SlideShare uma empresa Scribd logo
Disciplina: Filosofia da Educação
   Acadêmicas: Dafne Sousa
                  Kellen Pena
                  Pablinny Cunha
                   Poliana Silva
                   Priscila Leal
                   Wilza Carla
As Contribuições da Filosofia    da
Educação para o Ensino Médio
Profissionalizante em Magistério

 “O professor, sobretudo de 2º grau, deve
 introduzir seu aluno na experiência
 inaugural    do    estranhamento,  num
 desenraizamento que fisgue do falatório
 (do repetir e repassar adiante a mesma
 fala), ativando-lhe a curiosidade pelas
 possibilidades    e    ambiguidade  dos
 discursos”(FABRINI,1995)
A pesquisa              teve       como
objetivos:
• Analisar as contribuições da filosofia da
  educação para o ensino médio
  profissionalizante em magistério
• Refletir sobre a prática educativa dos
  professores desta disciplina
• Identificar a representação que os
  educandos possuíam da filosofia
• A importância que ela passou a
  apresentar ou não para eles durante os
  seus estudos
O estudo foi realizado em duas
escolas públicas de Belém:

•   Escola Estadual de Ensino
    Fundamental e Médio Luís Nunes
    de Direito
•   Escola Estadual de Ensino
    Fundamental e Médio Joaquim
    Viana.
Teve como procedimentos:


•   Observações em sala de aula;

•   Questionários (alunos);

•   Entrevista (professores).
Reflexões Acerca do Ensino de
Filosofia no Ensino Médio

•   A filosofia é uma saber que leva o
    homem a uma reflexão mais rigorosa
    e radical sobre ele mesmo e sobre o
    mundo com o qual interage.

•   A filosofia não é um saber inútil.
“A filosofia é uma forma de
conhecimento que interpretando o
mundo cria uma concepção coerente
e sistêmica que possibilita uma forma
de ação efetiva”. (Luckesi)
Caracterização dos Sujeitos da
Pesquisa
                 Pesquisa com 67 alunos




                                                alunos 67
 feminino


masculino


            0%   20%   40%   60%   80%   100%
Tabela dos estudantes do ensino médio


 Estão terminando o E.
    M. normalmente



Pararam de estudar por
 um período de 1 à 16
         anos                                   Estudantes



  Terminaram o E.M. e
        estão se
   profissionalizando


                         0%   20%   40%   60%
Tabela de profissões dos estudantes


Não informaram suas
     profissões




 Profissões variadas
                                              Estudantes




  Apena estudantes



                       0%   20%   40%   60%
Em uma entrevista realizada entre
os anos 2000 e 2001, com duas
professoras formadas em pedagogia
e ambas habilitadas em Orientação
Escolar e Especialistas em Educação
Infantil,    declararam      estarem
trabalhando pela primeira vez com
turmas de filosofia da educação e em
2001 continuaram atuando nesta
disciplina.
Dentre estas dificuldades podemos
citar a falta de recursos dentro da
escola como sala de vídeo e
biblioteca equipada com livros
atualizados.

