SlideShare uma empresa Scribd logo
ESTUDOS DECOLONIAIS
RELACIONADOS ÀS TIC NA
CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO –
Um panorama a partir da
Brapci
Laís Alpi Landim
Maria José Vicentini Jorente
PPGCI – Unesp Marília
Introdução
• Ciência da Informação – perspectivas críticas
• Fenômenos sociais e informacionais – atravessados por fatores históricos, políticos e
socioculturais que envolvem aspectos como gênero, raça e classes sociais
• Teorias críticas – perspectiva decolonial - busca questionar os vestígios das relações de
dominação Norte-Sul que perduram nos âmbitos ideológicos e epistemológicos, a partir de
processos de subjetivação impostos
• Qual o panorama das pesquisas relacionadas às TIC com perspectiva decolonial no âmbito da
Ciência da Informação brasileira?
Objetivo
e
Hipótese
• Traçar um panorama sobre as tendências de
pesquisa relacionadas à perspectiva decolonial
voltadas a temas relacionados às TIC no âmbito da
Ciência da Informação, a fim de observar o estado
da temática e possíveis lacunas a serem
preenchidas por novas pesquisas relacionadas ao
tema no contexto brasileiro.
• A hipótese levantada é que, embora seja
crescente a produção de pesquisas relacionada à
perspectiva decolonial na Ciência da Informação,
o número de produções voltadas às TIC é ainda
escassa no contexto brasileiro.
Referencial teórico
• Teoria crítica nas ciências humanas – Escola de Frankfurt – Marcuse e a crítica à
unidimensionalidade da ciência
• CI - a unidimensionalidade expressa-se no âmbito da Teoria Matemática da Informação - objeto
de estudo como fenômeno fisicamente observável e mensurável, a partir de uma perspectiva
positivista de raciocínio científico
• A teoria crítica, de acordo com Araújo (2009), considera a historicidade dos fenômenos
informacionais para compreendê-los, já que enfatiza conflitos, desigualdades e embates de
interesses relacionados a eles.
Colonialismo e o giro decolonial
• Colonialidade - estende-se a outros âmbitos além do poder, é uma estrutura complexa que
entrelaça cinco níveis de controle afetados por ela: controle da economia, da autoridade, da
natureza e dos recursos naturais, do gênero e da sexualidade e da subjetividade e do
conhecimento – interfere, também, nos fenômenos informacionais.
• Emerge o giro decolonial, referente ao “movimento de resistência teórico e prático, político e
epistemológico, à lógica da modernidade/colonialidade (Ballestrin, 2013, p. 105).
• Giro decolonial - resistência a toda forma de dominação e exploração a partir de práticas sociais
de autoprodução e reprodução democráticas da existência social (Quijano, 2012; Azevedo,
Torres & Borba, 2022).
Materiais e
métodos
• Natureza qualitativa, do tipo exploratória e
descritiva
• Brapci - Base de Dados Referenciais de Artigos de
Periódicos em Ciência da Informação
• A busca considerada foi feita a partir do termo
“*colonial*”, no dia 05 de setembro de 2022
• O critério de inclusão aplicado considerou
publicações em torno da presença de termos
relacionados a perspectivas decoloniais, como
anticolonial, decolonial, descolonial,
descolonização, decolonialidade e pós-colonial no
título e/ou resumo e/ou palavras-chave.
Materiais e
métodos
• A busca retornou 148 publicações, das quais
foram incluídas 21 a partir da leitura do título, do
resumo e das palavras-chave que continham
termos relacionados a perspectivas decoloniais e
termos adjacentes conforme critério e que
tratavam de temáticas relacionadas
• Das 21 publicações incluídas, sete foram
publicadas em um dossiê da revista Liinc
intitulado Decolonialidade e Ciência da
Informação: Veredas Dialógicas
• Os resultados foram sistematizados em um
