SlideShare uma empresa Scribd logo
ENEM-2014 resolvido e comentado
Questões de Identidades Brasileiras
Manoel Neves
Por	
   onde	
   houve	
   colonização	
   portuguesa,	
   a	
   música	
   popular	
   se	
   desenvolveu	
  
basicamente	
   com	
   o	
   mesmo	
   instrumental.	
   Podemos	
   ver	
   cavaquinho	
   e	
   violão	
  
atuarem	
   juntos	
   aqui,	
   em	
   Cabo	
   Verde,	
   em	
   Jacarta,	
   na	
   Indonésia,	
   ou	
   em	
   Goa.	
   O	
  
caráter	
   nostálgico,	
   senEmental,	
   é	
   outro	
   ponto	
   comum	
   da	
   música	
   das	
   colônias	
  
portuguesas	
   em	
   todo	
   o	
   mundo.	
   O	
   kronjong,	
   a	
   música	
   Hpica	
   de	
   Jacarta,	
   é	
   uma	
  
espécie	
  de	
  lundu	
  mais	
  lento,	
  tocado	
  comumente	
  com	
  flauta,	
  cavaquinho	
  e	
  violão.	
  
Em	
  Goa,	
  não	
  é	
  muito	
  diferente	
  
QUESTÃO 01
primeira aplicação do ENEM-2014
De	
   acordo	
   com	
   o	
   texto	
   de	
   Henrique	
   Cazes,	
   grande	
   parte	
   da	
   música	
   popular	
  
desenvolvida	
  nos	
  países	
  colonizados	
  por	
  Portugal	
  comparElham	
  um	
  instrumental,	
  
destacando-­‐se	
  o	
  cavaquinho	
  e	
  o	
  violão.	
  No	
  Brasil,	
  são	
  exemplos	
  de	
  música	
  popular	
  
que	
  empregam	
  esses	
  mesmos	
  instrumentos:	
  
a)	
  Maracatu	
  e	
  ciranda.	
  
b)	
  Carimbó	
  e	
  baião.	
  
c)	
  Choro	
  e	
  samba.	
  
d)	
  Chula	
  e	
  siriri.	
  
e)	
  Xote	
  e	
  frevo.	
  
SOLUÇÃO COMENTADA
primeira aplicação do ENEM-2014
Dentre	
   as	
   manifestações	
   musicais	
   indicadas	
   nesta	
   questão,	
   as	
   que	
   podem	
   ser	
  
acompanhadas	
  por	
  cavaquinho	
  e	
  violão	
  são	
  samba,	
  chorinho	
  e	
  chula	
  [subgênero	
  
do	
  samba	
  de	
  roda].	
  Marque-­‐se,	
  pois,	
  a	
  letra	
  “c”.	
  
temas abordados na questão
desdobramentos	
  da	
  cultura	
  portuguesa	
  no	
  Brasil,	
  gêneros	
  muisicais	
  brasileiros	
  
No	
   Brasil,	
   a	
   origem	
   do	
   funk	
   e	
   do	
   hip	
   hop	
   remonta	
   aos	
   anos	
   1970,	
   quando	
   da	
  
proliferação	
   dos	
   chamados	
   “bailes	
   black”	
   nas	
   periferias	
   dos	
   grandes	
   centros	
  
urbanos.	
  Embalados	
  pela	
  black	
  music	
  americana,	
  milhares	
  de	
  jovens	
  encontravam	
  
nos	
   bailes	
   e	
   final	
   de	
   semana	
   uma	
   alternaEva	
   de	
   lazer	
   antes	
   inexistente.	
   Em	
  
cidades	
  como	
  o	
  Rio	
  de	
  Janeiro	
  ou	
  São	
  Paulo,	
  formavam-­‐se	
  equipes	
  de	
  som	
  que	
  
promoviam	
  bailes	
  onde	
  foi	
  se	
  disseminando	
  um	
  esElo	
  que	
  buscava	
  valorização	
  da	
  
cultura	
   negra,	
   tanto	
   na	
   música	
   como	
   nas	
   roupas	
   e	
   nos	
   penteados.	
   NO	
   Rio	
   de	
  
Janeiro,	
   ficou	
   conhecido	
   como	
   “Black	
   Rio”.	
   A	
   indústria	
   fonográfica	
   descobriu	
   o	
  
filão	
   e,	
   lançando	
   discos	
   de	
   “equipe”	
   com	
   as	
   músicas	
   de	
   sucesso	
   nos	
   bailes,	
  
difundia	
  a	
  moda	
  pelo	
  restante	
  do	
  país.	
  
DAYRELL,	
  J.	
  A	
  música	
  entra	
  em	
  cena:	
  o	
  rap	
  e	
  o	
  funk	
  na	
  socialização	
  da	
  juventude.	
  Belo	
  Horizonte:	
  UFMG,	
  2005.	
  
QUESTÃO 02
primeira aplicação do ENEM-2014
A	
  presença	
  da	
  cultura	
  hip-­‐hop	
  no	
  Brasil	
  caracteriza-­‐se	
  como	
  uma	
  forma	
  de	
  
a)	
  lazer	
  gerada	
  pela	
  diversidade	
  de	
  práEcas	
  arHsEcas	
  nas	
  periferias	
  urbanas.	
  
b)	
  entretenimento	
  inventada	
  pela	
  indústria	
  fonográfica	
  nacional.	
  
c)	
  subversão	
  de	
  sua	
  proposta	
  original	
  já	
  nos	
  primeiros	
  bailes.	
  
d)	
  afirmação	
  da	
  idenEdade	
  dos	
  jovens	
  que	
  a	
  praEcam.	
  
e)	
  reprodução	
  da	
  cultura	
  musical	
  norte-­‐americana.	
  
SOLUÇÃO COMENTADA
primeira aplicação do ENEM-2014
Os	
  bailes,	
  conforme	
  se	
  lê	
  no	
  texto	
  citado,	
  são	
  manifestações	
  culturais	
  dos	
  jovens	
  
das	
  periferias	
  das	
  grandes	
  cidades,	
  nomalmante	
  de	
  ascendência	
  africana.	
  Há,	
  nos	
  
bailes,	
  uma	
  “estéEca”	
  negra,	
  manifesta	
  em	
  roupas,	
  cabelos,	
  hábitos	
  culturais	
  e,	
  
evidentemente,	
  na	
  música.	
  Sendo	
  assim,	
  deve-­‐se	
  assinalar	
  a	
  alternaEva	
  “d”.	
  
temas abordados na questão
desdobramentos	
  das	
  manifestações	
  culturais	
  africanas	
  no	
  Brasil	
  
O	
  BRASIL	
  É	
  SERTANEJO	
  
Que	
  Epo	
  de	
  música	
  simboliza	
  o	
  Brasil?	
  Eis	
  uma	
  questão	
  discuEda	
  há	
  muito	
  tempo,	
  
que	
   desperta	
   opiniões	
   extremadas.	
   Há	
   fundamentalistas	
   que	
   desejam	
   impor	
   ao	
  
público	
  um	
  Epo	
  de	
  som	
  nascido	
  das	
  raízes	
  socioculturais	
  do	
  país.	
  O	
  samba.	
  Outros,	
  
igualmente	
  nacionalistas,	
  desprezam	
  tudo	
  aquilo	
  que	
  não	
  tem	
  esElo.	
  Sonham	
  com	
  
o	
   império	
   da	
   MPB	
   de	
   Chico	
   Buarque	
   e	
   Caetano	
   Veloso.	
   Um	
   terceiro	
   grupo,	
  
formado	
  por	
  gente	
  mais	
  jovem,	
  escuta	
  e	
  culEva	
  apenas	
  a	
  música	
  internacional,	
  em	
  
todas	
  as	
  vertentes.	
  E	
  mais	
  ou	
  menos	
  ignora	
  o	
  resto.	
  
