SlideShare uma empresa Scribd logo
EXODO-24
- Versículos 1-8
-Moisés chamado a subir ao monte
- O povo promete obediência.
- Versículos 9-11
 -Aparece a glória do Senhor.
 - Versículos 12-18
 -Moisés sobe ao monte.
- Versículos 1-8
-Moisés chamado a subir ao monte
- O povo promete obediência.
1-Depois    disse    a
Moisés:    Sobe     ao
SENHOR, tu e Arão,
Nadabe e Abiú, e
setenta dos anciãos de
Israel; e adorai de
        longe.
2-E só Moisés se
chegará       ao
SENHOR; mas eles
não se cheguem,
nem o povo suba
com          ele.
3- Veio, pois, Moisés, e
contou ao povo todas as
palavras do SENHOR, e
todos os estatutos; então o
povo respondeu a uma voz,
e disse: Todas as palavras,
que o SENHOR tem falado,
          faremos.
4- Moisés escreveu todas
as palavras do SENHOR,
e levantou-se pela manhã
de madrugada, e edificou
um altar ao pé do monte,
e    doze   monumentos,
segundo as doze tribos
de                 Israel;
5-    E    enviou   alguns
jovens dos filhos de
Israel,       os     quais
ofereceram holocaustos e
sacrificaram ao SENHOR
sacrifícios pacíficos de
          bezerros.
6- E Moisés tomou a
metade do sangue, e
a pós em bacias; e a
outra  metade     do
sangue      espargiu
sobre    o     altar.
7-E tomou o livro da
aliança e o leu aos
ouvidos do povo, e
eles disseram: Tudo o
que o SENHOR tem
falado    faremos,  e
    obedeceremos.
8-Então tomou Moisés
aquele      sangue,     e
espargiu-o sobre o povo,
e disse: Eis aqui o
sangue da aliança que o
SENHOR       tem    feito
convosco sobre todas
estas palavras.
Deus fez uma aliança solene
com Israel. Foi muito solene,
tipificando a aliança de graça
entre Deus e os crentes por
meio de Cristo. Tão logo como
Deus separou para sim um
povo peculiar, os governou pela
palavra escrita, e assim o tem
feito       desde        então.
As alianças e os mandamentos
de Deus são tão justos em si
mesmos, e para nosso bem,
que quanto mais pensemos
neles e o analizamos , com
maior clareza, ele se nos
apresenta em forma mais
completa    ante nós e mais
razões vemos para cumpri-los.
O sangue do sacrifício se
aspergia sobre o altar, sobre o
livro e sobre o povo. Nem as
pessoas, sua obediência moral
nem seus serviços religiosos
acharão aceitação de parte do
Deus santo, se não for por
meio do derramamento e a
aspersão do sangue.
Além   disso,    todas    as
bênçãos transmitidas a eles
eram por misericórdia; o
Senhor os trataria com
bondade. Assim, pela fé no
sangue de Cristo, o pecador
rende obediência voluntária
e                  aceitável.
- Versículos 9-11
-Deus se manifesta em sua glória .
9-E subiram
 Moisés e Arão,
 Nadabe e Abiú,
  e setenta dos
anciãos de Israel.
10- E viram o Deus de
Israel, e debaixo de seus
pés havia como que uma
pavimentação de pedra
de safira, que se parecia
com o céu na sua
         claridade.
11-Porém         não
estendeu a sua mão
sobre os escolhidos
dos filhos de Israel,
mas viram a Deus, e
comeram e beberam.
Os anciãos viram o Deus de Israel;
viram um pouco de Sua glória, e
mesmo que o que tenham visto
fosse algo do que não podiam
transcrever ou manifestar atraves
de imagem, bastou para satisfazê-
los de que Deus estava com eles de
             verdade.
Nada se descreve senão
o que estava sob seus
pés. As safiras eram o
pavimento sob seus pés;
coloquemos     toda   a
riqueza deste mundo
sob nossos pés e não
em nosso coração.
Assim, o crente descobre na
face de Jesus Cristo reflexos
muito mais gloriosos da
justiça e santidade de Deus
com maior clareza do que
jamais tivesse visto sob
convicções aterradoras; e
por meio do Salvador tem
comunhão com o Deus
           santo.
- Versículos 12-18
-Moisés sobe ao monte.
12-     Então   disse   o
SENHOR a Moisés: Sobe
a mim ao monte, e fica
lá; e dar-te-ei as tábuas
de pedra e a lei, e os
mandamentos que tenho
escrito, para os ensinar.
13-E levantou-se
Moisés com Josué
seu servidor; e
subiu Moisés ao
monte de Deus.
14- E disse aos anciãos:
Esperai-nos aqui, até que
tornemos a vós; e eis
que Arão e Hur ficam
convosco; quem tiver
algum     negócio,      se
chegará      a       eles.
15- E, subindo
Moisés ao monte,
a nuvem cobriu o
     monte.
16- E a glória do
SENHOR        repousou
sobre o monte Sinai, e
a nuvem o cobriu por
seis dias; e ao sétimo
dia chamou a Moisés
do meio da nuvem.
17- E o parecer da
glória do SENHOR
era como um fogo
consumidor no cume
do monte, aos olhos
dos filhos de Israel.
18- E Moisés entrou
no meio da nuvem,
depois que subiu ao
monte;     e     Moisés
esteve    no     monte
quarenta     dias     e
quarenta noites.
Uma nuvem cobriu o monte
durante seis dias; um sinal da
especial presença de Deus ali.
Moisés estava seguro que
quem o ordenara a subir o
protegeria. Até nos atributos
gloriosos de Deus, que são
terríveis até o máximo para o
ímpio, se regozijam os santos
com humilde reverência.
Por meio da fé no sacrifício
expiatório, esperamos maior
honra que a que desfrutou
Moisés na terra. Agora
vemos     através  de   um
espelho, obscuramente, mas
quando Ele aparecer, o
veremos face a face.
Esta visão de Deus
continuará     com    o
mesmo         crescente
resplendor de gozo,
não somente por uns
poucos dias, senão por
toda a eternidade.
Versão:João F. Almeida Corr.e Revis., Fiel.
Comentario bíblico Matthew Henry
.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Letra da campanha da fraternidade 2011
Letra da campanha da fraternidade 2011Letra da campanha da fraternidade 2011
Letra da campanha da fraternidade 2011
williansmanoel
 