  Grande       parte    dos      alunos
tem, ainda, dificuldades na leitura, na
escrita    e     na     oratória     se
recusando,      muitas    vezes,      a
manifestar oralmente suas ideias.
Os professores não são os únicos
culpados pela precariedade de nossa
educação, e nem os únicos que
poderão salvá-la desta situação.
O Primeiro Olhar dos Alunos
sobre Filosofia da Educação: O
Iniciar do Ano Letivo
“...ninguém precisa de Filosofia para
refletir sobre o que quer que seja:
acredita-se dar muito à filosofia
fazendo dela a arte da reflexão, mas
retira-se    tudo    dela,    pois     os
matemáticos como tais não esperam
jamais os filósofos para refletir sobre a
matemática, nem os artistas sobre a
pintura ou a música.” (DELEUZE &
GUATTARI, 1992)[4].
•   Reflexão crítica
•   Repensar sobre o homem
•   Busca de conhecimento
•   Filosofia de vida
•    Estudo sobre assuntos referentes ao
    passado
•   Filosofia relacionada à educação
•   Filosofia ensina direitos e deveres
•   Filosofia ensina temas religiosos
•   Atitude de questionamento
•   Não soube responder
•   Necessidade de novas metodologias
•    Mais aulas de Filosofia
•    Trabalhar a participação/dedicação
    dos alunos
•    Que o professor mudasse o seu
    comportamento
•    Mais materiais didáticos para a escola
•    Que o professor estabelecesse uma
    relação entre o assunto trabalhado e a
    realidade
•    Melhor explicação da matéria
•    Não tem sugestões/em branco
As Contribuições da Filosofia da
Educação ao Final de Mais um
Período Letivo
• Reflexão que conduz à compreensão da
  realidade
• Atitude crítica
• Construção do conhecimento
• Definição de Filosofia
• Dimensão ética
• Filosofia ligada à História
• Estudar a Filosofia de vida
• Filosofia ligada ao ensino
• Não souberam responder
•   Para que o professor ajude na
    construção da atitude crítica no aluno.
•   Para que o professor tenha uma práxis
    (reflexão-ação) educativa.
•   Para o melhoramento da relação
    professor x aluno.
•   Para o aprimoramento da prática
    docente.
•   Para uma melhor compreensão do
    homem.
•   Para o exercício da reflexão.
“....a tarefa da Filosofia é ser
reflexão      da       prática;   é
orientar, organizar e fundamentar a
atividade prática do homem, com
vistas à transformação efetiva da
realidade”. (CARTOLANO, 1985)[3].
Com relação a metodologia
utilizada pelos professores, as mais
citadas pelos alunos foram trabalhos
em grupo, pesquisa e debate que
comparada a pesquisa realizada no
ano de 2001 se nota uma
diferença, pois no ano de 2001 os
alunos citaram como metodologias
mais utilizadas pesquisa, debate e
aulas expositivas.
“...para que o acesso dos jovens à
aventura do pensamento filosófico
seja possível é necessário que
tenhamos bons professores de
Filosofia”.       (GALLO         &
KOHAN, 2000)[5].
Conclusão
    O estudo que foi realizado permitiu
conhecer melhor a realidade da
filosofia no ensino médio- modalidade
normal – em Belém.
    Nele pode-se verificar que a maioria
dos      alunos,    participantes      da
pesquisa,     chegam       a   disciplina
despojados          de          qualquer
representação, ou seja, sem nenhum
conhecimento prévio dela.
Desta forma, acredita-se que a
maior contribuição que a Filosofia da
Educação ofereceu para esses
alunos em um ano foi conduzi-los a
uma atitude muito inaugural, bem
inicial,  de     estranhamento     da
realidade, que talvez tenha conduzido
alguns deles, a algumas reflexões
críticas a cerca da realidade
circundante.
Equipe 1 de filosofia
Equipe 1 de filosofia

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

PROFESSORES INICIANTES, EXPERIENTES E PESQUISADORES EM GRUPO COLABORATIVO: NA...
PROFESSORES INICIANTES, EXPERIENTES E PESQUISADORES EM GRUPO COLABORATIVO: NA...PROFESSORES INICIANTES, EXPERIENTES E PESQUISADORES EM GRUPO COLABORATIVO: NA...
PROFESSORES INICIANTES, EXPERIENTES E PESQUISADORES EM GRUPO COLABORATIVO: NA...
ProfessorPrincipiante
 
El acompañamento a la prática y la inserción: desafios, perfiles y responsabi...
El acompañamento a la prática y la inserción: desafios, perfiles y responsabi...El acompañamento a la prática y la inserción: desafios, perfiles y responsabi...
El acompañamento a la prática y la inserción: desafios, perfiles y responsabi...
ProfessorPrincipiante
 
Welson
WelsonWelson
A constituição do professor que trabalha com literatura infantojuvenil na per...
A constituição do professor que trabalha com literatura infantojuvenil na per...A constituição do professor que trabalha com literatura infantojuvenil na per...
A constituição do professor que trabalha com literatura infantojuvenil na per...
Arnaldo Alves
 
