SlideShare uma empresa Scribd logo
MOTIVAÇÃO DE EQUIPES PDL – Programa de
Desenvolvimento de líderes
QUANTAS PESSOAS VOCÊ É CAPAZ
DE MOTIVAR?
Encontro 7 - 2016 - motivação de equipes
Encontro 7 - 2016 - motivação de equipes
O QUE É TREINÁVEL E O
QUE NÃO É?
Encontro 7 - 2016 - motivação de equipes
Encontro 7 - 2016 - motivação de equipes
QUERER X FAZER
Todos querem o sucesso, concretizar seus objetivos e
experimentar uma sentimento de realização, porém a
grande maioria apenas quer, mas não tomam uma
ATITUDE no sentido de materializar aquilo que almeja
por meio de uma ação concreta.
A falta de ATITUDE, leva a uma estado de
ACOMODAÇÃO, ou seja, há um conformismo, uma
falta de energia para batalhar por aquilo que se quer,
vai –se postergando ações sempre para o dia seguinte,
a semana seguinte, o mês seguinte, o ano seguinte e
assim por diante...
O mecanismo de defesa mais comum para os
acomodados são as DESCULPAS.
CONTRATAR A PESSOA CERTA PARA O LUGAR CERTO!
( CHIAVENATO)
COMO TUDO COMEÇA?
VÍDEO
IMPACTOS DA FALTA DE MOTIVAÇÃO
ØAlta rotatividade de funcionários
ØDiminuição da produtividade
ØErros tolos e constantes
ØFaltas, atrasos e um monte de desculpas
ØPessoas tristes, melancólicas e irritadiças
ØFuncionários com o desempenho despencando
ØResultados aquém das metas definidas
Encontro 7 - 2016 - motivação de equipes
Se a motivação depende de
cada um, ou seja, é intrínseca,
como os líderes podem atuar?
Já dizia um sábio:
Você não pode motivar um
cavalo a beber água, mas
pode levá-lo até o rio.
COMO MOTIVAR SUA EQUIPE?
COMO
MOTIVAR SUA
EQUIPE?
VOCÊ ESTÁ MOTIVADO?
É OTIMISTA?
TEM ATITUDES POSITIVAS?
TEM MOSTRADO ENTUSIASMO?
VOCÊ TEM INSPIRADO AS PESSOAS QUE
TRABALHAM COM VOCÊ?
Encontro 7 - 2016 - motivação de equipes
Ainda que um líder não possa produzir motivação
ele pode criar certas circunstâncias favoráveis de
encorajamento e motivação.
Uma coisa é você mandar alguém fazer um
trabalho, mas outra completamente diferente é você
conseguir despertar nele o desejo de fazer o
trabalho. Alguém nessa situação será muito mais
produtivo, criativo, com disposição para trabalhar
além do proposto, não necessitará ser
supervisionado o tempo todo e naturalmente fará o
trabalho com prazer e alegria.
PRESTE ATENÇÃO!
Ø Como líder você deve estar atento para verificar se está
proporcionando à sua equipe as seguintes possibilidades:
Ø Sentimento de realização ( tarefas compatíveis, desafios
X recursos, metas alcançáveis, prazos coerentes e etc.)
Ø Reconhecimento ( elogios, feedbacks , méritos, promoções,
bônus e etc.)
Ø Progresso ( dar mais responsabilidades, tarefas com mais
complexidades, evitar a acomodação)
Ø Identificar se há prazer naquilo que estão fazendo
Ø Responsabilidade
Ø Entenda que as equipes se sentirão motivadas se
receberem algo além de salários e premiações.
Encontro 7 - 2016 - motivação de equipes
DICAS BARATAS PARA MOTIVAR SUA EQUIPE
ØCafé da manhã, almoço ou happy hour, estas atitudes
aproximam o líder de seus liderados, além de ser uma ótima
oportunidade de conversar sobre o dia-a-dia, dificuldades,
mudanças e pontos de melhoria.
ØReuniões de Feedback. Compartilhar estratégias, resultados,
feedback, alinhar expectativas, corrigir o rumo das coisas,
aproveitar para ler um texto, apresentar um vídeo ou palestra
motivacional
ØInstigar os funcionários a terem idéias, mesmo que essas não
possam ser aplicadas de imediato na empresa, é uma maneira
de ter um ambiente de trabalho mais leve. Nada melhor do que
a própria equipe envolvida no problema para dar sugestões.
DICAS BARATAS PARA MOTIVAR SUA EQUIPE
Ø Prêmios simples como: caixa de chocolate, Cesta de
Pascoa, sorteio de uma cesta de café da manhã, ingresso
de cinema, vale presente, presente de algum fornecedor e
etc.
Ø Comemorar o aniversário dentro do próprio
departamento
Ø Quadro do funcionário do mês
Ø E-mail elogiando o colaborador ou tornando público
algum elogio de cliente
Ø Faça plantões de feriados, para que assim seus
colaboradores possam desfrutar de uma emenda de
feriado.
OBRIGADA!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aula 07 gestao pessoas e liderança macroprocessos seleção, avaliação e remu...
Aula 07 gestao pessoas e liderança   macroprocessos seleção, avaliação e remu...Aula 07 gestao pessoas e liderança   macroprocessos seleção, avaliação e remu...
Aula 07 gestao pessoas e liderança macroprocessos seleção, avaliação e remu...
Janaina Ferreira
 
