SlideShare uma empresa Scribd logo
lementos de expressão e composição da 
1 
1 
forma 
lementos de organização e suporte da 
forma
2 
2 
texturas 
príncipios formais 
de profundidade 
príncipios formais de 
equilibrio simetria 
elementos de organização e 
suporte da forma 
elementos 
estruturais 
expressão do 
movimento e ritmo 
Unidade e 
composição 
elementos de expressão e composição da forma / elementos de organização e suporte da forma 
elementos de expressão e 
composição da forma 
Elementos de Expressão Organização, 
Composição Suporte da Forma
3 
3 
elementos de expressão 
e composição da forma 
texturas 
Textura é o aspecto de uma superfície ou seja, a "pele" 
de uma forma, que permite identificá-la e distingui-la de 
outras formas. 
Quando tocamos ou olhamos para um objeto ou 
superfície sentimos se a sua pele é lisa, rugosa, macia, 
áspera ou ondulada. 
Pode-se perceber isso pelo tato, identificando-se a 
textura tátil. Ao representarmos as texturas no desenho, 
usamos o recurso das linhas, pontos, etc..., para criar a 
textura visual
4 
4 
elementos de expressão e composição da forma 
príncipios formais de profundidade 
elementos de expressão 
e composição da forma 
A profundidade é dada por perspectiva, 
sobreposição, diminuição e claro-escuro. 
Para representar o mundo tridimensional 
numa superfície bidimensional – papel ou tela 
- é preciso usar alguns truques que dão a 
ilusão de volume 
Além do efeito de luz e sombra, um dos aspetos mais importantes na 
defin ição de profundidade é a perspectiva e um conjunto de regras 
inventadas para simular a deformação dos objetos com a distância. 
A cor pode ser usada para aumentar a ilusão de espaço na pintura
5 
5 
elementos de expressão 
e composição da forma 
príncipios formais 
de equilibrio e simetria 
EQUILÍBRIO - é a correspondência “ideal e precisa” em 
peso, área, tom, cor, etc., entre os vários elementos de uma 
composição. 
O equilíbrio pode ser simétrico e assimétrico: 
Simetria - as formas estão distribuídas 
de maneira igual de cada lado de um 
eixo real ou imaginário 
Assimetria - o eixo real ou imaginário em 
relação às formas não existe, mas os elementos 
da composição devem equilibrar-se
6 
6 
elementos de organização 
e suporte da forma 
Elementos estruturais 
São elementos essenciais para uma composição, pois formam a 
estrutura do trabalho. Estes elementos são : 
o ponto, a linha, a forma e a cor . 
O ponto é o elemento básico 
de representação. 
A partir dele, todos os outros 
elementos gráficos e visuais 
poderão ser representados, 
construídos e estudados. 
A LINHA é o desdobramento do ponto em qualquer direção. Tem apenas uma dimensão: o 
comprimento. Se trabalharmos com ela, cruzando-a, envolvendo–a, amarrando-a em si mesma, ela 
pode criar a ilusão de espaço, representar volumes, dar impressão de profundidade, de distância, etc... 
Romance “o ponto e a linha” 
http://www.youtube.com/watch?v=dHltlp6uhttp://www.youtube.com/watch?v=dHltlp6uC90C90
Forma - a definição mais básica da forma pode ser o espaço 
branco do papel. A forma acontece com a liha, identificamos os 
objetos pela sua forma externa. A forma é o espaço contido entre as 
linhas desenhadas pode ser bi ou tridimensional: 
7 
7 
elementos de organização 
e suporte da forma 
Elementos estruturais 
Forma bidimensional: tem apenas duas 
dimensões: comprimento e altura; desaparece a 
ideia de profundidade; o desenho fica como na 
superfície e não sugere volume. 
Forma tridimensional: é a que possui volume; as 
formas tridimensionais existem na escultura, na 
arquitetura e podem ser representadas em 
bidimensão dando a ilusão de volume 
COR 
elemento extremamente importante no aspecto final de uma composição; 
harmoniza as formas tornando-as agradáveis e atrativas ou provocando 
sensações conforme os significados culturais.
8 
8 
elementos de organização 
e suporte da forma 
expressão do 
movimento e ritmo 
Quando um corpo se move descreve uma trajetória no espaço. Às vezes, a 