A	
  realidade	
  dos	
  hábitos	
  musicais	
  do	
  brasileiro	
  agora	
  está	
  clara,	
  nada	
  tem	
  a	
  ver	
  
com	
   esses	
   estereóEpos.	
   O	
   gênero	
   que	
   encanta	
   mais	
   da	
   metade	
   do	
   país	
   é	
   o	
  
sertanejo,	
   seguido	
   de	
   longe	
   pela	
   MPB	
   e	
   pelo	
   pagode.	
   Outros	
   gêneros	
   em	
  
ascensão,	
  sobretudo	
  entre	
  as	
  classes	
  C,	
  D	
  e	
  E	
  são	
  o	
  funk	
  e	
  o	
  religioso,	
  em	
  especial	
  
o	
  gospel.	
  Rock	
  e	
  música	
  eletrônica	
  são	
  músicas	
  de	
  minoria.	
  
É	
  o	
  que	
  demonstra	
  uma	
  pesquisa	
  pioneira	
  feita	
  entre	
  agosto	
  de	
  2012	
  e	
  agosto	
  de	
  
2013	
  pelo	
  InsEtuto	
  Brasileiro	
  de	
  Opinião	
  Pública	
  e	
  EstaHsEca	
  (IBOPE).	
  A	
  pesquisa	
  
Tribos	
  musicais	
  –	
  o	
  comportamento	
  dos	
  ouvintes	
  de	
  rádio	
  sob	
  uma	
  nova	
  óIca	
  
faz	
  um	
  retrato	
  do	
  ouvinte	
  brasileiro	
  e	
  traz	
  algumas	
  novidades.	
  Para	
  quem	
  pensava	
  
que	
  a	
  MPB	
  e	
  o	
  samba	
  ainda	
  resisEam	
  como	
  baluartes	
  da	
  nacionalidade,	
  uma	
  má	
  
noHcia:	
  os	
  dois	
  gêneros	
  foram	
  superados	
  em	
  popularidade.	
  O	
  Brasil	
  moderno	
  não	
  
tem	
  mais	
  o	
  perfil	
  sonoro	
  dos	
  anos	
  1970,	
  que	
  muitos	
  gostariam	
  que	
  se	
  eternizasse.	
  
A	
  cara	
  musical	
  do	
  país	
  agora	
  é	
  outra.	
  
GIRCIN,	
  L.	
  A.	
  Época,	
  n.805,	
  out.	
  2013.	
  Fragmento.	
  
QUESTÃO 03
primeira aplicação do ENEM-2014
O	
  texto	
  objeEva	
  convencer	
  o	
  leitor	
  de	
  que	
  a	
  configuração	
  da	
  preferência	
  musical	
  
dos	
  brasileiros	
  não	
  é	
  mais	
  a	
  mesma	
  dos	
  anos	
  1970.	
  A	
  estratégia	
  de	
  argumentação	
  
para	
  comprovar	
  essa	
  posição	
  baseia-­‐se	
  no(a)	
  
a)	
  apresentação	
  dos	
  resultados	
  de	
  uma	
  pesquisa	
  que	
  retrata	
  o	
  quadro	
  atual	
  da	
  
preferência	
  popular	
  relaEva	
  à	
  música	
  brasileira.	
  
b)	
  caracterização	
  das	
  opiniões	
  relaEvas	
  a	
  determinados	
  gêneros,	
  considerados	
  os	
  
mais	
  representaEvos	
  da	
  brasilidade,	
  como	
  meros	
  estereóEpos.	
  
c)	
   uso	
   de	
   estrangeirismos,	
   como	
   rock,	
   funk	
   e	
   gospel,	
   para	
   compor	
   um	
   esElo	
  
próximo	
  ao	
  leitor,	
  em	
  sintonia	
  com	
  o	
  ataque	
  aos	
  nacionalistas.	
  
d)	
  ironia	
  com	
  relação	
  ao	
  apego	
  a	
  opiniões	
  superadas,	
  tomadas	
  como	
  expressão	
  de	
  
conservadorismo	
   e	
   anacronismo,	
   com	
   o	
   uso	
   de	
   designações	
   “império”	
   e	
  
“baluarte”.	
  
e)	
  contraposição	
  a	
  impressões	
  fundadas	
  em	
  eliEsmo	
  e	
  preconceito,	
  com	
  alusão	
  a	
  
arEstas	
  de	
  renome	
  para	
  melhor	
  demonstrar	
  a	
  consolidação	
  da	
  mudança	
  do	
  gosto	
  
popular.	
  
SOLUÇÃO COMENTADA
primeira aplicação do ENEM-2014
O	
  texto	
  em	
  análise	
  tem	
  caráter	
  exposiEvo-­‐argumentaEvo	
  e	
  trata	
  do	
  gosto	
  musical	
  
do	
   brasileiro	
   médio	
   no	
   início	
   da	
   década	
   de	
   2010.	
   O	
   autor	
   fala	
   que	
   os	
   gêneros	
  
musicais	
  mais	
  ouvidos	
  no	
  período	
  foram	
  sertanejo,	
  funk	
  e	
  gospel.	
  Para	
  corroborar	
  
sua	
   perspecEva,	
   cita	
   uma	
   pesquisa	
   feita	
   pelo	
   IBOPE	
   entre	
   2012	
   e	
   2013.	
  
Obviamente,	
  o	
  ponto	
  de	
  vista	
  expresso	
  pelo	
  locutor	
  presente	
  no	
  texto	
  é	
  reforçado	
  
por	
  meio	
  de	
  um	
  argumento	
  baseado	
  em	
  prova	
  concreta.	
  Assinale-­‐se,	
  pois,	
  a	
  letra	
  
“a”.	
  
temas abordados na questão
estratégias	
  argumentaIvas;	
  idenIdades	
  brasileiras	
  
CORDEL	
  RESISTE	
  À	
  TECNOLOGIA	
  GRÁFICA	
  
O	
  Cariri	
  mantém	
  uma	
  das	
  mais	
  ricas	
  tradições	
  da	
  cultura	
  popular.	
  É	
  a	
  literatura	
  de	
  
cordel,	
   que	
   atravessa	
   os	
   séculos	
   sem	
   ser	
   destruída	
   pela	
   avalanche	
   de	
  
modernidade	
  que	
  invade	
  o	
  sertão	
  lírico	
  e	
  telúrico.	
  Na	
  contramão	
  do	
  progresso,	
  
que	
  informaEzou	
  a	
  indústria	
  gráfica,	
  a	
  Lira	
  NordesEna,	
  de	
  Juazeiro	
  do	
  Norte,	
  e	
  a	
  
Academia	
  dos	
  Cordelistas	
  do	
  Crato	
  conservam,	
  em	
  suas	
  oficinas,	
  velhas	
  máquinas	
  
para	
  impressão	
  dos	
  seus	
  cordéis.	
  