Os 5 principios do líder coach
Os 5 principios do líder coachOs 5 principios do líder coach
Os 5 principios do líder coach
luzahet
 
Trabalhe por sua carreira ou torne-se refém dela
Trabalhe por sua carreira ou torne-se refém delaTrabalhe por sua carreira ou torne-se refém dela
Trabalhe por sua carreira ou torne-se refém dela
Conselho Regional de Administração de São Paulo
 
15 DICAS DE LIDERANÇA
15 DICAS DE LIDERANÇA15 DICAS DE LIDERANÇA
15 DICAS DE LIDERANÇA
Tatiane Souza
 
10 passos para construir uma carreira de sucesso
10 passos para construir uma carreira de sucesso10 passos para construir uma carreira de sucesso
10 passos para construir uma carreira de sucesso
Editora Évora
 
Plano de carreira, isso funciona ? Me consegue uma bússola por favor. (Agile...
Plano de carreira, isso funciona ? Me consegue uma bússola por favor. (Agile...Plano de carreira, isso funciona ? Me consegue uma bússola por favor. (Agile...
Plano de carreira, isso funciona ? Me consegue uma bússola por favor. (Agile...
Jéferson Machado
 
Formação de novos gestores
Formação de novos gestores Formação de novos gestores
Formação de novos gestores
André Hypolito
 
Encontro 10 - 2016 - objetivos metas e resultados
Encontro 10 - 2016 - objetivos metas e resultadosEncontro 10 - 2016 - objetivos metas e resultados
Encontro 10 - 2016 - objetivos metas e resultados
adanipalma
 
CURSO TRABALHO EM EQUIPE: NOSSA EQUIPE UM TIME DE CAMPEÕES - SÃO PAULO - SP -...
CURSO TRABALHO EM EQUIPE: NOSSA EQUIPE UM TIME DE CAMPEÕES - SÃO PAULO - SP -...CURSO TRABALHO EM EQUIPE: NOSSA EQUIPE UM TIME DE CAMPEÕES - SÃO PAULO - SP -...
CURSO TRABALHO EM EQUIPE: NOSSA EQUIPE UM TIME DE CAMPEÕES - SÃO PAULO - SP -...
Corporativa Brasil - Educação Empresarial
 
Trabalho em Equipe
Trabalho em EquipeTrabalho em Equipe
Trabalho em Equipe
Andrea Dalforno
 
A energia da motivação em tempos de crise
A energia da motivação em tempos de criseA energia da motivação em tempos de crise
A energia da motivação em tempos de crise
Conselho Regional de Administração de São Paulo
 
O gerente coach Alexandre Donatti
O gerente coach Alexandre DonattiO gerente coach Alexandre Donatti
O gerente coach Alexandre Donatti
Caroline Fioravante
 
Moving motivators
Moving motivatorsMoving motivators
Moving motivators
Mayra de Souza
 
Aula 02 gestao pessoas e liderança envolvimento total 2
Aula 02 gestao pessoas e liderança   envolvimento total 2Aula 02 gestao pessoas e liderança   envolvimento total 2
Aula 02 gestao pessoas e liderança envolvimento total 2
Janaina Ferreira
 
WEBINAR 01 - Como as suas competências comportamentais podem ajudar você a en...
WEBINAR 01 - Como as suas competências comportamentais podem ajudar você a en...WEBINAR 01 - Como as suas competências comportamentais podem ajudar você a en...
WEBINAR 01 - Como as suas competências comportamentais podem ajudar você a en...
Workalove Edtech
 
Chefe x lider
Chefe x liderChefe x lider
Chefe x lider
Karina Mello
 
Fomentar a Cultura feedback
Fomentar a Cultura feedbackFomentar a Cultura feedback
Fomentar a Cultura feedback
Mayra de Souza
 
Trabalho em equipe
Trabalho em equipeTrabalho em equipe
Trabalho em equipe
Celso Frederico Lago
 
Formação de equipes
Formação de equipesFormação de equipes
coaching: liderança, motivação, diversidade e tolerância no mundo corporativo
coaching: liderança, motivação, diversidade e tolerância no mundo corporativocoaching: liderança, motivação, diversidade e tolerância no mundo corporativo
coaching: liderança, motivação, diversidade e tolerância no mundo corporativo
Luci Bonini
 

Mais procurados (20)

Aula 07 gestao pessoas e liderança macroprocessos seleção, avaliação e remu...
Aula 07 gestao pessoas e liderança   macroprocessos seleção, avaliação e remu...Aula 07 gestao pessoas e liderança   macroprocessos seleção, avaliação e remu...
Aula 07 gestao pessoas e liderança macroprocessos seleção, avaliação e remu...
 