quadro com título, autor(es), data e temática(s) da
publicação (Quadro 1)
estudos decoloniais tic.pdf
estudos decoloniais tic.pdf
Resultados e discussões
• Foi possível observar que as publicações sobre ou com perspectiva decolonial/pós-
colonial/descolonial/anticolonial foram majoritariamente voltados aos estudos epistemológicos,
conforme observado no Quadro 1.
• Outras categorias que se destacaram foram: Cultura, com 08 publicações recuperadas; Comunicação,
com 05 publicações; e Organização do Conhecimento, com 04 publicações. Apenas 03 publicações
tratam de temas relacionados às TIC com perspectiva decolonial.
• O texto de Félix e Paulla (2021) consistiu em uma análise de episódios de racismo cotidiano com
perspectiva interseccional a partir de uma publicação da deputada Talíria Petrone no Instagram. Os
autores analisaram “os sentidos produzidos nas ameaças e xingamentos contidos nessa postagem em
termos de reatualização do passado escravagista, que aprisiona os sujeitos negros na cena colonial”.
Resultados e discussões
• O estudo de Fiormonte e Sordi (2019) trata da GAFAM (Google, Amazon, Facebook e Microsoft),
considerado o maior império financeiro do planeta. A GAFAM, a partir da arquitetura aberta da
Web, assumiu o controle das tecnologias direcionadoras do consumo mundial, o que resultou
em novas maneiras de produção e acesso ao conhecimento digital.
• Por fim, o estudo de Xavier, Morais e Carneiro (2021) trata de um relato de experiência sobre um
curso livre na modalidade online – denominado MostrEmCasa - com o objetivo de refletir sobre
a importância da arte e das linguagens midiáticas enquanto elementos fundamentais para o
enfrentamento de desafios encarados mundialmente como foi a epidemia de Covid-19.
Resultados e discussões
• O escasso número de publicações voltados a temáticas relacionadas às TIC apontam para uma
demanda crescente por estudos neste âmbito com perspectiva decolonial, considerando a
importância desta perspectiva demonstrada no número e na qualidade das publicações
recuperadas. A constatação de que as tecnologias, enquanto produtos criados e administrados
por seres humanos igualmente afetados pelo racismo estrutural e outras opressões direcionadas
a diversos grupos subalternizados reforça a necessidade de se desenvolverem mais estudos
sobre a temática a fim de contribuir para a superação destes problemas sociais, inclusive no
âmbito das TIC.
Considerações finais
• O escasso número de publicações voltados a temáticas relacionadas às TIC apontam para uma
demanda crescente por estudos neste âmbito com perspectiva decolonial, considerando a
importância desta perspectiva demonstrada no número e na qualidade das publicações recuperadas.
• A constatação de que as tecnologias, enquanto produtos criados e administrados por seres humanos
igualmente afetados pelo racismo estrutural reforça a necessidade de se desenvolverem mais estudos
sobre a temática a fim de contribuir para a superação deste problema social.
• Assim, a hipótese considerada inicialmente foi confirmada, o número de produções voltadas às TIC é
ainda escasso no contexto brasileiro. Tais conclusões apontam para uma demanda crescente por
estudos neste âmbito com perspectiva decolonial, considerando a importância desta perspectiva
demonstrada no número e na qualidade das publicações recuperadas.
Obrigada!
Agradecimentos
O presente trabalho foi realizado com apoio da Coordenação de
Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Brasil (CAPES) -
Código de Financiamento 001.
Laís Alpi Landim – lais.landim@unesp.br
@laispesquisas
Maria José Vicentini Jorente – mj.Jorente@unesp.br
PPGCI – Unesp Marília

