SlideShare uma empresa Scribd logo
Família Uma Lei Divina de
Amor_ Um olhar de amor para todas as gerações:

G.E.M.DAVID
ORIGEM DIVINA DA
FAMÍLIA
Temos, dessa forma, no
Temos, dessa forma, no
instituto doméstico uma
instituto doméstico uma
organização de origem divina,
organização de origem divina,
em cujo seio encontramos os
em cujo seio encontramos os
instrumentos necessários ao
instrumentos necessários ao
nosso próprio aprimoramento
nosso próprio aprimoramento
para a edificação do Mundo
para a edificação do Mundo
Melhor.
Melhor. Emmanuel/ F.C.Xavier,
Vida e Sexo, Ed. FEB

G.E.M.DAVID
PAPEL DA FAMÍLIA
“De todos os institutos sociais
“De todos os institutos sociais
existentes na Terra, a família é o mais
existentes na Terra, a família é o mais
importante, do ponto de vista dos
importante, do ponto de vista dos
alicerces morais que regem a vida.”
alicerces morais que regem a vida.”
(Emmanuel, F.C. Xavier.“Vida e Sexo”, Ed. FEB)
(Emmanuel, F.C. Xavier.“Vida e Sexo”, Ed. FEB)

G.E.M.DAVID
VISÃO ESPÍRITA DA
FAMÍLIA-BÊNÇÃO
“A família é, pois, um grupo que
“A família é, pois, um grupo que
caminha, oferecendo mútuo
caminha, oferecendo mútuo
amparo, revezando-se aqui na
amparo, revezando-se aqui na
Terra e no Além, uns na carne,
Terra e no Além, uns na carne,
outros em espírito.”
outros em espírito.”
Hermínio C. Miranda,
Hermínio C. Miranda,
“Candeias na Noite Escura”, Ed. FEB
“Candeias na Noite Escura”, Ed. FEB
G.E.M.DAVID


Qual seria, para a sociedade, o resultado
do relaxamento dos laços de família?



L.E:775



R:Uma recrudescência do egoísmo.

G.E.M.DAVID
VISÃO ESPÍRITA DA
FAMÍLIA-PROVAÇÃO

Na maioria das vezes, a família é
Na maioria das vezes, a família é
formada para auxiliar os equivocados
formada para auxiliar os equivocados
a se recuperarem dos erros morais, a
a se recuperarem dos erros morais, a
repararem danos que foram causados
repararem danos que foram causados
em outras tentativas nas quais
em outras tentativas nas quais
malograram.
malograram.
Joanna de Ângelis/D. Franco.
Joanna de Ângelis/D. Franco.
Adolescência e Vida,
Adolescência e Vida,
G.E.M.DAVID
Ed. LEAL
Ed. LEAL
EM SÍNTESE ...
A família, desse modo, é o laboratório
moral para as experiências da evolução,
que caldeia os sentimentos e trabalha as
emoções, proporcionando oportunidade
de equilíbrio, desde que o amor seja
aceito como o grande equacionador dos
desafios e das dificuldades.
Joanna de Ângelis/D. Franco.
Adolescência e Vida, Ed. LEAL.
G.E.M.DAVID
L.E Cap: VII – Simpatias e Antipatias Terrenas
Qual é, para o Espírito o, a utilidade de passar pela infância ?
R: Encarnando-se com fim de se aperfeiçoar. O Espirito
durante esse período, é mais acessível às impressões que
recebe, capazes de lhe auxiliarem o adiantamento, para o que
devem contribuir os incumbidos de educá-lo.(E.L_383)
Qual o motivo da mudança que se opera em seu caráter a uma certa
idade, e particularmente aos sair da adolescência? É o espirito que se
modifica ?
R:O espírito mostra tal qual era.
As crianças são seres que Deus manda a novas existências, dando-lhes
aspectos de inocência.
Nessa fase [infância] é que se lhes pode reformar os caracteres e
reprimir os maus pendores.(L.E_385)
G.E.M.DAVID
PATERNIDADE E MATERNIDADE
• Das Parecenças Físicas e Morais –L.E 2ª parte
• O espirito dos pais exercem influencia sobre os dos filhos , após o
•

•
•

nascimento ? (L.E.,208)
R: Exercem e muito.... Os Espíritos dos pais têm por missão desenvolver
os de seus filhos pela educação. Tornar-se-ão culpados, se vierem a falir
no seu desempenho.
Os pais pelo pensamento e pelas preces poderão atrair para o corpo do
filho um espirito melhor ? (L.E.210)
R: Não. Mas poderão trabalhar para melhorar o espirito da criança que
reencarnou como seu filho , esse é seu dever .
L.E_ 2ª Parte/Cap IV_Da Pluralidade das existências

G.E.M.DAVID
ORIENTAÇÕES DO ESE
Cap XIV _ Honra teu Pai e Tua Mãe

• O pai não cria o Espírito do filho mas cumprelhe auxiliar o desenvolvimento intelectual e
moral do filho para fazê-lo progredir.
• Os pais devem aplicar-se ao estudo dos bons
e maus instintos que os filhos trazem das
existências anteriores.
• Os vossos cuidados e a educação que lhe
dareis auxiliarão o seu aperfeiçoamento e seu
bem-estar futuro.
( item 8.”Parentesco Corporal e Espiritual)
G.E.M.DAVID
O que é a família terrena?

A família terrena permite o reajuste através da
reencarnação, dissolvendo as mágoas e liquidando
as contas. (Na Era dos Espíritos – Chico Xavier e Herculano Pires; Espírito Irmão Saulo)




A família é a escola de aprendizagem e redenção
futura (S.O.S. Família – Divaldo Pereira Franco & Joanna de Ângelis)
G.E.M.DAVID


18. OS LAÇOS DE FAMÍLIA NÃO
SOFREM DESTRUIÇÃO ALGUMA
COM A REENCARNAÇÃO, COMO
O PENSAM CERTAS PESSOAS.



.AO CONTRÁRIO, TORNAM-SE
MAIS FORTALECIDOS E
APERTADOS. O PRINCÍPIO
OPOSTO, SIM, OS DESTRÓI.

ALLAN KARDEC - E.S.E. - CAPÍTULO IV – “Ninguém pode ver o reino de
Deus, se não nascer de novo” ITEM 18 E 19.

G.E.M.DAVID
LAÇOS DE FAMÍLIA
A Reencarnação os fortalece

18.SE UNS ENCARNAM E OUTROS NÃO, NEM POR ISSO
DEIXAM DE ESTAR UNIDOS PELO PENSAMENTO. OS QUE
SE CONSERVAM LIVRES VELAM PELOS QUE SE ACHAM EM
CATIVEIRO.
OS MAIS ADIANTADOS SE ESFORÇAM POR FAZER QUE OS
RETARDATÁRIOS PROGRIDAM.
G.E.M.DAVID




LAÇOS DE FAMÍLIA

A reencarnação os fortalece




19. A UNIÃO E A AFEIÇÃO QUE EXISTEM ENTRE PESSOAS
PARENTES SÃO UM ÍNDICE DA SIMPATIA ANTERIOR QUE
AS APROXIMOU.

 DAÍ VEM QUE, FALANDO-SE DE ALGUÉM CUJO
CARÁTER, GOSTOS E PENDORES NENHUMA
SEMELHANÇA APRESENTAM COM OS DOS SEUS
PARENTES MAIS PRÓXIMOS, SE COSTUMA DIZER QUE
ELA NÃO É DA FAMÍLIA. DIZENDO-SE ISSO, ENUNCIA-SE
UMA VERDADE MAIS PROFUNDA DO QUE SE SUPÕE.
G.E.M.DAVID
LAÇOS DE FAMÍLIA

A Reencarnação os fortalece
18.A ENCARNAÇÃO APENAS
MOMENTANEAMENTE OS
SEPARA, PORQUANTO, AO
REGRESSAREM À ERRATICIDADE,
NOVAMENTE SE REÚNEM COMO
AMIGOS QUE VOLTAM DE UMA
VIAGEM.


