SlideShare uma empresa Scribd logo
Especialização em Aleitamento Materno 2019/20
2
O Aleitamento materno é na atualidade uma área de conhecimento interdisciplinar,
questão complexa de importância estratégica para a saúde de mulheres e crianças.
Envolvendo ações de promoção, prevenção e tratamento clínico, bem como a
implementação de iniciativas e políticas públicas específicas.
No contexto contemporâneo encontramos baixo índice de aleitamento materno
exclusivo e crescentes índices de má nutrição infantil no Brasil, demonstrando a
emergente necessidade de capacitação dos profissionais de saúde que tenham como
meta da assistência atuarem na promoção, proteção e apoio à amamentação por meio da
implementação de ações e estratégias de saúde.
Para atender essa demanda, o Instituto Passo 1 de Bauru promoverá a segunda
turma do Curso de Pós-Graduação (latu sensu) - Especialização de Aleitamento Materno,
dessa vez, na cidade de São Paulo (SP), com o propósito de formar recursos humanos
capacitados para atuar no ensino, pesquisa e assistência.
ESPECIALIZAÇÃO EM ALEITAMENTO MATERNO
3
OBJETIVO DO CURSO:
 Formar especialistas em Aleitamento Materno, capacitados a desenvolver
atividades de docência, pesquisa e prestação de serviços em instituições voltadas
para a assistência materno infantil, em conformidade com a Política Nacional do
Ministério da Saúde (MS).
 Oferecer um suporte teórico-prático aos profissionais que almejam obter a
Certificação Internacional de Aleitamento Materno do International Board of
Lactation Consultant Examiners (IBLCE)
 Capacitar os Profissionais da área da Saúde para atuarem na Assistência ao
Manejo Clínico do Aleitamento Materno, proporcionando o desenvolvimento de
habilidades e competências na prestação de cuidados direcionados tanto para a
área hospitalar (Ex: Maternidades e Banco de Leite), quanto para a Atenção Básica
de Saúde (Ex: Cuidado Pré-Natal, Período Pós-parto e cuidados com o lactente).
 Instrumentalizar os profissionais de saúde a desenvolverem suas práticas
referentes ao aleitamento materno fundamentado nas melhores evidências
científicas.
 Capacitar os profissionais de saúde a atuarem no contexto interdisciplinar,
reconhecendo o aleitamento materno como um cuidado integral.
ESPECIALIZAÇÃO EM ALEITAMENTO MATERNO
4
ESTRUTURA DO CURSO DE
ESPECIALIZAÇÃO em ALEITAMENTO MATERNO
INSTITUIÇÃO PROMOTORA: Instituto Passo 1
DESTINA-SE: Profissionais de Saúde (Nível Superior, com diploma reconhecido pelo
MEC) como Pediatra, Obstetra, Enfermeiro, Nutricionista, Fisioterapeuta, Odontólogo,
Terapeuta Ocupacional, Psicólogo, Fonoaudiólogo, Farmacêutico, Assistente Social.
PERÍODO DO CURSO: 18 meses
CARGA-HORÁRIA: 420 horas
HORÁRIO DO CURSO: Aulas Mensais de Sábado (8h – 18h) e Domingo (8h – 16h)
VAGAS: 35 vagas
INVESTIMENTO:
Inscrição no Período:
▪ 15-04-19 a 10-05-19: matrícula de R$149,00 + 26 parcelas de R$ 650,00.
▪ 11-05-19 a 05-06-19: matrícula de R$ 149,00 + 26 parcelas de R$ 750,00.
▪ 06-06-19 a 25-06–19: matrícula de R$149,00 + 26 parcelas de R$ 850,00.
INÍCIO DAS INSCRIÇÕES: 15 de abril de 2019
INÍCIO DO CURSO: 29 de junho de 2019
TAXA DE INSCRIÇÃO: R$ 149,00
MAIORES INFORMAÇÕES:
E-mail: saopaulo@passo1.com.br
Telefone: (11) 99956-9595
5
PROGRAMAÇÃO DAS DISCIPLINAS
O conteúdo das disciplinas está organizado em 3 Eixos temáticos:
 Fundamentos: As bases anatômicas e psicofisiológicas da amamentação.
 Atuação Profissional: Atuação e assistência interdisciplinar na prevenção e
resolução de intercorrências clínicas da lactação.
 Políticas e Iniciativas: O Manejo Ampliado da Amamentação: o aleitamento sob
a ótica da saúde coletiva. Programas, políticas governamentais e de ONGs. O
papel do SUS.
LOCAL DAS AULAS:
Hotel Intercity Premium Ibirapuera
Avenida Ibirapuera, 2577 – Moema
CEP: 04029-200 São Paulo – SP
Telefone: (11) 3577-7100
6
INSTITUTO PASSO 1
O Instituto Passo 1 é certificado pela Faculdade Passo 1, cuja matriz reside em
Uberlândia (MG). O Instituto Passo 1 apresenta oito campus, sendo suas localizações em:
Uberlândia (MG), Uberaba (MG), Cascavel (PR), Araraquara (SP), Três Marias (MG), São
Carlos (SP), Itumbiara (GO) e Bauru (SP). Foi criada no dia 12 de abril de 2006, na cidade
de Uberlândia (MG). Atua no setor educacional com o objetivo de promover o
conhecimento aos alunos e agregar valores as suas carreiras profissionais. Proporciona
educação e qualificação profissional de qualidade com enfoque na área de educação e da
saúde.
Atualmente atua na promoção de cursos presencias e de ensino a distância (EAD)
desde 2006. A Direção Geral é de Alexandre Mendonça. O Curso de Pós-Graduação (latu
sensu) Especialização de Aleitamento Materno oferecido na cidade de São Paulo é
coordenado pelo Polo do Instituto Passo 1 de São Paulo (SP) sob direção do Professor
Gabriel Monteiro. O telefone de contato do Polo de São Paulo é (11) 99956-9595. O
CNPJ do Polo de São Paulo é: 285007980001-50.
7
COORDENAÇÃO
MARCUS RENATO DE
CARVALHO
Consultor em Aleitamento Materno com Certificação
internacional pelo International Board Certified Lactation
Consultant desde 2001.
Mestrado em Saúde Pública pela Fundação Oswaldo
Cruz.
Docente do Departamento de Pediatria da Faculdade de
Medicina - UFRJ
Co-coordenador do Curso de Especialização em
Atenção Integral à Saúde Materno Infantil da
Maternidade Escola da UFRJ desde 2006.
Membro do Comitê de Lactancia da ALAPE –
Associação Latino-americana de Pediatria.
Membro da RNPI - Rede Nacional para a Primeira
Infância e também do GT Homens pela Primeira
Infância.
Editor do livro "Amamentação - bases científicas", 4ª
ed., 2017 pela Editora GEN.
PATRÍCIA SANTOS
PRUDÊNCIO
Coordenadora da Primeira Turma do Curso de
Especialização de Aleitamento Materno e Cuidado
Materno-Infantil do Instituto Passo 1 do Polo de Bauru
(SP) de 2018 até o momento.
Doutora em Ciências pela Escola de Enfermagem de
Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (EERP-
USP)
Mestre em Ciências pela Escola de Enfermagem de
Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (EERP-
USP)
Especialista em Cuidado Pré-Natal pela Universidade
Federal de São Paulo (UNIFESP)
Especialista em Ginecologia e Obstetrícia pelo Égia
Pós-Graduação (ÉGIA)
Especialista em Unidade de Terapia Intensiva (UTI)
Neonatal pelo Égia Pós-Graduação (ÉGIA)
Graduada em Enfermagem pela Universidade Federal
do Mato Grosso do Sul (UFMS)
Idealizadora do Projeto “Instituto Gestar”
8
EMENTAS DAS DISCIPLINAS
Eixo I – FUNDAMENTOS
1 – Benefícios do Leite Materno e da Amamentação Exclusiva para a mulher,
criança, sociedade, meio-ambiente.
Conteúdo do Leite Humano - Conceito e impacto da Amamentação Exclusiva –
Vantagens para a saúde da mulher, da criança, para a sociedade e meio-ambiente.
Imunologia e componentes nutricionais do leite humano. Impacto do aleitamento para o
sistema estomatognático, na morbimortalidade materno-infantil e metas a serem
alcançadas. Malefícios das fórmulas infantis.
Por que uma pós-graduação em Aleitamento?
A complexidade de conteúdos e a importância da abordagem interdisciplinar.
Conteúdo da prova para o Consultor Certificado IBCLC.
Conferência inaugural (aberta à comunidade): Benefícios do Leite Materno e da
Amamentação Exclusiva para a mulher, criança, sociedade, meio-ambiente. Causas
alegadas e reais de desmame precoce no Brasil.
Introdução à Pesquisa em Aleitamento Materno
O que é e como fazer uma investigação. A importância da monografia do final da
Especialização. A disciplina de Metodologia da Pesquisa. A influência da pesquisa na
prática clínica da assistência ao aleitamento materno. Assistência ao Aleitamento Materno
baseado em Evidências. A importante contribuição das pesquisas em aleitamento
materno para o cumprimento das metas dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável
(ODS) da Organização Mundial da Saúde.
O que é Manejo Ampliado da Amamentação
A diferença entre o Manejo Clínico; o conceito de promoção, proteção e apoio e a
importância da competência em gerir programas com a ótica da saúde coletiva.
Objetivos e planejamento das visitas técnicas
9
Serviços de saúde do SUS que tem trajetória no apoio à amamentação que
merecem ser conhecidos pelos profissionais especialistas.
2 - Anatomia e Psicofisiologia da Lactação
Atuação dos hormônios Prolactina, Ocitocina, Hipófise anterior e posterior, PIF, FIL
– peptídeos supressores, adrenalina e noradrenalina. Lactação adotiva. Psicossomática.
Anatomia e fisiologia da glândula mamária. Anomalias congênitas das mamas. Reflexos
da Lactação. Tipos e composição do leite materno (colostro, transição e maduro),
Apojadura.
3 - Anatomia e Fisiologia do Sistema Estomatognático. A prática fonoaudiológica
nas disfunções motoras orais e outras patologias
O impacto da amamentação no crescimento e desenvolvimento orofacial. As
disfunções e enfermidades do lactente. A atuação do profissional de Fonoaudiologia.
Possíveis tratamentos e intervenções (Ex: osteopatia, cirurgia)
4 – Nutrição da Lactante e do Lactente – Alimentação complementar saudável –
Alimentação infantil e da nutriz. Introdução dos novos alimentos. BLW. Dificuldades
