SlideShare uma empresa Scribd logo
PDL – 2017
LIDERANÇA	
INSPIRADORA
Encontro 4 - 2017 - liderança inspiradora
Encontro 4 - 2017 - liderança inspiradora
Encontro 4 - 2017 - liderança inspiradora
Encontro 4 - 2017 - liderança inspiradora
Encontro 4 - 2017 - liderança inspiradora
• Influência	é	a ação	que	alguém	ou	algo	tem	sobre	
outra	coisa,	ou	seja,	o	poder,	o	controle	ou	a	
autoridade.
• Quando	se	diz	que	determinada	pessoa	é	uma	
influência	para	as	demais,	significa	que	serve	de	
modelo	ou	que	exerce	interferência	sobre	o	modo	de	
agir	ou	de	pensar	das	outras	pessoas,	por	exemplo.
CONCEITO
Encontro 4 - 2017 - liderança inspiradora
ALGUNS INFLUENCIADORES...
Encontro 4 - 2017 - liderança inspiradora
Encontro 4 - 2017 - liderança inspiradora
Encontro 4 - 2017 - liderança inspiradora
Encontro 4 - 2017 - liderança inspiradora
Encontro 4 - 2017 - liderança inspiradora
Encontro 4 - 2017 - liderança inspiradora
Encontro 4 - 2017 - liderança inspiradora
Encontro 4 - 2017 - liderança inspiradora
Encontro 4 - 2017 - liderança inspiradora
• Assuma que todos são potenciais aliados – Não tenha preferidos,
protegidos ou algo similar, todos da equipe devem ser vistos como
fundamentais e tratados de forma igualitária. Não se esqueça de usar o
conceito de igualdade ( todos devem ter as mesmas oportunidades) e
equidade ( todos devem ser julgados da mesma forma, imparcialidade)
• Deixe	claros	seus	objetivos	e	prioridades:	“Como	é	possível	influenciar	
alguém	para	lhe	ajudar	se	essa	pessoa	não	sabe	ao	menos	quais	são	os	
seus	objetivos”,	pergunta	Furlan.	Certifique-se	de	que	quem	pode	agir	em	
seu	favor	sabe	quais	são	os	seus	planos	e	metas.	Seja	objetivo	na	hora	de	
comunicá-los,	para	não	restar	dúvida.
COMO INFLUENCIAR PESSOAS?
• Se	interesse	pelas	pessoas:	Faça	perguntas,	se	interesse	também	por	
outros	aspectos,	que	não	só	os	profissionais,	como	hobbies,	metas,	
objetivos,	preferências,	família	e	etc...
• Identifique moedas de troca para você e para os outros: Depois de investir
tempo para descobrir mais sobre as pessoas e suas prioridades, você será
capaz de saber exatamente o que é importante para um e o que é para
outro. Dessa forma você poderá identificar as chamadas de moedas de
troca para você e para os outros. O que está ao seu alcance de fazer e que é
interessante para um colega de trabalho?O que ele pode fazer por você?
COMO INFLUENCIAR PESSOAS?
• Invista na reciprocidade:“É influenciar através do gesto de dar e receber”,
ajude os outros quando estiver ao seu alcance fazê-lo que as chances de
ser ajudado por aquela pessoa crescem.
• Torne-se referência de integridade: “A integridade é uma forma de
influência”, diz Silvana. Na opinião dela, um profissional íntegro e que
mantenha a coerência com a sua prática vai aumentar seu poder de
influenciar pessoas justamente porque se torna uma referência.
• Mantenha-se atualizado: Mantenha-se “antenado” em relação às notícias
e novidades que dizem respeito ao seu setor de atuação. “É ler livros,
jornais, pesquisas”, recomenda Silvana. Ao perceberem que você é um
profissional atualizado, as pessoas vão se interessar em saber sua opinião
sobre os assuntos correntes.
COMO INFLUENCIAR PESSOAS?
• Compartilhe conhecimento: É uma forma positiva de influenciar pessoas.
Ao perceber que pode ajudar alguém a partir da transmissão do seu
conhecimento ou experiência , não se acanhe, diga que está disposto a
ensinar.
• Comprometimento: A dedicação à empresa pode ajudá-lo também.
Comprometimento é uma forma de influenciar pessoas pelo exemplo. Uma
atuação focada vai fazer com que as pessoas o respeitem mais e com isso
você se torna mais influente.
• Contribua	com	as	outras	áreas	da	empresa:	Amplie	a	sua	atuação	e	
busque	espaço	para	contribuir	com	outras	áreas	e	departamentos	da	
empresa.	Dê	idéias	e	opiniões.	Vale	destacar	que	o	primeiro	passo	é	se	
aproximar	das	pessoas	para	conquistar	a	confiança	necessária	e	poder	
efetivamente	ajudar	no	que	for	possível.
COMO INFLUENCIAR PESSOAS?
Encontro 4 - 2017 - liderança inspiradora
• * Oferecem	causas,	em	vez	de	apenas	tarefas	ou	metas.	Deixam	claro	o	significado	que	transcende	a	tarefa,	o	trabalho,	o	job
description das	pessoas	que	os	cercam.	Vão	muito	além	de	metas	e	objetivos	para	ser	cumpridos.
• * Formam	outros	líderes,	em	vez	de	apenas	seguidores.	O	líder	diferenciado	não	é	mais	aquele	que	tem	atrás	de	si	um	grupo	