força do movimento leva toda atenção a um determinado ponto, como a teia de 
aranha. Ao percorremos a imagem com os olhos durante a observação 
seguindo uma ou várias direções (horizontal, vertical, inclinado e curva), 
estamos a utilizar também o elemento básico do movimento. 
O movimento funciona como 
uma ação que se realiza 
atravésda ilusão criada pelo 
olho humano. Podemos 
observar uma imagem 
estática num papel e parecer 
que ela está se 
movimentando para os 
nossos olhos. Isso acontece 
devido à maneira como os 
elementos básicos são 
arranjados se combinados 
entre si para criar a 
ilusão do movimento.
9 
9 
elementos de organização 
e suporte da forma 
expressão do 
movimento e ritmo 
RITMO consiste na repetição de elementos da composição acompanhada 
de partes semelhantes em sua origem e desiguais em sua função. 
Ritmo é ordem de espaços, de formas, de tons e de cores. 
O mais importante é sentir o ritmo
10 
10 
elementos de organização 
e suporte da forma 
Unidade e 
composição 
UNIDADE 
quando se trabalha em grupos, as ideias de uns, completando as dos outros, unem-se 
de tal forma que o resultado final, embora seja uma produção de muitos um só. 
Algo semelhante ocorre na composição visual, as 
partes se unificam, os elementos se combinam, 
de maneira a formar um todo coerente. Quando, 
no trabalho criador, uma cor não combina com as 
outras, é como se fosse uma nota desafinada. O 
mesmo se passa com outros elementos da 
composição quando não existe ligação. 
Platão disse que uma composição consiste em encontrar e representar a 
variedade dentro da unidade. 
Nesta imagem vemos variedade e unidade: 
A unidade estabelecida pelos cestos a variedade encontra-se nos padrões
11 
11 
elementos de organização 
e suporte da forma 
Composição 
Todo o trabalho precisa ter um tema principal, 
um ponto de interesse (H), para o qual os 
olhos do espectador devem ser imediatamente 
atraídos. 
Nos exemplos (A,B,C,D,E) a posição dos 
elementos não será a melhor. Embora pareça 
lógico situar o tema principal no meio do trabalho, 
essa solução costuma criar um resultado 
monótono, a não ser que a pessoa já possua um 
senso estético muito apurado pela experiência. É 
mais seguro situar o tema ligeiramente fora do 
centro (G). Pode-se fazer composições 
equilibradas, dividindo a área do quadro em 
"terços” e situando os pontos de interesse onde as 
linhas se cruzam. 
REGRA DOS TERÇOS 
Divide-se o suporte em três, na horizontal, e três, na vertical, evitando que o centro de 
interesse fique ao meio. As melhores imagens são aquelas em que o assunto principal 
não esteja no centro e sim em um dos quatro pontos de interseção. A colocação em um 
desses pontos vai depender do assunto e de como ele deve ser apresentado. No caso 
de uma paisagem, a composição torna-se mais interessante se o horizonte estiver 
acima ou abaixo do meio. O horizonte não deve ficar no centro do quadro e sim na linha 
superior ou na inferior quando se quiser dar mais ênfase ao primeiro plano. 
Unidade e 
composição
Uma composição visual terá de ter em consideração a distribuição coerente e harmoniosa de 
um conjunto de elementos visuais, em que o lugar ocupado pelas figuras, os espaços vazios 
12 
12 
elementos de organização 
e suporte da forma 
Unidade e 
composição 
que as rodeiam, as proporções, todos são importantes. 
No desenho, na pintura, na arte figurativa, na arte publicitária, na fotografia, a composição é vital. 
Na composição, a criatividade ocupa um lugar destacado que, unida ao conhecimento básico, permitirá 
a descoberta de soluções para problemas que surgem numa composição plástica. 
"A disposição da minha pintura tende inteiramente para a expressão 
pela composição. O lugar ocupado por figuras e objetos, os espaços 
vazios que o cercam, as proporções, tudo tem seu papel“ 
(Henri Matisse)
lementos de expressão e composição da 
13 
13 
forma 
lementos de organização e suporte da 
forma

