SlideShare uma empresa Scribd logo
Esquema vacinal no idoso
Curso Cuidador de idosos
O Programa Nacional de
Imunizações - PNI
• PNI – 1973
• Objetivo: Normatizar a imunização em nível
nacional
Contribuir para o controle ou erradicação
das doenças infectocontagiosas e
imunopreveníveis
Fonte: Google imagens
Na Organização Pan-Americana de Saúde,
braço da Organização Mundial de Saúde o
PNI é citado como referencia mundial
VACINAS
SOROS
IMUNOGLOBULINAS
Constituídos para a defesa do organismo
Vacinas Disponíveis no SUS
• BCG
• Hepatite A
• Hepatite B
• VIP
• VOP
• Pentavalente
• Pneumocócica
• Meningocócica
• VORH
• Febre Amarela
• Tríplice Viral
• Tetraviral
• DTP
• dT
• HPV
• Raiva Humana
• Influenza
Fonte: Google imagens
O que é Vacina?
O que é Antígeno?
O que são Anticorpos?
Vacinação
• A vacina estimula o corpo a se defender contra
os organismos (vírus e bactérias) que provocam
doenças.
• Finalidade = Preventiva
Ao ser aplicada a vacina no ser humano, o organismo começa a se
defender daquele vírus ou daquela bactéria (mas que não possui
“força” para causar a doença). Assim, a pessoa produz anticorpos
antes mesmo de ter a doença, se tornando imune a ela.
Fonte: Google imagens
Fonte: Google imagens
• Público alvo
• Vias de administração
• Tipos de Vacinas/Composição
Fonte: Google imagens
Fonte: Google imagens
Composição das Vacinas
Agente
Imunizante
Adjuvantes
Líquido em
suspensão/
Diluente
Conservantes Estabilizantes
Fonte: Google imagens
Eventos Adversos Pós-Vacinação
• Algumas pessoas podem apresentar reações
adversas às vacinas, que podem variar de acordo
com o tipo de medicamento aplicado.
▫ Dor
▫ Edema Local
▫ Vermelhidão
▫ Prurido
▫ Cefaleia
▫ Febre
▫ fadiga Fonte: Google imagens
Esquema vacinal em idosos.pptx
Dúvidas??
Referências
• Brasil, Ministério da Saúde, Manual de Normas e Procedimentos para Vacinação,
Secretaria de Vigilância em Saúde, Departamento de Vigilância das Doenças
Transmissíveis, 2014
• Brasil, Ministério da Saúde, DATASUS http://pni.datasus.gov.br/apresentacao.asp
• Miranda, L.F., et al., Atualização em imunobiológicos: edição de bolso. Universidade
Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri, Diamantina, 2017. ISBN:
9788561330569
• Silva, M.L., Guia de Vacinas, Membro da Diretoria SBIm Regional Minas Gerais
Membro da International Society of Travel Medicine, 2016
• Cunha, J.; Krebs, L. S.; Barros, E. et al. Vacinas e imunoglobulinas: consulta rápida.
Porto Alegre: Artmed, 2009. 608p.
• Neto, V.A.; Ballalai, I.; Bricks, L. F. et al. Atualizações, orientações esugestões
sobre Imunizações. São Paulo: Segmento Farma, 2011. 594 p.
Esquema vacinal em idosos.pptx

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Esquema vacinal em idosos.pptx

Erro de Imunização: um evento adverso evitável
Erro de Imunização: um evento adverso evitávelErro de Imunização: um evento adverso evitável
Calend vac-pacientes-especiais-2015-2016-150915-bx
Calend vac-pacientes-especiais-2015-2016-150915-bxCalend vac-pacientes-especiais-2015-2016-150915-bx
Calend vac-pacientes-especiais-2015-2016-150915-bx
sofiatech
 
Imunização
Imunização Imunização
Imunização
Ismael Costa
 
25-CNV-INFLUENZA-BAHIA-03042023.pdf
25-CNV-INFLUENZA-BAHIA-03042023.pdf25-CNV-INFLUENZA-BAHIA-03042023.pdf
25-CNV-INFLUENZA-BAHIA-03042023.pdf
BahiaJeh
 
001 manual pos_vacina
001 manual pos_vacina001 manual pos_vacina
001 manual pos_vacina
nanda_enfe
 
Manual pos vacinacao
Manual pos vacinacaoManual pos vacinacao
Manual pos vacinacao
philhote
 
Seminário - PNI (Programa Nacional de Imunização)
Seminário - PNI (Programa Nacional de Imunização)Seminário - PNI (Programa Nacional de Imunização)
Seminário - PNI (Programa Nacional de Imunização)
RodrigoBrando36
 
Sp2 imunização - hupe
Sp2 imunização - hupeSp2 imunização - hupe
Sp2 imunização - hupe
Ismael Costa
 