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a estudos decoloniais tic.pdf

Pensamento de Freire
Pensamento de FreirePensamento de Freire
Pensamento de Freire
Lívia Willborn
 
Aula dia 29 01
Aula dia 29 01Aula dia 29 01
Aula dia 29 01
Colégio Tiradentes III
 
Seminário discente Epistemologia da Comunicação
Seminário discente Epistemologia da ComunicaçãoSeminário discente Epistemologia da Comunicação
Seminário discente Epistemologia da Comunicação
Aline Corso
 
Conteúdo: Samuel Schnorr | Design: Rodrigo Castro
Conteúdo: Samuel Schnorr | Design: Rodrigo CastroConteúdo: Samuel Schnorr | Design: Rodrigo Castro
Conteúdo: Samuel Schnorr | Design: Rodrigo Castro
Rodrigo Castro
 
Seminário "Informação na perspectiva da Ciência da Informação"
Seminário "Informação na perspectiva da Ciência da Informação"Seminário "Informação na perspectiva da Ciência da Informação"
Seminário "Informação na perspectiva da Ciência da Informação"
Solange Santana
 
Capítulo 01 produção de conhecimento uma característica das sociedades humanas
Capítulo 01 produção de conhecimento uma característica das sociedades humanasCapítulo 01 produção de conhecimento uma característica das sociedades humanas
Capítulo 01 produção de conhecimento uma característica das sociedades humanas
José Soares Filho
 
Panorama estudo violencia_escolas
Panorama estudo violencia_escolasPanorama estudo violencia_escolas
Panorama estudo violencia_escolas
Raimundo Bezerra
 
Teorias do currículo
Teorias do currículoTeorias do currículo
Teorias do currículo
crisdelshine
 
Estrutura e Dinâmica Social (EDS) - Síntese
Estrutura e Dinâmica Social (EDS) - SínteseEstrutura e Dinâmica Social (EDS) - Síntese
Estrutura e Dinâmica Social (EDS) - Síntese
Vitor Vieira Vasconcelos
 
marcelofetz,+Dossie_O+combate+à+ideologia+de+Gênero_Ok.pdf
marcelofetz,+Dossie_O+combate+à+ideologia+de+Gênero_Ok.pdfmarcelofetz,+Dossie_O+combate+à+ideologia+de+Gênero_Ok.pdf
marcelofetz,+Dossie_O+combate+à+ideologia+de+Gênero_Ok.pdf
PedroAlexandreQuerid
 
Fundamentos antropológ icos e sociológicos
Fundamentos antropológ icos e sociológicosFundamentos antropológ icos e sociológicos
Fundamentos antropológ icos e sociológicos
Edivânia Monteiro
 
Monografia Maria Aparecida Pedagogia 2011
Monografia Maria Aparecida Pedagogia 2011Monografia Maria Aparecida Pedagogia 2011
Monografia Maria Aparecida Pedagogia 2011
Biblioteca Campus VII
 
Aula 1 - Questoes do ENEM.pdmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmf
Aula 1 - Questoes do ENEM.pdmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmfAula 1 - Questoes do ENEM.pdmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmf
Aula 1 - Questoes do ENEM.pdmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmf
AdrianiSaleteMokfaPa
 
Aula 1 perspectivas curriculares contemporâneas profa marília mira (1)
Aula 1   perspectivas curriculares contemporâneas profa marília mira (1)Aula 1   perspectivas curriculares contemporâneas profa marília mira (1)
Aula 1 perspectivas curriculares contemporâneas profa marília mira (1)
Rosangela Gusmao-Pereira
 
Decolonial o outro e seu olhar
Decolonial  o outro e seu olharDecolonial  o outro e seu olhar
Decolonial o outro e seu olhar
Nana Fonseca
 
Teoria da Comunicação na América Latina
Teoria da Comunicação na América LatinaTeoria da Comunicação na América Latina
Teoria da Comunicação na América Latina
Diego Henrique da Silva
 
Materialismo Hitórico Dialético
Materialismo Hitórico DialéticoMaterialismo Hitórico Dialético
Materialismo Hitórico Dialético
Alef Sartorato
 
Slide curriculos e programas
Slide curriculos e programasSlide curriculos e programas
Slide curriculos e programas
estudosacademicospedag
 
Folkcomunicação
FolkcomunicaçãoFolkcomunicação
Folkcomunicação
Guilherme Carvalho
 