de	pessoas	que	segue	fielmente	o	rumo	traçado.	É	aquele	que	tem	em	torno	de	si	pessoas	capazes	de	exercer	a	liderança	
quando	necessário.
• * Lideram	360	graus,	em	vez	de	apenas	90	graus.	Atuam	onde	faz	diferença.	Não	influenciam	somente	sua	equipe.	Lideram	
clientes,	fornecedores,	comunidades	e	parceiros.
• * Surpreendem	pelos	resultados,	em	vez	de	fazer	apenas	o	combinado.	 Não	basta	cumprir	metas.	Conseguem	obter	
resultados	incomuns	de	pessoas	comuns…
• * Inspiram	pelos	valores,	em	vez	de	apenas	pelo	carisma.	Constrói	um	código	de	conduta	junto	com	os	membros	dos	grupos	
dos	quais	faz	parte,	em	torno	de	valores	que	são	explicitados,	disseminados	e	praticados.
• E	você?	Quais	desses	pontos	você	precisa	praticar	mais	para	ser	um	líder	mais	eficaz?	Evite	atuar	no	novo	jogo	da	liderança	
usando	a	velha	forma	de	pensar	que	o	conduz	sempre	aos	mesmos	lugares.
AS 5 CARACTERÍSTICAS DOS LÍDERES
INSPIRADORES
Encontro 4 - 2017 - liderança inspiradora
FORMAÇÃO DE
LÍDERES E
SUCESSORES
Novos líderes
PerpetuaçãoSustentabilidade
POR QUE?
Principal desafio
das empresas
familiares
Encontro 4 - 2017 - liderança inspiradora
Encontro 4 - 2017 - liderança inspiradora
Encontro 4 - 2017 - liderança inspiradora
Encontro 4 - 2017 - liderança inspiradora
ARMADILHAS DA SUCESSÃO
• CLONES: Escolher alguém para fazer exatamente o que você fazia, desta
forma, realizando apenas o que já foi conquistado até o momento, formar
clones de si mesmo para tocar um negócio não é uma boa ideia. Sua gestão
pode ser ótima e os resultados atuais simplesmente fantásticos, no entanto
o mercado muda muito rápido e manter os mesmos equívocos e acertos
como leis imutáveis é um risco excessivo, especialmente quando se
pretende garantir o futuro da organização.
CLONES, SEGUIDORES E SUCESSORES
• SEGUIDORES: Contempla seus feitos, admira suas conquistas, mas
não, necessariamente, tem competência para agir por conta própria.
Este tipo de gestão cria uma dependência do grupo quanto à pessoa
do líder, que passa a ser venerado como insubstituível e senhor da
verdade. Por conseguinte, em sua ausência nada acontece e os
candidatos a substituto passam apuros, pois as pessoas logo os
comparam com o semideus queainda não deixou a empresa.
CLONES, SEGUIDORES E SUCESSORES
Encontro 4 - 2017 - liderança inspiradora
• SUCESSORES: Preparar um colaborador que seja capaz de enfrentar
todos os desafios, utilizando suas competências técnicas e
comportamentais, que podem ser distintas às suas, mas que podem
funcionar ainda melhor. Promova pessoas que tenham o potencial de
serem melhores do que você. Indivíduos que não temam confrontá-lo de
vez em quando e que sempre aparecem com duas ou três alternativas
quando estão diante de um problema. Este é o melhor remédio para fugir à
tentação de criar clones ou se contentar com seguidores.
CLONES, SEGUIDORES E SUCESSORES
• Meu	papel	é	o	de	apenas	garantir	o	resultado;
• Se	eu	aprendi	sozinho,	ele	também	aprenderá;
• Eu	(gestor)	preciso	dar	sempre	a	resposta;
• Se	eu	der	a	resposta,	estarei	desenvolvendo	o	colaborador;
• É	mais	rápido	dar	a	solução	do	que	desenvolver;
• Eu	não	tenho	tempo	para	ensinar	e	desenvolver;
• Eu	sou	o	maior	responsável	pelo	desenvolvimento	do	colaborador;
• Eu	tenho	que	saber	tudo,	Somente	quando	eu	faço	garanto	o	resultado	
esperado;	quer	uma	coisa	em	feita,	faça	você	mesmo!
• Não	tenho	tempo	para	fazer	gestão	de	pessoas.
CRENÇAS LIMITANTES
• É possível escolher possíveis sucessores sem precisar falar para eles realmente
quais são seus planos.
• Você precisa gerenciá-los de forma diferente. Por exemplo, você pode delegar mais
de suas principais responsabilidades para esses profissionais. Aos poucos, de acordo
com o nível de maturidade profissional.
• Ao dar a essas tarefas desafiadoras aos subordinados, você mostra seu interesse no
desenvolvimento e progressão da carreira deles. E isso vai incentivá-los a recusar as
ofertas dos concorrentes. Os talentos são movidos por desafios e autonomia!
• Líderes que fazem isso são muito mais capazes de manter suas equipes unidas e
evitam perder suas estrelas em ascensão para os concorrentes. Perder um possível
sucessor é uma tragédia!
ESCOLHENDO SUCESSORES
Encontro 4 - 2017 - liderança inspiradora
POR HOJE É SÓ!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Comunicação para líderes
Comunicação para líderesComunicação para líderes
Comunicação para líderes
Marisa Serrenho
 
