SlideShare uma empresa Scribd logo
DISSIPAM (CONSOMEM) DE FORMA CONTÍNUA E EFICIENTE A (e) DE ALTA QUALIDADE EM (e) DE BAIXA QUALIDADEPARA TANTOBAIXA ENTRADAPRECISAM MANTERECOSSISTEMASENTROPIAUMA MEDIDA DO GRAU DE DESORDEM DE UM SISTEMAÉLUZ SOLAR EM PROTOPLASMACALOR DEUM OBJETO QUENTE TENDE A ESPONTANEAMENTE DE DISSPAR PARA ÁREAS MAIS FRIASEX.: EX.: NENHUM PROCESSO DE TRANFORMAÇÃO DA (e) OCORRERÁ ESPONTANEAMENTE, A MENOS QUE HAJA DEGRADAÇÃO DA QUALIDADE DA (e)NENHUMA TRANSFORMAÇÃO ESPONTÂNEA DE (e) EM ENERGIA POTENCIAL É 100% EFICIENTE, POIS OCORRERÁ DISPERSÃO NA FORMA DE CALORSEGUNDA LEI DA TERMODICÂMICA (LEI DA ENTROPIA)PRIMEIRA LEI DA TERMODICÂMICA (LEI DA CONSERVAÇÃO DA (e))LUZ EM CALOR LUZ EM ALIMENTO LUZ EM TRABALHOEX.: A (e) PODE SER TRANFORMADA DE UMA FORMA PRA OUTRA, MAS NÃO PODE SER CRIADA OU DESTRUIDATEM SEU COMPORTAMENTO REGIDO PELAS LEIS DA FÍSICA, QUAIS SEJAM:É A CAPACIDADE DE EXECUTAR TRABALHOENERGIA (e)

Mais conteúdo relacionado

Destaque

Informativo Novembro 2009
Informativo Novembro 2009Informativo Novembro 2009
Informativo Novembro 2009
cristianismoredivivo
 
Sessão 5 Parte 2
Sessão 5  Parte 2Sessão 5  Parte 2
Sessão 5 Parte 2
guest1d174ffe
 
Workshop - 7ª sessão (online)
Workshop - 7ª sessão (online)Workshop - 7ª sessão (online)
Workshop - 7ª sessão (online)
guest1d174ffe
 
Boletim Informativo de Ourinhos - Setembro de 2009
Boletim Informativo de Ourinhos - Setembro de 2009Boletim Informativo de Ourinhos - Setembro de 2009
Boletim Informativo de Ourinhos - Setembro de 2009
Governo do Estado de São Paulo
 
Readme
ReadmeReadme
Readme
Uleam
 
Boletim Informativo de Sumaré - Setembro de 2009
Boletim Informativo de Sumaré - Setembro de 2009Boletim Informativo de Sumaré - Setembro de 2009
Boletim Informativo de Sumaré - Setembro de 2009
Governo do Estado de São Paulo
 
6ª SessãO
6ª SessãO6ª SessãO
6ª SessãO
Sandra Alves
 
Brandy E Rony
Brandy E RonyBrandy E Rony
A Pobreza Na Cidade
A Pobreza Na CidadeA Pobreza Na Cidade
A Pobreza Na Cidade
EE deputado Gregório Bezerra
 
Relatório do 1º período
Relatório do 1º períodoRelatório do 1º período
Relatório do 1º período
Anastasia Ambroci
 
Motores de búsqueda
Motores de búsquedaMotores de búsqueda
Motores de búsqueda
Demetrio Silva
 
FemtoGuide
FemtoGuideFemtoGuide
FemtoGuide
Mike Bukharin
 
Centrales de energía electrica
Centrales de energía electricaCentrales de energía electrica
Centrales de energía electrica
Dalia Bermúdez
 
problems of entrepreneurship development in bangladesh
problems of entrepreneurship development in bangladeshproblems of entrepreneurship development in bangladesh
problems of entrepreneurship development in bangladesh
imran riday
 
Ferny
FernyFerny
ACC_DISSERTAÇÃO_FEP
ACC_DISSERTAÇÃO_FEPACC_DISSERTAÇÃO_FEP
ACC_DISSERTAÇÃO_FEP
Alberto Cruz
 
Presentacion final
Presentacion finalPresentacion final
Presentacion final
gladibelm
 

Destaque (17)

