SlideShare uma empresa Scribd logo
Experiência de Pernambuco em Resposta à
Emergência no âmbito da atenção à saúde
das crianças com Síndrome Congênita
associada à infecção pelo vírus Zika
SETEMBRO/2017
SÍNDROME CONGÊNITA DO ZIKA VÍRUSSÍNDROME CONGÊNITA DO ZIKA VÍRUS
• Identificação
de doença
exantemática a
esclarecer em
Pernambuco e
outros estados
do Nordeste
• Percepção do
aumento do
número de
casos de
microcefalia na
rede materno
infantil de
Pernambuco
• Notificação de
Pernambuco ao MS
• Reunião da OPAS
com o MS e SES/PE
• Investigação de
campo pelo
EPISUS/MS
• Instituição da
notificação imediata
e compulsória de
microcefalia em
Pernambuco
•Primeiro Protocolo
Clínico e
Epidemiológico
estadual
• Organização da rede
de referência de
atenção à saúde -
investigação de casos e
reabilitação
• MS confirma a relação
entre o vírus Zika e
microcefalia
• Declaração
emergência estadual e
nacional
• Segunda versão
do Protocolo
Clínico e
Epidemiológico
estadual
• Notificação das
Gestantes com
exantema
?
Março 2015 Agosto 2015 Outubro 2015 Dezembro 2015Novembro 2015
• Implantação do Núcleo de
Apoio as famílias de crianças
com microcefalia (NAFCM)
13 apoiadores +
01 Coordenador
SÍNDROME CONGÊNITA DO ZIKA VÍRUSSÍNDROME CONGÊNITA DO ZIKA VÍRUS
• Busca ativa de casos
notificados com classificação
de microcefalia e
microcefalia severa para
encerramento da
investigação
•Início da realização de
mutirões para encerramento
dos casos em investigação
•Instituída uma área técnica
para vigilância da SZC na
SES/PE
• OMS declara situação de
emergência internacional
•Ações intersetoriais para o
controle vetorial: atuação do
Comitê Estadual de Combate
ao Aedes aegypti e do
Centro Integrado de
Comando e Controle
Regional – CICCR,
monitorando ações de
combate ao mosquito, além
da análise de indicadores
epidemiológicos
?
Janeiro 2016
Fevereiro 2016 Março/Abril 2016 Maio/Junho 2016
ACOMPANHAMENTO DAS CRIANÇASACOMPANHAMENTO DAS CRIANÇAS
MAIO/JUNHOMAIO/JUNHO
20162016
Implantação do Núcleo de
Apoio as famílias de
crianças com microcefalia
13 apoiadores +
01 Coordenador
Coordenar, monitorar e
apoiar as ações
regionalizadas de busca
ativa, diagnóstico,
reabilitação e
acompanhamento das
crianças notificadas com a
Síndrome Congênita do
Zika Vírus e respectivas
famílias.
ACOMPANHAMENTO DAS CRIANÇAS
PLANILHA DE MONITORAMENTO DOS CASOS CONFIRMADOS PARA A SCZV (31 COLUNAS)
• INFORMAÇÕES DE IDENTIFICAÇÃO DA CRIANÇA E MÃE
• QUAIS AS ALTERAÇÕES PROVOCADA PELA SÍNDROME DO ZIKA VÍRUS?
• É ACOMPANHADA EM SERVIÇO PARA REABILITAÇÃO? SE SIM, QUAL O SERVIÇO ?
• A CRIANÇA ESTÁ SENDO ACOMPANHADA EM SERVIÇOS ESPECIALIZADOS PARA CONSULTA? SE SIM,
QUAL A ESPECIALIDADE MÉDICA, QUAL UNIDADE DE SAÚDE E QUAL O MUNICÍPIO?
• ACOMPANHADA PELA ESF? QUAL A UNIDADE ?
• ACOMPANHADA POR NASF? SE NÃO, POR QUE?
• A FAMÍLIA É ACOMPANHADA PELO PROGRAMA MÃE CORUJA?
• FAZ USO DE MEDICAMENTOS ESPECIAIS?
• ESPESSANTE (FAZ USO OU TEM INDICAÇÃO?)
• RECEBENDO BPC?
• RECEBE OUTROS BENEFICIOS SOCIAIS?
• OUTRAS DIFICULDADES - SUS, SUAS E INSS
ACOMPANHAMENTO DAS CRIANÇAS
PLANILHA DE MONITORAMENTO DOS CASOS DESCARTADOS PARA A SCZV (20 COLUNAS)
• INFORMAÇÕES DE IDENTIFICAÇÃO DA CRIANÇA E MÃE
• DATA DA PUERICULTURA
• IDADE
• PESO
• PC
• ESTATURA
• CRESCIMENTO ADEQUADO?
• DESENVOLVIMENTO ADEQUADO?
• SE NÃO, QUAIS AS ALTERAÇÕES?
• ACOMPANHADA PELO NASF? SE NÃO, POR QUE?
• DIFICULDADES ENCONTRADAS
ACOMPANHAMENTO DAS CRIANÇASACOMPANHAMENTO DAS CRIANÇAS
Acompanhamento das crianças nascidas vivas
Julho/17
Dados do
monitoramento
do NAFCM
MUTIRÕES SÍNDROME CONGÊNITA DO ZIKA VÍRUS
01/04/2016
(AACD)
08/04/2016
(AACD)
15/04/2016
(HMV)
29/04/2016
(HMV)
13/05/2016
(PETROLINA)
20, 24, 27/05/2016
(Mini-mutirão HBL)
28/05/2016(HBL
)
22/07/2016
(RECIFE)
TOTAL
Atendimentos
Realizados
116 187 42 118 54 33 39 67 656
Casos Confirmados 14 14 03 11 01 01 02 03 49
Casos em
Investigação
07 02 -- -- 01 -- 01 03 14
Casos Descartados 95 171 39 107 52 32 36 61 593
SÍNDROME CONGÊNITA DO ZIKA VÍRUSSÍNDROME CONGÊNITA DO ZIKA VÍRUS
Distribuição dos casos notificados de SCZ, segundo semana epidemiológica/ano de nascimento.
Pernambuco, SE 30/2015- SE 28/2017
Período de Referência : SE 30/2015 (26/07/2015 a 01/08/2015) e SE 28/2017 (09 a 15/07/07/2017)
ASSISTÊNCIA AOS PACIENTESASSISTÊNCIA AOS PACIENTES
CRITÉRIOS PARA IMPLANTAÇÃO DA REDE DE ATENÇÃOCRITÉRIOS PARA IMPLANTAÇÃO DA REDE DE ATENÇÃO
 Descentralização e Regionalização
 Adequação dos Equipamentos de Saúde existentes
 Disponibilidade de Recursos Humanos
 Qualificação da rede
 Elaboração de Protocolos, Fluxos Assistenciais e Diretriz epidemiológica
Acesso Regulado
Centros de Referência
DESCENTRALIZAÇÃO E REGIONALIZAÇÃODESCENTRALIZAÇÃO E REGIONALIZAÇÃO
IMIP
AACD
IMIP
AACD
HUOC
HBL
HAM
CISAM
HOSP. MESTRE VITALINO
HOSP. JESUS NAZARENO
HOSP. DOM MOURA
HOSPAM
HOSP. DOM MALAN
MENS SANA
IMIP
AACD
HUOC
HBL
HAM
CISAM
HOSP. MESTRE VITALINO