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

A arte de ver
A arte de verA arte de ver
A arte de ver
liliane10
 
Técnicas Visuais Aplicadas ao Design
Técnicas Visuais Aplicadas ao DesignTécnicas Visuais Aplicadas ao Design
Técnicas Visuais Aplicadas ao Design
anamargarites
 
Elementos visuais da forma
Elementos visuais da forma Elementos visuais da forma
Elementos visuais da forma
Márcia Siqueira
 
TEXTURAS ed. visual
TEXTURAS   ed. visualTEXTURAS   ed. visual
TEXTURAS ed. visual
Agostinho NSilva
 
Elementos básicos da comunicação visual
Elementos básicos da comunicação visualElementos básicos da comunicação visual
Elementos básicos da comunicação visual
vivi_belon
 
Educação visual e tecnológica ( o ponto e a linha)
Educação visual e tecnológica ( o ponto e a linha)Educação visual e tecnológica ( o ponto e a linha)
Educação visual e tecnológica ( o ponto e a linha)
Rita Godinho
 
Elementos Visuais da Forma
Elementos Visuais da FormaElementos Visuais da Forma
Elementos Visuais da Forma
Sara Veludo
 
Composição1
Composição1Composição1
Elementos Básicos da Linguagem Visual. Prof. Garcia Junior
Elementos Básicos da Linguagem Visual. Prof. Garcia JuniorElementos Básicos da Linguagem Visual. Prof. Garcia Junior
Elementos Básicos da Linguagem Visual. Prof. Garcia Junior
Secretaria de Educação do Maranhão e Imagética Consultoria e Design
 
Elementos visuais
Elementos visuaisElementos visuais
Elementos visuais
Keyla Dias
 
EVT - Elementos Visuais Da Forma
EVT - Elementos Visuais Da FormaEVT - Elementos Visuais Da Forma
EVT - Elementos Visuais Da Forma
Agostinho NSilva
 
A cor - sínteses aditiva e subtrativa
A cor - sínteses aditiva e subtrativaA cor - sínteses aditiva e subtrativa
A cor - sínteses aditiva e subtrativa
Shinha Marques
 
Elementos estruturais 1
Elementos estruturais 1Elementos estruturais 1
Elementos estruturais 1
Artedoiscmb Cmb
 
Sintaxe da Linguagem Visual - parte I
Sintaxe da Linguagem Visual - parte ISintaxe da Linguagem Visual - parte I
Sintaxe da Linguagem Visual - parte I
Cíntia Dal Bello
 
Perspectiva
PerspectivaPerspectiva
Perspectiva
Fernanda Bastos
 
Forma e Estrutura
Forma e EstruturaForma e Estrutura
Forma e Estrutura
Artes Real
 
Composição1
Composição1Composição1
Perspectiva
PerspectivaPerspectiva
Perspectiva
Artur Coelho
 
Aula 05 linguagem visual
Aula 05   linguagem visualAula 05   linguagem visual
Aula 05 linguagem visual
Elizeu Nascimento Silva
 
Elementos da Linguagem Visual - Movimento
Elementos da Linguagem Visual - MovimentoElementos da Linguagem Visual - Movimento
Elementos da Linguagem Visual - Movimento
Raphael Lanzillotte
 

Mais procurados (20)

A arte de ver
A arte de verA arte de ver
A arte de ver
 
Técnicas Visuais Aplicadas ao Design
Técnicas Visuais Aplicadas ao DesignTécnicas Visuais Aplicadas ao Design
Técnicas Visuais Aplicadas ao Design
 
Elementos visuais da forma
Elementos visuais da forma Elementos visuais da forma
Elementos visuais da forma
 
TEXTURAS ed. visual
TEXTURAS   ed. visualTEXTURAS   ed. visual
TEXTURAS ed. visual
 
Elementos básicos da comunicação visual
Elementos básicos da comunicação visualElementos básicos da comunicação visual
Elementos básicos da comunicação visual
 
Educação visual e tecnológica ( o ponto e a linha)
Educação visual e tecnológica ( o ponto e a linha)Educação visual e tecnológica ( o ponto e a linha)
Educação visual e tecnológica ( o ponto e a linha)
 