Ciberativismo levantamento do estado da arte na pesquisa no brasil
Ciberativismo levantamento do estado da arte na pesquisa no brasil Ciberativismo levantamento do estado da arte na pesquisa no brasil
Ciberativismo levantamento do estado da arte na pesquisa no brasil
Willian Araújo
 

Semelhante a estudos decoloniais tic.pdf (20)

Pensamento de Freire
Pensamento de FreirePensamento de Freire
Pensamento de Freire
 
Aula dia 29 01
Aula dia 29 01Aula dia 29 01
Aula dia 29 01
 
Seminário discente Epistemologia da Comunicação
Seminário discente Epistemologia da ComunicaçãoSeminário discente Epistemologia da Comunicação
Seminário discente Epistemologia da Comunicação
 
Conteúdo: Samuel Schnorr | Design: Rodrigo Castro
Conteúdo: Samuel Schnorr | Design: Rodrigo CastroConteúdo: Samuel Schnorr | Design: Rodrigo Castro
Conteúdo: Samuel Schnorr | Design: Rodrigo Castro
 
Seminário "Informação na perspectiva da Ciência da Informação"
Seminário "Informação na perspectiva da Ciência da Informação"Seminário "Informação na perspectiva da Ciência da Informação"
Seminário "Informação na perspectiva da Ciência da Informação"
 
Capítulo 01 produção de conhecimento uma característica das sociedades humanas
Capítulo 01 produção de conhecimento uma característica das sociedades humanasCapítulo 01 produção de conhecimento uma característica das sociedades humanas
Capítulo 01 produção de conhecimento uma característica das sociedades humanas
 
Panorama estudo violencia_escolas
Panorama estudo violencia_escolasPanorama estudo violencia_escolas
Panorama estudo violencia_escolas
 
Teorias do currículo
Teorias do currículoTeorias do currículo
Teorias do currículo
 
Estrutura e Dinâmica Social (EDS) - Síntese
Estrutura e Dinâmica Social (EDS) - SínteseEstrutura e Dinâmica Social (EDS) - Síntese
Estrutura e Dinâmica Social (EDS) - Síntese
 
marcelofetz,+Dossie_O+combate+à+ideologia+de+Gênero_Ok.pdf
marcelofetz,+Dossie_O+combate+à+ideologia+de+Gênero_Ok.pdfmarcelofetz,+Dossie_O+combate+à+ideologia+de+Gênero_Ok.pdf
marcelofetz,+Dossie_O+combate+à+ideologia+de+Gênero_Ok.pdf
 
Fundamentos antropológ icos e sociológicos
Fundamentos antropológ icos e sociológicosFundamentos antropológ icos e sociológicos
Fundamentos antropológ icos e sociológicos
 
Monografia Maria Aparecida Pedagogia 2011
Monografia Maria Aparecida Pedagogia 2011Monografia Maria Aparecida Pedagogia 2011
Monografia Maria Aparecida Pedagogia 2011
 
Aula 1 - Questoes do ENEM.pdmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmf
Aula 1 - Questoes do ENEM.pdmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmfAula 1 - Questoes do ENEM.pdmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmf
Aula 1 - Questoes do ENEM.pdmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmf
 
Aula 1 perspectivas curriculares contemporâneas profa marília mira (1)
Aula 1   perspectivas curriculares contemporâneas profa marília mira (1)Aula 1   perspectivas curriculares contemporâneas profa marília mira (1)
Aula 1 perspectivas curriculares contemporâneas profa marília mira (1)
 
Decolonial o outro e seu olhar
Decolonial  o outro e seu olharDecolonial  o outro e seu olhar
Decolonial o outro e seu olhar
 
Teoria da Comunicação na América Latina
Teoria da Comunicação na América LatinaTeoria da Comunicação na América Latina
Teoria da Comunicação na América Latina
 
Materialismo Hitórico Dialético
Materialismo Hitórico DialéticoMaterialismo Hitórico Dialético
Materialismo Hitórico Dialético
 
