SlideShare uma empresa Scribd logo
Nome: _________________________________________________________ 2º ano _______
Profª Francideia Carvalho
01. O início da colonização portuguesa no Brasil, no chamado período "pré-colonial" (1500 -1530), foi marcado pelo(a):
a) envio de expedições exploratórias do litoral e pelo escambo do pau-brasil.
b) plantio e exploração do pau-brasil, associado ao tráfico africano.
c) deslocamento, para a América, da estrutura administrativa e militar já experimentada no Oriente.
d) implantação da lavoura canavieira, apoiada em capitais holandeses.
02. Quais as características dominantes da economia colonial brasileira:
a) propriedade latifundiária, trabalho indígena e produção monocultora;
b) propriedades diversificadas, exportação de matérias-primas e trabalho servil;
c) monopólio comercial, latifúndio e trabalho escravo de índios e negros;
d) propriedade minifundiária, colônias agrícolas e trabalho escravo.
03. (UFES) - No período colonial, existiam mecanismos de acesso à terra, como as sesmarias, que eram
a) autorizações de Portugal para importação de escravos negros como condição para que os filhos de donatários
tivessem direito ao recebimento de terras;
b) lotes de terra doados pelos donatários ao colono para que fossem explorados;
c) impostos correspondentes ao uso da terra, cujo pagamento possibilitaria posterior aluguel;
d) parceria de recursos que a Coroa enviava aos donatários para financiar a distribuição das terras e que deveriam ser pagas a longo
prazo;
e) títulos de terra ocupada mediante mecanismo de compra, conforme a Lei de Terras.
04. (UCSAL) - Ao estabelecer o Sistema de Capitanias Hereditárias, D. João III objetivava:
a) demostrar que as sugestões feitas por Cristovão Jacques, alguns anos antes, eram extraordinárias;
b) repetir em territórios brasileiros uma experiência bem sucedida nas ilhas do Oceano Atlântico e no litoral oriental da África;
c) povoar o litoral brasileiro em toda sua extensão concomitantemente, impedindo assim novas incursões estrangeiras;
d) incentivar o cultivo da cana-de-açúcar por meio da doação de terras a estrangeiros, modernizando assim a produção;
e) fortalecer o poder da nobreza portuguesa que se encontrava em declínio, oferecendo-lhe vastas áreas de terras no Brasil.
05. (UFAL) - A implantação em 1548, no Brasil do Governo-Geral tinha por objetivo:
a) legislar e executar as decisões das Câmaras Municipais;
b) iniciar o processo de colonização da costa brasileira;
c) expandir a ocupação do interior do território nacional;
d) coordenar e centralizar a administração das Capitanias.
06. A mais importante conseqüência do ciclo do gado no Período Colonial foi:
a. a conquista do litoral brasileiro
b. a penetração e conquista do interior brasileiro.
c. a descoberta de ouro em Minas Gerais
d. o povoamento da Região Norte
07. A exploração das drogas de sertão no Vale Amazônico está relacionada:
a. ao descontrole do comercio português desde que as colônias foram ocupadas pelos holandeses.
b. ao estabelecimento de missões jesuíticas, que detinham o monopólio da exploração da Bacia Amazônica.
c. ao insucesso da lavoura açucareira na capitania do Maranhão.
d. á difusão do hábito de consumo de produtos exóticos pela população européia durante a Idade Moderna.
08. “O ser senhor de engenho é título a que muitos aspiram, porque traz consigo o ser servido, obedecido e respeitado por muitos”.
Essa frase de João Antônio Andreoni (conhecido como Antonil), escrita no seu livro Cultura e Opulência do Brasil por suas drogas e
minas, refere-se aos:
A - ricos comerciantes que lidavam com os negócios de exportação e importação;
B - proprietários das terras que formavam a aristocracia agrária, de grande poder econômico e político;
C - lavradores assalariados que plantavam a cana-de-açúcar;
D - trabalhadores livres dos engenhos: artesãos, barqueiros, capatazes;
E - grandes proprietários das fábricas de manufaturas têxteis.
09. No Brasil, a sociedade colonial foi marcada pela dominação de preconceitos e pelo poder do Catolicismo. Essa sociedade
A - era sustentada pelo trabalho escravo, não havendo mão-de-obra livre em nenhum setor da economia.
B - dependia de investimentos europeus, com destaque para os holandeses em relação ao açúcar.
C - aceitava o trabalho escravo como base de produção até o começo do século XIX.
D - submetia-se às ordens da metrópole, sem haver rebeliões políticas ou movimentos sociais.
E - tinha autonomia econômica, negociando com as grandes potências europeias.
10. O poder local era exercido na Colônia pelos chamados homens-bons, que na verdade eram os grandes proprietários rurais,
comerciantes, de Religião Católica, sem ascendência judaica ou africana. Era feita uma escolha a partir de uma lista local dos homens-
bons que exerciam seu poder político na forma institucional:
A - no Governo-Geral.