HOSP. JESUS NAZARENO
HOSP. DOM MOURA
HOSPAM
HOSP. DOM MALAN
MENS SANA
HOSP. JOÃO MURILO
HOSP. RUY DE BARROS CORREIA
HOSP. EMÍLIA CÂMARA
UPAE CARUARU
UPAE BELO JARDIM
UPAE GARANHUNS
UPAE ARCOVERDE
UPAE SALGUEIRO
UPAE PETROLINA
UPAE AFOGADOS DA INGAZEIRA
UPAE SERRA TALHADA
FUNDAÇÃO ALTINO VENTURA
IMIP
AACD
HUOC
HBL
HAM
CISAM
HOSP. MESTRE VITALINO
HOSP. JESUS NAZARENO
HOSP. DOM MOURA
HOSPAM
HOSP. DOM MALAN
MENS SANA
HOSP. JOÃO MURILO
HOSP. RUY DE BARROS CORREIA
HOSP. EMÍLIA CÂMARA
UPAE CARUARU
UPAE BELO JARDIM
UPAE GARANHUNS
UPAE ARCOVERDE
UPAE SALGUEIRO
UPAE PETROLINA
UPAE AFOGADOS DA INGAZEIRA
UPAE SERRA TALHADA
HOSPITAL ERMÍRIO COUTINHO
HOSPITAL FERNANDO BEZERRA
FUNDAÇÃO ALTINO VENTURA
IMIP
AACD
HUOC
HBL
HAM
CISAM
HOSP. MESTRE VITALINO
HOSP. JESUS NAZARENO
HOSP. DOM MOURA
HOSPAM
HOSP. DOM MALAN
MENS SANA
HOSP. JOÃO MURILO
HOSP. RUY DE BARROS CORREIA
HOSP. EMÍLIA CÂMARA
UPAE CARUARU
UPAE BELO JARDIM
UPAE GARANHUNS
UPAE ARCOVERDE
UPAE SALGUEIRO
UPAE PETROLINA
UPAE AFOGADOS DA INGAZEIRA
UPAE SERRA TALHADA
HOSPITAL ERMÍRIO COUTINHO
HOSPITAL FERNANDO BEZERRA
FUNDAÇÃO ALTINO VENTURA
HOSPITAL DAS CLÍNICAS
UPAE OURICURI
APAMI VITÓRIA
UPAE LIMOEIRO
HOSPITAL BELARMINO CORREIA
HOSPITAL REGIONAL SILVIO
MAGALHÃES
Setembro 2015Setembro 2015 Dezembro 2015Dezembro 2015 Fevereiro/Março 2016Fevereiro/Março 2016 Atual – Agosto 2017Atual – Agosto 2017Junho 2016Junho 2016
02 UNIDADES 12 UNIDADES 24 UNIDADES 26 UNIDADES 32 UNIDADES
Obs: Em 2016 foram habilitados quatro CER: 01 estadual (IMIP) e 03 municipais (Recife,
Ipojuca e Limoeiro)
DESCENTRALIAZAÇÃO E REGIONALIZAÇÃODESCENTRALIAZAÇÃO E REGIONALIZAÇÃO
Unidades de referência
I GERES: FAV, IMIP, AACD, HUOC. HAM, HC, HJM, HBL, CISAM e
APAMI
II GERES: Hospital Ermírio Coutinho e UPAE Limoeiro
III GERES: Hosp. Regional Silvio Magalhães
IV GERES: HMV, HJN, UPAE Caruaru e UPAE Belo Jardim
V GERES: HDM e UPAE Garanhuns
VI GERES: Hosp Ruy de Barros, UPAE Arcoverde e Mens Sana
VII GERES:UPAE Salgueiro
VIII GERES: Hosp. Dom Malan, UPAE Petrolina
IX GERES: Hosp. Fernando Bezerra e UPAE Ouricuri
X GERES: Hosp. Emília Câmara e UPAE Afogados da Ingazeira
XI GERES: HOSPAM e UPAE Serra Talhada
XII GERES: Hospital Belarmino Correia
CAPACITAÇÕES REALIZADAS
Qualificação da redeQualificação da rede
TIPO DE CAPACITAÇÃO LOCAL DATA
PROFISSIONAIS
CAPACITADOS
XV FÓRUM PERINATAL DA I REGIÃO –
PUERICULTURA DAS CRIANÇAS NOTIFICADAS
RECIFE 12/04/16 47 participantes
CAPACITAÇÃO REDE DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA:
SITUAÇÃO EPIDEMIÓLIGICA DA TRÍPLICE EPIDEMIA
NO ESTADO DE PERNAMBUCO
Auditório SES/PE 19/04/16 422 participantes
II FÓRUM MATERNO E INFANTIL DA V REGIÃO –
PUERICULTURA DAS CRIANÇAS NOTIFICADAS
GARANHUS 24/05/16 126 participantes
OFICINA DE ATUALIZAÇÃO MICROCEFALIA:
DESAFIOS DA ATUALIDADE
HOSPITAL DOM MOURA
(GARANHUNS)
06/06/16
320 participantes
CAPACITAÇÃO DE REABILITAÇÃO
Auditório SES/PE e por
Videoconferência
10/06/16
320 (70 Presenciais e 250
Videoconfreência via GERES)
WORKSHOP – ZIKA NÃO: UNIDOS NA EMERGÊNCIA
Auditório SES/PE e por
Videoconferência
15/16
08/16
696 participantes
ATUALIZAÇÃO EM REABILITAÇÃO COM FOCO NA
SÍNDROME CONGÊNITA DO ZIKA VÍRUS
RECIFE
12/09 a 16/09
19/09 a 23/09
26/09 a 30/09
03/10 a 07/10
51 Profissionais de saúde
ATUALIZAÇÃO DOS PROFISSIONAIS DE SAÚDE NO
CONTEXTO DAS ARBOVIROSES
Auditório SES/PE
03/11/16 130 participantes
Desenvolvimento infantil sob o olhar da saúde e
educação
Auditório SES/PE
18/10/16 94 participantes
SEMINÁRIO CONVULSÕES NA INFÂNCIA
Auditório SES/PE
09/11/16
140 Participantes (Presenciais e
Videoconfreência)
TOTAL 2.346 Participantes
SÍNDROME CONGÊNITA DO ZIKA VÍRUSSÍNDROME CONGÊNITA DO ZIKA VÍRUS
Ações RealizadasAções Realizadas
SÍNDROME CONGÊNITA DO ZIKA VÍRUSSÍNDROME CONGÊNITA DO ZIKA VÍRUS
Ações em andamentoAções em andamento
 Qualificar os
profissionais da
APS;
 Fortalecer o
trabalho em
rede;
 Integralidade
do cuidado
SÍNDROME CONGÊNITA DO ZIKA VÍRUSSÍNDROME CONGÊNITA DO ZIKA VÍRUS
Ações em andamentoAções em andamento
Curso para os
pais
I GERES
(Realizada)
II GERES
III GERES
XII GERESForam abordados os seguintes temas:
•Aspectos psicológicos
•Importância da estimulação dos
pacientes
•Orientações sobre a dificuldade de
alimentação e linguagem
INCORPORAÇÃO DE MEDICAMENTOINCORPORAÇÃO DE MEDICAMENTO
Primeiro Estado do Brasil a disponibilizar o
Levetiracetam (Keppra) pelo Sistema Único
de Saúde (SUS). O medicamento tem o
objetivo de evitar crises convulsivas
CAMPANHA ESTADUAL REALIZADACAMPANHA ESTADUAL REALIZADA
Campanha Estadual de Mobilização Social
PRINCIPAIS DESAFIOSPRINCIPAIS DESAFIOS
Obrigada!Obrigada!
Maria Francisca Santos de CarvalhoMaria Francisca Santos de Carvalho
Superintendente da Atenção PrimáriaSuperintendente da Atenção Primária
“Em Pernambuco quem nasce com microcefalia é
recebido pela família com AMOR pelo Estado com
ATENÇÃO e por todos com RESPEITO”.

