SlideShare uma empresa Scribd logo
5. Defina custo total, custo total médio e custo margi­
nal. Como estão relacionados?
6. Represente graficamente as curvas de custo
marginal e custo total médio de uma empresa
típica. Explique por que as curvas têm o formato
apresentado e por que se cruzam em determi­
nado ponto.
7. Como e por que a curva de custo total médio
de uma empresa é diferente no curto e longo
prazos?
8. Defina economias de escala e explique por que
podem surgir. Defina deseconomias de escala e
explique por que podem surgir.
PROBLEMAS E APLICAÇÕES
1. Este capítulo apresentou muitos tipos de custos:
de oportunidade, total, fixo, variável, total médio
e marginal. Complete as frases abaixo com o
tipo de custo mais adequado a cada uma delas:
a. Aquilo de que você desiste para obter algu-
ma coisa chama-se ____
b. O diminui quando o custo mar-
ginal é menor do que ele, mas aumenta
quando o custo marginal é maior.
c. Um custo que não depende da quantidade
produzida é um ____
d. Na indústria de sorvetes, no curto prazo, o
____ inclui o custo do creme e do açú­
car, mas não o custo da fábrica.
e. O lucro é igual à receita total menos o__
f. O custo de produzir uma unidade adicional
é o ____
2. Sua tia está pensando em abrir uma loja de
ferragens. Ela estima que lhe custaria$ 500 mil
por ano alugar um espaço e comprar um esto­
que. Além disso, ela teria que abrir mão de seu
emprego de contadora, em que ganha$ 50 mil
por ano.
a. Defina o custo de oportunidade.
b. Qual é o custo de oportunidade de sua tia
de operar uma loja de ferragens por um
ano? Se ela acha que pode vender$ 510 mil
em mercadorias por ano, deve abrir a loja?
Explique.
3. Um pescador profissional observa a seguinte
relação entre o número de horas que passa pes­
cando e a quantidade de peixes que consegue
pegar:
Horas Quantidade de Peixes (em kg)
o o
1 10
2 18
3 24
4 28
5 30
a. Qual é o produto marginal de cada hora gas­
ta pescando?
b. Use esses dados para representar grafiCê.­
mente a função de produção do pescador. E: -
plique seu formato.
c. O pescador tem custo fixo de$ 10 (sua Ya:-�
de pescar). O custo de oportunidade de e_
tempo é $ 5 por hora. Represente grafiCê.­
mente a curva de custo total do pescadc:
Explique seu formato.
4. A Nimbus, Inc. fabrica vassouras e as vende c.�
porta em porta. Eis a relação entre o número ��
trabalhadores e a produção da Nimbus em u::­
determinado dia:
Produto Custo
Trabalhadores Produção Marginal Total
o
2
3
4
o
20
50
90
120
5 140
6 150
7 155
Custo
Total
Médio
Cu:::
Marg --
a. P reencha a coluna do produto marginal.
Que padrão pode ser identificado? Como
você pode explicá-lo?
b. Um trabalhador custa$ 100 por dia e a em­
presa tem custo fixo de $ 200. Use essa in­
formação para preencher a coluna do custo
total.
c. Preencha a coluna do custo total médio.
(Lembre-se de que CTM = CTIQ.) Que pa­
drão pode ser identificado?
d. Agora preencha a coluna do custo marginal.
(Lembre-se de que CMg = llCT/!lQ.) Que
padrão pode ser identificado?
e. Compare a coluna de produto marginal e a
coluna de custo marginal. Explique a relação
entre elas.
f. Compare a coluna de custo total médio e a
coluna de custo marginal. Explique a relação
entre elas.
Você é o diretor financeiro de uma empresa que
vende aparelhos de música digital. A empresa
tem o seguinte planilha de custo total médio:
Quantidade
600 aparelhos
601
CustoTotal Médio
$ 300
301
O nível atual de produção é de 600 aparelhos,
todos vendidos. Um cliente liga desesperado
querendo comprar um e oferece$ 550 pelo equi­
pamento.Você deve aceitar a oferta? Explique.
6. Considere as seguintes informações de custos
de uma pizzaria:
Q (dúzias) CustoTotal Custo Variável
o $ 300 $ o
350 50
2 390 90
3 420 120
4 450 150
5 490 190
6 540 240
a. Qual é o custo fixo da pizzaria?
b. Construa uma tabela com o cálculo do custo
marginal por dúzia de pizzas a partir das in­
formações sobre custo total. Calcule também
o custo marginal por dúzia de pizzas a partir
do custo variável. Qual é a relação entre
esses dois conjuntos de valores? Comente.
7. Você está pensando em montar uma barraca de
limonada. A barraca custa$ 200. Os ingredien­
tes para cada copo de limonada custam$ 0,50.
a. Qual é o custo fixo do seu negócio? Qual é o
custo variável por copo de limonada?
b. Construa uma tabela mostrando seu custo
total, seu custo total médio e seu custo mar­
ginal para níveis de produção variando de O
a 10 galões. (Dica: cada galão contém 16
copos.) Represente graficamente as três cur­
vas de custos.
8. Seu primoVinnie é proprietário de uma empre­
sa de pintura de paredes com custo fixo de$ 200
e a seguinte relação de custos variáveis:
Quantidade de
Casas Pintadas
por Mês
2 3 4 5 6 7
Custos Variáveis $ 1O $ 20 $ 40 $ 80 $ 160 $ 320 $ 640
Calcule o custo fixo médio, o custo variável médio
e o custo total médio para cada quantidade. Qual
é a escala eficiente da empresa de pintura7
9. O governo municipal considera duas propostas
de impostos:
• Um imposto único de $ 300 para cada pro­
dutor de hambúrgueres.
• Um imposto de $ 1 por hambúrguer, pago
pelo produtor.
a. Qual curva se deslocaria em virtude do im­
posto único: custo fixo médio, custo variável
médio, custo total médio ou custo marginal?
Por quê? Elabore um diagrama detalhado
para ilustrar sua resposta.
b. Qual dessas quatro curvas se deslocaria
como resultado do imposto por unidade de
hambúrguer? Por quê? Elabore um diagrama
detalhado para ilustrar sua resposta.
a. Preencha a coluna do produto marginal.
Que padrão pode ser identificado? Como
você pode explicá-lo?
b. Um trabalhador custa$ 100 por dia e a em­
presa tem custo fixo de$ 200. Use essa in­
formação para preencher a coluna do custo
total.
c. Preencha a coluna do custo total médio.
(Lembre-se de que CTM = CT/Q.) Que pa­
drão pode ser identificado?
d. Agora preencha a coluna do custo marginal.
(Lembre-se de que CMg = t:..CI/6.Q.) Que
padrão pode ser identificado?