B - nas Capitanias Hereditárias.
C - nos Tribunais Eclesiásticos.
D - nas Câmaras Municipais.
E - nas Prefeituras.
11. Acerca das atividades econômicas desenvolvidas no Brasil durante o período colonial, assinale a alternativa correta.
A - A atividade açucareira estava restrita à região nordeste da Colônia.
B - A descoberta de ouro na região das Minas Gerais dinamizou o mercado com sua demanda por produtos manufaturados.
C - O tabaco, produzido principalmente na região sul da colônia, era utilizado na troca por escravos africanos.
D - Apesar das restrições régias, a colônia exportou produtos manufaturados para a Europa.
E - A pecuária tornou-se, já nos séculos XVI e XVII, a atividade econômica mais rentável na colônia.
12. Sobre as diferenças regionais do Brasil Colonial, é correto afirmar que:
A - a Região Amazônica tinha como atividades econômicas principais: agricultura de exportação (cana e algodão) as drogas do sertão.
B - a Região Centro-Oeste tinha como atividades econômicas principais: a mineração e agricultura de exportação (cana de açúcar).
C - a Região Sudeste tinha como atividades econômicas principais: a plantação da cana de açúcar e da pecuária.
D - a Região Nordeste tinha como atividades econômicas principais: a agricultura de exportação (cana e tabaco) e a pecuária.
E - a Região Sul tinha como atividades econômicas principais: a agricultura de exportação (trigo e soja) e a pecuária.
14. No Brasil, a economia colonial sustentou-se com a predominância da mão-de-obra escrava e a exportação de produtos para a
Europa, conforme os princípios mercantilistas da época. Nesse contexto, a presença dos escravos: Marque a alternativa incorreta:
A - influenciou na construção de hábitos culturais que perduraram até hoje na sociedade brasileira.
B - foi economicamente importante não tendo, contudo, provocado repercussões significativas para a formação da religiosidade
popular.
C - contribuiu para a consolidação de preconceitos sociais e de discriminações políticas.
D - trouxe a possibilidade de trocas culturais significativas para a constituição da sociedade brasileira.
E - criou hierarquias sociais com repercussões nas relações de poder.
15. Foram características dominantes da colonização portuguesa na América:
A - exportação de matéria-prima, minifúndio e escravidão.
B - grandes unidades produtivas de exportação, monopólio do comércio e escravidão.
C - latifúndio, produção monocultora e trabalho assalariado do indígena.
D - pacto colonial, exploração de minerais e trabalho livre.
E - pequenas unidades de produção diversificada, comércio livre e trabalho compulsório.
16. (FAMECA) O ciclo da mineração trouxe várias modificações na vida da colônia, exceto:
a) aparecimento de um mercado diversificado e dinâmico, graças ao crescimento demográfico e ao tipo de economia especializada, a
mineração.
b) a mão de obra utilizada na atividade mineradora era exclusivamente assalariada.
c) surgimento do barroco nas artes.
d) a transferência da capital da colônia de Salvador para o Rio de Janeiro.
e) o Regime de Monopólio da metrópole foi mais rigoroso.
17. (UNIMONTES/MG) Analise as afirmativas abaixo, relacionadas às atividades econômicas no Brasil colonial.
I. A área colonial recebeu intenso fluxo de migração interna e externa e nela predominou, inicialmente, uma atividade econômica sem
o suporte adequado de outras, o que gerou escassez de alimentos e inflação.
II. Salvador deixou de ser a capital do Brasil, sendo substituída pelo Rio de Janeiro, que possuía melhor localização, segundo os
interesses da Coroa.
III. A metrópole passou a exercer um maior controle fiscal e político sobre a área colonial em questão, aumentando o corpo de
funcionários administrativos.
Os fatos I, II e III referem-se à/ao:
A - mineração; B - pecuária;
C - cana-de-açúcar; D - pau-brasil.
18. (UNIFENAS) - Foram conseqüências da mineração, exceto:
a) o surgimento de um mercado interno;
b) a urbanização;
c) a melhoria do nível cultural;
d) a decadência da atividade açucareira;
e) a maior fiscalização da Coroa sobre a colônia.
19. (UFPE) União Ibérica durou 60 anos e teve influência na colonização portuguesa do Brasil. Durante o período da união entre Portugal e Espanha,
o Brasil:
a) atingiu o auge da sua produção açucareira com ajuda de capitais espanhóis.
b) foi invadido pela Holanda, interessada na produção do açúcar.
c) conviveu com muitas rebeliões dos colonos contra o domínio espanhol.
d) registrou conflitos entre suas capitanias, insatisfeitas com a instabilidade econômica.
e) conseguiu ficar mais livre da pressão dos colonizadores europeus.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Avaliação de História - Populismo no Brasil
Avaliação de História - Populismo no BrasilAvaliação de História - Populismo no Brasil
Avaliação de História - Populismo no Brasil
Frederico Marques Sodré
 