Os 5 principios do líder coach
Os 5 principios do líder coachOs 5 principios do líder coach
Os 5 principios do líder coach
 
Trabalhe por sua carreira ou torne-se refém dela
Trabalhe por sua carreira ou torne-se refém delaTrabalhe por sua carreira ou torne-se refém dela
Trabalhe por sua carreira ou torne-se refém dela
 
15 DICAS DE LIDERANÇA
15 DICAS DE LIDERANÇA15 DICAS DE LIDERANÇA
15 DICAS DE LIDERANÇA
 
10 passos para construir uma carreira de sucesso
10 passos para construir uma carreira de sucesso10 passos para construir uma carreira de sucesso
10 passos para construir uma carreira de sucesso
 
Plano de carreira, isso funciona ? Me consegue uma bússola por favor. (Agile...
Plano de carreira, isso funciona ? Me consegue uma bússola por favor. (Agile...Plano de carreira, isso funciona ? Me consegue uma bússola por favor. (Agile...
Plano de carreira, isso funciona ? Me consegue uma bússola por favor. (Agile...
 
Formação de novos gestores
Formação de novos gestores Formação de novos gestores
Formação de novos gestores
 
Encontro 10 - 2016 - objetivos metas e resultados
Encontro 10 - 2016 - objetivos metas e resultadosEncontro 10 - 2016 - objetivos metas e resultados
Encontro 10 - 2016 - objetivos metas e resultados
 
CURSO TRABALHO EM EQUIPE: NOSSA EQUIPE UM TIME DE CAMPEÕES - SÃO PAULO - SP -...
CURSO TRABALHO EM EQUIPE: NOSSA EQUIPE UM TIME DE CAMPEÕES - SÃO PAULO - SP -...CURSO TRABALHO EM EQUIPE: NOSSA EQUIPE UM TIME DE CAMPEÕES - SÃO PAULO - SP -...
CURSO TRABALHO EM EQUIPE: NOSSA EQUIPE UM TIME DE CAMPEÕES - SÃO PAULO - SP -...
 
Trabalho em Equipe
Trabalho em EquipeTrabalho em Equipe
Trabalho em Equipe
 
A energia da motivação em tempos de crise
A energia da motivação em tempos de criseA energia da motivação em tempos de crise
A energia da motivação em tempos de crise
 
O gerente coach Alexandre Donatti
O gerente coach Alexandre DonattiO gerente coach Alexandre Donatti
O gerente coach Alexandre Donatti
 
Moving motivators
Moving motivatorsMoving motivators
Moving motivators
 
Aula 02 gestao pessoas e liderança envolvimento total 2
Aula 02 gestao pessoas e liderança   envolvimento total 2Aula 02 gestao pessoas e liderança   envolvimento total 2
Aula 02 gestao pessoas e liderança envolvimento total 2
 
WEBINAR 01 - Como as suas competências comportamentais podem ajudar você a en...
WEBINAR 01 - Como as suas competências comportamentais podem ajudar você a en...WEBINAR 01 - Como as suas competências comportamentais podem ajudar você a en...
WEBINAR 01 - Como as suas competências comportamentais podem ajudar você a en...
 
Chefe x lider
Chefe x liderChefe x lider
Chefe x lider
 
Fomentar a Cultura feedback
Fomentar a Cultura feedbackFomentar a Cultura feedback
Fomentar a Cultura feedback
 
Trabalho em equipe
Trabalho em equipeTrabalho em equipe
Trabalho em equipe
 
Formação de equipes
Formação de equipesFormação de equipes
Formação de equipes
 
coaching: liderança, motivação, diversidade e tolerância no mundo corporativo
coaching: liderança, motivação, diversidade e tolerância no mundo corporativocoaching: liderança, motivação, diversidade e tolerância no mundo corporativo
coaching: liderança, motivação, diversidade e tolerância no mundo corporativo
 

Semelhante a Encontro 7 - 2016 - motivação de equipes

Scrum Gathering 2018
Scrum Gathering 2018Scrum Gathering 2018
Scrum Gathering 2018
Marcely Santos
 