e. Compare a coluna de produto marginal e a
coluna de custo marginal. Explique a relação
entre elas.
f. Compare a coluna de custo total médio e a
coluna de custo marginal. Explique a relação
entre elas.
::>. Você é o diretor financeiro de uma empresa que
vende aparelhos de música digital. A empresa
tem o seguinte planilha de custo total médio:
Quantidade
600 aparelhos
601
Custo Total Médio
$ 300
301
O nível atual de produção é de 600 aparelhos,
todos vendidos. Um cliente liga desesperado
querendo comprar um e oferece$ 550 pelo equi­
pamento. Você deve aceitar a oferta? Explique.
6. Considere as seguintes informações de custos
de uma pizzaria:
Q (dúzias) Custo Total Custo Variável
o $ 300 $ o
1 350 50
2 390 90
3 420 120
4 450 150
5 490 190
6 540 240
a. Qual é o custo fixo da pizzaria?
b. Construa uma tabela com o cálculo do custo
marginal por dúzia de pizzas a partir das in­
formações sobre custo total. Calcule também
o custo marginal por dúzia de pizzas a partir
do custo variável. Qual é a relação entre
esses dois conjuntos de valores? Comente.
7. Você está pensando em montar uma barraca de
limonada. A barraca custa$ 200. Os ingredien­
tes para cada copo de limonada custam$ 0,50.
a. Qual é o custo fixo do seu negócio? Qual é o
custo variável por copo de limonada?
b. Construa uma tabela mostrando seu custo
total, seu custo total médio e seu custo mar­
ginal para níveis de produção variando de O
a 10 galões. (Dica: cada galão contém 16
copos.) Represente graficamente as três cur­
vas de custos.
8. Seu primoV innie é proprietário de uma empre­
sa de pintura de paredes com custo fixo de$ 200
e a seguinte relação de custos variáveis:
Quantidade de
Casas Pintadas
por Mês
2 3 4 5 6 7
Custos Variáveis $ 1 O $ 20 $ 40 $ 80 $ 160 $ 320 $ 640
Calcule o custo fixo médio, o custo variável médio
e o custo total médio para cada quantidade. Qual
é a escala eficiente da empresa de pintura?
9. O governo municipal considera duas propostas
de impostos:
• Um imposto único de$ 300 para cada pro­
dutor de hambúrgueres.
• Um imposto de $ 1 por hambúrguer, pago
pelo produtor.
a. Qual curva se deslocaria em virtude do im­
posto único: custo fixo médio, custo variável
médio, custo total médio ou custo marginal?
Por quê? Elabore um diagrama detalhado
para ilustrar sua resposta.
b. Qual dessas quatro curvas se deslocaria
como resultado do imposto por unidade de
hambúrguer? Por quê? Elabore um diagrama
detalhado para ilustrar sua resposta.
10. O bar de sucos de Jane tem as seguintes relações
de custos:
Q (barris) Custo Variável CustoTotal
o $o $30
1 10 40
2 25 55
3 45 75
4 70 100
5 100 130
6 135 165
a. Calcule o custo variável médio, o custo total
médio e o custo marginal para cada quanti-
dade.
b. Represente graficamente as três curvas. Qual
é a relação entre a curva de custo marginal c
a de custo total médio? E entre a curva de
custo marginal e a de custo variável médio?
Explique.
11. Uma empresa tem custo fixo de $ 100 e custo
variável médio de $ 5 x Q, onde Q representa o
número de unidades produzidas.
a. Elabore uma tabela representando o custo
total para Q, de O a 10.
b. Elabore o gráfico das curvas de custo margi­
nal e de custo total médio.
c. De que maneira Q altera o custo marginal?
O que isso sugere sobre o processo de pro­
dução da empresa?
12. Considere a seguinte tabela de custo total de
longo prazo de três empresas diferentes:
Quantidade 2 3 4 5 6 7
Empresa A $60 $70 $80 $90 $100 $110 $120
Empresa 8 11 24 39 56 75 96 119
Empresa C 21 34 49 66 85 106 129
Analise se cada uma dessas empresas apresenta
economias ou deseconomias de escala.
�- Muitos barcos pequenos são feitos de fibra de
vidro, um derivado do petróleo. Suponhamos
que o preço do petróleo aumente.
a. Usando diagramas, demonstre o que acon­
tece com as curvas de custos de uma empre­
sa individual fabricante de barcos e com a
curva de oferta do mercado.
b. O que acontece com os lucros dos fabrican­
tes de barcos no curto prazo? O que aconte­
ce com o número de fabricantes de barcos
no longo prazo?
=.. Você vai ao melhor restaurante da cidade e pede
um prato de lagosta que custa$ 40. Depois de
comer metade do prato, percebe que está satis­
feito. Sua namorada quer que você termine o
jantar porque você não tem como levá-lo para
casa e"já pagou por ele". O que você deve fazer?
Relacione a resposta ao material deste capítulo.
3. A empresa de jardinagem de Bob é um negócio
competitivo e de maximização de lucros. Ele co­
bra$ 27 para cortar grama. O custo total diário é
de$ 280, dos quais$ 30 correspondem ao custo
fixo. Bob consegue cortar 10 gramados por dia.
Como você avalia a decisão de curto prazo de
Bob de paralisar temporariamente o negócio e a
decisão de longo prazo de sair do mercado?
�- Considere o custo total e a receita total dados na
tabela a seguir:
Quantidade
CustoTotal
Receita Total
o 2 3 4 5 6 7
$ 8 9 1o 11 13 19 27 37
$ o 8 16 24 32 40 48 56
a. Calcule o lucro para cada quantidade. Quan­
to a empresa deve produzir para maximizar
o lucro?
b. Calcule a receita marginal e o custo marginal
para cada quantidade. Trace os gráficos. (Dica:
coloque os pontos entre os números inteiros.
Por exemplo, o custo marginal entre 2 e 3
deve ser colocado em 2 1/2.) Em que quanti­
dade demandada essas curvas se cruzam?
Como isso está relacionado à resposta do
item (a)?
c. É possível dizer se essa empresa está em uma
indústria competitiva? Em caso positivo, é
possível dizer se a indústria está em seu
equilíbrio de longo prazo?
5. A empresa de rolamentos Ball Bearings Inc. pos­
sui os seguintes custos de produção:
Custo Custo
Quantidade Fixo Variável
o s 100 s o
1 100 50
2 100 70
3 100 90
4 100 140
5 100 200
6 100 360
a. Calcule os custos fixos médios, os custos va­
riáveis médios, os custos totais médios e os
custos marginais da empresa.
b. O preço de um conjunto de rolamentos é
$ 50. Ao perceber que não conseguirá obter
lucros, o diretor executivo decide encerrar
