SlideShare uma empresa Scribd logo
Escândalos... “ Ai do mundo por causa dos escândalos; pois é necessário que venham escândalos; mas, ai do homem por quem o escândalo venha”. (Mateus,  XVIII) LEAN, 06/03/11
Escândalo ???? Escândalo : sm.  1 . O que é causa ou resultado do erro, ou pecado.  2 . Indignação provocada por mau exemplo.  3 .  Fig.  Tumulto, escarcéu.  4 .  Fig.  Fato imoral, revoltante. Mini Aurélio, 6ed., Ed. Positivo. REPERCURSSÕES EXTERNAS
“ No sentido evangélico, a acepção da palavra escândalo, tão amiúde empregada, é muito mais geral, pelo que, em certos casos, não se lhe apreende o significado. Já não é somente o que afeta a consciência de outrem,  é tudo o que resulta dos vícios e das imperfeições humanas , toda reação má de um indivíduo para outro, com ou sem repercussão. O escândalo, neste caso,  é o resultado efetivo do mal moral . ” (ESE, cap. VIII, 12) Escândalo ????
“ É preciso que haja escândalo no mundo, disse Jesus, porque, imperfeitos como são na Terra, os homens se mostram propensos a praticar o mal, e porque, árvores más, só maus frutos dão .” (ESE, cap. VIII, 13)
Ou seja, o escândalo é conseqüência da  imperfeição humana . Não se deve inferir, das palavras de Jesus, que o mundo esteja  obrigado  a ter escândalos; ele  AINDA  está constrangido ao mal moral, pela imperfeição de seus habitantes.
Por que o escândalo é necessário ?
Ainda precisamos ficar doentes para ir em busca do remédio, pedindo o socorro do grande Médico das nossas almas que é JESUS CRISTO! Não precisa ser assim! Não será assim para sempre!
Mas ai daquele... Por quem venha o escândalo!
“ Assim é, por exemplo, que um filho ingrato é uma punição ou uma prova para o pai que sofre com isso, porque esse pai talvez tenha sido um mau filho que fez  sofresse seu pai.(...) Mas, essa circunstância não pode servir de escusa ao filho que, a seu turno, terá de ser castigado em seus próprios filhos, ou de outra maneira. ” (ESE, cap. VIII, 16) A sementeira é livre, mas a colheita é obrigatória.
“ NÃO HÁ UM SÓ MAL QUE NÃO IMPORTE EM FUNESTAS CONSEQUÊNCIAS PARA O FUTURO; UMA SÓ INFRAÇÃO À LEI DIVINA QUE NÃO TRAGA SUA PUNIÇÃO NA COTA DE SOFRIMENTOS FUTUROS. ”  ( KARDEC , DO LIVRO: CÉU E INFERNO)
Se tua mão é motivo de escândalo... Não é o corpo que deve ser punido. Alguns afirmam que  a carne é fraca , mas a carne não tem nada a ver com isso!  O Espírito, esse sim pode ainda ser fraco  e utilizar seu veículo carnal de forma inadequada, como um mal motorista que dirige o carro com imprudência, e pode vir a sofrer um acidente.
REFORMA ÍNTIMA !!!!
O Senhor Vem... MUITA PAZ !!!!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

O homem de bem, grande desafio
O homem de bem, grande desafioO homem de bem, grande desafio
O homem de bem, grande desafio
Graça Maciel
 
Ajuda te que o céu te ajudará
Ajuda te que o céu te ajudaráAjuda te que o céu te ajudará
Ajuda te que o céu te ajudará
Lisete B.
 
Ese cap 8 bem aventurados os que tem puro o coracao final (1)
Ese cap 8  bem aventurados os que tem puro o coracao final (1)Ese cap 8  bem aventurados os que tem puro o coracao final (1)
Ese cap 8 bem aventurados os que tem puro o coracao final (1)
Fernando Pinto
 
ReconciliaçãO Com Os AdversáRios
ReconciliaçãO Com Os AdversáRiosReconciliaçãO Com Os AdversáRios
ReconciliaçãO Com Os AdversáRios
Grupo Espírita Cristão
 
BEM AVENTURADOS OS PUROS DE CORAÇÃO
BEM AVENTURADOS OS PUROS DE CORAÇÃOBEM AVENTURADOS OS PUROS DE CORAÇÃO
BEM AVENTURADOS OS PUROS DE CORAÇÃO
Sergio Menezes
 