6 Pontos No Nv Lider
6 Pontos No Nv Lider6 Pontos No Nv Lider
6 Pontos No Nv Lider
Simone Chiaretto
 
Modelos de liderança 8a aula 31/03/2011
Modelos de liderança 8a aula 31/03/2011Modelos de liderança 8a aula 31/03/2011
Modelos de liderança 8a aula 31/03/2011
Unip e Uniplan
 
O desafio de manter a motivação em times distribuídos.
O desafio de manter a motivação em times distribuídos.O desafio de manter a motivação em times distribuídos.
O desafio de manter a motivação em times distribuídos.
Marcely Santos
 
First among equals (primus inter pares) how to manage a group of professional...
First among equals (primus inter pares) how to manage a group of professional...First among equals (primus inter pares) how to manage a group of professional...
First among equals (primus inter pares) how to manage a group of professional...
Bruno Ung
 
O desafio de manter a motivação em times distribuídos.
O desafio de manter a motivação em times distribuídos.O desafio de manter a motivação em times distribuídos.
O desafio de manter a motivação em times distribuídos.
Marcely Santos
 
Sucesso, PerseverançA E MotivaçãO
Sucesso, PerseverançA E MotivaçãOSucesso, PerseverançA E MotivaçãO
Sucesso, PerseverançA E MotivaçãO
frsalviano
 
Sofia Calheiros-Coaching-5W
Sofia Calheiros-Coaching-5WSofia Calheiros-Coaching-5W
Sofia Calheiros-Coaching-5W
Sofia Calheiros
 
Como motivar a sua equipa de colaboradores?
Como motivar a sua equipa de colaboradores?Como motivar a sua equipa de colaboradores?
Como motivar a sua equipa de colaboradores?
UWU Solutions, Lda.
 
Mine aula video
Mine aula videoMine aula video
Mine aula video
Cristina2311
 
Mine aula video
Mine aula videoMine aula video
Mine aula video
Cristina2311
 
Atenção, coordenador técnico de academias: você pode mais!
Atenção, coordenador técnico de academias: você pode mais!Atenção, coordenador técnico de academias: você pode mais!
Atenção, coordenador técnico de academias: você pode mais!
Christian Munaier
 
Motivação de Equipes
Motivação de EquipesMotivação de Equipes
Motivação de Equipes
Jamildo Feitosa
 
Como Recuperar Vdas Perdidas
Como Recuperar Vdas PerdidasComo Recuperar Vdas Perdidas
Como Recuperar Vdas Perdidas
Amory Serviços Ltda.
 
Desenvolvimento de Liderança.pptx
Desenvolvimento de Liderança.pptxDesenvolvimento de Liderança.pptx
Desenvolvimento de Liderança.pptx
Glayberson Pereira
 
TDC2017 | POA Trilha Management - O desafio de manter a motivação em times di...
TDC2017 | POA Trilha Management - O desafio de manter a motivação em times di...TDC2017 | POA Trilha Management - O desafio de manter a motivação em times di...
TDC2017 | POA Trilha Management - O desafio de manter a motivação em times di...
tdc-globalcode
 
O desafio de manter a motivação em times distribuídos.
O desafio de manter a motivação em times distribuídos.O desafio de manter a motivação em times distribuídos.
O desafio de manter a motivação em times distribuídos.
Marcely Santos
 
COACHING PARA RH EXERCÍCIOS
COACHING PARA RH EXERCÍCIOSCOACHING PARA RH EXERCÍCIOS
COACHING PARA RH EXERCÍCIOS
Tatiane Souza
 
Coach guia de treimaneto e liderança coaching
Coach guia de treimaneto e liderança coachingCoach guia de treimaneto e liderança coaching
Coach guia de treimaneto e liderança coaching
coachingparasucesso
 
Desenvolvimento pessoal
Desenvolvimento pessoalDesenvolvimento pessoal
Desenvolvimento pessoal
AugustoGomes38
 

Semelhante a Encontro 7 - 2016 - motivação de equipes (20)

Scrum Gathering 2018
Scrum Gathering 2018Scrum Gathering 2018
Scrum Gathering 2018
 
6 Pontos No Nv Lider
6 Pontos No Nv Lider6 Pontos No Nv Lider
6 Pontos No Nv Lider
 
Modelos de liderança 8a aula 31/03/2011
Modelos de liderança 8a aula 31/03/2011Modelos de liderança 8a aula 31/03/2011
Modelos de liderança 8a aula 31/03/2011
 
O desafio de manter a motivação em times distribuídos.
O desafio de manter a motivação em times distribuídos.O desafio de manter a motivação em times distribuídos.
O desafio de manter a motivação em times distribuídos.
 