Slide curriculos e programas
Slide curriculos e programasSlide curriculos e programas
Slide curriculos e programas
 
Folkcomunicação
FolkcomunicaçãoFolkcomunicação
Folkcomunicação
 
Ciberativismo levantamento do estado da arte na pesquisa no brasil
Ciberativismo levantamento do estado da arte na pesquisa no brasil Ciberativismo levantamento do estado da arte na pesquisa no brasil
Ciberativismo levantamento do estado da arte na pesquisa no brasil
 

Último

ExpoGestão 2024 - Desvendando um mundo em ebulição
ExpoGestão 2024 - Desvendando um mundo em ebuliçãoExpoGestão 2024 - Desvendando um mundo em ebulição
ExpoGestão 2024 - Desvendando um mundo em ebulição
ExpoGestão
 
Subindo uma aplicação WordPress em docker na AWS
Subindo uma aplicação WordPress em docker na AWSSubindo uma aplicação WordPress em docker na AWS
Subindo uma aplicação WordPress em docker na AWS
Ismael Ash
 
Ferramentas que irão te ajudar a entrar no mundo de DevOps/CLoud
Ferramentas que irão te ajudar a entrar no mundo de   DevOps/CLoudFerramentas que irão te ajudar a entrar no mundo de   DevOps/CLoud
Ferramentas que irão te ajudar a entrar no mundo de DevOps/CLoud
Ismael Ash
 
se38_layout_erro_xxxxxxxxxxxxxxxxxx.docx
se38_layout_erro_xxxxxxxxxxxxxxxxxx.docxse38_layout_erro_xxxxxxxxxxxxxxxxxx.docx
se38_layout_erro_xxxxxxxxxxxxxxxxxx.docx
ronaldos10
 
INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL + COMPUTAÇÃO QUÂNTICA = MAIOR REVOLUÇÃO TECNOLÓGICA D...
INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL + COMPUTAÇÃO QUÂNTICA = MAIOR REVOLUÇÃO TECNOLÓGICA D...INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL + COMPUTAÇÃO QUÂNTICA = MAIOR REVOLUÇÃO TECNOLÓGICA D...
INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL + COMPUTAÇÃO QUÂNTICA = MAIOR REVOLUÇÃO TECNOLÓGICA D...
Faga1939
 
ExpoGestão 2024 - Inteligência Artificial – A revolução no mundo dos negócios
ExpoGestão 2024 - Inteligência Artificial – A revolução no mundo dos negóciosExpoGestão 2024 - Inteligência Artificial – A revolução no mundo dos negócios
ExpoGestão 2024 - Inteligência Artificial – A revolução no mundo dos negócios
ExpoGestão
 

Último (6)

ExpoGestão 2024 - Desvendando um mundo em ebulição
ExpoGestão 2024 - Desvendando um mundo em ebuliçãoExpoGestão 2024 - Desvendando um mundo em ebulição
ExpoGestão 2024 - Desvendando um mundo em ebulição
 
Subindo uma aplicação WordPress em docker na AWS
Subindo uma aplicação WordPress em docker na AWSSubindo uma aplicação WordPress em docker na AWS
Subindo uma aplicação WordPress em docker na AWS
 
Ferramentas que irão te ajudar a entrar no mundo de DevOps/CLoud
Ferramentas que irão te ajudar a entrar no mundo de   DevOps/CLoudFerramentas que irão te ajudar a entrar no mundo de   DevOps/CLoud
Ferramentas que irão te ajudar a entrar no mundo de DevOps/CLoud
 
se38_layout_erro_xxxxxxxxxxxxxxxxxx.docx
se38_layout_erro_xxxxxxxxxxxxxxxxxx.docxse38_layout_erro_xxxxxxxxxxxxxxxxxx.docx
se38_layout_erro_xxxxxxxxxxxxxxxxxx.docx
 
INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL + COMPUTAÇÃO QUÂNTICA = MAIOR REVOLUÇÃO TECNOLÓGICA D...
INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL + COMPUTAÇÃO QUÂNTICA = MAIOR REVOLUÇÃO TECNOLÓGICA D...INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL + COMPUTAÇÃO QUÂNTICA = MAIOR REVOLUÇÃO TECNOLÓGICA D...
INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL + COMPUTAÇÃO QUÂNTICA = MAIOR REVOLUÇÃO TECNOLÓGICA D...
 