Amai vossos inimigos_versão final
Amai vossos inimigos_versão finalAmai vossos inimigos_versão final
Amai vossos inimigos_versão final
grupodepaisceb
 
Justiça das Aflições
Justiça das AfliçõesJustiça das Aflições
Justiça das Aflições
igmateus
 
Indulgencia
IndulgenciaIndulgencia
Se a vossa mao e motivo de escandalo, cortai-a
Se a vossa mao e motivo de escandalo, cortai-aSe a vossa mao e motivo de escandalo, cortai-a
Se a vossa mao e motivo de escandalo, cortai-a
Izabel Cristina Fonseca
 
CONHECE-TE A TI MESMO
CONHECE-TE A TI MESMOCONHECE-TE A TI MESMO
CONHECE-TE A TI MESMO
ARMAZÉM DE ARTES TANIA PAUPITZ
 
Palestra beneficência
Palestra beneficênciaPalestra beneficência
Palestra beneficência
Denise Tamaê
 
Palestra Espírita - Bem aventurados os misericordiosos
Palestra Espírita - Bem aventurados os misericordiososPalestra Espírita - Bem aventurados os misericordiosos
Palestra Espírita - Bem aventurados os misericordiosos
Divulgador do Espiritismo
 
Ingratidão por benefícios prestados
Ingratidão por benefícios prestadosIngratidão por benefícios prestados
Ingratidão por benefícios prestados
Graça Maciel
 
Parentela Corporal E Espiritual2
Parentela Corporal E Espiritual2Parentela Corporal E Espiritual2
Parentela Corporal E Espiritual2
Grupo Espírita Cristão
 
Provas voluntárias
Provas voluntáriasProvas voluntárias
Provas voluntárias
Izabel Cristina Fonseca
 
Injúrias E Violências
Injúrias E ViolênciasInjúrias E Violências
Injúrias E Violências
Grupo Espírita Cristão
 
Causas anteriores das aflições
Causas anteriores das afliçõesCausas anteriores das aflições
Causas anteriores das aflições
Marcos Antônio Alves
 
Se alguém bater na face direita
Se alguém bater na face direitaSe alguém bater na face direita
Se alguém bater na face direita
Izabel Cristina Fonseca
 
Palestra Espírita - Missão dos espíritas
Palestra Espírita - Missão dos espíritasPalestra Espírita - Missão dos espíritas
Palestra Espírita - Missão dos espíritas
Divulgador do Espiritismo
 
Bem aventurados os mansos e pacíficos
Bem aventurados os mansos e pacíficosBem aventurados os mansos e pacíficos
Bem aventurados os mansos e pacíficos
Eduardo Ottonelli Pithan
 

Mais procurados (20)

O homem de bem, grande desafio
O homem de bem, grande desafioO homem de bem, grande desafio
O homem de bem, grande desafio
 
Ajuda te que o céu te ajudará
Ajuda te que o céu te ajudaráAjuda te que o céu te ajudará
Ajuda te que o céu te ajudará
 
Ese cap 8 bem aventurados os que tem puro o coracao final (1)
Ese cap 8  bem aventurados os que tem puro o coracao final (1)Ese cap 8  bem aventurados os que tem puro o coracao final (1)
Ese cap 8 bem aventurados os que tem puro o coracao final (1)
 
ReconciliaçãO Com Os AdversáRios
ReconciliaçãO Com Os AdversáRiosReconciliaçãO Com Os AdversáRios
ReconciliaçãO Com Os AdversáRios
 
BEM AVENTURADOS OS PUROS DE CORAÇÃO
BEM AVENTURADOS OS PUROS DE CORAÇÃOBEM AVENTURADOS OS PUROS DE CORAÇÃO
BEM AVENTURADOS OS PUROS DE CORAÇÃO
 
Amai vossos inimigos_versão final
Amai vossos inimigos_versão finalAmai vossos inimigos_versão final
Amai vossos inimigos_versão final
 
Justiça das Aflições
Justiça das AfliçõesJustiça das Aflições
Justiça das Aflições
 
Indulgencia
IndulgenciaIndulgencia
Indulgencia
 
Se a vossa mao e motivo de escandalo, cortai-a
Se a vossa mao e motivo de escandalo, cortai-aSe a vossa mao e motivo de escandalo, cortai-a
Se a vossa mao e motivo de escandalo, cortai-a
 
CONHECE-TE A TI MESMO
CONHECE-TE A TI MESMOCONHECE-TE A TI MESMO
CONHECE-TE A TI MESMO
 
Palestra beneficência
Palestra beneficênciaPalestra beneficência
Palestra beneficência
 