Elementos Visuais da Forma
Elementos Visuais da FormaElementos Visuais da Forma
Elementos Visuais da Forma
 
Composição1
Composição1Composição1
Composição1
 
Elementos Básicos da Linguagem Visual. Prof. Garcia Junior
Elementos Básicos da Linguagem Visual. Prof. Garcia JuniorElementos Básicos da Linguagem Visual. Prof. Garcia Junior
Elementos Básicos da Linguagem Visual. Prof. Garcia Junior
 
Elementos visuais
Elementos visuaisElementos visuais
Elementos visuais
 
EVT - Elementos Visuais Da Forma
EVT - Elementos Visuais Da FormaEVT - Elementos Visuais Da Forma
EVT - Elementos Visuais Da Forma
 
A cor - sínteses aditiva e subtrativa
A cor - sínteses aditiva e subtrativaA cor - sínteses aditiva e subtrativa
A cor - sínteses aditiva e subtrativa
 
Elementos estruturais 1
Elementos estruturais 1Elementos estruturais 1
Elementos estruturais 1
 
Sintaxe da Linguagem Visual - parte I
Sintaxe da Linguagem Visual - parte ISintaxe da Linguagem Visual - parte I
Sintaxe da Linguagem Visual - parte I
 
Perspectiva
PerspectivaPerspectiva
Perspectiva
 
Forma e Estrutura
Forma e EstruturaForma e Estrutura
Forma e Estrutura
 
Composição1
Composição1Composição1
Composição1
 
Perspectiva
PerspectivaPerspectiva
Perspectiva
 
Aula 05 linguagem visual
Aula 05   linguagem visualAula 05   linguagem visual
Aula 05 linguagem visual
 
Elementos da Linguagem Visual - Movimento
Elementos da Linguagem Visual - MovimentoElementos da Linguagem Visual - Movimento
Elementos da Linguagem Visual - Movimento
 

Semelhante a Expressão e composição da forma

Linhas
LinhasLinhas
Linhas
Ana Inacio
 
Artes teoria desenho (1)
Artes teoria desenho (1)Artes teoria desenho (1)
Artes teoria desenho (1)
Júlia Pereira
 
Os-10-Elementos-da-Linguagem-Visual (1).pptx
Os-10-Elementos-da-Linguagem-Visual (1).pptxOs-10-Elementos-da-Linguagem-Visual (1).pptx
Os-10-Elementos-da-Linguagem-Visual (1).pptx
Joelefe1
 
A linguagem visual
A linguagem visualA linguagem visual
A linguagem visual
Rodolfo Ferreira de Oliveira
 
Elementos do design
Elementos do designElementos do design
Elementos do design
Fernando Ricardo Max
 
A arte de ver
A arte de verA arte de ver
A arte de ver
liliane10
 
Aula EE-composicao
Aula EE-composicaoAula EE-composicao
Aula EE-composicao
ProfVivianeLopes
 
OPC 02 LINGUAGEM VISUAL
OPC 02 LINGUAGEM VISUALOPC 02 LINGUAGEM VISUAL
OPC 02 LINGUAGEM VISUAL
Odair Tuono
 
ARTE.pptx
ARTE.pptxARTE.pptx
ARTE.pptx
JucelirCarnauba1
 
Elementos basicos da comunicacao visual
Elementos basicos da comunicacao visualElementos basicos da comunicacao visual
Elementos basicos da comunicacao visual
melzynhabessa
 
Elementos basicos da comunicacao visual
Elementos basicos da comunicacao visualElementos basicos da comunicacao visual
Elementos basicos da comunicacao visual
melzynhabessa
 
Aula 01 linguagem gráfica jornalismo
Aula 01   linguagem gráfica jornalismoAula 01   linguagem gráfica jornalismo
Aula 01 linguagem gráfica jornalismo
Elizeu Nascimento Silva
 
Aula 3 composição
Aula 3 composiçãoAula 3 composição
Aula 3 composição
Rafael Serra
 
Composição de um quadro
Composição de um quadroComposição de um quadro
Composição de um quadro
Willians Martins
 
Composição de um quadro
Composição de um quadroComposição de um quadro
Composição de um quadro
Willians Martins
 