04. Debora Miceli - Liderança do futuro: O Líder do Futuro - Líderes do futur...
04. Debora Miceli - Liderança do futuro: O Líder do Futuro - Líderes do futur...04. Debora Miceli - Liderança do futuro: O Líder do Futuro - Líderes do futur...
04. Debora Miceli - Liderança do futuro: O Líder do Futuro - Líderes do futur...
Debora Miceli
 
Liderança eficaz
Liderança eficazLiderança eficaz
Liderança eficaz
Alfredo Filho
 
Comunicação para futuros líderes
Comunicação para futuros líderesComunicação para futuros líderes
Comunicação para futuros líderes
Denise Varela
 
Trabalhando a cultura do feedback. Por onde começar?
Trabalhando a cultura do feedback. Por onde começar?Trabalhando a cultura do feedback. Por onde começar?
Trabalhando a cultura do feedback. Por onde começar?
Taller Negócio Digitais
 
Características de um líder
Características de um líderCaracterísticas de um líder
Características de um líder
marcia lopes silva ferreira
 
Liderança
LiderançaLiderança
Relações Interpessoais: Trabalho em Equipe
Relações Interpessoais: Trabalho em EquipeRelações Interpessoais: Trabalho em Equipe
Relações Interpessoais: Trabalho em Equipe
Rosangella Bermanelly
 
Liderança servidora
Liderança servidoraLiderança servidora
Liderança servidora
Luanna Cataline
 
Motivação e trabalho em equipe
Motivação e trabalho em equipeMotivação e trabalho em equipe
Motivação e trabalho em equipe
Rúbian Fátima
 
Lições de liderança - O monge e o executivo
Lições de liderança - O monge e o executivoLições de liderança - O monge e o executivo
Lições de liderança - O monge e o executivo
Cursos Profissionalizantes
 
Liderança servidora e os Desafios da Motivação em Grupo
Liderança servidora e os Desafios da Motivação em GrupoLiderança servidora e os Desafios da Motivação em Grupo
Liderança servidora e os Desafios da Motivação em Grupo
Rafael Barbosa Camargo
 
Treinamento liderança
Treinamento liderança Treinamento liderança
Comunicação mais eficaz com o modelo DiSC
Comunicação mais eficaz com o modelo DiSCComunicação mais eficaz com o modelo DiSC
Comunicação mais eficaz com o modelo DiSC
miguelcabral
 
Brown bag - Liderança servidora
Brown bag - Liderança servidoraBrown bag - Liderança servidora
Brown bag - Liderança servidora
Jose Roberto Campos
 
Liderança - Qualidades de um lider
Liderança - Qualidades de um liderLiderança - Qualidades de um lider
Liderança - Qualidades de um lider
Cursos Profissionalizantes
 
Trabalho em Equipe
Trabalho em EquipeTrabalho em Equipe
Trabalho em Equipe
Andrea Dalforno
 
Palestra Ituporanga Motivação, Liderança e Trabalho em Equipe
Palestra Ituporanga Motivação, Liderança e Trabalho em EquipePalestra Ituporanga Motivação, Liderança e Trabalho em Equipe
Palestra Ituporanga Motivação, Liderança e Trabalho em Equipe
Eduardo Maróstica
 
Trabalho Em Equipe
Trabalho Em EquipeTrabalho Em Equipe
Trabalho Em Equipe
aavbatista
 
Como preparar seu time para receber feedback - Agile Brazil 2017
Como preparar seu time para receber feedback  - Agile Brazil 2017Como preparar seu time para receber feedback  - Agile Brazil 2017
Como preparar seu time para receber feedback - Agile Brazil 2017
Mariana Graf
 

Mais procurados (20)

Comunicação para líderes
Comunicação para líderesComunicação para líderes
Comunicação para líderes
 
04. Debora Miceli - Liderança do futuro: O Líder do Futuro - Líderes do futur...
04. Debora Miceli - Liderança do futuro: O Líder do Futuro - Líderes do futur...04. Debora Miceli - Liderança do futuro: O Líder do Futuro - Líderes do futur...
04. Debora Miceli - Liderança do futuro: O Líder do Futuro - Líderes do futur...
 
Liderança eficaz
Liderança eficazLiderança eficaz
Liderança eficaz
 
Comunicação para futuros líderes
Comunicação para futuros líderesComunicação para futuros líderes
Comunicação para futuros líderes
 
Trabalhando a cultura do feedback. Por onde começar?
Trabalhando a cultura do feedback. Por onde começar?Trabalhando a cultura do feedback. Por onde começar?
Trabalhando a cultura do feedback. Por onde começar?
 
Características de um líder
Características de um líderCaracterísticas de um líder
Características de um líder
 
Liderança
LiderançaLiderança
Liderança
 
Relações Interpessoais: Trabalho em Equipe
Relações Interpessoais: Trabalho em EquipeRelações Interpessoais: Trabalho em Equipe
Relações Interpessoais: Trabalho em Equipe
 
Liderança servidora
Liderança servidoraLiderança servidora
Liderança servidora
 
Motivação e trabalho em equipe
Motivação e trabalho em equipeMotivação e trabalho em equipe
Motivação e trabalho em equipe
 
Lições de liderança - O monge e o executivo
Lições de liderança - O monge e o executivoLições de liderança - O monge e o executivo
Lições de liderança - O monge e o executivo
 
Liderança servidora e os Desafios da Motivação em Grupo
Liderança servidora e os Desafios da Motivação em GrupoLiderança servidora e os Desafios da Motivação em Grupo
Liderança servidora e os Desafios da Motivação em Grupo
 
Treinamento liderança
Treinamento liderança Treinamento liderança
Treinamento liderança
 
Comunicação mais eficaz com o modelo DiSC
Comunicação mais eficaz com o modelo DiSCComunicação mais eficaz com o modelo DiSC
Comunicação mais eficaz com o modelo DiSC
 
Brown bag - Liderança servidora
Brown bag - Liderança servidoraBrown bag - Liderança servidora
Brown bag - Liderança servidora
 
Liderança - Qualidades de um lider
Liderança - Qualidades de um liderLiderança - Qualidades de um lider
Liderança - Qualidades de um lider
 
Trabalho em Equipe
Trabalho em EquipeTrabalho em Equipe
Trabalho em Equipe
 
Palestra Ituporanga Motivação, Liderança e Trabalho em Equipe
Palestra Ituporanga Motivação, Liderança e Trabalho em EquipePalestra Ituporanga Motivação, Liderança e Trabalho em Equipe
Palestra Ituporanga Motivação, Liderança e Trabalho em Equipe
 