Palestra Espírita - Bem aventurados os misericordiosos
Palestra Espírita - Bem aventurados os misericordiososPalestra Espírita - Bem aventurados os misericordiosos
Palestra Espírita - Bem aventurados os misericordiosos
 
Ingratidão por benefícios prestados
Ingratidão por benefícios prestadosIngratidão por benefícios prestados
Ingratidão por benefícios prestados
 
Parentela Corporal E Espiritual2
Parentela Corporal E Espiritual2Parentela Corporal E Espiritual2
Parentela Corporal E Espiritual2
 
Provas voluntárias
Provas voluntáriasProvas voluntárias
Provas voluntárias
 
Injúrias E Violências
Injúrias E ViolênciasInjúrias E Violências
Injúrias E Violências
 
Causas anteriores das aflições
Causas anteriores das afliçõesCausas anteriores das aflições
Causas anteriores das aflições
 
Se alguém bater na face direita
Se alguém bater na face direitaSe alguém bater na face direita
Se alguém bater na face direita
 
Palestra Espírita - Missão dos espíritas
Palestra Espírita - Missão dos espíritasPalestra Espírita - Missão dos espíritas
Palestra Espírita - Missão dos espíritas
 
Bem aventurados os mansos e pacíficos
Bem aventurados os mansos e pacíficosBem aventurados os mansos e pacíficos
Bem aventurados os mansos e pacíficos
 

Destaque

Escândalos
Escândalos Escândalos
Escândalos
Almy Alves
 
Estudos do evangelho 16
Estudos do evangelho 16Estudos do evangelho 16
Estudos do evangelho 16
Leonardo Pereira
 
Palestra ESE cap 8 bem aventurados puros
Palestra ESE cap 8 bem aventurados purosPalestra ESE cap 8 bem aventurados puros
Palestra ESE cap 8 bem aventurados puros
Tiburcio Santos
 
O Evangelio Segundo o Espiritismo, Capítulo 8
O Evangelio Segundo o Espiritismo, Capítulo 8O Evangelio Segundo o Espiritismo, Capítulo 8
O Evangelio Segundo o Espiritismo, Capítulo 8
Mario Emilio do Amaral Coelho
 
Estudos do evangelho 17
Estudos do evangelho 17Estudos do evangelho 17
Estudos do evangelho 17
Leonardo Pereira
 
Estudos do evangelho 15
Estudos do evangelho 15Estudos do evangelho 15
Estudos do evangelho 15
Leonardo Pereira
 
Limpeza do coração
Limpeza do coraçãoLimpeza do coração
Limpeza do coração
Helio Cruz
 
O evangelho segundo o Espiritismo - Capítulo VIII
O evangelho segundo o Espiritismo - Capítulo VIIIO evangelho segundo o Espiritismo - Capítulo VIII
O evangelho segundo o Espiritismo - Capítulo VIII
Mario Emilio do Amaral Coelho
 
Discipulado das crianças_Respostas_412014
Discipulado das crianças_Respostas_412014Discipulado das crianças_Respostas_412014
Discipulado das crianças_Respostas_412014
Gerson G. Ramos
 
Sermão do Monte
Sermão do Monte Sermão do Monte
Sermão do Monte
Ponte de Luz ASEC
 
Estudos do evangelho 13
Estudos do evangelho 13Estudos do evangelho 13
Estudos do evangelho 13
Leonardo Pereira
 
A Coragem da Fé
A Coragem da FéA Coragem da Fé
A Coragem da Fé
Izabel Cristina Fonseca
 
A Doutrina Espírita e os fatos momentosos
A Doutrina Espírita e os fatos momentososA Doutrina Espírita e os fatos momentosos
A Doutrina Espírita e os fatos momentosos
Eder Freyre
 
A verdadeira Pureza mãos não lavadas .
A verdadeira Pureza mãos não lavadas . A verdadeira Pureza mãos não lavadas .
A verdadeira Pureza mãos não lavadas .
Vanda Machado
 
As bem aventuranças (jesus)
As bem aventuranças (jesus)As bem aventuranças (jesus)
As bem aventuranças (jesus)
Mirian De Lima Mendes
 
A Prece
A PreceA Prece
O sermão da montanha ( Leonardo Pereira
O sermão da montanha ( Leonardo Pereira O sermão da montanha ( Leonardo Pereira
O sermão da montanha ( Leonardo Pereira
Leonardo Pereira
 