Alfabetismo visual elementos_sintaticos2
Alfabetismo visual elementos_sintaticos2Alfabetismo visual elementos_sintaticos2
Alfabetismo visual elementos_sintaticos2
Denise Lima
 
Leitura de Imagens
Leitura de ImagensLeitura de Imagens
Leitura de Imagens
Raquel158
 
Fotografia: Introdução à composição fotográfica
Fotografia: Introdução à composição fotográficaFotografia: Introdução à composição fotográfica
Fotografia: Introdução à composição fotográfica
Raphael Lanzillotte
 
Aula 04 design gráfico na publicidade princípios de design
Aula 04   design gráfico na publicidade princípios de designAula 04   design gráfico na publicidade princípios de design
Aula 04 design gráfico na publicidade princípios de design
Elizeu Nascimento Silva
 
Aula 05 design gráfico na publicidade princípios de design
Aula 05   design gráfico na publicidade princípios de designAula 05   design gráfico na publicidade princípios de design
Aula 05 design gráfico na publicidade princípios de design
Elizeu Nascimento Silva
 

Semelhante a Expressão e composição da forma (20)

Linhas
LinhasLinhas
Linhas
 
Artes teoria desenho (1)
Artes teoria desenho (1)Artes teoria desenho (1)
Artes teoria desenho (1)
 
Os-10-Elementos-da-Linguagem-Visual (1).pptx
Os-10-Elementos-da-Linguagem-Visual (1).pptxOs-10-Elementos-da-Linguagem-Visual (1).pptx
Os-10-Elementos-da-Linguagem-Visual (1).pptx
 
A linguagem visual
A linguagem visualA linguagem visual
A linguagem visual
 
Elementos do design
Elementos do designElementos do design
Elementos do design
 
A arte de ver
A arte de verA arte de ver
A arte de ver
 
Aula EE-composicao
Aula EE-composicaoAula EE-composicao
Aula EE-composicao
 
OPC 02 LINGUAGEM VISUAL
OPC 02 LINGUAGEM VISUALOPC 02 LINGUAGEM VISUAL
OPC 02 LINGUAGEM VISUAL
 
ARTE.pptx
ARTE.pptxARTE.pptx
ARTE.pptx
 
Elementos basicos da comunicacao visual
Elementos basicos da comunicacao visualElementos basicos da comunicacao visual
Elementos basicos da comunicacao visual
 
Elementos basicos da comunicacao visual
Elementos basicos da comunicacao visualElementos basicos da comunicacao visual
Elementos basicos da comunicacao visual
 
Aula 01 linguagem gráfica jornalismo
Aula 01   linguagem gráfica jornalismoAula 01   linguagem gráfica jornalismo
Aula 01 linguagem gráfica jornalismo
 
Aula 3 composição
Aula 3 composiçãoAula 3 composição
Aula 3 composição
 
Composição de um quadro
Composição de um quadroComposição de um quadro
Composição de um quadro
 
Composição de um quadro
Composição de um quadroComposição de um quadro
Composição de um quadro
 
Alfabetismo visual elementos_sintaticos2
Alfabetismo visual elementos_sintaticos2Alfabetismo visual elementos_sintaticos2
Alfabetismo visual elementos_sintaticos2
 
Leitura de Imagens
Leitura de ImagensLeitura de Imagens
Leitura de Imagens
 
Fotografia: Introdução à composição fotográfica
Fotografia: Introdução à composição fotográficaFotografia: Introdução à composição fotográfica
Fotografia: Introdução à composição fotográfica
 
Aula 04 design gráfico na publicidade princípios de design
Aula 04   design gráfico na publicidade princípios de designAula 04   design gráfico na publicidade princípios de design
Aula 04 design gráfico na publicidade princípios de design
 
Aula 05 design gráfico na publicidade princípios de design
Aula 05   design gráfico na publicidade princípios de designAula 05   design gráfico na publicidade princípios de design
Aula 05 design gráfico na publicidade princípios de design
 

Último

responder de alfabetização e questoe.pdf
responder de alfabetização e questoe.pdfresponder de alfabetização e questoe.pdf
responder de alfabetização e questoe.pdf
marcos oliveira
 