2 reis 6 8 17 arc - eliseu adivinha os conselhos do rei da - bible gateway
2 reis 6 8 17 arc - eliseu adivinha os conselhos do rei da - bible gateway2 reis 6 8 17 arc - eliseu adivinha os conselhos do rei da - bible gateway
2 reis 6 8 17 arc - eliseu adivinha os conselhos do rei da - bible gateway
Vieira Vierar
 
Devocional 2 - Segunda - Embaixadores
Devocional 2 - Segunda - EmbaixadoresDevocional 2 - Segunda - Embaixadores
Devocional 2 - Segunda - Embaixadores
Raphael Antoniolli
 
O projeto de Deus para o homem discipulado
O projeto de Deus para o homem discipuladoO projeto de Deus para o homem discipulado
O projeto de Deus para o homem discipulado
Isaias Gomes de Oliveira
 

Mais procurados (20)

Aprendendo a Orar
Aprendendo a OrarAprendendo a Orar
Aprendendo a Orar
 
Letra da campanha da fraternidade 2011
Letra da campanha da fraternidade 2011Letra da campanha da fraternidade 2011
Letra da campanha da fraternidade 2011
 
2 reis 6 8 17 arc - eliseu adivinha os conselhos do rei da - bible gateway
2 reis 6 8 17 arc - eliseu adivinha os conselhos do rei da - bible gateway2 reis 6 8 17 arc - eliseu adivinha os conselhos do rei da - bible gateway
2 reis 6 8 17 arc - eliseu adivinha os conselhos do rei da - bible gateway
 
Histórias da Bíblia: O Céu - Bible Stories: Heaven
Histórias da Bíblia: O Céu - Bible Stories: HeavenHistórias da Bíblia: O Céu - Bible Stories: Heaven
Histórias da Bíblia: O Céu - Bible Stories: Heaven
 
090 a paz e alegria
090   a paz e alegria090   a paz e alegria
090 a paz e alegria
 
O término da obra
O término da obraO término da obra
O término da obra
 
Vida de jesus
Vida de jesusVida de jesus
Vida de jesus
 
Devocional 2 - Segunda - Embaixadores
Devocional 2 - Segunda - EmbaixadoresDevocional 2 - Segunda - Embaixadores
Devocional 2 - Segunda - Embaixadores
 
Historias da Biblia: Escutando Deus - Bible Stories: Hearing from God
Historias da Biblia: Escutando Deus - Bible Stories: Hearing from GodHistorias da Biblia: Escutando Deus - Bible Stories: Hearing from God
Historias da Biblia: Escutando Deus - Bible Stories: Hearing from God
 
Celebrando a Apresentação do Senhor no Templo
Celebrando a Apresentação do Senhor no TemploCelebrando a Apresentação do Senhor no Templo
Celebrando a Apresentação do Senhor no Templo
 
Edificações dos homens x edificações de deus.
Edificações dos homens x edificações de deus.Edificações dos homens x edificações de deus.
Edificações dos homens x edificações de deus.
 