O INÍCIO DA CARREIRA DOCENTE NA EDUCAÇÃO FÍSICA: UM OLHAR A PARTIR DOS DIÁRIO...
O INÍCIO DA CARREIRA DOCENTE NA EDUCAÇÃO FÍSICA: UM OLHAR A PARTIR DOS DIÁRIO...O INÍCIO DA CARREIRA DOCENTE NA EDUCAÇÃO FÍSICA: UM OLHAR A PARTIR DOS DIÁRIO...
O INÍCIO DA CARREIRA DOCENTE NA EDUCAÇÃO FÍSICA: UM OLHAR A PARTIR DOS DIÁRIO...
ProfessorPrincipiante
 
Pedagogia liberal
Pedagogia liberalPedagogia liberal
Pedagogia liberal
wyllma santos
 
O professor-seu-saber-e-sua-pesquisa-menga-ludke
O professor-seu-saber-e-sua-pesquisa-menga-ludkeO professor-seu-saber-e-sua-pesquisa-menga-ludke
O professor-seu-saber-e-sua-pesquisa-menga-ludke
PROIDDBahiana
 
Elisabeteribeiro andreia santos_micheleazevedo
Elisabeteribeiro andreia santos_micheleazevedoElisabeteribeiro andreia santos_micheleazevedo
Elisabeteribeiro andreia santos_micheleazevedo
Bebeti05
 
Petroni e souza, 2010
Petroni e souza, 2010Petroni e souza, 2010
Petroni e souza, 2010
prosped
 
Modelos de organização curricular
Modelos de organização curricularModelos de organização curricular
Modelos de organização curricular
Ministério da Educação
 
Percepções e olhares sobre Orientação Educacional no Brasil: um estado da art...
Percepções e olhares sobre Orientação Educacional no Brasil: um estado da art...Percepções e olhares sobre Orientação Educacional no Brasil: um estado da art...
Percepções e olhares sobre Orientação Educacional no Brasil: um estado da art...
LOCIMAR MASSALAI
 
Tendencias pedagogicas
Tendencias pedagogicasTendencias pedagogicas
Tendencias pedagogicas
wladimir
 
1.9 quadro sintese das tendências pedagógicas (1)
1.9 quadro sintese das tendências pedagógicas (1)1.9 quadro sintese das tendências pedagógicas (1)
1.9 quadro sintese das tendências pedagógicas (1)
Eduardo Lopes
 
O curriculo
O curriculoO curriculo
O curriculo
Germano Minezes
 
Fundamentos sociológicos da educação
Fundamentos sociológicos da educaçãoFundamentos sociológicos da educação
Fundamentos sociológicos da educação
Fabio dos Santos Oliveira
 
"Tendências pedagógicas"
"Tendências pedagógicas""Tendências pedagógicas"
"Tendências pedagógicas"
Cléo Lima
 

Mais procurados (16)

PROFESSORES INICIANTES, EXPERIENTES E PESQUISADORES EM GRUPO COLABORATIVO: NA...
PROFESSORES INICIANTES, EXPERIENTES E PESQUISADORES EM GRUPO COLABORATIVO: NA...PROFESSORES INICIANTES, EXPERIENTES E PESQUISADORES EM GRUPO COLABORATIVO: NA...
PROFESSORES INICIANTES, EXPERIENTES E PESQUISADORES EM GRUPO COLABORATIVO: NA...
 
El acompañamento a la prática y la inserción: desafios, perfiles y responsabi...
El acompañamento a la prática y la inserción: desafios, perfiles y responsabi...El acompañamento a la prática y la inserción: desafios, perfiles y responsabi...
El acompañamento a la prática y la inserción: desafios, perfiles y responsabi...
 
Welson
WelsonWelson
Welson
 
A constituição do professor que trabalha com literatura infantojuvenil na per...
A constituição do professor que trabalha com literatura infantojuvenil na per...A constituição do professor que trabalha com literatura infantojuvenil na per...
A constituição do professor que trabalha com literatura infantojuvenil na per...
 