A	
   chapa	
   para	
   impressão	
   do	
   cordel	
   é	
   feita	
   à	
   mão,	
   letra	
   por	
   letra,	
   um	
   trabalho	
  
artesanal	
  que	
  dura	
  cerca	
  de	
  uma	
  hora	
  para	
  confecção	
  de	
  uma	
  página.	
  Em	
  seguida,	
  
a	
   chapa	
   é	
   levada	
   para	
   a	
   impressora,	
   também	
   manual,	
   para	
   imprimir.	
   A	
  
manutenção	
  desse	
  sistema	
  anEgo	
  de	
  impressão	
  faz	
  parte	
  da	
  filosofia	
  do	
  trabalho.	
  
A	
  outra	
  etapa	
  é	
  a	
  confecção	
  da	
  xilogravura	
  para	
  a	
  capa	
  do	
  cordel.	
  
As	
  xilogravuras	
  são	
  ilustrações	
  populares	
  obEdas	
  por	
  meio	
  de	
  gravuras	
  talhadas	
  
em	
  madeira.	
  A	
  origem	
  da	
  xilogravura	
  nordesEna	
  até	
  hoje	
  é	
  ignorada.	
  Acredita-­‐se	
  
que	
  os	
  missionários	
  portugueses	
  tenham	
  ensinado	
  sua	
  técnica	
  aos	
  índios,	
  como	
  
uma	
   aEvidade	
   extra-­‐catequese,	
   parEndo	
   do	
   princípio	
   religioso	
   que	
   defendia	
   a	
  
necessidade	
  de	
  ocupar	
  as	
  mãos	
  para	
  que	
  a	
  mente	
  não	
  fique	
  livre,	
  sujeita	
  aos	
  maus	
  
pensamentos,	
   ao	
   pecado.	
   A	
   xilogravura	
   antecedeu	
   ao	
   clichê,	
   placa	
  
fotomecanicamente	
  gravada	
  em	
  relevo	
  sobre	
  metal,	
  usualmente	
  de	
  zinco,	
  que	
  era	
  
uElizada	
  nos	
  jornais	
  impressos	
  em	
  rotoplanas.	
  
VICELMO,	
  A.	
  Disponível	
  em	
  hsp://www.onordeste.com.	
  Acesso	
  em	
  24	
  fev.	
  2013.	
  Adaptado.	
  
QUESTÃO 04
primeira aplicação do ENEM-2014
A	
  estratégia	
  gráfica	
  consEtuída	
  pela	
  união	
  entre	
  as	
  técnicas	
  da	
  impressão	
  manual	
  
e	
  da	
  confecção	
  da	
  xilogravura	
  na	
  produção	
  dos	
  folhetos	
  de	
  cordel	
  
a)	
  realça	
  a	
  importância	
  da	
  xilogravura	
  sobre	
  o	
  clichê.	
  
b)	
  oportuniza	
  a	
  renovação	
  dessa	
  arte	
  na	
  modernidade.	
  
c)	
  demonstra	
  a	
  uElidade	
  desses	
  textos	
  para	
  a	
  catequese.	
  
d)	
  revela	
  a	
  necessidade	
  da	
  busca	
  das	
  origens	
  dessa	
  literatura.	
  
e)	
  auxilia	
  na	
  manutenção	
  da	
  essência	
  idenEtária	
  dessa	
  tradição	
  popular.	
  
SOLUÇÃO COMENTADA
primeira aplicação do ENEM-2014
O	
  texto	
  em	
  análise	
  trata	
  da	
  resistência	
  de	
  uma	
  manifestação	
  da	
  cultura	
  popular	
  
sertaneja,	
   a	
   literatura	
   de	
   cordel.	
   O	
   fragmento	
   transcrito	
   destaca	
   o	
   modo	
   de	
  
produção/impressão	
  dos	
  folhetos	
  que	
  narram	
  aventuras	
  dos	
  heróis	
  do	
  sertão	
  e	
  
veiculam	
  uma	
  moral	
  bastante	
  peculiar.	
  Desse	
  modo,	
  a	
  manutenção	
  das	
  técnicas	
  
de	
   composição	
   das	
   páginas	
   e	
   de	
   confecção	
   da	
   capa	
   indica	
   a	
   preservação	
   da	
  
tradição	
  ligada	
  ao	
  fenômeno	
  da	
  literatura	
  de	
  cordel.	
  Assinale-­‐se	
  a	
  letra	
  “e”.	
  
temas abordados na questão
idenIdades	
  brasileiras	
  

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

ENEM-2015 resolvido e comentado: Literatura
ENEM-2015 resolvido e comentado: LiteraturaENEM-2015 resolvido e comentado: Literatura
ENEM-2015 resolvido e comentado: Literatura
ma.no.el.ne.ves
 
Enem aulao
Enem aulaoEnem aulao
Enem aulao
Rita Jussara
 
Terceira aplicação do enem 2014: Aspectos gramaticais
Terceira aplicação do enem 2014: Aspectos gramaticaisTerceira aplicação do enem 2014: Aspectos gramaticais
Terceira aplicação do enem 2014: Aspectos gramaticais
ma.no.el.ne.ves
 
Conteúdo de linguagem cobrado no enem
Conteúdo de linguagem cobrado no enemConteúdo de linguagem cobrado no enem
Conteúdo de linguagem cobrado no enem
Valéria Alves de Arantes
 
Artes pre modernismo
Artes pre modernismoArtes pre modernismo
Artes pre modernismo
Eldio Silva
 
QUESTÕES DO PRÉ-MODERNISMO À SEMANA DE ARTE MODERNA
QUESTÕES DO PRÉ-MODERNISMO À SEMANA DE ARTE MODERNAQUESTÕES DO PRÉ-MODERNISMO À SEMANA DE ARTE MODERNA
QUESTÕES DO PRÉ-MODERNISMO À SEMANA DE ARTE MODERNA
Vera Oliveira
 
Exercicios semana de arte
Exercicios semana de arteExercicios semana de arte
Exercicios semana de arte
MARIAELISADASILVEIRA
 
Prova de arte
Prova de arteProva de arte
Prova de arte
ninguemsabenada
 
Enem 2004
Enem 2004Enem 2004
Enem 2004
ananiasdoamaral
 
CóPia De ApresentaçãO
CóPia De ApresentaçãOCóPia De ApresentaçãO
CóPia De ApresentaçãO
Rita Pereira
 
Semana de Letras 2008 - Letras e Telas de Angola
Semana de Letras 2008 - Letras e Telas de AngolaSemana de Letras 2008 - Letras e Telas de Angola
Semana de Letras 2008 - Letras e Telas de Angola
Ricardo Riso
 
Simulado do INEP de Linguagens Códigos e suas Tecnologias de 2009
Simulado do INEP de Linguagens Códigos e suas Tecnologias de 2009Simulado do INEP de Linguagens Códigos e suas Tecnologias de 2009
Simulado do INEP de Linguagens Códigos e suas Tecnologias de 2009
ma.no.el.ne.ves
 
Caderno de exercícios de linguagens – códigos e suas tecnologias
Caderno de exercícios de linguagens – códigos e suas tecnologiasCaderno de exercícios de linguagens – códigos e suas tecnologias
Caderno de exercícios de linguagens – códigos e suas tecnologias
Homero Alves de Lima
 