Atividades Segunda Guerra Mundial
Atividades Segunda Guerra MundialAtividades Segunda Guerra Mundial
Atividades Segunda Guerra Mundial
Eduardo Mariño Rial
 
Prova historia 2 ano conflitos 1 republica (1)
Prova historia 2 ano conflitos 1 republica (1)Prova historia 2 ano conflitos 1 republica (1)
Prova historia 2 ano conflitos 1 republica (1)
Atividades Diversas Cláudia
 
atividades sobre a Primeira Guerra Mundial
atividades sobre a Primeira Guerra Mundialatividades sobre a Primeira Guerra Mundial
atividades sobre a Primeira Guerra Mundial
Jean Carlos Nunes Paixão
 
Atividades primeira republica
Atividades primeira republicaAtividades primeira republica
Atividades primeira republica
Atividades Diversas Cláudia
 
Atividade-História-9º-ano.doc
Atividade-História-9º-ano.docAtividade-História-9º-ano.doc
Atividade-História-9º-ano.doc
RafaelyLeite1
 
Teste de História: absolutismo e mercantilismo
Teste de História: absolutismo e mercantilismoTeste de História: absolutismo e mercantilismo
Teste de História: absolutismo e mercantilismo
Acrópole - História & Educação
 
Prova de historia 2ano 3bimestre
Prova de historia 2ano 3bimestreProva de historia 2ano 3bimestre
Prova de historia 2ano 3bimestre
Atividades Diversas Cláudia
 
Atividades sobre o iluminismo
Atividades sobre o iluminismoAtividades sobre o iluminismo
Atividades sobre o iluminismo
Alcineia Pires
 
Prova de historia 1 ano 1 bimestre
Prova de historia 1 ano 1 bimestreProva de historia 1 ano 1 bimestre
Prova de historia 1 ano 1 bimestre
Atividades Diversas Cláudia
 
Prova historia 2 ano conflitos 1 republica
Prova historia 2 ano conflitos 1 republicaProva historia 2 ano conflitos 1 republica
Prova historia 2 ano conflitos 1 republica
Atividades Diversas Cláudia
 
Avaliação sobre o início da colonização do Brasil
Avaliação sobre o início da colonização do BrasilAvaliação sobre o início da colonização do Brasil
Avaliação sobre o início da colonização do Brasil
Acrópole - História & Educação
 
Lista de exercícios – Segunda Guerra Mundial
Lista de exercícios – Segunda Guerra MundialLista de exercícios – Segunda Guerra Mundial
Lista de exercícios – Segunda Guerra Mundial
Elton Zanoni
 
Absolutismo lista (1)
Absolutismo lista (1)Absolutismo lista (1)
Absolutismo lista (1)
Jackson Cândido
 
Prova historia topico 8. o “sistema colonial” e a realidade efetiva da coloni...
Prova historia topico 8. o “sistema colonial” e a realidade efetiva da coloni...Prova historia topico 8. o “sistema colonial” e a realidade efetiva da coloni...
Prova historia topico 8. o “sistema colonial” e a realidade efetiva da coloni...
Atividades Diversas Cláudia
 
Avaliação de história (3) 8º ano 2º bim
Avaliação de história (3) 8º ano   2º bimAvaliação de história (3) 8º ano   2º bim
Avaliação de história (3) 8º ano 2º bim
Priscila Silva Andrade
 
8 ano revolução industrial e revolução francesa 2018
8 ano revolução industrial e revolução francesa 20188 ano revolução industrial e revolução francesa 2018
8 ano revolução industrial e revolução francesa 2018
ingarac
 
Módulo 1 (7º ano) povos indígenas - saberes e técnicas - prof. silvânio bar...
Módulo 1 (7º ano)   povos indígenas - saberes e técnicas - prof. silvânio bar...Módulo 1 (7º ano)   povos indígenas - saberes e técnicas - prof. silvânio bar...
Módulo 1 (7º ano) povos indígenas - saberes e técnicas - prof. silvânio bar...
Silvânio Barcelos
 
