrópoles de sol negro .emergir do caos no grito .alcançar o outro por completo e em dobro .burlar as herméticas leis do infinito .atracar o mesmo barco em ancoradouros [distintos... e o poema vai sendo escrito a duas ou [quatro [seis, oito, mil!, quantas mãos houverem tocado o corpo [lírico nasce jorrando feito gozo ou vômito, rasgando o canal, fazendo resplandecido ou enojado o [receptor... é música para meus ouvidos! uma dor sustenida sustentada na tempestuosa potência de [uma clave sem sol. Gabriella Casanova