001 manu normas_vac
001 manu normas_vac001 manu normas_vac
001 manu normas_vac
nanda_enfe
 
SaúDe Individual E ComunitáRia (Parte Ii)
SaúDe Individual E ComunitáRia (Parte Ii)SaúDe Individual E ComunitáRia (Parte Ii)
SaúDe Individual E ComunitáRia (Parte Ii)
Nuno Correia
 
SaúDe Individual E ComunitáRia (Parte Ii)
SaúDe Individual E ComunitáRia (Parte Ii)SaúDe Individual E ComunitáRia (Parte Ii)
SaúDe Individual E ComunitáRia (Parte Ii)
Nuno Correia
 
Retomada da Cobertura Vacinal: Desafios e Perspectivas no Brasil
Retomada da Cobertura Vacinal: Desafios e Perspectivas no BrasilRetomada da Cobertura Vacinal: Desafios e Perspectivas no Brasil
Retomada da Cobertura Vacinal: Desafios e Perspectivas no Brasil
Portal de Boas Práticas em Saúde da Mulher, da Criança e do Adolescente (IFF/Fiocruz)
 
A importância da vacinação para crianças .pdf
A importância da vacinação para crianças .pdfA importância da vacinação para crianças .pdf
A importância da vacinação para crianças .pdf
gustavoabreu0610
 
Trabalho vacinas
Trabalho vacinas Trabalho vacinas
Trabalho vacinas
Vânia Batista
 
HIV vs. AIDS
HIV vs. AIDSHIV vs. AIDS
HIV vs. AIDS
Letícia R. Maia
 
Programa nacional de imunizacao pni-aula-nadja
Programa nacional de imunizacao pni-aula-nadjaPrograma nacional de imunizacao pni-aula-nadja
Programa nacional de imunizacao pni-aula-nadja
Nadja Salgueiro
 
Cartilha infeccoes sexualmente transmissiveis
Cartilha infeccoes sexualmente transmissiveisCartilha infeccoes sexualmente transmissiveis
Cartilha infeccoes sexualmente transmissiveis
Dyeniffer Packer
 
Varicela 6
Varicela 6Varicela 6
Varicela 6
Mateus Mendes
 
IMUNIZAÇÃO - tudo o que voce sempre quis saber
IMUNIZAÇÃO - tudo o que voce sempre quis saberIMUNIZAÇÃO - tudo o que voce sempre quis saber
IMUNIZAÇÃO - tudo o que voce sempre quis saber
Prof. Marcus Renato de Carvalho
 
Imunização tudo o que você sempre quiz saber
Imunização tudo o que você sempre quiz saberImunização tudo o que você sempre quiz saber
Imunização tudo o que você sempre quiz saber
Centro Universitário Ages
 

Semelhante a Esquema vacinal em idosos.pptx (20)

Erro de Imunização: um evento adverso evitável
Erro de Imunização: um evento adverso evitávelErro de Imunização: um evento adverso evitável
Erro de Imunização: um evento adverso evitável
 
Calend vac-pacientes-especiais-2015-2016-150915-bx
Calend vac-pacientes-especiais-2015-2016-150915-bxCalend vac-pacientes-especiais-2015-2016-150915-bx
Calend vac-pacientes-especiais-2015-2016-150915-bx
 
Imunização
Imunização Imunização
Imunização
 
25-CNV-INFLUENZA-BAHIA-03042023.pdf
25-CNV-INFLUENZA-BAHIA-03042023.pdf25-CNV-INFLUENZA-BAHIA-03042023.pdf
25-CNV-INFLUENZA-BAHIA-03042023.pdf
 
001 manual pos_vacina
001 manual pos_vacina001 manual pos_vacina
001 manual pos_vacina
 
Manual pos vacinacao
Manual pos vacinacaoManual pos vacinacao
Manual pos vacinacao
 
Seminário - PNI (Programa Nacional de Imunização)
Seminário - PNI (Programa Nacional de Imunização)Seminário - PNI (Programa Nacional de Imunização)
Seminário - PNI (Programa Nacional de Imunização)
 
Sp2 imunização - hupe
Sp2 imunização - hupeSp2 imunização - hupe
Sp2 imunização - hupe
 
001 manu normas_vac
001 manu normas_vac001 manu normas_vac
001 manu normas_vac
 
SaúDe Individual E ComunitáRia (Parte Ii)
SaúDe Individual E ComunitáRia (Parte Ii)SaúDe Individual E ComunitáRia (Parte Ii)
SaúDe Individual E ComunitáRia (Parte Ii)
 
SaúDe Individual E ComunitáRia (Parte Ii)
SaúDe Individual E ComunitáRia (Parte Ii)SaúDe Individual E ComunitáRia (Parte Ii)
SaúDe Individual E ComunitáRia (Parte Ii)
 