Informativo Novembro 2009
Informativo Novembro 2009Informativo Novembro 2009
Informativo Novembro 2009
 
Sessão 5 Parte 2
Sessão 5  Parte 2Sessão 5  Parte 2
Sessão 5 Parte 2
 
Workshop - 7ª sessão (online)
Workshop - 7ª sessão (online)Workshop - 7ª sessão (online)
Workshop - 7ª sessão (online)
 
Boletim Informativo de Ourinhos - Setembro de 2009
Boletim Informativo de Ourinhos - Setembro de 2009Boletim Informativo de Ourinhos - Setembro de 2009
Boletim Informativo de Ourinhos - Setembro de 2009
 
Readme
ReadmeReadme
Readme
 
Boletim Informativo de Sumaré - Setembro de 2009
Boletim Informativo de Sumaré - Setembro de 2009Boletim Informativo de Sumaré - Setembro de 2009
Boletim Informativo de Sumaré - Setembro de 2009
 
6ª SessãO
6ª SessãO6ª SessãO
6ª SessãO
 
Brandy E Rony
Brandy E RonyBrandy E Rony
Brandy E Rony
 
A Pobreza Na Cidade
A Pobreza Na CidadeA Pobreza Na Cidade
A Pobreza Na Cidade
 
Relatório do 1º período
Relatório do 1º períodoRelatório do 1º período
Relatório do 1º período
 
Motores de búsqueda
Motores de búsquedaMotores de búsqueda
Motores de búsqueda
 
FemtoGuide
FemtoGuideFemtoGuide
FemtoGuide
 
Centrales de energía electrica
Centrales de energía electricaCentrales de energía electrica
Centrales de energía electrica
 
problems of entrepreneurship development in bangladesh
problems of entrepreneurship development in bangladeshproblems of entrepreneurship development in bangladesh
problems of entrepreneurship development in bangladesh
 
Ferny
FernyFerny
Ferny
 
ACC_DISSERTAÇÃO_FEP
ACC_DISSERTAÇÃO_FEPACC_DISSERTAÇÃO_FEP
ACC_DISSERTAÇÃO_FEP
 
Presentacion final
Presentacion finalPresentacion final
Presentacion final
 

Mais de Jade

Plano De Disciplina Ecologia [1]
Plano De Disciplina Ecologia [1]Plano De Disciplina Ecologia [1]
Plano De Disciplina Ecologia [1]
Jade
 
Plano De Disciplina Ecologia [1]
Plano De Disciplina Ecologia [1]Plano De Disciplina Ecologia [1]
Plano De Disciplina Ecologia [1]
Jade
 
Ementa
EmentaEmenta
Ementa
Jade
 
Aulas De Ecologia E Meio Ambiente1[1]
Aulas De Ecologia E Meio Ambiente1[1]Aulas De Ecologia E Meio Ambiente1[1]
Aulas De Ecologia E Meio Ambiente1[1]
Jade
 
Plano De Disciplina Ecologia [1]
Plano De Disciplina Ecologia [1]Plano De Disciplina Ecologia [1]
Plano De Disciplina Ecologia [1]
Jade
 
Plano De Disciplina Ecologia [1]
Plano De Disciplina Ecologia [1]Plano De Disciplina Ecologia [1]
Plano De Disciplina Ecologia [1]
Jade
 
abrolhos
abrolhosabrolhos
abrolhos
Jade
 
energia quadros
energia quadrosenergia quadros
energia quadros
Jade
 
Resposta QuestionáRio E Texto
Resposta QuestionáRio E TextoResposta QuestionáRio E Texto
Resposta QuestionáRio E Texto
Jade
 
Especie Etc
Especie EtcEspecie Etc
Especie Etc
Jade
 
Ecossistemas
EcossistemasEcossistemas
Ecossistemas
Jade
 
Ecossistema quadros
Ecossistema quadrosEcossistema quadros
Ecossistema quadros
Jade
 
3 Questoes
3 Questoes3 Questoes
3 Questoes
Jade
 
Floresta Amazônica
Floresta AmazônicaFloresta Amazônica
Floresta Amazônica
Jade
 
Bioma Pantanal
Bioma PantanalBioma Pantanal
Bioma Pantanal
Jade
 
mata atlântica
mata atlânticamata atlântica
mata atlântica
Jade
 
Cerrado
CerradoCerrado
Cerrado
Jade
 
Bioma Semi-árido
Bioma Semi-áridoBioma Semi-árido
Bioma Semi-árido
Jade
 
Ecossistemas E Biomas
Ecossistemas E BiomasEcossistemas E Biomas
Ecossistemas E Biomas
Jade
 