 18.MUITAS VEZES, ATÉ, UNS
SEGUEM A OUTROS NA
ENCARNAÇÃO, VINDO AQUI
REUNIR-SE NUMA MESMA
FAMÍLIA, OU NUM MESMO
CÍRCULO, A FIM DE
TRABALHAREM JUNTOS PELO
SEU MÚTUO ADIANTAMENTO.
G.E.M.DAVID
O que é a família terrena?
A

família consangüínea, entre os homens, pode ser
apreciada como o centro essencial de nossos
reflexos. Reflexos agradáveis ou desagradáveis que
o pretérito nos devolve. (Pensamento e Vida – Chico Xavier pelo
Espírito Emmanuel)

G.E.M.DAVID
LAÇOS DE FAMÍLIA

A Reencarnação os fortalece

NO ESPAÇO, OS ESPÍRITOS FORMAM GRUPOS OU
FAMÍLIAS ENTRELAÇADOS PELA AFEIÇÃO, PELA SIMPATIA E
PELA SEMELHANÇA DAS INCLINAÇÕES.
DITOSOS POR SE ENCONTRAREM JUNTOS, ESSES
ESPÍRITOS SE BUSCAM UNS AOS OUTROS.


G.E.M.DAVID
Qual é o papel da família?

 Alexandre

diz a André Luiz:
 ‘Você não pode esquecer que grandes ensinamentos do próprio
Mestre foram ministrados no seio da família. A primeira
instituição visível do Cristianismo foi o lar pobre de Simão
Pedro, em Cafarnaum. Uma das primeiras manifestações de
Nosso Senhor, diante do povo, foi à multiplicação das alegrias
familiares, numa festa de núpcias em pleno aconchego do lar.
Muitas vezes visitou Jesus as casas residenciais de pecadores
confessos, acendendo novas luzes nos corações. A última
reunião com os discípulos verificou-se no cenáculo doméstico’.
G.E.M.DAVID
(Missionários da Luz – André Luiz via Francisco Cândido Xavier)
Reencarnação
As

famílias são aglomerados de
Espíritos afins que estabelecem,
nas encarnações sucessivas, a linha
da hereditariedade biológica.



(Na Era dos Espíritos - Francisco C. Xavier e Herculano Pires; Espírito
Irmão Saulo)

Atados

por
compromissos
anteriores, retornam, ao lar, não
somente aqueles seres a quem se
ama, senão aqueles outros a quem
se deve ou que estão com
dívidas....



(S.O.S. Família – Divaldo Pereira Franco & Joanna G.E.M.DAVID
de Ângelis)
A rigor, família é uma instituição
social que compreende indivíduos
ligados entre si por laços
consanguíneos.”
“

Renovando Atitudes
Hammed/Francisco do

Espírito Santo Neto
G.E.M.DAVID
Simpatias Terrenas
ESE. CAP IV “NINGUÉM PODERÁ VER O REINO DE DEUS
SE NÃO NASCER DE NOVO


18.Após cada existência, todos têm avançado um passo na
senda do aperfeiçoamento.



19.A união e a afeição que existem entre pessoas parentes são
um índice da simpatia anterior que as aproximou.
As heranças e parecenças físicas são decorrências dos gametas,
no entanto, o caráter, a inteligência e o sentimento procedem
do Espírito que se corporifica pela reencarnação, sem maior
dependência dos vínculos genéticos com os progenitores.
(S.O.S. Família – Divaldo Pereira Franco & Joanna de Ângelis)
G.E.M.DAVID
Antipatias Terrenas


Adversários reaparecem como membros da família para
receber amor, no entanto, na batalha das afinidades
padecem campanhas de perseguição inconsciente,
experimentando o pesado ônus da antipatia e da
animosidade.
(S.O.S. Família – Divaldo Pereira Franco & Joanna de Ângelis)



A tara familiar, por esse motivo, é a resultante da
conjunção de débitos, situando-nos no plano genético
enfermiço que merecemos, à face dos nossos
compromissos com G.E.M.DAVID e com a vida.
o mundo





(Pensamento e Vida – Chico Xavier pelo Espírito Emmanuel)
Amparo Mútuo no núcleo familiar
Dois seres, em se unindo no casamento, não estão
unicamente chamados ao rendimento possível da
família humana e ao progresso das boas obras a que se
dediquem, mas também e principalmente - e muito
principalmente - ao amparo mútuo.






(Na Era dos Espíritos - Francisco C. Xavier e Herculano Pires;
Espírito Emmanuel)

A Terra é a venerável instituição onde encontramos os
recursos indispensáveis para atender ao nosso próprio
burilamento. (Roteiro - Francisco C. Xavier; Espírito Emmanuel)
G.E.M.DAVID
Lembrando:Familia
O

mundo, por mais áspero, representará para o
nosso Espírito a escola de perfeição, cujos
instrumentos corretivos bendiremos, um dia.
 (Roteiro

- Francisco C. Xavier; Espírito Emmanuel)

Os

companheiros de jornada que o habitam,
conosco, por mais ingratos e impassíveis, são as
nossas oportunidades de materialização do bem,
recursos de nossa melhoria e de nossa redenção, e
que, bem aproveitados por nosso esforço, podem
transformar-nos em heróis.
 (Roteiro

- Francisco C. Xavier; Espírito
G.E.M.DAVID
Quanto a familia :
“Tudo aquilo, portanto, que quereis que os homens
vos façam, fazei-o vós a eles, pois esta é a Lei e os
Profetas.” Jesus. (Mateus, 7:12)
A Terra é o nosso temporário domicílio. A
Humanidade é a nossa família real. Todos estamos
destinados por Deus a gloriosa destinação.
(Roteiro - Francisco C. Xavier; Espírito Emmanuel)

G.E.M.DAVID
Na familia

Quem não auxilia a alguns, não se acha
habilitado ao socorro de muitos
(Família - Francisco C. Xavier; Espírito Emmanuel)
G.E.M.DAVID
A Reencarnação os fortalece
19. DEUS PERMITE QUE,
NAS FAMÍLIAS,
OCORRAM ESSAS
ENCARNAÇÕES DE
ESPÍRITOS
ANTIPÁTICOS OU
ESTRANHOS, COM O
DUPLO OBJETIVO DE
SERVIR DE PROVA PARA
UNS E, PARA OUTROS,
DE MEIO DE
PROGRESSO.

DE NOVO

(ESE- CAP IV “NINGUÉM PODERÁ VER O REINO DE DEUS

SE NÃO NASCER

LAÇOS DE FAMÍLIA

ASSIM, OS MAUS SE MELHORAM POUCO A POUCO,
AO CONTACTO DOS BONS E POR EFEITO DOS
CUIDADOS QUE SE LHES DISPENSAM.
G.E.M.DAVID
• Escolha um dia e uma hora
da semana em que seja
possível a presença de
todos os membros da
família ou da maior parte
deles.
• Prece simples e espontânea
• Fazer a leitura de um trecho
de "O Evangelho Segundo o
Espiritsmo“
• Fazer comentários breves,
• Pode-se fazer outras leituras
afins
• Duração de até 30 minutos,
• Prece de encerramento, em
que se agradecerá a
assitência espiritual,
lembrando a próxima
reunião
G.E.M.DAVID
Missão dos Pais
Aproximar de Deus a alma dos filhos.
Aplicar-se a estudar os instintos bons e maus que a
criança manifesta desde pequenina.
Combater o orgulho e o egoísmo antes que lancem
raízes profundas.
A tarefa não é tão difícil e o espiritismo lhe facilita o
desempenho dando-nos a conhecer a causa das
imperfeições da alma.L.E.208/A.K_ESE

