SlideShare uma empresa Scribd logo
Universidade Positivo  Especialização em Engenharia de Software Engenharia de Requisitos Tiago Barros  |  [email_address]
Conteúdo da aula ,[object Object],[object Object],[object Object]
Processo de engenharia de requisitos Estudos de Viabilidade Elicitação e análise de requisitos Especificação e documentação de requisitos Validação de requisitos Gerenciamento de requisitos e mudanças
Validação de requisitos
Validação de requisitos ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Validação de requisitos ,[object Object],Validação de requisitos Documento  de requisitos Conhecimento organizacional Padrões  organizacionais Lista de problemas Documento  de requisitos validado correção
Validação de requisitos ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Revisão do documento de requisitos ,[object Object],[object Object]
Revisão do documento de requisitos ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Revisão do documento de requisitos ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Prática ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Prototipagem ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Teste de usabilidade ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Testes de requisitos ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Gerenciamento de requisitos
Gerenciamento de requisitos ,[object Object],[object Object],[object Object]
Gerenciamento de requisitos ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Gerenciamento de mudanças ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Gerenciamento de mudanças ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Ferramentas
GForge Tracker ,[object Object]
GForge Tracker
GForge Tracker
Mantis bug tracker ,[object Object]
Mantis bug tracker
Mantis bug tracker - exemplo
Requirements Management tools ,[object Object]
Prática ,[object Object]
[object Object]

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Gerência de Requisitos
Gerência de RequisitosGerência de Requisitos
Gerência de Requisitos
Mauricio Volkweis Astiazara
 
Práticas de Desenvolvimento de Software
Práticas de Desenvolvimento de SoftwarePráticas de Desenvolvimento de Software
Práticas de Desenvolvimento de Software
Tiago Barros
 
Definição e classificação dos requisitos
Definição e classificação dos requisitosDefinição e classificação dos requisitos
Definição e classificação dos requisitos
ETEIT - Escola Técnica da Univale
 
Engenharia Requisitos - Aula4 06 03 2006
Engenharia Requisitos - Aula4 06 03 2006Engenharia Requisitos - Aula4 06 03 2006
Engenharia Requisitos - Aula4 06 03 2006
Luís Fernando Richter
 
Engenharia Requisitos - Método RON
Engenharia Requisitos - Método RONEngenharia Requisitos - Método RON
Engenharia Requisitos - Método RON
Eduardo Castro
 
Engenharia de requisitos
Engenharia de requisitosEngenharia de requisitos
Engenharia de requisitos
Tamires Guedes
 
Es capítulo 4 - engenharia de requisitos
Es   capítulo 4  - engenharia de requisitosEs   capítulo 4  - engenharia de requisitos
Es capítulo 4 - engenharia de requisitos
Felipe Oliveira
 
Análise de Sistemas - Requisitos (Revisão e Requisitos Suplementares)
Análise de Sistemas - Requisitos (Revisão e Requisitos Suplementares)Análise de Sistemas - Requisitos (Revisão e Requisitos Suplementares)
Análise de Sistemas - Requisitos (Revisão e Requisitos Suplementares)
Rosanete Grassiani dos Santos
 
engenharia-de-requisitos
engenharia-de-requisitosengenharia-de-requisitos
engenharia-de-requisitos
Fábio Nogueira de Lucena
 
Especificação de Requisitos de Software
Especificação de Requisitos de SoftwareEspecificação de Requisitos de Software
Especificação de Requisitos de Software
Ralph Rassweiler
 
Aula3 engenharia requisitos
Aula3 engenharia requisitosAula3 engenharia requisitos
Aula3 engenharia requisitos
Computação Depressão
 
Analise de Requisitos
Analise de RequisitosAnalise de Requisitos
Analise de Requisitos
elliando dias
 
Aula4 levantamento requisitos
Aula4 levantamento requisitosAula4 levantamento requisitos
Aula4 levantamento requisitos
Computação Depressão
 