Ecotoxicologia
EcotoxicologiaEcotoxicologia
Ecotoxicologia
Jade
 

Mais de Jade (20)

Plano De Disciplina Ecologia [1]
Plano De Disciplina Ecologia [1]Plano De Disciplina Ecologia [1]
Plano De Disciplina Ecologia [1]
 
Plano De Disciplina Ecologia [1]
Plano De Disciplina Ecologia [1]Plano De Disciplina Ecologia [1]
Plano De Disciplina Ecologia [1]
 
Ementa
EmentaEmenta
Ementa
 
Aulas De Ecologia E Meio Ambiente1[1]
Aulas De Ecologia E Meio Ambiente1[1]Aulas De Ecologia E Meio Ambiente1[1]
Aulas De Ecologia E Meio Ambiente1[1]
 
Plano De Disciplina Ecologia [1]
Plano De Disciplina Ecologia [1]Plano De Disciplina Ecologia [1]
Plano De Disciplina Ecologia [1]
 
Plano De Disciplina Ecologia [1]
Plano De Disciplina Ecologia [1]Plano De Disciplina Ecologia [1]
Plano De Disciplina Ecologia [1]
 
abrolhos
abrolhosabrolhos
abrolhos
 
energia quadros
energia quadrosenergia quadros
energia quadros
 
Resposta QuestionáRio E Texto
Resposta QuestionáRio E TextoResposta QuestionáRio E Texto
Resposta QuestionáRio E Texto
 
Especie Etc
Especie EtcEspecie Etc
Especie Etc
 
Ecossistemas
EcossistemasEcossistemas
Ecossistemas
 
Ecossistema quadros
Ecossistema quadrosEcossistema quadros
Ecossistema quadros
 
3 Questoes
3 Questoes3 Questoes
3 Questoes
 
Floresta Amazônica
Floresta AmazônicaFloresta Amazônica
Floresta Amazônica
 
Bioma Pantanal
Bioma PantanalBioma Pantanal
Bioma Pantanal
 
mata atlântica
mata atlânticamata atlântica
mata atlântica
 
Cerrado
CerradoCerrado
Cerrado
 
Bioma Semi-árido
Bioma Semi-áridoBioma Semi-árido
Bioma Semi-árido
 
Ecossistemas E Biomas
Ecossistemas E BiomasEcossistemas E Biomas
Ecossistemas E Biomas
 
Ecotoxicologia
EcotoxicologiaEcotoxicologia
Ecotoxicologia
 

Energia

  • 1. DISSIPAM (CONSOMEM) DE FORMA CONTÍNUA E EFICIENTE A (e) DE ALTA QUALIDADE EM (e) DE BAIXA QUALIDADEPARA TANTOBAIXA ENTRADAPRECISAM MANTERECOSSISTEMASENTROPIAUMA MEDIDA DO GRAU DE DESORDEM DE UM SISTEMAÉLUZ SOLAR EM PROTOPLASMACALOR DEUM OBJETO QUENTE TENDE A ESPONTANEAMENTE DE DISSPAR PARA ÁREAS MAIS FRIASEX.: EX.: NENHUM PROCESSO DE TRANFORMAÇÃO DA (e) OCORRERÁ ESPONTANEAMENTE, A MENOS QUE HAJA DEGRADAÇÃO DA QUALIDADE DA (e)NENHUMA TRANSFORMAÇÃO ESPONTÂNEA DE (e) EM ENERGIA POTENCIAL É 100% EFICIENTE, POIS OCORRERÁ DISPERSÃO NA FORMA DE CALORSEGUNDA LEI DA TERMODICÂMICA (LEI DA ENTROPIA)PRIMEIRA LEI DA TERMODICÂMICA (LEI DA CONSERVAÇÃO DA (e))LUZ EM CALOR LUZ EM ALIMENTO LUZ EM TRABALHOEX.: A (e) PODE SER TRANFORMADA DE UMA FORMA PRA OUTRA, MAS NÃO PODE SER CRIADA OU DESTRUIDATEM SEU COMPORTAMENTO REGIDO PELAS LEIS DA FÍSICA, QUAIS SEJAM:É A CAPACIDADE DE EXECUTAR TRABALHOENERGIA (e)