e desafios da introdução alimentar. Alimentação participativa. Desmame gentil.
5 – Imunologia e Microbioma do Leite Humano / Medicamentos e uso de drogas
O sistema imune do leite materno. Prebióticos. Probióticos. Simbióticos.
Medicamentos que são permitidos, que são motivos de cautelas e os proibidos para a
nutriz. Galactogogos x Evidências científicas. Desmedicalização da amamentação.
10
Eixo II – ATUAÇÃO PROFISSIONAL
6 – Amamentação e situações especiais do lactente
Doenças e síndromes que dificultam a amamentação. O crescimento e
desenvolvimento infantil fisiológico e patológico. O recém-nascido com malformação
orofacial e outras síndromes relacionadas. Manejo clínico da amamentação em bebês
sindrômicos (ex: Sequência de Robin, Bebê com lábio leporino). Atuação dos profissionais
de saúde na promoção do aleitamento materno ao bebê com fissura orofacial.
7 – Amamentação e doenças infectocontagiosas
As enfermidades que contraindicam de forma absoluta e de forma relativa. As
infecções da nutriz que não impedem o aleitamento. Estratégias alternativas de
alimentação para bebês cujas mães possuem doenças infectocontagiosas.
8 – Amamentação e situações especiais da nutriz
Enfermidades da lactante que prejudicam a produção de leite. Diabetes.
Obesidade, má formação, Depressão pós-parto, Portadoras de doenças
infectocontagiosas.
9 - A saúde oral e o Enfoque odontológico
A atuação do Odontólogo na promoção do aleitamento materno. Frenotomia,
frenectomia. Higiene oral. Cáries.
10– A humanização do pré-natal, parto e nascimento
A importância das atividades de educação em saúde sobre o aleitamento materno
durante o pré-natal. O impacto da cesariana. Violência obstétrica. Humanização do parto
e nascimento. A desmedicalização do parto, protagonismo da mulher, garantia do contato
pele a pele e amamentação na primeira hora de vida. Atuação da equipe multiprofissional
para a promoção de uma assistência humanizada. Participação do pai no parto e
nascimento.
11
11– Aconselhamento
A arte de escutar. Empatia. Habilidades de comunicação verbal e não verbal.
Características de um aconselhador eficiente. Habilidades de comunicação (ouvir, falar,
ajudar, praticar o elogio, etc.).
12– Amamentação e saúde mental
Blues, depressão pós-parto, psicose puerperal, multiplicidade de papéis da mulher,
sobrecarga emocional. A amamentação como ato psicossomático complexo. A construção
de uma nova identidade. A amamentação e suas implicações na vida sexual e afetiva do
casal.
13 – Banco de Leite Humano e Método Canguru
A importância e o funcionamento dos BLH – impacto na morbimortalidade neonatal.
A atenção humanizada ao recém-nascido de baixo peso e prematuro. Atuação dos
profissionais de saúde no Banco de Leite. Suporte do Banco de Leite ao binômio.
Indicações, benefícios do Método Canguru.
14 – Laser terapia no pós-parto e amamentação
A utilização criteriosa dessa nova tecnologia nos problemas da mama e
intercorrências puerperais. Evidências Cientificas comprovadas quanto a utilização da
laser terapia em traumas mamilares (fissuras, incisão cirúrgica, lesões na região mamilo-
areolar, etc.).
15 – Metodologia da Pesquisa
Pesquisa quantitativa e qualitativa. Como pesquisar, como redigir, como definir
objeto de estudo, como realizar a busca de trabalhos científicos nas bases de dados,
descritores de saúde, como definir a questão norteadora da pesquisa, etapas de um artigo
cientifico, como identificar um periódico para publicar. Cuidados com plágio.
12
Eixo III – POLÍTICAS E INICIATIVAS
16 – Manejo Clínico x Manejo Ampliado da Amamentação
IHAC: Iniciativa Hospital Amigo da Criança
Um novo conceito, onde o Aleitamento Materno é abordado sob o paradigma da
saúde coletiva. Envolvendo um conjunto de saberes que vai além dos conhecimentos
psico-biomédicos necessários para o atendimento clínico à dupla amamentar. É a
capacitação de gestores para a implementação de programas de promoção, proteção e
apoio. Apresentação da IHAC e seu impacto no estabelecimento da amamentação.
17 – Alimenta e Amamenta Brasil e a IUBAM
Apoio a Mulher Trabalhadora que amamenta – salas de apoio, legislações
As iniciativas de promoção, proteção e apoio à amamentação na rede básica de
saúde. O direito de retornar ao trabalho e continuar amamentando. Implicações éticas
relacionadas a amamentação (ex: privação do ato de amamentar).
18 – Seminários de Monografia – Metodologia da Pesquisa
Apresentação pelas especializandas do andamento de seus projetos de
Monografia. Troca de experiências.
19 – Temas especiais: Paternidade – Casais homoafetivos – Atuação interdisciplinar
– Grupos de apoio – Redes sociais – Consultor IBCLC
O impacto da participação do companheiro na amamentação. Como acolher as
novas conformações familiares. A importância de trabalhar em equipe e em redes. Grupos
de mães com encontros presenciais e grupos virtuais. Como se consegue o título de
Consultor Certificado. Importância das atividades de educação em saúde relacionadas a
amamentação, sexualidade e participação do pai no âmbito da atenção primária.
20 – Apresentação das monografias – Avaliação e encerramento da Especialização
Último encontro. Apresentação das monografias pelas Especializandas. Avaliação
– críticas e sugestões.
13
21 – Metodologia do Ensino Superior (EaD)
Regulamentação do Ensino Superior Brasileiro. Ensino, Pesquisa e Extensão. A
didática no contexto do ensino superior. Formação docente e a prática pedagógica. O
processo de avaliação do ensino. O docente como pesquisador e sua atuação na
pesquisa. Como redigir artigo científico.
22 – Disciplina transversal: Visitas Técnicas a serviços de saúde públicos que
promovem, protegem e apoiam à amamentação – Hospitais Amigos da Criança,
Bancos de Leite Humano, Unidades Básicas Amigas da Amamentação
Conhecer serviços de saúde especiais que são exemplos de promoção, proteção e
apoio ao aleitamento no SUS. As visitas técnicas serão realizadas nos dois primeiros
semestres da Especialização e serão avaliadas através de relatórios técnicos escritos
pelas Especializandas.
ATIVIDADES EXTRACLASSE:
Participar em cada semestre letivo de pelo menos um curso, congresso, encontro
em horários que não coincidam com as datas do curso. Trazer o certificado de
participação.
14
CONTEÚDO PROGRAMÁTICO
DISCIPLINAS
(Carga-horária: 420 Horas)
HORAS
Eixo I – FUNDAMENTOS
As bases anatômicas e psicofisiológicas da amamentação
1 – Conferência inaugural (aberta à comunidade): Benefícios do Leite
Materno e da Amamentação Exclusiva para a mulher, criança, sociedade,
meio-ambiente
13
Por que uma pós-graduação em Aleitamento?
Introdução à Pesquisa em Aleitamento Materno
O que é Manejo Ampliado da Amamentação
13
Objetivos e planejamento das visitas técnicas *
2 – Anatomia e Psicofisiologia da Lactação 13
3 – Anatomia e Fisiologia do Sistema Estomatognático. A prática
fonoaudiológica nas disfunções motoras orais e outras patologias.
13
4 – Nutrição do lactente e do Lactente. Alimentação complementar
saudável.
13
5 – Imunologia e Microbioma do leite Humano. Medicamentos e uso de
drogas.
13
Eixo II – ATUAÇÃO PROFISSIONAL
Atuação e assistência interdisciplinar na prevenção e resolução
de intercorrências clínicas da lactação
6 – Amamentação e situações especiais do lactente 13
7 – Amamentação e doenças infectocontagiosas 13
8 – Amamentação e situações especiais da nutriz 13
9 - A saúde oral e o Enfoque odontológico 13
10 – A humanização do pré-natal, parto e nascimento x violência 13
11 – Aconselhamento 13
12 – Amamentação e saúde mental 13
13 – Banco de Leite Humano e Método Canguru 13
14 – Laser terapia no pós-parto e amamentação 13
15 – Metodologia da Pesquisa 13
Eixo III – POLÍTICAS E INICIATIVAS
O Manejo Ampliado da Amamentação: o aleitamento sob a ótica da saúde coletiva.
Programas, políticas governamentais e de ONGs. O papel do SUS
16 – Manejo Clínico x Manejo Ampliado da Amamentação 13
17 – Alimenta e Amamenta Brasil e a IUBAM - Apoio a Mulher
Trabalhadora que amamenta – salas de apoio, legislações
13
15
18 – Seminários de Monografia – Metodologia da Pesquisa 13
19 – Temas especiais: Paternidade – Casais homoafetivos – Atuação
interdisciplinar – Grupos de apoio – Redes sociais – Consultor IBCLC.
13
20 – IHAC: Iniciativa Hospital Amigo da Criança 13
21 – Metodologia do Ensino Superior 13
22 – Disciplina transversal: Apresentação dos relatórios das Visitas
Técnicas aos serviços de saúde.
Seminário de Monografias - prévia
80
Apresentação das monografias – Avaliação e encerramento da
Especialização
13
*Atividades extraclasse:
I - Visitas Técnicas a serviços de saúde públicos que promovem, protegem e apoiam
à amamentação – Hospitais Amigos da Criança, Bancos de Leite Humano, Unidades
Básicas Amigas da Amamentação. (80h)
II - Participar em cada semestre letivo de pelo menos um curso, congresso, encontro
em horários que não coincidam com as datas do curso. Trazer o certificado de
participação. (20h por semestre – Total: 60h)
**16 encontros presenciais de finais de semana ao longo de 3 semestres letivos.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