Fundamentos de Engenharia de Requisitos
Fundamentos de Engenharia de RequisitosFundamentos de Engenharia de Requisitos
Fundamentos de Engenharia de Requisitos
Barbara Lima
 
Ap i unidade 3 - levantamento de requisitos
Ap i   unidade 3 - levantamento de requisitosAp i   unidade 3 - levantamento de requisitos
Ap i unidade 3 - levantamento de requisitos
Glauber Aquino
 
Gerenciamento de Requisitos como Alternativa de Otimização na Manutenção de S...
Gerenciamento de Requisitos como Alternativa de Otimização na Manutenção de S...Gerenciamento de Requisitos como Alternativa de Otimização na Manutenção de S...
Gerenciamento de Requisitos como Alternativa de Otimização na Manutenção de S...
Marcelo Schumacher
 
Princípios Fundamentais da Análise de Requisitos
Princípios Fundamentais da Análise de RequisitosPrincípios Fundamentais da Análise de Requisitos
Princípios Fundamentais da Análise de Requisitos
elliando dias
 
1 requisitos funcionais e não funcionais ok
1  requisitos funcionais e não funcionais ok1  requisitos funcionais e não funcionais ok
1 requisitos funcionais e não funcionais okMarcos Morais de Sousa
 
Principais Técnicas de Elicitação de Requisitos
Principais Técnicas de Elicitação de RequisitosPrincipais Técnicas de Elicitação de Requisitos
Principais Técnicas de Elicitação de Requisitos
Norton Guimarães
 
Análise de Sistemas Orientado a Objetos - 02
Análise de Sistemas Orientado a Objetos - 02Análise de Sistemas Orientado a Objetos - 02
Análise de Sistemas Orientado a Objetos - 02
Danielle Ballester, PMP,PSM,SFC,SDC,SMC,SPOC,SCT
 

Mais procurados (20)

Gerência de Requisitos
Gerência de RequisitosGerência de Requisitos
Gerência de Requisitos
 
Práticas de Desenvolvimento de Software
Práticas de Desenvolvimento de SoftwarePráticas de Desenvolvimento de Software
Práticas de Desenvolvimento de Software
 
Definição e classificação dos requisitos
Definição e classificação dos requisitosDefinição e classificação dos requisitos
Definição e classificação dos requisitos
 
Engenharia Requisitos - Aula4 06 03 2006
Engenharia Requisitos - Aula4 06 03 2006Engenharia Requisitos - Aula4 06 03 2006
Engenharia Requisitos - Aula4 06 03 2006
 
Engenharia Requisitos - Método RON
Engenharia Requisitos - Método RONEngenharia Requisitos - Método RON
Engenharia Requisitos - Método RON
 
Engenharia de requisitos
Engenharia de requisitosEngenharia de requisitos
Engenharia de requisitos
 
Es capítulo 4 - engenharia de requisitos
Es   capítulo 4  - engenharia de requisitosEs   capítulo 4  - engenharia de requisitos
Es capítulo 4 - engenharia de requisitos
 
Análise de Sistemas - Requisitos (Revisão e Requisitos Suplementares)
Análise de Sistemas - Requisitos (Revisão e Requisitos Suplementares)Análise de Sistemas - Requisitos (Revisão e Requisitos Suplementares)
Análise de Sistemas - Requisitos (Revisão e Requisitos Suplementares)
 
engenharia-de-requisitos
engenharia-de-requisitosengenharia-de-requisitos
engenharia-de-requisitos
 
Especificação de Requisitos de Software
Especificação de Requisitos de SoftwareEspecificação de Requisitos de Software
Especificação de Requisitos de Software
 
Aula3 engenharia requisitos
Aula3 engenharia requisitosAula3 engenharia requisitos
Aula3 engenharia requisitos
 
Analise de Requisitos
Analise de RequisitosAnalise de Requisitos
Analise de Requisitos
 