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Experiência de Pernambuco em Resposta à Emergência no âmbito da atenção à saúde das crianças com Síndrome Congênita associada à infecção pelo vírus Zika

A EXPERIÊNCIA DE RECIFE Intervenção e integração dos serviços de atenção à sa...
A EXPERIÊNCIA DE RECIFE Intervenção e integração dos serviços de atenção à sa...A EXPERIÊNCIA DE RECIFE Intervenção e integração dos serviços de atenção à sa...
A EXPERIÊNCIA DE RECIFE Intervenção e integração dos serviços de atenção à sa...
Portal da Inovação em Saúde
 
Revista Valentina N° 55
Revista Valentina N° 55Revista Valentina N° 55
Revista Valentina N° 55
Revista Valentina
 
Trabajo brasilero de leismaniasis
Trabajo brasilero de leismaniasisTrabajo brasilero de leismaniasis
Trabajo brasilero de leismaniasis
Eduardo Jara
 
ApresentaçãO SaúDe Da Mulher
ApresentaçãO SaúDe Da MulherApresentaçãO SaúDe Da Mulher
ApresentaçãO SaúDe Da Mulher
Tania Fonseca
 
Assistência a criança com Microcefalia
Assistência  a criança com  MicrocefaliaAssistência  a criança com  Microcefalia
Assistência a criança com Microcefalia
Portal da Inovação em Saúde
 
Atividades Realizadas Psf Emaús 2009
Atividades Realizadas Psf Emaús 2009Atividades Realizadas Psf Emaús 2009
Atividades Realizadas Psf Emaús 2009
Professor Robson
 
Política São Paulo Carinhosa - Seminário "Desenvolvimento Infantil e Vínculos...
Política São Paulo Carinhosa - Seminário "Desenvolvimento Infantil e Vínculos...Política São Paulo Carinhosa - Seminário "Desenvolvimento Infantil e Vínculos...
Política São Paulo Carinhosa - Seminário "Desenvolvimento Infantil e Vínculos...
Centro de Desenvolvimento, Ensino e Pesquisa em Saúde - CEDEPS
 
Articulação-das-Políticas-de-Saúde-Janine.pptx
Articulação-das-Políticas-de-Saúde-Janine.pptxArticulação-das-Políticas-de-Saúde-Janine.pptx
Articulação-das-Políticas-de-Saúde-Janine.pptx
ShesterDamaceno1
 
Situação de Saúde da Primeira Infância
Situação de Saúde da Primeira InfânciaSituação de Saúde da Primeira Infância
Situação de Saúde da Primeira Infância
Centro de Desenvolvimento, Ensino e Pesquisa em Saúde - CEDEPS
 
Seminário: A Saúde na Política Municipal São Paulo Carinhosa - Saúde da Criança
Seminário: A Saúde na Política Municipal São Paulo Carinhosa - Saúde da CriançaSeminário: A Saúde na Política Municipal São Paulo Carinhosa - Saúde da Criança
Seminário: A Saúde na Política Municipal São Paulo Carinhosa - Saúde da Criança
Centro de Desenvolvimento, Ensino e Pesquisa em Saúde - CEDEPS
 
Construindo um protocolo único para uma atenção integral à primeira infância ...
Construindo um protocolo único para uma atenção integral à primeira infância ...Construindo um protocolo único para uma atenção integral à primeira infância ...
Construindo um protocolo único para uma atenção integral à primeira infância ...
SAE - Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência da República
 
Construindo um protocolo único para uma atenção integral à primeira infância ...
Construindo um protocolo único para uma atenção integral à primeira infância ...Construindo um protocolo único para uma atenção integral à primeira infância ...
Construindo um protocolo único para uma atenção integral à primeira infância ...
SAE - Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência da República
 
Atividades Realizadas PSF Emaús no Ano 2009 - Equipe 035
Atividades Realizadas PSF Emaús no Ano 2009 - Equipe 035Atividades Realizadas PSF Emaús no Ano 2009 - Equipe 035
Atividades Realizadas PSF Emaús no Ano 2009 - Equipe 035
Professor Robson
 
SP Carinhosa - CRS - Sudeste
SP Carinhosa - CRS - SudesteSP Carinhosa - CRS - Sudeste
Planificação da APS - A fórmula organizadora do sistema local de saúde
Planificação da APS - A fórmula organizadora do sistema local de saúdePlanificação da APS - A fórmula organizadora do sistema local de saúde
Planificação da APS - A fórmula organizadora do sistema local de saúde
Conselho Nacional de Secretários de Saúde - CONASS
 
Informação, acolhimento e fortalecimento dos vínculos familiares- Virgínia Ma...
Informação, acolhimento e fortalecimento dos vínculos familiares- Virgínia Ma...Informação, acolhimento e fortalecimento dos vínculos familiares- Virgínia Ma...
Informação, acolhimento e fortalecimento dos vínculos familiares- Virgínia Ma...
SAE - Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência da República
 
IMPLANTAÇÃO DO PROTOCOLO DE ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM AO ADULTO 30-05-22 e...
IMPLANTAÇÃO DO PROTOCOLO DE ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM AO ADULTO 30-05-22 e...IMPLANTAÇÃO DO PROTOCOLO DE ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM AO ADULTO 30-05-22 e...
IMPLANTAÇÃO DO PROTOCOLO DE ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM AO ADULTO 30-05-22 e...
Portal da Inovação em Saúde
 
Contribuição da AACD/ Tratamento Deficiente Físico
Contribuição da AACD/ Tratamento Deficiente FísicoContribuição da AACD/ Tratamento Deficiente Físico
Contribuição da AACD/ Tratamento Deficiente Físico
ivanferraretto
 
Anais do XIV ENAM - Encontro Nacional de Aleitamento - parte 1
Anais do XIV ENAM - Encontro Nacional de Aleitamento - parte 1Anais do XIV ENAM - Encontro Nacional de Aleitamento - parte 1
Anais do XIV ENAM - Encontro Nacional de Aleitamento - parte 1
Prof. Marcus Renato de Carvalho
 
AMPLIAÇÃO E DESCENTRALIZAÇÃO DA ASSISTÊNCIA ÀS CRIANÇAS COM SÍNDROME CONGÊNIT...
AMPLIAÇÃO E DESCENTRALIZAÇÃO DA ASSISTÊNCIA ÀS CRIANÇAS COM SÍNDROME CONGÊNIT...AMPLIAÇÃO E DESCENTRALIZAÇÃO DA ASSISTÊNCIA ÀS CRIANÇAS COM SÍNDROME CONGÊNIT...
AMPLIAÇÃO E DESCENTRALIZAÇÃO DA ASSISTÊNCIA ÀS CRIANÇAS COM SÍNDROME CONGÊNIT...
Portal da Inovação em Saúde
 

Semelhante a Experiência de Pernambuco em Resposta à Emergência no âmbito da atenção à saúde das crianças com Síndrome Congênita associada à infecção pelo vírus Zika (20)

A EXPERIÊNCIA DE RECIFE Intervenção e integração dos serviços de atenção à sa...
A EXPERIÊNCIA DE RECIFE Intervenção e integração dos serviços de atenção à sa...A EXPERIÊNCIA DE RECIFE Intervenção e integração dos serviços de atenção à sa...
A EXPERIÊNCIA DE RECIFE Intervenção e integração dos serviços de atenção à sa...
 