Retomada da Cobertura Vacinal: Desafios e Perspectivas no Brasil
Retomada da Cobertura Vacinal: Desafios e Perspectivas no BrasilRetomada da Cobertura Vacinal: Desafios e Perspectivas no Brasil
Retomada da Cobertura Vacinal: Desafios e Perspectivas no Brasil
 
A importância da vacinação para crianças .pdf
A importância da vacinação para crianças .pdfA importância da vacinação para crianças .pdf
A importância da vacinação para crianças .pdf
 
Trabalho vacinas
Trabalho vacinas Trabalho vacinas
Trabalho vacinas
 
HIV vs. AIDS
HIV vs. AIDSHIV vs. AIDS
HIV vs. AIDS
 
Programa nacional de imunizacao pni-aula-nadja
Programa nacional de imunizacao pni-aula-nadjaPrograma nacional de imunizacao pni-aula-nadja
Programa nacional de imunizacao pni-aula-nadja
 
Cartilha infeccoes sexualmente transmissiveis
Cartilha infeccoes sexualmente transmissiveisCartilha infeccoes sexualmente transmissiveis
Cartilha infeccoes sexualmente transmissiveis
 
Varicela 6
Varicela 6Varicela 6
Varicela 6
 
IMUNIZAÇÃO - tudo o que voce sempre quis saber
IMUNIZAÇÃO - tudo o que voce sempre quis saberIMUNIZAÇÃO - tudo o que voce sempre quis saber
IMUNIZAÇÃO - tudo o que voce sempre quis saber
 
Imunização tudo o que você sempre quiz saber
Imunização tudo o que você sempre quiz saberImunização tudo o que você sempre quiz saber
Imunização tudo o que você sempre quiz saber
 

Esquema vacinal em idosos.pptx

  • 1. Esquema vacinal no idoso Curso Cuidador de idosos
  • 2. O Programa Nacional de Imunizações - PNI • PNI – 1973 • Objetivo: Normatizar a imunização em nível nacional Contribuir para o controle ou erradicação das doenças infectocontagiosas e imunopreveníveis Fonte: Google imagens
  • 3. Na Organização Pan-Americana de Saúde, braço da Organização Mundial de Saúde o PNI é citado como referencia mundial
  • 5. Vacinas Disponíveis no SUS • BCG • Hepatite A • Hepatite B • VIP • VOP • Pentavalente • Pneumocócica • Meningocócica • VORH • Febre Amarela • Tríplice Viral • Tetraviral • DTP • dT • HPV • Raiva Humana • Influenza Fonte: Google imagens
  • 6. O que é Vacina? O que é Antígeno? O que são Anticorpos?
  • 7. Vacinação • A vacina estimula o corpo a se defender contra os organismos (vírus e bactérias) que provocam doenças. • Finalidade = Preventiva Ao ser aplicada a vacina no ser humano, o organismo começa a se defender daquele vírus ou daquela bactéria (mas que não possui “força” para causar a doença). Assim, a pessoa produz anticorpos antes mesmo de ter a doença, se tornando imune a ela. Fonte: Google imagens
  • 9. • Público alvo • Vias de administração • Tipos de Vacinas/Composição Fonte: Google imagens Fonte: Google imagens
  • 10. Composição das Vacinas Agente Imunizante Adjuvantes Líquido em suspensão/ Diluente Conservantes Estabilizantes Fonte: Google imagens
  • 11. Eventos Adversos Pós-Vacinação • Algumas pessoas podem apresentar reações adversas às vacinas, que podem variar de acordo com o tipo de medicamento aplicado. ▫ Dor ▫ Edema Local ▫ Vermelhidão ▫ Prurido ▫ Cefaleia ▫ Febre ▫ fadiga Fonte: Google imagens
  • 14. Referências • Brasil, Ministério da Saúde, Manual de Normas e Procedimentos para Vacinação, Secretaria de Vigilância em Saúde, Departamento de Vigilância das Doenças Transmissíveis, 2014 • Brasil, Ministério da Saúde, DATASUS http://pni.datasus.gov.br/apresentacao.asp • Miranda, L.F., et al., Atualização em imunobiológicos: edição de bolso. Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri, Diamantina, 2017. ISBN: 9788561330569 • Silva, M.L., Guia de Vacinas, Membro da Diretoria SBIm Regional Minas Gerais Membro da International Society of Travel Medicine, 2016 • Cunha, J.; Krebs, L. S.; Barros, E. et al. Vacinas e imunoglobulinas: consulta rápida. Porto Alegre: Artmed, 2009. 608p. • Neto, V.A.; Ballalai, I.; Bricks, L. F. et al. Atualizações, orientações esugestões sobre Imunizações. São Paulo: Segmento Farma, 2011. 594 p.