Trabalho Em Equipe
Trabalho Em EquipeTrabalho Em Equipe
Trabalho Em Equipe
 
Como preparar seu time para receber feedback - Agile Brazil 2017
Como preparar seu time para receber feedback  - Agile Brazil 2017Como preparar seu time para receber feedback  - Agile Brazil 2017
Como preparar seu time para receber feedback - Agile Brazil 2017
 

Semelhante a Encontro 4 - 2017 - liderança inspiradora

Solucoes essenciais-desafios-gerenciais
Solucoes essenciais-desafios-gerenciaisSolucoes essenciais-desafios-gerenciais
Solucoes essenciais-desafios-gerenciais
Nazareno P. Silva
 
Havan lucas e leonardo - a habilidade de influenciar pessoas - 07-08-13
Havan   lucas e leonardo - a habilidade de influenciar pessoas - 07-08-13Havan   lucas e leonardo - a habilidade de influenciar pessoas - 07-08-13
Havan lucas e leonardo - a habilidade de influenciar pessoas - 07-08-13
Evelise Cuesta
 
TEMÁTICA - Apresentação pessoal e postura profissional.pptx
TEMÁTICA - Apresentação pessoal e postura profissional.pptxTEMÁTICA - Apresentação pessoal e postura profissional.pptx
TEMÁTICA - Apresentação pessoal e postura profissional.pptx
AdrieliTeixeira1
 
Competências de uma_Líder_de_Sucesso - Dicas_Práticas - Lucia_Choi_e_Mulheres...
Competências de uma_Líder_de_Sucesso - Dicas_Práticas - Lucia_Choi_e_Mulheres...Competências de uma_Líder_de_Sucesso - Dicas_Práticas - Lucia_Choi_e_Mulheres...
Competências de uma_Líder_de_Sucesso - Dicas_Práticas - Lucia_Choi_e_Mulheres...
Lúcia Choi
 
Desenvolvimento de Novos Líderes - Paidéia Educação
Desenvolvimento de Novos Líderes - Paidéia EducaçãoDesenvolvimento de Novos Líderes - Paidéia Educação
Desenvolvimento de Novos Líderes - Paidéia Educação
Suelen Carvalho
 
As formas de ser o melhor mentor para a sua equipe
As formas de ser o melhor mentor para a sua equipeAs formas de ser o melhor mentor para a sua equipe
As formas de ser o melhor mentor para a sua equipe
Negócios Afins
 
Dicas para melhorar o relacionamento interpessoal
Dicas para melhorar o relacionamento interpessoalDicas para melhorar o relacionamento interpessoal
Dicas para melhorar o relacionamento interpessoal
Karol Oliveira
 
Coaching em grupo com Mayra Souza
Coaching em grupo com Mayra SouzaCoaching em grupo com Mayra Souza
Coaching em grupo com Mayra Souza
Mayra de Souza
 
Habilidades com pessoas
Habilidades com pessoasHabilidades com pessoas
Habilidades com pessoas
Cursos Profissionalizantes
 
L I D E R E S
L I D E R E SL I D E R E S
L I D E R E S
megsp15
 
Art. 6.0 learn with the worst
Art. 6.0 learn with the worstArt. 6.0 learn with the worst
Art. 6.0 learn with the worst
Hugo Santos
 
Líderes em Ação
Líderes em AçãoLíderes em Ação
Líderes em Ação
Jaqueline Garutti
 
Aut omotivação
Aut omotivaçãoAut omotivação
Aut omotivação
Louene Saríah
 
Como trabalhar sua lista de contatos.pdf
Como trabalhar sua lista de contatos.pdfComo trabalhar sua lista de contatos.pdf
Como trabalhar sua lista de contatos.pdf
Fórmula Do Negócio
 
Ap 1 conheça a si mesmo
Ap 1   conheça a si mesmoAp 1   conheça a si mesmo
Ap 1 conheça a si mesmo
Flavio Freitas
 
Fanático em atender bem
Fanático em atender bemFanático em atender bem
Fanático em atender bem
Luciano Cavalcante
 
Café Da Manhã com Empreendedores
Café Da Manhã com EmpreendedoresCafé Da Manhã com Empreendedores
Café Da Manhã com Empreendedores
njesaocarlos
 
Networking Café Da Manhã Nje 2010
Networking Café Da Manhã Nje 2010Networking Café Da Manhã Nje 2010
Networking Café Da Manhã Nje 2010
njesaocarlos
 
Networking Café Da Manhã Nje 2010
Networking Café Da Manhã Nje 2010Networking Café Da Manhã Nje 2010
Networking Café Da Manhã Nje 2010
njesaocarlos
 
10 princípios para liderar como nelson mandela
10 princípios para liderar como nelson mandela10 princípios para liderar como nelson mandela
10 princípios para liderar como nelson mandela
Patty Oliver
 

Semelhante a Encontro 4 - 2017 - liderança inspiradora (20)

Solucoes essenciais-desafios-gerenciais
Solucoes essenciais-desafios-gerenciaisSolucoes essenciais-desafios-gerenciais
Solucoes essenciais-desafios-gerenciais
 
Havan lucas e leonardo - a habilidade de influenciar pessoas - 07-08-13
Havan   lucas e leonardo - a habilidade de influenciar pessoas - 07-08-13Havan   lucas e leonardo - a habilidade de influenciar pessoas - 07-08-13
Havan lucas e leonardo - a habilidade de influenciar pessoas - 07-08-13
 
TEMÁTICA - Apresentação pessoal e postura profissional.pptx
TEMÁTICA - Apresentação pessoal e postura profissional.pptxTEMÁTICA - Apresentação pessoal e postura profissional.pptx
TEMÁTICA - Apresentação pessoal e postura profissional.pptx
 
Competências de uma_Líder_de_Sucesso - Dicas_Práticas - Lucia_Choi_e_Mulheres...
Competências de uma_Líder_de_Sucesso - Dicas_Práticas - Lucia_Choi_e_Mulheres...Competências de uma_Líder_de_Sucesso - Dicas_Práticas - Lucia_Choi_e_Mulheres...
Competências de uma_Líder_de_Sucesso - Dicas_Práticas - Lucia_Choi_e_Mulheres...
 