Revista Valentina N° 55
Revista Valentina N° 55Revista Valentina N° 55
Revista Valentina N° 55
 
Trabajo brasilero de leismaniasis
Trabajo brasilero de leismaniasisTrabajo brasilero de leismaniasis
Trabajo brasilero de leismaniasis
 
ApresentaçãO SaúDe Da Mulher
ApresentaçãO SaúDe Da MulherApresentaçãO SaúDe Da Mulher
ApresentaçãO SaúDe Da Mulher
 
Assistência a criança com Microcefalia
Assistência  a criança com  MicrocefaliaAssistência  a criança com  Microcefalia
Assistência a criança com Microcefalia
 
Atividades Realizadas Psf Emaús 2009
Atividades Realizadas Psf Emaús 2009Atividades Realizadas Psf Emaús 2009
Atividades Realizadas Psf Emaús 2009
 
Política São Paulo Carinhosa - Seminário "Desenvolvimento Infantil e Vínculos...
Política São Paulo Carinhosa - Seminário "Desenvolvimento Infantil e Vínculos...Política São Paulo Carinhosa - Seminário "Desenvolvimento Infantil e Vínculos...
Política São Paulo Carinhosa - Seminário "Desenvolvimento Infantil e Vínculos...
 
Articulação-das-Políticas-de-Saúde-Janine.pptx
Articulação-das-Políticas-de-Saúde-Janine.pptxArticulação-das-Políticas-de-Saúde-Janine.pptx
Articulação-das-Políticas-de-Saúde-Janine.pptx
 
Situação de Saúde da Primeira Infância
Situação de Saúde da Primeira InfânciaSituação de Saúde da Primeira Infância
Situação de Saúde da Primeira Infância
 
Seminário: A Saúde na Política Municipal São Paulo Carinhosa - Saúde da Criança
Seminário: A Saúde na Política Municipal São Paulo Carinhosa - Saúde da CriançaSeminário: A Saúde na Política Municipal São Paulo Carinhosa - Saúde da Criança
Seminário: A Saúde na Política Municipal São Paulo Carinhosa - Saúde da Criança
 
Construindo um protocolo único para uma atenção integral à primeira infância ...
Construindo um protocolo único para uma atenção integral à primeira infância ...Construindo um protocolo único para uma atenção integral à primeira infância ...
Construindo um protocolo único para uma atenção integral à primeira infância ...
 
Construindo um protocolo único para uma atenção integral à primeira infância ...
Construindo um protocolo único para uma atenção integral à primeira infância ...Construindo um protocolo único para uma atenção integral à primeira infância ...
Construindo um protocolo único para uma atenção integral à primeira infância ...
 
Atividades Realizadas PSF Emaús no Ano 2009 - Equipe 035
Atividades Realizadas PSF Emaús no Ano 2009 - Equipe 035Atividades Realizadas PSF Emaús no Ano 2009 - Equipe 035
Atividades Realizadas PSF Emaús no Ano 2009 - Equipe 035
 
SP Carinhosa - CRS - Sudeste
SP Carinhosa - CRS - SudesteSP Carinhosa - CRS - Sudeste
SP Carinhosa - CRS - Sudeste
 
Planificação da APS - A fórmula organizadora do sistema local de saúde
Planificação da APS - A fórmula organizadora do sistema local de saúdePlanificação da APS - A fórmula organizadora do sistema local de saúde
Planificação da APS - A fórmula organizadora do sistema local de saúde
 
Informação, acolhimento e fortalecimento dos vínculos familiares- Virgínia Ma...
Informação, acolhimento e fortalecimento dos vínculos familiares- Virgínia Ma...Informação, acolhimento e fortalecimento dos vínculos familiares- Virgínia Ma...
Informação, acolhimento e fortalecimento dos vínculos familiares- Virgínia Ma...
 
IMPLANTAÇÃO DO PROTOCOLO DE ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM AO ADULTO 30-05-22 e...
IMPLANTAÇÃO DO PROTOCOLO DE ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM AO ADULTO 30-05-22 e...IMPLANTAÇÃO DO PROTOCOLO DE ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM AO ADULTO 30-05-22 e...
IMPLANTAÇÃO DO PROTOCOLO DE ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM AO ADULTO 30-05-22 e...
 
Contribuição da AACD/ Tratamento Deficiente Físico
Contribuição da AACD/ Tratamento Deficiente FísicoContribuição da AACD/ Tratamento Deficiente Físico
Contribuição da AACD/ Tratamento Deficiente Físico
 
Anais do XIV ENAM - Encontro Nacional de Aleitamento - parte 1
Anais do XIV ENAM - Encontro Nacional de Aleitamento - parte 1Anais do XIV ENAM - Encontro Nacional de Aleitamento - parte 1
Anais do XIV ENAM - Encontro Nacional de Aleitamento - parte 1
 
AMPLIAÇÃO E DESCENTRALIZAÇÃO DA ASSISTÊNCIA ÀS CRIANÇAS COM SÍNDROME CONGÊNIT...
AMPLIAÇÃO E DESCENTRALIZAÇÃO DA ASSISTÊNCIA ÀS CRIANÇAS COM SÍNDROME CONGÊNIT...AMPLIAÇÃO E DESCENTRALIZAÇÃO DA ASSISTÊNCIA ÀS CRIANÇAS COM SÍNDROME CONGÊNIT...
AMPLIAÇÃO E DESCENTRALIZAÇÃO DA ASSISTÊNCIA ÀS CRIANÇAS COM SÍNDROME CONGÊNIT...
 

Mais de Portal da Inovação em Saúde

Da organização do grupo de pesquisadores à Rede de Pesquisa Brasil: perspect...
Da organização do grupo de pesquisadores à Rede de Pesquisa Brasil:  perspect...Da organização do grupo de pesquisadores à Rede de Pesquisa Brasil:  perspect...
Da organização do grupo de pesquisadores à Rede de Pesquisa Brasil: perspect...
Portal da Inovação em Saúde
 
Da organização do grupo de pesquisadores à Rede de Pesquisa Brasil: perspect...
Da organização do grupo de pesquisadores à Rede de Pesquisa Brasil:  perspect...Da organização do grupo de pesquisadores à Rede de Pesquisa Brasil:  perspect...
Da organização do grupo de pesquisadores à Rede de Pesquisa Brasil: perspect...
Portal da Inovação em Saúde
 
Caracterização dos casos de MPOX - IIER
Caracterização dos casos de  MPOX - IIERCaracterização dos casos de  MPOX - IIER
Caracterização dos casos de MPOX - IIER
Portal da Inovação em Saúde
 
Perfil clínico-epidemiológico dos casos de Mpox no Amazonas
Perfil clínico-epidemiológico dos casos de Mpox no AmazonasPerfil clínico-epidemiológico dos casos de Mpox no Amazonas
Perfil clínico-epidemiológico dos casos de Mpox no Amazonas
Portal da Inovação em Saúde
 
Resultados da Pesquisa Mpox da Plataforma Clínica Global OMS Goiânia-Goiás
Resultados da Pesquisa Mpox da Plataforma Clínica Global OMS  Goiânia-GoiásResultados da Pesquisa Mpox da Plataforma Clínica Global OMS  Goiânia-Goiás
Resultados da Pesquisa Mpox da Plataforma Clínica Global OMS Goiânia-Goiás
Portal da Inovação em Saúde
 