Avaliação história 7º ano setembro - gabarito
Avaliação história 7º ano   setembro - gabaritoAvaliação história 7º ano   setembro - gabarito
Avaliação história 7º ano setembro - gabarito
Giselda morais rodrigues do
 
Atividades Guerra Fria e o Mundo Bipolar
Atividades Guerra Fria e o Mundo BipolarAtividades Guerra Fria e o Mundo Bipolar
Atividades Guerra Fria e o Mundo Bipolar
Eduardo Mariño Rial
 

Mais procurados (20)

Avaliação de História - Populismo no Brasil
Avaliação de História - Populismo no BrasilAvaliação de História - Populismo no Brasil
Avaliação de História - Populismo no Brasil
 
Atividades Segunda Guerra Mundial
Atividades Segunda Guerra MundialAtividades Segunda Guerra Mundial
Atividades Segunda Guerra Mundial
 
Prova historia 2 ano conflitos 1 republica (1)
Prova historia 2 ano conflitos 1 republica (1)Prova historia 2 ano conflitos 1 republica (1)
Prova historia 2 ano conflitos 1 republica (1)
 
atividades sobre a Primeira Guerra Mundial
atividades sobre a Primeira Guerra Mundialatividades sobre a Primeira Guerra Mundial
atividades sobre a Primeira Guerra Mundial
 
Atividades primeira republica
Atividades primeira republicaAtividades primeira republica
Atividades primeira republica
 
Atividade-História-9º-ano.doc
Atividade-História-9º-ano.docAtividade-História-9º-ano.doc
Atividade-História-9º-ano.doc
 
Teste de História: absolutismo e mercantilismo
Teste de História: absolutismo e mercantilismoTeste de História: absolutismo e mercantilismo
Teste de História: absolutismo e mercantilismo
 
Prova de historia 2ano 3bimestre
Prova de historia 2ano 3bimestreProva de historia 2ano 3bimestre
Prova de historia 2ano 3bimestre
 
Atividades sobre o iluminismo
Atividades sobre o iluminismoAtividades sobre o iluminismo
Atividades sobre o iluminismo
 
Prova de historia 1 ano 1 bimestre
Prova de historia 1 ano 1 bimestreProva de historia 1 ano 1 bimestre
Prova de historia 1 ano 1 bimestre
 
Prova historia 2 ano conflitos 1 republica
Prova historia 2 ano conflitos 1 republicaProva historia 2 ano conflitos 1 republica
Prova historia 2 ano conflitos 1 republica
 
Avaliação sobre o início da colonização do Brasil
Avaliação sobre o início da colonização do BrasilAvaliação sobre o início da colonização do Brasil
Avaliação sobre o início da colonização do Brasil
 
Lista de exercícios – Segunda Guerra Mundial
Lista de exercícios – Segunda Guerra MundialLista de exercícios – Segunda Guerra Mundial
Lista de exercícios – Segunda Guerra Mundial
 
Absolutismo lista (1)
Absolutismo lista (1)Absolutismo lista (1)
Absolutismo lista (1)
 
Prova historia topico 8. o “sistema colonial” e a realidade efetiva da coloni...
Prova historia topico 8. o “sistema colonial” e a realidade efetiva da coloni...Prova historia topico 8. o “sistema colonial” e a realidade efetiva da coloni...
Prova historia topico 8. o “sistema colonial” e a realidade efetiva da coloni...
 
Avaliação de história (3) 8º ano 2º bim
Avaliação de história (3) 8º ano   2º bimAvaliação de história (3) 8º ano   2º bim
Avaliação de história (3) 8º ano 2º bim
 
8 ano revolução industrial e revolução francesa 2018
8 ano revolução industrial e revolução francesa 20188 ano revolução industrial e revolução francesa 2018
8 ano revolução industrial e revolução francesa 2018
 
Módulo 1 (7º ano) povos indígenas - saberes e técnicas - prof. silvânio bar...
Módulo 1 (7º ano)   povos indígenas - saberes e técnicas - prof. silvânio bar...Módulo 1 (7º ano)   povos indígenas - saberes e técnicas - prof. silvânio bar...
Módulo 1 (7º ano) povos indígenas - saberes e técnicas - prof. silvânio bar...
 