G.E.M.DAVID
“Não

somos amados pelo que ensinamos com a boca
,mas sim com o que ensinamos com o coração.”
( Francisco Xavier)

Responsabilidade dos Filhos
“Honrar a seu pai e a sua mãe, não consiste apenas em respeitá-los; é
também assisti-los na necessidade; é proporcionar-lhes repouso na
velhice; é cercá-los de cuidados como eles fizeram conosco na
infância. Sobretudo para com osG.E.M.DAVID recursos é que se
pais sem
demonstra a verdadeira piedade filial”Allan Kardec – ESE
VOLTANDO À MITOLOGIA
• O MITO DO CUIDADO
• A PERGUNTA CRUCIAL :
QUE FIZESTES DO FILHO
CONFIADO À VOSSA GUARDA?
(ESE,cap. XIV”_Honra Teu Pai e Tua Mãe”)

G.E.M.DAVID
Referências:
Kardec. Allan.O Livro dos Espíritos –
O Evangelho Segundo o Espiritismo –
Pires.Herculano;Xavier. Francisco.Na Era dos Espíritos;
(Espírito Irmão Saulo).
Divaldo Pereira Franco & Joanna de Ângelis. S.O.S. Família
Chico Xavier pelo Espírito Emmanuel. Pensamento e Vida
Missionários da Luz – André Luiz via Francisco Cândido
Xavier
Roteiro - Francisco C. Xavier; Espírito Emmanuel
Família - Francisco C. Xavier; Espírito Emmanuel
G.E.M.DAVID
Mateus, 7:12

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Cuidar do corpo e do espírito
Cuidar do corpo e do espíritoCuidar do corpo e do espírito
Cuidar do corpo e do espírito
Izabel Cristina Fonseca
 
Ese cap 8 bem aventurados os que tem puro o coracao final (1)
Ese cap 8  bem aventurados os que tem puro o coracao final (1)Ese cap 8  bem aventurados os que tem puro o coracao final (1)
Ese cap 8 bem aventurados os que tem puro o coracao final (1)
Fernando Pinto
 
Retribuir o mal com o bem
Retribuir o mal com o bemRetribuir o mal com o bem
Retribuir o mal com o bem
Lorena Dias
 
Parentela Corporal E Espiritual2
Parentela Corporal E Espiritual2Parentela Corporal E Espiritual2
Parentela Corporal E Espiritual2
Grupo Espírita Cristão
 
Os Inimigos Desencarnados(Ese)
Os Inimigos Desencarnados(Ese)Os Inimigos Desencarnados(Ese)
Os Inimigos Desencarnados(Ese)
Grupo Espírita Cristão
 
Objetivo da encarnação
Objetivo da encarnaçãoObjetivo da encarnação
Objetivo da encarnação
Izabel Cristina Fonseca
 
A piedade
A piedadeA piedade
A piedade
Dalila Melo
 
Motivos de resignação
Motivos de resignaçãoMotivos de resignação
Motivos de resignação
Ponte de Luz ASEC
 
A fé
A féA fé
Transição planetária
Transição planetáriaTransição planetária
Transição planetária
Levi Antonio Amancio
 
Quem tem medo da morte
Quem tem medo da morte Quem tem medo da morte
Quem tem medo da morte
Alan Diniz Souza
 
Ingratidão por benefícios prestados
Ingratidão por benefícios prestadosIngratidão por benefícios prestados
Ingratidão por benefícios prestados
Graça Maciel
 
Palestra 29 o homem de bem
Palestra 29 o homem de bemPalestra 29 o homem de bem
Palestra 29 o homem de bem
Jose Ferreira Almeida Almeida
 
Não separeis o que Deus juntou - ESE - Cap XXII
Não separeis o que Deus juntou - ESE - Cap XXII   Não separeis o que Deus juntou - ESE - Cap XXII
Não separeis o que Deus juntou - ESE - Cap XXII
grupodepaisceb
 
O bem e o mal
O bem e o malO bem e o mal
O bem e o mal
Ponte de Luz ASEC
 
Caridade
CaridadeCaridade
Justiça das Aflições
Justiça das AfliçõesJustiça das Aflições
Justiça das Aflições
igmateus
 
Infortunios ocultos palestra
Infortunios ocultos palestraInfortunios ocultos palestra
Infortunios ocultos palestra
Débora Homobono
 
AMAR AO PRÓXIMO COMO A SI MESMO
AMAR AO PRÓXIMO COMO A SI MESMOAMAR AO PRÓXIMO COMO A SI MESMO
AMAR AO PRÓXIMO COMO A SI MESMO
Angela Ewerling
 
Ensaio teórico das sensações e percepções dos Espíritos.
Ensaio teórico das sensações e percepções dos Espíritos.Ensaio teórico das sensações e percepções dos Espíritos.
Ensaio teórico das sensações e percepções dos Espíritos.
Denise Aguiar
 

Mais procurados (20)

Cuidar do corpo e do espírito
Cuidar do corpo e do espíritoCuidar do corpo e do espírito
Cuidar do corpo e do espírito
 
Ese cap 8 bem aventurados os que tem puro o coracao final (1)
Ese cap 8  bem aventurados os que tem puro o coracao final (1)Ese cap 8  bem aventurados os que tem puro o coracao final (1)
Ese cap 8 bem aventurados os que tem puro o coracao final (1)
 
Retribuir o mal com o bem
Retribuir o mal com o bemRetribuir o mal com o bem
Retribuir o mal com o bem
 
Parentela Corporal E Espiritual2
Parentela Corporal E Espiritual2Parentela Corporal E Espiritual2
Parentela Corporal E Espiritual2
 
Os Inimigos Desencarnados(Ese)
Os Inimigos Desencarnados(Ese)Os Inimigos Desencarnados(Ese)
Os Inimigos Desencarnados(Ese)
 
Objetivo da encarnação
Objetivo da encarnaçãoObjetivo da encarnação
Objetivo da encarnação
 
A piedade
A piedadeA piedade
A piedade
 
Motivos de resignação
Motivos de resignaçãoMotivos de resignação
Motivos de resignação
 
A fé
A féA fé
A fé
 
Transição planetária
Transição planetáriaTransição planetária
Transição planetária
 
Quem tem medo da morte
Quem tem medo da morte Quem tem medo da morte
Quem tem medo da morte
 
Ingratidão por benefícios prestados
Ingratidão por benefícios prestadosIngratidão por benefícios prestados
Ingratidão por benefícios prestados
 
Palestra 29 o homem de bem
Palestra 29 o homem de bemPalestra 29 o homem de bem
Palestra 29 o homem de bem
 
Não separeis o que Deus juntou - ESE - Cap XXII
Não separeis o que Deus juntou - ESE - Cap XXII   Não separeis o que Deus juntou - ESE - Cap XXII
Não separeis o que Deus juntou - ESE - Cap XXII
 
O bem e o mal
O bem e o malO bem e o mal
O bem e o mal
 
Caridade
CaridadeCaridade
Caridade
 
Justiça das Aflições
Justiça das AfliçõesJustiça das Aflições
Justiça das Aflições
 
Infortunios ocultos palestra
Infortunios ocultos palestraInfortunios ocultos palestra
Infortunios ocultos palestra
 
AMAR AO PRÓXIMO COMO A SI MESMO
AMAR AO PRÓXIMO COMO A SI MESMOAMAR AO PRÓXIMO COMO A SI MESMO
AMAR AO PRÓXIMO COMO A SI MESMO
 
Ensaio teórico das sensações e percepções dos Espíritos.
Ensaio teórico das sensações e percepções dos Espíritos.Ensaio teórico das sensações e percepções dos Espíritos.
Ensaio teórico das sensações e percepções dos Espíritos.
 