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
AntHropológicas Visual PPGA-UFPE
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
shirleisousa9166
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
jetroescola
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
LuizHenriquedeAlmeid6
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
Sandra Pratas
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
Mary Alvarenga
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Centro Jacques Delors
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Colaborar Educacional
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
LeilaVilasboas
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
shirleisousa9166
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
Falcão Brasil
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mary Alvarenga
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
felipescherner
 
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdfTrabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
marcos oliveira
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
LeideLauraCenturionL
 
Matemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Matemática para Concursos - Teoria dos ConjuntosMatemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Matemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Instituto Walter Alencar
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
marcos oliveira
 

Último (20)

responder de alfabetização e questoe.pdf
responder de alfabetização e questoe.pdfresponder de alfabetização e questoe.pdf
responder de alfabetização e questoe.pdf
 
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
 
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
 
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdfTrabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
 
Matemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Matemática para Concursos - Teoria dos ConjuntosMatemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Matemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
 

Expressão e composição da forma

  • 1. lementos de expressão e composição da 1 1 forma lementos de organização e suporte da forma
  • 2. 2 2 texturas príncipios formais de profundidade príncipios formais de equilibrio simetria elementos de organização e suporte da forma elementos estruturais expressão do movimento e ritmo Unidade e composição elementos de expressão e composição da forma / elementos de organização e suporte da forma elementos de expressão e composição da forma Elementos de Expressão Organização, Composição Suporte da Forma
  • 3. 3 3 elementos de expressão e composição da forma texturas Textura é o aspecto de uma superfície ou seja, a "pele" de uma forma, que permite identificá-la e distingui-la de outras formas. Quando tocamos ou olhamos para um objeto ou superfície sentimos se a sua pele é lisa, rugosa, macia, áspera ou ondulada. Pode-se perceber isso pelo tato, identificando-se a textura tátil. Ao representarmos as texturas no desenho, usamos o recurso das linhas, pontos, etc..., para criar a textura visual
  • 4. 4 4 elementos de expressão e composição da forma príncipios formais de profundidade elementos de expressão e composição da forma A profundidade é dada por perspectiva, sobreposição, diminuição e claro-escuro. Para representar o mundo tridimensional numa superfície bidimensional – papel ou tela - é preciso usar alguns truques que dão a ilusão de volume Além do efeito de luz e sombra, um dos aspetos mais importantes na defin ição de profundidade é a perspectiva e um conjunto de regras inventadas para simular a deformação dos objetos com a distância. A cor pode ser usada para aumentar a ilusão de espaço na pintura
  • 5. 5 5 elementos de expressão e composição da forma príncipios formais de equilibrio e simetria EQUILÍBRIO - é a correspondência “ideal e precisa” em peso, área, tom, cor, etc., entre os vários elementos de uma composição. O equilíbrio pode ser simétrico e assimétrico: Simetria - as formas estão distribuídas de maneira igual de cada lado de um eixo real ou imaginário Assimetria - o eixo real ou imaginário em relação às formas não existe, mas os elementos da composição devem equilibrar-se
  • 6. 6 6 elementos de organização e suporte da forma Elementos estruturais São elementos essenciais para uma composição, pois formam a estrutura do trabalho. Estes elementos são : o ponto, a linha, a forma e a cor . O ponto é o elemento básico de representação. A partir dele, todos os outros elementos gráficos e visuais poderão ser representados, construídos e estudados. A LINHA é o desdobramento do ponto em qualquer direção. Tem apenas uma dimensão: o comprimento. Se trabalharmos com ela, cruzando-a, envolvendo–a, amarrando-a em si mesma, ela pode criar a ilusão de espaço, representar volumes, dar impressão de profundidade, de distância, etc... Romance “o ponto e a linha” http://www.youtube.com/watch?v=dHltlp6uhttp://www.youtube.com/watch?v=dHltlp6uC90C90