UFRJ: GT propõe um Guia de Apoio à Parentalidade e às Cuidadora(o)s
UFRJ: GT propõe um Guia de Apoio à Parentalidade e às Cuidadora(o)s UFRJ: GT propõe um Guia de Apoio à Parentalidade e às Cuidadora(o)s
UFRJ: GT propõe um Guia de Apoio à Parentalidade e às Cuidadora(o)s
Prof. Marcus Renato de Carvalho
 
Curso sobre aleitamento materno
Curso sobre aleitamento maternoCurso sobre aleitamento materno
Curso sobre aleitamento materno
Juninho Spina
 
The Lancet: AMAMENTAÇÃO - Por que investir e o que será necessário para melho...
The Lancet: AMAMENTAÇÃO - Por que investir e o que será necessário para melho...The Lancet: AMAMENTAÇÃO - Por que investir e o que será necessário para melho...
The Lancet: AMAMENTAÇÃO - Por que investir e o que será necessário para melho...
Prof. Marcus Renato de Carvalho
 
Tcc lucia
Tcc luciaTcc lucia
Tcc lucia
Lucia Tome
 
Joanabordalo Aleitam
Joanabordalo AleitamJoanabordalo Aleitam
Joanabordalo Aleitam
Biblioteca Virtual
 
TCCs da Especialização em Aleitamento / turma de Piracicaba / Passo 1
TCCs da Especialização em Aleitamento / turma de Piracicaba / Passo 1 TCCs da Especialização em Aleitamento / turma de Piracicaba / Passo 1
TCCs da Especialização em Aleitamento / turma de Piracicaba / Passo 1
Prof. Marcus Renato de Carvalho
 
Aleitamento Materno Exclusivo Entre Trabalhadoras Com Creche No Local De Trab...
Aleitamento Materno Exclusivo Entre Trabalhadoras Com Creche No Local De Trab...Aleitamento Materno Exclusivo Entre Trabalhadoras Com Creche No Local De Trab...
Aleitamento Materno Exclusivo Entre Trabalhadoras Com Creche No Local De Trab...
Biblioteca Virtual
 
ALEITAMENTO IBCLE: nova lista de conteúdo para a prova de CERTIFICAÇÃO Intern...
ALEITAMENTO IBCLE: nova lista de conteúdo para a prova de CERTIFICAÇÃO Intern...ALEITAMENTO IBCLE: nova lista de conteúdo para a prova de CERTIFICAÇÃO Intern...
ALEITAMENTO IBCLE: nova lista de conteúdo para a prova de CERTIFICAÇÃO Intern...
Prof. Marcus Renato de Carvalho
 
Sites de Aleitamento: avaliação da qualidade da informação / pesquisa
Sites de Aleitamento: avaliação da qualidade da informação / pesquisa Sites de Aleitamento: avaliação da qualidade da informação / pesquisa
Sites de Aleitamento: avaliação da qualidade da informação / pesquisa
Prof. Marcus Renato de Carvalho
 
Projeto monografia 1 parte
Projeto monografia 1 parteProjeto monografia 1 parte
Projeto monografia 1 parte
Cal Fernandes
 
Amamentação - meta global da OMS
Amamentação - meta global da OMS Amamentação - meta global da OMS
Amamentação - meta global da OMS
Prof. Marcus Renato de Carvalho
 
Memória do III Congresso Virtual de Aleitamento - #conviam3
Memória do III Congresso Virtual de Aleitamento - #conviam3 Memória do III Congresso Virtual de Aleitamento - #conviam3
Memória do III Congresso Virtual de Aleitamento - #conviam3
Prof. Marcus Renato de Carvalho
 
Continuação
ContinuaçãoContinuação
Continuação
Anna Karla Maia
 
Aconselhamento em amamentacao e sua pratica
Aconselhamento em amamentacao e sua praticaAconselhamento em amamentacao e sua pratica
Aconselhamento em amamentacao e sua pratica
bancodeleite
 
XV ENAM - 3rd WBC - V ENACS - 1st WCFC: um resumo das principais atrações
XV ENAM - 3rd WBC - V ENACS - 1st WCFC: um resumo das principais atrações XV ENAM - 3rd WBC - V ENACS - 1st WCFC: um resumo das principais atrações
XV ENAM - 3rd WBC - V ENACS - 1st WCFC: um resumo das principais atrações
Prof. Marcus Renato de Carvalho
 
BabáS Promotoras Do Aleitamento Materno
BabáS Promotoras Do Aleitamento MaternoBabáS Promotoras Do Aleitamento Materno
BabáS Promotoras Do Aleitamento Materno
Silvia Marina Anaruma
 
Monografia Angelita Enfermagem 2012
Monografia Angelita Enfermagem 2012Monografia Angelita Enfermagem 2012
Monografia Angelita Enfermagem 2012
Biblioteca Campus VII
 
Aleitamento Materno: guia prático / Departamento Científico da SBP
Aleitamento Materno: guia prático / Departamento Científico da SBP Aleitamento Materno: guia prático / Departamento Científico da SBP
Aleitamento Materno: guia prático / Departamento Científico da SBP
Prof. Marcus Renato de Carvalho
 
FEBRASGO lança nova edição do Manual de Amamentação 2018
FEBRASGO lança nova edição do Manual de Amamentação 2018FEBRASGO lança nova edição do Manual de Amamentação 2018
FEBRASGO lança nova edição do Manual de Amamentação 2018
Prof. Marcus Renato de Carvalho
 
Envolvendo o Homem-Trabalhador no Planejamento Reprodutivo
Envolvendo o Homem-Trabalhador no Planejamento Reprodutivo Envolvendo o Homem-Trabalhador no Planejamento Reprodutivo
Envolvendo o Homem-Trabalhador no Planejamento Reprodutivo
Prof. Marcus Renato de Carvalho
 

Mais procurados (20)

UFRJ: GT propõe um Guia de Apoio à Parentalidade e às Cuidadora(o)s
UFRJ: GT propõe um Guia de Apoio à Parentalidade e às Cuidadora(o)s UFRJ: GT propõe um Guia de Apoio à Parentalidade e às Cuidadora(o)s
UFRJ: GT propõe um Guia de Apoio à Parentalidade e às Cuidadora(o)s
 
Curso sobre aleitamento materno
Curso sobre aleitamento maternoCurso sobre aleitamento materno
Curso sobre aleitamento materno
 
The Lancet: AMAMENTAÇÃO - Por que investir e o que será necessário para melho...
The Lancet: AMAMENTAÇÃO - Por que investir e o que será necessário para melho...The Lancet: AMAMENTAÇÃO - Por que investir e o que será necessário para melho...
The Lancet: AMAMENTAÇÃO - Por que investir e o que será necessário para melho...
 