as operações. Quais são as perdas e os lucros
da empresa? Essa foi uma decisão acertada?
Explique.
c. Ao se lembrar, vagamente, do curso de Intro­
dução à Economia, o diretor financeiro diz
ao diretor executivo que é melhor produzir
um conjunto de rolamentos, pois nessa quan­
tidade a receita marginal é igual ao custo mar­
ginaL Quais são as perdas/lucros da empresa
naquele nível de produção? Qual é a melhor
decisão? Explique.
6. Suponha que o setor de impressão de livros seja
competitivo e parta do equilibrio de longo prazo.
a. Trace um diagrama que descreva a empresa
típica do setor.
b. A Gráfica e Editora Hi-Tech inventou um no­
vo processo que reduz substancialmente o
custo da impressão de livros. O que acontece
com os lucros da empresa e com o preço dos
livros no curto prazo quando a patente da
Hi-Tech impede que outras empresas usem
a tecnologia?
c. O que acontece no longo prazo quando a pa­
tente expira e outras empresas passam a po­
der usar a tecnologia?
7. Uma empresa em um mercado competitivo re­
cebe$ 500 de receita total e tem receita marginal
de$ 10. Qual é a receita média e quantas unida­
des foram vendidas?
8. Uma empresa que maximiza os lucros em um
mercado competitivoproduzatualmente 100 uni­
dades. A receita média é de $ 10, o custo total
médio é de$ 8, e o custo fixo, de$ 200.
a. Qual é o lucro?
b. Qual é o custo marginal?
c. Qual é o custo variável médio?
d. A escala de eficiência da empresa é de mais
de, menos de ou exatamente 100 unidades?
9. O mercado de fertilizantes é perfeitamente com­
petitivo. As empresas estão produzindo, mas
atualmente estão sofrendo perdas econômicas.
a. Como o preço do fertilizante se compara ao
custo total médio, ao custo variável médio e
ao custo marginal da produção?
b. Elabore dois gráficos, lado a lado, para ilus­
trar a situação atual de uma empresa típica e
no mercado.
c. Suponhamos que não haja mudança na de­
manda ou nas curvas de custo dessas em­
presas, explique o que acontecerá, no longo
prazo, ao preço do fertilizante, ao custo mar­
ginal, ao custo total médio, à quantidade ofer­
tada por cada empresa e à quantidade total
ofertada no mercado.
10. Suponhamos que o setor têxtil dos Estados Uni­
dos seja competitivo e que não haja comércio
internacional de tecidos. No equilíbrio de longo
prazo, o preço por peça é$ 30.
a. Descreva o equilíbrio com gráficos para todo
o mercado e para um produtor individual.
Suponhamos agora que os produtores de outros
países estejam dispostos a vender grandes quan­
tidades de tecido nos Estados Unidos por ape­
nas $ 25 a peça.
b. Supondo que os produtores de tecido dos
Estados Unidos tenham grandes custos fixos,
qual o efeito no curto prazo que essas impor­
tações têm sobre a quantidade produzida
por um produtor individual? Qual é o efeito
de curto prazo sobre o lucro? Ilustre sua res­
posta com um gráfico.
c. Qual será o efeito de longo prazo sobre
o número de empresas norte-americanas
no setor?
11. Uma indústria tem atualmente 100 empresas,
todas com custo fixo de$ 16 e custo variável mé­
dio conforme a tabela:
Quantidade Custo variável médio
1 $ 1
2 2
3 3
4 4
5 5
6 6
a. Calcule o custo marginal e o custo total
médio.
b. O preço atual é $ 10. Qual é a quantidade
ofertada no mercado?
c. À medida que o mercado faz a transição para
o equilíbrio de longo prazo, o que acontecerá
com o preço, a quantidade demandada e a
quantidade ofertada por cada empresa. Analise
cada um deles: ele aumentará ou diminuirá?
d. Elabore o gráfico da curva de oferta no longo
prazo para esse mercado.
12. Suponhamos que haja mil quiosques de rosca
salgada em atividade na cidade de Nova York.
Cada quiosque tem a curva de custo total médio
típica em forma de U. A curva de demanda por
rosca salgada do mercado tem inclinação des­
cendente, e o mercado de rosca salgada está em
equilíbrio competitivo de longo prazo.
a. Represente graficamente o equilíbrio atual
usando gráficos para todo o mercado e para
cada quiosque de roscas salgadas.
b. Agora a cidade decide restringir o número de
licenças para quiosques de roscas salgadas,
reduzindo o número para apenas 800. Que
efeito isso terá sobre o mercado e sobre cada
quiosque que continue em operação? Use
gráficos para ilustrar sua resposta.
c. Suponhamos que a cidade decida cobrar uma
taxa de licenciamento dos 800 quiosques. Co­
mo isso afetará o número de roscas salgadas
vendidas por um único quiosque? Como isso
afetará o preço das roscas salgadas na cidade?
d. A cidade quer levantar a maior receita pos­
sível e, ao mesmo tempo, garantir que 800
quiosques permaneçam funcionando na ci­
dade. Em quanto a cidade deve aumentar a
taxa de licenciamento? Mostre a resposta em
seu gráfico.
:3. Suponha que a indústria de mineração de ouro
seja competitiva.
a. Ilustre o equilíbrio de longo prazo usando
diagramas do mercado de ouro e de uma mi­
na de ouro representativa.
b. Suponha que um aumento da demanda por
joias induza um aumento da demanda por
ouro. Usando seus diagramas da parte (a),
demonstre o que aconteceria no curto prazo
com o mercado de ouro e com cada mina de
ouro existente.
c. Se a demanda por ouro se mantiver elevada,
o que acontecerá com o preço ao longo do
tempo? Mais especificamente, o novo preço
de equilíbrio de longo prazo seria superior,
inferior ou igual ao preço de equilíbrio de
curto prazo da parte (b)? É possível que o
novo preço de equilíbrio de longo prazo seja
superior ao preço de equilíbrio de longo pra­
zo original? Explique.
14. Analise as seguintes situações para empresas em
mercados competitivos:
a. Suponha que CT = 100 + 15q, onde CT é o
custo total e q é a quantidade produzida.
Qual é o preço mínimo necessário para que
essa empresa forneça qualquer produto no
curto prazo?
b. Suponha que o CMg = 4q, onde CMg é o
custo marginal. Uma empresa perfeitamen­
te competitiva maximiza o lucro produzin­
do 10 unidades. Qual é o preço de venda
dessas unidades?