Destaque

Palestra familia como educadora dos sentimentos
Palestra familia como educadora dos sentimentosPalestra familia como educadora dos sentimentos
Palestra familia como educadora dos sentimentos
Sandra Cecília Rocha
 
Primeira escola
Primeira escolaPrimeira escola
Primeira escola
Lorena Dias
 
Palestra reencarnação e laços de família
Palestra reencarnação e laços de famíliaPalestra reencarnação e laços de família
Palestra reencarnação e laços de família
Anderson Santos
 
Os laços de família são fortalecidos pela reencarnação
Os laços de família são fortalecidos pela reencarnaçãoOs laços de família são fortalecidos pela reencarnação
Os laços de família são fortalecidos pela reencarnação
Luciane Belchior
 
Slides palestra família
Slides palestra famíliaSlides palestra família
Slides palestra família
Clarice-Borges
 
Casamento na Visão e a família
Casamento na Visão e a  famíliaCasamento na Visão e a  família
Casamento na Visão e a família
Claudio Macedo
 
Lar - escola das almas
Lar - escola das almasLar - escola das almas
Lar - escola das almas
Willian dos Santos
 
Casamento na visão espírita
Casamento na visão espíritaCasamento na visão espírita
Casamento na visão espírita
Val Ruas
 
Relações afetivas e o casamento na visão espírita!
Relações afetivas e o casamento na visão espírita!Relações afetivas e o casamento na visão espírita!
Relações afetivas e o casamento na visão espírita!
Leonardo Pereira
 
A família na visão espírita
A família na visão espíritaA família na visão espírita
A família na visão espírita
balsense
 
Os verdadeiros laços de familia
Os verdadeiros laços de familiaOs verdadeiros laços de familia
Os verdadeiros laços de familia
Graça Maciel
 
Palestra família
Palestra famíliaPalestra família
Palestra família
pmgv5
 
Tipos de Família
Tipos de Família Tipos de Família
Tipos de Família
Cordeiro_
 
Casamento e divórcio e os filho - visão espirita
Casamento e divórcio e os filho - visão espiritaCasamento e divórcio e os filho - visão espirita
Casamento e divórcio e os filho - visão espirita
KATIA MARIA FARAH V DA SILVA
 
Reencarnação e os laços de familia
Reencarnação e os laços de familiaReencarnação e os laços de familia
Reencarnação e os laços de familia
KATIA MARIA FARAH V DA SILVA
 
Sexualidade à Luz Da Doutrina EspíRita
Sexualidade à Luz Da Doutrina EspíRitaSexualidade à Luz Da Doutrina EspíRita
Sexualidade à Luz Da Doutrina EspíRita
Grupo Espírita Cristão
 
LAÇOS ESPIRITUAIS
LAÇOS ESPIRITUAISLAÇOS ESPIRITUAIS
LAÇOS ESPIRITUAIS
Isnande Mota Barros
 
Casamento na ótica espirita
Casamento na ótica espiritaCasamento na ótica espirita
Casamento na ótica espirita
Eduardo Ottonelli Pithan
 
Casamento & Divórcio na Visão Espírita
Casamento & Divórcio na Visão EspíritaCasamento & Divórcio na Visão Espírita
Casamento & Divórcio na Visão Espírita
Ana Cláudia Leal Felgueiras
 
O espiritismo e a família contemporânea , desafios
O espiritismo e a família contemporânea , desafiosO espiritismo e a família contemporânea , desafios
O espiritismo e a família contemporânea , desafios
Izabel Cristina Fonseca
 

Destaque (20)

Palestra familia como educadora dos sentimentos
Palestra familia como educadora dos sentimentosPalestra familia como educadora dos sentimentos
Palestra familia como educadora dos sentimentos
 
Primeira escola
Primeira escolaPrimeira escola
Primeira escola
 
Palestra reencarnação e laços de família
Palestra reencarnação e laços de famíliaPalestra reencarnação e laços de família
Palestra reencarnação e laços de família
 
Os laços de família são fortalecidos pela reencarnação
Os laços de família são fortalecidos pela reencarnaçãoOs laços de família são fortalecidos pela reencarnação
Os laços de família são fortalecidos pela reencarnação
 
Slides palestra família
Slides palestra famíliaSlides palestra família
Slides palestra família
 
Casamento na Visão e a família
Casamento na Visão e a  famíliaCasamento na Visão e a  família
Casamento na Visão e a família
 
Lar - escola das almas
Lar - escola das almasLar - escola das almas
Lar - escola das almas
 
Casamento na visão espírita
Casamento na visão espíritaCasamento na visão espírita
Casamento na visão espírita
 
Relações afetivas e o casamento na visão espírita!
Relações afetivas e o casamento na visão espírita!Relações afetivas e o casamento na visão espírita!
Relações afetivas e o casamento na visão espírita!
 
A família na visão espírita
A família na visão espíritaA família na visão espírita
A família na visão espírita
 
Os verdadeiros laços de familia
Os verdadeiros laços de familiaOs verdadeiros laços de familia
Os verdadeiros laços de familia
 
Palestra família
Palestra famíliaPalestra família
Palestra família
 
Tipos de Família
Tipos de Família Tipos de Família
Tipos de Família
 
Casamento e divórcio e os filho - visão espirita
Casamento e divórcio e os filho - visão espiritaCasamento e divórcio e os filho - visão espirita
Casamento e divórcio e os filho - visão espirita
 
Reencarnação e os laços de familia
Reencarnação e os laços de familiaReencarnação e os laços de familia
Reencarnação e os laços de familia
 
Sexualidade à Luz Da Doutrina EspíRita
Sexualidade à Luz Da Doutrina EspíRitaSexualidade à Luz Da Doutrina EspíRita
Sexualidade à Luz Da Doutrina EspíRita
 
LAÇOS ESPIRITUAIS
LAÇOS ESPIRITUAISLAÇOS ESPIRITUAIS
LAÇOS ESPIRITUAIS
 
Casamento na ótica espirita
Casamento na ótica espiritaCasamento na ótica espirita
Casamento na ótica espirita
 
Casamento & Divórcio na Visão Espírita
Casamento & Divórcio na Visão EspíritaCasamento & Divórcio na Visão Espírita
Casamento & Divórcio na Visão Espírita
 
O espiritismo e a família contemporânea , desafios
O espiritismo e a família contemporânea , desafiosO espiritismo e a família contemporânea , desafios
O espiritismo e a família contemporânea , desafios
 

Semelhante a Familia uma lei divina de amor macedo-2013

Família apresentação
Família apresentaçãoFamília apresentação
Família apresentação
Almir Silva
 
Porque estou na_familia_que_estou
Porque estou na_familia_que_estouPorque estou na_familia_que_estou
Porque estou na_familia_que_estou
walcamarra
 
Evangeliza - Constelação Familiar - A Família
Evangeliza - Constelação Familiar - A FamíliaEvangeliza - Constelação Familiar - A Família
Evangeliza - Constelação Familiar - A Família
Antonino Silva
 
Família material e espiritual
Família material e espiritualFamília material e espiritual
Família material e espiritual
Eduardo Ottonelli Pithan
 
Por que nasci nessa família, com tantos problemas?
Por que nasci nessa família, com tantos problemas?Por que nasci nessa família, com tantos problemas?
Por que nasci nessa família, com tantos problemas?
Helio Cruz
 
Família e seus desafios.pptx
Família e seus desafios.pptxFamília e seus desafios.pptx
Família e seus desafios.pptx
Rossana Silva
 
Pais e Filhos: Numa visão Psicológica e Espiritual
Pais e Filhos: Numa visão Psicológica e EspiritualPais e Filhos: Numa visão Psicológica e Espiritual
Pais e Filhos: Numa visão Psicológica e Espiritual
Marcelo Suster
 
Palestra AdolescêNcia E FamíLia
Palestra   AdolescêNcia E FamíLiaPalestra   AdolescêNcia E FamíLia
Palestra AdolescêNcia E FamíLia
ccespirita
 
Espiritismo e o Lar
Espiritismo e o LarEspiritismo e o Lar
Espiritismo e o Lar
Rodrigo Da Silva Girio
 