Tcc lucia
Tcc luciaTcc lucia
Tcc lucia
 
Joanabordalo Aleitam
Joanabordalo AleitamJoanabordalo Aleitam
Joanabordalo Aleitam
 
TCCs da Especialização em Aleitamento / turma de Piracicaba / Passo 1
TCCs da Especialização em Aleitamento / turma de Piracicaba / Passo 1 TCCs da Especialização em Aleitamento / turma de Piracicaba / Passo 1
TCCs da Especialização em Aleitamento / turma de Piracicaba / Passo 1
 
Aleitamento Materno Exclusivo Entre Trabalhadoras Com Creche No Local De Trab...
Aleitamento Materno Exclusivo Entre Trabalhadoras Com Creche No Local De Trab...Aleitamento Materno Exclusivo Entre Trabalhadoras Com Creche No Local De Trab...
Aleitamento Materno Exclusivo Entre Trabalhadoras Com Creche No Local De Trab...
 
ALEITAMENTO IBCLE: nova lista de conteúdo para a prova de CERTIFICAÇÃO Intern...
ALEITAMENTO IBCLE: nova lista de conteúdo para a prova de CERTIFICAÇÃO Intern...ALEITAMENTO IBCLE: nova lista de conteúdo para a prova de CERTIFICAÇÃO Intern...
ALEITAMENTO IBCLE: nova lista de conteúdo para a prova de CERTIFICAÇÃO Intern...
 
Sites de Aleitamento: avaliação da qualidade da informação / pesquisa
Sites de Aleitamento: avaliação da qualidade da informação / pesquisa Sites de Aleitamento: avaliação da qualidade da informação / pesquisa
Sites de Aleitamento: avaliação da qualidade da informação / pesquisa
 
Projeto monografia 1 parte
Projeto monografia 1 parteProjeto monografia 1 parte
Projeto monografia 1 parte
 
Amamentação - meta global da OMS
Amamentação - meta global da OMS Amamentação - meta global da OMS
Amamentação - meta global da OMS
 
Memória do III Congresso Virtual de Aleitamento - #conviam3
Memória do III Congresso Virtual de Aleitamento - #conviam3 Memória do III Congresso Virtual de Aleitamento - #conviam3
Memória do III Congresso Virtual de Aleitamento - #conviam3
 
Continuação
ContinuaçãoContinuação
Continuação
 
Aconselhamento em amamentacao e sua pratica
Aconselhamento em amamentacao e sua praticaAconselhamento em amamentacao e sua pratica
Aconselhamento em amamentacao e sua pratica
 
XV ENAM - 3rd WBC - V ENACS - 1st WCFC: um resumo das principais atrações
XV ENAM - 3rd WBC - V ENACS - 1st WCFC: um resumo das principais atrações XV ENAM - 3rd WBC - V ENACS - 1st WCFC: um resumo das principais atrações
XV ENAM - 3rd WBC - V ENACS - 1st WCFC: um resumo das principais atrações
 
BabáS Promotoras Do Aleitamento Materno
BabáS Promotoras Do Aleitamento MaternoBabáS Promotoras Do Aleitamento Materno
BabáS Promotoras Do Aleitamento Materno
 
Monografia Angelita Enfermagem 2012
Monografia Angelita Enfermagem 2012Monografia Angelita Enfermagem 2012
Monografia Angelita Enfermagem 2012
 
Aleitamento Materno: guia prático / Departamento Científico da SBP
Aleitamento Materno: guia prático / Departamento Científico da SBP Aleitamento Materno: guia prático / Departamento Científico da SBP
Aleitamento Materno: guia prático / Departamento Científico da SBP
 
FEBRASGO lança nova edição do Manual de Amamentação 2018
FEBRASGO lança nova edição do Manual de Amamentação 2018FEBRASGO lança nova edição do Manual de Amamentação 2018
FEBRASGO lança nova edição do Manual de Amamentação 2018
 
Envolvendo o Homem-Trabalhador no Planejamento Reprodutivo
Envolvendo o Homem-Trabalhador no Planejamento Reprodutivo Envolvendo o Homem-Trabalhador no Planejamento Reprodutivo
Envolvendo o Homem-Trabalhador no Planejamento Reprodutivo
 

Semelhante a Especialização em Aleitamento Materno 2019/20

Incentivo Ao Aleitamento Materno A ImportâNcia Do Pediatra Com Treinamento Es...
Incentivo Ao Aleitamento Materno A ImportâNcia Do Pediatra Com Treinamento Es...Incentivo Ao Aleitamento Materno A ImportâNcia Do Pediatra Com Treinamento Es...
Incentivo Ao Aleitamento Materno A ImportâNcia Do Pediatra Com Treinamento Es...
Biblioteca Virtual
 
A importância do pediatra com treinamento específico
A importância do pediatra com treinamento específicoA importância do pediatra com treinamento específico
A importância do pediatra com treinamento específico
bancodeleite
 
Trabalho de estagio 1
Trabalho de estagio 1Trabalho de estagio 1
Trabalho de estagio 1
Mabi Almeida
 
Manual alim dc_nutrologia
Manual alim dc_nutrologiaManual alim dc_nutrologia
Manual alim dc_nutrologia
Ariane Ferreira
 
Aval. nutricional 2009
Aval. nutricional   2009Aval. nutricional   2009
Aval. nutricional 2009
Ademir Felício
 
Projeto puericultura
Projeto  puericulturaProjeto  puericultura
Projeto puericultura
Ingrid Faria
 
Rgo 2007-134
Rgo 2007-134Rgo 2007-134
Rgo 2007-134
Adilson Xavier
 
Manual nutrologia alimentacao
Manual nutrologia alimentacaoManual nutrologia alimentacao
Manual nutrologia alimentacao
Lorena Mendes
 
14617a-pdmanualnutrologia-alimentacao.pdf
14617a-pdmanualnutrologia-alimentacao.pdf14617a-pdmanualnutrologia-alimentacao.pdf
14617a-pdmanualnutrologia-alimentacao.pdf
marisapinzon03
 
Materia capa
Materia capaMateria capa
Materia capa
EdneiFernando2
 
Aleitamento Maternoo Desafio De
Aleitamento Maternoo Desafio DeAleitamento Maternoo Desafio De
Aleitamento Maternoo Desafio De
Biblioteca Virtual
 
Estrutura interssan, nosso projeto, demandas rc
Estrutura interssan, nosso projeto, demandas rcEstrutura interssan, nosso projeto, demandas rc
Estrutura interssan, nosso projeto, demandas rc
Proama Projeto Amamentar
 
Estrutura interssan, nosso projeto, demandas rc
Estrutura interssan, nosso projeto, demandas rcEstrutura interssan, nosso projeto, demandas rc
Estrutura interssan, nosso projeto, demandas rc
Silvia Anaruma
 
Cartilha educativa para orientação materna
Cartilha educativa para orientação materna Cartilha educativa para orientação materna
Cartilha educativa para orientação materna
closeny maria soares soares modesto
 
Minist rio da sa de - manualcanguru
Minist rio da sa de - manualcanguruMinist rio da sa de - manualcanguru
Minist rio da sa de - manualcanguru
gisa_legal
 
Alimentação complementar no 1o ano dv
Alimentação complementar no 1o ano dvAlimentação complementar no 1o ano dv
Alimentação complementar no 1o ano dv
gisa_legal
 
O Ensino De Aleitamento Materno Na GraduaçãO Em Medicina Um Estudo De Caso
O Ensino De Aleitamento Materno Na GraduaçãO Em Medicina   Um Estudo De CasoO Ensino De Aleitamento Materno Na GraduaçãO Em Medicina   Um Estudo De Caso
O Ensino De Aleitamento Materno Na GraduaçãO Em Medicina Um Estudo De Caso
Biblioteca Virtual
 
alimentação na lactação e primeira infancia
alimentação na lactação e primeira infanciaalimentação na lactação e primeira infancia
alimentação na lactação e primeira infancia
jhordana1
 
Aleitamento materno na unidade neonatal
Aleitamento materno na unidade neonatalAleitamento materno na unidade neonatal
INTRODUCAO.docx
INTRODUCAO.docxINTRODUCAO.docx

Semelhante a Especialização em Aleitamento Materno 2019/20 (20)

Incentivo Ao Aleitamento Materno A ImportâNcia Do Pediatra Com Treinamento Es...
Incentivo Ao Aleitamento Materno A ImportâNcia Do Pediatra Com Treinamento Es...Incentivo Ao Aleitamento Materno A ImportâNcia Do Pediatra Com Treinamento Es...
Incentivo Ao Aleitamento Materno A ImportâNcia Do Pediatra Com Treinamento Es...
 
