SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 2
Baixar para ler offline
Home
Quem somos »
Emprego & Classificados »
Assinaturas »
Iniciativas RL »
Sociedade »
Cultura »
Desporto »
Economia »
Especiais »
Vídeos »
Web »
Opinião
Edição PDF
Necrologia
Este supermercado é gerido por votação e os clientes também são
donos
Publicado em 12 Junho 2012 às 2:12 am. Tags: comércio, cooperativa, Cooppovo, distribuição, marinha
grande, supermercado
Aqui não há descontos loucos, nem sofisticadas técnicas de marketing que inflamem o consumo.
Privilegiam-se os produtos portugueses e as margens de lucro são as estritamente necessárias para garantir o
funcionamento da empresa. Mais: neste supermercado, os clientes são também donos.
Vítor Santos (presidente) e Marlene Moiteiro
(vogal) da direção da Cooppovo, sublinham que
se privilegia a venda de produtos de origem
Este supermercado é gerido por votação democrática e os clientes também... http://www.regiaodeleiria.pt/blog/2012/06/12/este-supermercado-e-geri...
1 de 6 13-06-2012 00:33
Share0 tweet
Não há comentários enviados ainda. Seja o primeiro!
Embed video
Digite o texto aqui!
nacional (fotografia: Joaquim Dâmaso)
Para poder consumir neste supermercado e lojas adjacentes, só mesmo sendo “dono” da Cooppovo –
Cooperativa de Consumo do Povo
da Marinha Grande, a única cooperativa de consumo do distrito de Leiria. Acresce que os dirigentes não são
remunerados e as decisões são tomadas de acordo com a vontade da maioria da direção, depois de uma
votação.
“Já fui várias vezes vencido e nunca usei o meu voto de qualidade, mas depois têm de me provar que estava
errado”, revela Vítor
Santos, presidente da direção da Cooppovo.
Sem apostar no lucro, mas concentrada numa exigente negociação dos preços, esta cooperativa “é
competitiva”, assegura o dirigente, ex-sindicalista que durante quatro décadas trabalhou para uma empresa do
patrão do comércio a retalho, Belmiro de Azevedo.
Uma experiência que marca a forma como pretende dirigir a cooperativa, sobretudo procurando não seguir o
exemplo com que conviveu, confessa.
Vítor Santos e a sua equipa, chegaram à direção da Cooppovo há pouco mais de um ano. Uma das prioridades
foi reunir com os sindicatos, efetuar as promoções devidas aos funcionários, e avançar com os aumentos
salariais possíveis, visando melhorar a situação sobretudo daqueles que eram pior remunerados.
Entre os 55 funcionários, o salário mais baixo é de 500 euros, explica. A motivação, acompanhada de
responsabilização, são princípios que a equipa diretiva decidiu privilegiar.
E parece estar a resultar: as vendas estão a crescer, adianta a direção.
Leia a notícia na íntegra na página 9 da edição de 1 de junho.
Outras notícias que lhe podem interessar:
reXistência: Este país também é meu!1.
Clientes do BPN juntam-se à manifestação dos clientes do BPP em Lisboa2.
Fernando Costa demite-se da Distrital se PSD não subir votação no distrito3.
Reformas antecipadas. Quem corre por gosto também cansa4.
Shopping de Várzeas tem 25 mil potenciais clientes5.
Comentários
Publicar novo comentário
Este supermercado é gerido por votação democrática e os clientes também... http://www.regiaodeleiria.pt/blog/2012/06/12/este-supermercado-e-geri...
2 de 6 13-06-2012 00:33

Mais conteúdo relacionado

Mais de Victor Mendes

O PRINCIPIO DA COOPERAÇÃO, de Mauricio Adballa (2002)
O PRINCIPIO DA COOPERAÇÃO, de Mauricio Adballa (2002)O PRINCIPIO DA COOPERAÇÃO, de Mauricio Adballa (2002)
O PRINCIPIO DA COOPERAÇÃO, de Mauricio Adballa (2002)Victor Mendes
 
COOPERATIVISMO, Discursos políticos, de Henrique de Barros (1978)
COOPERATIVISMO, Discursos políticos, de Henrique de Barros (1978)COOPERATIVISMO, Discursos políticos, de Henrique de Barros (1978)
COOPERATIVISMO, Discursos políticos, de Henrique de Barros (1978)Victor Mendes
 
CHEGAR NOVO A VELHO, do Dr. Manuel Pinto Coelho (2015)
CHEGAR NOVO A VELHO, do Dr. Manuel Pinto Coelho (2015)CHEGAR NOVO A VELHO, do Dr. Manuel Pinto Coelho (2015)
CHEGAR NOVO A VELHO, do Dr. Manuel Pinto Coelho (2015)Victor Mendes
 