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aula 4 produção e custos
Aula 4   produção e custosAula 4   produção e custos
Aula 4 produção e custos
Mitsubishi Motors Brasil
 
Material de apoio gregory mankiw
Material de apoio   gregory mankiwMaterial de apoio   gregory mankiw
Material de apoio gregory mankiw
Lídia Aguiar
 
Respostas mankiw - capítulo 4 (superior)
Respostas mankiw  - capítulo 4 (superior)Respostas mankiw  - capítulo 4 (superior)
Respostas mankiw - capítulo 4 (superior)
Luciano Pires
 
Respostas mankiw - capítulo 2 (superior)
Respostas mankiw  - capítulo 2 (superior)Respostas mankiw  - capítulo 2 (superior)
Respostas mankiw - capítulo 2 (superior)
Luciano Pires
 
Decisão da empresa em mercados competitivos
Decisão da empresa em mercados competitivosDecisão da empresa em mercados competitivos
Decisão da empresa em mercados competitivos
Luciano Pires
 
As forças de oferta e demanda dos mercados (superior)
As forças de oferta e demanda dos mercados (superior)As forças de oferta e demanda dos mercados (superior)
As forças de oferta e demanda dos mercados (superior)
Luciano Pires
 
Respostas mankiw - capítulo 1 (superior)
Respostas mankiw  - capítulo 1 (superior)Respostas mankiw  - capítulo 1 (superior)
Respostas mankiw - capítulo 1 (superior)
Luciano Pires
 
Slides cap. 29 sistema monetário
Slides cap. 29   sistema monetárioSlides cap. 29   sistema monetário
Slides cap. 29 sistema monetário
Crislainny Barbosa
 
Custo de vida, inflação e indices de preços
Custo de vida, inflação e indices de preçosCusto de vida, inflação e indices de preços
Custo de vida, inflação e indices de preços
Luciano Pires
 
Excedente de consumidor e produtor ( dicas de economia)
Excedente de consumidor e produtor ( dicas de economia)Excedente de consumidor e produtor ( dicas de economia)
Excedente de consumidor e produtor ( dicas de economia)
Egas Armando
 
I lista de exercícios microeconomica -2011-1
I  lista de exercícios microeconomica -2011-1 I  lista de exercícios microeconomica -2011-1
I lista de exercícios microeconomica -2011-1
jucielima
 
Aula 6 monopólio
Aula 6   monopólioAula 6   monopólio
Aula 6 monopólio
Mitsubishi Motors Brasil
 
Custos de produção - microeconomia
Custos de produção - microeconomiaCustos de produção - microeconomia
Custos de produção - microeconomia
Camila Carvalho
 
Custos de Produção
Custos de ProduçãoCustos de Produção
Custos de Produção
Luciano Pires
 
Elasticidade e suas aplicações
Elasticidade e suas aplicaçõesElasticidade e suas aplicações
Elasticidade e suas aplicações
Luciano Pires
 
Economia – a equação da curva de phillips e a tese aceleracionista
Economia – a equação da curva de phillips e a tese aceleracionistaEconomia – a equação da curva de phillips e a tese aceleracionista
Economia – a equação da curva de phillips e a tese aceleracionista
Felipe Leo
 
Cap 1 introdução à economia by gregory mankiw
Cap 1 introdução à economia by gregory mankiw Cap 1 introdução à economia by gregory mankiw
Cap 1 introdução à economia by gregory mankiw
EduardoAugusto801381
 
Microeconomia
MicroeconomiaMicroeconomia
Microeconomia
amattos76
 
Cap18 - Questões Resolvidas
Cap18 - Questões Resolvidas Cap18 - Questões Resolvidas
Cap18 - Questões Resolvidas
Dágina Cristina
 
Decisão da empresa monopolista
Decisão da empresa monopolistaDecisão da empresa monopolista
Decisão da empresa monopolista
Luciano Pires
 

Mais procurados (20)

Aula 4 produção e custos
Aula 4   produção e custosAula 4   produção e custos
Aula 4 produção e custos
 
Material de apoio gregory mankiw
Material de apoio   gregory mankiwMaterial de apoio   gregory mankiw
Material de apoio gregory mankiw
 
Respostas mankiw - capítulo 4 (superior)
Respostas mankiw  - capítulo 4 (superior)Respostas mankiw  - capítulo 4 (superior)
Respostas mankiw - capítulo 4 (superior)
 
Respostas mankiw - capítulo 2 (superior)
Respostas mankiw  - capítulo 2 (superior)Respostas mankiw  - capítulo 2 (superior)
Respostas mankiw - capítulo 2 (superior)
 
Decisão da empresa em mercados competitivos
Decisão da empresa em mercados competitivosDecisão da empresa em mercados competitivos
Decisão da empresa em mercados competitivos
 
As forças de oferta e demanda dos mercados (superior)
As forças de oferta e demanda dos mercados (superior)As forças de oferta e demanda dos mercados (superior)
As forças de oferta e demanda dos mercados (superior)
 
Respostas mankiw - capítulo 1 (superior)
Respostas mankiw  - capítulo 1 (superior)Respostas mankiw  - capítulo 1 (superior)
Respostas mankiw - capítulo 1 (superior)
 
Slides cap. 29 sistema monetário
Slides cap. 29   sistema monetárioSlides cap. 29   sistema monetário
Slides cap. 29 sistema monetário
 
Custo de vida, inflação e indices de preços
Custo de vida, inflação e indices de preçosCusto de vida, inflação e indices de preços
Custo de vida, inflação e indices de preços
 
Excedente de consumidor e produtor ( dicas de economia)
Excedente de consumidor e produtor ( dicas de economia)Excedente de consumidor e produtor ( dicas de economia)
Excedente de consumidor e produtor ( dicas de economia)
 
I lista de exercícios microeconomica -2011-1
I  lista de exercícios microeconomica -2011-1 I  lista de exercícios microeconomica -2011-1
I lista de exercícios microeconomica -2011-1
 
Aula 6 monopólio
Aula 6   monopólioAula 6   monopólio
Aula 6 monopólio
 
Custos de produção - microeconomia
Custos de produção - microeconomiaCustos de produção - microeconomia
Custos de produção - microeconomia
 
Custos de Produção
Custos de ProduçãoCustos de Produção
Custos de Produção
 
Elasticidade e suas aplicações
Elasticidade e suas aplicaçõesElasticidade e suas aplicações
Elasticidade e suas aplicações
 
Economia – a equação da curva de phillips e a tese aceleracionista
Economia – a equação da curva de phillips e a tese aceleracionistaEconomia – a equação da curva de phillips e a tese aceleracionista
Economia – a equação da curva de phillips e a tese aceleracionista
 
Cap 1 introdução à economia by gregory mankiw
Cap 1 introdução à economia by gregory mankiw Cap 1 introdução à economia by gregory mankiw
Cap 1 introdução à economia by gregory mankiw
 
Microeconomia
MicroeconomiaMicroeconomia
Microeconomia
 
Cap18 - Questões Resolvidas
Cap18 - Questões Resolvidas Cap18 - Questões Resolvidas
Cap18 - Questões Resolvidas
 
Decisão da empresa monopolista
Decisão da empresa monopolistaDecisão da empresa monopolista
Decisão da empresa monopolista
 

Destaque

Cáculo 1
Cáculo 1Cáculo 1
Cáculo 1
Elen Azevedo
 
Monoply
Monoply Monoply
Respostas Problemas E Exercicios 5ª
Respostas Problemas E Exercicios 5ªRespostas Problemas E Exercicios 5ª
Respostas Problemas E Exercicios 5ª
Antonio Carneiro
 
Teoria De ProduçãO
Teoria De ProduçãOTeoria De ProduçãO
Teoria De ProduçãO
ecsette
 
Aula 08 monopólios
Aula 08   monopóliosAula 08   monopólios
Aula 08 monopólios
petecoslides
 