  • 7. Forma - a definição mais básica da forma pode ser o espaço branco do papel. A forma acontece com a liha, identificamos os objetos pela sua forma externa. A forma é o espaço contido entre as linhas desenhadas pode ser bi ou tridimensional: 7 7 elementos de organização e suporte da forma Elementos estruturais Forma bidimensional: tem apenas duas dimensões: comprimento e altura; desaparece a ideia de profundidade; o desenho fica como na superfície e não sugere volume. Forma tridimensional: é a que possui volume; as formas tridimensionais existem na escultura, na arquitetura e podem ser representadas em bidimensão dando a ilusão de volume COR elemento extremamente importante no aspecto final de uma composição; harmoniza as formas tornando-as agradáveis e atrativas ou provocando sensações conforme os significados culturais.
  • 8. 8 8 elementos de organização e suporte da forma expressão do movimento e ritmo Quando um corpo se move descreve uma trajetória no espaço. Às vezes, a força do movimento leva toda atenção a um determinado ponto, como a teia de aranha. Ao percorremos a imagem com os olhos durante a observação seguindo uma ou várias direções (horizontal, vertical, inclinado e curva), estamos a utilizar também o elemento básico do movimento. O movimento funciona como uma ação que se realiza atravésda ilusão criada pelo olho humano. Podemos observar uma imagem estática num papel e parecer que ela está se movimentando para os nossos olhos. Isso acontece devido à maneira como os elementos básicos são arranjados se combinados entre si para criar a ilusão do movimento.
  • 9. 9 9 elementos de organização e suporte da forma expressão do movimento e ritmo RITMO consiste na repetição de elementos da composição acompanhada de partes semelhantes em sua origem e desiguais em sua função. Ritmo é ordem de espaços, de formas, de tons e de cores. O mais importante é sentir o ritmo
  • 10. 10 10 elementos de organização e suporte da forma Unidade e composição UNIDADE quando se trabalha em grupos, as ideias de uns, completando as dos outros, unem-se de tal forma que o resultado final, embora seja uma produção de muitos um só. Algo semelhante ocorre na composição visual, as partes se unificam, os elementos se combinam, de maneira a formar um todo coerente. Quando, no trabalho criador, uma cor não combina com as outras, é como se fosse uma nota desafinada. O mesmo se passa com outros elementos da composição quando não existe ligação. Platão disse que uma composição consiste em encontrar e representar a variedade dentro da unidade. Nesta imagem vemos variedade e unidade: A unidade estabelecida pelos cestos a variedade encontra-se nos padrões
  • 11. 11 11 elementos de organização e suporte da forma Composição Todo o trabalho precisa ter um tema principal, um ponto de interesse (H), para o qual os olhos do espectador devem ser imediatamente atraídos. Nos exemplos (A,B,C,D,E) a posição dos elementos não será a melhor. Embora pareça lógico situar o tema principal no meio do trabalho, essa solução costuma criar um resultado monótono, a não ser que a pessoa já possua um senso estético muito apurado pela experiência. É mais seguro situar o tema ligeiramente fora do centro (G). Pode-se fazer composições equilibradas, dividindo a área do quadro em "terços” e situando os pontos de interesse onde as linhas se cruzam. REGRA DOS TERÇOS Divide-se o suporte em três, na horizontal, e três, na vertical, evitando que o centro de interesse fique ao meio. As melhores imagens são aquelas em que o assunto principal não esteja no centro e sim em um dos quatro pontos de interseção. A colocação em um desses pontos vai depender do assunto e de como ele deve ser apresentado. No caso de uma paisagem, a composição torna-se mais interessante se o horizonte estiver acima ou abaixo do meio. O horizonte não deve ficar no centro do quadro e sim na linha superior ou na inferior quando se quiser dar mais ênfase ao primeiro plano. Unidade e composição
  • 12. Uma composição visual terá de ter em consideração a distribuição coerente e harmoniosa de um conjunto de elementos visuais, em que o lugar ocupado pelas figuras, os espaços vazios 12 12 elementos de organização e suporte da forma Unidade e composição que as rodeiam, as proporções, todos são importantes. No desenho, na pintura, na arte figurativa, na arte publicitária, na fotografia, a composição é vital. Na composição, a criatividade ocupa um lugar destacado que, unida ao conhecimento básico, permitirá a descoberta de soluções para problemas que surgem numa composição plástica. "A disposição da minha pintura tende inteiramente para a expressão pela composição. O lugar ocupado por figuras e objetos, os espaços vazios que o cercam, as proporções, tudo tem seu papel“ (Henri Matisse)
  • 13. lementos de expressão e composição da 13 13 forma lementos de organização e suporte da forma