Desenvolvimento de Novos Líderes - Paidéia Educação
Desenvolvimento de Novos Líderes - Paidéia EducaçãoDesenvolvimento de Novos Líderes - Paidéia Educação
Desenvolvimento de Novos Líderes - Paidéia Educação
 
As formas de ser o melhor mentor para a sua equipe
As formas de ser o melhor mentor para a sua equipeAs formas de ser o melhor mentor para a sua equipe
As formas de ser o melhor mentor para a sua equipe
 
Dicas para melhorar o relacionamento interpessoal
Dicas para melhorar o relacionamento interpessoalDicas para melhorar o relacionamento interpessoal
Dicas para melhorar o relacionamento interpessoal
 
Coaching em grupo com Mayra Souza
Coaching em grupo com Mayra SouzaCoaching em grupo com Mayra Souza
Coaching em grupo com Mayra Souza
 
Habilidades com pessoas
Habilidades com pessoasHabilidades com pessoas
Habilidades com pessoas
 
L I D E R E S
L I D E R E SL I D E R E S
L I D E R E S
 
Art. 6.0 learn with the worst
Art. 6.0 learn with the worstArt. 6.0 learn with the worst
Art. 6.0 learn with the worst
 
Líderes em Ação
Líderes em AçãoLíderes em Ação
Líderes em Ação
 
Aut omotivação
Aut omotivaçãoAut omotivação
Aut omotivação
 
Como trabalhar sua lista de contatos.pdf
Como trabalhar sua lista de contatos.pdfComo trabalhar sua lista de contatos.pdf
Como trabalhar sua lista de contatos.pdf
 
Ap 1 conheça a si mesmo
Ap 1   conheça a si mesmoAp 1   conheça a si mesmo
Ap 1 conheça a si mesmo
 
Fanático em atender bem
Fanático em atender bemFanático em atender bem
Fanático em atender bem
 
Café Da Manhã com Empreendedores
Café Da Manhã com EmpreendedoresCafé Da Manhã com Empreendedores
Café Da Manhã com Empreendedores
 
Networking Café Da Manhã Nje 2010
Networking Café Da Manhã Nje 2010Networking Café Da Manhã Nje 2010
Networking Café Da Manhã Nje 2010
 
Networking Café Da Manhã Nje 2010
Networking Café Da Manhã Nje 2010Networking Café Da Manhã Nje 2010
Networking Café Da Manhã Nje 2010
 
10 princípios para liderar como nelson mandela
10 princípios para liderar como nelson mandela10 princípios para liderar como nelson mandela
10 princípios para liderar como nelson mandela
 

Mais de adanipalma

Encontro 17 - 2016 - inteligência emocional
Encontro 17 - 2016 - inteligência emocionalEncontro 17 - 2016 - inteligência emocional
Encontro 17 - 2016 - inteligência emocional
adanipalma
 
Encontro 13 - 2016 - tomada de decisão
Encontro 13 - 2016 - tomada de decisãoEncontro 13 - 2016 - tomada de decisão
Encontro 13 - 2016 - tomada de decisão
adanipalma
 
Encontro 10 - 2016 - objetivos metas e resultados
Encontro 10 - 2016 - objetivos metas e resultadosEncontro 10 - 2016 - objetivos metas e resultados
Encontro 10 - 2016 - objetivos metas e resultados
adanipalma
 
Encontro 9 - 2016 - gestão de conflitos
Encontro 9 - 2016 - gestão de conflitosEncontro 9 - 2016 - gestão de conflitos
Encontro 9 - 2016 - gestão de conflitos
adanipalma
 
Encontro 8 - 2016 - trabalho em equipe
Encontro 8 - 2016 - trabalho em equipeEncontro 8 - 2016 - trabalho em equipe
Encontro 8 - 2016 - trabalho em equipe
adanipalma
 
Encontro 7 - 2016 - motivação de equipes
Encontro 7 - 2016 - motivação de equipesEncontro 7 - 2016 - motivação de equipes
Encontro 7 - 2016 - motivação de equipes
adanipalma
 
Encontro 7 - 2016 - motivação de equipes
Encontro 7 - 2016 - motivação de equipesEncontro 7 - 2016 - motivação de equipes
Encontro 7 - 2016 - motivação de equipes
adanipalma
 
Encontro 6 - 2016 - treinamento de equipes
Encontro 6 - 2016 - treinamento de equipesEncontro 6 - 2016 - treinamento de equipes
Encontro 6 - 2016 - treinamento de equipes
adanipalma
 
Encontro 5 - 2016 - feedback
Encontro 5 - 2016 - feedbackEncontro 5 - 2016 - feedback
Encontro 5 - 2016 - feedback
adanipalma
 
Encontro 4 - 2016 - gestão do desempenho
Encontro 4 - 2016 - gestão do desempenhoEncontro 4 - 2016 - gestão do desempenho
Encontro 4 - 2016 - gestão do desempenho
adanipalma
 
Encontro 3 - 2016 - gestão de pessoas
Encontro 3 - 2016 - gestão de pessoasEncontro 3 - 2016 - gestão de pessoas
Encontro 3 - 2016 - gestão de pessoas
adanipalma
 
Encontro 2 - 2016 - comunicação assertiva e relacionamento interpessoal
Encontro 2 - 2016 - comunicação assertiva e relacionamento interpessoalEncontro 2 - 2016 - comunicação assertiva e relacionamento interpessoal
Encontro 2 - 2016 - comunicação assertiva e relacionamento interpessoal
adanipalma
 