Externalidades
ExternalidadesExternalidades
Externalidades
Luciano Pires
 
Economia solucao dos exercicios
Economia solucao dos exerciciosEconomia solucao dos exercicios
Economia solucao dos exercicios
zeramento contabil
 
questoes-de-microeconomia-com-gabarito-comentado-vestcon-helio-socolik-2010 (1)
questoes-de-microeconomia-com-gabarito-comentado-vestcon-helio-socolik-2010 (1)questoes-de-microeconomia-com-gabarito-comentado-vestcon-helio-socolik-2010 (1)
questoes-de-microeconomia-com-gabarito-comentado-vestcon-helio-socolik-2010 (1)
Thiago Santos
 

Destaque (8)

Cáculo 1
Cáculo 1Cáculo 1
Cáculo 1
 
Monoply
Monoply Monoply
Monoply
 
Respostas Problemas E Exercicios 5ª
Respostas Problemas E Exercicios 5ªRespostas Problemas E Exercicios 5ª
Respostas Problemas E Exercicios 5ª
 
Teoria De ProduçãO
Teoria De ProduçãOTeoria De ProduçãO
Teoria De ProduçãO
 
Aula 08 monopólios
Aula 08   monopóliosAula 08   monopólios
Aula 08 monopólios
 
Externalidades
ExternalidadesExternalidades
Externalidades
 
Economia solucao dos exercicios
Economia solucao dos exerciciosEconomia solucao dos exercicios
Economia solucao dos exercicios
 
questoes-de-microeconomia-com-gabarito-comentado-vestcon-helio-socolik-2010 (1)
questoes-de-microeconomia-com-gabarito-comentado-vestcon-helio-socolik-2010 (1)questoes-de-microeconomia-com-gabarito-comentado-vestcon-helio-socolik-2010 (1)
questoes-de-microeconomia-com-gabarito-comentado-vestcon-helio-socolik-2010 (1)
 

Semelhante a Exercícios mankiw cap_13_e_14

Apostila de matematica_ii
Apostila de matematica_iiApostila de matematica_ii
Apostila de matematica_ii
Juliano Machado
 
Segunda lista de exercicios
Segunda lista de exerciciosSegunda lista de exercicios
Segunda lista de exercicios
eduardo martins''
 
Lista Questoes Economia I Parte Primeiro 2010
Lista Questoes Economia I Parte Primeiro 2010Lista Questoes Economia I Parte Primeiro 2010
Lista Questoes Economia I Parte Primeiro 2010
Deivid Michelotti
 
Lista Questoes Economia I Parte Primeiro
Lista Questoes Economia I Parte PrimeiroLista Questoes Economia I Parte Primeiro
Lista Questoes Economia I Parte Primeiro
Deivid Michelotti
 
Lista Questoes Economia I Parte Primeiro 2010
Lista Questoes Economia I Parte Primeiro 2010Lista Questoes Economia I Parte Primeiro 2010
Lista Questoes Economia I Parte Primeiro 2010
Deivid Michelotti
 
Aulas de Custos (Decisao)
Aulas de Custos (Decisao)Aulas de Custos (Decisao)
Aulas de Custos (Decisao)
Adriano Bruni
 
Aulas de Custos (Decisao)
Aulas de Custos (Decisao)Aulas de Custos (Decisao)
Aulas de Custos (Decisao)
Adriano Bruni
 
Aulas de Custos (Decisao)
Aulas de Custos (Decisao)Aulas de Custos (Decisao)
Aulas de Custos (Decisao)
Adriano Bruni
 
Aulas de Custos (Decisao)
Aulas de Custos (Decisao)Aulas de Custos (Decisao)
Aulas de Custos (Decisao)
Adriano Bruni
 
Estrutura sequencial um
Estrutura sequencial umEstrutura sequencial um
Estrutura sequencial um
Bibix Lêdo
 
Trabalho extra Enconomia
Trabalho extra EnconomiaTrabalho extra Enconomia
Trabalho extra Enconomia
Felipe Coswig
 
Orçamento de capital ou análise de investimentos
Orçamento de capital ou análise de investimentosOrçamento de capital ou análise de investimentos
Orçamento de capital ou análise de investimentos
Universidade Pedagogica
 
Ecnomia exercicios
Ecnomia exerciciosEcnomia exercicios
Ecnomia exercicios
Lill W Minaj
 
Exerc res
Exerc resExerc res
Aulas de Custos (Contabilidade Gerencial)
Aulas de Custos (Contabilidade Gerencial)Aulas de Custos (Contabilidade Gerencial)
Aulas de Custos (Contabilidade Gerencial)
Adriano Bruni
 
Lista sobre custos
Lista sobre custosLista sobre custos
Lista sobre custos
Graciela Profeta
 
Exercicio custos 2
Exercicio custos 2Exercicio custos 2
Exercicio custos 2
Dartanhan Henrique
 
Economia - Aulas 10 e 11 - Custos de Produção - 2018 - Alunos.pdf
Economia - Aulas 10 e 11 - Custos de Produção - 2018 - Alunos.pdfEconomia - Aulas 10 e 11 - Custos de Produção - 2018 - Alunos.pdf
Economia - Aulas 10 e 11 - Custos de Produção - 2018 - Alunos.pdf
ssusere9e7d1
 
Questões de contabilidade de custos
Questões de contabilidade de custosQuestões de contabilidade de custos
Questões de contabilidade de custos
zeramento contabil
 
Contabilidade decifrada 17
Contabilidade decifrada 17Contabilidade decifrada 17
Contabilidade decifrada 17
simuladocontabil
 

Semelhante a Exercícios mankiw cap_13_e_14 (20)

Apostila de matematica_ii
Apostila de matematica_iiApostila de matematica_ii
Apostila de matematica_ii
 
Segunda lista de exercicios
Segunda lista de exerciciosSegunda lista de exercicios
Segunda lista de exercicios
 
Lista Questoes Economia I Parte Primeiro 2010
Lista Questoes Economia I Parte Primeiro 2010Lista Questoes Economia I Parte Primeiro 2010
Lista Questoes Economia I Parte Primeiro 2010
 
Lista Questoes Economia I Parte Primeiro
Lista Questoes Economia I Parte PrimeiroLista Questoes Economia I Parte Primeiro
Lista Questoes Economia I Parte Primeiro
 
Lista Questoes Economia I Parte Primeiro 2010
Lista Questoes Economia I Parte Primeiro 2010Lista Questoes Economia I Parte Primeiro 2010
Lista Questoes Economia I Parte Primeiro 2010
 
Aulas de Custos (Decisao)
Aulas de Custos (Decisao)Aulas de Custos (Decisao)
Aulas de Custos (Decisao)
 
Aulas de Custos (Decisao)
Aulas de Custos (Decisao)Aulas de Custos (Decisao)
Aulas de Custos (Decisao)
 
Aulas de Custos (Decisao)
Aulas de Custos (Decisao)Aulas de Custos (Decisao)
Aulas de Custos (Decisao)
 
Aulas de Custos (Decisao)
Aulas de Custos (Decisao)Aulas de Custos (Decisao)
Aulas de Custos (Decisao)
 