Aula4 levantamento requisitos
Aula4 levantamento requisitosAula4 levantamento requisitos
Aula4 levantamento requisitos
 
Fundamentos de Engenharia de Requisitos
Fundamentos de Engenharia de RequisitosFundamentos de Engenharia de Requisitos
Fundamentos de Engenharia de Requisitos
 
Ap i unidade 3 - levantamento de requisitos
Ap i   unidade 3 - levantamento de requisitosAp i   unidade 3 - levantamento de requisitos
Ap i unidade 3 - levantamento de requisitos
 
Gerenciamento de Requisitos como Alternativa de Otimização na Manutenção de S...
Gerenciamento de Requisitos como Alternativa de Otimização na Manutenção de S...Gerenciamento de Requisitos como Alternativa de Otimização na Manutenção de S...
Gerenciamento de Requisitos como Alternativa de Otimização na Manutenção de S...
 
Princípios Fundamentais da Análise de Requisitos
Princípios Fundamentais da Análise de RequisitosPrincípios Fundamentais da Análise de Requisitos
Princípios Fundamentais da Análise de Requisitos
 
1 requisitos funcionais e não funcionais ok
1  requisitos funcionais e não funcionais ok1  requisitos funcionais e não funcionais ok
1 requisitos funcionais e não funcionais ok
 
Principais Técnicas de Elicitação de Requisitos
Principais Técnicas de Elicitação de RequisitosPrincipais Técnicas de Elicitação de Requisitos
Principais Técnicas de Elicitação de Requisitos
 
Análise de Sistemas Orientado a Objetos - 02
Análise de Sistemas Orientado a Objetos - 02Análise de Sistemas Orientado a Objetos - 02
Análise de Sistemas Orientado a Objetos - 02
 

Destaque

3 unidade eng economica
3 unidade eng economica3 unidade eng economica
3 unidade eng economica
Moises Souza
 
Interfaces fisicas para dispositivos moveis
Interfaces fisicas para dispositivos moveisInterfaces fisicas para dispositivos moveis
Interfaces fisicas para dispositivos moveis
Tiago Barros
 
Técnicas de Prototipação II - Physical Computing - Aula 02
Técnicas de Prototipação II - Physical Computing - Aula 02Técnicas de Prototipação II - Physical Computing - Aula 02
Técnicas de Prototipação II - Physical Computing - Aula 02
Tiago Barros
 
O que falta na internet para as coisas?
O que falta na internet para as coisas?O que falta na internet para as coisas?
O que falta na internet para as coisas?
Tiago Barros
 
C.E.S.A.R Introducao ao Arduino
C.E.S.A.R Introducao ao ArduinoC.E.S.A.R Introducao ao Arduino
C.E.S.A.R Introducao ao Arduino
Tiago Barros
 
Introdução a Internet das Coisas
Introdução a Internet das CoisasIntrodução a Internet das Coisas
Introdução a Internet das Coisas
Tiago Barros
 
Curso de Arduino Completo
Curso de Arduino CompletoCurso de Arduino Completo
Curso de Arduino Completo
Tiago Barros
 
Técnicas de Elicitação de Requisitos
Técnicas de Elicitação de RequisitosTécnicas de Elicitação de Requisitos
Técnicas de Elicitação de Requisitos
Noaldo Sales
 
Gerenciamento de requisitos - NeoTalks - 05.05.2016
Gerenciamento de requisitos - NeoTalks - 05.05.2016Gerenciamento de requisitos - NeoTalks - 05.05.2016
Gerenciamento de requisitos - NeoTalks - 05.05.2016
Carlos Giovani Rodrigues
 
Dojo de Requisitos
Dojo de RequisitosDojo de Requisitos
Dojo de Requisitos
Marcelo Neves
 
Artigo Transp Sw
Artigo Transp SwArtigo Transp Sw
Artigo Transp Sw
transparenciadesoftware
 