Semana de Letras 2008 - Letras e Telas de Cabo Verde
Semana de Letras 2008 - Letras e Telas de Cabo VerdeSemana de Letras 2008 - Letras e Telas de Cabo Verde
Semana de Letras 2008 - Letras e Telas de Cabo Verde
Ricardo Riso
 
Cordel: Uma proposta para o ensino de História
Cordel: Uma proposta para o ensino de HistóriaCordel: Uma proposta para o ensino de História
Cordel: Uma proposta para o ensino de História
Emerson Mathias
 
Trabalho 1
Trabalho 1Trabalho 1
Trabalho 1
Dauro Moura
 
Enem o jogo das aparências
Enem   o jogo das aparênciasEnem   o jogo das aparências
Enem o jogo das aparências
anavlisilveira
 
Mornas e oralidade
Mornas e oralidadeMornas e oralidade
Mornas e oralidade
Fabiana Miranda
 
Língua portuguesa conhecimentos gramaticais (1)
Língua portuguesa   conhecimentos gramaticais (1)Língua portuguesa   conhecimentos gramaticais (1)
Língua portuguesa conhecimentos gramaticais (1)
Wertevan Rodrigues
 
PEB II - PORTUGUÊS - SIMULADO DIGITAL PARA CONCURSOS PÚBLICOS
PEB II - PORTUGUÊS  -  SIMULADO DIGITAL PARA CONCURSOS PÚBLICOSPEB II - PORTUGUÊS  -  SIMULADO DIGITAL PARA CONCURSOS PÚBLICOS
PEB II - PORTUGUÊS - SIMULADO DIGITAL PARA CONCURSOS PÚBLICOS
Valdeci Correia
 

Mais procurados (20)

ENEM-2015 resolvido e comentado: Literatura
ENEM-2015 resolvido e comentado: LiteraturaENEM-2015 resolvido e comentado: Literatura
ENEM-2015 resolvido e comentado: Literatura
 
Enem aulao
Enem aulaoEnem aulao
Enem aulao
 
Terceira aplicação do enem 2014: Aspectos gramaticais
Terceira aplicação do enem 2014: Aspectos gramaticaisTerceira aplicação do enem 2014: Aspectos gramaticais
Terceira aplicação do enem 2014: Aspectos gramaticais
 
Conteúdo de linguagem cobrado no enem
Conteúdo de linguagem cobrado no enemConteúdo de linguagem cobrado no enem
Conteúdo de linguagem cobrado no enem
 
Artes pre modernismo
Artes pre modernismoArtes pre modernismo
Artes pre modernismo
 
QUESTÕES DO PRÉ-MODERNISMO À SEMANA DE ARTE MODERNA
QUESTÕES DO PRÉ-MODERNISMO À SEMANA DE ARTE MODERNAQUESTÕES DO PRÉ-MODERNISMO À SEMANA DE ARTE MODERNA
QUESTÕES DO PRÉ-MODERNISMO À SEMANA DE ARTE MODERNA
 
Exercicios semana de arte
Exercicios semana de arteExercicios semana de arte
Exercicios semana de arte
 
Prova de arte
Prova de arteProva de arte
Prova de arte
 
Enem 2004
Enem 2004Enem 2004
Enem 2004
 
CóPia De ApresentaçãO
CóPia De ApresentaçãOCóPia De ApresentaçãO
CóPia De ApresentaçãO
 
Semana de Letras 2008 - Letras e Telas de Angola
Semana de Letras 2008 - Letras e Telas de AngolaSemana de Letras 2008 - Letras e Telas de Angola
Semana de Letras 2008 - Letras e Telas de Angola
 
Simulado do INEP de Linguagens Códigos e suas Tecnologias de 2009
Simulado do INEP de Linguagens Códigos e suas Tecnologias de 2009Simulado do INEP de Linguagens Códigos e suas Tecnologias de 2009
Simulado do INEP de Linguagens Códigos e suas Tecnologias de 2009
 
Caderno de exercícios de linguagens – códigos e suas tecnologias
Caderno de exercícios de linguagens – códigos e suas tecnologiasCaderno de exercícios de linguagens – códigos e suas tecnologias
Caderno de exercícios de linguagens – códigos e suas tecnologias
 
Semana de Letras 2008 - Letras e Telas de Cabo Verde
Semana de Letras 2008 - Letras e Telas de Cabo VerdeSemana de Letras 2008 - Letras e Telas de Cabo Verde
Semana de Letras 2008 - Letras e Telas de Cabo Verde
 
Cordel: Uma proposta para o ensino de História
Cordel: Uma proposta para o ensino de HistóriaCordel: Uma proposta para o ensino de História
Cordel: Uma proposta para o ensino de História
 
Trabalho 1
Trabalho 1Trabalho 1
Trabalho 1
 
Enem o jogo das aparências
Enem   o jogo das aparênciasEnem   o jogo das aparências
Enem o jogo das aparências
 
Mornas e oralidade
Mornas e oralidadeMornas e oralidade
Mornas e oralidade
 
Língua portuguesa conhecimentos gramaticais (1)
Língua portuguesa   conhecimentos gramaticais (1)Língua portuguesa   conhecimentos gramaticais (1)
Língua portuguesa conhecimentos gramaticais (1)
 
PEB II - PORTUGUÊS - SIMULADO DIGITAL PARA CONCURSOS PÚBLICOS
PEB II - PORTUGUÊS  -  SIMULADO DIGITAL PARA CONCURSOS PÚBLICOSPEB II - PORTUGUÊS  -  SIMULADO DIGITAL PARA CONCURSOS PÚBLICOS
PEB II - PORTUGUÊS - SIMULADO DIGITAL PARA CONCURSOS PÚBLICOS
 

Semelhante a Enem 2014, identidades brasileiras

Canto orfeônico by Delziene Perdoncini
Canto orfeônico by Delziene PerdonciniCanto orfeônico by Delziene Perdoncini
Canto orfeônico by Delziene Perdoncini
Delziene Jesus
 
BREGA FUNK REVELAÇÃO DO NORDESTE 2022
BREGA FUNK REVELAÇÃO DO NORDESTE 2022BREGA FUNK REVELAÇÃO DO NORDESTE 2022
BREGA FUNK REVELAÇÃO DO NORDESTE 2022
HeenriqueRaaafel
 
Musica brasileira
Musica brasileiraMusica brasileira
Musica brasileira
VIVIAN TROMBINI
 
História da Música Brasileira
História da Música BrasileiraHistória da Música Brasileira
História da Música Brasileira
Carlos Zaranza
 
Música estilo musical
Música   estilo musicalMúsica   estilo musical
Música estilo musical
Jéssica Cristina
 
Historia da musica atividades
Historia da musica atividadesHistoria da musica atividades
Historia da musica atividades
Atividades Diversas Cláudia
 
Música Brasil
Música BrasilMúsica Brasil
Roteiro de estudo ARTE - Ensino Fundamental
Roteiro de estudo ARTE - Ensino FundamentalRoteiro de estudo ARTE - Ensino Fundamental
Roteiro de estudo ARTE - Ensino Fundamental
VALDOMIRO PEREIRA DE PEREIRA DE SOUZA JUNIOR
 