Encontro 1 - 2016 - princípios da liderança e liderança situacional
Encontro 1 - 2016 - princípios da liderança e liderança situacionalEncontro 1 - 2016 - princípios da liderança e liderança situacional
Encontro 1 - 2016 - princípios da liderança e liderança situacional
adanipalma
 
Encontro 7 - 2017 - gestão do conhecimento
Encontro 7 - 2017 - gestão do conhecimentoEncontro 7 - 2017 - gestão do conhecimento
Encontro 7 - 2017 - gestão do conhecimento
adanipalma
 
Encontro 6 - 2017 - gestão da mudança organizacional
Encontro 6 - 2017 - gestão da mudança organizacionalEncontro 6 - 2017 - gestão da mudança organizacional
Encontro 6 - 2017 - gestão da mudança organizacional
adanipalma
 
Encontro 3 - 2017 - gestão de projetos salvo
Encontro 3 - 2017 - gestão de projetos salvoEncontro 3 - 2017 - gestão de projetos salvo
Encontro 3 - 2017 - gestão de projetos salvo
adanipalma
 
Encontro 2 - 2017 - rotina x inovação
Encontro 2 - 2017 - rotina x inovaçãoEncontro 2 - 2017 - rotina x inovação
Encontro 2 - 2017 - rotina x inovação
adanipalma
 
Encontro 1 - 2017 - Metas x cenário atual
Encontro 1 - 2017 - Metas x cenário atualEncontro 1 - 2017 - Metas x cenário atual
Encontro 1 - 2017 - Metas x cenário atual
adanipalma
 
Encontro 16 - 2016 - Gestão do Tempo e Produtividade
Encontro 16 - 2016 - Gestão do Tempo e ProdutividadeEncontro 16 - 2016 - Gestão do Tempo e Produtividade
Encontro 16 - 2016 - Gestão do Tempo e Produtividade
adanipalma
 
Encontro 14 - 2016 - Planejamento Estratégico
Encontro 14 - 2016 - Planejamento EstratégicoEncontro 14 - 2016 - Planejamento Estratégico
Encontro 14 - 2016 - Planejamento Estratégico
adanipalma
 

Mais de adanipalma (20)

Encontro 17 - 2016 - inteligência emocional
Encontro 17 - 2016 - inteligência emocionalEncontro 17 - 2016 - inteligência emocional
Encontro 17 - 2016 - inteligência emocional
 
Encontro 13 - 2016 - tomada de decisão
Encontro 13 - 2016 - tomada de decisãoEncontro 13 - 2016 - tomada de decisão
Encontro 13 - 2016 - tomada de decisão
 
Encontro 10 - 2016 - objetivos metas e resultados
Encontro 10 - 2016 - objetivos metas e resultadosEncontro 10 - 2016 - objetivos metas e resultados
Encontro 10 - 2016 - objetivos metas e resultados
 
Encontro 9 - 2016 - gestão de conflitos
Encontro 9 - 2016 - gestão de conflitosEncontro 9 - 2016 - gestão de conflitos
Encontro 9 - 2016 - gestão de conflitos
 
Encontro 8 - 2016 - trabalho em equipe
Encontro 8 - 2016 - trabalho em equipeEncontro 8 - 2016 - trabalho em equipe
Encontro 8 - 2016 - trabalho em equipe
 
Encontro 7 - 2016 - motivação de equipes
Encontro 7 - 2016 - motivação de equipesEncontro 7 - 2016 - motivação de equipes
Encontro 7 - 2016 - motivação de equipes
 
Encontro 7 - 2016 - motivação de equipes
Encontro 7 - 2016 - motivação de equipesEncontro 7 - 2016 - motivação de equipes
Encontro 7 - 2016 - motivação de equipes
 
Encontro 6 - 2016 - treinamento de equipes
Encontro 6 - 2016 - treinamento de equipesEncontro 6 - 2016 - treinamento de equipes
Encontro 6 - 2016 - treinamento de equipes
 
Encontro 5 - 2016 - feedback
Encontro 5 - 2016 - feedbackEncontro 5 - 2016 - feedback
Encontro 5 - 2016 - feedback
 
Encontro 4 - 2016 - gestão do desempenho
Encontro 4 - 2016 - gestão do desempenhoEncontro 4 - 2016 - gestão do desempenho
Encontro 4 - 2016 - gestão do desempenho
 
Encontro 3 - 2016 - gestão de pessoas
Encontro 3 - 2016 - gestão de pessoasEncontro 3 - 2016 - gestão de pessoas
Encontro 3 - 2016 - gestão de pessoas
 
Encontro 2 - 2016 - comunicação assertiva e relacionamento interpessoal
Encontro 2 - 2016 - comunicação assertiva e relacionamento interpessoalEncontro 2 - 2016 - comunicação assertiva e relacionamento interpessoal
Encontro 2 - 2016 - comunicação assertiva e relacionamento interpessoal
 
Encontro 1 - 2016 - princípios da liderança e liderança situacional
Encontro 1 - 2016 - princípios da liderança e liderança situacionalEncontro 1 - 2016 - princípios da liderança e liderança situacional
Encontro 1 - 2016 - princípios da liderança e liderança situacional
 
Encontro 7 - 2017 - gestão do conhecimento
Encontro 7 - 2017 - gestão do conhecimentoEncontro 7 - 2017 - gestão do conhecimento
Encontro 7 - 2017 - gestão do conhecimento
 
Encontro 6 - 2017 - gestão da mudança organizacional
Encontro 6 - 2017 - gestão da mudança organizacionalEncontro 6 - 2017 - gestão da mudança organizacional
Encontro 6 - 2017 - gestão da mudança organizacional
 