Hospital São José de Doenças Infecciosas – SES CE
Hospital São José de Doenças Infecciosas – SES CEHospital São José de Doenças Infecciosas – SES CE
Hospital São José de Doenças Infecciosas – SES CE
Portal da Inovação em Saúde
 
Surto de MPX – experiência do Município de Florianópolis.
Surto de MPX – experiência do Município de Florianópolis.Surto de MPX – experiência do Município de Florianópolis.
Surto de MPX – experiência do Município de Florianópolis.
Portal da Inovação em Saúde
 
Projeto Plataforma Clínica Global para Mpox da OMS: experiência do município ...
Projeto Plataforma Clínica Global para Mpox da OMS: experiência do município ...Projeto Plataforma Clínica Global para Mpox da OMS: experiência do município ...
Projeto Plataforma Clínica Global para Mpox da OMS: experiência do município ...
Portal da Inovação em Saúde
 
7 - APRESENTACAO MPOX_POA_Natália Aredes.pptx
7 - APRESENTACAO MPOX_POA_Natália Aredes.pptx7 - APRESENTACAO MPOX_POA_Natália Aredes.pptx
7 - APRESENTACAO MPOX_POA_Natália Aredes.pptx
Portal da Inovação em Saúde
 
ESTUDO DE CoORTE RETROSPECTIVO PÓS-COVID UBS SANTA CECÍLIA / HCPA
ESTUDO DE CoORTE RETROSPECTIVO PÓS-COVID UBS SANTA CECÍLIA / HCPAESTUDO DE CoORTE RETROSPECTIVO PÓS-COVID UBS SANTA CECÍLIA / HCPA
ESTUDO DE CoORTE RETROSPECTIVO PÓS-COVID UBS SANTA CECÍLIA / HCPA
Portal da Inovação em Saúde
 
Hospital da Criança de Brasília José Alencar
Hospital da Criança de Brasília José AlencarHospital da Criança de Brasília José Alencar
Hospital da Criança de Brasília José Alencar
Portal da Inovação em Saúde
 
Identificação de casos de Pós-Covid em Florianópolis-SC: resultados da cooper...
Identificação de casos de Pós-Covid em Florianópolis-SC: resultados da cooper...Identificação de casos de Pós-Covid em Florianópolis-SC: resultados da cooper...
Identificação de casos de Pós-Covid em Florianópolis-SC: resultados da cooper...
Portal da Inovação em Saúde
 
Compartilhando experiências da Rede Colaborativa Brasil - Pesquisa Pós-Covid ...
Compartilhando experiências da Rede Colaborativa Brasil - Pesquisa Pós-Covid ...Compartilhando experiências da Rede Colaborativa Brasil - Pesquisa Pós-Covid ...
Compartilhando experiências da Rede Colaborativa Brasil - Pesquisa Pós-Covid ...
Portal da Inovação em Saúde
 
Pós-Covid no âmbito da Plataforma Clínica Global OMS
Pós-Covid no âmbito da Plataforma Clínica Global OMSPós-Covid no âmbito da Plataforma Clínica Global OMS
Pós-Covid no âmbito da Plataforma Clínica Global OMS
Portal da Inovação em Saúde
 
Estratégia digital para a identificação de casos Pós-Covid
Estratégia digital para a identificação de casos Pós-CovidEstratégia digital para a identificação de casos Pós-Covid
Estratégia digital para a identificação de casos Pós-Covid
Portal da Inovação em Saúde
 
Leitura em voz alta passo a passo
Leitura em voz alta passo a passoLeitura em voz alta passo a passo
Leitura em voz alta passo a passo
Portal da Inovação em Saúde
 
Projeto Epa de Saúde Mental na Atenção Primária em Saúde
Projeto Epa de Saúde Mental na Atenção Primária em SaúdeProjeto Epa de Saúde Mental na Atenção Primária em Saúde
Projeto Epa de Saúde Mental na Atenção Primária em Saúde
Portal da Inovação em Saúde
 
Comunidade de Fala
Comunidade de FalaComunidade de Fala
Comunidade de Fala
Portal da Inovação em Saúde
 
Pré-conferências de caráter territorial como proposta estratégica para potenc...
Pré-conferências de caráter territorial como proposta estratégica para potenc...Pré-conferências de caráter territorial como proposta estratégica para potenc...
Pré-conferências de caráter territorial como proposta estratégica para potenc...
Portal da Inovação em Saúde
 
APRESENTAÇÃO PAULO.pptx
APRESENTAÇÃO PAULO.pptxAPRESENTAÇÃO PAULO.pptx
APRESENTAÇÃO PAULO.pptx
Portal da Inovação em Saúde
 

Mais de Portal da Inovação em Saúde (20)

Da organização do grupo de pesquisadores à Rede de Pesquisa Brasil: perspect...
Da organização do grupo de pesquisadores à Rede de Pesquisa Brasil:  perspect...Da organização do grupo de pesquisadores à Rede de Pesquisa Brasil:  perspect...
Da organização do grupo de pesquisadores à Rede de Pesquisa Brasil: perspect...
 
Da organização do grupo de pesquisadores à Rede de Pesquisa Brasil: perspect...
Da organização do grupo de pesquisadores à Rede de Pesquisa Brasil:  perspect...Da organização do grupo de pesquisadores à Rede de Pesquisa Brasil:  perspect...
Da organização do grupo de pesquisadores à Rede de Pesquisa Brasil: perspect...
 
Caracterização dos casos de MPOX - IIER
Caracterização dos casos de  MPOX - IIERCaracterização dos casos de  MPOX - IIER
Caracterização dos casos de MPOX - IIER
 
Perfil clínico-epidemiológico dos casos de Mpox no Amazonas
Perfil clínico-epidemiológico dos casos de Mpox no AmazonasPerfil clínico-epidemiológico dos casos de Mpox no Amazonas
Perfil clínico-epidemiológico dos casos de Mpox no Amazonas
 
Resultados da Pesquisa Mpox da Plataforma Clínica Global OMS Goiânia-Goiás
Resultados da Pesquisa Mpox da Plataforma Clínica Global OMS  Goiânia-GoiásResultados da Pesquisa Mpox da Plataforma Clínica Global OMS  Goiânia-Goiás
Resultados da Pesquisa Mpox da Plataforma Clínica Global OMS Goiânia-Goiás
 
Hospital São José de Doenças Infecciosas – SES CE
Hospital São José de Doenças Infecciosas – SES CEHospital São José de Doenças Infecciosas – SES CE
Hospital São José de Doenças Infecciosas – SES CE
 
Surto de MPX – experiência do Município de Florianópolis.
Surto de MPX – experiência do Município de Florianópolis.Surto de MPX – experiência do Município de Florianópolis.
Surto de MPX – experiência do Município de Florianópolis.
 
Projeto Plataforma Clínica Global para Mpox da OMS: experiência do município ...
Projeto Plataforma Clínica Global para Mpox da OMS: experiência do município ...Projeto Plataforma Clínica Global para Mpox da OMS: experiência do município ...
Projeto Plataforma Clínica Global para Mpox da OMS: experiência do município ...
 