A família
A famíliaA família
Conferência A FAMILIA:Constituição, Fundamentos, Responsabilidades
Conferência  A FAMILIA:Constituição, Fundamentos, ResponsabilidadesConferência  A FAMILIA:Constituição, Fundamentos, Responsabilidades
Conferência A FAMILIA:Constituição, Fundamentos, Responsabilidades
Arlete Laenzlinger
 
Porque_estou_na_familia_que_estou....ppt
Porque_estou_na_familia_que_estou....pptPorque_estou_na_familia_que_estou....ppt
Porque_estou_na_familia_que_estou....ppt
TelmaLima40
 
Porque estou na_familia_que_estou
Porque estou na_familia_que_estouPorque estou na_familia_que_estou
Porque estou na_familia_que_estou
Alice Lirio
 
Sos Família
Sos FamíliaSos Família
Constelação Familiar
Constelação FamiliarConstelação Familiar
Constelação Familiar
Juliana Souza Ramos
 
Dia da família
Dia da famíliaDia da família
Dia da família
Helio Cruz
 
A familia na visao espirita
A familia na visao espiritaA familia na visao espirita
A familia na visao espirita
Henrique Vieira
 
Seminario Evangelizacao Cept[1]
Seminario Evangelizacao Cept[1]Seminario Evangelizacao Cept[1]
Seminario Evangelizacao Cept[1]
guestebb165
 
Palestra Espírita Deveres dos pais
Palestra Espírita Deveres dos paisPalestra Espírita Deveres dos pais
Palestra Espírita Deveres dos pais
manumino
 
D 11 Família
D 11  FamíliaD 11  Família
D 11 Família
JPS Junior
 

Semelhante a Familia uma lei divina de amor macedo-2013 (20)

Família apresentação
Família apresentaçãoFamília apresentação
Família apresentação
 
Porque estou na_familia_que_estou
Porque estou na_familia_que_estouPorque estou na_familia_que_estou
Porque estou na_familia_que_estou
 
Evangeliza - Constelação Familiar - A Família
Evangeliza - Constelação Familiar - A FamíliaEvangeliza - Constelação Familiar - A Família
Evangeliza - Constelação Familiar - A Família
 
Família material e espiritual
Família material e espiritualFamília material e espiritual
Família material e espiritual
 
Por que nasci nessa família, com tantos problemas?
Por que nasci nessa família, com tantos problemas?Por que nasci nessa família, com tantos problemas?
Por que nasci nessa família, com tantos problemas?
 
Família e seus desafios.pptx
Família e seus desafios.pptxFamília e seus desafios.pptx
Família e seus desafios.pptx
 
Pais e Filhos: Numa visão Psicológica e Espiritual
Pais e Filhos: Numa visão Psicológica e EspiritualPais e Filhos: Numa visão Psicológica e Espiritual
Pais e Filhos: Numa visão Psicológica e Espiritual
 
Palestra AdolescêNcia E FamíLia
Palestra   AdolescêNcia E FamíLiaPalestra   AdolescêNcia E FamíLia
Palestra AdolescêNcia E FamíLia
 
Espiritismo e o Lar
Espiritismo e o LarEspiritismo e o Lar
Espiritismo e o Lar
 
A família
A famíliaA família
A família
 
Conferência A FAMILIA:Constituição, Fundamentos, Responsabilidades
Conferência  A FAMILIA:Constituição, Fundamentos, ResponsabilidadesConferência  A FAMILIA:Constituição, Fundamentos, Responsabilidades
Conferência A FAMILIA:Constituição, Fundamentos, Responsabilidades
 
Porque_estou_na_familia_que_estou....ppt
Porque_estou_na_familia_que_estou....pptPorque_estou_na_familia_que_estou....ppt
Porque_estou_na_familia_que_estou....ppt
 
Porque estou na_familia_que_estou
Porque estou na_familia_que_estouPorque estou na_familia_que_estou
Porque estou na_familia_que_estou
 
Sos Família
Sos FamíliaSos Família
Sos Família
 
Constelação Familiar
Constelação FamiliarConstelação Familiar
Constelação Familiar
 
Dia da família
Dia da famíliaDia da família
Dia da família
 
A familia na visao espirita
A familia na visao espiritaA familia na visao espirita
A familia na visao espirita
 
Seminario Evangelizacao Cept[1]
Seminario Evangelizacao Cept[1]Seminario Evangelizacao Cept[1]
Seminario Evangelizacao Cept[1]
 
Palestra Espírita Deveres dos pais
Palestra Espírita Deveres dos paisPalestra Espírita Deveres dos pais
Palestra Espírita Deveres dos pais
 
D 11 Família
D 11  FamíliaD 11  Família
D 11 Família
 

Mais de Claudio Macedo

Podemos evocar evocar os espiritos -.pptx
Podemos evocar  evocar os espiritos -.pptxPodemos evocar  evocar os espiritos -.pptx
Podemos evocar evocar os espiritos -.pptx
Claudio Macedo
 
Amai os Vossos Inimigos - ESE Cap. XII - CEPB_CEJB_CEFA-SEJA.CEHC_06-05-23. p...
Amai os Vossos Inimigos - ESE Cap. XII - CEPB_CEJB_CEFA-SEJA.CEHC_06-05-23. p...Amai os Vossos Inimigos - ESE Cap. XII - CEPB_CEJB_CEFA-SEJA.CEHC_06-05-23. p...
Amai os Vossos Inimigos - ESE Cap. XII - CEPB_CEJB_CEFA-SEJA.CEHC_06-05-23. p...
Claudio Macedo
 
Jesus o medico das almas
Jesus  o medico das almasJesus  o medico das almas
Jesus o medico das almas
Claudio Macedo
 
Inimigos desencarnados obsessao mal da humanidade
Inimigos desencarnados obsessao mal da humanidadeInimigos desencarnados obsessao mal da humanidade
Inimigos desencarnados obsessao mal da humanidade
Claudio Macedo
 
Jesus o medico das almas
Jesus  o medico das almasJesus  o medico das almas
Jesus o medico das almas
Claudio Macedo
 
Dimensao espiritual do centro esprita
Dimensao  espiritual do centro espritaDimensao  espiritual do centro esprita
Dimensao espiritual do centro esprita
Claudio Macedo
 
O centro Espirita - o que é
O centro Espirita - o que é O centro Espirita - o que é
O centro Espirita - o que é
Claudio Macedo
 
Missao do anjo_guarda
Missao do anjo_guardaMissao do anjo_guarda
Missao do anjo_guarda
Claudio Macedo
 
Mediunidade Missao de amor e o evangellho do Cristo
Mediunidade Missao de amor e o  evangellho do Cristo Mediunidade Missao de amor e o  evangellho do Cristo
Mediunidade Missao de amor e o evangellho do Cristo
Claudio Macedo
 
Disciplina das emoções -
Disciplina das emoções - Disciplina das emoções -
Disciplina das emoções -
Claudio Macedo
 
Obsessao _Divida agravada
Obsessao _Divida agravada Obsessao _Divida agravada
Obsessao _Divida agravada
Claudio Macedo
 
Obsessão e desobsessao
Obsessão e desobsessaoObsessão e desobsessao
Obsessão e desobsessao
Claudio Macedo
 
O consolador prometido
O consolador prometidoO consolador prometido
O consolador prometido
Claudio Macedo
 
Mediunidade Não é Profissão (Comércio Criminoso Com a Mediunidade)
Mediunidade  Não é Profissão (Comércio Criminoso Com a Mediunidade)Mediunidade  Não é Profissão (Comércio Criminoso Com a Mediunidade)
Mediunidade Não é Profissão (Comércio Criminoso Com a Mediunidade)
Claudio Macedo
 