First among equals (primus inter pares) how to manage a group of professional...
First among equals (primus inter pares) how to manage a group of professional...First among equals (primus inter pares) how to manage a group of professional...
First among equals (primus inter pares) how to manage a group of professional...
 
O desafio de manter a motivação em times distribuídos.
O desafio de manter a motivação em times distribuídos.O desafio de manter a motivação em times distribuídos.
O desafio de manter a motivação em times distribuídos.
 
Sucesso, PerseverançA E MotivaçãO
Sucesso, PerseverançA E MotivaçãOSucesso, PerseverançA E MotivaçãO
Sucesso, PerseverançA E MotivaçãO
 
Sofia Calheiros-Coaching-5W
Sofia Calheiros-Coaching-5WSofia Calheiros-Coaching-5W
Sofia Calheiros-Coaching-5W
 
Como motivar a sua equipa de colaboradores?
Como motivar a sua equipa de colaboradores?Como motivar a sua equipa de colaboradores?
Como motivar a sua equipa de colaboradores?
 
Mine aula video
Mine aula videoMine aula video
Mine aula video
 
Mine aula video
Mine aula videoMine aula video
Mine aula video
 
Atenção, coordenador técnico de academias: você pode mais!
Atenção, coordenador técnico de academias: você pode mais!Atenção, coordenador técnico de academias: você pode mais!
Atenção, coordenador técnico de academias: você pode mais!
 
Motivação de Equipes
Motivação de EquipesMotivação de Equipes
Motivação de Equipes
 
Como Recuperar Vdas Perdidas
Como Recuperar Vdas PerdidasComo Recuperar Vdas Perdidas
Como Recuperar Vdas Perdidas
 
Desenvolvimento de Liderança.pptx
Desenvolvimento de Liderança.pptxDesenvolvimento de Liderança.pptx
Desenvolvimento de Liderança.pptx
 
TDC2017 | POA Trilha Management - O desafio de manter a motivação em times di...
TDC2017 | POA Trilha Management - O desafio de manter a motivação em times di...TDC2017 | POA Trilha Management - O desafio de manter a motivação em times di...
TDC2017 | POA Trilha Management - O desafio de manter a motivação em times di...
 
O desafio de manter a motivação em times distribuídos.
O desafio de manter a motivação em times distribuídos.O desafio de manter a motivação em times distribuídos.
O desafio de manter a motivação em times distribuídos.
 
COACHING PARA RH EXERCÍCIOS
COACHING PARA RH EXERCÍCIOSCOACHING PARA RH EXERCÍCIOS
COACHING PARA RH EXERCÍCIOS
 
Coach guia de treimaneto e liderança coaching
Coach guia de treimaneto e liderança coachingCoach guia de treimaneto e liderança coaching
Coach guia de treimaneto e liderança coaching
 
Desenvolvimento pessoal
Desenvolvimento pessoalDesenvolvimento pessoal
Desenvolvimento pessoal
 

Mais de adanipalma

Encontro 17 - 2016 - inteligência emocional
Encontro 17 - 2016 - inteligência emocionalEncontro 17 - 2016 - inteligência emocional
Encontro 17 - 2016 - inteligência emocional
adanipalma
 
Encontro 13 - 2016 - tomada de decisão
Encontro 13 - 2016 - tomada de decisãoEncontro 13 - 2016 - tomada de decisão
Encontro 13 - 2016 - tomada de decisão
adanipalma
 
Encontro 9 - 2016 - gestão de conflitos
Encontro 9 - 2016 - gestão de conflitosEncontro 9 - 2016 - gestão de conflitos
Encontro 9 - 2016 - gestão de conflitos
adanipalma
 
Encontro 7 - 2016 - motivação de equipes
Encontro 7 - 2016 - motivação de equipesEncontro 7 - 2016 - motivação de equipes
Encontro 7 - 2016 - motivação de equipes
adanipalma
 
Encontro 4 - 2016 - gestão do desempenho
Encontro 4 - 2016 - gestão do desempenhoEncontro 4 - 2016 - gestão do desempenho
Encontro 4 - 2016 - gestão do desempenho
adanipalma
 
Encontro 3 - 2016 - gestão de pessoas
Encontro 3 - 2016 - gestão de pessoasEncontro 3 - 2016 - gestão de pessoas
Encontro 3 - 2016 - gestão de pessoas
adanipalma
 
Encontro 2 - 2016 - comunicação assertiva e relacionamento interpessoal
Encontro 2 - 2016 - comunicação assertiva e relacionamento interpessoalEncontro 2 - 2016 - comunicação assertiva e relacionamento interpessoal
Encontro 2 - 2016 - comunicação assertiva e relacionamento interpessoal
adanipalma
 