Samba e a mpb
Samba e a mpbSamba e a mpb
Samba e a mpb
Italo Colares
 
Camargo emerson zíngaro - tradição e assimilação na música sertaneja
Camargo emerson zíngaro  - tradição e assimilação na música sertanejaCamargo emerson zíngaro  - tradição e assimilação na música sertaneja
Camargo emerson zíngaro - tradição e assimilação na música sertaneja
https://camargoemersonzingaro.wordpress.com
 
histmusicabras-21maio-140528150704-phpapp02.pptx
histmusicabras-21maio-140528150704-phpapp02.pptxhistmusicabras-21maio-140528150704-phpapp02.pptx
histmusicabras-21maio-140528150704-phpapp02.pptx
MariaMarques385773
 
A Musicalidade Brasileira
A Musicalidade BrasileiraA Musicalidade Brasileira
A Musicalidade Brasileira
Loyanne Alves
 
A Evolução dos Ritmos Musicais
A Evolução dos Ritmos Musicais A Evolução dos Ritmos Musicais
A Evolução dos Ritmos Musicais
eercavalcanti
 
Ritmos de músicas internacional
Ritmos de músicas internacionalRitmos de músicas internacional
Ritmos de músicas internacional
George Araujo
 
Vanguardas artísticas e Musica no Brasil nos anos 50 e 60 - Bossa Nova e Jov...
Vanguardas artísticas  e Musica no Brasil nos anos 50 e 60 - Bossa Nova e Jov...Vanguardas artísticas  e Musica no Brasil nos anos 50 e 60 - Bossa Nova e Jov...
Vanguardas artísticas e Musica no Brasil nos anos 50 e 60 - Bossa Nova e Jov...
JanilsonNascimento4
 
AULA SOBRE PERNAMBUCO E O MANGUE BEAT.pdf
AULA SOBRE PERNAMBUCO E O MANGUE BEAT.pdfAULA SOBRE PERNAMBUCO E O MANGUE BEAT.pdf
AULA SOBRE PERNAMBUCO E O MANGUE BEAT.pdf
zecaviana1
 
O choro em Belo Horizonte
O choro em Belo HorizonteO choro em Belo Horizonte
O choro em Belo Horizonte
Luis Nassif
 
GALLO,PM(2010)-Caxixi
GALLO,PM(2010)-CaxixiGALLO,PM(2010)-Caxixi
GALLO,PM(2010)-Caxixi
Victor Eloy
 
"Ensaio sobre a Música Brasileira", por Mário de Andrade
"Ensaio sobre a Música Brasileira", por Mário de Andrade"Ensaio sobre a Música Brasileira", por Mário de Andrade
"Ensaio sobre a Música Brasileira", por Mário de Andrade
Leonardo Brum
 
Introdução
IntroduçãoIntrodução
Introdução
Caroline Souza
 

Semelhante a Enem 2014, identidades brasileiras (20)

Canto orfeônico by Delziene Perdoncini
Canto orfeônico by Delziene PerdonciniCanto orfeônico by Delziene Perdoncini
Canto orfeônico by Delziene Perdoncini
 
BREGA FUNK REVELAÇÃO DO NORDESTE 2022
BREGA FUNK REVELAÇÃO DO NORDESTE 2022BREGA FUNK REVELAÇÃO DO NORDESTE 2022
BREGA FUNK REVELAÇÃO DO NORDESTE 2022
 
Musica brasileira
Musica brasileiraMusica brasileira
Musica brasileira
 
História da Música Brasileira
História da Música BrasileiraHistória da Música Brasileira
História da Música Brasileira
 
Música estilo musical
Música   estilo musicalMúsica   estilo musical
Música estilo musical
 
Historia da musica atividades
Historia da musica atividadesHistoria da musica atividades
Historia da musica atividades
 
Música Brasil
Música BrasilMúsica Brasil
Música Brasil
 
Roteiro de estudo ARTE - Ensino Fundamental
Roteiro de estudo ARTE - Ensino FundamentalRoteiro de estudo ARTE - Ensino Fundamental
Roteiro de estudo ARTE - Ensino Fundamental
 
Samba e a mpb
Samba e a mpbSamba e a mpb
Samba e a mpb
 
Camargo emerson zíngaro - tradição e assimilação na música sertaneja
Camargo emerson zíngaro  - tradição e assimilação na música sertanejaCamargo emerson zíngaro  - tradição e assimilação na música sertaneja
Camargo emerson zíngaro - tradição e assimilação na música sertaneja
 
histmusicabras-21maio-140528150704-phpapp02.pptx
histmusicabras-21maio-140528150704-phpapp02.pptxhistmusicabras-21maio-140528150704-phpapp02.pptx
histmusicabras-21maio-140528150704-phpapp02.pptx
 
A Musicalidade Brasileira
A Musicalidade BrasileiraA Musicalidade Brasileira
A Musicalidade Brasileira
 
A Evolução dos Ritmos Musicais
A Evolução dos Ritmos Musicais A Evolução dos Ritmos Musicais
A Evolução dos Ritmos Musicais
 
Ritmos de músicas internacional
Ritmos de músicas internacionalRitmos de músicas internacional
Ritmos de músicas internacional
 
Vanguardas artísticas e Musica no Brasil nos anos 50 e 60 - Bossa Nova e Jov...
Vanguardas artísticas  e Musica no Brasil nos anos 50 e 60 - Bossa Nova e Jov...Vanguardas artísticas  e Musica no Brasil nos anos 50 e 60 - Bossa Nova e Jov...
Vanguardas artísticas e Musica no Brasil nos anos 50 e 60 - Bossa Nova e Jov...
 
AULA SOBRE PERNAMBUCO E O MANGUE BEAT.pdf
AULA SOBRE PERNAMBUCO E O MANGUE BEAT.pdfAULA SOBRE PERNAMBUCO E O MANGUE BEAT.pdf
AULA SOBRE PERNAMBUCO E O MANGUE BEAT.pdf
 
O choro em Belo Horizonte
O choro em Belo HorizonteO choro em Belo Horizonte
O choro em Belo Horizonte
 
GALLO,PM(2010)-Caxixi
GALLO,PM(2010)-CaxixiGALLO,PM(2010)-Caxixi
GALLO,PM(2010)-Caxixi
 
"Ensaio sobre a Música Brasileira", por Mário de Andrade
"Ensaio sobre a Música Brasileira", por Mário de Andrade"Ensaio sobre a Música Brasileira", por Mário de Andrade
"Ensaio sobre a Música Brasileira", por Mário de Andrade
 
Introdução
IntroduçãoIntrodução
Introdução
 

Mais de ma.no.el.ne.ves

Segunda aplicação do ENEM-2019: Literatura
Segunda aplicação do ENEM-2019: LiteraturaSegunda aplicação do ENEM-2019: Literatura
Segunda aplicação do ENEM-2019: Literatura
ma.no.el.ne.ves
 
Segunda aplicação do ENEM-2019: Internet e tecnologias
Segunda aplicação do ENEM-2019: Internet e tecnologiasSegunda aplicação do ENEM-2019: Internet e tecnologias
Segunda aplicação do ENEM-2019: Internet e tecnologias
ma.no.el.ne.ves
 