ExpoGestão 2024 - Inteligência Artificial – A revolução no mundo dos negócios
ExpoGestão 2024 - Inteligência Artificial – A revolução no mundo dos negóciosExpoGestão 2024 - Inteligência Artificial – A revolução no mundo dos negócios
ExpoGestão 2024 - Inteligência Artificial – A revolução no mundo dos negócios
 

estudos decoloniais tic.pdf

  • 1. ESTUDOS DECOLONIAIS RELACIONADOS ÀS TIC NA CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO – Um panorama a partir da Brapci Laís Alpi Landim Maria José Vicentini Jorente PPGCI – Unesp Marília
  • 2. Introdução • Ciência da Informação – perspectivas críticas • Fenômenos sociais e informacionais – atravessados por fatores históricos, políticos e socioculturais que envolvem aspectos como gênero, raça e classes sociais • Teorias críticas – perspectiva decolonial - busca questionar os vestígios das relações de dominação Norte-Sul que perduram nos âmbitos ideológicos e epistemológicos, a partir de processos de subjetivação impostos • Qual o panorama das pesquisas relacionadas às TIC com perspectiva decolonial no âmbito da Ciência da Informação brasileira?
  • 3. Objetivo e Hipótese • Traçar um panorama sobre as tendências de pesquisa relacionadas à perspectiva decolonial voltadas a temas relacionados às TIC no âmbito da Ciência da Informação, a fim de observar o estado da temática e possíveis lacunas a serem preenchidas por novas pesquisas relacionadas ao tema no contexto brasileiro. • A hipótese levantada é que, embora seja crescente a produção de pesquisas relacionada à perspectiva decolonial na Ciência da Informação, o número de produções voltadas às TIC é ainda escassa no contexto brasileiro.
  • 4. Referencial teórico • Teoria crítica nas ciências humanas – Escola de Frankfurt – Marcuse e a crítica à unidimensionalidade da ciência • CI - a unidimensionalidade expressa-se no âmbito da Teoria Matemática da Informação - objeto de estudo como fenômeno fisicamente observável e mensurável, a partir de uma perspectiva positivista de raciocínio científico • A teoria crítica, de acordo com Araújo (2009), considera a historicidade dos fenômenos informacionais para compreendê-los, já que enfatiza conflitos, desigualdades e embates de interesses relacionados a eles.
  • 5. Colonialismo e o giro decolonial • Colonialidade - estende-se a outros âmbitos além do poder, é uma estrutura complexa que entrelaça cinco níveis de controle afetados por ela: controle da economia, da autoridade, da natureza e dos recursos naturais, do gênero e da sexualidade e da subjetividade e do conhecimento – interfere, também, nos fenômenos informacionais. • Emerge o giro decolonial, referente ao “movimento de resistência teórico e prático, político e epistemológico, à lógica da modernidade/colonialidade (Ballestrin, 2013, p. 105). • Giro decolonial - resistência a toda forma de dominação e exploração a partir de práticas sociais de autoprodução e reprodução democráticas da existência social (Quijano, 2012; Azevedo, Torres & Borba, 2022).
  • 6. Materiais e métodos • Natureza qualitativa, do tipo exploratória e descritiva • Brapci - Base de Dados Referenciais de Artigos de Periódicos em Ciência da Informação • A busca considerada foi feita a partir do termo “*colonial*”, no dia 05 de setembro de 2022 • O critério de inclusão aplicado considerou publicações em torno da presença de termos relacionados a perspectivas decoloniais, como anticolonial, decolonial, descolonial, descolonização, decolonialidade e pós-colonial no título e/ou resumo e/ou palavras-chave.
  • 7. Materiais e métodos • A busca retornou 148 publicações, das quais foram incluídas 21 a partir da leitura do título, do resumo e das palavras-chave que continham termos relacionados a perspectivas decoloniais e termos adjacentes conforme critério e que tratavam de temáticas relacionadas • Das 21 publicações incluídas, sete foram publicadas em um dossiê da revista Liinc intitulado Decolonialidade e Ciência da Informação: Veredas Dialógicas • Os resultados foram sistematizados em um quadro com título, autor(es), data e temática(s) da publicação (Quadro 1)