Encontro 1 - 2016 - princípios da liderança e liderança situacional
Encontro 1 - 2016 - princípios da liderança e liderança situacionalEncontro 1 - 2016 - princípios da liderança e liderança situacional
Encontro 1 - 2016 - princípios da liderança e liderança situacional
adanipalma
 
Encontro 7 - 2017 - gestão do conhecimento
Encontro 7 - 2017 - gestão do conhecimentoEncontro 7 - 2017 - gestão do conhecimento
Encontro 7 - 2017 - gestão do conhecimento
adanipalma
 
Encontro 6 - 2017 - gestão da mudança organizacional
Encontro 6 - 2017 - gestão da mudança organizacionalEncontro 6 - 2017 - gestão da mudança organizacional
Encontro 6 - 2017 - gestão da mudança organizacional
adanipalma
 
Encontro 5 - 2017 - liderança de equipes de alta performance
Encontro 5 - 2017 - liderança de equipes de alta performanceEncontro 5 - 2017 - liderança de equipes de alta performance
Encontro 5 - 2017 - liderança de equipes de alta performance
adanipalma
 
Encontro 4 - 2017 - liderança inspiradora
Encontro 4 - 2017 - liderança inspiradoraEncontro 4 - 2017 - liderança inspiradora
Encontro 4 - 2017 - liderança inspiradora
adanipalma
 
Encontro 3 - 2017 - gestão de projetos salvo
Encontro 3 - 2017 - gestão de projetos salvoEncontro 3 - 2017 - gestão de projetos salvo
Encontro 3 - 2017 - gestão de projetos salvo
adanipalma
 
Encontro 2 - 2017 - rotina x inovação
Encontro 2 - 2017 - rotina x inovaçãoEncontro 2 - 2017 - rotina x inovação
Encontro 2 - 2017 - rotina x inovação
adanipalma
 
Encontro 1 - 2017 - Metas x cenário atual
Encontro 1 - 2017 - Metas x cenário atualEncontro 1 - 2017 - Metas x cenário atual
Encontro 1 - 2017 - Metas x cenário atual
adanipalma
 
Encontro 16 - 2016 - Gestão do Tempo e Produtividade
Encontro 16 - 2016 - Gestão do Tempo e ProdutividadeEncontro 16 - 2016 - Gestão do Tempo e Produtividade
Encontro 16 - 2016 - Gestão do Tempo e Produtividade
adanipalma
 
Encontro 14 - 2016 - Planejamento Estratégico
Encontro 14 - 2016 - Planejamento EstratégicoEncontro 14 - 2016 - Planejamento Estratégico
Encontro 14 - 2016 - Planejamento Estratégico
adanipalma
 
Encontro 12 - 2016 - Desafios da liderança
Encontro 12 - 2016 - Desafios da liderançaEncontro 12 - 2016 - Desafios da liderança
Encontro 12 - 2016 - Desafios da liderança
adanipalma
 
Encontro 11 - 2016 - Planejamento
Encontro 11 - 2016 - PlanejamentoEncontro 11 - 2016 - Planejamento
Encontro 11 - 2016 - Planejamento
adanipalma
 
PDL - Apresentação do Programa de Desenvolvimento de Líderes
PDL - Apresentação do Programa de Desenvolvimento de LíderesPDL - Apresentação do Programa de Desenvolvimento de Líderes
PDL - Apresentação do Programa de Desenvolvimento de Líderes
adanipalma
 

Mais de adanipalma (20)

Encontro 17 - 2016 - inteligência emocional
Encontro 17 - 2016 - inteligência emocionalEncontro 17 - 2016 - inteligência emocional
Encontro 17 - 2016 - inteligência emocional
 
Encontro 13 - 2016 - tomada de decisão
Encontro 13 - 2016 - tomada de decisãoEncontro 13 - 2016 - tomada de decisão
Encontro 13 - 2016 - tomada de decisão
 
Encontro 9 - 2016 - gestão de conflitos
Encontro 9 - 2016 - gestão de conflitosEncontro 9 - 2016 - gestão de conflitos
Encontro 9 - 2016 - gestão de conflitos
 
Encontro 7 - 2016 - motivação de equipes
Encontro 7 - 2016 - motivação de equipesEncontro 7 - 2016 - motivação de equipes
Encontro 7 - 2016 - motivação de equipes
 
Encontro 4 - 2016 - gestão do desempenho
Encontro 4 - 2016 - gestão do desempenhoEncontro 4 - 2016 - gestão do desempenho
Encontro 4 - 2016 - gestão do desempenho
 
Encontro 3 - 2016 - gestão de pessoas
Encontro 3 - 2016 - gestão de pessoasEncontro 3 - 2016 - gestão de pessoas
Encontro 3 - 2016 - gestão de pessoas
 