Apresentação das bem aventuranças
Apresentação das bem aventurançasApresentação das bem aventuranças
Apresentação das bem aventuranças
vineta
 
Estudo sobre prece!
Estudo sobre prece!Estudo sobre prece!
Estudo sobre prece!
Leonardo Pereira
 
Palestra 27 bem aventurados
Palestra 27 bem aventuradosPalestra 27 bem aventurados
Palestra 27 bem aventurados
Jose Ferreira Almeida Almeida
 

Destaque (20)

Escândalos
Escândalos Escândalos
Escândalos
 
Estudos do evangelho 16
Estudos do evangelho 16Estudos do evangelho 16
Estudos do evangelho 16
 
Palestra ESE cap 8 bem aventurados puros
Palestra ESE cap 8 bem aventurados purosPalestra ESE cap 8 bem aventurados puros
Palestra ESE cap 8 bem aventurados puros
 
O Evangelio Segundo o Espiritismo, Capítulo 8
O Evangelio Segundo o Espiritismo, Capítulo 8O Evangelio Segundo o Espiritismo, Capítulo 8
O Evangelio Segundo o Espiritismo, Capítulo 8
 
Estudos do evangelho 17
Estudos do evangelho 17Estudos do evangelho 17
Estudos do evangelho 17
 
Estudos do evangelho 15
Estudos do evangelho 15Estudos do evangelho 15
Estudos do evangelho 15
 
Limpeza do coração
Limpeza do coraçãoLimpeza do coração
Limpeza do coração
 
O evangelho segundo o Espiritismo - Capítulo VIII
O evangelho segundo o Espiritismo - Capítulo VIIIO evangelho segundo o Espiritismo - Capítulo VIII
O evangelho segundo o Espiritismo - Capítulo VIII
 
Discipulado das crianças_Respostas_412014
Discipulado das crianças_Respostas_412014Discipulado das crianças_Respostas_412014
Discipulado das crianças_Respostas_412014
 
Sermão do Monte
Sermão do Monte Sermão do Monte
Sermão do Monte
 
Estudos do evangelho 13
Estudos do evangelho 13Estudos do evangelho 13
Estudos do evangelho 13
 
A Coragem da Fé
A Coragem da FéA Coragem da Fé
A Coragem da Fé
 
A Doutrina Espírita e os fatos momentosos
A Doutrina Espírita e os fatos momentososA Doutrina Espírita e os fatos momentosos
A Doutrina Espírita e os fatos momentosos
 
A verdadeira Pureza mãos não lavadas .
A verdadeira Pureza mãos não lavadas . A verdadeira Pureza mãos não lavadas .
A verdadeira Pureza mãos não lavadas .
 
As bem aventuranças (jesus)
As bem aventuranças (jesus)As bem aventuranças (jesus)
As bem aventuranças (jesus)
 
A Prece
A PreceA Prece
A Prece
 
O sermão da montanha ( Leonardo Pereira
O sermão da montanha ( Leonardo Pereira O sermão da montanha ( Leonardo Pereira
O sermão da montanha ( Leonardo Pereira
 
Apresentação das bem aventuranças
Apresentação das bem aventurançasApresentação das bem aventuranças
Apresentação das bem aventuranças
 
Estudo sobre prece!
Estudo sobre prece!Estudo sobre prece!
Estudo sobre prece!
 
Palestra 27 bem aventurados
Palestra 27 bem aventuradosPalestra 27 bem aventurados
Palestra 27 bem aventurados
 

Semelhante a Escândalos

Escândalos
EscândalosEscândalos
Escândalos
Andreia Quesada
 
Boletim o pae março 2016
Boletim o pae março 2016Boletim o pae março 2016
Boletim o pae março 2016
jorge hessen hessen
 
Boletim o pae março 2016
Boletim o pae março 2016Boletim o pae março 2016
Boletim o pae março 2016
O PAE PAE
 
Boletim OPAE dezembro
Boletim OPAE   dezembro Boletim OPAE   dezembro
Boletim OPAE dezembro
O PAE PAE
 
Disciplina das emoções -
Disciplina das emoções - Disciplina das emoções -
Disciplina das emoções -
Claudio Macedo
 
Estudos do evangelho 14
Estudos do evangelho 14Estudos do evangelho 14
Estudos do evangelho 14
Leonardo Pereira
 