O INÍCIO DA CARREIRA DOCENTE NA EDUCAÇÃO FÍSICA: UM OLHAR A PARTIR DOS DIÁRIO...
O INÍCIO DA CARREIRA DOCENTE NA EDUCAÇÃO FÍSICA: UM OLHAR A PARTIR DOS DIÁRIO...O INÍCIO DA CARREIRA DOCENTE NA EDUCAÇÃO FÍSICA: UM OLHAR A PARTIR DOS DIÁRIO...
O INÍCIO DA CARREIRA DOCENTE NA EDUCAÇÃO FÍSICA: UM OLHAR A PARTIR DOS DIÁRIO...
 
Pedagogia liberal
Pedagogia liberalPedagogia liberal
Pedagogia liberal
 
O professor-seu-saber-e-sua-pesquisa-menga-ludke
O professor-seu-saber-e-sua-pesquisa-menga-ludkeO professor-seu-saber-e-sua-pesquisa-menga-ludke
O professor-seu-saber-e-sua-pesquisa-menga-ludke
 
Elisabeteribeiro andreia santos_micheleazevedo
Elisabeteribeiro andreia santos_micheleazevedoElisabeteribeiro andreia santos_micheleazevedo
Elisabeteribeiro andreia santos_micheleazevedo
 
Petroni e souza, 2010
Petroni e souza, 2010Petroni e souza, 2010
Petroni e souza, 2010
 
Modelos de organização curricular
Modelos de organização curricularModelos de organização curricular
Modelos de organização curricular
 
Percepções e olhares sobre Orientação Educacional no Brasil: um estado da art...
Percepções e olhares sobre Orientação Educacional no Brasil: um estado da art...Percepções e olhares sobre Orientação Educacional no Brasil: um estado da art...
Percepções e olhares sobre Orientação Educacional no Brasil: um estado da art...
 
Tendencias pedagogicas
Tendencias pedagogicasTendencias pedagogicas
Tendencias pedagogicas
 
1.9 quadro sintese das tendências pedagógicas (1)
1.9 quadro sintese das tendências pedagógicas (1)1.9 quadro sintese das tendências pedagógicas (1)
1.9 quadro sintese das tendências pedagógicas (1)
 
O curriculo
O curriculoO curriculo
O curriculo
 
Fundamentos sociológicos da educação
Fundamentos sociológicos da educaçãoFundamentos sociológicos da educação
Fundamentos sociológicos da educação
 
"Tendências pedagógicas"
"Tendências pedagógicas""Tendências pedagógicas"
"Tendências pedagógicas"
 

Semelhante a Equipe 1 de filosofia

O caso-da-professora-flora-sudan-villani-freitas
O caso-da-professora-flora-sudan-villani-freitasO caso-da-professora-flora-sudan-villani-freitas
O caso-da-professora-flora-sudan-villani-freitas
PROIDDBahiana
 
A crise da leitura na formação docente
A crise da leitura na formação docenteA crise da leitura na formação docente
A crise da leitura na formação docente
Magda Aparecida Lombardi Ferreira
 
A autonomia, filosofia e aprendizagem significativa
A autonomia, filosofia e aprendizagem significativaA autonomia, filosofia e aprendizagem significativa
A autonomia, filosofia e aprendizagem significativa
Andréa Kochhann
 
Introducao-sobre-Libâneo.pptx_20240308_212613_0000.pptx
Introducao-sobre-Libâneo.pptx_20240308_212613_0000.pptxIntroducao-sobre-Libâneo.pptx_20240308_212613_0000.pptx
Introducao-sobre-Libâneo.pptx_20240308_212613_0000.pptx
gabrieladesousa54
 
AULA 2 - METODOLOGIA ENSINO 2016.pptx
AULA 2 - METODOLOGIA ENSINO 2016.pptxAULA 2 - METODOLOGIA ENSINO 2016.pptx
AULA 2 - METODOLOGIA ENSINO 2016.pptx
AndrDioneyFonseca
 
Portfólio pronto
Portfólio prontoPortfólio pronto
Portfólio pronto
familiaestagio
 
Formação de docentes
Formação de docentesFormação de docentes
Formação de docentes
rosangelamenta
 