Encontro 3 - 2017 - gestão de projetos salvo
Encontro 3 - 2017 - gestão de projetos salvoEncontro 3 - 2017 - gestão de projetos salvo
Encontro 3 - 2017 - gestão de projetos salvo
 
Encontro 2 - 2017 - rotina x inovação
Encontro 2 - 2017 - rotina x inovaçãoEncontro 2 - 2017 - rotina x inovação
Encontro 2 - 2017 - rotina x inovação
 
Encontro 1 - 2017 - Metas x cenário atual
Encontro 1 - 2017 - Metas x cenário atualEncontro 1 - 2017 - Metas x cenário atual
Encontro 1 - 2017 - Metas x cenário atual
 
Encontro 16 - 2016 - Gestão do Tempo e Produtividade
Encontro 16 - 2016 - Gestão do Tempo e ProdutividadeEncontro 16 - 2016 - Gestão do Tempo e Produtividade
Encontro 16 - 2016 - Gestão do Tempo e Produtividade
 
Encontro 14 - 2016 - Planejamento Estratégico
Encontro 14 - 2016 - Planejamento EstratégicoEncontro 14 - 2016 - Planejamento Estratégico
Encontro 14 - 2016 - Planejamento Estratégico
 

Último

RESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMET
RESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMETRESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMET
RESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMET
rihabkorbi24
 
7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf
7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf
7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf
InsttLcioEvangelista
 
GUIA DE EMPRESA PEDAGOGICA PARA ALUNOS.pdf
GUIA DE EMPRESA PEDAGOGICA PARA ALUNOS.pdfGUIA DE EMPRESA PEDAGOGICA PARA ALUNOS.pdf
GUIA DE EMPRESA PEDAGOGICA PARA ALUNOS.pdf
AlfeuBuriti1
 
Veronica Daniel Dantas Opportunity Recebe 5 Premios Ademi.pdf
Veronica Daniel Dantas Opportunity Recebe 5 Premios Ademi.pdfVeronica Daniel Dantas Opportunity Recebe 5 Premios Ademi.pdf
Veronica Daniel Dantas Opportunity Recebe 5 Premios Ademi.pdf
Veronica Dantas
 
A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...
A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...
A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...
Paulo Emerson Pereira
 
Revolução da inclusão financeira: Benefícios da criptomoeda
Revolução da inclusão financeira: Benefícios da criptomoedaRevolução da inclusão financeira: Benefícios da criptomoeda
Revolução da inclusão financeira: Benefícios da criptomoeda
Renan Batista Bitcoin
 
Estudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCC
Estudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCCEstudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCC
Estudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCC
Paulo Emerson Pereira
 

Último (7)

RESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMET
RESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMETRESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMET
RESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMET
 
7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf
7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf
7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf
 
GUIA DE EMPRESA PEDAGOGICA PARA ALUNOS.pdf
GUIA DE EMPRESA PEDAGOGICA PARA ALUNOS.pdfGUIA DE EMPRESA PEDAGOGICA PARA ALUNOS.pdf
GUIA DE EMPRESA PEDAGOGICA PARA ALUNOS.pdf
 
Veronica Daniel Dantas Opportunity Recebe 5 Premios Ademi.pdf
Veronica Daniel Dantas Opportunity Recebe 5 Premios Ademi.pdfVeronica Daniel Dantas Opportunity Recebe 5 Premios Ademi.pdf
Veronica Daniel Dantas Opportunity Recebe 5 Premios Ademi.pdf
 
A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...
A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...
A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...
 
Revolução da inclusão financeira: Benefícios da criptomoeda
Revolução da inclusão financeira: Benefícios da criptomoedaRevolução da inclusão financeira: Benefícios da criptomoeda
Revolução da inclusão financeira: Benefícios da criptomoeda
 
Estudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCC
Estudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCCEstudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCC
Estudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCC
 