ESDE - Módulo XVIII - Roteiro 1: penas e gozos terrestres.
ESDE - Módulo XVIII - Roteiro 1: penas e gozos terrestres.ESDE - Módulo XVIII - Roteiro 1: penas e gozos terrestres.
ESDE - Módulo XVIII - Roteiro 1: penas e gozos terrestres.
Núcleo de Promoção Humana Vinha de Luz
 
Hamartiologia - a Doutrina do pecado.pptx
Hamartiologia - a Doutrina do pecado.pptxHamartiologia - a Doutrina do pecado.pptx
Hamartiologia - a Doutrina do pecado.pptx
bpclaudio11
 
Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 85 - E o adúltero?
Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 85 - E o adúltero?Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 85 - E o adúltero?
Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 85 - E o adúltero?
Ricardo Azevedo
 
Obsessao _Divida agravada
Obsessao _Divida agravada Obsessao _Divida agravada
Obsessao _Divida agravada
Claudio Macedo
 
Evangeliza - Desgraça Real
Evangeliza - Desgraça RealEvangeliza - Desgraça Real
Evangeliza - Desgraça Real
Antonino Silva
 
O MAL DO MEDO.pptx
O MAL DO MEDO.pptxO MAL DO MEDO.pptx
O MAL DO MEDO.pptx
CENPACCentroEspritaN
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 14 - Páginas
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 14 - PáginasSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 14 - Páginas
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 14 - Páginas
Ricardo Azevedo
 
Origem do_mal
Origem do_malOrigem do_mal
Origem do_mal
pr_afsalbergaria
 
LE Q.913 ESE cap13_item15
LE Q.913 ESE cap13_item15LE Q.913 ESE cap13_item15
LE Q.913 ESE cap13_item15
Patricia Farias
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 91 - Isto é contigo
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 91 - Isto é contigoSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 91 - Isto é contigo
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 91 - Isto é contigo
Ricardo Azevedo
 
O justo remédio
O justo remédioO justo remédio
O justo remédio
jmeirelles
 
Uma controversa bioética em Tomás de Aquino? Leitura a partir da perspectiva ...
Uma controversa bioética em Tomás de Aquino? Leitura a partir da perspectiva ...Uma controversa bioética em Tomás de Aquino? Leitura a partir da perspectiva ...
Uma controversa bioética em Tomás de Aquino? Leitura a partir da perspectiva ...
Nahor Lopes de Souza Junior
 
DOLOROSO REMÉDIO (O MAL E O REMÉDIO)
DOLOROSO REMÉDIO (O MAL E O REMÉDIO)DOLOROSO REMÉDIO (O MAL E O REMÉDIO)
DOLOROSO REMÉDIO (O MAL E O REMÉDIO)
Jorge Luiz dos Santos
 
03- Culpa e Remorso.
03- Culpa e Remorso.03- Culpa e Remorso.
03- Culpa e Remorso.
ThiagoPereiraSantos2
 

Semelhante a Escândalos (20)

Escândalos
EscândalosEscândalos
Escândalos
 
Boletim o pae março 2016
Boletim o pae março 2016Boletim o pae março 2016
Boletim o pae março 2016
 
Boletim o pae março 2016
Boletim o pae março 2016Boletim o pae março 2016
Boletim o pae março 2016
 
Boletim OPAE dezembro
Boletim OPAE   dezembro Boletim OPAE   dezembro
Boletim OPAE dezembro
 
Disciplina das emoções -
Disciplina das emoções - Disciplina das emoções -
Disciplina das emoções -
 
Estudos do evangelho 14
Estudos do evangelho 14Estudos do evangelho 14
Estudos do evangelho 14
 
ESDE - Módulo XVIII - Roteiro 1: penas e gozos terrestres.
ESDE - Módulo XVIII - Roteiro 1: penas e gozos terrestres.ESDE - Módulo XVIII - Roteiro 1: penas e gozos terrestres.
ESDE - Módulo XVIII - Roteiro 1: penas e gozos terrestres.
 
Hamartiologia - a Doutrina do pecado.pptx
Hamartiologia - a Doutrina do pecado.pptxHamartiologia - a Doutrina do pecado.pptx
Hamartiologia - a Doutrina do pecado.pptx
 
Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 85 - E o adúltero?
Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 85 - E o adúltero?Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 85 - E o adúltero?
Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 85 - E o adúltero?
 