A importância do pediatra com treinamento específico
A importância do pediatra com treinamento específicoA importância do pediatra com treinamento específico
A importância do pediatra com treinamento específico
 
Trabalho de estagio 1
Trabalho de estagio 1Trabalho de estagio 1
Trabalho de estagio 1
 
Manual alim dc_nutrologia
Manual alim dc_nutrologiaManual alim dc_nutrologia
Manual alim dc_nutrologia
 
Aval. nutricional 2009
Aval. nutricional   2009Aval. nutricional   2009
Aval. nutricional 2009
 
Projeto puericultura
Projeto  puericulturaProjeto  puericultura
Projeto puericultura
 
Rgo 2007-134
Rgo 2007-134Rgo 2007-134
Rgo 2007-134
 
Manual nutrologia alimentacao
Manual nutrologia alimentacaoManual nutrologia alimentacao
Manual nutrologia alimentacao
 
14617a-pdmanualnutrologia-alimentacao.pdf
14617a-pdmanualnutrologia-alimentacao.pdf14617a-pdmanualnutrologia-alimentacao.pdf
14617a-pdmanualnutrologia-alimentacao.pdf
 
Materia capa
Materia capaMateria capa
Materia capa
 
Aleitamento Maternoo Desafio De
Aleitamento Maternoo Desafio DeAleitamento Maternoo Desafio De
Aleitamento Maternoo Desafio De
 
Estrutura interssan, nosso projeto, demandas rc
Estrutura interssan, nosso projeto, demandas rcEstrutura interssan, nosso projeto, demandas rc
Estrutura interssan, nosso projeto, demandas rc
 
Estrutura interssan, nosso projeto, demandas rc
Estrutura interssan, nosso projeto, demandas rcEstrutura interssan, nosso projeto, demandas rc
Estrutura interssan, nosso projeto, demandas rc
 
Cartilha educativa para orientação materna
Cartilha educativa para orientação materna Cartilha educativa para orientação materna
Cartilha educativa para orientação materna
 
Minist rio da sa de - manualcanguru
Minist rio da sa de - manualcanguruMinist rio da sa de - manualcanguru
Minist rio da sa de - manualcanguru
 
Alimentação complementar no 1o ano dv
Alimentação complementar no 1o ano dvAlimentação complementar no 1o ano dv
Alimentação complementar no 1o ano dv
 
O Ensino De Aleitamento Materno Na GraduaçãO Em Medicina Um Estudo De Caso
O Ensino De Aleitamento Materno Na GraduaçãO Em Medicina   Um Estudo De CasoO Ensino De Aleitamento Materno Na GraduaçãO Em Medicina   Um Estudo De Caso
O Ensino De Aleitamento Materno Na GraduaçãO Em Medicina Um Estudo De Caso
 
alimentação na lactação e primeira infancia
alimentação na lactação e primeira infanciaalimentação na lactação e primeira infancia
alimentação na lactação e primeira infancia
 
Aleitamento materno na unidade neonatal
Aleitamento materno na unidade neonatalAleitamento materno na unidade neonatal
Aleitamento materno na unidade neonatal
 
INTRODUCAO.docx
INTRODUCAO.docxINTRODUCAO.docx
INTRODUCAO.docx
 

Mais de Prof. Marcus Renato de Carvalho

O fortalecimento do patriarcado e a desvalorização do trabalho feminino de cu...
O fortalecimento do patriarcado e a desvalorização do trabalho feminino de cu...O fortalecimento do patriarcado e a desvalorização do trabalho feminino de cu...
O fortalecimento do patriarcado e a desvalorização do trabalho feminino de cu...
Prof. Marcus Renato de Carvalho
 
Saúde da Mulher - diretrizes para diminuição da morbi mortalidade perinatal
Saúde da Mulher - diretrizes para diminuição da morbi mortalidade perinatalSaúde da Mulher - diretrizes para diminuição da morbi mortalidade perinatal
Saúde da Mulher - diretrizes para diminuição da morbi mortalidade perinatal
Prof. Marcus Renato de Carvalho
 
Ministério da Saúde: Nota Técnica sobre Proteção da AM em Calamidades
Ministério da Saúde: Nota Técnica sobre Proteção da AM em CalamidadesMinistério da Saúde: Nota Técnica sobre Proteção da AM em Calamidades
Ministério da Saúde: Nota Técnica sobre Proteção da AM em Calamidades
Prof. Marcus Renato de Carvalho
 
Amamentação e Alimentação de lactentes em desastres ambientais
Amamentação e Alimentação de lactentes em desastres ambientaisAmamentação e Alimentação de lactentes em desastres ambientais
Amamentação e Alimentação de lactentes em desastres ambientais
Prof. Marcus Renato de Carvalho
 
Livro do Instituto da Saúde: amplia visões e direitos no ciclo gravídico-puer...
Livro do Instituto da Saúde: amplia visões e direitos no ciclo gravídico-puer...Livro do Instituto da Saúde: amplia visões e direitos no ciclo gravídico-puer...
Livro do Instituto da Saúde: amplia visões e direitos no ciclo gravídico-puer...
Prof. Marcus Renato de Carvalho
 
Novas diretrizes da OMS para os cuidados perinatais de mais qualidade
Novas diretrizes da OMS para os cuidados perinatais de mais qualidadeNovas diretrizes da OMS para os cuidados perinatais de mais qualidade
Novas diretrizes da OMS para os cuidados perinatais de mais qualidade
Prof. Marcus Renato de Carvalho
 
Como evitar Conflito de Interesses em iniciativas de alimentação?
Como evitar Conflito de Interesses em iniciativas de alimentação?Como evitar Conflito de Interesses em iniciativas de alimentação?
Como evitar Conflito de Interesses em iniciativas de alimentação?
Prof. Marcus Renato de Carvalho
 
Relatório da OMS / Unicef / IBFAN sobre a situação do Código Internacional de...
Relatório da OMS / Unicef / IBFAN sobre a situação do Código Internacional de...Relatório da OMS / Unicef / IBFAN sobre a situação do Código Internacional de...
Relatório da OMS / Unicef / IBFAN sobre a situação do Código Internacional de...
Prof. Marcus Renato de Carvalho
 
Homens Trans tem Caderneta de Pré-Natal especial / Programa Transgesta - SUS
Homens Trans tem Caderneta de Pré-Natal especial / Programa Transgesta - SUSHomens Trans tem Caderneta de Pré-Natal especial / Programa Transgesta - SUS
Homens Trans tem Caderneta de Pré-Natal especial / Programa Transgesta - SUS
Prof. Marcus Renato de Carvalho
 
Alimentação / Amamentação Lactentes em Calamidades Públicas
Alimentação / Amamentação Lactentes em Calamidades PúblicasAlimentação / Amamentação Lactentes em Calamidades Públicas
Alimentação / Amamentação Lactentes em Calamidades Públicas
Prof. Marcus Renato de Carvalho
 
Aplicativo aleitamento: apoio na palma das mãos
Aplicativo aleitamento: apoio na palma das mãosAplicativo aleitamento: apoio na palma das mãos
Aplicativo aleitamento: apoio na palma das mãos
Prof. Marcus Renato de Carvalho
 
Amamentação: motricidade oral e repercussões sistêmicas - TCC
Amamentação: motricidade oral e repercussões sistêmicas - TCCAmamentação: motricidade oral e repercussões sistêmicas - TCC
Amamentação: motricidade oral e repercussões sistêmicas - TCC
Prof. Marcus Renato de Carvalho
 
PRINCÍPIOS de YOGYAKARTA: Direitos humanos para a população LGBTQIA+
PRINCÍPIOS de YOGYAKARTA: Direitos humanos para a população LGBTQIA+PRINCÍPIOS de YOGYAKARTA: Direitos humanos para a população LGBTQIA+
PRINCÍPIOS de YOGYAKARTA: Direitos humanos para a população LGBTQIA+
Prof. Marcus Renato de Carvalho
 
Amamentação X Indústria de fórmulas infantis no Brasil
Amamentação X Indústria de fórmulas infantis no BrasilAmamentação X Indústria de fórmulas infantis no Brasil
Amamentação X Indústria de fórmulas infantis no Brasil
Prof. Marcus Renato de Carvalho
 
Relatório: SITUAÇÃO GLOBAL DE AMAMENTAÇÃO 2023
Relatório: SITUAÇÃO GLOBAL DE AMAMENTAÇÃO  2023Relatório: SITUAÇÃO GLOBAL DE AMAMENTAÇÃO  2023
Relatório: SITUAÇÃO GLOBAL DE AMAMENTAÇÃO 2023
Prof. Marcus Renato de Carvalho
 
Seu local de trabalho apoia a Amamentação?
Seu local de trabalho apoia a Amamentação?Seu local de trabalho apoia a Amamentação?
Seu local de trabalho apoia a Amamentação?
Prof. Marcus Renato de Carvalho
 
Leite Humano atua na modulação microbiana
Leite Humano atua na modulação microbianaLeite Humano atua na modulação microbiana
Leite Humano atua na modulação microbiana
Prof. Marcus Renato de Carvalho
 