A DINÂMICA INTERATIVA DE UM GRUPO AUTÔNOMO DE PROFESSORES-PESQUISADORES EM RE...
A DINÂMICA INTERATIVA DE UM GRUPO AUTÔNOMO DE PROFESSORES-PESQUISADORES EM RE...A DINÂMICA INTERATIVA DE UM GRUPO AUTÔNOMO DE PROFESSORES-PESQUISADORES EM RE...
A DINÂMICA INTERATIVA DE UM GRUPO AUTÔNOMO DE PROFESSORES-PESQUISADORES EM RE...
ProfessorPrincipiante
 
Oficio Professor
Oficio ProfessorOficio Professor
Oficio Professor
carlosvilhena
 
~PROFESSORES INCIANTES: TEORIAS, PRÁTICAS, DILEMAS E DESAFIOS
~PROFESSORES INCIANTES: TEORIAS, PRÁTICAS, DILEMAS E DESAFIOS~PROFESSORES INCIANTES: TEORIAS, PRÁTICAS, DILEMAS E DESAFIOS
~PROFESSORES INCIANTES: TEORIAS, PRÁTICAS, DILEMAS E DESAFIOS
ProfessorPrincipiante
 
Colosse.docx
Colosse.docxColosse.docx
Colosse.docx
Joaquim Lemane
 
A construção da identidade pedagógica uff
A construção da identidade pedagógica uffA construção da identidade pedagógica uff
A construção da identidade pedagógica uff
TeacherRach
 
Slides- Docência no ensino superior.pptx
Slides- Docência no ensino superior.pptxSlides- Docência no ensino superior.pptx
Slides- Docência no ensino superior.pptx
RonaldoGueiros
 
Educação de Jovens e Adultos
Educação de Jovens e Adultos Educação de Jovens e Adultos
Educação de Jovens e Adultos
secretaria de Educação do Estado de São Paulo
 
Portfólio
PortfólioPortfólio
Portfólio
angelafrc
 
O PAPEL DAS PRÁTICAS DE LICENCIATURA NO DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL DE PROFE...
O PAPEL DAS PRÁTICAS DE LICENCIATURA NO DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL DE PROFE...O PAPEL DAS PRÁTICAS DE LICENCIATURA NO DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL DE PROFE...
O PAPEL DAS PRÁTICAS DE LICENCIATURA NO DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL DE PROFE...
ProfessorPrincipiante
 
A metodologia fílmica para a aprendizagem significativa
A metodologia fílmica para a aprendizagem significativa A metodologia fílmica para a aprendizagem significativa
A metodologia fílmica para a aprendizagem significativa
Andréa Kochhann
 
Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Fundamental - Ivete Mantovani
Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Fundamental - Ivete MantovaniDiretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Fundamental - Ivete Mantovani
Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Fundamental - Ivete Mantovani
IveteMantovani
 
Portifólio
 Portifólio Portifólio
Portifólio
familiaestagio
 
Apresentaçãoç jornada de educ. 13
Apresentaçãoç  jornada de educ. 13Apresentaçãoç  jornada de educ. 13
Apresentaçãoç jornada de educ. 13
Kássia Quadros Ferreira
 

Semelhante a Equipe 1 de filosofia (20)

O caso-da-professora-flora-sudan-villani-freitas
O caso-da-professora-flora-sudan-villani-freitasO caso-da-professora-flora-sudan-villani-freitas
O caso-da-professora-flora-sudan-villani-freitas
 
A crise da leitura na formação docente
A crise da leitura na formação docenteA crise da leitura na formação docente
A crise da leitura na formação docente
 
A autonomia, filosofia e aprendizagem significativa
A autonomia, filosofia e aprendizagem significativaA autonomia, filosofia e aprendizagem significativa
A autonomia, filosofia e aprendizagem significativa
 
Introducao-sobre-Libâneo.pptx_20240308_212613_0000.pptx
Introducao-sobre-Libâneo.pptx_20240308_212613_0000.pptxIntroducao-sobre-Libâneo.pptx_20240308_212613_0000.pptx
Introducao-sobre-Libâneo.pptx_20240308_212613_0000.pptx
 
AULA 2 - METODOLOGIA ENSINO 2016.pptx
AULA 2 - METODOLOGIA ENSINO 2016.pptxAULA 2 - METODOLOGIA ENSINO 2016.pptx
AULA 2 - METODOLOGIA ENSINO 2016.pptx
 