Segunda aplicação do ENEM-2019: Identidades brasileiras
Segunda aplicação do ENEM-2019: Identidades brasileirasSegunda aplicação do ENEM-2019: Identidades brasileiras
Segunda aplicação do ENEM-2019: Identidades brasileiras
ma.no.el.ne.ves
 
Segunda aplicação do ENEM-2019: Educação Física
Segunda aplicação do ENEM-2019: Educação FísicaSegunda aplicação do ENEM-2019: Educação Física
Segunda aplicação do ENEM-2019: Educação Física
ma.no.el.ne.ves
 
Segunda aplicação do ENEM-2019: Compreensão textual
Segunda aplicação do ENEM-2019: Compreensão textualSegunda aplicação do ENEM-2019: Compreensão textual
Segunda aplicação do ENEM-2019: Compreensão textual
ma.no.el.ne.ves
 
Segunda aplicação do ENEM-2019: Aspectos gramaticais
Segunda aplicação do ENEM-2019: Aspectos gramaticaisSegunda aplicação do ENEM-2019: Aspectos gramaticais
Segunda aplicação do ENEM-2019: Aspectos gramaticais
ma.no.el.ne.ves
 
Segunda aplicação do ENEM-2019: Artes
Segunda aplicação do ENEM-2019: ArtesSegunda aplicação do ENEM-2019: Artes
Segunda aplicação do ENEM-2019: Artes
ma.no.el.ne.ves
 
ENEM-2019: Literatura
ENEM-2019: LiteraturaENEM-2019: Literatura
ENEM-2019: Literatura
ma.no.el.ne.ves
 
ENEM-2019: Internet e Tecnologias
ENEM-2019: Internet e TecnologiasENEM-2019: Internet e Tecnologias
ENEM-2019: Internet e Tecnologias
ma.no.el.ne.ves
 
ENEM-2019: Identidades brasileiras
ENEM-2019: Identidades brasileirasENEM-2019: Identidades brasileiras
ENEM-2019: Identidades brasileiras
ma.no.el.ne.ves
 
ENEM-2019: Aspectos Gramaticais
ENEM-2019: Aspectos GramaticaisENEM-2019: Aspectos Gramaticais
ENEM-2019: Aspectos Gramaticais
ma.no.el.ne.ves
 
ENEM-2019: Educação Física
ENEM-2019: Educação FísicaENEM-2019: Educação Física
ENEM-2019: Educação Física
ma.no.el.ne.ves
 
ENEM-2019: Compreensão Textual
ENEM-2019: Compreensão TextualENEM-2019: Compreensão Textual
ENEM-2019: Compreensão Textual
ma.no.el.ne.ves
 
ENEM-2019: Artes
ENEM-2019: ArtesENEM-2019: Artes
ENEM-2019: Artes
ma.no.el.ne.ves
 
Terceira aplicação do ENEM-2017: Tecnologias e Internet
Terceira aplicação do ENEM-2017: Tecnologias e InternetTerceira aplicação do ENEM-2017: Tecnologias e Internet
Terceira aplicação do ENEM-2017: Tecnologias e Internet
ma.no.el.ne.ves
 
Terceira aplicação do ENEM-2017: Literatura
Terceira aplicação do ENEM-2017: LiteraturaTerceira aplicação do ENEM-2017: Literatura
Terceira aplicação do ENEM-2017: Literatura
ma.no.el.ne.ves
 
Terceira aplicação do ENEM-2017: Educação Física
Terceira aplicação do ENEM-2017: Educação FísicaTerceira aplicação do ENEM-2017: Educação Física
Terceira aplicação do ENEM-2017: Educação Física
ma.no.el.ne.ves
 
Terceira aplicação do ENEM-2017: Compreensão Textual
Terceira aplicação do ENEM-2017: Compreensão TextualTerceira aplicação do ENEM-2017: Compreensão Textual
Terceira aplicação do ENEM-2017: Compreensão Textual
ma.no.el.ne.ves
 
Terceira aplicação do ENEM-2017: Artes
Terceira aplicação do ENEM-2017: ArtesTerceira aplicação do ENEM-2017: Artes
Terceira aplicação do ENEM-2017: Artes
ma.no.el.ne.ves
 
Análise da Prova de Redação da UERJ-2010
Análise da Prova de Redação da UERJ-2010Análise da Prova de Redação da UERJ-2010
Análise da Prova de Redação da UERJ-2010
ma.no.el.ne.ves
 

Mais de ma.no.el.ne.ves (20)

Segunda aplicação do ENEM-2019: Literatura
Segunda aplicação do ENEM-2019: LiteraturaSegunda aplicação do ENEM-2019: Literatura
Segunda aplicação do ENEM-2019: Literatura
 
Segunda aplicação do ENEM-2019: Internet e tecnologias
Segunda aplicação do ENEM-2019: Internet e tecnologiasSegunda aplicação do ENEM-2019: Internet e tecnologias
Segunda aplicação do ENEM-2019: Internet e tecnologias
 
Segunda aplicação do ENEM-2019: Identidades brasileiras
Segunda aplicação do ENEM-2019: Identidades brasileirasSegunda aplicação do ENEM-2019: Identidades brasileiras
Segunda aplicação do ENEM-2019: Identidades brasileiras
 
Segunda aplicação do ENEM-2019: Educação Física
Segunda aplicação do ENEM-2019: Educação FísicaSegunda aplicação do ENEM-2019: Educação Física
Segunda aplicação do ENEM-2019: Educação Física
 
Segunda aplicação do ENEM-2019: Compreensão textual
Segunda aplicação do ENEM-2019: Compreensão textualSegunda aplicação do ENEM-2019: Compreensão textual
Segunda aplicação do ENEM-2019: Compreensão textual
 
Segunda aplicação do ENEM-2019: Aspectos gramaticais
Segunda aplicação do ENEM-2019: Aspectos gramaticaisSegunda aplicação do ENEM-2019: Aspectos gramaticais
Segunda aplicação do ENEM-2019: Aspectos gramaticais
 
Segunda aplicação do ENEM-2019: Artes
Segunda aplicação do ENEM-2019: ArtesSegunda aplicação do ENEM-2019: Artes
Segunda aplicação do ENEM-2019: Artes
 
ENEM-2019: Literatura
ENEM-2019: LiteraturaENEM-2019: Literatura
ENEM-2019: Literatura
 
ENEM-2019: Internet e Tecnologias
ENEM-2019: Internet e TecnologiasENEM-2019: Internet e Tecnologias
ENEM-2019: Internet e Tecnologias
 
ENEM-2019: Identidades brasileiras
ENEM-2019: Identidades brasileirasENEM-2019: Identidades brasileiras
ENEM-2019: Identidades brasileiras
 
ENEM-2019: Aspectos Gramaticais
ENEM-2019: Aspectos GramaticaisENEM-2019: Aspectos Gramaticais
ENEM-2019: Aspectos Gramaticais
 
ENEM-2019: Educação Física
ENEM-2019: Educação FísicaENEM-2019: Educação Física
ENEM-2019: Educação Física
 
ENEM-2019: Compreensão Textual
ENEM-2019: Compreensão TextualENEM-2019: Compreensão Textual
ENEM-2019: Compreensão Textual
 