Engenharia de requisitos para metodos ageis dissertacao
Engenharia de requisitos para metodos ageis   dissertacaoEngenharia de requisitos para metodos ageis   dissertacao
Engenharia de requisitos para metodos ageis dissertacao
tsblackboy
 
Como hospedar seu site
Como hospedar seu siteComo hospedar seu site
Como hospedar seu site
William Silva
 
Técnicas de Prototipação II - Physical Computing - Aula 03
Técnicas de Prototipação II - Physical Computing - Aula 03Técnicas de Prototipação II - Physical Computing - Aula 03
Técnicas de Prototipação II - Physical Computing - Aula 03
Tiago Barros
 
C.E.S.A.R - Prototipación Electronica en Diseño
C.E.S.A.R - Prototipación Electronica en DiseñoC.E.S.A.R - Prototipación Electronica en Diseño
C.E.S.A.R - Prototipación Electronica en Diseño
Tiago Barros
 
Técnicas de Prototipação II - LEGO Aula 03
Técnicas de Prototipação II - LEGO Aula 03Técnicas de Prototipação II - LEGO Aula 03
Técnicas de Prototipação II - LEGO Aula 03
Tiago Barros
 
06 Requisitos
06 Requisitos06 Requisitos
06 Requisitos
Waldemar Roberti
 
Smarts and Smarter
Smarts and SmarterSmarts and Smarter
Smarts and Smarter
Morgana Giorgia
 
Técnicas de Prototipação II - LEGO Aula 01
Técnicas de Prototipação II - LEGO Aula 01Técnicas de Prototipação II - LEGO Aula 01
Técnicas de Prototipação II - LEGO Aula 01
Tiago Barros
 
Relato Experiência Taxonomia SOLO
Relato Experiência Taxonomia SOLORelato Experiência Taxonomia SOLO
Relato Experiência Taxonomia SOLO
Camilo Almendra
 

Destaque (20)

3 unidade eng economica
3 unidade eng economica3 unidade eng economica
3 unidade eng economica
 
Interfaces fisicas para dispositivos moveis
Interfaces fisicas para dispositivos moveisInterfaces fisicas para dispositivos moveis
Interfaces fisicas para dispositivos moveis
 
Técnicas de Prototipação II - Physical Computing - Aula 02
Técnicas de Prototipação II - Physical Computing - Aula 02Técnicas de Prototipação II - Physical Computing - Aula 02
Técnicas de Prototipação II - Physical Computing - Aula 02
 
O que falta na internet para as coisas?
O que falta na internet para as coisas?O que falta na internet para as coisas?
O que falta na internet para as coisas?
 
C.E.S.A.R Introducao ao Arduino
C.E.S.A.R Introducao ao ArduinoC.E.S.A.R Introducao ao Arduino
C.E.S.A.R Introducao ao Arduino
 
Introdução a Internet das Coisas
Introdução a Internet das CoisasIntrodução a Internet das Coisas
Introdução a Internet das Coisas
 
Curso de Arduino Completo
Curso de Arduino CompletoCurso de Arduino Completo
Curso de Arduino Completo
 
Técnicas de Elicitação de Requisitos
Técnicas de Elicitação de RequisitosTécnicas de Elicitação de Requisitos
Técnicas de Elicitação de Requisitos
 
Gerenciamento de requisitos - NeoTalks - 05.05.2016
Gerenciamento de requisitos - NeoTalks - 05.05.2016Gerenciamento de requisitos - NeoTalks - 05.05.2016
Gerenciamento de requisitos - NeoTalks - 05.05.2016
 
Dojo de Requisitos
Dojo de RequisitosDojo de Requisitos
Dojo de Requisitos
 
Artigo Transp Sw
Artigo Transp SwArtigo Transp Sw
Artigo Transp Sw
 
Engenharia de requisitos para metodos ageis dissertacao
Engenharia de requisitos para metodos ageis   dissertacaoEngenharia de requisitos para metodos ageis   dissertacao
Engenharia de requisitos para metodos ageis dissertacao
 