Encontro 2 - 2016 - comunicação assertiva e relacionamento interpessoal
Encontro 2 - 2016 - comunicação assertiva e relacionamento interpessoalEncontro 2 - 2016 - comunicação assertiva e relacionamento interpessoal
Encontro 2 - 2016 - comunicação assertiva e relacionamento interpessoal
 
Encontro 1 - 2016 - princípios da liderança e liderança situacional
Encontro 1 - 2016 - princípios da liderança e liderança situacionalEncontro 1 - 2016 - princípios da liderança e liderança situacional
Encontro 1 - 2016 - princípios da liderança e liderança situacional
 
Encontro 7 - 2017 - gestão do conhecimento
Encontro 7 - 2017 - gestão do conhecimentoEncontro 7 - 2017 - gestão do conhecimento
Encontro 7 - 2017 - gestão do conhecimento
 
Encontro 6 - 2017 - gestão da mudança organizacional
Encontro 6 - 2017 - gestão da mudança organizacionalEncontro 6 - 2017 - gestão da mudança organizacional
Encontro 6 - 2017 - gestão da mudança organizacional
 
Encontro 5 - 2017 - liderança de equipes de alta performance
Encontro 5 - 2017 - liderança de equipes de alta performanceEncontro 5 - 2017 - liderança de equipes de alta performance
Encontro 5 - 2017 - liderança de equipes de alta performance
 
Encontro 4 - 2017 - liderança inspiradora
Encontro 4 - 2017 - liderança inspiradoraEncontro 4 - 2017 - liderança inspiradora
Encontro 4 - 2017 - liderança inspiradora
 
Encontro 3 - 2017 - gestão de projetos salvo
Encontro 3 - 2017 - gestão de projetos salvoEncontro 3 - 2017 - gestão de projetos salvo
Encontro 3 - 2017 - gestão de projetos salvo
 
Encontro 2 - 2017 - rotina x inovação
Encontro 2 - 2017 - rotina x inovaçãoEncontro 2 - 2017 - rotina x inovação
Encontro 2 - 2017 - rotina x inovação
 
Encontro 1 - 2017 - Metas x cenário atual
Encontro 1 - 2017 - Metas x cenário atualEncontro 1 - 2017 - Metas x cenário atual
Encontro 1 - 2017 - Metas x cenário atual
 
Encontro 16 - 2016 - Gestão do Tempo e Produtividade
Encontro 16 - 2016 - Gestão do Tempo e ProdutividadeEncontro 16 - 2016 - Gestão do Tempo e Produtividade
Encontro 16 - 2016 - Gestão do Tempo e Produtividade
 
Encontro 14 - 2016 - Planejamento Estratégico
Encontro 14 - 2016 - Planejamento EstratégicoEncontro 14 - 2016 - Planejamento Estratégico
Encontro 14 - 2016 - Planejamento Estratégico
 
Encontro 12 - 2016 - Desafios da liderança
Encontro 12 - 2016 - Desafios da liderançaEncontro 12 - 2016 - Desafios da liderança
Encontro 12 - 2016 - Desafios da liderança
 
Encontro 11 - 2016 - Planejamento
Encontro 11 - 2016 - PlanejamentoEncontro 11 - 2016 - Planejamento
Encontro 11 - 2016 - Planejamento
 
PDL - Apresentação do Programa de Desenvolvimento de Líderes
PDL - Apresentação do Programa de Desenvolvimento de LíderesPDL - Apresentação do Programa de Desenvolvimento de Líderes
PDL - Apresentação do Programa de Desenvolvimento de Líderes
 

Último

Foi por amor.pptx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
Foi por amor.pptx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxFoi por amor.pptx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
Foi por amor.pptx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
lindalva da cruz
 
Estudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCC
Estudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCCEstudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCC
Estudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCC
Paulo Emerson Pereira
 
Introduction to EFFECTUATION concepts and applications
Introduction to EFFECTUATION concepts and applicationsIntroduction to EFFECTUATION concepts and applications
Introduction to EFFECTUATION concepts and applications
João de Paula Ribeiro Neto
 
RESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMET
RESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMETRESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMET
RESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMET
rihabkorbi24
 
7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf
7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf
7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf
InsttLcioEvangelista
 
A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...
A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...
A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...
Paulo Emerson Pereira
 

Último (6)

Foi por amor.pptx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
Foi por amor.pptx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxFoi por amor.pptx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
Foi por amor.pptx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
 
Estudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCC
Estudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCCEstudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCC
Estudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCC
 
Introduction to EFFECTUATION concepts and applications
Introduction to EFFECTUATION concepts and applicationsIntroduction to EFFECTUATION concepts and applications
Introduction to EFFECTUATION concepts and applications
 
RESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMET
RESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMETRESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMET
RESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMET
 
7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf
7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf
7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf
 
A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...
A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...
A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...
 