ENEM-2019: Artes
ENEM-2019: ArtesENEM-2019: Artes
ENEM-2019: Artes
 
Terceira aplicação do ENEM-2017: Tecnologias e Internet
Terceira aplicação do ENEM-2017: Tecnologias e InternetTerceira aplicação do ENEM-2017: Tecnologias e Internet
Terceira aplicação do ENEM-2017: Tecnologias e Internet
 
Terceira aplicação do ENEM-2017: Literatura
Terceira aplicação do ENEM-2017: LiteraturaTerceira aplicação do ENEM-2017: Literatura
Terceira aplicação do ENEM-2017: Literatura
 
Terceira aplicação do ENEM-2017: Educação Física
Terceira aplicação do ENEM-2017: Educação FísicaTerceira aplicação do ENEM-2017: Educação Física
Terceira aplicação do ENEM-2017: Educação Física
 
Terceira aplicação do ENEM-2017: Compreensão Textual
Terceira aplicação do ENEM-2017: Compreensão TextualTerceira aplicação do ENEM-2017: Compreensão Textual
Terceira aplicação do ENEM-2017: Compreensão Textual
 
Terceira aplicação do ENEM-2017: Artes
Terceira aplicação do ENEM-2017: ArtesTerceira aplicação do ENEM-2017: Artes
Terceira aplicação do ENEM-2017: Artes
 
Análise da Prova de Redação da UERJ-2010
Análise da Prova de Redação da UERJ-2010Análise da Prova de Redação da UERJ-2010
Análise da Prova de Redação da UERJ-2010
 

Último

Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
livrosjovert
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Professor Belinaso
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
Manuais Formação
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
MarceloMonteiro213738
 
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdfCRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
soaresdesouzaamanda8
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
LeticiaRochaCupaiol
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Biblioteca UCS
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
AmiltonAparecido1
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
Marlene Cunhada
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
todorokillmepls
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
joseanesouza36
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
edivirgesribeiro1
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Érika Rufo
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
LucianaCristina58
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
TomasSousa7
 

Último (20)

Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
 
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdfCRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
 