7 - APRESENTACAO MPOX_POA_Natália Aredes.pptx
7 - APRESENTACAO MPOX_POA_Natália Aredes.pptx7 - APRESENTACAO MPOX_POA_Natália Aredes.pptx
7 - APRESENTACAO MPOX_POA_Natália Aredes.pptx
 
ESTUDO DE CoORTE RETROSPECTIVO PÓS-COVID UBS SANTA CECÍLIA / HCPA
ESTUDO DE CoORTE RETROSPECTIVO PÓS-COVID UBS SANTA CECÍLIA / HCPAESTUDO DE CoORTE RETROSPECTIVO PÓS-COVID UBS SANTA CECÍLIA / HCPA
ESTUDO DE CoORTE RETROSPECTIVO PÓS-COVID UBS SANTA CECÍLIA / HCPA
 
Hospital da Criança de Brasília José Alencar
Hospital da Criança de Brasília José AlencarHospital da Criança de Brasília José Alencar
Hospital da Criança de Brasília José Alencar
 
Identificação de casos de Pós-Covid em Florianópolis-SC: resultados da cooper...
Identificação de casos de Pós-Covid em Florianópolis-SC: resultados da cooper...Identificação de casos de Pós-Covid em Florianópolis-SC: resultados da cooper...
Identificação de casos de Pós-Covid em Florianópolis-SC: resultados da cooper...
 
Compartilhando experiências da Rede Colaborativa Brasil - Pesquisa Pós-Covid ...
Compartilhando experiências da Rede Colaborativa Brasil - Pesquisa Pós-Covid ...Compartilhando experiências da Rede Colaborativa Brasil - Pesquisa Pós-Covid ...
Compartilhando experiências da Rede Colaborativa Brasil - Pesquisa Pós-Covid ...
 
Pós-Covid no âmbito da Plataforma Clínica Global OMS
Pós-Covid no âmbito da Plataforma Clínica Global OMSPós-Covid no âmbito da Plataforma Clínica Global OMS
Pós-Covid no âmbito da Plataforma Clínica Global OMS
 
Estratégia digital para a identificação de casos Pós-Covid
Estratégia digital para a identificação de casos Pós-CovidEstratégia digital para a identificação de casos Pós-Covid
Estratégia digital para a identificação de casos Pós-Covid
 
Leitura em voz alta passo a passo
Leitura em voz alta passo a passoLeitura em voz alta passo a passo
Leitura em voz alta passo a passo
 
Projeto Epa de Saúde Mental na Atenção Primária em Saúde
Projeto Epa de Saúde Mental na Atenção Primária em SaúdeProjeto Epa de Saúde Mental na Atenção Primária em Saúde
Projeto Epa de Saúde Mental na Atenção Primária em Saúde
 
Comunidade de Fala
Comunidade de FalaComunidade de Fala
Comunidade de Fala
 
Pré-conferências de caráter territorial como proposta estratégica para potenc...
Pré-conferências de caráter territorial como proposta estratégica para potenc...Pré-conferências de caráter territorial como proposta estratégica para potenc...
Pré-conferências de caráter territorial como proposta estratégica para potenc...
 
APRESENTAÇÃO PAULO.pptx
APRESENTAÇÃO PAULO.pptxAPRESENTAÇÃO PAULO.pptx
APRESENTAÇÃO PAULO.pptx
 

Último

Prevenção/tratamento de Intercorrências na estética minimamente invasiva
Prevenção/tratamento de Intercorrências na estética minimamente invasivaPrevenção/tratamento de Intercorrências na estética minimamente invasiva
Prevenção/tratamento de Intercorrências na estética minimamente invasiva
ClarissaNiederuaer
 
A-Importancia-da-Saude-Mental-na-Juventude.pptx
A-Importancia-da-Saude-Mental-na-Juventude.pptxA-Importancia-da-Saude-Mental-na-Juventude.pptx
A-Importancia-da-Saude-Mental-na-Juventude.pptx
walterjose20
 
introdução a psicologia voltada a ASB.pptx
introdução a psicologia  voltada a ASB.pptxintrodução a psicologia  voltada a ASB.pptx
introdução a psicologia voltada a ASB.pptx
profafernandacesa
 
1-A Organização do Sistema de Saúde e a Atenção Primária à Saúde (APS) no Bra...
1-A Organização do Sistema de Saúde e a Atenção Primária à Saúde (APS) no Bra...1-A Organização do Sistema de Saúde e a Atenção Primária à Saúde (APS) no Bra...
1-A Organização do Sistema de Saúde e a Atenção Primária à Saúde (APS) no Bra...
LuFelype
 
Tecnicas-de-Instrumentacao-Cirurgica-Em-Cirurgia-Geral-e-Em-Videolaparoscopia...
Tecnicas-de-Instrumentacao-Cirurgica-Em-Cirurgia-Geral-e-Em-Videolaparoscopia...Tecnicas-de-Instrumentacao-Cirurgica-Em-Cirurgia-Geral-e-Em-Videolaparoscopia...
Tecnicas-de-Instrumentacao-Cirurgica-Em-Cirurgia-Geral-e-Em-Videolaparoscopia...
Fabiano Pessanha
 
Guia completo para secar de maneira saudável
Guia completo para secar de maneira saudávelGuia completo para secar de maneira saudável
Guia completo para secar de maneira saudável
barbosakennedy04
 
mapas-mentais---calculo-de-medicacoes_1-3.pdf
mapas-mentais---calculo-de-medicacoes_1-3.pdfmapas-mentais---calculo-de-medicacoes_1-3.pdf
mapas-mentais---calculo-de-medicacoes_1-3.pdf
AdrianoPompiroCarval
 

Último (7)

Prevenção/tratamento de Intercorrências na estética minimamente invasiva
Prevenção/tratamento de Intercorrências na estética minimamente invasivaPrevenção/tratamento de Intercorrências na estética minimamente invasiva
Prevenção/tratamento de Intercorrências na estética minimamente invasiva
 
A-Importancia-da-Saude-Mental-na-Juventude.pptx
A-Importancia-da-Saude-Mental-na-Juventude.pptxA-Importancia-da-Saude-Mental-na-Juventude.pptx
A-Importancia-da-Saude-Mental-na-Juventude.pptx
 
introdução a psicologia voltada a ASB.pptx
introdução a psicologia  voltada a ASB.pptxintrodução a psicologia  voltada a ASB.pptx
introdução a psicologia voltada a ASB.pptx
 
1-A Organização do Sistema de Saúde e a Atenção Primária à Saúde (APS) no Bra...
1-A Organização do Sistema de Saúde e a Atenção Primária à Saúde (APS) no Bra...1-A Organização do Sistema de Saúde e a Atenção Primária à Saúde (APS) no Bra...
1-A Organização do Sistema de Saúde e a Atenção Primária à Saúde (APS) no Bra...
 
Tecnicas-de-Instrumentacao-Cirurgica-Em-Cirurgia-Geral-e-Em-Videolaparoscopia...
Tecnicas-de-Instrumentacao-Cirurgica-Em-Cirurgia-Geral-e-Em-Videolaparoscopia...Tecnicas-de-Instrumentacao-Cirurgica-Em-Cirurgia-Geral-e-Em-Videolaparoscopia...
Tecnicas-de-Instrumentacao-Cirurgica-Em-Cirurgia-Geral-e-Em-Videolaparoscopia...
 