Manejo Ampliado / Livro "Amamentação - bases científicas"
Manejo Ampliado  / Livro "Amamentação - bases científicas" Manejo Ampliado  / Livro "Amamentação - bases científicas"
Manejo Ampliado / Livro "Amamentação - bases científicas"
Prof. Marcus Renato de Carvalho
 
OMS: Diretrizes para um controle da promoção comercial dos ditos substitutos ...
OMS: Diretrizes para um controle da promoção comercial dos ditos substitutos ...OMS: Diretrizes para um controle da promoção comercial dos ditos substitutos ...
OMS: Diretrizes para um controle da promoção comercial dos ditos substitutos ...
Prof. Marcus Renato de Carvalho
 
OMS: Diretrizes para a Alimentação Complementar Saudável para Lactentes
OMS: Diretrizes para a Alimentação Complementar Saudável para LactentesOMS: Diretrizes para a Alimentação Complementar Saudável para Lactentes
OMS: Diretrizes para a Alimentação Complementar Saudável para Lactentes
Prof. Marcus Renato de Carvalho
 

Mais de Prof. Marcus Renato de Carvalho (20)

O fortalecimento do patriarcado e a desvalorização do trabalho feminino de cu...
O fortalecimento do patriarcado e a desvalorização do trabalho feminino de cu...O fortalecimento do patriarcado e a desvalorização do trabalho feminino de cu...
O fortalecimento do patriarcado e a desvalorização do trabalho feminino de cu...
 
Saúde da Mulher - diretrizes para diminuição da morbi mortalidade perinatal
Saúde da Mulher - diretrizes para diminuição da morbi mortalidade perinatalSaúde da Mulher - diretrizes para diminuição da morbi mortalidade perinatal
Saúde da Mulher - diretrizes para diminuição da morbi mortalidade perinatal
 
Ministério da Saúde: Nota Técnica sobre Proteção da AM em Calamidades
Ministério da Saúde: Nota Técnica sobre Proteção da AM em CalamidadesMinistério da Saúde: Nota Técnica sobre Proteção da AM em Calamidades
Ministério da Saúde: Nota Técnica sobre Proteção da AM em Calamidades
 
Amamentação e Alimentação de lactentes em desastres ambientais
Amamentação e Alimentação de lactentes em desastres ambientaisAmamentação e Alimentação de lactentes em desastres ambientais
Amamentação e Alimentação de lactentes em desastres ambientais
 
Livro do Instituto da Saúde: amplia visões e direitos no ciclo gravídico-puer...
Livro do Instituto da Saúde: amplia visões e direitos no ciclo gravídico-puer...Livro do Instituto da Saúde: amplia visões e direitos no ciclo gravídico-puer...
Livro do Instituto da Saúde: amplia visões e direitos no ciclo gravídico-puer...
 
Novas diretrizes da OMS para os cuidados perinatais de mais qualidade
Novas diretrizes da OMS para os cuidados perinatais de mais qualidadeNovas diretrizes da OMS para os cuidados perinatais de mais qualidade
Novas diretrizes da OMS para os cuidados perinatais de mais qualidade
 
Como evitar Conflito de Interesses em iniciativas de alimentação?
Como evitar Conflito de Interesses em iniciativas de alimentação?Como evitar Conflito de Interesses em iniciativas de alimentação?
Como evitar Conflito de Interesses em iniciativas de alimentação?
 
Relatório da OMS / Unicef / IBFAN sobre a situação do Código Internacional de...
Relatório da OMS / Unicef / IBFAN sobre a situação do Código Internacional de...Relatório da OMS / Unicef / IBFAN sobre a situação do Código Internacional de...
Relatório da OMS / Unicef / IBFAN sobre a situação do Código Internacional de...
 
Homens Trans tem Caderneta de Pré-Natal especial / Programa Transgesta - SUS
Homens Trans tem Caderneta de Pré-Natal especial / Programa Transgesta - SUSHomens Trans tem Caderneta de Pré-Natal especial / Programa Transgesta - SUS
Homens Trans tem Caderneta de Pré-Natal especial / Programa Transgesta - SUS
 
Alimentação / Amamentação Lactentes em Calamidades Públicas
Alimentação / Amamentação Lactentes em Calamidades PúblicasAlimentação / Amamentação Lactentes em Calamidades Públicas
Alimentação / Amamentação Lactentes em Calamidades Públicas
 
Aplicativo aleitamento: apoio na palma das mãos
Aplicativo aleitamento: apoio na palma das mãosAplicativo aleitamento: apoio na palma das mãos
Aplicativo aleitamento: apoio na palma das mãos
 
Amamentação: motricidade oral e repercussões sistêmicas - TCC
Amamentação: motricidade oral e repercussões sistêmicas - TCCAmamentação: motricidade oral e repercussões sistêmicas - TCC
Amamentação: motricidade oral e repercussões sistêmicas - TCC
 
PRINCÍPIOS de YOGYAKARTA: Direitos humanos para a população LGBTQIA+
PRINCÍPIOS de YOGYAKARTA: Direitos humanos para a população LGBTQIA+PRINCÍPIOS de YOGYAKARTA: Direitos humanos para a população LGBTQIA+
PRINCÍPIOS de YOGYAKARTA: Direitos humanos para a população LGBTQIA+
 
Amamentação X Indústria de fórmulas infantis no Brasil
Amamentação X Indústria de fórmulas infantis no BrasilAmamentação X Indústria de fórmulas infantis no Brasil
Amamentação X Indústria de fórmulas infantis no Brasil
 
Relatório: SITUAÇÃO GLOBAL DE AMAMENTAÇÃO 2023
Relatório: SITUAÇÃO GLOBAL DE AMAMENTAÇÃO  2023Relatório: SITUAÇÃO GLOBAL DE AMAMENTAÇÃO  2023
Relatório: SITUAÇÃO GLOBAL DE AMAMENTAÇÃO 2023
 
Seu local de trabalho apoia a Amamentação?
Seu local de trabalho apoia a Amamentação?Seu local de trabalho apoia a Amamentação?
Seu local de trabalho apoia a Amamentação?
 
Leite Humano atua na modulação microbiana
Leite Humano atua na modulação microbianaLeite Humano atua na modulação microbiana
Leite Humano atua na modulação microbiana
 
Manejo Ampliado / Livro "Amamentação - bases científicas"
Manejo Ampliado  / Livro "Amamentação - bases científicas" Manejo Ampliado  / Livro "Amamentação - bases científicas"
Manejo Ampliado / Livro "Amamentação - bases científicas"
 
OMS: Diretrizes para um controle da promoção comercial dos ditos substitutos ...
OMS: Diretrizes para um controle da promoção comercial dos ditos substitutos ...OMS: Diretrizes para um controle da promoção comercial dos ditos substitutos ...
OMS: Diretrizes para um controle da promoção comercial dos ditos substitutos ...
 
OMS: Diretrizes para a Alimentação Complementar Saudável para Lactentes
OMS: Diretrizes para a Alimentação Complementar Saudável para LactentesOMS: Diretrizes para a Alimentação Complementar Saudável para Lactentes
OMS: Diretrizes para a Alimentação Complementar Saudável para Lactentes
 