O Reino Messiânico 6 - Santidade
O Reino Messiânico 6 - SantidadeO Reino Messiânico 6 - Santidade
O Reino Messiânico 6 - Santidade
 
14 o olhar de deus
14 o olhar de deus14 o olhar de deus
14 o olhar de deus
 
Daniel 1
Daniel 1Daniel 1
Daniel 1
 
055 2015 - lendo biblia sagrada em 1 ano - 24-02-2015
055 2015 - lendo biblia sagrada em 1 ano - 24-02-2015055 2015 - lendo biblia sagrada em 1 ano - 24-02-2015
055 2015 - lendo biblia sagrada em 1 ano - 24-02-2015
 
Aqui tem um servico de inteligencia
Aqui tem um servico de inteligenciaAqui tem um servico de inteligencia
Aqui tem um servico de inteligencia
 
O cativeiro de Israel
O cativeiro de IsraelO cativeiro de Israel
O cativeiro de Israel
 
O projeto de Deus para o homem discipulado
O projeto de Deus para o homem discipuladoO projeto de Deus para o homem discipulado
O projeto de Deus para o homem discipulado
 
Rei Manassés
Rei ManassésRei Manassés
Rei Manassés
 
Quando Somos Conduzidos ao Deserto
Quando Somos Conduzidos ao DesertoQuando Somos Conduzidos ao Deserto
Quando Somos Conduzidos ao Deserto
 

Semelhante a Exodo 24

Deus dá a sua Lei ao povo de Israel
Deus dá a sua Lei ao povo de IsraelDeus dá a sua Lei ao povo de Israel
Deus dá a sua Lei ao povo de Israel
Ailton da Silva
 

Semelhante a Exodo 24 (20)

A lei de deus em tábuas de pedras
A lei de deus em tábuas de pedrasA lei de deus em tábuas de pedras
A lei de deus em tábuas de pedras
 
Leituras: Ascensão do Senhor - Ano B
Leituras: Ascensão do Senhor - Ano BLeituras: Ascensão do Senhor - Ano B
Leituras: Ascensão do Senhor - Ano B
 
Café em graça.003.palestra.15.03.2014.
Café em graça.003.palestra.15.03.2014.Café em graça.003.palestra.15.03.2014.
Café em graça.003.palestra.15.03.2014.
 
056 2015 - lendo biblia sagrada em 1 ano - 25-02-2015
056 2015 - lendo biblia sagrada em 1 ano - 25-02-2015056 2015 - lendo biblia sagrada em 1 ano - 25-02-2015
056 2015 - lendo biblia sagrada em 1 ano - 25-02-2015
 
Leituras: Domingo da Ascensão do Senhor - Ano A
Leituras: Domingo da Ascensão do Senhor - Ano ALeituras: Domingo da Ascensão do Senhor - Ano A
Leituras: Domingo da Ascensão do Senhor - Ano A
 
Leituras: 29º Domingo do Tempo Comum - Ano A
Leituras: 29º Domingo do Tempo Comum - Ano ALeituras: 29º Domingo do Tempo Comum - Ano A
Leituras: 29º Domingo do Tempo Comum - Ano A
 
Atos 4
Atos 4Atos 4
Atos 4
 
Preferidos
PreferidosPreferidos
Preferidos
 
8 Exodo 13 - 20.pptx
8 Exodo 13 - 20.pptx8 Exodo 13 - 20.pptx
8 Exodo 13 - 20.pptx
 
Rebeliao
RebeliaoRebeliao
Rebeliao
 
Leituras: Domingo da Ascensão do Senhor - Ano C
Leituras: Domingo da Ascensão do Senhor - Ano CLeituras: Domingo da Ascensão do Senhor - Ano C
Leituras: Domingo da Ascensão do Senhor - Ano C
 
A Mensagem de Deus para esta Hora
A Mensagem de Deus para esta HoraA Mensagem de Deus para esta Hora
A Mensagem de Deus para esta Hora
 
Leituras: Transfiguração do Senhor - Ano A
Leituras: Transfiguração do Senhor - Ano ALeituras: Transfiguração do Senhor - Ano A
Leituras: Transfiguração do Senhor - Ano A
 