Portfólio pronto
Portfólio prontoPortfólio pronto
Portfólio pronto
 
Formação de docentes
Formação de docentesFormação de docentes
Formação de docentes
 
A DINÂMICA INTERATIVA DE UM GRUPO AUTÔNOMO DE PROFESSORES-PESQUISADORES EM RE...
A DINÂMICA INTERATIVA DE UM GRUPO AUTÔNOMO DE PROFESSORES-PESQUISADORES EM RE...A DINÂMICA INTERATIVA DE UM GRUPO AUTÔNOMO DE PROFESSORES-PESQUISADORES EM RE...
A DINÂMICA INTERATIVA DE UM GRUPO AUTÔNOMO DE PROFESSORES-PESQUISADORES EM RE...
 
Oficio Professor
Oficio ProfessorOficio Professor
Oficio Professor
 
~PROFESSORES INCIANTES: TEORIAS, PRÁTICAS, DILEMAS E DESAFIOS
~PROFESSORES INCIANTES: TEORIAS, PRÁTICAS, DILEMAS E DESAFIOS~PROFESSORES INCIANTES: TEORIAS, PRÁTICAS, DILEMAS E DESAFIOS
~PROFESSORES INCIANTES: TEORIAS, PRÁTICAS, DILEMAS E DESAFIOS
 
Colosse.docx
Colosse.docxColosse.docx
Colosse.docx
 
A construção da identidade pedagógica uff
A construção da identidade pedagógica uffA construção da identidade pedagógica uff
A construção da identidade pedagógica uff
 
Slides- Docência no ensino superior.pptx
Slides- Docência no ensino superior.pptxSlides- Docência no ensino superior.pptx
Slides- Docência no ensino superior.pptx
 
Educação de Jovens e Adultos
Educação de Jovens e Adultos Educação de Jovens e Adultos
Educação de Jovens e Adultos
 
Portfólio
PortfólioPortfólio
Portfólio
 
O PAPEL DAS PRÁTICAS DE LICENCIATURA NO DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL DE PROFE...
O PAPEL DAS PRÁTICAS DE LICENCIATURA NO DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL DE PROFE...O PAPEL DAS PRÁTICAS DE LICENCIATURA NO DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL DE PROFE...
O PAPEL DAS PRÁTICAS DE LICENCIATURA NO DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL DE PROFE...
 
A metodologia fílmica para a aprendizagem significativa
A metodologia fílmica para a aprendizagem significativa A metodologia fílmica para a aprendizagem significativa
A metodologia fílmica para a aprendizagem significativa
 
Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Fundamental - Ivete Mantovani
Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Fundamental - Ivete MantovaniDiretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Fundamental - Ivete Mantovani
Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Fundamental - Ivete Mantovani
 
Portifólio
 Portifólio Portifólio
Portifólio
 
Apresentaçãoç jornada de educ. 13
Apresentaçãoç  jornada de educ. 13Apresentaçãoç  jornada de educ. 13
Apresentaçãoç jornada de educ. 13
 

Mais de Gisele Boucherville

Apresentação 1 atividade 2 simão
Apresentação 1  atividade 2 simãoApresentação 1  atividade 2 simão
Apresentação 1 atividade 2 simão
Gisele Boucherville
 
Power point da filosofia da educaçao
Power point da filosofia da educaçaoPower point da filosofia da educaçao
Power point da filosofia da educaçao
Gisele Boucherville
 
Parsons - O Sistema das Sociedades Modernas
Parsons - O Sistema das Sociedades ModernasParsons - O Sistema das Sociedades Modernas
Parsons - O Sistema das Sociedades Modernas
Gisele Boucherville
 
Puc anisio teixeira
Puc anisio teixeiraPuc anisio teixeira
Puc anisio teixeira
Gisele Boucherville
 
Puc apresentacao preprojeto puc aprendendo a aprender
Puc apresentacao preprojeto puc aprendendo a aprenderPuc apresentacao preprojeto puc aprendendo a aprender
Puc apresentacao preprojeto puc aprendendo a aprender
Gisele Boucherville
 
Apresentação de filosofia
Apresentação de filosofiaApresentação de filosofia
Apresentação de filosofia
Gisele Boucherville
 