Guia completo para secar de maneira saudável
Guia completo para secar de maneira saudávelGuia completo para secar de maneira saudável
Guia completo para secar de maneira saudável
 
mapas-mentais---calculo-de-medicacoes_1-3.pdf
mapas-mentais---calculo-de-medicacoes_1-3.pdfmapas-mentais---calculo-de-medicacoes_1-3.pdf
mapas-mentais---calculo-de-medicacoes_1-3.pdf
 

Experiência de Pernambuco em Resposta à Emergência no âmbito da atenção à saúde das crianças com Síndrome Congênita associada à infecção pelo vírus Zika

  • 1. Experiência de Pernambuco em Resposta à Emergência no âmbito da atenção à saúde das crianças com Síndrome Congênita associada à infecção pelo vírus Zika SETEMBRO/2017
  • 2. SÍNDROME CONGÊNITA DO ZIKA VÍRUSSÍNDROME CONGÊNITA DO ZIKA VÍRUS • Identificação de doença exantemática a esclarecer em Pernambuco e outros estados do Nordeste • Percepção do aumento do número de casos de microcefalia na rede materno infantil de Pernambuco • Notificação de Pernambuco ao MS • Reunião da OPAS com o MS e SES/PE • Investigação de campo pelo EPISUS/MS • Instituição da notificação imediata e compulsória de microcefalia em Pernambuco •Primeiro Protocolo Clínico e Epidemiológico estadual • Organização da rede de referência de atenção à saúde - investigação de casos e reabilitação • MS confirma a relação entre o vírus Zika e microcefalia • Declaração emergência estadual e nacional • Segunda versão do Protocolo Clínico e Epidemiológico estadual • Notificação das Gestantes com exantema ? Março 2015 Agosto 2015 Outubro 2015 Dezembro 2015Novembro 2015
  • 3. • Implantação do Núcleo de Apoio as famílias de crianças com microcefalia (NAFCM) 13 apoiadores + 01 Coordenador SÍNDROME CONGÊNITA DO ZIKA VÍRUSSÍNDROME CONGÊNITA DO ZIKA VÍRUS • Busca ativa de casos notificados com classificação de microcefalia e microcefalia severa para encerramento da investigação •Início da realização de mutirões para encerramento dos casos em investigação •Instituída uma área técnica para vigilância da SZC na SES/PE • OMS declara situação de emergência internacional •Ações intersetoriais para o controle vetorial: atuação do Comitê Estadual de Combate ao Aedes aegypti e do Centro Integrado de Comando e Controle Regional – CICCR, monitorando ações de combate ao mosquito, além da análise de indicadores epidemiológicos ? Janeiro 2016 Fevereiro 2016 Março/Abril 2016 Maio/Junho 2016
  • 4. ACOMPANHAMENTO DAS CRIANÇASACOMPANHAMENTO DAS CRIANÇAS MAIO/JUNHOMAIO/JUNHO 20162016 Implantação do Núcleo de Apoio as famílias de crianças com microcefalia 13 apoiadores + 01 Coordenador Coordenar, monitorar e apoiar as ações regionalizadas de busca ativa, diagnóstico, reabilitação e acompanhamento das crianças notificadas com a Síndrome Congênita do Zika Vírus e respectivas famílias.
  • 5. ACOMPANHAMENTO DAS CRIANÇAS PLANILHA DE MONITORAMENTO DOS CASOS CONFIRMADOS PARA A SCZV (31 COLUNAS) • INFORMAÇÕES DE IDENTIFICAÇÃO DA CRIANÇA E MÃE • QUAIS AS ALTERAÇÕES PROVOCADA PELA SÍNDROME DO ZIKA VÍRUS? • É ACOMPANHADA EM SERVIÇO PARA REABILITAÇÃO? SE SIM, QUAL O SERVIÇO ? • A CRIANÇA ESTÁ SENDO ACOMPANHADA EM SERVIÇOS ESPECIALIZADOS PARA CONSULTA? SE SIM, QUAL A ESPECIALIDADE MÉDICA, QUAL UNIDADE DE SAÚDE E QUAL O MUNICÍPIO? • ACOMPANHADA PELA ESF? QUAL A UNIDADE ? • ACOMPANHADA POR NASF? SE NÃO, POR QUE? • A FAMÍLIA É ACOMPANHADA PELO PROGRAMA MÃE CORUJA? • FAZ USO DE MEDICAMENTOS ESPECIAIS? • ESPESSANTE (FAZ USO OU TEM INDICAÇÃO?) • RECEBENDO BPC? • RECEBE OUTROS BENEFICIOS SOCIAIS? • OUTRAS DIFICULDADES - SUS, SUAS E INSS
  • 6. ACOMPANHAMENTO DAS CRIANÇAS PLANILHA DE MONITORAMENTO DOS CASOS DESCARTADOS PARA A SCZV (20 COLUNAS) • INFORMAÇÕES DE IDENTIFICAÇÃO DA CRIANÇA E MÃE • DATA DA PUERICULTURA • IDADE • PESO • PC • ESTATURA • CRESCIMENTO ADEQUADO? • DESENVOLVIMENTO ADEQUADO? • SE NÃO, QUAIS AS ALTERAÇÕES? • ACOMPANHADA PELO NASF? SE NÃO, POR QUE? • DIFICULDADES ENCONTRADAS
  • 7. ACOMPANHAMENTO DAS CRIANÇASACOMPANHAMENTO DAS CRIANÇAS Acompanhamento das crianças nascidas vivas Julho/17 Dados do monitoramento do NAFCM
  • 8. MUTIRÕES SÍNDROME CONGÊNITA DO ZIKA VÍRUS 01/04/2016 (AACD) 08/04/2016 (AACD) 15/04/2016 (HMV) 29/04/2016 (HMV) 13/05/2016 (PETROLINA) 20, 24, 27/05/2016 (Mini-mutirão HBL) 28/05/2016(HBL ) 22/07/2016 (RECIFE) TOTAL Atendimentos Realizados 116 187 42 118 54 33 39 67 656 Casos Confirmados 14 14 03 11 01 01 02 03 49 Casos em Investigação 07 02 -- -- 01 -- 01 03 14 Casos Descartados 95 171 39 107 52 32 36 61 593
  • 9. SÍNDROME CONGÊNITA DO ZIKA VÍRUSSÍNDROME CONGÊNITA DO ZIKA VÍRUS Distribuição dos casos notificados de SCZ, segundo semana epidemiológica/ano de nascimento. Pernambuco, SE 30/2015- SE 28/2017 Período de Referência : SE 30/2015 (26/07/2015 a 01/08/2015) e SE 28/2017 (09 a 15/07/07/2017)
  • 10. ASSISTÊNCIA AOS PACIENTESASSISTÊNCIA AOS PACIENTES CRITÉRIOS PARA IMPLANTAÇÃO DA REDE DE ATENÇÃOCRITÉRIOS PARA IMPLANTAÇÃO DA REDE DE ATENÇÃO  Descentralização e Regionalização  Adequação dos Equipamentos de Saúde existentes  Disponibilidade de Recursos Humanos  Qualificação da rede  Elaboração de Protocolos, Fluxos Assistenciais e Diretriz epidemiológica Acesso Regulado