Conhecendo a Divindade
Conhecendo a DivindadeConhecendo a Divindade
Conhecendo a Divindade
 
O que é marca da besta
O que é marca da bestaO que é marca da besta
O que é marca da besta
 
Conversando com Deus parte 1
Conversando com Deus parte 1Conversando com Deus parte 1
Conversando com Deus parte 1
 
Deus dá a sua Lei ao povo de Israel
Deus dá a sua Lei ao povo de IsraelDeus dá a sua Lei ao povo de Israel
Deus dá a sua Lei ao povo de Israel
 
Lição 1 - O chamado profético de Jeremias + textos_GGR
Lição 1 - O chamado profético de Jeremias + textos_GGRLição 1 - O chamado profético de Jeremias + textos_GGR
Lição 1 - O chamado profético de Jeremias + textos_GGR
 
A pedra de deus
A pedra de deusA pedra de deus
A pedra de deus
 
Profecias sobre jesus no velho testamento
Profecias sobre jesus no velho testamentoProfecias sobre jesus no velho testamento
Profecias sobre jesus no velho testamento
 

Mais de Associação Kalunga Nordeste Goiano

Mais de Associação Kalunga Nordeste Goiano (20)

2 samuel 17
2 samuel 172 samuel 17
2 samuel 17
 
Josué 3
Josué 3Josué 3
Josué 3
 
Josué 2
Josué 2Josué 2
Josué 2
 
Josué 1
Josué 1Josué 1
Josué 1
 
Todas as coisas
Todas as coisasTodas as coisas
Todas as coisas
 
Te agradeço
Te agradeçoTe agradeço
Te agradeço
 
Não ha deus maior
Não ha deus maiorNão ha deus maior
Não ha deus maior
 
344 deus cuidará de ti
344   deus cuidará de ti344   deus cuidará de ti
344 deus cuidará de ti
 
337 nada de desânimo
337   nada de desânimo337   nada de desânimo
337 nada de desânimo
 
236 atribulado coração
236   atribulado coração236   atribulado coração
236 atribulado coração
 
Todas as coisas
Todas as coisasTodas as coisas
Todas as coisas
 
Quero louvar te
Quero louvar teQuero louvar te
Quero louvar te
 
Diante da cruz
Diante da cruzDiante da cruz
Diante da cruz
 
A ele a gloria
A ele a gloriaA ele a gloria
A ele a gloria
 
289 ao pé da cruz
289   ao pé da cruz289   ao pé da cruz
289 ao pé da cruz
 
135 louvor
135   louvor135   louvor
135 louvor
 
015 exultação
015   exultação015   exultação
015 exultação
 
123 seja bendito o cordeiro
123   seja bendito o cordeiro123   seja bendito o cordeiro
123 seja bendito o cordeiro
 
Vem esta e a hora
Vem esta e a horaVem esta e a hora
Vem esta e a hora
 
Somos o povo de deus
Somos o povo de deusSomos o povo de deus
Somos o povo de deus
 