Especialização em Aleitamento Materno 2019/20

  • 2. 2 O Aleitamento materno é na atualidade uma área de conhecimento interdisciplinar, questão complexa de importância estratégica para a saúde de mulheres e crianças. Envolvendo ações de promoção, prevenção e tratamento clínico, bem como a implementação de iniciativas e políticas públicas específicas. No contexto contemporâneo encontramos baixo índice de aleitamento materno exclusivo e crescentes índices de má nutrição infantil no Brasil, demonstrando a emergente necessidade de capacitação dos profissionais de saúde que tenham como meta da assistência atuarem na promoção, proteção e apoio à amamentação por meio da implementação de ações e estratégias de saúde. Para atender essa demanda, o Instituto Passo 1 de Bauru promoverá a segunda turma do Curso de Pós-Graduação (latu sensu) - Especialização de Aleitamento Materno, dessa vez, na cidade de São Paulo (SP), com o propósito de formar recursos humanos capacitados para atuar no ensino, pesquisa e assistência. ESPECIALIZAÇÃO EM ALEITAMENTO MATERNO
  • 3. 3 OBJETIVO DO CURSO:  Formar especialistas em Aleitamento Materno, capacitados a desenvolver atividades de docência, pesquisa e prestação de serviços em instituições voltadas para a assistência materno infantil, em conformidade com a Política Nacional do Ministério da Saúde (MS).  Oferecer um suporte teórico-prático aos profissionais que almejam obter a Certificação Internacional de Aleitamento Materno do International Board of Lactation Consultant Examiners (IBLCE)  Capacitar os Profissionais da área da Saúde para atuarem na Assistência ao Manejo Clínico do Aleitamento Materno, proporcionando o desenvolvimento de habilidades e competências na prestação de cuidados direcionados tanto para a área hospitalar (Ex: Maternidades e Banco de Leite), quanto para a Atenção Básica de Saúde (Ex: Cuidado Pré-Natal, Período Pós-parto e cuidados com o lactente).  Instrumentalizar os profissionais de saúde a desenvolverem suas práticas referentes ao aleitamento materno fundamentado nas melhores evidências científicas.  Capacitar os profissionais de saúde a atuarem no contexto interdisciplinar, reconhecendo o aleitamento materno como um cuidado integral. ESPECIALIZAÇÃO EM ALEITAMENTO MATERNO
  • 4. 4 ESTRUTURA DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO em ALEITAMENTO MATERNO INSTITUIÇÃO PROMOTORA: Instituto Passo 1 DESTINA-SE: Profissionais de Saúde (Nível Superior, com diploma reconhecido pelo MEC) como Pediatra, Obstetra, Enfermeiro, Nutricionista, Fisioterapeuta, Odontólogo, Terapeuta Ocupacional, Psicólogo, Fonoaudiólogo, Farmacêutico, Assistente Social. PERÍODO DO CURSO: 18 meses CARGA-HORÁRIA: 420 horas HORÁRIO DO CURSO: Aulas Mensais de Sábado (8h – 18h) e Domingo (8h – 16h) VAGAS: 35 vagas INVESTIMENTO: Inscrição no Período: ▪ 15-04-19 a 10-05-19: matrícula de R$149,00 + 26 parcelas de R$ 650,00. ▪ 11-05-19 a 05-06-19: matrícula de R$ 149,00 + 26 parcelas de R$ 750,00. ▪ 06-06-19 a 25-06–19: matrícula de R$149,00 + 26 parcelas de R$ 850,00. INÍCIO DAS INSCRIÇÕES: 15 de abril de 2019 INÍCIO DO CURSO: 29 de junho de 2019 TAXA DE INSCRIÇÃO: R$ 149,00 MAIORES INFORMAÇÕES: E-mail: saopaulo@passo1.com.br Telefone: (11) 99956-9595
  • 5. 5 PROGRAMAÇÃO DAS DISCIPLINAS O conteúdo das disciplinas está organizado em 3 Eixos temáticos:  Fundamentos: As bases anatômicas e psicofisiológicas da amamentação.  Atuação Profissional: Atuação e assistência interdisciplinar na prevenção e resolução de intercorrências clínicas da lactação.  Políticas e Iniciativas: O Manejo Ampliado da Amamentação: o aleitamento sob a ótica da saúde coletiva. Programas, políticas governamentais e de ONGs. O papel do SUS. LOCAL DAS AULAS: Hotel Intercity Premium Ibirapuera Avenida Ibirapuera, 2577 – Moema CEP: 04029-200 São Paulo – SP Telefone: (11) 3577-7100
  • 6. 6 INSTITUTO PASSO 1 O Instituto Passo 1 é certificado pela Faculdade Passo 1, cuja matriz reside em Uberlândia (MG). O Instituto Passo 1 apresenta oito campus, sendo suas localizações em: Uberlândia (MG), Uberaba (MG), Cascavel (PR), Araraquara (SP), Três Marias (MG), São Carlos (SP), Itumbiara (GO) e Bauru (SP). Foi criada no dia 12 de abril de 2006, na cidade de Uberlândia (MG). Atua no setor educacional com o objetivo de promover o conhecimento aos alunos e agregar valores as suas carreiras profissionais. Proporciona educação e qualificação profissional de qualidade com enfoque na área de educação e da saúde. Atualmente atua na promoção de cursos presencias e de ensino a distância (EAD) desde 2006. A Direção Geral é de Alexandre Mendonça. O Curso de Pós-Graduação (latu sensu) Especialização de Aleitamento Materno oferecido na cidade de São Paulo é coordenado pelo Polo do Instituto Passo 1 de São Paulo (SP) sob direção do Professor Gabriel Monteiro. O telefone de contato do Polo de São Paulo é (11) 99956-9595. O CNPJ do Polo de São Paulo é: 285007980001-50.
  • 7. 7 COORDENAÇÃO MARCUS RENATO DE CARVALHO Consultor em Aleitamento Materno com Certificação internacional pelo International Board Certified Lactation Consultant desde 2001. Mestrado em Saúde Pública pela Fundação Oswaldo Cruz. Docente do Departamento de Pediatria da Faculdade de Medicina - UFRJ Co-coordenador do Curso de Especialização em Atenção Integral à Saúde Materno Infantil da Maternidade Escola da UFRJ desde 2006. Membro do Comitê de Lactancia da ALAPE – Associação Latino-americana de Pediatria. Membro da RNPI - Rede Nacional para a Primeira Infância e também do GT Homens pela Primeira Infância. Editor do livro "Amamentação - bases científicas", 4ª ed., 2017 pela Editora GEN. PATRÍCIA SANTOS PRUDÊNCIO Coordenadora da Primeira Turma do Curso de Especialização de Aleitamento Materno e Cuidado Materno-Infantil do Instituto Passo 1 do Polo de Bauru (SP) de 2018 até o momento. Doutora em Ciências pela Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (EERP- USP) Mestre em Ciências pela Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (EERP- USP) Especialista em Cuidado Pré-Natal pela Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) Especialista em Ginecologia e Obstetrícia pelo Égia Pós-Graduação (ÉGIA) Especialista em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Neonatal pelo Égia Pós-Graduação (ÉGIA) Graduada em Enfermagem pela Universidade Federal do Mato Grosso do Sul (UFMS) Idealizadora do Projeto “Instituto Gestar”
  • 8. 8 EMENTAS DAS DISCIPLINAS Eixo I – FUNDAMENTOS 1 – Benefícios do Leite Materno e da Amamentação Exclusiva para a mulher, criança, sociedade, meio-ambiente. Conteúdo do Leite Humano - Conceito e impacto da Amamentação Exclusiva – Vantagens para a saúde da mulher, da criança, para a sociedade e meio-ambiente. Imunologia e componentes nutricionais do leite humano. Impacto do aleitamento para o sistema estomatognático, na morbimortalidade materno-infantil e metas a serem alcançadas. Malefícios das fórmulas infantis. Por que uma pós-graduação em Aleitamento? A complexidade de conteúdos e a importância da abordagem interdisciplinar. Conteúdo da prova para o Consultor Certificado IBCLC. Conferência inaugural (aberta à comunidade): Benefícios do Leite Materno e da Amamentação Exclusiva para a mulher, criança, sociedade, meio-ambiente. Causas alegadas e reais de desmame precoce no Brasil. Introdução à Pesquisa em Aleitamento Materno O que é e como fazer uma investigação. A importância da monografia do final da Especialização. A disciplina de Metodologia da Pesquisa. A influência da pesquisa na prática clínica da assistência ao aleitamento materno. Assistência ao Aleitamento Materno baseado em Evidências. A importante contribuição das pesquisas em aleitamento materno para o cumprimento das metas dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização Mundial da Saúde. O que é Manejo Ampliado da Amamentação A diferença entre o Manejo Clínico; o conceito de promoção, proteção e apoio e a importância da competência em gerir programas com a ótica da saúde coletiva. Objetivos e planejamento das visitas técnicas
  • 9. 9 Serviços de saúde do SUS que tem trajetória no apoio à amamentação que merecem ser conhecidos pelos profissionais especialistas. 2 - Anatomia e Psicofisiologia da Lactação Atuação dos hormônios Prolactina, Ocitocina, Hipófise anterior e posterior, PIF, FIL – peptídeos supressores, adrenalina e noradrenalina. Lactação adotiva. Psicossomática. Anatomia e fisiologia da glândula mamária. Anomalias congênitas das mamas. Reflexos da Lactação. Tipos e composição do leite materno (colostro, transição e maduro), Apojadura. 3 - Anatomia e Fisiologia do Sistema Estomatognático. A prática fonoaudiológica nas disfunções motoras orais e outras patologias O impacto da amamentação no crescimento e desenvolvimento orofacial. As disfunções e enfermidades do lactente. A atuação do profissional de Fonoaudiologia. Possíveis tratamentos e intervenções (Ex: osteopatia, cirurgia) 4 – Nutrição da Lactante e do Lactente – Alimentação complementar saudável – Alimentação infantil e da nutriz. Introdução dos novos alimentos. BLW. Dificuldades e desafios da introdução alimentar. Alimentação participativa. Desmame gentil. 5 – Imunologia e Microbioma do Leite Humano / Medicamentos e uso de drogas O sistema imune do leite materno. Prebióticos. Probióticos. Simbióticos. Medicamentos que são permitidos, que são motivos de cautelas e os proibidos para a nutriz. Galactogogos x Evidências científicas. Desmedicalização da amamentação.