Espiritismo a Escola do mestre
Espiritismo a Escola do mestreEspiritismo a Escola do mestre
Espiritismo a Escola do mestre
Claudio Macedo
 
Penas e Gozos Terrestres_ Macedo 2016
Penas e Gozos Terrestres_ Macedo 2016Penas e Gozos Terrestres_ Macedo 2016
Penas e Gozos Terrestres_ Macedo 2016
Claudio Macedo
 
Loucura e Obsessao
Loucura e  ObsessaoLoucura e  Obsessao
Loucura e Obsessao
Claudio Macedo
 
Bom Samaritano _ O Amor ao Proximo_Fora da Caridade Não Há salvação_Macedo
Bom Samaritano _ O Amor ao Proximo_Fora da Caridade Não Há salvação_MacedoBom Samaritano _ O Amor ao Proximo_Fora da Caridade Não Há salvação_Macedo
Bom Samaritano _ O Amor ao Proximo_Fora da Caridade Não Há salvação_Macedo
Claudio Macedo
 
Das penas e recompensas futuras espiritismo o céu e inferno_com_2014
Das penas e recompensas futuras espiritismo o céu e inferno_com_2014Das penas e recompensas futuras espiritismo o céu e inferno_com_2014
Das penas e recompensas futuras espiritismo o céu e inferno_com_2014
Claudio Macedo
 
Lei de Adoração evolução espiritual do ser
Lei de  Adoração evolução espiritual do  ser Lei de  Adoração evolução espiritual do  ser
Lei de Adoração evolução espiritual do ser
Claudio Macedo
 

Mais de Claudio Macedo (20)

Podemos evocar evocar os espiritos -.pptx
Podemos evocar  evocar os espiritos -.pptxPodemos evocar  evocar os espiritos -.pptx
Podemos evocar evocar os espiritos -.pptx
 
Amai os Vossos Inimigos - ESE Cap. XII - CEPB_CEJB_CEFA-SEJA.CEHC_06-05-23. p...
Amai os Vossos Inimigos - ESE Cap. XII - CEPB_CEJB_CEFA-SEJA.CEHC_06-05-23. p...Amai os Vossos Inimigos - ESE Cap. XII - CEPB_CEJB_CEFA-SEJA.CEHC_06-05-23. p...
Amai os Vossos Inimigos - ESE Cap. XII - CEPB_CEJB_CEFA-SEJA.CEHC_06-05-23. p...
 
Jesus o medico das almas
Jesus  o medico das almasJesus  o medico das almas
Jesus o medico das almas
 
Inimigos desencarnados obsessao mal da humanidade
Inimigos desencarnados obsessao mal da humanidadeInimigos desencarnados obsessao mal da humanidade
Inimigos desencarnados obsessao mal da humanidade
 
Jesus o medico das almas
Jesus  o medico das almasJesus  o medico das almas
Jesus o medico das almas
 
Dimensao espiritual do centro esprita
Dimensao  espiritual do centro espritaDimensao  espiritual do centro esprita
Dimensao espiritual do centro esprita
 
O centro Espirita - o que é
O centro Espirita - o que é O centro Espirita - o que é
O centro Espirita - o que é
 
Missao do anjo_guarda
Missao do anjo_guardaMissao do anjo_guarda
Missao do anjo_guarda
 
Mediunidade Missao de amor e o evangellho do Cristo
Mediunidade Missao de amor e o  evangellho do Cristo Mediunidade Missao de amor e o  evangellho do Cristo
Mediunidade Missao de amor e o evangellho do Cristo
 
Disciplina das emoções -
Disciplina das emoções - Disciplina das emoções -
Disciplina das emoções -
 
Obsessao _Divida agravada
Obsessao _Divida agravada Obsessao _Divida agravada
Obsessao _Divida agravada
 
Obsessão e desobsessao
Obsessão e desobsessaoObsessão e desobsessao
Obsessão e desobsessao
 
O consolador prometido
O consolador prometidoO consolador prometido
O consolador prometido
 
Mediunidade Não é Profissão (Comércio Criminoso Com a Mediunidade)
Mediunidade  Não é Profissão (Comércio Criminoso Com a Mediunidade)Mediunidade  Não é Profissão (Comércio Criminoso Com a Mediunidade)
Mediunidade Não é Profissão (Comércio Criminoso Com a Mediunidade)
 
Espiritismo a Escola do mestre
Espiritismo a Escola do mestreEspiritismo a Escola do mestre
Espiritismo a Escola do mestre
 
Penas e Gozos Terrestres_ Macedo 2016
Penas e Gozos Terrestres_ Macedo 2016Penas e Gozos Terrestres_ Macedo 2016
Penas e Gozos Terrestres_ Macedo 2016
 
Loucura e Obsessao
Loucura e  ObsessaoLoucura e  Obsessao
Loucura e Obsessao
 
Bom Samaritano _ O Amor ao Proximo_Fora da Caridade Não Há salvação_Macedo
Bom Samaritano _ O Amor ao Proximo_Fora da Caridade Não Há salvação_MacedoBom Samaritano _ O Amor ao Proximo_Fora da Caridade Não Há salvação_Macedo
Bom Samaritano _ O Amor ao Proximo_Fora da Caridade Não Há salvação_Macedo
 
Das penas e recompensas futuras espiritismo o céu e inferno_com_2014
Das penas e recompensas futuras espiritismo o céu e inferno_com_2014Das penas e recompensas futuras espiritismo o céu e inferno_com_2014
Das penas e recompensas futuras espiritismo o céu e inferno_com_2014
 
Lei de Adoração evolução espiritual do ser
Lei de  Adoração evolução espiritual do  ser Lei de  Adoração evolução espiritual do  ser
Lei de Adoração evolução espiritual do ser
 