Exodo 24

  • 2. - Versículos 1-8 -Moisés chamado a subir ao monte - O povo promete obediência. - Versículos 9-11 -Aparece a glória do Senhor. - Versículos 12-18 -Moisés sobe ao monte.
  • 3. - Versículos 1-8 -Moisés chamado a subir ao monte - O povo promete obediência.
  • 4. 1-Depois disse a Moisés: Sobe ao SENHOR, tu e Arão, Nadabe e Abiú, e setenta dos anciãos de Israel; e adorai de longe.
  • 5. 2-E só Moisés se chegará ao SENHOR; mas eles não se cheguem, nem o povo suba com ele.
  • 6. 3- Veio, pois, Moisés, e contou ao povo todas as palavras do SENHOR, e todos os estatutos; então o povo respondeu a uma voz, e disse: Todas as palavras, que o SENHOR tem falado, faremos.
  • 7. 4- Moisés escreveu todas as palavras do SENHOR, e levantou-se pela manhã de madrugada, e edificou um altar ao pé do monte, e doze monumentos, segundo as doze tribos de Israel;
  • 8. 5- E enviou alguns jovens dos filhos de Israel, os quais ofereceram holocaustos e sacrificaram ao SENHOR sacrifícios pacíficos de bezerros.
  • 9. 6- E Moisés tomou a metade do sangue, e a pós em bacias; e a outra metade do sangue espargiu sobre o altar.
  • 10. 7-E tomou o livro da aliança e o leu aos ouvidos do povo, e eles disseram: Tudo o que o SENHOR tem falado faremos, e obedeceremos.
  • 11. 8-Então tomou Moisés aquele sangue, e espargiu-o sobre o povo, e disse: Eis aqui o sangue da aliança que o SENHOR tem feito convosco sobre todas estas palavras.
  • 12. Deus fez uma aliança solene com Israel. Foi muito solene, tipificando a aliança de graça entre Deus e os crentes por meio de Cristo. Tão logo como Deus separou para sim um povo peculiar, os governou pela palavra escrita, e assim o tem feito desde então.
  • 13. As alianças e os mandamentos de Deus são tão justos em si mesmos, e para nosso bem, que quanto mais pensemos neles e o analizamos , com maior clareza, ele se nos apresenta em forma mais completa ante nós e mais razões vemos para cumpri-los.
  • 14. O sangue do sacrifício se aspergia sobre o altar, sobre o livro e sobre o povo. Nem as pessoas, sua obediência moral nem seus serviços religiosos acharão aceitação de parte do Deus santo, se não for por meio do derramamento e a aspersão do sangue.
  • 15. Além disso, todas as bênçãos transmitidas a eles eram por misericórdia; o Senhor os trataria com bondade. Assim, pela fé no sangue de Cristo, o pecador rende obediência voluntária e aceitável.
  • 16. - Versículos 9-11 -Deus se manifesta em sua glória .
  • 17. 9-E subiram Moisés e Arão, Nadabe e Abiú, e setenta dos anciãos de Israel.
  • 18. 10- E viram o Deus de Israel, e debaixo de seus pés havia como que uma pavimentação de pedra de safira, que se parecia com o céu na sua claridade.
  • 19. 11-Porém não estendeu a sua mão sobre os escolhidos dos filhos de Israel, mas viram a Deus, e comeram e beberam.
  • 20. Os anciãos viram o Deus de Israel; viram um pouco de Sua glória, e mesmo que o que tenham visto fosse algo do que não podiam transcrever ou manifestar atraves de imagem, bastou para satisfazê- los de que Deus estava com eles de verdade.
  • 21. Nada se descreve senão o que estava sob seus pés. As safiras eram o pavimento sob seus pés; coloquemos toda a riqueza deste mundo sob nossos pés e não em nosso coração.
  • 22. Assim, o crente descobre na face de Jesus Cristo reflexos muito mais gloriosos da justiça e santidade de Deus com maior clareza do que jamais tivesse visto sob convicções aterradoras; e por meio do Salvador tem comunhão com o Deus santo.
  • 24. 12- Então disse o SENHOR a Moisés: Sobe a mim ao monte, e fica lá; e dar-te-ei as tábuas de pedra e a lei, e os mandamentos que tenho escrito, para os ensinar.
  • 25. 13-E levantou-se Moisés com Josué seu servidor; e subiu Moisés ao monte de Deus.
  • 26. 14- E disse aos anciãos: Esperai-nos aqui, até que tornemos a vós; e eis que Arão e Hur ficam convosco; quem tiver algum negócio, se chegará a eles.
  • 27. 15- E, subindo Moisés ao monte, a nuvem cobriu o monte.
  • 28. 16- E a glória do SENHOR repousou sobre o monte Sinai, e a nuvem o cobriu por seis dias; e ao sétimo dia chamou a Moisés do meio da nuvem.
  • 29. 17- E o parecer da glória do SENHOR era como um fogo consumidor no cume do monte, aos olhos dos filhos de Israel.
  • 30. 18- E Moisés entrou no meio da nuvem, depois que subiu ao monte; e Moisés esteve no monte quarenta dias e quarenta noites.
  • 31. Uma nuvem cobriu o monte durante seis dias; um sinal da especial presença de Deus ali. Moisés estava seguro que quem o ordenara a subir o protegeria. Até nos atributos gloriosos de Deus, que são terríveis até o máximo para o ímpio, se regozijam os santos com humilde reverência.
  • 32. Por meio da fé no sacrifício expiatório, esperamos maior honra que a que desfrutou Moisés na terra. Agora vemos através de um espelho, obscuramente, mas quando Ele aparecer, o veremos face a face.
  • 33. Esta visão de Deus continuará com o mesmo crescente resplendor de gozo, não somente por uns poucos dias, senão por toda a eternidade.
  • 34. Versão:João F. Almeida Corr.e Revis., Fiel. Comentario bíblico Matthew Henry .