  • 10. 10 Eixo II – ATUAÇÃO PROFISSIONAL 6 – Amamentação e situações especiais do lactente Doenças e síndromes que dificultam a amamentação. O crescimento e desenvolvimento infantil fisiológico e patológico. O recém-nascido com malformação orofacial e outras síndromes relacionadas. Manejo clínico da amamentação em bebês sindrômicos (ex: Sequência de Robin, Bebê com lábio leporino). Atuação dos profissionais de saúde na promoção do aleitamento materno ao bebê com fissura orofacial. 7 – Amamentação e doenças infectocontagiosas As enfermidades que contraindicam de forma absoluta e de forma relativa. As infecções da nutriz que não impedem o aleitamento. Estratégias alternativas de alimentação para bebês cujas mães possuem doenças infectocontagiosas. 8 – Amamentação e situações especiais da nutriz Enfermidades da lactante que prejudicam a produção de leite. Diabetes. Obesidade, má formação, Depressão pós-parto, Portadoras de doenças infectocontagiosas. 9 - A saúde oral e o Enfoque odontológico A atuação do Odontólogo na promoção do aleitamento materno. Frenotomia, frenectomia. Higiene oral. Cáries. 10– A humanização do pré-natal, parto e nascimento A importância das atividades de educação em saúde sobre o aleitamento materno durante o pré-natal. O impacto da cesariana. Violência obstétrica. Humanização do parto e nascimento. A desmedicalização do parto, protagonismo da mulher, garantia do contato pele a pele e amamentação na primeira hora de vida. Atuação da equipe multiprofissional para a promoção de uma assistência humanizada. Participação do pai no parto e nascimento.
  • 11. 11 11– Aconselhamento A arte de escutar. Empatia. Habilidades de comunicação verbal e não verbal. Características de um aconselhador eficiente. Habilidades de comunicação (ouvir, falar, ajudar, praticar o elogio, etc.). 12– Amamentação e saúde mental Blues, depressão pós-parto, psicose puerperal, multiplicidade de papéis da mulher, sobrecarga emocional. A amamentação como ato psicossomático complexo. A construção de uma nova identidade. A amamentação e suas implicações na vida sexual e afetiva do casal. 13 – Banco de Leite Humano e Método Canguru A importância e o funcionamento dos BLH – impacto na morbimortalidade neonatal. A atenção humanizada ao recém-nascido de baixo peso e prematuro. Atuação dos profissionais de saúde no Banco de Leite. Suporte do Banco de Leite ao binômio. Indicações, benefícios do Método Canguru. 14 – Laser terapia no pós-parto e amamentação A utilização criteriosa dessa nova tecnologia nos problemas da mama e intercorrências puerperais. Evidências Cientificas comprovadas quanto a utilização da laser terapia em traumas mamilares (fissuras, incisão cirúrgica, lesões na região mamilo- areolar, etc.). 15 – Metodologia da Pesquisa Pesquisa quantitativa e qualitativa. Como pesquisar, como redigir, como definir objeto de estudo, como realizar a busca de trabalhos científicos nas bases de dados, descritores de saúde, como definir a questão norteadora da pesquisa, etapas de um artigo cientifico, como identificar um periódico para publicar. Cuidados com plágio.
  • 12. 12 Eixo III – POLÍTICAS E INICIATIVAS 16 – Manejo Clínico x Manejo Ampliado da Amamentação IHAC: Iniciativa Hospital Amigo da Criança Um novo conceito, onde o Aleitamento Materno é abordado sob o paradigma da saúde coletiva. Envolvendo um conjunto de saberes que vai além dos conhecimentos psico-biomédicos necessários para o atendimento clínico à dupla amamentar. É a capacitação de gestores para a implementação de programas de promoção, proteção e apoio. Apresentação da IHAC e seu impacto no estabelecimento da amamentação. 17 – Alimenta e Amamenta Brasil e a IUBAM Apoio a Mulher Trabalhadora que amamenta – salas de apoio, legislações As iniciativas de promoção, proteção e apoio à amamentação na rede básica de saúde. O direito de retornar ao trabalho e continuar amamentando. Implicações éticas relacionadas a amamentação (ex: privação do ato de amamentar). 18 – Seminários de Monografia – Metodologia da Pesquisa Apresentação pelas especializandas do andamento de seus projetos de Monografia. Troca de experiências. 19 – Temas especiais: Paternidade – Casais homoafetivos – Atuação interdisciplinar – Grupos de apoio – Redes sociais – Consultor IBCLC O impacto da participação do companheiro na amamentação. Como acolher as novas conformações familiares. A importância de trabalhar em equipe e em redes. Grupos de mães com encontros presenciais e grupos virtuais. Como se consegue o título de Consultor Certificado. Importância das atividades de educação em saúde relacionadas a amamentação, sexualidade e participação do pai no âmbito da atenção primária. 20 – Apresentação das monografias – Avaliação e encerramento da Especialização Último encontro. Apresentação das monografias pelas Especializandas. Avaliação – críticas e sugestões.
  • 13. 13 21 – Metodologia do Ensino Superior (EaD) Regulamentação do Ensino Superior Brasileiro. Ensino, Pesquisa e Extensão. A didática no contexto do ensino superior. Formação docente e a prática pedagógica. O processo de avaliação do ensino. O docente como pesquisador e sua atuação na pesquisa. Como redigir artigo científico. 22 – Disciplina transversal: Visitas Técnicas a serviços de saúde públicos que promovem, protegem e apoiam à amamentação – Hospitais Amigos da Criança, Bancos de Leite Humano, Unidades Básicas Amigas da Amamentação Conhecer serviços de saúde especiais que são exemplos de promoção, proteção e apoio ao aleitamento no SUS. As visitas técnicas serão realizadas nos dois primeiros semestres da Especialização e serão avaliadas através de relatórios técnicos escritos pelas Especializandas. ATIVIDADES EXTRACLASSE: Participar em cada semestre letivo de pelo menos um curso, congresso, encontro em horários que não coincidam com as datas do curso. Trazer o certificado de participação.
  • 14. 14 CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DISCIPLINAS (Carga-horária: 420 Horas) HORAS Eixo I – FUNDAMENTOS As bases anatômicas e psicofisiológicas da amamentação 1 – Conferência inaugural (aberta à comunidade): Benefícios do Leite Materno e da Amamentação Exclusiva para a mulher, criança, sociedade, meio-ambiente 13 Por que uma pós-graduação em Aleitamento? Introdução à Pesquisa em Aleitamento Materno O que é Manejo Ampliado da Amamentação 13 Objetivos e planejamento das visitas técnicas * 2 – Anatomia e Psicofisiologia da Lactação 13 3 – Anatomia e Fisiologia do Sistema Estomatognático. A prática fonoaudiológica nas disfunções motoras orais e outras patologias. 13 4 – Nutrição do lactente e do Lactente. Alimentação complementar saudável. 13 5 – Imunologia e Microbioma do leite Humano. Medicamentos e uso de drogas. 13 Eixo II – ATUAÇÃO PROFISSIONAL Atuação e assistência interdisciplinar na prevenção e resolução de intercorrências clínicas da lactação 6 – Amamentação e situações especiais do lactente 13 7 – Amamentação e doenças infectocontagiosas 13 8 – Amamentação e situações especiais da nutriz 13 9 - A saúde oral e o Enfoque odontológico 13 10 – A humanização do pré-natal, parto e nascimento x violência 13 11 – Aconselhamento 13 12 – Amamentação e saúde mental 13 13 – Banco de Leite Humano e Método Canguru 13 14 – Laser terapia no pós-parto e amamentação 13 15 – Metodologia da Pesquisa 13 Eixo III – POLÍTICAS E INICIATIVAS O Manejo Ampliado da Amamentação: o aleitamento sob a ótica da saúde coletiva. Programas, políticas governamentais e de ONGs. O papel do SUS 16 – Manejo Clínico x Manejo Ampliado da Amamentação 13 17 – Alimenta e Amamenta Brasil e a IUBAM - Apoio a Mulher Trabalhadora que amamenta – salas de apoio, legislações 13
  • 15. 15 18 – Seminários de Monografia – Metodologia da Pesquisa 13 19 – Temas especiais: Paternidade – Casais homoafetivos – Atuação interdisciplinar – Grupos de apoio – Redes sociais – Consultor IBCLC. 13 20 – IHAC: Iniciativa Hospital Amigo da Criança 13 21 – Metodologia do Ensino Superior 13 22 – Disciplina transversal: Apresentação dos relatórios das Visitas Técnicas aos serviços de saúde. Seminário de Monografias - prévia 80 Apresentação das monografias – Avaliação e encerramento da Especialização 13 *Atividades extraclasse: I - Visitas Técnicas a serviços de saúde públicos que promovem, protegem e apoiam à amamentação – Hospitais Amigos da Criança, Bancos de Leite Humano, Unidades Básicas Amigas da Amamentação. (80h) II - Participar em cada semestre letivo de pelo menos um curso, congresso, encontro em horários que não coincidam com as datas do curso. Trazer o certificado de participação. (20h por semestre – Total: 60h) **16 encontros presenciais de finais de semana ao longo de 3 semestres letivos.