Como hospedar seu site
Como hospedar seu siteComo hospedar seu site
Como hospedar seu site
 
Técnicas de Prototipação II - Physical Computing - Aula 03
Técnicas de Prototipação II - Physical Computing - Aula 03Técnicas de Prototipação II - Physical Computing - Aula 03
Técnicas de Prototipação II - Physical Computing - Aula 03
 
C.E.S.A.R - Prototipación Electronica en Diseño
C.E.S.A.R - Prototipación Electronica en DiseñoC.E.S.A.R - Prototipación Electronica en Diseño
C.E.S.A.R - Prototipación Electronica en Diseño
 
Técnicas de Prototipação II - LEGO Aula 03
Técnicas de Prototipação II - LEGO Aula 03Técnicas de Prototipação II - LEGO Aula 03
Técnicas de Prototipação II - LEGO Aula 03
 
06 Requisitos
06 Requisitos06 Requisitos
06 Requisitos
 
Smarts and Smarter
Smarts and SmarterSmarts and Smarter
Smarts and Smarter
 
Técnicas de Prototipação II - LEGO Aula 01
Técnicas de Prototipação II - LEGO Aula 01Técnicas de Prototipação II - LEGO Aula 01
Técnicas de Prototipação II - LEGO Aula 01
 
Relato Experiência Taxonomia SOLO
Relato Experiência Taxonomia SOLORelato Experiência Taxonomia SOLO
Relato Experiência Taxonomia SOLO
 

Semelhante a Engenharia de Requisitos - Aula 2

Ciclo de vida processo
Ciclo de vida processoCiclo de vida processo
Ciclo de vida processo
Patrícia Melo
 
Introdução Qualidade de Software
Introdução Qualidade de SoftwareIntrodução Qualidade de Software
Introdução Qualidade de Software
Wellington Oliveira
 
Aula3 TEES UFS: Engenharia de Requisitos
Aula3 TEES UFS: Engenharia de RequisitosAula3 TEES UFS: Engenharia de Requisitos
Aula3 TEES UFS: Engenharia de Requisitos
Rogerio P C do Nascimento
 
Apresentação PF
Apresentação PFApresentação PF
Apresentação PF
camilats
 
Plano de testes
Plano de testesPlano de testes
Plano de testes
Marcello Lima
 
Testes Funcionais
Testes FuncionaisTestes Funcionais
Testes Funcionais
Juliana Maria Lopes
 
04 - Reqxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxuisitos.ppt
04 - Reqxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxuisitos.ppt04 - Reqxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxuisitos.ppt
04 - Reqxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxuisitos.ppt
IedaRosanaKollingWie
 
Aula 01 - Introdução Engenharia de requisitos - Prof.ª Cristiane Fidelix
Aula 01 - Introdução Engenharia de requisitos - Prof.ª Cristiane FidelixAula 01 - Introdução Engenharia de requisitos - Prof.ª Cristiane Fidelix
Aula 01 - Introdução Engenharia de requisitos - Prof.ª Cristiane Fidelix
Cris Fidelix
 
Introdução a Automação de Teste de Software
Introdução a Automação de Teste de SoftwareIntrodução a Automação de Teste de Software
Introdução a Automação de Teste de Software
Camilo Ribeiro
 
Es capítulo 2 - processos de software
Es   capítulo 2  - processos de softwareEs   capítulo 2  - processos de software
Es capítulo 2 - processos de software
Felipe Oliveira
 
ISO/IEC 15504 SPICE + 33000
ISO/IEC 15504 SPICE + 33000ISO/IEC 15504 SPICE + 33000
ISO/IEC 15504 SPICE + 33000
Luis Guilherme Rodrigues
 