Enem 2014, identidades brasileiras

  • 1. ENEM-2014 resolvido e comentado Questões de Identidades Brasileiras Manoel Neves
  • 2. Por   onde   houve   colonização   portuguesa,   a   música   popular   se   desenvolveu   basicamente   com   o   mesmo   instrumental.   Podemos   ver   cavaquinho   e   violão   atuarem   juntos   aqui,   em   Cabo   Verde,   em   Jacarta,   na   Indonésia,   ou   em   Goa.   O   caráter   nostálgico,   senEmental,   é   outro   ponto   comum   da   música   das   colônias   portuguesas   em   todo   o   mundo.   O   kronjong,   a   música   Hpica   de   Jacarta,   é   uma   espécie  de  lundu  mais  lento,  tocado  comumente  com  flauta,  cavaquinho  e  violão.   Em  Goa,  não  é  muito  diferente  
  • 3. QUESTÃO 01 primeira aplicação do ENEM-2014 De   acordo   com   o   texto   de   Henrique   Cazes,   grande   parte   da   música   popular   desenvolvida  nos  países  colonizados  por  Portugal  comparElham  um  instrumental,   destacando-­‐se  o  cavaquinho  e  o  violão.  No  Brasil,  são  exemplos  de  música  popular   que  empregam  esses  mesmos  instrumentos:   a)  Maracatu  e  ciranda.   b)  Carimbó  e  baião.   c)  Choro  e  samba.   d)  Chula  e  siriri.   e)  Xote  e  frevo.  
  • 4. SOLUÇÃO COMENTADA primeira aplicação do ENEM-2014 Dentre   as   manifestações   musicais   indicadas   nesta   questão,   as   que   podem   ser   acompanhadas  por  cavaquinho  e  violão  são  samba,  chorinho  e  chula  [subgênero   do  samba  de  roda].  Marque-­‐se,  pois,  a  letra  “c”.   temas abordados na questão desdobramentos  da  cultura  portuguesa  no  Brasil,  gêneros  muisicais  brasileiros  
  • 5. No   Brasil,   a   origem   do   funk   e   do   hip   hop   remonta   aos   anos   1970,   quando   da   proliferação   dos   chamados   “bailes   black”   nas   periferias   dos   grandes   centros   urbanos.  Embalados  pela  black  music  americana,  milhares  de  jovens  encontravam   nos   bailes   e   final   de   semana   uma   alternaEva   de   lazer   antes   inexistente.   Em   cidades  como  o  Rio  de  Janeiro  ou  São  Paulo,  formavam-­‐se  equipes  de  som  que   promoviam  bailes  onde  foi  se  disseminando  um  esElo  que  buscava  valorização  da   cultura   negra,   tanto   na   música   como   nas   roupas   e   nos   penteados.   NO   Rio   de   Janeiro,   ficou   conhecido   como   “Black   Rio”.   A   indústria   fonográfica   descobriu   o   filão   e,   lançando   discos   de   “equipe”   com   as   músicas   de   sucesso   nos   bailes,   difundia  a  moda  pelo  restante  do  país.   DAYRELL,  J.  A  música  entra  em  cena:  o  rap  e  o  funk  na  socialização  da  juventude.  Belo  Horizonte:  UFMG,  2005.  
  • 6. QUESTÃO 02 primeira aplicação do ENEM-2014 A  presença  da  cultura  hip-­‐hop  no  Brasil  caracteriza-­‐se  como  uma  forma  de   a)  lazer  gerada  pela  diversidade  de  práEcas  arHsEcas  nas  periferias  urbanas.   b)  entretenimento  inventada  pela  indústria  fonográfica  nacional.   c)  subversão  de  sua  proposta  original  já  nos  primeiros  bailes.   d)  afirmação  da  idenEdade  dos  jovens  que  a  praEcam.   e)  reprodução  da  cultura  musical  norte-­‐americana.  
  • 7. SOLUÇÃO COMENTADA primeira aplicação do ENEM-2014 Os  bailes,  conforme  se  lê  no  texto  citado,  são  manifestações  culturais  dos  jovens   das  periferias  das  grandes  cidades,  nomalmante  de  ascendência  africana.  Há,  nos   bailes,  uma  “estéEca”  negra,  manifesta  em  roupas,  cabelos,  hábitos  culturais  e,   evidentemente,  na  música.  Sendo  assim,  deve-­‐se  assinalar  a  alternaEva  “d”.   temas abordados na questão desdobramentos  das  manifestações  culturais  africanas  no  Brasil  
  • 8. O  BRASIL  É  SERTANEJO   Que  Epo  de  música  simboliza  o  Brasil?  Eis  uma  questão  discuEda  há  muito  tempo,   que   desperta   opiniões   extremadas.   Há   fundamentalistas   que   desejam   impor   ao   público  um  Epo  de  som  nascido  das  raízes  socioculturais  do  país.  O  samba.  Outros,   igualmente  nacionalistas,  desprezam  tudo  aquilo  que  não  tem  esElo.  Sonham  com   o   império   da   MPB   de   Chico   Buarque   e   Caetano   Veloso.   Um   terceiro   grupo,   formado  por  gente  mais  jovem,  escuta  e  culEva  apenas  a  música  internacional,  em   todas  as  vertentes.  E  mais  ou  menos  ignora  o  resto.   A  realidade  dos  hábitos  musicais  do  brasileiro  agora  está  clara,  nada  tem  a  ver   com   esses   estereóEpos.   O   gênero   que   encanta   mais   da   metade   do   país   é   o   sertanejo,   seguido   de   longe   pela   MPB   e   pelo   pagode.   Outros   gêneros   em   ascensão,  sobretudo  entre  as  classes  C,  D  e  E  são  o  funk  e  o  religioso,  em  especial   o  gospel.  Rock  e  música  eletrônica  são  músicas  de  minoria.  
  • 9. É  o  que  demonstra  uma  pesquisa  pioneira  feita  entre  agosto  de  2012  e  agosto  de   2013  pelo  InsEtuto  Brasileiro  de  Opinião  Pública  e  EstaHsEca  (IBOPE).  A  pesquisa   Tribos  musicais  –  o  comportamento  dos  ouvintes  de  rádio  sob  uma  nova  óIca   faz  um  retrato  do  ouvinte  brasileiro  e  traz  algumas  novidades.  Para  quem  pensava   que  a  MPB  e  o  samba  ainda  resisEam  como  baluartes  da  nacionalidade,  uma  má   noHcia:  os  dois  gêneros  foram  superados  em  popularidade.  O  Brasil  moderno  não   tem  mais  o  perfil  sonoro  dos  anos  1970,  que  muitos  gostariam  que  se  eternizasse.   A  cara  musical  do  país  agora  é  outra.   GIRCIN,  L.  A.  Época,  n.805,  out.  2013.  Fragmento.  
  • 10. QUESTÃO 03 primeira aplicação do ENEM-2014 O  texto  objeEva  convencer  o  leitor  de  que  a  configuração  da  preferência  musical   dos  brasileiros  não  é  mais  a  mesma  dos  anos  1970.  A  estratégia  de  argumentação   para  comprovar  essa  posição  baseia-­‐se  no(a)   a)  apresentação  dos  resultados  de  uma  pesquisa  que  retrata  o  quadro  atual  da   preferência  popular  relaEva  à  música  brasileira.   b)  caracterização  das  opiniões  relaEvas  a  determinados  gêneros,  considerados  os   mais  representaEvos  da  brasilidade,  como  meros  estereóEpos.   c)   uso   de   estrangeirismos,   como   rock,   funk   e   gospel,   para   compor   um   esElo   próximo  ao  leitor,  em  sintonia  com  o  ataque  aos  nacionalistas.   d)  ironia  com  relação  ao  apego  a  opiniões  superadas,  tomadas  como  expressão  de   conservadorismo   e   anacronismo,   com   o   uso   de   designações   “império”   e   “baluarte”.   e)  contraposição  a  impressões  fundadas  em  eliEsmo  e  preconceito,  com  alusão  a   arEstas  de  renome  para  melhor  demonstrar  a  consolidação  da  mudança  do  gosto   popular.  
  • 11. SOLUÇÃO COMENTADA primeira aplicação do ENEM-2014 O  texto  em  análise  tem  caráter  exposiEvo-­‐argumentaEvo  e  trata  do  gosto  musical   do   brasileiro   médio   no   início   da   década   de   2010.   O   autor   fala   que   os   gêneros   musicais  mais  ouvidos  no  período  foram  sertanejo,  funk  e  gospel.  Para  corroborar   sua   perspecEva,   cita   uma   pesquisa   feita   pelo   IBOPE   entre   2012   e   2013.   Obviamente,  o  ponto  de  vista  expresso  pelo  locutor  presente  no  texto  é  reforçado   por  meio  de  um  argumento  baseado  em  prova  concreta.  Assinale-­‐se,  pois,  a  letra   “a”.   temas abordados na questão estratégias  argumentaIvas;  idenIdades  brasileiras  
  • 12. CORDEL  RESISTE  À  TECNOLOGIA  GRÁFICA   O  Cariri  mantém  uma  das  mais  ricas  tradições  da  cultura  popular.  É  a  literatura  de   cordel,   que   atravessa   os   séculos   sem   ser   destruída   pela   avalanche   de   modernidade  que  invade  o  sertão  lírico  e  telúrico.  Na  contramão  do  progresso,   que  informaEzou  a  indústria  gráfica,  a  Lira  NordesEna,  de  Juazeiro  do  Norte,  e  a   Academia  dos  Cordelistas  do  Crato  conservam,  em  suas  oficinas,  velhas  máquinas   para  impressão  dos  seus  cordéis.   A   chapa   para   impressão   do   cordel   é   feita   à   mão,   letra   por   letra,   um   trabalho   artesanal  que  dura  cerca  de  uma  hora  para  confecção  de  uma  página.  Em  seguida,   a   chapa   é   levada   para   a   impressora,   também   manual,   para   imprimir.   A   manutenção  desse  sistema  anEgo  de  impressão  faz  parte  da  filosofia  do  trabalho.   A  outra  etapa  é  a  confecção  da  xilogravura  para  a  capa  do  cordel.  
  • 13. As  xilogravuras  são  ilustrações  populares  obEdas  por  meio  de  gravuras  talhadas   em  madeira.  A  origem  da  xilogravura  nordesEna  até  hoje  é  ignorada.  Acredita-­‐se   que  os  missionários  portugueses  tenham  ensinado  sua  técnica  aos  índios,  como   uma   aEvidade   extra-­‐catequese,   parEndo   do   princípio   religioso   que   defendia   a   necessidade  de  ocupar  as  mãos  para  que  a  mente  não  fique  livre,  sujeita  aos  maus   pensamentos,   ao   pecado.   A   xilogravura   antecedeu   ao   clichê,   placa   fotomecanicamente  gravada  em  relevo  sobre  metal,  usualmente  de  zinco,  que  era   uElizada  nos  jornais  impressos  em  rotoplanas.   VICELMO,  A.  Disponível  em  hsp://www.onordeste.com.  Acesso  em  24  fev.  2013.  Adaptado.  
  • 14. QUESTÃO 04 primeira aplicação do ENEM-2014 A  estratégia  gráfica  consEtuída  pela  união  entre  as  técnicas  da  impressão  manual   e  da  confecção  da  xilogravura  na  produção  dos  folhetos  de  cordel   a)  realça  a  importância  da  xilogravura  sobre  o  clichê.   b)  oportuniza  a  renovação  dessa  arte  na  modernidade.   c)  demonstra  a  uElidade  desses  textos  para  a  catequese.   d)  revela  a  necessidade  da  busca  das  origens  dessa  literatura.   e)  auxilia  na  manutenção  da  essência  idenEtária  dessa  tradição  popular.  
  • 15. SOLUÇÃO COMENTADA primeira aplicação do ENEM-2014 O  texto  em  análise  trata  da  resistência  de  uma  manifestação  da  cultura  popular   sertaneja,   a   literatura   de   cordel.   O   fragmento   transcrito   destaca   o   modo   de   produção/impressão  dos  folhetos  que  narram  aventuras  dos  heróis  do  sertão  e   veiculam  uma  moral  bastante  peculiar.  Desse  modo,  a  manutenção  das  técnicas   de   composição   das   páginas   e   de   confecção   da   capa   indica   a   preservação   da   tradição  ligada  ao  fenômeno  da  literatura  de  cordel.  Assinale-­‐se  a  letra  “e”.   temas abordados na questão idenIdades  brasileiras