Obsessao _Divida agravada
Obsessao _Divida agravada Obsessao _Divida agravada
Obsessao _Divida agravada
 
Evangeliza - Desgraça Real
Evangeliza - Desgraça RealEvangeliza - Desgraça Real
Evangeliza - Desgraça Real
 
O MAL DO MEDO.pptx
O MAL DO MEDO.pptxO MAL DO MEDO.pptx
O MAL DO MEDO.pptx
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 14 - Páginas
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 14 - PáginasSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 14 - Páginas
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 14 - Páginas
 
Origem do_mal
Origem do_malOrigem do_mal
Origem do_mal
 
LE Q.913 ESE cap13_item15
LE Q.913 ESE cap13_item15LE Q.913 ESE cap13_item15
LE Q.913 ESE cap13_item15
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 91 - Isto é contigo
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 91 - Isto é contigoSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 91 - Isto é contigo
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 91 - Isto é contigo
 
O justo remédio
O justo remédioO justo remédio
O justo remédio
 
Uma controversa bioética em Tomás de Aquino? Leitura a partir da perspectiva ...
Uma controversa bioética em Tomás de Aquino? Leitura a partir da perspectiva ...Uma controversa bioética em Tomás de Aquino? Leitura a partir da perspectiva ...
Uma controversa bioética em Tomás de Aquino? Leitura a partir da perspectiva ...
 
DOLOROSO REMÉDIO (O MAL E O REMÉDIO)
DOLOROSO REMÉDIO (O MAL E O REMÉDIO)DOLOROSO REMÉDIO (O MAL E O REMÉDIO)
DOLOROSO REMÉDIO (O MAL E O REMÉDIO)
 
03- Culpa e Remorso.
03- Culpa e Remorso.03- Culpa e Remorso.
03- Culpa e Remorso.
 

Mais de igmateus

Violência não
Violência   nãoViolência   não
Violência não
igmateus
 
Fluidos e Perispírito
Fluidos e PerispíritoFluidos e Perispírito
Fluidos e Perispírito
igmateus
 
A Eficácia da Prece
A Eficácia da PreceA Eficácia da Prece
A Eficácia da Prece
igmateus
 
Obsessão e suas relações com as doenças da alma
Obsessão e suas relações com as doenças da almaObsessão e suas relações com as doenças da alma
Obsessão e suas relações com as doenças da alma
igmateus
 
Amar ao próximo como a si mesmo
Amar ao próximo como a si mesmoAmar ao próximo como a si mesmo
Amar ao próximo como a si mesmo
igmateus
 
Jesus: Roteiro de Luz, Espiritismo: Receita de Vida
Jesus: Roteiro de Luz, Espiritismo: Receita de VidaJesus: Roteiro de Luz, Espiritismo: Receita de Vida
Jesus: Roteiro de Luz, Espiritismo: Receita de Vida
igmateus
 
O Caminho da Felicidade
O Caminho da FelicidadeO Caminho da Felicidade
O Caminho da Felicidade
igmateus
 
O que você quer ser quando crescer
O que você quer ser quando crescerO que você quer ser quando crescer
O que você quer ser quando crescer
igmateus
 
Obsessão e Desobsessão
Obsessão e Desobsessão Obsessão e Desobsessão
Obsessão e Desobsessão
igmateus
 
Decepcoes, Ingratidao, Afeicoes Destruidas
Decepcoes, Ingratidao, Afeicoes DestruidasDecepcoes, Ingratidao, Afeicoes Destruidas
Decepcoes, Ingratidao, Afeicoes Destruidas
igmateus
 
A Gratidão como Roteiro de Vida
A Gratidão como Roteiro de VidaA Gratidão como Roteiro de Vida
A Gratidão como Roteiro de Vida
igmateus
 
Auta de Souza e Chico Xavier
Auta de Souza e Chico XavierAuta de Souza e Chico Xavier
Auta de Souza e Chico Xavier
igmateus
 
Auta de Souza e Chico Xavier
Auta de Souza e Chico XavierAuta de Souza e Chico Xavier
Auta de Souza e Chico Xavier
igmateus
 
Jesus - Uma Verdade para ser Vivida
Jesus - Uma Verdade para ser VividaJesus - Uma Verdade para ser Vivida
Jesus - Uma Verdade para ser Vivida
igmateus
 
ENTRENAT 2012 - DAM
ENTRENAT 2012 - DAMENTRENAT 2012 - DAM
ENTRENAT 2012 - DAM
igmateus
 
Como NÃO tornar seu filho um delinquente
Como NÃO tornar seu filho um delinquenteComo NÃO tornar seu filho um delinquente
Como NÃO tornar seu filho um delinquente
igmateus
 