Estrutura sequencial um
Estrutura sequencial umEstrutura sequencial um
Estrutura sequencial um
 
Trabalho extra Enconomia
Trabalho extra EnconomiaTrabalho extra Enconomia
Trabalho extra Enconomia
 
Orçamento de capital ou análise de investimentos
Orçamento de capital ou análise de investimentosOrçamento de capital ou análise de investimentos
Orçamento de capital ou análise de investimentos
 
Ecnomia exercicios
Ecnomia exerciciosEcnomia exercicios
Ecnomia exercicios
 
Exerc res
Exerc resExerc res
Exerc res
 
Aulas de Custos (Contabilidade Gerencial)
Aulas de Custos (Contabilidade Gerencial)Aulas de Custos (Contabilidade Gerencial)
Aulas de Custos (Contabilidade Gerencial)
 
Lista sobre custos
Lista sobre custosLista sobre custos
Lista sobre custos
 
Exercicio custos 2
Exercicio custos 2Exercicio custos 2
Exercicio custos 2
 
Economia - Aulas 10 e 11 - Custos de Produção - 2018 - Alunos.pdf
Economia - Aulas 10 e 11 - Custos de Produção - 2018 - Alunos.pdfEconomia - Aulas 10 e 11 - Custos de Produção - 2018 - Alunos.pdf
Economia - Aulas 10 e 11 - Custos de Produção - 2018 - Alunos.pdf
 
Questões de contabilidade de custos
Questões de contabilidade de custosQuestões de contabilidade de custos
Questões de contabilidade de custos
 
Contabilidade decifrada 17
Contabilidade decifrada 17Contabilidade decifrada 17
Contabilidade decifrada 17
 