Familia uma lei divina de amor macedo-2013

  • 1. Família Uma Lei Divina de Amor_ Um olhar de amor para todas as gerações: G.E.M.DAVID
  • 2. ORIGEM DIVINA DA FAMÍLIA Temos, dessa forma, no Temos, dessa forma, no instituto doméstico uma instituto doméstico uma organização de origem divina, organização de origem divina, em cujo seio encontramos os em cujo seio encontramos os instrumentos necessários ao instrumentos necessários ao nosso próprio aprimoramento nosso próprio aprimoramento para a edificação do Mundo para a edificação do Mundo Melhor. Melhor. Emmanuel/ F.C.Xavier, Vida e Sexo, Ed. FEB G.E.M.DAVID
  • 3. PAPEL DA FAMÍLIA “De todos os institutos sociais “De todos os institutos sociais existentes na Terra, a família é o mais existentes na Terra, a família é o mais importante, do ponto de vista dos importante, do ponto de vista dos alicerces morais que regem a vida.” alicerces morais que regem a vida.” (Emmanuel, F.C. Xavier.“Vida e Sexo”, Ed. FEB) (Emmanuel, F.C. Xavier.“Vida e Sexo”, Ed. FEB) G.E.M.DAVID
  • 4. VISÃO ESPÍRITA DA FAMÍLIA-BÊNÇÃO “A família é, pois, um grupo que “A família é, pois, um grupo que caminha, oferecendo mútuo caminha, oferecendo mútuo amparo, revezando-se aqui na amparo, revezando-se aqui na Terra e no Além, uns na carne, Terra e no Além, uns na carne, outros em espírito.” outros em espírito.” Hermínio C. Miranda, Hermínio C. Miranda, “Candeias na Noite Escura”, Ed. FEB “Candeias na Noite Escura”, Ed. FEB G.E.M.DAVID
  • 5.  Qual seria, para a sociedade, o resultado do relaxamento dos laços de família?  L.E:775  R:Uma recrudescência do egoísmo. G.E.M.DAVID
  • 6. VISÃO ESPÍRITA DA FAMÍLIA-PROVAÇÃO Na maioria das vezes, a família é Na maioria das vezes, a família é formada para auxiliar os equivocados formada para auxiliar os equivocados a se recuperarem dos erros morais, a a se recuperarem dos erros morais, a repararem danos que foram causados repararem danos que foram causados em outras tentativas nas quais em outras tentativas nas quais malograram. malograram. Joanna de Ângelis/D. Franco. Joanna de Ângelis/D. Franco. Adolescência e Vida, Adolescência e Vida, G.E.M.DAVID Ed. LEAL Ed. LEAL
  • 7. EM SÍNTESE ... A família, desse modo, é o laboratório moral para as experiências da evolução, que caldeia os sentimentos e trabalha as emoções, proporcionando oportunidade de equilíbrio, desde que o amor seja aceito como o grande equacionador dos desafios e das dificuldades. Joanna de Ângelis/D. Franco. Adolescência e Vida, Ed. LEAL. G.E.M.DAVID
  • 8. L.E Cap: VII – Simpatias e Antipatias Terrenas Qual é, para o Espírito o, a utilidade de passar pela infância ? R: Encarnando-se com fim de se aperfeiçoar. O Espirito durante esse período, é mais acessível às impressões que recebe, capazes de lhe auxiliarem o adiantamento, para o que devem contribuir os incumbidos de educá-lo.(E.L_383) Qual o motivo da mudança que se opera em seu caráter a uma certa idade, e particularmente aos sair da adolescência? É o espirito que se modifica ? R:O espírito mostra tal qual era. As crianças são seres que Deus manda a novas existências, dando-lhes aspectos de inocência. Nessa fase [infância] é que se lhes pode reformar os caracteres e reprimir os maus pendores.(L.E_385) G.E.M.DAVID
  • 9. PATERNIDADE E MATERNIDADE • Das Parecenças Físicas e Morais –L.E 2ª parte • O espirito dos pais exercem influencia sobre os dos filhos , após o • • • nascimento ? (L.E.,208) R: Exercem e muito.... Os Espíritos dos pais têm por missão desenvolver os de seus filhos pela educação. Tornar-se-ão culpados, se vierem a falir no seu desempenho. Os pais pelo pensamento e pelas preces poderão atrair para o corpo do filho um espirito melhor ? (L.E.210) R: Não. Mas poderão trabalhar para melhorar o espirito da criança que reencarnou como seu filho , esse é seu dever . L.E_ 2ª Parte/Cap IV_Da Pluralidade das existências G.E.M.DAVID
  • 10. ORIENTAÇÕES DO ESE Cap XIV _ Honra teu Pai e Tua Mãe • O pai não cria o Espírito do filho mas cumprelhe auxiliar o desenvolvimento intelectual e moral do filho para fazê-lo progredir. • Os pais devem aplicar-se ao estudo dos bons e maus instintos que os filhos trazem das existências anteriores. • Os vossos cuidados e a educação que lhe dareis auxiliarão o seu aperfeiçoamento e seu bem-estar futuro. ( item 8.”Parentesco Corporal e Espiritual) G.E.M.DAVID
  • 11. O que é a família terrena? A família terrena permite o reajuste através da reencarnação, dissolvendo as mágoas e liquidando as contas. (Na Era dos Espíritos – Chico Xavier e Herculano Pires; Espírito Irmão Saulo)   A família é a escola de aprendizagem e redenção futura (S.O.S. Família – Divaldo Pereira Franco & Joanna de Ângelis) G.E.M.DAVID
  • 12.  18. OS LAÇOS DE FAMÍLIA NÃO SOFREM DESTRUIÇÃO ALGUMA COM A REENCARNAÇÃO, COMO O PENSAM CERTAS PESSOAS.  .AO CONTRÁRIO, TORNAM-SE MAIS FORTALECIDOS E APERTADOS. O PRINCÍPIO OPOSTO, SIM, OS DESTRÓI. ALLAN KARDEC - E.S.E. - CAPÍTULO IV – “Ninguém pode ver o reino de Deus, se não nascer de novo” ITEM 18 E 19. G.E.M.DAVID
  • 13. LAÇOS DE FAMÍLIA A Reencarnação os fortalece 18.SE UNS ENCARNAM E OUTROS NÃO, NEM POR ISSO DEIXAM DE ESTAR UNIDOS PELO PENSAMENTO. OS QUE SE CONSERVAM LIVRES VELAM PELOS QUE SE ACHAM EM CATIVEIRO. OS MAIS ADIANTADOS SE ESFORÇAM POR FAZER QUE OS RETARDATÁRIOS PROGRIDAM. G.E.M.DAVID  
  • 14. LAÇOS DE FAMÍLIA A reencarnação os fortalece   19. A UNIÃO E A AFEIÇÃO QUE EXISTEM ENTRE PESSOAS PARENTES SÃO UM ÍNDICE DA SIMPATIA ANTERIOR QUE AS APROXIMOU.  DAÍ VEM QUE, FALANDO-SE DE ALGUÉM CUJO CARÁTER, GOSTOS E PENDORES NENHUMA SEMELHANÇA APRESENTAM COM OS DOS SEUS PARENTES MAIS PRÓXIMOS, SE COSTUMA DIZER QUE ELA NÃO É DA FAMÍLIA. DIZENDO-SE ISSO, ENUNCIA-SE UMA VERDADE MAIS PROFUNDA DO QUE SE SUPÕE. G.E.M.DAVID
  • 15. LAÇOS DE FAMÍLIA A Reencarnação os fortalece 18.A ENCARNAÇÃO APENAS MOMENTANEAMENTE OS SEPARA, PORQUANTO, AO REGRESSAREM À ERRATICIDADE, NOVAMENTE SE REÚNEM COMO AMIGOS QUE VOLTAM DE UMA VIAGEM.   18.MUITAS VEZES, ATÉ, UNS SEGUEM A OUTROS NA ENCARNAÇÃO, VINDO AQUI REUNIR-SE NUMA MESMA FAMÍLIA, OU NUM MESMO CÍRCULO, A FIM DE TRABALHAREM JUNTOS PELO SEU MÚTUO ADIANTAMENTO. G.E.M.DAVID
  • 16. O que é a família terrena? A família consangüínea, entre os homens, pode ser apreciada como o centro essencial de nossos reflexos. Reflexos agradáveis ou desagradáveis que o pretérito nos devolve. (Pensamento e Vida – Chico Xavier pelo Espírito Emmanuel) G.E.M.DAVID
  • 17. LAÇOS DE FAMÍLIA A Reencarnação os fortalece NO ESPAÇO, OS ESPÍRITOS FORMAM GRUPOS OU FAMÍLIAS ENTRELAÇADOS PELA AFEIÇÃO, PELA SIMPATIA E PELA SEMELHANÇA DAS INCLINAÇÕES. DITOSOS POR SE ENCONTRAREM JUNTOS, ESSES ESPÍRITOS SE BUSCAM UNS AOS OUTROS.  G.E.M.DAVID
  • 18. Qual é o papel da família?  Alexandre diz a André Luiz:  ‘Você não pode esquecer que grandes ensinamentos do próprio Mestre foram ministrados no seio da família. A primeira instituição visível do Cristianismo foi o lar pobre de Simão Pedro, em Cafarnaum. Uma das primeiras manifestações de Nosso Senhor, diante do povo, foi à multiplicação das alegrias familiares, numa festa de núpcias em pleno aconchego do lar. Muitas vezes visitou Jesus as casas residenciais de pecadores confessos, acendendo novas luzes nos corações. A última reunião com os discípulos verificou-se no cenáculo doméstico’. G.E.M.DAVID (Missionários da Luz – André Luiz via Francisco Cândido Xavier)