Trabalho de filosofia
Trabalho de filosofiaTrabalho de filosofia
Trabalho de filosofia
Gisele Boucherville
 
Filosofia
FilosofiaFilosofia
Trabalho de filosofia
Trabalho de filosofiaTrabalho de filosofia
Trabalho de filosofia
Gisele Boucherville
 
Trabalho de filosofia
Trabalho de filosofiaTrabalho de filosofia
Trabalho de filosofia
Gisele Boucherville
 
Filosofia
FilosofiaFilosofia

Mais de Gisele Boucherville (11)

Apresentação 1 atividade 2 simão
Apresentação 1  atividade 2 simãoApresentação 1  atividade 2 simão
Apresentação 1 atividade 2 simão
 
Power point da filosofia da educaçao
Power point da filosofia da educaçaoPower point da filosofia da educaçao
Power point da filosofia da educaçao
 
Parsons - O Sistema das Sociedades Modernas
Parsons - O Sistema das Sociedades ModernasParsons - O Sistema das Sociedades Modernas
Parsons - O Sistema das Sociedades Modernas
 
Puc anisio teixeira
Puc anisio teixeiraPuc anisio teixeira
Puc anisio teixeira
 
Puc apresentacao preprojeto puc aprendendo a aprender
Puc apresentacao preprojeto puc aprendendo a aprenderPuc apresentacao preprojeto puc aprendendo a aprender
Puc apresentacao preprojeto puc aprendendo a aprender
 
Apresentação de filosofia
Apresentação de filosofiaApresentação de filosofia
Apresentação de filosofia
 
Trabalho de filosofia
Trabalho de filosofiaTrabalho de filosofia
Trabalho de filosofia
 
Filosofia
FilosofiaFilosofia
Filosofia
 
Trabalho de filosofia
Trabalho de filosofiaTrabalho de filosofia
Trabalho de filosofia
 
Trabalho de filosofia
Trabalho de filosofiaTrabalho de filosofia
Trabalho de filosofia
 