4 engenharia de software
4   engenharia de software4   engenharia de software
4 engenharia de software
Felipe Bugov
 
Modelo plano de_testes
Modelo plano de_testesModelo plano de_testes
Modelo plano de_testes
Isaias Silva
 
Aula 8 TEES UFS Garantia de Qualidadedo Software
Aula 8 TEES UFS  Garantia de Qualidadedo Software Aula 8 TEES UFS  Garantia de Qualidadedo Software
Aula 8 TEES UFS Garantia de Qualidadedo Software
Rogerio P C do Nascimento
 
Gestão de Projetos e Programas - Aula # 10
Gestão de Projetos e Programas - Aula # 10Gestão de Projetos e Programas - Aula # 10
Gestão de Projetos e Programas - Aula # 10
Ethel Capuano
 
Procedimento de Elaboracao de Documentos
Procedimento de Elaboracao de DocumentosProcedimento de Elaboracao de Documentos
Procedimento de Elaboracao de Documentos
Marcos Abreu
 
Aula1 eng software
Aula1 eng softwareAula1 eng software
Aula1 eng software
Portal_do_estudante_ADS
 
Verificação e validação de software
Verificação e validação de softwareVerificação e validação de software
Verificação e validação de software
Leonardo Melo Santos
 
SGD_Concepção e implementação.pptx
SGD_Concepção e implementação.pptxSGD_Concepção e implementação.pptx
SGD_Concepção e implementação.pptx
miguel498486
 
Aula9 TEES UFS Gestao de Configuração de SW
Aula9 TEES UFS  Gestao de Configuração de SWAula9 TEES UFS  Gestao de Configuração de SW
Aula9 TEES UFS Gestao de Configuração de SW
Rogerio P C do Nascimento
 

Semelhante a Engenharia de Requisitos - Aula 2 (20)

Ciclo de vida processo
Ciclo de vida processoCiclo de vida processo
Ciclo de vida processo
 
Introdução Qualidade de Software
Introdução Qualidade de SoftwareIntrodução Qualidade de Software
Introdução Qualidade de Software
 
Aula3 TEES UFS: Engenharia de Requisitos
Aula3 TEES UFS: Engenharia de RequisitosAula3 TEES UFS: Engenharia de Requisitos
Aula3 TEES UFS: Engenharia de Requisitos
 
Apresentação PF
Apresentação PFApresentação PF
Apresentação PF
 
Plano de testes
Plano de testesPlano de testes
Plano de testes
 
Testes Funcionais
Testes FuncionaisTestes Funcionais
Testes Funcionais
 
04 - Reqxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxuisitos.ppt
04 - Reqxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxuisitos.ppt04 - Reqxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxuisitos.ppt
04 - Reqxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxuisitos.ppt
 
Aula 01 - Introdução Engenharia de requisitos - Prof.ª Cristiane Fidelix
Aula 01 - Introdução Engenharia de requisitos - Prof.ª Cristiane FidelixAula 01 - Introdução Engenharia de requisitos - Prof.ª Cristiane Fidelix
Aula 01 - Introdução Engenharia de requisitos - Prof.ª Cristiane Fidelix
 
Introdução a Automação de Teste de Software
Introdução a Automação de Teste de SoftwareIntrodução a Automação de Teste de Software
Introdução a Automação de Teste de Software
 
Es capítulo 2 - processos de software
Es   capítulo 2  - processos de softwareEs   capítulo 2  - processos de software
Es capítulo 2 - processos de software
 
ISO/IEC 15504 SPICE + 33000
ISO/IEC 15504 SPICE + 33000ISO/IEC 15504 SPICE + 33000
ISO/IEC 15504 SPICE + 33000
 
4 engenharia de software
4   engenharia de software4   engenharia de software
4 engenharia de software
 
Modelo plano de_testes
Modelo plano de_testesModelo plano de_testes
Modelo plano de_testes
 