REPENSAR A ECONOMIA, de Ivo Gomes Francisco (2014)
REPENSAR A ECONOMIA, de Ivo Gomes Francisco (2014)REPENSAR A ECONOMIA, de Ivo Gomes Francisco (2014)
REPENSAR A ECONOMIA, de Ivo Gomes Francisco (2014)Victor Mendes
 
Só a democracia permite que haja recursos para a próxima geração
Só a democracia permite que haja recursos para a próxima geraçãoSó a democracia permite que haja recursos para a próxima geração
Só a democracia permite que haja recursos para a próxima geraçãoVictor Mendes
 
Porque uma economia cooperativa? ( Palestra 07.02.2015)
Porque uma economia cooperativa? ( Palestra 07.02.2015)Porque uma economia cooperativa? ( Palestra 07.02.2015)
Porque uma economia cooperativa? ( Palestra 07.02.2015)Victor Mendes
 
Palestra no ZDAY 2014
Palestra no ZDAY 2014Palestra no ZDAY 2014
Palestra no ZDAY 2014Victor Mendes
 
"A PSICOLOGIA DA COOPERAÇÃO E CONSCIÊNCIA GRUPAL" de Torkom Saraydarian (1990)
"A PSICOLOGIA DA COOPERAÇÃO E CONSCIÊNCIA GRUPAL"  de Torkom Saraydarian (1990)"A PSICOLOGIA DA COOPERAÇÃO E CONSCIÊNCIA GRUPAL"  de Torkom Saraydarian (1990)
"A PSICOLOGIA DA COOPERAÇÃO E CONSCIÊNCIA GRUPAL" de Torkom Saraydarian (1990)Victor Mendes
 
Austrália, primeira cooperativa eólica comunitária, hepburn wind community wi...
Austrália, primeira cooperativa eólica comunitária, hepburn wind community wi...Austrália, primeira cooperativa eólica comunitária, hepburn wind community wi...
Austrália, primeira cooperativa eólica comunitária, hepburn wind community wi...Victor Mendes
 
Tabela de taxa de encerceração mundial por países
Tabela de taxa de encerceração mundial por paísesTabela de taxa de encerceração mundial por países
Tabela de taxa de encerceração mundial por paísesVictor Mendes
 
Estudo sobre a Empresa Social como uma ferramenta para se alcançar a prosperi...
Estudo sobre a Empresa Social como uma ferramenta para se alcançar a prosperi...Estudo sobre a Empresa Social como uma ferramenta para se alcançar a prosperi...
Estudo sobre a Empresa Social como uma ferramenta para se alcançar a prosperi...Victor Mendes
 
Cooperativismo, Artigo de Glória Rebelo (Professora Universitária)
Cooperativismo, Artigo de Glória Rebelo (Professora Universitária)Cooperativismo, Artigo de Glória Rebelo (Professora Universitária)
Cooperativismo, Artigo de Glória Rebelo (Professora Universitária)Victor Mendes
 
Duas redes de supermercado cooperativos dominam a Suíça (Swissinfo)
Duas redes de supermercado cooperativos dominam a Suíça (Swissinfo)Duas redes de supermercado cooperativos dominam a Suíça (Swissinfo)
Duas redes de supermercado cooperativos dominam a Suíça (Swissinfo)Victor Mendes
 
Cooperativa é um capital de democracia (Swissinfo)
Cooperativa é um capital de democracia (Swissinfo)Cooperativa é um capital de democracia (Swissinfo)
Cooperativa é um capital de democracia (Swissinfo)Victor Mendes
 
Jornal Cooperativa da Grécia
Jornal Cooperativa da GréciaJornal Cooperativa da Grécia
Jornal Cooperativa da GréciaVictor Mendes
 
O que faz com que as cooperativas sejam bem sucedidas?
O que faz com que as cooperativas sejam bem sucedidas?O que faz com que as cooperativas sejam bem sucedidas?
O que faz com que as cooperativas sejam bem sucedidas?Victor Mendes
 
A cidade de Roseto nos USA
A cidade de Roseto nos USAA cidade de Roseto nos USA
A cidade de Roseto nos USAVictor Mendes
 
O Supermercado das Pessoas / The People’s Supermarket
O Supermercado das Pessoas / The People’s SupermarketO Supermercado das Pessoas / The People’s Supermarket
O Supermercado das Pessoas / The People’s SupermarketVictor Mendes
 
1200 catalães praticam a autogestão com moeda, educação e saúde próprias
1200 catalães praticam a autogestão com moeda, educação e saúde próprias1200 catalães praticam a autogestão com moeda, educação e saúde próprias
1200 catalães praticam a autogestão com moeda, educação e saúde própriasVictor Mendes
 