Exercícios mankiw cap_13_e_14

  • 1. 5. Defina custo total, custo total médio e custo margi­ nal. Como estão relacionados? 6. Represente graficamente as curvas de custo marginal e custo total médio de uma empresa típica. Explique por que as curvas têm o formato apresentado e por que se cruzam em determi­ nado ponto. 7. Como e por que a curva de custo total médio de uma empresa é diferente no curto e longo prazos? 8. Defina economias de escala e explique por que podem surgir. Defina deseconomias de escala e explique por que podem surgir. PROBLEMAS E APLICAÇÕES 1. Este capítulo apresentou muitos tipos de custos: de oportunidade, total, fixo, variável, total médio e marginal. Complete as frases abaixo com o tipo de custo mais adequado a cada uma delas: a. Aquilo de que você desiste para obter algu- ma coisa chama-se ____ b. O diminui quando o custo mar- ginal é menor do que ele, mas aumenta quando o custo marginal é maior. c. Um custo que não depende da quantidade produzida é um ____ d. Na indústria de sorvetes, no curto prazo, o ____ inclui o custo do creme e do açú­ car, mas não o custo da fábrica. e. O lucro é igual à receita total menos o__ f. O custo de produzir uma unidade adicional é o ____ 2. Sua tia está pensando em abrir uma loja de ferragens. Ela estima que lhe custaria$ 500 mil por ano alugar um espaço e comprar um esto­ que. Além disso, ela teria que abrir mão de seu emprego de contadora, em que ganha$ 50 mil por ano. a. Defina o custo de oportunidade. b. Qual é o custo de oportunidade de sua tia de operar uma loja de ferragens por um ano? Se ela acha que pode vender$ 510 mil em mercadorias por ano, deve abrir a loja? Explique. 3. Um pescador profissional observa a seguinte relação entre o número de horas que passa pes­ cando e a quantidade de peixes que consegue pegar: Horas Quantidade de Peixes (em kg) o o 1 10 2 18 3 24 4 28 5 30 a. Qual é o produto marginal de cada hora gas­ ta pescando? b. Use esses dados para representar grafiCê.­ mente a função de produção do pescador. E: - plique seu formato. c. O pescador tem custo fixo de$ 10 (sua Ya:-� de pescar). O custo de oportunidade de e_ tempo é $ 5 por hora. Represente grafiCê.­ mente a curva de custo total do pescadc: Explique seu formato. 4. A Nimbus, Inc. fabrica vassouras e as vende c.� porta em porta. Eis a relação entre o número �� trabalhadores e a produção da Nimbus em u::­ determinado dia: Produto Custo Trabalhadores Produção Marginal Total o 2 3 4 o 20 50 90 120 5 140 6 150 7 155 Custo Total Médio Cu::: Marg --
  • 2. a. P reencha a coluna do produto marginal. Que padrão pode ser identificado? Como você pode explicá-lo? b. Um trabalhador custa$ 100 por dia e a em­ presa tem custo fixo de $ 200. Use essa in­ formação para preencher a coluna do custo total. c. Preencha a coluna do custo total médio. (Lembre-se de que CTM = CTIQ.) Que pa­ drão pode ser identificado? d. Agora preencha a coluna do custo marginal. (Lembre-se de que CMg = llCT/!lQ.) Que padrão pode ser identificado? e. Compare a coluna de produto marginal e a coluna de custo marginal. Explique a relação entre elas. f. Compare a coluna de custo total médio e a coluna de custo marginal. Explique a relação entre elas. Você é o diretor financeiro de uma empresa que vende aparelhos de música digital. A empresa tem o seguinte planilha de custo total médio: Quantidade 600 aparelhos 601 CustoTotal Médio $ 300 301 O nível atual de produção é de 600 aparelhos, todos vendidos. Um cliente liga desesperado querendo comprar um e oferece$ 550 pelo equi­ pamento.Você deve aceitar a oferta? Explique. 6. Considere as seguintes informações de custos de uma pizzaria: Q (dúzias) CustoTotal Custo Variável o $ 300 $ o 350 50 2 390 90 3 420 120 4 450 150 5 490 190 6 540 240 a. Qual é o custo fixo da pizzaria? b. Construa uma tabela com o cálculo do custo marginal por dúzia de pizzas a partir das in­ formações sobre custo total. Calcule também o custo marginal por dúzia de pizzas a partir do custo variável. Qual é a relação entre esses dois conjuntos de valores? Comente. 7. Você está pensando em montar uma barraca de limonada. A barraca custa$ 200. Os ingredien­ tes para cada copo de limonada custam$ 0,50. a. Qual é o custo fixo do seu negócio? Qual é o custo variável por copo de limonada? b. Construa uma tabela mostrando seu custo total, seu custo total médio e seu custo mar­ ginal para níveis de produção variando de O a 10 galões. (Dica: cada galão contém 16 copos.) Represente graficamente as três cur­ vas de custos. 8. Seu primoVinnie é proprietário de uma empre­ sa de pintura de paredes com custo fixo de$ 200 e a seguinte relação de custos variáveis: Quantidade de Casas Pintadas por Mês 2 3 4 5 6 7 Custos Variáveis $ 1O $ 20 $ 40 $ 80 $ 160 $ 320 $ 640 Calcule o custo fixo médio, o custo variável médio e o custo total médio para cada quantidade. Qual é a escala eficiente da empresa de pintura7 9. O governo municipal considera duas propostas de impostos: • Um imposto único de $ 300 para cada pro­ dutor de hambúrgueres. • Um imposto de $ 1 por hambúrguer, pago pelo produtor. a. Qual curva se deslocaria em virtude do im­ posto único: custo fixo médio, custo variável médio, custo total médio ou custo marginal? Por quê? Elabore um diagrama detalhado para ilustrar sua resposta. b. Qual dessas quatro curvas se deslocaria como resultado do imposto por unidade de hambúrguer? Por quê? Elabore um diagrama detalhado para ilustrar sua resposta.
  • 3. a. Preencha a coluna do produto marginal. Que padrão pode ser identificado? Como você pode explicá-lo? b. Um trabalhador custa$ 100 por dia e a em­ presa tem custo fixo de$ 200. Use essa in­ formação para preencher a coluna do custo total. c. Preencha a coluna do custo total médio. (Lembre-se de que CTM = CT/Q.) Que pa­ drão pode ser identificado? d. Agora preencha a coluna do custo marginal. (Lembre-se de que CMg = t:..CI/6.Q.) Que padrão pode ser identificado? e. Compare a coluna de produto marginal e a coluna de custo marginal. Explique a relação entre elas. f. Compare a coluna de custo total médio e a coluna de custo marginal. Explique a relação entre elas. ::>. Você é o diretor financeiro de uma empresa que vende aparelhos de música digital. A empresa tem o seguinte planilha de custo total médio: Quantidade 600 aparelhos 601 Custo Total Médio $ 300 301 O nível atual de produção é de 600 aparelhos, todos vendidos. Um cliente liga desesperado querendo comprar um e oferece$ 550 pelo equi­ pamento. Você deve aceitar a oferta? Explique. 6. Considere as seguintes informações de custos de uma pizzaria: Q (dúzias) Custo Total Custo Variável o $ 300 $ o 1 350 50 2 390 90 3 420 120 4 450 150 5 490 190 6 540 240 a. Qual é o custo fixo da pizzaria? b. Construa uma tabela com o cálculo do custo marginal por dúzia de pizzas a partir das in­ formações sobre custo total. Calcule também o custo marginal por dúzia de pizzas a partir do custo variável. Qual é a relação entre esses dois conjuntos de valores? Comente. 7. Você está pensando em montar uma barraca de limonada. A barraca custa$ 200. Os ingredien­ tes para cada copo de limonada custam$ 0,50. a. Qual é o custo fixo do seu negócio? Qual é o custo variável por copo de limonada? b. Construa uma tabela mostrando seu custo total, seu custo total médio e seu custo mar­ ginal para níveis de produção variando de O a 10 galões. (Dica: cada galão contém 16 copos.) Represente graficamente as três cur­ vas de custos. 8. Seu primoV innie é proprietário de uma empre­ sa de pintura de paredes com custo fixo de$ 200 e a seguinte relação de custos variáveis: Quantidade de Casas Pintadas por Mês 2 3 4 5 6 7 Custos Variáveis $ 1 O $ 20 $ 40 $ 80 $ 160 $ 320 $ 640 Calcule o custo fixo médio, o custo variável médio e o custo total médio para cada quantidade. Qual é a escala eficiente da empresa de pintura? 9. O governo municipal considera duas propostas de impostos: • Um imposto único de$ 300 para cada pro­ dutor de hambúrgueres. • Um imposto de $ 1 por hambúrguer, pago pelo produtor. a. Qual curva se deslocaria em virtude do im­ posto único: custo fixo médio, custo variável médio, custo total médio ou custo marginal? Por quê? Elabore um diagrama detalhado para ilustrar sua resposta. b. Qual dessas quatro curvas se deslocaria como resultado do imposto por unidade de hambúrguer? Por quê? Elabore um diagrama detalhado para ilustrar sua resposta.