Aula 8 TEES UFS Garantia de Qualidadedo Software
Aula 8 TEES UFS  Garantia de Qualidadedo Software Aula 8 TEES UFS  Garantia de Qualidadedo Software
Aula 8 TEES UFS Garantia de Qualidadedo Software
 
Gestão de Projetos e Programas - Aula # 10
Gestão de Projetos e Programas - Aula # 10Gestão de Projetos e Programas - Aula # 10
Gestão de Projetos e Programas - Aula # 10
 
Procedimento de Elaboracao de Documentos
Procedimento de Elaboracao de DocumentosProcedimento de Elaboracao de Documentos
Procedimento de Elaboracao de Documentos
 
Aula1 eng software
Aula1 eng softwareAula1 eng software
Aula1 eng software
 
Verificação e validação de software
Verificação e validação de softwareVerificação e validação de software
Verificação e validação de software
 
SGD_Concepção e implementação.pptx
SGD_Concepção e implementação.pptxSGD_Concepção e implementação.pptx
SGD_Concepção e implementação.pptx
 
Aula9 TEES UFS Gestao de Configuração de SW
Aula9 TEES UFS  Gestao de Configuração de SWAula9 TEES UFS  Gestao de Configuração de SW
Aula9 TEES UFS Gestao de Configuração de SW
 

Mais de Tiago Barros

Introdução a Internet das Coisas
Introdução a Internet das CoisasIntrodução a Internet das Coisas
Introdução a Internet das Coisas
Tiago Barros
 
REC'n'Play 2019 - Aplicações industriais de internet das coisas: nem tudo é o...
REC'n'Play 2019 - Aplicações industriais de internet das coisas: nem tudo é o...REC'n'Play 2019 - Aplicações industriais de internet das coisas: nem tudo é o...
REC'n'Play 2019 - Aplicações industriais de internet das coisas: nem tudo é o...
Tiago Barros
 
KNoT - a framework for iot interoperability
KNoT - a framework for iot interoperabilityKNoT - a framework for iot interoperability
KNoT - a framework for iot interoperability
Tiago Barros
 
Providing Infrastructure to Enable IoT Solutions
Providing Infrastructure to Enable IoT SolutionsProviding Infrastructure to Enable IoT Solutions
Providing Infrastructure to Enable IoT Solutions
Tiago Barros
 
IEEE IoT Open Standards Committee
IEEE IoT Open Standards CommitteeIEEE IoT Open Standards Committee
IEEE IoT Open Standards Committee
Tiago Barros
 
CESAR School - Prototipação Eletrônica com Arduino
CESAR School - Prototipação Eletrônica com ArduinoCESAR School - Prototipação Eletrônica com Arduino
CESAR School - Prototipação Eletrônica com Arduino
Tiago Barros
 
KNoT Manifesto
KNoT ManifestoKNoT Manifesto
KNoT Manifesto
Tiago Barros
 
KNoT - Uma plataforma de IoT interoperável para o Brasil
KNoT - Uma plataforma de IoT interoperável para o BrasilKNoT - Uma plataforma de IoT interoperável para o Brasil
KNoT - Uma plataforma de IoT interoperável para o Brasil
Tiago Barros
 
Técnicas de Prototipação II - Physical Computing - Aula 01
Técnicas de Prototipação II - Physical Computing - Aula 01Técnicas de Prototipação II - Physical Computing - Aula 01
Técnicas de Prototipação II - Physical Computing - Aula 01
Tiago Barros
 
Técnicas de Prototipação II - LEGO Aula 05
Técnicas de Prototipação II - LEGO Aula 05Técnicas de Prototipação II - LEGO Aula 05
Técnicas de Prototipação II - LEGO Aula 05
Tiago Barros
 
Técnicas de Prototipação II - LEGO Aula 04
Técnicas de Prototipação II - LEGO Aula 04Técnicas de Prototipação II - LEGO Aula 04
Técnicas de Prototipação II - LEGO Aula 04
Tiago Barros
 