Filosofia
FilosofiaFilosofia
Filosofia
 

Equipe 1 de filosofia

  • 1. Disciplina: Filosofia da Educação Acadêmicas: Dafne Sousa Kellen Pena Pablinny Cunha Poliana Silva Priscila Leal Wilza Carla
  • 2. As Contribuições da Filosofia da Educação para o Ensino Médio Profissionalizante em Magistério “O professor, sobretudo de 2º grau, deve introduzir seu aluno na experiência inaugural do estranhamento, num desenraizamento que fisgue do falatório (do repetir e repassar adiante a mesma fala), ativando-lhe a curiosidade pelas possibilidades e ambiguidade dos discursos”(FABRINI,1995)
  • 3. A pesquisa teve como objetivos: • Analisar as contribuições da filosofia da educação para o ensino médio profissionalizante em magistério • Refletir sobre a prática educativa dos professores desta disciplina • Identificar a representação que os educandos possuíam da filosofia • A importância que ela passou a apresentar ou não para eles durante os seus estudos
  • 4. O estudo foi realizado em duas escolas públicas de Belém: • Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Luís Nunes de Direito • Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Joaquim Viana.
  • 5. Teve como procedimentos: • Observações em sala de aula; • Questionários (alunos); • Entrevista (professores).
  • 6. Reflexões Acerca do Ensino de Filosofia no Ensino Médio • A filosofia é uma saber que leva o homem a uma reflexão mais rigorosa e radical sobre ele mesmo e sobre o mundo com o qual interage. • A filosofia não é um saber inútil.
  • 7. “A filosofia é uma forma de conhecimento que interpretando o mundo cria uma concepção coerente e sistêmica que possibilita uma forma de ação efetiva”. (Luckesi)
  • 8. Caracterização dos Sujeitos da Pesquisa Pesquisa com 67 alunos alunos 67 feminino masculino 0% 20% 40% 60% 80% 100%
  • 9. Tabela dos estudantes do ensino médio Estão terminando o E. M. normalmente Pararam de estudar por um período de 1 à 16 anos Estudantes Terminaram o E.M. e estão se profissionalizando 0% 20% 40% 60%
  • 10. Tabela de profissões dos estudantes Não informaram suas profissões Profissões variadas Estudantes Apena estudantes 0% 20% 40% 60%
  • 11. Em uma entrevista realizada entre os anos 2000 e 2001, com duas professoras formadas em pedagogia e ambas habilitadas em Orientação Escolar e Especialistas em Educação Infantil, declararam estarem trabalhando pela primeira vez com turmas de filosofia da educação e em 2001 continuaram atuando nesta disciplina.
  • 12. Dentre estas dificuldades podemos citar a falta de recursos dentro da escola como sala de vídeo e biblioteca equipada com livros atualizados. Grande parte dos alunos tem, ainda, dificuldades na leitura, na escrita e na oratória se recusando, muitas vezes, a manifestar oralmente suas ideias.
  • 13. Os professores não são os únicos culpados pela precariedade de nossa educação, e nem os únicos que poderão salvá-la desta situação.
  • 14. O Primeiro Olhar dos Alunos sobre Filosofia da Educação: O Iniciar do Ano Letivo “...ninguém precisa de Filosofia para refletir sobre o que quer que seja: acredita-se dar muito à filosofia fazendo dela a arte da reflexão, mas retira-se tudo dela, pois os matemáticos como tais não esperam jamais os filósofos para refletir sobre a matemática, nem os artistas sobre a pintura ou a música.” (DELEUZE & GUATTARI, 1992)[4].
  • 15. Reflexão crítica • Repensar sobre o homem • Busca de conhecimento • Filosofia de vida • Estudo sobre assuntos referentes ao passado • Filosofia relacionada à educação • Filosofia ensina direitos e deveres • Filosofia ensina temas religiosos • Atitude de questionamento • Não soube responder
  • 16. Necessidade de novas metodologias • Mais aulas de Filosofia • Trabalhar a participação/dedicação dos alunos • Que o professor mudasse o seu comportamento • Mais materiais didáticos para a escola • Que o professor estabelecesse uma relação entre o assunto trabalhado e a realidade • Melhor explicação da matéria • Não tem sugestões/em branco
  • 17. As Contribuições da Filosofia da Educação ao Final de Mais um Período Letivo • Reflexão que conduz à compreensão da realidade • Atitude crítica • Construção do conhecimento • Definição de Filosofia • Dimensão ética • Filosofia ligada à História • Estudar a Filosofia de vida • Filosofia ligada ao ensino • Não souberam responder
  • 18. Para que o professor ajude na construção da atitude crítica no aluno. • Para que o professor tenha uma práxis (reflexão-ação) educativa. • Para o melhoramento da relação professor x aluno. • Para o aprimoramento da prática docente. • Para uma melhor compreensão do homem. • Para o exercício da reflexão.
  • 19. “....a tarefa da Filosofia é ser reflexão da prática; é orientar, organizar e fundamentar a atividade prática do homem, com vistas à transformação efetiva da realidade”. (CARTOLANO, 1985)[3].
  • 20. Com relação a metodologia utilizada pelos professores, as mais citadas pelos alunos foram trabalhos em grupo, pesquisa e debate que comparada a pesquisa realizada no ano de 2001 se nota uma diferença, pois no ano de 2001 os alunos citaram como metodologias mais utilizadas pesquisa, debate e aulas expositivas.
  • 21. “...para que o acesso dos jovens à aventura do pensamento filosófico seja possível é necessário que tenhamos bons professores de Filosofia”. (GALLO & KOHAN, 2000)[5].
  • 22. Conclusão O estudo que foi realizado permitiu conhecer melhor a realidade da filosofia no ensino médio- modalidade normal – em Belém. Nele pode-se verificar que a maioria dos alunos, participantes da pesquisa, chegam a disciplina despojados de qualquer representação, ou seja, sem nenhum conhecimento prévio dela.
  • 23. Desta forma, acredita-se que a maior contribuição que a Filosofia da Educação ofereceu para esses alunos em um ano foi conduzi-los a uma atitude muito inaugural, bem inicial, de estranhamento da realidade, que talvez tenha conduzido alguns deles, a algumas reflexões críticas a cerca da realidade circundante.