Avaliação história 7º ano setembro - gabarito
Avaliação história 7º ano   setembro - gabaritoAvaliação história 7º ano   setembro - gabarito
Avaliação história 7º ano setembro - gabarito
 
Atividades Guerra Fria e o Mundo Bipolar
Atividades Guerra Fria e o Mundo BipolarAtividades Guerra Fria e o Mundo Bipolar
Atividades Guerra Fria e o Mundo Bipolar
 

Semelhante a Exercicios periodo colonial gabarito

Td 2º anos (27.01.11)
Td 2º anos (27.01.11)Td 2º anos (27.01.11)
Td 2º anos (27.01.11)
Jorge Tales
 
04-Cana-de-Açúcar.ppt.pdf
04-Cana-de-Açúcar.ppt.pdf04-Cana-de-Açúcar.ppt.pdf
04-Cana-de-Açúcar.ppt.pdf
Andrei Rita
 
Brasil minerio e indep avaliação de historia 3 ano em 2010
Brasil minerio e indep avaliação de historia 3 ano em 2010Brasil minerio e indep avaliação de historia 3 ano em 2010
Brasil minerio e indep avaliação de historia 3 ano em 2010
Keila Caetano
 
O Brasil na Era do Capitalismo Industrial
O Brasil na Era do Capitalismo IndustrialO Brasil na Era do Capitalismo Industrial
O Brasil na Era do Capitalismo Industrial
eduardodemiranda
 
História – brasil conquista do sertão 01 2014
História – brasil conquista do sertão 01   2014História – brasil conquista do sertão 01   2014
História – brasil conquista do sertão 01 2014
Jakson Raphael Pereira Barbosa
 
aula economia açucareira brabissimo .pdf
aula economia açucareira brabissimo .pdfaula economia açucareira brabissimo .pdf
aula economia açucareira brabissimo .pdf
RafaelBritto16
 
O Brasil na Era do Capitalismo Industrial
O Brasil na Era do Capitalismo IndustrialO Brasil na Era do Capitalismo Industrial
O Brasil na Era do Capitalismo Industrial
eduardodemiranda
 
Aspecto culturais da colônia e revolta de beckman
Aspecto culturais da colônia e revolta de beckmanAspecto culturais da colônia e revolta de beckman
Aspecto culturais da colônia e revolta de beckman
Eliphas Rodrigues
 
2012 ii reinado
2012 ii reinado2012 ii reinado
2012 ii reinado
MARIANO C7S
 
Gabarito - Lista de Exercícios 1º Semestre
Gabarito - Lista de Exercícios 1º SemestreGabarito - Lista de Exercícios 1º Semestre
Gabarito - Lista de Exercícios 1º Semestre
Felipe Vaitsman
 
Prova de historia 1 ano eo
Prova de historia 1 ano eoProva de historia 1 ano eo
Prova de historia 1 ano eo
Atividades Diversas Cláudia
 
Ava hist8 pip
Ava hist8 pipAva hist8 pip
Brasil Colonial XVI - XVII
Brasil Colonial   XVI - XVIIBrasil Colonial   XVI - XVII
Brasil Colonial XVI - XVII
Alexandre Protásio
 
COMANDO DA MADRUGADA 2 HISTÓRIA DO BRASIL.pptx
COMANDO DA MADRUGADA 2 HISTÓRIA DO BRASIL.pptxCOMANDO DA MADRUGADA 2 HISTÓRIA DO BRASIL.pptx
COMANDO DA MADRUGADA 2 HISTÓRIA DO BRASIL.pptx
CamilaAmorim64
 
22024408 historia-brasil-colonia-mineracao-resumo-questoes-gabarito-prof-marc...
22024408 historia-brasil-colonia-mineracao-resumo-questoes-gabarito-prof-marc...22024408 historia-brasil-colonia-mineracao-resumo-questoes-gabarito-prof-marc...
22024408 historia-brasil-colonia-mineracao-resumo-questoes-gabarito-prof-marc...
Franciele Marques
 
Hist 3-aula012011-110710164412-phpapp02
Hist 3-aula012011-110710164412-phpapp02Hist 3-aula012011-110710164412-phpapp02
Hist 3-aula012011-110710164412-phpapp02
eebcjn
 
Aula Mineraçao.pdf
Aula Mineraçao.pdfAula Mineraçao.pdf
Aula Mineraçao.pdf
RafaelBritto16
 
História da morte prematura
História da morte prematuraHistória da morte prematura
História da morte prematura
Emanuelle Santiago
 
A exploração do ouro no brasil
A exploração do ouro no brasilA exploração do ouro no brasil
A exploração do ouro no brasil
Stephani Coelho
 
Hist 8 resp
Hist 8 respHist 8 resp
Hist 8 resp
julio2012souto
 

Semelhante a Exercicios periodo colonial gabarito (20)

Td 2º anos (27.01.11)
Td 2º anos (27.01.11)Td 2º anos (27.01.11)
Td 2º anos (27.01.11)
 