Viagem Espírita em 1862
Viagem Espírita em 1862Viagem Espírita em 1862
Viagem Espírita em 1862
igmateus
 
Falsos Profetas da Erraticidade
Falsos Profetas da ErraticidadeFalsos Profetas da Erraticidade
Falsos Profetas da Erraticidade
igmateus
 
Caracteres do Verdadeiro Profeta
Caracteres do Verdadeiro ProfetaCaracteres do Verdadeiro Profeta
Caracteres do Verdadeiro Profeta
igmateus
 
Provas da Reencarnação
Provas da ReencarnaçãoProvas da Reencarnação
Provas da Reencarnação
igmateus
 

Mais de igmateus (20)

Violência não
Violência   nãoViolência   não
Violência não
 
Fluidos e Perispírito
Fluidos e PerispíritoFluidos e Perispírito
Fluidos e Perispírito
 
A Eficácia da Prece
A Eficácia da PreceA Eficácia da Prece
A Eficácia da Prece
 
Obsessão e suas relações com as doenças da alma
Obsessão e suas relações com as doenças da almaObsessão e suas relações com as doenças da alma
Obsessão e suas relações com as doenças da alma
 
Amar ao próximo como a si mesmo
Amar ao próximo como a si mesmoAmar ao próximo como a si mesmo
Amar ao próximo como a si mesmo
 
Jesus: Roteiro de Luz, Espiritismo: Receita de Vida
Jesus: Roteiro de Luz, Espiritismo: Receita de VidaJesus: Roteiro de Luz, Espiritismo: Receita de Vida
Jesus: Roteiro de Luz, Espiritismo: Receita de Vida
 
O Caminho da Felicidade
O Caminho da FelicidadeO Caminho da Felicidade
O Caminho da Felicidade
 
O que você quer ser quando crescer
O que você quer ser quando crescerO que você quer ser quando crescer
O que você quer ser quando crescer
 
Obsessão e Desobsessão
Obsessão e Desobsessão Obsessão e Desobsessão
Obsessão e Desobsessão
 
Decepcoes, Ingratidao, Afeicoes Destruidas
Decepcoes, Ingratidao, Afeicoes DestruidasDecepcoes, Ingratidao, Afeicoes Destruidas
Decepcoes, Ingratidao, Afeicoes Destruidas
 
A Gratidão como Roteiro de Vida
A Gratidão como Roteiro de VidaA Gratidão como Roteiro de Vida
A Gratidão como Roteiro de Vida
 
Auta de Souza e Chico Xavier
Auta de Souza e Chico XavierAuta de Souza e Chico Xavier
Auta de Souza e Chico Xavier
 
Auta de Souza e Chico Xavier
Auta de Souza e Chico XavierAuta de Souza e Chico Xavier
Auta de Souza e Chico Xavier
 
Jesus - Uma Verdade para ser Vivida
Jesus - Uma Verdade para ser VividaJesus - Uma Verdade para ser Vivida
Jesus - Uma Verdade para ser Vivida
 
ENTRENAT 2012 - DAM
ENTRENAT 2012 - DAMENTRENAT 2012 - DAM
ENTRENAT 2012 - DAM
 
Como NÃO tornar seu filho um delinquente
Como NÃO tornar seu filho um delinquenteComo NÃO tornar seu filho um delinquente
Como NÃO tornar seu filho um delinquente
 
Viagem Espírita em 1862
Viagem Espírita em 1862Viagem Espírita em 1862
Viagem Espírita em 1862
 
Falsos Profetas da Erraticidade
Falsos Profetas da ErraticidadeFalsos Profetas da Erraticidade
Falsos Profetas da Erraticidade
 
Caracteres do Verdadeiro Profeta
Caracteres do Verdadeiro ProfetaCaracteres do Verdadeiro Profeta
Caracteres do Verdadeiro Profeta
 
Provas da Reencarnação
Provas da ReencarnaçãoProvas da Reencarnação
Provas da Reencarnação
 

Último

Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Nilson Almeida
 
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdfAula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
SrgioLinsPessoa
 
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptxLição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Celso Napoleon
 
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Lourhana
 
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino FinalTornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
André Ricardo Marcondes
 
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
ESCRIBA DE CRISTO
 
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
ESCRIBA DE CRISTO
 
PEDRO NUNCA FOI PAPA [COM COMENTÁRIOS]
PEDRO NUNCA FOI PAPA   [COM COMENTÁRIOS]PEDRO NUNCA FOI PAPA   [COM COMENTÁRIOS]
PEDRO NUNCA FOI PAPA [COM COMENTÁRIOS]
ESCRIBA DE CRISTO
 