Cooperativa de Consumo COOPPOVO, Leiria (Noticia 1)
Cooperativa de Consumo COOPPOVO, Leiria (Noticia 1)Cooperativa de Consumo COOPPOVO, Leiria (Noticia 1)
Cooperativa de Consumo COOPPOVO, Leiria (Noticia 1)Victor Mendes
 

Mais de Victor Mendes (20)

O PRINCIPIO DA COOPERAÇÃO, de Mauricio Adballa (2002)
O PRINCIPIO DA COOPERAÇÃO, de Mauricio Adballa (2002)O PRINCIPIO DA COOPERAÇÃO, de Mauricio Adballa (2002)
O PRINCIPIO DA COOPERAÇÃO, de Mauricio Adballa (2002)
 
COOPERATIVISMO, Discursos políticos, de Henrique de Barros (1978)
COOPERATIVISMO, Discursos políticos, de Henrique de Barros (1978)COOPERATIVISMO, Discursos políticos, de Henrique de Barros (1978)
COOPERATIVISMO, Discursos políticos, de Henrique de Barros (1978)
 
CHEGAR NOVO A VELHO, do Dr. Manuel Pinto Coelho (2015)
CHEGAR NOVO A VELHO, do Dr. Manuel Pinto Coelho (2015)CHEGAR NOVO A VELHO, do Dr. Manuel Pinto Coelho (2015)
CHEGAR NOVO A VELHO, do Dr. Manuel Pinto Coelho (2015)
 
REPENSAR A ECONOMIA, de Ivo Gomes Francisco (2014)
REPENSAR A ECONOMIA, de Ivo Gomes Francisco (2014)REPENSAR A ECONOMIA, de Ivo Gomes Francisco (2014)
REPENSAR A ECONOMIA, de Ivo Gomes Francisco (2014)
 
Só a democracia permite que haja recursos para a próxima geração
Só a democracia permite que haja recursos para a próxima geraçãoSó a democracia permite que haja recursos para a próxima geração
Só a democracia permite que haja recursos para a próxima geração
 
Porque uma economia cooperativa? ( Palestra 07.02.2015)
Porque uma economia cooperativa? ( Palestra 07.02.2015)Porque uma economia cooperativa? ( Palestra 07.02.2015)
Porque uma economia cooperativa? ( Palestra 07.02.2015)
 
Palestra no ZDAY 2014
Palestra no ZDAY 2014Palestra no ZDAY 2014
Palestra no ZDAY 2014
 
"A PSICOLOGIA DA COOPERAÇÃO E CONSCIÊNCIA GRUPAL" de Torkom Saraydarian (1990)
"A PSICOLOGIA DA COOPERAÇÃO E CONSCIÊNCIA GRUPAL"  de Torkom Saraydarian (1990)"A PSICOLOGIA DA COOPERAÇÃO E CONSCIÊNCIA GRUPAL"  de Torkom Saraydarian (1990)
"A PSICOLOGIA DA COOPERAÇÃO E CONSCIÊNCIA GRUPAL" de Torkom Saraydarian (1990)
 
Austrália, primeira cooperativa eólica comunitária, hepburn wind community wi...
Austrália, primeira cooperativa eólica comunitária, hepburn wind community wi...Austrália, primeira cooperativa eólica comunitária, hepburn wind community wi...
Austrália, primeira cooperativa eólica comunitária, hepburn wind community wi...
 
Tabela de taxa de encerceração mundial por países
Tabela de taxa de encerceração mundial por paísesTabela de taxa de encerceração mundial por países
Tabela de taxa de encerceração mundial por países
 
Estudo sobre a Empresa Social como uma ferramenta para se alcançar a prosperi...
Estudo sobre a Empresa Social como uma ferramenta para se alcançar a prosperi...Estudo sobre a Empresa Social como uma ferramenta para se alcançar a prosperi...
Estudo sobre a Empresa Social como uma ferramenta para se alcançar a prosperi...
 
Cooperativismo, Artigo de Glória Rebelo (Professora Universitária)
Cooperativismo, Artigo de Glória Rebelo (Professora Universitária)Cooperativismo, Artigo de Glória Rebelo (Professora Universitária)
Cooperativismo, Artigo de Glória Rebelo (Professora Universitária)
 
Duas redes de supermercado cooperativos dominam a Suíça (Swissinfo)
Duas redes de supermercado cooperativos dominam a Suíça (Swissinfo)Duas redes de supermercado cooperativos dominam a Suíça (Swissinfo)
Duas redes de supermercado cooperativos dominam a Suíça (Swissinfo)
 
Cooperativa é um capital de democracia (Swissinfo)
Cooperativa é um capital de democracia (Swissinfo)Cooperativa é um capital de democracia (Swissinfo)
Cooperativa é um capital de democracia (Swissinfo)
 
Jornal Cooperativa da Grécia
Jornal Cooperativa da GréciaJornal Cooperativa da Grécia
Jornal Cooperativa da Grécia
 
O que faz com que as cooperativas sejam bem sucedidas?
O que faz com que as cooperativas sejam bem sucedidas?O que faz com que as cooperativas sejam bem sucedidas?
O que faz com que as cooperativas sejam bem sucedidas?
 