  • 11. Centros de Referência DESCENTRALIZAÇÃO E REGIONALIZAÇÃODESCENTRALIZAÇÃO E REGIONALIZAÇÃO IMIP AACD IMIP AACD HUOC HBL HAM CISAM HOSP. MESTRE VITALINO HOSP. JESUS NAZARENO HOSP. DOM MOURA HOSPAM HOSP. DOM MALAN MENS SANA IMIP AACD HUOC HBL HAM CISAM HOSP. MESTRE VITALINO HOSP. JESUS NAZARENO HOSP. DOM MOURA HOSPAM HOSP. DOM MALAN MENS SANA HOSP. JOÃO MURILO HOSP. RUY DE BARROS CORREIA HOSP. EMÍLIA CÂMARA UPAE CARUARU UPAE BELO JARDIM UPAE GARANHUNS UPAE ARCOVERDE UPAE SALGUEIRO UPAE PETROLINA UPAE AFOGADOS DA INGAZEIRA UPAE SERRA TALHADA FUNDAÇÃO ALTINO VENTURA IMIP AACD HUOC HBL HAM CISAM HOSP. MESTRE VITALINO HOSP. JESUS NAZARENO HOSP. DOM MOURA HOSPAM HOSP. DOM MALAN MENS SANA HOSP. JOÃO MURILO HOSP. RUY DE BARROS CORREIA HOSP. EMÍLIA CÂMARA UPAE CARUARU UPAE BELO JARDIM UPAE GARANHUNS UPAE ARCOVERDE UPAE SALGUEIRO UPAE PETROLINA UPAE AFOGADOS DA INGAZEIRA UPAE SERRA TALHADA HOSPITAL ERMÍRIO COUTINHO HOSPITAL FERNANDO BEZERRA FUNDAÇÃO ALTINO VENTURA IMIP AACD HUOC HBL HAM CISAM HOSP. MESTRE VITALINO HOSP. JESUS NAZARENO HOSP. DOM MOURA HOSPAM HOSP. DOM MALAN MENS SANA HOSP. JOÃO MURILO HOSP. RUY DE BARROS CORREIA HOSP. EMÍLIA CÂMARA UPAE CARUARU UPAE BELO JARDIM UPAE GARANHUNS UPAE ARCOVERDE UPAE SALGUEIRO UPAE PETROLINA UPAE AFOGADOS DA INGAZEIRA UPAE SERRA TALHADA HOSPITAL ERMÍRIO COUTINHO HOSPITAL FERNANDO BEZERRA FUNDAÇÃO ALTINO VENTURA HOSPITAL DAS CLÍNICAS UPAE OURICURI APAMI VITÓRIA UPAE LIMOEIRO HOSPITAL BELARMINO CORREIA HOSPITAL REGIONAL SILVIO MAGALHÃES Setembro 2015Setembro 2015 Dezembro 2015Dezembro 2015 Fevereiro/Março 2016Fevereiro/Março 2016 Atual – Agosto 2017Atual – Agosto 2017Junho 2016Junho 2016 02 UNIDADES 12 UNIDADES 24 UNIDADES 26 UNIDADES 32 UNIDADES Obs: Em 2016 foram habilitados quatro CER: 01 estadual (IMIP) e 03 municipais (Recife, Ipojuca e Limoeiro)
  • 12. DESCENTRALIAZAÇÃO E REGIONALIZAÇÃODESCENTRALIAZAÇÃO E REGIONALIZAÇÃO Unidades de referência I GERES: FAV, IMIP, AACD, HUOC. HAM, HC, HJM, HBL, CISAM e APAMI II GERES: Hospital Ermírio Coutinho e UPAE Limoeiro III GERES: Hosp. Regional Silvio Magalhães IV GERES: HMV, HJN, UPAE Caruaru e UPAE Belo Jardim V GERES: HDM e UPAE Garanhuns VI GERES: Hosp Ruy de Barros, UPAE Arcoverde e Mens Sana VII GERES:UPAE Salgueiro VIII GERES: Hosp. Dom Malan, UPAE Petrolina IX GERES: Hosp. Fernando Bezerra e UPAE Ouricuri X GERES: Hosp. Emília Câmara e UPAE Afogados da Ingazeira XI GERES: HOSPAM e UPAE Serra Talhada XII GERES: Hospital Belarmino Correia
  • 13. CAPACITAÇÕES REALIZADAS Qualificação da redeQualificação da rede TIPO DE CAPACITAÇÃO LOCAL DATA PROFISSIONAIS CAPACITADOS XV FÓRUM PERINATAL DA I REGIÃO – PUERICULTURA DAS CRIANÇAS NOTIFICADAS RECIFE 12/04/16 47 participantes CAPACITAÇÃO REDE DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA: SITUAÇÃO EPIDEMIÓLIGICA DA TRÍPLICE EPIDEMIA NO ESTADO DE PERNAMBUCO Auditório SES/PE 19/04/16 422 participantes II FÓRUM MATERNO E INFANTIL DA V REGIÃO – PUERICULTURA DAS CRIANÇAS NOTIFICADAS GARANHUS 24/05/16 126 participantes OFICINA DE ATUALIZAÇÃO MICROCEFALIA: DESAFIOS DA ATUALIDADE HOSPITAL DOM MOURA (GARANHUNS) 06/06/16 320 participantes CAPACITAÇÃO DE REABILITAÇÃO Auditório SES/PE e por Videoconferência 10/06/16 320 (70 Presenciais e 250 Videoconfreência via GERES) WORKSHOP – ZIKA NÃO: UNIDOS NA EMERGÊNCIA Auditório SES/PE e por Videoconferência 15/16 08/16 696 participantes ATUALIZAÇÃO EM REABILITAÇÃO COM FOCO NA SÍNDROME CONGÊNITA DO ZIKA VÍRUS RECIFE 12/09 a 16/09 19/09 a 23/09 26/09 a 30/09 03/10 a 07/10 51 Profissionais de saúde ATUALIZAÇÃO DOS PROFISSIONAIS DE SAÚDE NO CONTEXTO DAS ARBOVIROSES Auditório SES/PE 03/11/16 130 participantes Desenvolvimento infantil sob o olhar da saúde e educação Auditório SES/PE 18/10/16 94 participantes SEMINÁRIO CONVULSÕES NA INFÂNCIA Auditório SES/PE 09/11/16 140 Participantes (Presenciais e Videoconfreência) TOTAL 2.346 Participantes
  • 14. SÍNDROME CONGÊNITA DO ZIKA VÍRUSSÍNDROME CONGÊNITA DO ZIKA VÍRUS Ações RealizadasAções Realizadas
  • 15. SÍNDROME CONGÊNITA DO ZIKA VÍRUSSÍNDROME CONGÊNITA DO ZIKA VÍRUS Ações em andamentoAções em andamento  Qualificar os profissionais da APS;  Fortalecer o trabalho em rede;  Integralidade do cuidado
  • 16. SÍNDROME CONGÊNITA DO ZIKA VÍRUSSÍNDROME CONGÊNITA DO ZIKA VÍRUS Ações em andamentoAções em andamento Curso para os pais I GERES (Realizada) II GERES III GERES XII GERESForam abordados os seguintes temas: •Aspectos psicológicos •Importância da estimulação dos pacientes •Orientações sobre a dificuldade de alimentação e linguagem
  • 17. INCORPORAÇÃO DE MEDICAMENTOINCORPORAÇÃO DE MEDICAMENTO Primeiro Estado do Brasil a disponibilizar o Levetiracetam (Keppra) pelo Sistema Único de Saúde (SUS). O medicamento tem o objetivo de evitar crises convulsivas
  • 18. CAMPANHA ESTADUAL REALIZADACAMPANHA ESTADUAL REALIZADA Campanha Estadual de Mobilização Social
  • 20. Obrigada!Obrigada! Maria Francisca Santos de CarvalhoMaria Francisca Santos de Carvalho Superintendente da Atenção PrimáriaSuperintendente da Atenção Primária “Em Pernambuco quem nasce com microcefalia é recebido pela família com AMOR pelo Estado com ATENÇÃO e por todos com RESPEITO”.