04-Cana-de-Açúcar.ppt.pdf
04-Cana-de-Açúcar.ppt.pdf04-Cana-de-Açúcar.ppt.pdf
04-Cana-de-Açúcar.ppt.pdf
 
Brasil minerio e indep avaliação de historia 3 ano em 2010
Brasil minerio e indep avaliação de historia 3 ano em 2010Brasil minerio e indep avaliação de historia 3 ano em 2010
Brasil minerio e indep avaliação de historia 3 ano em 2010
 
O Brasil na Era do Capitalismo Industrial
O Brasil na Era do Capitalismo IndustrialO Brasil na Era do Capitalismo Industrial
O Brasil na Era do Capitalismo Industrial
 
História – brasil conquista do sertão 01 2014
História – brasil conquista do sertão 01   2014História – brasil conquista do sertão 01   2014
História – brasil conquista do sertão 01 2014
 
aula economia açucareira brabissimo .pdf
aula economia açucareira brabissimo .pdfaula economia açucareira brabissimo .pdf
aula economia açucareira brabissimo .pdf
 
O Brasil na Era do Capitalismo Industrial
O Brasil na Era do Capitalismo IndustrialO Brasil na Era do Capitalismo Industrial
O Brasil na Era do Capitalismo Industrial
 
Aspecto culturais da colônia e revolta de beckman
Aspecto culturais da colônia e revolta de beckmanAspecto culturais da colônia e revolta de beckman
Aspecto culturais da colônia e revolta de beckman
 
2012 ii reinado
2012 ii reinado2012 ii reinado
2012 ii reinado
 
Gabarito - Lista de Exercícios 1º Semestre
Gabarito - Lista de Exercícios 1º SemestreGabarito - Lista de Exercícios 1º Semestre
Gabarito - Lista de Exercícios 1º Semestre
 
Prova de historia 1 ano eo
Prova de historia 1 ano eoProva de historia 1 ano eo
Prova de historia 1 ano eo
 
Ava hist8 pip
Ava hist8 pipAva hist8 pip
Ava hist8 pip
 
Brasil Colonial XVI - XVII
Brasil Colonial   XVI - XVIIBrasil Colonial   XVI - XVII
Brasil Colonial XVI - XVII
 
COMANDO DA MADRUGADA 2 HISTÓRIA DO BRASIL.pptx
COMANDO DA MADRUGADA 2 HISTÓRIA DO BRASIL.pptxCOMANDO DA MADRUGADA 2 HISTÓRIA DO BRASIL.pptx
COMANDO DA MADRUGADA 2 HISTÓRIA DO BRASIL.pptx
 
22024408 historia-brasil-colonia-mineracao-resumo-questoes-gabarito-prof-marc...
22024408 historia-brasil-colonia-mineracao-resumo-questoes-gabarito-prof-marc...22024408 historia-brasil-colonia-mineracao-resumo-questoes-gabarito-prof-marc...
22024408 historia-brasil-colonia-mineracao-resumo-questoes-gabarito-prof-marc...
 
Hist 3-aula012011-110710164412-phpapp02
Hist 3-aula012011-110710164412-phpapp02Hist 3-aula012011-110710164412-phpapp02
Hist 3-aula012011-110710164412-phpapp02
 
Aula Mineraçao.pdf
Aula Mineraçao.pdfAula Mineraçao.pdf
Aula Mineraçao.pdf
 
História da morte prematura
História da morte prematuraHistória da morte prematura
História da morte prematura
 
A exploração do ouro no brasil
A exploração do ouro no brasilA exploração do ouro no brasil
A exploração do ouro no brasil
 
Hist 8 resp
Hist 8 respHist 8 resp
Hist 8 resp
 

Último

A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
ANDRÉA FERREIRA
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
LeticiaRochaCupaiol
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
fran0410
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
Marlene Cunhada
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdfAula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Pedro Luis Moraes
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
todorokillmepls
 
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIAAPRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
karinenobre2033
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
HisrelBlog
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
DouglasMoraes54
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
rloureiro1
 
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptxReino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
CarinaSantos916505
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
TomasSousa7
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
joaresmonte3
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
beatrizsilva525654
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
LILIANPRESTESSCUDELE
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
lveiga112
 

Último (20)

A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdfAula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
 
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIAAPRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
 
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptxReino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
 