  • 10. Resultados e discussões • Foi possível observar que as publicações sobre ou com perspectiva decolonial/pós- colonial/descolonial/anticolonial foram majoritariamente voltados aos estudos epistemológicos, conforme observado no Quadro 1. • Outras categorias que se destacaram foram: Cultura, com 08 publicações recuperadas; Comunicação, com 05 publicações; e Organização do Conhecimento, com 04 publicações. Apenas 03 publicações tratam de temas relacionados às TIC com perspectiva decolonial. • O texto de Félix e Paulla (2021) consistiu em uma análise de episódios de racismo cotidiano com perspectiva interseccional a partir de uma publicação da deputada Talíria Petrone no Instagram. Os autores analisaram “os sentidos produzidos nas ameaças e xingamentos contidos nessa postagem em termos de reatualização do passado escravagista, que aprisiona os sujeitos negros na cena colonial”.
  • 11. Resultados e discussões • O estudo de Fiormonte e Sordi (2019) trata da GAFAM (Google, Amazon, Facebook e Microsoft), considerado o maior império financeiro do planeta. A GAFAM, a partir da arquitetura aberta da Web, assumiu o controle das tecnologias direcionadoras do consumo mundial, o que resultou em novas maneiras de produção e acesso ao conhecimento digital. • Por fim, o estudo de Xavier, Morais e Carneiro (2021) trata de um relato de experiência sobre um curso livre na modalidade online – denominado MostrEmCasa - com o objetivo de refletir sobre a importância da arte e das linguagens midiáticas enquanto elementos fundamentais para o enfrentamento de desafios encarados mundialmente como foi a epidemia de Covid-19.
  • 12. Resultados e discussões • O escasso número de publicações voltados a temáticas relacionadas às TIC apontam para uma demanda crescente por estudos neste âmbito com perspectiva decolonial, considerando a importância desta perspectiva demonstrada no número e na qualidade das publicações recuperadas. A constatação de que as tecnologias, enquanto produtos criados e administrados por seres humanos igualmente afetados pelo racismo estrutural e outras opressões direcionadas a diversos grupos subalternizados reforça a necessidade de se desenvolverem mais estudos sobre a temática a fim de contribuir para a superação destes problemas sociais, inclusive no âmbito das TIC.
  • 13. Considerações finais • O escasso número de publicações voltados a temáticas relacionadas às TIC apontam para uma demanda crescente por estudos neste âmbito com perspectiva decolonial, considerando a importância desta perspectiva demonstrada no número e na qualidade das publicações recuperadas. • A constatação de que as tecnologias, enquanto produtos criados e administrados por seres humanos igualmente afetados pelo racismo estrutural reforça a necessidade de se desenvolverem mais estudos sobre a temática a fim de contribuir para a superação deste problema social. • Assim, a hipótese considerada inicialmente foi confirmada, o número de produções voltadas às TIC é ainda escasso no contexto brasileiro. Tais conclusões apontam para uma demanda crescente por estudos neste âmbito com perspectiva decolonial, considerando a importância desta perspectiva demonstrada no número e na qualidade das publicações recuperadas.
  • 14. Obrigada! Agradecimentos O presente trabalho foi realizado com apoio da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Brasil (CAPES) - Código de Financiamento 001. Laís Alpi Landim – lais.landim@unesp.br @laispesquisas Maria José Vicentini Jorente – mj.Jorente@unesp.br PPGCI – Unesp Marília