  • 19. Reencarnação As famílias são aglomerados de Espíritos afins que estabelecem, nas encarnações sucessivas, a linha da hereditariedade biológica.  (Na Era dos Espíritos - Francisco C. Xavier e Herculano Pires; Espírito Irmão Saulo) Atados por compromissos anteriores, retornam, ao lar, não somente aqueles seres a quem se ama, senão aqueles outros a quem se deve ou que estão com dívidas....  (S.O.S. Família – Divaldo Pereira Franco & Joanna G.E.M.DAVID de Ângelis)
  • 20. A rigor, família é uma instituição social que compreende indivíduos ligados entre si por laços consanguíneos.” “ Renovando Atitudes Hammed/Francisco do Espírito Santo Neto G.E.M.DAVID
  • 21. Simpatias Terrenas ESE. CAP IV “NINGUÉM PODERÁ VER O REINO DE DEUS SE NÃO NASCER DE NOVO  18.Após cada existência, todos têm avançado um passo na senda do aperfeiçoamento.  19.A união e a afeição que existem entre pessoas parentes são um índice da simpatia anterior que as aproximou. As heranças e parecenças físicas são decorrências dos gametas, no entanto, o caráter, a inteligência e o sentimento procedem do Espírito que se corporifica pela reencarnação, sem maior dependência dos vínculos genéticos com os progenitores. (S.O.S. Família – Divaldo Pereira Franco & Joanna de Ângelis) G.E.M.DAVID
  • 22. Antipatias Terrenas  Adversários reaparecem como membros da família para receber amor, no entanto, na batalha das afinidades padecem campanhas de perseguição inconsciente, experimentando o pesado ônus da antipatia e da animosidade. (S.O.S. Família – Divaldo Pereira Franco & Joanna de Ângelis)  A tara familiar, por esse motivo, é a resultante da conjunção de débitos, situando-nos no plano genético enfermiço que merecemos, à face dos nossos compromissos com G.E.M.DAVID e com a vida. o mundo   (Pensamento e Vida – Chico Xavier pelo Espírito Emmanuel)
  • 23. Amparo Mútuo no núcleo familiar Dois seres, em se unindo no casamento, não estão unicamente chamados ao rendimento possível da família humana e ao progresso das boas obras a que se dediquem, mas também e principalmente - e muito principalmente - ao amparo mútuo.    (Na Era dos Espíritos - Francisco C. Xavier e Herculano Pires; Espírito Emmanuel) A Terra é a venerável instituição onde encontramos os recursos indispensáveis para atender ao nosso próprio burilamento. (Roteiro - Francisco C. Xavier; Espírito Emmanuel) G.E.M.DAVID
  • 24. Lembrando:Familia O mundo, por mais áspero, representará para o nosso Espírito a escola de perfeição, cujos instrumentos corretivos bendiremos, um dia.  (Roteiro - Francisco C. Xavier; Espírito Emmanuel) Os companheiros de jornada que o habitam, conosco, por mais ingratos e impassíveis, são as nossas oportunidades de materialização do bem, recursos de nossa melhoria e de nossa redenção, e que, bem aproveitados por nosso esforço, podem transformar-nos em heróis.  (Roteiro - Francisco C. Xavier; Espírito G.E.M.DAVID
  • 25. Quanto a familia : “Tudo aquilo, portanto, que quereis que os homens vos façam, fazei-o vós a eles, pois esta é a Lei e os Profetas.” Jesus. (Mateus, 7:12) A Terra é o nosso temporário domicílio. A Humanidade é a nossa família real. Todos estamos destinados por Deus a gloriosa destinação. (Roteiro - Francisco C. Xavier; Espírito Emmanuel) G.E.M.DAVID
  • 26. Na familia Quem não auxilia a alguns, não se acha habilitado ao socorro de muitos (Família - Francisco C. Xavier; Espírito Emmanuel) G.E.M.DAVID
  • 27. A Reencarnação os fortalece 19. DEUS PERMITE QUE, NAS FAMÍLIAS, OCORRAM ESSAS ENCARNAÇÕES DE ESPÍRITOS ANTIPÁTICOS OU ESTRANHOS, COM O DUPLO OBJETIVO DE SERVIR DE PROVA PARA UNS E, PARA OUTROS, DE MEIO DE PROGRESSO. DE NOVO (ESE- CAP IV “NINGUÉM PODERÁ VER O REINO DE DEUS SE NÃO NASCER LAÇOS DE FAMÍLIA ASSIM, OS MAUS SE MELHORAM POUCO A POUCO, AO CONTACTO DOS BONS E POR EFEITO DOS CUIDADOS QUE SE LHES DISPENSAM. G.E.M.DAVID
  • 28. • Escolha um dia e uma hora da semana em que seja possível a presença de todos os membros da família ou da maior parte deles. • Prece simples e espontânea • Fazer a leitura de um trecho de "O Evangelho Segundo o Espiritsmo“ • Fazer comentários breves, • Pode-se fazer outras leituras afins • Duração de até 30 minutos, • Prece de encerramento, em que se agradecerá a assitência espiritual, lembrando a próxima reunião G.E.M.DAVID
  • 29. Missão dos Pais Aproximar de Deus a alma dos filhos. Aplicar-se a estudar os instintos bons e maus que a criança manifesta desde pequenina. Combater o orgulho e o egoísmo antes que lancem raízes profundas. A tarefa não é tão difícil e o espiritismo lhe facilita o desempenho dando-nos a conhecer a causa das imperfeições da alma.L.E.208/A.K_ESE G.E.M.DAVID
  • 30. “Não somos amados pelo que ensinamos com a boca ,mas sim com o que ensinamos com o coração.” ( Francisco Xavier) Responsabilidade dos Filhos “Honrar a seu pai e a sua mãe, não consiste apenas em respeitá-los; é também assisti-los na necessidade; é proporcionar-lhes repouso na velhice; é cercá-los de cuidados como eles fizeram conosco na infância. Sobretudo para com osG.E.M.DAVID recursos é que se pais sem demonstra a verdadeira piedade filial”Allan Kardec – ESE
  • 31. VOLTANDO À MITOLOGIA • O MITO DO CUIDADO • A PERGUNTA CRUCIAL : QUE FIZESTES DO FILHO CONFIADO À VOSSA GUARDA? (ESE,cap. XIV”_Honra Teu Pai e Tua Mãe”) G.E.M.DAVID
  • 32. Referências: Kardec. Allan.O Livro dos Espíritos – O Evangelho Segundo o Espiritismo – Pires.Herculano;Xavier. Francisco.Na Era dos Espíritos; (Espírito Irmão Saulo). Divaldo Pereira Franco & Joanna de Ângelis. S.O.S. Família Chico Xavier pelo Espírito Emmanuel. Pensamento e Vida Missionários da Luz – André Luiz via Francisco Cândido Xavier Roteiro - Francisco C. Xavier; Espírito Emmanuel Família - Francisco C. Xavier; Espírito Emmanuel G.E.M.DAVID Mateus, 7:12

Notas do Editor

  1. Falar sobre o significado da palavra orgulho – como isso impacta nas familias?
  2. “Cada Espírito é responsável por tudo quanto lhe acontece” - Joanna de Ângelis
  3. “Cada Espírito é responsável por tudo quanto lhe acontece” - Joanna de Ângelis
  4. Lembrar livro Jesus no Lar – Chico Xavier & Espirito Neio Lucio (1o. Evangelho no Lar feito na casa de Pedro)
  5. Dentro do micro, nos elaboramos para sair e agir no macro; ou seja, fora do lar
  6. Palestra montada por Carolina von Scharten – Spiritist Society of London
  7. Palestra montada por Carolina von Scharten – Spiritist Society of London
  8. Palestra montada por Carolina von Scharten – Spiritist Society of London
  9. Palestra montada por Carolina von Scharten – Spiritist Society of London
  10. Palestra montada por Carolina von Scharten – Spiritist Society of London
  11. Lembrar Q 621 (LE) – leis na nossa consciencia + Q 886 (LE) – caridade: Benevolência para com todos, indulgência para com as imperfeições alheias e perdão das ofensas
  12. Palestra montada por Carolina von Scharten – Spiritist Society of London