Exercicios periodo colonial gabarito

  • 1. Nome: _________________________________________________________ 2º ano _______ Profª Francideia Carvalho 01. O início da colonização portuguesa no Brasil, no chamado período "pré-colonial" (1500 -1530), foi marcado pelo(a): a) envio de expedições exploratórias do litoral e pelo escambo do pau-brasil. b) plantio e exploração do pau-brasil, associado ao tráfico africano. c) deslocamento, para a América, da estrutura administrativa e militar já experimentada no Oriente. d) implantação da lavoura canavieira, apoiada em capitais holandeses. 02. Quais as características dominantes da economia colonial brasileira: a) propriedade latifundiária, trabalho indígena e produção monocultora; b) propriedades diversificadas, exportação de matérias-primas e trabalho servil; c) monopólio comercial, latifúndio e trabalho escravo de índios e negros; d) propriedade minifundiária, colônias agrícolas e trabalho escravo. 03. (UFES) - No período colonial, existiam mecanismos de acesso à terra, como as sesmarias, que eram a) autorizações de Portugal para importação de escravos negros como condição para que os filhos de donatários tivessem direito ao recebimento de terras; b) lotes de terra doados pelos donatários ao colono para que fossem explorados; c) impostos correspondentes ao uso da terra, cujo pagamento possibilitaria posterior aluguel; d) parceria de recursos que a Coroa enviava aos donatários para financiar a distribuição das terras e que deveriam ser pagas a longo prazo; e) títulos de terra ocupada mediante mecanismo de compra, conforme a Lei de Terras. 04. (UCSAL) - Ao estabelecer o Sistema de Capitanias Hereditárias, D. João III objetivava: a) demostrar que as sugestões feitas por Cristovão Jacques, alguns anos antes, eram extraordinárias; b) repetir em territórios brasileiros uma experiência bem sucedida nas ilhas do Oceano Atlântico e no litoral oriental da África; c) povoar o litoral brasileiro em toda sua extensão concomitantemente, impedindo assim novas incursões estrangeiras; d) incentivar o cultivo da cana-de-açúcar por meio da doação de terras a estrangeiros, modernizando assim a produção; e) fortalecer o poder da nobreza portuguesa que se encontrava em declínio, oferecendo-lhe vastas áreas de terras no Brasil. 05. (UFAL) - A implantação em 1548, no Brasil do Governo-Geral tinha por objetivo: a) legislar e executar as decisões das Câmaras Municipais; b) iniciar o processo de colonização da costa brasileira; c) expandir a ocupação do interior do território nacional; d) coordenar e centralizar a administração das Capitanias. 06. A mais importante conseqüência do ciclo do gado no Período Colonial foi: a. a conquista do litoral brasileiro b. a penetração e conquista do interior brasileiro. c. a descoberta de ouro em Minas Gerais d. o povoamento da Região Norte 07. A exploração das drogas de sertão no Vale Amazônico está relacionada: a. ao descontrole do comercio português desde que as colônias foram ocupadas pelos holandeses. b. ao estabelecimento de missões jesuíticas, que detinham o monopólio da exploração da Bacia Amazônica. c. ao insucesso da lavoura açucareira na capitania do Maranhão. d. á difusão do hábito de consumo de produtos exóticos pela população européia durante a Idade Moderna. 08. “O ser senhor de engenho é título a que muitos aspiram, porque traz consigo o ser servido, obedecido e respeitado por muitos”. Essa frase de João Antônio Andreoni (conhecido como Antonil), escrita no seu livro Cultura e Opulência do Brasil por suas drogas e minas, refere-se aos: A - ricos comerciantes que lidavam com os negócios de exportação e importação; B - proprietários das terras que formavam a aristocracia agrária, de grande poder econômico e político; C - lavradores assalariados que plantavam a cana-de-açúcar; D - trabalhadores livres dos engenhos: artesãos, barqueiros, capatazes; E - grandes proprietários das fábricas de manufaturas têxteis. 09. No Brasil, a sociedade colonial foi marcada pela dominação de preconceitos e pelo poder do Catolicismo. Essa sociedade A - era sustentada pelo trabalho escravo, não havendo mão-de-obra livre em nenhum setor da economia. B - dependia de investimentos europeus, com destaque para os holandeses em relação ao açúcar. C - aceitava o trabalho escravo como base de produção até o começo do século XIX. D - submetia-se às ordens da metrópole, sem haver rebeliões políticas ou movimentos sociais. E - tinha autonomia econômica, negociando com as grandes potências europeias.