Encontro 7 - 2016 - motivação de equipes

  • 1. MOTIVAÇÃO DE EQUIPES PDL – Programa de Desenvolvimento de líderes
  • 2. QUANTAS PESSOAS VOCÊ É CAPAZ DE MOTIVAR?
  • 5. O QUE É TREINÁVEL E O QUE NÃO É?
  • 8. QUERER X FAZER Todos querem o sucesso, concretizar seus objetivos e experimentar uma sentimento de realização, porém a grande maioria apenas quer, mas não tomam uma ATITUDE no sentido de materializar aquilo que almeja por meio de uma ação concreta. A falta de ATITUDE, leva a uma estado de ACOMODAÇÃO, ou seja, há um conformismo, uma falta de energia para batalhar por aquilo que se quer, vai –se postergando ações sempre para o dia seguinte, a semana seguinte, o mês seguinte, o ano seguinte e assim por diante... O mecanismo de defesa mais comum para os acomodados são as DESCULPAS.
  • 9. CONTRATAR A PESSOA CERTA PARA O LUGAR CERTO! ( CHIAVENATO)
  • 11. IMPACTOS DA FALTA DE MOTIVAÇÃO ØAlta rotatividade de funcionários ØDiminuição da produtividade ØErros tolos e constantes ØFaltas, atrasos e um monte de desculpas ØPessoas tristes, melancólicas e irritadiças ØFuncionários com o desempenho despencando ØResultados aquém das metas definidas
  • 13. Se a motivação depende de cada um, ou seja, é intrínseca, como os líderes podem atuar? Já dizia um sábio: Você não pode motivar um cavalo a beber água, mas pode levá-lo até o rio.
  • 14. COMO MOTIVAR SUA EQUIPE? COMO MOTIVAR SUA EQUIPE?
  • 15. VOCÊ ESTÁ MOTIVADO? É OTIMISTA? TEM ATITUDES POSITIVAS? TEM MOSTRADO ENTUSIASMO? VOCÊ TEM INSPIRADO AS PESSOAS QUE TRABALHAM COM VOCÊ?
  • 17. Ainda que um líder não possa produzir motivação ele pode criar certas circunstâncias favoráveis de encorajamento e motivação. Uma coisa é você mandar alguém fazer um trabalho, mas outra completamente diferente é você conseguir despertar nele o desejo de fazer o trabalho. Alguém nessa situação será muito mais produtivo, criativo, com disposição para trabalhar além do proposto, não necessitará ser supervisionado o tempo todo e naturalmente fará o trabalho com prazer e alegria.
  • 18. PRESTE ATENÇÃO! Ø Como líder você deve estar atento para verificar se está proporcionando à sua equipe as seguintes possibilidades: Ø Sentimento de realização ( tarefas compatíveis, desafios X recursos, metas alcançáveis, prazos coerentes e etc.) Ø Reconhecimento ( elogios, feedbacks , méritos, promoções, bônus e etc.) Ø Progresso ( dar mais responsabilidades, tarefas com mais complexidades, evitar a acomodação) Ø Identificar se há prazer naquilo que estão fazendo Ø Responsabilidade Ø Entenda que as equipes se sentirão motivadas se receberem algo além de salários e premiações.
  • 20. DICAS BARATAS PARA MOTIVAR SUA EQUIPE ØCafé da manhã, almoço ou happy hour, estas atitudes aproximam o líder de seus liderados, além de ser uma ótima oportunidade de conversar sobre o dia-a-dia, dificuldades, mudanças e pontos de melhoria. ØReuniões de Feedback. Compartilhar estratégias, resultados, feedback, alinhar expectativas, corrigir o rumo das coisas, aproveitar para ler um texto, apresentar um vídeo ou palestra motivacional ØInstigar os funcionários a terem idéias, mesmo que essas não possam ser aplicadas de imediato na empresa, é uma maneira de ter um ambiente de trabalho mais leve. Nada melhor do que a própria equipe envolvida no problema para dar sugestões.
  • 21. DICAS BARATAS PARA MOTIVAR SUA EQUIPE Ø Prêmios simples como: caixa de chocolate, Cesta de Pascoa, sorteio de uma cesta de café da manhã, ingresso de cinema, vale presente, presente de algum fornecedor e etc. Ø Comemorar o aniversário dentro do próprio departamento Ø Quadro do funcionário do mês Ø E-mail elogiando o colaborador ou tornando público algum elogio de cliente Ø Faça plantões de feriados, para que assim seus colaboradores possam desfrutar de uma emenda de feriado.