Encontro 4 - 2017 - liderança inspiradora

  • 7. • Influência é a ação que alguém ou algo tem sobre outra coisa, ou seja, o poder, o controle ou a autoridade. • Quando se diz que determinada pessoa é uma influência para as demais, significa que serve de modelo ou que exerce interferência sobre o modo de agir ou de pensar das outras pessoas, por exemplo. CONCEITO
  • 19. • Assuma que todos são potenciais aliados – Não tenha preferidos, protegidos ou algo similar, todos da equipe devem ser vistos como fundamentais e tratados de forma igualitária. Não se esqueça de usar o conceito de igualdade ( todos devem ter as mesmas oportunidades) e equidade ( todos devem ser julgados da mesma forma, imparcialidade) • Deixe claros seus objetivos e prioridades: “Como é possível influenciar alguém para lhe ajudar se essa pessoa não sabe ao menos quais são os seus objetivos”, pergunta Furlan. Certifique-se de que quem pode agir em seu favor sabe quais são os seus planos e metas. Seja objetivo na hora de comunicá-los, para não restar dúvida. COMO INFLUENCIAR PESSOAS?
  • 20. • Se interesse pelas pessoas: Faça perguntas, se interesse também por outros aspectos, que não só os profissionais, como hobbies, metas, objetivos, preferências, família e etc... • Identifique moedas de troca para você e para os outros: Depois de investir tempo para descobrir mais sobre as pessoas e suas prioridades, você será capaz de saber exatamente o que é importante para um e o que é para outro. Dessa forma você poderá identificar as chamadas de moedas de troca para você e para os outros. O que está ao seu alcance de fazer e que é interessante para um colega de trabalho?O que ele pode fazer por você? COMO INFLUENCIAR PESSOAS?
  • 21. • Invista na reciprocidade:“É influenciar através do gesto de dar e receber”, ajude os outros quando estiver ao seu alcance fazê-lo que as chances de ser ajudado por aquela pessoa crescem. • Torne-se referência de integridade: “A integridade é uma forma de influência”, diz Silvana. Na opinião dela, um profissional íntegro e que mantenha a coerência com a sua prática vai aumentar seu poder de influenciar pessoas justamente porque se torna uma referência. • Mantenha-se atualizado: Mantenha-se “antenado” em relação às notícias e novidades que dizem respeito ao seu setor de atuação. “É ler livros, jornais, pesquisas”, recomenda Silvana. Ao perceberem que você é um profissional atualizado, as pessoas vão se interessar em saber sua opinião sobre os assuntos correntes. COMO INFLUENCIAR PESSOAS?
  • 22. • Compartilhe conhecimento: É uma forma positiva de influenciar pessoas. Ao perceber que pode ajudar alguém a partir da transmissão do seu conhecimento ou experiência , não se acanhe, diga que está disposto a ensinar. • Comprometimento: A dedicação à empresa pode ajudá-lo também. Comprometimento é uma forma de influenciar pessoas pelo exemplo. Uma atuação focada vai fazer com que as pessoas o respeitem mais e com isso você se torna mais influente. • Contribua com as outras áreas da empresa: Amplie a sua atuação e busque espaço para contribuir com outras áreas e departamentos da empresa. Dê idéias e opiniões. Vale destacar que o primeiro passo é se aproximar das pessoas para conquistar a confiança necessária e poder efetivamente ajudar no que for possível. COMO INFLUENCIAR PESSOAS?
  • 24. • * Oferecem causas, em vez de apenas tarefas ou metas. Deixam claro o significado que transcende a tarefa, o trabalho, o job description das pessoas que os cercam. Vão muito além de metas e objetivos para ser cumpridos. • * Formam outros líderes, em vez de apenas seguidores. O líder diferenciado não é mais aquele que tem atrás de si um grupo de pessoas que segue fielmente o rumo traçado. É aquele que tem em torno de si pessoas capazes de exercer a liderança quando necessário. • * Lideram 360 graus, em vez de apenas 90 graus. Atuam onde faz diferença. Não influenciam somente sua equipe. Lideram clientes, fornecedores, comunidades e parceiros. • * Surpreendem pelos resultados, em vez de fazer apenas o combinado. Não basta cumprir metas. Conseguem obter resultados incomuns de pessoas comuns… • * Inspiram pelos valores, em vez de apenas pelo carisma. Constrói um código de conduta junto com os membros dos grupos dos quais faz parte, em torno de valores que são explicitados, disseminados e praticados. • E você? Quais desses pontos você precisa praticar mais para ser um líder mais eficaz? Evite atuar no novo jogo da liderança usando a velha forma de pensar que o conduz sempre aos mesmos lugares. AS 5 CARACTERÍSTICAS DOS LÍDERES INSPIRADORES
  • 33. • CLONES: Escolher alguém para fazer exatamente o que você fazia, desta forma, realizando apenas o que já foi conquistado até o momento, formar clones de si mesmo para tocar um negócio não é uma boa ideia. Sua gestão pode ser ótima e os resultados atuais simplesmente fantásticos, no entanto o mercado muda muito rápido e manter os mesmos equívocos e acertos como leis imutáveis é um risco excessivo, especialmente quando se pretende garantir o futuro da organização. CLONES, SEGUIDORES E SUCESSORES
  • 34. • SEGUIDORES: Contempla seus feitos, admira suas conquistas, mas não, necessariamente, tem competência para agir por conta própria. Este tipo de gestão cria uma dependência do grupo quanto à pessoa do líder, que passa a ser venerado como insubstituível e senhor da verdade. Por conseguinte, em sua ausência nada acontece e os candidatos a substituto passam apuros, pois as pessoas logo os comparam com o semideus queainda não deixou a empresa. CLONES, SEGUIDORES E SUCESSORES
  • 36. • SUCESSORES: Preparar um colaborador que seja capaz de enfrentar todos os desafios, utilizando suas competências técnicas e comportamentais, que podem ser distintas às suas, mas que podem funcionar ainda melhor. Promova pessoas que tenham o potencial de serem melhores do que você. Indivíduos que não temam confrontá-lo de vez em quando e que sempre aparecem com duas ou três alternativas quando estão diante de um problema. Este é o melhor remédio para fugir à tentação de criar clones ou se contentar com seguidores. CLONES, SEGUIDORES E SUCESSORES
  • 37. • Meu papel é o de apenas garantir o resultado; • Se eu aprendi sozinho, ele também aprenderá; • Eu (gestor) preciso dar sempre a resposta; • Se eu der a resposta, estarei desenvolvendo o colaborador; • É mais rápido dar a solução do que desenvolver; • Eu não tenho tempo para ensinar e desenvolver; • Eu sou o maior responsável pelo desenvolvimento do colaborador; • Eu tenho que saber tudo, Somente quando eu faço garanto o resultado esperado; quer uma coisa em feita, faça você mesmo! • Não tenho tempo para fazer gestão de pessoas. CRENÇAS LIMITANTES
  • 38. • É possível escolher possíveis sucessores sem precisar falar para eles realmente quais são seus planos. • Você precisa gerenciá-los de forma diferente. Por exemplo, você pode delegar mais de suas principais responsabilidades para esses profissionais. Aos poucos, de acordo com o nível de maturidade profissional. • Ao dar a essas tarefas desafiadoras aos subordinados, você mostra seu interesse no desenvolvimento e progressão da carreira deles. E isso vai incentivá-los a recusar as ofertas dos concorrentes. Os talentos são movidos por desafios e autonomia! • Líderes que fazem isso são muito mais capazes de manter suas equipes unidas e evitam perder suas estrelas em ascensão para os concorrentes. Perder um possível sucessor é uma tragédia! ESCOLHENDO SUCESSORES
  • 40. POR HOJE É SÓ!