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdfPROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
Nelson Pereira
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Igreja Jesus é o Verbo
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Nilson Almeida
 
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimentoHabacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
ayronleonardo
 
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
HerverthRibeiro1
 
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdfO-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
WELITONNOGUEIRA3
 
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução AnimicaEscola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
AlessandroSanches8
 
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptxLição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Celso Napoleon
 
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptxLição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Celso Napoleon
 
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOSDIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
ESCRIBA DE CRISTO
 

Último (18)

Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
 
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdfAula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
 
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptxLição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
 
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
 
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino FinalTornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
 
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
 
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
 
PEDRO NUNCA FOI PAPA [COM COMENTÁRIOS]
PEDRO NUNCA FOI PAPA   [COM COMENTÁRIOS]PEDRO NUNCA FOI PAPA   [COM COMENTÁRIOS]
PEDRO NUNCA FOI PAPA [COM COMENTÁRIOS]
 
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdfPROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
 
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimentoHabacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
 
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
 
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdfO-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
 
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução AnimicaEscola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
 
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptxLição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
 
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptxLição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
 
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOSDIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
 

Escândalos

  • 1. Escândalos... “ Ai do mundo por causa dos escândalos; pois é necessário que venham escândalos; mas, ai do homem por quem o escândalo venha”. (Mateus, XVIII) LEAN, 06/03/11
  • 2. Escândalo ???? Escândalo : sm. 1 . O que é causa ou resultado do erro, ou pecado. 2 . Indignação provocada por mau exemplo. 3 . Fig. Tumulto, escarcéu. 4 . Fig. Fato imoral, revoltante. Mini Aurélio, 6ed., Ed. Positivo. REPERCURSSÕES EXTERNAS
  • 3. “ No sentido evangélico, a acepção da palavra escândalo, tão amiúde empregada, é muito mais geral, pelo que, em certos casos, não se lhe apreende o significado. Já não é somente o que afeta a consciência de outrem, é tudo o que resulta dos vícios e das imperfeições humanas , toda reação má de um indivíduo para outro, com ou sem repercussão. O escândalo, neste caso, é o resultado efetivo do mal moral . ” (ESE, cap. VIII, 12) Escândalo ????
  • 4. “ É preciso que haja escândalo no mundo, disse Jesus, porque, imperfeitos como são na Terra, os homens se mostram propensos a praticar o mal, e porque, árvores más, só maus frutos dão .” (ESE, cap. VIII, 13)
  • 5. Ou seja, o escândalo é conseqüência da imperfeição humana . Não se deve inferir, das palavras de Jesus, que o mundo esteja obrigado a ter escândalos; ele AINDA está constrangido ao mal moral, pela imperfeição de seus habitantes.
  • 6. Por que o escândalo é necessário ?
  • 7. Ainda precisamos ficar doentes para ir em busca do remédio, pedindo o socorro do grande Médico das nossas almas que é JESUS CRISTO! Não precisa ser assim! Não será assim para sempre!
  • 8. Mas ai daquele... Por quem venha o escândalo!
  • 9. “ Assim é, por exemplo, que um filho ingrato é uma punição ou uma prova para o pai que sofre com isso, porque esse pai talvez tenha sido um mau filho que fez sofresse seu pai.(...) Mas, essa circunstância não pode servir de escusa ao filho que, a seu turno, terá de ser castigado em seus próprios filhos, ou de outra maneira. ” (ESE, cap. VIII, 16) A sementeira é livre, mas a colheita é obrigatória.
  • 10. “ NÃO HÁ UM SÓ MAL QUE NÃO IMPORTE EM FUNESTAS CONSEQUÊNCIAS PARA O FUTURO; UMA SÓ INFRAÇÃO À LEI DIVINA QUE NÃO TRAGA SUA PUNIÇÃO NA COTA DE SOFRIMENTOS FUTUROS. ” ( KARDEC , DO LIVRO: CÉU E INFERNO)
  • 11. Se tua mão é motivo de escândalo... Não é o corpo que deve ser punido. Alguns afirmam que a carne é fraca , mas a carne não tem nada a ver com isso! O Espírito, esse sim pode ainda ser fraco e utilizar seu veículo carnal de forma inadequada, como um mal motorista que dirige o carro com imprudência, e pode vir a sofrer um acidente.
  • 13. O Senhor Vem... MUITA PAZ !!!!