  • 4. 10. O bar de sucos de Jane tem as seguintes relações de custos: Q (barris) Custo Variável CustoTotal o $o $30 1 10 40 2 25 55 3 45 75 4 70 100 5 100 130 6 135 165 a. Calcule o custo variável médio, o custo total médio e o custo marginal para cada quanti- dade. b. Represente graficamente as três curvas. Qual é a relação entre a curva de custo marginal c a de custo total médio? E entre a curva de custo marginal e a de custo variável médio? Explique. 11. Uma empresa tem custo fixo de $ 100 e custo variável médio de $ 5 x Q, onde Q representa o número de unidades produzidas. a. Elabore uma tabela representando o custo total para Q, de O a 10. b. Elabore o gráfico das curvas de custo margi­ nal e de custo total médio. c. De que maneira Q altera o custo marginal? O que isso sugere sobre o processo de pro­ dução da empresa? 12. Considere a seguinte tabela de custo total de longo prazo de três empresas diferentes: Quantidade 2 3 4 5 6 7 Empresa A $60 $70 $80 $90 $100 $110 $120 Empresa 8 11 24 39 56 75 96 119 Empresa C 21 34 49 66 85 106 129 Analise se cada uma dessas empresas apresenta economias ou deseconomias de escala.
  • 5. �- Muitos barcos pequenos são feitos de fibra de vidro, um derivado do petróleo. Suponhamos que o preço do petróleo aumente. a. Usando diagramas, demonstre o que acon­ tece com as curvas de custos de uma empre­ sa individual fabricante de barcos e com a curva de oferta do mercado. b. O que acontece com os lucros dos fabrican­ tes de barcos no curto prazo? O que aconte­ ce com o número de fabricantes de barcos no longo prazo? =.. Você vai ao melhor restaurante da cidade e pede um prato de lagosta que custa$ 40. Depois de comer metade do prato, percebe que está satis­ feito. Sua namorada quer que você termine o jantar porque você não tem como levá-lo para casa e"já pagou por ele". O que você deve fazer? Relacione a resposta ao material deste capítulo. 3. A empresa de jardinagem de Bob é um negócio competitivo e de maximização de lucros. Ele co­ bra$ 27 para cortar grama. O custo total diário é de$ 280, dos quais$ 30 correspondem ao custo fixo. Bob consegue cortar 10 gramados por dia. Como você avalia a decisão de curto prazo de Bob de paralisar temporariamente o negócio e a decisão de longo prazo de sair do mercado? �- Considere o custo total e a receita total dados na tabela a seguir: Quantidade CustoTotal Receita Total o 2 3 4 5 6 7 $ 8 9 1o 11 13 19 27 37 $ o 8 16 24 32 40 48 56 a. Calcule o lucro para cada quantidade. Quan­ to a empresa deve produzir para maximizar o lucro? b. Calcule a receita marginal e o custo marginal para cada quantidade. Trace os gráficos. (Dica: coloque os pontos entre os números inteiros. Por exemplo, o custo marginal entre 2 e 3 deve ser colocado em 2 1/2.) Em que quanti­ dade demandada essas curvas se cruzam? Como isso está relacionado à resposta do item (a)? c. É possível dizer se essa empresa está em uma indústria competitiva? Em caso positivo, é possível dizer se a indústria está em seu equilíbrio de longo prazo? 5. A empresa de rolamentos Ball Bearings Inc. pos­ sui os seguintes custos de produção: Custo Custo Quantidade Fixo Variável o s 100 s o 1 100 50 2 100 70 3 100 90 4 100 140 5 100 200 6 100 360 a. Calcule os custos fixos médios, os custos va­ riáveis médios, os custos totais médios e os custos marginais da empresa. b. O preço de um conjunto de rolamentos é $ 50. Ao perceber que não conseguirá obter lucros, o diretor executivo decide encerrar as operações. Quais são as perdas e os lucros da empresa? Essa foi uma decisão acertada? Explique. c. Ao se lembrar, vagamente, do curso de Intro­ dução à Economia, o diretor financeiro diz ao diretor executivo que é melhor produzir um conjunto de rolamentos, pois nessa quan­ tidade a receita marginal é igual ao custo mar­ ginaL Quais são as perdas/lucros da empresa naquele nível de produção? Qual é a melhor decisão? Explique. 6. Suponha que o setor de impressão de livros seja competitivo e parta do equilibrio de longo prazo. a. Trace um diagrama que descreva a empresa típica do setor. b. A Gráfica e Editora Hi-Tech inventou um no­ vo processo que reduz substancialmente o custo da impressão de livros. O que acontece com os lucros da empresa e com o preço dos livros no curto prazo quando a patente da Hi-Tech impede que outras empresas usem a tecnologia? c. O que acontece no longo prazo quando a pa­ tente expira e outras empresas passam a po­ der usar a tecnologia?
  • 6. 7. Uma empresa em um mercado competitivo re­ cebe$ 500 de receita total e tem receita marginal de$ 10. Qual é a receita média e quantas unida­ des foram vendidas? 8. Uma empresa que maximiza os lucros em um mercado competitivoproduzatualmente 100 uni­ dades. A receita média é de $ 10, o custo total médio é de$ 8, e o custo fixo, de$ 200. a. Qual é o lucro? b. Qual é o custo marginal? c. Qual é o custo variável médio? d. A escala de eficiência da empresa é de mais de, menos de ou exatamente 100 unidades? 9. O mercado de fertilizantes é perfeitamente com­ petitivo. As empresas estão produzindo, mas atualmente estão sofrendo perdas econômicas. a. Como o preço do fertilizante se compara ao custo total médio, ao custo variável médio e ao custo marginal da produção? b. Elabore dois gráficos, lado a lado, para ilus­ trar a situação atual de uma empresa típica e no mercado. c. Suponhamos que não haja mudança na de­ manda ou nas curvas de custo dessas em­ presas, explique o que acontecerá, no longo prazo, ao preço do fertilizante, ao custo mar­ ginal, ao custo total médio, à quantidade ofer­ tada por cada empresa e à quantidade total ofertada no mercado. 10. Suponhamos que o setor têxtil dos Estados Uni­ dos seja competitivo e que não haja comércio internacional de tecidos. No equilíbrio de longo prazo, o preço por peça é$ 30. a. Descreva o equilíbrio com gráficos para todo o mercado e para um produtor individual. Suponhamos agora que os produtores de outros países estejam dispostos a vender grandes quan­ tidades de tecido nos Estados Unidos por ape­ nas $ 25 a peça. b. Supondo que os produtores de tecido dos Estados Unidos tenham grandes custos fixos, qual o efeito no curto prazo que essas impor­ tações têm sobre a quantidade produzida por um produtor individual? Qual é o efeito de curto prazo sobre o lucro? Ilustre sua res­ posta com um gráfico. c. Qual será o efeito de longo prazo sobre o número de empresas norte-americanas no setor? 11. Uma indústria tem atualmente 100 empresas, todas com custo fixo de$ 16 e custo variável mé­ dio conforme a tabela: Quantidade Custo variável médio 1 $ 1 2 2 3 3 4 4 5 5 6 6 a. Calcule o custo marginal e o custo total médio. b. O preço atual é $ 10. Qual é a quantidade ofertada no mercado? c. À medida que o mercado faz a transição para o equilíbrio de longo prazo, o que acontecerá com o preço, a quantidade demandada e a quantidade ofertada por cada empresa. Analise cada um deles: ele aumentará ou diminuirá? d. Elabore o gráfico da curva de oferta no longo prazo para esse mercado. 12. Suponhamos que haja mil quiosques de rosca salgada em atividade na cidade de Nova York. Cada quiosque tem a curva de custo total médio típica em forma de U. A curva de demanda por rosca salgada do mercado tem inclinação des­ cendente, e o mercado de rosca salgada está em equilíbrio competitivo de longo prazo. a. Represente graficamente o equilíbrio atual usando gráficos para todo o mercado e para cada quiosque de roscas salgadas. b. Agora a cidade decide restringir o número de licenças para quiosques de roscas salgadas, reduzindo o número para apenas 800. Que efeito isso terá sobre o mercado e sobre cada quiosque que continue em operação? Use gráficos para ilustrar sua resposta. c. Suponhamos que a cidade decida cobrar uma taxa de licenciamento dos 800 quiosques. Co­ mo isso afetará o número de roscas salgadas vendidas por um único quiosque? Como isso afetará o preço das roscas salgadas na cidade? d. A cidade quer levantar a maior receita pos­ sível e, ao mesmo tempo, garantir que 800 quiosques permaneçam funcionando na ci­ dade. Em quanto a cidade deve aumentar a
  • 7. taxa de licenciamento? Mostre a resposta em seu gráfico. :3. Suponha que a indústria de mineração de ouro seja competitiva. a. Ilustre o equilíbrio de longo prazo usando diagramas do mercado de ouro e de uma mi­ na de ouro representativa. b. Suponha que um aumento da demanda por joias induza um aumento da demanda por ouro. Usando seus diagramas da parte (a), demonstre o que aconteceria no curto prazo com o mercado de ouro e com cada mina de ouro existente. c. Se a demanda por ouro se mantiver elevada, o que acontecerá com o preço ao longo do tempo? Mais especificamente, o novo preço de equilíbrio de longo prazo seria superior, inferior ou igual ao preço de equilíbrio de curto prazo da parte (b)? É possível que o novo preço de equilíbrio de longo prazo seja superior ao preço de equilíbrio de longo pra­ zo original? Explique. 14. Analise as seguintes situações para empresas em mercados competitivos: a. Suponha que CT = 100 + 15q, onde CT é o custo total e q é a quantidade produzida. Qual é o preço mínimo necessário para que essa empresa forneça qualquer produto no curto prazo? b. Suponha que o CMg = 4q, onde CMg é o custo marginal. Uma empresa perfeitamen­ te competitiva maximiza o lucro produzin­ do 10 unidades. Qual é o preço de venda dessas unidades?