Técnicas de Prototipação II - LEGO Aula 02
Técnicas de Prototipação II - LEGO Aula 02Técnicas de Prototipação II - LEGO Aula 02
Técnicas de Prototipação II - LEGO Aula 02
Tiago Barros
 

Mais de Tiago Barros (12)

Introdução a Internet das Coisas
Introdução a Internet das CoisasIntrodução a Internet das Coisas
Introdução a Internet das Coisas
 
REC'n'Play 2019 - Aplicações industriais de internet das coisas: nem tudo é o...
REC'n'Play 2019 - Aplicações industriais de internet das coisas: nem tudo é o...REC'n'Play 2019 - Aplicações industriais de internet das coisas: nem tudo é o...
REC'n'Play 2019 - Aplicações industriais de internet das coisas: nem tudo é o...
 
KNoT - a framework for iot interoperability
KNoT - a framework for iot interoperabilityKNoT - a framework for iot interoperability
KNoT - a framework for iot interoperability
 
Providing Infrastructure to Enable IoT Solutions
Providing Infrastructure to Enable IoT SolutionsProviding Infrastructure to Enable IoT Solutions
Providing Infrastructure to Enable IoT Solutions
 
IEEE IoT Open Standards Committee
IEEE IoT Open Standards CommitteeIEEE IoT Open Standards Committee
IEEE IoT Open Standards Committee
 
CESAR School - Prototipação Eletrônica com Arduino
CESAR School - Prototipação Eletrônica com ArduinoCESAR School - Prototipação Eletrônica com Arduino
CESAR School - Prototipação Eletrônica com Arduino
 
KNoT Manifesto
KNoT ManifestoKNoT Manifesto
KNoT Manifesto
 
KNoT - Uma plataforma de IoT interoperável para o Brasil
KNoT - Uma plataforma de IoT interoperável para o BrasilKNoT - Uma plataforma de IoT interoperável para o Brasil
KNoT - Uma plataforma de IoT interoperável para o Brasil
 
Técnicas de Prototipação II - Physical Computing - Aula 01
Técnicas de Prototipação II - Physical Computing - Aula 01Técnicas de Prototipação II - Physical Computing - Aula 01
Técnicas de Prototipação II - Physical Computing - Aula 01
 
Técnicas de Prototipação II - LEGO Aula 05
Técnicas de Prototipação II - LEGO Aula 05Técnicas de Prototipação II - LEGO Aula 05
Técnicas de Prototipação II - LEGO Aula 05
 
Técnicas de Prototipação II - LEGO Aula 04
Técnicas de Prototipação II - LEGO Aula 04Técnicas de Prototipação II - LEGO Aula 04
Técnicas de Prototipação II - LEGO Aula 04
 
Técnicas de Prototipação II - LEGO Aula 02
Técnicas de Prototipação II - LEGO Aula 02Técnicas de Prototipação II - LEGO Aula 02
Técnicas de Prototipação II - LEGO Aula 02
 

Último

Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptxAVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AntonioVieira539017
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Biblioteca UCS
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
TomasSousa7
 
Funções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prismaFunções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prisma
djincognito
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
edivirgesribeiro1
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
Marlene Cunhada
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
cmeioctaciliabetesch
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
TomasSousa7
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinhaatividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
Suzy De Abreu Santana
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
wagnermorais28
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
AntnioManuelAgdoma
 
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
YeniferGarcia36
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
LILIANPRESTESSCUDELE
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
MarcosPaulo777883
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
Mary Alvarenga
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
WelberMerlinCardoso
 

Último (20)

Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptxAVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
 
Funções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prismaFunções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prisma
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinhaatividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
 
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
 

Engenharia de Requisitos - Aula 2

Notas do Editor

  1. O que é feito em cada uma delas? Quem usa? Quem concorda com estas fases?