A cidade de Roseto nos USA
A cidade de Roseto nos USAA cidade de Roseto nos USA
A cidade de Roseto nos USA
 
O Supermercado das Pessoas / The People’s Supermarket
O Supermercado das Pessoas / The People’s SupermarketO Supermercado das Pessoas / The People’s Supermarket
O Supermercado das Pessoas / The People’s Supermarket
 
1200 catalães praticam a autogestão com moeda, educação e saúde próprias
1200 catalães praticam a autogestão com moeda, educação e saúde próprias1200 catalães praticam a autogestão com moeda, educação e saúde próprias
1200 catalães praticam a autogestão com moeda, educação e saúde próprias
 
Cooperativa de Consumo COOPPOVO, Leiria (Noticia 1)
Cooperativa de Consumo COOPPOVO, Leiria (Noticia 1)Cooperativa de Consumo COOPPOVO, Leiria (Noticia 1)
Cooperativa de Consumo COOPPOVO, Leiria (Noticia 1)
 

Cooperativa de Consumo COOPPOVO, Leiria (Noticia 2)

  • 1. Home Quem somos » Emprego & Classificados » Assinaturas » Iniciativas RL » Sociedade » Cultura » Desporto » Economia » Especiais » Vídeos » Web » Opinião Edição PDF Necrologia Este supermercado é gerido por votação e os clientes também são donos Publicado em 12 Junho 2012 às 2:12 am. Tags: comércio, cooperativa, Cooppovo, distribuição, marinha grande, supermercado Aqui não há descontos loucos, nem sofisticadas técnicas de marketing que inflamem o consumo. Privilegiam-se os produtos portugueses e as margens de lucro são as estritamente necessárias para garantir o funcionamento da empresa. Mais: neste supermercado, os clientes são também donos. Vítor Santos (presidente) e Marlene Moiteiro (vogal) da direção da Cooppovo, sublinham que se privilegia a venda de produtos de origem Este supermercado é gerido por votação democrática e os clientes também... http://www.regiaodeleiria.pt/blog/2012/06/12/este-supermercado-e-geri... 1 de 6 13-06-2012 00:33
  • 2. Share0 tweet Não há comentários enviados ainda. Seja o primeiro! Embed video Digite o texto aqui! nacional (fotografia: Joaquim Dâmaso) Para poder consumir neste supermercado e lojas adjacentes, só mesmo sendo “dono” da Cooppovo – Cooperativa de Consumo do Povo da Marinha Grande, a única cooperativa de consumo do distrito de Leiria. Acresce que os dirigentes não são remunerados e as decisões são tomadas de acordo com a vontade da maioria da direção, depois de uma votação. “Já fui várias vezes vencido e nunca usei o meu voto de qualidade, mas depois têm de me provar que estava errado”, revela Vítor Santos, presidente da direção da Cooppovo. Sem apostar no lucro, mas concentrada numa exigente negociação dos preços, esta cooperativa “é competitiva”, assegura o dirigente, ex-sindicalista que durante quatro décadas trabalhou para uma empresa do patrão do comércio a retalho, Belmiro de Azevedo. Uma experiência que marca a forma como pretende dirigir a cooperativa, sobretudo procurando não seguir o exemplo com que conviveu, confessa. Vítor Santos e a sua equipa, chegaram à direção da Cooppovo há pouco mais de um ano. Uma das prioridades foi reunir com os sindicatos, efetuar as promoções devidas aos funcionários, e avançar com os aumentos salariais possíveis, visando melhorar a situação sobretudo daqueles que eram pior remunerados. Entre os 55 funcionários, o salário mais baixo é de 500 euros, explica. A motivação, acompanhada de responsabilização, são princípios que a equipa diretiva decidiu privilegiar. E parece estar a resultar: as vendas estão a crescer, adianta a direção. Leia a notícia na íntegra na página 9 da edição de 1 de junho. Outras notícias que lhe podem interessar: reXistência: Este país também é meu!1. Clientes do BPN juntam-se à manifestação dos clientes do BPP em Lisboa2. Fernando Costa demite-se da Distrital se PSD não subir votação no distrito3. Reformas antecipadas. Quem corre por gosto também cansa4. Shopping de Várzeas tem 25 mil potenciais clientes5. Comentários Publicar novo comentário Este supermercado é gerido por votação democrática e os clientes também... http://www.regiaodeleiria.pt/blog/2012/06/12/este-supermercado-e-geri... 2 de 6 13-06-2012 00:33