  • 2. 10. O poder local era exercido na Colônia pelos chamados homens-bons, que na verdade eram os grandes proprietários rurais, comerciantes, de Religião Católica, sem ascendência judaica ou africana. Era feita uma escolha a partir de uma lista local dos homens- bons que exerciam seu poder político na forma institucional: A - no Governo-Geral. B - nas Capitanias Hereditárias. C - nos Tribunais Eclesiásticos. D - nas Câmaras Municipais. E - nas Prefeituras. 11. Acerca das atividades econômicas desenvolvidas no Brasil durante o período colonial, assinale a alternativa correta. A - A atividade açucareira estava restrita à região nordeste da Colônia. B - A descoberta de ouro na região das Minas Gerais dinamizou o mercado com sua demanda por produtos manufaturados. C - O tabaco, produzido principalmente na região sul da colônia, era utilizado na troca por escravos africanos. D - Apesar das restrições régias, a colônia exportou produtos manufaturados para a Europa. E - A pecuária tornou-se, já nos séculos XVI e XVII, a atividade econômica mais rentável na colônia. 12. Sobre as diferenças regionais do Brasil Colonial, é correto afirmar que: A - a Região Amazônica tinha como atividades econômicas principais: agricultura de exportação (cana e algodão) as drogas do sertão. B - a Região Centro-Oeste tinha como atividades econômicas principais: a mineração e agricultura de exportação (cana de açúcar). C - a Região Sudeste tinha como atividades econômicas principais: a plantação da cana de açúcar e da pecuária. D - a Região Nordeste tinha como atividades econômicas principais: a agricultura de exportação (cana e tabaco) e a pecuária. E - a Região Sul tinha como atividades econômicas principais: a agricultura de exportação (trigo e soja) e a pecuária. 14. No Brasil, a economia colonial sustentou-se com a predominância da mão-de-obra escrava e a exportação de produtos para a Europa, conforme os princípios mercantilistas da época. Nesse contexto, a presença dos escravos: Marque a alternativa incorreta: A - influenciou na construção de hábitos culturais que perduraram até hoje na sociedade brasileira. B - foi economicamente importante não tendo, contudo, provocado repercussões significativas para a formação da religiosidade popular. C - contribuiu para a consolidação de preconceitos sociais e de discriminações políticas. D - trouxe a possibilidade de trocas culturais significativas para a constituição da sociedade brasileira. E - criou hierarquias sociais com repercussões nas relações de poder. 15. Foram características dominantes da colonização portuguesa na América: A - exportação de matéria-prima, minifúndio e escravidão. B - grandes unidades produtivas de exportação, monopólio do comércio e escravidão. C - latifúndio, produção monocultora e trabalho assalariado do indígena. D - pacto colonial, exploração de minerais e trabalho livre. E - pequenas unidades de produção diversificada, comércio livre e trabalho compulsório. 16. (FAMECA) O ciclo da mineração trouxe várias modificações na vida da colônia, exceto: a) aparecimento de um mercado diversificado e dinâmico, graças ao crescimento demográfico e ao tipo de economia especializada, a mineração. b) a mão de obra utilizada na atividade mineradora era exclusivamente assalariada. c) surgimento do barroco nas artes. d) a transferência da capital da colônia de Salvador para o Rio de Janeiro. e) o Regime de Monopólio da metrópole foi mais rigoroso. 17. (UNIMONTES/MG) Analise as afirmativas abaixo, relacionadas às atividades econômicas no Brasil colonial. I. A área colonial recebeu intenso fluxo de migração interna e externa e nela predominou, inicialmente, uma atividade econômica sem o suporte adequado de outras, o que gerou escassez de alimentos e inflação. II. Salvador deixou de ser a capital do Brasil, sendo substituída pelo Rio de Janeiro, que possuía melhor localização, segundo os interesses da Coroa. III. A metrópole passou a exercer um maior controle fiscal e político sobre a área colonial em questão, aumentando o corpo de funcionários administrativos. Os fatos I, II e III referem-se à/ao: A - mineração; B - pecuária; C - cana-de-açúcar; D - pau-brasil. 18. (UNIFENAS) - Foram conseqüências da mineração, exceto: a) o surgimento de um mercado interno; b) a urbanização; c) a melhoria do nível cultural; d) a decadência da atividade açucareira; e) a maior fiscalização da Coroa sobre a colônia. 19. (UFPE) União Ibérica durou 60 anos e teve influência na colonização portuguesa do Brasil. Durante o período da união entre Portugal e Espanha, o Brasil:
  • 3. a) atingiu o auge da sua produção açucareira com ajuda de capitais espanhóis. b) foi invadido pela Holanda, interessada na produção do açúcar. c) conviveu com muitas rebeliões dos colonos contra o domínio espanhol. d) registrou conflitos entre suas capitanias, insatisfeitas com a instabilidade econômica. e) conseguiu ficar mais livre da pressão dos colonizadores europeus.